dossier de imprensa

Сomentários

Transcrição

dossier de imprensa
SINOPSE
Misterioso e cativante, o novo filme do premiado
realizador Nuri Bilge Ceylan acompanha, durante uma
longa noite, um grupo de polícias e detectives numa
busca impiedosa por um cadáver enterrado nas
estepes da Anatólia. A exumação deste corpo vai
também desenterrar pensamentos e medos há muito
escondidos nas cabeças destes investigadores
obstinados.
NURI BILGE CEYLAN
Nuri Bilge Ceylan nasceu em Istambul na Turquia em 1959. Depois de
se ter licenciado em Engenharia, estudou cinema na Universidade
Mimar Sinan, em Istambul.
Com um percurso marcado pela presença nos mais importantes
festivais de cinema, Nuri Bilge Ceylan é actualmente um dos mais
elogiados e premiados cineastas do mundo. No Festival de Cannes,
onde tem marcado presença na Competição desde o filme UZAK –
LONGÍNQUO, de 2003, Ceylan tem sido agraciado com importantes
galardões.
Com UZAK - LONGÍNQUO venceu o Grande Prémio do Júri, tendo ainda
visto os protagonistas do seu filme partilharem o Prémio de Melhor
Actor. Três anos depois, com CLIMAS, Ceylan recebeu o Prémio
FIPRESCI da Crítica Internacional. Com OS TRÊS MACACOS o júri do
Festival de Cannes voltou a distingui-lo desta vez com o prémio de
Melhor Realizador.
ERA UMA VEZ NA ANATÓLIA recebeu um dos mais desejados prémios
do festival francês, o Grande Prémio do Júri. A recepção crítica foi
quase unânime e diversas publicações internacionais de prestígio
consideraram o novo trabalho de Nuri Bilge Ceylan uma obra-prima
indiscutível.
FILMOGRAFIA SELECCIONADA
1995 KOZA (curta-metragem)
Cannes 1995 - Competição
1997 KASABA
Berlim 1997 – Prémio Caligari
1999 MAYIS SIKINTISI (CLOUDS OF MAY)
Berlim 2000 – Competição
2003 UZAK - LONGÍNQUO (UZAK)
Cannes 2003 – Grande Prémio e Prémio Melhor Actor
2006 CLIMAS (IKLIMLER)
Cannes 2006 – Prémio da Crítica Internacional
2008 OS TRÊS MACACOS (ÜÇ MAYMUN)
Cannes 2008 – Prémio de Melhor Realizador
2011 ERA UMA VEZ NA ANATÓLIA (IR ZAMANLAR
ANADOLU’DA)
Cannes 2011 – Grande Prémio do Júri
CRÍTICA
★★★★★ “Nuri Bilge Ceylan realizou a sua obra-prima.”
Le Nouvel Observateur
★★★★★ “Numa palavra: excelente!”
The New York Times
★★★★★ “O cineasta turco Nuri Bilge Ceylan entrou definitivamente na corte
dos grandes realizadores mundiais.”
L’Humanité
★★★★★ “Extremamente impressionante. Confirma Ceylan como um mestre do
cinema.”
London Film Festival
★★★★★ “Grande Prémio em Cannes, o cineasta turco metamorfoseia um fait
divers numa terrível e sumptuosa peregrinação.”
Libération
★★★★★ “Um filme totalmente imbuído de um amor infinito pela alma
humana.”
Télérama
★★★★★ Uma obra-prima extraordinariamente poética.”
Time Out London
ERA UMA VEZ NA
ANATÓLIA
Ficha Artística
Muhammet Uzuner - Dr. Cemal
Yilmaz Erdogan - Comissário Naci
Taner Birsel - Procurador Nusret
Ahmet Mümtaz Taylan - Condutor
Firat Tanis - Suspeito
Ercan Kesal - Mukhtar
Murat Kiliç - Polícia
Ficha Técnica
Realização - Nuri Bilge Ceylan
Argumento - Ebru Ceylan, Nuri Bilge Ceylan, Ercan Kesal
Produção - Zeynep Özbatur
Director de Fotografia - Gökhan Tiryaki
Direcção de Arte - Dilek Yapkuöz Ayaztuna
Distribuição - Leopardo Filmes
Estreia nacional: 03/05/2011

Documentos relacionados

dossier de imprensa

dossier de imprensa Óscares – Nomeado para Melhor Filme Estrangeiro e Melhor Fotografia Globos de Ouro – Melhor Filme Estrangeiro Césars – Nomeação para Melhor Filme Estrangeiro Prémios Europeus do Cinema – Melhor Fil...

Leia mais

Dossier de imprensa

Dossier de imprensa medo. Ou então, esse instante onde um cobarde de repente prova ter coragem. Tentar compreender a natureza humana e melhor compreender-nos a nóspróprios, descrevê-la através de antagonismos deste gé...

Leia mais