Oliveira do Hospital comemora Semana dedicada

Сomentários

Transcrição

Oliveira do Hospital comemora Semana dedicada
Oliveira do Hospital comemora
Semana dedicada à Igualdade
O Município de Oliveira do Hospital vai comemorar o Dia
Municipal para a Igualdade, assinalado anualmente a 21 de
junho, com diversas iniciativas que decorrem até 24 de junho.
O dia do solstício de verão foi a data
escolhida para este Dia Municipal pautado
pelo lema igualitário “o sol quando nasce
é para [email protected]”, e que tem como objetivo
primordial colocar a igualdade entre
mulheres e homens no centro da agenda
pública de Oliveira do Hospital e da
região.
Instituído no âmbito das ações levadas a cabo através do
Projeto “Igualdade Local: Cidadania Responsável” (projeto
iniciado em 2011), o Dia Municipal para a Igualdade começou a
ser celebrado anualmente, desde 2012, com diversas iniciativas
promovendo o envolvimento ativo da população do concelho no
sentido da prossecução das políticas de desenvolvimento local
para a promoção da igualdade de género como forma de combate à
discriminação.
No presente ano, a Semana e o Dia Municipal para a Igualdade
são celebrados sob três conceitos – “Respeito. Tolerância.
Proteção” enquanto alerta público à comunidade para as
questões da igualdade e desigualdades entre mulheres e homens
na vida social e profissional; sensibilização para a educação
para a igualdade entre mulheres e homens; e prevenção da
violência doméstica e da violência no namoro. As questões da
violência conjugal são assumidas como prioritárias na
intervenção e apoio do projeto “Igualdade Local:Cidadania
Responsável”.
O programa de atividades teve início no sábado, 18 de junho,
com a sessão fotográfica de rua, “a_braços pela Igualdade”
durante as Marchas Populares de Oliveira do Hospital. Hoje,
dia 20, às 15H00 na Casa da Cultura César Oliveira, será
realizada a abertura da exposição fotográfica “A Mão-de-Obra
Feminina na 2.ª Guerra Mundial” seguindo-se a sessão “Poesia
Dita”.
No Dia Municipal para a Igualdade, 21 de junho, durante a
manhã será realizado o debate “Igualdades e Desigualdades
entre Mulheres e Homens”, dinamizado e a transmitir em direto
pela Radio Boa Nova (100.2FM). À noite, 21h00, acontecerá uma
largada de balões luminosos no Largo Ribeiro do Amaral
seguindo-se uma sessão de cinema ao ar livre, com exibição do
filme “A Modista” (com Kate Winslet e Liam Hemsworth). Na
quinta-feira, 23 de junho, será exibida uma sessão de cinema
infantil, a partir das 14h30 na Casa da Cultura, com o filme
“A Princesa e o Sapo”.
Para terminar as comemorações, no dia 24 de junho, na Casa da
Cultura, a partir das 15h00 decorrerá uma sessão de lançamento
do Plano Municipal 2016/2018 que visa também a recolha de
contributos seguindo-se um período de debate com vários
convidados. A anteceder este momento será exibido o
documentário “Igual entre Iguais” com análise comentada e será
feito o balanço da implementação do Plano Municipal para a
Igualdade (2013/2015).
A promoção da Igualdade entre mulheres e homens é fundamental
para o desenvolvimento de uma sociedade mais justa e mais
democrática, tendo o Município de Oliveira do Hospital
constituído uma equipa paritária de mulheres e homens para
trabalhar no projeto “Igualdade Local: Cidadania Responsável”,
na perspetiva da sensibilização da população para a questão da
Igualdade entre os géneros, e para a necessidade de esbater
desigualdades,
combater
preconceitos,
desconstruir
estereótipos e promover a igualdade de oportunidades.
Nesse âmbito têm sido dinamizadas diversas ações e campanhas
de sensibilização, trabalho em parceira com a Rede Social
concelhia, com a Comissão para a Cidadania e Igualdade de
Género (CIG) com quem foi formalizado um protocolo de
cooperação, órgãos de comunicação social e movimentos de
cidadãos. Para além do Dia Municipal para a Igualdade, foi
criada a figura de Conselheira Municipal para a Igualdade,
assumida pela professora Teresa Serra, e uma linha de apoio
jurídico e apoio social para as vítimas de violência doméstica
– 238 605 260 – sendo que o MOH tem vindo a implementar um
Plano Municipal para a Igualdade (PMI), um instrumento de
trabalho em prol da luta contra a violência de género,
promovendo uma cultura de cidadania para a Igualdade de
Género.