SUPERNOVA

Сomentários

Transcrição

SUPERNOVA
 e­mail
OK busca
TODO O SITE
OK
DESTAQUES
CONTEÚDO
SUPERNOVA
Antes de oferecer dinheiro público à Casa Daros, o prefeito carioca Eduardo Paes
deveria investigar por que a reforma e restauração da sede carioca da instituição
suíça demorou seis anos e por que a dita cuja anunciou o encerramento de suas
atividades com apenas dois anos de funcionamento. E como a diretoria da casa pode
reclamar de conta de luz, salários, manutenção e seguro de obras depois de a
bilionária suiça Ruth Schmidheiny (fortuna de US$ 3 bilhões, segundo o “Wikipedia”),
que mantém a instituição, investir R$ 99 milhões na compra e reforma do imóvel?
Isso sim é ser visionário! No editorial do Mapa das Artes de Rio Janeiro” de março­
abril de 2010, escrevi: “E por falar em instituição, será que a Fundação Daros desistiu
GICLÊ FINE ART PRINT
Tratamento de imagens
A empresa é especializada em impressão,
digitalização e tratamento de imagens com
padrão museológico.
MUSEUS E CENTROS CULTURAIS
GALERIAS E ESCRITÓRIOS DE ARTE
ESPAÇOS INSTITUCIONAIS
ATELIÊS E OUTROS
do Rio de Janeiro? Há três anos ela alardeia a instalação de sua sede no RJ, mas
entra ano e sai ano e a tal reforma não acaba... Será que a inauguração será junto
com as Olimpíadas?”. Eu só errei o verbo. Em vez de abrir, a Casa Daros vai fechar
no ano das Olimpíadas... Aí tem coisa !!!
A Coleção Daros Latinamerica, que é bem suíça, assim como boa parte dos
bancos, das seguradoras, da indústria farmacêutica e da produção de transgênicos,
gastou oito anos (2006­2013) em uma interminável reforma e restauro de um imóvel
em Botafogo, no Rio de Janeiro... A Casa Daros foi finalmente inaugurada em 2013 e
agora o jornal “Folha de S. Paulo” , em artigo de Sílas Martí, anunciou que ela fechará
no final deste ano, às vésperas das Olimpíadas no Rio... Quais seriam então os reais
interesses da Daros no Brasil?
O site ainda traz os nomes das duas, mas a Arte & Eventos, casa de leilões e
galeria, agora é conduzida apenas por Marli Yoshihara. Terminou assim uma parceria
de 20 anos com Ana Ramos, que partiu pra projetos independentes. A casa também
mudou de endereço. Saiu da r. Auriflama e se instalou na r. Francisco Leitão, 152,
sempre em Pinheiros. O próximo leilão da casa está marcado para 12/8, o que
significa mais uma mudança radical, tendo em vista que a casa realizava pregões
praticamente mensais...
A Galeria Jaqueline Martins ganhou o Prêmio de stand mais inovador da Frieze New
York 2015 e levou 15.000 dolares, oferecidos pela Champagne Pommery. Instalada
na seção Frame da feira, ela exibe uma instalação de ação da artista alagoana Marta
Araújo. O júri de seleção foi composto por Carlos Basualdo (curador sênior de Arte
Contemporânea do Philadelphia Museum of Art), Hamza Walker (co­curador do "Made
in LA 2016 ') e Ruba Katrib (curador do Sculpture Center). As brasileiras A Gentil
Carioca, Casa Triângulo, Galeria Fortes Vilaça, Galeria Nara Roesler, Galeria
Vermelho e Mendes Wood DM também participam da que vai até domingo na
Randall's Island Park.
A curadora Adelina Von Fürstenberg assumiu sua ascendência armênia e assina a
curadoria da mostra “Artistas Contemporâneos da Diáspora Armênia” com o nome
Adelina Cüberian Von Fürstenberg. A mostra apresenta obras de Rosana Palazian,
também de origem armena, e acontece paralelamente à 56ª Bienal de Veneza para
lembrar os 100 anos do genocídio armeno, ocorrido em 1915, e ainda hoje não
reconhecido pelos turcos. A mostra representa a Armênia na Bienal e ocupa a
Monastério Mekhitarist, na Isola di San Lazzaro degli Armeni, em Veneza, a partir de
9/5.
A filial da carioca Galeria Almacén, na Gávea, fechou as portas.
A primeira edição Feira Parte Cidade Jardim, das empresárias Lina Wurzmann e
Tamara B. Perlman, fechou a lista de 13 galerias do evento que acontecerá entre 11 e
14/6 no Espaço Casa Bossa do Shopping Cidade Jardim. Participam galerias de São
Paulo (ArteHall, DConcept, Folio, Gabinete D, Babel, Paralelo, Gravura Brasileira,
Jackie Shor e Room8), Brasília (Gabinete K2O), São Bernardo do Campo (Oma) e
Vitória (Via Thorey).
PUBLICIDADE