Visualizar - Sistema Divina Providência

Сomentários

Transcrição

Visualizar - Sistema Divina Providência
JORNAL
SOLIDARIEDADE
Impresso
Especial
9912232919/2009-DR/MG
APHDP
CORREIOS
Jornal católico aberto ao ecumenismo - Número 213 - Dezembro de 2013
O seu Imposto de Renda pode ser destinado a Projetos Culturais
Saiba como coloborar através das Leis de Incentivo, FIA e ICMS
Seja um padrinho
Rubens Menin
Colabore com o Sistema
Divina Providência
Cidade dos Meninos: um
projeto de Deus
pág. 9
pág. 20
Montes Claros
pág. 31
Jantar VIP
Unidade forma segunda
turma profissionalizante
Um brinde à Solidariedade
pág. 26
pág. 29
JORNAL SOLIDARIEDADE
2
Dezembro - 2013
Dezembro -2013
EDITORIAL
MUDANÇA
Mundo Desigual
T
odos estão perplexos pela
quantidade de africanos que
naufragaram no mediterrâneo, mais
de trezentos, tentando atravessá-lo
para chegar a uma ilha italiana de
onde pudessem ilegalmente chegar
ao continente.
A Europa não quer recebêlos, alega que já tem problemas
demais. É verdade, países como a
Espanha, Grécia, Portugal, Irlanda
e Itália estão às voltas com seu
endividamento, suportando um
número de desempregados que só foi
maior logo após a Segunda Grande
Guerra.
A Alemanha Ocidental absorveu a
Oriental, pagando um tributo enorme
para a sua reunificação, vários bilhões
de dólares.
O numero de pessoas nos países
europeus que possuem fortunas
fabulosas é muito grande. Gastam
num passeio o que sustentaria uma
família africana por meses seguidos.
Não somos contra a riqueza, somos
contra a sua má distribuição.
Todos somos irmãos. Estes
africanos sofrem muito em seu pais,
primeiramente pelo atraso em que
se encontra o continente africano,
depois são explorados por seus
próprios compatriotas.
É preciso fazer alguma coisa, e
rápido. No continente africano morrem
diariamente milhares de crianças de
fome, subnutrição e doenças causadas
pela falta de saneamento, do mínimo
de higiene.
Gostaria de ter menos idade
para iniciar um trabalho de ajudar
no salvamento destes milhares de
pessoas que morrem de fome, de
falta de médicos e medicamentos.
Infelizmente a idade e as
responsabilidades que assumimos
aqui, não nos permitem avançar por
este novo caminho.
O que chegou ao nosso
conhecimento, sobre medidas tomadas
por um organismo da ONU, para
solucionar o problema não falam
em melhorar as condições de vida
destes sofredores. Dizem respeito à
intensificação do patrulhamento aéreo
e marítimo para evitar a imigração
clandestina e a tratados internacionais
prevendo a devolução dos imigrantes
ilegais.
Não se fala em medidas para
reduzir o problema da fome, da falta
de saneamento nem do desemprego
dos povos africanos.
Até a Segunda Guerra Mundial
os países da África e da Ásia eram
colônias européias exploradas em
todas as suas riquezas naturais, em
beneficio da Europa.
Depois de 1945 a maioria desses
países conseguiram sua independência
política, mas não a econômica, porque
continuaram a ver suas riquezas
naturais serem transferidas para os
países ricos.
Nós brasileiros poderíamos nos
ufanar de nunca termos colônias na
África. O que aconteceu conosco foi o
mais degradante que poderia haver. Não
trouxemos matérias primas africanas.
Trouxemos seu povo como escravo.
Os navios negreiros desembarcavam
uma enorme quantidade de escravos
que viriam produzir riquezas com
as quais o Brasil se afirmou como
fornecedor para o mundo. Café e cana
de açúcar foram produzidos à custa
do sofrimento e morte de milhares de
africanos e seus descendentes. O Brasil
tem uma enorme dívida para com a
África. A riqueza que o Brasil possui
hoje iniciou-se à custa sofrimento
desumano desses desprotegidos. Os
índios brasileiros não se sujeitaram
à escravidão. Infelizmente devido
à docilidade dos negros eles foram
impiedosamente aproveitados.
O momento é de reflexão. Não
temos nenhuma receita pronta,
para ser colocada em prática. Para
ajudar alguém, é necessário estudar
a melhor maneira de fazê-lo. Exige
um planejamento. Uma coisa é certa,
precisamos nos solidarizar com
eles. Não se trata de esmola, é de
pagamento de dívida.
Estamos prontos para receber
sugestões.
Envie email para:
Conforme relatamos em edição anterior, recebemos em comodato 14 andares do prédio da
Rua Caetés 741 esquina de Afonso Pena, para
nele instalarmos um Centro Profissionalizante
onde poderemos encaminhar milhares de jovens
anualmente para um futuro digno e promissor.
De imediato, transferimos nosso Centro Administrativo para o 14º e 15º andares, procurando
facilitar o acompanhamento da montagem do
restante.
Através desse inicio já estamos prevendo o
bem imenso que poderemos prestar ao grande
número de pessoas carentes da Grande BH que
irão nos procurar. Manteremos em funcionamento
na sobre-loja o serviço social que tem o compromisso de atender a todos que nos procurarem,
buscando solução para seus problemas. Cursos
profissionalizantes, internação na Cidade e no
Lar dos Meninos, Internamento para idosos no
Lar dos Idosos, solicitação de cestas básicas,
medicamentos, Central de Empregos, dentre
outros. O que nos for pedido e não pudermos
atender diretamente, encaminharemos para os
locais próprios. Tudo que for possível, faremos. É
preciso colocar em prática as palavras de Cristo:
“tudo que fizerdes ao menor de todos é a mim
que estareis fazendo”.
Consideraremos que todos que nos procurarem
são o próprio Jesus e por isso deveremos dar-lhes
o melhor atendimento.
Estamos iniciando as adaptações dos demais
andares dentro de nossas possibilidades financeiras. Não pouparemos esforços para montar
o melhor. À medida que ficarem montados
e com a manutenção garantida iniciaremos o
funcionamento do “CEDIPRO – Centro Divina
Providência – Profissionalizante” –
Sua colaboração será de grande importância.
Ligue-3228-9232.
[email protected]
Jairo Azevedo
Presidente do SDP
Expediente
JORNAL
SOLIDARIEDADE
Rua Caetés, 741 - Centro
30120-080 - Belo Horizonte - MG
Tiragem: 30.000 exemplares
Sistema Divina Providência de
Resgate da Dignidade Humana
Presidente
Jairo Siqueira Azevedo
Diretor
Rômulo Raymundo
Impressão
Sempre Editora Ltda
Produção Editorial
Daniela Antonaci
Textos
Aline Reis
Daniela Antonaci
Magno Santos
Diagramação
Catarina C. Caroba
Colunistas
Flávio Almeida
Prof. Geraldo Márcio Guimarães
Hélio Márcio Gagliardi Filho
Pe. Luiz Fernando N. Oliveira
Marcelo M. Guimarães
Mário Cenni
Dr. Rafael Abrantes Diniz
Contato,assinatura e anúncios:
(31) 3228-9245
www.sistemadivinaprovidencia.org
Email:
[email protected]
Facebook:
facebook.com/SistemaDivinaProvidencia
Twitter:
SDProvidencia
Os artigos assinados são de inteira
responsabilidade de seus autores e
não caracterizam necessariamente o
pensamento do Sistema Divina Providência.
JORNAL SOLIDARIEDADE
OPNIÃO
Justiça, o que precisamos mudar
O
ex-dirigente
do Partido
Comunista da
China, na região
de Chongqing,
Bo Xilai, era um arguto líder das
causas contra a corrupção e contra
as injustiças sociais de seu país. Com
destaque nos meios políticos, era
candidato para integrar o Comitê
Permanente do Partido Comunista,
órgão máximo do país.
De repente, Bo Xilai foi deposto
do cargo, direitos políticos
cassados, expulso do partido e
detido. Julgado, foi condenado
por corrupção, abuso do poder
e recebimento de propina.
Bo esperneou, (sou inocente)
negou peremptoriamente as
acusações (eu não sabia), agrediu as
testemunhas, disparou acusações
para todos os lados, o que piorou
a sua pena, pois o sistema chinês
adota medidas mais brandas para os
réus que cooperam. Ganhou prisão
perpétua. Tudo isso aconteceu em
um espaço de tempo de menos
de dois anos.
No Brasil, o Presidente da
República controla todo o Executivo,
impõe ao Legislativo uma pauta
de votações e controla a indicação
de ministros da mais alta Corte
do país, responsável por julgar
inclusive atos deletérios praticados
por integrantes do próprio governo.
Assim, não se pode tirar do cidadão
o direito de colocar em dúvida a
imparcialidade de alguns membros
da Corte quando julgam atos de
políticos governistas, a exemplo
do mensalão. Para completar a
nossa tristeza, temos que assistir
às manobras protelatórias – quase
eternas - das quais os advogados
espertos se utilizam para defender
seus clientes, apoiados nos milhares
dos meandros sub-reptícios de
nossas complexas e dúbias leis.
No primeiro caso, a Proposta de
Emenda à Constituição 17 pretende
tirar do governo a exclusividade
de escolher ministros do STF.
Por quem e quando será votada?
Melhor - será votada? Uma escolha
aberta – plural, como dizem, seria
a melhor indicação.
Por outro lado, a quantidade
e complexidade de nossas leis
dificultam os julgamentos que
estão em pauta na justiça, o que
contribui para ilustrar a imagem
de que há carência de juízes.
Dados do Conselho Nacional
de Justiça apontam que, no ano
passado, foram julgados apenas 30
por cento de casos. Revela, ainda,
que a quantidade de processos que
chega aos tribunais hoje continua
superando a de casos julgados.
Na área de segurança, o exsecretário Nacional de Segurança
Pública, Luiz Eduardo Soares
revelou em seu livro Segurança
Tem Saída (Editora Sextante), que
as polícias, as penitenciárias, as
entidade sócio-educativas e a
política de drogas não funcionam.
E pontificou que reformas
superficiais não bastam, deveriam
ir fundo, com radicalidade, como
outros países o fizeram e “o mundo
não acabou”.
Na Justiça, o quadro se desenha
da mesma forma. Ampla reforma
jurídica, emendas constitucionais
práticas, revisão, correção e
redução objetiva de nossas leis
deveriam ser objeto de máxima
prioridade governamental.
Luiz Eduardo ainda aponta
mais um lado desabonador da
nossa justiça, quando a sua
experiência no exercício do cargo
que ocupou lhe trouxe a vivência
de que “a manifestação mais
cruel das desigualdades sociais
em nosso país se dá no acesso à
Justiça”. E dá um exemplo: “Um
assassino confesso, profissional
reconhecido, de classe média alta,
mesmo condenado em primeira
instância, aguarda julgamento de
seu recurso em casa; enquanto
isso, um jovem pobre e negro,
protegido com garra e competência
por uma notável defensora pública,
no Rio de Janeiro, ficou preso
por três meses por tentativa de
furto de uma bicicleta...”
Infelizmente, muitos problemas
sérios que o nosso país enfrenta
são decupados pelos veículos de
comunicação e transformados
em séries humorísticas - talvez
aproveitando a verve do brasileiro
para o lado menos responsável
no exercício de sua cidadania – e,
desta forma, minimizando fatos
que, ao longo do tempo, vêm
subjugando a nossa população a
condições de vida não condizentes
com o potencial que o país oferece.
Para finalizar, aí vai também
um exemplo dessa veia hilária do
brasileiro (ou seria proposta séria?),
não sem uma dose de ironia,
por meio de um dos e-mails que
recebi, propondo solução para
nossa Justiça:
“Devido ao longo tempo
necessário para o Judiciário
julgar os casos de corrupção, por
uma evidente falta de juízes, a
presidenta poderia agir como fez
com os médicos: contratar juízes
estrangeiros, dispensando-os do
exame de Ordem e do exame de
admissão à Magistratura. Seriam
ótimos os juízes chineses, japoneses,
árabes, que até cobram as balas
para fuzilamento de condenados,
cortam as mãos de ladrões etc. E
mandá-los para as regiões mais
carentes, como Brasília, Maranhão,
Alagoas, para avaliar e julgar
os gastos da Copa, mensalões,
dólares na cueca, verbas e demais
desvios...”
Rômulo Raymundo
[email protected]
ANÚNCIO LEITURA
Conheça
nossas obras
Informações e Agendamento de Visitas
(31) 3228-9247
3
"O ignorante afirma, o sábio duvida, o sensato reflete." (Aristóteles)
Dezembro -2013
2 ANOS DE GARANTIA
MÁQUINA JAPONESA
Surpreenda
com Seculus.
Solidariedade
Gesto simples que transforma
1
A1
SN
0S
8G
14
20
Anúncio Seculus
KITS COM
PULSEIRA EXTRA
O
Produzido e distribuído por
Seculus da Amazônia S.A.
5
ARTIGO
PDS
LPS
9
2014
JORNAL SOLIDARIEDADE
seculus.com.br
Sistema Divina Providência tem
como objetivo unir em torno do
trabalho de resgate da dignidade
humana, com um programa de formação
integral, instituições com o mesmo objetivo,
mas com personalidade jurídicas distintas.
Como preconiza sua regra, tem duas
propostas, através do contato direto com seus
atendidos e principais objetivos: felicidade
eterna, visando à salvação da alma e felicidade
terrena buscando resgatar a dignidade do
ser humano.
Para cumprir estes objetivos são exercitadas
palavras chaves: voluntariado, responsabilidade
social e solidariedade.
Pela constituição de 1988 solidariedade
passou a ser um princípio constitucional.
Assim dispôs a nossa Carta Magna:
Art. 3º Constituem objetivos fundamentais
da República Federativa do Brasil:
I - construir uma sociedade livre,
justa e solidária.
Trata-se, acima de tudo, de um
dever ético, um valor que no nosso
estágio de evolução, se espera de todos
os membros de nossa sociedade. Por
exemplo, não é preciso que a lei nos
obrigue a auxiliar um cadeirante, um
deficiente visual que tenta atravessar a
rua, ajudar jovens carentes que almejam
um futuro digno, livrando-os do mundo
da criminalidade, das drogas, pois isto
é, um claro dever ético.
Através das atividades solidárias nossa
instituição tem amenizado algumas
carências da parcela de menor ou
nenhum poder aquisitivo da população
que a procura, refletindo, também, uma
característica notável no povo brasileiro: a
solidariedade, capacidade de compartilhar
dos sofrimentos de outras pessoas e,
literalmente, colocar a mão no bolso
para ajudá-las.
No transcurso dos quarenta anos do
Sistema temos comprovado a solidariedade
das pessoas de diferentes formas:
nas construções, mantendo crianças,
adolescentes e jovens promovendo sua
educação integral e idosos, amparandoos, dando-lhes um lar e promovendo
sua socialização.
Observa-se que a solidariedade destas
pessoas, ultrapassa o âmbito da ajuda
financeira e chega no âmbito da educação. Seja
educação formal ou não formal, o objetivo
é sempre educar as crianças, adolescentes e
jovens para a vida, de modo que elas se tornem
cada vez mais independentes e possam, em
um curto espaço de tempo, ajudar ao invés
de serem ajudadas.
E nessa tarefa, estas pessoas comprometidas
com a solidariedade/caridade, têm sido exemplares,
contribuindo, apenas pelo o bem de estarem
ajudando ao próximo, que dele necessita e
com certeza serão recompensados.
O Sistema Divina Providência só consegue
cumprir seus objetivos, porque conta com
pessoas generosas e solidárias que participam
da sua manutenção.
Com vistas a ampliar seus trabalhos iniciouse uma campanha de capacitação de novos
colaboradores, e para alcançar o resultado
idealizado, necessita utilizar ferramentas
que estimule seus diretores, funcionários,
voluntários, colaboradores, padrinhos, para
participarem desta política de responsabilidade
social.
Exploração do trabalho infantil, assédio
moral, trabalho em regime de escravidão, dentre
outras características perniciosas, ainda existem
no Brasil, apesar de querermos acreditar que
já fazem parte do passado, necessitamos de
sua participação para fazermos nossa parte
ajudando-nos a resgatar pessoas.
Trata-se, acima de tudo,
de um dever ético, um
valor que no nosso estágio
de evolução, se espera de
todos os membros de nossa
sociedade.
_Sr. Julinho
Nos preparativos para o JANTAR VIP 2013,
o empresário WALLACE SOARES, grande
colaborador financeiro e das ações de nossa
instituição, onde é sempre presente tomou a
seguinte iniciativa: Solicitou exemplares do
Relatório de Atividades 2012, encaminhando-o
através de carta a seus amigos, juntando
informações sobre o evento e o Boleto
solicitando a todos que adquirissem o convite,
fundamentando por que.
Desta vez o pedido é para que estimule,
também, seus parentes, amigos, vizinhos,
empresas e todos os seguimentos da sociedade,
a ajudar as entidades do Sistema Divina
Providência, a desenvolver o trabalho junto
as famílias com crianças, adolescentes e
jovens carentes, que necessitam de ajudas
para se tornarem cidadãos conscientes, como
milhares, que hoje constitui sua plêiade de
ex alunos da instituição.
Antônio Aguiar
(Sr. Julinho)
@seculusrelogios
facebook.com/seculusrelogios
"A alegria está na luta, na tentativa, no sofrimento envolvido e não na vitoria propriamente dita." (Gandhi)
6
JORNAL SOLIDARIEDADE
PANFLETO - FINAL.pdf 27/05/2013 14:37:05
Dezembro - 2013
“Não existe mais espaço para a solidão...”
J
á de volta, após o
primeiro e exaustivo
dia de trabalho na
vizinha China, onde grande
parte do esforço residiu
em interpretar o que os
entusiasmados fornecedores
nos comunicavam em um
inglês igual ou pior que o
meu, nos sentamos à mesa
de um restaurante num
dos modernos shopping
de Hong Kong, para desfrutarmos de um
jantar especial (com cardápio de variedades
da maravilhosa cozinha chinesa, obviamente).
Apesar do ambiente frugal, se contrapondo
à modernidade e ao aconchego, mas repleto
de novidades para qualquer ocidental recém
chegado à região dos “olhos puxados”, me
ative não aos belos castiçais, à porcelana
com a qual estávamos sendo servidos, nem
à variedade de pratos esplendidamente
apresentados por fotos, que só faltavam
exalar o aroma de cada ingrediente. Me ative,
completamente imantado, às pessoas que
usufruíam daquele magnífico restaurante,
acomodadas às várias mesas que dispunha
aquele salão. Não eram a fisionomia ou
vestimentas que me chamavam a atenção,
mas o silêncio e o comportamento de cada
um deles. Inacreditavelmente, algo diferente
de tudo o que já havia experimentado estava
diante de meus olhos, me inebriando...
A “solidão” conjunta, isso mesmo, uma
“solidão” em grupo, percebi.
Observando atentamente as pessoas,
com raras exceções, notei que apesar de
estarem rodeadas de outras em suas próprias
mesas, se mantinham com a cabeça baixa,
fixadas em seus smartphones, interagindo
“socialmente” com suas redes sociais, num
frenético digitar de minúsculos teclados, vez
em quando faceando sorrisos introspectivos,
numa concentração singular. Nem mesmo
ao serem servidas se desligavam de suas
pequenas telas, nem mesmo moviam o olhar
a quem as servia.
Num silêncio sepulcral, quebrado apenas
pelos sons inerentes ao serviço que ocorria,
e por uma ou outra voz de fundo, um
restaurante repleto de clientes se mantinha
em um completo sossego social. Todos
interagiam, mas com pessoas que não
estavam lá.
A singularidade dessa cena me transmitiu
certa tristeza, angústia. “Povo infeliz”, me
veio a cabeça... Como podem as pessoas
valorizarem mais sua relação com seus
dispositivos que seus acompanhantes de
mesa? Quase instantaneamente me senti
aliviado ao pensar em como é bom estarmos
“atrasados” tecnologicamente em nosso país.
Cenas que nos marcam ficam gravadas, de
alguma forma, em nosso ser. Belas ou não,
se tornam tatuagens em nosso intelecto ou
em nossa alma.
De volta ao Brasil, passados quatro ou
cinco anos, me encontro agora com minha
família em uma mesa de uma pizzaria, num
shopping não tão glamoroso
como os orientais. A mesma
angústia volto a sentir, ao
perceber três de meus filhos,
digitando instintivamente o
teclado seus smartphones.
Meu olhar pelo arredor me
faz revisitar um restaurante
de Hong Kong e percebo que
o “futuro” já chegou ao meu
país.
Após singela crítica aos
meus queridos, me surpreendo
com a colocação... “Pai, a
sociedade não é formada
apenas pela nossa família...
Nos relacionamos com amigos
o tempo todo. Não existe mais
espaço para a solidão.”
Apesar me situar entre a juventude
e a melhor idade, sou do tempo em que
preservávamos nossa individualidade, que
usar a linguagem falada, as expressões faciais
e os gestos, eram as formas mais completas
de comunicar meus sentimentos.
Meus filhos são de uma geração diferente,
em que as rotinas pessoais são compartilhadas,
as expressões faciais são transmitidas por
“emotions”, símbolos que representam seu
“estar”, se comunicam por textos, cujos
modelos e tamanhos de letras expressam
seus reais sentimentos. Se fotografam e se
divulgam como praxe. Comunicam, de forma
diferente, mas escrevem, leem e fazem se
entender.
Analogamente, os profissionais de hoje
usam as ferramentas de comunicação atuais
e, por isso, suas percepções do mundo e das
empresas nem de longe se assemelham às
da minha não tão distante geração. Agora,
se posicionam e querem ser ouvidos, só se
comprometem quando se sentem acolhidos
pela “rede social da empresa”.
Por outro lado, uma questão se torna
relevante: Nossos líderes estão preparados
ou dispostos a serem um elo dessa rede
social? A adaptarem seus estilos para
gerirem suas equipes? Estão dispostos a
serem a referência, na rede de relacionamento
empresa-colaboradores, que se amplia com
tamanha agilidade?
A
Cidade dos Meninos realizou
no dia 19 de novembro a Noite
de Autógrafos da 21° edição
do livro Prosa e Poesia. O evento contou
com a presença dos jovens escritores do
Lar e Cidade dos Meninos, professores,
funcionários da Instituição, além de
familiares e amigos das grandes estrelas
da noite.
Além de muitos autógrafos, abraços
de familiares e amigos orgulhosos por
essa nova conquista, os jovens apreciaram
belas apresentações dos integrantes das
oficinas culturais da Cidade dos Meninos.
Muita música embalou a grande noite.
O Livro Prosa e Poesia é uma obra
literária que reúne textos dos jovens
escritores das unidades Lar dos Meninos
e Cidade dos Meninos, alunos das escolas
M
Y
CM
MY
CY
CMY
K
Tive que aprender, gostando ou não, essa
nova realidade de convívio social e estou me
adaptando a ela. Hoje, também me relaciono
pelo Facebook, pelo Whatsapp...
Apesar de preferir receber um beijo ou
um caloroso abraço de cada um deles, me
contento com as mensagens e “emotions”
enviados, pelas ferramentas da rede social, e
assim vou me inserindo no mundo moderno.
Moderninho eu, não? Afinal, como
aprendi, não existe mais espaço para a
solidão...
"Quer você acredite que consiga fazer uma coisa ou não, você está certo." (Henry Ford)
7
Evento reúne alunos e convidados para o lançamento Parceria com a AMIPÃO gera frutos
da 21ª edição do livro Prosa e Poesia
C
Mario Cenni
Diretor Presidente da APHDP
JORNAL SOLIDARIEDADE
CIDADE DOS MENINOS
NOITE DE AUTÓGRAFOS
GESTÃO DE PESSOAS
Dezembro -2013
Alunos distribuem autógrafos
do ensino fundamental e médio. O projeto
consiste em incentivar os estudantes
à prática da leitura e escrita, afim de
torná-los pessoas críticas e de opinião. A
cada ano, diversos temas são colocados
à disposição aos alunos, para que cada
um possa escolher aquele que mais se
identifique.
O evento ocorre todos os anos em
comemoração a cada edição do livro.
Adquira seu exemplar e prestigie este
importante momento na vida de centenas
de jovens.
Para mais informações:
(31) 3228-9245
[email protected]
N
o dia 17 de outubro foi promovida pela
senhora Daniela Aguiar Soares, gerente
de Recursos Humanos da AMIPÃO, uma
palestra para sensibilização e intermediação entre os
alunos formados no curso de Panificação (realizado
na Cidade dos Meninos) e as Padarias Associadas,
visando a colocação ou recolocação profissional
destes alunos.
A AMIPÃO - Sindicato e Associação Mineira da
Indústria de Panificação tem a missão de contribuir
e induzir a contínua evolução e a excelência da
indústria mineira de panificação, fortalecendo sua
permanente competitividade, institucionalizando
a continuidade empresarial, buscando alcançar
ambiências regional, estadual, nacional e internacional.
A parceria realizada entre a Cidade dos Meninos
e a AMIPÃO iniciou-se em 05 de outubro de 2012,
sendo que as primeiras turmas foram formadas no
mês de agosto de 2013 e as aulas foram concluí
das no mês de outubro.
Já se observa que esta parceria entre a
Cidade dos Meninos e a AMIPÃO está colhendo
frutos, pois os alunos Cleyton Luiz dos
Santos Silva e Igor Santana Dias serão convidados
para participarem de processo seletivo na AMIPÃO,
para ocuparem possíveis postos de trabalho nas
empresas do setor de panificação e confeitaria.
Além disso, já há procura de alunos para compor
novas turmas.
Ressalta-se que novas turmas serão abertas para
o próximo ano, com os seguintes horários:13:00
às 17:00 horas no período da tarde; 18:00 às 22:00
horas, período norturno.
"A gente todos os dias arruma os cabelos: por que não o coração?" (Provérbio Chinês)
AGOSTO - 2013
Dezembro -2013
JORNAL SOLIDARIEDADE
9
Campanha Institucional busca novos colaboradores
Doe solidariedade
C
omemorando 40 anos
de trabalho em prol
da promoção da vida,
o Sistema Divina Providência
desenvolveu a campanha “40
Anos Alimentando Sonhos”.
Além de comemorar este
importante momento, a
campanha também visa
buscar novos padrinhos e
colaboradores.
A campanha teve início em
meados do primeiro semestre
deste ano, e contou com o
apoio de artistas e empresas
sensíveis à causa. O setor de
Marketing e Sustentabilidade
responsável pelo planejamento e
desenvolvimento da campanha,
utilizou diversas mídias para
viabilizar as ações, tais como:
panfleto, pop-card, revista,
backbus, VT de 30’’ que será
exibido nas principais emissoras,
spot, e-mail marketing, site
institucional e redes sociais.
A campanha terá duração de
um ano, intercalando com
outras campanhas específicas.
No dia 9 de maio, os artistas
Geraldo Magela ‘Ceguinho’,
Luiz Eduardo Schechtel
‘Dudu do Graffite’, Rodrigo
Signoretti ‘Caju do Graffite’,
e a jornalista Letícia Renna,
se reuniram no estúdio de TV
da universidade UniBH para
gravar o VT. As cenas foram
gravadas em meio a muita
descontração e alegria. Os
participantes não cobraram
cachê, mas doaram amor e
solidariedade.
A instituição agradece a
todas as pessoas e empresas
envolvidas na campanha, que
não só doaram seu trabalho,
como também promovem o
futuro digno para crianças,
jovens e idosos. Obrigado às
empresas Frontti Mídia, O
Lutador, TV UniBH, Anchor
Filmes, TV Globo Minas, TV
Alterosa, TV Bandeirantes,
98 FM, CDL FM, Band News
FM, CBN, Rede Itatiaia, Jornal
Estado de Minas e Jornal O
Tempo.
Com a colaboração de todos
buscaremos sempre melhorar
nosso trabalho e a vida de
milhares de pessoas. Temos fé
que através desta campanha
mais pessoas abraçarão as
nossas causas e poderão nos
ajudar a manter as dezenas
de obras sociais. Ajude-nos
a divulgar esta campanha.
AMOR
DIGNIDADE
Envie um email
[email protected]
Encaminharemos nosso
kit institucional para que
outras pessoas conheçam
o nosso trabalho.
RESPEITO
SOLIDARIEDADE
"Quando estamos cheios de bons pensamentos, parece-nos que o mundo está repleto de oportunidades" (Walter Grando)
Dezembro -2013
JORNAL SOLIDARIEDADE
11
PRINCÍPIOS MORAIS
Paciência
Q
ualidade do que é paciente.
Virtude que consiste em
suportar os dissabores e
infelicidades. Segundo São Francisco
de Assis é a maior de todas as virtudes.
Supera a própria caridade, porque
sem paciência esta não pode existir.
Capacidade de persistir numa
tarefa difícil. Suportar incômodos
e dificuldades, constância. Não
desanimar. Perseverança, sem ela
não vamos a lugar algum, pois na
primeira dificuldade se não possuímos
perseverança , abandonamos tudo.
Calma – Esperar o que demora,
serenidade. Não se perturbar.
Humildade – Sem esta virtude
logo nos vem as atitudes de orgulho
e achamos um absurdo esperar tanto
tempo, pois julgamos que é pouco
caso e falta de consideração, de quem
está nos fazendo esperar.
Sofrimentos – Não sabemos o que
Deus nos reservou mas se quisermos
76331L0MFNH1
76331LPMFPH2
ter algum merecimento é necessário
sofrer, com paciência.
Esperança – Quem espera alcança,
mesmo que demore. Lembremos do
Antigo Testamento, a vida de Jó que
tudo sofreu pacientemente, perdeu
todos os seus bens, perdeu a família,
ficou morfético e mesmo assim dava
constantes louvores a Deus. Deus lhe
recuperou tudo que possuía antes
e muito mais para nos deixar como
exemplo.
A vida dos santos, deparamos com
centenas ou milhares de exemplos
de como sofreram pacientemente
para alcançarem a glória celeste. O
contrário da paciência é a impaciência,
a fúria, maldizer a Deus; o desespero,
a não resignação com a vontade de
Deus, inconstância, o desânimo.
Tenhamos paciência e, com isto,
sejamos os prediletos de Deus.
Muitas pessoas lutam por um
emprego e ficam felizes por tê-lo
conseguido. Logo depois, acham
que estão ganhando pouco, que
estão sendo explorados, que foram
injustiçados por não terem sido
promovidos, começam a se indisporem
com os colegas e superiores e perdem
o emprego; tendo que começar tudo
de novo por falta de paciência.
O estudante começa o ano todo
entusiasmado, mas logo vêm os
exercícios, a necessidade de estudar
muito e não tem a paciência para
levar à frente seus estudos. Tem
projetos maravilhosos de forma-se
na universidade, mas esquece que
para isto, precisa passar da 5° para
a 6° série, formar no 1° grau (ensino
fundamental), no 2° grau (ensino
médio), passar no vestibular, enfrentar
uma faculdade e depois um mercado
de trabalho superior competitivo.
Sem paciência nunca chegará lá, pois
é como construir uma casa em que
é necessário colocar um tijolo de
cada vez.
No casamento não é diferente.
Precisamos ter muita paciência para
constituirmos uma boa família.
Quando se deseja ser um atleta,
é necessário duros treinamentos.
Evitar bebidas, cigarro, drogas e
ter muita disciplina. Um nadador
profissional que deseja ser atleta
olímpico necessita treinar pelo menos
10 horas por dia, para não perder a
forma.
Tido na vida requer muita paciência.
A vitória, repetimos, não é obra do
acaso e sim fruto de muita luta,
persistência, tenacidade e acima de
tudo, de muita paciência. Como disse
o grande inventor Thomaz Edson:
invenção é 10% de inspiração e 90%
de transpiração.
Jairo Azevedo
Presidente
RELIGIÃO
A Igreja de Francisco
D
A Mondaine lança uma coleção exclusiva
em parceria com a artista mais popular
do Brasil. São diversos modelos para você
fazer a festa. Conheça toda a coleção em
mondainebyivetesangalo.com.br
esde o mês de março
deste ano, estamos
vivendo uma nova
experiência de Igreja, onde o
nosso Papa Francisco, com toda
a sua vida latino-americana, vem
fazendo um convite a todos nós,
para que possamos viver a força
da Igreja Viva, como DiscípulosMissionários, na construção do
Reino de Deus, aqui e agora.
Mas o que significa a expressão
Latino-americana? A resposta é
bem simples, pois nesta parte do
nosso Continente Americano,
falamos a língua derivada do Latim,
isto é, o português, o espanhol,
e ainda outros idiomas como o
italiano e o francês. Assim sendo,
somos um continente Latinoamericano, e carregamos em nossa
história, todo um ideal e um ritmo
de vida. Houve um período em
que fomos marcados por uma
Teologia da Libertação, com toda
a riqueza de se valorizar os menos
favorecidos, os pobres, os jovens.
Nas décadas de 70 em diante,
vivemos junto com a Igreja os
Documentos de Medellin, Puebla
e Santo Domingo, todos eles nos
convidando a valorizar os Pobres
e os Jovens.
E agora, com o nosso Papa
Francisco, que celebrou em
Aparecida, no ano de 2.007,
o Encontro dos Bispos da
América Latina, e ainda ajudou
a confeccionar o Documento
final, ele nos convoca a colocar
em prática, toda a riqueza daquele
documento.
E o Papa, neste mês de outubro,
vem realizando uma grande
reunião com alguns prelados, a
fim de dar um novo rumo à nossa
Igreja, a fim de que ela seja mais
aberta, mais transparente e mais
voltada para a realidade, deixando
de lado o mundo das vaidades,
do triunfalismo, procurando ser
mais uma presença de Jesus no
meio dos homens e mulheres.
Cabe a cada um de nós,
estarmos bem de acordo com o
nosso Líder Espiritual, o nosso
Sumo Pontífice, pois ele quer
que experimentemos o que Jesus
faria hoje se estivesse em nosso
meio, deixando de lado as nossas
casas, prontos para servir ao nosso
irmão. Como ele vem chamando
a atenção de nós, padres, bispos
e leigos, para que possamos ir ao
encontro de nossas ovelhas, sentir
o cheiro das ovelhas, deixar que
elas sintam o cheiro de nossas
mãos ungidas, não devemos ficar
preocupados apenas com carros
de última geração, ou mesmo
entrar no mundo do consumismo.
Devemos ser sempre mais, ao invés
de ter sempre mais. Vale a pena
nos inteirarmos das reflexões
que o nosso Papa vem fazendo
em todas as suas celebrações,
principalmente nesta sua visita
à cidade natal de São Francisco
de Assis, onde ele nos deu uma
grande lição de ser um bom cristão
neste mundo de hoje, através de
suas palavras e ainda mais, do seu
testemunho de vida. Estejamos
atentos às palavras e aos gestos
do nosso querido Papa Francisco,
um homem enviado por Deus e
iluminado pelo Espírito Santo para
o mundo de hoje.
Pe. Luiz Fernando
Nascimento de Oliveira
facebook.com/mondainebrasil
"O mundo está nas mãos daqueles que têm a coragem de sonhar e de correr o risco de viver seus sonhos" (Paulo Coelho)
S6-0008-CK_AD IVETE JORNAL SOLIDARIEDADE 25X29,5.indd 1
12/2/13 5:32 PM
12
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Dezembro -2013
HUMOR
SANTOS DO MÊS
Datas Comemorativas do Mês de Dezembro
LUA
13
Chester À Califórnia
INGREDIENTES
• 1 chester de 3 kg
• 1/2 xícara (chá) de azeite de oliva
• 3 colheres (sopa) de manteiga
• 2 dentes de alho
• 1/2 xícara (chá) de suco de limão
• 2 colheres (sopa) de vinagre
•
•
•
•
•
•
•
2 xícaras (chá) de vinho branco
2 cebolas médias
Sal
Pimenta-do-reino
1 lata de pêssego em calda
1/2 lata de figo em calda
1 abacaxi fresco
MODO DE PREPARO
Faça uma pasta com o azeite,
o alho espremido, uma cebola
ralada, pimenta-do-reino e sal.
Tempere o peru por dentro
e por fora, cubra com vinho,
suco de limão e vinagre.
besunte dentro do Chester com
manteiga. Coloque 1 cebola
grande cortada em 4 dentro
do chester para desprender o
sabor junto com a manteiga.
Ficará úmido, macio e com
sabor diferente.
Deixe a ave no tempero por
12 horas, virando-a de vez em
quando, para que fique bem
temperada.
Leve o peru ao forno quente
com todos os temperos e 1/2
lata da calda do pêssego, cubra
com papel-alumínio e deixe
cozinhar, regando de vez em
quando com o molho formado
na assadeira. Depois de 1 hora
e 30 minutos de cozimento,
retire o papel-alumínio e deixe
dourar de todos os lados. Vire
a ave com o peito para cima,
coloque na assadeira o abacaxi
cortado em fatias, os figos
em calda, deixe que amaciem,
acrescente os pêssegos para
cozinhar mais um pouco. Sirva
o peru guarnecendo-o com as
fatias de abacaxi, sobre elas
ponha metades de pêssegos
com as ameixas no centro e
intercaladas com os figos.
O molho deve ser coado e
servido à parte.
LOTES EM ATÉ
36
GRAN
I NV E ST
PARCELAS
FIXAS*
DESCONTOS PROGRESSIVOS*
FINANCIAMENTO
PRÓPRIO OU BANCÁRIO*
GRANVIVER
INVESTIMENTO
SEGURO
E RETORNO
IMEDIATO
SOMENTE ATÉ 15/12
LIGUE AGORA
Nova – 2
Crescente – 9
0800 941 6699
Construção e Incorporação:
Cheia – 17
Minguante - 25
Intermediação Imobiliária:
PJ3480
01 – Dia Internacional da Luta contra a AIDS
02 – Dia Nacional do Samba
03 – Dia Internacional do Portador de Deficiência
04 – Dia do Publicitário | Podólogo| Perito Criminal
05 – Dia Nacional da Pastoral da Criança
07 – Dia Internacional da Aviação Civil
08 – Dia Nacional da Família
09 – Dia Internacional Contra a Corrupção | Fonoaudiólogo
10 – Dia Internacional dos Direitos Humanos
11 – Dia do Arquiteto | Engenheiro Civil | Agrônomo
13 – Dia da Deficiência Visual
14 – Dia Nacional do Ministério Público
15 – Dia do Jardineiro
16 – Dia do Reservista
18 – Dia do Museólogo
19 – Dia do Atleta Profissional
20 – Dia da Bondade
21 – Dia do Atleta | Início do verão
23 – Dia do Vizinho
24 – Dia do Órfão
25 – Natal do Senhor - Feriado
26 – Dia da Lembrança
28 – Dia do Salva-vidas
29 – Dia Internacional da Biodiversidade
31 – Reveillon
1. Santo Elói ou Elígio.
2. São Silvério Papa, Santa Bibiana.
3. São Francisco Xavier, São Galgano
Guidotte.
4. São João Damasceno, Santa Bárbara.
5. São Sabas e Nicola Stenon.
6. São Nicolau de Mira e de Bari.
7. Santo Ambrósio.
8. Imaculada Conceição de Maria.
9. São João (Juan) Diego Cuauhtlatoatzin,
Santa Leocádia.
10. São João Roberts, São Melquíades,
papa e mártir.
11. São Dâmaso I Papa, São Sabino.
12. Nossa Senhora de Guadalupe.
13. Santa Luzia ou Lúcia, Santa Otília.
14. São João da Cruz.
15. Santa Cristina, São Mesmino,
Confessor.
16. Santa Adelaide.
17. São Lázaro de Betânia .
18. São Gaciano.
19. Santo Urbano V Papa.
20. São Domingos de Silos.
21. São Pedro Canísio.
22. Santa Francisca Xavier Cabrint.
23. São João Câncio.
24. Santa Paula Isabel Cerioli, São Charbel
Makhlouf
25. Natal de Jesus e Santa Anastácia.
26. Santo Estevão.
27. São João Apóstolo e Evangelista.
28. Santos Inocentes e Catarina Volpicelli.
29. São Tomás Becet.
30. Sagrada Família.
31. Santa Catarina Labouré.
RECEITA
JORNAL SOLIDARIEDADE
w w w. l o p e s . c o m . b r / m g
"Que os vossos esforços desafiem as impossibilidades lembrai-vos de que as grandes coisas do homem foram conquistadas do que parecia impossível" (Charles Chaplin)
granviver.com.br
granviver
Imagem meramente ilustrativa. *As modalidades de pagamento não são cumulativas e serão aplicadas de acordo com o financiamento
escolhido pelo cliente. Consulte empreendimentos e unidades participantes da promoção com um de nossos consultores.
" Quer você acredite que consiga fazer
uma coisa ou não, você está certo." (Henry Ford)
14
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Projeto de contos e histórias do Lar dos Meninos
leva alegria para os idosos
M
omentos de alegria,
descontração e emoção
marcaram o início do
projeto de contação de história dos
alunos do Lar dos Meninos São Vicente
de Paulo. O projeto é coordenado
pelo educador Breno Soares, que
contou com o apoio do coordenador
dos cursos profissionalizantes do
Lar Paulo Sette, instrutora do curso
de cabeleireiro Eunice David, além
dos alunos do curso de fotografia
– FOTOARTE.
No dia 30 de outubro os alunos
do Lar dos Meninos visitaram o Lar
dos Idosos São José e promoveram
um encontro alegre e interativo.
No dia 30 de outubro sob a
coordenação do educador Breno
Soares, acompanhado do Coordenador
do CFP Paulo Sette e instrutora
de cabeleireiro Eunice David
juntamente com o os alunos do
curso de fotografia FOTOARTE, o
grupo de contos e histórias do Lar
dos Meninos São Vicente de Paulo,
se apresentou no Lar dos Idosos
São José levando muita alegria,
esperança e entusiasmo para os
idosos que ali residem.
Através da arte e da cultura os
alunos que compõe este grupo, levam
esperança e alegria, bebendo das
fontes literárias e expressando suas
experiências vividas no decorrer de
suas histórias reais, deixando por
onde passam sementes de amor
e centelhas de luz com os contos
e histórias encantando a todos os
nossos queridos idosos.
Atualmente percebemos a
necessidade de fortalecer os vínculos
entre as gerações, poder compartilhar
estórias de vidas onde o público
é completamente diversificado
é uma experiência fantástica. Os
idosos passam experiência de vida
e os jovens a esperança e fé em
um mundo melhor , juntar estas
gerações é partilhar momentos
onde a convivência é parceira e
fundamental para o retorno dos
valores morais e sensibilização dos
nossos jovens.
Fotos realizadas pelo alunos do Projeto FOTOARTE
SUPLEMENTO
BALANÇO
JULHO
2013
PRESTAÇÃO DE CONTAS AOS COLABORADORESS
CENTRAL DE RELACIONAMENTO
CRECHE CENTRO INFANTIL UNIÃO
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES ATENDIDOS
Contribuição de Alunos Externos
CONVENIO INSTITUIÇÕES PRIVADAS
Convênio com Pessoas Físicas e Jurídicas
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
BENEFICIADOS/ATENDIDOS
Outros Gastos com Beneficiados
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
PIS sobre Folha de Pagamento
Vale Transporte / Ônibus Especial
Assistência Médica - Convênio Médico
ADMINISTRATIVAS
Material de Uso e Consumo
Condução e Estacionamento
HIGIENE E LIMPEZA
Materiais de Higiene e Limpeza
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
Aluguel de Máquinas e Equipamentos
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Honorários Advocatícios
Honorários Contábeis
Serviços Departamento Pessoal
Segurança Eletrônica
Serviços Expressos/Motoboy
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
SERVIÇOS PÚBLICOS
Energia Elétrica
Água e Esgoto
Telefone Fixo
Internet
Telefone Celular
Gás
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
Concessão Doação Associações do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
Associação de Resgate da Dignidade Humana Providência Divina
901,24
901,24
33.823,56
26.014,54
2.227,62
281,29
4.452,69
847,42
9.787,44
9.542,44
245,00
938,84
938,84
400,00
400,00
3.935,02
88,23
328,77
265,20
209,39
673,20
2.370,23
3.937,76
616,94
2.356,21
395,83
98,78
50,00
420,00
149,89
149,89
1.084,45
1.084,45
54.958,20
0,00
10.766,30
10.766,30
10.957,95
0,00
10.957,95
26.637,34
418,00
16.582,00
9.637,34
62,92
62,92
26.700,26
26.404,86
17.911,72
13.312,76
979,79
140,04
917,66
1.608,57
324,50
628,40
523,57
523,57
328,22
107,95
220,27
3.504,92
282,70
3.124,81
97,41
59,00
59,00
4.077,43
0,00
4.077,43
26.404,86
35.241,29
26.404,86
461,51
9.297,94
Associação Resgate da Dig. Humana Divina Providência
BALANCETE SETEMBRO 2013
UNIDADES
CETAI SANTANA
CFP CRUCILÂNDIA
CFP PROFª IRENE DE MELO PINHEIRO
CFP SANTA LUZIA
CFP SANTA MARIA
CFP SÃO JOSÉ
191,65
191,65
191,65
0,00
8.310,01
231,02
8.541,03
CENTROS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL
180.014,30
54.958,20
125.056,10
BALANCETE SETEMBRO 2013
"Não há esperança sem medo, nem medo sem esperança." (Baruch Espinoza)
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
Contribuição Conta Cemig
Contribuição Conta Telemar
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
PIS sobre Folha de Pagamento
FGTS - Rescisório
Vale Transporte / Ônibus Especial
Cesta Básica
Alimentação
ADMINISTRATIVAS
Material de Uso e Consumo
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Serviços Departamento Pessoal
Segurança Eletrônica
SERVIÇOS PÚBLICOS
Energia Elétrica
Telefone Fixo
Internet
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
CONCESSÃO
- SDP
Concessão DOAÇÕES
Doação Associações
do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
EMPRÉSTIMOS SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA - DÉFICIT
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
1.250,00
1.250,00
10.848,00
10.848,00
687,82
687,82
12.785,82
BAZAR DIVINA PROVIDÊNCIA
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
VENDA DE PRODUTOS E SERVIÇOS
Venda de Produtos
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
BALANCETE SETEMBRO 2013
166.628,48
600,00
167.228,48
CONTRIBUIÇÕES
AJUDA TOTAL DE
ARDHPD RECEITAS
32.778,20 14.775,00
1.500,00
0,00
14.230,36 4.060,00
6.547,12
6.617,87
0,00
23.224,20 1.060,00
DESPESAS
47.553,20
1.500,00
18.290,36
6.547,12
6.617,87
24.284,20
51.841,42
1.241,03
20.320,13
9.723,69
8.576,97
25.247,37
SALDO
-4.288,22
258,97
-2.029,77
-3.176,57
-1.959,10
-963,17
CENTROS DE FORMAÇÃO PROFISSIONAL
Associação de Promoção Humana Divina Providencia
BALANCETE SETEMBRO 2013
UNIDADES
CFP DOM JOÃO RESENDE COSTA
CFP HELENA STEIN PENA
CFP MADRE TEREZA DE CALCUTÁ
CFP NITA CHAVES
CFP RAFAEL ZICA GEO
01
CONTRIBUIÇÕES
160.946,98
10.800,00
27.282,41
49.173,32
5.019,45
AJUDA TOTAL DE
DESPESAS SALDO
ARDHPD RECEITAS
0,00 160.946,98
11.867,96 149.079,02
0,00
10.800,00
11.828,67 -1.028,67
14.780,90
42.063,31
51.667,59 -9.604,28
0,00
49.173,32
59.670,72 -10.497,40
8.730,74
13.750,19
25.338,88 -11.588,69
SUPLEMENTO
BALANÇO
JULHO
2013
CENTRO INFANTIL DIVINA PROVIDÊNCIA CONSTRUÇÃO
0,00
1.921,06
1.921,06
9.600,00
9.600,00
9.600,00
806,00
806,00
14.127,74
14.127,74
21.240,50
3.432,50
417,00
37,50
3.275,50
14.078,00
36.174,24
EMPRÉSTIMOS DE UNIDADES SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA - DÉFICIT
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
11.521,06
36.174,24
29.950,00
5.296,82
FACULDADE DIVINA PROVIDÊNCIA
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
RECEITAS DE DOAÇÕES SDP
Doações de Associações do Sistema
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
PIS sobre Folha de Pagamento
FGTS - Rescisório
Rescisões Trabalhistas
Treinamento /Formação Profissional
ADMINISTRATIVAS
Condução e Estacionamento
Conselhos e Entidades de Classe
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Honorários Advocatícios
Serviços Departamento Pessoal
Segurança Eletrônica
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
SERVIÇOS PÚBLICOS
Telefone Fixo
Internet
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
Concessão Doação Associações do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
EMPRÉSTIMOS SISTEMA DIVINAPROVIDÊNCIA - DÉFICIT
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
0,00
3.679,86
3.679,86
19.500,00
19.500,00
19.500,00
14.514,88
4.921,53
82,97
40,91
3.235,52
6.207,99
25,96
294,70
280,00
14,70
10.469,54
88,23
25,40
1.154,95
9.200,96
148,85
50,07
98,78
56,48
56,48
289,80
289,80
22.214,93
396,20
22.611,13
6.505,46
6.485,46
140,70
140,70
6.646,16
4.184,14
3.203,83
2.081,76
94,73
11,85
92,39
873,50
34,90
14,70
365,17
117,41
191,00
20,76
36,00
238,10
238,10
127,27
88,23
39,04
199,27
10,52
89,97
98,78
50,50
50,50
4.184,14
29.257,29
4.184,14
200,70
25.273,85
JORNAL SOLIDARIEDADE
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
Depósito em Conta Corrente
RECEITAS DE PUBLICIDADE
Publicidade e Propaganda
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
CUSTOS DO JORNAL SOLIDARIEDADE
Produção
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
25.774,25
23.179,86
25.774,25
2.975,45
381,06
02
BALANÇO
JULHO
2013
CENTRAL DE MEDICAMENTOS
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
PIS sobre Folha de Pagamento
Acordo Judicial
Vale Transporte / Ônibus Especial
Assistência Médica - Convênio Médico
Treinamento /Formação Profissional
ADMINISTRATIVAS
Material de Escritório
Condução e Estacionamento
Conselhos e Entidades de Classe
Repasse Setor Administrativo
HIGIENE E LIMPEZA
Materiais de Higiene e Limpeza
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Honorários Advocatícios
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
SERVIÇOS PÚBLICOS
Energia Elétrica
Telefone Fixo
Internet
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
EMPRÉSTIMOS DO SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
RECEITAS DE DOAÇÕES SDP
Doações de Associações do Sistema
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
ADMINISTRATIVAS
Repasse Setor Administrativo
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Serviços de Empreiteiros
MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
Agregados
Material de Vedação e Divisórias
Material Hidráulico
Material de Acabamento
Cobertura e Esquadrias
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SUPLEMENTO
CENTRAL DE EMPREGOS
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
VENDA DE PRODUTOS E SERVIÇOS
Venda de Produtos
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
PIS sobre Folha de Pagamento
Férias
Vale Transporte / Ônibus Especial
ADMINISTRATIVAS
Material de Escritório
HIGIENE E LIMPEZA
Materiais de Higiene e Limpeza
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
Manutenção /Materiais de Informática
Manutenção /Materiais de Máquinas e Equipamentos
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Honorários Contábeis
Serviços Departamento Pessoal
Segurança Eletrônica
Licenciamento de Programas
Serviços Expressos/Motoboy
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
SERVIÇOS PÚBLICOS
Energia Elétrica
Água e Esgoto
Internet
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
Concessão Doação Associações do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
AJUDA SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA
EMPRÉSTIMOS DE UNIDADES SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA - DÉFICIT
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
7.114,42
7.114,42
2.643,45
1.143,45
1.500,00
11.817,00
11.817,00
14.460,45
7.612,50
7.600,00
7.600,00
12,50
12,50
7.612,50
21.574,87
7.612,50
13.962,37
CENTRO INFANTIL DIVINA PROVIDÊNCIA
0,00
593,79
593,79
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
Depósito em Conta Corrente
VENDA DE PRODUTOS E SERVIÇOS
Venda de Produtos
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
RECEITAS DE DOAÇÕES SDP
Doações de Associações do Sistema
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
CUSTOS DOS CENTROS DE FORMAÇÃO
Material/Equipamento de Ensino
BENEFICIADOS/ATENDIDOS
Outros Alimentos
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
PIS sobre Folha de Pagamento
Vale Transporte / Ônibus Especial
Alimentação
ADMINISTRATIVAS
Condução e Estacionamento
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Honorários Contábeis
Serviços Departamento Pessoal
Serviços de Empreiteiros
SERVIÇOS PÚBLICOS
Telefone Fixo
Internet
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
AQUISIÇÃO BENS NATUREZA PERMANENTE
Móveis e Utensílios
MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
Agregados
Armação e Formas
Material Elétrico
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
Concessão Doação Associações do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
EMPRÉSTIMOS PARA UNIDADES SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
1.000,00
1.000,00
2.178,60
2.178,60
14.673,02
11.622,18
613,19
77,27
1.356,46
1.003,92
70,72
70,72
247,57
247,57
638,50
123,50
515,00
1.497,08
65,77
38,10
173,13
201,08
412,20
606,80
618,99
507,89
13,69
97,41
14,80
14,80
356,50
356,50
18.117,18
4.722,39
18.117,18
14.701,10
50,76
1.357,07
CONSTRUÇÃO FACULDADE
DIVINA PROVIDÊNCIA - RIBEIRÃO DAS NEVES
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
RECEITAS DE DOAÇÕES SDP
Doações de Associações do Sistema
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Serviços de Empreiteiros
MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
Material Elétrico
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
1.012,70
1.012,70
1.181,60
1.181,60
1.181,60
691,72
691,72
1.494,30
1.494,30
2.186,02
2.194,30
2.186,02
8,28
03
0,00
83.008,13
83.008,13
51.338,26
36.970,26
14.368,00
5.310,00
5.310,00
27,96
27,96
8.500,18
8.500,18
65.176,40
778,16
778,16
63,25
63,25
76.861,39
69.647,69
3.016,69
383,51
3.772,49
41,01
115,00
115,00
1.570,09
328,79
241,30
1.000,00
498,78
98,78
400,00
189,42
189,42
2.640,00
2.640,00
8.148,11
1.837,50
6.235,61
75,00
2.273,53
2.273,53
93.137,73
148.184,53
93.137,73
29.950,00
25.096,80
SUPLEMENTO
SUPLEMENTO
BALANÇO
BALANÇO
JULHO 2013
JULHO 2013
ESCOLA TÉCNICA
BALANCETE SETEMBRO 2013
Cidade dos Meninos São Vicente de Paulo
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO - RESERVA 13º SALÁRIO E FÉRIAS EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
Depósito em Conta Corrente
RECEITAS PATRIMONIAIS
Receitas de Aluguéis de Imóveis
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
RECEITAS DE DOAÇÕES SDP
Doações de Associações do Sistema
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
CUSTOS DOS CENTROS DE FORMAÇÃO
Material/Equipamento de Ensino
CUSTOS DA FAZENDA ESCOLA
Insumo para Ração
BENEFICIADOS/ATENDIDOS
Gêneros Alimentícios não Perecíveis
Carnes
Hortifrutigranjeiros
Leite e Derivados
Outros Alimentos
Outros Gastos com Beneficiados
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
INSS
PIS sobre Folha de Pagamento
Férias
FGTS - Rescisório
Rescisões Trabalhistas
Acordo Judicial
Vale Transporte / Ônibus Especial
Assistência Médica - Convênio Médico
Alimentação
EPI/Uniforme
ADMINISTRATIVAS
Material de Escritório
Material de Uso e Consumo
Xerox e Autenticações
Combustíveis e Lubrificantes
Condução e Estacionamento
Conselhos e Entidades de Classe
Repasse Setor Administrativo
HIGIENE E LIMPEZA
Materiais de Higiene e Limpeza
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
Manutenção /Materiais de Informática
Manutenção /Materiais de Máquinas e Equipamentos
Manutenção/ Materiais de Bens Imóveis
Aluguel de Máquinas e Equipamentos
TRANSPORTES
SUPLEMENTO
SUPLEMENTO
202.044,79
121.545,94
323.590,73
510.271,80
364.352,59
145.919,21
695,25
695,25
2.435,57
2.435,57
289,80
289,80
513.692,42
7.900,00
7.900,00
640,00
640,00
51.866,33
7.994,92
16.697,79
9.775,00
4.872,59
12.013,47
512,56
242.828,56
151.186,25
13.146,51
12.342,91
398,11
1.142,69
6.187,23
11.786,27
27.008,45
17.080,04
1.710,10
240,00
600,00
25.770,80
392,80
2.641,62
330,80
50,00
200,00
1.151,28
21.004,30
3.176,20
3.176,20
1.641,62
515,51
176,40
75,00
874,71
100,00
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
SALDO EM CAIXA
SALDO CONTA SALARIO
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
Vale Transporte / Ônibus Especial
ADMINISTRATIVAS
Material de Escritório
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
Manutenção /Materiais de Informática
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
Outros Serviços de Pessoa Física
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
04
37.533,51
1.894,19
0,00
944,50
40.372,20
11.483,99
11.483,99
284,16
284,16
11.768,15
8.105,50
6.887,39
1.218,11
468,85
468,85
1.976,00
1.976,00
1.574,36
1.000,00
574,36
13,44
13,44
12.138,15
52.140,35
12.138,15
40.002,20
BALANCETE SETEMBRO 2013
EMPRÉSTIMOS DE UNIDADES SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA - DÉFICIT
AJUDA SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
JULHO 2013
JULHO 2013
PRÉDIO RUA CAETÉS REFORMA CEDIPRO
BALANCETE SETEMBRO 2013
RESTAURANTE POPULAR DIVINA PROVIDÊNCIA - NITA CHAVES
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
VENDA DE PRODUTOS E SERVIÇOS
Venda de Produtos
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
CUSTOS DOS RESTAURANTES POPULARES
Gêneros Alimentícios não Perecíveis
Carnes
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
PIS sobre Folha de Pagamento
ADMINISTRATIVAS
HIGIENE E LIMPEZA
Materiais de Higiene e Limpeza
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
BALANÇO
BALANÇO
0,00
761,63
761,63
3.000,00
3.000,00
6.704,00
6.704,00
9.704,00
5.101,42
2.421,15
2.680,27
3.477,24
3.172,52
270,85
33,87
5,16
691,00
691,00
0,00
24,04
24,04
3,60
3,60
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
VENDA DE ATIVO PERMANENTE
Imóveis
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
ADMINISTRATIVAS
Material de Uso e Consumo
Condução e Estacionamento
Repasse Setor Administrativo Infraestrutura
HIGIENE E LIMPEZA
Materiais de Higiene e Limpeza
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
Manutenção /Materiais de Máquinas e Equipamentos
Aluguel de Máquinas e Equipamentos
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Serviços Gráficos
Serviços de Arquitetura
Serviços de Empreiteiros
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
SERVIÇOS PÚBLICOS
Energia Elétrica
Telefone Fixo
Internet
MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
Agregados
Armação e Formas
Material Hidráulico
Material Elétrico
Material de Acabamento
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
Concessão Doação Associações do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
AJUDA SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA
EMPRÉSTIMOS PARA UNIDADES SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
PROGRAMA VIDA SEM FOME
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
Depósito em Conta Corrente
VENDA DE PRODUTOS E SERVIÇOS
Venda de Produtos
RECEITAS FINANCEIRAS
Rendimento de Aplicação Financeira
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
CUSTOS DA CENTRAL DE ABASTECIMENTO
Gêneros Alimentícios
BENEFICIADOS/ATENDIDOS
Gêneros Alimentícios não Perecíveis
PESSOAL E ENCARGOS
Salários
FGTS - Folha de Pagamento
Férias
ADMINISTRATIVAS
Xerox e Autenticações
Manutenção de Veículos
Conselhos e Entidades de Classe
MÁQUINAS E EQUIPAMENTOS
Manutenção/ Materiais de Bens Imóveis
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Honorários Advocatícios
Honorários Contábeis
Outros Serviços de Pessoas Jurídicas
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
Concessão Doação Associações do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
31.053,89
36.788,32
67.842,21
33.757,33
10.574,73
23.182,60
60,00
60,00
235,11
235,11
34.052,44
9.032,40
9.032,40
16.577,40
16.577,40
2.209,42
1.041,24
183,78
984,40
90,46
26,00
10,00
54,46
532,00
532,00
1.898,93
88,23
46,02
1.764,68
105,00
105,00
98,78
98,78
409,57
409,57
5.270,40
5.270,40
5.679,97
6.245,92
1.848,00
875,14
3.522,78
210,08
210,08
5.300,90
2.890,00
2.410,90
33.047,56
327,00
3.281,46
28.949,10
490,00
725,69
438,53
219,26
67,90
61.040,29
3.563,60
1.226,00
8.271,57
22.988,52
24.990,60
772,99
772,99
107.343,43
95.761,83
107.343,43
94.730,14
2.974,59
80.173,95
PRÉDIO OLHOS D'AGUA CONTRUÇÃO FACULDADE
BALANCETE SETEMBRO 2013
SALDO APLICAÇÃO EM 01/09/2013
SALDO CONTA CORRENTE EM 01/09/2013
TOTAL DO SALDO EM 01/09/2013
RECEITAS
CONTRIBUIÇÕES
Contribuição Boleto Bancário
Depósito em Conta Corrente
RECEITAS DE DOAÇÕES SDP
Doações de Associações do Sistema
TOTAL DAS RECEITAS
DESPESAS
SERVIÇOS TERCEIRIZADOS
Serviços de Empreiteiros
SERVIÇOS PÚBLICOS
Energia Elétrica
Água e Esgoto
TARIFAS BANCÁRIAS
Despesas e Taxas Bancárias
TRIBUTÁRIAS
MATERIAL DE CONSTRUÇÃO
Armação e Formas
Material Hidráulico
Material de Acabamento
CONCESSÃO DOAÇÕES - SDP
Concessão Doação Associações do SDP
TOTAL DE DESPESAS
RESUMO GERAL
RECEITAS DO MÊS + SALDO ANTERIOR
DESPESAS DO MÊS
SALDO EM 30 DE SETEMBRO DE 2013
30.544,39
101.894,65
30.544,39
71.350,26
9.302,46
10.465,63
9.302,46
601,02
161,70
1.602,49
76.521,84
13.560,02
90.081,86
05
0,00
33.869,77
33.869,77
39.400,00
34.400,00
5.000,00
1.500,00
1.500,00
40.900,00
15.783,62
15.783,62
1.048,34
507,89
540,45
29,20
29,20
0,00
2.810,30
568,50
339,80
1.902,00
2.013,69
2.013,69
21.685,15
74.769,77
21.685,15
53.084,62
20
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Dezembro -2013
JORNAL SOLIDARIEDADE
21
CARTA DO ALUNO
ARTIGO
Cidade dos Meninos:
Um Projeto de Deus
A
Cidade dos Meninos de São Vicente
de Paulo, implantada e mantida em
Ribeirão das Neves pelo Sistema Divina
Providência, é, sem dúvida, um dos projetos sociais
mais bem estruturados que já tive oportunidade
de conhecer e, por isso mesmo, recebe o meu
entusiasmado apoio há quase 15 anos. Trata-se
de uma iniciativa de enorme alcance e grande
eficácia, não só pelo seu porte, como também,
e principalmente, pelo fato de ter-se estruturado
como um projeto que não recebe qualquer tipo de
ajuda, direta ou indireta, da parte do Estado ou
de programas governamentais. A totalidade das
despesas com os investimentos e com o custeio
operacional do projeto é viabilizada com o trabalho
voluntário de abnegados colaboradores, com a
doação de alimentos, fundos e materiais e com
o apadrinhamento (modalidade de participação
onde empresas e outros benfeitores ou filantropos
assumem os custos de determinados alunos, de
internos ou de casas).
Exatamente pelas suas características de
seriedade, de objetividade e de altruísmo,
esse projeto e seus gestores não se expõem em
campanhas publicitárias ou em ações de natureza
promocional. Talvez, por conta disso, a Cidade
dos Meninos e o extraordinário conjunto de
ações que se desenvolve a partir do campus de
Ribeirão das Neves não sejam conhecidos na
justa proporção de sua importância e do seu
alcance social. Assim, achei oportuno resumir
neste texto, as principais características do projeto
que tanto me empolga e para o qual a MRV
vem contribuindo com significativas doações e
patrocínios.
A Cidade dos Meninos é, em essência, um
centro de formação escolar, moral e humana,
com cerca de cem mil metros quadrados de área
construída e onde é atendido um contingente de
mais de cinco mil alunos (em regime de internato,
semi-internato e externato). Os alunos internos
recebem da instituição, gratuitamente, moradia
confortável, alimentação balanceada e completa,
além de orientação pedagógica e assistência médica,
psicológica e odontológica. A formação escolar
oferecida no campus inclui o Ensino Fundamental e
o Ensino Médio, aulas de reforço e complementação,
bem como a formação profissionalizante em
quase uma centena de
modalidades, para as
quais são desenvolvidas
atividades em oficinas
especializadas e bem
equipadas, incluindo uma
Fazenda-Escola. Além
da educação formal,
os jovens atendidos
na Cidade dos Meninos
recebem uma importante
formação moral e cultural,
participam de eventos
estimulantes – como
feiras de ciências, por
exemplo – e desenvolvem
atividades esportivas e
lúdicas (em razão das
quais, alcançam um nível
de ocupação saudável
e sem espaços para
ociosidades prejudiciais).
O resultado de tudo
isso é visivelmente
concreto: a Cidade dos
Meninos está ajudando na
formação de um número
expressivo de bons
cidadãos, com formação
adequada, elevado nível
de socialização e de
integração produtiva, e
que contam, também,
com uma base cultural
susceptível de bom
desenvolvimento futuro e
"A persistência é o menor caminho do êxito." (Charles Chaplin)
com os indispensáveis princípios éticos e morais.
Esses resultados tornam-se ainda mais expressivos
quando se considera que uma parte significativa
desse contingente de jovens foi resgatada de
ambientes de risco e insegurança e passou a
desfrutar de chances concretas de desenvolvimento
humano e de uma vida futura mais segura, mais
confortável, mais digna e mais produtiva. Esse
é um projeto que realmente me entusiasma, que
eu gostaria de ver multiplicado em todo o país e
que continuará a receber o patrocínio da nossa
construtora na medida das nossas possibilidades
futuras.
Rubens Menin
Presidente da MRV Engenharia
Olimpiadas da Cidade dos Meninos
incentiva alunos à prática de esportes
A
Prédio construído e doado pela MRV.
competição de abrangência
local cresce a cada
edição, reunindo todos os
estudantes da Cidade dos Meninos
e a cada ano que se passa é mais
desejada pelos alunos. Considerando
os atletas e os demais alunos que foram
ao ginásio poliesportivo apoiar o seu
setor/time, os números chegam a mais
de quinhentos (500) participantes.
Tivemos também o apoio de mais
de dezesseis (16) colaboradores da
instituição envolvidos diretamente
com o evento.
A Olimpíada da Cidade dos
Meninos São Vicente de Paulo ocorreu
na semana das crianças, entre os
dias 14 e 17 de outubro, sendo o
maior evento estudantil esportivo
do Sistema Divina Providência e
tem o objetivo de oportunizar a
integração, o desenvolvimento e o
aperfeiçoamento dos alunos internos
e semi-internos, através de várias
modalidades esportivas, como o
futebol, futsal, judô e vôlei.
O setor de formação profissional
foi o responsável por planejar este
evento, contando também com a
participação de outros setores da
Cidade dos Meninos para a execução
do mesmo.
A abertura da olimpíada iniciouse com o discurso do orador,
senhor Herlei Aparecido, onde foi
solicitado quealguns colaboradores
compossem a mesa, logo após houve
o desfile com a entrada dos alunos
representantes de cada modalidade
esportiva (futebol, futsal, judô e
vôlei), a entrada das bandeiras do
Estado de Minas Gerais, a bandeira
do Brasil e do município de Ribeirão
das Neves. Então, o orador deu início
à execução do hino nacional. Além
disso, foram realizadas também
três (3) apresentações de dança,
elaboradas pelos próprios alunos.
E logo após ocorreu a saída das
delegações e iniciaram-se os jogos.
Foram realizados trinta e oito (38)
jogos de futsal, onze (11) jogos de
vôlei, seis (6) jogos de futebol, cento
e vinte quatro (124) combates de
judô, com a participação de quatro
(4) times de futebol, vinte e um (21)
times de futsal, sendo estes últimos
divididos em feminino e masculino,
além da divisão entre módulo um
(1), que corresponde aos alunos
nascidos em 1999, 2000 e 2001,e,
módulo dois (2), que corresponde
aos alunos nascidos em 1996, 1997 e
1998. Houve também a participação
de onze (11) times de vôlei ejudocas.
No dia 17 de outubro ocorreu
o encerramento do evento com as
entregas das medalhas e troféus,
onde foram premiados todos os
primeiros e segundos lugares de cada
modalidade esportiva (futebol, futsal,
judô e vôlei), sendo entregues no
total cinquenta e oito (58) medalhas
de ouro e quarenta e três (43) de
prata, além da entrega de quatorze
(14) troféus, ondeseis (6) foram
entregues para os primeiros lugares
de cada modalidade, seis (6) para
os artilheiros e melhores jogadores,
um (1) para a melhor torcida e um
(1) para o setor campeão.
Logo após a premiação o convidado,
senhor Jairo Cesar, superintendente
da Cidade dos meninos, elogiou a
participação de todos os colaboradores
envolvidos neste grande evento e
ressaltou o espírito esportivo de
todos os atletas.
"O entusiasmo é a maior força da alma. Conserva-o e nunca te faltará poder para conseguir o que desejas" (Napoleon Hill)
22
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Dezembro -2013
SANTO DO MÊS
Padroeira da América Latina
O
manto de Juan Diego,
perfeitamente conservado
apesar de se terem passado
mais de 450 anos, é ainda hoje venerado
no Santuário de Nossa Senhora de
Guadalupe, que foi declarada Pa¬droeira
de toda a América, em 1945, pelo Papa
Pio XII. Nesse santuário, o Papa João
Paulo II consagrou solenemente, em
1979, toda a América Latina a Nossa
Senhora de Guadalupe.
Em 1531, Nossa Senhora apa¬receu
a um príncipe indígena me¬xicano,
o Santo Juan Diego, e dei¬xou a ele
um sinal de que era re¬almente a
Mãe de Deus: no man¬to do vidente
apareceu milagro¬samente impressa
a imagem da Virgem. A partir daí, a
nos olhos, renovando o pedido. Nem
as lágrimas convenceram o bispo, que
exigiu do índio uma prova de que a
ordem partia mesmo da Mãe de Deus.
Deu-se, então, o milagre. João
Diogo caminhava em direção à capital
por um caminho distante da colina
onde, anteriormente, as duas visões
aconteceram. O índio, aflito, ia à procura
de um sacerdote que desse a unção dos
enfermos a um tio seu, que agonizava.
Repentinamente, Maria apareceu-lhe
à sua frente, numa visão belíssima.
Tranqüilizou-o quanto à saúde do tio,
pois avisou que naquele mesmo instante
ele já estava curado.
Quanto ao bispo, pediu a Juan Diego
que colhesse rosas no alto da colina
e as entregasse ao presbítero. João
ficou surpreso com o pedido, porque
a região era inóspita e a terra estéril,
além de o país atravessar um rigoroso
inverno. Mas obedeceu e, novamente
surpreso, encontrou muitas rosas, recémdesabrochadas. Juan enrolou-as no seu
manto e, como a Senhora ordenara,
foi entrega-las ao bispo como prova
de sua aparição.
Ao encontrar-se com o bispo abriu
o manto cheio de rosas e entregou-lhe,
e este vendo formar-se, impressa, uma
linda imagem da Virgem, tal qual o índio
a descrevera antes, mestiça. Espantado,
o bispo seguiu Juan até a casa do tio
moribundo e este já estava de pé, forte
e saudável. Contou que Nossa Senhora
"morena" lhe aparecera também, o teria
curado e renovado o pedido. Queria
um santuário na colina de Tepyac, onde
23
GIRO PELAS UNIDADES DO SISTEMA DIVINA PROVIDÊNCIA
Nossa Senhora de Guadalupe
evangeli¬zação do México, até então
lenta e difícil, tornou-se avassaladora,
sendo destruídos os últimos res¬quícios
da bárbara superstição dos índios
aztecas, que escravizavam outros
povos e sacrificavam seus próprios
filhos em rituais san¬grentos.
Talvez seja esta aparição uma das
mais comoventes, pelo milagre operado
no manto do índio e no episódio pela
dúvida lançada por um bispo sobre sua
aparição a um simples índio mexicano.
Tudo aconteceu em 1531, no México,
quando os missionários espanhóis já
haviam aprendido a língua dos indígenas.
A fé se espalhava lentamente por essas
terras mexicanas, cujos rituais dos índios
astecas eram muito enraizados. O índio
João Diogo havia se convertido e era
devoto fervoroso da Virgem Maria. Assim,
foi o escolhido para ser o portador de
sua mensagem às nações indígenas.
Nossa Senhora apareceu a ele várias
vezes.
A primeira vez, quando o índio
passava pela colina de Tepyac, próxima
da Cidade do México, atual capital, a
caminho da igreja. Maria lhe apareceu
e pediu que levasse uma mensagem
ao bispo. Ela queria que naquele local
fosse erguida uma capela em sua honra.
Atônito, o índio procurou o bispo, João
de Zumárraga, e contou-lhe o ocorrido.
Mas o sacerdote não acreditou à sua
narração, não dando resposta se iria,
ou não, iniciar a construção.
Passados uns dias, Maria apareceu
novamente a João Diogo, que desta
vez procurou o bispo com lágrimas
JORNAL SOLIDARIEDADE
sua imagem seria chamada de Santa
Maria de Guadalupe. Mas não explicou
o porquê do nome.
A fato do milagre se espalhou.
Enquanto o templo era construído, o
manto com a imagem impressa ficou
guardado na capela do paço episcopal.
Várias construções se sucederam na
colina, ampliando templo após templo,
pois as romarias e peregrinações só
aumentaram com o passar dos anos
e dos séculos.
O local se tornou um enorme santuário,
que abriga a imagem de Nossa Senhora
na famosa colina, e ainda se discute
o significado da palavra Guadalupe.
Nele, está guardado o manto de são
Juan Diego, em perfeito estado, apesar
de passados tantos séculos. Nossa
Senhora de Guadalupe é a única a ser
representada como mestiça, com o tom
de pele semelhante ao das populações
indígenas. Por isso o povo a chama,
carinhosamente, de "La Morenita",
quando a celebra no dia 12 de dezembro,
data da última aparição.
Foi declarada padroeira das Américas,
em 1945, pelo papa Pio XII.
Em 1979, como extremado devoto
mariano, o papa João Paulo II visitou
o santuário e consagrou, solenemente,
toda a América Latina a Nossa Senhora
de Guadalupe.
Fonte: derradeirasgracas.com
AMOR
E
CARINHO
Exemplo que podemos seguir.
Amor e carinho fazem parte da vida de uma criança. São alegres por natureza e transmitem
com toda sinceridade do mundo o que sentem. Doam esses seus sentimentos aos outros com a
inocência própria da idade. E são felizes.
O Sistema Divina Providência mantém o Lar e a Cidade dos Meninos, o Lar dos Idosos São
José, os centros profissionalizantes e outras entidades assistenciais e também é responsável pela
Creche União e pelo Centro Infantil Divina Providência. Quando você ajuda o Sistema Divina
Providência sem determinar qual instituição desta deseja beneficiar, a sua contribuição estará
sendo utilizada onde mais dela se necessitar no momento. Mas você pode escolher.
O importante é estar fazendo parte
de uma comunidade de pessoas caridosas
Ligue e p
que tem, como princípio, amar o próximo,
articipe:
3
6
26-9117 /
não importa idade, sexo ou religião.
3228-9236
Convidamos a fazer um passeio pelas nossas
obras sociais
Cidade dos Meninos São
Vicente de Paulo
Rua Ari Teixeira da Costa
1.500 |Santa Paula
Ribeirão das Neves
Contato: (31) 3626-9140
A maior unidade do Sistema Divina
Providência, Cidade dos Meninos
São Vicente de Paulo, foi inaugurada
no ano de 1998 e está localizada
na cidade de Ribeirão das Neves,
região metropolitana de Belo
Horizonte, ocupando uma área de
aproximadamente 540.000 m².
Desde a sua inauguração, a unidade
acolhe milhares de crianças e jovens
carentes, onde recebem apoio
acadêmico, profissional, cultural,
esportiva e religiosa.
Devido a sua grande extensão e amplo
atendimento, a Cidade dos Meninos
precisa ativamente da sua ajuda.
Escola Técnica Divina Providência
Fundada em julho de 2012, a Escola Técnica Divina Providência
localizada na Cidade dos Meninos São Vicente de Paulo é um
espaço criado com o objetivo de oferecer ao mercado de trabalho,
profissionais competentes e qualificados. O público alvo são jovens
carentes que moram na região de Ribeirão das Neves.
Atualmente a escola possui o curso técnico em informática, uma
das áreas mais procuradas futuramente novos cursos serão
disponibilizados para a população.
A Escola Técnica necessita urgente de padrinhos, equipamentos eletrônicos
e peças para montagem de rede.
Rua Ari Teixeira da Costa,
1500 Santa Paula - Neves
Lar dos Meninos São
Vicente de Paulo
Rua São Vicente, 300
Olhos d´Agua
Belo Horizonte
Contato: (31) 3288-1225
O Lar dos Meninos São Vicente de
Paulo foi a primeira unidade de
acolhimento ao jovem carente. Teve
sua fundação registrada no dia 25
de abril de 1976, atendendo menores
com idade entre 12 e 17 anos, em
regime de externato, semi-internato
e internato. Na unidade o jovem
tem acesso ao ensino fundamental
e médio, além de desenvolver
atividades
profissionalizantes,
culturais, esportivas, formação
moral e religiosa.
Apadrinhe um jovem. Mais de 100
meninos esperam por um padrinho.
Rua São José, 200
Olhos d´Água
Belo Horizonte
Contato: (31) 3288-1252
Rua Ari Teixeira da Costa,
1.500 | Santa Paula
Ribeirão das Neves
Centro Infantil
Divina Providência
Rua Quatro, 89
Conjunto Santa Maria
Belo Horizonte
Contato: (31) 3344-7330
O Centro Infantil Divina Providência é uma
unidade de acolhimento de crianças carentes
com idade entre 2 e 12 aos. As crianças
atendidas pela unidade desenvolvem atividades
que visam trabalhar os âmbitos social,
cultural, pedagógico, psicomotor e fraterno.
Em parceria com as empresas MRV Engenharia
e Guess, foi inaugurado em 2012 uma nova
estrutura de atendimento. Atualmente cerca
de 370 crianças são atendidas, com a conclusão
total do novo espaço, serão atendidas 700
crianças carentes.
O Centro Infantil precisa de brinquedos,
livros literários e pedagógicos.
Centro Infantil Creche União
Lar dos Idosos São José
Cuidar dos nossos idosos com o objetivo de promover o resgate
da dignidade humana é missão do Lar dos Idosos São José,
construído no ano de 1982. Desde a sua criação oferece aos
acolhidos um envelhecimento digno e tranquilo, além de
receber amor, carinho, atenção e cuidados com a saúde.
A creche necessita de reformas estruturais, tais como, pintura
interna e externa, troca do forro do teto de três salas, substituição
das portas dos armários das salas de aula, e, plantio de um jardim.
Administrada pelo Sistema Divina Providência desde fevereiro de 2005, a
unidade atende aproximadamente 200 crianças, com faixa etária entre 2 a 5
anos. As crianças matriculadas são moradoras do Conjunto Santa Maria,
bairro onde também está localizada a creche. Todas as crianças recebem
amor, carinho, respeito e atenção, além de desenvolverem diversas atividades
pedagógicas, artísticas e lúdicas.
A creche necessita de reformas estruturais, tais como, pintura interna e
externa, troca do forro do teto de três salas, substituição das portas dos
armários das salas de aula, e, plantio de um jardim.
"IA esperança seria a maior das forças humanas, se não existisse o desespero!" (Victor Hugo)
24
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Dezembro -2013
JORNAL SOLIDARIEDADE
25
Rafael Zica Geo
Localização: Rua do Ipê, 70
Bairro Ipê Amarelo - Nova Contagem - MG
Telefone: (31) 3913-1144 / 3913-1055
Madre Tereza de Calcutá
Farmácia de Manipulação
Central de Medicamentos Divina Providência
A Central de Medicamentos Divina Providência é o serviço
de apoio à população carente, o qual oferece medicamentos
a baixo custo, acessível a todos. A farmácia não obtém
nenhum lucro, sendo os medicamentos vendidos a preço
de custo. Desde sua inauguração em setembro de 2009,
já foram manipulados 16.0000 fórmulas.
Restaurante Nita Chaves:
Restaurante Cidade dos Meninos:
Localização: Rua Santa Lucia, 190
Bairro Olhos d´Agua – BH
Hoje não temos nenhum
padrinho para ajudar na
manutenção da Farmácia,
nosso material de trabalho é
bem especifico e difícil de
conseguir por doação para a
manipulação dos
medicamentos. Precisamos do
seu apoio.
Rua Wolts, nº 6 | Primeiro de Maio
Belo Horizonte
Localização: Rua Gávea, 150
Bairro Jardim América
Belo Horizonte - MG
Rua Ari Teixeira da Costa 1.500
Santa Paula | Ribeirão das Neves
Doe alimentos não perecíveis.
Informações ligue: 31 3228-9220.
Restaurante Popular
Escola Divina Providência
e Nita Chaves
O Sistema Divina Providência é mantedor
de dois restaurantes populares, os quais
são servidos refeições a baixo custo,
atendendo preferencialmente a
população carente.
Cursos:
Artesanato, Bijouteria e bordado em
pedraria, Cabeleireiro básico,
Manicure e pedicure, Depilação, Corte
e costura
Cozinheiro, Salgadeiro e pizzaiollo
Padaria e confeitaria,
Digitação e internet
Informática básica e avançada
Editoração eletrônica
Manutenção de micro computadores
Eletricidade predial Eletrônica básica
Secretariado Auxiliar administrativo
Telemarketing Vendas e consultor.
Profa. Irene Melo Pinheiro
Cursos:
Padaria, Confeitaria, Estética facial
Estética corporal e depilação
Digitação, Informática básica e avançada
Montagem e manutenção de
microcomputadores
Digitação, Operação de telemarketing
Auxiliar administrativo,
Manicure e pedicure, Cozinheiro,
Cabeleireiro básico e avançado
Eletrônica básica
Programa Vida Sem Fome
Iniciado no ano de 1978, o
projeto consiste em promover o
auxilio alimentício a famílias
carentes da grande Belo
Horizonte e interior de Minas
Gerais, além de valorizar os
laços familiares. Todas as
famílias cadastradas recebem
quinzenalmente cestas básicas
contendo alimentos essenciais,
tais como: arroz, feijão,
macarrão, óleo, fubá e outros,
além de leite em pó para
crianças de 6 meses a 3 anos
de idade.
CFP Dom João
Resende Costa
Rua Iara, 545
Bairro São Cosme
Distrito de São Benedito
Santa Luzia | MG
Telefone: (31)3634-7959
auxiliar administrativo,
estética facial e coporal,
manicure e pedicure,
cabeleireiro, cozinheiro,
salgadeiro e pizzaiolo,
confeitaria, corte e costura,
digitação, informática básica
e avançada, manutenção
de microcomputadores,
operador de telemarketing
A unidade precisa de
reformas no telhado,
reatores e lâmpadas. Ajude!
Informações: 31 3228-9220.
A unidade precisa de
computadores novos ou
semi-novos.Informações: 31
3228-9220.
Cursos:
Artesanato, Cabeleireiro
Corte e costura, Cozinheiro
Salgadeiro, Pizzaiolo
Criação e montagem de bijuterias
Digitação, Informática básica
Informática avançada,
Manicure e Pedicure,
Reparos em eletrodomésticos
Doe alimentos não perecíveis.
Informações ligue: 31 3626-9134.
Helena Stein Pena
Localização:
Rua Milton Assunção, 250
Bairro Eliane
Justinopolis | Ribeirão das Neves
"Passado é lição para refletir, não para repetir." (Mário de Andrade)
Santa Maria
Localização:
Rua 4 | Santa Maria
Belo Horizonte | MG
Cursos:
Estética,
Cabelereiro e
Administrativo.
Cursos:
Informática básico e
avançado, cabelereiro,
manicure e pedicure.
Cursos
Cursos:
Auxiliar administrativo
Cabeleireiro básico
Estética facial e corporal
Secretariado, Telemarketing
Manicure e pedicure entre outros.
Coordenador: Loggan Faedda
A unidade precisa de projetor.
Informações: 31 3228-9220.
Promover a autonomia e melhoria da perspectiva
de vida de jovens e adultos em situação de
vulnerabilidade social, através da capacitação
profissional.
Localização: Rua Cinco, 790
Parque Elizabeth | Ibirite -MG
Contato: (31) 3533-9023
Cetai Sant´Ana
Localização:
Av. Amazonas, 641
Centro | Belo Horizonte | MG
Telefone: (31) 3272-4713
Santa Luzia
Localização:
Cursos:
Artesanato diversos,
Artesanato em tecido
Cabeleireiro básico,
Estética facial e corporal
Corte e costura, Cozinheiro
Salgadeiro e pizzaiolo,
Cozinheiro de restaurante
Garçon, Padaria e confeitaria
Decoração de festas, Silk-screen
Cartazista e letrista, Digitação
Informática básica e avançada
Eletrônica básica,
Vendedor e consultor.
Nita Chaves
Localização:
Rua Woltz, 6 - Bairro 1º de Maio
Belo Horizonte - MG
Telefone: (31) 3433-2472
Cursos:
Rua Aurélio Dolabela
367, Adeodato
Santa Luzia | MG
Telefone: (31) 3642-0651
Estética, Moda,
Alimentação,
Informática.
Cursos:
Auxiliar administrativo, Secretariado,
Telemarketing, Digitação e Internet,
Informática básica, Informática avançada
Manutenção de microcomputadores
Padaria e confeitaria, Manicure e pedicure
Consultor de venda.
Colabore com os Centros de Formação Profissional.
Seja um padrinho.
Informações: 31 3228-9220.
São José
Localização:
Santo Antônio do Amparo, 95
Bairro Salgado Filho
Belo Horizonte - MG
Telefone: 3374-2042
Saiba como ajudar
[email protected]
Abrace esta causa.
"Quem nunca enfrentou a dificuldade, não conhece o sabor da vitória." (Mensagens de Otimismo)
26
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Dezembro -2013
Divina Providência forma mais
Circuito Cultural leva arte e alegria turmas em Montes Claros
EVENTO
para Ribeirão Das Neves
Christiano Junqueira e Leandro Nassif se
apresentaram na terceira edição do projeto
O
s atores Christiano Junqueira
e Leandro Nassif subiram
ao palco do teatro da
Cidade dos Meninos no dia 12 de
outubro com a apresentação, “60
Pra Rir”. Foram quase uma hora
de muitas gargalhadas das mais de
500 pessoas que prestigiaram o
espetáculo. A dupla que é destaque
no humor nacional participou
solidariamente do projeto, não
cobrando cachê pela apresentação.
Com mais de dez anos de
carreira, Christiano Junqueira é ator
e produtor, já conquistou diversos
prêmios, como o de Melhor Ator
Revelação de Teatro Infantil – 2001,
com o espetáculo “A Roupa Nova
do Imperador”; Melhor Ator de
Espetáculo Adulto – 2005, com a
peça “Dez Maneiras Incríveis de
Destruir seu Casamento”; além
de diversos outros prêmios, foi
indicado sete vezes a prêmios do
SATED-MG e SINPARC-MG.
Já o ator Leandro Nassif, além do
talento musical herdado de família,
há mais de dez anos iniciou nas
artes cênicas, tendo em seu currículo
peças de grande sucesso como:
“Aqui jaz a comédia”, “Querido
vou posar nua”, Improriso” e
“Finalmente Juntos”.
O espetáculo “60 PRA RIR”
reúne diversas formas de humor,
improviso, música, stand up, cenas,
personagens e muita interação com
o público. Os atores conseguiram
‘arrancar’ diversas gargalhadas
do início ao fim da apresentação.
O projeto Circuito Cultural Cidade
dos Meninos visa levar cultura
para cidade de Ribeirão das Neves,
além de captar recursos para a
manutenção das obras sociais do
Sistema Divina Providência. Os
ingressos são vendidos a preços
populares, sendo acessível a grande
parte da população.
Curta a nossa página e fique atento
às próximas atrações www.facebook.
com/SistemaDivinaProvidencia.
Texto e Fotos: Márcia Vieira
N
a noite desta segunda-feira,
7 de outubro, aconteceu
no auditório da AMAMS
mais uma formatura dos alunos do
Sistema Divina Providência, que
prepara jovens para o mercado de
trabalho.
O Sistema tem sede em Belo
Horizonte e esta já é a segunda
turma de formandos em Montes
Claros, em cursos como Almoxarifado,
Auxiliar Administrativo e Línguas.
Seu gestor local, o empresário Paulo
César Santiago, explicou que, para
o ano que vem, a proposta é formar
500 alunos por semestre e, para a
tarefa, conta com parcerias públicoprivadas.
O superintendente geral do sistema,
Edson Nunes de Oliveira, revelou a
satisfação em participar de mais uma
formatura: “É sempre uma emoção
muito grande, mesmo depois de 34
anos trabalhando, projetar melhoria
de vida aos jovens, afastando-os
do ambiente de marginalidade e
comprometendo-os com a família,
com os valores sociais e com eles
mesmos”.
O município de Montes Claros
foi representado pelo prefeito Ruy
Muniz, que declarou durante a
solenidade: “Parabenizo a todos por
este trabalho de primeira qualidade,
que movimenta a geração de empregos
em nossa cidade. Educação é a
base da transformação na vida das
pessoas”.
Muniz ainda deixou uma mensagem
aos formandos: “Para ser um vencedor
e contribuir com o progresso da
humanidade é necessário que se cultive
os três C’s: coragem, competência
e criatividade”, finalizou.
SÊNECA
Escritor e Filósofo que marcou história
Introdução
L
ucius Annaeus Sêneca foi
um importante escritor
e filósofo da época do
Império Romano. Nasceu na
cidade de Córdoba (província
romana da Hispânia) em 4 a.C.
Sêneca faleceu na cidade de
Roma no ano de 65 d.C.
Biografia
Foi um importante representante
do estoicismo (doutrina universal
que defende a ideia de que o
universo é regido por uma lógica
universal). Era um defensor da
vida simples, da ética e do destino
predestinado. Influenciou também
o pensamento de João Calvino,
importante representante da
reforma protestante.
Suas obras filosóficas tiveram
grande influência na produção
de dramaturgias durante a fase
do Renascimento.
"Séneca", no Museu Arqueológico Nacional
de Nápoles
Frases de Sêneca:
- "Cada um se lança à vida, sofrendo
da ânsia do futuro e do tédio do
presente";
- "Alguns, sem terem dado rumo
a suas vidas, são flagrados pelo
destino esgotados sonolentos";
- "Apressa-te a viver bem e pensa
que cada dia é, por si só, uma vida";
Tragédias:
Christiano Junqueira e Leandro Nassif
"Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado." ( Roberto Shinyashiki)
-
Hércules furioso;
As troianas;
Medea;
Hipólito;
Oedipus;
Agamenôn;
Tiéstes;
Hércules Oetano;
As fenícias;
Fedra.
Você pode
curar sua vida!
O diabetes invade quando a solidão dói.
A pressão sobe quando o medo aprisiona.
O peito aperta quando o orgulho escraviza.
O coração enfarta quando chega a ingratidão.
O resfriado escorre quando o corpo não chora.
O corpo engorda quando a insatisfação aperta.
A dor de cabeça deprime quando as duvidas aumentam.
O estômago arde quando as raivas não conseguem sair.
As unhas quebram quando as defesas ficam ameaçadas.
As neuroses paralisam quando a"criança interna" tiraniza.
A alergia aparece quando o perfeccionismo fica intolerável.
A TPM aumenta quando há desarmonia com pai ou companheiro.
A dor de garganta entope quando não é possível comunicar as aflições.
A febre esquenta quando as defesas detonam as fronteiras da imunidade.
O coração desiste quando as esperanças e o sentido da vida parecem terminar.
- "A parte mais importante do
- Consolação a Márcia (40 d. C.); progresso é o desejo de progredir".
- Consolação a Políbio (43 d. C.);
- Diálogo da Clemência (56 d. C.).
Informações sobre cursos pelo
telefone (38) 2104-5226.
27
PERSONALIDADE DA HISTÓRIA
Principais obras de Sêneca:
Formatura emociona alunos, professores e convidados.
JORNAL SOLIDARIEDADE
O pensamento gera um sentimento que provoca um comportamento.
Um mau comportamento repetido várias vezes torna-se um grande vício. Um
viciado tornasse pessimista e sai destruindo sua saúde e a de todos a sua volta.
O implante não seria necessário se tratasse o canal,
O canal seria evitado com a realização da obturação da cárie.
A cárie poderia ter sido evitada com a remoção da placa bacteriana.
A placa bacteriana não haveria se a escovação fosse levada a sério.
O câncer bucal não estaria ceifando vidas se fosse feito o Check-up bucal.
Se você não está satisfeito com sua colheita, mude a semente (pensamento).
Você não pode voltar atrás e começar de novo, mas a partir de agora você pode
Escrever um novo fim.
Prevenir é o melhor remédio. Faça Check-ups bucal e laboratorial regularmente.
Mire seus pensamentos no otimismo e na Fé. Adquira e pratique hábitos
saudáveis.
Dentro de você existem todos os recursos para uma nova vida de alegria e prazer.
Ame e apaixone-se pela criação de Deus mais importante do planeta terra:VOCÊ!
Coma a metade.
Ande o dobro.
Sorria o triplo.
Sorria para a vida, ela vai sorrir para você.
Você nasceu para ser gente feliz.
Quem planta sorriso colhe felicidade.
Mármore Busto de Seneca, por um autor anônimo
do século XVII, Museu do Prado.)
"Jamais deixe que a sua felicidade dependa dos outros. Eles não deixariam de ser feliz por você."
28
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
HISTÓRIA E GEOGRAFIA
O
ÁFRICA
A África é o terceiro continente mais
extenso (atrás da Ásia e da América)
com cerca de 30 milhões de quilômetros
quadrados, cobrindo 20,3 % da área total
da terra firme do planeta. É o segundo
continente mais populoso da Terra (atrás da
Ásia) com cerca de um bilhão de pessoas
representando cerca de um sétimo da
população mundial, e 54 países independentes
apresentam grande diversidade étnica,
cultural, social e política.
Dos trinta países mais pobres do mundo,
pelo menos 21 são africanos. São vários os
problemas sociais e econômicos na África.
Quase metade da população vive abaixo
da linha da pobreza (com renda inferior a 1
dólar por dia). Em países como Botsuana,
Lesoto, Suazilândia e Zimbábue, 1 em
cada 3 adultos é portador do vírus HIV.
A desnutrição atinge mais 70% da
população da Somália. Eritreia, Burundi
e Moçambique possuem 60% da população
subnutrida. Em países como Serra Leoa,
Guiné-Bissau e Angola, as taxas de
mortalidade infantil são de 120 por mil
JORNAL SOLIDARIEDADE
EVENTO
ÁFRICA
DE
TODOS
Embarque nesta viagem ao continente africano
jornal Solidariedade convida
seus leitores a uma viagem
ao continente africano, onde
serão retratados aspectos geográficos,
culturais, sociais, religiosos e políticos.
Diversas edições levarão até você histórias
e realidades tristes e felizes.
Dezembro -2013
nascidos.
Disputas por recursos minerais, rivalidades
étnicas, políticas ditatoriais e conflitos
de grupos separatistas provocaram, nos
últimos 50 anos, dezenas de conflitos
armados, que mataram milhões de pessoas
e causaram migrações maciças.
Apesar disso existem alguns países com
um padrão de vida razoável, mas não existe
nenhum país realmente desenvolvido na
África. A Líbia, Maurícia e Seicheles têm
uma boa qualidade de vida. Ainda há outros
países africanos com qualidade de vida
e índices de desenvolvimento razoáveis,
como a maior economia africana, a África
do Sul e outros países como Marrocos,
Argélia, Tunísia, Cabo Verde e São Tomé
e Príncipe.
A África costuma ser regionalizada
de duas formas, a primeira forma, que
valoriza a localização dos países e os
dividem em cinco grupos, que são a
África setentrional, a África Ocidental,
a África central, a África Oriental e a
África meridional. A segunda regionalização
desse continente, que vem sendo muito
utilizada, usa critérios étnicos e culturais
(religião e etnias predominantes em cada
região), é dividida em dois grandes grupos,
a África Branca ou setentrional formado
pelos oito países da África do norte, mais
a Mauritânia e o Saara Ocidental, e a
África Negra ou subsaariana
formada pelos outros 44 países
do continente.
JANTAR
VIP
2013
Elegância, bom gosto e Solidariedade
A
18° edição do Jantar VIP
foi realizado no dia 21
de novembro no Buffet
Catharina. A Alta Sociedade de
Belo Horizonte se reuniu mais uma
vez para brindar a solidariedade.
Além de um ambiente agradável e
sofisticado, os convidados apreciaram
um dos melhores buffets da cidade,
que faz questão de ceder o espaço
gratuitamente para a realização
desta grande festa, que arrecadou
mais de R$ 1 milhão de reais, que
serão destinados para a manutenção
das mais de 40 unidades assistidas
pelo Sistema Divina Providência.
O Anfitrião desta noite especial
foi o Âncora da Band News FM
Antonélio Souza. A banda 14 BIS
se apresentou pela primeira vez no
evento e foi uma das grandes atrações
da festa, que levantou o público
para dançar grandes sucessos como:
“Canção da América”, “Planeta
Sonho”, “Espanhola”, “Linda
Juventude”, “Caçador de Mim”,
dentre outras: “Estamos muito
felizes por fazer parte deste evento
de solidariedade”, revela Sérgio
Magrão, integrante do 14 BIS. A
banda do Lar dos Meninos também
realizou uma belíssima apresentação
sob a regência do Maestro João
Jacinto. Todos ficaram encantados
com a técnica dos alunos, que se
dedicam muito para realizarem
brilhantes apresentações.
Os alunos do Centro Infantil
participaram do Jantar VIP de uma
forma diferente. Como são muito
pequenos e o evento realizado
tarde, os pequenos, juntamente
com o professor de música Igor
Jhonson, gravaram um belíssimo
vídeo mostrando uma das atividades
mais queridas por todos os alunos da
unidade: O Cup Song. A apresentação
ficou encantadora e pode ser vista
no canal youtube.com ou em
nosso facebook: facebook.com/
SistemaDivinaProvidência
Banda 14 Bis apresentou os seus grandes sucessos.
"Se a tranquilidade da água permite refletir as coisas, o que não poderá a tranquilidade do espírito? " (Chuang Tzu )
"Todos caem, mas apenas os fracos continuam no chão." (Bob Marley)
29
30
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Dezembro -2013
EVENTO
JORNAL SOLIDARIEDADE
31
CAPA
Leis de Incentivo, Fia e ICMS: Jeito Simples de Colaborar
Saiba como fazer a sua doação para o Sistema Divina Providência através do seu Imposto.
O Jantar contou com o
apoio das seguintes empresas:
Seculus
La Pastina
Grupo DMA
Além dos apoiadores, diversas empresas
adquiriram seus convites por meio das
Mesas Corporativas. como: Banco BMG,
Fiat, Grupo ARG, Ale Combustíveis, Fidens,
Seculus, Engesolo, Gran Viver, Ciala, Leitura,
Drogaria Araujo, Tributos, Scuderia Fiat,
Sofisa, Federação do Comércio – MG,
Hiper Via Brasil, Emive, Banco Bonsucesso,
Skava Minas, Conartes, Varejão das Fábricas,
Líder Aviação, Samarco, Alimenta, Pirâmide
Honda, Geosol, Grupo Asamar, Construtora
Castor, MIP Engenharia, Hotel Par, Grupo
Spasso, Maxclock, Ferrous /Patrus, YpoBH, Chuck Yip, Well Luck, Cerâmicas
Braunas, M. Roscoe, Maurício Campos Filho
Advogados, Algar Telecom. Itá Jóias,
Construtora Barbosa Melo, FIEMG, Construtora
Diniz Camargos, Recreio Veículos.
Agradecemos mais uma vez pela
presença de todos. É muito bom saber
que a solidariedade faz parte
da vida de muitas pessoas.
O
Sistema Divina Providência é
uma organização mantenedora
de uma rede de entidades sem
fins lucrativos, que desde a década de
70, presta auxílio à população carente.
Sua principal missão é promover o
resgate da dignidade das pessoas.
A Instituição conta com projetos e
programas de formação humana,
educação integral, acolhimento de
pessoas em todas as faixas etárias,
formação profissional, empreendedorismo,
inserção no mercado de trabalho,
geração de renda, promoção da saúde
e da segurança alimentar, cultura e
esporte.
Ser um apoiador dos nossos projetos
e colaborar com as nossas obras é muito
simples, Pessoas Jurídicas e Físicas
podem ser patrocinadoras através das
Leis de Incentivo à Cultura (Rouanet),
Esporte e FIA (Fundo para Infância
e adolescência), além de doarem por
meio de apadrinhamento.
Sua ajuda é muito importante
para que este projeto de amor tenha
continuidade. Conheça as formas de
colaborar e manter as nossas obras.
Fundo para Infância e Adolescência
Autorizado pela Lei Federal 8242/91, tratam-se de contas
bancárias em que podem ser depositados recursos advindos
de várias fontes, inclusive da dedução de impostos. Para
contribuir, basta depositar o valor escolhido na conta
do Conselho do município onde é realizado o projeto. O
SDP realiza a captação de recursos em Ibirité, Contagem,
Santa Luzia e Ribeirão das Neves.
FIA
Pessoa
Jurídica
1%
Pessoa
Física
6% do imposto devido
Lei Nacional de Incentivo à Cultura
Institui o Programa Nacional de Apoio à Cultura - PRONAC
(Lei Federal de nº. 8.313/91), que tem como finalidade a
captação e canalização de recursos para projetos culturais
devidamente aprovados pelo Ministério da Cultura e
publicados no Diário Oficial da União (DOU).
Lei Rouanet
Pessoa
Jurídica
4%
Pessoa
Física
6% do imposto devido
Lei de Incentivo ao Esporte
Lei Federal nº 11.438/06, institui que projetos desportivos destinados à promoção da inclusão social
por meio do esporte. O patrocinador, Pessoa Jurídica, pode colaborar com até 1% do imposto de
renda a projetos aprovados pelo Ministério do Esporte e que tenham sua aprovação publicada no
Diário Oficial da União.
Pessoa
Jurídica
1% do imposto de renda
Não compete com a Lei Rouanet e nem o FIA
Ser otimista diante de um problema já o torna um vencedor.
32
JORNAL SOLIDARIEDADE
Dezembro - 2013
Lei 17.615 Estadual de Cultura
Apadrinhamento:
- Boleto bancário;
DEPOIMENTOS
- Débito em conta corrente;
Trata se sobre o apoio fiscal através de doações voluntárias
de
parte do ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e
Serviços) recolhido em benefícios a projetos que promovam
a inclusão social a partir do fomento da cultura. A dedução
dos recursos investidos será feita de acordo com os três
patamares de renúncia fiscal
Pessoa
Jurídica
- Telefone (oi);
- Cemig.
10%, 7% e 3%
do ICMS devido
Não compete com a Lei Rouanet e nem o FIA
Nossos Projetos
Projeto Lentes da Juventude
Educação Profissionalizante
para Jovens
Projeto Lentes do Futuro consiste
na realização de um conjunto
de oficinas de formação em
audiovisual, destinadas às crianças
e adolescentes da Cidade dos
Meninos São Vicente de Paulo
em Ribeirão das Neves, e Lar dos
Meninos São Vicente de Paulo
em Belo Horizonte. Seu intuito
é estimular o protagonismo e a
profissionalização deste público,
investindo na formação de mãode-obra para o mercado cultural.
O Projeto visa à oferta de cursos de
formação social e profissional para
adolescentes e jovens, com intuito
de empregabilidade e integração
ao mundo do trabalho. O Projeto
oferecerá 15 cursos profissionalizantes
nas áreas de Informática, Alimentação,
Construção Civil e Beleza, distribuídos
em 90 turmas, cada uma com carga
horária de 220 horas, nos turnos
manhã e tarde. Serão beneficiados
1.440 adolescentes e jovens dos
municípios de Santa Luzia, Ibirité,
Contagem, Ribeirão das Neves e Belo
Horizonte.
(Lei do Audiovisual Lei Rouanet)
Livro Prosa e Poesia
É um projeto de incentivo à produção
literária juvenil, por meio da publicação
de um livro, escritos por alunos da
Cidade e Lar dos Meninos São Vicente
de Paulo. O livro traz como proposta,
ao longo dos anos de sua publicação,
a retratação da realidade vivenciada
pelos alunos nas comunidades onde
estão inseridos. Assim, este projeto
pretende incentivar a arte da redação,
leitura, interpretação e criatividade
artística no estilo literário de prosa
e poesia.
Escolha a melhor forma de ajudar e faça parte desta corrente do bem. Ligue e saiba mais.
Setor de Marketing e Sustentabilidade
Fones: (31) 3288-9233 | 8675-5610 | 8634-0693
E-mail: [email protected]
Culinária Mundial
(Lei de Incentivo à Cultura de
Minas Gerais / 2013 – ICMS)
O Projeto consiste na realização de
oficinas de gastronomia mundial
com foco na profissionalização de
pessoas que vivem em situação de
carência social, aliando de uma
forma criativa, cultura e arte na
geração de trabalho e renda. Esperase propiciar aos participantes o
contato com elementos da história,
da cultura e da arte dos países e
regiões cuja culinária serão focadas
nas oficinas. Pretende-se por meio
desta iniciativa, criar um instrumento
de democratização do acesso à
economia criativa da cultura. Serão
realizadas 12 oficinas, com carga
horária de 220 horas cada, com
oferta de 20 vagas por turma.