População deve tomar cuidados com higiene para evitar

Сomentários

Transcrição

População deve tomar cuidados com higiene para evitar
Conselho de Desenvolvimento Territorial do Litoral Paranaense - COLIT -
População deve tomar cuidados com higiene para evitar casos de diarreia
Notícias
Enviado por: adminXoops
Postado em:21/01/2010
Calor e descuido com a higiene: ambiente propício para a proliferação de bactérias causadoras da
gastroenterocolite (combinação de diarreia, vômito e febre). Para evitar um surto da doença, visto
que a Secretaria de Saúde vem monitorando os casos de gastroenterocolite e percebe o aumento
no número de atendimentos realizados nas unidades de saúde do litoral em relação ao mesmo
período do ano passado, a recomendação é que os cuidados com a higiene das mãos e dos
alimentos, tão frequentes no inverno em virtude da Gripe A, não sejam deixados de lado. Lavar as
mãos com água e sabão, lavar bem os alimentos que serão consumidos crus e ferver a água não
tratada antes de beber ajuda a evitar a doença.
Calor e descuido com a higiene: ambiente propício para a proliferação de bactérias causadoras da
gastroenterocolite (combinação de diarreia, vômito e febre). Para evitar um surto da doença, visto
que a Secretaria de Saúde vem monitorando os casos de gastroenterocolite e percebe o aumento
no número de atendimentos realizados nas unidades de saúde do litoral em relação ao mesmo
período do ano passado, a recomendação é que os cuidados com a higiene das mãos e dos
alimentos, tão frequentes no inverno em virtude da Gripe A, não sejam deixados de lado. Lavar as
mãos com água e sabão, lavar bem os alimentos que serão consumidos crus e ferver a água não
tratada antes de beber ajuda a evitar a doença. “Em alguns dias desta última semana,
verificamos aumento de quase 50% no número de casos em relação ao mesmo período do ano
passado. Estamos monitorando os casos, juntamente com as secretarias municipais de saúde, para
identificar os agentes causadores dessas diarreias. Nesta época do ano é comum o aumento de
casos, principalmente relacionados ao consumo de alimentos mal conservados ou preparados, e
ainda a certas viroses próprias do verão”, afirma a diretora da 1ª Regional da Secretaria de
Saúde, Lenora Rodrigo. A diretora disse ainda que “não foram registrados casos graves,
porém o aumento dos casos preocupa porque significa que as pessoas estão deixando de lado os
cuidados com a higiene, que eram tão constantes no inverno em virtude da Gripe A”. A
médica infectologista do Hospital Regional do Litoral, Lúcia Ineida, alerta para o perigo das
contaminações. “No verão as pessoas estão mais propícias, em virtude do calor. Por isso o
ideal é fazer uma dieta balanceada, evitando frituras e comidas que são vendidas na praia em
péssimas condições de conservação. As pessoas quando estão de férias fogem da dieta habitual e
consomem mais refrigerantes e bebidas alcoólicas”. Os sintomas de gastroenterocolite
variam: tontura, cólicas, desidratação, náuseas. “O primeiro passo é fazer uma dieta de
líquido e mudar a alimentação. Se os sintomas persistirem por mais de 12 horas, deve-se procurar
atendimento médico imediatamente. As pessoas não levam os sintomas a sério e acabam se
automedicando, o que é um perigo para a saúde, por pode causar complicações”, reforça a
médica. Já para a prevenção da gastroenterocolite, os cuidados com a higiene e procedência de
alimentos são fundamentais. “Evitar tocar a boca e aos olhos, principalmente na praia e
cuidar das crianças, que se distraem, e por isso ficam mais expostas. Outra recomendação é não
beber água de rio ou de cachoeira”, ressaltou Lucia. A médica lembra que os cuidados de
higiene devem ser acompanhados pela ingestão abundante de líquidos. “Os pais devem
oferecer água ou sucos às crianças constantemente, para evitar desidratações”, disse. Veja
http://www.colit.pr.gov.br
30/9/2016 18:43:52 - 1
como evitar vômito e diarreia · Ferva a água se ela não for tratada; · Reforce os cuidados básicos de
higiene. Isso pode evitar diversas doenças, inclusive a Nova Gripe; · Lave as mãos diversas vezes
ao dia, principalmente quando chegar da rua e antes das refeições. Use água e sabão; · Mantenha
limpa a caixa d’água da casa de veraneio; · Lave bem os alimentos que serão consumidos
crus; · Não tome remédios por conta própria. Procure a unidade de saúde mais próxima ou o seu
médico particular. · Redobre a atenção com relação às crianças, pois é comum levarem as mãos à
boca com frequência. E se não estiverem limpas, pode haver risco de contaminação. · Evite circular
em regiões alagadas. ► Veja a Galeria de Fotos desta Notícia
http://www.colit.pr.gov.br
30/9/2016 18:43:52 - 2