Introdução Introdução Procedimento Procedimento Conclusão

Сomentários

Transcrição

Introdução Introdução Procedimento Procedimento Conclusão
Introdução
A irradiação de sementes é já muito utilizada na
agricultura porque esta, em determinadas doses de
radiação, tem um efeito esterilizante, aumentando o
rendimento da produção.
Gráfico da média do crescimento das
sementes de Trigo
Procedimento
1.Colocou-se o mesmo tipo e a mesma quantidade de terra
(fertilizada e recolhida na escola) nos tabuleiros (deixando
aproximadamente 2 dedos do topo de cada alvéolo);
2.Colocou-se os tabuleiros com as plantas no mesmo local para
que as condições de crescimento fossem as mesmas
(temperatura, luz e humidade);
3.Para cada valor de dose de radiação (0Gy, 50Gy, 100Gy e
200Gy) colocou-se igual número de sementes irradiadas pelo
LIP (Laboratório de Investigação de Partículas) na mesma área
de terra (1 semente por alvéolo);
4.Regou-se as sementes com o mesmo tipo e a mesma
quantidade de água (aproximadamente 10 cm3 todas as
segundas, quartas e sextas durante três semanas);
5.Fez-se uma leitura das variáveis ambientais (temperatura e
luminosidade, humidade) todas as segundas, quartas e sextas e
registou-se na tabela;
6.Contou-se, para cada valor de dose de radiação, o número de
sementes que germinaram;
7.Mediu-se as plantas todas as segundas, quartas e sextas;
8.Ao fim de três semanas, registou-se os resultados nas tabelas.
Gráfico da média do crescimento das
sementes de Alpista
Conclusão
TAMANHO MÉDIO DO ÚLTIMO DIA DE MEDIÇÕES
• As sementes que foram submetidas a radiações
de 50 Gy cresceram sensivelmente o mesmo que as
que não foram irradiadas; ligeiramente menos nas
plantas de Alpista, e ligeiramente mais nas plantas
de Trigo.
•As sementes irradiadas com 100 Gy e com 200Gy,
no geral, apresentam um crescimento inferior às
restantes sementes, já que este nível de radiação
afecta o DNA das próprias sementes.
Alpista
Trigo
CRESCIMENTO MÉDIO FINAL – TERRA FERTILIZADA vs TERRA DA
ESCOLA
•Constata-se que é viável irradiar as sementes com
50Gy porque os microrganismos prejudiciais são
mortos ou esterilizados e o crescimento das plantas
é pouco influenciado.
Bibliografia
http://www.nei.org/howitworks/foodandagriculture/
http://www.sciencebuddies.org/science-fair-projects/project_ideas/PlantBio_p039.shtml
http://hypescience.com/resistencia-de-plantas-a-radiacao-indica-possibilidade-de-agriculturaem-marte/

Documentos relacionados