Filosofia Moderna - FIL-UnB

Сomentários

Transcrição

Filosofia Moderna - FIL-UnB
UNIVERSIDADE DE BRASÍLIA (UnB)
Departamento de Filosofia
1º Semestre Letivo / 2016
Curso: Filosofia Moderna
Professor André Luis Muniz Garcia
PROGRAMA DO CURSO
O estatuto do conhecimento na Filosofia Moderna
Descrição das atividades e objetivos
A partir da leitura de 4 textos clássicos de filosofia moderna, a saber, Meditações Sobre Filosofia
Primeira (R. Descartes); Ensaio Acerca do Entendimento Humano (J. Locke); Novos Ensaios Sobre o
Entendimento Humano (G. W. Leibniz) e Investigações Acerca do Entendimento Humano (D. Hume)
pretende-se (i) exercitar a interpretação de trechos selecionados dessas obras segundo um método de
análise conceitual que prime pela precisão argumentativa; (ii) produção de textos pelos alunos conforme
critérios técnicos de clareza e consistência lógica da argumentação; (iii), por fim, visa-se a exercitar as
habilidades discursivas (a exposição e discussão de argumentos) pertinentes à interpretação e
transmissão da filosofia.
Todo o curso se concentrará, exclusivamente, em leitura de trechos selecionados das obras acima
mencionadas, que serão comentados e discutidos em aulas expositivas, a fim de, com isso, introduzir o
discente tanto naquilo que é próprio da argumentação filosófica quanto no que é à discussão conceitual.
A temática que norteará o curso é está: é possível um conhecimento racional da realidade?
Metodologia
Aula expositiva baseada em análise e interpretação dos textos de literatura primária: Meditações Sobre
Filosofia Primeira (R. Descartes); Ensaio Acerca do Entendimento Humano (J. Locke); Novos Ensaios
Sobre o Entendimento Humano (G. W. Leibniz) e Investigações Acerca do Entendimento Humano (D.
Hume). A leitura terá sempre como base os textos originais.
Há inúmeras traduções dos textos para o português e outras línguas. Indico as traduções diretas do
original abaixo citadas feitas por tradutores que primaram pelo rigor filológico e filosófico das versões.
Os livros podem ser encontrados ou encomendados em diversas lojas virtuais (ou em sebos virtuais). É
imprescindível, portanto, dispor dos 4 textos, os quais, no início do período letivo, constarão da pasta
desta disciplina no xérox.
Avaliações, plano do curso e temas afins serão discutidos no primeiro dia de aula.
Referências bibliográficas
Primária:
DESCARTES, R. Oevreus et Lettres. Introduction et présentation des textes A. Bridoux. Paris:
Gallimard / Bibliothèque de la Pléiade, 1937.
______________. Meditações sobre filosofia primeira. Edição Bilíngue. Tradução: Fausto Castilho.
Edições CEMODECON: Campinas, Instituto de Filosofia e Ciências Humanas, Unicamp, 1999.
LOCKE, J. An Essay Concerning Human Understanding. Encyclopaedia Britannica, INC. Collated and
Annotated by Alexander Campbell Fraser and published by Oxford Universtity Press. Chicago et alli,
1971.
_________. Ensaio Sobre o Entendimento Humano. Anoar Aiex. In. “Coleção Os Pensadores”. São
Paulo: Abril Cultural, 1999.
LEIBNIZ, G. F. W. Nouveaux essais sur l'entendement humain. Paris: Garnier Flammarion, 1993.
__________________. Novos Ensaios Sobre o Entendimento Humano. Trad. Luiz João Baraúna. In.
“Coleção Os Pensadores”. São Paulo: Abril Cultural, 1999.
HUME, D. An Enquiry Concerning Human Understanding. Encyclopaedia Britannica, INC, edited by L.
A. Selby-Bigge, reprinted by arrangement with Oxford University Pres. Chicago et alli, 1971.
________. Investigações sobre o entendimento humano e sobre os princípios da moral
São Paulo: Editora UNESP, 2004.
Secundária:
GOTTINGHAN, J. (org.) Descartes. São Paulo: Editora Ideias e Letras, 2009. (Este livro é a tradução do
The Cambridge Companion to Descartes)
FORLIN JR, Enéias. A teoria cartesiana da verdade. São Paulo: Editora Unijuí, 2002.
_______________. O papel da dúvida metafísica no processo de constituição do cogito. São Paulo,
Associação Editorial Humanitas, 2004.
GUEROULT, M. Descartes selon l’ordre des raisons. II Vol., Paris, Aubier, 1967.
LANDIM FILHO, Raul. Evidência e verdade no sistema cartesiano. São Paulo, Edições Loyola, 1992.
FLEW, Antony. Hume’s Philosophy of Belief. London: Routledge and Kegan Paul, 1969.
OWEN, David. Hume’s Reason. Oxford: Oxford University Press, 1999.
MILLICAN, Peter (org.). Reading Hume on Human Understanding. Oxford: Clarendon Press 2002.
YOLTON, J. W. John Locke: Problems and Perspectives: A Collection of New Essays. Cambridge.
Cambridge University Press, 2011.
_____________. Locke and the Compasso f Human Understanding. Cambridge: Cambrigde University
Press, 1970.
CHAPPEL, V. (org.) Locke. Trad. Guilherme Rodrigues Neto. Aparecida: Editora Ideias e Letras, 2011.
NEWMAN, L. Locke’s “Essay Concerning Human Understanding”. Cambridge: Cambridge University
Press, 2007.
JOLLEY, Nicholas Cambridge Companion to Leibniz. Cambridge. Cambridge University Press, 1994.
PARMENTIER, M. Leibniz-Locke : une intrigue philosophique. Paris. Presses de l'Université ParisSorbonne, 2008.
MATES, Benson. The Philosophy of Leibniz: Metaphysics and Language. Oxford. Oxford University
Press, 1989.
LALANDE, André. Vocabulário Técnico e Crítico da Filosofia. Trad. Fátima Sá Corrêa et alli. São
Paulo: Martins Fontes, 1999.

Documentos relacionados