Baiana! Viva a Guitarra - Agenda Cultural

Сomentários

Transcrição

Baiana! Viva a Guitarra - Agenda Cultural
– fundação cultural do estado da bahia
funceb
G R AT U I T O
Viva a
Guitarra
Baiana!
Dance, ouça, aproveite
a Guitarrinha, tema do
Carnaval de
Salvador 2013
fevereiro 2013
jaques wagner
albino rubim
taiane fernandes
carlos paiva
arany santana
nehle franke
fátima fróes
frederico mendonça
márcio caires
Governador do Estado da Bahia
Secretário de Cultura (secult)
Superintendente de Cultura (sudecult)
editorial fevereiro
Superintendente de Promoção Cultural (suprocult)
Diretora do Centro de Culturas Populares e Identitárias (CCPI)
Diretora da Fundação Cultural do Estado da Bahia (funceb)
Diretora Interina da Fundação Pedro Calmon (fpc)
Diretor do Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (ipac)
Presidente do Conselho de Cultura da Bahia
funceb: Diretoria das Artes: Alexandre Molina Artes Visuais: Luciana Vasconcelos
Audiovisual: Marcondes Dourado Circo: Alda Souza Dança: Matias Santiago
Literatura: Milena Britto Música: Cassio Nobre Teatro: Maria Marighella
A Agenda Cultural Bahia está aberta para divulgar eventos ou trabalhos artísticos.
Envie seu material para a edição de março de 2013. Para a versão impressa, até 13
de fevereiro. Conteúdos enviados após esta data entram apenas no site.
Para a seção INTERVALO envie seu trabalho no formato 10 x 15 cm e em 300dpi.
Contato: [email protected] ou telefax 71 3324-8566
EXPEDIENTE: Editora: Paula Berbert Redatores: Atila Barros, Joarleson Reis, Marcos
Rodrigues, Nivia Cerqueira e Vera Violeta Produtores: Aloísio Menezes Projeto Gráfico:
Estúdio Quimera Projeto Editorial: Ana Paula Vargas Direção de Arte: Edileno Capistrano Filho
Design: Nila Carneiro Agenda Online: Alex Barbosa Coordenador de Distribuição: Ronaldo
Oliveira Distribuição: Equipe de transporte Impressão: EGBA Tiragem: 20.000 exemplares
Capa: Arte de Nila Carneiro sobre foto e intervenções de Filipe Cartaxo, do guitarrista Roberto
Barreto, da banda BaianaSystem
Fundação Cultural do Estado da Bahia —
­ Rua Guedes de Brito, nº14, Pelourinho
Salvador / BA. CEP 40.020-260 Tel.: 71 3324-8500
progr amaç ão sujeita a alter ações
v e n d a p r o i b i d a // f o t o s n ã o c r e d i t a d a s : d i v u l g a ç ã o
a funceb não é responsável pel as informações fornecidas pelos representantes das ações divulgadas, nem pelos serviços prestados por el as.
2 V IVA A GUITARRA BAIANA!
Como não poderia deixar de ser, a Agenda Cultural de fevereiro fala de Carnaval. O tema da
festa em Salvador, este ano, é Guitarra Baiana:
Patrimônio do Povo, e a matéria de capa traz um
pouco deste universo, que tanto tem de tradicional quanto de contemporâneo.
Mas nem só da folia de Momo este mês é feito,
o que você poderá conferir nas páginas a seguir.
Em Artes Visuais, destaque para as exposições
O LIVRO de água, das artistas Karina Rabinovitz e Silvana Rezende, que abre o programa
expositivo do MAM-BA em 2013, e Carnaval
Negro Baiano, que conta a história dos blocos
afro e afoxés de Salvador, no Solar Ferrão. É
também este o tema da página de Intervalo,
que retrata o “Carnaval Ouro Negro”.
A Cultura Digital surge em duas editorias. Em
Música, tem o Digitalia – Festival/Congresso/
Observatório Internacional de Música e Cultura
Digital, que relaciona a área musical com novas
tecnologias da informação e da comunicação. Em
Eventos, conheça o Sensorium, projeto que ocupa Salvador e Cachoeira com intervenções artísticas e tecnológicas em favor do meio ambiente.
Em Mestres da Cultura, uma homenagem ao
professor e historiador Ubiratan Castro, que
a Bahia perdeu no último mês de janeiro. Em
Manifestações da Cultura Popular, a tradição
carnavalesca das Cabeçorras.
10 artes visuais
18 cine e vídeo
22 dança
24 literatura
26 música
34 teatro
40 infantil
46 cursos…
50 eventos
54 editais
58 culturas...
62 endereços
www.agendacultural.ba.gov.br
@AgendaCultBahia
facebook.com/agendaculturalbahia
MATÉRIA DE CAPA 3
Guitarra Baiana:
Patrimônio do Povo
O Carnaval de Salvador deste ano celebra a
Guitarra Baiana, instrumento cujo primeiro
formato foi criado há mais de 70 anos por
Dodô e Osmar – os mesmos que, em 1950,
transformaram um Ford 1929, conhecido
como Fobica, em um palco andante, dando
origem ao fenômeno do trio elétrico na folia
momesca da capital baiana.
A dupla é então responsável pelo
início de uma história que fez o
evento ser reconhecido como a
maior festa de rua do mundo: são
seis dias de festa, de quinta a
terça-feira, reunindo cerca de 2 milhões de pessoas e mais de 200 entidades em quatro circuitos oficias,
dois deles batizados com os nomes dos grandes mestres: Osmar
(Centro), Dodô (Barra-Ondina), Batatinha (Praça Municipal) e Pelourinho, além do Carnaval de Bairros.
Dodô e Osmar talvez não imaginassem que suas investidas
tomassem tamanha proporção.
Talvez, também, estivessem co-
memorando o fato de que a Guitarra Baiana e tradições de um Carnaval de época sejam agora foco
de músicos, artistas, gestores e
público que, ano a ano, vêm requisitando e ampliando o lugar da diversidade e da democracia nesta
grande festa, garantindo espaço e
valorização para toda a inestimável riqueza do repertório musical
baiano. o Ruas de Salvador q 7/2 a
12/2 $ Grátis s www.carnaval.salvador.ba.gov.br / www.carnaval.bahia.
com.br r Conselho Municipal do Carnaval/ Saltur/ Prefeitura Municipal de
Salvador/ Bahiatursa/ Setur/ SecultBA/ Governo do Estado da Bahia
Novas abordagens
felipe oliveira
da guitarrinha
4 V IVA A GUITARRA BAIANA!
Do pau elétrico, protótipo da Guitarra Baiana da década de 1940,
aos dias atuais, a guitarrinha,
como é chamada pelos íntimos,
tem sido reinventada. Nomes de
qualificado reconhecimento da
música da Bahia estão colocando-a de volta na cena como grande
estrela, em sonoridades contem-
porâneas que estão fazendo o instrumento ser motivo do surgimento de novos fenômenos.
Jovens artistas e tarimbados instrumentistas apresentam a diversidade de abordagens possibilitadas
pela singular guitarra. Conheça alguns deles.
MATÉRIA DE CAPA 5
Armandinho Macedo
Aroldo Macedo
Também filho de Osmar e um dos músicos,
compositores e administradores da banda Armandinho, Dodô e Osmar, Aroldo Macedo toca
um projeto autoral intitulado Bossachoro e se
engaja em várias frentes para preservar o caráter popular do Carnaval de Salvador e a tradição da Guitarra Baiana. Preside o Instituto
Guitarra Baiana, coordena um projeto de educação musical para crianças da rede pública de
ensino e ainda mantém uma escola de música
que atende jovens da periferia.
6 V IVA A GUITARRA BAIANA!
felipe oliveira
carlos alcântara
Discípulo de Osmar Macedo, Fred Menendez iniciou sua história com a Guitarra
Baiana aos 13 anos. É um dos poucos, senão o único, a tocar com o mini-pau elétrico, réplica do original, confeccionado pelo
luthier Marivaldo Cabral apenas em duas
peças: uma para ele e outra para Osmar.
Em cerca de 30 anos de carreira, manteve-se fiel ao instrumento e à vontade de ver
a Guitarra Baiana moderna, valorizada,
mantendo sua timbragem, tradição e características sonoras. Além de compor
temas específicos para a guitarrinha, também a utiliza para adaptar grandes sucessos e apresentar sua sonoridade ao grande público, com seus solos e improvisos.
rosilda cruz
felipe oliveira
Filho mais novo de Osmar, Armandinho
cresceu familiarizado com a Guitarra
Baiana. Hoje, é reconhecido como um
dos maiores instrumentistas brasileiros,
um título que pode ser tido como inquestionável e unânime. Desde os anos 1970,
comanda o trio elétrico Armandinho,
Dodô e Osmar, presença indispensável
do Carnaval de Salvador todos os anos,
que desfila sem cordas seguido por
multidões de foliões-pipoca. Também
naquela mesma década, criou a banda A
Cor do Som. Neste ano de 2013, Armandinho vai completar 60 anos, em plena
atividade, figurando como um dos mais
inventivos e importantes personagens
do Carnaval e da música da Bahia.
Fred Menendez
Júlio Caldas
Além de músico e pesquisador dos
instrumentos de cordas populares, Júlio assina diversos projetos
voltados à valorização e à difusão
da produção musical centrada na
Guitarra Baiana, como a Mostra da
Guitarra Baiana e o Circuito Guitarra Baiana. Com a banda Choro
Rock, faz um som chamado de
“chorinho elétrico”, de choro executado com a guitarrinha.
MATÉRIA DE CAPA 7
Ex-integrante de duas bandas cruciais
do rock baiano – The Dead Billies e
Retrofoguetes –, Morotó também se
apresenta como GBzista, termo para
os tocadores de Guitarra Baiana. Com
o trio instrumental dos Retrofoguetes, foi um dos que contribuiu para a
retomada do instrumento na música
contemporânea da Bahia e de bailes
carnavalescos de salão, e ainda para
a abertura de espaço para o rock reinventado no Carnaval de Salvador. Em
2008, ganhou o prêmio de Melhor Instrumentista no Troféu Dodô e Osmar.
paula berbert
Morotó Slim
Julio Moreno
paula berbert
Argentino radicado na Bahia há mais
de duas décadas, assumiu as guitarras
do trio instrumental Retrofoguetes em
2012. Entre diversas experiências musicais, trabalhou ao lado de nomes como o
conterrâneo Ramiro Musotto.
Robertinho Barreto
Foi músico da Timbalada por cinco anos e fundou o grupo
Lampirônicos. Idealizador da BaianaSystem, um dos mais
destacados e elogiados projetos da música baiana atual, Robertinho coloca a Guitarra Baiana para fazer música urbana
com influências das culturas brasileira, africana e jamaicana,
em meio a efeitos sonoros e à psicodelia do dub.
8 V IVA A GUITARRA BAIANA!
Acordes baianos
no Carnaval Pipoca
Nos circuitos Dodô e Osmar, os
foliões-pipoca podem acompanhar desfiles de 20 trios elétricos
independentes – cada um deles
com três artistas e/ou grupos no
comando do som – dentro do programa Carnaval Pipoca, realizado
pela Secretaria de Cultura do Estado da Bahia (SecultBA). As atrações, selecionadas através de um
credenciamento público, incluem
opções para quem quer ouvir o
som da Guitarra Baiana: tem o
trio Retrofolia, com Retrofoguetes,
Morotó Slim e Paulo Chamuska
filipe cartaxo
Kaverna; tem o BaianaSystem Convida, com BaianaSystem, Larissa
Luz e Fael Primeiro; e tem ainda
o trio que homenageia o tema do
Carnaval: Trio Guitarra Baiana,
com Julio Caldas, Jackson Dantas,
Morotó, Márcio de Oliveira e Fábio
Batanj. A programação completa do Carnaval Pipoca pode ser
consultada no site www.cultura.
ba.gov.br.
E fique atento: a Guitarra Baiana
vai ecoar por todos os lados.
Quando escutá-la, não perca a
oportunidade de admirá-la!
Saiba mais do carnaval de salvador
e acompanhe sua programação
Site oficial da Prefeitura:
www.carnaval.salvador.ba.gov.br
Site oficial do Governo:
www.carnaval.bahia.com.br
Site oficial da cobertura do IRDEB e dos
programas da SecultBA (Carnaval Pipoca,
Carnaval Ouro Negro, Carnaval do Pelourinho e Outros Carnavais):
www.carnaval.ba.gov.br
MATÉRIA DE CAPA 9
poesia
artes visuais
Mostra
abre programa expositivo do MAM-BA em 2013
Resultado da interação entre 88 poemas escritos à mão e oito obras
visuais, a exposição O LIVRO de água, das artistas Karina Rabinovitz
e Silvana Rezende, possibilita ao público o acesso à poesia contemporânea, composta não só por palavras, mas também por vídeos, fotos
e músicas. Cadernos de poemas, instalações, projeções de videoarte e
projeção lúdica que simula um banho de poesia fazem parte da mostra
que retrata o universo da ilha e suas metáforas, a solidão e as ilhas internas de cada um. De acordo com as artistas, a proposta é ver poemas, ler
imagens, manusear páginas soltas e observar a composição de expressões artísticas. “Trata-se de um livro de poemas que se expande numa
exposição. O livro e a exposição são a mesma coisa, em espaços diferentes”, relata Karina. Será também realizada uma programação educativa
composta por encontros e a oficina Tecno-Poema-Visual. o Museu de Arte
Moderna da Bahia q Até 17/3, ter a sex, 13h às 19h; sáb, dom e feriados 14h às 19h;
identidade
urbanização
Carnaval Negro Baiano
conta história dos
blocos afro e afoxés de
Salvador
Últimos dias de
Insurgências Urbanas:
Performance na Cidade
em Cachoeira
Um passeio pela história dos blocos afro e afoxés de Salvador através de suas indumentárias, desde
a década de 1970 até os dias atuais. A mostra é composta por fantasias de nomes expressivos destes
segmentos, como Ilê Aiyê, Olodum,
Malê Debalê, Muzenza, Cortejo
Afro, Filhos de Ghandy, Obá Laiyê,
Puxada Axé, Zambiapombo, Unzó
de Obá Xireê, Obadudu Agoyê e
Afoxé Pai Burukô, representantes
de diferentes nações africanas
que contribuíram para a afirmação
da identidade negra no Carnaval.
o Solar Ferrão q Até 24/2, ter a sex,
Projeto da arquiteta e performer
Carol Érika, a exposição é composta por registros fotográficos,
assinados por Aldren Lincoln, e
audiovisuais, de Marcondes Dourado, de cinco performances criadas e desenvolvidas pela artista.
Todas as intervenções tiveram
como objetivo questionar o atual
modelo de urbanização de Salvador, focando em problemas como
coleta de lixo, arborização, convivência comunitária, especulação
imobiliária e saúde pública. o
Galeria do CAHL/ UFRB (Cachoeira) q
12h às 18h; sáb, dom e feriados, 12h às
17h $ Grátis t 71 3117-6357 r Cortejo
Afro/ CCPI/ SecultBA
Até 9/2, seg a sex, 8h às 22h; sáb, 8h
às 12h t 71 9103-5765 s www.performancenacidade.blogspot.com.br
aldren lincon
Conversa com as artistas: 1/2, 16h; Happening poético: 22/2, 17h30; Oficina: 8/3
e 9/3, 14h30 às 17h30 $ Grátis t 71 3117-6139 s www.mam.ba.gov.br r Karina
Rabinovitz e Silvana Rezende/ MAM-BA/ DIMUS/ IPAC/ FPC/ FUNCEB/ SecultBA
10 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
V 11
ARTES VISUAIS sexta
1
1ª Bienal do Sertão de Artes
Visuais Estão abertas as inscrições para os interessados em
participar do evento, que correrá
em Feira de Santana de setembro
a dezembro. o Feira de Santana
q Até 2/6 s www.bienaldosertao.
blogspot.com @ [email protected]
hotmail.com
IX Bienal do Recôncavo Exposição de mais de 200 obras, de
diversas modalidades, de artistas
baianos, de outros estados e também do exterior. A Bienal ainda
integra uma programação cultural
com performances, oficinas de
dança e artes plásticas, espetáculos de dança, workshops, palestras e mostra de filmes. o Centro
Cultural Dannemann (São Félix) q
Até 24/3 $ Grátis t 75 3438-4308 s
www.centroculturaldannemann.com.
br @ [email protected]
r Centro Cultural Dannemann
A Ponte pra Minha Cabeça Exposição do artista visual Tuti Minervino. o Galeria do Conselho q Até
19/2, seg a sex, 9h às 17h $ Grátis t
71 3117-6193 r FUNCEB/ SecultBA
A Propaganda Conta História:
O Poder de Comunicação da
Imagem Exposição mostra a evolução da propaganda, destacando
o seu contexto histórico e influências na vida social. o Biblioteca
Pública do Estado da Bahia q Até
11/3, 8h30 às 18h $ Grátis t 71 31176082 s www.bibliotecapublicafpc.
blogspot.com @ [email protected]
gmail.com r FPC SecultBA
Arte Africana – Coleção Claudio
Massella Apresenta a riqueza estética e a diversidade da produção
cultural africana do século XX,
expressada em objetos, sobretudo
máscaras, estatuetas e utensílios
de uso cotidiano ou ritualismo.
o Solar Ferrão q Ter a sex, 12h às
18h; sáb, dom e feriados, 12h às 17h $
Grátis r DIMUS/ IPAC/ SecultBA
Arte Popular Exposição reúne
peças representativas da cultura
popular nordestina, coletadas nas
décadas de 1950 e 60 por Martim
Gonçalves e pela arquiteta Lina Bo
Bardi. o Solar Ferrão q Ter a sex, 12h
às 18h; sáb, dom e feriados, 12h às 17h
$ Grátis r DIMUS/ IPAC/ SecultBA
As Mulheres de Jorge e O Universo Amado Um tributo ao escritor
baiano através da arte de duas
artistas da Bahia: Maria Adair
e Eliana Kértesz. o Palacete das
Artes q Até 17/2, seg a sex, 13h às
19h; sáb, dom e feriados, 14h às 19h
12 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
$ Grátis t 71 3117-6987 s www.palacetedasartes.ba.gov.br r Palacete
das Artes/ DIMUS/ IPAC/ SecultBA
Azulejos de Udo Exposição que
constrói uma leitura histórica sobre
as especificidades do cenário urbano. o Museu Udo Knoff. q Ter a sex,
12h às 18h; sáb, dom e feriados 12h às
17h $ Grátis t 71 3117-6357 r Museu
Udo Knoff/Dimus/IPAC/SecultBA
Bahia – Litoral e Sertão Fotografias e postais datados do início do
século XX de diferentes cidades
do interior do estado revelam a
importância da nossa formação
geopolítica. o Museu Tempostal
q Ter a sex, 12h às 18h; sáb, dom
e feriados 12h às 17h $ Grátis t 71
3117-6383 r DIMUS/IPAC/ SecultBA
Campestre Série de pinturas
de Fernando Bernardes que
retratam cenas do cotidiano
rural, tendo como matéria giz de
cera e tinta acrílica sobre tela ou
madeira, tratando da relação do
homem com a natureza e seus
meios de vida. o Galeria Jayme
Fygura (Teatro Gamboa Nova) q 1/2
a 28/2, qua a sáb, 16h às 20h; dom,
14h às 18h $ Grátis t 71 3329-2418
s www.teatrogamboanova.com.br
r Fernando Bernardes
História do Cinema Brasileiro Exposição com acervo raro
e contemporâneo sobre o tema.
o Biblioteca Pública do Estado
da Bahia q Até 28/2, 8h30 às 21h
$ Grátis t 71 3117-6060 s www.
bibliotecapublicafpc.blogspot.com
@ [email protected] r
FPC/ SecultBA
Inverta Do artista multimídia
baiano Caetano Dias, com
curadoria de Cláudia Pôssa,
exposição apresenta uma série
de fotografias de objetos feitos
de açúcar, além das videoinstalações Passeio Neoconcreto e
Lago Indigente. o Caixa Cultural
Salvador q Até 17/2, ter a dom, 10h
às 19h $ Grátis t 71 3421-4200 s
www.caixa.gov.br/caixacultural r
Caixa Cultural
V 13
ARTES VISUAIS 14h às 19h $ Grátis t 71 3117-6987 s
www.palacetedasartes.ba.gov.br r
Palacete das Artes
Laura Vinci Em mostra individual,
artista apresenta a instalação
No Ar e a obra Diurna, trabalho
original feito especialmente para
a Capela do MAM-BA. o Museu de
Arte Moderna da Bahia q Até 17/3, ter
a sex, 13h às 19h; sáb, dom e feriados,
14h às 19h $ Grátis t 71 3117-6132
s www.mam.ba.gov.br r MAM-BA/
DIMUS/ IPAC/ FUNCEB/ SecultBA
Mostra de Maquetes Oficina Lina
Bo Bardi Maquetes produzidas
a partir de desenhos, croquis,
escritos e fotografias de Lina Bo
Bardi, em projeto organizado
pela arquiteta Carla Zollinger. o
Museu de Arte Moderna da Bahia q
Até 17/3, ter a sex, 13h às 19h; sáb,
dom e feriados, 14h às 19h $ Grátis t
71 3117-6132 s www.mam.ba.gov.br
r Carla Zollinger/ MAM-BA/ DIMUS/
IPAC/ SecultBA
Museu Abelardo Rodrigues Mostra expõe recorte do acervo do
museu, com imagens, crucifixos,
pinturas, oratórios, mesas de
altar e santos de roca, confeccionados em materiais diversos. o
Museu Abelardo Rodrigues q Ter a
sex, 12h às 18h; sáb, dom e feriados,
12h às 17h $ Grátis t 71 3117-6440 r
DIMUS/ IPAC/ SecultBA
Mario Cravo Jr – Esculturas Apresentando 62 peças, entre
esculturas, desenhos e pinturas,
a exposição celebra os 90 anos
de nascimento do artista baiano
e tem curadoria de Murilo Ribeiro.
o Palacete das Artes q Até 28/4, ter
Nlà Ijogun – Grande Herança Os
artistas baianos Allan Lusttosa,
Graça Guimarães e Rita Freire
apresentam fotografias tiradas
nas cidades de Salvador, Santo
Amaro e Maragogipe, mostrando
a herança africana referente às
festas populares baianas. o
a sex, 13h às 19h; sáb, dom e feriados,
Museu Nacional de Enfermagem Anna
14 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
Nery q 1/2 a 7/3, seg, 13h às 17h; ter
a sex, 9h às 17h; sáb, 9h às 12h $ 6 e
3 (Grátis às terças) t 71 3321-3819 s
www.munean.com @ [email protected]
munean.com
Os Planos Inclinados Exposição
virtual aborda a história dos planos
inclinados da cidade de Salvador.
o Via e-mail q 10/1 a 10/2 $ Grátis
t 71 3117-6082 s www.bibliotecapublicafpc.blogspot.com @ [email protected]
gmail.com r BPEB/ FPC/ SecultBA
Parque Histórico Castro Alves Exposição sobre vida e obra do
poeta baiano através de objetos
pessoais, como fotografias,
manuscritos e indumentárias,
além de animações de poemas e
publicações com curiosidades.
o Parque Histórico Castro Alves
(Cabaceiras do Paraguaçu) q Ter a
apresenta parte da urbanização,
crescimento e modernização da
capital baiana através de imagens
e fotografias. o Museu Tempostal
q Ter a sex, 12h às 18h; sáb, dom e
feriados, 12h às 17h $ Grátis t 71
3117-6383 r DIMUS/ IPAC/ SecultBA
Pelourinho – Um Cartão Postal
da Bahia Postais, fotografias e
vídeos compõem a mostra que
apresenta as mudanças sofridas
no Pelourinho com o passar do
tempo, numa reflexão sobre patrimônio cultural. o Museu Tempostal
q Ter a sex, 12h às 18h; sáb, dom e
feriados, 12h às 17h $ Grátis t 71
3117-6383 r DIMUS/ IPAC/ SecultBA
sex, 9h às 12h e 14h às 17h; sáb, dom
e feriados, 9h às 14h $ Grátis t 75
6381-1102 r DIMUS/ IPAC/ SecultBA
Pelos Caminhos de Salvador Exposição de longa duração
V 15
ARTES VISUAIS Raymundo Colares – Poética
Pop Mostra reúne pinturas, óleos, serigrafias e livros-objetos
pertencentes a coleções públicas e particulares, mapeando a
produção do artista ao longo de
três décadas, com curadoria de
Denise Mattar. o Caixa Cultural
Salvador q Até 17/2, ter a dom $
Grátis t 71 3241-4200
Rubem Valentim Após reforma,
o MAM-BA reabre a Sala Rubem
Valentim, espaço expositivo
com 30 obras do pintor, escultor
e gravador baiano, considerado
um dos mestres do Construtivismo. o Museu de Arte Moderna da
Bahia q Ter a sex, 13h às 19h; sáb,
dom e feriados, 14h às 19h $ Grátis
t 71 3117-6132 s www.mam.ba.gov.
br r MAM-BA/ DIMUS/ IPAC/
SecultBA
Smetak – O Alquimista do
Som Mostra de longa duração
apresenta peças de Walter
Smetak chamadas de “plásticas
sonoras”, do acervo da família
do músico suíço que viveu na
Bahia. o Solar Ferrão q Ter a
sex, 12h às 18h; sáb, dom e feriados, 12h às 17h $ Grátis t 71 31176357 r DIMUS/ IPAC/ SecultBA
Toque de Luz – Um Novo
Olhar sobre a Obra de Udo
Knoff Apresenta cerca de 30
obras do artista especialmente ao público com deficiência
visual. o Museu Udo Knoff q
Ter a sex, 12h às 18h; sáb, dom
e feriados, 12h às 17h $ Grátis
t 71 3117-6389 r DIMUS/ IPAC/
SecultBA
Um Olhar Naif da Bahia de
Pierre Verger Exposição do
artista plástico Telmo Carvalho
acerca da obra de Pierre Verger.
o Biblioteca Pública do Estado da
Bahia q 1/2 a 28/2, 8h30 às 21h $
Grátis t 71 9109-2381 s www.fpc.
ba.gov.br @ [email protected]
gmail.com r FPC/ SecultBA
Verão com Arte Mostra de
pintura, esculturas, fotos manipuladas e outras artes, com
a participação de diversos artistas. o Biblioteca Juracy Magalhães
Jr. (Itaparica) q Até 28/2, 8h às 17h
$ Grátis t 71 3631-1636 s www.
fpc.ba.gov.br @ [email protected]
fpc.ba.gov.br r FPC/ SecultBA
16 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
Zé Carioca Exposição de revistas
em quadrinhos do personagem Zé
Carioca. o Biblioteca Infantil Monteiro Lobato q 1/2 a 28/2, 8h30 às
17h $ Grátis t 71 3117-1411 s www.
fpc.ba.gov.br @ [email protected]
gmail.com r FPC/ SecultBA
sábado
Bahia q 14/2 a 28/2, 8h30 às 21h $
Grátis t 71 3117-6082 s www.fpc.
ba.gov.br @ [email protected]
gmail.com r FPC/ SecultBA
2
Vagalumes Exposição fotográfica de Rafael Martins, com
registros noturnos, feitos com
a técnica do light paiting, de
ruínas de casas de Vila de Igatu,
distrito de Andaraí, Chapada
Diamantina. o Galeria Arte e
Memória (Igatu) q 2/2 a 20/3, ter a
dom, 9h às 18h $ Grátis
Homenagem a Victor Hugo Mostra sobre o escritor Victor Hugo. o
Biblioteca Pública do Estado da Bahia
q 14/2 a 28/2, 8h30 às 21h $ Grátis
t 71 3117-6082 s www.fpc.ba.gov.br
@ [email protected] r
FPC/ SecultBA
segunda
quinta
14
Dia do Esporte Em homenagem à
data, mostra trata sobre o tema.
o Biblioteca Pública do Estado da
25
Exposição Coletiva de Pinturas Com telas dos artistas
plásticos Magalhães Aguiar
Rasta, Dino Garcia, Vanessa
Figliuolo, Ivaldo Sanfer, Dominga Rocha, Ed. Carlos Santana, Graça Figliuolo e Iraci
Cosma. o Cepaia q Abertura:
25/2, 18h30; Visitação: 26/2 a
25/3, 9h às 18h t 71 8297-4855
r Associação Marcus Garvey
V 17
ARTES VISUAIS animação
memória
Sala Walter da Silveira
homenageia Carlos
Reichenbach Abertas inscrições para o
cine e vídeo
Anima Mundi 2013
Em sua 21ª edição, o Festival Internacional de Animação do Brasil –
Anima Mundi visa a informar, formar, educar e entreter utilizando
as infinitas possibilidades da linguagem de animação. Neste ano,
o evento vai acontecer entre os
dias 2 e 11 de agosto, no Rio de Janeiro, e 14 e 18 de agosto, em São
Paulo, e está agora com inscrições
abertas para realizadores interes-
sados em mostrar seus trabalhos
dentro do projeto. Sem restrições
de temas ou gêneros, e sem limite
para o número de inscrições por
participante, os filmes e vídeos
podem ser de curta, média ou longa-metragem, de realizadores profissionais ou iniciantes em formação, inclusive menores de idade.
Os selecionados serão exibidos
em mostras competitivas, com
18 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
prêmios que variam de R$ 3 mil a
R$ 10 mil, e não-competitivas. Há
ainda o Prêmio Anima Mundi Itinerante, no valor de R$ 700 cada,
que vai escolher obras para o Anima Itinerante, que, após o festival,
percorrerá cidades brasileiras durante onze meses. o Via internet e
Correios q Até 8/3 $ Grátis s www.
animamundi.com.br @ [email protected] r Ancine/ MinC
O cineasta gaúcho falecido em
2012 é lembrado com a exibição
de uma de suas obras-primas: Filme Demência (1985). Inspirada na
peça Fausto, de Goethe, a película
tem roteiro assinado pelo próprio
Carlos Reichenbach em parceria
com o crítico Inácio Araújo. Esta
produção conquistou prêmios
como os de Melhor Direção e Montagem, no Festival de Gramado
(1986); Rio Cine Festival (1987),
nas categorias de Melhor Ator e
Trilha Sonora; e no Festival de Roterdã, no mesmo ano, como Filme
Inovador do Ano. o Sala Walter da
Silveira q 22/2 a 28/2 (exceto 27/2),
18h $ Grátis t 71 3117-8120 s www.
dimas.ba.gov.br r DIMAS/ FUNCEB/
SecultBA
C 19
CINE E VÍDEO sexta
1
Programa Duplo Anselmo Duarte Exibição dos filmes Absolutamente Certo (1957) e O Pagador
de Promessas (1962), dirigidos
pelo cineasta paulista. o Sala
Walter da Silveira q 1/2 a 7/2 (exceto
2/2), 16h e 18h $ Grátis t 71 31168100 r DIMAS/ FUNCEB/ SecultBA
segunda
Escolha seu filme, Agende sua
Hora Exibição de filmes escolhidos
pelos próprios usuários, com hora
marcada. o Biblioteca Anísio Teixeira
q 4/2 a 28/2, 9h e 14h; sáb, 9h $ Grátis t 71 3117-6339 r FPC/ SecultBA
terça
Capoeira Kid Exibição do
trailer do primeiro longa de
ação 3D do Nordeste, que conta
a saga de um jovem que volta
às suas raízes em busca de
vingança. o Teatro Gamboa Nova
q 1/2 a 28/2, qua a dom, antes dos
espetáculos do teatro $ Inserido
no valor dos espetáculos t 71
3329-2418 s www.teatrogamboanova.com.br r Mais Um Filmes
5º Festival do Júri Popular Evento competitivo de
curtas e longas-metragens,
sem júri oficial, onde o público
vota em todas as categorias. A
programação acontece simultaneamente em 20 cidades do
Brasil. o Sala Walter da Silveira
q Até 3/2, 15h e 17h s www.festivaldojuripopular.com.br @ [email protected]
festivaldojuripopular.com.br r
Programa Especial “Era uma Vez
no Verão...” Exibição dos filmes
Marcelo Zona Sul (1970), de
Xavier de Oliveira, e Copacabana
me Engana (1968), de Antonio
Carlos da Fontoura. o Sala Alexandre Robatto q 1/2 a 7/2, 15h e 17h
$ Grátis t 71 3117-8120 r DIMAS/
FUNCEB/ SecultBA
5
Terças na Tela Projeto inserido
no Circuito Popular de Cinema e
Vídeo exibe filmes para ampliar
o acesso à produção audiovisual
em diversas localidades baianas.
o Espaços Culturais da SecultBA
q 5/2 a 26/2, às terças, horários
diversos $ Grátis s www.cultura.
ba.gov.br/cpcv r DIMAS/ FUNCEB/
DEC/ SecultBA
quarta
6
Estado da Bahia q 6/2, 20/2 e 27/2,
10h e 15h $ Grátis t 71 3117-6078 r
FPC/ SecultBA
terça
12
Filmes em Libra Com acervo
da biblioteca, são realizadas
sessões de acessibilidade
para surdos. o Biblioteca
Anísio Teixeira q 12/2 e 19/2,
9h $ Grátis t 71 3117-6339 r
FPC/ SecultBA
quarta
20
Quartas Baianas Exibindo filmes
baianos, projeto lançado em 2004
objetiva a promoção, resgate e valorização da produção audiovisual
da Bahia. o Sala Walter da Silveira
q 20/2 e 27/2, 19h30 $ Grátis t 71
3116-8100 s www.dimas.ba.gov.br r
ABCV/ DIMAS/ FUNCEB/ SecultBA
Filme na Biblioteca Exibição
dos filmes O Desafio do Lixo:
Brasil (6/2); O Desafio do Lixo:
Dinamarca, Holanda, Suécia,
Noruega, Itália e França (20/2)
e O Desafio do Lixo: Estados
Unidos, Canadá e Alemanha
(27/2). o Biblioteca Pública do
Sobretudo Produção
20 o onde q quando $ quanto t tel s site @
4
e-mail
r realização
C 21
CINE E VÍDEO tributo
Oyaci, A Filha de Oyá
dança
une dança afro com teatro e música
Com concepção e direção de Fernanda Júlia, que assina o texto
com Thiago Romero em processo
colaborativo com o elenco, Oyaci,
A Filha de Oyá une teatro, música e
dança afro num espetáculo que trata do encontro: do humano com o
divino, do indivíduo e o seu Orixá,
da pessoa com a sua ancestralidade africana. Isto ocorre a partir da
encenação do encontro de Oyaci
(que, em iorubá, quer dizer “filha
de Oyá”) com a própria Oyá, a senhora dos ventos e tempestades,
sua mãe e dona de seu destino. A
montagem parte de revelações do
corpo e de suas memórias afetivas,
com os intérpretes-criadores Marilza Oliveira, Fernando Santana,
Jane Santa Cruz, Fabíola Júlia, Thiago Romero, Fernando Filho, Ednei
Advíncula, Adil Araújo e Edeise Gomes, juntamente com os músicos
Ricardo Costa, Cosme Lucian e Spike. O resultado é também um tributo à dança afro e seus precursores
na Bahia e no Brasil, homenageando os 25 anos de carreira de Marilza Oliveira, dançarina, coreógrafa
e professora, responsável pela
preparação corporal e coreografia
do espetáculo. o Teatro Vila Velha q
vivências
Áttomos Cia. de Dança
faz pré-estreia do
infanto-juvenil [email protected]
O espetáculo estabelece uma
relação entre o cotidiano e o fantasioso mundo de histórias e
personagens fantásticos vividos
e admirados pelo público infanto-juvenil. Questões que fazem parte do mundo das crianças e da
fase de transição entre a infância
e adolescência, como nascimento,
escola, tecnologia e romance, são
abordadas através da dança, desvendando o modo de pensar e de
encarar os diversos aspectos da
vida sob a ótica desse público. o
Cine-Teatro Solar Boa Vista q 1/2, 17h
$ 10 e 5 t 71 3116-2000 s www.blogdosolar.wordpress.com
15/2 a 3/3, sex a dom (sex e dom, 20h;
sáb, 18h) $ 30 e 15 t 71 3083-4600 s
www.teatrovilavelha.com.br
22 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
D 23
DANÇA crítica
Leituras Possíveis nas
Frestas do Cotidiano
literatura
é lançado também em versão virtual
Primeiro volume da Série Crítica das Artes, coleção que
objetiva promover a difusão de conteúdos sobre a crítica,
mais especificamente aquela relacionada às artes baianas, o livro Leituras Possíveis nas Frestas do Cotidiano,
além do lançamento de sua versão impressa, está disponível gratuitamente na internet. A ação integra o Programa de Incentivo à Crítica de Artes, da Fundação Cultural
do Estado da Bahia, iniciativa proposta pela renovação
e pela qualificação da produção crítica na Bahia. Organizada por Milena Britto, coordenadora de Literatura da
FUNCEB e doutora em Literatura Brasileira, a publicação
reúne as 20 críticas em Artes Visuais, Audiovisual, Circo,
Dança, Literatura, Música e Teatro premiadas no Concurso Estadual de Estímulo à Crítica de Artes, promovido
em 2011. Os textos de apresentação são assinados pelo
secretário estadual de Cultura, Albino Rubim; o diretor
das Artes da FUNCEB, Alexandre Molina; e pela própria
organizadora. Há ainda contribuições de especialistas
convidados: Antonio Marcos Pereira, Rachel Esteves Lima
e Carlos Bonfim. $ Grátis s www.fundacaocultural.ba.gov.br
r FUNCEB/ SecultBA
24 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
fomento
família
Leitura Pública de
Livros realiza sessões
mensais
Domingo na Praça com
a Biblioteca Móvel
Lançado no último mês de janeiro,
o projeto promove sessões mensais de leituras públicas. A cada
edição, uma obra específica será
pautada e lida pelo seu próprio
autor, com a finalidade de divulgar
os livros – sobretudo os que se
produzem na Bahia – e contribuir
para o fomento à leitura. Escritores interessados em inserir seus
trabalhos na programação podem
se inscrever gratuitamente, atendendo exigências previstas no regulamento, disponível no site do
Gabinete Português de Literatura,
realizador da iniciativa. o Gabinete
Português de Literatura (Praça da Piedade) q 14/2, 17h $ Grátis t 71 33292733 s www.gplsalvador.com.br
Leitura ao ar livre de jornais e revistas e consulta a acervo bibliográfico são a base do projeto que
ocupa o espaço urbano de Salvador aos domingos, numa opção
de diversão e cultura para toda a
família. Para completar, este mês
a programação inclui peça de teatro infantil com o Grupo Cabriola,
além de oficinas de arte e contação
de histórias com o arte-educador
e artista plástico Icaro.o Dique do
Tororó q 3/2, 8h às 12h o Parque de
Pituaçu q 17/2, 8h às 12h o Lagoa do
Abaeté q 24/2, 8h às 12h $ Grátis t 71
3117-6035 s www.bibliotecadeextensaofpc.blogspot.com.br @ [email protected]
fpc.ba.gov.br r FPC/ SecultBA
L 25
LITERATURA tecnologias
Festival/Congresso/Observatório
Internacional de Música e
música
Cultura Digital
Articulado em diversas iniciativas que relacionam o campo da
música às novas tecnologias da informação e da comunicação,
o Digitalia realiza um ciclo de atividades para debater e promover estes conteúdos entre artistas e público da Bahia. Dentre
as ações, fundamentadas em três eixos – pesquisa, formação e
integração –, estão conferências, oficinas, cursos, apresentação de trabalhos, desenvolvimento de produtos e plataformas
para música online, geração de conteúdo para difusão via web
e intervenções musicais e multimídia. Em meio a tudo isto, não
faltam grandes shows. Entre os convidados desta edição 2013,
26 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
já estão confirmados: Gilberto Gil, Emicida, Rael da Rima, Original Olinda Style, além dos norte-americanos Jon Pareles, chefe de crítica de música pop do jornal New York Times, e Chris
Kaskie, presidente do Pitchfork Media, um dos veículos dedicados à música mais acessados da internet. Mais informações e
programação completa podem ser consultadas no site do projeto. o Concha Acústica do TCA, Teatro Vila Velha, Goethe Institute/
ICBA, Clube Fantoches e Companhia da Pizza q 1/2 a 5/2 $ Grátis (ingressos para a Concha devem ser trocados por livros não-didáticos) s
www.digitalia.com.br r Audiosfera
M 27
MÚSICA pra dançar
agora
Bemba Trio e Silvia
Manchete são atrações
do Sesc-Senac
Pelourinho
Dois em Um lança
segundo disco
Formado pelo DJ Raiz e os músicos Russo Passapusso e Fael
Primeiro, o Bemba Trio apresenta
variações de ritmos globais e locais da cultura periférica, unindo
influências como o samba reggae, samba chula, ragga, repente, miami bass, dancehall e funk.
Já a carioca Silvia Manchete retorna a Salvador com o performático
show Extravaganza, considerado
o melhor do ano de 2012 pela Associação Paulista dos Críticos de
Arte. o Arena do Teatro Sesc-Senac
Pelourinho q Bemba Trio: 5/2, 19/2 e
sexta
No show de lançamento de Agora,
segundo disco do dueto baiano
Dois em Um, Fernanda Monteiro
(voz e violoncelo) e Luisão Pereira
(guitarra e teclado) contam com o
auxílio de CH Straatmann (baixo),
Nana (teclado, samples, escaleta
e cavaquilho) e Felipe Dieder (bateria). O álbum teve participação
especial das cantoras Tulipa Ruiz
e Rebeca Matta e traz, dentre suas
canções, a faixa Você Tem o que Eu
Preciso, parceria inédita de Luisão
com Ronaldo Bastos. o Sala do
Coro do TCA q 27/2, 20h $ 10 e 5 s
www.doisemum.com
1
carlos venttura
ligia rizerio
Caminhos Abertos Duo Tendo
como foco principal o amor,
trabalhos e experiências vividas
por Carlos Venttura em mais de
20 anos de carreira são apresentados em show ao lado de
Luciano Factum. o Teatro Gamboa
Nova q 1/2 a 3/2, 20h $ 20 e 10 t
71 3329-2418 s www.teatrogamboanova.com.br
mayra lins
Madre Verão Último final de
semana do evento que reúne música, esporte, cultura e responsa-
e-mail
r realização
1
sábado
26/2, 20h; Silvia Manchete: 23/2, 20h
$ 20 e 10
28 o onde q quando $ quanto t tel s site @
bilidade social. As atrações são
Timbalada, Natiruts, Paralamas
do Sucesso e Araketu. o Madre
de Deus q 1/2 e 2/2 $ Troca por
doações s www.madreverao.com.br
r Prefeitura de Madre de Deus
Jam no MAM O tradicional projeto apresenta trilha sonora que
mescla o melhor do jazz com
ritmos brasileiros, numa jam
com direção artística de Ivan
Huol. o Museu de Arte Moderna
da Bahia q 2/2 a 23/2, aos sábados
(exceto 9/2), 18h às 21h30 $ 6 e 3
s www.jamnomam.com.br
Simplesmente Luxo Evento
open bar com direito a feijoada, comandado pelas bandas
Mametto e Pra Casar. o Padaria
Bar (Rio Vermelho) q 2/2, 12h $
130 (masculino) e 100 (feminino) t 71
3016-4412
MÚSICA M 29
domingo
3
Samba de Verão Banda Chita Fina
apresenta repertório inspirado
nos sons do Recôncavo, samba e
MPB. o Cine-Teatro Solar Boa Vista
q 3/2, 17h $ 20 e 10 t 71 3116-2018
s www.blogdosolar.wordpress.com
Sarau Du Brown Pelo quinto ano,
evento assinado por Carlinhos
Brown reúne música – da erudita
aos tambores e à guitarra baiana
–, dança, artes visuais, projeções,
moda e convidados especiais. o
Museu Du Ritmo (Comércio) q 3/2 e
16/2, 18h30 $ 40 t 4003-1212
terça
5
Sempre às Terças Homenageando os grandes nomes da música
popular brasileira, a banda Janela
Brasileira apresenta versões
instrumentais de canções de
Batatinha, Riachão, Luiz Gonzaga,
entre outros. o Companhia da Pizza
(Rio Vermelho) q 5/2 e 19/2, 20h $
Grátis t 71 3034-2089
Verão Luiz Caldas Ensaio
pré-carnavalesco do cantor e
multi-instrumentista, conhecido
como pai da Axé Music, com
participação de convidados. o
Clube Fantoches q 5/2, 20h $ 40 e
20 r Multi Planejamento Cultural/ Da
Cultura Projetos e Soluções
6
quarta
Badaró Jambrass No encerramento do projeto Solar 40º, artista
apresenta o show Jameika Brasiliss e grava primeiro DVD da carreira. o Cine-Teatro Solar Boa Vista
q 6/2, 20h $ 8 e 4 t 71 3116-2108 s
www.blogdosolar.wordpress.com
14
quinta
Samb’acústico Lane Quinto realiza show com versões acústicas
de canções de Paulo Vanzolini,
Caymmi, Noel Rosa, Paulinho da
Viola, entre outros, além de novos
compositores. Direção musical,
arranjos e violão de Daniel Santana. o Teatro Gamboa Nova q 14/2 a
28/2, às quintas, 20h $ 20 e 10 t 71
3329-2418 s www.teatrogamboanova.com.br r Lane Quinto
14
sábado
Adupé Espetáculo cênico musical
com direção de Fernanda Júlia
30 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
e Thiago Romero apresenta músicas e cânticos do Candomblé
em novos arranjos melódicos. o
Teatro Vila Velha q 16/2 a 2/3, aos sábados, 20h $ 30 e 15 t 71 3083-4600
de estar em casa. o Teatro Gamboa
Nova q 20/2 e 27/2, 20h $ 20 e 10 t
71 3329-2418 s www.teatrogamboanova.com.br
ricardo borges
domingo
17
Mou Brasil Com mais de 30 anos
de carreira, guitarrista intercala
no show Farol canções autorais e
de compositores como Hermeto
Pascoal, Villa Lobos e Lô Borges.
o Teatro Gamboa Nova q 17/2 e
24/2, 17h $ 20 e 10 t 71 3329-2418 s
quinta
www.teatrogamboanova.com.br
21
Orquestra Sinfônica Juvenil da
Bahia Sob regência do maestro
Ricardo Castro, concerto terá
participação de músicos da Filarmônica de Berlim. o Teatro Castro
Alves q 21/2, 20h $ Grátis s www.
tca.ba.gov.br
quinta
quarta
20
Samba de Cozinha Como num
bate-papo na cozinha, a cantora
Lindete Souza apresenta show
com músicas de várias épocas,
que trazem ao público a sensação
28
OSBA Orquestra Sinfônica da
Bahia abre a temporada 2013 em
concerto com músicas de Shostakovich e Mozart, sob a regência
do maestro Carlos Prazeres. o
Teatro Castro Alves q 28/2, 20h $ 20
e 10 s www.tca.ba.gov.br
M 31
MÚSICA MANIFESTAÇÕES
DA
CULTURA POPULAR
As Cabeçorras são entidades carnavalescas constituídas por foliões
que saem às ruas durante o carnaval portando uma enorme máscara colorida de papelão, confeccionada de modo artesanal com a técnica do papel machê. Estes mascarados também levam nas mãos um chicote. Eles
simbolizam diversos personagens, brincando com as fantasias momescas.
Atrás das Cabeçorras, correm meninos que gritam expressões engraçadas
e picantes. As Cabeçorras fazem que não ouvem, mas, quando a massa
de meninos aumenta, os foliões mascarados voltam-se para eles e fingem
persegui-los para chicoteá-los. Suas investidas provocam divertida gritaria
e muita animação.
As Cabeçorras se apresentam durante o dia e são motivo de grande atração, sobretudo para as crianças. A tradição ainda anima o carnaval de
Belmonte e de Rio de Contas. No
Recôncavo, em municípios como
Cachoeira, São Félix e São Francisco do Conde, as Cabeçorras,
atualmente, não fazem mais parte
do cenário do carnaval, mas permanecem com grupos que se apresentam em ocasiões especiais. Em
Cachoeira, por exemplo, na Festa
de Nossa Senhora da Ajuda, a presença das Cabeçorras é uma marca
registrada. Lá, a fantasia faz alusão
aos nobres da corte portuguesa.
fotos: adenor gondim
cabeçorras
32 o onde q quando $ quanto t tel s site @
Carnaval mascarado de alegria
e-mail
r realização
D 33
DANÇA memória
Entra em cena
novo espetáculo do
Grupo
Toca de Teatro
fotos: yoshi aguiar
O Grupo Toca de Teatro estreia
seu novo espetáculo: Amnésis
– Uma Busca Intencional pela
Lembrança, com direção de Meran Vargens. De maneira lúdica,
metafórica e divertida, a montagem conta a história de um menino simples que nasceu no mar
da baía e que sonha em ser um
aviador. Para realizar seu desejo,
ele atravessa diversos lugares históricos de Salvador, onde conhece
inúmeros personagens, vivendo
com eles aventuras e aprendizados. A montagem foi construída
a partir da coleta de histórias de
vida em locais da capital baiana,
como a Praça da Piedade, Merca-
34 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
do Modelo e Igreja de São Lázaro.
Investindo no questionamento de
como as próprias lembranças e as
de outras pessoas podem servir
como material para a construção
de um espetáculo, o processo de
pesquisa e criação da peça foi
norteado pelo trabalho de pós-doutorado de Meran Vargens e é
o resultado final do projeto Toca
de Teatro: Manutenção, Memória e
Interatividade Estética, desenvolvido pelo grupo durante um ano.
o Teatro Molière – Aliança Francesa q
19/2 a 24/2, 20h (sessões extras dias
23/2 e 24/2, 18h) $ 20 e 10 t 71 91738583 s www.tocadeteatro.com.br @
[email protected]
TEATRO T 35
submundo
sertão
Peça Abajur Lilás
ganha versão baiana
Adaptação de drama
russo estreia na Bahia
com referências de
cultura popular
Escrita em 1969 pelo dramaturgo
Plínio Marcos, a peça Abajur Lilás
retrata de forma nua e crua o universo da prostituição. A luta pela
vida e pela dignidade das personagens Dilma, Célia e Leninha
diante do dono do prostíbulo e
seu capanga deixa claro que não
há nada de fácil na vida dessas
mulheres. Nessa montagem baiana adaptada e dirigida por Jhoilson de Oliveira, os personagens
são retratados como sendo da
Bahia, vivendo uma trama de luxúria e violência. o Espaço Xisto Bahia
q 21/2 a 24/2, qui a sáb, 20h; dom,
19h $ Pague quanto quiser t 71 87036182 r Gota D’água Projetos Culturais
sexta
A atriz Sara Galvão estreia o espetáculo As Três Irmãs do Sertão, baseado na cultura popular de cordel
e inspirado no clássico moderno
As Três Irmãs, do russo Anton Tchecov, além de nas obras de Patativa
do Assaré e Luiz Gonzaga. A trama,
originalmente vivida no intenso
frio da Rússia, se transfere à seca
do Nordeste do Brasil. Já a obsessão das personagens em voltar a
Moscou, sua terra natal, é análoga
ao sonho por dias melhores em
São Paulo. Com elementos também do teatro de rua, a peça tem
música ao vivo. o Teatro Gamboa
Nova q 15/2, 16/2, 22/2 e 23/2, 20h $
20 e 10 t 71 3329-2418 r Sara Galvão/
Feijão de Corda Produtora Cultural
1
A Bofetada Alexandre Moreira,
Jarbas Oliver, Nilson Rocha e Lelo
Filho fazem temporada em comemoração aos 25 anos da comédia,
um dos maiores sucessos da história do teatro baiano. o Teatro ISBA
q Até 3/2, sex a dom, 20h $ 50 e 25 t
71 3264-7776 @ [email protected]
com.br r Cia. Baiana de Patifaria
alessandra nohvais
de Adrian Steinway e direção musical de Gerônimo, faz um convite
à reflexão sobre liberdade sexual
e comportamental. o Teatro Módulo q Até 27/4, sex a dom, 20h $ 50 e
25 t 71 3242-0471
Mar Morto Montagem do XXVII
Curso Livre de Teatro da UFBA,
com direção e adaptação de Paulo
Cunha, é baseada no livro de
Jorge Amado e conta a saga dos
saveiristas da Bahia. o Teatro
Martim Gonçalves q Até 3/2, sex a
dom, 20h $ Grátis t 71 3283-7850 @
[email protected] r Curso Livre de
Teatro da UFBA
Bonitinha, Mas Ordinária A peça
de Nelson Rodrigues, aqui dirigida por Luiz Marfuz, tem na trama
as hesitações de Edgard entre o
casamento por dinheiro ou por
amor, trazendo à tona questões
morais da classe média brasileira.
o Sala do Coro do TCA q Até 3/2, sex
a dom, 20h $ 10 e 5 t 71 3117-4883
Marcos Frota Circo Show Nova
temporada do espetáculo que
mescla o circo tradicional e o
moderno, discutindo a cultura e a
arte brasileiras numa apresentação que reúne diferentes linguagens artísticas. o Aeroclube Plaza
Show q Até 3/2, diariamente, 17h e
20h $ Entre 15 e 40 t 71 3535-3030
Éramos Gays Primeiro musical
baiano feito em parceria com
equipe da Broadway, com texto
inédito de Aninha Franco, direção
36 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
T 37
TEATRO Renato Piaba É Show! Humorista
apresenta espetáculo em que
mostra seus melhores “causos e
estórias”, com muita irreverência
e descontração. o Teatro Jorge
Amado q Até 24/2, sex e sáb, 22h;
dom, 21h $ 40 e 20 (sex e dom); 50
e 25 (sáb) t 71 3525-9708 s www.
teatrojorgeamado.com.br
N
7 Conto – A Comédia Há sete
anos em cartaz, o espetáculo é
dirigido por Ingrid Guimarães
e encenado pelo ator baiano
Luís Miranda, que interpreta sete
personagens que retratam de forma bem-humorada as diferenças
sociais do Brasil. o Teatro Jorge
Amado q Até 31/3, sáb, 20h; dom,
19h $ 50 e 25 t 71 3525-9708 s
4
segunda
Teatro Jazz Jam Session de
Performances Apresentação
multilinguagem do artista Thor
Vaz. o Cine-Teatro Solar Boa Vista q
4/2, 18h $ Grátis t 71 3116-2000 s
www.blogdosolar.wordpress.com @
ilustração: nila carneiro
mado.com.br
e-mail
r realização
CULTURA
Foi um dos fundadores do Centro de Estudos Afro-Orientais (CEAO) da
UFBA, presidente do Conselho para o Desenvolvimento das Comunidades Negras de Salvador (CDCN) e Irmão Professo da Venerada Ordem do
Rosário de Nossa Senhora dos Homens Pretos a Portas do Carmo, localizada na Igreja do Rosário dos Pretos no Largo do Pelourinho – algumas
das mostras de sua profunda relação com a cultura negra. No primeiro mandato do presidente
Luiz Inácio Lula da Silva (entre 2003 e 2006),
trabalhou com o então ministro da Cultura,
Gilberto Gil, presidindo a Fundação Cultural Palmares.
[email protected]
38 o onde q quando $ quanto t tel s site @
DA
Nascido em Salvador, em 22 de dezembro de 1948, Ubiratan era licenciado, mestre e doutor em História, além de bacharel em Direito. Atuava
como professor da Faculdade de Filosofia e Ciências Humanas da Universidade Federal da Bahia (UFBA) e era membro da Academia de Letras da
Bahia, na cadeira 33, cujo patrono é o poeta abolicionista Castro Alves.
www.teatrojorgeamado.com.br
Só Acontece Comigo! Espetáculo
do humorista Renato Fechine,
com texto em parceria com Felipe
Rodrigues, relata a trajetória do
multiartista e divide com a plateia
casos recheados de graça. o Teatro Jorge Amado q 1/2, 20h $ 50 e 25
t 71 3525-9708 s www.teatrojorgea-
MESTRES
o último dia 3 de janeiro, a
Bahia e o Brasil perderam o
historiador e professor Ubiratan Castro de Araújo, aos 64
anos. Desde 2007, ele exercia o cargo
de diretor-geral da Fundação Pedro Calmon, entidade vinculada à Secretaria de Cultura do Governo do Estado da Bahia.
2
sábado
ubir atan castro
Historiador que fica para a História
Entre os prêmios e títulos que recebeu,
destacam-se a Medalha do Bicentenário
da Restauração Portuguesa da Academia Portuguesa de História, o Troféu
Clementina de Jesus da União dos
Negros pela Igualdade (Unegro), a
Medalha Zumbi dos Palmares da
Câmara Municipal de Salvador
e, a mais recente, a Comenda
da Ordem Rio Branco, condecoração oferecida pelo
Ministério das Relações
Exteriores do Brasil.
T 39
TEATRO pré-história
carnaval
Mundo
Bailinho Infantil –
Criança, Confete e
Serpentina!
Jurássico
O grupo Canela Fina faz baile de
carnaval para as crianças, que
estão convidadas para irem fantasiadas para a festa. Com um
repertório carnavalesco recheado
de ritmos de todo o Brasil, uma
grande aventura é prometida,
onde não só os pequenos são
convidados a entrar, mas também
todos aqueles que deixam abertos
os olhos e ouvidos da imaginação.
A banda é formada por Angelita
Broock (voz, guitarra, flauta e percussão), Kamile Levek (voz e guitarras), Carla Suzart (voz e baixo)
e Tiago Carvalho (voz, bateria e
percussão). o Arena do Teatro Sesc-Senac Pelourinho q 2/2, 17h $ Grátis
infantil
transporta visitantes para o
tempo dos dinossauros
Crianças, jovens e adultos podem
viajar pelo surpreendente e intrigante mundo dos dinossauros. O
parque temático itinerante Mundo
Jurássico chega a Salvador com
uma mostra que reúne réplicas robotizadas gigantes, em tamanho
natural, de animais pré-históricos. Montadas cenograficamente
como se estivessem vivas, elas
reproduzem sons e movimentos
precisos dos bichos extintos há
milhões de anos, apresentando
ao público variadas espécies de
dinossauros, entre herbívoros e
carnívoros, incluindo o aterrorizante Tiranossasuro Rex. O percurso dura cerca de 45 minutos e
é direcionado por guias que explicam o período jurássico e sua
40 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
composição. São ainda oferecidas
atividades lúdicas, como sala de
cinema com exibição de filmes
sobre a lenda da extinção dos Dinossauros, exposição de fósseis
e área interativa onde as crianças
poderão brincar de paleontólogos. o Salvador Norte Shopping q
Até 2/2, 14h às 22h $ Entre 20 e 50 t
71 3417 6500
INFANTIL I 41
sexta
1
Hora de Ouvir História na
BIML Contação de histórias
infantis, neste mês com o tema
“Férias”. o Biblioteca Infantil Monteiro Lobato q 1/2 a 28/2, ter a sex,
10h e 14h $ Grátis t 71 3117-1411 r
de Arte da Bahia q Até 3/4, ter a
sex, 13h às 19h; sáb e dom, 14h às
19h $ Grátis t 71 3117-6900 r
MAB/ DIMUS/ IPAC/ SecultBA
3
domingo
segunda
4
Tarde dos Mascarados Confecção de máscaras usando
materiais variados. o Biblioteca
Pública do Estado da Bahia q 4/2,
15h $ Grátis t 71 3117-6093 r
FPC/ SecultBA
FPC/ SecultBA
Hora de Ouvir História na
BPEB Contação de histórias
infantis, neste mês com o tema
“Férias”. o Biblioteca Pública do Estado da Bahia q 1/2 a 25/2, seg e sex,
10h e 15h $ Grátis t 71 3117-6093 r
NACCI q 4/2 e 18/2, 8h às 12h e 15h
às 17h $ Grátis t 71 3117-6035 r
FPC/ SecultBA
5
terça
Cinema Infantil Exibição dos
filmes Carros 2 (5 e 7/2), Os
Muppets (19 e 21/2) e Enrolados (25 e 27/2). o Biblioteca
Pública do Estado da Bahia q 5/2,
7/2, 19/2, 21/2, 25/2 e 27/2, 10h
e 15h $ Grátis t 71 3117-6093 r
FPC/ SecultBA
FPC/ SecultBA
Filosofando com a Emília Enquanto visita a biblioteca, a
boneca Emília leva o público a
adentrar o mundo da filosofia,
tagarelando sobre os mais diversos assuntos. o Biblioteca Infantil
Monteiro Lobato q 3/2, 15h; 5/2, 10h;
19/2 e 26/2, 15h $ Grátis t 71 31171411 r FPC/ SecultBA
Os Brinquedos que Moram
Nos Sonhos – O Brinquedo
Popular Brasileiro Exposição
apresenta cerca de 1.500
brinquedos da coleção do
fotógrafo carioca David Glat,
dispostos em oito salas, com
temáticas diferentes. o Museu
Omelete Versão reduzida do espetáculo OvO e Vice-Versa, que
conta a história de uma divertida
companhia de teatro que um dia
recebe um convite irrecusável. o
Biblioteca Infantil Monteiro Lobato
q 3/2 e 24/2, 15h $ Grátis t 71
3117-1411 r FPC/ SecultBA
42 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
Verão no GACC Narrativas de
histórias, peças de teatro, oficinas lúdicas e ateliê de pintura
para promover o interesse pelo
livro nas crianças do Grupo de
Apoio à Criança com Câncer
(GACC). o GACC q 4/2, 18/2 e
25/2, 8h às 12h e 15h às 17h $ Grátis t 71 3117-6035 r FPC/ SecultBA
Verão no NACCI Narrativas
de histórias, peças de teatro,
oficinas lúdicas e ateliê de pintura para promover o interesse
pelo livro nas crianças do
Núcleo de Apoio ao Combate
do Câncer Infantil (NACCI). o
Pinte e Rabisque! Oficina
de arte em que as crianças
mergulham no universo da
pintura explorando a imaginação e a criatividade. Neste
mês, com o tema “Pinte a sua
fantasia de carnaval”. o Biblioteca Infantil Monteiro Lobato
q 5/2, 10h e 15h $ Grátis t 71
3117-1411 r FPC/ SecultBA
I 43
INFANTIL quarta
6
Piquenique Literário Narrativas
de histórias, peças de teatro,
oficinas lúdicas e ateliê de pintura
para promover o interesse pelo
livro nas crianças. o Cine-Teatro
Solar Boa Vista q 6/2, 20/2 e 27/2,
8h30 às 16h30 $ Grátis t 71 31176035 r FPC/ SecultBA
Aprendendo a Jogar Xadrez! Oficina recreativa com introdução
ao jogo de xadrez, conhecendo
as peças e os movimentos. o
Biblioteca Infantil Monteiro Lobato q
7/2 a 28/2, às quintas, 10h $ Grátis t
71 3117-1411 r FPC/ SecultBA
14
quinta
Faça a sua Máscara de Carnaval! Oficina de arte em que as
crianças farão a sua máscara com
materiais diversos. o Biblioteca
Infantil Monteiro Lobato q 14/2, 15h $
Grátis t 71 3117-1411 r FPC/ SecultBA
20
quarta
Volta às Aulas Confecção de
porta-lápis usando materiais
variados. o Biblioteca Pública do
Estado da Bahia q 20/2, 15h $ Grátis
t 71 3117-6093 r FPC/ SecultBA
27
quarta
A Turma das Crianças Confecção
de bonecos usando materiais
recicláveis. o Biblioteca Pública do
Estado da Bahia q 27/2, 15h $ Grátis
t 71 3117-6093 r FPC/ SecultBA
O que Eu Mais Gosto nas Minhas
Férias Oficina de arte com atividade lúdica em que as crianças
vão escolher e pintar o símbolo
do verão de que mais gostam. o
Biblioteca Infantil Monteiro Lobato q
7/2 a 28/2, às quintas, 15h $ Grátis t
71 3117-1411 r FPC/ SecultBA
44 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
intervalo
I 45
INFANTIL Alessandra Lori alessandralori.blogspot.com.br [email protected]
crianças e adultos
roteiro
Curso percorre
Salvador abordando
a formação urbana e
social da cidade
cursos
Escola de Dança da FUNCEB
abre matrículas
para novos alunos
A Escola de Dança da FUNCEB,
unidade do Centro de Formação
em Artes da Fundação Cultural do
Cultural do Estado da Bahia, abre
vagas para novos alunos em dois
grupos de cursos. De 18 a 21 de fevereiro, serão feitas inscrições de
crianças, a partir dos cinco anos,
e adolescentes para os Cursos
Preparatórios, que são compostos
por um total de 11 níveis anuais,
acompanhando a evolução e o
crescimento de seus alunos até os
17 anos. Desta forma, inicia jovens
na formação em dança e dá uma
sólida opção educacional, artística e cultural para eles, em aulas
que ocorrem no turno vespertino,
podendo ser considerados como
período complementar à escola
formal, consolidando uma educação integral. Depois, de 25 a 27
de fevereiro, as matrículas são
para os Cursos Livres, voltados
para adultos que desejam praticar a dança, desde aqueles que
46 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
atuam na área a iniciantes sem
experiência ou pretensão de se
profissionalizar. São oferecidas
turmas de estilos diversos, no
turno noturno.o Escola de Dança da
FUNCEB q Cursos Preparatórios: 18/2
a 21/2 (senhas distribuídas a partir
das 6h); Cursos Livres: 25/2 a 27/2,
8h30 às 12h30 e 14h às 17h, ou até o
preenchimento total das vagas $ 20
t 71 3116-6644 s www.fundacaocultural.ba.gov.br r Escola de Dança da
FUNCEB/ CFA/ FUNCEB/ SecultBA
Vivendo a Cidade do Salvador é
o nome do curso que apresenta
discussões de temas com visitas
a pontos históricos, curiosos e especiais da capital da Bahia, abordando a sua formação urbana e
social. Voltado a estudantes, professores, turistas ou moradores
de Salvador que queiram conhecer
melhor a história e a evolução da
cidade, o projeto oferece dois itinerários: o primeiro, num passeio
de sprinter, vai do Rio Vermelho
ao Centro Histórico; o segundo, a
pé, explora locais do bairro do Rio
Vermelho. o Saída do Largo do Rio
Vermelho q qua, sex e dom (exceto no
período de carnaval), 13h às 18h (em
sprinter); 16h às 18h (a pé) $ 30 (tour
a pé) e 80 (tour em sprinter) t 71 99780603 @ [email protected]
r Pheregrinos Culturais
O 47
CURSOS, OFICINAS E PALESTRAS dança
profundidade de campo, além do
universo da foto digital. Matrículas
online. o Studio-Escola Carol Bandeira (Amaralina) q 16/2 e 23/2, 14h30
às 18h30 $ 170 (à vista ou parcelado
em até 12x no cartão) t 71 3248-9477
s www.studiocarolbandeira.com.br @
cos causados pelo uso excessivo
do computador, e de como preveni-los. o Empresarial Brotas Master q
25/2, 18h t 71 3489-6752
teatro
[email protected]
humanas
Flamenco, Dança Cigana, Dança
do Ventre e Cajon Cursos trabalham criatividade, musicalidade,
força, equilíbrio e coordenação
motora. o Companhia de Danza
Española q A partir de 4/2, seg a sáb
$ Sob consulta t 71 3337-3258 s
Oficinas de Teatro Agosto de
Deus Com duração de quatro
meses, trabalha postura, dicção, fobias de público, interrelação, movimentos e visão crítica.
o Centro Administrativo da Bahia
q A partir de 5/2, às terças, 12h às
13h30 t 71 3498-5302 r Cia. D’Art
produção cultural
www.companhiadedanzasespanolas.
blogspot.com r Szely de Nuñez
fotografia
Alaor Lopes
Filosofia, Educação e Cultura Curso de extensão ministrado pelo
professor Germano Machado, sob
a coordenação da pedagoga Nildes
Trigueiros, com carga horária de
60 horas. Faculdade 2 de Julho (Garcia) q A partir de 2/3, aos sábados,
14h às 17h $ 5 x 62 ou 300 (à vista) t
71 3242-0502 s www.cepabrasilba.
org.br @ [email protected] r
CEPA/ Faculdade 2 de Julho
Fotografia Essencial I Curso foca
nos princípios básicos da fotografia, composição, enquadramento,
Transtornos do Mundo Moderno Apresenta a palestra Transtorno
de Dependência à Internet, tratando
dos males fisiológicos e psicológi-
48 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
Eventos de Verão Planejamento,
produção e realização de eventos
de verão, como festas populares,
ensaios, festivais e carnaval, com
visitas técnicas em montagens
de grandes eventos em Salvador.
o Centro Empresarial Iguatemi q
Oficinas de Teatro da Cia. D’Art
Alaor Lopes Para públicos diversos, iniciantes e profissionais,
cursos têm variados períodos de
duração e focos de trabalho. o A
combinar q Dias e horários variados
$ Média de 100 t 71 3498-5302
1/2 a 6/2 (exceto domingo), 19h às
22h; sáb, 8h às 18h t 71 3013-6304
@ [email protected] r
Pheregrinos Culturais
O 49
CURSOS, OFICINAS E PALESTRAS intervenção
afro
Sensorium
Entrelinhas
homenageia Carnaval
Negro
eventos
ocupa Salvador e Cachoeira com arte tecnológica
em favor do meio ambiente
Dentro do universo da Cultura Digital, o Sensorium é um
projeto de arte e tecnologia que
está trabalhando na criação de
um dispositivo móvel sensorial,
feito artesanalmente e com uso
de hardware e software livres,
que une características técnicas
e artísticas. Construído como
uma obra de arte e de inovação
tecnológica, ele será utilizado
para medir, sentir e interpretar o
meio ambiente, mais especificamente dados relativos à água. A
intenção é que o dispositivo pro-
duzido permita que pessoas não
ligadas à pesquisa científica possam experimentá-lo e compreender os conteúdos por ele gerados. Além disso, sua concepção
preza pela expressão artística,
tanto pelo seu modo de criação
quanto pela sua apresentação visual. Os soteropolitanos e cachoeirenses poderão se deparar com
resultados do trabalho neste mês
de fevereiro. Durante três dias, o
Sensorium promove em cada cidade ações e performances artísticas de interação com o espaço
50 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
público e a comunidade, com
presença de convidados ligados
às pautas do projeto. Em meio às
intervenções urbanas, debates
e reflexões, cidadãos vão experimentar o uso do dispositivo e
ser estimulados a perceber o ambiente que os cerca. Programação completa e mais informações
estão no site do projeto. o Oi Ka-
No mês do Carnaval, o projeto Tabuleiro das Segundas vai fazer uma
homenagem à festa, com a condução do dramaturgo Elísio Lopes
Jr. “Carnaval Negro” é o tema da
edição de fevereiro do Entrelinhas,
que vai abordar desde o entrudo
até os blocos afro atuais, a partir
de textos de pesquisadores como
Paulo Miguez e Antônio Risério. Entre os convidados, estarão Leandro
Vila, Nara Couto, Livia França e Denise Correia, com música de Jarbas
Bittencourt. o Teatro Eva Herz (Livraria Cultura, Salvador Shopping) q 4/2,
20h $ Grátis t 71 3243-7131 @ [email protected] r Arteiros
Produções/ SecultBA
bum! (Pelourinho) e ruas de Salvador
q 19/2 a 21/2 o CAHL/UFRB e ruas
de Cachoeira q 25/2 a 27/2 $ Grátis
s www.ecoarte.info r Karla Brunet/
Grupo Ecoarte/ SecultBA
E 51
EVENTOS domingo
1
ções: Alexandre Peixe, Psirico,
Magary Lod e DJ Monstro. o Estacionamento da Academia Vila Forma
q 2/2, 14h $ 50 e 90 (feminino); 60 e
120 (masculino) t 71 8810-3348
Solar 40° Marcado pela diversidade de linguagens artísticas e
de formatos de apresentações,
evento encerra programação do
verão com dança, teatro e música.
o Cine-Teatro Solar Boa Vista q Até
6/2 $ Entre grátis e 20 t 71 31162000 s www.blogdosolar.wordpress.
com r Cine-Teatro Solar Boa Vista/
DEC/ SecultBA
sábado
2
fabio rodrigues
domingo
fabio rodrigues
Varanda de Yemanjá Na festa
do Rio Vermelho, evento oferece
feijoada ao som de atrações
musicais. o O Cafeeiro (Praia da
Paciencia) q 2/2 $ 35 t 71 9118-7141
Yemanjá Protege Quem Protege o
Mar Roda de capoeira, feijoada
e samba de roda marcam a 8º
edição do evento que busca
conscientizar a população com a
entrega de presentes biodegradáveis para Yemanjá. o Instituto
Nzinga de Capoeira Angola q 2/2, 9h
t 71 9973-8970 s www.nzinga.org.br
Festa de Yemanjá em Cachoeira Manifestação que mobiliza os
terreiros de Cachoeira e de cidades vizinhas começa com oferta de
presentes, seguida da cerimônia
do xirê (roda de cânticos para os
orixás), cortejo de embarcações
e apresentações artísticas e
culturais. o Cachoeira q 3/2, a partir
das 10h $ Grátis t 75 9933-3958 r
ACYO/ Secretaria Municipal de Cultura
e Turismo de Cachoeira
fabio rodrigues
segunda
4
de educação da rede de ensino
de Camaçari. o Cidade do Saber
(Camaçari) q 4/2 a 6/2 r Secretaria
da Educação de Camaçari
domingo
24
Centro Esportivo de Capoeira
Angola João Pequeno de Pastinha Evento reúne mostra de
filmes, apresentação de grupo
de samba, oficina, roda de capoeira e feira cultural. o Centro
Esportivo de Capoeira Angola João
Pequeno de Pastinha q 24/2, 19h;
25/2, 9h t 71 8746-6141 @ [email protected]
Jornada Pedagógica 2013 Com
o tema “Educação, Currículo e
Valores Humanos”, objetiva debater as ações a serem desenvolvidas no decorrer do ano letivo,
bem como proporcionar mais
interação entre os profissionais
fabio rodrigues
Odoyá Yemanjá Na Lavagem do
Rio Vermelho, festa reúne as atra-
52 o onde q quando $ quanto t tel s site @
3
e-mail
r realização
E 53
EVENTOS territórios
1ª Chamada do
Calendário
das Artes
editais
2013
está com
inscrições
abertas
Mecanismo de incentivo a projetos artísticos e culturais
de pequeno porte na Bahia, o Calendário das Artes concede prêmios de até R$ 13 mil e abrange as áreas de Artes
Visuais, Audiovisual, Circo, Dança, Literatura, Música,
Teatro e Artes Integradas. Nesta 1ª Chamada do ano, o
edital vai apoiar propostas que sejam iniciadas de 1º de
junho a 31 de agosto. São priorizadas as oriundas e/ou realizadas em benefício de populações com menor acesso
a produtos culturais e que privilegiem a diversidade cultural. Mantendo as premissas que buscam abarcar projetos de todas as regiões em quantidade igualitária, com
avaliação feita de forma territorializada e com os inscritos
de cada Macroterritório concorrendo apenas entre si, o
concurso agora insere uma categoria exclusiva para proponentes de Salvador. O aporte financeiro total é de R$
637 mil (16% maior que o oferecido nas edições de 2012),
para apoiar no mínimo 49 projetos, com previsão de que
sejam pelo menos sete propostas premiadas de cada um
dos seis Macroterritórios da Bahia e mais sete propostas
da capital. o Via Correios q Até 11/3 $ Grátis t 71 3324-8505
s www.fundacaocultural.ba.gov.br/calendariodasartes @ [email protected] r FUNCEB/ SecultBA
54 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
negritude
ensaio
I Concurso de Prosa,
Poema e Fotografia –
Juventude Viva
11º Prêmio FCW de Arte
vai premiar fotógrafos
brasileiros
O certame objetiva incentivar jovens a refletir, expor as suas opiniões e debater com a sociedade a
condição da juventude negra brasileira e os desafios para o exercício de sua cidadania e plenos
direitos. Para tanto, vai selecionar
30 trabalhos nas três categorias
– prosa, poema e fotografia – desenvolvidos a desenvolvidos a
partir do tema “O que desejo em
20 de novembro de 2020”. Podem
participar brasileiros com idade
entre 15 e 29 anos. o Via e-mail
ou Correios q Até 28/2 $ Grátis s
Promovido pela Fundação Conrado Wessel (FCW), o prêmio, em sua
categoria “Ensaio Fotográfico”, é
aberto para trabalhos produzidos
no país de 1º/1/2011 a 15/12/2012.
Os candidatos podem inscrever
apenas um ensaio, composto por
um mínimo de dez imagens, com
o tema “Brasil Contemporâneo”,
trazendo abordagens de conteúdo
etnográfico, paisagismo ecológico
ou socioambiental. Serão selecionadas 15 propostas, que integrarão um livro. Desses finalistas,
sairão três vencedores, que vão
receber prêmios nos valores de R$
114,3 mil (1º colocado) e R$ 42,8
mil (2º e 3º colocados). q Até 8/3 $
Grátis s www.fcw.org.br r FCW
www.juventude.gov.br/juventudeviva
r Secretaria Nacional de Juventude
da Secretaria Geral da Presidência da
República
P 55
EDITAIS E PRÊMIOS Prêmio Culturas Indígenas 4ª
Edição – Raoni Metuktire Serão
premiadas 100 iniciativas de todo
o país que tenham como objetivo
o fortalecimento das expressões
culturais dos povos e comunidades indígenas. O concurso terá
um investimento total de R$ 1,65
milhão. o Via Correios ou internet q
Até 5/2 $ Grátis s www.premioculturasindigenas.org.br r Petrobras/
SCDC/ MinC
Prêmio Meses Temáticos do
Circo, Dança e Teatro – Diálogos e
Reflexões Concurso vai selecionar ao menos 10 propostas que
estimulem o diálogo, a reflexão e
a organização em redes em torno
do fazer artístico destes setores
na Bahia, durante as comemorações do Dia Mundial do Teatro
e Dia Nacional do Circo (27 de
março), e o Dia Internacional da
Dança (29 de abril). o Via internet
q Até 15/2 $ Grátis t 71 3324-8521
s www.fundacaocultural.ba.gov.br @
[email protected] r
FUNCEB/ SecultBA
Pontinho de Cultura Prevê premiação de ações que estimulem
e consolidem a transmissão e
preservação da cultura e dos direitos da infância e da adolescência. Podem participar entidades
sem fins lucrativos que atuem
com propostas sociais, culturais, artísticas e educacionais
relacionadas às crianças e aos
adolescentes. Serão premiadas
70 instituições com o valor de R$
18 mil cada uma, totalizando R$
1,26 milhão. o Via Correios q Até
14/2 $ Grátis s www.cultura.ba.gov.
br r SecultBA/ MinC
II Concurso Literário Ebenézer Com o tema “Até aqui
nos ajudou o Senhor”, objetiva
despertar o interesse das pessoas pela arte e cultura, através da
produção literária. o Via e-mail q
Até 28/2 $ 5 s www.concursoliterarioebenezer.blogspot.com @ [email protected] r Leandro
de Assis/ Fernando Macedo
Prêmio Nacional de Fotografia
Pierre Verger Em 5ª edição, este
que é um dos maiores concursos
para trabalhos fotográficos do
Brasil vai distribuir R$ 120 mil em
três categorias: “Livre Temática
e Livre Técnica”; “Fotografia
Documental” e “Trabalhos de
56 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
Inovação e Experimentação na
Área de Fotografia”. o Via Correios
q Até 8/3 $ Grátis t 71 3324-8519 s
www.fundacaocultural.ba.gov.br r
FUNCEB/ SecultBA
e estudiosos, dos diversos setores
da Cultura, em eventos nacionais
ou internacionais. o Através do
sistema eletrônico Salicweb, disponível
no site do MinC q Viagens em abril:
até 21/2; Viagens em maio: até 13/3;
Viagens em junho: até 2/4; Viagens em
julho: até 14/5; Viagens em agosto: até
24/6 $ Grátis s www.cultura.gov.br r
Sefic/ FNC/ MinC
leonardo costa braga
Prêmio Culturas Populares Edital
da Secretaria da Cidadania e da
Diversidade Cultural do Ministério da Cultura (SCDC/MinC) vai
selecionar 350 projetos e distribuir
um total de R$ 5 milhões. O prêmio
se destina a Mestres da Cultura
Popular, vivos ou in memoriam, e
a grupos ou comunidades que desenvolvam iniciativas que destaquem e fortaleçam as expressões
da cultura brasileira. o Via Correios
ou internet q Até 5/4 s www.cultura.
gov.br $ Grátis r SCDC/ MinC
Programa de Intercâmbio e Difusão
Cultural 2013 Vai investir R$ 3,3
milhões em concessões de auxílio
financeiro para despesas de viagens a serem realizadas até agosto
deste ano, para participação de
artistas, técnicos, agentes culturais
Prêmio Literário Valdeck Almeida
de Jesus – Poesias Os textos
devem ter até 50 linhas e ser encaminhados no corpo do e-mail,
acompanhados de minibiografia,
endereço completo e telefone. o
Via e-mail q Até 30/10 t 71 9345-5255
@ [email protected] r Valdeck Almeida de Jesus
carlos souza
P 57
EDITAIS E PRÊMIOS MOVIMENTO
culturas
Povo de santo quer
tombar Pedra de Xangô
Representantes de terreiros
da região de Cajazeiras e entidades afrobrasileiras participam da IV Caminhada da Pedra
de Xangô. Após a concentração
ao lado da Pronaica, em Cajazeira
X, o cortejo segue até a Rua Assis
Valente, onde fica o monumento.
A comunidade reivindica que o local, também conhecido como Pedra da Onça, seja tombado como
Patrimônio Histórico Cultural, um
espaço sagrado do candomblé e
que revela registros de quilombos
nos limites de Salvador, garantindo que o templo seja preservado
como símbolo de identidade e
passado às gerações futuras. A
presidente da associação, Mãe
Iara, informa que o projeto de
tombamento está em andamento
no Instituto do Patrimônio Artístico e Cultural da Bahia (IPAC) e
representa a memória ancestral
e reverência ao legado afrobrasileiro. O local é também considerado um cartão-postal do bairro.
o Cajazeira X (concentração e saída
ao lado da Pronaica) q 3/2, 7h30 $
Grátis t 71 8878-6023 @ [email protected] r Associação
sustentabilidade
odoiá
Terreiros baianos já
possuem espaço para
vender seus produtos
Presente para Iemanjá
sai do Pelourinho
Foi aberto em Lauro de Freitas o
Espaço Mauanda – Arte, Moda e
Cultura Afro, a primeira loja de
produtos fabricados em terreiros de candomblé. A intenção é
promover a geração de renda e
valorizar a cultura afrobrasileira.
O local foi criado para facilitar a
divulgação do trabalho e a comercialização de peças de vestuário,
artesanato e artigos decorativos
feitos por comunidades de 17
terreiros de Salvador e Região
Metropolitana. o Estrada do Coco
(Lauro de Freitas) t 71 3369-2085 s
www.afrobankoma.blogspot.com.br @
A segunda edição do Presente
do Pelourinho para Iemanjá deve
atrair grande número de pessoas
entre músicos, artistas e representantes de entidades. Após a
concentração na Galeria de Arte
Big Axé (Pelourinho), o desfile
segue pelas ruas do Centro Histórico até a Praça Castro Alves, de
onde sai em carreata até o bairro
do Rio Vermelho. Os interessados
devem acompanhar o cortejo com
cânticos e saudação à rainha do
mar. o Galeria de Arte Big Axé (Pelourinho) q 2/2, 14h (saída) $ Grátis
t 71 9722-6805
[email protected]
Pássaros das Águas
58 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
CULTURAS POPULARES E IDENTITÁRIAS A 59
sexta
1
entrega do Presente de Kaiala
(Iemanjá) na Colônia dos Pescadores, na Praia de Buraquinho,
de onde segue a procissão
marítima. o Praia de Buraquinho
(Lauro de Freitas) q 2/2, 15h $
Grátis r Terreiro São Jorge Filho da
sábado
16
Exu: Outras Faces Comemorando
os 31 anos do MAFRO, exposição
traz uma abordagem sobre essa
importante divindade das tradições
afrobrasileiras fora do espaço religioso, permitindo novas reflexões
sobre a influência desta “energia”
em outros aspectos humanos. o
Museu Afro Brasileiro q Até 7/4, seg a
sex, 9h às 17h t 71 3283-5540
sábado
3
domingo
3291-8631
Oxum Em Amoreiras, a comunidade de santo participa das
reverências para Oxum. o Ilê Asé
Baba Ominguian q 23/2, 22h t 71
Iansã A comunidade de santo de
Amoreiras participa da celebração festiva para a Iansã de Mãe
Lilita. o Ilê Asé Baba Ominguian q
16/2, 22h t 71 3631-3340
segunda
3631-3340
domingo
24
18
Olubajé Amigos e simpatizantes
estão convidados para a celebração com Omolu, Nanã e Oxumaré.
o Terreiro do Cobre q 18/2, 20h t 71
2
2361-1657
Presente de Kaiala Comunidade participa da cerimônia de
23
Oxalufã Em Lauro de Freitas, a
comunidade do terreiro Ajagunã celebra o orixá maior. o Ilê
Axé Opô Ajagunã q 23/2, 21h t 71
Gomeia/ Colônia de Pescadores de
Buraquinho
Cobre Terreiro localizado no
Engenho Velho da Federação
realiza ritual festivo para os
orixás Ogum, Oxossi, Ossain e
Logun-edé. o Terreiro do Cobre q
2/2, 20h t 71 2361-1657
sábado
Ominguian Em Amoreiras (Itaparica), a comunidade de santo participa da entrega do Presente a
Iemanjá. o Ilê Asé Baba Ominguian
q 3/2, 15h t 71 3631-3340
60 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
Oxum O orixá da vaidade recebe
os convidados e amigos em celebração festiva. o Terreiro do Cobre
q 24/2, 20h t 71 2361-1657
Ipeté A comunidade de santo
de Amoreiras (Ilha de Itaparica)
convida para o ritual do Ipeté. o
Ilê Asé Baba Ominguian q 24/2, 22h
t 71 3631-3340
A 61
CULTURAS POPULARES E IDENTITÁRIAS fundação cultural
Rua Guedes de Brito,
nº14, Pelourinho t 71
3324-8500
escola de dança da
funceb R. da Oração, nº
1, Terreiro de Jesus, Pelourinho. t 71 3116-6644
espaços culturais —
secult
casa da música Parque
Metropolitano do Abaeté,
Itapuã. t 71 3116-1511
cine-teatro solar boa
vista Pq. Boa Vista de
Brotas,Engenho Velho de
Brotas. t 71 3116-2108/
2109
espaço cultural alagados R. Direta, Uruguai. t
71 3117- 6518
espaço xisto bahia
R. Gal. Labatut, 27, Barris.
t 71 3117-6156
centro cultural
plataforma Praça São
Braz, s/n, Plataforma. t
71 3117-8106
interior e região
metropolitana de
salvador — funceb
centro de cultura
acm Praça Duque de
Caxias, s/n, Jequié/ BA.
t 73 3527-5256
centro de cultura adonias filho Praça José
de Almeida Alcântara,
Centro, s/n, Itabuna/BA.
t 73 3211-6429
centro de cultura
amélio amorim Av.
Presidente Dutra nº 2222,
Capuchinhos, Feira de
Santana/BA. t 75 36224684
centro de cultura de
alagoinhas R. Luiz
Viana, s/n, Alagoinhas/
BA. t 75 3421-5608
centro de cultura
camillo de jesus
lima Av. Rosa Cruz, 45,
Bairro Recreio, Vitória da
Conquista/BA.
t 77 3424-3006/ 4725
centro de cultura joão
gilberto R. José Petitinga, s/n, Juazeiro/BA. t 74
3611-4322
centro cultural lauro
de freitas Praça João
Thiago Santos, Centro,
Lauro de Freitas/BA. t 71
3288-8350
centro de cultura de
porto seguro R. Quinze
de Novembro, s/n, Bairro
Pacata, Porto Seguro/BA.
t 73 3288-1388
centro de cultura
olívia barradas R.
Maestro Barrinha, s/n,
Graça - Valença/Ba t 75
3641-3594
teatro dona canô R. do
Imperador, 142, Cais de
Araújo Pinho, Santo Amaro/BA. t 75 3241-1298
casa de cultura de mutuípe Av. Dr. Bartolomeu
Chaves, 95, Centro, Mutuípe/ BA t 75 3635-1457
centro cultural de
guanambi R. Manoel
Bandeira, s/n, Centro,
Guanambi/Ba t 77 34519267
secretaria de cultura
Palácio Rio Branco, Praça
Thomé de Souza, s/n –
Centro t 71 3103-3400
fundação pedro
calmon (fpc) Av. Sete
de Setembro, n° 282, Ed.
Brasilgas, 5º a 8º andar,
Centro. t 71 3116-6911
instituto do patrimônio artístico e
cultural (ipac) R. 28
de Setembro, 15, Centro
Histórico de Salvador.
t 71 3117-6480
diretoria de museus
(ipac) Av. Sete de Setembro, 1330, Campo Grande.
t 71 3117-6447
centro de culturas populares e identitárias
(ccpi) Lg do Pelourinho,
12. t 71 3117-6456
conselho de cultura
da bahia Av. Sete de
Setembro, 1330, Anexo,
Palácio da Aclamação. t
71 3117-6187
órgãos de turismo
bahiatursa Centro de
Convenções da Bahia,
Jardim Armação, s/n.
t 71 3117-3000
62 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
saltur Av. Vasco da
Gama, 206, Dique do
Tororó t 71 3176-4200
fundações e institutos
caixa cultural salvador Rua Carlos Gomes,
57, Centro t 71 3421-4200
fundação casa de
jorge amado Largo
do Pelourinho, s/n.t 71
3321-0070/ 0122
fundação gregório
de mattos R. Chile, 31,
Centro. t 71 3322-1486
fundação pierre verger Segunda Travessa da
Ladeira da Vila América, 6,
Engenho Velho de Brotas t
71 3203-8400
fundação salvador
convenções e eventos
Centro de Convenções
da Bahia, s/n, térreo, Jd
Armação. t 71 3311-4444
ighb – instituto geo-gráfico e histórico da
bahia Av. Sete de Setembro, 94A. t 71 3329-4463
instituto mauá – núcleo
de acervo artesanal R.
Gregório de Mattos, 27,
Pelourinho. t 71 3116-6710
instituto cervantes de
salvador Av. Sete de
Setembro, 2792, Ladeira
da Barra. t 71 3797-4667
instituto nzinga de
capoeira angola R. do
Alto da Sereia, 2, 3º andar,
Rio Vermelho.
t 71 9124-6771
441, Rio Vermelho. t 71
3334-0241
iphan – instituto do
patrimônio histórico
R. Visconde de Itaparica,
8, Barroquinha.
t 71 3321-0133
associação cultural
ítalo brasileira dante
alighieri R. General
Labatut, nº 62, Barris.
t 71 3328-3752
fundação joão fernandes da cunha Praça
Campo Grande, 8. t 71
3328-0522
associação dos produtores culturais Av.
Manoel Dias, 634, Pituba.
t 71 3491-1998
fundação lar harmonia R. Dep. Paulo
Jackson, 560, Piatã.
t 71 3286-7796
casa da nigeria Rua
Portas do Carmos, 26, Pelourinho t (71) 3326 2021
goethe-institut / icba
Av. Sete de Setembro,
1809, Corredor da Vitória.
t 71 3338-4700
fundação internacional de capoeira angola
(fica) Av. Carlos Gomes,
111, Edf. Éster de Moura
Franco, 5° andar. t 71
3321-7365
associações e centros
centro de estudos
multidisciplinares em
cultura (cult) FACOM/
UFBA, R. Barão de Geremoabo, Campus Ondina.
t 71 3283-6198
aliança francesa de
salvador Av. 7 de Setembro, 401, Ladeira da
Barra. t 71 3336-7599
associação cultural
caballeros de santiago R. da Paciência,
casa de angola na
bahia Pça dos Veteranos,
5, Baixa dos Sapateiros. t
71 3321-4495
casa do benin R. Padre
Agostinho Gomes, 17, Pelourinho. t 71 3241-5679
casa da mandinga R.
Comendador José Alves
Ferreira, 160, Garcia.
t 71 3328-5756
centro cultural correios Pç. Anchieta, 20,
Pelourinho. t 71 3321-6665
caixa cultural salvador R. Carlos Gomes, 57,
Centro. t 71 3421-4200
ceao – centro de estudos afro-orientais Pç.
Inocêncio Galvão, Nº 42,
Largo Dois de Julho. t 71
3322-6742
cepaia – centro de
estudos afro-indígenas
americanas Lg do Carmo,
N 63
ENDEREÇOS 4, Centro Histórico de
Salvador. t 71 3241 0840
saladearte aliança
francesa Av. 7 de Setembro, 401, Ladeira da
Barra. t 71 3336-7599
centro esportivo de
capoeira angola joão
pequeno de pastinha
Forte Santo Antonio Além
do Carmo - Rua Barão do
Triunfo Forte da Capoeira
t 71 3323-0708
saladearte cinema do
museu Museu Geológico. Av. Sete de Setembro,
2195, Corredor da Vitória.
t 71 3338-2241
coletivo de entidades
negras (cen) Ladeira
da Independência, s/n,
Nazaré. t 71 3321-0833
saladearte cinema do
mam Av. Contorno, s/n,
Solar do Unhão. t 71
3329-5727
espaço cultural brasil
açu R. da Misericórdia,
7, loja 2, Praça da Sé. t 71
3266-3099
saladearte cine xiv
R. Frei Vicente, 12/14, Pelourinho. t 71 3321-1948
associação casa de
batatinha R. Gabriel
Soares nº 68 Aflitos. t 71
3329-7773
arquivos públicos
arquivo público da
bahia (fpc) Ladeira de
Quintas, 50, Baixa de
Quintas. t 71 3244-9751
arquivo histórico
municipal R. Chile, 31,
Centro. t 71 3322-1486
cine e vídeo
Saladearte Cine Vivo
Shopping Paseo Itaigara,
Rua Rubens Guelli, 135. t
71 3015-6867
salas walter da
silveira e alexandre
robatto R. General
Labatut, 27, Barris.t 71
3116-8100
saladearte da ufba
Av. Reitor Miguel Calmon,
Vale do Canela, PAC. t 71
3235-9879
teatro
teatro castro alves
Pç Dois de Julho, s/n,
Campo Grande. t 71 31174899/ 3532-2323
cine-teatro sesc Casa
do Comércio. Av. Tancredo Neves, 1109, Pituba. t
71 3273-8732
teatro acbeu Av. Sete
de Setembro, 183, Corredor da Vitória.
t 71 3444-4423
teatro da barra R. Marquês de Caravelas, 50,
Barra. t 71 3264-4163
teatro caballeros de
santiago R. Paciência,
441, Rio Vermelho.
t 71 3334-0241
teatro dias gomes
R. Francisco Ferraro, 53,
Nazaré. t 71 3322-5522
teatro molière Ladeira
da Barra ,401. t 71 33367599/ 5259
Sete de Setembro, 74.
Ladeira de São Bento Centro. t 71 3117-6339
teatro diplomata Av.
Tamburugy, 474, Patamares. t 71 3367-8882
teatro salesiano Pç.
Conselheiro Almeida Couto, 374, Largo de Nazaré.t
71 3327-0166
reitor edgard santos R. Porto dos Mastros
s/n Itapagipe. t 71
3312-6714
teatro sesi rio vermelho R. Borges dos
Reis, 9, Rio Vermelho t 71
3616-7070
betty coelho Rua Lavínia Magalhães 42, Boca
do Rio t 8103-1688
teatro gamboa nova
R. Gamboa de Cima, 3,
Gamboa t 71 3329-2418
teatro gregório de
mattos Pç Castro Alves,
s/n, Centro. t 71 33222646
teatro do irdeb R. Pedro Gama, 413 E, Alto do
Sobradinho, Federação. t
71 3116-7436
teatro isba Av. Oceânica, 2717, Ondina. t 71
4009-3689
teatro jorge amado
UEC, Av. Manoel Dias da
Silva, 2177, Pituba. t 71
3525-9720
teatro do movimento
Escola de Dança da Ufba,
Ondina. t 71 3245-6412
teatro martim gonçalves R. Araújo Pinho, N°
292, Canela. t 71 32837851/ 7850
teatro miguel santana R. Gregório de Matos,
49, Pelourinho.
t 71 3322-1962
teatro módulo Av.
Magalhães Neto, 1117,
Pituba. t 71 2102-1392
64 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
teatro sesc/senac Pelourinho, Largo do Pelourinho, 19. t 71 3324-4520
café-teatro sitorne
R. Dep. Cunha Bueno, 55,
Rio Vermelho.
t 71 3347-7089
teatro vila velha Passeio Público, Campo
Grande. t 71 3083-4600
theatro xviii R. Frei
Vicente, 18, Pelourinho. t
71 3322-0018
teatro gil santana
R. Professora Almerinda
Dutra, N° 67 - Rio Vermelho. t 71 3489-2917
teatro monet R. Ana C.
D. Dias, Vilas do Atlântico, Lauro de Freitas t 71
2201-2100
bibliotecas
biblioteca pública do
estado da bahia R. General Labatut, 27 – Barris
t 71 3117-6000
anísio teixeira Avenida
fernando amarelo de
castro R. da Paciência,
441/ 1º andar, Rio Vermelho. t 71 3334-0241
biblioteca infantil
monteiro lobato Praça
Conselheiro Almeida,
s/n, Couto, Nazaré. t 71
3117-1433
biblioteca manuel
querino R. Gregório de
Mattos, nº 29, Pelourinho
t 71 3117 - 6384
juracy magalhães jr. R.
Borges Reis, s/n, Rio Vermelho. t 71 3116-5360
juracy magalhaes jr
– itaparica R. Ruy Barbosa, s/n, Centro, Itaparica
/ BA. t 71 3631 -1636
biblioteca do mam-ba
Av. Contorno s/n Solar do
Unhão t 71 3117-6142
biblioteca margarida
costa pinto Av. Sete
de Setembro, 2490,
Corredor da Vitória. t 71
3336-6081
biblioteca multimídia
petró aragão Praça
José Anchieta, 12, 1º
andar - Pelourinho.
t 71 3266-1051
biblioteca do museu
eugênio teixeira leal
R. J. Castro Rabello, 1, Pelourinho. t 71 3321-9551
biblioteca prometeu
itinerante Rua Lavínia
Magalhães 42, Boca do
Rio. t 71 8123-0873
biblioteca de extensão R. General Labatut,
27, Subsolo da Biblioteca
Pública do Estado, Barris.
t 71 3117-6034
biblioteca pública
thales de azevedo R.
Adelaide Fernandes da
Costa, s/n, Costa Azul.
t 71 3116-5891
museus
mam – museu de arte
moderna da bahia Av.
Contorno s/nº, Solar do
Unhão. t 71 3117-6132
museu do palácio da
aclamação (ipac) Av.
Sete de Setembro, 1330,
Campo Grande. t 71
3117-6147
museu abelardo rodrigues (ipac) R. Gregório
de Matos, 45, Pelourinho
t 71 3117-6440
museu de arqueologia
e etnologia da ufba
Terreiro de Jesus s/nº,
N 65
ENDEREÇOS antiga Faculdade de
Medicina, Pelourinho.
t 71 3283-5530
mab – museu de arte da
bahia (ipac) Av. Sete de
Setembro, 2340, Vitória.
t 71 3117-6900
museu de arte sacra da
ufba R. do Sodré, 276,
Centro. t 71 3243-6511
museu carlos costa
pinto Av. Sete de Setembro, 2490, Corredor da
Vitória. t 71 3336-6081
museu da cidade Lgo
do Pelourinho, 3. t 71
3321-1967
Museu da Misericórdia R. da Misericórdia, 6
Centro Histórico
t 71 3322-7355
museu etnográfico
casa de angola na
bahia (mecab) Praça dos
Veteranos, 05, Baixa dos
Sapateiros.
t 71 3321-4495
museu eugênio teixeira
leal/ memorial do
banco econômico R. J.
Castro Rabello, 1, Pelourinho. t 71 3321-9551
museu de ex-votos da
igreja do bonfim Pça.
do Bonfim, 50, Cidade
Baixa. t 71 3316-2196
museu geológico da
bahia Av. Sete de Setembro, 2195, Corredor da
Vitória. t 71 3336-3498/
6689
instituto feminino da
bahia R. Monsenhor
Flaviano, 2, Politeama.
t 71 3329-5522
museu do mosteiro de
são bento da bahia Av.
Sete de Setembro, Largo
de São Bento, nº 1, Centro. t 71 2106-5203
museu de azulejaria
e cerâmica udo knoff
(ipac) R. Frei Vicente,
3, Pelourinho. t 71 31176388
museu tempostal
(ipac) R. Gregório de
Mattos, 33, Pelourinho. t
71 3117-6383
museu da música brasileira R. das laranjeiras,
28, Pelourinho. t 71
3321-1596
museu ilê ohun lailai
Ilê Axé Opô Afonjá - R. Direta de São Gonçalo, 557,
São Gonçalo do Retiro. t
71 3384-6800
museu nacional de
enfermagem anna nery
(munean) Rua João de
Deus, nº 05, Centro Histórico t 71 3321-3819
palacete das artes Rua
da Graça, 284, Graça.t 71
3117-6910
espaço mário cravo
(ipac) Jardim Iracema, s/
nº, Ed. Portal de Pituaçu,
Parque Metropolitano de
Pituaçu. t 71 3363-4054
museu afro-brasileiro Terreiro de Jesus - Pelourinho t 71 3283 5540
forte de santo antônio
além do carmo Pça.
Barão do Triunfo, Santo
Antônio t 71 3117-1488
memorial
memorial da câmara
Pç. Thomé de Souza Pça.
Municipal. t 71 33200308
memorial dos governadores Pça. Thomé
de Souza, Palácio Rio
Branco, Rua Chile.
t 71 3117-6067 /6050
memorial irmã dulce
Av. Dendezeiros, 161 Largo de Roma.
t 71 3310-1261
memorial lindembergue cardoso R. Araújo
Pinho, 58 – Canela t 71
3283-7908
memorial do tribunal
regional da bahia
1ª Av. do Centro Administrativo da Bahia, 150. t 71
3373-7151/7154
memorial mãe menininha do Gantois R. Mãe
Menininha, 23 Alto do
Gantois, Federação
t 71 3331-9231
66 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
memorial prof. juliano
moreira
Avenida Edgard Santos,
s/n Narandiba. t 71
3103-3947
galerias
galeria pierre verger
R. General Labatut, 27 –
Barris. t 71 3103-4065
galeria solar ferrão
(ipac) R. Gregório de
Mattos, 45, Pelourinho. t
71 3117-6357
afrikan art R. Luis
Viana, 10, Ladeira do
Carmo, Centro Histórico.
t 71 3326-7233
alberto alban galeria
Trav. Bartolomeu Gusmão, 52, Rio Vermelhot
71 3326-5633
ebec – galeria de arte
R. Amazonas, 746, Pituba
t 71 3240-4743
galeria acbeu Av. 7 de
Setembro, 1883, Vitória.
t 71 3444-4423
galeria cañizares Escola de Belas Artes da UFBA.
R. Araújo Pinho, 212,
Canela t 71 3283-7930
galeria do conselho
Av. 7 de Setembro, 1330
(Anexo Palácio da Aclamação), Campo Grande. t
71 3117-6193
galeria da fundação
pierre verger R. da
Misericórdia, 9, Loja 1,
Praça da Sé. t 71 33212341
galeria fogo das
águas R. Siqueira
Campos, 2, Largo da
Quitandinham, Barbalho.
t 71 3243-1582
galeria atelier marcos
rogger R. das Laranjeiras, 3, Centro Histórico. t
71 3419-0029
galeria do museu de
arte sacra R. do Sodré,
Centro. t 71 3243-6511
paulo darzé – galeria
de arte R. Dr. Chrysippo
de Aguiar, Corredor da
Vitória. t 71 3267-0930
prova do artista R.
Bartolomeu de Gusmão,
13, lj 01,Rio Vermelho.
t 71 3245-1660
mcr galeria de arte
Av. Oceânica, 2400, loja
23, Ondina Aparthotel,
Ondina. t 71 3203-8118
rv cultura e arte R.
Barro Vermelho, 32
Espaço Maria Alice, Rio
Vermelho t 71 3347-4929
panorama galeria de
arte R. Escritor Nelson
Gallo, 19, Rio Vermelho t
71 3240-6375
igrejas históricas
catedral basílica Pça
15 de Novembro, s/n,
Terreiro de Jesus/Sé
t 71 3321-4573
nossa senhora da conceição da praia R. da
Conceição da Praia, s/n,
Comércio t 71 3241-2507
nossa senhora do rosário dos pretos Largo
do Pelourinho, Centro
Histórico t 71 3241-5781
igreja e convento de
são francisco Praça
Anchieta, s/n, Centro
Histórico t 71 3322-6430
igreja do senhor do
bonfim Praça Senhor do
Bonfim, s/n, Bonfim t 71
3316-2196
nossa senhora da boa
viagem Largo da Boa
Viagem, s/n, Boa Viagem
t 71 3314-1800
igreja da piedade Praça
da Piedade, Centro t 71
3329-2388
terreiros
terreiro do gantois
Alto do Gantois, Federação. t 71 3331-9231
Ilê Axé Oju Oyá, R. Flaviano d’Apresentação, 9,
Cajaz. 11 t 71 3219-3744
terreiro bate folha
Travessa São Jorge,
65E, Mata Escura.
t 71 3306-2163
ilê axé ominijá
Rua da Jaqueira s/n,
Sussuarana Nova t 71
3306-9948
ENDEREÇOS N 67
ilê axé oxumaré Avenida Vasco da Gama, 343.
t 71 3237-2859
ilê axé oyá Conj Pirajá I,
VL2, Caminho 31, Casa 5.
t 71 3391-3859
ilê axé oyá mesi R.
Conceição do Jacuípe, 7,
Coutos. t 71 3397-2330
ilê axé opô ajagunã
Jd. dos Diamantes, 14,
Areia Branca, Lauro de
Freitas. t 71 3291-8631
ilê obá toni Ladeira
da Paz, 29, Engenho
Velho da Federação. t 71
3203-6396
ilê ominguian
Alto da Bela Vista s/n,
Ponta de Areia, Itaparica
t 71 8831-2566
terreiro vila são roque R. Direta do Beiru,
884 E, Tancredo Neves. t
71 3461-2790
terreiro do alaketu
R. Luís Anselmo, 67, Matatu. t 71 3382-5093
ilê ase babá ominguian Av. Beira Mar - São
João de Manguinhos /
Ilha de Itaparica. t 71
3631-3340
onzó amazi d’unzambi
Travessa Esperança, 70
E, Largo do Tanque. t 71
3304-0470
ilê axé yá nidé opá Rua
Petronilia Dercia s/n,
Boca da Mata de Valéria
t71 3301-9761
ilê asé iansã okutainã
Rua Lagoa Bela, 4, Pituaçu t 71 3461-1710
ilê axé omin ewá R.
Nova Aliança, 505, Praia
Grande. t 71 3397-4651
terreiro alá omin axé
R. Dique Pequeno, 3,
Vasco da Gama. t 71
3383-1364
Ilê Axé Oyá Onirê Omó
Obá R. José Cardoso,
quadra G, lote 2, Itinga Lauro de Freitas (BA). t 71
8348-8418
ilê axé maroketu R.
Antonio Viana, 65, Cosme
de Farias. t 71 3276-3116
ilê axé odé oluami Travessa Manuel Rangel, 49
Vila Matos t 71 3247-8584
ilê axé opô afonjá R. Direta de São Gonçalo, 557,
Cabula. t 71 3384-3321
ilê axé orumin R. Saldanha Marinho, casa 6,
travessa 2 de julho, Caixa
D’água. t 71 3233-0253
ilê axé oyá deji R. Egito,
8 E, Nova Canaã, Paripe.
t 71 3217-5497
terreiro ibá oji tundê
Lot. Antonio Moisés,
Conjunto ACM, Cabula 1.
t 71 9911-7314
egbé ewé mimó Estrada
do Coco km 26, Cond.
Mar e Rios, Qd. A, lote 12,
Arembepe t 71 3624-2461
ilê axé ogun sidê R. Nova
Constituinte s/n Periperi t
71 3307-6702
casa da photographia
R. Padre Feijó, 442, Canela. t 71 3491-3906
ilê axé jitolobi Rua Prisco Paraíso, 478, Coqueiro,
Araci/ BA t 75 3266-2392
centro cultural
ensaio Av. Leovigildo Filgueiras, Ed. Pêssego, 58,
Garcia.t 71 3328-3628
terreiro de matamba
tombenci neto Av. Brasil,
485, Bairro da Conquista,
Ilhéus/Ba t 73 3086-1871
Ilê Axé Onicofá Bominjá
Alameda 52, 159, Bairro:
Santo Inácio t 71 3391-7613
terreiro mokambo Rua
Heide Carneiro, 89, Vila
2 de Julho/ Trobogy. t 71
3360-6668
ilê axé abassá de
ogum 1ª Travessa Luis Viana Filho, 17, Nova Brasília
de Itapuã. t 71 3285-1769
conselho de cultura da
bahia (Anexo ao Palácio
da Aclamação) Av. Sete
de Setembro, 1330,
Campo Grande t 71 31176190/6187
espaço cultural raul
seixas/ sindicato dos
bancários Av. 7 de Setembro, 1001, Mercês.
t 71 3329 -2333
escola picolino Av.
Otávio Mangabeira, s/n,
Pituaçu. t 71 3363-4069
Ilê Axé Dewaleji – Rua
Freitas Henrique de Baixo,
121, Baixa Quintas t 71
3382-2332
gabinete português
de leitura Praça da
Piedade, s/n, Centro.
t 3329-5758
outros espaços
sated Avenida Sete de
Setembro, 89, sala 214,
Edifício Oxumaré, Centro.
t 71 3322- 2098
academia de letras da
bahia Av. Joana Angélica,
198, Nazaré.
t 71 3321-4308
acervo de arte popular R. Gregório de Matos,
41, Pelourinho.
t 71 3117-6357
afoxé filhas de olorum R. do Passo, 12 térreo,
Centro. t 71 8152- 0726
casa do teatro popular R. Carlos Gomes, 897,
Centro.t 71 3329-0015
68 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
sindicato dos músicos
profissionais do
estado da bahia Praça
da Sé, 398, Ed. Themis,
sagas 614/15 – 6º andar.
t 71 3322-1518
org. de permacultura
e arte R. do Passo,
62, Santo Antônio t 71
3241-6204
armazém cenográfico
R. Dr. Augusto Lopes
Ponte, Portão Stiep, s/nº.
t 71 3116-9140
MochilaI - Feira de Santana.
t 75 3614-8410
cepa- círculo de estudo, pensamento e ação R. Souto D’Álva, 98 Barbalho t 71 3242-0502
teatro do centro de
diretores lojistas
(cdl) Praça Monsenhor
Renato Galvão, 173, Centro
- Feira de Santana. t 75
3602-3636
centro esportivo de
capoeira angola-mestre faísca R. Raimundo
Viana, 61 E, Rio Vermelho
t 71 3345-2311
teatro do centro universitário de cultura e
arte (cuca) R. Conselheiro
Franco, 66, Centro - Feira de
Santana. t 75 3221-9766
nova acrópole Alameda
Florença, 108, Pq. Júlio
Cesar, Pituba t 71 33544878
teatro cidade do saber R. do Telégrafo, s/n,
Bomba - Camaçari. t 71
3644-2777/ 1631
espaço cultural e livraria café cogito Rua
General Labaut, 137, sala
13, Barrist 71 3013-8991
centro cultural dannemann Av. Salvador Pinto,
29, Centro São Félix/BA t
75 3425-2208
// INTERIOR
centro cultural ciciliano de carvalho Senhor
do Bomfim/ BA t 74
3544-2150
galerias
atelier dalí R. do Triunfo
248, Centro - Vitória da
Conquista. t 77 3083-0354
oficina de artes de araci R. Francisco Xavier,
100, Centro – Araci. t 75
9121 3493
teatros
teatro municipal de
ilhéus Pça. Dom Eduardo, s/nº, Centro. Ilhéus/
BA. t 73 3231-7264
centro de cultura
maestro miro
R. Itacarambi, s/nº,
teatro municipal
margarida ribeiro R.
José Pereira Mascarenhas,
Capuchinhos - Feira de Santanat 75 3625-9533
bibliotecas
biblioteca padre josé gomes loureiro R. Conselheiro Paranhos, 64, Santo
Amaro. t 75 3241-1123
casa afrânio peixoto Praça Afrânio Peixoto,
nº 38 Lençóis BA t 75
3334-1728
N 69
ENDEREÇOS museus
museu de arte contemporânea de feira de
santana R. Geminiano
Costa, 255, Centro, Feira de
Santana. t 75 3603-7774
casa do sertão Campus da UEFS, BR 116,
Km 3, Novo Horizonte. t
75 3224- 8029
hansen bahia R. 13 de
Maio, 13 – Cachoeira.
t 75 3425-1453
recolhimento dos
humildes Convento dos
Humildes, Santo Amaro. t
75 3241-4996
museu regional de
arte R. Conselheiro
Franco, 66 – Feira de
Santana. t 75 3221- 9744
parque histórico
castro alves (ipac)
Pça. Castro Alves, 106,
Centro - Cabaceiras do Paraguaçu. t 75 3681-1102
museu do recôncavo
wanderley pinho (ipac)
Via Matoim, Enseada de
Caboto, s/n – Candeias. t
71 3117-6742
associações e centros
casa dos artistas R.
Jorge Amado, 39, Centro
– Ilhéus. t 73 3634-5818
centro universitário
de cultura e arte
(cuca) R. Conselheiro
Franco, 66, Centro - Feira
de Santana. t 75 32219766
cineclube da uefs Campus UEFS – Feira de
Santana. t 75 3224-8004
instituto dos artistas
de teatro do baixo-sul R. Josino Emídio
do Rosário, 181, Tento –
Valença. t 75 3641-0664
centro cultural dannemann Av. Salvador Pinto,
29, Centro – São Félix. t
75 3438-4308
memorial hansen
bahia Museu do Carmo
– Pça. da Aclamação,
Cachoeira/BA
fundação cultural de
ilhéus R. Jorge Amado,
21, Centro – Ilhéus. t 73
3634-8986
casa de samba de santo
amaro Solar Subaé,
R. do Imperador, nº 1 –
Santo Amaro
igrejas históricas
nossa senhora do
rosário R. Lion Clube,
3, Centro, Cachoeira . t
75 3425-3179
divino espírito santo Pça. da Matriz, s/n,
Centro, Camaçari . t 71
3623-1598
nossa senhora das
candeias Tv. Presidente
Kennedy, 7, Centro, Candeias. t 71 3601-0336
nossa senhora do bom
sucesso Pça. Senador
Temistocles, 317, Centro,
Cruz das Almas. t 75
3621-4021
santíssimo sacramento Av. Santo Antônio dos
Navegantes, s/n, Centro,
Itaparica
t 71 3631-1243
santo amaro de
ipitanga Pça. João Tiago
dos Santos, s/n, Centro,
Lauro de Freitas .t 71
3287-3445/ 3288-6765
sagrada família jesus,
maria, josé R. Frei
Godofredo Raulf, 02,
Centro, Madre de Deus. t
71 3604-1034
são bartolomeu Pça.
da Matriz, 13, Centro,
Maragogipe.
t 75 3526-1027
são pedro R. Anfilófio
de Castro, 25, Centro, Muritiba. t 75 3424-2055
nossa senhora de oliveira Pça. da Matriz, s/n,
Oliveira dos Campinhos
(St° Amaro).
t 75 3208-1123
nossa senhora do
carmo Pça. da Matriz,
Centro, Salinas da Margarida. t 75 3659-1014
70 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização
N 71
ENDEREÇOS 72 o onde q quando $ quanto t tel s site @
e-mail
r realização

Documentos relacionados