oGestor e os perfis de Frota

Сomentários

Transcrição

oGestor e os perfis de Frota
~
Gerenciamenfo
Marcelo Nogueira Bueno
o Gestor e os perfis
de Frota
N
o artigo anterior, falamos
sobre o contexto, o ambiente e os posicionamentos de mercado e
do próprio Gestor de Frotas. Agora,
vamos entender com mais detalhes
""
esse ambiente e o posicionamento
frente às diferentes necessidades de uma frota.
É importante lembrar que o Gestor de Frotas é um eterno gestor de crise, pois,
no artigo passado, ele deve equilibrar a DISPONIBILIDADE e o CUSTO. Realizar todas
diárias olhando para esses dois objetivos é muito estressante e requer, principalmente,
de relacionamento interpessoal diante dos conflitos entre quem quer disponibilidade
custo dentro do planejado ou, ainda menor.
Marcelo Nogueira Bueno
tem 15 anos de experiência em
toda a cadeia de valor relativa
a frotas. Atuou nas empresas
Renault, Ticket e CESVI Brasil. É
sócio-proprietário da Cork Services
.- Informação para Gestão de
Frotas. CRA 113.226 - MBA em
Marketing pela FGV e Pós-graduado
em Administração e Tecnologia
Automotiva - UNIFEI.
E-mail: [email protected]
como falado
as atividades
a habilidade
e quem quer
Se olharmos sob o ponto de vista de necessidades e objetivos de uma frota, identificamos que
há tendências tanto para a DISPONIBILIDADE quanto para o CUSTO. Isso fica claro quando identificamos os macro perfis abaixo:
Tipo de empresa usuária da frota e objetivos:
• Pública
• Privada
Tipo de aplicação da frota e objetivos:
• Operacional (execução de tarefas com equipamentos,
transportes de cargas, apoio operacional)
• Vendas (aumento da produtividade de vendas, imagem da empresa, benefício ao colaborador)
• Executiva (benefício ao colaborador)
Poderá haver aplicações mistas e em conjunto com a importância estratégica da frota para a
empresa, identificando-se o objetivo.
Agora que conhecemos esses perfis, vamos entender as necessidades na tabela abaixo, considerando a média de mercado:
PÚBLICA
Disponibilidade
PRIVADA
Operacional
Executiva
Operacional
+ custo
+ custo
+
Custo fixo
Controle rígido
custo
Vendas
+
disponibilidade
Executiva
+
disponibilidade
X Custo
Controles
Controle
Gastos
[abastecimento
dos
Controle flexível
pré-definido
contratos
Custo fixo
pré-definido
e manutenção]
Locais
Sem controle
Controle rígido
Controle flexível
Não há controle
Controle
Sem controle
Controle rígido
Controle flexível
Não há controle
Não relevante
Não relevante
Relevante
Relevante
Não relevante
Sim
Não
Sim
Sim
Sim [ftexivel]
Perímetro
de
de ação
circulação
com exceções
Horas
trabalhadas
Depreciação
Política
utilização
10
Frota & Mercado
de
•
AbriVMaiojJunho 2015
11
Lembre-se que todas as áreas da empresa tem relação com a frota e, portanto,
devem ser ouvidas. De forma resumida, há
as seguintes expectativas:
ÁREA
EXPECTATIVA
Gestor de
Disponibilidade
e custo
Frota
Utilizando esse material como referência, faça uma reflexão e identifique como você
e sua empresa se posicionam
Operação
Financeiro
Disponibilidade
em relação à gestão de frotas:
e SLA*
• O que está sendo feito para reduzir custos?
• As ferramentas de controle disponíveis são suficientes?
• O que meu fornecedor de soluções para gestão de frotas poderia fazer adicionalmente?
Custo, retorno sobre
investimento,
fluxo de caixa, orçado X
• Em relação às premissas estratégicas da empresa, qual é o papel da frota?
realizado
Sucesso! •
RH
Controle do tempo
trabalhado,
descanso, políticas de uso
Jurídico
Registro e comprovação
de
atividades para
redução de riscos civis e
trabalhistas
Vendas /
Produtividade
Marketing
frequência,
Compras
de vendas,
visão regional
Programação
de gastos,
realizado X orçado
Abril/Maio/Junho 2015
Frota & Mercado
11

Documentos relacionados