SEGURANÇA NO TRABALHO

Сomentários

Transcrição

SEGURANÇA NO TRABALHO
2009
SINTRICOM
SEGURANÇA NO TRABALHO
Estas Normas de Segurança procuram
proporcionar a você trabalhador, meios de
conseguir tornar o ambiente de trabalho
sadio, onde todos, possam desenvolver as
suas
competências
profissionais
com
Segurança. LEIA COM ATENÇÃO!
SINTRICOM Sindicato dos Trabalhadores
nas Indústrias da Construção do Mobiliário
e Manutenção Indúsrial de São Jose dos
Campos e Litoral Norte
Rua Tenente Manoel Pedro de Carvalho nº
14 centro SJCampos
SUB SEDE: Av. Marechal Floriano Peixoto
nº312 Poaires Caraguatatuba
(12)3911-5500
(12)3887-2155
SEGURANÇA NO TRABALHO
NORMA REGULAMENTADORA – NR 1
1 – CABE AO EMPREGADO
1.1– Observar as Normas Regulamentadoras de Segurança e Medicina do Trabalho.
1.2– Usar E.P.I sempre que execute atividades ou operações para as quais esta
prevista em Normas Regulamentadoras a obrigatoriedade de uso.
1.3– Submeter-se obrigatoriamente aos exames médicos previstos nas Normas
Regulamentadoras.
1.4– Colaborar com a empresa na aplicação da Normas Regulamentadoras.
1.5 - Constitui ato faltoso a recusa injustificada do empregado ao disposto nos itens,
1.8 e 1.8.1.
2 – OBRIGAÇÕES DO EMPREGADOR – NR – 1 ITEM 1.7
2.1– Obriga-se o empregador; quanto ao E.P.Is.:
2.2– Adquirir tipo apropriado à atividade do empregado.
2.3– Fornece-los Gratuitamente.
2.4 - Treinar o Trabalhador quanto ao uso adequado.
2.5 - Tornar Obrigatório o seu uso.
2.6 - Subtituir imediatamente o E.P.I. danificado ou extraviado.
2.7 - Responsablizar-se pela manutenção e esterilização dos E.P.I.s., quando aplicável.
3 – OBRIGAÇÕES DO EMPREGADO
3.1– Usar obrigatoriamente o E.P.I indicado, apenas para a finalidade a que se
destina.
3.2Responsabilizar-se pela guarda e consevação do E.P.I que lhe for confiado.
3.3– Comunicar qualquer alteração no E.P.I que torne parcial ou totalmente
danificado.
3.4Responsabilizar-se pela danificação do E.P.I quando do uso inadequado ou fora da
atividade a que se destina, bem como pelo seu extravio.
2
NORMAS GERAIS DE SEGURANÇA
Instruções:
Ao receber ordens ou instruções verbais, o empregado de certificar-se de que estas foram bem
atendidas.
Repita as ordens quando necessário ou escreva-as quando possível, para evitar enganos. NÃO VI!
NÃO PENSEI! NÃO SABIA!, são as mais frequentes justificativas dos que sofrem acidentes.
DEFINIÇÃO DO E.P.I
Equipamento de Proteção Individual, daqui para frente denominado E.P.I, é um equipamento de
uso pessoal duja finalidade é a de neutralizar ou atenuar a ação do agente agressivo conta o corpo
Humano.
CLASSIFICAÇÃO DO E.P.I
PROTEÇÃO PARA A CABEÇA
Para proteção da cabeça usamos capacete, cuja finalidade é proteger,
principalmente, nos casos de quede objetos de lugares elevados.
Proteção Facial: (rosto)
Sua finalidade é proteger o rosto contra impacto de partículas, respingos de
produtos quimicos e ação de radiação calórica ou luminosa.
MASCARAS PARA SOLDADOR
É de uso específico em serviços de solda elétrica, contra radiação
calórica e luminosa do arco voltaico produzido pela soldagem. Protege
também contra respingos e fagulhas produzidas pela soldagem. As tonalidades
de lentes filtrantes variam de acordo com a amperagem utilizada por ocasião
da operação de solda.
3
PROTEÇÃO DOS OLHOS
A proteção para os ollhos é um dos pontos mais importantes da
prevenção de acidentes; eles devem ser protegidos contra impactos de
estilhaço, fagulhas, respingos do metal fundente e as fagulhas próprias da
solda.
ÓCULOS DE SEGURANÇA:
Existem os mais variados tipos e qualidades, a principal característica
desses óculos está na lente, que pode ser de resina sintética ou cristal (vidro)
endurecido por tratamento térmico para resistir a impactos mais violentos.
PROTEÇÃO AURÍCULAR:
Serve para proteger o canal auditivo ao executar serviços com
máquinas ou equipamentos que emitem som alto e prejudicial à saúde. É
muito importante, pois além de funcionar como prevenção, também
proporciona bem estar ao funcionário, evitando irritabilidade ou dores de
cabeça.
PROTEÇÃO PARA OS MEMBROS SUPERIORES
Nos membros superiores situam-se as partes do corpo onde com maior frequencia ocorrem lesões:
Nas Mãos, grande parte dessas lesões são preveníveis através do uso de luvas. As luvas evitam, portanto,
um contato direto com materiais cortantes, abrasivos, quentes ou corrosivos.
Para trabalho de solda
São usadas geralmente luvas de raspa de couro, para nos proteger dos respingos
incandescentes e da agressividade do calor.
4
Para Trabalhos pesados e secos
Devemos utilizar luvas de couro com reforço na palma, resistente ao atrito.
Para Trabalhos com Produtos Químicos e derivados de petróleo
Devemos utilizar luvas de borracha sintética (hexanol ou nitrílica)
Para trabalhos úmidos (limpeza)
Devemos utilizar luvas de latex, para prevernirmos doenças infecto-contagiosas e dermatoses
Para trabalhos quentes (fornos e estufas)
Devemos utilizar luvas em Kevlar, para evitarmos queimaduras
PROTEÇÃO PARA MEMBROS INFERIORES
Devemos proteger os pés e pernas usando botinas de segurança e perneiras,
quando o trabalho assim o exigir.
Sapatão de Segurança (bota de Segurança)
Protege o pé contra impacto, principalmente contra queda de objetos.
Indicado para trabalhos em que é necessário ter firmeza ao pisar.
Bota de Borracha PVC
Para trabalhos em locais úmidos, valas e brejos ou quando em contato com
produtos quimicos.
5
Perneiras
Usadas para proteção das pernas, são usadas
em serviços com soldagem para evitar
respingos e fagulhas de solda.
Proteção do tronco
Aventais e vestimentas especiais são empregados contra os mais variados agentes
agressivos.
Avental de raspa de couro
Usado por soldador. Contra riscos de cortes, atrito e respingos de solda
Avental de PVC ou Trevira
Usado para manuseio de ácidos ou outros produtos quimicos. Serve para evitar a
umectação dos uniformes.
Proteção Vias Respiratórias
Finalidade
Impedir que as vias respiratorias sejam veículos de gases ou outras substâncias nocivas ao organismo
Mascar com filtro para vapores organicos:
Usada no manuseio de tintas, solventes, vernizes ou vapores derivados do
petróleo
Mascara de filtro para fumos metálicos
Usada em soldagem de partes de aço e chapas em geral.
Mascara para poeiras incomodas e toxicas :
Utilizada em serviços de limpeza, pó de madeira, lixamentos
de massa corrida e preparação de argamassa.
6
Mascara para Vapores Ácidos:
Usada no manuseio de produtos de limpeza em geral, como soda
cáustica, ácido e outros
CINTOS DE SEGURANÇA
Finalidade
Destina-se a equilibrar o homem em lugares altos, para previnir quedas por desequilibrio ou
escorregões.
Utilizando em locais altos, feito com cintas de couro ou nylon reforçados que são amarrados
na cintura e virilhas, sendo presos or mosquetão preso a cabos e cordas.
PROTEÇÃO CONTRA INCÊNDIOS
Não é permitido sob nenhuma hipótese, utilizar o equipamento de proteção e combate a
incêndio, para fins a não ser aqueles a que são destinados.
Espaço livre de ser conservado ao redor dos equipamentos para que em caso de
emergência, sejam facilmente alcançados. Nuna fume em local proibido, embora pense
que não haja perigo; alguma razão há para esta proibição.
7
EQUIPAMENTOS ELETRICOS
A manutenção e reparo de partes eletricas são atribuições de setores especializados.
Não tente fazer consertos necessários, comunique ao setor de elétrica.
Não deixe cabos e fios dependurados sobre pilhas de materiais ou objetos pontiagudos
ou cortantes, use suporte apropriado.
Nunca entre em uma cabine elétrica sem estar devidamente autorizado.
OBS: A baixa voltagem também mata. Não toque em partes elétricas se não for eletricista.
REGRAS DE SEGURANÇA NOS SERVIÇOS DE SOLDA OXIACETILÊNICA
Torna-se obrigatório aos soldadores fazer uso dos equipamentos de segurança indicados
como luva, mangote, avental, perneira e mascara para solda, quando estiver na execução
de serviços de solda oxiacetilênica, tendo o intuito de previnir queimaduras nas mãos,
braços, tórax, pernas e olhos.
OBS; No ato do transorte ou locomoção dos cilindros de oxigênio e acetileno, deve-se
dar atenção especial para evitar acidentes graves, pois o manuseio incorreto podera
terminar em graves consequencias.
Deve-se mante-los em posição em pé, amarrados no carro de transporte.
Não transportar os cilindros sem suas tampas protetoras, tendo em vista proteger o
registro em caso de queda
Não tocar nem limpar, em hipótese alguma, os cilindros com as mãos e estopas sujas de
óleo ou graxa para previnir incêndio e explosões.
Não dar pancada nos cilindros, nem rolar pelo chã
QUANDO DO MANUSEIOE MOVIMENTAÇÃO DE MATERIAIS:
Certos princípios físicos e anatômicos, quando aplicados
ao manuseio e movimentação de materiais, facilitam a sua
execução e reduzem a ocorrência de acidentes com a
coluna.
Assim para levantar e transportar materiais devemos
dobrar as pernas mantendo o tronco erguido, de forma
que a coluna trabalhe de maneira correta e as pernas
como uma mola de elevação.
Ao fazer levantamento manual de objetos, faça-o
corretamente. A desobidiência de certas normas provoca
dores lombares e entorses que podem tornar-se lesões
gravíssimas. O trabalhador deve assegurar-se que o objeto
a ser levantado esta dentro de sua capacidade, caso
contrário deve pedir ajuda a um colega.
8
ANTES DE TRANSPORTAR OU LEVANTAR CARGAS VERIFIQUE:
1 –O peso da mesma
2- Se possui ponta ou rebarba
3– Se o caminho a ser percorrido esta desimpedido.
SE O CAMINHO ESTIVER LIVRE, LEVANTE A CARGA COM AS PERNAS, NUNCA COM AS COSTAS.
9
INFLAMÁVEIS
Instruções
Uso de equipamento de segurança é
obrigatorio;
As placas indicatórias de perigo, proibido
fumar e outras, devem ser respeitadas e
observadas pelos funcionários pois se estão
lá é por que tm uma finalidade;
Os produtos quimicos inflamáveis, quando
manipulados pelos funcionários, devem ser
recolocados em seus devidos lugares,
devidamente tampados;
Após manipulação com o produto, favor
providenciar a limpeza do local onde foi
manipulado, fazendo isto estará prevenindo
acidentes;
Nunca cheirar latas ou qualquer recipiente
contendo liquidos, para identificação do
produto;
Nunca limpar as mãos ou outra parte do
corpo com solvente, pois poderá com isto
provocar irritações na pele (use agua e sabão);
Prevenir acidentes não depende de sorte.
10
PARA NÃO PRATICAR ATOS QUE POSSAM SER CAUSA DE ACIDENTES DEVE-SE;
Conhecer o trabalho que esta endo executado e executá-lo corretamente;
Obedecer as instruções e regras de segurança para prevenir acidentes.
Pensar na prevenção de acidentes ao executar qualquer tarefa.
Observe atentamente as Normas
Gerais de Segurança deste Manual.
Os acidentes podem ser previnidos,
pois os mesmos trazem prejuízos
para o acidentado, a família e para a
empresa, a sua produtividade no
trabalho
e
consequente
desenvolvimento profissional de
cada funcionário.
Evite Acidentes, evite lesões,
participe com a Segurança alertando
sempre seus companheiros de
trabalho, trazendo sugestões por
escrito, faça da sua empresa a
continuação de seu lar, não se
acomode, dialogue e transmita suas
idéias.
NÓS DESEJAMOS SUA PARTICIPAÇÃO A SUA SEGURANÇA É O SUCESSO DE TODOS.
11