EUROVIDA POUPANÇA FUTURO

Сomentários

Transcrição

EUROVIDA POUPANÇA FUTURO
EUROVIDA POUPANÇA FUTURO
Boletim Informativo
1.
5.
O que é o Eurovida Poupança Futuro?
O Eurovida Poupança Futuro é uma solução
financeira sob a forma de contrato de seguro de vida,
orientada para a poupança regular que, para além do
capital investido, garante-lhe um rendimento mínimo
bruto de 2,5% (taxa técnica de juro) ao ano durante
todo o prazo do contrato. A somar à taxa técnica há
ainda distribuição anual da participação nos resultados
de pelo menos 85% do saldo credor da Conta de
Resultados Globais, se existir.
O montante mínimo a investir depende da sua opção.
No caso de preferir estabelecer um plano de entregas
programadas:
• 25 € por mês, 125 € por trimestre ou 250 € por
semestre.
No caso de efetuar entregas únicas:
• 500 €.
6.
2.
Como funciona?
As entregas que efetuar no Eurovida Poupança
Futuro são investidas num fundo autónomo orientado
por critérios assentes na procura da segurança
máxima e da mais elevada rentabilidade, numa
perspetiva de médio e longo prazo.
Pode subscrever esta solução através da constituição
de um plano de entregas programadas ou efetuando
entregas pontuais.
3.
Qual a composição do fundo autónomo?
Trata-se de um fundo caraterizado por uma forte
componente de títulos de rendimento fixo, que
respeitarão a composição do fundo no quadro
seguinte:
Classe de ativo
Intervalo de
Alocação
Mín
Máx
Títulos de dívida
5%
98%
Instrumentos de Capital
0%
30%
Unidades de Participação
Fundos de Investimento Mobiliário
0%
65%
Fundos de Investimento Imobiliário
0%
50%
Outros Ativos
0%
15%
Liquidez
2%
20%
4.
Como é determinada a taxa de revalorização
global que vou receber e como me é
comunicada?
No fim de cada ano civil, é determinada a taxa de
revalorização global aplicável que inclui a taxa técnica
de 2,5% e a participação nos resultados que será
atribuída no final de cada exercício.
A Eurovida informará anualmente o Tomador de
Seguro, ou sempre que este solicitar, sobre o valor da
poupança constituída e a participação nos resultados.
Caso pretenda, o Tomador, pode ter acesso à
plataforma [email protected] onde pode acompanhar todos
os produtos da companhia. Para ter este acesso basta
requerê-lo no site www.eurovida.pt.
Qual é o montante mínimo a investir?
Como funcionam as entregas?
Se pretender efetuar entregas regulares, o valor que
defina será debitado automaticamente da sua conta à
ordem e creditado no seu contrato, com a
periodicidade que tenha escolhido (mensal, trimestral
ou semestral).
Se efetuar entregas únicas ou suplementares pode
fazê-lo mediante cheque ou utilizando uma referência
Multibanco, através de consulta ao site da Eurovida.
No caso de se tratar de uma entrega suplementar só é
possível efetuar uma entrega por mês.
A todo o momento pode cancelar, temporária ou
definitivamente, o seu plano de entregas, ficando a
rentabilizar os valores até aí investidos. Para tal, basta
comunicá-lo à Eurovida.
7.
Quais são as comissões
Poupança Futuro?
do
Eurovida
A comissão de subscrição do Eurovida Poupança
Futuro incide sobre as entregas efetuadas:
Programadas
%
0%
0%
1,5 %
Únicas
1,5 %
Entrega
regulares
suplementar até ao montante de
5.000€
suplementar de montante igual ou
superior a 5.000€
Para qualquer montante
A comissão de resgate/transformação é de 1,5% no
primeiro ano e de 1,0% no segundo ano. A partir do
terceiro ano, não se aplica comissão de resgate/
transformação.
Estas comissões são aplicáveis às novas apólices
criadas a partir do dia 3.03.2014.
8.
Qual é o prazo do Eurovida Poupança Futuro?
O presente contrato tem início na data de pagamento
do prémio inicial e após boa cobrança do mesmo e
permanecerá em vigor até à idade de 99 anos da
Pessoa Segura, exceto em caso de resgate.
Eurovida – Companhia de Seguros de Vida, S.A. y Tel. +351 217 924 700 y Fax +351 217 924 701 y [email protected] y www.eurovida.pt
Sede Social: Rua Ramalho Ortigão, nº 51 – 1099-090 Lisboa y CRCL / Pes. Col. 504 917 692 y Capital Social 7.500.000 Euro
outubro 2014
1/3
EUROVIDA POUPANÇA FUTURO
Boletim Informativo
Durante todo este prazo pode, no entanto, efetuar
movimentos através de resgates, permanecendo neste
o valor remanescente nas condições inicialmente
contratadas.
9.
Quando
é
que
se
pode
resgatar
o
investimento efetuado no Eurovida Poupança
Futuro?
Em qualquer momento pode resgatar o saldo do
Eurovida Poupança Futuro, parcial ou totalmente,
sem qualquer comissão de resgate a partir do 3º ano.
No entanto, a aplicação é potencialmente mais atrativa
no médio/longo prazo, nomeadamente pelos benefícios
fiscais
em
termos
de
tributação
favorável,
maximizados após os 8 anos e 1 dia.
10. No caso de resgatar o meu investimento o
meu contrato cessa?
Se solicitar o resgate parcial será pago o valor desse
resgate que é deduzido ao saldo e o saldo
remanescente permanecerá nas condições iniciais do
contrato. Para contratos com início a partir de
15.10.2014, o saldo remanescente deverá ser sempre
superior a 500€ (quinhentos euros), caso contrário
proceder-se-á ao resgate total.
Se efetuar o resgate total do seu investimento, será
pago o valor correspondente ao saldo existente e o
contrato será anulado.
11. Posso efetuar
contrato?
transformações
no
meu
Sim. Se preferir, pode investir numa outra solução da
Eurovida mais adequada às suas necessidades, entre
as quais, num seguro de rendas vitalícias, sendo a sua
nova apólice emitida a prémio de inventário, ou seja,
sem comissões de aquisição. O valor de transformação
é igual ao valor de resgate (havendo lugar em ambos
à tributação em sede de IRS).
12. Como é efetuado o pagamento do capital
seguro no final do prazo do contrato?
No fim do prazo, o Beneficiário em caso de vida
receberá o pagamento do capital seguro, no prazo
máximo de 15 dias a contar da data em que os
documentos (Pedido assinado, Bilhete de Identidade
ou Cartão de Cidadão, Cartão de Contribuinte e
indicação do NIB) tiverem sido entregues na Eurovida.
O pagamento do valor será efetuado de acordo com a
opção escolhida pelo Beneficiário:
• pagamento do capital acumulado;
• transformação do capital numa renda ou em
outra
modalidade
comercializada
pela
Seguradora;
• mix das opções anteriores.
13. Como é constituído o capital seguro da
apólice?
O capital seguro da apólice é equivalente ao saldo da
apólice na data do sinistro, o qual resulta do
acumulado dos prémios pagos, o rendimento
correspondente à taxa técnica de 2,5% e a respetiva
participação nos resultados, se aplicável, bem como,
deduzidas as comissões e os resgates efetuados.
Saldo da apólice = Prémios – Comissões + Juros
Técnicos + Participação nos Resultados – Resgates.
14. Quais são os benefícios fiscais do Eurovida
Poupança Futuro?
Os limites e condições para a eventual dedução à
coleta dos prémios pagos são anualmente fixados no
Orçamento de Estado.
Se existirem condições de enquadramento para a
obtenção de benefícios fiscais, que a Eurovida não
tenha
conhecimento,
deve,
no
momento
da
subscrição, ou o mais tardar até ao final do ano em
que efetuou o pagamento do prémio, comunicar a sua
situação, enviar os respetivos comprovativos e solicitar
a emissão da declaração.
O rendimento é tributado de acordo com a legislação
vigente à data de reembolso.
Em
cada
momento
poderá
consultar
em
www.eurovida.pt o enquadramento fiscal aplicável.
15. E se acontecer alguma coisa a algum dos
intervenientes durante o prazo do contrato?
Em caso de morte da Pessoa Segura, os valores
acumulados serão pagos aos Beneficiários que
designou e o contrato extingue-se.
Em caso de morte do Tomador do Seguro, ou em caso
de insolvência do Tomador do Seguro pessoa coletiva,
o contrato mantém-se deixando de poder ser aplicado
o direito de resgate.
16. Que vantagens apresenta em
outras aplicações financeiras?
•
relação
a
Garantia do capital e do rendimento mínimo
O investimento efetuado líquido da comissão de
subscrição e o rendimento mínimo de 2,5% estão
garantidos durante todo o prazo do contrato. É
distribuída ainda, anualmente, participação nos
resultados, se existir.
•
Liquidez
Os capitais investidos líquidos da comissão de
subscrição, bem como os rendimentos gerados, estão
sempre disponíveis. A todo o momento e sem qualquer
comissão a partir do 3º ano, pode resgatar os capitais,
total ou parcialmente, ou transformar o Eurovida
Poupança Futuro noutra solução comercializada pela
Eurovida – Companhia de Seguros de Vida, S.A. y Tel. +351 217 924 700 y Fax +351 217 924 701 y [email protected] y www.eurovida.pt
Sede Social: Rua Ramalho Ortigão, nº 51 – 1099-090 Lisboa y CRCL / Pes. Col. 504 917 692 y Capital Social 7.500.000 Euro
outubro 2014
2/3
EUROVIDA POUPANÇA FUTURO
Boletim Informativo
Eurovida, bastando, para tal, apenas solicitá-lo à
Eurovida.
transmitir a sua posição contratual após
consentimento escrito da instituição credora.
17. Posso desistir do contrato?
20. Que informação é que a Eurovida envia a
quem subscreve o Eurovida Poupança
Futuro?
Sim, o Tomador de Seguro dispõe de um prazo
legalmente fixado de 30 dias, após a data da
celebração do contrato, para exercer o direito de livre
resolução do mesmo. Este direito não se aplica sempre
que o Tomador de Seguro seja Pessoa Coletiva.
Para tal, deverá comunicá-lo à Eurovida por correio
registado com aviso de receção.
Nesse caso, dá-se a resolução do contrato tendo a
seguradora direito a reter o valor referente aos custos
de desinvestimento que tiver comprovadamente
suportado.
O contrato pode ainda ser resolvido no prazo de 30
dias após a receção da apólice no caso de
incumprimento dos deveres de informação que
incumbem à Seguradora, salvo quando a falta não
tenha afetado a decisão de contratação, dando origem
à devolução da totalidade do prémio pago.
O contrato pode ainda ser resolvido caso a apólice não
seja entregue ao Tomador de Seguro no prazo de 14
dias após a sua celebração, tendo a cessação efeito
retroativo, com direito à devolução da totalidade do
prémio pago.
18. Como proceder em caso de sinistro?
Em caso de sinistro, deve comunicá-lo à Eurovida no
prazo de 8 dias imediatos àquele em que teve
conhecimento do facto. Para o efeito deverá utilizar a
participação de sinistro disponível em www.eurovida.pt
e anexar os documentos indicados, em função da
natureza do sinistro.
o
No momento da subscrição são-lhe entregues o
Boletim Informativo e as Condições Gerais do
contrato.
Caso se verifiquem as condições legalmente previstas
na legislação e tenha sido solicitada a emissão da
Declaração Fiscal até ao dia 15 de janeiro do ano
seguinte ao da entrega, receberá no início desse ano a
Declaração para efeitos de IRS, relativamente aos
prémios pagos no ano anterior.
Visando a qualidade do serviço prestado, a Eurovida
implementou um modelo de gestão de reclamações,
podendo para o efeito utilizar o endereço eletrónico
[email protected] ou mediante contacto junto
da Eurovida. Não obstante, posteriormente, caso não
tenha
tido
resposta
no
período
legalmente
estabelecido ou discorde da mesma, pode dirigir a sua
reclamação para o Provedor do Cliente através do
endereço eletrónico [email protected]
Para além de todas estas ações, sem prejuízo do
recurso a tribunais, podem sempre ambas as partes
acordar o recurso à arbitragem. Neste caso, para
efeitos de resolução de eventual litígio, o foro
competente é o fixado na lei civil.
Ao contrato é aplicável a legislação portuguesa.
Visite-nos em www.eurovida.pt, ative o serviço
[email protected] e acompanhe de perto a evolução dos
seus contratos. A qualquer altura poderá contactar a
Eurovida através do n.º azul 808 222 434 (das
9:00 às 17:00 horas, dias úteis) ou de
[email protected]
19. Posso transmitir o contrato?
O Tomador de Seguro que não seja Pessoa Segura
poderá transmitir a sua posição no presente contrato a
um terceiro, que assim fica investido em todos os
direitos e deveres que correspondiam àquele, perante
o Segurador. A transmissão da posição contratual
depende do consentimento do Segurador, devendo ser
comunicada à Pessoa Segura e constar de Ata
Adicional ao presente contrato.
Nota: Esta informação não dispensa a consulta das
Condições Gerais desta modalidade que fazem parte
integrante da informação pré-contratual.
O Tomador do Seguro que seja Pessoa Segura não
poderá transmitir a sua posição de Pessoa Segura no
presente contrato a um terceiro – tal situação
configurar-se-á como um novo contrato entre o
Segurador e o terceiro, sujeito às condições de
celebração de um contrato ab initio. Poderá, no
entanto, transmitir a sua posição de Tomador do
Seguro desde que se mantenha Pessoa Segura.
Quando o contrato de seguro esteja associado a
crédito, o Tomador de Seguro apenas poderá
Eurovida – Companhia de Seguros de Vida, S.A. y Tel. +351 217 924 700 y Fax +351 217 924 701 y [email protected] y www.eurovida.pt
Sede Social: Rua Ramalho Ortigão, nº 51 – 1099-090 Lisboa y CRCL / Pes. Col. 504 917 692 y Capital Social 7.500.000 Euro
outubro 2014
3/3

Documentos relacionados

EUROVIDA POUPANÇA SEGURA

EUROVIDA POUPANÇA SEGURA No início de cada ano, é calculada a taxa de rendimento a atribuir aos seus investimentos detidos ou efetuados, durante o ano anterior. Pelo que o saldo da sua apólice a 31.12 refletirá a soma dos ...

Leia mais

EUROVIDA AFORRO

EUROVIDA AFORRO capital investido, garante-lhe ainda um rendimento mínimo bruto de 2,5% (taxa de juro técnica) ao ano durante todo o prazo do contrato. Para além destas vantagens, distribui ainda, anualmente, part...

Leia mais

x Particulares - Vida - Liberty Poupanca Mais

x Particulares - Vida - Liberty Poupanca Mais Seguro, sempre que tal seja estabelecido por acordo entre ambos, acordo esse que deve ser notificado ao Segurador por carta registada com a antecedência de 15 dias relativamente à data de efeito da...

Leia mais