Apresentação do PowerPoint - IHOC

Сomentários

Transcrição

Apresentação do PowerPoint - IHOC
HEMOSTASIA E
COAGULAÇÃO
Instituto de Hematologia e Oncologia Curitiba
DISTÚRBIOS DA COAGULAÇÃO
O PACIENTE QUE SANGRA
1.Petéquias:
alteração dos vasos ou plaquetas
2.Equimoses, melena, hematúria, hematêmese, sangramento no
SNC: distúrbios das plaquetas ou da coagulação
3.Hematomas: distúrbio da coagulação
4.Hemartrose, hemorragia em serosas e fascias: distúrbio da
coagulação – Hemofilia
5.Hemorragia traumática: traumatismo
intervenção cirúrgica
6. Coexistência de sangramento e fenômenos tromboembólicos: CIVD
Instituto de Hematologia e Oncologia Curitiba
DISTÚRBIOS DA COAGULAÇÃO
ASPECTOS CLÍNICOS
1. Hemorragia no período neo-natal: distúrbios de coagulação,
hereditários ou adquiridos
2. Início tardio das manifestações hemorrágicas:coagulopatias
adquiridas, proporcionalmente à severidade.
3. História familiar positiva: coagulopatias hereditárias
4. Herança ligada ao cromossomo X:
hemofilias
5. Severidade do sangramento: maior nas coagulopatias
adquiridas do que nas hereditárias
6. Múltiplos defeitos da coagulação e trombocitopenia
associada: distúrbios adquiridos
7. Alteração isolada: distúrbio hereditário.
DISTÚRBIOS DA COAGULAÇÃO
História familiar positiva – coagulopatias hereditárias
30 – 40% dos hemofílicos A – história familiar negativa
Aspectos clínicos:
1. Sangramento tardio:
coagulopatia
1. Sangramento imediato:
trombocitopenia
Efeito de drogas:
1.Trombocitopenia e alterações de função plaquetária;
2.Lesões capilares
3. Potencialização ou antagonismo de anticoagulantes
4. Anticoagulantes
HEMOSTASIA
Lesão do vaso
exposição ao colágeno
adp
tromboplastina tissular
plaquetas
adesão
reação de liberação
Fator de von Willebrand
Fibronectina
fator XII
serotonina
Vasoconstrição
cofator plaq 3
tromboxane A2
ADP
coagulação
agregação plaq
Redução do fluxo sang
rolha hemostática prim
trombina
fusão plaquetária
rolha hemostática estável
fibrina
FATORES DE COAGULAÇÃO
FI
FII
FIII
FV
FVII
FVIII
FIX
FX
FXI
FXII
FXIII
FIBRINOGÊNIO
PROTROMBINA
FATOR TISSULAR
FATOR LABIL
PROCONVERTINA
FATOR ANTI-HEMOFÍLICO (A)
FATOR CHRISTMAS (B)
FATOR STUART-PROWER
ANTECEDENTE
TROMBOPLÁSTICO DO PLASMA
FATOR HAGEMAN (CONTACTO)
FATOR ESTABILIZADOR DA
FIBRINA
PRÉ-CALICREINA
(FATOR FLETCHER)
CININOGÊNIO DE ALTO PESO
MOLECULAR (HMWK)
(FATOR FITZGERALD)
FATOR DE VON WILLEBRAND
SUB-UNIDADE DA FIBRINA
SERINA PROTEASE
RECEPTOR/COFATOR
COFATOR
SERINA PROTEASE
COFATOR
SERINA PROTEASE
SERINA PROTEASE
SERINA PROTEASE
SERINA PROTEASE
TRANSGLUTAMINASE
SERINA PROTEASE
COFATOR
GLICOPROTEINA
COAGULAÇÃO
FXIII
COAGULAÇÃO
1a. fase:
Via intrínseca: FXII, pré-calicreina, FXI, cininogênio de alto
peso molecular, FIX, cofator plaquetário 3, FVIII, Ca
Via extrínseca: fator tissular + FVII + Ca
2a. Fase:
Ativação do FV e FX
Ativação da protrombina (FII) a trombina
Conversão do fibrinogênio (FI) a monômeros da fibrina
3a. Fase:
Estabilização da fibrina pelo FXIII
PROTEINAS ANTICOAGULANTES
Proteina C: inibe os fatores Va e VIIIa.
(FV Leiden)
Proteina S: cofator da proteina C
Trombomodulina: endotélio
Anti-trombina III e cofator II da
heparina
Instituto de Hematologia e Oncologia Curitiba
SISTEMA FIBRINOLÍTICO
Finalidade:
limitar a extensão da coagulação
degradação do fibrinogênio e fibrina
Conversão do plasminogênio (zimogênio) a plasmina
(serina proteinase)
Ativadores do plasminogênio:
endógenos
exógenos (estreptoquinase)
Inibidores dos ativadores
INVESTIGAÇÃO LABORATORIAL
1. Testes das fases vascular e plaquetária
a) Tempo de sangramento
b) integridade capilar
c) Contagem de plaquetas
d) Morfologia plaquetária
e) Testes de função plaquetária
agregação: colágeno, ADP, epinefrina,
ristocetina
(anti-agregantes)
INVESTIGAÇÃO LABORATORIAL
Função plaquetária:
TS prolongado com contagem de plaquetas
normal: disfunção
Retração deficiente do coágulo: trombocitopenia
trombastenia de Glanzmann
Ausência de agregação por ADP, colágeno e
epinefrina:
trombastenia
ristocetina:
doença de von Willebrand
2a. onda de agregação deficiente: IRC, aspirina
INVESTIGAÇÃO LABORATORIAL
2. Fases da coagulação
a) Tempo de coagulação
b) Tempo da tromboplastina parcial (PTT)
c) Tempo de atividade da protrombina (TAP)
Stypven time
d) Tempo da trombina (TT)
e) Dosagem do fibrinogênio
f) Testes para produtos de degradação do fibrinogênio e
fibrina
g) Testes para fibrinólise
h) Testes para inibidores da coagulação
INVESTIGAÇÃO LABORATORIAL
Avaliação pré-operatória
1. História hemorrágica negativa
Intervenção de pequeno porte: desnecessária
Grande porte:
contagem de plaquetas
PTT
2. História hemorrágica positiva
TS, TAP, PTT, TT, contagem de plaquetas
Dosagem dos fatores
DOENÇAS HEMORRÁGICAS
1. Deficiência de fatores de coagulação
Hereditárias: Hemofilia A: deficiência de fator VIII
Hemofilia B: deficiência de fator IX
Doença de von Willebrand: deficiência do VWF
Deficiência de outros fatores de coagulação
Adquiridas:
Hepatopatia: deficiência dos fatores II, VII, IX , X
aumento da fibrinólise
alteração do fibrinogênio
trombocitopenia
CIVD
DOENÇAS HEMORRÁGICAS
Adquiridas: Coagulação intra-vascular disseminada
Acidentes por animais peçonhentos
Acidentes obstétricos
Hemólise intra-vascular
Sepsis
Viremia
Neoplasias
Leucemia promielocítica
Queimadura, esmagamento e necrose tissular
Doença vascular periférica

Documentos relacionados

Avaliacao laboratorial da hemostasia

Avaliacao laboratorial da hemostasia É importante o conhecimento destas etapas para compreender, avaliar e interpretar os resultados dos exames laboratoriais e agir da melhor forma diante de um distúrbio. A primeira fase, chamada de h...

Leia mais

Hemostasia - Rafael Fighera

Hemostasia - Rafael Fighera plaquetária, principalmente o fosfatidilinositol (PIP 2). Com a hidrólise do fosfatidilinositol são formados diacilglicerol (DAG) e trifosfato de inositol (IP 3), além disso, ocorre exposição da ca...

Leia mais

hemostasia e distúrbios da coagulação

hemostasia e distúrbios da coagulação Embora o fator XII não esteja envolvido na hemostasia, existem evidências8 que ele tem papel fundamental na hemostasia anormal ou trombose. A deficiência de fator XII em ratos9 tem hemostasia norma...

Leia mais

insuficiência de múltiplos órgãos mods

insuficiência de múltiplos órgãos mods Distúrbios da Coagulação • Ativação da coagulação. • Inibição dos fatores anticoagulantes. • Inibição da via fibrinolítica. • Diminuição da trombomodulina.

Leia mais

Guia Técnico - Coagulação 375KB 16/10/2009

Guia Técnico - Coagulação 375KB 16/10/2009 ativador que é colocado em excesso vai ativar o fator XII, na presença de precalicreína e cininogênio de alto peso molecular, e o fator XIIa vai transformar o fator XI em XIa. O XIa ativa o fator I...

Leia mais