Material para boletim dominical

Сomentários

Transcrição

Material para boletim dominical
 PASTORAL
GETULIO GONÇALVES FERREIRA JUNIOR
25 ANOS DE ORDENAÇÃO AO MINISTÉRIO PASTORAL
UM POUCO DE HISTÓRIA
Nasceu em 09 de outubro de 1958 em São Gonçalo – RJ, filho de Getulio Gonçalves Ferreira e
Emília Maria da Conceição Ferreira, e irmão de Mary Anne Gonçalves Ferreira – 1 ano e 8
meses mais nova. Desde a primeira infância, sua avó paterna, Dona Rosa, falava de Senhor, e
aos 10 anos aceitou a Jesus como seu salvador pessoal. Passou então a freqüentar a Primeira
Igreja Batista de São Gonçalo, onde foi batizado em 14 de abril de 1971, aos 11 anos, pelo Pr
Waldemar Zarro.
No último Congresso Nacional de Embaixadores do Rei, em 1971 - na PIB de Niterói, sentiu o
chamado para o ministério pastoral. Naquele mesmo ano começou a pregar a Palavra em
reuniões da então União Masculina Missionária Batista e em reuniões de jovens e adolescentes
da igreja e associação.
Foi líder destacado em sua igreja entre os jovens e adolescentes, particularmente no Grupo
Jovem Reverendo Marthin Luther King – um grupo musical com características missionárias.
Entrou para o Seminário Teológico Batista do Sul do Brasil, no bairro da Tijuca - Rio de
Janeiro, em fevereiro de 1980, aos 21 anos. Durante o tempo de estudos liderou congregações
e projetos da PIB em São Gonçalo. Também realizou dezenas de séries de conferências como
pregador, além de ser o mensageiro oficial do quarteto Mensagem.
Foi ordenado em 08 de setembro de 1982, pela PIB de São Gonçalo, onde serviu com
dedicação inclusive sendo auxiliar direto do pastor titular, Mauro Israel Moreira, seu amigo e
mentor.
O primeiro ministério foi em 1982, na igreja organizada a partir de uma congregação que
começou na casa de sua avó, a Igreja Batista em Cambuci, hoje Primeira Igreja. Em 09 de
março de 1985 assumiu o pastorado da PIB em Magé. Em 27 de julho de 1985 casou-se com
Rubenita Lourenço Augusto. Em 09 de agosto de 1986 assumiu o pastorado da IEBAM - Igreja
Evangélica Batista no Alto da Mooca - SP.
Em 20 de agosto de 1986 nasce a primeira filha, Queila Augusto Ferreira. Em novembro de
1987 conclui o curso de Especialização em EPB (Estudos de Problemas Brasileiros) com ênfase
em Didática de Ensino Superior, em nível de pós-graduação Latu Sensu, na Universidade
Mackenzie, SP.
Em 04 de julho de 1988 assume o pastorado da Igreja Batista de Ponte Grande – Guarulhos.
Em 10 de janeiro de 1991 nasceu o segundo filho - Lucas Augusto Ferreira. Em dezembro de
1991 concluiu o curso de Especialização em Administração de Empresas, em nível de pósgraduação Latu Sensu, pela Universidade Anhembi-Morumbi e NTA – Internacional de
Tecnologia Administrativa, SP.
Em 1992 assume o pastorado da Igreja Batista Gethsêmani. Em maio de 1998 - Assume
o pastorado de jovens e adolescentes na Igreja Batista Curuçá – Sto André, num ministério
colegiado. Em 16 de novembro de 2001 assume o pastorado da Igreja Batista Jardim
Aclimação. Na transição de ministério, entre Jardim Aclimação e Betel, nasceu o terceiro filho,
Matheus Augusto Ferreira. Desde 07 de junho de 2003 pastoreia a Igreja Batista Betel.
No serviço à denominação, foi 3º secretário da Convenção Batista do Estado de São Paulo. Foi
também Diretor Executivo do IBETE - Instituto Batista de Educação Teológica por Extensão,
órgão da Convenção Batista do Estado de São Paulo.
Foi membro do conselho consultivo da JUBESP e membro do conselho consultivo da JUMOC.
Foi presidente de diversas associações de igrejas, tanto no Estado do Rio quanto em São
Paulo, inclusive no ABC.
1
No Estado do Rio de Janeiro, foi presidente da Juventude Batista Centro Fluminense, além de
seu conselheiro por alguns anos. Atualmente é membro do Conselho Administrativo da
Faculdade Batista de Teologia do ABC, e seu professor desde 1987. Também foi professor por
vários anos da Faculdade Teológica Batista de São Paulo, em Perdizes.
Foi o idealizador do Projeto Missionário da Juventude Batista Centro Fluminense, que já no
primeiro ano recrutou e enviou para as igrejas da região cerca de 50 jovens, muitos deles hoje
no ministério (pastores, esposas de pastores, educadoras religiosas, missionários na JMN,
JMM, entre outros).
Nestes 25 anos muito foi realizado, vivido e compartilhado tanto em termos de ministério
quanto família que não cabe neste breve histórico, e por tudo isso... ao Senhor seja a glória e
honra.
2