projeto prime cultural: uma forma de mostrar o calor paranaense

Сomentários

Transcrição

projeto prime cultural: uma forma de mostrar o calor paranaense
PROJETO PRIME CULTURAL: UMA FORMA DE MOSTRAR O CALOR
PARANAENSE QUE SE ENCONTRA NA ARTE
“O projeto, que se inicia pela vertente musical, dará oportunidade única para os artistas
locais/regionais mostrarem seu potencial criativo a grandes plateias ao lado de renomes
nacionais da música e da cultura brasileira”.
Com a proposta de valorizar os artistas locais e regionais com trabalhos autorais e produções
próprias, a produtora curitibana Prime lança seu Projeto Prime Cultural, para que as
bandas/artistas possam mostrar o calor paranaense que se encontra na arte musical. A estreia
foi realizada recentemente em Curitiba/PR, no Teatro Positivo – Grande Auditório, com o
pocket-show da paranaense Adriane Grott e Banda, que abriu o show do Ira!, uma das bandas
mais emblemáticas do rock nacional.
O projeto, sem fins lucrativos, é uma iniciativa pioneira, inédita no cenário artístico e exclusiva
da Prime, com o intuito de divulgar e gerar a movimentação artística e dinâmica da cena
paranaense. No início será focada a música, mas no futuro outras formas de arte e cultura
serão incluídas. O Projeto Prime Cultural visa dar oportunidade única para os artistas
mostrarem seu potencial criativo a grandes plateias.
Além de toda a divulgação do artista no evento, seu diferencial é oferecer também boa
estrutura de palco, equipamentos de som, luz, backstage e, claro, a presença significativa de
público. Para isso, os shows/espetáculos que a Prime vier a realizar no Paraná deverá ter a
participação de um artista local. As bandas serão selecionadas conforme a produção e a
atuação delas. Cabe ao projeto então reuni-las, viabilizar os shows e realizar a divulgação do
evento. “As bandas que participarem do Projeto Prime Cultural terão a mesma atenção que
os artistas de renome nacional com os quais dividirão o palco”, afirma Mac Lóvio Solek,
idealizador do projeto e diretor da Prime. “Aproveitando o prestígio dos artistas nacionais
que se apresentam em Curitiba e em outras cidades do Paraná e Santa Catarina pela Prime,
vamos proporcionar aos artistas locais/regionais uma boa formação de plateia para
conhecer e divulgar seus projetos. Além disso, o público poderá vivenciar a diversidade
cultural popular do Paraná”, completa.
Neste primeiro momento, a produtora está convidando projetos já conhecidos, com referência
e que fazem parte da cena local. Os artistas interessados em se apresentar pelo Projeto Prime
Cultural poderão encaminhar seu material de trabalho e currículo para o e-mail
[email protected] O material deverá conter um breve release
da banda, vídeos, músicas autorais, fotos, set list e logomarca do artista/grupo. Os trabalhos
serão escolhidos por meio de carta convite e de acordo com a afinidade musical com o público
do artista principal. Será avaliada a apresentação do trabalho e comprometimento do grupo.
As apresentações de abertura do show principal serão em formato de pocket-show e deverão
conter músicas autorais e alguns covers. A duração será de até 40 minutos.
“O Projeto Prime Cultural é, sem dúvida, o primeiro projeto que vai fazer uma ponte direta
entre as bandas locais passando a ter acesso com os artistas nacionais e, na medida do
possível, vamos tentar promover uma interação cada vez maior ”, finaliza o diretor da
produtora curitibana.
SOBRE A PRIME
A produtora paranaense se consagrou entre o público, artistas e produtores pela qualidade e
diversidade de sua programação ao longo de quase 10 anos de intensa trajetória. Com sede
em Curitiba, a Prime também atua na área de eventos institucionais. Pelas mãos da empresa já
passaram grandes shows musicais, grandes montagens do teatro brasileiro, com imponentes e
complexas estruturas de produção.
Alguns dos maiores shows/espetáculos que passaram pelo Paraná nos últimos anos tiveram
também
a
marca
da
PRIME
em
sua
produção,
como:
OS INTERNACIONAIS: Kiss, Ozzy Osbourne, Motörhead, Judas Priest, Aerosmith, Chuck Berry,
Guns N´ Roses, Scorpions, Johnny Rivers, Jon Anderson, a lendária voz do Yes, Iron Maiden,
The Doors, José Carreras, Julio Iglesias, Bad Religion, Black Eyed Peas, The Purple, Chick Corea,
Davis Guetta, Fat Boy Slym, Robert Cray, Cypress Hill, John Hammond, Men At Work, Echo &
The Bunnymen, T.S.O.L, Jethro Tull, Nofx, Face to Face, Ja Rule, entre muitos outros.
OS NACIONAIS: Capital Inicial, Paula Fernandes, Jota Quest, Nando Reis, Frejat, Roupa Nova,
Luan Santana, Jorge e Mateus, Ivete Sangalo, Claudia Leitte, Inimigos da HP, Seu Jorge,
Fernando & Sorocaba, Victor & Léo, Munhoz & Mariano, Thiaguinho, Charlie Brown Jr, O
Rappa, Titãs, Ana Carolina, Malta, Maria Gadú, Almir Sater, Gilberto Gil, Fábio Jr., Paralamas do
Sucesso, Engenheiros do Hawaii, Rita Lee, Diogo Nogueira, Caetano Veloso, Djavan, e a lista
não acaba.
OS HUMORÍSTICOS: Marco Luque, Felipe Andrioli, Terça Insana, DezImprovisa, da Cia
Deznecessários, com Tatá Werneck, Oscar Filho....
MONTAGENS: Circo de Moscou no Gelo, Circo Nacional da China, Enfim Nós (com Bruno
Mazzeo e Fernanda Souza), A Partilha (com Suzana Vieira, Patrícia Travassos, Arlete Salles e
Thereza Piffer), Vermelho com Antônio Fagundes e seu filho Bruno, A Gaiola das Loucas, com
Miguel Falabella;
MUSICAIS: SamBRA – Centenário do Samba, com Diogo Nogueira e grande elenco, Xanadu,
com Miguel Falabella, Danielle Winits; CABARET e Crazy For You, com Claudia Raia, TIM MAIA –
VALE
TUDO,
Cazuza
INFANTIS: Sítio do Picapau Amarelo,
Cocoricó, Backyardigans, entre outros.
Informações para Imprensa:
Ana Paulla Righetto
41 91177109
[email protected]
–
O
Musical,
etc.
“O Mágico de Oz”, musical infantil da Broadway,