Ler documento completo - museu da imagem e do som do maranhão

Сomentários

Transcrição

Ler documento completo - museu da imagem e do som do maranhão
2
PRDCRAMAÇÃO
de abril '(quarta)
17h: Desamor - [ia TeatralOopsl.
Locai: Praça Nauro Machado
t de anril ,(terr.al
[50)
18h e 19h30: Elefantes - Núcleo Rascunho
de Produções Teatrais [MA]
Local: Espaço do DRAD
(Rua do Ribeirão, 279 - [entro].
Também queria te dizer: cartas masculinas
Solo com Emílio Orciollo Netto (RJ]
Sessões: 18 e 2Dh3D
Local: Teatro Arthur Azevedo
Sinopse
Ficha técnica
Texto: Martha Medeiros
Ator: Emílio Orciollo Netto
Direção: Victor Garcia Peralta
Direção de produção: Maria Siman
Assistente de direção:. Leo Paes Leme
Trilha sonora: Plínio Profeta
Cenário: Miguel Pinto Guimarães
Figurino: Emilio Orciollo Netto e Victor Peralta
Iluminação: Luciano Xavier
Produção Executiva: Joana O'Aguiar
Realização: Orciollo Netto Produções e Primeira
Página Produções
Após ser abandonado por sua amada, a existência
de Candido torna-se um vazio tão imenso quanto
um deserto. Um terreno seco e ~rido, sem sentido.
10 então que Cândido resolve partir em busca de
sua amada, ~m uma jornada que o levará a um
mundo desconhecido,
habitado
por seres
fantásticos.
Ficha Técnica
Texto e Dramaturgia: Sandro Freitas
Concepção,Direção e Preparação de Elenco:João Bos[O
Amaral
Elenco: Sol Silveira, João Bosco Amaral e Olliver Mariano
Preparação Circense: Jean Passos
Cenografia (Concepção E EXECUção): Jeová de Lucena
Maquiagem:CiaDops!..
Figurino: Uno Calaça
Trilha Sonora:Tony[alaça e Lino [alaça
Produção: Sol Silveira
Sinopse
ronstituído a p~-rtir de uma investigação sobre
memória, o espetáculo apresenta-se em cenacapítulos onde história da ci(jade, memória dos
atores e memórias inventadas se misturam.
Acrescenta-se ao texto trechos do conto Funes, o
memorioso, de Jorge Luis Borges. As cenas
narrativas, hora dramáticas e imagéticas levam o
espectador a mergulhar em suas memórias mais
privadas.
Ficha Técnica
Autor: Dramaturgia Coletiva
Elenco: Aline Nascimento e Gilberto Martins
Direção: Fernanda Areias
Cenografia, maquiagem e figurino: Núcleo Rascunho
Iluminação: Darcy Souza
*Ingressas limitadas
2
3 de abril -(qUintal
de abril '(quartal
lBh: Rimbaudemônio
19h: A Mais Forte
Companhia Direto da Fonte (MA]
Local: Teatro João do Vale
Pacto Coletivo de Teatro (CE]
Local: Teatro Alcione Nazaré
Sinopse
A peça
é uma adaptação
do texto
Rimbaudemonio: traições, colagens e iluminações
no inferno escrito pelo poeta Celso Borges.
"Depois de beber inspiração no cálice satánico
para escrever alguns dos versos mais belos de
sua época, Rimbaud abandona a poesia. Antes,
porém, sente-se no dever de comunicar isso ao
seu grande mestre e para isso vai visitar o diabo
no inferno, que se revolta contra ele", diz Celso
Borges.
Ficha técnica
Direção,Figurino, iluminação e ,e'1Pgrafia:CharlesMelo
Elenco: Erivan Nery, Luís Ferrara, Raimuntlo Re'
Ruan doValle
Fotografia: Evandro Martin
e
Sinopse
O texto A mais Forte, d August Strindberg,
mergulha no universo psicológico
feminino,
abordando confiitos relacionados aos valores
morais da sociedade do inicio do século XX.
Reportando-se o lugar da mulher nesse contexto,
sugere discus ões sobre monogamia, matrimonio e
familia. O espetáculo aprofunda-se no debate
acerca as relações matrimonias e na fidelidade,
por eio da exploração do texto e sua poética
oa rativa, usando o corpo como substrato para a
onstrução de imagens.
Ficha Técnica
Direção e Iluminação: Abimaelson Santos
Elenco: Evenice Neta, Jobson Viana, Karen [ristini, Karla
Fonseca, Leuise Furtado,
Ediçãoe som: EdemarMiqueta
Lidya Ferreira, Mí,heli 8arros, PryS[llia Carvalho
Duração: 50 mio
Caracterização: Pacto Coletivo de Teatro
Duração: 50 min
Classificação:18 anos
2Dh - O Menino mais rico do mundo (SP]
lDh: Palita no Trapézio
Local: Teatro Arthur Azevedo
Cia de Teatro Miramundo (MA)
Local: Teatro Arthur Azevedo
Sinopse
Tudo que está ao nosso redor passa a ter um
significado diferente se reciciarmos o nosso olhar.
O espetáculo O Menino mais rico do mundo
representa
a habilidade
de um menino em
aproveitar
cada pequena oportunidade
para
transformar o que não serve em novos estimulos
de vida. Assim o personagem desperta na criança e
no adulto a consciência de que melhorar o mundo é
melhorar a si mesmo.
Ficha Técnica
Direção: Bete Rodrigues
Elenco:Danilo Dal Farra
Texto e canções: Xíco Abreu
Cenário: Yohana Back
Fotos: Gustavo Mendes
Produção: Laila Guedes
Classificação: livre
Sinopse
A pai aça Palita Presepada está sem trabalho e
sem ter onde dormir ma vaga de trapezista no
irco é sua 'nica chance. Desesperada para
entrar no circo do grande trapezista Jack Jones,
Paiita desafia o trapézio, que do alto de sua
superioridade a ignora sereno. O espetáculo vai
buscar na comicidade e na acrobacia, a união
perfeita para encantar e divertir "crianças de
todas as idadesl"
Ficha Técnica
Concepção E pesquisa de (omicidade: Mjehelle [abra!
Elenm: Miehelle Cabral, Ricardo Torres
Treinamento Acrobático: Irê Amaro
Roteiro: Miche!le Cabral e Irê Amaro
Iluminação e Operação de luz: Nina Araújo
Sonoplastia: Alan FonSEca
Operação de Som: Diana Mattos
Figurino e Boneca: Ana Paula Brasil
Maquiagem: Marcella Andriotti
*Sessão para escolas agendadas
3 de abril lquintal
16h: ARada
Companhia do Quintal (SP]
Local: Praça Valdelino Cécio
17h: Dlirande Circo dos Irmãos Saúde
Circo Teatro Artetude [DF]
Local: Largo do Carmo [Desterro)
Sinopse
Os palhaços Adão e Gastão são dois artistas
mambembes que apresentam números artístícos
em uma roda de rua. Entre sucessos e fracassos,
passeiam por várias formas de arte. Logo
constatam que esse espetáculo precisa de mais
artistas e, em busca de novos talentos, convidam
o público a se expressar artisticamente. Passam
então a instigar a plateia a experimentar ess
abismo divino da expressão artística.
Ficha técnica
[oncepção: Paulo Federal
Elenco:Paulo Federal e Danilo Dal Farra
Produção: Laila Guedes
Duração: 60 mio
Classificação: Livre
17h: Da licença minha gente
Grupo Cutucurim (RJ]
Local: Praça Nauro Machado
18h: Loucas por amor
Grupo Aplauso (MA]
Local: Teatro João do Vale
Sinopse
Inspirado na obra ae Patativa do Assa é o
espetáculo narra a história de um poeta popu a
que acaba de chegar à praça principal de uma
cidade para dizer seus versos e ganhar o pão do
dia. A praça está ocupada por três mendigos,que
brigam por comida e se divertem á custa da propria
desgraça. Para conseguir respeito, o poeta conta
histórias e envolve os moradores da rua no. seu
jogo de ficção.
e forma a sa a e os infortúnios de
êmeas
olteironas.
Ao serem
empregos, as duas se veem
nfo' se deixam abater. A sorte
mostra es ar a favor das irmãs quando conhecem
os homens dos seus sonhos. Neuróticas e
apaixonadas, cometem as maiores loucuras e
passam por diversas situações
hilárias e
inusitadas.
Ficha Técnica
Concepção e Encenação: Christina Streva
Dramaturgia:
Rosyane Trotta
Elenco: Evelyn Ramos, João Vitor Novaes, Mário dos
icha Técnica
Direção: Irmãos Saúde.
Elenco:Ankomárcio Saúde, Ruiberdan Saúde e Pablo Ravi
Anjos e Monique Eucário
Músicos: Daniel Souto e Moacir Saraiva/ Direção musical:
Maro(colo.
Beto Lemosf Preparação Vocal:Adren Alves
Coordenação Geral:Ankomárcio Saúde Rodrigues.
Direção Musical: Pablo Ravi Marocco!o.
Direção de movimento: Orlando Caldeira
Figurino: Daniele GeammalJ Cenografia: Carlos Alberto
Produção: Ruiberdan Saúde [aetano
Parceiros: Grupo [ultural Pé de [errado.
NunesfVisagismo: Mona Magalhães
Produção: João Vitor Novaes
Duração: 45 mino
Ficha Técnica
Direção: Mayanne Kallink
Elenco: May Kallink, Deborah Beckman, Renan
8eckman, Marcus Oween, Nádia [os ta, Andréa Barros,
James Pierre, Francinete Silva, Gabriel Sebastian,
ConceiçãoMelo.
Cenografia: Mayanne Kallink e Deborah Beckman
Iluminação Deborah Beckman
Figurino e maquiagem: Mayanne Kal1ink
Duração: lhlOmin
Classificação: 12 anos
3 de abril lqUintal
19h: Dona Derrisão
Cia Petite Mort (MA)
Local: Teatro Alcione Nazaré
Sinopse
Osvaldo está sem roupa pegando chuva numa
parada de ônibus. É um portador do Mal de
Alzheimer que não percebe que está em tal
situação. Sob sua perspectiva, tudo parece estar
normal, embora nada faça sentido. Sua memória
vai se apagando e sua vida vai se perdendo em
devaneios. Seu Eu se descola do corpo e ele s.
torna um personagem do Teatro do Absurdo
envolvido num drama real.
Ficha Técnira
Texto e direção: Igor Nascimento
Elenco: Luís Ferrara e Nuno lilah Lisboa
Iluminação: Estevão Nunes Feliz
Trilha: Nuno lilah Lisboa,
Nascimen
Augusto
Direção Musical: Nuno LilatrDsboa
Cenografia: 19or Nasci eilto
Duração: 60 mio
)Dr
4
de atril '(sextal
19h: Demonstração
e Relato de Experiência:
Dança Teatro Balinesa. "Topeng Keras
Luana Michelotti [RS)
Local: Espaço DRAD(Rua do Ribeirão, 279 - Centro).
ZOh: Olho
[ia Teatral Oopsl.. (GO]
Local: Teatro Arthur Azevedo
17h: Circo Trupiada
Trupe Circuluz de Artes [PE]
Local: Largo do [armo (Desterro)
Sinopse
"Topeng" em Bali significa áscara, e corresponde
a urydos
estilos d atuação com máscaras
exlstentes nesta 11 a~a Indonésia.
"Keras" [que signi ca "duro", "difícil"] ou "Primeiro
Ministro" é um personagem tradicional deste
teatro. [aU personagem do "Topeng" executa uma
danç. .órtanto a demonstração constitui uma
Gore afia de movimentos aitamente codificados,
qu mostra a preparação do personagem "Topeng
ras" para ir ao castelo .do rei. Nesta
demonstração a atriz também compartilha as
experiências sobre o uso da máscara nessa cultura
através de debate, mostra de vídeos e Fotos.
Sinopse
Adaptação do Conto "Coração Delator" de Edgar
Allan Poe, Olho é um espetáculo que busca
preservar a essência narrativa do corito, mantendo
uma elementos do "no ir", do conto policial e do
terror. Ao texto inicial, são incorporados trechos de
escritos de Artaud, Shakespeare e Bacon. No
espetáculo, a personagem cumpre uma espécie de
ritual, repetindo as mesmas ações durante sete
noites no mesmo horário: meia-noite.
Sinopse
Trabalho cênico q e mistura canto, música e
personagenS'"da cultura popular com o circo. Os
palhaços-brincantes Fazem seus malabarismos,
brincadeiras, pena de pau e envolvem ao seu
terreiro de brincadeiras o bumba-boi, encantados,
animais,
tantos
elementos
quanto
sua
imaginação palhaceira desejar. Transformam a
roda de rua em terreiro, terreiro em roda onde
todos podem brincar. Reunindo na mesma
encenação a força da expressão popular.
Ficha Técnica
Direção e performance: Luana Michelotti
Duração:60 min
[lassif1cação: Livre
Ficha Técnica
Direção:IvanLima
Ficha Técnica
Elenm: João 80S[0 Amaral
Cenografia: Jeová de Lucena
Iluminação: João 80s[O Amaral
Figurino: Uno [alaça
Concepção e Direção: Raquel Franco
Elenco: Raquel Franco e lure Ura
Figurino: criação coletiva
Classificação: livre
Maquiagem: João Bosco Amaral
Duração: 50 min
!
i
4 de abril '(sexta)
17h Brincadeira de Circo
Grupo Circo-teatro Artetude [DF]
Locai: Praça Nauro Machado
18h: Post.mortem
• ORA0
[IN]constância
[MA]
Local: Teatro João do Vale
Teatro
da
Sinopse
"Brincadeiras de Circo" reúne cinco palhaços que
revivem
a magia do circo tradicionai.
Especialmente voltado para a valorização do
teatro de rua e do "brincar" popular. D espetáculo
é rico em elementos como canções populares,
jogos acrobáticos, mágicas, brincadeiras de roda,
equilibrismo, maiabarismo e muita confusão.
19h: O Exílio do Poeta
Theatro Careta [MA]
Local: Teatro Alcione Nazaré
19h: Velhos Caem do Céu como canivetet""
Pequena Companhia de Teatro [MA]
Local: Sede da Pequena
Companhia
de
Teatro
Rua do Giz, 295 - [entro (próximo a Escolade usieal
Sinopse
Exílio do poeta é uma biografia cênica que conta a
trajetória
de Gonçalves
Dias, desde seu
nascimento, perpassando suas viagens, perdas,
casamento e as emoções causadas pelo seu
grande amor.
Sino se
Ficha Técnica
Autor: Maciel Mourão
Direção:Jean Pessoa
Elenco:Maciel Mourão
Sonoplastia: Jean Pessoa
Ficha Técnica:
Cenografia: Criação coletiva.
Texto: Felipe Correa
Iluminação: Oyellison Lima
Adaptação e direção: Ivy Faladeli
Figurino: Francisca Régia
Elenco: André Damas, Felipe [orrea, Flavia Melo, João
[osme, Juliana [utrim, Thais Noleto, Roberto Araujo,
Maquiagem:Sandra Nunes
Rogério Vaz
Cenárioe iluminação: Ivy Faladeli
Duração: S5 minutos.
[Iassificação: 14 anos.
n I. d
onto de Gabriel García Márquez,
«Um Senor muy Viejo com Alas Enormes», a
narrativa apresenta um ser alado que cai em um
quintal e altera a rotina do morador da casa. Um
ser alado e um ser humano: dois personagens no
abismo de suas percepções, preconceitos, medos
e dúvidas. Assim, o espetáculo disponibiliza um
espaço para a reHexão e discussão sobre o direito
às diFerenças e as consequências produzidas
pela miséria e pelo exílio.
Ficha Técnica
Direção: Marcelo Flecha
Elenco: Cláudio Mar[oncine
e Jorge Choairy
Produção: Katia Lopes.
Classificação:14anos
*Ingressos limitados (50 por sessão]
4 de abril -(sexta)
o
ZDh: Corcunda de Notre Oame
[ia das Artes Tetê Nahas (SE)
Local: Teatro Arthur Azevedo
Sinopse
D Corcunda de Notre Oame", musical adaptado do
texto de Victor Hugo, é uma aventura que fala de
amor, amizade e respeito além dos preconceitos.
A história é contada por vinte atores, que além de
encenarem, cantam belas canções ao vivo e
executam coreografias num cenário que remet a
Paris do século XVI.
Ficha Técnica
Concepçãoe direção:
Tete Nahas
[Iassificação: Livre
5 de abril -(sábada )
lBh: (W)RRAL - Solo com Gê Viana (MA)
Local: Teatro João do Vale
Sinopse
([u]rrall é um espetáculo que estabelece uma
relação visceral entre o corpo da performer e
os corpos e a i ais que vivem em cativeiro.
A estétiE
o [ra alho convida a uma rellexão
sob
mutação,
acasalamento
e
con
. Deslocando-se
entre o belo e o
e£c , a performer lança um olhar sobre o
ortamento
humano
em lugares
hados.
Ficha Técnica
Direção, elenco e cenografia: Gê Viana.
Iluminação:Thyago Cordeiro
Sonoplastia: OaniloAndrade Santos.
Vídeo making: Dinho Araujo
Produção: Oinho Arauio e Kaká Farias.
Classificação:14 anos.
*lngressDs limitados
19h: Brincando de [irro
Ou-Nada Circo Teatro Itinerante
Local: Teatro Alcione Nazaré
[MA)
Sinopse
«Ou-nada» surgem vários artistas em cortejo,
tomando conta do espaço cênico e antando um
repertorio de musicas circenses. Um de es segura o
megafone durante o cortejo, este é apresentador.
Ele começa apresentar o grupo, mas se empolga
demais, e para impedi-lo o mágico tira a sua voz.
Então ele vai tentar achar uma outra maneira de
brincar de circo, apresentado todos os membros da
trupe.
Ficha Técnica
Direção e cenograna coletiva
Elenco: Gilson César, Maria Itskovich, Jeifson Neves,
Flavio Amorim, [leitOR Araujo e Benjamin de Sousa
Duração:45min
Classificação: Livre.
19h: Velhos Caem do Céu como [anivetes/
Pequena Companhia de Teatro (MA)
Local: Sede da Pequena
Companhia
de
Teatro
Rua do Giz,295 - Centro (pró imo a seola de t1úsica]
Inspl
«Um Senor muy Viela com Alas Enormes», a
narrativa apresenta um ser alado que cai em um
quintal e altera a rotina do morador da casa. Um
ser alado e um ser humano: dois personagens no
abismo de suas percepções, preconceitos, medos
e dúvidas. Assim, o espetáculo disponibiliza um
espaço para a rellexão e discussão sobre o direito
às diferenças e as consequências produzidas pela
miséria e pelo exílio.
Ficha Técnica
Direção:Marcelo Flecha
Elenco:Cláudio Marconcinee Jorge Choairy
Produção:Katia Lopes.
Classificação:14 anos
*Ingressos limitados (50 por sessão)
5 de abril lsábada}
ZOh: Pão com ovo
Da. Santa Ignorância (MA)
Local: Teatro Arthur Azevedo
6 de atril '(daminQa)
19h: A Descoberta das Américas
Solo com Julio Adrião (RJ)
Local: Teatro Arthur Azevedo
17h: D Circo Pequenino
Grupo Pé de Fulô Teatro e Bonecos (MA)
Locai: Teatro João do Vale
DU11tAS PlmCRAMAço~S
01/04 (terça-feira)
20h: Solenidade
Arthur Azevedo
de A
Entrega do Troféu "Apolônia Pinto" às
atrizes Leila Nascimento,
Lúcia Nascimento e i!.eda Nascimento e
ao cenotécni/'i1ton
Gonçalves
\
i
~ I'
!! li..
i'
i~
,I
Sinopse
A peça conta a história de duas personagens,
Dijé, moradora de um bairro periférico,
e
Clarisse, uma emergente alpinista social.
Amigas de escola, se reencontram anos
depois e falam de coisas engraçadas do
cotidiano das suas vidas, retratando de
forma bem humorada e crítica o atendimento
nas empresas e os hábitos e costumes de
determinadas classes de São Luís.
. A menina vai realizar o
seu próprio circo. Para criar
ao daqui e dali os obietos que se
Sinopse
Júlio Adrião é um Zé ninguém de nome Johan
Padan. Rústico, esperto e carismático, escapa da
fogueira da inquisição embarcando, em Sevilha,
numa das caravelas de Cristóvão Colombo.
No Novo Mundo, nosso herói sobrevive a
naufrágios, testemunha massacres, é preso,
escravizado e quase devorado pelos canibais. Com
o tempo, aprende a língua dos nativos, cativa-os e
safa-se fazendo "milagres" com alguma técnica e
uma boa dose de sorte
FichaTécnica
Textooriginal:DarioFo
Adaptação: AlessandraVannu[[i e JulioAdrião
Direção: Alessandra Vannu(ci
Iluminação:JoãoSouza(Indio]
Iluminação:Luiz AndréAlvim;Operaçãode Luz: Guiga
Ensá
Figurino:PriscillaDuarte
Sonoplastia: Drika de (astro
Produção: Thais Teixeira
Manipulaçãode bonecos (cabeção] para recepçãodo
Realização:JúlioAdrião ProduçõesArtisticase Em
público e contra. regra: Uvia Meireles e Huanna Challla
Cartaz Empreendimentos
Ficha Técnica
Concepção e performance: Sandra [ordeiro
Culturais
03/04 (quinta-feira)
Bh: Lançamento
de Livros
'Trangressões
Estéticas e Pedagogias
do Teatro", de Abimaelson Santos"
"Entre o Chão e o Tablado" , de
Lauande Ayres
"Histórias de Riso e Circo", de Michelle
Cabral
Local: Centro de Artes Cênicas do
Maranhão- CACEM
TAB~lAD~DACINAS
R~l~AS£ DAS DACINAS
OFICINA
Máscaras: neutras, larvárias e balinesas
Máscaras Neutras, Larvárias e
Balinesas: Preparação Corporal
e Jogo
Teatro Musical: o performer
criador
o Ator
Bailarino e o Bailarino
Ator
Workshop: Processo criativo de
«A Descoberta das Américas»
Por Trás da Cena
Princípios Técnicos e Orgânicos
da Voz
Técnica Avançada de Perna de
Pau
Confecção de Bonecos
I
Preparação
Técnica Avançada de Perna de Pau (Marco Aurélio
Corporal e Jogo [Luana Michelotti - RS)
Feresin Jr. EJúlio [és ar Macedo - DF)
Oficina de preparação psicofísica do ator para o porte da
Trata se de uma olicina prática,
onde serão
desenvolvidas técnicas avançadas de perna de pau
(como cair e levantar-se com a perna de pau sozinho).
Em termos de deslocamento, serão abordadas as
possibilidades de subir e descer escadas, correr e pular,
além de elementos especílicos, tais como parada de
mão, ponte e abertura.
máscara a partir de elementos de dança da cultura
popular do Brasil, SaU e Oriente Médio; mimo corpóreo;
terapias corporais entre outras técnicas.
Teatro Musical [Daniel Salve - SP)
.0 foco desta oficina é despertar nos performers o senso
de identidade criativa, desenvolver suas habilidades
latentes
e ampliar os horizontes
artísticos
e
profissionais, fazendo com que o aluno se compreenda
melhor como artista.
o Ator Bailarino e o Bailarino Ator [Teté Nahas - SE)
A oficina visa estimular a descoberta da expressão
corpórea através da dança, auxiliando o ator na
composição e construção dos personagens, através de
aquecimento corporal e vocal, expressão corporal e
jogos dramáticos.
Por trás da Cena [João Miguel e Cristina Moura - RJ)
Voltado para atores e não atores, a olicina propõe uma
discussão prática sobre os diversos aspectos que regem
o processo criativo. Neles serão trabalhadas a presença,
os impulsos e o trabalho físico do ator, baseado em
treinamentos, caminhos de memória, princípios do
trabalho de healing [criado por Isis Pristed).
O Processo de Criação: o Ator
em Eterna Construção
Princípios técnicos e orgânicos da voz (Jonatas Tavares
Liberdade e potência do ator
A olicina volta-se para texto, palavra e imagem;
construções cênicas individuais e em coro a partir do
estímulo vocal.
- GO)
Confecção de Bonecos [Sandra Oliveira - MA)
Confecção de boneco de luva e manipulação de boca,
empregando a técnica de marche.
D Processo de [ri ação - D Ator em Eterna Construção
[João Bosco - GO)
A olicina visa dar ao aluno uma visão panorâmica do
trabalho do ator teatral ao longo das épocas teatrais,
passando pelos diversos estilos cênicos, tais como a
tragédia e a comédia grega, teatro medieval, comédia
dell'art, drama burguês, teatro épico, realista e
contemporâneo.
liberdade
SP)
e Potência do Ator [Oanilo Dal Farra Ribeiro _ .
A vivência tem como objetivo explorar a potenoa
individual de cada ator para chegarmos, juntos, através
da afirmação dessa potência e da dilatação cênica de
estado corporal, a um estado de liberdade criativa.
Workshop: Processo criativo de «A Descoberta
Américas» (Júlio Adrião - RJ)
das
CIRCUlAÇÃO
~sMU~'CÍPIOS
PROGR~MAÇÃO
I
•
•
ICATÚ
COUNAS