III Caderno de Tendências 2014/2015

Сomentários

Transcrição

III Caderno de Tendências 2014/2015
III Caderno de Tendências
2014/2015
Apresentação . 21/08/2014 . ABIHPEC . Goiânia/GO
"Esperamos que esta edição sirva de
inspiração para geração de negócios,
apontando novos caminhos para o
sucesso e crescimento do setor".
JOÃO CARLOS BASILIO, Presidente da ABIHPEC
"Este Caderno consolidou-se, ao longo do
tempo, como referência fundamental
para o planejamento da linha de
produtos das empresas do Setor".
MAURO BORGES, Presidente da ABDI
"São informações preciosas para poder
direcionar as empresas para as novas
oportunidades de trabalho e a definição
de estratégias".
LUIZ BARRETTO, Presidente do SEBRAE
III Caderno de Tendências – 2014/2015
O QUE VEREMOS ?
I- As inovações ocorridas em 2012
II- Os Principais Movimentos Globais
III- Tendências em Bem-Estar e Moda
IV- O Brasil e os Consumidores
V- Visão Geral do Mercado de HPPC
VI- Tendências e Inovações por Macro Categoria
VII- Sustentabilidade no Setor
VIII- Inovações e Embalagens
I
I- As inovações ocorridas em 2012
O ano de 2012 x II Caderno 2010/2011
conceitos
produtos
Canal de
vendas
Todos estes itens estão interligados e
interdependentes.
I
I- As inovações ocorridas em 2012
conceitos
 A Nova beleza, a excentricidade, a personalidade individual em alta;
 ‘Toque Seco’, Produtos faciais, para Peles Mistas e oleosas, apelos de ‘oil free’;
 Argan e Óleos especiais = tecnologia + ingredientes naturais
 A Nanotecnologia
 O efeito ‘Salonização”, produtos com apelo profissional para o consumidor final.
 A expansão do consumo de luxo, indulgências, experiências memoráveis,
luxo acessível, produtos com +valor agregado
 A Beleza Móvel
 O destaque da cor AZUL, em maquiagem e coloração
I
I- As inovações ocorridas em 2012
produtos
TRESemmé, Unilever
Pro-Series, Wella
I
I- As inovações ocorridas em 2012
Canal de
vendas
A Nova Classe Média > produtos que valorizem mais e mais: a
sua identidade e o seu dia-a-dia como executiva > maquiagem e perfumes
essenciais em suas 'nécessaires'
Sephora- SP- JK Iguatemi
Granado SP- Sh.Ibira
Quem disse –SP-Sh.Paulista
Phebo RJ-Village Mall
II
II- Os principais movimentos globais
'A melhor maneira de anteciparmos o futuro é
bem compreendermos o presente'
John Naisbitt, autor de Megatrends 1982
! Os 05 Vetores que estão moldando o
comportamento do novo Consumidor:
II
II- Os principais movimentos globais
1 CO ...
COlabora, COopera, COmpartilha...
2 O Pequeno é o novo Grande... (“Preciso mesmo disso?”)
embalagens menores, casas menores, carros menores...
 3 O Novo Homem > Confortável em se assumir Metrosexual,
usar cremes, fazer depilação, tingir cabelos, cuidar da casa...
 4 O Estresse e o Cansaço é um mal mundial , Correria,
poluição, violência, excesso de estímulos, pessimismo...
 5 O Domínio Digital, Dependência de gadgets, smartphones,
iphones, tablets, apps
II
II- Os principais movimentos globais
Os 05 Vetores 2013,14,15...
1 CO ...Colabora,Coopera,Compartilha
2 O Pequeno é o novo Grande...
3 O Novo Homem
4 O Estresse e o Cansaço é um mal mundial
5 O Domínio Digital
As 10 Macro Tendências
2014
1. Relacionamento Digital, Engajamento
Social
2. O Poder da Parceria (“Peer Power”)
3. Fidelização Personalizada
4. Privacidade x Exposição Pública
5. Celular como Impressão Digital
6. Objetos Inteligentes
7. Tudo é Varejo!
8. Jogos como vantagem competitiva
9. Experiências Sensoriais
10. A Era do Super Estresse
II
II- Os principais movimentos globais
1. Relacionamento Digital, Engajamento Social
Nas relações virtuais, todos são
formadores de opinião, podem
promover ou criticar uma marca
através de blogs, mídias sociais,
fóruns, sites de reclamação e
outros.
II
II- Os principais movimentos globais
2. O Poder da Parceria (“Peer Power”)
parceria/associação e trabalho em grupo
sucesso de um negócio
Tendência em Expansão global há + de 4 anos graças às
•
Redes Sociais
• Geração Y
• Necessidade de
vender e comprar
II
II- Os principais movimentos globais
3. Fidelização Personalizada >
informação de dados
as marcas tenderão a conhecer e segmentar seu target,
oferecendo mais serviços personalizados,
 comunicação dirigida,
otimizando assim os custos com análise de dados.
II
II- Os principais movimentos globais
4. Privacidade x Exposição Pública
Era de Vida Pública = identidade vibrante digital
X
Criatividade Busca de privacidade = nova noção de privacidade do séc. XXI
Curtir
Compartilhar
Instagram WhatsApp
IOS LinkedInn Viber ...
II
II- Os principais movimentos globais
5. Celular como Impressão Digital
Nossos smartphones se tornarão
as impressões digitais de fato à
medida que evoluem em
'carteiras', chaves, consultores de
saúde e muito mais.
TODA NOSSA IDENTIDADE EM UM SÓ LUGAR!
II
II- Os principais movimentos globais
6. Objetos Inteligentes
Objetos do cotidiano tornam-se mais
'espertos' do que os seus proprietários
A Casa inteira equipada com uma
tecnologia "inteligente" para tornar a vida
mais fácil e livre de estresse.
equipamentos cada vez mais
integrados à nossa rotina de
cuidados pessoais, também.
II
II- Os principais movimentos globais
7. Tudo é Varejo!
Proposta de valor que
pode se aplicar em várias
e novas maneiras inovadoras
Uma vez que quase tudo pode ser
um canal de varejo, em grande
parte graças à tecnologia móvel, as
marcas devem ficar cada vez mais
criativas em onde e em como
vender seus produtos.
II
II- Os principais movimentos globais
7. Tudo é Varejo!
BELEZA MÓVEL
‘vending machine’ não são mais
apenas para vender cupons de
cinema; e, que ‘drivethru’ não serve
apenas para oferecer sanduiches.
II
II- Os principais movimentos globais
8. Jogos como vantagem competitiva
Game design ganha impulso em 2013
Ex: Comercial ‘Quem disse Berenice?’
Facemaker
As empresas que usarem o poder do jogo em
comunicações internas e com seus consumidores,
vai sobreviver à concorrência.
As pessoas querem e precisam brincar mais!.
II
II- Os principais movimentos globais
9. Experiências Sensoriais
Experimentamos o mundo através de apenas cinco sentidos simples
(tato, olfato, paladar, visão e audição).
As técnicas de marketing sensoriais vão se tornar mais complexas.
Há que se unir CONCEITO + PRODUTO = EXPERIÊNCIA
II
II- Os principais movimentos globais
9. Experiências Sensoriais
Há que se unir CONCEITO + PRODUTO = EXPERIÊNCIA
Relaxed and Spiritual ZEN SOUNDS CONCERTO FLUTUANTE
(by Ana Isabel Figueira, em www.trendalert.me)
II
II- Os principais movimentos globais
10. A Era do Super Estresse
II
II- Os principais movimentos globais
10. A Era do Super Estresse
 A longa crise financeira mundial, acarreta em pouca
perspectiva a curto e médio prazos;
 A sobrecarga de informações e as Multitarefas foram
acrescentando sofrimentos em nossas vidas ao longo dos
últimos quatro anos;
 Acarretando na busca por espaços e atividades relaxantes,
melhor qualidade de vida e o conceito da experiência (SPA's
e Clínicas de Estética). Saúde = Felicidade
Diversas pesquisas demonstram o quanto a felicidade influencia a saúde
física, melhorando a longevidade .
II
II- Os principais movimentos globais
MEGATENDÊNCIAS DE COMPORTAMENTO PARA 2015
 DIY Do.It.Yourself (Hack-tivate) - Video
 Há uma nova geração de 'makers' e DIY design, onde
qualquer um pode criar.
 A busca é por alternativas que são mais amigáveis à
comunidade e sustentáveis do que às atuais fábricas.
 O Hack Design cria algo novo, melhor executado e adaptado
às necessidades do povo. O canal de assinatura 'Bem
Simples' é um bom exemplo deste movimento.
E isto abre possibilidades enormes a pequenos e médios empreendedores!
II
II- Os principais movimentos globais
MEGATENDÊNCIAS DE COMPORTAMENTO PARA 2015
 Experiência e Interação (Living Design) – Video
 Uma nova abordagem do design para um mundo em
transformação.
 É sobre objetos que comunicam idéias por meio de sua
aparência, toque e interações.
 São produtos que ganham vida, as superfícies ganham pele,
as formas se tornam macias e arredondadas.
II
II- Os principais movimentos globais
MEGATENDÊNCIAS DE COMPORTAMENTO PARA 2015
 Sensibilidade e Emoção (O romance no séc.XXI) – Video
 Estamos na era em que o mundo está se transformando mais
rapidamente do que jamais pudemos imaginar e providenciando
novos estímulos para o design.
 O movimento ainda está iniciando, é uma evolução do
modernismo e pós-modernismo.
 As fontes são a ciência, a natureza, o artesanato e a composição
de elementos de design contraditórios.
 Como o romantismo do século XVIII, a nova versão celebra a
espiritualidade, a natureza, a emoção, a autenticidade e a
imaginação.
III
III- Tendências em Bem-Estar e Moda
É importante imprimir aos conceitos de moda, a preocupação com
bem-estar e alegria
drivers de 'saúde e felicidade'.
Ter uma vida saudável com felicidade, enxergando as conexões
entre
corpo
mente
espírito
"Saúde não é tudo, porém, sem ela, o resto não é nada."
Dr. Filippo Pedrinola, endocrinologista
III
III- Tendências em Bem-Estar e Moda
03 Principais Conceitos para Verão 2014/2015
1- Tradições Recriadas
2- Sensualidade Vibrante
3- Experiência e Transformação
III
III- Tendências em Bem-Estar e Moda
1- Tradições Recriadas
- Art Nouveau é o estilo essencial.
- Palavras Chaves:
. Recriar, Tradição, Contraste de cores,
Cromado, Manufatura, Rendas, Bordados,
Formas da natureza, Flores, Florais,
Refinado, Madrepérola, Furta-cor, Década
de 1950, Divas da década de 1950, Retrô,
Rock-and-Roll, Alegria.
III
III- Tendências em Bem-Estar e Moda
2- Sensualidade Vibrante
- Essencial: traços curvilíneos, opulência,
extravagância e luxo.
- Palavras Chave: Sensualidade, Curvas,
Ritmo, Movimento Ondulado, Efeito Óptico,
Sensação 3D, Cor, Exuberância, Barroco, Luxo,
Brilho, Pedraria, Dourado Brilhante, Dourado
Envelhecido, Laço, Glitter
III
III- Tendências em Bem-Estar e Moda
3- Experiência e Transformação
- Art Decô (linhas retas) é o conceito básico
deste tema.
- Palavras Chave:
. Experimentar, transformar, Floresta, Mimetizar,
Preservar, Camuflar, Harmonia, Adornos, Penas,
Sementes, Miçangas, Contraste de Cores, ClaroEscuro
III
III- Tendências em Bem-Estar e Moda
Cores destacadas para o Verão 2015
-Cabaret
-Fairy Tale
-Pastel Blue
-Greenery
-Eden
-Blue Curaçao
-Lime Punch
-Tigerly Ketchup
-Espresso
-Dandelion
-Blanc
-Alaskan blue
-Deep ultramarine
IV
IV- O Brasil e os Consumidores
Focos
1. O Envelhecimento da população
2. Mulheres mais instruídas
3. A Nova Classe C
4. A Geração Z
IV
IV- O Brasil e os Consumidores
. O Brasil e o Censo 2010
A população do país deve
continuar a crescer por mais
duas gerações até os anos
2030.
Depois, poderá estacionar ou
até diminuir.
IV
O Público Senior ou a 'Nova Terceira Idade'
-Hoje, temos três vezes mais brasileiros acima de 65 anos do que há meio
século.
-E quase trinta mil passaram dos 100 anos.
IV
Foco 1: .O Envelhecimento da população
. Transformações no mercado de produtos e serviços.
. Com mais adultos e idosos, são esperadas mudanças nos
serviços de saúde, na construção civil, em lazer e beleza (higiene
pessoal, perfumaria e cosméticos).
- 92% das mulheres na terceira idade consomem cosméticos
- e 57% compram produtos de maquiagem.
- São os principais consumidores do 'novo luxo‘.
IV
Foco 1: .O Envelhecimento da população
-
Querem se sentir atraentes e com direito ao lazer!
IV
Dois movimentos em sentidos opostos:
O mais visível é o aumento da expectativa de vida do brasileiro.
70 anos >1999
73 anos > 2009 75,5 anos > 2050
atenção! Esses dados são conservadores e poderão mudar no censo 2020.
O segundo movimento é o encerramento cada vez mais precoce
das carreiras corporativas.
Os 70 anos de hoje, portanto, são os novos 50 anos de 1990.
E os cuidados com a aparência são imprescindíveis!
IV
Foco 2: . Mulheres são mais instruídas que homens e ampliam
nível de ocupação
 Cinco em cada 10 brasileiras = são mais fiéis às marcas
atualmente do que no passado;
 Na hora da decisão, a prioridade é pela qualidade: 63,7% das
brasileiras se preocupam mais com o produto do que com o
preço, 18,5% buscam qualidade;
 Entre as consumidoras que adquirem produtos de beleza com
certa frequência, sete em cada 10 compram pelo menos duas
vezes por mês;
 Perfume e desodorante (60,6%), limpeza facial (52,3%), tintura
para cabelo (51,7%) e protetor solar (50,3%) são os produtos
mais comprados levando em conta a marca.
IV
Foco 3: . A Nova Classe C
Parcela em ascensão na população > busca por
qualidade de produtos e bom atendimento
Buscam multifuncionalidade nos produtos que
adquirem. São os chamados de “X em 1”
A beleza ocupa um espaço importante da autoestima
das mulheres da classe C
IV
Foco 3: . A Nova Classe C
Segundo o jornal ‘Folha de SP’, de 13/07/14:
Classe C já não é motor do gasto em supermercado;
Inflação e endividamento pesam;
Inversão ocorre depois de cinco anos;
 “Os fabricantes investem em propaganda, inovação e
precisam e precisam retirar retorno disso. A ideia
é agregar valor ao produto para não depender
tanto de preço.” (Ilo Souza, Instituto Nielsen)
(...)Quando o valor dos produtos que costumam
comprar sobe, quase 70% dos consumidores dizem
procurar uma marca mais barata.
IV
Foco 3: . A Nova Classe C
Comportamento de Consumo
 Consumo fundamentado - precisa de uma motivação
•
buscam bem-estar, conforto e tudo que os direcione a ter qualidade de vida
e menos estresse.
•
Consomem Produtos + Serviços = Experiência
IV
Foco 3: . A Nova Classe C
Consumo compensatório – a nova classe C > jovens >
consumidores dos produtos de HPPC > preocupados com suas
aparências e valorizando mais a vaidade e autoestima >
compensação pelo tempo que não tiveram acesso.
IV
Foco 3: . A Nova Classe C
Consumo Hedonista – Este público se permite desfrutar da
melhor qualidade de produtos, além da sofisticação das artes,
assegurando seu pertencimento a um alto nível sociocultural.
Buscam o luxo do simples ao sofisticado, do clássico ao
moderno, do romântico ao artístico, desde que os produtos sejam
personalizados e exclusivos.
IV
Foco 4: . A Geração Z
Pessoas nascidas de 1991 a 2000.
Idade entre 12 e 22 anos.
Essa geração corresponde à idealização e nascimento da
World Wide Web
A grande nuance dessa geração é zapear.
IV
Foco 4: . A Geração Z
As celebridades são importantes e influenciam na decisão de
compra; sabe o que quer e valorizam marcas divertidas e
inovadoras.
IV
Foco 4: . A Geração Z
IV
Foco 4: . A Geração Z
IV
Foco 4: . A Geração Z
Em suma:
 Preocupados com moda e estilos,
 procuram manter cortes de cabelos atualizados e
roupas personalizadas, customizadas.
 Cor é um fator de destaque nas unhas e nas
maquiagens.
 Apliques de mechas coloridas valorizam o estilo, para
as jovens.
 60% se preocupam com a beleza.
V
V- Visão Geral do Mercado de HPPC
Os Mercados Internacionais, Emergentes e o Setor de HPPC
Peru, Chile, Colômbia, México
Esses países precisam de produtos com maior valor
agregado.
Em geral, preferem produtos com múltiplos benefícios.
V
. Sobre o Peru
Oportunidades: hidratantes com ingredientes
clareadores, máscaras fortalecedores de cílios,
anti-aging com proteção solar, shampoos para
problemas específicos dos cabelos.
V
. Sobre o Peru
O principal canal de vendas é o de 'Vendas
Diretas'.
Tendência de crescimento até 2016: Produtos
Infantis, Depilatórios, Fragrâncias, Produtos para
Pele.
V
. Sobre o Chile
Oportunidades: fragrâncias, maquiagem,
protetor solar, produtos masculinos para pele.
V
. Sobre o Chile
 O principal canal de vendas é o de 'Vendas
Diretas'.
 Tendência de crescimento até 2016:
Maquiagem, Fragrâncias, Produtos para Pele.
V
. Sobre a Colômbia
Oportunidades: Produtos para o Público
Masculino, Protetor Solar com múltiplos
benefícios (base, antiageing) , Produtos
Antiacne.
V
. Sobre a Colômbia
O principal canal de vendas é o de
'Vendas Diretas'.
Tendência de crescimento até 2016:
Fragrâncias,
Produtos
masculinos
e
Produtos para Pele.
V
. Sobre o México
Oportunidades: produtos para os
cuidados do cabelo (antiqueda, anti-caspa),
perfumaria, higiene bucal, cuidados com a
pele e maquiagem.
V
. Sobre o México
O principal canal de vendas é o 'Varejo
Tradicional'.
Tendência de crescimento até 2016:
Produtos Infantis, Depilatórios, Hair Care e
Produtos para Pele.
V
. Sobre os E.U.A
As vendas de produtos de beleza premium ultrapassam
produtos de massa
Oportunidades:
De modo geral, Produtos
Premium. Produtos para Banho, Maquiagem, Produtos
Depilatórios, Protetor Solar, Cremes anti-ageing.
V
. Sobre os E.U.A
O principal canal de vendas - Farmácias e
drogarias (Varejo Especializado) lideram as vendas.
Tendência de crescimento até 2016: Premium
cosmetics, maquiagem, Protetor Solar, Produtos
para Pele, especialmente, antiageing.
V
BRASIL
Terceiro maior consumidor de cosméticos do
mundo;
Líder em Perfumes e Desodorantes;
R$ 150 por mês, aproximadamente, é o valor que
as brasileiras gastam com produtos de beleza.
V
BRASIL
Segundo Euromonitor, cosméticos 'de massa'
crescerão mais que os de luxo até 2016.
oportunidade!
popularizar o luxo com inovação e valor
acessível ao Consumidor Classe Média
V
BRASIL e o Mercado Mundial HPPC
 1° mercado em perfumaria e desodorantes;
 2° mercado em produtos para cabelos,
masculinos, infantil, produtos para banho,
depilatórios e proteção solar;
 3° em maquiagem, produtos para higiene
oral;
 4° em produtos para pele.
VI
A. Sabonetes (highlights!)
B. Higiene Oral (highlights!)
C. Cabelos
D. Cuidados com a Pele
E. Protetor Solar
F. Perfumaria
G. Desodorantes
H. Mercado Masculino
I. Mercado Infantil
J. Maquiagem (Rosto, Boca, Face, Unhas)
VI
A. Sabonetes – highlights!
os conceitos: vegetal e antibacteriano já fazem parte dos
principais portfolios do mercado; Protex (Colgate Palmolive)
ampliou sua atuação dando ênfase ao público masculino; a
Natura investe em nova fábrica de sabonetes.
 Três apelos internacionais e compatíveis com nosso Setor no
Brasil: Botânico/Herbal , Hidratação, Não testado em animal;
 Embalagem inovadora;
 Fragrâncias Perfumaria Fina e ‘cheirinhos de bebê’ para
adultos;
VI
B. Higiene Oral – highlights!
O mercado de Oral Care vem crescendo !
graças a ampliação e o consumo por parte de novos públicos,
especialmente as classes C,D/E.
 A refrescância é uma condição 'sine qua non‘;
clareamento tem sido um ‘alavancador’ da categoria:
"Agora todo mundo pode fazer clareamento dental por R$70,00. ...”
 Outro driver da categoria são 'múltiplos benefícios' num único
creme dental e seus acompanhamentos (escova, enxaguatório,
fio).
VI
C. Cabelos
VI
. Cabelos
 Brasil – 2° maior mercado consumidor mundial
da categoria
Rio Fashion Week –
Verão 2015
VI
C. Cabelos
Contínuo crescimento do mercado de Produtos
Premium, mas
Os produtos Massa e 'Masstige'
(mass+prestigie) são os que apresentam a
melhor performance na América Latina, e em
especial, no Brasil.
VI
. Cabelos
- ‘Mais brilho e Luminosidade'
Pantene Brilho Extremo
Wella Professional
-Wella Care Brilliance
- Wella SP Shine Define
VI
. Cabelos
- Produtos que tratem do couro cabeludo para as
pontas dos cabelos. Ex: Head&Shoulder
VI
. Cabelos
- Um movimento inverso ao ainda atual, 'tratamento
para pontas'. Ex: Linha TRESemmé Split Remedy (abril’13)
VI
C. Cabelos
-Migração de conceitos de 'skin care' para cabelos (BBCream,
Botox).
-Evolução do apelo de 'Argan', para 'Argan' suave ;
- Óleo de Ojon (semente caribenha);
-Óleo de Moringa .
VI
C. Cabelos
VI
C. Cabelos
- O foco em saúde aos cabelos.
Enfim, produtos que devolvam
'vida' aos cabelos.
E 'vida' significa: BRILHO!
VI
C. Cabelos
Não há fidelidade à marca.
Oportunidade para pequenas e médias
empresas:
> lançar produtos de boa qualidade a preços mais
acessíveis;
> Apresentações com volumes variados: uso
profissional e travel size;
> Os óleos 'leave in' tendem a ser
Mais sofisticados e premium.
VI
C. Cabelos
Tratamentos para queda de cabelos vem
despontando como um nicho emergente e será foco de
investimentos nos próximos 5 anos.
VI
C. Cabelos
Outra tendência de apelo que vem crescendo são os
produtos para cabelos tingidos cuja promessa maior é
o prolongamento da cor e a luminosidade nos cabelos.
VI
. Cabelos
 Um nicho a ser acompanhado é o mercado de
'Shampoo Seco‘.
Linha Batiste
Kérastase, L’Orèal
“Na Feira Hair Brasil’2014 foram observadas 12 marcas de Shampoo Seco”,
Deise Editora da Revista Cabelos & Cia.
VI
. Cabelos
É a vez de cabelos não tão escorridos, mais
volumosos, ondulados.
Ganham força tratamentos mais suaves, apenas
para facilitar o manuseio da escova, secador e chapinha
(não mais para esticar, mas para modelar).
VI
VI- Tendências por Macro Categorias
D. Cuidados com a PELE
VI
D. Cuidados com a PELE
sobre a maior tendência de produto para pele.
"Protetor Solar com cor, que bloqueia a radiação visível e previne
manchas marrons e outras hiperpigmentações, além de cobrir
imperfeições da pele". Dra. Flávia Addor, dermatologista
Globalmente, a categoria skin care é
considerada 'a rainha das categorias’ de HPPC
e lidera o ranking mundial sobre as demais.
VI
D. Cuidados com a PELE
Embora ainda não tenhamos um grande crescimento nessa categoria,
quanto mais a Indústria avança em inovações,
tecnologias e lançamentos, mais os consumidores
esperam benefícios perceptíveis e instantâneos dos
produtos cosméticos, seja para o corpo, rosto, mãos e pés,
e protetores solar.
VI
D. Cuidados com a PELE
• Corpo
Uso Geral (cremes, óleos, loções, esfoliantes),
Uso Específico (Firmeza, anticelulite, gordura localizada, gravidez)
• Face
Hidratantes,
Antisinais / antiage,
Esfoliantes,
Adstringentes e Tônicos,
Anti-Acne,
Máscaras,
Cremes e loções de limpeza.
• Mãos e Pés
VI
D. Cuidados com a PELE/ C O R P O
 Uso Geral (cremes, óleos, loções, esfoliantes),
 Uso Específico (Firmeza, anticelulite, gordura localizada, gravidez)
Consumidores ‘heavy users’
Bastante preocupadas com tratamento e hidratação da pele visando
a preservação da aparência eternamente jovem;
mulheres economicamente ativas, independentes financeiramente
e extremamente conscientes dos produtos necessários para os
cuidados do corpo;
Procuram produtos com apelos vegetais e multifuncionais;
Não se importam de pagar um pouco mais por produtos que
entreguem efetivamente as promessas informadas nos rótulos.
VI
D. Cuidados com a PELE/ C O R P O
 Uso Geral (cremes, óleos, loções, esfoliantes),
 Uso Específico (Firmeza, anticelulite, gordura localizada, gravidez)
Consumidores ‘Light users’
Preocupam-se mais em manter a pele suave e macia sem levar em
conta se há ou não ingredientes ativos de valor agregado ao produto;
Preocupam-se mais com a fragrância e a textura na pele;
Tendem a ser mais jovens e advindos da 'Classe D'.
Enquanto que, para o primeiro grupo o preço não é um
fator de decisão tão crítico, para o segundo é fundamental.
VI
D. Cuidados com a PELE/ C O R P O
Destaques/oportunidades:
- Esfoliantes
- Tônicos Corporais em óleo = Óleos Corporais hidratantes





Sem enxágue,
Enriquecidos com vitaminas A e E,
Não oleosos,
Hipoalergênicos ,
Indicados para peles mais sensíveis.
- Produtos para Celulite/Gordura Localizada
(Uma das maiores preocupações das mulheres brasileiras)
segmentação de uso dos produtos por partes do corpo.
Ex: Estômago e Barriga
VI
D. Cuidados com a PELE/ C O R P O
+ Oportunidades:





Desenvolver produtos para os baby-boomers (50+anos)
Melhorar a divulgação de benefícios
Produtos que se adaptem às mudanças climáticas
Produtos em multipacks
Embalagens presente
VI
D. Cuidados com a PELE/ F A C E
O que querem as consumidoras?
‘Multifuncionalidade e Cosméticos inteligentes’
Praticidade, efeitos instantâneos e perceptíveis, com
filtro solar, efeito mate e cor da pele.
BBCream
VI
D. Cuidados com a PELE/ F A C E
BBCream
marcam um novo momento dessa subcategoria, começando a
mudar os hábitos de uso da consumidora quanto ao cuidado
facial. Avanço dos ‘Primers’.
VI
D. Cuidados com a PELE/ F A C E
BBCream - abreviação de Blemish Balm Cream
o
o
o
o
o
Prático, versátil e eficiente, existe há 50 anos, mas só agora se popularizou.
Contém toda uma gama de ativos para fotoproteção dos raios UVA e UVB,
Dissimula imperfeições e hidrata, tudo de uma vez só, num único produto.
Um misto de hidratante, primer e creme de tratamento.
Entrou na lista de 'must have' do toalete feminino.
VI
D. Cuidados com a PELE/ F A C E
O que vem a seguir?
 CCCream – Color Correction Cream ou Color Control
Cream. São os sucessores dos 'BBCreams'
 ativos específicos para dar mais luminosidade ou até tratar problemas
específicos, como a acne;
 agentes vaso dilatadores, como Acetil glucosamina e Niacinimide - melhoram
a circulação sanguínea na pele e doam mais luminosidade de dentro para
fora;
 ou até, Ácido Salicílico para promover o efeito sebo estático na pele oleosa e
acnéica.
VI
D. Cuidados com a PELE/ F A C E
E Vem ai os:
. DDCream - DAILY DEFENSE CREAM
Um creme ultra hidratante que
protege a pele dos raios UVA e
UVB. Está disponível somente
na Ásia e EUA.
Fonte: http://www.grazia.fr/beaute/tendances-maquillage/galeries/les-produits-debeaute-les-plus-attendus-en-france-544313/(offset)/5/la-dd-cream
VI
D. Cuidados com a PELE/ F A C E
. EECream - ENERGY ENHANCER CREAM
Este creme deverá trazer todos os
benefícios
prometidos
pelos
antecessores + a maximização e o
realce da vitalidade e elasticidade
da pele.
Fonte: http://www.cosmopolitan.fr/,la-ee-cream-debarque-bientot-enfrance,1877458.asp
VI
D. Cuidados com a PELE/ F A C E
 Os produtos para limpeza facial foram os mais
dinâmicos da categoria
crescimento de 9% (valor)
A apresentação em gel, líquido e demaquilante
mais apreciadas entre os consumidores, e
tiveram esse incremento em consumo graças a
melhor orientação de uso pelos fabricantes e mídia.
VI
D. Cuidados com a PELE/ M Ã O S e P É S
É um mercado ainda pequeno, mas com
boas oportunidades!
Fonte: *ABIHPEC/Euromonitor’2012
VI
D. Cuidados com a PELE/ M Ã O S e P É S
É uma categoria que precisa ter melhor divulgação na mídia e
nos pontos de venda, para o uso contínuo dos produtos
E, motivos não faltam!
Maior conscientização de que mãos
ressecadas e desprotegidas levam ao
envelhecimento precoce não só do rosto e do
corpo.
As mãos denunciam a idade de uma mulher!
VI
. Cuidados com a PELE/ M Ã O S e P É S
 A explosão do uso de esmaltes, colocando as mãos em
grande evidência;
VI
D. Cuidados com a PELE/ M Ã O S e P É S
 A necessidade de maior higienização das mãos por
conta de surtos de gripes (H1N1 e agora, H7N9,
felizmente ainda não presente no Brasil) acarreta a
necessidade de hidratação das mãos com mais
frequência;
 Novas tecnologias de hidratação, melhorando a
performance dos produtos.
VI
. Cuidados com a PELE/ M Ã O S e P É S
Pés > É um mercado ainda pequeno, mas com boas
oportunidades!
Exemplo: Para Pés - Uma novidade lançada pela Granado e Racco:
Gel Redutor de Atrito, prevenção para calos e bolhas
VI
E. Proteção Solar
VI
E. Proteção Solar
O Brasil é o maior mercado da América Latina
para a categoria.
Em segundo lugar, o México.
VI
E. Proteção Solar
Brasil
México
Fonte: Mintel 2012
VI
E. Proteção Solar/ D R I V E R S
 Novas embalagens e formas de aplicação estão surgindo:
aerosol, lenços (wipes), sticks.
 A FUSÃO entre (skincare + suncare) hidratante e protetor
solar para o rosto já está acontecendo. Estão se tornando um
único produto ou protetor solar com vários outros benefícios,
além da proteção, como: antiageing, hidratante,
hipoalergênico, refrescante, com toque seco, para pele
oleosa, etc.
VI
E. Proteção Solar/ D R I V E R S
 Antiageing passa a ser um importante benefício para
a compra de suncare.
 Produto para aplicação na pele molhada é um
benefício recém-lançado no Brasil e indica uma
tendência.
 Atletas e crianças tem sido foco dessa categoria.
VI
E. Proteção Solar/ D R I V E R S
 Como outros cremes e hidratantes mais sofisticados
oferecem proteção solar, o consumo dessa categoria
tende a cair ligeiramente.
 Produtos dirigidos a crianças também vem sendo
lançados assim como para teenagers, contemplando
diferentes tipos de pele e faixa etária.
VI
E. Proteção Solar
A categoria divide-se em:
- Protetor Solar
- Pós-Sol
- Autobronzeador
VI
E. Proteção Solar/ subcategorias e benefícios
Protetor Solar (principais apelos)
Fonte: Mintel 2012
VI
E. Proteção Solar/ subcategorias e benefícios
Autobronzeador (principais apelos)
Fonte: Mintel 2012
VI
E. Proteção Solar/ subcategorias e benefícios
Pós Sol (principais apelos)
Fonte: Mintel 2012
VI
E. Proteção Solar/ Um olhar bem Brasileiro
Analisando-se estritamente o mercado
Brasileiro, observamos que os conceitos:
multifuncionalidade,
sensoriais diferenciados
embalagens tamanho 'família'
apontam para um caminho de sucesso!
VI
E. Proteção Solar/ e x e m p l o s
Protetor resistente à água
Protetor para peles tatuadas
stick
VI
E. Proteção Solar
Em suma, principais mudanças nessa categoria:
- Embalagens 'família' e travel size
(600ml, 200ml, respectivamente);
- Multifuncionalidade;
- Diversificação de FPS (15, 30, 60);
- Mais destaque nas rotulagens > tipologias
maiores.
VI
F. Perfumaria
VI
F. Perfumaria
• O mercado total de fragrâncias teve um
crescimento de 15% em valor, em 2012/2011,
alcançando R$ 12,6 bilhões.
• A Perfumaria Premium e a de Massa
apresentaram desempenhos positivos e
similares, crescendo 16% e 15%,
respectivamente.
VI
F. Perfumaria
o A penetração da categoria Perfume e/ou
Colônia - BRASIL é de 89%.
o Regionalmente, o N/NE detém a maior
penetração com 95%
fonte: Multi VI 2009 - ABIHPEC
VI
F. Perfumaria
• A Natura e O Boticário são as duas empresas
líderes e, juntas, detém, aproximadamente,
60% de participação de mercado em termos
de valor (base 2012).
Fonte: Euromonitor
VI
F. Perfumaria
Destaques: Natura
VI
F. Perfumaria
Destaques: O Boticário
VI
F. Perfumaria
Destaques: Avon
Linha Fergie – OutSpoken
Linha Iron Man
VI
F. Perfumaria
Destaques: Jequiti
 Vem apresentando bom desempenho no cenário de
perfumaria,
 coloca ênfase em celebridades nacionais e
internacionais reconhecidas pela Classe C onde tem
sua maior fatia de público.
 Exemplos de sucessos:
Britney Speers, Adriane Galisteu,
Madonna, Fabio Junior
VI
F. Perfumaria
Ranking 2007/2012 - Brasil
Varejo/Valor – TOP 5 Nacionais (fonte: Euromonitor)
Avon Cosméticos Ltda
Splash, Mulher&Poesia, Outspoken, Musk for men, IronMan
Botica Comercial Farmacêutica Ltda
Malbec, Quasar, Floratta, Capricho
Jequiti Cosméticos
Britney Speers/Fantasy, Jennifer Lopez/Glow, Cláudia Leite, Fábio Jr
Natura Cosméticos SA
Ekos, Humor, Biografia, Kaiak, Kriska, Horus, UMA
Suissa Industrial e Comercial Ltda
Suissa
VI
F. Perfumaria
Ranking 2007/2012 - Brasil
Varejo/Valor – TOP 5 Intls./Nacionais (fonte: Euromonitor)
Avon Cosméticos Ltda
Splash, Mulher&Poesia, Outspoken, Musk for men, IronMan
Botica Comercial Farmacêutica Ltda
Malbec, Quasar, Floratta, Capricho
Natura Cosméticos SA
Ekos, Humor, Biografia, Kaiak, Kriska, Horus, UMA
Puig Brasil Comercializadora de Perfumes S/A
Antonio Banderas, CH, CH212, Paco Rabane 1Million
Suissa Industrial e Comercial Ltda
Suissa
VI
F. Perfumaria
As principais Empresas do segmento
aumentarão seus investimentos
nas linhas de perfumaria de massa .
A inovação contínua representa a principal
estratégia para manter suas posições de liderança
em fragrâncias, através da incorporação de
ingredientes naturais.
VI
F. Perfumaria
Todas as tendências são tendências!
• segundo o Mintel Research, com tantos
lançamentos mensais e simultâneos, vemos
uma variedade de opções mostrando que
tudo, ou quase tudo, são tendências.
• Alguns destaques internacionais lançados em
outubro'2012:
VI
F. Perfumaria
Destaques: Flora Brasileira
Os ingredientes da flora brasileira vêm se destacando cada vez mais.
Ex: L'Occitane (franchising) dentro de uma identidade brasileira
Jenipapo do Serrado
Mandacaru da Caatinga
VI
F. Perfumaria – Internacional (fonte: Perfumaria Paralela /
Cinquième Sens)
Lancôme La Vie est Belle Eau de Parfum (EUA)
Fragrância feminina cujas notas transmitem alegria e feminilidade, tornando a
vida mais bela. Descrita como Iris Gourmand, é formulada com ingredientes
naturais. Saída: groselha negra e pera; Coração: iris, flor de laranjeira e
jasmim; Fundo: fava tonka, praline, patchouli e vanila.
Apresenta QR code na embalagem.
VI
F. Perfumaria – Internacional (fonte: Perfumaria Paralela /
Cinquième Sens)
Encounter Clavin Klein (EUA)
Fragrância amadeirada que combina notas contrastantes de frescor e calor.
Saída: mandarina, cardamomo, rum; Coração: pimenta, jasmim Egípcio,
patchouli e cognac; Fundo: madeiras e musk.
VI
F. Perfumaria – Internacional (fonte: Perfumaria Paralela /
Cinquième Sens)
Issey Miyake Pleats Please Eau de Parfum (France)
Logo após o lançamento da coleção de moda foi criado o nome e o design do
produto que faz alusão ao plissé/pregas usadas nas roupas, em cor alegre,
valorizando o movimento do corpo. É um Floral que combina notas de
peônia, flores brancas, vanila, patchouli e cedro.
VI
F. Perfumaria – Internacional (fonte: Perfumaria Paralela /
Cinquième Sens)
Outros temas:
Black
VI
F. Perfumaria – Internacional (fonte: Perfumaria Paralela /
Cinquième Sens)
Outros temas:
Vintage e Relançamentos
VI
F. Perfumaria – Internacional (fonte: Perfumaria Paralela /
Cinquième Sens)
Outros temas:
Edições Limitadas
Comme des garçons –
Fragrância + Camiseta
Victoria Secret's 1ª. loja em Londres
VI
F. Perfumaria – Internacional (fonte: Perfumaria Paralela /
Cinquième Sens)
Outros temas:
Destaque Embalagem
VI
F. Perfumaria – Internacional – Feminina
1- A jovem em busca de seu príncipe
A combinação de um cenário mágico reforçado pela luminosidade
etérea, dá o tom da princesa moderna.
VI
F. Perfumaria – Internacional – Feminina
2- A tendência Retrô
Um ambiente em preto e branco, clássicos relançados como Love
Chloé, o rococó do frasco Cartier criam um ambiente sofisticado e
glamuroso.
VI
F. Perfumaria – Internacional – Feminina
A Participação das Famílias Olfativas
principais lançamentos internacionais 2012
Femininas
VI
F. Perfumaria – Internacional – Feminina
A Participação das Famílias Olfativas
principais lançamentos internacionais 2012
Masculinas
VI
F. Perfumaria – Internacional – Feminina
A Participação das Famílias Olfativas
principais lançamentos internacionais 2012
Unisex
VI
F. Perfumaria – Internacional
• Base: Balanço Outono/Inverno 2012, EUA e Europatotal 411 lançamentos
• Fonte: Cinquième Sens/Perfumaria Paralela
VI
VI- Tendências por Macro Categorias
G. Desodorantes
VI
G. Desodorantes
Globalmente, o Brasil é líder,
 com o maior índice de utilização de
desodorante/antitranspirante,
penetração
de
95%
VI
G. Desodorantes
A busca por produtos com maior valor
agregado continuará a influenciar o
mercado nos próximos anos (até 2017),
como:
VI
F. Desodorantes
 Formatos Premium, como o aerosol,
 com fragrâncias marcantes,
 benefícios adicionais, como hidratação, redução de
pelos e proteção superior contra a transpiração, vão
continuar a ter uma presença forte no mercado.
 O desenvolvimento de fórmulas eficientes contra a
transpiração com a utilização de ingredientes
naturais também estarão cada vez mais atuais.
VI
G. Desodorantes
Ranking Varejo – Brasil
1ª. Rexona (em todas as regiões Brasil)
2ª. Dove
3ª. Axe
4ª. Nivea
VI
G. Desodorantes
Resumo dos principais e recentes apelos do Mercado e que são
Oportunidades, também!
 Fragrâncias Exclusivas, Fragrâncias Marcantes
 Sem Perfume, corantes, parabenos, álcool
 Clareador de Axilas, Axilas sem mancha
 Redução de Pelos
 Skin Care Nutritivo, com Vitamina E, Hidratante
 Para Pele Sensível
 Com Ingredientes Naturais
VI
G. Desodorantes
Resumo dos principais e recentes apelos do Mercado e que são
Oportunidades, também!
Continuação....
 Proteção Seca 48hs; Extra Proteção
 Anti-Stress
 Sem manchar a roupa
 Tecnologia 'Motionsense'
 Para Teenagers
VI
G. Desodorantes
Oportunidades.exemplos
novas tecnologias > duração do efeito desodorizante e antitranspirante.
Para pele sensível, clareamento e cuidados com a axila, para
roupas escuras e claras, pureza/sem corantes ou parabenos,
redução de pelos, stress, entre outros.
Uso de ingredientes naturais, como Sal Marinho.
VI
H. Mercado Masculino
VI
H. Mercado Masculino
De uma população de + 200 milhões de habitantes, 102 milhões
– ou 51% - são mulheres; e, 98 milhões são homens = 49% do
total. Ou seja, ainda existe muita oportunidade nesse mercado.
Brasil - Pop. Tt. IBGE - 200 mi/hab
51%
49%
Homens
Mulheres
VI
. Mercado Masculino
O Brasil já ocupa a segunda posição do
ranking de vendas de cosméticos para
homens, ficando atrás apenas dos
Estados Unidos.
Para a maioria dos homens
> o barbear > parte de sua rotina diária >
a maior parte das vendas > categoria lâminas.
VI
Mercado em ascensão, não apenas em
produtos, mas também em serviços.
VI
 Salões de Beleza, Clínicas de Estética e de Depilação
estão dedicando espaços personalizados para os
homens, além de oferecer também treinamento
especializado para os profissionais.
VI
Em artigos de HIGIENE masculina, metade
das vendas derivam de:
1° desodorantes
2° cuidados com os cabelos
Os homens ainda priorizam
funcionalidade sobre a beleza.
VI
O novo Homem ou a Neomasculinidade





É mais fiel a marcas e aos produtos que as mulheres.
Não exige muita variedade de produtos como elas.
Perfumes e colônias ainda são os segmentos preferidos.
Avanço crescente dos produtos para o cabelo e de cremes hidratantes.
O homem atual exige produtos multifuncionais.
VI
Oportunidades:
 Produtos pós-barba ganham cada vez mais destaque.
 Multifuncionais !
 com propriedades de hidratação, maciez da pele,
 efeito antiageing,
 com sensorial adequado ao tipo de pele,
 toque seco,
 secagem rápida,
 fragrância agradável e sutil,
 praticidade de uso e embalagem,
 com resultados rápidos.
VI
 Cuidados com a Pele
 uma série de produtos direcionados para as questões
de envelhecimento, manchas e brilho estão
disponíveis.
 os homens priorizam a hidratação com toque seco,
sem brilho e de rápida absorção, além de
embalagens práticas.
VI
 Produtos Capilares
- Tintura e outros
A Schwarzkopf com a Linha [3D]MEN SION - A linha de tintura para o
cabelo masculino da 3D Mension foi especialmente desenvolvida para
ser uma tintura de aplicação rápida, eficaz e discreta. O tempo de
aplicação da Tintura 3D Mension demora aproximadamente 5 minutos.
O que: Hidratante
Onde: Corpo
Quando: Diariamente
A Linha Dr.Jones, exclusiva para homens, traz um
posicionamento voltado para o público masculino
esportista: "Cuidados especiais para superar
limites", com produtos inovadores e diferenciados
VI
 Perfumaria
Natura, Boticário e Avon lideram esse segmento.
As principais marcas são:
 Natura Ekos, Biografia, Kaiak, Humor, Homem, Hoje
 Malbec, Egeo, Quasar, Styletto
 Avon Musk for Men, Avon Blue Rush
VI
 Perfumaria
As preferências dos brasileiros quanto às famílias olfativas são:
1. FOUGÈRE: substituição do musgo por madeira de pinho por
madeiras mais frescas e confortáveis como cedro e sândalo.
VI
 Perfumaria
2. ORIENTAL: Essa família se consolidou ao longo dos últimos anos
trazendo um perfil mais moderno aos produtos masculinos.
O consumidor mais jovem se engaja mais rapidamente ao perfil mais
sensual e menos viril.
VI
 Perfumaria
3. MADEIRA: Além da já tradicional combinação de madeiras com notas
frescas fougère, resultando em uma perfumaria fácil e agradável, as madeiras
vem sendo usadas em estruturas mais densas, com especiarias e notas
quentes orientais.
VI
 Perfumaria
MENTA
A mais recente nota, é um revival!
Fresca
Picante
Clorofila
Gelo
‘After Eight’
VI
I. Mercado Infantil
VI
I. Mercado Infantil
• A categoria de produtos infantis no Brasil
cresceu 16% em termos de valor atual, , tendo
atingido R$ 3,7 bilhões, em 2012.
• É uma categoria pouco presente na mídia, mas
está em crescimento constante.
VI
I. Mercado Infantil
Os fatores que cooperaram para esse movimento
podem ser explicados por:
Participação crescente da mulher no mercado
de trabalho.
O aumento da produtividade resultante do
aumento de tecnologia favorecendo os preços
do setor e a própria valorização da família com
foco na criança.
As classes emergentes, que não tinham acesso
aos produtos de HPPC e agora tem.
VI
I. Mercado Infantil
O lançamento contínuo de novos produtos
para atender as necessidades dos
consumidores.
A influência que as crianças exercem cada vez
mais sobre os pais, escolhendo até os
produtos que desejam usar no banho e o
perfume.
VI
I. Mercado Infantil
Em 2012, o Mercado Infantil apresentou um
acréscimo de 16,3% sobre o ano anterior. Neste
cenário, podemos destacar o crescimento de 03
sub-categorias, acima da média desse mercado:
• Sabonetes
(variação 12x11 = 20,3%)
• Cabelos
(variação 12x11 = 17%)
• Lenços Umedecidos (variação 12x11 = 16,8%).
VI
I. Mercado Infantil
Como segmentar esse mercado?
Classificação com base no relacionamento da
criança
x marca x idade
0 – 02 anos
VI
I. Mercado Infantil
Por quê essa segmentação?
 A criança tem necessidade de uma
comunicação adaptada para ela.
 É necessário considerar aquilo que é mais
fácil de identificar por qualquer observador e
o que explica melhor o relacionamento entre
a criança e a marca. Ou seja, a idade.
VI
I. Mercado Infantil
A. De 0 a 02 anos
B. De 02 a 07 anos
C. A faixa dos 07 anos
D. Entre 07 e 11 anos
VI
I. Mercado Infantil
• A) De 0 a 2 anos: O egocentrismo da criança a
impede de representar qualquer objeto sob
diferentes ângulos. O produto é entendido a
partir das experiências sensoriais da criança.
A criança observa aquilo que o objeto faz e
ela entenderá o produto se puder tocá-lo,
manipulá-lo e se tiver um relacionamento
sensorial com ele.
VI
I. Mercado Infantil
B) De 02 a 7 anos: Os produtos – ou as
representações por imagens das marcas – são
entendidos através das suas formas (redondas,
angulosas, etc.), cores e textura (liso, áspero,etc)
Até os quatro anos o aprendizado da
marca e do produto se processa de forma
sensorial (aquilo que ela vê ou toca) e na
base de atributos físicos.
VI
I. Mercado Infantil
B) De 02 a 7 anos: Exemplo
Natura: O sabonete Gota, traz um mix divertido de frutas
vibrantes e tem a mesma fragrância refrescante dos Lenços de
Limpeza Banho de Gato
VI
I. Mercado Infantil
Para comparar dois produtos, a criança não
considera mais de um critério por vez e,
A partir dos cinco anos, a comparação
entre vários produtos se processa por
atributos mais abstratos (gosto) ou
funcionais (o uso que ela faz do produto).
VI
I. Mercado Infantil
Ainda, a partir dos 5 anos, já são capazes de
identificar um nome de marca a partir de seus
elementos figurados como o logotipo, a forma
geral da palavra ou a presença de uma
determinada letra conhecida que permitirá à
criança reconstruir o nome da marca (o “M” de
McDonald’s é um bom exemplo).
VI
I. Mercado Infantil
A partir dos 5 anos: Exemplo
J&J - JOHNSON’S® baby Cheirinho Prolongado.
VI
I. Mercado Infantil
A partir dos seis anos as crianças são
capazes de citar pelo menos um nome de marca
por cada categoria de produto.
O valor semântico ou simbólico ligado ao
nome lhe escapam, seja porque a criança ainda
não sabe ler corretamente ou ...
porque o sentido apresentado pela marca
faz apelo a conceitos ainda não dominados.
VI
I. Mercado Infantil
A partir dos 6 anos: Exemplo
PHISALIA - Linha Transformers, super-heróis
VI
I. Mercado Infantil
C. A faixa dos 07 anos
Nessa faixa etária a criança tem um bom
conhecimento sobre as marcas e entende sua
finalidade comercial.
Entre os 7 e 8 anos elas estabelecem as
categorias nas quais geralmente uma só marca
constitui a sua representante ideal. Para elas
existe a marca e “o resto”;
ou seja, as marcas delas e as dos adultos.
VI
I. Mercado Infantil
D. Entre 07 e 11 anos
Acima dos sete anos com o domínio da reflexão,
o raciocínio toma conta e a criança se torna
capaz de hierarquizar, sintetizar e conceitualizar
as aparências.
É capaz de formular julgamento que integra dimensões
mais abstratas. Além disso, as primeiras experiências de
consumo permitem à criança enriquecer sua percepção dos
produtos e das marcas.
VI
I. Mercado Infantil
C. A faixa entre os 07 e 11 anos: Exemplo
Avon: Linha Barbie, Linha de cuidados infantis 'Barbie Loves Glitter'
para teens inspirada no universo pink e divertido da Barbie, para encantar as
garotas fashion, modernas e que gostam de brilhar.
VI
I. Mercado Infantil
O maior ganho no mercado nacional,
entretanto foi a atitude das mães em adotar
produtos específicos, abandonando os de
uso adulto principalmente para os filhos de
até dois anos.
VI
I. Mercado Infantil
• Oportunidades:
! FIXADORES/STYLING
Crianças e adolescentes são focados nessa sub-categoria.
Gel, mousse, spray, cremes, esses apelos seduzem o
público jovem: moda, brilho, fazer ondas no cabelo e dar um
visual “fun” a eles.
VI
I. Mercado Infantil
• Oportunidades:
! Linhas e Produtos para Gestantes
"No momento em que uma criança nasce, a mãe
também nasce. Ela nunca existiu antes. A mulher
existia, mas a mãe, nunca. Uma mãe é algo
absolutamente novo".
Rajneesh, Osho, Filósofo Hindu 1931/1990
VI
I. Mercado Infantil
• Oportunidades:
! Linhas e Produtos para Gestantes : Exemplos
- Biolab Dermocosméticos- Linha Mater: Materskin, que auxilia na
prevenção do aparecimento de estrias, Materskin FPS30 ;Matercare
que protege e repara os mamilos durante a amamentação ; Materskin
PG para redução de medidas pós-parto.
VI
I. Mercado Infantil
• Oportunidades:
! Linhas e Produtos para Gestantes : Exemplos
Nivea ,
Sabonete Líquido
em óleo
Jequiti, Creme
esfoliante para pés
L'Occitane – Creme para rosto e corpo
Dermage,
hidratante gestante
Payot, Maternité
Creme e óleo de banho
VI
J. Maquiagem
• A categoria MAQUIAGEM divide-se em:
FACE,
OLHOS,
LÁBIOS e UNHAS.
VI
J. Maquiagem
Tendências de crescimento similares! Embora...
Maquiagem para olhos e Maquiagem para lábios são as
tendências de maiores crescimentos
CAGR 2012-2017, 15%
VI
J. Maquiagem
Mas, as demais subcategorias também
apresentem bons índices:
14% para maquiagem facial e 10% para unhas
VI
J. Maquiagem
Os principais 10 players nacionais são:
A Avon é a líder da categoria !
 Natura (Natura)
 O Boticário (Make B, Capricho, Intense)
 Hypermarcas (Risqué)
 Contém 1G (Contém 1G)
 Grupo Silvio Santos (Jequiti)
 Marcelo Beauty (Marcelo Beauty)
 Mundial (Impala)
 Atalanta Laboratórios e Cosméticos (Payot)
 Vult Comércio de Cosméticos (Vult)
Juntas elas totalizam 73,6% do mercado.
VI
J. Maquiagem
Os principais players internacionais são:
• Grupo L'Oreal (Maybelline, L'Orèal Paris,
Lancôme), Estée Lauder (M.A.C, Clinique),
Mary Kay Inc. (Mary Kay), Revlon Inc.
(Revlon)
compõem 10,9%.
• E, outras, de menor participação, são
responsáveis por
15,5%.
VI
J. Maquiagem - Face
Base
Pó Facial
Blush
Corretivo
VI
. Maquiagem - Face
Principais conceitos:
 as mulheres focam no aspecto final da pele
após cada aplicação de 'make up‘;
Ana Paula Zulske
VI
J. Maquiagem - Face
Principais conceitos:
 as mulheres focam no aspecto final da pele
após cada aplicação de 'make up‘;
 A Maquiagem facial vem apresentando
desenvolvimento em produtos mais e mais
inovadores, oferecendo benefícios, tais como:
 tom de pele mais uniforme, proteção UV e
propriedades antienvelhecimento
VI
J. Maquiagem - Face
Principais conceitos:
 Bases, primers e bbcream vem se intensificando;
 as consumidoras já aprenderam que o resultado
da pele fica superior com seu uso constante;
 os corretivos são uso obrigatório e a aplicação
do blush faz toda diferença para um look de pele
saudável e radiante.
 A tendência é o rosto ter pontos estratégicos de
brilho (testa, embaixo dos olhos e queixo) ou,
 um blush mais cintilante nas maçãs.
VI
J. Maquiagem - Face
Fonte: blog Camila Coutinho
VI
J. Maquiagem - Face
Novidades e oportunidades:
. O Blush cada vez mais deve oferecer multifunções: blush, pó ou iluminador.
REVLON 'Photo Ready Sculpting Blush Palette‘
Produto 3 em 1 = três cores para delinear, colorir e iluminar a face
de forma multidimensional.
VI
J. Maquiagem - Face
Novidades e oportunidades:
Avon – BBCream
Dermage - Corretivo diferenciado: Lápis Duo
com duas finalidades: o lado amarelo disfarça olheiras
enquanto o verde esconde manchas.
VULT
VI
J. Maquiagem - Face
Novidades e oportunidades:
Contém 1G - lançou a Linha MD Multi-Definition que hidrata,
disfarça e uniformiza a pele .Possui seis itens = 4 para maquiagem
facial, 02 corretivos, base e pó.
VI
J. Maquiagem - Olhos
Lápis
Rimel/Máscara
Sombra
Kajal e Delineador
VI
J. Maquiagem - Olhos
Principais conceitos:
 Tons de pretos, marrons e pérola são os preferidos
para olhos mais sofisticados.
 Para o dia a dia, basicamente, tons de bege, rosa,
vinho, dourado e prata têm sido muito usados.
 O lápis preto destacando a parte interna dos olhos
voltou a ser hit,
 assim como os cílios postiços (menores e mais
discretos).
VI
J. Maquiagem - Olhos
Principais conceitos:
Delineador líquido e sombra (pigmentos)
são segmentos em alta!
As sobrancelhas grossas voltaram à moda, mas
com seu desenho natural, proporcionais e bem
depiladas. Um possível preenchimento pode
ser realizado com sombra marrom ou cinza,
conforme a tonalidade dos pelos.
VI
J. Maquiagem - Olhos
Principais conceitos:
 As máscaras para cílios apresentam formulações cada vez
mais eficazes e algumas prometem até tratar dos fios
conferindo mais volume e crescimento.
 Cílios com Tratamento é uma tendência!
Os olhos tendem a ser hipnóticos! Com
sombras metalizadas para iluminar o olhar e
realçar o tom natural da pele.
VI
J. Maquiagem - Olhos
Novidades e Oportunidades
A Maybeline traz um ótimo conjunto de
maquiagem para os olhos
VI
J. Maquiagem - Olhos
Novidades e Oportunidades
A Natura lançou pigmento em pó
para ser aplicado com pincel
Natura UMA sombra em mousse
VI
J. Maquiagem - Olhos
Novidades e Oportunidades
Avon
Renew Duo Transformador
para cílios
VI
. Maquiagem - Olhos
Novidades e Oportunidades
L’Orèal
Vichy Sérum 10 Olhos & Cílios (lançamento mar’14)
VI
J. Maquiagem - Lábios
Batom
Gloss
Lápis
VI
J. Maquiagem - Lábios
Principais Conceitos:
O uso de cores diferenciadas e intensas
está em alta;
Para o dia-a-dia o nude é o preferido;
Para destacar os lábios, um gloss suave para o
dia e tons fortes com textura mate para a noite.
VI
J. Maquiagem - Lábios
Principais Conceitos:
A cor top é o vermelho e suas variações, em tons
fortes, do alaranjado passando pelo vermelhosangue, até o vinho e o burgundy, com textura
mate ou levemente brilhantes.
Gloss dourado sobre o vermelho ou vinho,
completam o look atual.
VI
J. Maquiagem - Lábios
Principais Conceitos:
Batons 'longlasting' também estão na lista das
preferências e voltaram com melhoria na
formulação.
Batom Líquido é outra novidade que vai indo
bem!
VI
J. Maquiagem - Lábios
Novidades e Oportunidades!
Recentemente, a YSL trouxe seu lançamento similar a
'tinta para lábios', em embalagem de gloss.
VI
J. Maquiagem - Lábios
Novidades e Oportunidades!
A NYX lançou no Brasil o Batom Líquido que promete
longa duração e boa fixação.
VI
J. Maquiagem - Lábios
Novidades e Oportunidades!
A cor top é o vermelho.
Quem Disse Berenice?
Tem o seu sucesso de vendas!
Eudora
VI
J. Maquiagem - Unhas
Esmaltes
VI
. Maquiagem - Unhas
• Principais Conceitos:
As unhas devem estar em sintonia com o look
(maquiagem, roupa, cabelos), quase diariamente;
Melhora a autoestima ajudando as mulheres e
teens a se sentirem mais poderosas e seguras.
VI
. Maquiagem - Unhas
• Principais Conceitos:
A capacidade que o esmalte tem de renovar
um visual é tão grande e a um preço tão baixo
(a partir de R$2,00), que hoje, o produto faz
parte da composição visual.
VI
. Maquiagem - Unhas
• Principais Conceitos:
A consumidora troca de cores e efeitos de
duas a três vezes por semana.
E, a estética das unhas é principal motivo para
o uso de esmaltes.
As marcas líderes são:
Risqué, Colorama, Avon e Impala.
VI
J. Maquiagem - Unhas
• Tendências e Oportunidades:
 'nails art‘: A 'filha única', uma única unha diferente
das demais, em cada mão, é uma ótima opção para
quem não quer ousar muito.
VI
. Maquiagem - Unhas
Tendências e Oportunidades:
Quanto a cores, elas podem variar muito!
- Vermelhos – um clássico sensual
- Metalizadas – do ouro ao prata
- Eternos clássicos – os tons naturais , incluindo os cinzas e beiges.
VI
J. Maquiagem - Unhas
Tendências e Oportunidades:
- Cores Escuras, incluindo os marrons/chocolates ,são top!
- Glitter – em diversos formatos e tamanhos.
- Tons 'chiclete ou fluorescentes' – divertidos e irreverentes, as
adolescentes adoram.
VI
J. Maquiagem - Unhas
Tendências e Oportunidades:
 Quanto aos acabamentos, podemos citar: caviar, plush nails
(unha de pelúcia), adesivos (películas) e desenhos como poás,
marmorizada, a técnica Ombrê (dégradée de cores onde, as tonalidades
das extremidades das unhas mudam de cor em direção à base.
- Outras técnicas como Francesinha, Inglesinha, meia lua,
continuam a ser bastante usadas. As ‘canetinhas’ são uma febre
das adolescentes.
VI
J. Maquiagem - Unhas
Tendências e Oportunidades:
 Uma forte tendência são os esmaltes tratamento
. hipoalergênicos, Tox Free (livres de tuoleno, formaldeído e
DBP), para pessoas com sensibilidade em relação a esmaltes ;
Reparador Noturno
VII
VII- Sustentabilidade no Setor
Consumidores consideram importante a prática da
sustentabilidade na indústria.
Sustentabilidade é mais do que uma tendência passageira.
É algo que os consumidores esperam das indústrias
VII
VII- Sustentabilidade no Setor
Exemplos de ações voltadas para a
Sustentabilidade dentro do Setor HPPC :
AVON
As políticas globais da companhia na área da sustentabilidade
abrangem três pilares:
 Ajudar a acabar com o desmatamento, por meio da campanha
“Viva o Amanhã Mais Verde” (Hello Green Tomorrow);
 Minimizar impacto ambiental em suas operações;
 Gerenciar o do ciclo de vida de seus produtos.
VII
VII- Sustentabilidade no Setor
Avon
 Compromisso pela arquitetura sustentável - Green Building
Promise
 Gestão de retorno de embalagem pós- consumo: Logística
Reversa
VII
VII- Sustentabilidade no Setor
GRUPO O BOTICÁRIO
Conscientizar vendedores, consultores e consumidores da marca
sobre a importância da reciclagem das embalagens dos produtos,
impedindo o descarte na natureza
 Programa Reciclagem de Embalagens
VII
VII- Sustentabilidade no Setor
KIMBERLY CLARK
Papel Higiênico Compacto
- Compactação dos seus rolos contribuiu com 18% na redução de embalagens;
- A embalagem primária é composta de 60% de biopolímero de cana-deaçúcar sendo 100% reciclável, minimizando os impactos do descarte pósconsumo.
- As embalagens possuem alças para carregar, o que dispensa o uso de sacolas
plásticas.
VII
VII- Sustentabilidade no Setor
Natura
 Carbono Neutro, que tem como objetivo reduzir as emissões
provenientes das atividades em toda a cadeia de negócios da
empresa.
 Programa de Logística Reversa, que compreende uma série de
estudos e ações para monitorar o ciclo de vida das embalagens
recicláveis de seus cremes, xampus e maquiagens.
"Para que você precisa do que não precisa?"
Linha SOU – lançada em maio'2013
VII
VII- Sustentabilidade no Setor
ABIHPEC (Associação Brasileira da Indústria de Higiene
Pessoal, Perfumaria e Cosméticos)
 Programa "Dê a Mão para o Futuro"
Baseia-se no conceito da responsabilidade compartilhada que
pressupõe que, para resolver a questão das embalagens pósconsumo (plásticos, vidro, papel e metal) é preciso que toda a
sociedade se mobilize.
VII
A indústria e a biodiversidade no Brasil
Oportunidades:
 A descoberta de novos ingredientes,
 O aumento da tendência para cosméticos naturais e orgânicos
criam oportunidades para se beneficiar da biodiversidade para
criar novas gerações de produtos com base natural
 Branding (marcas) e novos mercados, por meio da gestão
responsável da biodiversidade que pode valorizar a marca de
produtos e o acesso a novos mercados e fontes de receita.
VIII
VIII- Inovação e Embalagem
INOVAÇÃO depende de informação, pesquisa, mas
principalmente, ouvindo e testando cada novidade
com o consumidor. Não existem regras que facilitem o
reconhecimento de uma inovação.
Correr risco é inerente a todo lançamento inovador.
Mas, podemos minimizar erros.
VIII
“A sobrevivência das empresas reside na sua
capacidade de inovação e diferenciação por meio das
novas marcas, conceitos e embalagens".
Philip Kotler, em 1954.
VIII
Quer inovar? Pode-se inovar em várias direções:
- Produtos
- Serviços
- Canais de Venda
- Modelos de Negócios
- Customização de Produtos
VIII
Quer inovar? A tecnologia tem permitido cada vez mais
inovações e novos cenários para o Setor de HPPC:
Nanotecnologia
Minerais
Plantas Amazônicas
VIII
Quer inovar? A tecnologia tem permitido cada vez mais
inovações e novos cenários para o Setor de HPPC:
Plantas Amazônicas
Almecegueira - O extrato da planta amazônica ajuda a proteger a pele contra a
radiação solar; Vegetal tem propriedades antioxidantes, que ajudam a combater
os radicais livres.
VIII
Quer inovar?
Algumas oportunidades de diferenciação e inovação
. A União Européia define a proibição de testes de
cosméticos em animais
. Momento UFC e Copa do Mundo em 2014
. Inovação em comunicação e ações digitais
As marcas precisam impressionar o consumidor com
conteúdos relevantes e abordagens diferenciadas.
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Vidro: frascos em formatos diversos e inimagináveis até pouco
tempo atrás; barreiras à luz UV mesmo na cor branca; decorações,
pinturas, serigrafia, impressões (tintas à base de água, ecológicas),
relevos, rótulos termoencolhíveis especiais, soft touch na superfície,
etc. Versões menores (10, 15, 30ml) buscam atender o consumidor
que exige velocidade no consumo, praticidade para carregar na
bolsa ou pasta e reduzem desperdícios. Embalagens mais leves e até
com tampas de rosca.
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Vidro:
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Plástico/PET: as embalagens de plástico/PET se destacam já que
atendem às demandas dos consumidores com facilidade e
continuam competitivas. Os atributos de formatos, transparência e
barreira são bem atendidos, geralmente, com custo competitivo.
Outras novidades: embalagens flexíveis e biodegradáveis, bisnaga
oval, bisnaga verde em PE
Tubo PE Verde (C-Pack)
Bisnaga oval
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Garrafas de alumínio: essas adotam praticamente qualquer
formato, com decoração direta no material, impressões em até seis
cores e com tintas termocromáticas, foscas, fluorescentes, texturas.
No Reino Unido, a Unilever apresenta uma nova linha de
desodorantes, que garante a mesma proteção em latas
menores. Além da redução de uso de alumínio, o consumo de
gás também é menor. Trata-se de Compressed, uma tecnologia
para desodorantes em aerossóis que consiste em comprimir
alguns dos desodorantes de 150 ml do grupo em latas de 75
ml, sem reduzir a quantidade de produto.
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Papelão liso/ondulado: serve também como embalagem final nas
shelf ready packaging (embalagem que vai direto para a gôndola).
Sem falar nas embalagens de micro-ondulado para outras
categorias, como bebidas.
Sacola da Antilhas para a Avon - Linha “Barbie Loves
Glitter” da Avon, uma embalagem no formato que se
assemelha a uma bolsa, com um tag personalizado
(de/para) e papel de seda, com fechamento personalizado
por uma presilha de cabelo em formato de laço, com
lantejoulas brilhantes.
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Novos Códigos: A codificação RFID* ("Radio-Frequency
IDentification" ) rastreabilidade, prazo de validade, preço, controle
de estoques, pagamento direto no celular sem passar pelo check out
de supermercado, entre outras.
Chip RFID comparado a um grão de arroz.
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Novos Códigos: O QR Code (Quick Response Code) ou Data Matriz
também cresce em função de ser mais simples e mais econômico
para ser implementado e isso pode superior às outras opções.
Exemplo de 'QR code'
VIII
EMBALAGENS
. Sobre as novas propriedades dos materiais...
Stand-up Pouch: exemplo de embalagem “econômica”, flexível, que
usa menos material que um frasco, boa alternativa para alguns
cosméticos . No Japão é bastante comum o uso desse tipo de
embalagem.
VIII
EMBALAGENS
. Tendências culturais que influenciarão as embalagens:
O movimento Eco – Os consumidores, por conta das mudanças
climáticas esperam produtos:
 biodegradáveis,
 recicláveis e
 ambientalmente amigáveis.
 segurança e conservação ambiental vem
 a percepção de que cada um de nós precisa e pode pagar menos.
VIII
EMBALAGENS
. Tendências culturais que influenciarão as embalagens:
O movimento Eco – exemplo universal
Bogobrush (Buy One Give One Toothbrush) é uma escova de dentes
ecológica e com um carácter social, planejados logo de origem.
Por que é Cool? 100% ecológica graças ao seu corpo em bambu e ao
nylon biodegradável; e que pretende fazer chegar a saúde oral a
milhares e milhares de pessoas nos E.U.A. que não tem acesso a
esse cuidado.
VIII
EMBALAGENS
. Tendências culturais que influenciarão as embalagens:
A questão do Tamanho
Embalagem menor, impacto idem
VIII
EMBALAGENS
. Tendências culturais que influenciarão as embalagens:
Histórias para contar – As embalagens devem ter uma história, uma
razão de ser. Um comprador pode muito bem mudá-la e desenvolver
sua própria história, mas a apresentação, a inovação e a imaginação
são necessárias.
VIII
EMBALAGENS
. Tendências culturais que influenciarão as embalagens:
O Poder da Funcionalidade – o design de embalagem que ‘faz
alguma coisa’ é inteligente. As embalagens devem ser eficientes na
maneira de abrir, seguras, mas fáceis de abrir; dispensarem
perfeitamente, sem vazar.
LipsPaper
Batom dose única
Linha Nivea, novo design, mais
funcional
VIII
EMBALAGENS
. Tendências culturais que influenciarão as embalagens:
A influência dos extremos – A Internet traz todo o universo à vista e
é preciso mais e mais para chamar a nossa atenção. Extremos estão
surgindo.
Thierry Mugler traz para o Brasil sua nova
"fonte dupla", para refilar suas fragrâncias
Angel e Alien nos pontos de venda seletivos.
OBRIGADA PELA ATENÇÃO !
ROSE GHACHACHE
[email protected]
Facebook, LinkedIn
11 9-9125-9130