Palestras marcam Semana de Processos Gerenciais

Сomentários

Transcrição

Palestras marcam Semana de Processos Gerenciais
Informativo da Fivr
Ano IX
1º Semestre / 2010
Palestras marcam Semana
de Processos Gerenciais
Criatividade
e organização
na Expoideias
Já tradicional, evento organizado pelos
formandos do Curso de Administração
repete sucesso de anos anteriores e
leva mais de 650 pessoas ao ginásio
esportivo das FIVR.
Página 12
Curso de Serviço
Social inicia ano
com reflexão
Estudantes ouviram profissionais
falarem da área de atuação
Páginas 3
Palestras e baile
marcam Semana da
Enfermagem
Páginas 7
Palestras enfocaram questões como liderança e educação financeira
PARTICIPE!
Os graduandos de Enfermagem
das FIVR, em parceria com a
Associação dos Servidores de
Saúde e funcionários do HRVR
realizam evento para arrecadação
de fundos no dia 3 de julho, a
partir das 20 horas, no Centro de
Eventos de Pariquera-Açu.
A cartela para sorteio de prêmios
custa R$ 10,00 e dá direito aos
sorteios de vários prêmios, entre
os quais, uma moto zero km
Honda, uma TV LCD 26´, um
tanquinho, um microondas e
uma bicicleta.
Páginas 6
Trote Solidário
promove ações
sociais na região
Todos os cursos das faculdades
mantidas pela UNISEPE realizam
ações junto à comunidade, a
exemplo do Curso de Fisioterapia,
que promoveu evento com a
APAE Sete Barras
Páginas 11
2
1º Semestre >> 2010
unisepe
União das Instituições de
Serviços, Ensino e Pesquisa
Diretor Geral
Prof. Venâncio dos Santos Lopes
Atividades de campo >>>
Alunos de Biologia realizam saída de
Campo para Cananéia e Ilha Comprida
Grupo de alunos e professores em Ilha Comprida
de bactérias nitrificantes.
Inúmeras espécies de pteridófitas
e angiospermas foram identificadas
durante o percurso, além de algas
verdes (Clorophyta) e vermelhas
(Rhodophyta). Alguns animais observados foram anêmonas (Cnidaria),
ermitões e caranguejos (Crustacea:
Decapoda), colônias de briozoários
(Bryozoa) e cracas (Cirripedia), todos
em seus ambientes naturais.
Atividades como essa ajudam o
futuro profissional de Biologia a exercitar uma de suas maiores necessidades (e virtudes): a observação atenta
do ambiente que o cerca.
Alunos do 3º e 5º períodos do
Curso de Ciências Biológicas, acompanhados pelos professores Manoel
Carlos e Andreia, realizaram dia 3
de abril, saída de campo para verificação em loco de animais e plantas
nos ambientes de mangue, restinga,
dunas e substrato rochoso. Neste
breve trecho foi possível observar
várias plantas e suas adaptações aos
distintos ambientes como Rhizophora mangle e Avicennia sp, suas raízes
Anêmonas
Coordenadoria de Produção e Extensão – CPEx
Profª. Andreia Aparecida Barbosa
[email protected]
Coordenadoria do Centro de Pesquisa Estatística e
Estudos Matemáticos – CEPEM
Prof. Mário Sérgio de A. Muniz
[email protected]
Coordenadoria de Tecnologias Educacionais – CTE
Prof. Germando L.F. Busato
Profª. Elisabeth P.L. Kozikoski
Prof. João Victor Rodrigues Soares
[email protected]
Coordenadores de Cursos
Administração de Empresas
Prof. Carlos Eduardo Pinto
administraçã[email protected]
CST em Processos Gerenciais
Prof. Carlos Eduardo Pinto
[email protected]
Análise e Desenvolvimento de Sistemas
Prof. Paulo Renato de O. Gavião
Prof. Franklin Costa
e-mail: [email protected]
Biologia
Profª. Andreia Aparecida Barbosa
[email protected]
Ciências Contábeis
Prof. Francisco Sérgio Cunha
Prof. Igor Gabriel Lima
ciê[email protected]
Direito
Prof. Edson Júlio da Silva
e-mail: [email protected]
Prof. Cristiano José M. de Oliveira
[email protected]
Educação Física
Prof. Cláudio Augusto Marques
[email protected]
Enfermagem
Profª. Pryscilla Simões Coelho
[email protected]
Fisioterapia
Prof. Augusto César F. Gauglitz
[email protected]
Gestão Ambiental
Profª. Daniela Galvão Vidoto
[email protected]
História
Profª. Marlene Alves Salvador
[email protected]
Hotelaria
Profª. Daniela Galvão Vidoto
[email protected],com.br
Letras
Profª. Heleni Sousa dos Santos Ferreira
[email protected]
Matemática
Prof. Mário Sérgio de A. Muniz
[email protected]
Nutrição
Prof. Jaqueline Araujo Pernomian
[email protected]
Pedagogia
Profª. Vera Regina Fumie Hashinoto
[email protected]
Química
Rogério Haruo Watanabe
Adjunto: Prof. Germano L.F. Busato
[email protected]
Serviço Social
Prof. Adir José Lopes
escora, pneumatóforos e lenticelas.
Drosera sp., uma planta insetívora,
foi encontrada em abundância pelo
trajeto da balsa até à praia. As folhas
desta planta possuem tricomas glandulares que secretam uma substância clara e pegajosa que atraí insetos.
Essas plantas digerem os organismos
capturados, absorvendo compostos
nitrogenados que eles têm, pois geralmente são encontradas em solo
ácido, não favorável ao crescimento
Visita técnica à empresa Lavizoo, em Registro
Acompanhados pelo professor
Carlos Eduardo, alunos do Curso
de Administração fizeram, dia 11
de maio, visita técnica à empresa A
LAVIZOO Laboratórios Vitamínicos e
Zootécnicos Ltda., localizada no distrito industrial de Registro
Os alunos formam recepcionados
na sala de treinamento da empresa,
pelo Sr. Marcelo responsável pela
qualidade da produção, e Sr. Robson,
Veterinário, que contaram a história
da empresa, bem como a formação
hierárquica, as técnicas de planejamento de produção, a tecnologia
utilizada, a estrutura organizacional,
bem como questões estratégicas de
posicionamento no mercado.
Alunos de Administração durante visita à fábrica no distrito industrial
Em seguida, os alunos fizeram visita a área fabril da empresa, onde
conheceram o processo produtivo,
processo de estoque e embalagem
do produto, controle de resíduos e a
logística aplicada. Vinte alunos participaram da visita, que durou quatro
horas.
Expediente >>
Jornal da UNISEPE é uma publicação bimestral
dirigida aos estudantes e professores das Faculdades
Integradas do Vale do Ribeira (FIVRs) e Instituto
Técnico do Vale do Ribeira (ITEC).
Conselho Editorial: Professores Venâncio dos Santos Lopes e Heleni de Souza Ferreira
Jornalista Responsável: Sueli Correa - MTb- SP 14.644
Projeto Gráfico / Diagramação: Márcio Lima (13) 8133-0476
Impressão: Jornal do Estado
Endereço: Rua Oscar Yoshiaki Magário, 185 - Jd. das Palmeiras - Registro - SP - CEP 11900-000
Fone: (13) 3828-2840 - E-mail: [email protected]
1º Semestre >> 2010
5
3
Serviço social >>>
Dia do Assistente Social é
comemorado nas FIVR
Atuação
profissional
O assistente social é o profissional habilitado a dirigir entidades
sociais, administrar unidades prestadoras de serviços sociais, obras
sociais e setores de Serviço Social
em estabelecimento público ou
privado, além de poder integrar
equipes interdisciplinares voltadas
a atuação social. Para isso pode desenvolver as seguintes atividades:
• Planeja, coordena e executa programas, projetos e pesquisas sociais;
• Presta assessoramento e supervisão a entidades sociais, a indivíduos, a grupos e a organizações sociais
em assuntos relativos à área social;
Professora Heleni, na abertura do evento
Implantado este ano nas Faculdades Integradas do Vale do Ribeira
(FIVR/UNISEPE), o curso de Serviço
Social começa a refletir sobre as políticas públicas do Vale do Ribeira
aproximando os futuros profissionais
da realidade da região. Na sexta-feira,
14 de maio, véspera do Dia do Assistente Social, a coordenação do curso
organizou mesa redonda, com profissionais da área que atuam na região,
para debater o tema, possibilitando
aos estudantes obter conhecimento
da realidade regional. A professora
Heleni Sousa dos Santos Ferreira, coordenadora de Letras, representou a
direção das FIVR na abertura do evento, e destacou a importância do profissional de Serviço Social “para minimizar as desigualdades sociais”. O
professor Adir José Lopes, coordenador do curso, ressaltou que a missão
da UNISEPE, de formar cidadãos com
competência técnica e compromisso
social, tem tudo a ver com o trabalho
do assistente social.
Primeira a falar, Ana Lourdes Fideles de Oliveira, diretora da Regional
de Assistência e Desenvolvimento
Social do Vale do Ribeira (DRADS),
apresentou um panorama da política
de assistência social a partir da implantação do Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Ela também
abordou as dificuldades de articulação no Vale do Ribeira para fazer
valer o NOB SUAS, que define a estrutura de recursos humanos para
funcionamento de cada equipamento social no município.
A assistente social Gracilda Mendes, técnica da DRADS, por sua vez,
falou do trabalho que desenvolve na
assessoria aos municípios para desenvolvimento de projetos e programas
sociais e na fiscalização e controle da
política de assistência social.
Adolfo Aparecido Teixeira explicou
o que é o Centro de Referência em
Assistência Social (CRAS) e o seu papel no atendimento aos usuários. Ele
ressaltou que o CRAS não é apenas
para realização de cursos de geração
de renda, mas principalmente um espaço de sociabilização e convivência,
onde as famílias são preparadas para
enfrentar as dificuldades cotidianas
de forma autônoma e com clareza
da situação em que vivem.
Kelli Almeida, também do CRAS,
reforçou o trabalho desenvolvimento para garantir a inclusão social dos
usuários. Ela afirmou que o CRAS
deve ser a porta de entrada da política de assistência social e tem caráter
sério, efetivo e um alcance que vai
além das cestas básicas que, antigamente, eram oferecidas às famílias.
O Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) foi
tema de reflexão de Mariane Komiyama e Ligia Marie Sumida, que explicaram o funcionamento desse equipamento que, entre outras ações,
atende casos de violência doméstica,
abuso sexual a crianças e adoles-
• Atua como consultor social, emite
pareceres, realiza diagnóstico social
ou perícia em assuntos que envolvem o aspecto social do cliente;
centes, negligencia e desrespeito ao
idoso, criança e adolescente, além
de acompanhamento às crianças e
• Dirige Faculdades, Escolas, Curadolescentes em liberdade assistida.
sos e/ou Departamentos de Serviço
Segundo Ligia, o trabalho no CREAS
Social, lecionando matérias ou disnecessita de preparo específico, pois
ciplinas de Serviço Social ou afins;
os usuários são desprovidos dos mecanismos de autodeterminação, sen• Trabalha diretamente com a popudo necessário um trabalho em equilação promovendo e participando
pe interdisciplinar com psicólogos,
de movimentos sociais, reinterpreassistente sociais, oficineiros e pedatando as políticas sociais e retogogos, entre outros profissionais.
mando as problemáticas sociais não
João Carlos Ferreira, por sua vez,
contempladas por essas políticas;
explicou que, ao contrário dos profissionais que atuam com políticas
• Atua junto às organizações: popupúblicas, como assistente social do
lares, sindicais e comunitárias, capaJudiciário ele tem o papel preponcitando-as a participarem das polítiderante de perícia e embasa teoricacas sociais através de expressões de
mente e dentro do seu saber os juícertas reivindicações populares;
zes para que possam tomar decisões
mais próximas da realidade. Infor• Atende à população prestando
mou também que a atuação do asorientação psico-social, sócio-ecosistente social no Judiciário está mais
nômica e sócio-política.
pontuada na esfera dos direitos da
criança e adolescente e
os pareceres são sempre
no sentido restrito da
convivência familiar.
No término do encontro, que foi organizado
pela professora Dalsiza
Armstrong Savioli, houve
confraternização entre
profissionais e alunos,
distribuição de brindes
e um apetitoso lanche
Coordenador Adir e assistente social
para comemorar o Dia
João Carlos, que atua no Judiciário
do Assistente Social.
“
4
1º Semestre >> 2010
Atualização >>>
Curso de Direito debate
temas jurídicos atuais
O direito eleitoral e partidário, a
lei de ficha limpa, competências da
Justiça do Trabalho, aspectos da lei
ambiental, a Defensoria Pública no
Vale do Ribeira e a prática forense foram temas da 4ª Semana Jurídica do
Curso de Direito realizada nas Faculdades Integradas do Vale do Ribeira
(FIVR/UNISEPE), realizada de 7 a 11
de junho na Associação dos Amigos
do Judiciário com a participação de
juristas conceituados em suas áreas
de atuação.
Segundo o professor Cristiano José
de Oliveira, um dos coordenadores do
Curso de Direito, o evento, que ocorre
anualmente, tem como objetivo proporcionar aos futuros profissionais
conhecimento das diversas áreas de
atuação do Direito, consolidando a
formação profissional. O primeiro dia do evento teve a
presença do advogado Antonio Sérgio
Baptista, especialista em Direito Público, criminal, Administrativo e Tributário, que dou a nova lei da ficha limpa.
“Questões atuais e polêmicas da
Nova Competência da Justiça do
Trabalho” foi o tema da terça-feira,
Evento
reuniu
alunos de
Direito e
convidados
exposto pelo advogado Leone Pereira, especializado em Direito do Trabalho. Na mesma noite o advogado
Wilson Venturelli Helu, membro do
Grupo de especialista de estudo ambiental da Federação de Agricultura e
Pcuária do Estado de São Paulo (FAESP) abordou “Aspectos da Política
Ambiental Integrada: Novas decisões
e desafios geopolíticos em 2010- um
modelo de desenvolvimento”.
Na quarta-feira, o juiz federal Luís
Antonio Zanluca falou sobre “Análise
da Prática Forense”.
Os defensores públicos Menésio
Pinto Cunha Jr. (área criminal, júri e
execução criminal), Fabrício Feres
Furlan (área família e cível) e Andrew
Toshio Hayama (área da infância e juventude e cível), todos atuando na região, foram os palestrantes de quinta-feira, 10 de junho. Eles falaram
sobre o funcionamento da Defensoria
Pública no Estado de São Paulo.
O encerramento do evento, na sexta-feira, teve a palestra “O Direito Po-
lítico Eleitoral e Partidário como Novo
Mercado de Trabalho para o Advogado e o Jovem Advogado”, ministrada
pelo advogado Marcelo Augusto Melo
Rosa de Souza, consultor jurídico em
Direito Político Eleitoral e professor do
Curso de Direito Eleitoral da Escola Superior de Advocacia da OAB/SP.
Promovida e coordenada pela Comissão de Formatura do 9º Semestre
de Direito, a Semanadi contou com
apoio da UNISEPE, mantenedora das
FIVR, e do curso LFG.
Dia da Matemática >>>
Homenagem ao professor Malba Tahan
Professor Keiji e o coordenador
do Curso de Matemática,
professor Mário Sérgio
O dia 6 de maio é o Dia Nacional
da Matemática em nosso país. Ele é
consagrado ao nosso mais importante educador de matemática: Malba
Tahan. Festejamos, nessa data, a matemática e o trabalho de todos que se
dedicam à Educação de nossa gente.
O dia foi criado pela Sociedade
Brasileira de Educação Matemática - a
SBEM -, e a escolha dessa data é uma
homenagem ao nascimento de Malba
Tahan, pseudônimo de Júlio César de
Mello e Souza. Tahan é autor de uma
extensa obra, incluindo o livro O Homem que Calculava. Professor de Matemática e escritor muito criativo, ele
adorava elaborar enigmas em sala de
aula para iniciar suas explicações.
Ele nasceu no Rio de Janeiro em
1895 e morreu aos 79 anos, em 1974,
no Recife. Foi um professor ousado
para a época e gostava de ir muito
além do ensino teórico e expositivo,
do qual, aliás, foi um feroz crítico.
Também não dava notas “zero” nem
reprovava seus alunos. “Por que dar
zero se há tantos outros números?”.
Já suas histórias eram sobre aventuras misteriosas, com beduínos, xeiques, vizires, magos, princesas e sul-
tões. Em O Homem que Calculava,
ele conta as aventuras de Beremis,
um árabe que gostava de resolver
os problemas da vida com soluções
matemáticas. Os números e as propriedades numéricas eram, para ele,
como seres vivos. Ele dizia que existem números alegres e bem-humorados, frações tristes, multiplicações
carrancudas e tabuadas sonolentas.
Aula do
Curso de
Matemática
1º Semestre >> 2010
5
Atividades lembram
o Dia do Pedagogo
“O importante da educação não é
o conhecimento dos fatos, mas dos
valores”. Com essa frase de Dean W.R.
Inge impressa numa faixa, os alunos
do Curso de Pedagogia foram recebidos, em 20 de maio, para comemoração do Dia do Pedagogo nas FIVR.
Utilizando-se dos quatro pilares
da Educação – Aprender a Fazer,
Aprender a Ser, Aprender a Conviver
e Aprender a Conhecer – os alunos
foram convidados a desenvolver propostas alusivas ao tema, realizando
atividades como poesia, acróstico,
paródia e expressão corporal.
Cada classe/semestre desenvolveu
a proposta, contemplando as atividades citadas com o eixo dos quatro
pilares. Os trabalhos foram expostos
num grande varal para apreciação de
todos os alunos da faculdade.
Os professores também apresentaram o Hino da Pedagogia e a
Oração do Pedagogo. “A comemoração foi muito animada e produtiva.
Alunos e professores interagiram na
construção de uma proposta para
transmitir os ideias da Educação sintetizados nos pilares da Educação”,
avaliou, ao final do evento, a professora Vera Hashimoto, coordenadora
do Curso de Pedagogia.
Alunas partiparam ativamente das atividades
Alunos de
Ciências
Biológicas
realizam
visita ao
Aquário de
São Paulo
Expressão corporal
Paródia
Evento resultou em várias produções
Sped Contábil é tema de palestra
O Curso de Ciências Contábeis das
Fivr, em parceria com o SESCON-SP e
a ACOVALE promoveram, dia 18 de
maio, a palestra cujo tema foi “Sped
Contábil”, ministrada por. Antônio
Carlos Souza dos Santos, do SESCON-SP.
O evento teve como principais objetivos a integração dos discentes com
outros profissionais da área contábil e
a disseminação do conhecimento acerca do tema que é atual e relevante no
universo da contabilidade nacional.
Estiveram presentes no evento,
além dos alunos da Instituição, profissionais da área contábil do Vale
do Ribeira, totalizando cerca de 150
participantes, que demonstraram
sua responsabilidade social na arrecadação de 130 kg de alimentos não
perecíveis que foram doados à APAE
da cidade Sete Barras.
Dessa forma, o Curso de Ciências
Contábeis além de agregar conhecimentos aos seus discentes, demonstra a preocupação em exercer a sua
responsabilidade social.
Professores e
palestrantes
Alunos
acompanharam
atentamente as
palestras
No dia 11 de abril, os alunos
do Curso de Ciências Biológicas,
acompanhados pelos professores
Andreia, Manoel Carlos e Haruo,
realizaram uma visita técnica ao
Aquário de São Paulo. Neste local
os discentes tiveram a oportunidade de conhecer fragmentos de
diversos ecossistemas aquáticos
do Brasil e do mundo. O Aquário
de São Paulo possui mais de 3.000
m², divididos em quatro atrações:
Vale dos Dinossauros, Aquário de
São Paulo, museu e planetário. No
Vale dos Dinossauros puderam ser
observadas réplicas mecânicas dos
animais pré-históricos. A segunda atração visitada foi o setor do
Aquário de São Paulo, composto
por quatro ambientes: Rio Tietê,
Selva Brasileira, Pantanal e Amazônia, cada um deles com representantes de várias espécies de animais, entre peixes, répteis, aves e
mamíferos. Por fim o Museu, com
fósseis de peixes e outros animais
taxidermizados ou mantidos em
formol.
Na visita os alunos observaram
os morcegos da espécie Pteropus
vampyrus, naturais da Ilha de Java
e popularmente conhecidos como
“raposas voadoras” devido a sua
grande envergadura. Quando filhotes, eles chegam a medir um
metro e quando adultos, dois metros de envergadura.
6
1º Semestre >> 2010
Processos Gerenciais >>>
Educação Financeira e crescimento
sustentável são temas de palestras
A 1ª Semana de Processos Gerenciais – Futuros Gestores, organizada
pelos formandos do curso de Processos Gerenciais das Faculdades Integradas do Vale do Ribeira (FIVR), mantidas pela UNISEPE, realizada dias 5 e 6
de maio, teve como principais eventos as palestras sobre “Crescimento
Sustentável”, ministrada por Dimitros Asvestas, e “Educação Financeira
para Gerar Qualidade de Vida Pessoal
e Profissional”, desenvolvida por Rogério Frutuozo. O evento ocorreu na
sede social da Associação do Judiciário e atraiu centenas de alunos, inclusive de outros cursos da UNISEPE.
Na quinta-feira, 5 de maio, Dimitros Asvestas deu uma injeção de ânimo na platéia de estudantes abordando temas como motivação, gestão de
pessoas, liderança, comprometimento, sonhos, metas e objetivos.
“Um futuro gestor começa no seu
dia a dia: seus dez primeiros minutos
“
“Tua ausência
de resultados é
motivada pelo teu
estado de espírito”.
“Fuja das pessoas
que querem roubar
o teu sonho”.
“Miséria atrai
miséria. Riqueza
atrai riqueza. Tudo
depende do seu
pensamento”.
“Não existe crítica
construtiva. Elogie
as pessoas”.
”
Rogério Frutuozo
Apresentação da Apae Sete Barras emocionou os presentes
vão determinar como vai ser o seu
dia”, afirmou Asvestas, alertando para
a necessidade de se fugir das pessoas
que querem roubar os sonhos. O palestrante disse também que quando
as coisas não vão bem, as pessoas
precisam mudar de atitude.
Asvestas disse, ainda, que um gestor de negócio lida com relacionamento humano e deve buscar o que
há de melhor em cada pessoa para
formar a equipe. Para isso é preciso
identificar o perfil de cada um que integra o seu time e delegar atividades
de acordo com o perfil identificado.
“O que resume a nossa vida é uma
palavra chamada atitude. Enquanto tiver tempo, fala sua vida valer a
pena”, aconselhou.
Na sexta-feira, último dia do evento, Rogério Frutuoso abordou questões como conceitos e caminho para
a independência financeira, poder
dos juros nas dívidas e aplicações financeiras, a importância do dinheiro
em nossas vidas e a situação dos aposentados no Brasil.
A palestra também motivou à reflexão sobre qual a situação financeira em que se encontra cada um dos
participantes.
A abertura do evento, na quintafeira, contou o coordenador do curso
de Processos Gerenciais, Carlos Eduardo Pinto, o diretor geral das FIVR,
professor Venâncio dos Santos Lopes,
professor Eduardo Halt, o vice-presidente da Aciar, Hélio Borges Ribeiro,
e os alunos Ricardo da Silva Santos e
Elyn Eli de Sousa.
Antes do início da palestra, alunos
da APAE Sete Barras apresentaram
duas danças – “Superando Limites” e
“Anos 80”.
Dimitros Asvestas
Mesa de autoridades na abertura do evento
Estudantes e convidados acompanharam atentamente as palestras
1º Semestre >> 2010
7
Semana de Enfermagem >>>
O ser humano em primeiro lugar
“Ter o foco no ser humano é fundamental na nossa profissão. Não
se fala mais em transmissão de conhecimento mas construção do conhecimento. Antes, o foco eram as
especialidades. Vale mais a pena promover a saúde das pessoas do que o
cuidado curativo. A gente precisa se
colocar um pouquinho no lugar da
pessoa para saber: era isso que eu
queria para mim? Acho que essa é a
mensagem deste evento”. Com essa
afirmação a enfermeira Pryscilla Simões Coelho, coordenadora do Curso de Enfermagem das FIVR/UNISEPE,
encerrou a II Semana de Enfermagem, realizada de 19 a 21 de maio,
no Hangar 116.
Durante dois dias os estudantes
participaram de palestras e debates
focando o exercício da profissão. A
abertura foi feita pelo professor Venâncio Lopes, diretor geral das FIVR,
e pela professora Pryscilla, além do
diretor do Instituto Técnico do Vale
do Ribeira, André Sivieiro , e da enfermeira Selma Gonçalves, representante do Coren – (Conselho Regional de
Enfermagem) – Seção São Paulo.
A enfermeira Soraya Boccatto
abriu o evento com o tema “Liderança em Enfermagem – a Arte de Envolver Pessoas em Torno de um Objetivo
Comum: a Assistência de Qualidade”.
Ela deixou muitos questionamentos
aos futuros profissionais, enfocando
a liderança como parte do processo
de melhoria e humanização das organizações. “As pessoas dependem
das organizações para atingirem
objetivos pessoais e as organizações
precisam das pessoas para produzir
objetivos estratégicos”, ressaltou So-
Os alunos acompanharam atentamente as palestras
Enfermeira Soraya abordou
liderança no trabalho
raya, analisando que, sem os líderes,
as empresas seriam uma grande confusão de pessoas e equipamentos.
A palestrante disse, ainda, que liderança, além de ser habilidade e escolha, é a capacidade de influenciar
o outro de forma brilhante. “Quando eu termino o meu plantão, as
pessoas saem diferentes de quando
entraram. Elas foram inspiradas, vão
crescer e se desenvolver”, observou,
Como parte da homenagem dos alunos, Pryscilla recebe
presente de seu filho Luis Guilherme
Professora Pryscilla com a lâmpara,
símbolo da Enfermagem
mostrando que a função do líder é
fortalecer a equipe e valorizar competências individuais.
Após a conferência, os alunos do
3º e 5º semestres, organizadores do
evento, homenagearam a professora
Pryscilla, apresentando imagens no
telão em que ela aparece ao lado dos
alunos. Os graduandos expressaram
a admiração pelo trabalho da professora-coordenadora. “Nossas vidas
Professor Luciano falou sobre
interdisciplinaridade
foram contaminadas pela sua presença e, principalmente, pela forma
como você exerce a enfermagem”,
afirmaram. Emocionada e surpresa,
Pryscilla recebeu um presente de seu
filho Luis Guilherme.
No segundo dia do evento, além de
Pryscilla e Soraya, o enfermeiro Luciano
Inocêncio participou da mesa redonda.
O tema foi “Interdisciplinaridade” que,
segundo explicou, é a conexão entre
diversas áreas profissionais em benefício do ser humano e que desemboca na qualidade no atendimento. Ele
também abordou a transdisciplinaridade, “em que todos os fatores são
transformados em prol do paciente”.
Soraya completou: “Na interdisciplinaridade, todo planejamento
estratégico está voltado para o atendimento do meu paciente, só que
pela visão do meu paciente. E o meu
trabalho é complementado pela especialidade do outro”.
O evento foi encerrado na sextafeira, 21 de maio, com baile onde reinaram a descontração e a alegria.
8
Egressos >>>
UNISEPE é
importante para
o Vale do Ribeira
Formei-me em Ciências Contábeis, em 1993. Considero muito
importante termos, na região, uma
instituição do porte da UNISEPE.
É indiscutível a importância da
faculdade na formação de um bom
profissional. Acredito, porém, que
além da faculdade, cada um tem
que fazer a sua parte para atingir
seus objetivos profissionais.
Christianne Costa Andriello
Diretora Administrativa e
Financeira do CONSAÚDE
Bons professores
ajudam na
formação
1º Semestre >> 2010
Pessoas >>>
Entre o palco e a sala de aula
Ao mesmo tempo em que concluiu a dissertação em Direito Internacional, que lhe garantirá o título
de mestre, e elabora tese, sobre o
mesmo tema, para tornar-se doutor,
o professor Cristiano José de Oliveira também dedica-se a outra grande
paixão: o teatro. No final de março,
logo após entregar a dissertação,
Cristiano fez alguns ensaios com o
grupo carioca Mama Djo Djo pois se
apresentaria, com duas peças, durante o Festival de Teatro de Curitiba.
Cristiano fez teatro durante o Ensino Médio. Optou pelo Direito como
profissão e, para ter uma atividade à
noite em Curitiba “e fugir um pouco
do mundo formalista do Direito”, ele
buscou um curso de teatro. No mesmo ano em que se formou Bacharel
em Direito, Cristiano também recebeu o diploma de ator profissional,
expedido pelo Sindicato dos Artistas
do Paraná. Formou-se advogado e
ator em 2005.
Logo após a formatura, Cristiano
deu um tempo do teatro, declinou
do convite para atuar, em Curitiba,
numa peça baseada em O Processo,
de Franz Kafka, e voltou para o Vale
do Ribeira. “Acabei optando pelo
mais seguro pois, no Brasil, é difícil
se destacar como ator logo no começo da carreira”, afirma. Foi nomeado assessor jurídico da prefeitura de
Iporanga, no Alto Ribeira.
O magistério era outro desejo
Professor e ator Cristiano José de Oliveira
profissional de Cristiano e, para isso,
logo após formar-se ele buscou uma
especialização que era o passaporte para a vida acadêmica. Em 2007
foi contratado pela Unisepe e é atualmente um dos coordenadores do
curso de Direito.
No ano passado, Cristiano foi chamado na última hora para substituir
um ator que atuaria na peça “Garagem do Rock”, do grupo carioca
Mama Djo Djo, que fez sucesso no
Festival de Curitiba e, depois, fez
uma curta temporada em Registro
com casa cheia, como se diz no jargão do teatro. Os ensaios ocorreram
pouco antes da estreia da peça.
Em março deste ano, Cristiano
voltou ao Festival de Curitiba com
o mesmo grupo, atuando em duas
peças – “Mama Live Djo Djo Show” e
“Improvisos”.
Para conseguir ser tantos e fazer
tanta coisa ao mesmo tempo Cristiano tem uma receita infalível: dedicação e amor ao trabalho.
Um sonho realizado
Sou da primeira turma do Curso de Educação Física.
Tive bons professores, que
orientaram na minha formação
profissional.
A UNISEPE cumpre um papel
fundamental na formação de profissionasi para atuarem no Vale do
Ribeira.
Laedes B. Chaves
Professora de Educação Física da
Rede Estadual de Ensino
As circunstâncias geográficas e financeiras obrigaram o Oficial de Justiça José Abimael Martins, residente em
Iguape, a prosseguir o curso de Direito. Ele começou a estudar em 1975,
em Itapetininga, e, no ano seguinte,
prosseguiu em Mogi das Cruzes.
Há cinco anos, quando soube que
seria implantado o curso de Direito na
Unisepe, e estimulado pelo genro Wilson Almeida Lima, Abimael prestou
vestibular, foi aprovado em sétimo
lugar e voltou à faculdade. Ao final
deste ano, com 72 anos de idade, ele
receberá o diploma de bacharel em
Direito e partirá para outro desafio:
ser aprovado no exame da Ordem dos
Advogados Brasileiros (OAB) para, en-
José Abimael Martins
tão, concretizar o sonho interrompido há mais de trinta anos.
Abimael, que se aposentou como
diretor do Cartório Eleitoral de Igua-
pe, diz que só atuará quando for
preciso ajudar. “Já trabalhei muito na
vida, desde criança, agora chega”,
ele diz. Isso não significa, porém,
que pretende pendurar as chuteiras.
“Quero aprender sempre, pois sempre há tempo para se aprender alguma coisa”, observa.
Abimael diz que é preciso “manter
os neurônios ativos”. “Se eu estivesse
parado não iria acontecer nada, não
teria uma formatura”, afirma.
Além do diploma e dos conhecimentos adquiridos, Abimael levará
boas lembranças da turma. “Os alunos são bons e cordiais, não há discriminação nenhuma e o ambiente da
faculdade é muito saudável”, avalia.
1º Semestre >> 2010
9
Mestres >>>
Professora apresenta trabalho
na 33ª Reunião da Sociedade
Brasileira de Química
A professora Perceli Gomes Elias
participou, de 28 a 31 de maio, em
Águas de Lindóia, da 33ª Reunião da
Sociedade Brasileira de Química, onde
apresentou um recorte de sua pesquisa de Mestrado intitulada “Alguns
flashes do Conhecimento Pedagógico
do Conteúdo de Quatro Licenciandas
em Química: Um Estudo de Caso”.
Trata-se, segundo a professora
Perceli, de uma linha nova de pesquisa no Brasil, conhecida como PCK
(Pedagogical Content Knowlegale)
que estuda o conhecimento pedagógico do conteúdo mostrando as
estratégias utilizadas pelos professores experientes para repassar o
conhecimento aos alunos, utilizando
representações e analogias que consolidam a aprendizagem do conteú-
do específico.
A pesquisa da professora Perceli
busca saber quais os indícios de PCK
que têm os alunos em formação. “As
licenciadas têm alguns conhecimentos que vão complementar e outros
que vão atrapalhar o desenvolvimento pedagógico do aluno”, observa.
Ao contrário da maioria dos trabalhos nessa área, que foca o professor
experiente, a pesquisa da professora
Perceli inova porque busca os indícios de PCK em licenciandas, com o
objetivo de trazer esse conhecimento
de conteúdo para a formação de novos professores.
Perceli é professora formadora
(prática de ensino e estágio supervisionado) e é daí que vem seu interesse por
essa linha de pesquisa. Atualmente ela
é responsável pela disciplina de Química Orgânica Experimental nas FIVR
e faz Mestrado em Ensino de Química
na Universidade de São Paulo (USP).
Professor representa as FIVR no II
Seminário Ibero Americano em Brasília
O Professor Djalma de Oliveira
Bispo Filho, do Curso de Análise e
Desenvolvimento de Sistemas, representará as FIVR no II Seminário Ibero-
Americano de Ciência-Tecnologia-Sociedade no Ensino das Cências, que
será realizado em julho, em Brasília.
No trabalho intitulado “Crenças
e Atitudes a Respeito de Ciência,
Tecnologia e Sociedade (CTS): um
Diagnóstico de Professores em Exercício, o professor Djalma apresenta
concepções (crenças e atitudes) de
professores brasileiros acerca da natureza da Ciência e da Tecnologia e a
relação dessas com a Sociedade.
Nesse trabalho, o professor Djalma procurou diagnosticar as concepções de professores brasileiros
de todos os níveis de ensino acerca
de Ciência, Tecnologia e Sociedade
(CTS), a partir dos itens que integram o questionário utilizado no
Projeto Iberoamericano de Avaliação de Atitudes Relacionadas a CTS
(PIEARCTS). Consideraram-se os resultados obtidos com 580 questionários, respondidos por professores
em exercício. Os dados revelaram
crenças e atitudes ingênuas em relação à Natureza da Ciência (NdC)
e Natureza da Tecnologia (NdT), as
quais influenciam o ensino de ciências nos diversos níveis, o que leva a
promover discussões acerca da formação docente.
Coordenadora
de Pedagogia
participa de
Seminário
de Educação
Inclusiva
Prof. Vera Hashimoto à direita
A professora Vera Hashimoto,
Coordenadora do Curso de Pedagogia das Faculdades Integradas
do Vale do Ribeira (FIVR/UNISEPE)
e Coordenadora do Pólo Registro
do Programa Educando para a
Diversidade, participou na semana de 24 a 28, em Brasília, do 2º
Seminário Nacional de Formação
de Gestores e Educadores do Programa Educação Inclusiva Direito
à Diversidade, realizado pela Secretaria da Educação Especial (SEESP), do Ministério da Educação.
A coordenadora Vera Hashimoto, junto com a professora Rosana
Rodrigues Ferreira da Silva, técnica
da Educação Especial Rede Municipal de Registro, multiplicará as
ações definidas em Brasília para
representantes dos 38 municípios de abrangência do Pólo. Vera
também repassa o conhecimento
que adquire em tais eventos para
os alunos do curso de Pedagogia,
proporcionando que ampliem conhecimento nessa área.
“Eventos como esse são importantes para trazermos novas
informações sobre a educação inclusiva, que é um dos pilares na
construção de uma sociedade melhor”, afirmou a professora Vera
Hashimoto.
Durante o Seminário, cerca de
600 professores e gestores municipais participaram de palestras
com especialistas nacionais e internacionais que abordaram os
diversos aspectos da educação inclusiva.
10
1º Semestre >> 2010
Presença na comunidade >>>
UNISEPE participa de eventos
As faculdades vinculadas à UNISEPE têm forte presença na comunidade em todas as áreas do conhecimento e, assim,
transformam em prática a missão institucional, fortalecem o ensino e contribuem para melhorar a sociedade.
Ação em prol da Apae
de Sete Barras
O curso de Fisioterapia de realizou
no dia 28 de abril, a 1ª Ação Solidária
em Prol da Apae de Sete Barras, com
realização de palestra ministrada por
Humberto Alexandre com o tema “A
importância do profissional da área
da saúde no processo de reabilitação” com objetivo mobilizar os alunos dos cursos de Fisioterapia e En-
fermagem para participarem de um
evento com a finalidade de arrecadar
recursos para compra de um prêmio
para ser bingado e revertido em bens
para a entidade..
O evento foi organizado pela coordenação, professores e alunos do
curso de Fisioterapia com auxílio dos
patrocinadores e colaboradores.
Dia Nacional de Ação Voluntária
As FIVR participaram, dia 7 de março, do Dia Nacional da Ação Voluntária, realizado na Fundação Bradesco.
Foram realizados mais de 500
atendimentos em várias áreas e participação ativa dos alunos.
Letras
Biologia
Direito
Simpósio de
Bananicultura
Com apoio das FIVR foi realizado no Centro Esportivo “Professor
Guilherme Bernardes o VII Simpósio
Brasileiro de Bananicultura (Sibanana). O evento aconteceu de 7 a 11
de junho e reuniu pesquisadores e
produtores do Brasil e do exterior
com o objetivo de debater as principais questões ligadas À cadeia produtiva da fruta.
Na mesa de abertura do evento
o diretor geral das FIVR, professor
Venâncio Santos Lopes, representou a instituição. Também fizeram
parte da mesa o deputado estadual
Samuel Moreira, o diretor da Agên-
cia Paulista de Tecnologia dos Agronegócios (APTA/Pólo Vale do Ribeira),
Luis Alberto Saes; o diretor técnico da
Coordenadoria Técnica de Assistência Integral da Secretaria da Agricultura, Luiz Antonio de Campos Penteado (que representou o secretário da
Agricultura); a prefeita de Registro,
Sandra Kennedy; Carlos Ruggieiro,
da Sociedade Brasileira de Fruticultura; Marc Pierre Medaets, presidente
da Associação de Bananicultores do
Vale do Ribeira (ABAVAR); professor
Venâncio Santos Lopes, diretor geral das FIVR/UNISEPE; e Erval Rafael
Damatto Jr, presidente da Comissão
Simpósio reuniu especialisas do Brasil e do exterior
Organizadora do evento.
Paralelamente aos debates, apresentação de trabalhos científicos e
palestras, ocorreu exposição de pro-
dutos da agroindústria e de artesanato confeccionado com fibra da
bananeira, além de equipamentos
agrícolas.
1º Semestre >> 2010
11
Solidariedade >>>
Mais de 1600 quilos de alimentos
beneficiam dez entidades sociais
Os calouros mais bonitos são avaliados
A solidariedade ajuda na construção de um mundo melhor. Prova disso tem sido o Trote Solidário UNISEPE
que, a cada ano, supera as expectativas. Este ano, realizado de 24 a 26
de março, o evento que tem como
objetivo socializar calouros e veteranos contabilizou a arrecadação de
7.460 peças de roupas e 1.677 quilos
de alimentos não perecíveis. Além da
arrecadação de roupas e alimentos,
os alunos também visitaram entidades e realizaram ações sociais.
Comandado pelo professor Mário
Sérgio de Almeida, coordenador do
curso de Matemática, o Trote Solidário envolveu todos os coordenadores
dos cursos de Administração de Em-
presas, Análise de Sistemas / Redes de
Computadores, Ciências Biológicas,
Ciências Contábeis, Educação Física,
Enfermagem, Fisioterapia, História,
Letras, Matemática, Nutrição, Pedagogia, Processos Gerenciais, Serviço
Social e Química.
Seguindo a tradição, foram realizadas atividades sociais em institui-
ções beneficentes de várias cidades
do Vale. Estas atividades incluíram
doações de alimentos, atividades recreativas e doações de agasalhos e
roupas que reforçaram a missão institucional de formar cidadãos com
compromisso social
Alimentos e roupas foram doados para as seguintes entidades: Lar
dos Velhinhos, Albergue Bezerra de
Menezes; Apoio ao Menor Esperança
(AME), Casa da Criança Futuro Feliz
(CRIFF), Paróquia São Francisco Xavier e Casa Espírita União Com Jesus
– todas de Registro. Também foram
beneficiadas a Casa da Criança e do
Adolescente de Juquiá, Associação
dos Pais e Amigos dos Excepcionais
APAE de Registro e de Sete Barras,
Lar Batista de Apiaí – Barra do Turvo,
Lar dos Velhinhos Santo Antonio de
Juquiá e Casa Lar - Sete Barras
O encerramento do “Trote Solidário Unisepe 2010” ocorreu no dia
26 de março, no Hangar 116, onde
ocorreram mais algumas provas com
a participação dos alunos e a premiação dos vencedores. Mesmo com
uma grnade disputa nas provas os
cursos vencedores foram Enfermagem (1º lugar), Pedagogia (2º lugar)
e Gestão Ambiental (3º lugar).
Calouros enfrentaram várias provas na gincana
Evento mobilizou os novos universitários
Uma das equipes vencedoras
12
1º Semestre >> 2010
Expoideias >>>
Formandos de Administração
aprendem na prática a criar produtos
Mesa de abertura do evento: professora Abigail,
coordenadora da Expoideias, fala aos alunos
Com o tema “Inovação –
Estratégia para o Sucesso”, a
sétima edição da Expoideias,
realizada na noite de terçafeira, 1º de junho, mostrou
mais uma vez a criatividade e
o senso de organização dos
formandos do Curso de Administração das Faculdades
Integradas Vale do Ribeira
(FIVR/UNISEPE).
Este ano os alunos desenvolveram em equipe, onze
produtos
Antes da abertura da exposição, mais de 650 universitários, empresários e convidados assistiram à palestra
“Inovação – Estratégia para
o Sucesso, ministrada por
Silvio Carajeteascov.
A 7ª Expoideias teve patrocínio de várias empresas
e apoio da UNISEPE (mantenedora das FIVR), Sceli Jr
Consultoria (Empresa Junior
do Curso de Administração)
e Sabesp.
Licor de pétalas de rosa
criado por Bianca, Natany,
Noemi, Simone e Talita
Geléia à base de tomate e
canela desenvolvida por
Silvana, Sandra, Marília e
Reinaldo
Panela de pressão com
divisória, para cozinhar
dois alimentos ao mesmo
tempo, criada por Tawan,
Gustavo, Vanessa,
Eduardo e Stella
Suporte de mesa
giratório para cinco itens
desenvolvido por Bruno,
Daniel, Thiago, Leandro
Xavier, Leandro Antunes
e Priscila
Energético à base de
Ypióca, guaraná e água
com gás feito por Ramon,
Márcio, Fabiano, Daniel e
Andrei
Milk shake que não
congela no freezer
feito por Paula, Bruna e
Rodolfo
Calcinha descartável
feito por Krause, Carla,
Polyanna, Clevison,
Elisângela, Camila e
Cassius
Bombons de chocolate
recheados com cataia
desenvolvido por
Daniela, Heloisa,
Fernanda, Rodrigo, Rafael
e Gracielle
Pastel integral recheado
com legumes e temperos
feito por Elaine, Cleide,
Ednéia, Lilian e Tânia
Suporte para carregador
de celular desenvolvido
por José Tarcísio, Vagner,
Rafael, Tamires, Débora e
Adriana
Pasta de alho para pães
e bolachas feito por
Érica, Denis Nascimento,
Vanderlei, Miguel e Denis
Augusto