O Terceiro Ano da Cattacini

Сomentários

Transcrição

O Terceiro Ano da Cattacini
16 de dezembro de 2013 - Edição 39/13
O Terceiro Ano da Cattacini
No dia 16 de dezembro de 2010 as primeiras caixas de Espumante Extra-Brut Cattacini e Merlot
Cattacini 2009, que há alguns dias antes deixaram a Serra Gaúcha em direção ao Rio de Janeiro,
foram descarregadas no depósito climatizado da Cattacini e tudo começou.
Logo em seguida, em fevereiro de 2011, colocamos no ar o Canal Cattacini e quase um ano
após, em novembro de 2011, lançamos para o verão que se aproximava o primeiro vinho branco
da empresa, que de imediato conquistou uma legião de seguidores: Peverella Cattacini 2011, um
vinho raro, cheio de história e produzido com uma casta praticamente extinta no país.
Em clima de Natal, dezembro de 2012, chegou o Clos Cattacini – Gewurztraminer 2012, nosso
segundo branco, produzido com uma variedade muito pouco difundida no país e que só através
de uma vinificação tão precisa como a que utilizamos poderia surpreender os consumidores mais
íntimos com este estilo de vinho.
Para o outono de 2013, já em meados de abril, entregamos ao mercado o Espumante Rosé
Extra-Brut, cuja elegância e delicadeza seduziram os sentidos dos nossos consumidores mais
exigentes. E logo a seguir, para o Dia das Mães, e para a alegria de todos abrimos a primeira
garrafa do Barbera Cattacini 2011.
Já em junho deste ano inauguramos nossa funpage, no Facebook, dando início a uma forma
complementar ao Canal Cattacini para publicar as manchetes e fotos do mundo do vinho e da
Cattacini.
Com a primavera de 2013 foi a vez de nosso Chardonnay, o Quíron, que entrou em cena
lançando suas flechas e arrebatando os corações de nossos clientes, como se cupido fosse.
Em 2014 a construção do portifólio Cattacini continuará e novos vinhos, que já estão sendo
elaborados, estão previstos de serem lançados e sempre pensando em lavar até você um
produto original, de qualidade e que bem espelhe o seu próprio terroir, além de serem
gastronômicos e apresentarem um custo-benefício bem atraente.
E depois de todo este percurso, simplesmente gostaria de fazer um agradecimento especial à
você, cliente Cattacini, pelo apoio dado ao longo destes anos.
Gostaria também de fazer uma saudação além de especial às vinícolas parceiras Miolo, Salvati &
Sirena, Luiz Argenta, Santa Augusta, Ouro Verde e Décima e ao laboratório de viticultura e
enologia aplicada, ENOLAB, pela confiança depositada e por me dar condições de acreditar que o
sonho Cattacini poderia se tornar realidade: o meu mais profundo agradecimento.
A Cattacini acredita no Brasil e nos seus vinhos e por isto continuará produzindo para você
VINHOS NACIONAIS EXCLUSIVOS. Como diriam os argentinos: “que los desfrutem”
Muito obrigado.
Saúde e paz!