ESCOLA SECUNDRIA LEAL DA CMARA

Сomentários

Transcrição

ESCOLA SECUNDRIA LEAL DA CMARA
ESCOLA SECUNDÁRIA JOSÉ SARAMAGO
PROPOSTA DE RESOLUÇÃO DA FICHA DE CONTROLO A.L. 1.1
QUÍMICA
11.º/ 12.º ANO
Tema: Amoníaco e Compostos de Amónio em Materiais de Uso Comum
1. A diferença entre os adubos simples e os adubos compostos é o facto de os adubos simples serem
constituídos por apenas um dos elementos fertilizantes principais: azoto, (N), fósforo (P) e
potássio (K), enquanto que os adubos compostos são constituídos por dois ou três destes
elementos, sendo, por isso, designados, respectivamente, adubos binários (NP, PK ou NK) ou
terciários. (NPK).
2. Os adubos simples mais conhecidos são: nitrato de amónio (NH4NO3), sulfato de amónio
((NH4)2SO4), nitrato de cálcio (Ca(NO3)2), nitrato de sódio (NaNO3) e ureia (CO(NH2)2).
3. Verdadeiras – B e C ;
Falsas – A e D
(C)Justificação: Se em 50 kg de fertilizante existe 5,0 kg de K2O, então:
94,2 g de K2O ------ 78,2 g de K
5,0 kg
------ m
m=4,15 kg
4.1.
4.2.1.
H2SO4(aq) + 2NH3(aq) --> (NH4)2SO4(aq)
50 kg
50 kg
n(H2SO4) = 50x103/98 = 5,1x102 mol
n(NH3) = 50x103/17 = 2,9x103 mol
Como 1 mol de H2SO4 está para 2 mol de NH3, para 5,1x102 mol do ácido será necessário o
dobro de amoníaco, ou seja 1,02x103 mol, como existe mais significa que o amoníaco está em
excesso.
4.2.2. Pela reacção verifica-se:
1 mol de H2SO4(aq) origina 1 mol de (NH4)2SO4
logo 5,1x102 mol de H2SO4(aq) originará 5,1x102 mol de (NH4)2SO4
Sendo m=nxM
m((NH4)2SO4) = 5,1x102 x 132 = 6,73 x103 g (massa teórica)
m(obtida) = 0,75x6,73 x104 = 5,1 x104 g (=51 kg)
5.
Um detergente deve ter uma afinidade para a água (zona da molécula polar), ou seja ser
hidrófilo, e ao mesmo tempo deve ter afinidade para moléculas de gordura (zona apolar), ou
seja lipófilo ou hidrófobo.
6.a)
Na remoção de uma nódoa de gordura é necessário que a parte lipófila de várias moléculas de
detergente se liguem à superfície gordurosa. Posteriormente, a agitação da solução conduz à
separação do conjunto da superfície sólida, o qual é solúvel em água, graças à sua
componente hidrófila.
b) Na remoção de nódoas de terra, a parte hidrófila do detergente liga-se à superfície da nódoa,
associando-se aos iões (solvatação dos iões) que a constituem. Posteriormente, uma segunda
camada de detergente liga-se à primeira, através da sua componente lipófila. Este conjunto obtido
é, assim, solúvel em água.
7. Um detergente tem diferentes classificações consoante a sua natureza da respectiva parte
hidrófila. Assim, os detergentes podem ser: catiónicos, aniónicos ou neutros.

Documentos relacionados