Engorda de bovinos sem o uso de volumoso

Сomentários

Transcrição

Engorda de bovinos sem o uso de volumoso
Nutrição
Alto grão,dieta que vai bem,
sendo uma alternativa para o confinamento.
Engorda de bovinos sem o uso de volumoso,
uma dieta de oportunidade e democrática, podendo ser utilizada desde pequenos
a grandes confinamentos;
A Dieta sem utilização de volumoso, mais conhecidas como dieta de “alto grão”, é uma alternativa para
ser utilizada também por pequenos confinamentos.
Basta escolher um produto de qualidade e ficar de
olho no custo da @ na entrada e preço de venda da @
na saída do confinamento, a Soma Nutrição Animal
apresenta resultados do trabalho com seu produto em
confinamento de “alto grão”, além de fazer considerações importantes sobre o manejo deste sistema fornecendo dicas que devem ser seguidas visando o melhor
desempenho dos animais neste sistema de confinamento.
Esta dieta deve ser utilizada e manejada para proporcionar o máximo desempenho animal, foi realizado
dois trabalhos onde foram obtidos ganhos brutos de
1,460 kg/dia para fêmeas (com desconto de capim) e
1,576 kg/dia para machos (sem desconto de capim),
os dados serão detalhados posteriormente.
Ganhos de carcaça de 1,0 kg/dia são considerados satisfatórios tecnicamente para confinamentos, ficando
a oportunidade econômica para estudo, os custos da
dieta diária somada ao custo da @ na entrada impactam juntamente com o preço de oportunidade da @
na saída do confinamento compõem estes cálculos,
vale ressaltar que dependendo da pesagem dos animais na entrada do confinamento e da genética dos
mesmos, devem ser feitos ajustes com descontos de
rendimento de carcaça devido a falta de jejum, fêmeas gestantes, etc. Na saída os animais possuem um
rúmen muito menor
que normalmente
apresentam animais
terminados a pasto,
sendo possível atingir rendimentos de
carcaça acima 50%.
Dieta Democrática - Devido ao fato do milho ser
um produto cultivado em várias partes do país, compondo a agricultura familiar e ser de fácil acesso a
qualquer produtor, incluindo os pequenos, a dieta de
grão inteiro tem se espalhado como opção de terminação de animais por sua praticidade, garantindo bom
desempenho animal.
Neste modelo de confinamento não há necessidade
de comprar equipamentos caros para mistura e distribuição dos alimentos. Trata-se também de uma dieta de
oportunidade, dependendo diretamente do preço do
milho, se o preço cai confina, se sobe muito para-se
imediatamente de confinar, sem necessitar de uma estrutura cara e que pode em alguns casos, ficar ociosa.
Alimentação dos
animais com a
mistura
após
adaptação.
Consumo - O Consumo da dieta pelos animais deve
ser cuidadosamente observado diariamente pelo responsável, pois todo o sucesso de trabalho com dietas de
“alto grão” depende diretamente do consumo regular
tanto do péllet (concentrado) e do milho inteiro, que
devem estar bem misturados para evitar seleção dos
animais, quando bem fornecidos permite o equilíbrio
nutricional da dieta proporcionando melhores resultados de conversão alimentar, ou seja, da quantidade de
quilos de alimento consumidos para ganhar um quilo
de peso vivo, o sucesso da adaptação tem impacto positivo direto no resultado do confinamento pelo melhor
aproveitamento dos alimentos, evitando a possibilidade
de algum animal refugar a dieta.
Qualidade da Carcaça - A dieta de alto gr ão pr oporcionam de bom a excelente acabamento, este resultado depende diretamente do manejo, da adaptação ao
sistema, da idade dos animais, e do potencial genético.
Nutrição
Adoção de Tecnologia - Abaixo segue quadr o de
estudo da Embrapa Gado de Corte comparando índices
zootécnicos de 3 sistemas de produção, comprovando
que o uso de tecnologia nos sistemas de produção de
forma completa melhora o resultado técnico e econômico da atividade.
Animais em
processo
de
adaptação
a
pasto controlado.
Animais no
15º dia, início
de dieta exclusiva
de
péllet e milho
grão.
Animais no
60º dia com
dieta exclusiva péllet e
milho grão.
Apresentação dos Resultados:
Foi realizado tratamento em 18 animais (machos
inteiros) descendentes de cruzamento industrial entre
Nelore e Brahmam, adquiridos da Fazenda Santa Clara
do município de Rio Novo-MG, animais de qualidade
inquestionável, estes chegaram na fazenda com peso
médio de 435,33 kg bruto, como a pesagem foi pela
manhã e o gado de genética diferenciada, não se aplicou o desconto de volumoso, ou seja foi usado o fator
de 50% de rendimento de peso liquido, portanto 217,7
kg, estes animais passaram pela adaptação a pasto com
alimentação controlada, conforme indicado abaixo durante 14 dias, a partir dos 15 dias de tratamento estavam adaptados ao sistema de confinamento em grão
inteiro e recebendo somente o péllet de concentrado
Soma @ Alto Grão e o Milho, no final de 60 dias de
tratamento os animais pesaram em média 529,89 kg
bruto ou 270,2 kg líquido (50,99% RC), como resultado de ganho temos 94,56 kg bruto e 52,58 kg de carcaça, dando um ganho médio de 1,576 kg bruto, lembrando que não se fez qualquer desconto de capim na entrada do confinamento. Se avaliarmos o rendimento de
carcaça na entrada 48,34% (desconto de 15 kg por animal no peso bruto de
entrada) e rendimento de carcaça na saída de 50,99%, teríamos um peso inicial
de 420 kg e final os
mesmos 529,89 kg,
ganhando neste caso
de 109,58 kg, 1,826
kg/dia.
Animais no
60º dia, com
dieta exclusiva péllet e
milho grão.
Animais no
60º dia com
dieta exclusiva péllet e
milho grão.
Nutrição
Foi realizado também um trabalho com 19 animais
(fêmeas) do mesmo rebanho, porém animais mais heterogêneos, contendo animais de descarte, neste caso a
pesagem no início do tratamento foi no período da tarde, aplicando o desconto de volumoso e gestação, juntamente com o gerente da fazenda aplicou-se portanto
desconto no peso bruto, este lote foi adaptado com volumoso picado no cocho, ficando o lote fechado desde
o início no curral de confinamento, o peso bruto médio
inicial de 478,74 kg, descontado 30 kg no peso bruto
por animal, partimos então de um peso de 448,74 kg,
ao final do confinamento os animais pesaram 536,63
kg, estes formam negociados com a aplicação do fator
de 50% de rendimento, o ganho de peso neste tratamento foi de 1,465 kg, chamamos a atenção para o desconto para corrigir horários de pesagem e principalmente correção da genética e idade dos animais que
impactam no rendimento dos mesmos, esta prática já é
comum em negociações com compradores regionais.
Em ambos tratamentos os animais foram vermifugados previamente e estavam em dia com os protocolos
obrigatórios de vacinação.
O sucesso do tratamento depende de observar algumas dicas práticas que se bem seguidas interfere diretamente no resultado de rendimento final.
Animais no
35º dia,
dieta exclusiva de
péllet e
milho grão.
Animais
no 60º dia,
dieta exclusiva de
péllet e
milho
grão.
Observações e Cuidados:
O sucesso do tratamento depende de observar algumas dicas práticas que se bem seguidas interfere diretamente no resultado o tratamento e rendimento final,
aqui iremos apresentar situações rotineiras neste sistema de confinamento que precisam ser acompanhadas
de perto pelo responsável dos animais:
Chegada e apartação dos animais:
Animais no
15º dia,
início da
dieta exclusiva de
péllet e
milho grão.
1- O período de adaptação não deverá ser reduzido, sob
risco de ocorrência de distúrbios nutricionais;
2– Deixar água ao acesso dos animais a vontade;
3- Após adaptação não disponibilizar volumoso aos
animais;
4- Espaçamento de cocho necessário por animal confinado, 40-50 cm;
5- Não deixar faltar alimento no cocho ao longo do dia,
nunca ter cocho limpo e buscar sempre uma sobra de
5% da quantidade fornecida no trato anterior;
6- Nunca realizar menos de 2 refeições ao dia;
7- Sempre misturar bem o milho com o concentrado
Soma @ Alto Grão;
8- Outras formas de adaptações e outros manejos consulte nosso departamento técnico ou um profissional de
sua confiança;
9- Cuidados especiais devem ser dados a animais debilitados e provenientes de longa viagem;
10- Não fornecer o péllet Soma @ Alto Grrão a equinos, aves e suínos;
11– O animal que não se adaptar ao Sistema, não consumindo o pellet e o milho deve ser retirado do manejo
o quanto antes;
Nutrição
Observações e Cuidados:
Dieta bem misturada (após o trato)
Dieta segregada
pelo animal (após 5 hs)
As fotos acima mostra a importância de mistura ser bem
feita e da necessidade do fornecimento pelo menos duas
vezes ao dia, acima vemos o cocho da esquerda bem
misturado e o da direita com segregação do péllet e do
milho devido o trato ter sido feito somente uma vez ao
dia e os animais após várias idas ao cocho começam a
separar o péllet do milho, este procedimento quando
errado pode ser visto nas fezes dos animais que se apresentam com muito milho, caracterizando seleção do milho por parte dos animais e falta do péllet que garante o
equilíbrio ruminal.
Fezes de carcterística
normal com 15 dias
Fezes de Característica
anormal com 15 dias
Manejo e adaptação para retirar o volumoso:
Adaptação a pasto: 15 dias
Manejo do pasto:
 Dia 1 ao dia 6: Pasto disponível 6 horas por dia;
 Dia 7 ao dia 10: Pasto disponível 4 horas por dia;
 Dia 11 ao dia 14: Pasto disponível 2 horas por dia;
 Dia 15 em diante: fechar os animais no curral de
confinamento e oferecer somente o péllet Soma @
Alto Grão e o Milho Grão;
Adaptação com volumoso no cocho: 15 dias
Iniciar com o fornecimento de 1,5% do peso corporal em Matéria Seca (MS) do volumoso e ir diminuindo 0,25 pontos percentuais deste fornecimento apartir
do 5º dia.
 Dias 1,2,3 e 4 = 1,5% do peso corporal em MS;
 Dias 5 e 6 = 1,25% do peso corporal em MS;
 Dias 7 e 8 = 1,0% do peso corporal em MS;
 Dias 9 e 10 = 0,75% do peso corporal em MS;
 Dias 11 e 12 = 0,5% do peso corporal em MS;
 Dias 13 e 14 = 0,25% do peso corporal em MS;
 Dia 15 em diante fornecer somente o Péllet Soma
@ Alto Grão e o Milho em Grão.
Exemplo: Animal de 400 kg, precisaria de iniciar com
6,0 kg de volumoso em MS, se usar silagem de milho
com 32% de MS, iniciaria com 18,75 kg de silagem em
sua matéria natural;
Manejo e adaptação da Ração:
Adaptação tanto a pasto quanto com volumoso picado
no cocho:
Modo de Usar:
Misturar 15% de Soma @ Alto Grão com 85% de
grãos inteiros de milho (sem moer ou quebrar), compondo assim uma ração que será a dieta exclusiva dos animais (portanto isenta de volumoso), fornecer depois de
adaptado aos animais entre 2,0 a 2,2 % do peso corporal
diariamente, dividindo a dieta total em pelo menos 2
refeições diárias, caso os animais ainda não estejam
adaptados à dieta sem volumoso é necessário realizar a
adaptação dos animais e sempre deixar água à vontade.
Para adaptação sem o volumoso, dependendo da oferta
de pasto ou de volumoso para ser picado e fornecido no
cocho, pode-se escolher entre os dois sistemas de
adaptação, que devem ser seguidos da adaptação ao pellet Soma @ Alto Grão e Milho Grão:
Fazer a mistura com 20% do Soma @ Alto Grão e
80% de Milho Grão e fornecer desta mistura aos animais começando com 0,6% do peso corporal e ir aumentando 0,2 pontos percentuais deste fornecimento a
cada dois dias.
 Dias 1 e 2 = 0,6% do peso corporal;
 Dias 3 e 4 = 0,8% do peso corporal;
 Dias 5 e 6 = 1,0% do peso corporal;
 Dias 7 e 8 = 1,2% do peso corporal;
 Dias 9 e 10 = 1,4% do peso corporal;
 Dias 11 e 12 = 1,6% do peso corporal;
 Dias 13 e 14 = 1,8% do peso corporal;
Manejo da Ração - Pós Adaptação:
Fazer a mistura com 15% do Soma @ Alto Grão e 85%
de Milho Grão e fornecer desta mistura aos animais.

Dia 15 em diante = Fornecer entre 2,0 e 2,2 % do
peso vivo do animal de acordo com a leitura de
sobras no cocho a cada trato, lembrando de corrigir
o peso corporal em + 1,0 kg ao dia de trato da
adaptação e também para os dias subsequentes;
Nutrição
Entrada
Saída
Ganho
Ganho/dia
Bruto
435,33
529,89
94,56
1,576
Entrada
Saída
@
14,51
18,02
Saldo @
Saldo de carcaça
Dias
3,51
52,58
60
Gasto Péllet -kg
Gasto Milho - kg
MDO
Peso
89
463
R$0,20/cab/dia
Análise do Resultado Gado Macho inteiro
Bruto Real
Carcaça
420,3
217,7
529,88
270,2
109,58
52,58
1,826
0,876
@
14,51
18,02
3,51
Valor @ 1
R$ 130,00
R$ 130,00
Financeiro 1
R$
1.886,30
R$
2.342,60
R$
456,30
R$
R$
R$
R$
R$
R$
Custo 1
142,40
277,80
12,00
432,20
R$
R$
R$
R$
Custo 2
142,40
277,80
12,00
432,20
R$
R$
24,10
40,00
R$
R$
204,30
40,00
R$
64,10
1,60
0,60
Ganho financeiro
Economia com aluguel (R$20,00/cab/mês)
Saldo por animal
Entrada
Saída
Ganho
Ganho/dia
Bruto
478,74
536,63
57,89
0,965
Análise do Resultado Fêmeas
Bruto Real
Carcaça 50%
448,74
224,37
536,63
268,32
87,89
43,95
1,465
0,732
Entrada
Saída
@
14,96
17,89
Valor @
R$ 120,00
R$ 130,00
Financeiro
R$
1.795,20
R$
2.325,70
R$
530,50
Saldo @
Saldo de carcaça
Dias
2,93
43,95
60
Gasto Péllet -kg
Gasto Milho - kg
MDO
Peso
100,1
542,35
R$0,20/cab/dia
R$
R$
R$
R$
R$
R$
Custo 1
160,16
298,29
12,00
470,45
R$
R$
60,05
50,00
1,60
0,55
Ganho financeiro
Economia com aluguel (R$25,00/cab/mês)
Saldo por animal
R$
110,05
Valor @ 2
R$ 130,00
R$ 140,00
R$
R$
R$
Financeiro 2
1.886,30
2.522,80
636,50
R$ 244,30
@
14,96
17,89
2,93
Valor @ 2
R$ 130,00
R$ 140,00
Financeiro 2
R$ 1.944,80
R$ 2.504,60
R$
559,80
Custo 2
R$
160,16
R$
298,29
R$
12,00
R$
470,45
R$
R$
89,35
50,00
R$ 139,35
Observação: Para facilitar o manejo poderá ser solicitado à Soma Nutrição Animal uma
planilha de acompanhamento de fornecimento de volumoso + péllet Soma @ Alto Grão +
Milho Grão;

Documentos relacionados