Relatório Anual 2011

Сomentários

Transcrição

Relatório Anual 2011
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Sobre este Relatório
A Multiplan publica este ano seu desempenho econômico, social e ambiental
segundo os padrões da Global Reporting Initiative (GRI), entidade internacional
que tem como objetivo elevar as práticas de relatórios de sustentabilidade,
gerando maior transparência na prestação de contas aos investidores e à
sociedade. O grupo optou por reportar no nível de aderência C, respondendo
a 95 indicadores. Ao aderir a este padrão de relatos de sustentabilidade, a
empresa reforça suas melhores práticas – tanto na operação quanto na gestão
– estreitando ainda mais seu relacionamento com investidores, analistas de
mercado, lojistas, colaboradores, clientes, fornecedores e todos os públicos com
os quais interage.
Este relatório abrange as atividades da organização entre 1º de janeiro e 31
de dezembro de 2011. As informações apresentadas cobrem os resultados
das operações em funcionamento, que consistem em 14 shopping centers,
localizados em grandes mercados consumidores do Brasil, nos estados do Rio
de Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande do Sul, Paraná e no Distrito
Federal. Além disso, a empresa está desenvolvendo dez projetos, sendo quatro
novos shoppings e seis projetos imobiliários para locação e venda, a serem
inaugurados entre 2012 e 2014. O Banco de Terrenos, um ativo fundamental para
o desenvolvimento de novos empreendimentos, fechou 2011 com 619 mil m².
O conteúdo apresentado foi desenvolvido com base nas informações levantadas e
apresentadas pelo grupo de trabalho multidisciplinar, composto por profissionais
de diferentes áreas da Companhia que fizeram parte de um workshop sobre os
indicadores GRI e definiram os temas materiais e relevantes para a publicação.
O Sumário com o Conteúdo dos Índices GRI pode ser consultado na página 160
deste relatório. Para esclarecimentos, a Multiplan dispõe dos seguintes canais de
relacionamento:
Departamento de Relação com Investidores
Telefone: +55 (21) 3031-5224 / 3031-5322
E-mail: [email protected]
Relatórios anuais anteriores estão disponíveis para visualização ou download no
site, em www.multiplan.com.br/ri
GRI
3.1
3.3
3.5
3.6
sumário
Projeto multiuso no Rio de Janeiro. O complexo é formado pelo
BarraShopping, o New York City Center, o Centro Empresarial
BarraShopping e o VillageMall (em desenvolvimento)
Linha do tempo // 6
Shopping Vila Olímpia // 38
VillageMall // 68
Prêmios recebidos no período // 90
Mensagem do Presidente // 8
ParkShopping São Caetano // 40
ParkShopping Campo Grande // 70
Governança Corporativa // 92
Missão, Visão e Valores // 11
RibeirãoShopping // 42
JundiaíShopping // 72
estrutura de governança // 94
MAPA DE ATUAçÃO // 12
Shopping Santa Úrsula // 44
Parque Shopping Maceió // 74
Destaques financeiros e operacionais // 98
Destaques 2011 // 14
BH Shopping // 46
Empreendimentos Imobiliários Comerciais
desempenho Ambiental // 124
Perfil Organizacional // 18
DiamondMall // 48
Morumbi Corporate // 78
desempenho social // 142
Estrutura Societária // 20
Pátio Savassi // 50
ParkShopping Corporate // 80
Sumário do Conteúdo GRI // 160
Organograma da Empresa // 24
ParkShopping // 52
VENDA
glossário // 170
Modelo de negócio // 26
ParkShoppingBarigüi // 54
Empreendimentos Imobiliários Comerciais
Global Reporting Initiative // 174
Shopping Centers // 28
BarraShoppingSul // 56
MorumbiBusinessCenter // 82
Créditos // 175
BarraShopping // 30
Estratégia // 58
Centro Profissional RibeirãoShopping // 84
Informações Corporativas // 177
New York City Center // 32
Projetos em Desenvolvimento // 64
Diamond Tower // 86
Anexo: Demonstrações Financeiras
MorumbiShopping // 34
LOCAÇÃO
Empreendimentos Imobiliários Residenciais
Shopping Anália Franco // 36
Shopping Centers
Résidence du Lac // 88
1979
1981
1982
A inauguração do 1º
shopping da Multiplan
foi também um marco
para Minas Gerais. O
BH Shopping, em Belo
Horizonte, foi o primeiro
shopping center do Estado.
A Empresa inaugura dois dos seus
grandes shoppings: o RibeirãoShopping,
em Ribeirão Preto, que se tornou uma
referência no interior de São Paulo, e o
BarraShopping, no Rio de Janeiro, um dos
maiores complexos de compras e lazer da
América Latina.
Inauguração do
MorumbiShopping, em São
Paulo, eleito o melhor shopping
da cidade em 2011 pelo jornal
O Estado de São Paulo.
1983
1991
A Multiplan leva à Capital Federal um
novo conceito em varejo, inaugurando
o ParkShopping, eleito o Top of Mind
de Brasília. No mesmo ano, entrega o
condomínio residencial Chácara Santa
Elena, em São Paulo, formado por cinco
edifícios em extensa área verde de 59 mil m².
1993
Entrega do Morumbi Office
Tower, que antecipou o sucesso
de uma nova área comercial de
São Paulo, a Avenida Berrini.
1992
A Empresa vive sua primeira
experiência internacional
com a inauguração
do CascaiShopping,
em Portugal, primeiro
shopping center de padrão
internacional do país.
Lançamento do condomínio
residencial Barra Golden
Green, na orla da Barra da
Tijuca, no Rio de Janeiro,
com 14 edifícios residenciais
e o primeiro campo de golfe
iluminado da América Latina.
1994
1996
Inauguração do Centro
Médico BarraShopping,
primeiro centro médico dentro
de um shopping center, com
31 clínicas, um centro de
diagnóstico e um Day-Hospital.
Precursor do estilo fashion, o
shopping DiamondMall é inaugurado
em Belo Horizonte, reunindo grifes
de renome nacional e internacional; a
Multiplan estabelece parceria com a
Goldman Sachs Emerging Market Real
Estate Fund, L.P.
1998
Entrega do Il Villaggio,
condomínio residencial de alto
luxo, em Miami, na famosa
Avenida Ocean Drive, com vista
eterna para o mar.
1999
2000
Inauguração do New York City Center,
shopping focado em lazer, no Rio de
Janeiro, e do Shopping Anália Franco,
que se tornou referência na Zona Leste
de São Paulo.
Entrega do Centro
Empresarial
BarraShopping, no Rio
de Janeiro, formado por
11 edifícios comerciais, e
interligado ao BarraShopping
por uma passarela.
2002
2003
2005
Lançamento do condomínio
residencial Península Green,
com quatro edifícios, na
região da Península, na Barra
da Tijuca, Rio de Janeiro.
Inauguração do
ParkShoppingBarigüi, em
Curitiba, um dos melhores
shopping centers do Paraná.
Lançamento do condomínio
residencial Royal Green
Península, com dois edifícios,
na região da Península,
na Barra da Tijuca, Rio de
Janeiro.
2006
A Multiplan dobra de tamanho ao
adquirir participações em diversos
de seus shoppings. Parceria com
a Ontario Teachers´Pension Plan
(OTPP), fundo de pensão de 289 mil
professores canadenses com ativos
avaliados em US$ 96,4 bilhões.
2009
Inaugurações do Shopping Vila
Olímpia, na capital Paulista, e de três
expansões: Shopping Anália Franco,
RibeirãoShopping e a Expansão Frontal
do ParkShopping. Lançamento do
ParkShopping São Caetano, no ABC
Paulista. A Oferta Subsequente de Ações
(follow-on) possibilitou a aceleração do
plano de expansão da Empresa.
2007
2008
A Empresa faz seu IPO
na Bovespa, entrando
no Nível 2, e adquire
83,8% do shopping
Pátio Savassi, em
Belo Horizonte.
Inauguração do BarraShoppingSul, em Porto Alegre, e
aquisição de 37,5% do Shopping Santa Úrsula, em Ribeirão
Preto. Lançamentos: edifício de escritórios Cristal Tower,
em Porto Alegre, e Parque Shopping Maceió, na capital de
Alagoas. Entrega do Centro Profissional MorumbiShopping,
na capital paulista. Expansões inauguradas: RibeirãoShopping,
ParkShopping e área Gourmet do ParkShoppingBarigüi.
2010
Aniversário de 35 anos da Multiplan.
Expansões inauguradas: BH Shopping e Pátio Savassi, em
Belo Horizonte, e ParkShoppingBarigüi, em Curitiba.
Lançamentos: os shopping centers VillageMall (foto)
e ParkShopping Campo Grande, no Rio de Janeiro,
e JundiaíShopping, no interior de São Paulo; os
empreendimentos imobiliários MorumbiBusinessCenter,
na capital paulista; e ParkShopping Corporate, em Brasília.
Aumento de participação em dois empreendimentos: 25% no
Shopping Santa Úrsula e 15,6% no Pátio Savassi.
2011
Inauguração do shopping center ParkShopping São Caetano
(foto), em São Paulo, e do Espaço Gourmet, no ParkShopping,
em Brasília; aniversário de 30 anos do BarraShopping e
RibeirãoShopping; entrega da torre comercial Cristal Tower
e lançamento dos empreendimentos imobiliários Morumbi
Corporate, em São Paulo, Résidence Du Lac e Diamond
Tower, localizados dentro do complexo BarraShoppingSul,
em Porto Alegre; início da comercialização do Parque
Shopping Maceió na capital de Alagoas.
8
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Queremos que as pessoas se sintam
acolhidas em nossos shoppings,
como se sentem em suas casas.
O segredo
do sucesso é
fazer bem feito
Nós, da Multiplan, temos como filosofia o
conceito de que o segredo do sucesso é fazer
bem feito. Com essa premissa em mente, temos
trilhado um caminho de conquistas nestes
últimos 36 anos.
Em nossa constante busca pelo aprimoramento,
decidimos reportar nossas atividades de 2011
seguindo as diretrizes GRI (Global Reporting
Initiative), padrão internacional que orienta a
publicação de Relatórios de Sustentabilidade,
demonstrando nossa atenção permanente com
o crescimento econômico, social e ambiental do
Grupo. Assim, buscamos dar mais transparência
à nossa administração e aperfeiçoá-la de acordo
com as melhores práticas, construindo uma
gestão para a sustentabilidade com dimensão
estratégica para o negócio, que nos permita
GRI
1.1
Este ano também foi marcado pelos 30 anos
do BarraShopping, no Rio de Janeiro, e do
RibeirãoShopping, no interior de São Paulo.
aumento de cerca de 45% na ABL do shopping
center. Seguindo nossa estratégia multiuso,
além do Centro Profissional RibeirãoShopping,
edifício comercial já totalmente vendido e que
será entregue em 2012, o plano máster prevê o
desenvolvimento, nos próximos anos, de quatro
edifícios residenciais de alto luxo que somam 86
mil m² de área privativa para venda, uma nova
torre comercial com 19,2 mil m² e ainda outros
projetos a serem anunciados. Ao reunir opções de
moradia, trabalho, compras e lazer, oferecemos
conveniência e comodidade gerando um forte
efeito sinérgico entre comércio e serviços.
Para celebrar, anunciamos um plano máster de
desenvolvimento que prevê três novas expansões
para o RibeirãoShopping, cuja Área Bruta Locável
(ABL) poderá crescer mais de 32 mil m², um
Outro marco do ano foi a inauguração do Espaço
Gourmet no ParkShopping, em Brasília, com
cinco restaurantes de alto padrão em uma área
locável de 1.343 m².
continuar crescendo e agregando valor a todos
os nossos públicos.
em desenvolvimento, entre os quais quatro
empreendimentos imobiliários para venda.
Apesar de o Brasil ter sofrido os efeitos da
conjuntura internacional do segundo semestre,
2011 foi um ano de trabalho, investimentos e
resultados para a Multiplan. O lucro líquido
da companhia foi de R$ 298,2 milhões, 36,5%
superior a 2010. Investimos em novos projetos
55,8% mais do que no ano passado, um total
de R$ 689,1 milhões, além do investimento de
R$ 264,0 milhões na compra de novos terrenos
visando ao crescimento futuro. Ao longo de 2012,
estimamos investir aproximadamente
R$ 1 bilhão considerando-se apenas os seis
projetos anunciados para locação: quatro
shopping centers e dois empreendimentos
comerciais. No total, temos dez projetos
Em novembro, inauguramos o ParkShopping
São Caetano, em São Caetano do Sul, São
Paulo, levando para o público estimado de 1,5
milhão de consumidores de todo o Grande ABC
paulista nosso mix de marcas e o alto padrão de
qualidade.
Centro Empresarial BarraShopping, no Rio de Janeiro
9
10
MULTIPLAN
Na área de incorporação imobiliária e em
linha com a nossa estratégia, lançamos em
fevereiro o Morumbi Corporate, e entregamos,
no início de 2012, o MorumbiBusinessCenter,
complementando o complexo criado em torno
do MorumbiShopping, na capital paulistana.
Em Brasília, estamos desenvolvendo o
ParkShopping Corporate, composto de duas
torres comerciais, integradas ao ParkShopping.
Em 2011, entregamos também o Cristal Tower,
edifício com 22 andares e 290 conjuntos
comerciais, interligado por uma passarela
ao BarraShoppingSul e lançamos mais dois
empreendimentos em torno do shopping: uma
torre comercial, a Diamond Tower, e outro
residencial, o Résidence Du Lac, na cidade de
Porto Alegre, Rio Grande do Sul.
No Rio de Janeiro, a inauguração do VillageMall
em 2012 potencializará ainda mais o sucesso
do complexo formado pelo BarraShopping,
New York City Center e o Centro Empresarial
BarraShopping. Em dezembro, adquirimos um
terreno de 36 mil m² contíguo ao VillageMall.
Aproveitamos uma grande oportunidade, já
que o terreno tem localização privilegiada,
que viabilizará a expansão e a construção de
edifícios corporativos integrados ao shopping,
que passará a ter uma área construída superior
a 550 mil m², estacionamento para mais de 12
mil veículos e 1,2 km de frente para a Avenida
das Américas. Sobre o BarraShopping, tenho a
satisfação de mencionar que o empreendimento
vai passar por sua sétima expansão, a ser
concluída em 2014.
Em 2012 também será inaugurado o
ParkShopping Campo Grande, no Rio de Janeiro,
e o JundiaíShopping, em São Paulo. O Parque
Shopping Maceió, na capital de Alagoas, já iniciou
suas obras e abrirá as portas em 2013.
Em todos os projetos, adotamos novas
tecnologias e processos para tornar nossos
empreendimentos mais eficientes e mitigar
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Missão
impactos ambientais. O BarraShoppingSul
ganhou o Prêmio Especial do Júri em Design
Sustentável 2011, concedido pelo ICSC
(International Council of Shopping Centers).
Nossos edifícios comerciais para locação estão
sendo desenvolvidos de acordo com os padrões
LEED (Leadership in Energy & Environmental
Design) de construções sustentáveis. O selo
é concedido pela USGBC (U.S. Green Building
Council), instituição não governamental voltada
para a ecoeficiência de edificações no mundo. O
Morumbi Corporate recebeu a pré-certificação
para o selo Gold e o canteiro de obras do
ParkShopping Corporate foi considerado
“impecável” e “exemplo de boas práticas” pelo
Centro de Tecnologia em Edificações (CTE),
consultoria responsável por acompanhar a
adequação da construção às normas LEED.
Promover, através do desenvolvimento
de shopping centers e empreendimentos
imobiliários, qualidade de vida, conveniência e
geração de valor.
Visão
Consolidar seus empreendimentos
como as melhores e mais completas
soluções para as necessidades de
consumo, lazer, serviços e bemestar, tornando-se, assim, referência
absoluta no setor de shopping
centers brasileiro.
Todo esse excelente resultado é fruto da
dedicação de nossa equipe que trabalha com
harmonia e respeito em um ambiente desafiador.
Além do baixo grau de rotatividade, em torno de
14%, investimos em treinamento, gerenciamento
e aperfeiçoamento para manter o grupo
estimulado e comprometido com resultados.
Valores
“O segredo do sucesso é fazer bem feito”
Alcançar a qualidade e a excelência em todos os
seus projetos é a principal meta da Multiplan.
O sucesso ao longo dos anos é fruto da crença
de que é preciso fazer sempre bem feito. E para
fazer bem feito, é preciso gostar do que se faz.
Foi com base neste princípio que a Multiplan
construiu sua trajetória e se tornou um dos mais
sólidos e dinâmicos empreendedores do Brasil.
Desde 2009, o Projeto RepensaRH do
BarraShopping, por exemplo, já levou 200
colaboradores próprios, terceirizados e lojistas
a concluir o ensino médio e fundamental. Pelos
resultados alcançados na melhoria da qualidade
do trabalho e no aumento da motivação, o
projeto será implantado em toda a rede.
Agradecemos a todos os que colaboraram para
os ótimos resultados alcançados em 2011 e
temos a certeza de que continuaremos a contar
com o apoio e a confiança de nossos acionistas e
clientes para fazer da Multiplan, a cada dia, uma
empresa melhor.
Visão inovadora
Excelência em resultados
Postura ética e transparente
Sinergia entre as equipes
Comprometimento e determinação
Obrigado a todos e boa leitura!
José Isaac Peres
Presidente da Multiplan
GRI
4.8
11
12
MULTIPLAN
13
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Mapa de atuação
Torre para locação em desenvolvimento
Shopping center em desenvolvimento
Shopping center em operação
14
Shopping centers em operação
com um total de 592.048 m2
de Área Bruta Locável (ABL)
Portfólio
Estado
%
Multiplan
ABL Total
Locação
2011 (mês)²
Vendas
2011 (mês)³
Taxa Ocupação
med. 2011
Shopping centers em operação
AL
Brasília
DF
ParkShopping
ParkShopping Corporate
Curitiba
MG
PR
SP
RJ
ParkShoppingBarigüi
Porto Alegre
BarraShoppingSul
RS
BH Shopping
MG
80,0%
RibeirãoShopping
SP
76,2%
46.717 m²
74 R$/m²
953 R$/m²
99,1%
BarraShopping
RJ
51,1%
69.440 m²
177 R$/m²
2.053 R$/m²
99,5%
Belo Horizonte
MorumbiShopping
SP
65,8%
55.085 m²
190 R$/m²
1.991 R$/m²
99,6%
Pátio Savassi
DiamondMall
BH Shopping
ParkShopping
DF
59,6%
53.213 m²
109 R$/m²
1.418 R$/m²
98,2%
DiamondMall
MG
90,0%
21.386 m²
138 R$/m²
1.800 R$/m²
99,6%
New York City Center
RJ
50,0%
22.271 m²
48 R$/m²
757 R$/m²
99,9%
Maceió
Parque Shopping Maceió
1.645 R$/m²
99,7%
Shopping Anália Franco
SP
30,0%
50.429 m²
113 R$/m²
1.358 R$/m²
99,1%
BarraShopping
New York City Center
VillageMall
ParkShopping Campo Grande
ParkShoppingBarigüi
PR
84,0%
49.935 m²
80 R$/m²
1.222 R$/m²
99,4%
Pátio Savassi
MG
96,5%
17.253 m²
107 R$/m²
1.526 R$/m²
99,6%
Shopping Santa Úrsula
SP
62,5%
23.339 m²
31 R$/m²
538 R$/m²
93,6%
BarraShoppingSul
RS
100,0%
68.212 m²
66 R$/m²
979 R$/m²
98,5%
Shopping Vila Olímpia
SP
30,0%
28.201 m²
98 R$/m²
1.000 R$/m²
85,3%
ParkShopping São Caetano
SP
100,0%
39.025 m²
99 R$/m²
1.173 R$/m²
90,3%
69,5% 592.048 m²
110 R$/m²
1.400 R$/m²
98,2%
São Paulo
Shopping Anália Franco
MorumbiShopping
Shopping Vila Olímpia
Morumbi Corporate
Sub-total shopping centers em
operação
Shopping centers em desenvolvimento
JundiaíShopping
SP
100,0%
35.754 m²
-
-
-
VillageMall
RJ
100,0%
25.167 m²
-
-
-
ParkShopping Campo Grande1
RJ
90,0%
42.226 m²
-
-
-
Ribeirão Preto
Parque Shopping Maceió
AL
50,0%
36.860 m²
-
-
-
Shopping Santa Úrsula
RibeirãoShopping
Sub-total shopping centers em
desenvolvimento
JundiaíShopping
83,8% 140.007 m²
Torres para locação em desenvolvimento
São Caetano
ParkShopping São Caetano
71% do PIB do País
55% da polulação do País
74% de toda a ABL do País se encontra nas regiões Sul e Sudeste
ParkShopping Corporate
DF
50,0%
13.360 m²
-
-
-
Morumbi Corporate
SP
100,0%
74.198 m²
-
-
-
Sub-total torres para locação em
desenvolvimento
92.4%
87.558 m²
Portfólio Total
74,4% 819.613 m²
110 R$/m²
1.400 R$/m²
98,2%
1. A Multiplan é responsável por 100% do CAPEX.
2. Locação/m²/mês divide a receita de locação pela ABL própria ocupada.
3. Vendas/m²/mês divide as vendas totais pela área composta por Lojas que reportam vendas mensais (aproximadamente 90% da ABL total).
Fonte: IBGE (2008) e Abrasce (2009)
2.7
138 R$/m²
Rio de Janeiro
Jundiaí
GRI
47.543 m²
14
MULTIPLAN
Inauguração do ParkShopping
São Caetano, no ABC Paulista,
em novembro de 2011.
Aniversário de 30 anos
do BarraShopping,
no Rio de Janeiro.
Início da comercialização do
Parque Shopping Maceió, na
capital de Alagoas.
GRI
EC9
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
DEstaques 2011
Aniversário de 30 anos do
RibeirãoShopping, no interior
de São Paulo.
Inauguração do Espaço
Gourmet, no ParkShopping,
em Brasília.
15
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Cristal Tower
DEstaques 2011
Projetos Multiuso
Completo e funcional
como a vida deve ser
Porto Alegre, RS
Entrega do Cristal Tower e
lançamento do Résidence
Du Lac (foto) e do Diamond
Tower, empreendimentos em
torno do BarraShoppingSul,
na cidade de Porto Alegre, Rio
Grande do Sul.
Lançamento do Morumbi
Corporate, composto
por duas torres comerciais
de alto padrão no Complexo
MorumbiShopping,
em São Paulo.
Em 2011, a Multiplan entregou o Cristal Tower,
único empreendimento comercial de Porto
Alegre interligado ao mais completo shopping
do Sul do País, o BarraShoppingSul.
O projeto fez parte de operações estratégicas
no setor de incorporação imobiliária comercial
da Multiplan, gerando sinergia com seus
shopping centers. Junto ao BarraShoppingSul,
o edifício de 22 andares integra, em um mesmo
lugar, trabalho, serviços, compras e lazer,
configurando um projeto multiuso.
Desenvolvido para valorizar ao máximo a
integração com o meio ambiente, o projeto
arquitetônico da torre contempla toda a fachada
em pele de vidro refletivo. São 290 salas com
infraestrutura completa, totalmente modulável,
permitindo adaptar os espaços conforme a
necessidade de cada empresa. E o melhor, com
vista eterna para o principal cartão-postal de
Porto Alegre, o Rio Guaíba.
As obras do Cristal Tower geraram cerca de
1.000 empregos diretos e 2.000 indiretos. O
empreendimento atingiu Valor Geral de Venda
(VGV) de R$ 82 milhões.
Ficha técnica
16
Entrega Agosto de 2011
Participação Multiplan 100%
Área de Venda 11.912 m²
Área do Terreno 4.065 m²
Área de Construção 22.000 m²
17
18
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
14 shopping centers,
mais de 3.800 lojas e
cerca de 159 milhões de
consumidores por ano
Complexo Multiuso
em Porto Alegre, RS
perfil organizacional
A Multiplan Empreendimentos Imobiliários
S.A. é, desde 2007, uma empresa de capital
aberto, com valor de mercado de R$ 6,9 bilhões
(computado em 31/12/2011), e está listada
no Nível 2 de Governança Corporativa da
BM&FBovespa (Bolsa de Valores, Mercadorias
e Futuros).
Com sede na cidade do Rio de Janeiro, o
grupo desenvolve, gerencia e detém uma das
melhores carteiras de shopping centers do país,
com 14 unidades em operação em grandes
mercados consumidores do Brasil, como Rio de
Janeiro, São Paulo, Minas Gerais, Rio Grande
do Sul, Paraná e Distrito Federal. O perfil dos
clientes é composto majoritariamente pelo
público das classes A e B.
A Multiplan é uma das maiores empresas da
indústria de shopping centers brasileira. No final
de 2011, os 14 shopping centers totalizavam
1,5 milhão de m² construídos, com uma média
de participação de 69,5%, sobre uma Área Bruta
Locável (ABL) total de 592.048 m2, equivalentes
a mais de 3.800 lojas e tráfego anual de
GRI
2.1
2.2
2.4
2.6
2.8
consumidores estimado em 159 milhões. A
empresa administra todos os 14 shoppings e
tem participação majoritária em 13 deles. Em
fevereiro de 2012, o Grupo concluiu a aquisição
de mais 30% do Shopping Vila Olímpia, em
São Paulo, aumentando sua participação para
60% no empreendimento, permitindo adotar
soluções que garantem o padrão de qualidade
e o melhor mix de marcas do país, um dos
grandes diferenciais da Multiplan.
Em junho, a empresa anunciou a expansão
do Complexo RibeirãoShopping, no interior
de São Paulo, que inclui três expansões e oito
empreendimentos integrados ao shopping.
O investimento total do projeto é estimado em
R$ 750 milhões.
O Grupo Multiplan trabalha na incorporação
de edifícios comerciais e residenciais, como
apoio sinérgico ao negócio principal, que
são os shopping centers. Sua estratégia é
desenvolvê-los no entorno dos shoppings,
reforçando o conceito multiuso de agregar valor
aos empreendimentos através da integração
de serviços. O MorumbiBusinessCenter,
torre comercial em São Paulo, inicialmente
desenvolvido para locação, foi vendido em
decorrência de uma oportunidade de mercado e
entregue em 2012.
O ano de 2011 encerrou com um banco de
terrenos de 619 mil m², áreas que serão
utilizadas na implementação da principal
estratégia da empresa: o desenvolvimento de
shopping centers e outros empreendimentos
imobiliários em linha com o conceito multiuso.
Desde 2008, a Multiplan investe em torres
comerciais para locação. Dois projetos estão
sendo desenvolvidos, acrescentando 81 mil m²
de ABL à Companhia: ParkShopping Corporate,
em Brasília, com duas torres comerciais (50%
de participação Multiplan) e a totalidade do
projeto Morumbi Corporate, em São Paulo,
também composto de duas torres de alto
padrão, que será inaugurado em 2013.
Em Ribeirão Preto, São Paulo, está
sendo construído o Centro Profissional
RibeirãoShopping, comercializado em apenas
três dias, cuja previsão de entrega é para
dezembro de 2012. Em Porto Alegre, Rio
Grande do Sul, foram lançados dois projetos
com entrega prevista para o segundo semestre
de 2014: o comercial Diamond Tower e o
residencial Résidence Du Lac, interligados ao
BarraShoppingSul e ao lado do Cristal Tower,
edifício comercial já entregue em 2011.
A principal receita da Multiplan advém da locação
das lojas dos shopping centers, mas o Grupo
também aufere recursos através da prestação
dos seguintes serviços: comercialização e
administração desses shoppings, locação de
espaços para merchandising, cessão de direitos e
gestão de seus estacionamentos.
Atualmente quatro shoppings estão em
desenvolvimento: VillageMall e ParkShopping
Campo Grande, no Rio de Janeiro,
JundiaíShopping, em São Paulo, – a serem
inaugurados em 2012 –, e Parque Shopping
Maceió, na capital de Alagoas, com inauguração
prevista para 2013.
19
20
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Estrutura Societária
31 de dezembro de 2011
De um total de 179.197.214 ações emitidas, 167.338.867 são ordinárias e 11.858.347 são preferenciais.
41,53% ON
FREE FLOAT
38,78% TOTAL
0,06% ON
Maria Helena
Kaminitz Peres
Ontario Teachers’
Pension Plan
Tesouraria
0,06% TOTAL
0,72% ON
100,00%
0,67% TOTAL
A Multiplan detém participação nas sociedades descritas a seguir:
MPH Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e exploração do Shopping
Center Vila Olímpia em São Paulo, no qual
possui 60,00% de participação desde
fevereiro de 2012.
22,25%
2,00%
Multiplan
Planejamento,
Participações e
Administração S.A.
1700480
Ontario Inc.
33,33% ON
31,12% TOTAL
24,07% ON
100% PN
29,10% TOTAL
77,75%
José Isaac Peres
0,29% ON
0,27% TOTAL
1,00%
Multiplan
Administradora de
Shopping Centers Ltda.
99,00%
SCP Royal Green
Península
98,00%
Embraplan Empresa
Brasileira de
Planejamento Ltda.
RENASCE – Rede
Nacional de Shopping
Centers Ltda.
100,00%
100,00%
99,00%
CAA – Corretagem
Imobiliária Ltda.
99,61%
3.8
100,00
Pátio Savassi Administração de
Shopping Center Ltda.
71,50%
100,00%
MPH Empreendimento
Imobiliário Ltda.
41,96%
Manati Empreendimentos e
Participações S.A.
50,00%
BH Shopping
80,00
DiamondMall
90,00
MorumbiShopping
65,78
100,00% Parque Shopping Maceió S.A.
50,00%
New York City Center
50,00
ParkShopping
59,63
Danville SP Empreendimento
Imobiliário Ltda.
100,00%
ParkShoppingBarigüi
84,00
Multiplan Holding S.A.
100,00%
Pátio Savassi
96,50
RibeirãoShopping
76,17
Ribeirão Residencial
Empreendimento Imobiliário
Ltda.
100,00%
Multiplan Greenfield I
Empreendimento Imobiliário
Ltda.
100,00%
Barra Sul Empreendimento
Imobiliário Ltda.
100,00%
Morumbi Business Center
Empreendimento Imobiliário
Ltda.
100,00%
Multiplan Greenfield II
Empreendimento Imobiliário
Ltda.
100,00%
Multiplan Greenfield III
Empreendimento Imobiliário
Ltda.
100,00%
Multiplan Greenfield IV
Empreendimento Imobiliário
Ltda.
100,00%
Shopping Anália Franco
30,00
Shopping Vila Olímpia
30,00
62,50
Shopping Santa Úrsula
Parque Shopping Maceió
1
50,00
ParkShopping São Caetano
100,00
JundiaíShopping 1
100,00
VillageMall
100,00
1
ParkShopping Campo
Grande 1
GRI
51,07
BarraShopping
BarraShoppingSul
CAA – Corretagem
e Consultoria
Publicitária Ltda.
1. Em desenvolvimento
%
SHOPPING CENTERS
90,00
75,00%
Manati Empreendimentos
e Participações S.A.
Desenvolvimento e exploração do
estacionamento e do Shopping Center Santa
Úrsula, localizado na cidade de Ribeirão Preto,
no Estado de São Paulo.
Parque Shopping Maceió S.A.
Desenvolvimento e exploração do Parque
Shopping Maceió e de empreendimentos
imobiliários em seu entorno, localizados
em Maceió.
Danville SP Empreendimento
Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral e
atividades correlatas. Desenvolvimento de
empreendimentos imobiliários na cidade de
Ribeirão Preto, Estado de São Paulo.
Multiplan Holding S.A.
Participação em sociedades que têm por objeto
o desenvolvimento e exploração de shopping
centers e empreendimentos imobiliários.
Ribeirão Residencial
Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral e
atividades correlatas, na cidade de Ribeirão
Preto, Estado de São Paulo.
Multiplan Greenfield I
Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral
e atividades correlatas. Desenvolvimento
e comercialização de empreendimentos
imobiliários, na cidade de Porto Alegre, Estado
do Rio Grande do Sul.
Barrasul Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral e
atividades correlatas, na cidade de Porto
Alegre, Estado do Rio Grande do Sul.
Morumbi Business Center
Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral e
atividades correlatas. Desenvolvimento e
comercialização do edifício comercial Morumbi
Business Center em São Paulo e participação
indireta de 30% no ShoppingVilaOlímpia (“SVO”)
através de participação detida na MPH, a qual,
por sua vez, detém 60% do SVO.
Multiplan Greenfield II
Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral
e atividades correlatas. Desenvolvimento
e comercialização do empreendimento
imobiliário denominado Morumbi Golden
Tower, em São Paulo.
21
22
MULTIPLAN
Multiplan Greenfield III
Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral,
shopping center e atividades correlatas, na
cidade do Rio de Janeiro.
Multiplan Greenfield IV
Empreendimento Imobiliário Ltda.
Desenvolvimento e comercialização de
empreendimentos imobiliários em geral e
atividades correlatas. Desenvolvimento e
comercialização do empreendimento imobiliário
denominado “Morumbi Diamond Tower”, em
São Paulo.
Pátio Savassi Administração
de Shopping Center Ltda.
Administração do estacionamento do Shopping
Pátio Savassi, localizado na cidade de Belo
Horizonte, no estado de Minas Gerais.
CAA Corretagem e Consultoria
Publicitária Ltda.
Prestação de serviços especializados
de corretagem, assessoria de natureza
promocional e publicitária, para locação e /ou
comercialização de espaços de uso comercial,
merchandising.
CAA Corretagem Imobiliária Ltda.
Prestação de serviços especializados de
corretagem e assessoria de negócios
imobiliários em geral.
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
RENASCE - Rede Nacional
de Shopping Centers Ltda.
Participação em shopping centers e consórcios
relacionados ao desenvolvimento e exploração
de shopping centers.
Embraplan Empresa
Brasileira de Planejamento Ltda.
Elaboração, administração e coordenação de
projetos.
SCP Royal Green Península
Sociedade em conta de participação constituída
em 15 de fevereiro de 2006 entre a Companhia
e sua controladora, Multiplan Planejamento,
Participações e Administração S.A., com
o objetivo de explorar o empreendimento
imobiliário residencial “Royal Green Península”.
A Companhia participa com 98%.
Multiplan Administradora
de Shopping Centers Ltda.
Gestão, administração, promoção, instalação
e desenvolvimento de shopping centers, além
da gestão dos estacionamentos dos shoppings
próprios.
23
24
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
ORGANOGRAMA da empresa
CEO
CFO
COO
Jurídico
Corporativo
Jurídico
Shopping
Merchandising
CIO / CDO
Shopping
Center
Financeiro
Administrativo
Comercial
Financeiro /
Tesouraria
Recursos
Humanos
Comercialização
Rio de Janeiro
Controladoria
Planejamento
Administrativo
Comercialização
São Paulo
Operações
Relações com
Investidores
Tecnologia da
Informação
Jurídico
Societário /
Compliance
Contabilidade
Projetos
Obras
Rio de Janeiro
Arquitetura
Rio de Janeiro
Novos
Negócios
Obras
São Paulo
Técnico
São Paulo
Técnica
Incorporações
Relações
Institucionais
Técnico
Marketing
Fiscal
A Multiplan é formada por pessoas
competentes que se esforçam diariamente
para dar o máximo de satisfação ao público
que frequenta seus shopping centers
GRI
2.3
25
26
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Em 2011, o lucro líquido
atingiu R$ 298,2 milhões,
alta de 36,5%
Modelo de negócio
Saudável, sólida e rentável.
Uma organização com 36 anos de
sucesso. Um negócio perene, que atrai
investidores em busca de segurança,
rentabilidade e crescimento no longo
prazo. A Multiplan é formada por
pessoas competentes que se esforçam
diariamente para dar o máximo de
satisfação ao público que frequenta seus
shoppings. Os empreendimentos da
Multiplan têm ajudado a impulsionar o
desenvolvimento das regiões onde são
instalados, estimulando a economia local
pela atração de novos negócios e gerando
uma quantidade expressiva de empregos,
tanto no período de construção quanto na
operação dos shoppings.
GRI
1.2
A Multiplan comercializa e administra uma das
melhores carteiras de shopping centers do país.
Somente em 2011, os shoppings da Multiplan
geraram 57.321 empregos diretos e indiretos.
A organização acredita que a qualidade e a
atenção permanente aos detalhes é que fazem
a diferença e o sucesso é a consequência de
um trabalho coletivo realizado com muito
empenho. Por isso, as equipes são responsáveis
por todas as etapas de cada projeto, desde
os estudos de viabilidade, desenvolvimento,
supervisão da construção e comercialização, até
a administração dos empreendimentos.
O padrão multiuso da Multiplan permite que os
shoppings funcionem como âncoras, integrando
vários ambientes, entre os quais centros
médicos, edifícios residenciais e comerciais.
A ousadia dos empreendimentos, bem como
a sinergia entre lazer, moradia, compras e
serviços em um mesmo lugar, com todo o
conforto e comodidade, agrega valor aos ativos
da empresa.
Os shoppings funcionam de forma autônoma.
Mas, o entendimento da Multiplan é que a
uniformidade de padrões e de práticas garante
um resultado melhor. A empresa segue
aperfeiçoando processos, treinando equipes e
apresentando novas tecnologias e tendências
na busca da excelência que caracteriza o Grupo,
respeitando as culturas, os valores e hábitos de
cada região.
A Multiplan é transparente em todas as suas
ações e mantém uma relação de confiança com
seus acionistas e investidores.
27
28
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Shopping Centers
Em 2011, os 14 shopping
centers da Multiplan somaram
R$ 8,5 bilhões em vendas,
13,2% a mais em relação a 2010
Em 2011, os 14 shopping centers da Multiplan somaram
R$ 8,5 bilhões em vendas, representando um crescimento de
13,2% em relação a 2010 e acima das vendas no varejo que,
segundo dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística
(IBGE), foi de 6,7% em 2011 ante 2010. Os empreendimentos são
referência nas cidades onde estão localizados e seus resultados
positivos refletem os esforços da Multiplan para oferecer aos
seus clientes uma infraestrutura reconhecida pelo alto nível de
qualidade e pelo mix variado de lojas com as melhores ofertas
de produtos, lazer e serviços.
Em 2011, do total de R$ 953,1 milhões investidos,
R$ 493,3 milhões foram destinados ao desenvolvimento de
novos shopping centers, R$ 48,3 milhões às expansões,
R$ 106,2 milhões a novas torres para locação, R$ 264,0 milhões
em aquisições de terrenos, além de R$ 41,3 milhões para
revitalizações e outras iniciativas.
Os shoppings do grupo são filiados à Abrasce (Associação
Brasileira de Shopping Centers), entidade na qual a Multiplan
ocupa uma vaga no Conselho Diretor e tem três membros em
seu Conselho Deliberativo.
Conheça o portfólio da Multiplan organizado por praças: Rio
de Janeiro, São Paulo, Ribeirão Preto, Belo Horizonte, Brasília,
Curitiba e Porto Alegre.
Shopping Centers
GRI
2.2
2.7
2.8
4.13
BarraShopping
Shopping Santa Úrsula
New York City Center
BH Shopping
MorumbiShopping
DiamondMall
Shopping Anália Franco
Pátio Savassi
Shopping Vila Olímpia
ParkShopping
ParkShopping São Caetano
ParkShoppingBarigüi
RibeirãoShopping
BarraShoppingSul
29
30
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
BarraShopping
O preferido dos cariocas
Os cariocas mantêm uma relação de carinho e cumplicidade com o BarraShopping,
tanto que o empreendimento foi escolhido, pelo segundo ano consecutivo, como o
Shopping Preferido dos Cariocas pelo jornal O Globo.
Em outubro, o shopping completou 30 anos e o complexo BarraShopping / New
York City Center recebeu fortes investimentos entre obras de revitalização,
treinamento de funcionários, ações promocionais e campanhas de alto valor
para datas fortes do varejo. Na semana do aniversário foram promovidas ações
promocionais para o público em meio a uma variada programação cultural gratuita
- o que representou um aumento de 3,5% no tráfego de clientes no período.
Interligados desde 2003, BarraShopping e New York City Center recebem, por
ano, cerca de 37 milhões de visitas e empregam, direta e indiretamente, 10,6 mil
colaboradores. De acordo com o conceito multiuso adotado pela Multiplan, ainda
fazem parte do complexo o Centro Médico BarraShopping, com 31 clínicas e Day
Hospital 24 horas, e o Centro Empresarial BarraShopping, conjunto de 11 edifícios
comerciais que é interligado ao shopping por uma passarela. A partir do 4º
trimestre de 2012, o novo shopping VillageMall integrará o complexo.
Em 2012, o BarraShopping anunciou sua sétima expansão, que vai agregar
45 novas operações, 4,2 mil m2 de escritórios e mais de 600 vagas cobertas de
estacionamento.
O BarraShopping possui um papel fundamental não só no desenvolvimento da
região da Barra da Tijuca, mas também no crescimento da cidade do Rio de Janeiro.
O BarraShopping fechou o ano de 2011 com vendas na ordem de R$ 1,5 bilhão, um
crescimento de 11,8% em relação a 2010 – consolidando-se como uma verdadeira
referência no setor.
Ficha técnica
www.barrashopping.com.br
Rio de Janeiro, RJ
Inauguração 27/10/1981
Área Bruta Locável 69.590 m²
Área Bruta Comercial 76.287 m²
Participação Multiplan 51,1%
Número de lojas 578
Expansões 6
Empregos 9.213
Vendas em 2011 R$ 1,5 bilhão
Tráfego em 2011 27,1 milhões de visitas
Perfil do público 77% classes A e B;
61% mulheres
31
32
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
New York City Center
Onde compras e lazer
se encontram
O New York City Center, especializado em entretenimento, alimentação e compras,
é integrado ao BarraShopping por um corredor de interligação com 40 lojas. Conta
com 18 salas de cinema da rede UCI em formato stadium, megalivraria, choperias,
academia de ginástica, redes internacionais de alimentação e agências bancárias,
além de âncoras dos segmentos de vestuário e de eletroeletrônicos.
Entre os investimentos realizados em 2011, destaca-se a revitalização do
empreendimento com a troca dos conjuntos de escadas rolantes e dos letreiros
do shopping. O ano também foi marcado pela inauguração das primeiras salas de
cinema Premium do Rio de Janeiro.
Dentro do conceito UCI De Lux, as salas 8 e 9 passaram a oferecer projeções em
2D e 3D com a resolução 4K – tecnologia de ponta em termos de qualidade de
definição das imagens – e serviços exclusivos na bilheteria e no lobby além do
conforto das poltronas de couro, no formato chaise longue, com mesas individuais
e exclusivo menu gourmet.
Com projeto arquitetônico arrojado, o empreendimento é considerado modelo de
uso inteligente de energia. Sua ampla área aberta, com pé direito de 35 metros
e cobertura de lona branca de 5.400 m², favorece a luz natural e a ventilação,
dispensando o uso de ar-condicionado. Tais iniciativas permitem uma economia de
cerca de 20% nos custos de energia.
O empreendimento mostrou um crescimento nas vendas de 10% em relação a
2010 e registrou um volume de vendas da ordem de R$ 196,4 milhões - ante os
R$ 178,5 milhões do ano passado.
Ficha técnica
www.newyorkcitycenter.com.br
Rio de Janeiro, RJ
Inauguração 04/11/1999
Área Bruta Locável 22.271 m²
Área Bruta Comercial 22.271 m²
Participação Multiplan 50%
Número de lojas 40
Empregos 1.388
Vendas em 2011 R$ 196,4 milhões
Tráfego em 2011 9,7 milhões de visitas
Perfil do público 77% classes A e B;
61% mulheres
33
34
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
MorumbiShopping
Completo como São Paulo
Em 2011, o MorumbiShopping foi eleito o melhor centro de compras de São Paulo
pelo guia “Divirta-se” do jornal O Estado de S. Paulo, um dos mais influentes do
país. Foi a quarta vez que o empreendimento foi eleito o melhor shopping da
cidade por algum veículo da grande imprensa.
Uma das características do MorumbiShopping é seu pioneirismo: foi o primeiro
a criar uma área exclusiva de moda, a Ala MorumbiFashion, com grandes grifes
nacionais e internacionais. O empreendimento inova por reunir um grande
conglomerado de restaurantes dentro de um único shopping center no Brasil, com
23 das mais prestigiadas casas de São Paulo. E inovou também ao implementar um
sistema de estacionamento inteligente que indica a localização e a quantidade de
vagas disponíveis.
Localizado ao lado do shopping, a Multiplan desenvolveu o MorumbiBusinessCenter,
edifício de escritórios padrão classe A, reforçando sua estratégia multiuso para
geração de sinergia entre comércio e serviços. O empreendimento foi vendido à
Oracle do Brasil Sistemas Ltda. por R$ 165 milhões e entregue em 2012.
Para complementar o complexo criado em torno do MorumbiShopping, que
também inclui o Morumbi Office Tower e o Centro Profissional MorumbiShopping,
a Multiplan também está desenvolvendo o Morumbi Corporate, lançado em 2011,
projeto composto por duas torres de alto padrão para locação, com 74 mil m2 de
área bruta locável, com entrega prevista para 2013.
O MorumbiShopping fechou o ano atingindo vendas de R$ 1,2 bilhão. O número é
7,5% superior ao alcançado em 2010, quando registrou R$ 1,1 bilhão.
Ficha técnica
www.morumbishopping.com.br
São Paulo, SP
Inauguração 03/05/1982
Área Bruta Locável 55.087 m²
Área Bruta Comercial 60.296 m²
Participação Multiplan 65,8%
Número de lojas 483
Expansões 5
Empregos 6.962
Vendas em 2011 R$ 1,2 bilhão
Tráfego em 2011 21 milhões de visitas
Perfil do público 90% classes A e B;
52% mulheres
35
36
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Shopping Anália Franco
Moda, cultura e estilo
Referência em moda, estilo e sofisticação na Zona Leste de São Paulo, o Shopping
Anália Franco se destaca pelo mix de lojas completo e qualificado, pelos serviços
oferecidos e pelo cuidado com a ambientação.
Em 2011, o Shopping Anália Franco inovou. Mantendo sua característica de
promover ações culturais e sociais, os tradicionais desfiles de moda promovidos pelo
shopping ganharam mais uma atração: trilha sonora ao vivo executada por bandas
e cantores brasileiros de prestígio. Ainda neste ano, com o objetivo de reforçar o
posicionamento de moda e exclusividade, o Shopping Anália Franco lançou a Revista
Anália, publicação customizada distribuída para clientes do shopping.
Um dos eventos culturais de maior destaque no ano foi a exposição internacional
“Os Gigantes da Era do Gelo”, inédita no Brasil. O Shopping Anália Franco abriu
a mostra, que percorreu outros shoppings da Multiplan. Com curadoria de
paleontólogos da República Tcheca, a exposição impressionou pelo cuidado com os
detalhes na reprodução dos animais da pré-história.
Ainda para estreitar o relacionamento com a comunidade, o Shopping Anália
Franco doou brinquedos ao parque PET – Parque Esportivo do Trabalhador,
localizado no entorno do empreendimento.
Em 2011, 24 novas lojas vieram complementar o mix de marcas do shopping,
enquanto outras 16 realizaram reformas, promovendo atualização em todos os pisos.
O volume de vendas do shopping foi de R$ 774,6 milhões, 12,6% superior ao
registrado em 2010, de R$ 687,7 milhões.
Ficha técnica
www.shoppinganaliafranco.com.br
São Paulo, SP
Inauguração 09/11/1999
Área Bruta Locável 50.429 m²
Área Bruta Comercial 50.429 m²
Participação Multiplan 30%
Número de lojas 329
Expansões 1
Empregos 3.926
Vendas em 2011 R$ 774,6 milhões
Tráfego em 2011 10,8 milhões de visitas
Perfil do público 91% classes A e B;
68% mulheres
37
38
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Shopping Vila Olímpia
Alto padrão em gastronomia
e entretenimento
Localizado em um dos bairros que mais crescem na cidade de São Paulo, perto de
áreas nobres como Vila Nova Conceição, Moema e Itaim, o Shopping Vila Olímpia
atende a um público exigente e qualificado. Sua fachada é inspirada na estética
fabril do início do século XX, com design de interiores diferenciado, corredores
amplos e iluminação especial. O shopping tem um centro gastronômico completo,
boliche de última geração e sete salas de cinema, sendo duas premium, além de um
sistema de estacionamento inteligente, que sinaliza as vagas disponíveis em telas
de LCD.
Com dois anos de operação, o Shopping Vila Olímpia inaugurou mais 10 lojas e três
opções de alimentação. A praça de alimentação alcançou grande reconhecimento
este ano: foi considerada a melhor entre os shoppings da cidade pela Revista Época
São Paulo e conquistou o primeiro lugar do guia Divirta-se Shoppings, do jornal O
Estado de São Paulo.
No início de 2012, a Multiplan concluiu a aquisição de mais 30% do Shopping,
aumentando sua participação para 60%. A negociação totalizou R$175 milhões.
A aquisição faz parte da estratégia da empresa de deter participação majoritária
nos shopping centers que compõem seu portfólio para garantir a qualidade do mix
oferecido.
O volume de vendas do Shopping Vila Olímpia em 2011 foi 31,6% maior do que o
registrado em 2010. O volume de vendas no período foi de R$ 282,1 milhões, contra
os R$ 214,4 milhões de 2010.
Ficha técnica
www.scvilaolimpia.com.br
São Paulo, SP
Inauguração 24/11/2009
Área Bruta Locável 28.201 m²
Área Bruta Comercial 28.201 m²
Participação Multiplan 30%*
Número de lojas 218
Empregos 3.118
Vendas em 2011 R$ 282,1 milhões
Tráfego em 2011 8,7 milhões de visitas
Perfil do público 95% classes A e B;
55% mulheres
* No início de 2012, a Multiplan concluiu a aquisição de mais 30% do
Shopping, aumentando sua participação para 60%.
39
40
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
ParkShopping São Caetano
Satisfação e bem-estar
Com um investimento de R$ 260 milhões, o ParkShopping São Caetano foi
inaugurado em novembro de 2011 para satisfazer o público da cidade que tem um
dos mais altos índices de qualidade de vida no Grande ABC. O mix de marcas é
composto por lojas de alto padrão, sendo 15 âncoras e megalojas distribuídas em
dois níveis, totalizando 109.968 m2 de área construída. Além disso, há 2.000 vagas
de estacionamento e sete salas de cinema Cinemark tipo stadium, sendo uma com
Tecnologia XD (Extreme Digital Cinema).
Dentro da estratégia da Multiplan de desenvolver projetos multiuso, o
ParkShopping São Caetano já nasceu com a previsão de uma segunda fase que
compreende uma área para expansão de 13.411 m² e a construção de quatro torres
comerciais.
O empreendimento deve aproximar moradores de toda a região do ABC e de áreas
que fazem divisa com São Caetano do Sul, como os bairros do Ipiranga, Mooca
e a Zona Leste de São Paulo. O shopping está localizado no Espaço Cerâmica, o
primeiro bairro projetado e sustentável da cidade, que reúne moradia, trabalho e
lazer em uma área de 300 mil m2.
O projeto arquitetônico privilegiou a integração dos espaços e a iluminação natural
através do uso de painéis de vidro, transmitindo ao público uma sensação de estar
ao ar livre, mesmo dentro de um espaço climatizado.
Com pouco tempo de operação, o shopping já demonstrou seu potencial, fechando
o ano com R$ 80 milhões em vendas.
Ficha técnica
www.parkshoppingsaocaetano.com.br
São Caetano do Sul, SP
Inauguração 09/11/2011
Área Bruta Locável 39.025 m2
Área Bruta Comercial 39.025 m2
Participação Multiplan 100%
Número de lojas 245
Expansão prevista 13.411,01m², incluindo
2.561m² do Centro de Convenções. A área
de estacionamento coberto prevista na
expansão é de 24.736,84m²
Empregos 3.808
Vendas em 2011 R$ 80 milhões
Tráfego em 2011 777,6 mil visitas
Perfil do público classes A e B
41
42
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
RibeirãoShopping
Tradição com inovação
Localizado na cidade de Ribeirão Preto, uma das regiões de maior crescimento
econômico do país, o RibeirãoShopping se destaca não só como um centro de
compras, mas também como ponto de encontro, lazer e cultura de toda a região.
Em 2011, o shopping completou 30 anos. Para comemorar a data, a Orquestra
Sinfônica de Ribeirão Preto fez uma apresentação exclusiva para 1.500 convidados,
em homenagem a Tom Jobim, no Theatro Pedro II. Ainda no âmbito cultural, outro
destaque foi a abertura da exposição internacional e inédita no Brasil “Dinossauros
da Patagônia”, composta por 10 réplicas de fósseis em tamanho natural dos animais
que habitaram a região há milhares de anos. A mostra percorreu outros shopping
centers do grupo ao longo do ano.
Em junho, a Multiplan anunciou um plano master de desenvolvimento que prevê
três novas expansões para o RibeirãoShopping, cuja Área Bruta Locável poderá
crescer mais de 32 mil m², um aumento de cerca de 45% na ABL do shopping.
O plano inclui ainda o desenvolvimento, nos próximos anos, de quatro edifícios
residenciais de alto luxo que somam 86 mil m² de área privativa para venda e uma
nova torre comercial com 19,2 mil m², além de outros projetos a serem anunciados
futuramente.
Já fazem parte do complexo multiuso o Hotel Íbis e o Centro Empresarial Ribeirão
Office Tower, além do Centro Profissional RibeirãoShopping, que se encontra em
desenvolvimento e será entregue no segundo semestre de 2012.
O shopping registrou, em 2011, um volume de vendas de R$ 507,4 milhões, contra
os R$ 477,4 milhões obtidos em 2010. O crescimento foi da ordem de 6,3%.
Ficha técnica
www.ribeiraoshopping.com.br
Ribeirão Preto, SP
Inauguração 05/05/1981
Área Bruta Locável 46.784 m²
Área Bruta Comercial 50.126 m²
Participação Multiplan 76,2%
Número de lojas 242
Expansões 5
Empregos 3.611
Vendas em 2011 R$ 507,4 milhões
Tráfego em 2011 11,6 milhões de visitas
Perfil do público 73% classes A e B;
53% mulheres
Complexo multiuso que integra o Centro
Profissional RibeirãoShopping ao centro de
compras vai receber novos investimentos
43
44
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Shopping Santa Úrsula
Modernidade em estrutura e serviços
Único shopping vertical da região, o Shopping Santa Úrsula respira charme e
modernidade. Desde 2008, quando foi adquirido pela Multiplan, o empreendimento
vem passando por melhorias em sua arquitetura e paisagismo.
O ano de 2011 foi marcado por expressivas obras de revitalização, num total de
R$ 7 milhões, que culminaram com a inauguração da nova fachada principal do
empreendimento. A opção por grandes estruturas de vidro com aproveitamento
da luz natural otimizou os recursos energéticos, além de valorizar a beleza do
empreendimento e oferecer mais conforto para os clientes.
Internamente, foram criados um átrium e um lounge, concebidos de forma nobre
- desde a escolha do revestimento com o uso de um porcelanato importado da
Espanha até a escolha do mobiliário. Além disso, serviços exclusivos como o
concierge entraram em funcionamento de forma a proporcionar um atendimento
personalizado aos clientes do Shopping Santa Úrsula.
O ano também foi marcado por um forte desempenho comercial. Foram
inauguradas 27 novas operações e o crescimento nas vendas foi de 24,8%, elevando
o total apurado em 2010 - R$ 109,8 milhões – para R$ 137 milhões.
Ficha técnica
www.shoppingsantaursula.com.br
Ribeirão Preto, SP
Inauguração 29/09/1999
Área Bruta Locável 23.339 m²
Área Bruta Comercial 23.339 m²
Participação Multiplan 62,5%
Número de lojas 121
Empregos 1.655
Vendas em 2011 R$ 137 milhões
Tráfego em 2011 2 milhões de visitas
Perfil do público 57% classes A e B;
66% mulheres
45
46
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
BH Shopping
O pioneiro de Minas Gerais
Primeiro shopping center do estado e o primeiro desenvolvido pela Multiplan, o BH
Shopping é um espaço que une moda, lazer e serviços com muito estilo e conforto.
Inaugurado em 1979, é o maior do estado em Área Bruta Locável (ABL) e faz parte da
história da cidade. Localizado no bairro Belvedere, tornou-se referência e contribuiu para
o crescimento e valorização da região.
Depois de cinco expansões, o BH Shopping reúne lojas de vários segmentos, distribuídas
por quatro pisos, 3.725 vagas de estacionamento e um acesso exclusivo pela BR 356, o
que facilita o acesso de entrada dos clientes.
De acordo com a pesquisa IBOPE Inteligência 2011, o BH Shopping é líder de mercado,
sendo o preferido dos mineiros e frequentado majoritariamente pelas classes A/B.
Em 2011, entre as obras de revitalização, destaca-se a transformação da antiga Praça
de Alimentação em Espaço Gourmet, um boulevard com varanda individual e oito
restaurantes com opções gastronômicas diferenciadas. A praça de alimentação também
foi ampliada, com 1.200 lugares e mais de 30 opções de fastfood. A comodidade também
foi reforçada com a ampliação do número de banheiros e de elevadores.
O empreendimento conquistou o XVI Top of Mind, da Revista Mercado Comum, na
categoria Liderança. Além disso, recebeu o Prêmio Peixe Grande, no quesito Conceito de
Design, pelo hotsite Outono/Inverno. O concurso, que é promovido há sete anos, possui
credibilidade e reconhecimento internacional.
O shopping, que ganhou um andar inteiro novo com a expansão realizada em 2010,
apresentou um resultado anual de vendas, em 2011, de R$ 913,2 milhões - ou 19,2% maior
do que em 2010 (R$ 766,3 milhões).
Ficha técnica
www.bhshopping.com.br
Belo Horizonte, MG
Inauguração 13/09/1979
Área Bruta Locável 47.550 m²
Área Bruta Comercial 65.374 m²
Participação Multiplan 80%
Número de lojas 398
Expansões 5
Empregos 6.424
Vendas em 2011 R$ 913,2 milhões
Tráfego em 2011 15,5 milhões de visitas
Perfil do público 84% classes A e B;
56% mulheres
47
48
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
DiamondMall
Conforto, estilo e elegância
Há 15 anos, o DiamondMall atende a um público consumidor exigente com lojas
de alto padrão, seis amplas salas de cinema com tecnologia de última geração,
academia de ginástica completa e praça de restaurantes com o melhor da cozinha
local e internacional, além de um empório com produtos gourmet.
Localizado em uma das regiões mais nobres de Belo Horizonte, o bairro de Lourdes,
o DiamondMall reúne as melhores marcas nacionais e internacionais em um projeto
arquitetônico exclusivo, que remete ao formato de um diamante. Arte e cultura
fazem parte do dia-a-dia do empreendimento, projetado especialmente para quem
busca conforto, estilo e elegância.
O DiamondMall realiza periodicamente eventos como exposições e shows musicais.
Com foco na exclusividade e na personalização, o shopping trabalha a presença
online como ferramenta de diálogo e aproximação com o consumidor. Com
este objetivo, lançou também, em março, o programa Clube de Relacionamento
DiamondMall – que oferece benefícios para os clientes mais assíduos.
Em 2011, 11 novas operações entraram em funcionamento no shopping, que passou
a ter um mix ainda mais completo. Além disso, pensando no conforto e comodidade
de seus clientes, iniciou uma revitalização completa dos banheiros, adotando um
novo padrão de qualidade e sofisticação.
O DiamondMall registrou um volume de vendas de R$ 454,5 milhões, 5,3% maior do
que o obtido em 2010 (R$ 431,5 milhões).
Ficha técnica
www.diamondmall.com.br
Belo Horizonte, MG
Inauguração 06/11/1996
Área Bruta Locável 21.386 m²
Área Bruta Comercial 21.386 m²
Participação Multiplan 90%
Número de lojas 204
Expansões 3
Empregos 3.260
Vendas em 2011 R$ 454,5 milhões
Tráfego em 2011 10 milhões de visitas
Perfil do público 90% classes A e B;
55% mulheres
49
50
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Pátio Savassi
Sempre diferente
Este é um shopping apoiado no conceito Life Style Center. Seu projeto arquitetônico
arrojado o transforma em uma grande praça de bairro com áreas de convivência
ao ar livre, com jardim, cafés, restaurantes e um anfiteatro. Desde sua inauguração,
em maio de 2004, o Pátio Savassi trouxe um elevado mix de marcas para a cidade.
É considerado um local de vanguarda, inovador, com boa localização e ambientação
agradável e confortável.
A Multiplan tem trabalhado intensamente na aquisição de áreas vizinhas ao
shopping que possibilitem futuras expansões. A empresa já adquiriu dois terrenos
que, juntos, somam mais de 3 mil m².
Em 2011, foram realizadas obras de revitalização e infraestrutura que incluíram
a adequação dos banheiros ao padrão de qualidade adotado em todos os
empreendimentos da Multiplan e a inauguração do novo Espaço Família.
A intensa programação cultural do anfiteatro do shopping oferece para a
comunidade atrações como o programa Férias de Janeiro, com peças teatrais, a
série de debates sobre temas como moda, cinema e literatura Estação Pátio Savassi
e o projeto ETC – Encontro de Twitteiros Culturais –, que é transmitido ao vivo pela
rádio CBN Minas, entre outros projetos.
A nova área no piso L3, que conta com seis operações de moda no segmento
Premium, se consolidou. O resultado é que o Pátio Savassi fechou o ano com um
resultado de vendas de R$ 308,8 milhões, 8,7% superior ao registrado em 2010
(R$ 284 milhões).
Ficha técnica
www.patiosavassi.com
Belo Horizonte, MG
Inauguração 25/05/2004
Área Bruta Locável 17.253 m²
Área Bruta Comercial 17.253 m²
Participação Multiplan 96,5%
Número de lojas 131
Expansões 1
Empregos 2.027
Vendas em 2011 R$ 308,8 milhões
Tráfego em 2011 10,7 milhões de visitas
Perfil do público 88% classes A e B;
42% mulheres
51
52
Projeto multiuso integra torres
comerciais ao ParkShopping
MULTIPLAN
ParkShopping
Prestígio e reconhecimento
Seguindo a estratégia de crescimento e expansão da Multiplan, foi inaugurado em
novembro, o Espaço Gourmet com cinco restaurantes de alto padrão – inéditos
no Distrito Federal. Com uma área de 1.343 m2, o espaço é localizado em um
novo prolongamento do mall no nível superior. O investimento no projeto foi de
aproximadamente R$ 35 milhões. Em 2012, o empreendimento se tornará ainda
mais completo com a entrega do ParkShopping Corporate, duas torres comerciais
que estão sendo construídas no terreno do shopping.
O ParkShopping conquistou o Prêmio Ouro no 2011 ICSC Latin America Shopping
Center Award, na categoria “Renovação ou Expansão de Projeto Existente”. A
premiação é promovida pelo ICSC (International Council of Shopping Centers) e
reconhece a excelência em marketing, design e desenvolvimento na indústria de
shopping centers na América Latina.
O shopping é palco do maior evento de moda da região Centro-Oeste – o
ParkFashion. A mais tradicional semana de moda da capital federal levou ao
empreendimento, em sua oitava edição, desfiles exclusivos de lojas presentes no
mix do mall, além de workshops, palestra e mesa redonda sobre moda e design.
O desempenho das vendas no ParkShopping, em 2011, foi 5,1% superior a 2010,
com um volume de R$ 815 milhões contra os 775,4 milhões registrados no ano
passado.
Ficha técnica
www.parkshopping.com.br
Brasília, DF
Inauguração 08/11/1983
Área Bruta Locável 53.333 m²
Área Bruta Comercial 60.867 m²
Participação Multiplan 59,6%
Número de lojas 349
Expansões 9
Empregos 4.644
Vendas em 2011 R$ 815 milhões
Tráfego em 2011 11,1 milhões de visitas
Perfil do público 88% classes A e B;
59% mulheres
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
53
54
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
ParkShoppingBarigüi
Integração com o Meio Ambiente
Vizinho ao Parque Barigüi, o shopping é considerado um dos mais modernos
do país, não só por sua arquitetura, mas também pelo ambiente agradável que
proporciona aos clientes. O projeto favorece a integração com o entorno através do
uso de vidros e recortes na estrutura que valorizam a luz, o verde e a beleza natural
da região.
O ParkShoppingBarigüi recebeu o prêmio Top of Mind Universitário 2011, realizado
pelo Datacenso Instituto de Pesquisa. O shopping foi o primeiro colocado do
segmento em consulta espontânea que elencou as marcas mais lembradas pelos
universitários da cidade de Curitiba.
Ao longo do ano, os clientes ganharam mais um serviço com a implantação do
sistema de diretório eletrônico de mall. Com uma navegação simples, o sistema,
disponível em totens instalados no shopping, ajuda os clientes a buscar informações
sobre lojas, produtos e serviços, incluindo a programação das salas de cinema.
No ParkCultural, área de eventos integrada ao shopping, foi realizado, pela
primeira vez, o Fashion Weekend Kids, evento de moda infantil que reuniu centenas
de famílias no shopping. Abrindo mais um canal de diálogo com seu público, o
shopping também lançou a revista PKB, que também oferece uma versão digital
padrão no site do shopping e outra para visualização em tablets.
O ParkShoppingBarigüi apresentou um crescimento nas vendas em 2011 da ordem
de 25,4% em relação a 2010, fechando o ano com R$ 678,6 milhões, contra os
R$ 541,1 registrados no ano anterior. Dezenove novas marcas complementaram o
mix e cinco lojas reformaram suas operações, dando mais qualidade e modernidade
ao shopping.
Ficha técnica
www.parkshoppingbarigui.com.br
Curitiba, PR
Inauguração 12/11/2003
Área Bruta Locável 49.939 m²
Área Bruta Comercial 49.939 m²
Participação Multiplan 84%
Número de lojas 263
Expansões 1
Empregos 4.048
Vendas em 2011 R$ 678,6 milhões
Tráfego em 2011 8,9 milhões de visitas
Perfil do público 91% classes A e B;
54% mulheres
55
56
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
BarraShoppingSul
Lazer e diversão
Localizado no bairro Cristal, em Porto Alegre, o BarraShoppingSul completou
em 2011 o seu terceiro ano de operação com um mix completo de lojas, além
de serviços e lazer como parque indoor de brinquedos eletrônicos e boliche
automatizado; oito salas de cinema e um centro de eventos de 3.300 m².
O ano de 2011 foi marcado pela entrega da Cristal Tower, torre com 22 andares
e 290 conjuntos comerciais interligada ao shopping center. O empreendimento
faz parte do complexo multiuso que terá, ainda, um edifício residencial e outro
comercial, já em desenvolvimento: o Residénce du Lac e o Diamond Tower, lançados
em 2011.
No âmbito cultural foi destaque a abertura da mostra internacional “Titanic: A
Exposição – Objetos Reais”, exibição que contou a construção, o lançamento e a
vida a bordo do famoso transatlântico. A Multiplan investiu cerca de R$ 1, 6 milhão
na exposição, que percorreu outros shopping centers da rede ao longo do ano.
O BarraShoppingSul foi vencedor em duas categorias do ICSC (International
Council of Shopping Centers) Latin America Shopping Center Award 2011: “Design
Inovador e Desenvolvimento de Um Novo Projeto” e o prêmio especial do júri em
“Design Sustentável” pela economia de recursos garantida pelo empreendimento.
Na construção do BarraShoppingSul foram utilizados materiais modernos, como
estruturas de vidro para a entrada de luz natural e acabamentos internos orgânicos,
como os painéis de madeira que compõem as entradas, destacando a beleza
natural do entorno.
O resultado de vendas foi da ordem de R$ 572,3 milhões, 12,2% mais do que o
apurado em 2010: R$ 510,3 milhões.
Ficha técnica
www.barrashoppingsul.com.br
Porto Alegre, RS
Inauguração 18/11/2008
Área Bruta Locável 68.430 m²
Área Bruta Comercial 68.430 m²
Participação Multiplan 100%
Número de lojas 251
Empregos 3.237
Vendas em 2011 R$ 572,3 milhões
Tráfego em 2011 10 milhões de visitas
Perfil do público 86% classes A e B;
55% mulheres
Cristal Tower integrada ao
BarraShoppingSul
57
58
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Estratégia
O objetivo da Multiplan é assegurar um crescimento sustentável, mantendo a qualidade de seu
portfólio atual, além de maximizar o investimento feito por seus acionistas. Os principais elementos
da sua estratégia incluem, dentre outros:
Identificar Mercados e Localizações
para Futuro Crescimento de
Shopping Centers
A Multiplan possui uma estratégia bem definida de crescimento
para buscar oportunidades de mercado em cada região na
qual atua. A Companhia também utiliza sua expertise para
expandir suas operações com shopping centers em outras
regiões do Brasil com potencial de desenvolvimento econômico,
densidade populacional e níveis de renda expressivos. O Grupo
está bem posicionado para se beneficiar com oportunidades
de investimento no setor, particularmente na expansão de seus
atuais ativos, aquisição de participações adicionais em seus
shopping centers, desenvolvimento de novos empreendimentos e
aquisição de shopping centers de terceiros.
GRI
Desenvolvimento de
Projetos Multiuso
A Empresa mantém o foco em áreas próximas aos seus shopping
centers, desenvolvendo novos empreendimentos imobiliários
residenciais e comerciais, para explorar o desenvolvimento e a
valorização da região com a venda de unidades e o aumento da
população na área de negócios, de forma a ampliar o tráfego de
clientes e o consumo em seus empreendimentos.
Foco no Aumento de Retornos
e Disciplina Financeira
Investimento em Pessoas,
Processos e Tecnologia
A Multiplan continuará a adotar procedimentos de gestão
empresarial para reduzir custos, maximizar oportunidades de
negócios existentes, otimizar a utilização de seus ativos e mitigar
riscos por meio da adoção de uma política rígida de planejamento
e controle que é aplicada em todos os níveis corporativos. O
grupo seguirá avaliando as oportunidades de investimentos com
base em uma série de análises mercadológicas e financeiras
criteriosas, de forma a selecionar aqueles que agreguem mais
valor e que contribuam para a realização de seus objetivos
estratégicos.
No longo prazo, a Companhia tem um compromisso estratégico
com a seleção e o treinamento dos melhores profissionais
do mercado, com planos de remuneração e aprimoramento,
tendo como foco a motivação e manutenção do seu quadro
de empregados. Além disso, a Multiplan continua investindo
em modernos sistemas de informação para automatizar
procedimentos internos. As ferramentas e sistemas de gestão da
Companhia (sistema ERP – Enterprise Resource Planning - SAP)
são integrados aos dos shopping centers, permitindo que os
mesmos atendam seus clientes da maneira mais eficiente possível
e conservando o controle da gestão e da operação de seus
empreendimentos.
1.2
59
60
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Gestão Inovadora
e Estratégia de Crescimento
Modelo full service,
outra característica Multiplan
A Multiplan não mede esforços para assegurar a satisfação do
consumidor e alcançar sempre os melhores resultados para
lojistas e acionistas. Nesse sentido estabeleceu padrões de
excelência e qualidade reconhecidos pelo mercado há 36 anos.
Sua vocação para desenvolver os melhores e mais completos
empreendimentos fortalece, cada vez mais, a marca de uma
empresa pioneira, disciplinada e inovadora.
Com o objetivo de garantir a rentabilidade do negócio e
minimizar os riscos potenciais, a Multiplan optou por ser uma
empresa full service no planejamento e desenvolvimento de
novos empreendimentos. Assim, realiza prospecção de novos
negócios desde a busca e avaliação de terrenos, passando pelo
acompanhamento da fase operacional, até a administração de
shopping centers. Desta forma, detém o controle de todas as
seguintes etapas:
Uma das prioridades da gestão da Multiplan é o desenvolvimento
de projetos multiuso que integram centros comerciais, hotéis e
edifícios residenciais a seus shopping centers, gerando fluxo de
consumidores e valorizando o entorno dos empreendimentos.
Assim, a empresa reafirma o compromisso de ampliar os seus
negócios, oferecendo conveniência e qualidade de vida.
Considerando sempre as oportunidades, os riscos e as
possibilidades de retorno, a Multiplan tem uma estratégia de
crescimento calcada nos quatro seguintes pilares:
Desenvolvimento de novos shopping centers – são os
chamados projetos greenfield, ou seja, a construção de um
novo shopping. O risco é considerado médio e o potencial de
retorno, alto;
Expansão dos shopping centers existentes – são os
chamados brownfield, ou seja, o investimento na ampliação
dos shoppings, que oferece menor risco e alto retorno uma
vez que os empreendimentos já são consolidados;
Aumento da participação nos shopping centers existentes
mediante a aquisição de participação detida por terceiros
– é o aumento da participação da Multiplan em seus próprios
shoppings por meio da compra de participações de terceiros.
Apresenta baixo risco e retorno bastante previsível, pois os
empreendimentos já têm um histórico de sucesso;
Aquisição de shopping centers de terceiros – a compra
de shopping centers de terceiros é realizada avaliando-se
o potencial de retorno e as possibilidades de integração
ao portfólio da Multiplan. O risco é considerado baixo e o
retorno, de longo prazo.
Prospecção de terrenos – Identificação de regiões e
terrenos com potencial para novos empreendimentos,
avaliação da localização e análise de exigências ambientais;
Análise de Viabilidade – Pesquisas de mercado que incluem
levantamentos de tráfego de pessoas e acesso ao local,
concorrência existente, perfil do consumidor, necessidades
locais e potencial do mercado;
Lançamento – Decisão de realizar o lançamento, definição
de estratégia de marketing do projeto, elaboração do
material promocional de vendas e contato com potenciais
locatários e/ou compradores;
Desenvolvimento – Somente após a comercialização de 50%
das unidades, no mínimo, a construção é iniciada;
Administração dos shopping centers – Gestão focada no
consumidor com qualidade, sofisticação e bem-estar.
61
62
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Cenário Setorial
Em plena expansão no País, a indústria de Shopping Centers do Brasil fechou o ano de 2011 com um
faturamento de R$ 108 bilhões, ante os R$ 91 bilhões de 2010, um aumento de 18,2% no período,
segundo dados da Associação Brasileira de Shopping Centers - Abrasce. O mercado de shopping
centers é responsável por 18,3% do varejo nacional e por 2% do PIB, segundo dados de junho de
2012 da Abrasce.
Em 2011 foram inaugurados 22 empreendimentos, que, com os 36 previstos a inaugurar em 2012,
somarão 471 centros de compras desse tipo no Brasil. Juntos, os 430 empreendimentos já em
operação empregam mais de 775 mil pessoas. As 22 inaugurações realizadas em grandes capitais e
nas cidades do interior, em 2011, somaram mais de 560 mil m² de Área Bruta Locável (ABL). No total,
o setor conta com mais de 10 milhões de m2 de ABL.
Número de shopping centers em unidades
351
363
376
392
408
430
Grandes números: Brasil Maio 2012
Número total de shoppings
A Inaugurar em 2012 ¹
Número previsto para dez/2012
2007
2009
2010
36
471
10,59
Área construída (em milhões de m²)
24,83
Vagas para carros
Lojas (total)
735.730
80.192
Lojas âncoras
3.208
Megalojas
2.406
Lojas Satélites
65.757
Lazer
2.406
Lojas de Serviços
6.415
Salas de cinema
2.745
Empregos gerados em 2011
2008
435
Área Bruta Locável (em milhões de m²)
Regiões
Nº de
Shoppings
% do
Total
ABL (m2)
Norte
17
3,9%
391.753
Nordeste
58
13,3%
1.516.636
Centro-Oeste
38
8,7%
820.997
242
55,6%
6.275.762
80
18,4%
1.583.641
435
100%
10.588.789
Sudeste
Sul
Total
775.383
Faturamento estimado em 2011
(em R$ bilhões)
108
Tráfego de pessoas (milhões por mês)
376
Vendas em relação ao varejo nacional ²
2006
Participação por Região
18.0%
1. Número previsto de inaugurações.
2. Exclui vendas de combustíveis e GLP: Critério:
Consideram-se aqui shoppings com lojas locadas,
lojas âncoras e vagas de estacionamento, com área
igual ou superior a 5000 m² e todos os shoppings
associados da Abrasce. A informação sobre
faturamento é estimada e pode ser alterada.
2011
BarraShoppingSul,
em Porto Alegre, RS,
completou o terceiro ano
de operação em 2011
63
64
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
A Multiplan procura se antecipar a qualquer
possibilidade de riscos no desenvolvimento
de projetos (shopping centers e
empreendimentos imobiliários), o que lhe
permite reduzir e equacionar situações
com contingências, inclusive as de natureza
ambiental, política, normativa ou comunitária.
Por isso, o Grupo trabalha em contato com
as lideranças locais onde os projetos vão ser
desenvolvidos e pratica uma política com o
objetivo de atender eventuais necessidades
da população local, além de observar o
princípio da precaução, formulando cenários
hipotéticos.
Projetos em
Desenvolvimento
Em 2011, investimento
recorde de cerca de
R$ 1 bilhão
A empresa tem dez projetos em
desenvolvimento: quatro novos shopping
centers greenfield e seis empreendimentos
imobiliários, dos quais dois serão destinados
para locação.
Shopping Centers
VillageMall
ParkShopping Campo Grande
JundiaíShopping
Parque Shopping Maceió
Projetos MULTIUSO
Empreendimentos Imobiliários Comerciais
Morumbi Corporate
ParkShopping Corporate
MorumbiBusinessCenter
Centro Profissional RibeirãoShopping
Diamond Tower
Empreendimentos Imobiliários Residenciais
Résidence du Lac
Village Mall, shopping center da
Multiplan no Rio de Janeiro que será
inaugurado em novembro de 2012
GRI
2.9
4.11
65
Projetos em
Desenvolvimento
Projetos em Desenvolvimento
SHopping centers
68
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
O shopping que o Rio esperava
VillageMall
www.shoppingvillagemall.com.br
LOCAÇÃO Shopping Center
Rio de Janeiro, RJ
Focado em moda, cultura, serviço e gastronomia, o VillageMall
terá marcas internacionais e nacionais consagradas no mercado
de luxo. A construção começou em outubro de 2010 e tem
inauguração prevista para novembro de 2012. Com investimento
estimado em R$ 439 milhões, o empreendimento fechou 2011
com 88,7% das lojas locadas.
Um dos destaques do shopping são os serviços exclusivos. Para
o lazer, um teatro com capacidade para 1.000 pessoas terá vão
livre e palco amplos, possibilitando a montagem de grandes
espetáculos internacionais e nacionais. Quatro salas VIPs de
cinema, totalizando 396 lugares, utilizarão tecnologia de ponta.
Haverá, ainda, uma área para eventos de 1.800 m² com amplo
terraço voltado para a Lagoa da Tijuca e uma área gastronômica.
O projeto prevê amplas áreas com grande aproveitamento da luz
natural. São 8.000 m² de vidro em claraboias e átriuns: as duas
entradas do shopping serão formadas por átriuns de 20 metros
de altura. Em julho de 2011, o projeto do VillageMall recebeu o
VIII Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa como destaque do
setor comercial, categoria projeto predial.
Ficha técnica
Localizado em uma das áreas mais privilegiadas da Barra da
Tijuca, o shopping valoriza a paisagem e a integração com o
entorno, e será um forte complemento ao complexo iniciado pela
Multiplan há 30 anos, composto pelo BarraShopping, o New York
City Center e o Centro Empresarial BarraShopping.
Novembro 2012
Participação Multiplan 100%
Área do Terreno 36.643 m²
Área de Construção com Estacionamento 124.890 m²
Área Bruta Locável 25.720 m²
Número de lojas 107
Previsão Inauguração
Número de Âncoras e Megalojas
Estacionamento
Elevadores
9
Escadas Rolantes
Pisos
3
1.755 vagas
22
4
69
70
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Um shopping completo para uma
região em crescimento
ParkShopping Campo Grande
www.parkshoppingcampogrande.com.br
LOCAÇÃO Shopping Center
Rio de Janeiro, RJ
O ParkShopping Campo Grande está localizado na Zona Oeste do
Rio de Janeiro e começou a ser construído em março de 2011.
Serão 259 lojas, sendo 16 âncoras e megalojas, seis restaurantes,
sete salas de cinema, área gourmet externa e 3.000 vagas de
estacionamento. Com inauguração prevista para novembro de
2012, o shopping já tem 90,4% de suas lojas locadas. Ao longo do
ano, o projeto foi reavaliado para a construção de mais um andar
de estacionamento.
O investimento previsto no projeto é de R$ 215,5 milhões. O
resultado operacional líquido (NOI) esperado para o primeiro e
para o terceiro anos são de, respectivamente, R$ 24,2 milhões e
R$ 32,5 milhões.
Ficha técnica
Com público potencial de 650 mil pessoas em sua área de
influência (bairros localizados a até 20 minutos de distância
percorrida por carro ou ônibus), o shopping atenderá ao
consumidor regional, formado predominantemente pelas
classes B e C. Segundo o IBGE, o bairro possui cerca de 300 mil
habitantes, e deverá ser fortemente beneficiado por obras de
infraestrutura que estão sendo feitas para a realização da Copa
do Mundo e dos Jogos Olímpicos.
Novembro 2012
Participação Multiplan 90%
Área Bruta Locável 42.226 m²
Área Construída 71.173 m²
Previsão Inauguração
Número de lojas
259
16
3.000 vagas
Número de Âncoras e Megalojas
Estacionamento
71
72
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Completo como a sua região
JundiaíShopping
www.jundiaishopping.com.br
LOCAÇÃO Shopping Center
Jundiaí, SP
Localizado na cidade de Jundiaí, a 60 km da capital paulista, o
JundiaíShopping oferecerá à população local uma infraestrutura
inédita de entretenimento, serviços, compras e alimentação.
Serão 193 lojas, com 14 âncoras e megalojas em 35.820 m² de
Área Bruta Locável e 2.079 vagas de estacionamento.
O empreendimento atenderá tanto à população residente
em Jundiaí quanto à flutuante, que percorre diariamente a
movimentada Avenida Nove de Julho – onde o shopping está
sendo erguido. Esta avenida é uma via expressa de fácil acesso,
próxima aos bairros de maior renda da cidade.
O projeto está em sintonia com a estratégia da Multiplan de criar
complexos multiuso, agrupando diversos empreendimentos no
mesmo local.
Ficha técnica
Estão previstas duas torres comerciais de 10 andares cada, e
uma expansão futura do shopping de 13.260 m² de Área Bruta
Locável. A inauguração do shopping está prevista para 2012 e o
investimento estimado é de R$ 270,1 milhões.
Outubro 2012
Participação Multiplan 100%
Área de Construção 63.880 m²
Área Bruta Locável 35.820 m²
Previsão Inauguração
Número de lojas
193
14
2.079 vagas
Número de Âncoras e Megalojas
Estacionamento
Pisos
2
73
74
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
O primeiro shopping da
Multiplan no Nordeste
Parque Shopping Maceió
www.maceioparqueshopping.com.br
LOCAÇÃO Shopping Center
Maceió, AL
Com inauguração prevista para o segundo semestre de 2013,
o primeiro shopping center da Multiplan no Nordeste do Brasil
teve sua comercialização iniciada em 2011 e atingiu percentual
de locação de 61% da ABL disponível. O investimento total da
obra é de R$ 200 milhões e estima-se que serão gerados cerca
de 2.400 empregos diretos, durante as obras, e 3.600 postos de
trabalho quando o shopping entrar em funcionamento. As obras
do shopping tiveram início em janeiro de 2012.
Este é um projeto em conjunto com a Aliansce Shopping
Center S.A., que ficará encarregada da construção, locação
e administração. O investimento previsto, correspondente à
participação da Multiplan, é de R$ 91 milhões.
Ficha técnica
Ocupando uma área privilegiada e em expansão na capital
alagoana, o novo shopping terá 183 lojas, muitas delas inéditas
na cidade, além de praça de alimentação, dois restaurantes
independentes, modernas salas de cinema e cerca de 2.000 vagas
de estacionamento, totalizando mais de 36.000 m² de Área Bruta
Locável (ABL). Empreendimento de padrão internacional, o centro
de compras irá integrar-se futuramente com o Boulevard Parque,
um complexo imobiliário de 200.000 m² com torres residenciais e
empresariais, além de um parque com ampla área verde.
2º trimestre 2013
Participação Multiplan 50%
Área de Construção 55.060 m²
Área Bruta Locável 36.753 m²
Número de lojas 183
Previsão Inauguração
Estacionamento
Pisos
3
1.928 vagas
75
Projetos em Desenvolvimento
EMPREENDIMENTOS IMOBILIÁRIOS
MULTIUSO
78
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Duas torres comerciais
“verdes” no complexo do
MorumbiShopping
Morumbi Corporate
www.morumbicorporate.com.br
LOCAÇÃO Empreendimento Imobiliário Comercial
São Paulo, SP
O complexo do MorumbiShopping não para de crescer. Em seu
entorno, o projeto Morumbi Corporate é um empreendimento
composto por duas torres comerciais de alto padrão para
locação em São Paulo, com 18 e 26 andares, respectivamente,
totalizando 74.198 m² de Área Bruta Locável (ABL). Um dos
destaques do projeto é uma praça elevada interligada às duas
torres com dez lojas para restaurantes e conveniências. O
investimento total estimado é de R$ 448 milhões. A inauguração
está prevista para o segundo semestre de 2013, e tem resultado
operacional líquido estabilizado (NOI estabilizado) esperado de
cerca de R$ 83,7 milhões.
O projeto de arquitetura exclusivo utiliza parâmetros do “selo
verde”, em preparação para certificação LEED (Leadership in
Energy & Environmental Design). O Morumbi Corporate já recebeu
a pré-certificação Gold. Este certificado é concedido pela Green
Building Council Brasil, instituição não governamental voltada
para a ecoeficiência de edificações no mundo.
Ficha técnica
Lançado em 2011, o Morumbi Corporate complementa o complexo
criado em torno do MorumbiShopping, que inclui o Morumbi
Office Tower, o Centro Profissional MorumbiShopping, construído
sobre a expansão do shopping e o MorumbiBusinessCenter.
Setembro 2013
Participação Multiplan 100%
Área Locável Critério BOMA* 74.198 m²
Previsão Entrega
* Building Owners Management Association
79
80
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Torres com vagas exclusivas e
acesso direto ao ParkShopping
ParkShopping Corporate
LOCAÇÃO Empreendimento Imobiliário Comercial
Brasília, DF
Em fase de construção, o ParkShopping Corporate compõe
um conjunto de duas torres comerciais para locação, com seis
pavimentos cada. Os novos edifícios estão sendo construídos
no mesmo terreno do shopping sobre a estrutura do deckparking e serão ligados ao ParkShopping por uma passarela.
Com investimento de R$ 38,5 milhões e 13.360 m² de Área Bruta
Locável, terá 391 vagas de estacionamento exclusivas e tem
previsão de inauguração para novembro de 2012.
O canteiro de obras do ParkShopping Corporate foi considerado
“impecável” e “exemplo de boas práticas” pelo Centro de
Tecnologia em Edificações (CTE), consultoria que acompanha a
adequação da construção às normas LEED (Leadership in Energy
& Environmental Design) de práticas sustentáveis.
Ficha técnica
A locação de imóveis comerciais é uma atividade nos negócios
da Multiplan e reforça a estratégia da companhia de desenvolver
projetos multiuso, gerando valor através da sinergia com os
shopping centers. Comodidade e variedade de serviços em
benefício da qualidade de vida dos clientes.
GRI
Novembro 2012
Participação Multiplan 50%
Área do Terreno 15.800 m²
Área de Construção 37.572 m²
Área Bruta Locável 13.360 m²
Previsão Entrega
EC9
81
82
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
MorumbiBusinessCenter
www.morumbibusinesscenter.com.br
VENDA Empreendimento Imobiliário Comercial
São Paulo, SP
O MorumbiBusinessCenter foi desenvolvido inicialmente para
locação. Porém, em decorrência de uma oportunidade de
mercado, a Multiplan optou por vender o imóvel à Oracle do Brasil
Sistemas Ltda. no início de 2012. A operação foi realizada por
R$ 165 milhões, equivalentes a R$ 17,6 mil / m², considerando-se
área privativa de 9.383 m².
Edifício de escritórios padrão classe A, localizado ao
lado do MorumbiShopping e do Morumbi Office Tower, o
MorumbiBusinessCenter utiliza parâmetros do selo verde, em
preparação para certificação LEED (Leadership in Energy &
Environmental Design). O certificado é concedido pelo U.S. Green
Building Council, instituição não governamental voltada para a
ecoeficiência de edificações no mundo.
Ficha técnica
São construções que alcançam altos níveis de economia de
recursos naturais, como água e energia, entre outros, a partir de
equipamentos, materiais e demais iniciativas do projeto que visam
à sustentabilidade. Na construção do MorumbiBusinessCenter,
22% do material utilizado são provenientes de reciclagem,
atendendo ao nível Gold da certificação LEED..
Janeiro 2012
Participação Multiplan 100%
Área Locável Critério BOMA* 10.635 m²
Área do terreno 2.650 m²
Área de Construção 17.440 m²
Entrega
* Building Owners Management Association
Alta tecnologia e
sustentabilidade
no complexo
MorumbiShopping
83
84
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Projeto privilegia
sinergia com
o complexo
RibeirãoShopping
Centro Profissional
RibeirãoShopping
Ficha técnica
www.cpribeiraoshopping.com.br
VENDA Empreendimento Imobiliário Comercial
Ribeirão Preto, SP
O Centro Profissional RibeirãoShopping é uma torre de escritórios
para venda, com 288 salas comerciais flexíveis de 40 m² cada,
permitindo junções de até 772 m² ou um andar inteiro. Com área
total de 12.563 m², distribuídas em 18 pavimentos tem, ainda,
duas salas de reunião, café com deck externo, fitness center e
spa, intranet condominial, acesso à internet nas salas e aréas
comuns, além de valet parking e 349 vagas de estacionamento.
O Centro Profissional RibeirãoShopping será interligado ao
RibeirãoShopping por meio de uma passarela, promovendo a
sinergia entre comércio e serviços. O volume geral de vendas
(VGV) está estimado em R$ 80,3 milhões. O empreendimento está
com 96% de suas unidades vendidas e a construção encontra-se
em estágio avançado, com entrega prevista para o final de 2012.
Dezembro 2012
Participação Multiplan 100%
Área de Venda 12.563 m²
Área de Construção 32.000 m²
Previsão Entrega
85
86
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Conveniência e
funcionalidade
no complexo
BarraShoppingSul
Diamond Tower
www.torrediamond.com.br
VENDA Empreendimento Imobiliário Comercial
Porto Alegre, RS
Com localização privilegiada dentro do complexo
BarraShoppingSul, o Diamond Tower alia conveniência e
funcionalidade por ser interligado a um empreendimento
residencial, o Résidence du Lac, além do próprio shopping. O
projeto arrojado inclui a fachada principal toda em pele de vidro
semi-refletivo, privilegiando a vista para o Rio Guaíba.
Também faz parte do complexo o Cristal Tower, torre de
escritórios entregue em agosto de 2011.
Ficha técnica
O Diamond Tower oferece 273 unidades comerciais para
venda com plantas flexíveis, em 13.855 m² de área privativa.
O empreendimento conta ainda com duas salas de reunião,
auditório, sete elevadores, sendo um exclusivo de serviço, e
garagem independente no subsolo. O Valor Geral de Vendas (VGV)
é estimado em R$ 121,9 milhões.
2º semestre 2014
Participação Multiplan 100%
Área Privativa 13.855 m²
Valor Geral de Vendas R$ 121,9 milhões
Previsão Entrega
87
88
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Qualidade de vida e
comodidade integradas
ao BarraShoppingSul
Résidence du Lac
VENDA Empreendimento Imobiliário Residencial
Porto Alegre, RS
www.residencedulac.com.br
Com projeto arquitetônico arrojado, o Résidence du Lac oferece
ao público do bairro Cristal comodidade e qualidade de vida ao
unir trabalho, moradia, serviços, consumo e lazer. Integrado ao
complexo BarraShoppingSul, o empreendimento tem
23 pavimentos, num total de 9.960 m² de área privativa.
São 200 apartamentos para venda que variam de 61 m² a
160 m² e estúdios de 43,5 m² e 52 m².
Ficha técnica
Com vista eterna e frontal para o Rio Guaíba, todas as unidades
têm churrasqueira e uma ou duas vagas de garagem cobertas.
O empreendimento tem ainda dois pavimentos dedicados ao
lazer e à saúde. O Valor Geral de Vendas (VGV) estimado é de
R$ 101,6 milhões.
GRI
2º semestre 2014
Participação Multiplan 100%
Área Privativa 9.960 m²
Valor Geral de Vendas R$ 101,6 milhões
Previsão Entrega
1.2
89
90
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Prêmios recebidos no período
Prêmio DCI - Diário Comércio Indústria & Serviços
Multiplan
Empresa mais admirada no segmento de shopping centers
O bom desempenho da Multiplan ao longo de 2011 garantiu à empresa o prêmio DCI - Empresas do
Ano, eleita como a mais admirada no segmento de shopping centers. Em sua 10ª edição, o jornal
Diário Comércio, Indústria & Serviços promoveu a premiação e conduziu uma pesquisa no mercado
para colher as indicações. Foram 1.794 votantes, entre empresários, altos executivos e economistas
ouvidos pelos jornalistas do DCI / Shopping News ao longo do ano, em todo o país.
Prêmio ICSC (International Council of Shopping Centers)
BarraShoppingSul
Design Inovador e Desenvolvimento de Um Novo Projeto – Prêmio Ouro
Design Sustentável - Premiação Especial do Júri
O BarraShoppingSul foi contemplado em duas categorias do ICSC Latin America Shopping Center
Award 2011. O shopping venceu na categoria “Design Inovador e Desenvolvimento de Um Novo
Projeto” e levou também o prêmio especial do júri em “Design Sustentável” pela economia de
recursos garantida pelo empreendimento. O BarraShoppingSul privilegia a beleza natural do bairro
Cristal, em Porto Alegre, e em sua construção foram utilizados materiais modernos, como estruturas
de vidro para a entrada de luz natural e acabamentos internos orgânicos, como os painéis de madeira
que compõem as entradas.
GRI
2.10
VIII Grande Prêmio de Arquitetura Corporativa
VillageMall
O projeto do VillageMall, no Rio de Janeiro, recebeu, em julho, o VIII Grande Prêmio de
Arquitetura Corporativa como destaque do setor comercial, categoria projeto predial. Os
principais critérios levados em conta pelo corpo de jurados foram a relevância das obras,
seu impacto para a sociedade e a praticidade a ser proporcionada tanto para o usuário
interno como para a comunidade. Concorreram 1116 trabalhos que representaram 90%
dos estados brasileiros - uma verdadeira radiografia da Arquitetura contemporânea.
Prêmio ICSC (International Council of Shopping Centers)
ParkShopping
Renovação ou Expansão de Projeto Existente
Prêmio Ouro em Expansão
O ParkShopping recebeu Prêmio Ouro no ICSC Latin America Shopping
Center Award 2011 na categoria “Renovação ou Expansão de Projeto
Existente”. A premiação é promovida pelo ICSC (International Council
of Shopping Centers) e reconhece a excelência em marketing, design e
desenvolvimento na indústria de shopping centers na América Latina.
91
92
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Governança
Corporativa
A Multiplan tem como meta o aperfeiçoamento
constante das suas práticas de Governança
Corporativa por meio da transparência nas
informações, tratamento igualitário a todos
os investidores e uma gestão eficiente e
profissional.
Para assegurar um alto grau de transparência
e confiabilidade às suas ações, a Multiplan
cumpre rigorosamente a legislação em vigor
e trabalha em permanente sintonia com
as diretrizes traçadas por seu Conselho de
Administração e por sua Diretoria Executiva.
Os principais executivos da Companhia recebem
remuneração mensal, bônus anual e programa
de opções de ações da empresa. O bônus, que
compõe a remuneração variável, é concedido
com base no alcance de metas previamente
estabelecidas, relacionadas ao resultado da
GRI
4.1
4.3
4.5
4.7
4.8
4.9
Companhia e ao desempenho individual do
executivo. A remuneração dos executivos visa
a atrair e manter os melhores profissionais
para atingir os objetivos da Companhia,
criando incentivos de curto e longo prazo. A
Multiplan disponibiliza também em seu site os
currículos dos diretores e membros do Conselho
de Administração para a verificação dessas
qualificações.
A Multiplan atende aos mais altos níveis de
governança corporativa, segundo os padrões
exigidos pelo Novo Mercado. A Companhia
encontra-se listada no segmento Nível 2 apenas
por ter sido definido no seu estatuto que a
empresa deve ter ações preferenciais. Só o
acionista OTPP (Ontario Teachers´ Pension
Plan) – 1700480 Ontario Inc. detém ações
preferenciais, emitidas na abertura de capital
da Companhia em função de restrições da
legislação canadense que limitavam, naquela
ocasião, a quantidade de ações ordinárias que
poderiam ser detidas pelos fundos de pensão
deste país em companhias de capital aberto.
A Multiplan é regimentada por políticas internas
de Divulgação de Informações e Negociação de
Valores Mobiliários de emissão da Companhia.
Em 2011, a Multiplan participou de conferências
organizadas por bancos e corretoras, e de
apresentações para grupos que reuniram
analistas e investidores nacionais e internacionais,
interessados em aprofundar seus conhecimentos
sobre a atuação e êxitos dos negócios da
Empresa no mercado brasileiro, além de reuniões
individuais com investidores. A equipe de Relações
com Investidores participou, ainda, de reuniões
da Associação dos Analistas e Profissionais de
Investimento do Mercado de Capitais (Apimec) no
Rio de Janeiro e em São Paulo.
93
94
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Estrutura de Governança
Conselho de Administração
O Conselho de Administração da Multiplan é o seu órgão de deliberação colegiada, responsável
pela formulação das políticas gerais de negócios, incluindo a estratégia de longo prazo, bem como
pelo monitoramento de sua implantação. É responsável também, dentre outras atribuições, pela
designação e supervisão da gestão dos diretores da Multiplan. De acordo com a Lei das Sociedades
por Ações, o Conselho de Administração é ainda responsável pela escolha e destituição dos auditores
independentes.
Nos termos do Estatuto Social da Multiplan, o Conselho de Administração se reúne, ordinariamente,
ao menos uma vez a cada trimestre e extraordinariamente sempre que os interesses sociais exigirem.
Todas as decisões do Conselho de Administração são tomadas pela maioria dos votos dos membros
presentes a qualquer reunião devidamente convocada e instalada.
José Isaac Peres Presidente do Conselho de Administração e Diretor-Presidente da Multiplan.
Graduou-se em Economia pela Faculdade Nacional de Economia da Universidade do Brasil (atual
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ). Participou e executou mais de 350 empreendimentos
imobiliários com 35 mil unidades comercializadas. Com mais de 45 anos de atuação, Peres foi um
dos precursores do mercado de shopping centers no Brasil, tendo contribuído para impulsionar essa
indústria no país. É um dos fundadores e idealizadores da Abrasce (Associação Brasileira de Shopping
Centers) e da Ademi (Associação de Dirigentes de Empresas do Mercado Imobiliário).
Eduardo Kaminitz Peres Vice-Presidente do Conselho de Administração e Diretor Vice-Presidente
da Multiplan, responsável pela área de Operações. Cursou Administração na Faculdade Cândido
Mendes, no Rio de Janeiro, e ingressou na Empresa em 1988, ocupando diversas posições. Foi
responsável pela criação da CAA Merchandising (atual Multiplan Merchandising), empresa que iniciou
de forma pioneira a exploração de espaços de merchandising dentro dos shopping centers.
O Estatuto Social prevê que o Conselho de Administração tenha, no mínimo, cinco e, no máximo, dez
membros. Os conselheiros são eleitos em Assembléia Geral, com mandato unificado de dois anos,
podendo ser reeleitos e destituídos a qualquer momento pelos acionistas da Companhia reunidos em
Assembléia Geral. De acordo com o Regulamento de Governança Corporativa de Nível 2, no mínimo
20% dos membros do Conselho de Administração deverão ser Conselheiros Independentes.
Leonard Peter Sharpe Graduou-se em Economia e Administração pela Waterloo Lutheran
University, no Canadá. É membro do International Council of Shopping Centers e da Building Owners
and Managers Association, além de Presidente da Cadillac Fairview, empresa responsável por manter
os investimentos de longo prazo do Ontario Teachers´Pension Plan (OTPP), seu único acionista. Faz
parte do Conselho de Administração da Multiplan desde junho de 2006.
O Conselho de Administração da Empresa é composto por sete membros eleitos em Assembleia
Geral, sendo um membro independente, com mandato unificado de dois anos, podendo ser reeleitos
e destituídos a qualquer momento pelos acionistas da Empresa, reunidos em Assembleia Geral.
Andrea Mary Stephen Graduou-se em Administração pela St. Francis Xavier University, no Canadá.
É Vice-Presidente de Investimentos da Cadillac Fairview e faz parte do Conselho de Administração da
Multiplan desde junho de 2006.
Conselho de Administração em 31 de dezembro de 2011
Membros do Conselho de Administração
Cargo
Data de eleição
Término do Mandato
José Isaac Peres
Presidente
30/04/2010
30/04/2012
Eduardo Kaminitz Peres
Vice-Presidente
30/04/2010
30/04/2012
Leonard Peter Sharpe*
Membro Efetivo
30/04/2010
30/04/2012
Andrea Mary Stephen*
Membro Efetivo
30/04/2010
30/04/2012
Edson de Godoy Bueno*
Membro Efetivo
30/04/2010
30/04/2012
Manoel Joaquim R. Mendes
Membro Efetivo
30/04/2010
30/04/2012
José Carlos de A. S. Barata
Conselheiro Independente
30/04/2010
30/04/2012
* Tendo em vista que o Sr. Leonard Peter Sharpe e a Sra. Andrea Mary Stephen encerraram suas atividades na Cadillac Fairview Corporation, controladora do acionista
1700480 Ontario Inc., em 2010 e 2011, respectivamente, ambos renunciaram aos cargos que ocupavam no Conselho de Administração da Companhia, tendo sido eleitos, em
30 de abril de 2012, para ocupar os referidos cargos, os Srs. John Michael Sullivan e Russell Todd Goin.
Adicionalmente, o Sr. Edson de Godoy Bueno, em função de seus diversos compromissos profissionais relacionados ao grupo do qual é acionista controlador, apresentou
renúncia ao cargo por ele ocupado no Conselho de Administração da Companhia. Desta forma, o cargo ocupado pelo Sr. Edson de Godoy Bueno ficará vago e será preenchido
oportunamente em assembleia geral a ser devidamente convocada.
Os demais membros foram reeleitos para novo mandato de dois anos, com término em 30 de abril de 2014.
GRI
Perfil dos Conselheiros
4.1
4.3
Edson de Godoy Bueno Graduou-se em Medicina pela antiga Faculdade Nacional de Medicina da
Praia Vermelha, no Rio de Janeiro. Especializou-se em Administração de Empresas pela Pontifícia
Universidade Católica do Rio de Janeiro e em Programas de Gestão Empresarial pela Harvard
Business School, em Boston, nos Estados Unidos. É fundador e Diretor-Presidente do Grupo Amil.
Faz parte do Conselho de Administração da Multiplan desde junho de 2007.
Manoel Joaquim R. Mendes Graduou-se em Engenharia Civil pela Escola Nacional de Engenharia
do Rio de Janeiro. Atuou como diretor técnico da Veplan Residência e Construções e da Iod-Bauen de
São Paulo Construções. Faz parte do Conselho de Administração da Multiplan desde junho de 2007.
José Carlos de A. S. Barata Graduou-se em Engenharia Civil pela Universidade do Brasil (atual
Universidade Federal do Rio de Janeiro – UFRJ) com especialização em Engenharia Econômica.
Foi Diretor Financeiro de Furnas Centrais Elétricas e trabalhou no Grupo Bozano de 1974 a 2004,
tendo exercido as funções de Diretor Executivo da Bozano, Simonsen, além de Diretor-Presidente da
BSCC e das empresas agrícolas do Grupo Bozano. É Conselheiro Independente da Multiplan desde
junho de 2007.
95
96
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Diretoria Executiva
Perfil dos Diretores
Segundo o Estatuto Social da Multiplan, a Diretoria Executiva pode ser composta de no mínimo dois
e no máximo dez membros. Hoje ela é composta de cinco membros, cuja principal atribuição é zelar
pela administração cotidiana e pela implementação das políticas e diretrizes gerais estabelecidas
pelo Conselho de Administração.
Os membros da Diretoria são escolhidos pelo Conselho de Administração e têm mandato de dois
anos, podendo ser reeleitos ou destituídos a qualquer momento. Em 2012, todos os diretores foram
reeleitos para um mandato de dois anos, com término em 30 de abril de 2014.
Diretores
Cargo
Data de eleição
Término do Mandato
José Isaac Peres1
Diretor-Presidente
30/04/2010
30/04/2012
Eduardo Kaminitz Peres2
Diretor Vice-Presidente
30/04/2010
30/04/2012
Armando d’Almeida Neto
Diretor Vice-Presidente e de
Relações com Investidores
30/04/2010
30/04/2012
Alberto José dos Santos
Diretor
30/04/2010
30/04/2012
Marcello Kaminitz Barnes
Diretor Vice-Presidente de
Desenvolvimento
30/04/2010
30/04/2012
1. José Isaac Peres – Diretor-Presidente: seu currículo encontra-se na parte relativa ao Conselho de Administração.
2. Eduardo Peres – Diretor Vice-Presidente: seu currículo encontra-se na parte relativa ao Conselho de Administração.
Armando d’Almeida Neto Diretor Vice-Presidente e de Relações com Investidores da Multiplan desde
fevereiro de 2008. Cursou Administração na Faculdade Cândido Mendes, no Rio de Janeiro, e possui
certificações pela National Association of Securities Dealer – NASD. Acumula 25 anos de experiência no
mercado financeiro com grande parte dedicada ao mercado internacional. Foi diretor da BullTick Brasil
Consultoria, membro do Comitê Executivo da BullTick Capital Markets, diretor do Santander Investment
Securities, em Nova York, e diretor do Banco Bozano, Simonsen S.A.
Marcello Kaminitz Barnes Diretor Vice-Presidente de Desenvolvimento da Multiplan desde junho
de 2008. É responsável pelos novos negócios da Empresa, tanto na área de shopping centers quanto
na imobiliária. Graduou-se em Engenharia Civil pela Pontifícia Universidade Católica em 1990, quando
ingressou na Empresa. Trabalhou em obras de expansão, na gerência de Operações do BarraShopping e
foi responsável pelo desenvolvimento de projetos da Multiplan em Miami, nos Estados Unidos.
Alberto José dos Santos Diretor da Multiplan desde julho de 2007. É responsável pelas áreas
contábil, administrativa, de tecnologia da informação e recursos humanos. Graduou-se em Ciências
Contábeis pela Faculdade Cândido Mendes com pós-graduação em administração de recursos humanos
pelo Isep – Instituto Superior de Estudos Pedagógicos.
97
DESTAQUES FINANCEIROS
E OPERACIONAIS
100
MULTIPLAN
Parte 1 Quadro Resumo com Indicadores Financeiros,
Demonstrações de Resultados, Ativo, Passivo etc.
Quadro 2 Balanço Patrimonial (R$´000)
ATIVO
Disponibilidades e valores equivalentes
Contas a receber
Locação de lojas
4T11
4T10
161.053
138.075
Var. %
16,6%
2011
2010
486.255
416.114
Var. %
16,9%
22,4%
19,1%
Impostos e contribuições sociais a compensar
83.335
66.444
25,4%
Outros
14.140
12.929
9,4%
897.854
810.503
10,8%
72.926
12,9%
Cessão de direitos
10.123
9.328
8,5%
39.132
35.241
11,0%
Receita de estacionamento
24.687
21.179
16,6%
82.061
69.504
18,1%
Venda de imóveis
16.819
26.453
36,4%
49.394
61.428
19,6%
(19.004)
(18.658)
1,9%
803
5.104
84,3%
802
167
380,2%
2.255
2.307
2,3%
212.748
195.337
8,9%
742.224
662.624
12,0%
Outros
13,3%
Investimentos
Receita Líquida
(16.949)
10,0%
(65.972)
(58.249)
4,8%
19.162
82.324
(18.649)
532.860
179.108
2,8%
Impostos e contribuições sobre vendas e serviços prestados
558.343
22.817
18.793
Receita Bruta
Var. %
219.219
18.268
Outras
30/9/2011
Empréstimos e adiantamentos diversos
Serviços
Apropriação de receita de aluguel linear
31/12/2011
Ativo Circulante
Quadro 1 Demonstrações Financeiras Consolidadas
(R$'000)
101
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Total do Ativo Circulante
Ativo não Circulante
Contas a receber
26.326
36.767
28,4%
Terrenos e imóveis a comercializar
457.183
77.060
493,3%
8.909
10.038
11,2%
24.943
24.901
0,2%
Empréstimos e adiantamentos diversos
Depósitos judiciais
Propriedades para investimento
75
85
11,8%
11.429
10.799
5,8%
2.987.757
2.922.756
2,2%
194.099
178.388
8,8%
676.252
604.375
11,9%
(25.717)
(22.962)
12,0%
(88.369)
(93.098)
5,1%
(2.112)
(1.749)
20,8%
(7.661)
(5.675)
35,0%
Total do Ativo não Circulante
3.853.783
3.419.019
12,7%
(10.219)
(19.313)
47,1%
(58.273)
(65.883)
11,6%
Total do Ativo
4.751.637
4.229.522
12,3%
Despesas com novos projetos para locação
(2.951)
(8.882)
66,8%
(12.229)
(39.074)
68,7%
PASSIVO
Despesas com novos projetos para venda
(8.915)
(2.796)
218,8%
(15.888)
(4.362)
264,2%
(11.516)
(12.498)
7,9%
(44.750)
(32.295)
38,6%
620
(337)
na
2.143
(3.511)
na
Despesas de sede
Despesas de remuneração baseadas em opções de ações
Despesas de shopping centers
Custo de imóveis vendidos
Resultado de equivalência patrimonial
Outras receitas (despesas) operacionais
Imobilizado
Intangível
19.812
18.395
7,7%
317.349
318.218
0,3%
31/12/2011
30/9/2011
Var. %
Passivo Circulante
Empréstimos e financiamentos
Debêntures
Contas a pagar
55.652
51.089
8,9%
11.473
-
n.d.
108.941
104.117
4,6%
441
1.119
60,6%
4.055
(10.282)
na
133.730
110.970
20,5%
455.280
350.195
30,0%
Receitas financeiras
22.085
22.214
0,6%
87.197
89.122
2,2%
Despesas financeiras
(18.510)
(13.600)
36,1%
(55.638)
(45.579)
22,1%
Depreciações e amortizações
(15.989)
(12.862)
24,3%
(60.381)
(44.613)
35,3%
Valores a pagar a partes relacionadas
Lucro Antes do Imposto de Renda
121.316
106.722
13,7%
426.458
349.125
22,2%
Adiantamento de clientes
9.095
-
n.d.
Imposto de renda e contribuição social
(2.801)
(10.382)
73,0%
(60.668)
(14.972)
305,2%
Outros
2.070
3.467
40,3%
Imposto de renda e contribuição social diferidos
(7.727)
(20.746)
62,8%
(56.871)
(105.155)
45,9%
426.693
293.642
45,3%
Empréstimos e financiamentos
501.503
402.622
24,6%
Debêntures
EBITDA
Participação dos acionistas minoritários
Obrigações por aquisição de bens
41.436
38.892
6,5%
Impostos e contribuições a recolher
60.887
57.301
6,3%
Juros sobre capital próprio a pagar
85.042
-
n.d.
Receitas diferidas
52.097
38.326
35,9%
-
450
n.d.
Total do Passivo Circulante
Passivo não Circulante
(2.674)
(3.246)
17,6%
(10.743)
(10.615)
1,2%
Lucro Líquido
108.114
72.348
49,4%
298.176
218.383
36,5%
NOI
156.517
121.283
29,1%
510.846
424.839
20,2%
93,9%
86,3%
761 p.b
89,8%
86,6%
319 p.b
166.640
130.611
27,6%
549.978
460.080
19,5%
94,2%
87,1%
710 p.b
90,4%
87,5%
295 p.b
Provisão para contingências
Receitas diferidas
Margem NOI
NOI + Cessão de Direitos
Margem NOI + Cessão de Direitos
EBITDA de Shopping Centers
300.000
-
n.d.
Impostos diferidos
48.135
40.408
19,1%
Obrigações por aquisição de bens
92.214
102.949
10,4%
861
952
9,6%
21.360
21.338
0,1%
Parcelamento de impostos
138.196
102.443
34,9%
468.771
334.335
40,2%
Margem EBITDA de Shopping Centers
77,3%
66,4%
1.089 p.b
74,3%
61,0%
1.329 p.b
EBITDA (Shopping Center + Imobiliário)
133.730
110.970
20,5%
455.280
350.195
30,0%
68,9%
62,2%
669 p.b
67,3%
57,9%
938 p.b
108.114
72.348
49,4%
298.176
218.383
36,5%
55,7%
40,6%
1.514 p.b
44,1%
36,1%
796 p.b
115.841
93.094
24,4%
355.047
323.538
9,7%
59,7%
52,2%
750 p.b
52,5%
53,5%
103 p.b
131.830
105.956
24,4%
415.428
368.151
12,8%
Total do Patrimônio Líquido
3.216.360
3.198.845
0,5%
67,9%
59,4%
852 p.b
61,4%
60,9%
52 p.b
Total do Passivo e Patrimônio Líquido
4.751.637
4.229.522
12,3%
Margem de EBITDA
Lucro Líquido
Margem de lucro líquido
Lucro Líquido Ajustado
Margem de lucro líquido ajustado
FFO
Margem FFO
Para mais informações, favor consultar as Demonstrações Financeiras disponíveis no nosso site de Relações com Investidores www.multiplan.com.br/ri
144.511
168.766
14,4%
1.108.584
737.035
50,4%
Capital social
1.761.662
1.761.662
0,0%
Reserva de capital
968.403
968.237
0,0%
Reserva de lucros
414.101
405.958
2,0%
Gasto com emissão de ações
(21.016)
(21.016)
0,0%
Ações em tesouraria
(34.258)
(40.340)
15,1%
127.468
124.344
2,5%
Total do Passivo não Circulante
Patrimônio Líquido
Participação dos acionistas minoritários
102
MULTIPLAN
103
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Parte 2
1. Destaques do Desempenho Operacional e Econômico-Financeiro
Demonstração de Fluxo de Caixa (R$’000)
Fluxo de Caixa
2011
2010
Fluxo de caixa operacional
Lucro antes dos impostos
A Multiplan celebrou mais um ano consecutivo de excelente desempenho econômico-financeiro
no qual receitas, NOI, EBITDA e Lucro Líquido cresceram a taxas superiores a 10% no ano. No
período de 2006 a 2011, estes indicadores apresentaram crescimento anual composto (CAGR)
acima de 20%. Além disso, a Companhia manteve posição de liderança no setor, como uma das
maiores empresas de shopping centers do Brasil em termos de receitas. O valor investido em
novos projetos (R$ 689,1 milhões) e aquisições de terrenos (R$ 264 milhões) mais do que dobrou
em relação ao ano anterior.
426.458
349.125
Depreciações e amortizações
60.381
44.613
Atualização de debêntures, empréstimos e obrigações por aquisição de bens
14.073
42.669
(24.116)
(36.380)
(145.995)
(80.560)
(424.000)
108.085
98.136
30.195
4.937
457.747
(5.393)
17.020
(546.001)
(524.234)
(3.148)
(4.286)
BHShopping
MG
80,0%
47.543 m²
138 R$/m²
1.645 R$/m²
99,7%
Adições em intangível
(383)
(13.186)
RibeirãoShopping
SP
76,2%
46.717 m²
74 R$/m²
953 R$/m²
99,1%
Outros
2.815
7.230
BarraShopping
RJ
51,1%
69.440 m²
177 R$/m²
2.053 R$/m²
99,5%
(552.110)
(517.456)
MorumbiShopping
SP
65,8%
55.085 m²
190 R$/m²
1.991 R$/m²
99,6%
Outros ajustes ao lucro líquido
(Aumento) redução de ativo circulante
(Aumento) redução em terrenos e imóveis a comercializar
Aumento (redução) de passivo circulante
Fluxo de caixa gerado pelas operações
Fluxo de caixa de investimentos
(Aumento) redução nos empréstimos e adiantamentos diversos
(Aumento) redução em propriedades para investimentos
Adições em Imobilizado
Fluxo de caixa usado nas atividades de investimento
Quadro 3 Portfólio de Shopping Centers com ABL e participação da Multiplan
Portfólio
Estado
%
Multiplan
ABL Total
Locação
2011 (mês)²
Vendas
2011 (mês)³
Taxa Ocupação
med. 2011
Shopping centers em operação
Fluxo de caixa de financiamentos
ParkShopping
DF
59,6%
53.213 m²
109 R$/m²
1.418 R$/m²
98,2%
Aumento (redução) de empréstimos e financiamentos
DiamondMall
MG
90,0%
21.386 m²
138 R$/m²
1.800 R$/m²
99,6%
New York City Center
RJ
50,0%
22.271 m²
48 R$/m²
757 R$/m²
99,9%
Shopping AnáliaFranco
SP
30,0%
50.429 m²
113 R$/m²
1.358 R$/m²
99,1%
ParkShoppingBarigüi
PR
84,0%
49.935 m²
80 R$/m²
1.222 R$/m²
99,4%
Pátio Savassi
MG
96,5%
17.253 m²
107 R$/m²
1.526 R$/m²
99,6%
257.011
135.016
300.000
-
(100.000)
-
(9.174)
(26.455)
(709)
(10.852)
(94.274)
2.060
(102.938)
(60.889)
83.654
(360)
Outros
(22.893)
(11.939)
Fluxo de caixa gerado pelas atividades de financiamento
310.677
26.581
(236.496)
(33.128)
Disponibilidades e valores equivalentes no início do período
794.839
827.967
JundiaíShopping
Disponibilidades e valores equivalentes no final do período
558.343
794.839
Village Mall
(33.128)
ParkShoppingCampoGrande
Emissão de debêntures
Pagamento de debêntures
Pagamento de juros dos empréstimos e financiamentos obtidos
Pagamento de encargos sobre debêntures
Aumento (redução) do valor a pagar a partes relacionadas
Dividendos pagos
Participação de não controladores
Fluxo de caixa
Variação no caixa
(236.496)
Shopping SantaÚrsula
SP
62,5%
23.339 m²
31 R$/m²
538 R$/m²
93,6%
BarraShoppingSul
RS
100,0%
68.212 m²
66 R$/m²
979 R$/m²
98,5%
Shopping VilaOlímpia
SP
30,0%
28.201 m²
98 R$/m²
1.000 R$/m²
85,3%
ParkShoppingSãoCaetano
SP
100,0%
39.025 m²
99 R$/m²
1.173 R$/m²
90,3%
69,5% 592.048 m²
110 R$/m²
1.400 R$/m²
98,2%
Sub-total shopping centers em
operação
Shopping centers em desenvolvimento
1
Parque Shopping Maceió
SP
100,0%
35.754 m²
-
-
-
RJ
100,0%
25.167 m²
-
-
-
RJ
90,0%
42.226 m²
-
-
-
50,0%
36.860 m²
-
-
-
AL
Sub-total shopping centers em
desenvolvimento
83,8% 140.007 m²
Torres para locação em desenvolvimento
ParkShopping Corporate
DF
50,0%
13.360 m²
-
-
-
Morumbi Corporate
SP
100,0%
74.198 m²
-
-
-
Sub-total torres para locação em
desenvolvimento
92.4%
87.558 m²
Portfólio Total
74,4% 819.613 m²
110 R$/m²
1.400 R$/m²
98,2%
1. A Multiplan é responsável por 100% do CAPEX.
2. Locação/m²/mês divide a receita de locação pela ABL própria ocupada.
3. Vendas/m²/mês divide as vendas totais pela área composta por Lojas que reportam vendas mensais (aproximadamente 90% da ABL total).
104
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Quadro 4 Evolução dos Indicadores Financeiros da Multiplan (R$ milhões)
2006
2007
(IPO)
2008
2009
2010
2011
Variação %
(2011/2006) ¹
CAGR %
(2011/2006) ¹
Receita Bruta
276,5
368,8
452,9
534,4
662,6
742,2
168,4%
21,8%
NOI
169,6
212,1
283,1
359,4
424,8
510,8
201,2%
24,7%
EBITDA Ajustado ²
143,8
212,2
247,2
304,0
350,2
455,3
216,6%
25,9%
Lucro Líquido
(32,2)
21,2
74,0
163,3
218,4
298,2
1.309,4%
93,8%
Lucro Líquido Ajustado ³
101,9
176,5
199,4
236,8
323,5
355,0
248,5%
28,4%
1. Para o lucro líquido, a tabela compara o ano de 2011 com 2007
2. Ajustado pelas despesas referentes ao processo de abertura de capital em 2007
3. Ajustado pelo imposto de renda e contribuição social diferidos
A Companhia encerrou 2011 com uma participação média de 69,5% em 14 shopping centers, uma
área disponível para locação – Área Bruta Locável (ABL) – de 592.048m2, número de lojas superior a
3.800 e tráfego anual estimado em 159 milhões de consumidores.
Forte crescimento do lucro líquido: em 2011, o lucro líquido atingiu
R$ 298,2 milhões, com alta de 36,5%.
Aumento no fluxo de caixa operacional (FFO): em 2011, o FFO foi de
R$ 415,4 milhões, registrando um aumento de 12,8%.
Aumento da dívida líquida compatível com o incremento nos
investimentos: a dívida líquida aumentou para R$ 443,9 milhões, ou
0,98x dívida líquida/ EBITDA dos últimos 12 meses, como consequência de
investimentos totais de R$ 953,1 milhões em 2011.
Quadro 5 Desempenho e Eficiência
Melhora no Desempenho e na Eficiência
Destaques do desempenho em 2011
Crescimento robusto em vendas: as vendas nos shopping centers da
Multiplan em 2011 atingiram a cifra de R$ 8,5 bilhões e aumentaram 13,2%,
quando comparadas ao ano anterior. Já as Vendas na Mesma Área (SAS)
apresentaram crescimento de 8,9% no período.
Despesas de sede diminuem 5,1% enquanto despesas
com novos projetos caem 35,3%
2008-11 CAGR: +3,8%
Novo recorde no Aluguel nas Mesmas Lojas (SSR) em 2011: a empresa
obteve alta de 14,1%, com um crescimento real de 5% em 2011.
-5,1%
87,2%
79.121
Margens recordes de NOI + Key Money de 90,4% e de
Lucro Líquido de 44,1% em 2011
19,2%
88.182
93.098
88.369
68,6%
59,1%
16,9%
15,4%
13,1%
86,5%
58,5%
87,5%
61,0%
90,4%
74,3%
54,1%
60,9%
61,4%
32,8%
36,1%
44,1%
2009
2010
2011
18,8%
Ganho de eficiência: as despesas de shopping center caíram 11,6% em relação
a 2010, totalizando R$ 58,3 milhões.
Melhora de margem: o NOI + Cessão de Direitos (CD) atingiu R$ 550 milhões,
com uma alta de 19,5%, e aumento na margem, subindo de 87,5% em 2010
para 90,4% em 2011.
Expressivo aumento do EBITDA: em 2011, o EBITDA de Shopping Centers
atingiu R$ 468,7 milhões, 40,2% maior quando comparado a 2010, com
margem de 74,3% em 2011, um aumento de 1.329 pontos-base.
Remuneração consistente do acionista: pagamento de juros sobre capital
próprio de R$ 100,0 milhões e dividendos de R$49,0 milhões.
2008
2009
2010
2011
2008
Despesas de Sede
Margem de NOI + Cessão de Direitos
% da Receita Líquida
Margem EBITDA de Shopping Centers
Margem FFO
Margem de Lucro Líquido
105
106
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
2. Indicadores Operacionais – Vendas dos Lojistas
3. Receita
Em 2011, as vendas totais foram de R$ 8,5 bilhões, e geraram um aumento de 13,2% sobre 2010.
Este desempenho superou em 651 pontos-base as vendas no varejo brasileiro conforme estatística
divulgada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).
Em 2011, a receita bruta totalizou R$ 742,2 milhões. Os números mostram um aumento de 12,0%
sobre 2010, impulsionado principalmente pelo crescimento de 16,9% das receitas de locação e de
18,1% de estacionamento.
Quadro 6 Vendas por Shopping Center
3.1 Composição da Receita Bruta
107
Quadro 7 Distribuição da receita bruta por segmento
Shopping Centers (100%)
2011
2010
Var.%
BH Shopping
913,2 M
766,3 M
19,2%
RibeirãoShopping
507,4 M
477,4 M
6,3%
BarraShopping
1.509,7 M
1.350,6 M
11,8%
MorumbiShopping
1.235,2 M
1.148,9 M
7,5%
ParkShopping
815,0 M
775,4 M
5,1%
DiamondMall
454,5 M
431,5 M
5,3%
New York City Center
196,4 M
178,5 M
10,0%
Shopping Anália Franco
774,6 M
687,7 M
12,6%
ParkShoppingBarigüi
678,6 M
541,1 M
25,4%
Pátio Savassi
308,8 M
284,0 M
8,7%
Shopping Santa Úrsula
137,0 M
109,8 M
24,8%
BarraShoppingSul
572,3 M
510,3 M
12,2%
Shopping Vila Olímpia
282,1 M
214,4 M
31,6%
ParkShopping São Caetano
80,0 M
-
n.d.
8.464,7 M
7.475,9 M
13,2%
Total
As Vendas na Mesma Área (SAS), indicador que mede a relação entre as vendas de
uma mesma área no ano anterior e a área bruta locável (ABL) subtraída da taxa
de vacância, apresentaram crescimento de 8,9% no ano, enquanto as Vendas nas
Mesmas Lojas (SSS), índice que mede as vendas de lojas em operação há mais
de um ano, aumentaram 7,6%, mostrando a eficácia da administração do mix de
lojistas da Multiplan.
O desempenho das vendas dos lojistas foi impulsionado pelo crescimento das
vendas em shoppings já consolidados, como BarraShopping e New York City Center,
shoppings em consolidação e, também, pelas vendas oriundas de expansões em
shoppings existentes e pela inauguração, em novembro de 2011, do ParkShopping
São Caetano, que acrescentou 39.149m2 de ABL própria para a Companhia.
Linearidade
0,1%
Serviços
11,1%
Aluguel Base
86,2%
Cessão de Direitos
5,3%
Aluguel Complementar
4,7%
Estacionamento
11,1%
Merchandising
9,1%
Venda de Imóveis
6,7%
Outras
0,3%
Receita de Locação
61,2%
108
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
3.2 Receita de Locação e de Estacionamento
Em 2011, a receita de locação, considerando o efeito da linearidade, foi de R$ 487,1 milhões e
apresentou crescimento de 15,6%, quando comparado ao ano anterior.
Quadro 8 Receita de Locação por Shopping Center
Shopping Centers
3.3 Receita de Serviços
2011
2010
Var.%
BH Shopping
63,0 M
49,2 M
27,9%
RibeirãoShopping
31,1 M
29,4 M
6,0%
BarraShopping
75,0 M
65,7 M
14,2%
MorumbiShopping
82,3 M
77,7 M
5,9%
ParkShopping
40,8 M
34,5 M
18,1%
DiamondMall
31,8 M
30,2 M
5,5%
6,4 M
5,8 M
10,5%
Shopping Anália Franco
20,3 M
18,0 M
12,7%
ParkShoppingBarigüi
40,0 M
29,4 M
35,8%
21,2 M
19,0 M
11,4%
5,0 M
2,7 M
83,1%
BarraShoppingSul
42,3 M
35,7 M
18,3%
Shopping Vila Olímpia
20,1 M
18,7 M
7,6%
7,0 M
-
n.d.
486,3 M
416,1 M
16,9%
0,8 M
5,1 M
84,3%
487,1 M
421,2 M
15,6%
New York City Center
Pátio Savassi
Shopping Santa Úrsula¹
ParkShopping São Caetano
Subtotal
Efeito da linearidade
Total
A receita do estacionamento em 2011 aumentou 18,1% para R$ 82,1 milhões. A consolidação de
shopping centers, tais como o Vila Olímpia (em operação há dois anos e meio), nos quais houve
aumento contínuo do fluxo de pessoas, contribuiu para esse crescimento.
Em 2011, a receita de serviços aumentou 12,9%, quando comparado a 2010, como resultado do
aumento de 49,5% na receita com taxas de transferência, parcialmente reduzida pela queda na
receita de corretagem sobre contratos de merchandising. A receita de serviços como percentual da
receita bruta aumentou de 11,0%, em 2010, para 11,1% em 2011.
3.4. Receita Diferida e Contratos de Cessão de Direitos Assinados
7,0% de aumento no saldo da Receita Diferida em 2011
A Multiplan alcançou a marca de R$ 65,3 milhões em contratos de cessão de direitos assinados em
2011, contribuindo para o aumento de 7,0% no saldo da receita diferida, de R$183,7 milhões, em
dezembro de 2010, para R$196,6 milhões, em dezembro de 2011.
Quadro 10 Evolução da Receita Diferida
ENTREGA
DE
PROJETOS
1. A participação da Multiplan no Shopping Santa Úrsula aumentou para 62,5% após aquisição de participação minoritária de 25,0% em novembro de 2010.
95,4M
81,2M
Quadro 9 Crescimento da Receita de Locação 2010-2011
110,5M
110,2M
138,8M
121,5M
158,5M
137,1M
136,7M
NOVOS
PROJETOS
LANÇADOS
16,9%
14,1%
Evolução da receita diferida (milhões de R$)
O saldo da receita diferida (cessão de direitos) aumenta
quando novos contratos de locação são assinados.
8,7%
O saldo da receita diferida (cessão de direitos) diminui
conforme é reconhecida a receita de cessão de direitos de
acordo com o prazo do contrato.
Efeito IGP-DI1
1. Ver glossário para definição
SAR
ENTREGA DO PARKSHOPPING
SÃO CAETANO
SET DEZ MAR JUN SET DEZ MAR JUN SET DEZ MAR JUN SET DEZ MAR JUN SET DEZ
07 07 08 08 08 08 09 09 09 09 10
10
10
10
11
11
11
11
2011/2010
13,3%
196,6M
207,1M
189,6M
141,2M
Receita de Locação
204,6M
183,7M
SSR
Receita de
Locação
109
110
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
A receita de cessão de direitos é composta por (i) receita recorrente (ou operacional), relacionada à
cessão de direitos reconhecida nos shopping centers que estão em operação há mais de cinco anos,
refletindo o esforço da Companhia para melhorar o mix de lojas em seus shoppings centers; e (ii) por
receita não recorrente, relacionada à cessão de direitos de contratos de locação de lojas novas em
greenfields e expansões inauguradas nos últimos cinco anos.
Quadro 11 Receita de Cessão de Direitos
Receita de Cessão de Direitos (R$‘000)
2011
2010
Var. %
Operacional (Recorrente)
7.779
8.481
8,3%
Projetos abertos nos últimos cinco anos
31.353
26.760
17,2%
Receita de Cessão de Direitos
39.132
35.241
11,0%
4. Despesas
4.1 Despesas de Shopping Centers
As despesas de shopping centers caíram 11,6% em 2011 quando comparadas ao ano anterior,
somando R$58,3 milhões. Como percentual da receita líquida de shopping centers, essas despesas
representaram 9,2%, uma redução de 280 p.b., quando comparado às de 2010, contribuindo para
o aumento da margem NOI.
Quadro 12 Evolução das Despesas de Shopping Centers
-11,6%
65,9M
58,3M
3.5 Receita de Venda de Imóveis
Em 2011, a receita de venda de imóveis alcançou R$ 49,4 milhões, pela apropriação de receitas do
projeto Centro Profissional RibeirãoShopping e do Cristal Tower.
12,0%
9,2%
2011
2010
Evolução das despesas
de shopping centers
(R$) e como percentual
da receita líquida de
shopping centers em 2011
(não inclui receitas em impostos de imobiliário para venda)
4.2 Despesas Gerais e Administrativas (Sede)
As despesas de sede foram 5,1% menores no período, enquanto a receita líquida aumentou 11,9%,
resultando na queda da relação despesas de sede/receita líquida, de 15,4% em 2010 para 13,1%
em 2011.
Quadro 13 Evolução das Despesas de Sede
-5,1%
+6,6%
78.663
13,0%
2010
93.098
83.871
12,4%
2011
Evolução das despesas
de sede recorrentes
2011/2010 (R$’000)
e despesas de sede
recorrentes / receita
líquida (%)
14.435
2010
88.569
15,4%
13,1%
2010
2011
4.498
2011
Itens não-recorrentes
2011/2010 (R$’000)
111
112
MULTIPLAN
4.3 Despesas com Novos Projetos para Locação
Até o final de 2011, as despesas com novos projetos para locação alcançaram
R$ 12,2 milhões, dos quais (i) R$ 11,2 milhões referem-se a shopping centers já
considerados nas estimativas da Companhia para o ano de 2011, e (ii) R$ 1,0 milhão
referente a novos projetos anunciados durante o ano, além de algumas despesas de
projetos a serem divulgados.
Essas despesas ocorrem principalmente nas fases de lançamento e na inauguração
dos projetos, e são uma ferramenta para a implementação da estratégia da
Companhia, que consiste em atrair os melhores lojistas para formar o mix mais
apropriado para cada shopping center.
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
5. Resultado Operacional Líquido – NOI
Em 2011, o NOI + CD somou R$ 550 milhões, 19,5% maior do que em 2010. No mesmo período,
a margem NOI + CD melhorou 295 p.b. para 90,4%, também um novo recorde na história da
Companhia, até o momento.
Quadro 14 Evolução do NOI + Cessão de Direitos (R$)
+19,5%
+27,6%
550,0M
166,6M
130,6M
4.4 Custo de Imóveis Vendidos
460,1M
A Companhia registrou custo de imóveis vendidos de R$ 44,7 milhões em 2011,
em linha com o andamento das obras, entre os quais o Centro Profissional
RibeirãoShopping, responsável pela maior parte dos custos.
87,1%
94,2%
87,5%
90,4%
4T10
4T11
2010
2011
2011
2010
Var.%
486.255
416.114
16,9%
803
5.104
84,3%
Resultado de estacionamento
82.061
69.504
18,1%
Receita operacional
569.119
490.722
16,0%
Despesas de shopping center
(58.273)
(65.883)
11,6%
NOI
510.846
424.839
20,2%
Margem NOI
89,8%
86,6%
319 b.p
Cessão de direitos
39.132
35.241
11,0%
549.978
460.080
19,5%
90,4%
87,5%
295 b.p
4.5 Despesas com novos projetos para venda
Os novos projetos para venda alcançaram R$ 15,9 milhões, dos quais (i)
R$ 6,5 milhões são referentes a projetos já considerados nas estimativas da
Companhia para o ano de 2011, e (ii) R$ 9,4 milhões referentes a projetos
anunciados durante o ano e despesas de projetos ainda não anunciados.
Quadro 15 Cálculo do NOI
Cálculo do NOI (R$’000)
Receita de locação
Linearidade
NOI + CD
Margem NOI + CD
113
114
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
6. Resultados Financeiros
EBITDA Consolidado cresceu 30,0% em 2011, chegando a R$455,3 milhões
6.1 EBITDA
EBITDA de Shopping Centers 40,2% superior alcança margem de 74,3% em 2011
A Multiplan registrou um aumento de 40,2% no EBITDA de Shopping Centers (SC) no ano de 2011
(excluindo atividade imobiliária para venda), enquanto a receita líquida de shopping centers
cresceu 15,1% no mesmo período. Como resultado de despesas menores, a margem EBITDA de
Shopping Centers aumentou expressivos 1.329 pontos-base, passando de 61,0% em 2010 para
74,3% em 2011. Essa melhora de resultado foi impulsionada principalmente por ganhos de
eficiência operacional, incluindo reduções nas despesas de shopping center e menores despesas
com novos projetos para locação.
Quadro 16 EBITDA de Shopping Centers
EBITDA de Shopping Centers (R$'000)
A Margem EBITDA Consolidada aumentou para 67,3% em 2011, 938 pontos-base maior quando
comparado a 2010. A margem EBITDA Consolidada da Companhia é tradicionalmente menor que a
margem EBITDA de Shopping Centers, refletindo as margens mais baixas da atividade imobiliária
para venda, quando comparado com os projetos para locação.
Quadro 17 EBITDA Consolidado
EBITDA Consolidado (R$’000)
2011
2010
Var. %
Receita Líquida
676.252
604.375
11,9%
Despesas de sede
(88.369)
(93.098)
5,1%
(7.661)
(5.675)
35,0%
Despesas de shopping centers
(58.273)
(65.883)
11,6%
Despesas com novos projetos para locação
(12.229)
(39.074)
68,7%
Despesas com novos projetos para venda
(15.888)
(4.362)
264,2%
Custo de imóveis vendidos
(44.750)
(32.295)
38,6%
Resultado de equivalência patrimonial
2.143
(3.511)
na
Outras receitas (despesas) operacionais
4.055
(10.282)
na
455.280
350.195
30,0%
67,3%
57,9%
938 p.b
Despesas baseadas em opções de ações
2011
2010
Var. %
Receita Bruta de Shopping Centers ¹
692.830
601.196
15,2%
Impostos e contribuições sobre vendas e serviços
(61.582)
(52.849)
16,5%
Receita Líquida
631.248
548.347
15,1%
Despesas de sede
(88.369)
(93.098)
5,1%
(7.661)
(5.675)
35,0%
6.2 Resultados Financeiros, Dívida e Disponibilidades
Despesas de shopping centers
(58.273)
(65.883)
11,6%
Despesas com novos projetos para locação
(12.229)
(39.074)
68,7%
4.055
(10.282)
na
A Multiplan encerrou o quarto trimestre de 2011 com uma dívida líquida de R$ 443,9 milhões, e uma
relação de dívida líquida/EBITDA (últimos 12 meses) de 0.98x em dezembro de 2011. A aplicação do
caixa gerou um resultado financeiro positivo de R$ 31,6 milhões, líquido de despesas financeiras.
468.771
334.335
40,2%
Margem EBITDA de Shopping Centers
74,3%
61,0%
1329 p.b
(+) Despesas com novos projetos para locação
12.229
39.074
68.7%
EBITDA SC antes de Desp. de Novos Projetos ³
481.000
373.409
28.8%
% EBITDA SC antes de Desp. de Novos Projetos
76,2%
68,1%
810 p.b
Despesas baseadas em opções de ações
Outras receitas (despesas) operacionais
EBITDA de Shopping Centers ²
EBITDA Consolidado
Margem EBITDA Consolidada
1. Receita Bruta de Shopping Centers: não
considera a receita com a venda de imóveis.
2. EBITDA de Shopping Centers: não considera
receitas, impostos sobre vendas, custos e
despesas com novos projetos para venda
referentes à atividade imobiliária
3. EBITDA de Shopping Centers antes de
Despesas com Novos Projetos para Locação:
mesma metodologia do EBITDA de Shopping
Centers, adicionando despesas com novos
projetos para locação, uma vez que essas
despesas referem-se a shopping centers que
ainda não estão em operação.
Quadro 18 Abertura do Endividamento
Abertura do Endividamento (R$’000)
Dívidas de Curto Prazo
74,3%
76,2%
67,3%
455.280
468.771
481.000
55.652
Debêntures
11.473
Obrigações por aquisição de bens
41.436
Empréstimos e financiamentos
Debêntures
2011: EBITDA
Consolidado
EBITDA de
Shopping Centers
EBITDA de Shopping
Centers antes de
Despesas com Novos
Projetos para Locação
108.561
Empréstimos e financiamentos
Dívidas de Longo Prazo
2011: EBITDA Consolidado, EBITDA
de Shopping Centers e EBITDA de
Shopping Centers antes de Despesas
com Novos Projetos para Locação
(R$’000) e margens (%)
31/12/2011
Obrigações por aquisição de bens
Dívida Bruta
893.717
501.503
300.000
92.214
1.002.278
Caixa
558.343
Dívida Líquida
443.935
115
116
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
A posição de caixa do quarto trimestre do ano foi reduzida principalmente pelas saídas de caixa
referentes a (i) CAPEX, que totalizou R$ 220,9 milhões no período, (ii) pagamento de R$ 231,0 milhões
pela aquisição de terreno, (iii) aumento de R$ 29,7 milhões em contas a receber, (iv) pagamento de
R$ 17,1 milhões referente à dívidas de curto prazo, parcialmente compensados pela (v) entrada de
novos recursos de financiamento no valor de R$ 111,6 milhões, divididos em R$ 29,6 milhões para o
desenvolvimento do JundiaíShopping, R$ 50,1 milhões para o ParkShopping Campo Grande,
R$ 26,4 milhões para o VillageMall e R$ 5,5 milhões para o ParkShopping São Caetano, e (vi) entrada
de R$ 304,2 milhões em novos recursos referentes às debêntures emitidas em outubro de 2011.
O aumento da dívida líquida contribuiu para a variação no indicador de dívida líquida/EBITDA (últimos
12 meses) de 0.1x no terceiro trimestre para 0.98x no quarto trimestre. A relação dívida bruta/EBITDA
(últimos 12 meses) aumentou de 1,4 vezes no terceiro trimestre para 2,2x no quarto trimestre. À
medida que a Companhia fizer os saques de seus empréstimos e financiamentos para a realização
dos seus investimentos planejados, sua dívida bruta deverá aumentar.
Com a entrada dos recursos da debênture indexada ao CDI, a parcela da dívida relacionada a este
indicador aumentou para 32% do endividamento total, devendo ser beneficiada pela expectativa de
redução da taxa de juros nominal no Brasil.
O endividamento indexado à TJLP aumentou R$ 64,1 milhões no 4T11, alcançando 13% do
endividamento total. Este aumento resultou da entrada de novos recursos referentes à parcela
indexada à TJLP dos contratos de financiamento para o desenvolvimento do JundiaíShopping e
ParkShopping Campo Grande.
Quadros 20 e 21 Índices de endividamento
Disponibilidade de recursos
em 31 de dezembro 2011 (R$)
Índices de endividamento
em 31 de dezembro 2011
Sacado
1.002,3M
Quadro 19 Perfil de amortização da dívida
150,0
CDI+
32%
150,0
TJLP
13,0%
117,6
89,8
81,1
55,7
82,5
70,3
60,3
A ser sacado
291,1M
45,8
41,4
26,3
–
2012
2013
TR
40%
18,2
11,5
2,0
–
2014
Empréstimos e financiamentos (bancos)
2015
2016
2017
IPCA
6%
IGP-M
9%
>=2018
31 de dezembro de 2011 (R$milhões)
Obrigações por aquisição de bens (terrenos e participações)
Cálculo do NOI (R$’000)
Debêntures
Financiamento garantido: R$ 1,3 bilhão já contratado
A posição de caixa de R$ 558 milhões em dezembro de 2011, bem como a geração futura de caixa
e recursos de empréstimos e financiamentos devem sustentar suas necessidades de financiamento
planejadas para o período de 2012. Em 31 de dezembro de 2011, a Companhia apresentava dívida bruta
de R$ 1 bilhão, e saldo de R$ 291,1 milhões em financiamentos já assinados e ainda não sacados. A
Companhia continua analisando alternativas para financiar o desenvolvimento de seus projetos.
Reduzindo custos de financiamento, diversificando indexadores
O custo ponderado de captação da Companhia fechou o ano com taxa de 11,08% a.a. em linha com a
taxa básica de juros (Selic) vigente em 31 de dezembro de 2011, de 11,00% ao ano.
Desempenho dos índices
(últimos 12 meses)
Taxa de juros
média 1
Custo da
dívida
Dívida
(R$‘000)
TJLP
6,00%
3,39%
9,39%
124.516
IPCA
6,60%
7,19%
13,79%
63.353
1,21%
9,71%
10,92%
405.050
CDI+
11,00%
1,02%
12,02%
318.869
IGP-M
5,10%
3,82%
8,92%
90.251
-
-
-
239
5,61%
5,47%
11,08%
1.002.278
TR
Outros
Total
1. Média ponderada da taxa de juros anual
117
118
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
6.3 Lucro Líquido e Fluxo de Caixa Operacional (FFO)
7. Desenvolvimento de Projetos
Forte aumento de 36,5% no lucro líquido de 2011 decorrente
do sólido desempenho operacional
Investimento recorde em 2011
Em 2011, o lucro líquido registrou R$ 298,2 milhões, um aumento de 36,5%, quando comparado ao de
2010. Vale ressaltar que, em novembro de 2011, a Multiplan anunciou o pagamento de juros sobre o
capital próprio no valor de R$ 100 milhões antes de impostos.
Já o lucro líquido ajustado aumentou 9,7%, para R$ 355 milhões, enquanto o FFO atingiu R$ 415,4
milhões, representando um crescimento de 12,8%.
Quadros 22, 23 e 24 FFO e Lucro Líquido
Evolução do FFO por ação (R$)
2007-11 CAGR: 14,6%
+36,5%
1,35
1,60
2,06
1,76
298,2M
179M
148M
218,4M
148M
178M
Número médio
de ações
FFO por ação
36,1%
2010
Após a entrega do ParkShopping São Caetano em 9 de novembro de 2011 – o primeiro dos cinco
greenfields da Multiplan em desenvolvimento – a Companhia encerrou o ano de 2011 com quatro
shoppings em construção (JundiaíShopping em São Paulo; VillageMall e ParkShopping Campo Grande
no Rio de Janeiro; e Parque Shopping Maceió, em Alagoas). Em 2011, os greenfields demandaram um
CAPEX de R$493,3 milhões, 72% do total do ano. Outros R$ 106,2 milhões foram investidos em torres
comerciais para locação.
A Companhia investiu também em expansões durante 2011. O ParkShopping, em Brasília, recebeu
uma nova área gourmet com restaurantes exclusivos na cidade, e a Multiplan prepara novas
expansões em seus shopping centers.
2,33
155M
A Multiplan investiu um total de R$ 689,1 milhões em novos projetos em 2011. Com isso obteve 55,8%
a mais do que o registrado no CAPEX de 2010, de R$442,4 milhões. Se considerado o investimento
feito em aquisições de terrenos em dezembro, o montante total em 2011 seria de R$ 953,1 milhões, e
superior ao CAPEX combinado de 2010 e 2009, de R$ 913,6 milhões.
Crescimento de 59% (2007-2011) + estimado de 48% (2011-2013)
= 137% de aumento estimado da ABL em seis anos
44,1%
2011
Lucro Líquido e Cálculo do FFO (R$'000)
2007
2008
2009
2010
2011
2011
2010
Var. %
676.252
604.375
11,9%
Despesas operacionais
(220.972)
(254.180)
13,1%
Resultados financeiros
31.559
43.543
27,5%
Depreciação e amortização
(60.381)
(44.613)
35,3%
Imposto de renda e contribuição social corrente
(60.668)
(14.972)
305,2%
Participação minoritária
(10.743)
(10.615)
1,2%
Lucro líquido ajustado
355.047
323.538
9,7%
Imposto de renda e contribuição social diferidos
(56.871)
(105.155)
45,9%
Lucro líquido
298.176
218.383
36,5%
Depreciação e Amortização
60.381
44.613
35,3%
Imposto de renda e contribuição social diferidos
56.871
105.155
45,9%
415.428
368.151
12,8%
2,33
2,06
13,3%
Receita líquida
FFO
FFO por ação (R$)1
1 Ajustado para ações em tesouraria
A ABL própria da Multiplan cresceu 39.784 m² no quarto trimestre de 2011 com a abertura do
ParkShopping São Caetano e da área gourmet do ParkShopping, representando um aumento de
10,7% sobre o ano anterior. Com quatro projetos para locação a serem inaugurados em 2012 (três
shopping centers e uma torre de escritórios) e outros dois em 2013 (um shopping center e um projeto
de torres de escritórios), a Companhia estima adicionar 198.233 m² de ABL própria nos próximos dois
anos, o que representa um crescimento de 48,2% sobre o portfólio atual.
Desde 2007, ano em que a Multiplan abriu capital na bolsa de valores, até 2011, a ABL própria da
Companhia cresceu 59,4%, impulsionada principalmente por quatro shopping centers novos e dez
expansões.
119
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Quadro 25 Crescimento Histórico e Estimado da ABL
Status de Locação (em fevereiro de 2012)
Meses restantes para a inauguração (em março de 2012)
Crescimento histórico e estimado da ABL própria (2007-2013E)
Total de Lojas
411.424m2
347.985m2
330.308m2
257.369m2
17.677m2
371.640m2
23.655m2
609.657m2
609.657m2
74.198m2
80.878m2
517.029m2
6.680m2
98.926m2
Jundiaí Shopping
7
Village Mall
8
ParkShopping Campo Grande
8
Lojas locadas
78%
+136,9%
721
A serem locadas
22%
18.430m2
Parque Shopping Maceió
13
39.783m2
271.411m2
72.939m
2
+59,4%
Um entregue; mais quatro a caminho
+48,2%
257.369m2
371.640m2
2007
2008
2009
2010
257.369m2
2011
2012E
2013E
Total
Anunciado
(2007-2013E)
Torres para locação em desenvolvimento
Os cinco novos shopping centers da Multiplan (quatro em construção em dezembro de 2011) deverão
gerar R$ 177,9 milhões de NOI combinado, no terceiro ano de operação, e R$ 157 milhões em Cessão
de Direitos. O retorno médio do NOI destes projetos é de 14,9%.
A tabela abaixo mostra os dados atualizados para cada projeto:
Novos Shopping Centers / Expansão
Shopping Centers em Operação
Quadro 27 Shoppings em Construção
Shopping Centers a inaugurar em 2012: 90% das lojas locadas
Ao longo do ano, 175 lojas foram locadas no JundiaíShopping, VillageMall e ParkShopping Campo
Grande, com 89,2% das lojas disponíveis locadas. A evolução da comercialização no ano de
2011 confirma o sucesso da Multiplan na fase pré-operacional de seus projetos.
Quadro 26 Evolução da Locação, Status, Meses para Inauguraçã0
Evolução da Locação (em fevereiro de 2012)
Lojas Locadas (unidades)
120
100
90,4% ParkShopping Campo Grande
90
88,7% Jundiaí Shopping
80
87,6%
Village Mall
70
Shopping centers em construção
Projeto
Participação Multiplan (R$´000)
Abertura
ABL
(100%)
%Mult.
CAPEX¹
CAPEX
Investido
Cessão
de
Direitos
NOI 1º
ano
NOI 3º
ano
NOI
Yield
3º ano
(%)
ParkShoppingSãoCaetano
INAUGURADO
Nov-11
39.025 m²
100,0%
274.117
94%
37.127
37.454
47.527
20,1%
JundiaíShopping
Out-12
35.754 m²
100,0%
279.329
60%
24.134
31.149
34.231
13,4%
VillageMall
Nov-12
25.167 m²
100,0%
439.419
60%
41.900
39.945
46.674
11,7%
ParkShoppingCampoGrande ²
Nov-12
42.226 m²
90,0%
250.816
32%
43.690
30.713
35.412
17,1%
3T13
36.860 m²
50,0%
104.694
33%
10.181
10.757
14.098
14,9%
87,5% 1.348.376
59%
157.032 150.018 177.942
14,9%
Parque Shopping Maceió
61,0% Parque Shopping Maceió*
60
Total
50
179.033 m²
40
30
(1) Considera apenas a primeira fase destes projetos (sem considerar expansões futuras). Inclui despesas de projetos.
(2) A Multiplan Irá investir 100% do CAPEX
10
0
1T10
3T10
1T11
3T11
*Refere-se à ABL locada
121
122
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
8. Indicadores MULT3 & Mercado de Ações
Oportunidades de crescimento com novo terreno no Rio de Janeiro
No encerramento de 2011, a Multiplan tinha um banco de terrenos de 619.035 m². Estas áreas serão
utilizadas na implementação da principal estratégia da Companhia: o desenvolvimento de shopping
centers e outros empreendimentos imobiliários, em linha com o conceito multiuso, reunindo no
mesmo local áreas residenciais, edifícios comerciais e serviços no entorno dos shopping centers.
Em dezembro, a Multiplan comprou um terreno de 36 mil m² na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. A
área é contígua ao VillageMall – shopping center da Companhia em construção. Este terreno distinguese pelo porte e excelente localização, e poderá ser utilizado para futura expansão do VillageMall, em
função da grande procura de lojistas por espaços no shopping center ou em projetos Multiuso.
O ciclo que se iniciou em 1981, com a inauguração do BarraShopping, resultará, com esta nova etapa,
em um dos maiores complexos comerciais integrados do País, com um total de 1,2 km de frente
para a Avenida das Américas, uma área construída superior a 550 mil m², além de estacionamentos
previstos para mais de 12 mil veículos.
A ação da Multiplan (MULT3 na BM&FBOVESPA: MULT3 BZ no Bloomberg) fechou o ano de 2011
cotada a R$ 38,27/ação, com um aumento de 3,7% quando comparado ao final de 2010, superando o
desempenho do índice Ibovespa, que caiu 18,1% no mesmo período. No final de 2011, 31,4% das ações
da Companhia pertenciam direta e indiretamente ao Sr. e Sra. Peres. A Ontario Teachers’ Pension
Plan (OTPP) detinha 29,1%, e o free-float era equivalente a 38,8%. O número total de ações emitidas é
de 179.197.214.
Quadro 29 Desempenho das ações
Volume médio negociado (média de 15 dias)
Multiplan
Bovespa
120
R$ 16M
R$ 14M
R$ 12M
R$ 10M
R$ 8M
R$ 6M
R$ 4M
R$ 2M
100
80
60
40
20
Quadro 28 banco de Terrenos
0
Cidade (Estado)
Localização
Área do Terreno
Belo Horizonte (MG)
Pátio Savassi
Curitiba (PR)
ParkShoppingBarigüi
843 m²
Curitiba (PR)
ParkShoppingBarigüi
Jundiaí (SP)
JundiaíShopping
Maceió (AL)
Parque Shopping Maceió
Porto Alegre (RS)
BarraShoppingSul
4.396 m²
Ribeirão Preto (SP)
RibeirãoShopping
Rio de Janeiro (RJ)
2.606 m²
Tipo
% Multiplan
Comercial
97%
Apart-Hotel
84%
27.370 m²
Comercial
94%
4.500 m²
Comercial
100%
140.000 m²
Residencial, Comercial, Hotel
100%
207.092 m²
Residencial, Comercial
100%
ParkShopping Campo Grande
141.480 m²
Residencial, Comercial
90%
Rio de Janeiro (RJ)
VillageMall
36.000 m²
Comercial
100%
São Caetano do Sul (SP)
ParkShopping São Caetano
24.948 m²
Comercial
100%
São Paulo (SP)
Shopping Anália Franco
29.800 m²
Residencial
36%
619.035 m²
JAN
2011
FEV
2011
MAR
2011
ABR
2011
MAI
2010
JUN
2011
JUL
2011
AGO
2011
SET
2011
OUT
2011
NOV
2011
DEZ
2011
Variação: MULT3, Ibovespa e volume MULT3
Base 100 = 30 de dezembro de 2010
50%
Hotel, Comercial
Total
DEZ
2010
Estrutura Acionária em 31 de dezembro de 2011
Free Float
38,8%
Ordinárias
22,5%
82%
OTPP*
29,1%
Preferenciais
6,6%
Adm+Tesouraria
0,6%
MTP+Peres
31,4%
(*) OTPP – Ontario Teachers Pension Plan
123
ParkShoppingBarigüi – Integração com o Meio Ambiente
Desempenho
Ambiental
126
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
A Multiplan adota
práticas que otimizam
a eficiência e minimizam
o impacto ambiental
de suas operações
BarraShoppingSul, vencedor
do prêmio especial do júri
em “Design Sustentável” pela
economia de recursos no ICSC
Latin America Shopping Center
Award 2011
Princípios e gestão
A Multiplan está comprometida com a adoção de práticas que
otimizam a eficiência e minimizam o impacto ambiental de suas
operações, tanto na administração dos shopping centers quanto
no desenvolvimento de novos projetos.
Dentro da sua estratégia de projetos multiuso, que inclui
empreendimentos imobiliários, a Multiplan desenvolve torres
corporativas para locação dentro dos padrões de construções
sustentáveis adotados pelo LEED (Leadership in Energy &
Environmental Design), selo concedido pela USGBC (U.S. Green
Building Council), instituição não governamental voltada para a
ecoeficiência de edificações no mundo. A atenção com o meio
ambiente também está presente nas reformas, manutenções e
expansões nos shoppings em operação. A Companhia pesquisa
e adota, permanentemente, novas tecnologias e equipamentos
para reduzir o consumo de recursos naturais, especialmente
água e energia, adotando programas de tratamento de resíduos
e utilizando materiais mais eficientes, inclusive provenientes de
reciclagem. Mais do que obedecer às leis ambientais, a Multiplan
investe na adequação e implementação de novas políticas que
ampliem a preservação e conservação ambiental.
GRI
EN6 EN14 EN26
Na operação dos shopping centers, o Grupo realizou ao longo de 2011, diversos investimentos em
revitalização e melhorias de suas instalações com o objetivo de reduzir seus impactos ambientais:
Estacionamento
Shoppings
Instalação de pisos
permeáveis
Permitem a permeabilidade
natural do solo à água e
o crescimento de raízes e
vegetação entre os pisos.
Indicadores luminosos
de vagas livres
Facilitam a visualização dos
motoristas de onde existe
vaga disponível, diminuindo
assim o tempo e espaço de
locomoção do carro, o que
reduz as emissões de GEE
(gases de efeito estufa) nos
estacionamentos.
Substituição de tickets
A troca de tickets de papel por
plástico minimiza o descarte
do material e amplia sua vida
útil, permitindo a reutilização e
reduzindo o consumo de papel.
Portas automáticas
Otimizam o uso do ar
condicionado, pois mantêm
por mais tempo o ambiente
fechado e evitam a troca de
temperatura com o ambiente
externo.
Vidros Low-e
Reduzem a troca de calor com
o ambiente externo, tornando
mais eficiente o uso do ar
condicionado e minimizando o
desperdício de energia.
127
128
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Construções “verdes”
Morumbi Corporate, em São Paulo,
pré-certificado para a obtenção do
selo Gold da certificação LEED
A Multiplan desenvolve
empreendimentos
imobiliários para locação
dentro dos padrões de
construções sustentáveis
adotados pelo LEED
A Companhia busca adotar em seus projetos
as melhores práticas de sustentabilidade e
materiais mais adequados, mitigando o impacto
tanto do processo de construção quanto
da futura operação do empreendimento.
O Morumbi Corporate, em São Paulo, e
o ParkShopping Corporate, em Brasília,
estão pré-certificados para a obtenção do
selo Gold da certificação LEED (Leadership
in Energy & Environmental Design), e o
MorumbiBusinessCenter está em fase de
preparação.
Os empreendimentos levam em conta o uso de
materiais e tecnologias que possibilitem uma
operação mais limpa, minimizando consumo
de recursos naturais e seu impacto ambiental.
Desde a concepção dos novos projetos, os
shoppings preveem investimentos em vidros
de alta eficiência térmica, mecanismos
para reutilização de água, torres de
termoacumulação e escadas rolantes de baixo
consumo energético. Alguns exemplos destas
práticas são o ParkShopping São Caetano, em
São Paulo e o VillageMall, no Rio de Janeiro
(em construção).
O ParkShopping São Caetano e o ParkShopping
Campo Grande estão preparados para operar
com um sistema de reutilização de água
para vasos sanitários, mictórios e torres
de refrigeração (para ar condicionado). No
VillageMall, bem como no JundiaíShopping,
estão sendo instaladas centrífugas para
produção de água gelada com base no líquido
refrigerante R 134a, não emissor de gases
nocivos, e lâmpadas tipo LED serão utilizadas
nos estacionamentos, escadas rolantes, sancas
do mall e áreas técnicas, pois não emitem calor
nem radiação.
Transportes
A Multiplan utiliza serviços de vídeoconferência para evitar o deslocamento de seus colaboradores. Em
alguns empreendimentos, como o BarraShopping e o ParkShopping São Caetano, a disponibilização de
bicicletários incentiva uma locomoção mais saudável e livre da emissão de gases nocivos. A segurança
dos shopping centers utiliza biciclos Segway – meio de transporte pessoal elétrico que não emite gases
e mantém a harmonia com os pedestres.
O BarraShopping também oferece transporte gratuito para condomínios, centros comerciais,
universidades e hotéis na Barra da Tijuca. Existem dois trajetos pré-estabelecidos e que são
frequentemente reavaliados. Essa iniciativa tem por objetivo oferecer o melhor serviço ao maior
número de clientes, ajudando a reduzir problemas como trânsito e poluição.
GRI
EN6 EN10 EN18
129
130
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
O empreendimento ParkShopping Corporate (foto),
em Brasília, tem sido utilizado como “exemplo de boas
práticas” – pelo Centro de Tecnologia em Edificações
(CTE), consultoria responsável por acompanhar a
adequação da construção às normas LEED – por aderir
aos requisitos e princípios de gestão ambiental da norma
canteiros de obra
Os canteiros de obra são um dos pontos focais da gestão
socioambiental da Companhia. Pela rotina de trabalho nos canteiros
necessariamente incluir altos níveis de consumo, descarte e resíduos,
a Multiplan desenvolve políticas e procedimentos a serem observados
e ações específicas em suas obras para reduzir seu impacto ao
ambiente e entorno, como por exemplo:
Lava-rodas para evitar a dispersão de resíduos da obra – poeira e
lama – no deslocamento dos caminhões no entorno do canteiro;
Caixas de retardo de águas pluviais para evitar escoamento,
sedimentação e enchentes;
Regagem diária do terreno para prevenir a dispersão de poeira;
Instalação de estação de tratamento de esgotos de apoio à obra;
Monitoramento do solo, água no entorno, ar, níveis de ruído,
trânsito e redes de esgotos;
Construção de canaleta para a coleta da água da chuva no
canteiro e posterior decantação antes do descarte;
Execução de sistema de captação de águas pluviais para serem
reutilizadas em tarefas como regagem do terreno e lava-rodas;
Treinamentos para a conscientização ambiental dos
colaboradores;
Baias separadoras de resíduos recicláveis;
Campanhas de redução do consumo de energia e desperdício de
água;
GRI EN26
Kit de mitigação para emergências ambientais (vazamentos e
derramamentos).
131
132
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
O BarraShopping, no Rio de Janeiro,
desenvolveu projeto de iluminação com
foco em sustentabilidade
Indicadores de
Desempenho Ambiental
A Multiplan identifica como principais materiais utilizados na construção de seus
empreendimentos o aço, o concreto, o alumínio e os perfis metálicos.
Durante a operação dos shoppings, os materiais mais relevantes consumidos pelos
funcionários e clientes são o papel higiênico, o papel toalha e o sabonete líquido.
Principais materiais consumidos nos empreendimentos em 2011
Principais materiais consumidos nos shoppings em 2011
Empreendimentos
Aço (TON)
Concreto (m3)
ParkShopping Campo Grande
3.700
27.680
31
800
VillageMall
6.300
54.000
50
3.800
ParkShopping Corporate
1.200
1.000
20
-
ParkShopping São Caetano
1.970
20.600
19
430
4.000
27.500
-
350
535
5.700
57
29
Morumbi Corporate2
1.200
13.200
-
-
Centro Profissional RibeirãoShopping
1.200
7.900
-
-
20.105
157.580
177
5.409
JundiaíShopping
MorumbiBusinessCenter1
Total
Alumínio (TON)
Perfis metálicos (TON)
1. No MorumbiBusinessCenter, em São Paulo, 22% dos materiais foram provenientes de reciclagem, atendendo aos padrões de certificação LEED, nível Gold. Entre os
materiais reaproveitados estão: piso elevado, forro mineral, caixilhos e concreto.
2. No Morumbi Corporate, em São Paulo, 3,9% do concreto utilizado foi produzido com material reciclado. Para o aço, o percentual de reciclagem foi de 64,2%.
Shopping Centers
Papel higiênico (TON)
Papel toalha (TON)
30,96
47,93
7,2
8,64
19,32
3,12
5,3
11,5
1,8
ParkShopping
24,27
47,56
7,80
MorumbiShopping
45,19
63,82
9,35
7,7
10,2
3,2
1,25
5,16
0,31
DiamondMall
15,65
29,07
3,92
BH Shopping
32,11
50,67
2,50
BarraShoppingSul
19,11
27,17
5,22
69,58
176,44
16,00
18,11
34,86
4,53
13
26
4,6
290,87
549,7
69,55
Shopping Anália Franco
Pátio Savassi
Shopping Santa Úrsula
Shopping Vila Olímpia
ParkShopping São Caetano*
BarraShopping
ParkShoppingBarigüi
RibeirãoShopping
Total
Sabonete líquido
(milhares de litros)
* Período de 10/11/2011 a 31/12/2011
A Multiplan prevê, na
construção de seus projetos,
a utilização de materiais
provenientes de reciclagem
GRI
EN1 EN2
O BarraShopping definiu em seu Projeto de Gestão Ambiental:
Uso de materiais biodegradáveis para a equipe de limpeza;
Substituição de lâmpadas fluorescentes por iluminação com leds nas sancas;
Substituição de papéis por material com Certificação FSC (Conselho Brasileiro de Manejo
Florestal) e INMETRO OCS 0009 (Organismo de Certificação de Sistema de Qualidade).
133
134
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
A Multiplan monitora
o consumo de energia
e desenvolve iniciativas
para a sua redução
Claraboias de vidros de alta
performance no Projeto do
JundiaíShopping, em Jundiaí –SP
Energia
A Companhia monitora o consumo de energia em seus shoppings centers em operação e
empreendimentos em construção e desenvolve iniciativas para a sua redução.
Além das manutenções contínuas e de rotina para evitar o desperdício de energia nas instalações
e equipamentos, a Multiplan realizou, em 2011, ações de destaque para ganho de eficiência e
otimização de seus equipamentos, bem como instalações para operar com o menor consumo de
energia possível.
Nos projetos do JundiaíShopping e do VillageMall, bem como no ParkShopping São Caetano, foram
utilizados nas claraboias, vidros de alta performance que otimizam a iluminação natural e reduzem a
entrada do calor do sol. Além disso, foi aplicado isolante térmico nas lajes dos shoppings, o que reduz
o uso de ar-condicionado e de luminárias, diminuindo o consumo de energia.
Em 2011 foram consumidos 252 GWh nos shoppings em operação e 1,9 GWh nos empreendimentos em
desenvolvimento.
No BarraShopping, por exemplo, todos os sistemas de refrigeração e iluminação foram
automatizados, otimizando o consumo de energia e água. A meta é reduzir o consumo em 20%. Além
disso, o shopping reformou suas claraboias com o objetivo de aumentar o uso da luz natural.
Consumo de Energia nos shoppings em 2011 (GWh)
No ParkShopping, em Brasília, foi feita a substituição e unificação de três centrais de resfriamento de
água gelada para ar condicionado.
ParkShoppingBarigüi
7%
RibeirãoShopping
7%
O MorumbiShopping, em São Paulo, realizou um retrofit da sua central de ar condicionado,
passando a utilizar máquinas mais modernas e com menor consumo energético. As lâmpadas de
40 watts das garagens foram substituídas por outras de 32 watts, que são mais eficientes e
consomem menos energia.
Shopping Anália Franco
11%
Pátio Savassi
5%
Shopping Santa Úrsula
5%
BarraShopping /
New York City Center
20%
ParkShopping
11%
MorumbiShopping – ACUMULADO 7 MESES – Consumo no período após o retrofit
Consumo Kwh
Valor R$
Economia Kwh
Economia R$
2010
2011
21.401.700
18.724.774
12,51%
R$ 6.665.159,45
R$ 6.102.326,25
8,44%
2.676.926
BarraShoppingSul
6%
MorumbiShopping
9%
BH Shopping
2%
562.833,20
DiamondMall
8%
GRI
EN3 EN5 EN6 EN7
Shopping Vila Olímpia
8%
ParkShopping São Caetano*
1%
* Período de 10/11/2011 a 31/12/2011
135
136
MULTIPLAN
Para cada empreendimento são desenvolvidas
ações de redução do consumo através de
reciclagem e/ou reutilização de água, tais como
a instalação de caixas acopladas e válvulas
ecológicas nos sanitários, torneiras com
sensores e arejadores. O BarraShopping,
no Rio de Janeiro, por exemplo, reutiliza
4.650.000 litros/mês de esgoto tratado para o
sistema de ar condicionado, em uma escala que
representa, hoje, aproximadamente 20% de
todo o consumo de água do shopping.
monitorada com análises semanais e lançadas
em redes de águas pluviais. Após o início das
operações, apenas o descarte de esgotos
sanitários será feito em rede pública. O restante
será retratado e reutilizado com outros fins.
Todos os shoppings estão ligados à rede
de coleta de efluentes das concessionárias
locais com exceção do BarraShoppingSul, em
Porto Alegre (RS), que possui ETE (Estação de
Tratamento de Esgoto) própria. O volume é
tratado e, então, devolvido ao Rio Guaíba, que
possui uma área de superfície de 496 km² com
um volume de água de 1,5 km3 aproximadamente
e largura máxima de 20 km.
Água nos shoppings em operação (m3/ano)
No VillageMall, durante as obras, toda
água retirada do lençol freático por meio
de rebaixamento vem sendo decantada,
VillageMall, Rio de Janeiro
GRI
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
EN8 EN9 EN10 EN21 EN25
No total foram consumidos 1.961.760 m³
de água nos shoppings em operação e
107.231 m³ nos empreendimentos em
desenvolvimento da Companhia.
48.000
1.433.583
1.709.495
480.177
Água
consumida
Poço
Água descartada
(esgoto)
Concessionária
Reuso
ÁGUA
137
138
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
A Multiplan desenvolve em seus
empreendimentos ações de redução
do consumo através da reciclagem e
da reutilização de água
Resíduos
Cada shopping center da Multiplan tem autonomia para otimizar
seu desempenho ambiental e vários deles realizam coleta
seletiva. O BH Shopping, por exemplo, foi um dos pioneiros
na reciclagem do óleo de cozinha. Em 2009, implementou o
recolhimento mensal do óleo residual nas lojas de alimentação
com o apoio de uma empresa especializada e certificada.
O BarraShopping também retira o óleo vegetal utilizado e
recolhido pelos restaurantes e lanchonetes do mall. Além disso,
realiza a coleta de pilhas e baterias, bem como de lâmpadas
fluorescentes para descarte por empresas especializadas. O
papelão é recolhido e enviado para centros de reciclagem.
Os números ao lado indicam o total de resíduos recicláveis
produzidos, recolhidos e destinados para descarte ecológico
pelos 14 shoppings do Grupo em 2011.
Classe A - Resíduos reutilizáveis ou reciclados como agregados, tais como:
De construção, demolição, reformas, reparos e de outras obras de
infraestrutura, inclusive solos provenientes de terraplanagem;
Resíduos
Medida
Total
Papelão
Tonelada
3.583
Alumínio
Tonelada
35
Vidro
Tonelada
34
Plástico
Tonelada
144
Orgânico
Tonelada
21.474
Lâmpadas
Unidade
65.246
Pilhas
Quilo
444
Óleo
Litro
110.000
ParkShopping Campo Grande
Classe B
Classe C
Classe D
890 m³
370 m³
-
-
160.000 m³
1.330 m³
N.A.
30 m³
1.432,9 m3
33.009,38 m3
ParkShopping Corporate
575 m³
1.175 m³
29,5 m³
N.A.
Morumbi Business Center
550 m³
755 m³
380 m³
N.A.
Morumbi Corporate
93.000 m³
225,7 m³
35 m3
N.A.
Centro Profissional RibeirãoShopping
787,50 m³
399,00 m³
119,00 m³
710,50 m³
VillageMall
JundiaíShopping
GRI EN22 EN24
Classe A
De processo de fabricação e/ou demolição de peças pré-moldadas em concreto
(blocos, tubos e meio-fios) produzidos nos canteiros de obra.
Classe B - Resíduos recicláveis tais como plásticos, papel/papelão, metais, vidros e
madeiras.
Classe C - Resíduos para os quais não foram desenvolvidas tecnologias ou
aplicações economicamente viáveis, que permitam a sua reciclagem/recuperação,
tais como produtos de gesso.
Classe D - Resíduos perigosos e oriundos do processo de construção, tais como:
amianto, tintas, solventes, óleos ou aqueles contaminados e de demolições,
reformas e reparos de clínicas radiológicas, instalações industriais, entre outros.
Resíduos gerados nos projetos em desenvolvimento
Empreendimento
De construção, demolição, reformas e reparos de edificações, como
componentes cerâmicos (tijolos, blocos, telhas e placas de revestimentos),
argamassas e concreto;
42 m3
Todo resíduo gerado durante as obras é classificado e removido por empresas
especializadas. Os resíduos não poluentes são descartados em áreas de destino
especificadas pelos órgãos públicos, enquanto os poluentes vão para empresas de
tratamento homologadas pelos mesmos órgãos. Após as obras e quando entrar em
operação, os empreendimentos em desenvolvimento contarão com uma empresa
especializada em gestão ambiental, cadastrada nos órgãos competentes, para
classificação, coleta e descarte de rejeitos.
139
140
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Biodiversidade
A Multiplan respeita a legislação ambiental vigente e está
comprometida em ir além do que determinam as medidas
compensatórias, sempre que possível. Em 2011, a empresa
preservou, dentro ou no entorno dos seus empreendimentos,
28.172,02m² de Bosque Nativo Relevante; 5.142,13 m² em
Faixa de Preservação Ambiental I; 11.765,50 m² em Faixa de
Preservação Ambiental II; além de disponibilizar 3.422 m² para
Corredores de Fauna.
O BarraShopping apoia o Projeto Lagoa Viva, focado
estrategicamente na difusão do conhecimento sustentável,
articulação e mobilização de todos os segmentos da
comunidade local. A intenção é fortalecer uma intensa gestão
participativa para cuidar de forma contínua da sub-bacia
hidrográfica da Barra da Tijuca-Jacarepaguá.
Complexo BarraShopping no Rio de Janeiro
GRI EN11 EN12 EN13 EN14
141
142
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
BH Shopping, referência
na capital mineira
Desempenho social
A Multiplan considera fundamental manter um relacionamento próximo aos seus públicos,
conhecer suas demandas e expectativas e, assim, identificar e antecipar as oportunidades relativas
ao seu negócio. Desta forma, é possível promover a geração de valor e o desenvolvimento
sustentável entre todos.
Por isso, realiza periodicamente pesquisas qualitativas e quantitativas de satisfação com lojistas e
clientes, públicos que sentem e exercem maior impacto nas atividades dos shoppings e com quem
a Companhia mantém relacionamento. O diálogo está permanentemente aberto com o consumidor
final através do Serviço de Atendimento ao Cliente (SAC), do Call Center e dos canais oficiais da
Multiplan – bem como dos shoppings – nas mídias sociais.
GRI
4.14 4.15 PR5
143
144
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Mostra “Dinossauros
da Patagônia” no
RibeirãoShopping
Shopping Anália
Franco recebe a mostra
“Gigantes da Era do Gelo”
Clientes e Comunidade
Cultura
A Multiplan apoia e desenvolve projetos de interesse social para construir uma melhor integração
com seus clientes e com a comunidade de seu entorno, e atuar como geradora de valor para o
desenvolvimento desses públicos. Assim, desenvolve e coloca em prática em seus shopping centers
inúmeros projetos, próprios ou patrocinados, maximizando seu potencial, recursos e alcance e
utilizando os mecanismos de estímulo fiscal, com base na legislação Federal e Municipal, sempre
que possível.
A Multiplan acredita que o investimento em cultura é uma ponte para a promoção da cidadania.
Por isso, emprega seus recursos físicos e financeiros para a promoção de eventos culturais
voltados aos públicos que passam por seus shopping centers.
Alinhada com esses conceitos, sua política de gestão social determina a definição de desenvolvimento
de projetos que considerem quatro critérios complementares:
Estreitar laços com as comunidades onde desenvolve projetos, gerando expectativas positivas;
Promover ações de relacionamento dos shoppings com seus clientes;
Fortalecer a imagem institucional da Companhia;
Proporcionar o desenvolvimento e bem estar social dos públicos nas regiões de seus shoppings.
A Multiplan atua como
multiplicadora do desenvolvimento
social por meio da ampliação do
acesso à cultura nas regiões em
que opera seus shopping centers
No decorrer do ano, todos os shoppings do Grupo recebem e promovem eventos e exposições para
públicos de todas as faixas etárias com música, teatro, história e esportes. Assim, a Multiplan
atua como multiplicadora do desenvolvimento social por meio da ampliação do acesso à cultura
nas regiões em que opera seus shoppings, potencializando o caráter envolvedor de seu negócio e
estendendo seu alcance a milhares de pessoas diariamente.
Eventos realizados
Entre os inúmeros eventos realizados nos shopping centers em 2011, com o apoio da Companhia,
destacam-se as exposições internacionais e inéditas “Dinossauros da Patagônia” e “Gigantes da
Era do Gelo”, que circularam por vários shoppings do Grupo e foram vistas por um público amplo
em diferentes praças.
Dinossauros da Patagônia
Os shopping centers da Multiplan investiram cerca de R$ 1,5 milhão para trazer, diretamente
da Argentina, a exposição gratuita “Dinossauros da Patagônia”. De caráter educativo e aberta
ao público de todas as idades, a mostra reuniu dez réplicas de fósseis em tamanho natural dos
dinossauros que habitaram a região há milhares de anos.
Gigantes da Era do Gelo
A exposição, que atraiu público de mais de 2,7 milhões de pessoas na Europa e América Latina,
passou por oito shoppings da Multiplan em 2011. Inédita e gratuita, a produção apresentou
11 réplicas em tamanho real de animais de até quatro metros de altura que habitaram o planeta
na era glacial. A exibição exclusiva recebeu investimento de R$ 2,4 milhões.
145
146
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Público confere mostra sobre
o transatlântico Titanic no
BarraShoppingSul
Patrocínios
Seguindo os critérios de sua política de gestão social, a Multiplan identificou e
patrocinou projetos culturais em 2011. A empresa realizou cinco patrocínios em um
total de R$ 2,7 milhões:
Titanic: A Exposição – Objetos Reais, Histórias Reais
Atração internacional e inédita, já vista por mais de 20 milhões de pessoas no
mundo;
Iniciada no BarraShoppingSul, em Porto Alegre (RS), percorreu durante o ano
outros shoppings da Companhia – ParkShopping Barigüi, em Curitiba (PR), e
ParkShopping, em Brasília;
Ambientes foram recriados para simular a vida a bordo, o naufrágio e as ações
de resgate. Foram expostos objetos originais retirados do fundo do mar e uma
réplica do iceberg;
O investimento total foi de R$ 1,6 milhão.
Companhia de Ballet
Antonio Gades apresenta o
espetáculo “Carmen”
Recuperação do Convento de Santo Antônio
Prédio histórico do século XVII, no Largo da Carioca, Centro do Rio de Janeiro;
Aporte da última parcela de R$ 250 mil com incentivo fiscal pelo PRONAC (Lei
Federal de Incentivo à Cultura), como ocorreu nos três anos anteriores do
projeto – iniciado em 2008. O total do investimento foi de R$ 1 milhão.
Restauração e modernização da Sinagoga Central da Associação
Religiosa Israelita do Rio de Janeiro
Prédio tombado que representa a arquitetura moderna dos anos 50;
Investimento de R$ 310,3 mil em incentivo fiscal pelo PRONAC.
Espetáculo de dança flamenca “Carmen”
Apresentação da Companhia de Ballet Antonio Gades que passou pelas cidades
do Rio de Janeiro, São Paulo, Porto Alegre, Belo Horizonte, Curitiba e Brasília;
Investimento de R$ 250 mil em incentivo fiscal pelo PRONAC.
Festival de teatro “Porto Alegre em Cena”
Principal evento do calendário artístico da cidade, patrocinado há três anos
pela Multiplan;
Investimento de R$ 300 mil, sem incentivo fiscal.
A Multiplan investiu R$ 2,7 milhões
em projetos culturais
147
148
MULTIPLAN
Saúde
Por seu negócio estar diretamente relacionado
à rotina das pessoas e por isso influenciar o
hábito de um grande público, a Multiplan volta
seu potencial de alcance para conscientizar a
população sobre saúde, qualidade de vida e
estimular hábitos saudáveis.
A Companhia desenvolve e apoia diversas
iniciativas nas regiões em que atua por meio de
seus shoppings, como a promoção de corridas,
torneios e aulas de diferentes modalidades
esportivas. Oferece também amplo apoio ao
público com a estrutura necessária de espaço e
de profissionais.
Os shoppings patrocinam diversas
equipes em suas regiões, viabilizando
seus investimentos em infraestrutura,
equipamentos, uniformes e treinamento
para ampliar o desenvolvimento de seus
atletas.
Corrida Track&Field Run Series,
Etapa BarraShopping, outubro de 2011
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Principais projetos
EVENTOS
Em 2011 a Multiplan desenvolveu e patrocinou
diversos eventos para incentivar a prática
de esportes, como a promoção de corridas
e circuitos nos shoppings do Grupo e o
desenvolvimento de programas de aulas
de esportes. A competição Track&Field Run
Series é uma destas iniciativas: compreende
percursos de 5 e 10 km nas cercanias dos
empreendimentos com ampla estrutura de
apoio aos participantes, como café da manhã e
tenda para massagem gratuita.
Já o programa “É Bom Estar no Shopping”,
realizado no Shopping Santa Úrsula, oferece
aos alunos/clientes aulas gratuitas de Tai Chi
Chuan e conta com a doação de um pacote de
fraldas para crianças e idosos como taxa de
inscrição. Em parceria com a Universidade de
Ribeirão Preto (UNAERP), o shopping também
oferece testes gratuitos de glicemia, colesterol
e aferição de pressão efetuados por alunos do
curso de Enfermagem.
Patrocínio de atletas
Entre os patrocínios realizados em 2011 pelos
shoppings da Multiplan, destacam-se:
O corredor Ivonei Xavier, de Ribeirão Preto
(SP), patrocinado pelo RibeirãoShopping,
representa o empreendimento na etapa
local da Track&Field Run Series e vem
tendo destaque e boa participação nos
circuitos mais disputados do Brasil.
O projeto de ginástica olímpica do Minas
Tenis Clube, há oito anos apoiado pelo BH
Shopping, em Belo Horizonte, conta com
uma equipe integrada por ginastas até 24
anos, distribuídos entre as equipes principais
e de base, que vêm destacando-se nas mais
importantes competições no Brasil e no
exterior, como nos Campeonatos Estadual e
Brasileiro, nos Jogos Panamericanos e nos
Mundiais do Canadá e da Rússia.
O Shopping Santa Úrsula, em Ribeirão
Preto, apoia o “Projeto Nadando Na
Frente”, que treina mais de 100 crianças
para formar atletas e aperfeiçoar seu
desenvolvimento.
149
150
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Projeto Tocando a Vida promovido pelo
RibeirãoShopping
Ações filantrópicas
Alinhada com o seu objetivo de promover o desenvolvimento e bem estar social nas
regiões em que atua, a Multiplan promove diversas ações e iniciativas filantrópicas,
fazendo a arrecadação e a doação de recursos para grupos e instituições de apoio a
pessoas em situação de risco ou vulnerabilidade social.
Campanhas
Entre as principais ações desenvolvidas em 2011 estão as campanhas realizadas
em todos os shoppings para arrecadação de brinquedos, agasalhos, cobertores,
alimentos e materiais de higiene. Os itens e recursos levantados são doados
a diversas instituições que promovem o bem estar social envolvendo públicos
variados como crianças, idosos, vítimas de acidentes naturais, entre outros.
No Natal, mais de 10 mil brinquedos foram arrecadados pelos shopping centers
do grupo.
No Rio de Janeiro, o BarraShopping iniciou o ano de 2011
arrecadando donativos para as vítimas das chuvas da Região
Serrana do estado. Foram doadas 84 toneladas de alimentos não
perecíveis, água mineral, material de limpeza e higiene pessoal,
roupa de cama, mesa e banho, agasalhos e colchonetes.
Patrocínios
A Multiplan contribuiu com o Fundo de Apoio à Criança e ao Adolescente –
Funcriança, da Prefeitura de Curitiba (PR), com investimento de R$ 40 mil, com
incentivo fiscal (Estatuto da Criança e Adolescente). Em 2011, o apoio foi destinado
ao programa “Família Participante”, do Hospital Infantil Pequeno Príncipe, que
custeia a permanência de familiares junto a crianças internadas, favorecendo e
acelerando a recuperação dos pacientes.
Como destaque das ações desenvolvidas pelos shoppings está o projeto “Tocando
a Vida”, lançado pelo RibeirãoShopping em parceria com a Orquestra Sinfônica de
Ribeirão Preto (OSRP), Associação de Moradores do Jardim João Rossi e a Prefeitura
da cidade. Destinada a crianças e jovens do bairro Jardim João Rossi, a iniciativa
oferece aulas gratuitas de canto, coral e instrumentos musicais. O projeto tem
permitido o acesso de jovens de Ribeirão Preto ao universo da música de concerto.
151
152
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
O BH Shopping é responsável pela
manutenção de benfeitorias em
seu entorno
Contrapartidas Sociais
A Companhia considera essencial ao desenvolvimento de seu negócio gerar bem estar para a
comunidade situada no entorno de seus empreendimentos. Ao iniciar a construção de um projeto ou
operações em uma nova região, a Multiplan propõe uma solução única, estudada e desenvolvida de
acordo com as necessidades locais. Entre as contrapartidas já realizadas pela Multiplan, destacam-se:
GRI
O Grupo construiu, em um terreno cedido pela Prefeitura de São Caetano do Sul (SP), em frente
ao ParkShopping São Caetano, uma creche com 1.019 m² e a entregou à administração do
município. O resultado foi tão positivo que a Secretaria de Educação pediu sua transformação
em uma escola municipal de ensino infantil.
Embora não tenham ocorrido danos à vegetação original durante as obras de construção do
empreendimento, o ParkShopping São Caetano fez plantios em grandes áreas com seu projeto
paisagístico, acrescentando áreas verdes à região do entorno do shopping.
Em Brasília, como parte da compensação ambiental pela construção do ParkShopping Corporate,
o Grupo revitalizou o Parque Ecológico do Guará com plantio de orquidário e diversas espécies
arbóreas.
Para reforçar a segurança dos que circulam pelo estacionamento do ParkShopping, em Brasília,
a Multiplan construiu uma passarela que liga funcionários e clientes aos pontos de ônibus e
metrô.
O Shopping Anália Franco, em São Paulo, mantém o Parque Esportivo do Trabalhador - PET,
parque infantil com diversos equipamentos para crianças de até 12 anos, localizado ao lado do
empreendimento. O Parque foi doado pelo shopping à comunidade em 2010.
O MorumbiShopping conserva o paisagismo da praça contígua ao terreno do empreendimento,
em São Paulo. O shopping mantém um funcionário na praça, em horário comercial, responsável
4.12 EC8
SO1 SO5
pela limpeza e cuidado do jardim. Todas as atividades de plantio, poda, limpeza, adubação e
substituição das espécies de pequeno porte são da responsabilidade do MorumbiShopping.
O BH Shopping, em Belo Horizonte (MG), adota quase 70 mil m2 de áreas verdes onde cuida do
paisagismo e da jardinagem, manutenção, limpeza e conservação, além de uma praça que acaba
de ser revitalizada e um canteiro central na BR 356. É também responsável pela manutenção de
um terminal de ônibus anexo ao shopping center.
Entre os projetos em desenvolvimento, o VillageMall, no Rio de Janeiro, está investindo na
extensão da Via Parque, em um trecho de cerca de 400 m, que inclui toda infraestrutura de
águas pluviais, iluminação pública e paisagismo, com a preservação total do meio ambiente,
visando a oferecer alternativas e melhorar o fluxo de veículos no entorno.
O JundiaíShopping, em São Paulo, investiu na duplicação das duas pistas de rolamento da Av.
9 de Julho, na execução de um retorno, paisagismo e construção de uma praça com fonte, na
rotatória localizada em frente ao shopping. Fizeram parte deste projeto uma nova iluminação
e passarela de pedestres. Além disso, a Companhia está construindo uma Unidade Básica de
Saúde, em terreno de 1.723,42 m² e área construída de 870,96 m², para atender um pedido da
Prefeitura de Jundiaí.
Em São Paulo, na obra do Morumbi Corporate, a Rua Henri Dunant será duplicada no trecho em
frente ao empreendimento. Também será aberta uma nova rua na lateral do Morumbi Corporate,
que ligará a via à Rua Antônio de Oliveira. No mesmo complexo, atendendo à Certidão de
Diretrizes (nº082/08) do MorumbiBusinessCenter, estão sendo realizados investimentos em
melhorias do sistema viário próximo ao empreendimento, como controlador de semáforos,
adequação da calçada, sinalização e ponto de ônibus.
153
154
MULTIPLAN
155
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Recursos Humanos
Treinamento
As principais contrapartidas sociais das atividades da Multiplan são a geração de
empregos e o desenvolvimento das regiões onde a empresa atua. A Companhia
recruta localmente seus profissionais, recorrendo a outras praças somente quando
não encontra o profissional com o perfil necessário na região.
Para garantir a contínua qualidade no
atendimento que é reconhecida no setor
de shopping centers, a Multiplan oferece
treinamento aos seus colaboradores,
terceirizados e lojistas de forma frequente.
Todo o efetivo de segurança e funcionários
dos shoppings, que atuam diretamente no
atendimento ao cliente, participam diariamente
de uma reunião de cerca de 30 minutos que
aborda apresentação pessoal, cordialidade,
gentileza, postura, não discriminação e
atendimento a clientes especiais (cadeirantes e
portadores de deficiência visual e auditiva).
No final de 2011, a Multiplan tinha 201 funcionários na holding (excluindo shopping
centers), com 51% de homens e 49% de mulheres. Ao longo do ano, os shopping
centers da Multiplan geraram um total de 57.321 empregos, sendo 6.312 diretos e
51.009 indiretos.
Retenção de talentos
Para estimular a formação de carreiras e a retenção de talentos, a Multiplan
assegura benefícios-padrão como auxílio-refeição, auxílio-alimentação, valetransporte ou estacionamento, assistência médica e odontológica e seguro de
vida. A companhia ainda oferece gratificações, bônus, Plano de Participação nos
Resultados (PPR) e Plano de Opção de Compra de Ações.
Desde 2010, a Multiplan começou a incentivar colaboradores a cursarem sua
primeira faculdade. A empresa ajuda com até 50% do valor dos cursos escolhidos
com base nos critérios de pertinência ao negócio da empresa e ao perfil do
funcionário. Cada gerente administra o desempenho e a frequência do colaborador,
que só deixa de contar com o apoio em caso de reprovação. Em alguns casos a
empresa direciona investimentos de até 70% do valor total de um curso de MBA,
com a contrapartida do colaborador permanecer por pelo menos dois anos na
empresa, após sua capacitação.
O foco em excelência compreende também os
terceirizados. Somente a Brasanitas Limpeza
e Conservação, que presta serviços em oito
shoppings da Multiplan (BarraShoppingSul,
MorumbiShopping, ParkShopping,
ParkShoppingSãoCaetano, RibeirãoShopping,
Shopping Anália Franco, Shopping Santa Úrsula
e Shopping Vila Olímpia) desenvolveu, em 2011,
15.810 horas de treinamento, atingindo 75.031
funcionários.
Shopping centers
Horas de
treinamento
no ano (h)
ParkShoppingBarigüi
668
Shopping Anália Franco
24
BarraShopping
212
BarraShoppingSul
924
BH Shopping
188
DiamondMall
188
MorumbiShopping
280
ParkShopping
132
Pátio Savassi
149
RibeirãoShopping
106
Shopping Santa Úrsula
92
ParkShopping São Caetano
80
Shopping Vila Olímpia
40
TOTAL
3083
Em 2011,
os shopping centers
da Multiplan geraram
57.321 empregos
diretos e indiretos
Os funcionários da Multiplan têm prioridade nas vagas disponíveis, de forma
que sejam valorizadas competências e seja incentivado o desenvolvimento dos
profissionais. Para os funcionários de nível gerencial que forem eventualmente
desligados, a companhia desenvolve programas de outplacement.
A Multiplan investe em recursos humanos porque entende que a excelência
vem do aprendizado e experiência acumulados. Uma manifestação de que esta
estratégia garante um bom retorno para a empresa está no baixo índice de
rotatividade registrado (14,02%). Uma parcela expressiva de funcionários (18%)
está na companhia há 20 anos, o que sinaliza a satisfação dos colaboradores com o
ambiente de trabalho e as oportunidades de desenvolvimento oferecidas.
Serviço de concierge
nos shoppings:
atendimento com
padrão de qualidade
Multiplan
GRI
LA1
LA2
LA3 LA8 LA10 LA11 HR3 HR8
156
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Saúde e Segurança
Práticas e programas de desenvolvimento
A Multiplan promove em seus empreendimentos programas de educação,
treinamento, aconselhamento, prevenção e controle de risco, especialmente nas
áreas de saúde e prevenção de acidentes.
Mais do que desenvolver seus profissionais para manter a qualidade de sua
operação, a Multiplan oferece a esses colaboradores a oportunidade de
desenvolvimento pessoal e de carreira como parte da gestão social, de gerar valor
por meio da educação e do conhecimento.
Em 2011, foram realizadas “Semanas Internas de Prevenção de Acidentes” incluindo
palestras sobre ergonomia, tabagismo e sexualidade, além de treinamento para uso
de equipamentos de proteção individual (EPI) e orientação com relação à Medicina
e Segurança do Trabalho. Além disso, foram realizadas palestras sobre biocidade,
DST/ AIDS, stress, prevenção e segurança (Polícia Militar) e prevenção de acidentes
com eletricidade. Adicionalmente, alguns shoppings promoveram campanhas de
vacinação contra gripes, rubéola e outras endemias sazonais, além de realizarem
campanhas educativas em jornais internos e murais, referentes à prevenção da
dengue e outras doenças, qualidade de vida, reeducação alimentar e a importância
da prática regular de atividades físicas.
Para monitorar a adequação aos princípios e práticas de saúde e segurança, a
Companhia conta com CIPAs (Comissões Internas de Prevenção de Acidentes). Ao
todo, em seus 14 shoppings, as CIPAs são compostas por 63 funcionários.
Décima turma de formandos do projeto RepensaRH, no Espaço Sócio
Cultural BarraShopping. Nesta turma, 70 alunos concluíram o Ensino Médio
Para isso, conta com diversos programas desenvolvidos ao longo de 2011, com
destaque para os projetos: RepensaRH, Elos, Segunda Casa, Funcionário Nota 10 e
Retail Club.
RepensaRH
Desde 2009 é realizado o Projeto RepensaRH, programa social da Multiplan de
incentivo ao desenvolvimento pessoal e profissional de seus funcionários, que
através da ação EstudaRH, já levou 200 colaboradores próprios, terceirizados e
lojistas a concluírem de forma gratuita o Ensino Médio e Fundamental.
A ideia nasceu em 2006 no BarraShopping, Rio de Janeiro. O projeto RepensaRH
enfatiza a importância dos Recursos Humanos na organização, realizando ações
que aprimorem o relacionamento interpessoal, integrem os colaboradores,
melhorem o ambiente e capacitem a força de trabalho. Os resultados contribuem
para o aumento da satisfação e, consequentemente, da produtividade, gerando
melhores resultados a partir de um maior comprometimento.
O EstudaRH oferece aulas gratuitas com metodologia baseada na grade curricular
estabelecida pelas secretarias de educação dos estados, pelas quais os alunos são
certificados, garantindo o reconhecimento pelo Ministério da Educação. As aulas
são presenciais, ministradas no Espaço Sócio-Cultural BarraShopping, composto por
duas salas de aula bem equipadas e com capacidade para 120 alunos. São utilizados
vídeos e livros da Fundação Roberto Marinho como material de apoio.
Com o sucesso já alcançado pelo projeto RepensaRH nos seus primeiros anos e
a reconhecida e crescente importância de seus resultados, a ação EstudaRH será
estendida aos demais shoppings da Multiplan. Em 2012, durante a publicação
deste relatório, o EstudaRH foi implantado no MorumbiShopping, com capacidade
para atender, inicialmente 70 alunos – 40 do ensino médio e 30 do fundamental
– e terá o SESI (Serviço Social da Indústria) como parceiro para a certificação. No
BarraShopping, atualmente, 80 alunos cursam o ensino médio em parceria com a
Secretaria de Educação do Estado Rio de Janeiro e a FOCO Projetos Pedagógicos.
GRI
LA6
157
158
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Segunda Casa e Elos
BH Shopping, DiamondMall e Pátio Savassi, os três empreendimentos da Multiplan
em Belo Horizonte, promovem o programa Segunda Casa, que tem como objetivo
a integração das suas equipes. Visa a incentivar o fortalecimento da cultura
organizacional, a proatividade, bem como a excelência operacional para o alcance
da máxima qualidade em todas as áreas e em todos os processos.
O BH Shopping e o DiamondMall, desenvolvem, ainda, conjuntamente o
Programa Elos, cujo objetivo é alinhar administração e funcionários das empresas
terceirizadas sob a mesma cultura organizacional, tendo como meta oferecer
atendimento personalizado a todos os clientes.
Os minicursos e eventos oferecidos pelo Programa Elos contam com o apoio
do Centro Universitário Newton Paiva nos aspectos pedagógico, metodológico
e didático. Esta é uma parceria que proporciona aos participantes a chance de
atualização e, consequentemente, melhores perspectivas e oportunidades.
Funcionário Nota 10
A Multiplan instituiu, em 2010, a premiação “Funcionário Nota 10” correspondente
a um salário mínimo para os colaboradores que se destacaram nas áreas de
manutenção, limpeza, estacionamento e segurança nos shopping centers que
administra.
Retail Club 2011
O Retail Club é um programa dos shopping centers da Multiplan para os lojistas que
apresenta as principais tendências do varejo, cases inovadores e uma abordagem
diferente sobre o negócio, capacitando suas equipes de vendas e gerências.
Antecipando uma tendência importante no mercado da educação corporativa, o
programa adotou em 2011 um modelo inovador de concepção, promoção, difusão e
aplicação do conhecimento.
Nos shopping centers da Multiplan em Minas Gerais, o Programa conta com a
Universidade Retail Club, certificada pelo Centro Universitário Newton Paiva, que
amarra todos os conceitos de informação, adequando, cada vez mais, o conteúdo às
necessidades do público.
O Retail Club atua apresentando palestras e minicursos de aprimoramento
com temas criteriosamente selecionados e sempre relacionados ao varejo, mas
com vistas a atender ao perfil de cada shopping. Em 2011 foram mais de 10 mil
participantes nos shoppings da Companhia, presentes em apresentações e cursos
sobre diferentes assuntos dentro das áreas de marketing, atendimento, gestão de
pessoas, tendências do varejo e comportamento do consumidor.
Lojistas do RibeirãoShopping em
treinamento do Retail Club
159
160
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Sumário do Conteúdo GRI
Indicadores GRI
Resposta / página
Observações
1. Estratégia e análise
1.1
Declaração do detentor do cargo com maior poder
de decisão sobre a relevância da sustentabilidade
para a organização
8 a 10
1.2
Descrição dos principais impactos, riscos e
oportunidades
58 a 89
Indicadores GRI
Resposta / página
3.9
Técnicas de medição de dados
As técnicas para medição
de dados utilizadas são
apresentadas no decorrer
do texto, juntamente com os
dados
3.10
Explicação das consequências de quaisquer
reformulações de informações fornecidas em
relatórios anteriores
Este é o primeiro relatório GRI
da Companhia
3.11
Mudanças significativas em comparação com anos
anteriores no que se refere a escopo, limite ou
métodos de medição aplicados no relatório
Este é o primeiro relatório GRI
da Companhia
3.12
Tabela que identifica a localização das informações
no relatório
160
3.13
Verificação externa dos dados
Com exceção das informações
econômico-financeiras, o
Relatório não passou por
verificação externa dos dados
2. Perfil Organizacional
2.1
Nome da organização
18
2.2
Principais marcas, produtos e/ou serviços
18 a 58
2.3
Estrutura operacional
24 a 27
2.4
Localização da sede
18
2.5
Número de países em que a organização opera
A Companhia opera somente
no Brasil
2,6
Tipo e natureza jurídica da propriedade
18
2.7
Mercados atendidos
12 e 13
4. Governança, Compromissos e Engajamento
2.8
Porte da organização
18 a 58
4.1
Estrutura de governança
94 a 97
2.9
Principais mudanças durante o período coberto
64 a 89
4.2
2.10
Prêmios recebidos no período
90 e 91
Indicação caso o presidente do mais alto órgão de
governança também seja um diretor executivo
O presidente do Conselho
de Administração é também
Presidente Executivo
4.3
Para organizações com uma estrutura de
administração unitária, declaração do número de
membros independentes ou não executivos do mais
alto órgão de governança
94
4.4
Mecanismos para que acionistas e empregados
façam recomendações ou deêm orientações ao mais
alto órgão de governança
Não há mecanismo formal
4.5
Relação entre remuneração para membros do mais
alto órgão de governança, diretoria executiva e
demais executivos e o desempenho da organização
94 a 97
4.6
Processos em vigor no mais alto órgão de
governança para assegurar que conflitos de
interesse sejam evitados
As operações envolvendo
partes relacionadas deverão
ser submetidas à aprovação do
Conselho de Administração e
acionistas da Companhia
3. Parâmetros para o Relatório
GRI
3.1
Período coberto pelo relatório
2
3.2
Data do relatório anterior mais recente
Este é o primeiro relatório GRI
da Companhia
3.3
Ciclo de emissão dos relatórios
2
3.4
Dados para contato
177
3.5
Processo para definição do conteúdo do relatório
2
3.6
Limite do relatório
2
3.7
Declaração sobre quaisquer limitações específicas
quanto ao escopo ou ao limite do relatório
Qualquer limitação em relação
ao escopo geral do relatório
será apresentada no decorrer
do texto, quando acontecer
3.8
Base para elaboração do relatório no que se refere a 20 a 23
joint ventures, subsidiárias, instalações arrendadas,
operações terceirizadas e outras organizações
3.12
S.A.
Observações
161
162
MULTIPLAN
Indicadores GRI
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Resposta / página
4.7
Processo para determinação das qualificações e
94 a 97
conhecimento dos membros do mais alto órgão de
governança para definir a estratégia da organização,
para questões relacionadas a temas econômicos,
sociais e ambientais
4.8
Declarações de missão e valores, códigos de conduta 11, 92 e 93
e princípios internos relevantes para o desempenho
econômico, ambiental e social, assim como estágio
de sua implementação
4.9
Procedimentos do mais alto órgão de governança
para supervisionar a identificação e gestão por
parte da organização do desempenho econômico,
ambiental e social
94 a 97
Processos para a auto avaliação do desempenho do
mais alto órgão de governança, especialmente com
respeito ao desempenho econômico, ambiental e
social
A Companhia não possui
processos formais para auto
avaliação do desempenho do
mais alto órgão de governança
4.11
Explicação de se e como a organização aplica o
princípio de precaução
65
4.12
Cartas, princípios ou outras iniciativas desenvolvidas
externamente de caráter econômico, ambiental e
social, que a organização subscreve ou endossa
129, 152 e 153
4.13
Participação significativa em associações e/ou
organismos nacionais/internacionais de defesa
em que a organização: possui assento em grupos
responsáveis pela governança corporativa; integra
projetos ou comitês; contribui com recursos de
monta além da taxa básica como organização
associada
29
4.14
Relação de grupos de stakeholders engajados pela
organização
142 a 145
4.15
Base para identificação e seleção de stakeholders
com os quais se engajar
142 a 145
4.16
Abordagens para o engajamento dos stakeholders,
incluindo sua frequência por tipo e grupo de
stakeholders
A Companhia mantém
relacionamento próximo
e diálogo contínuo com
seus públicos, porém,
não realizou consulta aos
stakeholders específica
para desenvolvimento desse
relatório
4.10
Observações
Indicadores GRI
Resposta / página
4.17
A Companhia mantém
relacionamento próximo
e diálogo contínuo com
seus públicos, porém,
não realizou consulta aos
stakeholders específica
para desenvolvimento desse
relatório
Principais temas e preocupações levantados por
meio do engajamento dos stakeholders e medidas
adotadas para tratá-los
Desempenho
Econômico – Informações sobre a forma de gestão econômica
Aspecto Desempenho Econômico
EC2
Implicações financeiras e outros riscos e
oportunidades para as atividades da organização
devido a mudanças climáticas
129
Aspecto Presença no Mercado
EC5
Variação da proporção do salário mais baixo
comparado ao salário mínimo local em unidades
operacionais importantes
O salário mais baixo pago
pela Companhia é, na média
de todas as suas unidades
operacionais, o equivalente a
1,15 vez o salário mínimo local
EC6
Políticas, práticas e proporção de gastos com
fornecedores locais em unidades operacionais
importantes
Na aquisição de materiais para
operação e construção de
seus shoppings, a Companhia
observa a oferta local para
atender à sua demanda e,
nos casos em que essa oferta
não a atenda, busca contratar
grandes empresas com redes
de distribuição nacional
Aspecto Impactos Econômicos Indiretos
EC8
Desenvolvimento e impacto de investimentos em
infraestrutura e serviços oferecidos, principalmente
para benefício público, por meio de engajamento
comercial, em espécie ou atividades pro bono
152 e 153
EC9
Identificação e descrição de impactos econômicos
indiretos significativos, incluindo a extensão dos
impactos
26, 27, 62, 63 e 154
Meio Ambiente – Informações sobre a forma de gestão ambiental
Aspecto Materiais
EN1
Materiais usados por peso ou volume
132 e 133
Observações
163
164
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Indicadores GRI
Resposta / página
EN2
132 e 133
Percentual dos materiais usados provenientes de
reciclagem
Aspecto Energia
EN3
Consumo de energia direta discriminado por fonte
de energia primária
134 e 135
EN5
Energia economizada devido a melhorias em
conservação e eficiência
134 e 135
EN6
Iniciativas para fornecer produtos e serviços com
baixo consumo de energia, ou que usem energia
gerada por recursos renováveis, e a redução na
necessidade de energia resultante dessas iniciativas
126 a 131, 134 e 135
EN7
Iniciativas para reduzir o consumo de energia
indireta e as reduções obtidas
134 e 135
Observações
Indicadores GRI
Resposta / página
EN23
Número e volume total de derramamentos
significativos
Não houve derramamento
significativo em 2011
EN24
Peso de resíduos transportados, importados,
exportados ou tratados considerados perigosos nos
termos da Convenção da Basiléia - Anexos I, II, III
e VIII, e percentual de carregamentos de resíduos
transportados internacionalmente
138 e 139
EN25
Identificação, tamanho, status de proteção e índice
de biodiversidade de corpos d’água e habitats
relacionados significativamente afetados por
descartes de água e drenagem realizados pela
organização relatora
136 e 137
Aspecto Produtos e Serviços
EN26
Aspecto Água
EN8
Total de água retirada por fonte
136 e 137
EN9
Fontes hídricas significativamente afetadas por
retirada de água
136 e 137
EN10
Percentual e volume total de água reciclada e
reutilizada
136 e 137
Aspecto Biodiversidade
EN11
Iniciativas para mitigar os impactos ambientais de
produtos e serviços e a extensão da redução desses
impactos
126 a 131
Aspecto Transporte
EN29
Impactos ambientais significativos do transporte de
produtos e outros bens e materiais utilizados nas
operações da organização, bem como do transporte
dos trabalhadores
129
Social: Práticas Trabalhistas e Trabalho Decente – Informações sobre a forma de gestão social
Localização e tamanho da área possuída, arrendada
ou administrada dentro de áreas protegidas,
ou adjacentes a elas, e áreas de alto índice de
biodiversidade fora das áreas protegidas
140 e 141
Descrição dos impactos significativos na
biodiversidade de atividades, produtos e serviços
em áreas protegidas e em áreas de alto índice de
biodiversidade fora das áreas protegidas
140 e 141
EN13
Habitats protegidos ou restaurados
140 e 141
EN14
Estratégia, medidas em vigor e planos futuros para a 140 e 141
gestão de impactos na biodiversidade
EN12
Observações
Aspecto Emissões, Efluentes e Resíduos
EN18
Iniciativas para reduzir as emissões de gases
causadores do efeito estufa e as reduções obtidas
128 a 131
EN21
Descarte total de água, por qualidade e destinação
136 e 137
EN22
Peso total de resíduos, por tipo e método de
disposição
138 e 139
Aspecto Emprego
LA1
Total de trabalhadores por tipo de emprego, contrato 154
de trabalho e região
LA2
Número total e taxa de rotatividade de empregados
por faixa etária, gênero e região
154
LA3
Benefícios oferecidos a empregados de tempo
integral que não são oferecidos a empregados
temporários ou em regime de meio período,
discriminados pelas principais operações
154
Aspecto Relações entre os Trabalhadores e a Governança
LA4
Percentual de empregados abrangidos por acordos
de negociação coletiva
Todos os empregados da
Companhia são abrangidos por
negociações coletivas de seus
respectivos sindicatos
LA5
Prazo mínimo para notificação com antecedência
referente a mudanças operacionais, incluindo se
esse procedimento está especificado em acordos de
negociação coletiva
A Companhia avalia caso a caso
a necessidade de antecedência
na notificação
165
166
MULTIPLAN
Indicadores GRI
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Resposta / página
Aspecto Segurança e Saúde no Trabalho
LA6
LA8
Observações
Indicadores GRI
Percentual de empregados representados em
comitês formais de segurança e saúde, compostos
por gestores e trabalhadores, que ajudam no
monitoramento e aconselhamento sobre programas
de segurança e saúde ocupacional
156
Programas de educação, treinamento,
aconselhamento, prevenção e controle de risco em
andamento para dar assistência a empregados, seus
familiares ou membros da comunidade com relação
a doenças graves
155
HR4
Número total de casos de discriminação e as
medidas tomadas
Não foram registrados casos de
discriminação
Aspecto Liberdade de Associação e Negociação Coletiva
HR5
Operações identificadas em que o direito de exercer
a liberdade de associação e a negociação coletiva
pode estar correndo risco significativo e as medidas
tomadas para apoiar esse direito
Não foram registradas
operações nesse sentido
Aspecto Trabalho Infantil
HR6
LA10
Média de horas de treinamento por ano, por
empregado, discriminadas por categoria funcional
155
LA11
Programas para gestão de competências e
aprendizagem contínua que apoiam a continuidade
da empregabilidade dos funcionários e para
gerenciar o fim da carreira
155
HR7
Proporção de salário base entre homens e mulheres, A Companhia não faz distinção
por categoria funcional
de gêneros na remuneração,
que se diferencia apenas entre
cargos, seguindo os princípios
de meritocracia
Operações identificadas como de risco significativo
de ocorrência de trabalho infantil e as medidas
tomadas para contribuir para a abolição do trabalho
infantil
Não foram registradas
operações nesse sentido
Aspecto Trabalho Forçado ou Análogo ao Escravo
Aspecto Diversidade e Igualdade de Oportunidades
Operações identificadas como de risco significativo
de ocorrência de trabalho forçado ou análogo ao
escravo e as medidas tomadas para contribuir para
a erradicação do trabalho forçado ou análogo ao
escravo
Não foram registradas
operações nesse sentido
Aspecto Práticas de Segurança
HR8
Social: Direitos Humanos – Informações sobre a forma de gestão social
Porcentagem do pessoal de segurança submetido
a treinamento nas políticas ou procedimentos
da organização relativos a aspectos de direitos
humanos que sejam relevantes às operações
155
Aspecto Práticas de Investimento e de Processos de Compra
HR1
HR2
HR3
Percentual e número total de contratos de
investimentos significativos que incluam cláusulas
referentes a direitos humanos ou que foram
submetidos a avaliações referentes a direitos
humanos
Os contratos da Companhia
incluem cláusulas referentes
ao cumprimento de obrigações
trabalhistas pelo fornecedor
e conhecimento do código de
ética da Multiplan
Percentual de empresas contratadas e fornecedores Eventual e aleatoriamente
críticos que foram submetidos a avaliações
os fornecedores têm o
referentes a direitos humanos e as medidas tomadas cumprimento das cláusulas do
contrato avaliado
Total de horas de treinamento para empregados
em políticas e procedimentos relativos a aspectos
de direitos humanos relevantes para as operações,
incluindo o percentual de empregados que recebeu
treinamento
Observações
Aspecto Não Discriminação
Aspecto Treinamento e Educação
LA14
Resposta / página
Aspecto Direitos Indígenas
HR9
Número total de casos de violação de direitos dos
povos indígenas e medidas tomadas
Não foram registrados casos de
violação de direitos dos povos
indígenas
Social: Sociedade – Informações sobre a forma de gestão social
Aspecto Comunidade
SO1
155
Natureza, escopo e eficácia de quaisquer programas
e práticas para avaliar e gerir os impactos das
operações nas comunidades, incluindo a entrada,
operação e saída
152 e 153
Aspecto Políticas Públicas
SO5
Posições quanto a políticas públicas e participação
na elaboração de políticas públicas e lobbies
152 e 153
Todo o pessoal
de segurança
é submetido a
treinamentos
sobre direitos
humanos
167
168
MULTIPLAN
Indicadores GRI
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Resposta / página
Aspecto Conformidade
SO8
Valor monetário de multas significativas e número
total de sanções não monetárias resultantes da nãoconformidade com leis e regulamentos
Não houve multa ou sanção
não monetária em 2011
Social: Responsabilidade pelo Produto – Informações sobre a forma de gestão social
Aspecto Saúde e Segurança do Cliente
PR1
Fases do ciclo de produtos e serviços em que os
impactos na saúde e segurança são avaliados
visando melhoria, e o percentual de produtos e
serviços sujeitos a esses procedimentos
126 a 129
Aspecto Rotulagem de Produtos e Serviços
PR5
Práticas relacionadas à satisfação do cliente,
incluindo resultados de pesquisas que medem essa
satisfação
143
Aspecto Comunicações de Marketing
PR6
Programas de adesão às leis, normas e códigos
voluntários relacionados a comunicações de
marketing, incluindo publicidade, promoção e
patrocínio
A Companhia segue a
regulamentação de marketing
específica dos locais em que
atua
PR7
Número total de casos de não-conformidade com
regulamentos e códigos voluntários relativos a
comunicações de marketing, incluindo publicidade,
promoção e patrocínio, discriminados por tipo de
resultado
Não foram registrados casos
de não-conformidade nesse
sentido
Aspecto Privacidade do Cliente
PR8
Número total de reclamações comprovadas relativas
à violação de privacidade e à perda de dados de
clientes
Não foram registradas
reclamações nesse sentido
Observações
169
170
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
GLOSSÁRIO
ABL: Área Bruta Locável, que corresponde
ao somatório de todas as áreas disponíveis
para a locação nos shopping centers, exceto
merchandising.
ABL Própria: ou ABL da companhia ou ABL
Multiplan, refere-se à ABL total ponderada pela
participação da Multiplan em cada shopping.
ABL Própria Esperada: ABL correspondente
à participação da Companhia nos projetos em
desenvolvimento.
Aluguel Complementar: É a diferença (quando
positiva) entre o aluguel mínimo e o aluguel
com base em porcentagem de vendas paga
como aluguel, conforme definida em contrato.
Aluguel Dobrado: Aluguel extra cobrado
normalmente em dezembro da maioria
dos locatários, devido às maiores vendas
promovidas pelo natal, além de maiores
despesas incorridas nesta época do ano.
Aluguel na Mesma Área (na sigla em inglês
SAR): É a relação entre o aluguel faturado em
uma mesma área no ano anterior com o ano
atual menos a taxa de vacância.
Aluguel nas Mesmas Lojas (na sigla em
inglês SSR): Aluguel faturado de lojas em
operação há mais de um ano.
Aluguel Mínimo (ou Aluguel-Base): É o
aluguel mínimo do contrato de locação de um
lojista. Caso um lojista não tenha contratado
um aluguel-base, o aluguel mínimo será uma
porcentagem de suas vendas.
Banco de Terrenos: Terrenos adquiridos pela
Multiplan para empreendimentos futuros.
Brownfield: projetos de expansões em
shopping centers existentes.
CAGR: Compounded Annual Growth Rate. Taxa
Composta de Crescimento Anual. Corresponde à
taxa média de crescimento em bases anuais.
CAPEX: Capital Expenditure. É a estimativa
do montante de recursos a ser desembolsado
para o desenvolvimento, expansão ou melhoria
de um ativo. O valor capitalizado representa
a variação do ativo permanente, imobilizado,
intangível, propriedades para investimento e
depreciação.
CDI: Certificado de Depósito Interbancário.
Certificados emitidos pelos bancos para geração
de liquidez. Sua taxa média de 1 (um) dia,
anualizada, é utilizada como referência para as
taxas de juros da economia brasileira.
Cessão de Direitos (CD): Cessão de Direitos
é o valor pago pelo lojista para ingressar no
shopping center. O contrato de cessão de
direitos, quando assinado, é reconhecido
na conta de receita diferida e na conta de
recebíveis, mas sua receita é reconhecida
na conta de receita de cessão de direitos em
parcelas lineares, somente no momento de
uma abertura, pelo período do contrato de
locação. Cessão de Direitos não recorrentes
refere-se a contratos de lojas novas em
novos empreendimentos ou expansões
(inaugurados nos últimos 5 anos). Cessão de
Direitos “Operacional” refere-se a lojas que
estão mudando em um shopping center já em
funcionamento.
Debênture: instrumento de dívida emitido
pelas companhias para captação de recursos.
As debêntures da Multiplan são do tipo não
conversíveis, significando que não podem ser
convertidas em ações. Além disso, o titular da
debênture não tem direito a voto.
Despesas com Novos Projetos para Locação:
Despesas pré-operacionais, atreladas a
projetos greenfield e expansões, referem-se à
parte do CAPEX contabilizada como despesa
na demonstração de resultados, conforme
estabelecido no pronunciamento CPC 04
em 2009.
Despesas com Novos Projetos para Venda:
Despesas pré-operacionais, geradas nas
operações de desenvolvimento imobiliário para
venda, referem-se à parte do CAPEX contabilizada
como despesa na demonstração de resultados,
conforme pronunciamento CPC 04 em 2009.
EBITDA: Earnings Before Interest, Tax,
Depreciation and Amortization. Lucro (prejuízo)
líquido adicionado das despesas com IRPJ
e CSLL, resultado financeiro, depreciação
e amortização. O EBITDA não possui uma
definição única, e sua definição pode não ser
comparável ao EBITDA utilizado por outras
companhias.
Custo de Ocupação: É o custo de locação
de uma loja como porcentagem das vendas.
Inclui o aluguel e outras despesas (despesas de
condomínio e fundo promocional).
Efeito da Linearidade: Método contábil
que tem como objetivo retirar a volatilidade
e sazonalidade das receitas de aluguel. O
reconhecimento contábil da receita de locação,
incluindo o aluguel dobrado e reajustes
contratuais quando aplicáveis, é baseado na
linearização da receita durante o prazo do
contrato independente do prazo de recebimento.
Crescimento Orgânico: Crescimento da receita
que não seja oriundo de aquisições, expansões
e novos empreendimentos apurados no período
em questão.
Efeito do reajuste no IGP-DI: É a média
ponderada do aumento mensal do IGP-DI com
um mês de atraso, dividida pela porcentagem
da ABL ajustada no respectivo mês.
EPS: Earnings per Share. Ganhos por Ação;
constitui-se do Lucro Líquido dividido pelo
número total de ações da companhia.
Equivalência Patrimonial: A contabilização
do resultado da participação societária em
coligadas é demonstrada na demonstração do
resultado da controladora como equivalência
patrimonial, representando o lucro líquido
atribuível aos acionistas da coligada.
FFO (Fluxo de Caixa Operacional): É a soma
do Lucro Líquido Ajustado, depreciação e
amortização.
Greenfield: Desenvolvimento de novos projetos
de shopping centers.
IBGE: Instituto Brasileiro de Geografia e
Estatística.
IGP-DI (Índice Geral de Preços Disponibilidade Interna): Índice de inflação
apurado pela Fundação Getúlio Vargas, com
período de coleta do primeiro ao último dia do
mês de referência e divulgação próxima ao dia
20 do mês posterior. Possui a mesma composição
do IGP-M (Índice Geral de Preços do Mercado),
diferenciando-se apenas o período de coleta.
IPCA (Índice de Preços ao Consumidor
Amplo): Calculado pelo Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística, é o indicador nacional de
inflação controlado pelo Banco Central do Brasil.
Lojas Âncora: Grandes lojas conhecidas pelo
público, com características estruturais e
mercadológicas especiais, que funcionam como
força de atração de consumidores, assegurando
permanente afluência e trânsito uniforme
destes em todas as áreas do shopping center.
As lojas devem ter mais de 1.000 m² para serem
consideradas âncoras.
171
172
MULTIPLAN
Lojas Satélite: Pequenas lojas, sem
características estruturais e mercadológicas
especiais, localizadas no entorno das Lojas
Âncora e destinadas ao comércio em geral.
Lucro Líquido Ajustado: Lucro Líquido
Ajustado pelas despesas não recorrentes com
o IPO, custos de reestruturação e amortizações
de ágio provenientes de aquisições e fusões
(incluindo impostos diferidos).
Margem EBITDA: EBITDA dividido pela Receita
Líquida.
Margem NOI: NOI (Net Operating Income)
dividido pela receita de locação e receita líquida
de estacionamento.
Merchandising: É todo tipo de locação em
um shopping não vinculada a uma área da ABL
do shopping. Merchandising inclui receitas de
quiosques, stands, cartazes, locação de espaços
em pilares, portas e escadas rolantes, entre
outros pontos de exposição em um shopping.
Mix de Lojistas: Composição estratégica das
lojas definida pelo administrador dos shoppings.
Multiuso: Estratégia baseada no
desenvolvimento de empreendimentos
residenciais e torres comerciais em áreas
próximas aos shoppings.
Participação Minoritária: Resultado das
empresas controladas que não correspondem
à participação da companhia controladora e,
consequentemente, é deduzido do resultado da
mesma.
Receitas Diferidas: Cessão de Direitos diferida
e despesas com recompra de lojas.
Receita de Estacionamento: resultado
líquido da receita de estacionamento menos os
valores repassados aos sócios da Multiplan nos
shopping centers e condomínios.
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Resultado Operacional Líquido: Net
Operating Income, ou NOI. Refere-se à soma
do resultado operacional (receita de locação
e despesas do shopping) e o resultado das
operações de estacionamento (receitas e
despesas). Impostos sobre receita não são
considerados. O NOI+CD também inclui a receita
de cessão de direitos.
Segmentos de Shopping Centers:
Praça de Alimentação & Área Gourmet
Inclui operações de fast food e restaurantes
Diversos
Cosméticos, livrarias, cabeleireiros, lojas para
animais etc.
Taxa de Ocupação: ABL locada dividida pela
ABL total.
Artigos para o lar e escritório
Lojas de aparelhos eletrônicos, decoração, arte,
materiais para escritório etc.
Taxa de Administração: Tarifa cobrada aos
locatários e aos demais sócios do shopping para
custear a administração do shopping.
Serviços
Centros esportivos, centros de lazer, teatros,
salas de cinema, centros médicos, bancos etc.
TJLP: Taxa de Juros de Longo Prazo – custo
usual de financiamento apurado pelo BNDES
Vestuário
Lojas de roupas, calçados e acessórios
femininos e masculinos
TR: Taxa Referencial – Taxa média de juros
utilizada pelo mercado.
Turnover (giro): Consiste na ABL locada no
período dividida pela ABL total.
Vacância: Área bruta locável no shopping
disponível para ser alugada.
Vendas: Vendas declaradas pelas lojas em cada
um dos shoppings.
Vendas na Mesma Área (na sigla em inglês
SAS): É a relação entre as vendas em uma
mesma área no ano anterior e o ABL da área
menos a taxa de vacância.
Vendas nas Mesmas Lojas (na sigla em
inglês SSS): Vendas de lojas em operação há
mais de um ano.
VGV (Valor Geral de Vendas): Referese ao total de unidades à venda em um
empreendimento imobiliário multiplicado pelo
valor de tabela de cada uma.
173
174
MULTIPLAN
Relatório Anual e de Sustentabilidade 2011
Créditos
Textos
In Press Porter Novelli
Consultoria GRI
Ricca
Projeto gráfico, diagramação
e produção gráfica
In Press Porter Novelli
Revisão
In Press Porter Novelli
Tradução
Ricca
Global Reporting Initiative
Pela primeira vez, a Multiplan elaborou seu Relatório de Sustentabilidade anual
de acordo com as Diretrizes GRI. Esse padrão internacional para a elaboração de
relatórios de sustentabilidade foi criado em 2006 para ampliar a transparência do
reporte das empresas e permitir a comparabilidade entre elas e entre períodos.
Este relatório abrange os requisitos relacionados ao Nível C de aplicação das
diretrizes, apresentando informações relacionadas ao perfil da Companhia,
governança corporativa e gestão e desempenho econômico e socioambiental da
Multiplan e todas as suas controladas em 2011.
Os indicadores são relacionados no Índice GRI, que aponta o trecho do texto em que
as informações podem ser encontradas.
Fotografia
Dario Zalis e acervo Multiplan
175
Informações corporativas
“As informações e as declarações apresentadas neste relatório
contém considerações referentes às perspectivas de negócios, que
estão sujeitas a riscos e incertezas. Tais considerações refletem as
crenças e as perspectivas de administração e as informações às
quais a Multiplan tem acesso. As declarações sobre o futuro não são
garantias de desempenho, e as condições dependem, sobretudo, das
circunstâncias políticas governamentais, econômicas e de mercado,
bem como de fatores operacionais. Portanto, resultados futuros das
empresas do Grupo poderão diferir significativamente das atuais
expectativas.”
Escritórios
Rio de Janeiro
Av. das Américas, 4200
bloco 2 – 5º andar duplex
Centro Empresarial BarraShopping
Barra da Tijuca
Tel.: (21) 3031-5200
CEP: 22640-102
São Paulo
Av. Roque Petroni Júnior, 1089 – sala 1109
Centro Profissional MorumbiShopping – Morumbi
Tel.: (11) 3529-2535
CEP: 04707-900
www.multiplan.com.br/ri
[email protected]
GRI
3.4

Documentos relacionados