João Barbosa termina em quarto devido a três penalizações

Сomentários

Transcrição

João Barbosa termina em quarto devido a três penalizações
Página Oficial da ACDME
João Barbosa termina em quarto devido a três penalizações
21-Nov-2009
Actualizado em 21-Nov-2009
{moshits} Visitas
{mosimage ch=99}
Não houve chuva ou temperaturas mais baixas que colocassem travão ao andamento de João Barbosa na derradeira
jornada do V de V que neste fim-de-semana a ACDME trouxe até ao Circuito do Estoril. Contudo, o piloto luso, que fez
tripla com o britânico Martin Short e com o gaulês Tony Samon aos comandos de um Mosler MT 900, acabou por ver a
sua prova afectada por três incumprimentos de regulamento que o fizeram concluir a corrida de seis horas na quarta
posição.
Os pilotos da Mosler Europe dominaram três das quatro sessões de treinos livres e assinaram a pole position com mais
de 1,8s sobre o rival mais próximo, dando a entender que eram os claros alvos a bater na corrida. E a verdade é que até
começaram com ritmo muito forte, sendo mesmo os únicos a rodar abaixo dos dois minutos na prova, mas uma
ultrapassagem entre bandeiras amarelas levou a uma penalização de passagem pela via de boxes.
Ainda assim, a tripla de Barbosa não ficou desde logo fora da luta pelo triunfo. Isso só viria a acontecer devido a dois
excessos de velocidade na via de boxes que ditaram outras tantas passagens pelo Pit Lane. A juntar a estas, a formação
somou ainda mais quatro idas às boxes para as necessárias trocas de pilotos e abastecimentos, o que levou a um
desapontante quarto posto final. Ainda assim, Barbosa teve como prémio de consolação o segundo posto entre os
homens da classe GTV2 e a vitória entre os lusos.
{mosimage ch=99}
Enquanto isso, a Nourry Competittion acabou por ser a grande beneficiada do contratempo da tripla de Barbosa. Eric
Mouez, David Lorger e Michel Nourry partiram do terceiro posto da grelha com o seu Porsche 997 Cup S levando a cabo
tirada regular e só ao fim de pouco mais de quatro horas lograram ascender ao segundo posto. Depois disso a tripla
aumentou o ritmo para atacar a liderança, mas uma paragem muito tardia nas boxes ditou queda na classificação. Ainda
assim, Mouez, Lorger e Nourry lograram recuperar para garantirem o triunfo à geral e na GTV2.
No intermédio do pódio ficaram Bernard Moreau/Miguel Langin/Jean-Charles Levy, da Polybaie. Sextos à partida e tendo
mesmo chegado a rodar em sétimo, os homens do Porsche 996 RSR chegaram mesmo a liderar depois das
penalizações de Barbosa, mas ao cair do pano viram-se batidos pela Nourry Competittion o que, ainda assim, não lhes
retirou a vitória na GTV1.
Mais atrás ficou a dupla da Speedlover, composta por Oscar Slingerland e Markus Palttala (Porsche 997 Cup), que
beneficiou de uma ida às boxes de última hora da IMSA Performance Matmut (Christophe Bourret, Pascal Gibon e
Raymond Narac – Porsche 997 Cup) para ascender ao terceiro posto absoluto e assim garantir o triunfo na GTV3.
Já Manuel Ferreira (Mosler MT 900), com Ludovic Bour e Eric V de V, foi oitavo da geral, segundo entre os lusos, e
Manuel Monteiro (Porsche 997 Cup), com Fabrice Notari e Philippe Burel, foi nono.
http://www.acdme.com
Produzido em Joomla!
Criado em: 1 October, 2016, 02:35