BULA DIAZEN .ai

Сomentários

Transcrição

BULA DIAZEN .ai
BULA DIAZEN .ai
1
28/07/11
10:40
USO VETERINÁRIO
Injetável
VA02
ATENÇÃO – OBEDECER AOS SEGUINTES PERÍODOS DE CARÊNCIA
BOVINOS:
ABATE: O ABATE DOS ANIMAIS TRATADOS SOMENTE DEVE SER REALIZADO 30 DIAS APÓS
A ÚLTIMA APLICAÇÃO
LEITE: ESTE PRODUTO NÃO DEVE SER APLICADO EM BOVINOS PRODUTORES DE LEITE
PARA O CONSUMO HUMANO
EQUINOS:
ABATE: O ABATE DOS ANIMAIS TRATADOS SOMENTE DEVE SER REALIZADO 30 DIAS APÓS
A ÚLTIMA APLICAÇÃO
A UTILIZAÇÃO DO PRODUTO EM CONDIÇÕES DIFERENTES DAS INDICADAS NESTA BULA PODE
CAUSAR A PRESENÇA DE RESÍDUOS ACIMA DOS LIMITES APROVADOS, TORNANDO O ALIMENTO
DE ORIGEM ANIMAL IMPRÓPRIO PARA O CONSUMO HUMANO.
PREVENÇÃO E TRATAMENTO DA BABESIOSE E ANAPLASMOSE
FÓRMULA:
Cada 100 mL contém:
Dipropionato de imidocarb ..................................................................................................... 12,0 g
Veículo q. s. p. .................................................................................................................100,0 mL
C
M
Y
CM
INDICAÇÕES:
DIAZEN é indicado para o tratamento preventivo e curativo dos seguintes agentes etiológicos:
Bovinos – Anaplasma marginale, Babesia bovis e Babesia bigemina
Equinos – Babesia equi e Babesia caballi
Caninos – Babesia canis
Diazen também é usado para controlar reações excessivas desencadeadas por vacinas
sanguíneas de Babesia e Anaplasma.
POSOLOGIA E MODO DE USAR:
Bovinos: Nas infecções mistas por Babesia e Anaplasma (Tristeza Parasitária), a dose recomendada
de Diazen para bovinos é de 1 mL/40 kg de peso corporal, por via subcutânea em dose única.
MY
CY
CMY
K
DIAZEN (mL)
1
2
3
4
5
6
7
8
PESO (kg)
40
80
120
160
200
240
280
320
DIAZEN (mL)
9
10
11
12
13
14
15
PESO (kg)
360
400
440
480
520
560
600
Em casos de vacinas sanguíneas de Babesia e Anaplasma, devido ao curto período de
incubação, os sintomas da babesiose aparecerão nos primeiros dias após o início da premunição
e poderão ser controlados com administração de 1,0 mL de Diazen/100 kg de peso corporal em
dose única. Esta aplicação retardará o período de incubação da anaplasmose, que poderá
manifestar-se algumas semanas mais tarde. Se os sinais clínicos forem excessivos, a dose a ser
administrada deverá ser 2,5 mL/100 kg de peso corporal. No caso de babesiose confirmada em
laboratório, a dose recomendada é de 1 mL/100 kg de peso corporal. Não repetir o tratamento
antes de decorrido o prazo de 7 dias de aplicação. No caso de anaplasmose confirmada em
laboratório, a dose recomendada é de 1 mL/40 kg de peso corporal. Não repetir o tratamento
antes de decorrido o prazo de 7 dias de aplicação.
Quimioprofilaxia: é recomendada quando animais susceptíveis são introduzidos em áreas
com presença de carrapatos e de babesiose. Nestes casos, deve-se administrar Diazen na
dosagem de 2,5 mL para cada 100 kg de peso corporal, imediatamente ou no período máximo
de 7 dias após a entrada dos animais. Quando bovinos susceptíveis são introduzidos em áreas
de incidência de anaplasmose deve-se administrar o produto tão logo apareçam os primeiros
sinais da doença na dosagem de 2,5 mL/100 kg de peso corporal.
BULA DIAZEN .ai
2
28/07/11
Injetável
10:40
USO VETERINÁRIO
A aplicação do Diazen durante o período de incubação da anaplasmose inibe o desenvolvimento
de resistência natural do hospedeiro. Para o desenvolvimento da resistência natural é necessário
que os bovinos entrem em contato com os agentes causais dessas doenças que são
transmitidas principalmente pelos carrapatos. Em casos de infecções mistas ou quando não se
conhece o agente causador do quadro clínico, os bovinos devem receber o produto na dose de
2,5 mL/100 kg de peso corporal. Neste caso, os animais estarão protegidos por um período de
28 dias após a aplicação. A repetição do tratamento pode ser feita de acordo com o médico
veterinário.
Equinos: A dose recomendada para equinos é de 1 mL/ 50 kg de peso corporal, por via
intramuscular em dose única. Caso os sintomas da babesiose persistam, o tratamento pode ser
repetido após 24 horas da última aplicação. Para fins profiláticos, pode-se utilizar a dose de
1 mL/50 kg de peso corporal. Neste caso, os animais estarão protegidos por até um mês após a
aplicação do produto. A duração e a repetição do tratamento podem ser alterados a critério do
Médico Veterinário.
Caninos: A dose recomendada para cães é de 0,5 mL/10 kg de peso corporal, por via
subcutânea em uma única aplicação. Como tratamento preventivo, utilizar a dose única de
0,2 mL/10 kg de peso corporal. Neste caso, os animais estarão protegidos por até 15 dias
após a aplicação do produto. O tratamento não deve ser repetido antes de decorridos 7 dias
da primeira aplicação. A duração e a repetição do tratamento podem ser alterados a critério
do Médico Veterinário.
C
M
Y
CM
MY
CY
CMY
PRECAUÇÕES:
• Não exceder a dosagem recomendada;
• Bovinos tratados com Diazen não devem receber vacina sanguínea antes de decorridos
28 dias de aplicação;
• Não jogar embalagens vazias ou restos do produto em mananciais, lagos ou rios;
• Evitar contato do produto com a pele e mucosas. Caso isto ocorra, lavar o local afetado várias
vezes com água e sabão;
• Não guardar ou aplicar junto de alimentos, bebidas, produtos de higiene e produtos
domésticos.
EFEITOS ADVERSOS:
• Bovinos, equinos e cães podem apresentar leves sintomas colinérgicos, como salivação,
lacrimejamento e cólica passageira, após o tratamento com Diazen. Nestes casos, utilizar
sulfato de atropina.
OBSERVAÇÃO:
Após a aplicação do produto, observou-se uma pequena incidência de edemas
teciduais no local da injeção. Tais reações não prejudicam a ação do produto, nem causam
problemas aos animais desaparecendo sem nenhum tratamento.
K
CONTRAINDICAÇÕES:
• Animais tratados com inseticidas à base de organofosforados, não devem ser tratados
simultaneamente com Diazen;
• Este produto não deverá ser usado por via intravenosa.
APRESENTAÇÃO: Frascos de vidro contendo 15 mL.
206100121
CONSERVAR EM LOCAL SECO E FRESCO, AO ABRIGO DA LUZ, FORA DO ALCANCE DE
CRIANÇAS E ANIMAIS DOMÉSTICOS.
VENDA SOB PRESCRIÇÃO DO MÉDICO VETERINÁRIO.
Licenciado no Ministério da Agricultura sob o nº 8.938 em 09/08/2004
Resp. Téc. Médica Veterinária:
HELOIZA HELENA BALIZA PEREIRA
CRMV - MG Nº 2211
Proprietário e Fabricante:
VALLÉE S/A PRODUTOS VETERINÁRIOS
Av. Comendador Antônio Loureiro Ramos, 1500
Distrito Industrial - Montes Claros-MG
CNPJ 20.557.161/0001-98
Indústria Brasileira
DISQUE

Documentos relacionados

Fórmula: Cada 100 mL contém: Imidocarb (dipropionato

Fórmula: Cada 100 mL contém: Imidocarb (dipropionato Na premunição: Como a babesiose tem período de incubação mais curto, seus sintomas são os primeiros a aparecer. A dose recomendada para controle da babesiose é de 1 mL para cada 100 kg de peso, ou ...

Leia mais

Controle/Profilaxia da Tristeza Parasitária Bovina

Controle/Profilaxia da Tristeza Parasitária Bovina anterior mas nem por isto benigna, que leva a uma anemia intensa. Não se apresenta na anaplasmose. ü icterícia é mais intensa e comum na anaplasmose, que é um quadro menos agudo, mas não menos viru...

Leia mais

Imizol - MSD Animal Health

Imizol - MSD Animal Health Têm sido efetuados estudos farmacocinéticos com o dipropionato de imidocarb que demonstram que esta substância ativa tem uma duração prolongada de ação, resultante da sua ligação às proteínas plasm...

Leia mais