2º dia de campo

Сomentários

Transcrição

2º dia de campo
2º DIA DE CAMPO PAF -PAC
“Sustentabilidade no Campo”
ALFACE
COUVE
REPOLHO
BETERRABA
BERINGELA
2
Guia de implantação da horta orgânica
Transferência de tecnologia para agricultura familiar.
MATERIAIS A COMPOSTAR
PIMENTO
4
CENOURA
VERDES
MARRONS
NÃO
COMPOSTAR
CEBOLA
QUIABO
PEPINO
TOMATE
1
3
5
5 METROS
TERRENOS:
MÉDIO ARGILOSOS
DENSIDADE DA MATA
CAMADA VEGETAL
DISPONIBILIDADE
ÁGUA
IMPORTANTE:
Plantio em faixas.
Meter cinza nos canteiros semanalmente (repelente e adubo).
Plantio de adubos verdes: jimboa, feijão, feijão macunde,
crotalária e leucena.
Manter a vegetação espontânea em faixas ou podadas entre
canteiros.
Cobertura do solo com capim podado.
Plantas de defensivos orgânicos: tabaco, gindungo, cravo,
hortelã, alho de quimbundo e girassol.
Para criar e manter fertilidade:
Manter uma camada fotossintetizante ativa
100% do tempo
Manter uma trama radicular densa e ativa
100% do tempo
Manter uma camada generosa de detritos
sobre o solo 100% do tempo
Maximizar a biodiversidade
Restos de vegetais crus
Palha
Tinta
Restos e cascas de
Aparas de madeira e
frutos
serradura
Pilha ou bateria
Folhas e ramos de
Resíduos de cultura de
Produtos
mandioca e de
feijão, de amendoim, e
químicos
bananeira
de milho)
Ramos pequenos e
Borras de café e chá
restos de capim
Metal
Restos de comida sem
Folhas verdes
fritura e sem carne
Plástico
Cascas de ovos
esmagadas
Folhas secas
Medicamentos
Esterco de boi, galinha,
Cinzas de carvão
Vidro
coelho e cabrito
1.
O modelo baseado na produção familiar orientado neste Dia de Campo
promove a melhor alimentação, através de uma produção diversificada,
com geração de riquezas e oportunidade de aumento da renda.
2.
Transferência de tecnologia vinculado a educação pelo trabalho com
implantação de boas práticas agrícolas abordadas pela produção orgânica.
3.
Sendo a mulher a principal força de trabalho na agricultura familiar, esta
tecnologia proporciona ferramentas para o enpoderamento da mulher
com impactos positivos na família e na sua autoestima.
4.
A produção diversificada de hortaliças propicia a inclusão na dieta
alimentar das crianças de novos alimentos como fontes de vitaminas, fibras
e minerais.
5.
A inclusão na dieta alimentar de novos alimentos como fontes de
vitaminas, fibras e minerais pela diversificação de hortaliças também
contribui para a gestação saudável.
6.
O consumo de hortaliças diversificadas, por suas características de função
reguladora, preveni as doenças carenciais. Além disso, a tecnologia
orgânica elimina o risco de contaminação dos agricultores, suas famílias e
consumidores.
7.
Substituição do extrativismo pela produção própria de forma sustentável
através da tecnologia orgânica com a versatilidade do manejo dos recursos
agrícolas disponíveis, em harmonia com a natureza.
8.
A melhor forma de evitar a exclusão social é associar a produção orgânica
com a agricultura familiar a partir da proposta de desenvolvimento rural
sustentável, fortificando produtores para a cooperação.
Apoio:
www.sodepacangola.com
2º DIA DE CAMPO
A
SODEPAC – Sociedade de Desenvolvimento do Pólo Agro-industrial de Capanda apresenta o
2º DIA DE CAMPO PAF - PAC sob o lema: “Sustentabilidade no Campo” e pretende mostrar in loco,
uma horta produtiva, com ferramentas e conceitos necessários para que os produtores parceiros
do Programa de Agricultura Familiar vejam na prática os caminhos que devem tomar para a
realização de uma horta totalmente viável economicamente, socialmente segura e
ambientalmente favorável. Este Dia busca apresentar:
 Pequenas áreas trabalhadas para ocupação e geração de renda com a mão de obra familiar;
 Geração de riquezas pela alimentação e comercialização de seus produtos; e
 Saúde para a família através da diversidade alimentar gerados pela produção orgânica.
BOAS PRÁTICAS AGRÍCOLAS:
1. Plantas espontâneas – indicadoras da qualidade do solo.
2. Uso racional da água.
3. Manutenção de matas nativas.
4. Camada de matéria orgânica viva e ativa nos solos da horta - utilizar cobertura morta.
5. Biodiversidade pela variedade (horta e lavras).
6. Cultivo em nível e em faixas.
7. Controle fisiológico da planta através do espaçamento, consórcio, e uso de quebra-ventos.
8. Planejar a rotação de talhão e o uso de plantas de adubo verde.
9. Técnicas alternativas no controle de pragas/doenças: uso de defensivos orgânicos; uso de
plantas atrativas aos inimigos naturais; faixas de vegetação espontânea e o uso de plantas
repelentes.
10. Produção de adubos orgânicos - esterco de animais (gado, aves e caprinos) e restos vegetais.
Constitui para nós uma grande honra, contar com a Vossa prestimosa presença neste certame, que
reputamos de grande importância para a prossecução dos nossos objectivos.
SODEPAC
27, 28 e 29 de Janeiro de 2015
Cacuso - Malanje

Documentos relacionados

PROJETO HORTA ESCOLAR PALHO

PROJETO HORTA ESCOLAR PALHO Orientar os educandos à registrar, comparar dados e divulgar resultados;

Leia mais