boletim de tendência moda

Сomentários

Transcrição

boletim de tendência moda
BOLETIM DE TENDÊNCIA
DEZEMBRO/2014
MODA
MACROTENDÊNCIAS DE CONSUMO
Verão 2016
O mercado da moda está atento às tendências mundiais para desenvolver coleções que estejam de acordo
com o desenvolvimento da sociedade. A WGSN, referência mundial em previsão e análise de tendências de
moda, apresentou prospecções de comportamento para 2015 e 2016:
Social Superheroes
Pessoas que transformam frustrações em
engajamento, trabalhando de fato para
a melhoria da sociedade e rompendo o
individualismo.
Good deeds: boas ações e boas práticas no
cotidiano.
Urban proacts: proatividade urbana e criatividade para mudanças sociais.
Soul business: capitalismo social ou consumo consciente.
Data Divination
Impacto dos dados no cotidiano das pessoas.
Embodiement: tecnologia no corpo para incrementar funções biológicas.
Self tracking: monitoramento do corpo (com
tecnologia) para viver melhor.
Low fi: equilíbrio entre a tecnologia e momentos de contemplação, caracterizado pela simplicidade e conexão com a natureza.
Apesar de gerais, as macrotendências afetam diretamente o mercado da moda, sendo que algumas
delas já estão nas inspirações do verão 2016. Para
conhecer e incorporar as tendências, é importante
participar de eventos do setor como, por exemplo,
as feiras Inspiramais Verão 2016 e a FIMEC.
Everyday Utopias
Relacionado à criação de utopias e à busca de paraísos no cotidiano.
Viceless: valorização da vida simples, sem excessos e vícios.
Micro Adventure: prazer e aventura em pequenas coisas do cotidiano.
Re’Love’Ution: amor para construir uma sociedade mais sólida e coletiva.
Alguns eventos trazem as tendências para a
próxima coleção. As feiras de materiais (para o
setor) antecipam essas tendências. O empresário
vai fazer compras, e então prepara a empresa para
ter a matéria-prima para começar as coleções.
Paula Carrara, consultora de moda, em entrevista para o
Sebrae Inteligência Setorial.
O Boletim de dezembro apresenta as tendências de moda para o verão 2016, visando a criação de coleções
em sintonia com os anseios de mercado, para potencializar o sucesso dos pequenos negócios do setor.
Fontes: Autora, Paula K., com informações de CARMINATI, B., WGSN Supertrends - Parte I, Revista Catarina (2014); CARMINATI, B., WGSN Supertrends - Parte II, Revista Catarina (2014);
CARMINATI, B., WGSN Supertrends - Parte III, Revista Catarina (2014) e Segundo o portal WGSN, vida simples e conectada à natureza é tendência de comportamento, Revista Donna (2014).
1
TENDÊNCIAS E INSPIRAÇÕES
para o verão 2016
O Salão de Design e Inovação de Materiais (Inspiramais) realiza todo ano o Fórum de Inspirações, para
apresentar as tendências das estações para os fabricantes de moda. As tendências do verão 2016 estão
embasadas no conceito de fronteira, apresentado a seguir, e explora também o tema de Big Data, pois a
partir dos dados dos consumidores é possível identificar seus desejos e anseios, que pautam o consumo e a
indústria, gerando tendências.
CONCEITO 3 – DESLOCAMENTO
Esse conceito incentiva a busca por experiências em design e comportamento, em um mundo conectado e
cada vez com menos fronteiras. Tem relação também com fronteiras que se rompem, possibilitando fazer
parte de outras etnias sem sair do lugar, como orientais, africanos e beduínos. Ambientes de rochas e minerais
com aspectos que remetem ao primitivo se tornam mais presentes.
TEMA
FORMA
COR/BANHO
TEXTURA
PADRONAGEM/
ESTAMPA
ORIGEM, NOMADISMO, EMOÇÃO, AVENTURA, ADRENALINA, RUPTURA, TRANSFORMAÇÃO E GÊNERO.
ENFEITES E ADORNOS: CURVILÍNEO, GELATINOSO, NOVOS DRAPEADOS, NOVO ARTESANAL, CORDAS,
ROCHA, VULCÂNICO E SIMPLES.
METAIS: MARTELADO, FOSCO, TONS DE AREIA, TONS DE ZAMAC E TONS FERROSOS.
COURO, LAMINADO, SINTÉTICO, MATERIAL, ACRÍLICO, ABS E LASER: GELATINOSO, VISCOSO, ENVOLVENTE,
AVESSO E DIREITO, FIBRAS, BRUTO, ROCHA, MINÉRIO E LISTRAS EM RELEVO.
COURO, LAMINADO, SINTÉTICO, METAL, ACRÍLICO, ABS, LASER: PROFUNDIDADE (SOMBRA E LUZ), NOVO
ARTESANAL, CARIMBOS, FIBRAS, BRUTO, TAPEÇARIA, MINÉRIO E CORDAS.
Tendência voltada
para
10% do
mercado
representado por
consumidores que
buscam produtos
diferenciados.
Estão relacionados
aos produtos
inovadores, sendo
o seu retorno de
médio a longo
prazo.
Fontes: Fórum de Inspirações - Verão 2016, Inspiramais (2014, p. 12 e 32) e Vinícius Prado, consultor de design da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro,
Calçados e Artefatos (Assintecal).
2
CONCEITO 2 – SUAVIDADE
Esse conceito tem relação com as inspirações do inverno 2015, uma vez que o tema da chuva é retomado. A
chuva passou e deixou os contornos mais diluídos, dando lugar aos aquarelados e delicados desenhos de flores.
TEMA
FORMA
COR/BANHO
TEXTURA
PADRONAGEM/
ESTAMPA
AUSÊNCIA DE CONTORNOS, CONTORNOS, FRAGILIDADE, AGRESSIVIDADE, CORES LAVADAS E CORES ESCURAS.
ENFEITES E ADORNOS: DILUÍDO, LEVEZA, CONTORNO, FRAGILIDADE E PLISSADO.
METAIS: DILUÍDO, AQUARELADO E ACETINADO.
COURO, LAMINADO, SINTÉTICO, ACRÍLICO, ABS E LASER: AUSÊNCIA DE CONTORNO, AQUARELADO, DILUÍDO,
SEQUÊNCIA MATEMÁTICA DE TRAÇOS, IMPERMEÁVEL, ACETINADO, LEVEZA, TRANSLÚCIDO, DELICADO, MACRO,
FRAGILIDADE, AGRESSIVIDADE, AMASSADO, DEGRADÊ, DENIM, DESCOLORIDO E PLISSADO.
COURO, LAMINADO, SINTÉTICO, METAL, ACRÍLICO, ABS, LASER: AQUARELADO, MANDALA, SEQUÊNCIA
MATEMÁTICA DE TRAÇOS, CONTORNO, MORFOLOGIA DAS AVES, ANIMAL PRINT (BORBOLETA), PANAPANÁ,
AGRESSIVIDADE, CHÁ, DESCOLORIDO, DEGRADÊ E GUARÁ.
Tendência voltada
para
30% do
mercado
que nas tendências
do inverno de 2015
correspondiam
a 10%. Há
investimento
nas experiências
que foram bem
sucedidas.
Fontes: Fórum de Inspirações - Verão 2016, Inspiramais (2014, p. 12 e 48) e Vinícius Prado, consultor de design da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro,
Calçados e Artefatos (Assintecal).
CONCEITO 1 – METRÓPOLE
Relacionado aos grandes centros que, vistos do céu, são frágeis e delicados. Os carros colorem espaços, os
prédios bloqueiam visões e também desenham formas no céu. Elementos com pastilhas, cartaz rasgado,
cores que se sobrepõem ao cinza, aliviam as tensões. As cores primárias e simples estão em detalhes do
cotidiano, como em um sorriso e em guloseimas.
TEMA
FORMA
COR/BANHO
TEXTURA
PADRONAGEM/
ESTAMPA
VELOCIDADE, LÍQUIDO, CONTEMPLAÇÃO, DETALHES URBANOS, ORGANIZADO, EMARANHADO, DIVERTIDO,
HUMOR, COLORIDO E CINZA.
ENFEITES E ADORNOS: SIMPLICIDADE DAS FORMAS, ANGULAR, VAZADO, SEQUENCIAL, CACOFONIA,
DESCONEXO, RABISCO, EMARANHADO, MEMPHIS (ANOS 80), GEOMÉTRICO, DIVERTIDO E LÚDICO.
METAIS: COLORIDO E OURO LIGHT.
COURO, LAMINADO, SINTÉTICO, MATERIAL, ACRÍLICO, ABS E LASER: CACOFONIA, EMARANHADO,
SEQUENCIAL, DETALHES URBANOS, PASTILHAS, RASGADO E ESCORRIDO.
COURO, LAMINADO, SINTÉTICO, METAL, ACRÍLICO, ABS, LASER: METRÓPOLE, MULTIDÃO, URBANO,
SIMPLICIDADE DAS FORMAS, SEQUENCIAL, LISTRADO, XADREZ, DESCONEXO, POP ART, MEMPHIS (ANOS 80)
E NEW WAVE.
Tendência voltada
para
60% do
mercado
que, nas
tendências do
inverno 2015,
correspondia
a 10%. Há
investimento
nas experiências
que foram bem
sucedidas.
Fontes: Fórum de Inspirações - Verão 2016. Inspiramais (2014, p. 12 e 64) e Vinícius Prado, consultor de design da Associação Brasileira de Empresas de Componentes para Couro,
Calçados e Artefatos (Assintecal).
3
OUTRAS TENDÊNCIAS E INSPIRAÇÕES
para o verão 2016
Rio 40°
Relacionado ao conceito
de deslocamento, tem
uma paleta de cores
iluminada e brilhante,
mescla alfaiataria e esportivo para mostrar a
mulher guerreira, amazonas, com penas e plumagens. Alia a natureza
e a arquitetura, no qual
há desenhos de coqueiros, folhagens e favelas.
Tropicalismo étnico
Relacionado ao conceito
de deslocamento, conta
com a presença da cor
verde bandeira, animal
print, folhagens, estampas que imitam madeira
e materiais que remetem a animais silvestres.
Para os homens, forte
referência à moda africana e para as crianças,
o tema é lúdico.
Natural e handmade
Relacionado ao conceito de suavidade, tem
como mote o conforto.
É voltado ao público que
aprecia a natureza, o
conforto e a elegância.
Tendência para peças
que parecem ter sido
feitas à mão e com materiais naturais.
Dramático e criativo
Permeando os diversos
conceitos apresentados
no Fórum de Inspirações, esta tendência é
voltada para um público
mais sofisticado. Conta com modelagem e
cortes diferenciados. Vivienne Westwood, estilista inglesa, é referência.
Fonte: 5º Seminário de Tendências de Moda, edição primavera-verão 2015-2016, promovido pela Tendere.
Cores
Branco, tons pastéis,
azul cotton candy, pistache, sweet pink, flamingo, limão siciliano, amarelo vibrante, papaya,
pink, pôr do sol, palmeira, azul elétrico e índigo
blue.
Peças-chave
Inspiração
Anos 70, moda safari,
games, tecnologia, conceito cigano, antiguidade, romantismo, sport
glam e zen.
Fonte: Paula Carrara, consultora de moda e Carol Fernandes, estilista do Senai Moda Design,
em entrevista para o Sebrae Inteligência Setorial.
Camisa
retrô
estilo
Chanel com bordado e
detalhes, tricô de ponto
aberto, saia assimétrica
com fenda, calça cropped, solta, mais curta
(masculino), saruel (infantil) e bermuda (masculino).
Alfaiataria
Vestido em camadas,
com transparência estratégica e maxi dress
boho.
Encante o consumidor ao usar essas
palavras-chave e conceitos ao
desenvolver os produtos para
que o consumidor olhe a peça e
se sinta tocado por isso. .
Vinícius Prado, consultor de design da Assintecal,
em entrevista para o Sebrae Inteligência Setorial.
4
RECOMENDADAS
Fique atento aos eventos, inclusive os que já apresentam coleções com as tendências,
como o São Paulo Fashion Week e o Fashion Rio. Para isso, confira sites de instituições
do setor, como da Associação Brasileira da Indústria Têxtil e de Confecção (Abit) e do
Sindicato das Indústrias do Vestuário de Nova Friburgo e Região/RJ (Sindvest);
Participe de eventos de lançamento de materiais, para conhecer as tendências e iniciar a
coleção. O Salão de Design e Inovação de Materiais – Inspiramais Verão 2016 – acontece
em janeiro de 2015, em São Paulo. A feira Première Vision, que acontece em diversos locais
do mundo, apresenta os lançamentos de matérias-primas direcionadas ao vestuário.
Ao participar de eventos como esses, é importante já ter em mente o tema que será
trabalhado por seu negócio;
Mantenha-se informado por meio de capacitações e atenção ao mercado. Instituições
como o Senac/RJ e Senai Cetiqt oferecem cursos no setor;
Conheça mais sobre as tendências, e então, siga os passos sugeridos por Paula Carrara:
ƒƒ cruze tendências, leia relatórios e pesquise outras fontes;
ƒƒ cruze referências com o perfil do consumidor do negócio;
ƒƒ eleja os temas que vai trabalhar e busque referências (vestuário, cores, tecidos);
ƒƒ defina o esqueleto da coleção – cores, materiais, estampas e peças-chave;
ƒƒ esboce a coleção e apresente ao setor comercial para verificar o potencial de vendas;
ƒƒ desenhe a coleção, desdobre estampas e desenhe peças periféricas.
Seja criativo nas suas coleções e desenvolva peças diferenciadas a partir das tendências.
A montagem de paineis semânticos e outras técnicas criativas auxiliam no processo;
Conte com o Sebraetec, Senai Cetiqt e Sebrae/RJ para auxiliar no processo de inovação,
desenvolvimento de coleções e produtos, além de conhecer oportunidades no mercado
de moda;
Contate um especialista ou ligue 0800 570 0800 para obter informações de como o
Sebrae/RJ pode auxiliá-lo por meio do programa de moda, que conta com ações desenvolvidas especificamente para o setor.
MODA
BOLETIM DE TENDÊNCIA
DEZEMBRO/2014
Gerência de Conhecimento e Competitividade
Gerente: Cezar Kirszenblatt
Gestor do Programa Sebrae Inteligência Setorial: Marcelo Aguiar
Analista de Inteligência Setorial: Mara Godoy
Conteudista: Paula Kaneoya
Especialista: Paula Carrara
Entre em contato com o Sebrae: 0800 570 0800
Todos os direitos reservados. A reprodução não autorizada desta publicação, no todo ou em parte, constitui violação dos direitos autorais (Lei nº 9.610). Fotos: Banco de imagens.
www.sebraeinteligenciasetorial.com.br