acetato de amônio - Faculdades Oswaldo Cruz

Сomentários

Transcrição

acetato de amônio - Faculdades Oswaldo Cruz
Rev. Março/2003
ACETATO DE AMÔNIO
1. IDENTIFICAÇÃO DO PRODUTO
Nome químico: acetato de amônio
Fórmula química:C2H7NO2
Fórmula estrutural: CH3COONH4
CAS: 631-61-8
1
1
1
2. COMPOSIÇÃO E INFORMAÇÃO SOBRE INGREDIENTES
Número CAS 631-61-8
100%
PERIGOSO
3. IDENTIFICAÇÃO DOS PERIGOS
CUIDADO! PODE CAUSAR IRRITAÇÃO NA PELE, OLHOS E TRATO RESPIRATÓRIO. PODE
SER PERIGOSO SE ENGOLIDO.
EFEITOS POTENCIAIS PARA A SAÚDE
• Por ingestão: irritação das vias digestivas, náuseas, vômitos, hipermotilidade intestinal,
diarréia.
• Por inalação: irritação das vias respiratórias, tosse, dispnéia, possibilidade de edema de
diversas gravidades dependendo da concentração e do tempo de exposição.
• Sistema nervoso central: cefaléia, depressão geral, torpor, perda da memória, dificuldade
respiratória.
• Possibilidade de alteração da função hepática.
• Por contato: ação irritante na pele e nos olhos.
4. MEDIDAS DE PRIMEIROS SOCORROS
CONTATO COM A PELE: Retire as roupas contaminadas e lave imediatamente com água e
sabão. Se aparecerem sintomas como vermelhidão ou irritação, leve a vítima para o hospital.
INALAÇÃO: Saia da área contaminada. Leve a vítima para um local arejado. Se a vítima
apresentar dificuldade respiratória, tosse, queimaduras na boca, nariz, leve imediatamente para
atendimento médico.
CONTATO COM OS OLHOS: Cheque se a vítima tem lentes de contato e remova-as. Lave com
água durante 10 minutos no lava- olhos. IMEDIATAMENTE transporte a vítima para o hospital,
se aparecer vermelhidão ou irritação nos olhos.
INGESTÃO: NÃO INDUZA O VÔMITO. Lave bem a boca com água, sem engolir Se a vítima
estiver consciente e sem convulsões ministre carvão ativo suspenso em água ou óleo de vaselina
mineral medicinal.
5. MEDIDAS DE COMBATE A INCÊNDIO
INFLAMABILIDADE: É combustível. Em caso de incêndio use spray de água, espuma, dióxido de
carbono ou pó químico. Evite respirar os fumos pois podem conter aminas, nitrilas ou ácido
cianídrico. Use como proteção respiratória máscara facial acoplada a torpedo de oxigênio (modelo
aprovado pela NIOSH).
6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO E VAZAMENTO
Recolha o produto para reuso, se possível. Lave as superfícies contaminadas com água. Se o
produto for líquido absorvê-lo com material inerte (vermiculite, areia, terra) e encaminhá-lo para
incineração.
7. MANUSEIO E ARMAZENAMENTO
Ao manusear este produto use a máscara e os óculos de proteção.
PRECAUÇÕES NO ARMAZENAMENTO: estoque em lugar seco e ventilado a temperaturas entre
+15 - +25°C. Estoque na ÁREA VERDE do almoxarifado, longe de oxidantes e bases fortes.
Mantenha as embalagens bem fechadas.
8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL
Limites de Exposição Permitidos: nada consta
VESTIMENTA MÍNIMA RECOMENDADA: avental de manga longa, máscar contra pó e óculos de
segurança
LUVAS: descartáveis de borracha
MÁSCARA RESPIRATÓRIA RECOMENDADA: máscara com filtro para pó. Não consta referência
no Guia de Seleção de Respiradores 3M.
9. PROPRIEDADES FÍSICO-QUÍMICOS
Descrição física: sólido branco, cheiro fraco de ácido acético
Odor: pungente
Massa molecular: 77.08
Gravidade específica:1,07g/mL @ 20°C
Ponto fusão: 114 ºC
pH: 7,0 (solução aquosa; solução muito concentrada é fracamente ácida)
SOLUBILIDADE:
Água: 1480 g/L @ 4ºC
Etanol: solúvel @ 20°C
10. ESTABILIDADE E REATIVIDADE
Estável em condições normais de estocagem. Higroscópico. Tende a perder amônia em
condições normais. Evite contato com cloro, bromo e iodo. Por aquecimento pode produzir
amônia e óxidos de nitrogênio. Decompôes em contato com hipoclorito de sódio e ácidos fortes.
11. INFORMAÇÕES TOXICOLÓGICAS:
Tip.dose
Modo
Espécie
LD50
Ivn
Camundongo
LD50
Itp
Rato
CARCINOGENICIDADE: nenhuma evidência
DADOS DE MUTAÇÃO: nenhuma evidência
TERATOGENICIDADE: nenhuma evidência
Quantidade
386
632
Unidades
mg/kg
mg/kg
12. INFORMAÇÕES ECOLÓGICAS
ECOTOXICIDADE: LC50 peixes (NH4+)
pH <7: >100mg/L/96h (Micropterus d.)
pH >8: 1-10mg/L/96h (Micropterus d.)
Biodegradabilidade: o produto pode ser metabolizado por algas.
13. CONSIDERAÇÕES SOBRE TRATAMENTO E DISPOSIÇÃO
Incinerador para resíduos industriais ou tratamento com cal extinta com a possibilidade de
recuperar amoníaco.
14. INFORMAÇÕES SOBRE TRANSPORTE
Número ONU: não regulamentado
15. REGULAMENTAÇÕES
NFPA: Saúde:1 Inflamabilidade:1 Reatividade:1
Rótulo: CUIDADO! PODE CAUSAR IRRITAÇÃO NA PELE, OLHOS E TRATO
RESPIRATÓRIO. PODE SER PERIGOSO SE ENGOLIDO.
BIBLIOGRAFIA:
Ficha de dados de Seguridade MERCK, CD-ROM int. edit. 1998/1.
Guia de Seleção de Respiradores 3M. 2001.
http://sirio.bo.cnr.it/schede/IT/ce0500.htm
www.jtbaker.com
REVISADO PELA COORDENADORIA DE TRATAMENTO DE EFLUENTES - PROFESSORA
MARIA LUCILA UJVARI DE TEVES

Documentos relacionados

álcool isoamílico - Faculdades Oswaldo Cruz

álcool isoamílico - Faculdades Oswaldo Cruz Use máscara de segurança (F)(VO) e óculos de segurança, para manusear esse produto. PRECAUÇÕES NO ARMAZENAMENTO: Coloque em um lugar fresco, seco e ventilado. Separe de incompatíveis. Não fume na á...

Leia mais

ÁLCOOL n-AMÍLICO - Faculdades Oswaldo Cruz

ÁLCOOL n-AMÍLICO - Faculdades Oswaldo Cruz 9 Por ingestão: Pode causar irritação das vias digestivas, náusea, dor abdominal, vômito, hipermotilidade intestinal, diarréia. 9 Contato com a pele: Pode causar irritação. 9 Contato com os olhos: ...

Leia mais

ácido succínico - Faculdades Oswaldo Cruz

ácido succínico - Faculdades Oswaldo Cruz CONTATO COM A PELE: lave com muita água corrente por 15 minutos e depois com sabão. Se aparecer irritação encaminhe para um médico. INALAÇÃO: saia da área contaminada. Leve a vítima para um local a...

Leia mais

bicarbonato de sódio - Faculdades Oswaldo Cruz

bicarbonato de sódio - Faculdades Oswaldo Cruz Estoque em local seco e arejado. Evite o contato com ácidos fortes. Estoque na ÁREA VERDE do almoxarifado. 8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL

Leia mais

CARBONATO DE POTÁSSIO anidro

CARBONATO DE POTÁSSIO anidro de proteção. Evite contato com olhos, pele e roupas. Trabalhe com ventilação adequada. Lave bem as mãos após manusear este produto. Estoque em local fresco e arejado. Armazene na ÁREA VERDE do almo...

Leia mais

sulfato de magnésio - Faculdades Oswaldo Cruz

sulfato de magnésio - Faculdades Oswaldo Cruz Não é inflamável nem combustível. Chamas quando envolvem este material podem ser extintas com dióxido de carbono, spray de água, espuma ou pó químico. 6. MEDIDAS DE CONTROLE PARA DERRAMAMENTO E VAZ...

Leia mais

acetato de amonio

acetato de amonio AVISO: Pode causar irritação à pele, olhos e trato respiratório. Perigoso se ingerido. Código de Armazenamento: verde.b 2)EFEITOS POTENCIAIS À SAÚDE Inalação: Irritação das vias respiratórias, toss...

Leia mais

óxido de magnésio - Faculdades Oswaldo Cruz

óxido de magnésio - Faculdades Oswaldo Cruz ácidos fortes. Estoque em local frio, seco e arejado. Estoque na ÁREA VERDE do almoxarifado. 8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL Limites de Exposição Permitidos:

Leia mais

ácido acetilsalicílico - Faculdades Oswaldo Cruz

ácido acetilsalicílico - Faculdades Oswaldo Cruz armazenamento. Estoque na ÁREA VERDE do almoxarifado. 8. CONTROLE DE EXPOSIÇÃO E PROTEÇÃO INDIVIDUAL Limites de Exposição Permitidos: ACGIH: TLV: 5mg/m3(TWA) valor teto/concentração média diária VE...

Leia mais

acetanilida - Faculdades Oswaldo Cruz

acetanilida - Faculdades Oswaldo Cruz material inerte (terra, areia, vermiculite). Encaminhe os resíduos para incineração.

Leia mais