plano municipal de saúde - e

Сomentários

Transcrição

plano municipal de saúde - e
PLANO MUNICIPAL DE SAÚDE
DIAGNÓSTICO SITUACIONAL
São José do Rio Preto/SP
2014 - 2017
1- IDENTIFICAÇÃO DO MUNICÍPIO
População: 408.258 habitantes (IBGE 2010).
Extensão Territorial: 431,321 Km² (102,99 km² área urbana e 328,31 km² área
rural)
Densidade demográfica: 946,53 hab/km2
Prefeito: Dr Valdomiro Lopes da Silva Junior
Secretário Municipal de Saúde: Dr. Valter Negrelli Junior
Colegiado de Gestão Regional: São José do Rio Preto
DRS XV - RAAS 12 São José do Rio Preto
Endereço da Secretaria Municipal de Saúde: Av Romeu Strazzi, n.º 199 - Vila
Sinibaldi - CEP: 15084-010
Telefone: (17) 3216-9766 - Fax: (17) 3216-9740
E-mail: [email protected]
Site: www.saude.riopreto.sp.gov.br
~1~
1.1 - CONDIÇÕES GEOGRÁFICAS, DEMOGRÁFICAS E SÓCIO-ECONÔMICAS
Localiza-se a 452 Km da Capital do Estado de São Paulo e 600 km de Brasília, DRS XV/RAAS 12 São
José do Rio Preto, na região Noroeste do Estado, é o maior centro de referência regional para o 102
municípios com 480.128 habitantes (IBGE 2010).
O município é cortado por duas grandes rodovias (SP-310 - Rodovia Washington Luís - e BR-153 Rodovia Transbrasiliana, consideradas importantes meios de locomoção amplamente utilizadas como vias
expressas para transporte dentro do município; servido ainda pela SP-425 (Rodovia Assis Chateaubriand),
SP-355 (Rodovia Maurício Goulart) e SP-427 (Rodovia Délcio Custódio da Silva).
A atividade econômica predominante é na área de prestação de serviços. Dos 5 565 municípios
brasileiros, São José do Rio Preto ocupa a 18ª colocação no ranking das mais promissoras cidades
brasileiras para se construir uma carreira profissional, segundo pesquisa da Fundação Getúlio Vargas. No
setor secundário, a agricultura é o setor menos relevante da economia de São José do Rio Preto.
São José do Rio Preto está localizada junto à bacia hidrográfica do Rio Grande, pertencendo à subbacia do Rio Preto, cujo rio banha a cidade. Uma das principais áreas verdes da cidade é o parque da
Represa Municipal, que conta com um viveiro de mudas onde existem mais de 200 mudas de plantas
ornamentais e cerca de 20 espécies de árvores frutíferas. Mais de dez espécies de animais silvestres,
mamíferos e peixes e uma grande diversidade de algas e plantas também compõem o ecossistema da
Represa de São José do Rio Preto. Outra relevante área verde é o Bosque Municipal, fundado em 1973 e
que conta com reserva de mata nativa e um zoológico com aproximadamente 500 animais de 130 espécies.
O município conta ainda com uma importante tradição cultural, que vai desde o seu artesanato até o
teatro, a música e o esporte.
Quanto à cultura, o município apresenta os núcleos Municipais de Arte, Casa de Cultura Dinorath
do Valle, Museus de Arte Primitivista José Antônio da Silva (MAP) e de Arte Naif (MAN), Arquivo Público
Municipal, Hemeroteca Pública Dário de Jesus, Complexo da Swift - Centro de Educação, Cultura e Artes,
Teatros Municipais Humberto Sinibaldi Neto e Nelson Castro, e Comdephact.
~2~
Figura 2: Posição geográfica de São José do Rio Preto
~3~
Figura 3: Localização de São José do Rio Preto no Estado de São Paulo
~4~
O Município de São José do Rio Preto assumiu a municipalização em 1998, já na gestão plena
de sistema, herdando um modelo de atenção baseado no Pronto Atendimento em todas as Unidades de
Saúde. Nos últimos anos foram realizadas mudanças adequando o número de unidades de pronto
atendimentos aos parâmetros nacionais de necessidades de serviços de atendimento de urgência no
município. Na estruturação do modelo de saúde local, o Sistema Municipal está hierarquizado, e estão
definidos cinco distritos de saúde (figura 4), denominados Distritos de Saúde; o processo de trabalho nas
26 Unidades da Atenção Básica está organizado a partir de uma população adscrita, com área da
abrangência definida.
Figura 4: Distritos de Saúde do Município de São José do Rio Preto
~5~
Figura 5 – Redes Regionais de Atenção à Saúde. Estado de São Paulo
Figura 6 – Divisão geográfica da RRAS 12
~6~
O perfil demográfico do município, assim como do Estado e da Região, segue a tendência nacional
de crescimento da população com mais de 60 anos, que corresponde a 14% da população geral,
representando 56.337 habitantes aproximadamente. Isso aponta a necessidade da organização da rede de
saúde com políticas públicas voltadas ao idoso, abrangendo a prevenção, assistência, reabilitação e a
promoção do envelhecimento ativo, bem como, na capacitação dos seus cuidadores e profissionais de
saúde.
No tocante às crianças, o perfil demográfico aponta a diminuição desta faixa etária, uma vez que
houve a diminuição do número de filhos por família. Entretanto, a capacitação dos profissionais deve ser
permanente de maneira a fomentar a clínica básica, ações de puericultura, estimulando a vinculação no
serviço ambulatorial em detrimento a urgência e emergência. Ressalta-se ainda o fortalecimento das
estratégias intersetoriais como a Saúde na Escola, que desenvolve diversas ações com os alunos
matriculados. É importante registrar que São José do Rio Preto é referência na prestação de serviços e
comércio, o que gera aumento no número de usuários migrantes atendidos nos serviços de saúde.
Relembrando que conforme disciplina a resolução IBGE n 07, de 30/08/2012, a estimativa da população
residente de São José do Rio Preto com data de referência em 01 de Julho de 2012 é de 415.769
habitantes.
2- PERFIL DE MORBIMORTALIDADE
Entre os fatores que contribuem para o processo de transição demográfica, estão a queda nas taxas
de fecundidade e natalidade e um progressivo aumento na proporção de idosos, favorecendo o aumento
das doenças crônico-degenerativas (doenças cardiovasculares, câncer, diabetes, doenças respiratórias); a
transição nutricional, com diminuição expressiva da desnutrição e aumento do número de pessoas com
excesso de peso (sobrepeso e obesidade). Somam-se a isso o aumento dos traumas decorrentes das causas
externas (violências, acidentes e envenenamentos).
A série histórica de mortalidade por Doenças Não Transmissíveis mostra uma tendência com baixo
grau de variabilidade para mais ou para menos, ao longo dos anos. Taxas elevadas de mortalidade por
Doenças Crônicas Não Transmissíveis são decorrentes da maior incidência destas doenças na população,
que está associada à frequência de fatores de risco, como: hipertensão, obesidade, hipercolesterolêmica,
diabetes - associadas, inclusive, a hábitos alimentares inadequados, tabagismo, sedentarismo e estresse.
~7~
No município a situação da saúde da população está disponível no Painel de Monitoramento que
apresenta os principais indicadores de saúde referentes aos 25 territórios das Unidades e Distritos
de Saúde, cumprindo as diretrizes do Sistema Único de Saúde, abaixo apresentamos a analise de
alguns indicadores do ano de 2011.
2.1-PERFIL DE MORTALIDADES
A análise da mortalidade segundo a idade do óbito evidencia bom padrão de qualidade de vida e
saúde, visto que 82,6% dos óbitos ocorrem acima dos 50 anos de idade.
Considerando as causa de óbitos, segundo os capítulos do Código Internacional de Doenças, em sua
10ª revisão (CID 10), ao longo da década de 2000 as principais causas de mortalidade de residentes no
município foram as doenças do aparelho circulatório seguido das neoplasias, doenças respiratórias e as
causas externas. Do total de óbitos de residentes no município no ano de 2011, e considerando todas as
faixas etárias, as cinco principais causas de óbito foram em ordem decrescente: Doenças do aparelho
circulatório, (31,5%), Neoplasias (18,5%), Doenças do aparelho respiratório (17,0%), Causas externas
de mortalidade (8,5%) e Doenças do aparelho digestivo (6,0%). Estes cinco grupos de causas respondem
por 81,7% dos óbitos do Município.
No ano de 2011, as doenças respiratórias tiveram alta incidência na causa de morte da população e
ocuparam o segundo lugar conforme apresenta a tabela 1. Este indicador aponta para a necessidade de
melhoria na qualificação da informação para o subsidio de ações de promoção, prevenção e assistência. A
imunização é um importante dispositivo para a prevenção, especialmente para os grupos de maior
vulnerabilidade. Com relação a faixa etária e causa de morte, entre 01 e 39 anos a mortalidade se deve a
causas externas (acidentes e violências), já a partir de 40 anos a principal causa são as doenças do aparelho
circulatório. Dentre as causas de morte por doenças do aparelho circulatório a maior incidência foi a
doença isquêmica do coração (TX 67,8) e, entre as neoplasias, na população masculina, foi o câncer de
próstata (TX 21,4) e na população feminina o câncer de mama (TX 15,5). Estes indicadores apresentam
necessidade de ampliar as intervenções em relação à política de saúde na prevenção destes
agravos, no diagnóstico precoce e tratamento garantindo o seguimento dos casos que necessitam
de acompanhamento.
~8~
Tabela 1. Taxa de mortalidade por capitulo CID 10, por 100 mil habitantes, residentes São José do Rio
Preto, 2000 a 2011.
CAPITULO CID X
IX. Doenças do
aparelho circulatório
X. Doenças do
aparelho respiratório
II. Neoplasias
(tumores)
XX. Causas externas
de morbidade e
mortalidade
XI. Doenças do
aparelho digestivo
2000
2001
2002
2003
220,07
209,67
203,07
75,31
75,97
81,92
96,51
104,29
115,81
72,24
69,44
66,71
66,44
39,89
34,58
44,03
39,50
ANO
2005
2006
2004
195,93 210,89
2007
2008
2009
2010
2011
192,71
213,23
196,17
201,80
208,52
220,69
208,94
89,28
87,26
113,35
85,12
99,45
107,00
119,04
134,72
105,68 106,47
118,72
106,62
115,06
114,18
118,20
130,06
122,72
55,16
62,43
47,65
49,75
47,07
47,66
59,52
60,50
41,31
38,10
40,67
34,66
39,35
37,65
42,62
41,89
84,49
Fonte:Sistema de Informação de Mortalidade_SIM/Causa Básica de Morte/Taxa de Mortalidade_ 100.000 hab/ Painel
de Monitoramento_Indicadores 2011.
A mortalidade infantil em 2011, no município, se manteve com índice menor que 2 dígitos, abaixo
da média no Estado de São Paulo. Entre os menores de um ano a principal causa de óbito são as
afecções originadas no período perinatal, conforme apresenta a tabela 2.
Tabela 2. Taxa de mortalidade Infantil por categoria, taxa por 1.000 nascidos vivos, residentes São José
do Rio Preto, 2011.
Ano 2011
Taxa mortalidade infantil
7,09
Taxa mortalidade infantil neonatal precoce
3,83
Taxa mortalidade infantil neonatal tardio
0,77
Taxa mortalidade infantil neonatal
4,60
Taxa mortalidade infantil pós neonatal
2,49
Taxa mortalidade fetal
6,29
Fonte: Sistema de Informação de Mortalidade SIM e Nascidos Vivos – SINASC/ Taxa / 1.000 NV / Painel de
Monitoramento_Indicadores 2011.
A taxa de cesárea ainda é alta e é um indicador termômetro do IDSUS. Este é indicador
aponta para a necessidade de melhoria e qualidade na política de saúde da mulher como a
garantia de acesso e adesão das mulheres ao pré natal de qualidade e ações de política pública e
~9~
privada no campo da saúde da mulher e da criança incluindo pactuações com os hospitais,
Universidades, Conselho de Medicina e outros.
Dentre as políticas municipais de saúde da criança o banco de Leite Humano com ações
desenvolvidas em parceria com as unidades de saúde pública e privadas, é uma das estratégias de
relevância na prevenção de agravos na saúde do neonato. Vários estudos demonstraram que o
aleitamento materno na primeira hora de vida apresentou redução na taxa de mortalidade
neonatal. Durante esse período sensível, o efeito protetor do aleitamento materno fornecido no
colostro pode estar relacionado a vários mecanismos, que incluem a colonização intestinal por
bactérias específicas encontradas no leite materno e à capacidade de o leite materno produzir
fatores imunológicos bioativos adequados para o recém-nascido. Outra estratégia são os grupos
de puericultura e aleitamento materno, o acompanhamento de nascidos vivos com baixo peso ao
nascer por meio das equipes de saúde das Unidades Básicas e de Saúde da Família. Outra política
de saúde relevante para a melhoria deste indicador é a imunização, a cobertura vacinal em
menores de 01 ano no município alcançou 160,4%. A equipe de imunização vem trabalhando para
superar os desafios para melhoria da cobertura vacinal, com ações como o ampliar e facilitar o
acesso as Unidades de Saúde e o vínculo com o profissional da sala de vacinação. Desenvolver
ações em conjunto com as equipes dos Núcleos de Apoio as Estratégias de Saúde da Família
(NASF), com as equipes do Programa Saúde na Escola (PSE) e com outros parceiros potenciais.
2.2. PERFIL DE MORBIDADES
Segundo dados do Sistema de Informação Hospitalar(SISH) no ano de 2012 ocorreram 7,67
internações por 100 mil habitantes, considerando a estimativa populacional neste mesmo ano,
está em concordância com os parâmetros esperados (7 a 9% da população).
As principais causas de internações, segundo os Capítulos do Código Internacional de
Doenças, em sua 10ª revisão (CID 10) foram em ordem decrescente foram: Doenças do Aparelho
Circulatório (14%), Doenças do Aparelho Respiratório (12,1%), Doenças do Aparelho Digestivo
(11,7%), Gravidez, Parto e Puerpério (11,3%) e Doenças do Aparelho Geniturinário (9,13%). Estes
05 grupos de causas foram responsáveis por 58,3% das internações em 2012.
As Doenças do Aparelho Circulatório são a principal causa de internação na população de 50 anos e mais, e
o acidente vascular cerebral não especificado hemorrágico ou isquêmico foram os que tiveram maior
prevalência de internação. Com relação às Doenças do Aparelho Respiratório a maior prevalência está nas
~ 10 ~
faixas etárias extremas, abaixo de 10 anos e acima de 80 anos. As Doenças do Aparelho Digestivo são
responsáveis por internações em todas as faixas etárias, com predomínio em adultos a partir de 20 anos.
Doenças do Aparelho Geniturinário predominam na faixa etária entre 20 a 59 anos.
A avaliação das situações encontradas aponta para necessidade do fortalecimento das
Redes de Atenção com a integração das ações desenvolvidas nas UBS’s, UBSF’s, UPAs, Unidades
Especializadas, serviços conveniados e instituições parceiras nos Distritos de Saúde e no município.
Os agravos e as condições crônicas prevalentes se apresentam como os grandes desafios
para os setores públicos e privados de saúde.
Tabela 1. Internação Hospitalar por Capítulo CID-10 e grupo de causas, distribuídos pela maior
número de internações, residentes São José do Rio Preto, 2012.
Cap. IX - Doenças do aparelho circulatório
4.481
Cap X - Doenças do aparelho respiratório
3.874
Cap XI - Doenças do aparelho digestivo
3.737
Cap XV- Gravidez parto e puerpério
3.623
Cap XIV - Doenças do aparelho geniturinário
2.914
Fonte: DATSUS - Sistema de Informação de Internação Hospitalar_SIH/2012
Recentemente, o município foi classificado como o quinto melhor em saúde pública, entre
29 municípios classificados como mais ricos do País, em avaliação realizada pelo Ministério da
Saúde (MS) (IDSUS – Índice de Desempenho do Sistema Único de Saúde), que avaliou, no período
de 2008 a 2010, o acesso e a efetividade dos serviços de atenção básica, hospitalar, ambulatorial,
urgência e emergência por meio de 24 indicadores. Em uma pontuação de zero a dez, São José do
Rio Preto atingiu 6,55, sendo superior à média nacional (5,47), estadual (5,77) e do Sudeste (5,56)
(BRASIL, 2012).
~ 11 ~
2.3- POPULAÇÃO DO MUNICÍPIO DE SÃO JOSÉ DO RIO PRETO- 2010
População estimada do ano 2012 (Fonte: TCU) 415.769 habitantes
População do último Censo (ano 2010 )
Qte
%
Rural
24.768
6,07%
Urbana
383.490
93,93%
Qte
%
Branca
313.725
77,26%
Preta
14.992
3,61%
Amarela
3.916
0,94%
Parda
75.342
18,12%
Indigena
238
0,06%
Sem declaração
45
0,01%
População do último Censo (ano 2010 )
População estimada de 2010 - Sexo e faixa etária População - Perfil demográfico
~ 12 ~
Faixa Etária
Homem
Mulher
Total
0-4
11.638
11.325
22.963
5-9
11.981
11.536
23.517
10-14
13.914
13.390
27.304
15-19
14.932
14.661
29.593
20-29
35.780
36.512
72.292
30-39
32.804
34.524
67.328
40-49
28.493
32.027
60.520
50-59
22.222
26.182
48.404
60-69
13.719
16.739
30.458
70-79
7.605
10.315
17.920
80+
2.928
5.031
7.959
Total
196.016
212.242
408.258
~ 13 ~
3- ESTRUTURA–CAPACIDADE INSTALADA, EQUIPAMENTOS E ASSISTÊNCIA
3.1 - CAPACIDADE INSTALADA – EQUIPAMENTOS PÚBLICOS E PRIVADOS
CÓDIGO
TOTAL
02
CENTRO DE SAUDE/UNIDADE BASICA
28
04
POLICLINICA
42
05
HOSPITAL GERAL
7
07
HOSPITAL ESPECIALIZADO
6
22
CONSULTORIO ISOLADO
260
36
CLINICA/CENTRO DE ESPECIALIDADE
296
39
UNIDADE DE APOIO DIAGNOSE E TERAPIA (SADT ISOLADO)
68
40
UNIDADE MOVEL TERRESTRE
1
42
UNIDADE MOVEL DE NIVEL PRE-HOSPITALAR NA AREA DE URGENCIA
11
43
FARMACIA
3
50
UNIDADE DE VIGILANCIA EM SAUDE
2
60
COOPERATIVA
2
62
HOSPITAL/DIA - ISOLADO
3
64
CENTRAL DE REGULACAO DE SERVICOS DE SAUDE
1
67
LABORATORIO CENTRAL DE SAUDE PUBLICA LACEN
1
68
SECRETARIA DE SAUDE
2
69
CENTRO DE ATENCAO HEMOTERAPIA E OU HEMATOLOGICA
3
70
CENTRO DE ATENCAO PSICOSSOCIAL
5
71
CENTRO DE APOIO A SAUDE DA FAMILIA
1
73
PRONTO ATENDIMENTO
5
76
CENTRAL DE REGULACAO MEDICA DAS URGENCIAS
1
77
SERVICO DE ATENCAO DOMICILIAR ISOLADO(HOME CARE)
1
TOTAL
Fonte: CNES
~ 14 ~
DESCRIÇÃO
749
3.1.1- AMBULATORIAL
EQUIPAMENTOS DE SAÚDE AMBULATORIAL, SEGUNDO A NATUREZA, SERVIÇOS E OFERTA SUS:
Estabelecimentos de
Saúde
NATUREZA
Públic
o
Privado
S/Fins
Lucrativos
Serviços Prestados
SUS
SIM
UBS CENTRAL
X
ESPECIALIDADES OFERTADAS: CLÍNICA GERAL,
ENFERMAGEM, GINECOLOGIA E OBSTETRÍCIA,
ODONTOLOGIA, PEDIATRIA
OUTROS SERVIÇOS PRESTADOS: AFERIÇÃO DA
PRESSÃO ARTERIAL COLETA PARA EXAMES,
CURATIVOS, ELETROCARDIOGRAMA, INALAÇÃO,
PLANEJAMENTO FAMILIAR, RETIRADA DE PONTOS,
TESTAGEM PARA HIV, SÍFILIS E HEPATITE, GRUPOS
EDUCATIVOS, ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA, SALA DE
VACINAS
UBS ANCHIETA
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBS PQ INDUSTRIAL
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBS VILA ELVIRA
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF AMERICANO
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF RENASCER
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF CIDADANIA
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF VILA MAYOR
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF NOVA
ESPERANÇA
X
IDEMA ANTERIOR
SIM
UBSF MARIA LUCIA
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBS SANTO ANTÔNIO
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF GONZAGA
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF GABRIELA
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBS ELDORADO
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBS VETORAZZO
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBS SOLO SAGRADO
X
IDEM ANTERIOR
SIM
CSE ESTORIL
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBS SÃO FRANCISCO
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF SCHMITT
X
IDEM ANTERIOR
SIM
UBSF CAIC
X
IDEM ANTERIOR
SIM
~ 15 ~
3.1.2- REDE HOSPITALAR
Hospitais Gerais e Especializados por porte: < 50 leitos, 51 a 200 leitos,de 201 a 500 leitos, acima de 500).
Por gestão e natureza.
- nº de leitos totais - SUS e não SUS, por porte e tipologia.
- rede suplementar (rede privada) Fonte: CNES, DATASUS, VS
GESTÃO
HOSPITAL GERAL
- HOSPITAL DE BASE
ESTADUAL
- HOSPITAL ESTADUAL JOÃO
PAULO II
NATUREZA
TOTAL
PRIVADO SEM
FINSLUCRATIVOS
ADMINISTRAÇÃO DIRETA
SAÚDE
2
PRIVADO/FILANTRÓPICO
2
PRIVADO C/ FINS
LUCRATIVOS
3
- SANTA CASA DE MISERICÓRDIA
- HOSPITAL IELAR
MUNICIPAL
- HOSPITAL INFANTE D HENRIQUE
- HOSPITAL AUSTA
- HOSPITAL SANTA HELENA
GESTÃO
HOSPITAL ESPECIALIZADO
NATUREZA
TOTAL
ESTADUAL
HOSPITAL LAR NOSSA SENHORA
DAS GRACAS NA PROVIDENCIA
DE DEUS
BENEFICENTE S/ FINS
LUCRATIVOS
1
PRIVADO C/ FINS
LUCRATIVOS
3
HOSPITAL BEZERRA DE MENEZES
PRIVADO/FILANTRÓPICO
1
HOSPITAL DIA
NATUREZA
TOTAL
PRIVADO C/ FINS
LUCRATIVOS
3
DERM
HOSPITAL DO CORACAO DO IMC
MUNICIPAL
GESTÃO
H O REDENTORA HOSPITAL DE
OLHOS
CENTRO DE REPRODUCAO
HUMANA
MUNICIPAL
DOLHOS HOSPITAL DIA
HORP HOSPITAL DO OLHO RIO
PRETO
~ 16 ~
POR PORTE DE LEITO
HOSPITAL
TOTAL
HOSPITAIS <50 LEITOS
CIAPS (EM ANDAMENTO)
01
HOSPITAL ESTADUAL JOÃO PAULO II
HOSPITAL IELAR
HOSPITAIS 51 A 200
LEITOS
HOSPITAL INFNTE D HENRIQUE
05
HOSPITAL SANTA HELENA
HOSPITAL AUSTA
HOSPITAIS 201 A 500
LEITOS
SANTA CASA DE MISERICÓRDIA
01
HOSPITAIS > DE 500
LEITOS
HOSPITAL DE BASE
01
EQUIPAMENTOS DE SAÚDE DE INTERNAÇÃO, SEGUNDO A NATUREZA, SERVIÇOS E OFERTA SUS:
NATUREZA
Estabelecimentos de
Serviços Prestados
SUS
S/Fins
Saúde
Público Privado
Lucrativos
H O REDENTORA
HOSPITAL DE OLHOS
X
HORP HOSPITAL DO
OLHO RIO PRETO
X
HOSPITA LAR NOSSA
SENHORA DAS GRACAS
NA PROVIDENCIA DE
DEUS
HOSPITAL BEZERRA DE
MENEZES
HOSPITAL DE BASE DE
SAO JOSE DO RIO PRETO
~ 17 ~
SERVIÇOS DE OFTALMOLOGIA
HOSPITALAR DE ALTA E MÉDIA
COMPLEXIDADE, TRANSPLANTE DE
CORNEA
SERVIÇOS DE OFTALMOLOGIA
HOSPITALAR DE ALTA E MÉDIA
COMPLEXIDADE, TRANSPLANTE DE
CORNEA
SIM
SIM
X
HOSPITAL ESPECIALIZADO EM
ATENDIMENTO PACIENTES CRONICOS
E CUIDADOS PROLONGADOS
SIM
X
HOSPITAL PSIQUIATRICO
SIM
X
HOSPITAL GERAL - UNIVERSITÁRIO.
REALIZA PROCEDIMENTOS DE MEDIA
E ALTA COMPLEXIDADE EM
CARDIOLOGIA,
NEUROLOGIA/NEUROCIRURGIA,
ORTOPEDIA , ONCOLOGIA, CIRURGIA
BARIATRICA, HEMODIALISE. UTI
GERAL TIPO II, UTI NEONATAL, UTI
PEDIATRICA, TRANSPLANTE DE
FIGADO, TRANSPLANTE DE CORAÇÃO,
TRANSPLANTE DE CORNEA,
TRANSPLANTE DE MEDULA,
TRANSPLANTE RIM
SIM
HOSPITAL ESTADUAL
JOAO PAULO II SAO
JOSE DO RIO PRETO
X
HOSPITAL IELAR
X
HOSPITAL INFANTE D
HENRIQUE
X
SANTA CASA DE
MISERICORDIA DE SAO
JOSE DO RIO PRETO
X
HOSPITAL GERAL MEDIA
COMPLEXIDADE. UTI GERAL TIPO II
SIM
HOSPITAL GERAL MEDIA
COMPLEXIDADE. UTI GERAL TIPO II 8
LEITOS. 01 LEITO ISOLAMENTO.
POSSUI 85 LEITOS SENDO 81 SUS.
HABILITAÇÃO CIRURGIA BARIATRICA
SIM
HOSPITAL GERAL. REALIZA
PROCEDIMENTOS DE MEDIA E ALTA
COMPLEXIDADE EM CARDIOLOGIA,
NEUROLOGIA E ORTOPEDIA. REALIZA
PARA O SUS : PROCEDIMENTOS ALTA
E MEDIA COMPLEXIDAE EM
CARDIOLOGIA, TRANSPLANTE DE
MEDULA APARENTADO. UTI GERAL,
UTI NEONATAL, UTI PEDIATRICA
SIM
HOSPITAL GERAL. REALIZA
PROCEDIMENTOS DE MEDIA E ALTA
COMPLEXIDADE EM CARDIOLOGIA,
NEUROLOGIA/NEUROCIRURGIA ,
ORTOPEDIA E ONCOLOGIA. UTI
NEONATAL - 10 LEITOS ( 9 SUS E 1
NÃO SUS). UTI GERAL TIPO II - 16
LEITOS SUS. POSSUI 180 LEITOS
SENDO 114 SUS. TRANSPLANTE DE
CORNEA
SIM
3.1.3- APOIO DIAGNÓSTICO E TERAPÊUTICO
EQUIPAMENTOS DE SAÚDE DE APOIO DIAGNOSTICO, SEGUNDO A NATUREZA, SERVIÇOS E OFERTA SUS:
NATUREZA
ESTABELECIMENTOS DE
SAÚDE
PÚBLICO
S/FINS
PRIVADO LUCRATI
VOS
SERVIÇOS
PRESTADOS
PATOLOGIA CLINICA, ANATOMIA
PATOLÓGICA E CITOPATOLOGIA,
ULTRASSON, TOMOGRAFIA,
MAMOGRAFIA, RADIOLOGIA,
RESSONANCIA MAGNETICA
PATOLOGIA CLINICA, ANATOMIA
PATOLÓGICA E CITOPATOLOGIA,
ULTRASSON, TOMOGRAFIA,
MAMOGRAFIA, RADIOLOGIA
SUS
SANTA CASA DE
MISERICORDIA DE SAO JOSE
DO RIO PRETO
X
HOSPITAL IELAR
X
CPC PATOLOGIA SAO JOSE
RIO PRETO
X
ANATOMIA PATOLÓGICA
CITOPATOLOGIA
SIM
HEMOCENTRO SAO JOSE DO
RIO PRETO
X
SERVIÇO DE HEMOTERAPIA E
ONCOLOGIA
SIM
~ 18 ~
SIM
SIM
LABORATORIO DE PROTESE
DENTARIA OYAMA
X
LABORATORIO MUNICIPAL
DE SOROLOGIA
PRÓTESES DENTÁRIAS
REALIZA EXAMES DE ANTI-HIV TRIAGEM
E CONFIRMATÓRIO, SÍFILIS TRIAGEM E
CONFIRMATÓRIO, HEPATITE B (HBSAG,
ANTI- HBC TOTAL, ANTI- HBS, ANTIHBCIGM, HBEAG E ANTI- HBE), HEPATITE
C (ELISA) E DENGUE NS1 E IGM
SERVIÇO DE DIAGNOSTICO POR
IMAGEM (ULTRASSONOGRAFIA,
RADIOLOGIA), SERVIÇO DE NEFROLOGIA
(LITOTRIPSIA)
X
LECO UROCENTRO DE SAO
JOSE DO RIO PRETO
X
INSTITUTO ADOLFO LUTZ S
JOSE DO RIO PRETO
X
PATOLOGIA CLINICA
SIM
SIM
SIM
SIM
3.1.4- ALTA COMPLEXIDADE
Redes temáticas: “Odontologia (UNESP)”, Terapia Renal Substitutiva, Cardiologia, Oncologia, Ortopedia,
Neurocirurgia, Auditiva. Por gestão e natureza. (referência e assistência)
NATUREZA
ESTABELECIMENTOS DE
SAÚDE
GESTÃO
Público
Privado
S/Fins
Lucrativos
SERVIÇOS
PRESTADOS
SUS
SIM
SANTA CASA DE
MISERICORDIA SJRP
MUNICIPAL
X
X
QUIMIOTERAPIA,
RADIOTERAPIA,
TOMOGRAFIA, MEDICINA
NUCLEAR, RESSONANCIA,
BIOPSIA PERCUTANEA,
HEMODINAMICA CATETERISMO CARDIACO
FACOEMULSIFICAÇÃO
HOSPITAL IELAR
MUNICIPAL
X
X
MEDICINA NUCLEAR,
BIOPSIA PERCUTANEA
SIM
X
RESSONANCIA
HEMODINAMICA CATETERISMO CARDIACO
(ADULTO E CRIANÇA),
RADIOLOGIA
INTERVENCIONISTA
SIM
HOSPITAL BENEFICÊNCIA
PORTUGUESA
~ 19 ~
MUNICIPAL
X
HOSPITAL DE OLHOS
REDENTORA
MUNICIPAL
X
FACOEMULSICAÇÃO
SIM
HOSPITAL DE OLHOS RIO
PRETO
MUNICIPAL
X
FACOEMULSICAÇÃO
SIM
LECOUROCENTRO
MUNICIPAL
X
LITOTRIPSIA, BIOPSIA
PERCUTANEA
SIM
CENTRO DE LITOTRIPSIA
MUNICIPAL
X
LITOTRIPSIA, BIOPSIA
PERCUTANEA
SIM
AME
ESTADUAL
X
RESSONANCIA
TOMOGRAFIA
SIM
X
QUIMIOTERAPIA
TOMOGRAFIA
MEDICINA NUCLEAR
RESSONANCIA
BIOPSIA PERCUTANEA
HEMODINAMICA CATETERISMO CARDIACO
FACOEMULSIFICAÇÃO
RADIOLOGIA
INTERVENCIONISTA
TERAPIA RENAL
SUBSTITUTIVA
SERVIÇO DE
HEMOTERAPIA
SIM
EXAMES DE
HISTOCOMPATIBILIDADE,
TRATAMENTO DIALÍTICO,
FISTULA ARTERIO
VENOSA SEM ENXERTO,
HEMODIALISE E
ACOMPANHAMENTO DE
PACIENTE
TRANSPLANTADO RENAL
SIM
MEDICINA NUCLEAR,
DIAGNOSTICO POR
IMAGEM (RADIOLOGIA
INTERVENCIONISTA,
RESSONANCIA E
TOMOGRAFIA),
SIM
HOSPITAL DE BASE
INST DE UROLOGIA E
NEFROLOGIA DE SJDO RIO
PRETO
INSTITUTO DE
REABILITACAO LUCY
MONTORO IRLM SJRP
~ 20 ~
X
ESTADUAL
X
ESTADUAL
ESTADUAL
X
X
CIAPS - SERVIÇO EM
IMPLANTAÇÃO
MUNICIPAL
x
SERVIÇO DE INTERNAÇÃO
(20 LEITOS) PARA
ADOLESCENTES DO SEXO
MASCULINO (12 A 18
ANOS) PARA
TRATAMENTO DE
DEPENDÊNCIA QUÍMICA
SIM
3.1.5- REGULAÇÃO
Centrais existentes (urgência/emergência, obstétrica, psiquiátrica e eletiva), inclusive municipais.
NOME FANTASIA
SERVIÇO DE ATENDIMENTO MOVEL DE URGENCIA
UPA CENTRAL
CENTRAL DE REGULAÇÃO MUNICIPAL ELETIVA
~ 21 ~
DESCRIÇÃO
CENTRAL DE URGÊNCIA/EMERGÊNCIA
CENTRAL PSIQUIÁTRICA
CENTRAL ELETIVA
TOTAL
1
1
1
DEPARTAMENTO DE ATENÇÃO BÁSICA (DAB)
O DAB está organizado administrativamente conforme organograma abaixo. Por este organograma,
estão definidos os papeis dos gerentes das Unidades de Saúde, gerentes de distrito, gerentes de áreas
técnicas e chefe do departamento. Conforme Regimento Interno desta Secretaria ao Departamento de
Atenção Básica compete:
I - formular, implementar, avaliar políticas, diretrizes e metas para as áreas e temas estratégicos
necessários à implementação da Política Municipal de Saúde, no âmbito de suas atribuições;
II – elaborar, executar e coordenar o Plano Municipal de Atenção Básica em Saúde;
III - normatizar, promover e coordenar a organização e o desenvolvimento das ações de atenção básica em
saúde, observados os princípios e diretrizes do SUS;
IV - Participar da implantação e implementação do Plano Municipal de Regulação da Assistência;
V – Pactuar, acompanhar e avaliar os indicadores de saúde e definir estratégias de ação para cumprimento
das metas em conjunto com os demais departamentos;
VI - Desenvolver mecanismos de controle e avaliação das ações de atenção básica em saúde;
VII - Acompanhar e propor instrumentos para organização gerencial e operacional da atenção básica em
saúde;
VIII - Promover o desenvolvimento de estratégias que permitam a organização da atenção à saúde, com
ênfase na atenção básica, visando favorecer o acesso, a equidade e a integralidade das ações e serviços
prestados;
IX – Monitorar o cumprimento das pactuações municipais e das grades de referência e contra referências
estabelecidas de forma ordenada, oportuna, qualificada e equânime;
X – Propor e implementar ações intersetoriais para definição de políticas públicas que atuem diretamente
nos condicionantes e determinantes de saúde; XI – Consolidar dados e realizar análise epidemiológica dos
atendimentos da atenção básica, identificando lacunas assistenciais e subsidiando ações de planejamento,
investimento e de controle do SUS;
XII - Participar efetivamente do Comitê Gestor da Secretaria de Saúde com ação co-gestora e apresentar
propostas de políticas e diretrizes para o desenvolvimento da Secretaria de Saúde;
XIII - Gerenciar, organizar e tornar ao conhecimento da equipe do departamento, através do Colegiado de
Gestão as ações de planejamento, processos de trabalho, execução e avaliação da gestão, propondo
~ 22 ~
alternativas de adequações e redimensionamento de ações de gestão, na busca permanente pela eficiência
e eficácia dos resultados.
As áreas técnicas são responsáveis por elaborar, planejar, executar, monitorar e avaliar as políticas
de saúde nas seguintes áreas: saúde da criança e do adolescente, saúde da mulher, saúde do adulto e
idoso, saúde da família, vigilância nutricional, enfermagem e promoção à saúde.
Aos gerentes de distrito cabe o apoio à organização dos processos de trabalho nas Unidades de
saúde e ao gerente da Unidade cabe o gerenciamento do serviço local.
O Departamento de Atenção Básica é responsável pelos 26 serviços municipais, sendo 11 Unidades
Básicas de Saúde (UBS) e 15 Unidades Básicas de Saúde da Família (UBSF).
Além disso, possui 3 NASFs (Núcleos de Apoio à Saúde da Família), conforme parâmetros da
Portaria 2.488 de 21/10/2011. Os NASFs são compostos por equipes multiprofissionais que dão apoio às
equipes de saúde das Unidades às quais estão vinculadas; estão presentes nos Distritos II Santo Antônio, III
e IV e V. Nos demais (I e II Solo Sagrado), o município disponibiliza o NADS (Núcleo de Apoio ao Distrito de
Saúde) para exercer as mesmas atividades que NASF, porém com recurso exclusivamente municipal. As
ações são realizadas junto aos profissionais (consultas e visitas domiciliares compartilhadas, discussão de
casos, reuniões de equipe, etc) e junto à comunidade (ações educativas nas escolas e outros espaços
comunitários).
Em todas as Unidades, são ofertadas consultas em clínica médica, ginecologia, pediatria,
odontologia, de enfermagem e farmacêutica, além de procedimentos de enfermagem, dispensação de
medicamentos, sala de vacinação, grupos educativos e visitas domiciliares.As UBS/UBSF realizam em
média, 30.000 consultas em clínica médica, 10.000 em pediatria e 11.000 em ginecologia por mês.
Existem outras estratégias para facilitar o acesso dos munícipes de São José do Rio Preto aos
serviços de saúde. Dentre elas podemos destacar:
- Mutirões noturnos: das 25 Unidades, 7 funcionam até às 22 horas; as demais se organizam
periodicamente para abertura em horário alternativo (3º turno) para atender trabalhadores. Nestes
mutirões são realizados exames de papanicolaou, testagem de DST/AIDS, prevenção de câncer de mama,
colo de útero e próstata, detecção precoce de doenças e ações de promoção de saúde.
- Ônibus da saúde: semanalmente, equipes de saúde deslocam-se à loteamentos não regularizados e
distantes das Unidades de Saúde para prestar atendimento aos moradores da localidade.
- Feiras livres: o município adotou a estratégia de levar profissionais de saúde às feiras livres a fim de
facilitar o acesso à assistência em saúde e também como forma de vincular os freqüentadores da feira na
atenção básica.
- Curso de Cuidadores de Idosos: em todas as áreas de abrangência ocorre anualmente o curso para
sensibilizar e capacitar cuidadores de idosos a fim de instrumentalizar os mesmos para que possam dar
mais qualidade de vida a idosos acamados.
~ 23 ~
- Tratamento de tabagismo: contamos com 3 centros treinados pelo CRATOD, sendo 1 na UBS Santo
Antônio, 1 na UBS Solo Sagrado e 1 na UBSF Vila Toninho.
DISTRITO I
UBS Anchieta (Unidade Básica de Saúde Anchieta "Dr. Selman Nazareth") CNES: 2096846
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 14.137 pessoas
(Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por médicos clínicos gerais, ginecologistas, pediatras,
enfermeira, técnicos e auxiliares de enfermagem, cirurgiões dentistas, agentes comunitários de saúde,
agentes administrativos e auxiliar de limpeza. A unidade possui apoio da equipe do NADS: nutricionista,
fisioterapeuta, psicóloga, dentista, monitor de práticas corporais e apoiador em DST/AIDS.
- Jardim Caparroz, Jardim Conceição, Jardim Regina Maura, Jardim Rosely, Jardim Sônia, Jardim Suzana,
Loteamento Giachetto, Loteamento Jayme Rosário, Parque Residencial Joaquim Nabuco, Ret. Paulo
Nimer, Ret. Vania Marta, Vila Anchieta, Vila Guararema, Vila Gasbarro, Vila Ipiranga, Vila Lisboa, Vila
Mangini, Vila Mossoró, Vila Nossa Senhora do Carmo, Vila Novaes, Vila Santa Isabel, Vila São Luís
Gonzaga
UBS Central (Unidade Básica de Saúde Central "Orlando Van Herven") CNES: 2096749
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 33.681 pessoas (Censo
2010/IBGE). A equipe é formada por : 4 clínicos, 3 ginecologistas, 2 pediatras, 2 enfermeiros, 1 psicólogo,
1 técnico de enfermagem, 5 auxiliares de enfermagem , 1 gerente, 3 recepcionistas , 2 agendadores, 1
farmacêutico, 4 técnicos de farmácia, 1 faturista , 1 supervisor de agentes e 14 agentes de saúde. A
unidade possui apoio da equipe do NADS: nutricionista, fisioterapeuta, psicóloga, dentista, monitor de
práticas corporais e apoiador em DST/AIDS.
Área de abrangência
- Centro, Jardim Europa, Jardim São Vicente, Jardim Seixas, Vila Aurora, Vila Bancária, Vila Bom Jesus,
Vila Dias, Vila Fioreze, Vila Imperial, Vila Maceno, Vila Nossa Senhora de Fátima, Vila Redentora, Vila
Santa Cruz e Vila Santo Antônio
-Teste do Pezinho
UBS Parque Industrial (Unidade Básica de Saúde Parque Industrial "Ivan Mocdec iMiziara")CNES:
2097028
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 33.796 pessoas (Censo
2010/IBGE). A equipe é formada por médicos clínicos gerais, ginecologistas, pediatras, enfermeira,
técnicos e auxiliares de enfermagem, dentistas, agentes comunitários de saúde, agentes administrativos
~ 24 ~
e auxiliar de limpeza. A unidade possui apoio da equipe do NADS: nutricionista, fisioterapeuta, psicóloga,
dentista, monitor de práticas corporais e apoiador em DST/AIDS.
Na UBSParque Industrial está lotada a Equipe do Consultório na Rua, composta por 01 enfermeira, 01
psicólogo, 01 assistente social 02 agentes de saúde redutores de danos e 01 supervisor de campo.
Equipe do Consultório na Rua (locais fixos): Segunda e Quinta-feira, das 18:30 às 21:30 horas no
Terminal Rodoviário e Terça-feira, das 18:30 às 21:30 horas na Av. Bady Bassit, esquina com rua
Independência.
A equipe é formada por 1 enfermeira, 1 assistente social, 1 psicólogo, 1 supervisor e 2 agentes
redutores de danos e desempenha suas atividades in loco, de forma itinerante, desenvolvendo ações
compartilhadas e integradas às Unidades Básicas de Saúde (UBS), Centro de Atenção Psicossocial (CAPS),
serviços de Urgência Emergência e outros, promovendo a articulação com a rede intersetorial, de acordo
com a necessidade do usuário.
Atuam na Estratégia de Redução de Danos, com distribuição de insumos visando diminuição dos
índices de doenças transmissíveis como HIV e Hepatites virais, além de abordagem psicossocial no uso de
álcool, crack e outras drogas.
Atividades Desenvolvidas: busca ativa e abordagens em locais estratégicos do município, consulta de
enfermagem, incluindo curativos, sorologias, BK, dextro e P.A., consulta de psicologia, atendimento social,
acolhimento, prevenção, encaminhamentos e articulação com a rede intersetorial.
Área de abrangência
- Vila Aeroporto, Jd. Alto Rio Preto, Jd. Alvorada, Ret. Antonio Marques dos Santos, Vila Boa Esperança,
Boa Vista, Jd. Canaã, Vila Cordula, Vila Curti, Vila Diva, Ret. Edson José de Jorge, Vila Esplanada, Vila
Falavina, Vila Ferroviária, Ret. Frederico Freitas, Jd. Herculano, Pq. Industrial, Ret. Jaime Spinola Castro,
Lot. João Gonçalves da Silva, Ret. Luiz Carlos Machado Campos, Vila Cap. Luiz Pinto Morais, Vila Maria,
Jd. Maria Candida, Vila Moreira, Vila Nossa Senhora Aparecida, Vila Nossa Senhora da Paz, Ret. Reis, Jd.
Roseana, Santos Dumont, Lot. Spinola Castro, Vila Tonello, Vila Zilda
UBS Vila Elvira (Unidade Básica de Saúde Vila Elvira "Dr. Nagib Nassif")CNES: 2097001
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica, porém com a estratégia do agente comunitário
de saúde (EACS) implantado e é responsável por 12.579 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada
por: Gerente,Enfermeiro, Técnicose auxiliares de enfermagem., Clinico Geral, Ginecologista,Pediatra,
Dentista, ASB, Agentes administrativos, Farmacêutico, Técnico de Farmácia, Supervisora, ACS, Serviço de
higiene e limpeza, Motorista. A unidade possui o apoio da equipe do NADS: nutricionista, fisioterapeuta,
psicóloga, dentista, monitor de práticas corporais e apoiador em DST/AIDS.
Área de abrangência
~ 25 ~
- Jardim Analice, Jardim Estrela, Jardim Roseiral, Parque Celeste, Parque Residencial MançourDaud, Vila
Cristina, Vila Diniz, Vila Dório, Vila Elvira, Vila Ercília, Vila Santa Tereza
UBS Jardim Americano (Unidade Básica de Saúde da Família Jardim Americano "Dr. Crescêncio Centola")
CNES: 2096994
A UBS tem a estratégia de saúde da família implantada com 1 equipe e ainda mantém 1
profissional clínico no modelo de equipe de atenção básica, o que será transformado em saúde da
família brevemente (necessidade de contratação de profissional médico). A área de abrangência possui
17.918 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por 1 médico clínico e 1 médico generalista, 2
médicos ginecologistas, 1 médico pediatra, 2 enfermeiras, , 4 técnicos de enfermagem e 2 auxiliares de
enfermagem, 2 cirurgiões dentistas, 1 auxiliar de saúde bucal, 5 agentes administrativos, 1 supervisor de
ACS, 12 agentes comunitários de saúde, 1 auxiliar de limpeza, 1 farmacêutico, 2 técnicos de farmácia e 1
gerente/enfermeira. A unidade possui o apoio da equipe do NADS: nutricionista, fisioterapeuta,
psicóloga, dentista, monitor de práticas corporais e apoiador em DST/AIDS.
Área de abrangência
-Jardim Alto Alegre, Jardim América, Jardim Americano, Jardim Bela Vista, Jardim Bordon,Jardim
Fuscaldo, Jardim Yolanda, Jardim Paulista, Jardim Primavera, Jardim São Paulo, Jardim São Vicente, ,
Jardim Ipiranga, Jardim Regina Maura, Jardim Vieira, Jardim Municipal, Jardim Nazaré , Jardim Viena,
Vila Ideal, Vila Goyos, Vila Gomes, Vila Maceno, , Residencial Três Marias, Residencial Jardins, Parque
Residencial Dahma I – II – III – IV – V – VI.
~ 26 ~
DISTRITO II SANTO ANTÔNIO
UBS Santo Antônio (Unidade Básica de Saúde Santo Antônio "Dr. Irineu Sanches") CNES: 2705680
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 23.919 pessoas
(Censo 2010/IBGE), correspondente a 11.000 imóveis, de acordo com levantamento realizado pelos
agentes de saúde.
A equipe é formada por:11Agentes de Saúde, 1 Supervisor de Agente de Saúde, 12 Agentes
administrativos, 11 Auxiliares e técnicos de enfermagem, 3 Enfermeiras, 3 Auxiliar de Saúde Bucal, 6
Dentistas, 1 Assistente Social, 2 Psicólogas, 6 Clínicos, 4 Ginecologistas, 3 Pediatras, 2 Farmacêuticas, 4
Técnicos de farmácia, 1 Vigia e 1 Gerente de Serviços de Saúde.
Área de abrangência
- Bela Vista I, Bela Vista II, Condomínio Areia Branca, Condomínio Nossa Senhora de Lourdes,
Condomínio São Luís, Estância São Felício, Jardim Arroyo, Jardim Manoel Del’Arco, Jardim Nunes, Jardim
Parque das Perdizes, Jardim Planalto, Jardim Santo Antônio, Jardim Zé Menino, Loteamento Beira Rio,
Loteamento Galiléia, Loteamento Oásis, Luzia Polotto, Condomínio Morada do Sol, Residencial Jéssica,
Residencial Caetano I e Residencial Caetano II, São Pedro I, São Pedro II, São Pedro III, Residencial
Morada do Sol, Residencial Vale do Sol, Estância Barreiro, Estância Montana.
UBSF Nova Esperança (Unidade Básica de Saúde da Família Nova Esperança "Dr. Nelson Nagib Gabriel")
CNES: 7182651
A Unidade foi inaugurada em 22/02/2013 e está se organizando na estratégia de saúde da família,
com a capacidade de 3 equipes de saúde da família e 2 de saúde bucal. Está em processo de cadastramento
de seus usuários com 1.073 famílias cadastradas até a presente data, tendo sua área de abrangência
delimitada pelo Bairro Parque Residencial Nova Esperança que conta com 2.491 casas, sendo a população
estimada de 9.450 pessoas. O Parque Nova Esperança foi um projeto da prefeitura municipal em parceria
com o governo federal para abrigar famílias de baixa renda e em situação de risco, vindas de áreas do
município.
UBSF Jardim Simões/Renascer (Unidade Básica de Saúde da Família Jardim Simões/Renascer)
CNES: 2097095
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 2 equipes de saúde da família e 1
equipe de saúde bucal. O território possui 6.547 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por:2
médicos generalistas, 1 ginecologista/obstetra, 1 pediatra, 2 enfermeiras, 3 técnicos de enfermagem, 3
auxiliares de enfermagem, 3 agentes administrativos, 1 secretário executivo, 1 gerente, 1 farmacêutica,
~ 27 ~
1 técnico de farmácia, 1 dentista, 1 auxiliar de saúde bucal, 1 supervisor dos agentes comunitários de
saúde, 11 agentes comunitários de saúde, 1 nutricionista e1 auxiliar de limpeza.
Área de abrangência
- Mini Distrito Industrial, Jd. Helena, Pq. Juriti, Jd. Marajó, Duas Vendas G e F, Resid. Sebastião Guilherme
Padília, Jd. Simões, Renascer, Estância Suíça, Recanto Duas Vendas
UBSF Vila Mayor (Unidade Básica de Saúde da Família Vila Mayor "Dr. Afiz Nassif")
CNES: 2096927
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 3 equipes de saúde da família e 1
equipe de saúde bucal. O território possui 14.509 pessoas (Censo 2010/IBGE).
A equipe é formada por: 03 generalistas, 03 enfermeiras, 02 técnicos de enfermagem, 04
auxiliares de enfermagem, 07 agentes administrativos, 19 ACS, 01 supervisora dos ACS, 02
ginecologistas, 02 pediatras, 01 dentista, 01 ASB, 01 farmacêutico e 02 técnicas de farmácia.
Área de abrangência
- Resid. Alto das Andorinhas, Resid. Ana Célia, Resid. Ana Célia II, Jd. Braga, Resid. Dom LafayeteLibanio,
Mini Distrito Industrial Dr. Heitor José Eiras Garcia I, Mini Distrito Industrial Dr. Heitor José Eiras Garcia II,
Jd. IELAR, Jd. Itapema, Jd. Itapema II, Vila Mayor, Vila Miguelzinho, Jd. Mugnaini, Jd. Nonaka, Jd. Paraíso,
Resid. Santa Inês, Chácara Tranquilidade, Resid. Vale do Sol
UBSF Jardim Maria Lúcia (Unidade Básica de Saúde da Família Jardim Maria Lúcia "RupenKuyumjian")
CNES: 3409740
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 3 equipes de saúde da família e 2
equipes de saúde bucal. O território possui 17.170 pessoas (Censo 2010/IBGE).
A equipe é formada por: 3 médicos, 2 pediatras, 2 ginecologistas, 1 nutricionista, 2 dentistas, 2
auxiliares de saúde bucal, 3 enfermeiras, 4 técnicas de enfermagem, 1 farmacêutica, 2 técnicas em
farmácia, 8 auxiliares administrativos, 24 agentes comunitários de saúde, 1 supervisora de agentes
comunitários de saúde, 1 motorista, 1 auxiliar de limpeza e 1 gerente.
Área de abrangência
- Jd. Maria Lúcia, Jd. Antunes, Resid. Colorado, Resid. Califórnia, Jd. Arroyo (pequena parte), Jd. das
Oliveiras, Estância Santo Antônio e os Mini-distritos: Anatol Onarsk, José Felipe Antônio e Edson Pupim
~ 28 ~
UBSF Parque da Cidadania (Unidade Básica de Saúde da Família Parque da Cidadania "Alessandra
Secundino de Oliveira")CNES: 2097109
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 1 equipe de saúde da família e 1 equipe
de saúde bucal. O território possui 4.610 pessoas (Censo 2010/IBGE). Temporariamente, atende a
população do bairro Nova Esperança, até que a UBSF fique pronta.
A equipe é formada por: 2 ginecologistas, 2 pediatras, 1 clínico; 14 agentes comunitários de
saúde, 1 supervisor de vetores, 3 enfermeiros, sendo um deles o gerente, 1 dentista, 1 auxiliar de saúde
bucal, 1 farmacêutica, 1 auxiliar de saúde bucal, 4 auxiliares administrativos sendo 1 deles secretário
executivo, 1 auxiliar de limpeza, 2 zeladores noturnos, 1 auxiliar de enfermagem e 2 técnicos de
enfermagem.
DISTRITO II SOLO SAGRADO
UBS Solo Sagrado (Unidade Básica de Saúde Solo Sagrado "Dr. Vergílio Dalla Pria Neto")CNES: 2096935
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 24.315 pessoas
(Censo 2010/IBGE). O território possui grande número de loteamentos de chácaras não regularizados e
área rural. A equipe é formada por: Gerente, Enfermeiro, Técnicos e auxiliares de enfermagem, Clínico
Geral, Ginecologia, Pediatra, Dentista, ASB, Agente administrativos, Farmacêutico, Tec. Farmácia,
Supervisora, ACS, Serviço de higiene e limpeza, Motorista, Psicóloga e Assistente social.
Área de abrangência
- Condomínio dos Pássaros, Condomínio Todos os Santos, Estância Alvorada, Estância Bela Vista I e II,
Estância Floresta Park, Estância Luiza, Estância Nossa Senhora da Aparecida, Estância Santa Edwirges,
Estância Vista Bonita, Mini-Distrito Ary Attab, Residencial Laranjeiras, Solo Sagrado, Solo Sagrado I, Vila
Mafalda II
UBS Eldorado (Unidade Básica de Saúde Eldorado "Dr. Oscar Barros Serra Dória")
CNES: 2096838
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 19.548 pessoas
(Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por: Gerente, Enfermeiro, técnicos e auxiliares de enfermagem,
Clinico Geral, Ginecologia, Pediatra, Dentista, ASB, Agente administrativos, Farmacêutico, Técnico de
Farmácia, Supervisora, ACS, Serviço de higiene e limpeza, Motorista, Psicóloga e Assistente social.
~ 29 ~
Área de abrangência
- Costa do Sol, Eldorado I , Eldorado ll, Eldorado lV, Eldorado, Eliseu Pinto, João da Silva, Los Angeles,
Santa Bárbara, Vila Romana e Vila União
UBS Vetorazzo (Unidade Básica de Saúde Vetorazzo "Dr. Domingo Marcolino Braile")CNES: 2096986
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 24.406 pessoas
(Censo 2010/IBGE).A equipe é formada por:Gerente,Enfermeiros, técnicos e auxiliares de
enfermagem,Clinico Geral, Ginecologia, Pediatra, Dentista, ASB, Agentes administrativos., Farmacêutico,
Técnicos de Farmácia, Supervisora,ACS, Serviço de higiene e limpeza, Motorista, Psicóloga e Assistente
social.
Área de abrangência
- Jd. Alice, Jd. Anielli, Resid. Anna Angélica, Jd. Astúrias, CECAP, Resid. Villa Borghese I, Resid. Villa
Borghese II, Resid. Villa Borghese III, Jd. Congonhas, Ret. Durival Carvalho, Eldorado, Resid. ETEMP, Jd.
Gisete, Ret. Hélio Cherubini, Jd. Henriqueta, Vila Itália, Resid. Lauriano Tebar, Resid. Macedo Teles I,
Resid. Macedo Teles II, Jd. Novo Aeroporto, Lot. Porto Seguro, Resid. Rio das Flores, Jd. Santa Lúcia, Vila
São Jorge, Pq. Sol, Resid. Universo, Jd. Vetorasso
UBSF Gonzaga de Campos (Unidade Básica de Saúde da Família Gonzaga de Campos "Francisco
Quintana")CNES:2096803
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 1 equipe de saúde da família e 1 equipe
de saúde bucal. O território possui 2.439 pessoas (Censo 2010/IBGE). A região possui um Distrito
Industrial. A equipe é formada por agentes comunitários de saúde, supervisor, enfermeiros, auxiliar e
técnicos de enfermagem, dentista, auxiliar de saúde bucal, agentes administrativos, médicos generalista,
ginecologista e pediatra.
Area de abrangência
- Gonzaga de Campos, São José Operário, Distrito Industrial, Residencial Palestra, Clube de Campo
Palestra, área de chácaras e sítios, Colônia Fepasa, Jardim do Cedro e Vila Itália
UBSF Jardim Gabriela (Unidade Básica de Saúde da Família Jardim Gabriela "Dr. Eduardo Paulo
Boskovitz")CNES: 6410367
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 2 equipes de saúde da família e 1
equipe de saúde bucal. O território possui 10.937 pessoas (Censo 2010/IBGE).A equipe 01 é formada por
01 medico generalista, 01 enfermeiro, 01 auxiliar de enfermagem e um técnico; a Equipe 02 é composta
por 01 medico, 01 enfermeiro e 02 técnicos de enfermagem. A Equipe de saúde bucal é composta por 01
~ 30 ~
dentista e 01 ASB. É uma região em desenvolvimento, em que o número de edificações vem crescendo
constantemente. Além disso, a população possui um perfil adulto jovem, grande parte de trabalhadores.
Área de abrangência
- Parque das Aroeiras I e II, Residencial Antonieta, Residencial Jardim Gabriela, Residencial Monte Verde
e Residencial Nato Vetorazzo ,Mirante e Docca Vetorazzo
DISTRITO III
CSE Parque Estoril (Centro de Saúde Escola Parque Estoril "Dr. José Paulo Cipullo")
CNES: 2758288
O CSE trabalha no modelo tradicional de atenção básica e é responsável por 33.346 pessoas
(Censo 2010/IBGE). É local de aprendizado à FAMERP (alunos da graduação de enfermagem e medicina e
das residências médicas e multiprofssional). A equipe é formada por: Médicos, Enfermeiros, Dentistas,
Farmacêutico ,Técnicos de Enfermagem,Técnicos de Farmácia, ASB, ACS, Agentes Administrativos e
Serviço de Higienização.
Área de abrangência
- Bom Jardim, Jd. Bosque da Saúde, Jd. Brasilusa, Fazenda Canela, Jd. Centro, Chácara Municipal, Resid.
Cidade Nova, Pq. Estoril, Ret. Godoy, Ret. João José de Paula, Jd. Norte, Nosso Senhor do Bonfim, Jd.
Nova Redentora, Jd. Novo Mundo, Jd. Ouro Verde, Jd. Panorama, Jd. Pinheiros, Pq. Quinta das Paineiras,
Jd. Redentor, Vila Santa Cândida, Jd. Santa Catarina, Jd. Santa Luzia, Jd. Santa Maria, Vila São João, Vila
São Joaquim, Vila São José, Vila São Manoel, Vila São Pedro, Vila Sinibaldi, Jd. Sul, Jd. Urano
UBS São Francisco (Unidade Básica de Saúde São Francisco "Dr. Hubert Richard Pontes")CNES: 2096978
A UBS trabalha no modelo tradicional de atenção básica, porém com a estratégia do agente comunitário
de saúde (EACS) implantado e é responsável por 25.413 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada
por: Médicos,Enfermeiros, Dentistas,Farmacêutico,Técnicos de Enfermagem, Técnicos de Farmácia,
ACS,ASB,Agentes Administrativo e Serviço de Higienização.
Área de abrangência
- Mini Distrito Ulisses Guimarães, Jardim Maracanã, Condomínio Recanto Real, Jardim Walquíria, Jardim
Tarraf I, Jardim Tarraf II, Jardim Morumbi, Jardim Fernandes, Jardim Michael Jacob, Bairro Universitário,
Jardim Vivendas, Jardim Bosque das Vivendas, Jardim Aclimação, Condomínio Village La Montagne,
Parque dos Pássaros, Condomínio Green Garden, Condomínio Green Park, Vila Nossa Senhora da
Conceição, Bairro São Francisco, Jardim Viena, Jardim Residencial Alba, Jardim Tangara, Condomínio
~ 31 ~
Village Santa Helena, Bairro Matinha, Residencial Alameda do Sul, Condominio de Chacaras San
Fernando, Higienopolis, Jardim Moyses Miguel Haddad, Condomínio Dédora Cristina, Condominio
Flamboyant, Condomínio Burganville, Residencial Club Terraço, Condomínio San Lourenço, Residencial
Cenarium, Condomínio do Golf, Condomínio Ecco Village, Condomínio Eco Village I
DISTRITO IV
UBSF CAIC/Cristo Rei (Unidade Básica de Saúde da Família Guiomar Assad Calil CAIC/Cristo Rei "Prof. Dr.
José Liberato Ferreira Caboclo") CNES: 6383106
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 3 equipes de saúde da família e 2 equipes de
saúde bucal. O território possui 14.811 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por: Médicos
generalistas, Enfermeiros,Farmacêutico, Dentista, Técnicos de Farmácia, Técnicos de Enfermagem, ASB,
ACS, Agentes Administrativos e Serviço de Higienização.
Área de abrangência
- Conjunto Habitacional Guiomar Assad Calil (Caic), Conjunto Habitacional Cristo Rei, Faz. Rio Preto,
Jardim Gomes, Jardim Nilza Helena, Jardim Soraya, Jardim Vitória Régia, Jardim Zaira, Mini-distrito
Industrial Tancredo Neves, Parque Industrial Campo Verde, Parque Residencial Romano Calil, Ret. Jesus
Ferreira, Vila Hipódromo, Jardim Gomes e Vila São Judas Tadeu
UBSF Cidade Jardim (Unidade Básica de Saúde da Família Cidade Jardim "Marinês Brambilla")
CNES: 3850757
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 2 equipes de saúde da família e 2 equipes de
saúde bucal. O território possui 10.780 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por: Médico,
Enfermeiros, Dentistas, Farmacêutico, Técnicos de Farmácia, Técnicos de Enfermagem, ACS , ASB e
Serviço de Higienização.
Área de abrangência
- Cidade Jardim, São Marcos, Estância Unitra, Jardim Navarrette, Estância Santa Inês I e II, Estância Santa
Maria, Estância São Pedro, Vista Alegre I, II e III, Estância Ponte Grande, Estância Santa Apolônia,
Auferville I, II,III, Vila Azul, São Miguel Arcanjo I, São Miguel Arcanjo II, Estância Sobrinho, Condomínio 2
de Abril
UBSF Engenheiro Schmitt (Unidade Básica de Saúde da Família Engenheiro Schmitt "Dr. Cléo Oliveiro
Roma")CNES: 2096757
~ 32 ~
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 2 equipes de saúde da família e 1
equipe de saúde bucal. O território possui 6.235 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por:
Médicos, Enfermeiros, Dentista,Farmacêutico,Técnicos de Farmácia,Técnicos de Enfermagem, ACS,
ASB,Agentes Administrativos e Serviço de Higienização.
Área de abrangência
- Centro de Schmitt, Condomínio Ana Claudia, Condomínio Alferville ( Estância Santa Maria ),
Condomínio Bela Vista I e II, Condomínio Nossa Senhora de Fátima, Estância da Luz, Estância Santa Luzia,
Jardim Veneza, Condomínio Vila Velha, Corrego da Lagoa, Córrego da Mata, Córrego do Cedro, Estância
Manacas, Estância Nova Veneza, Estância Primavera, Estância Santa Catarina, Estância São Francisco,
Estância São João, Jardim Schmitt, Residencial Jardim das Amoras, Estância Éden Leste, Estância Pazzotti,
Estância José Bernardino de Souza e São Judas Tadeu (Vila Ramos)
UBSF Vila Toninho (Unidade Básica de Saúde da Família Vila Toninho "Dr. Gilberto Lopes da Silva")
CNES: 2096781
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 3 equipes de saúde da família. O
território possui 10.815 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por: Médicos, Enfermeiros,
Farmacêutico, Dentistas, Técnicos de Enfermagem, Técnicos de Farmácia, Agentes Administrativos,
Agente Comunitário de Saúde, ASB e Serviço de Higienização.
Área de abrangência
- Vila Toninho, Parque Residencial Cambuí, Estância Jockey Clube, Morada Campestre, Estância Bela Vista
III, Fazenda dos Macacos
~ 33 ~
DISTRITO V
UBS Jaguaré (Unidade Básica de Saúde Jaguaré "Dr. José Arroyo Martins")
CNES: 2096943
A UBS Jaguaré atende uma população de 28.304 habitantes. Sua equipe é composta por 1
gerente, 8 clínicos geral, 4 pediatras, 3 Ginecologistas, 3 enfermeiros, 8 técnicos de enfermagem, 3
auxiliares de enfermagem, 2 farmacêuticas, 5 técnicos em farmácia, 3 dentistas, 1 Auxiliar de Saúde
Bucal, 18 ACS, 1 supervisora, 9 agentes administrativos, 1 motorista e 2 auxiliares de limpeza.
Caracteriza-se por uma população infantil e adulta jovem com predomínio de neoplasias, violências,
drogadição, doenças circulatórias, gravidez na adolescência e dificuldade de adesão ao pré-natal.
Área de abrangência
- Auferville V, Bosque da Felicidade, Condomínio Pica Pau Amarelo, Condomínio Residencial Vale Verde,
Condomínio Residencial Vale Verde ll, Condomínio Residencial Vale Verde III, Distrito Industrial Carlos
Arnaldo, Estância Primavera, Estância Primavera I, Estância Santo Antônio, Estância San Carlo, Estância
São Carlo, Estância São João, Estância São Judas Tadeu, Estância Verão, Jaguaré, Jardim do Bosque,
Jardim do Bosque II, Jardim Castelinho, Jardim Castelinho II, Jardim Castelinho III, Jardim do Lago, Jardim
Flor do Bairro, Jardim Giuliani, Jardim Juliane, Jardim Nazareth, Jardim Santa Rosa, Jardim Santa Rosa II,
Jardim Seyon, Jardim Urupês, Jardim Vitória, Jardim Vitória II, João Paulo II, Loteamento Azulão,
Minidistrito Ernesto Garcia Lopes, Minidistrito Giuliane l, Minidistrito Industrial Jaguaré, Minidistrito
João Paulo ll, Parque Residencial do Bosque, Parque das Flores, Parque das Flores II, Residencial Garcia,
Residencial Garcia II, Residencial Parque Castelinho, Vila Clementina e Vila Elmaz
UBSF Jardim Felicidade/São José do Rio Preto I (Unidade Básica de Saúde da Família Jardim
Felicidade/São José do Rio Preto I "Dr. João Roberto Antônio") CNES: 2097085
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 2 equipes de saúde da família e 1
equipe de saúde bucal. O território possui 6.100 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por 02
enfermeiras, 03 técnicos de enfermagem, 02 auxiliares de enfermagem, 02 médicos generalistas, 02
ginecologistas, 01 pediatra, 01 dentista, 01 ASB, 01 farmacêutica, 03 administrativos, 01 supervisora dos
ACS, 12 ACS, 01 auxiliar de serviços gerais, 01 motorista da equipe e 02 anjos da guarda (noturno).
Caracterizada por uma população adulta jovem com predomínio de doenças crônicas. Área com
potencialidade de gravidez na adolescência e dificuldade de adesão ao pré-natal.
Área de abrangência
~ 34 ~
- Residencial Rio Preto I, Jardim Felicidade, Estância Santa Clara, Estância Santa Clara II, Estância Vitória,
Estância Gramado, Bosque Verde, Estância Cavalari, Estância Santa Ana, Marisa Cristina, Residencial
Santa Ana.
UBSF São Deocleciano (Unidade Básica de Saúde da Família São Deocleciano "Lindomar Luis Longo")
CNES: 2096919
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 3 equipes de saúde da família e 1
equipe de saúde bucal. O território possui 16.061 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por
Médicos Generalistas (3), Médico Pediatra (2), Médico Ginecologista (2), Enfermeiro (3), Técnico de
Enfermagem (5), Auxiliar de Enfermagem (1), Agente Administrativo (4), Supervisor ACS (1), ACS (19),
Farmacêutico (1), Técnico de Farmácia (2), Dentista (1), Auxiliar de Consultório Dentário (1), Secretária
Executiva (1), Gerente de Serviço (1). Caracterizada por população adulta jovem com predomínio de
neoplasias e doenças crônicas cardiovasculares.
Área de abrangência
Zona Urbana
- São Deocleciano I, II e III, Jd. Marambaia, Jd. Primavera, Jd. Jandira, Jd. Yolanda, CondomínioGaivota,
Condomínio Figueira, Pq. São Miguel, Jd. Filomena,Cond. Village Dahma I e II, Cond. Barcelona,
Maristela, Cond. Terra Nova (Cond. Belvedere, Cond. Greem Park I e II eParque da Liberdade I a VI).
Zona Rural
- Recanto dos Eduardos, Estância São João, Estância São João I, Recanto Feliz, Estância Ivone, Estância
Santa Helena, Recanto São Lucas, Estrada Boiadeira e Estância Pica-pau.
UBSF Talhado (Unidade Básica de Saúde da Família Talhado)CNES: 2096862
A UBSF tem a estratégia saúde da família implantada com 1 equipe de saúde da família e 1 equipe
de saúde bucal. O território possui 3.791 pessoas (Censo 2010/IBGE). A equipe é formada por 1 médico
generalista, 1 enfermeiro, 2 técnicos de enfermagem, 1 auxiliar de enfermagem, 1 dentista, 1 auxiliar de
saúde bucal, 1 farmacêutico, 8 agentes comunitários de saúde, 1 médico pediatra e 1 médico
ginecologista. Equipe do NASF, formada por médico pediatra, cirurgião dentista, psicólogo, nutricionista,
fisioterapeuta e assistente social. Caracterizada por uma população adulta jovem e idosa com
predomínio de doenças crônicas cardiovasculares.
Área de abrangência
- Distrito de Talhado e loteamentos, Estância São Luiz I, Estância São Luiz II, Estância São Luiz III, Estância
San Luiz I e San Luiz II, Centro, Estância São Roque, Terras de São Lucas, Condomínio Nossa Senhora do
Líbano, Terras de São José, Estância Pingo D'água I, Estância Pingo D'água II, Chácara Santa Rita e
~ 35 ~
Estância São Judas Tadeu, Condomínio Sossego, Estância Raquel, sítios e fazendas que margeiam as
divisas dos municípios de Guapiaçu, Onda Verde e Cipó Torto.
DEPARTAMENTO DA ATENÇÃO ESPECIALIZADA
O Departamento foi instituído em 2009, visando organizar os ambulatório e serviços especializados
próprios do município, através do planejamento de políticas de saúde de média complexidade ampliando a
acesso do usuário neste segmento. Vale pontuar que a regulação a estes serviços e de prestadores são
gerenciados pelo Departamento de Regulação e Controle.
O Departamento conta com 03 (três) gerências técnicas, sendo:
Gerência de Saúde Mental - gerência 7 unidades, sendo 01 Ambulatório de Saúde Mental, 03 CAPS
i, 01 CAPS II, 01 CAPS AD e 01 CIAPS
Gerência de Reabilitação – gerência 4 unidades, sendo 02 CEO, 01 Núcleo de Reabilitação Física e
Núcleo Integrado de Reabilitação
Gerência de Ambulatórios e Serviços Especializados – gerência 11 unidades, sendo: 01
Ambulatório de Especialidade, 01 Hospital Dia, 01 Centro Especializado na saúde da mulher, 01
Ambulatório de Hepatite, 01 Ambulatório de Tuberculose e Hanseníase, 01 SAE, 01 Ambulatório de
DST e TT, 01 SAD, 01 Banco de Leite, 01 Centro de Prevenção e Diagnóstico de DST/Aids, 01
Laboratório de Sorologia
~ 36 ~
SERVIÇOS E AMBULATÓRIOS PRÓPRIOS DA MÉDIA COMPLEXIDADE
~ 37 ~
1. Rede de Atenção Psicossocial
1.1 Ambulatório de Saúde Mental
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Horário de Funcionamento
Descrição do serviço
~ 38 ~
Clínica / Centro de Especialidades
2096773
Rua Alberto Sufredini Bertoni, 2325, Vila Maceno.
Segunda a sexta-feira, das 7h às 17h
Serviço de referência em atendimento e tratamento
psiquiátrico de pessoas com transtornos mentais e
atendimento psicossocial. Referência para usuários
adultos (a partir de 18 anos), portadores de transtornos
mentais e comportamentais (F00- F99). Os transtornos
devidos ao uso de substância psicoativa (F10-F19) e as
doenças do sistema nervoso (ex: doença de Alzheimer,
epilepsia) são atendidos somente em caso de comorbidades, após avaliação da equipe. Atende o
município de São José do Rio Preto e 14 municípios da
microrregião (Bady Bassit, Bálsamo, Cedral, Guapiaçu,
Ibirá, Ipiguá, Mirassolândia, Neves Paulista, Nova
Aliança, Onda Verde, Orindiúva, Palestina, Paulo de
Faria, Uchoa).
O ambulatório conta com mais de 29.000 pessoas
matriculadas, em torno de média de 7.300 prontuários
ativos, sendo 96% munícipes de São José do Rio Preto.
Média de 1240 consultas médicas mensais.
1.2 CAPS i Centro
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
Centro de Atenção Psicossocial
3573249
Rua Prudente de Moraes, 3575 - Vila Ercília
Serviço de referência para tratamento de Crianças e
Adolescentes na faixa etária de 0 a 18 anos, que sofrem
com transtornos mentais, psicoses, neuroses graves e
demais quadros, (segundo os CIDs definidos na Portaria
GM 336/02) cuja severidade ou persistência justifiquem
sua permanência num dispositivo de cuidado intensivo,
comunitário e promotor de vida. Tem por objetivo
proporcionar o atendimento amplo, integrado e
interdisciplinar, à criança e ao adolescente envolvendo e
mantendo seu vínculo com a família, escola, trabalho e a
sociedade objetivando a inclusão social. Também
referência para crianças e adolescentes até 14 anos em
uso de álcool, crack ou outras drogas.
Área de atuação distrital: Distrito I (UBS Anchieta, UBS
Jd. Americano, UBS Pq. Industrial, UBS Vila Elvira, UBS
Central); Distrito II (UBS Vetorazzo, UBSF Gabriela);
Distrito IV (UBSF Caic/Cristo Rei); Distrito V (UBSF São
Deocleciano, UBSF Jd. Felicidade/São José do Rio Preto I,
UBSF Talhado).
Parâmetro assistencial (Portaria M.S- Nº 189/2002)
anual de 1860 acompanhamentos (intensivos, semi
intensivos e não intensivos), realizado em 2011, 2534
acompanhamentos, sendo a média de 84 consultas
médicas mensais.
1.3 CAPS i Norte
Tipo de serviço
CNES
Endereço
~ 39 ~
Centro de Atenção Psicossocial
2823454
Rua Manoel Francisco Raposeiro, 200 - Jardim Simões
Descrição do serviço
Serviço de atenção diária destinado ao atendimento de
crianças e adolescentes (até 18 anos) com transtornos
graves e severos, estão incluídos nesta categoria os
portadores de autismo, psicoses, neuroses graves e
todos aqueles que por sua condição psíquica, estão
impossibilitados de manter ou estabelecer laços sociais,
também referência para atendimento de crianças e
adolescentes até 14 anos em uso de álcool, crack ou
outras drogas. O serviço acompanha crianças e
adolescentes de acordo com o parâmetro assistencial
estabelecido pela portaria M.S- Nº 189/2002, sendo a
média de consulta médica de 54.
Referência para a Saúde-Mental infanto-juvenil de 02
Distritos de Saúde do município de São José do Rio
Preto:
Distrito II (UBS Eldorado, UBS Santo Antônio, UBSF
Vila Mayor, UBS Solo Sagrado, UBSF Renascer,
UBSF Gonzaga de Campos, UBSF Cidadania, UBSF
Maria Lúcia)
Distrito V (UBS Jaguaré)
1.4 CAPS i Higienópolis
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
1.5 CAPS II – Adulto
Tipo de serviço
CNES
~ 40 ~
Centro de Atenção Psicossocial
5309107
Rua Centenário, 162 - Jardim Europa
Centro destinado ao atendimento de crianças e
adolescentes (até 18 anos) com transtornos graves e
severos, estão incluídos nesta categoria os portadores
de autismo, psicoses, neuroses graves e todos aqueles
que por sua condição psíquica, estão impossibilitados de
manter ou estabelecer laços sociais. Referência para
atendimento de crianças e adolescentes até 14 anos em
uso de álcool, crack ou outras drogas. Em consideração
a portaria nº 3088 de 23 de dezembro de 2011 este
serviço esta em processo de habilitação.
Centro de Atenção Psicossocial
5303486
Endereço
Descrição do serviço
1.6 CAPS AD
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
~ 41 ~
Rua José Polachini Sobrinho, 575 - Bom Jardim
Esse serviço tem por finalidade a assistência à
população adulta (acima 18 anos) com transtornos
mentais severos e persistentes, causadores de
importante grau de desabilitação, ou seja, limitação ou
perda da capacidade operativa; integrar a saúde mental
especializada à rede básica de saúde; organizar o fluxo
de encaminhamentos do município. o CAPS atende
pacientes encaminhados da Rede de Atenção Básica,
Pronto Socorro Central, Ambulatório de Saúde Mental,
Hospitais Psiquiátricos que sejam moradores de Rio
Preto, independente do seu território de abrangência.
Parâmetro assistencial (Portaria M.S- Nº 189/2002)
(intensivos, semi intensivos e não intensivos).
Centro de Atenção Psicossocial
2097052
Rua Joaquim Rosa dos Santos, 851 - Vila Clementina
Referência no atendimento de pessoas que reconhecem
prejuízos decorrentes do uso de álcool/outras drogas e
para seus familiares. O tratamento é voluntário, suas
diretrizes seguem as Políticas: Nacional em Álcool e
Outras Drogas, de Redução de Danos e a Legislação que
despenaliza o usuário de drogas. Destinado à população
munícipe de São José do Rio Preto, com idade acima dos
14 anos. Os atendimentos prestados são de caráter
ambulatorial, multiprofissional, tendo como princípios o
tratamento humanizado, a reinserção social e o
exercício da cidadania e autonomia. O
acompanhamento é realizado através do Plano
Terapêutico Individualizado em três níveis de
atendimento: Intensivo, Semi-intensivo e Não-intensivo.
Realiza uma média de 290 pacientes/mês, sendo o
parâmetro ministerial de 190 pacientes/mês. A equipe
técnica também desempenha ações no território:
reuniões de orientação e discussão de casos com outros
serviços da rede de saúde, Conselho Tutelar, Vara da
Infância e Juventude, Projetos Sociais, FRAS, CRAS,
CREAS, reuniões intersetoriais, visitas domiciliares /
institucionais entre outros
1.7 CIAPS
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
Centro Especializado de Internação
Rua Voluntários da Pátria, 5 - Centro - Distrito de
Engenheiro Schmitt
O Centro Integrado de Atenção Psicossocial é um serviço
de internação (20 leitos) para adolescentes do sexo
masculino (12 a 18 anos) para tratamento de
dependência química. A inclusão no serviço é realizada
por guia referencia e contra referencia através dos CAPS
e UPA Central. A internação A internação é realizada de
2º a 6º feira das 8 às 12 horas, e é obrigatória a
presença de um responsável pelo adolescente. A
característica do serviço é o tratamento estruturado,
orientado para a Abstinência, com tempo de internação
médio ou prolongado e, preferencialmente, voluntário.
Conforme fluxograma abaixo é importante ressaltar que apesar da rede de apoiadores e a
demanda espontânea serem porta de entrada para a rede de sustentação de saúde mental é importante
que seja estabelecido um vínculo deste usuário com a unidade de saúde mais próxima de sua casa visando
sistematizar a ordenação do cuidado compartilhado.
A rede de Saúde mental esta em processo de reestruturação em acordo com as portarias nº 3088,
3089 e 3090 de 23 de dezembro de 2011, Portaria nº 130 de 26 de janeiro de 2012. Os projetos do CAPS AD
III e STR foram deliberados pela CIB nº 47 de 20 de julho de 2012.
~ 42 ~
2. Rede de Atenção a pessoa com deficiência
Núcleo de Reabilitação
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
Clinica / Centro Especializado
3060322
Avenida Danilo Galeazzi, 1891 - Jardim do Bosque II
Núcleo Municipal de Reabilitação (N.M.R.) de São José
do Rio Preto é um serviço de referência em medicina
física e reabilitação, de alta complexidade, com a
finalidade de atenção intensiva multidisciplinar à pessoa
com deficiência física e sensorial para a avaliação,
prescrição, adequação, treinamento, acompanhamento
e dispensação de órtese, prótese e meios auxiliares de
locomoção. O serviço apresenta uma média anual de
42.000 atendimentos, e no Programa de Órtese, Prótese
e Meios Auxiliares de Locomoção a média de entrega
anual é de 1.260. Média de consultas 1.890 mês.
Fluxograma
Núcleo Integrado de Reabilitação
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
~ 43 ~
Unidade de apoio diagnostico e terapia (SADT isolado)
7049862
Avenida Domingos Falavina, 1470 - Jardim Marajó
Serviço de média complexidade de reabilitação física.
Unidade ambulatorial de referência para atendimento
em reabilitação físico-funcional e sensorial de
incapacidade transitória, de doenças crônicas do
aparelho locomotor e doenças crônicas do aparelho
locomotor e doenças ocupacionais.
Atividades desenvolvidas: consulta especializada de
equipe multiprofissional, atendimento individual e em
grupo, atividades educativas, intervenção terapêutica
de reabilitação e atividades de vida diária e ocupacional,
prevenção de seqüelas incapacitantes e deficiências
secundárias, reeducação postural, acompanhamento de
portadores de hipermobilidade articular, estimulação do
desenvolvimento neuropsicomotor, orientação a
cuidadores e familiares, preparação para alta, convívio
social e familiar, e outras atividades afins. Média de
atendimento de 460/mês.
Centro Especializado Odontológico Centro
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
Centro Especializado Odontológico Norte
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
~ 44 ~
Centro Especializado
Utiliza o CNES da UBS Central 2096749
Avenida Philadelpho Gouveia Netto, 3165 (1º Andar) Vila Maceno
Atendimento especializado em odontologia tendo como
procedimentos específicos parametrizados: periodontia,
cirurgia buço-maxilo-facial/semiologia, endodontia, e
atendimento a pacientes portadores de necessidades
especiais (PPNE). Também oferece atendimento nas
especialidades de odontopediatria e reabilitação oral
(prótese total, prótese parcial acrílica, prótese unitária
intraradicular). O CEO foi requalificado de tipo II para
tipo III aumentando a oferta de serviços através da
Portaria nº 2015 de 23 de agosto de 2011. A média de
consultas é de 960 mês.
Centro especializado
Utiliza o CNES da UBS Solo 354980.
Philadelpho Gouveia Netto, 3165 (1º Andar) - Vila
Maceno (endereço provisório até o término da reforma
do prédio da sede sito Rua Beatriz Conceição, 406, Solo
Sagrado
Atendimento especializado em odontologia tendo como
procedimentos específicos parametrizados: periodontia,
cirurgia buço-maxilo-facial/semiologia, endodontia, e
atendimento a pacientes portadores de necessidades
especiais (PPNE). Também oferece atendimento nas
especialidades de odontopediatria e reabiliatação oral
(prótese total, prótese parcial acrílica, prótese unitária
intraradicular). Média de 396 consultas mês.
3. Ambulatórios e Serviços Especializados na Rede de Atenção a Saúde
Ambulatório de Especialidade
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
Policlínica (cadastro CNES) – serviço ambulatorial.
2096765
Rua São Paulo, 2330 - Vila Maceno
Serviço de referencia no atendimento de 33 especialidades médicas.
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
~ 45 ~
ESPECIALIDADE MÉDICA
alergista
cardiologia
cirurgia-plástica
cirurgia-vascular
dermatologia
endocrinologia
gastroenterologia
hematologia*
homeopatia
infectologia
mastologia
nefrologia
neurologia
neurologia-hebiatria
oftalmo - derm. Sanit.**
oftalmologia
oncologia
nº Prof.
1
4
2
3
5
2
2
1
1
1
1
1
5
1
1
7
3
18
19
20
21
22
23
24
25
1
2
3
4
5
6
7
8
ortopedia
otorrinolaringologia
pneumologia
procto-doenças inflamatórias
proctologia
reumatologia
radiologista***
urologia
PEDIATRIA
cirurgia-pediátrica
alergo pediatria
endo-pediatria
hematologia-pediátrica*
homeopatia-pediátrica
neonatal
neuro-pediatria
pneumo pediatria
6
2
3
1
2
3
2
3
nº Prof.
1
1
1
1
1
1
3
1
O Ambulatório também é referencia nos serviços:
Serviço de Atenção ao Estomizado: assistência especializada e
de natureza interdisciplinar às pessoas com estomas
intestinais e urinários pertencentes à DRS XV de São José do
Rio Preto
Acupuntura;
Atendimento para crianças TDAH (Transtorno do Déficit de
Atenção com Hiperatividade);
Serviço diagnóstico: Audiometria, Raio X e Eletrocardiograma;
Ambulatório de Curativos;
Assistência ao portador de doença crônicas;
Atualmente oferta cerca de 17.000 consultas médicas por mês, e mais
de 3.000 atendimentos de outros profissionais (enfermeiros,
psicólogo, assistente social, fonoaudióloga), além de atender a mais
de 370 pacientes ostomizados mês, sendo que destes 49% é munícipe
de São José do Rio Preto
Hospital Dia
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
~ 46 ~
Policlínica (cadastro CNES) – Unidade de apoio diagnóstico
3017745
Rua São Paulo, 1630 - Vila Maceno
Serviço especializado na realização de exames de diagnostico por
ultrassonografia, endoscopia digestiva alta, retossigmoidoscopia,
ergometria, holter, eletroencefalograma e biopsia, e consta com duas
salas de cirurgias onde são realizados pequenos procedimentos
cirúrgicos nas áreas de cirurgia plástica, oncologia, urologia,
proctologia, dermatologia, cirurgia infantil e cirurgia geral. Média de
2.680 exames e pequenas cirurgias mês.
Centro de Atendimento Especializado na Saúde da Mulher
Tipo de serviço
Policlínica (cadastro CNES) – Centro especializado e de apoio
diagnóstico
CNES
7010028
Endereço
Avenida Philadelpho Gouveia Neto, 1960 - Jardim Conceição
Descrição do serviço
Serviço de média complexidade que visa a melhoria da condição
integral de saúde da mulher com maior resolutividade abrangendo os
aspectos bio-psico-social, atendimento especializado em GO, serviços
diagnósticos (mamografia, densitometria, ultrassonografia e raioX),
referencia para procedimentos invasivos tais como core biopsia,
biopsia hepática, PAAF, colocação DIU e outros. O serviço também é
referencia para atendimento de violência sexual. Média mês de 730
ultrasson, 120 mamografia, 320 densitometria, 380 Raio X, 510
consultas médicas.
SAD – Serviço de Atenção Domiciliar
Tipo de serviço
Clínica/Centro de Especialidades
CNES
6491642
Endereço
Rua Penita, 3351 - Redentora
Descrição do serviço
Serviço de Serviço Atenção Domiciliar, de acordo com a Portaria Nº
2527 de 27 de outubro de 2011 e habilitado pela Portaria 1319 de 27
de julho de 2012. Atende a pacientes acamados desempenhando um
trabalho de prevenção, promoção, recuperação e reabilitação através
do atendimento de uma equipe multiprofissional, onde se trabalha o
processo de capacitação do cuidador.
~ 47 ~
Fluxograma de encaminhamento pre e pós hospitalar:
~ 48 ~
Banco de Leite
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
SAE /Ambulatório de DST e TT
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
~ 49 ~
Clínica/Centro de Especialidades
6240380
Avenida dos Estudantes, 1886 - Jardim Aeroporto
Serviço especializado em arrecadar leite materno para bebês
prematuros, de baixo peso que não sugam, portadores de
imunodeficiência, problemas no aparelho digestivo, ou em casos de
mães que não podem amamentar o filho. O serviço também é
referencia para orientação quanto ao aleitamento materno, e
atendimento da puérpera com RN internatos para estimular
produção láctea. Média de 104 litros de leite distribuídos mês.
Clinica / Centro de Especialidades
2097036
Rua do Rosário, 1903 - Vila Curti
SAE - Inaugurado em 01/12/1995. Média mensal de 675 consultas
médicas. Funciona de 2 a 6º feira das 7 as 17 horas.
Serviço de referência para o atendimento:
de pessoas vivendo com HIV/Aids, atende coinfecções
Tuberculose e Hepatites Virais. Realiza atendimento
integral incluindo pré-natal das gestantes HIV/AIDS
crianças expostas ao vírus do HIV;
acidente ocupacional com material biológico de risco de toda
rede
municipal,
hospitais,
clínicas
médicas,
odontológicas, laboratórios, farmácias e pessoas
envolvidas em resgate do município, e exposição sexual
ao vírus do HIV
O serviço realiza acompanhamento ambulatorial através de
uma equipe multiprofissional oferecendo todo apoio necessário
ao tratamento através dos Atendimentos/Serviços:
 - Infectologia;
 - Ginecologia e Obstetrícia (pré-natal gestantes HIV)
 - Infecto pediatria (crianças vivendo com HIV e expostas
ao vírus);
 - Dermatologia;
 - Cirurgia plástica (preenchimento facial com PMMA para
reparo de lipoatrofia facial decorrente do uso dos ARV;
 - Psicologia (cliente e familiares);
 - Serviço Social;
 - Nutrição (orientação nutricional);
 - Odontologia;
 - Farmácia (assistência farmacêutica);
 - Enfermagem;
 - Serviço de Remoção (ambulância para remoção de
pacientes acamados e/ou dificuldade de deambulação);
 - Leito Dia (realização de procedimentos médicos e de
Enfermagem);
 - TST (tratamento supervisionado da tuberculose);
 Educação em Saúde (grupos educativo/auto-ajuda).
~ 50 ~
Ambulatório de DST - O ambulatório de DST foi inaugurado em 13 de
maio de 2011 para referencia de atendimentos visando a
resolutividade, funciona de 2 a 4º feiras das 17 as 21 horas. Realiza
atendimento referenciado e porta aberta através de aconselhamento,
oferta de sorologias de HIV, Sífilis, Hepatite B e C.
Ambulatório TT - é um ambulatório de referência de atendimento a
saúde da travesti, transexual e seus parceiros, através de serviço
especializado e equipe multiprofissional, incluindo serviço de
enfermagem, psicologia, medico especialista (urologista,
infectologista e endocrinologista)
Ambulatório de Hepatites Virais
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
Clinica / Centro de Especialidades
5982081
Rua Penita, 3212 – Redentora
Serviço de referencia no atendimento a portadores de hepatites virais
B e C, no acompanhamento de crianças expostas e pessoas com perfil
sorológico de Anti HBc total isolado. Possui STA e sala de vacina. Além
das atividades assistenciais o ambulatório é um núcleo de vigilância
epidemiológica destes agravos. Média de 30 primeiras consultas mês,
345 consultas médicas de acompanhamento/mês. O serviço possui
equipe multiprofissional especializada no manejo das hepatites virais
(equipe médica, nutricionista, enfermagem e psicologia).
Ambulatório de Tuberculose e Hanseníase
Tipo de serviço
Clinica / Centro de Especialidades
CNES
6908233
Endereço
Rua Independência, 3571 - Bom Jesus
Descrição do serviço
Serviço de referencia no atendimento a portadores destes agravos no
município e região. Além das atividades assistenciais o ambulatório é
um núcleo de vigilância epidemiológica destas doenças. Média
mensal de 242 consultas médicas.
O Ambulatório é referência nos serviços:
Atendimento ao doente, comunicantes e contatos de
Tuberculose e Hanseníase;
Assistência ao portador de ferida crônica, avaliação de
provas de mitsuda e mantoux, procedimentos
específicos para diagnóstico a fins;
Assistência Social;
Orientação ao Atendimento para crianças;
~ 51 ~
Serviço de Terapia Ocupacional;
Centro de Prevenção e Diagnóstico de DST/Aids e Hepatites Virais
Tipo de serviço
Clínica / Centro de Especialidades
CNES
8000018
Endereço
Rua Ipiranga, 291 - Vila Esplanada
Descrição do serviço
O Centro Municipal de Prevenção e Diagnostico de DST/Aids é um
serviço vinculado ao Programa Municipal de DST/Aids responsável
por ações de prevenção e diagnóstico de HIV/Aids, Sífilis e Hepatites
Virais. O serviço consta com uma unidade fixa (CTA) e uma unidade
volante de testagem (URDI) e Programas de Prevenção que realizam
ações direcionadas a população mais vulnerável, e auxilia campanhas
de diagnóstico destes agravos. A média mensal de atendimento mês
é de 910 e 10.400 pessoas acessadas pelos programas de prevenção.
Laboratório de Sorologia
Tipo de serviço
CNES
Endereço
Descrição do serviço
~ 52 ~
Unidade de apoio Diagnose e terapia (SADT isolado)
5505860
Rua Ipiranga, 291 - Vila Esplanada
Realiza exames de Anti-HIV triagem e confirmatório, Sífilis triagem e
confirmatório, Hepatite B (HBsAg, anti- HBc total, anti- HBs, antiHBcIgM, HBeAg e anti- HBe), Hepatite C (ELISA) e Dengue NS1 e IgM.
ASSISTÊNCIA FARMACÊUTICA
Introdução:
A Assistência Farmacêutica no município está estruturada a partir do Departamento de
Assistência Farmacêutica (DAF), formalmente instituído no organograma da SMS, e tem por
objetivos assegurar o acesso da população aos medicamentos essências, garantir a qualidade dos
medicamentos adquiridos, promover o uso racional de medicamentos e oferecer serviços
farmacêuticos aos usuários e à comunidade. Para o alcance dos objetivos é realizada a gestão
integrada aos demais serviços da SMS por meio do 1) fornecimento de medicamentos essências,
2) elaboração de material técnico sobre medicamentos, 3) normas e procedimentos para boas
práticas em farmácias e prescrições, 4) publicação de protocolos clínicos, 5) disponibilidade de
indicadores para monitoramento de todas as ações que envolvem medicamentos.
A rede de farmácias é composta por 33 unidades, sendo 26 na Atenção primária, três no
Serviço de Urgência e Emergência (UPA), três na Atenção Especializada (SAE DST/AIDS, Centro de
Atenção Especializada Saúde da Mulher e Hospital Dia), uma Central de Abastecimento
Farmacêutico e uma Farmácia Popular. Não há farmácia distrital, sendo a dispensação do
componente estratégico descentralizado e de Saúde Mental realizada nas farmácias da Atenção
Básica. 100% das farmácias possuem farmacêuticos e contam com o técnico de farmácia para
apoio, devidamente treinado para as atividades do serviço.
As atividades previstas para a Assistência Farmacêuticas estão assim organizadas:
1-) Financiamento: o recebimento dos recursos financeiros é totalmente descentralizado no
município. Nos últimos anos foram investidos em medicamentos do Componente Básico da
Assistência Farmacêutica os seguintes valores:
Fonte do recurso
União
Estado
Município
Total
Pactuado
5,10/hab/ano
1,86/hab/ano
1,86/hab/ano
8,82/hab/ano
Realizado 2010
R$ 5,68/hab/ano
R$ 2,32/hab/ano
R$ 6,02/hab/ano
R$
14,02/hab/ano
Realizado 2011
R$ 6,05/hab/ano
R$ 2,69/hab/ano
R$ 7,76/hab/ano
R$
16,50/hab/ano
Realizado 2012
R$ 5,52/hab/ano
R$ 2,06/hab/ano
R$ 9,33/hab/ano
R$
16,91/hab/ano
2-) Seleção: a elaboração e revisão anual da relação municipal de medicamentos essências
(REMUME), bem como de protocolos clínicos é realizada pela Comissão de Farmácia e
Terapêutica. Os critérios para a inclusão e exclusão de medicamentos da REMUME estão definidos
em portaria e o instrumento de solicitação disponível no site da SMS. Na REMUME 2013 estão
padronizados 236 medicamentos e 329 apresentações.
3-) Aquisição: 95,04% dos medicamentos são adquiridos por processo licitatório, na modalidade
de pregão eletrônico. E, menos de 1% em farmácias (varejo farmacêutico).
~ 53 ~
4-) Distribuição: é realizada mediante cronograma preestabelecido, com abastecimento quinzenal
das Unidades de Saúde. 99% das unidades de medicamentos solicitadas pelas farmácias são
atendidas dentro do mês. A função de distribuição está a cargo da Central de Abastecimento
Farmacêutico (CAF) – Farmácia Central, que movimenta uma média mensal de 9.894.350 unidades
de medicamentos. Movimentação esta supervisionada por um farmacêutico e a partir de normas e
procedimentos operacionais padrão.
5-) Armazenamento: realizado em condições adequadas de temperatura em 100% das farmácias.
6-) Controle de estoque: é realizado por meio de sistema informatizado, com registro no nome do
paciente. Todas as farmácias são interligadas.
7-) Dispensação: realizada por profissionais técnicos treinados para a finalidade. A média mensal
de atendimento é de 132.600. O farmacêutico realiza atendimento individual para identificar e
resolver problemas relacionados a medicamentos, sendo a médica mensal de consultas
farmacêuticas de 1.386.
~ 54 ~
8-) Demandas Judiciais: na estrutura da Farmácia Central está o Setor de Ordens Judiciais, onde
são dispensados os medicamentos para os pacientes que garantiram na justiça o acesso a
medicamentos que não constam na REMUME. A Farmácia de Ordem Judicial conta com o
farmacêutico específico para controle e dispensação de medicamentos, bem como para a
elaboração de parecer técnico/científico, baseado em evidências, contendo informações sobre
medicamentos para médicos e usuários a cerca das prescrições de medicamentos que não
constam na REMUME, embasando o uso destes. Número total de ações judiciais em 2012 foi de 86
casos. O custo total das ações no ano corresponde em relação ao orçamento anual do município
foi de 0,15%. Os principais grupos de medicamentos atendidos são: cardiovasculares, insumos de
glicemia, sistema nervoso central, vascular, digestivo, analgésico/anti-inflamatório e nutrientes.
2009
Respostas
administrativas
310
2010
OJ
18
Respostas
administrativas
872
2011
OJ
15
Respostas
administrativas
296
2012
OJ
14
Respostas
administrativas
381
OJ
6
8-) Farmácia Popular: o município conta com um unidade própria da Farmácia Popular. atende
uma média mensal de 2235 usuários, sendo 90% munícipes de Rio Preto (gráfico 1), e 55% das
prescrições tem origem na rede privada (gráfico 2).
~ 55 ~
DEPARTAMENTO DE URGÊNCIA E EMERGÊNCIA
ESTRUTURA E ACESSO AO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE
SAÚDE DA FAMÍLIA, PRÉ-HOSPITALAR MÓVEL
UNIDADES BÁSICAS DE SAÚDE (UBS)
UNIDADES DE PRONTO
ATENDIMENTO/UPAs
HOSPITAL SECUNDÁRIO
REGULAÇÃO
MÉDICA-SAMU
HOSPITAL TERCIÁRIO
REABILITAÇÃO, ATENÇAO DOMICILIAR - PAD
Figura 1. Estrutura hierarquizada da rede assistencial com o fluxo de urgência entre os diferentes
componentes ordenados por meio da Regulação Médica.
~ 56 ~
SAMU 192 REGIONAL - CNES: 3936279
Atendimentos
- Urgência e Emergência 24 horas
Central de Regulação Médica:
- Média de chamadas mensais: 10.522
- Índice de atendimentos de urgência regulados: 100%
MAPA DA REGIÃO DE ABRANGÊNCIA – SAMU 192 REGIONAL
Paulo de Faria
Orindiúva
Palestina
Icém
Nova Granada
Tanabi
Mirassolândia
Onda Verde
Ipiguá
Poloni
Bálsamo
Monte
Aprazível
Neves
Paulista
União
Mirassol
Paulista Nipoã
Bady
Bassitt
Jaci
Cedral
Planalto
Nova
Aliança
José Bonifácio
Zacarias
São José do
Rio Preto
Potirendaba
Guapiaçu
Uchoa
Ibirá
Mendonça
Ubarana
Adolfo
20 USB Unidades de Suporte Básico
04 USAUnidades de Suporte Avançado
01 Central de RegulaçãoMédica
~ 57 ~
DADOS DEMOGRÁFICOS E POPULACIONAIS
POPULAÇÃO
ÁREA DE
ABRANGÊNCIA
1) Adolfo
2) Bady Bassit
3) Bálsamo
4) Cedral
5) Guapiaçu
6) Ibira
7) Icém
8) Ipiguá
9) Jaci
10) José Bonifácio
11) Mendonça
12) Mirassol
13) Mirassolândia
14) Monte Aprazível
15) Neves Paulista
16)Nipoã
17) Nova Aliança
18) Nova Granada
19) Onda Verde
20)Orindiúva
21) Palestina
22) Paulo de Faria
23) Planalto
24)Poloni
25) Potirendaba
26) Tanabi
27)Ubarana
28) Uchôa
29) União Paulista
30) Zacarias
31) S. 0J. Rio Preto
3.557
14.603
8.160
7.972
17.869
10.896
7.462
4.463
5.657
32.763
4.640
53.792
4.295
21.746
8.772
4.274
5.891
19.180
3.884
5.675
11.051
8.598
4.463
5.395
15.449
24.055
5.298
9.471
1.599
2.335
408.258
211.077
108.543
150.602
197.429
326.000
271.912
362.594
136.824
145.524
859.948
195.039
343.161
166.168
496.906
218.340
137.816
217.311
531.885
243.119
248.109
695.457
738.290
290.100
133.540
342.376
745.800
209.631
252.478
79.111
319.139
431.321
TOTAL
741.523 hab
MUNICÍPIO
Fonte: IBGE 2010
~ 58 ~
9.805.550 Km²
GRADE DE REFERÊNCIA E CONTRA-REFERÊNCIA SAMU 192 REGIONAL
Os atendimentos de urgência e emergência dos municípios que compõem o SAMU 192 Regional, são 100%
regulados pela central de regulação médica, seguindo o fluxo abaixo:
JOSÉ BONIFÁCIO
SOLICITANTE
(UBS OU PA ISOLADO)
ADOLFO *
NIPOÃ
MENDONÇA *
PLANALTO
POLONI
UBARANA
UNIÃO PAULISTA
ZACARIAS
BAIXA COMPLEXIDADE
MÉDIA COMPLEXIDADE
ALTA
COMPLEXIDADE
JACI *
JOSÉBONIFÁCIO *
MONTE APRAZÍVEL *
S. J. RIO PRETO**
SÃO JOSÉ DO RIO PRETO
SOLICITANTE
(UBS OU PA ISOLADO)
BADY BASSIT *
BÁLSAMO *
CEDRAL *
GUAPIAÇU *
ICÉM *
IPIGUÁ *
MIRASSOLÂNDIA
NOVA ALIANÇA
ONDA VERDE
ORINDIUVA *
BAIXA COMPLEXIDADE
MÉDIA COMPLEXIDADE
IBIRÁ
NEVES PAULISTA *
NOVA GRANADA *
PALESTINA *
UCHOA
MIRASSOL *
PAULO DE FARIA *
TANABI *
POTIRENDABA
ALTA
COMPLEXIDADE
S. J. RIO PRETO**
* Possui Pronto Socorro 24 horas
** Hospital João Paulo II é referência apenas para Cirurgia Geral média complexidade e UTI
Adulto
~ 59 ~
O SAMU 192 Regional, realiza o atendimento de urgência e emergência em qualquer local da
cidade: residências, locais de trabalho e vias públicas. O socorro é feito após chamada gratuita, feita para o
telefone 192. A ligação é atendida por técnicos na Central de Regulação que identificam a emergência e,
imediatamente, transferem o telefonema para o médico regulador. Esse profissional faz o diagnóstico da
situação e inicia o atendimento no mesmo instante, orientando o paciente, ou a pessoa que fez a chamada,
sobre as primeiras ações.
*REGULAÇÃO MÉDICA:
~ 60 ~
ATENDIMENTO PRÉ – HOSPITALAR :
Unidade de Suporte Básico (Ambulância tipo B)
Veículo destinado ao transporte inter-hospitalar de pacientes com risco de vida conhecido e ao
atendimento pré-hospitalar de pacientes com risco de vida desconhecido, não classificado com
potencial de necessitar de intervenção médica no local e/ ou durante o transporte até o serviço de
destino. Tripulada por dois profissionais, sendo um o condutor e um técnico ou auxiliar de
enfermagem. – 05 Unidades.
USB
LOCAL DA OCORRÊNCIA
AVALIAÇÃO DA CENA
ATENDIMENTO DO CLIENTE
PASSAGEM DO CASO (VIA RÁDIO)
REGULAÇÃO MÉDICA
ENCAMINHAMENTO AO LOCAL DO DESTINO
~ 61 ~
Unidade de Suporte Avançado ( Ambulância tipo D )
Veículo destinado ao atendimento e transporte de pacientes de alto risco em emergências pré –
hospitalares e / ou de transporte inter – hospitalar que necessitam de cuidados médicos intensivos.
Deve contar com os equipamentos médicos necessários para esta função. Tripulada por quatro
profissionais, sendo um condutor, um enfermeiro, um técnico de enfermagem e um médico.
USA
LOCAL DA OCORRÊNCIA
AVALIAÇÃODA CENA
ATENDIMENTO DO CLIENTE
PASSAGEM DO CASO (VIA RÁDIO)
REGULAÇÃO MÉDICA
ENCAMINHAMENTO AO LOCAL DO DESTINO
AÇÕES DESENVOLVIDAS:
1- Regulação médica do sistema de urgência e emergência – Regulação de todos os fluxos de pacientes
vítimas de agravos urgentes à saúde do local onde ocorreram até os diferentes serviços da rede
regionalizada e hierarquizada , bem como dos fluxos entre os serviços existentes no âmbito municipal.
2- Cobertura de eventos de risco (atividades esportivas , sociais , culturais diversas , por meio direto com a
equipe no local ou a distância ).
3: - Participação em elaboração de planos de atendimento e realização de simulados com Defesa Civil
Bombeiros e demais parceiros .
4 - Capacitação de recursos humanos.
5 - Ações educativas para a comunidade.
6 - Acompanhamento dos atendimentos através de levantamentos estatísticos.
7 - Elaboração de levantamentos solicitados pelo Ministério da Saúde.
8 -Regulação médica do Serviço do Resgate do Corpo de Bombeiro .
9 - Regulação médica dos serviços privados de atendimento médico pré – hospitalar : CENE – MED
TRANSBRASILIANA E TRIÂNGULO DO SOL .
10 - Notificação de casos de abuso sexual e maus tratos ao Conselho Tutelar, Delegacia da Mulher .
11 - Atuação em situações de catástrofes e desastres com Defesa Civil , Corpo de Bombeiro , Polícia
Militar , Polícia Rodoviária Federal e Estadual , Polícia Civil ,Polícia Ambiental e outros órgãos.
12 - Notificação ao Centro de Captação de órgãos sobre possíveis doadores.
~ 62 ~
Considerando a aprovação da Rede de Atenção às Urgências e do SAMU 192 Regional no município
de São José do Rio Preto-SP, habilitado pelo Ministério da Saúde e em funcionamento desde Janeiro de
2012, extendendo a 31 municípios a assistência pré-hospitalar móvel e regulação médica as urgências , que
além de permitir uma melhor organização da assistência, articular os serviços, definir fluxos e referências
resolutivas é elemento indispensável para que se promova a universalidade do acesso, a equidade na
alocação de recursos e a integralidade na atenção prestada seja ampliada de maneira organizada as microregiões de São José do Rio Preto e José Bonifácio .
A Central de Regulação Médica do SAMU 192 REGIONAL está alocada no município de São José do
Rio Preto, este sendo a sede de regional da macro região da XV DRS –SP, garantindo desta maneira o
atendimento primário , secundário e terciário de urgência através da Central de Regulação Médica, já
existente no município.
O SAMU está instalado em uma sede geográfica estratégica da cidade com fácil acesso de saída das
viaturas; área de estacionamento para as ambulâncias, recepção, 02 repousos - 01 masculino e 01
feminino, sala de descompressão, sala de coordenação geral e médica, sala de coordenação de
enfermagem e frota, almoxarifado, farmácia, CME, copa cozinha, área de serviço, sala de regulação médica
e sala de suporte de equipamentos.
O Serviço Médico de Urgência e Emergência – SAMU 192- conta com 20 Viaturasde Suporte Básico
onde participam dos procedimentos: 01 Condutor e 01 Técnico de Enfermagem com material de
imobilização, material de penso e medicamentos, básicos, oxigênio etc, e 04 de Suporte Avançado, com
equipe de 01 Médico Intervencionista, 01 Enfermeiro, 01 Técnico de Enfermagem 01 Condutor, com
equipamentos completos (UTI MÓVEL).
A sala da regulação médica é restrita ao Médico Regulador e TARM’s, e Operador de Rádio, como
preconiza a portaria ministerial; onde se encontra todo o equipamento necessário ao atendimento,
Telefone, Rádios, Red-Set, Computadores, Armários, Rádios HD Portátil, Cadeiras, impressos, Celulares e
uma Sala menor Climatizada para os equipamentos de suporte do sistema.
A equipe técnica da regulação tem buscado, de forma incessante, a integralidade das ações
pertinentes a cada área com o intuito de melhorar a qualidade dos instrumentos de regulação, aumentar a
capacidade diagnóstica – suporte para a atenção básica, reduzir a demanda reprimida, garantir o acesso de
forma organizada com a racionalização de custos e otimização na utilização dos recursos e investimentos.
Esta Central é norteada pela PPI, funcionando efetivamente como sistema de referência e contrareferência intermunicipal.
Toda esta articulação intersetorial busca ofertar serviços mais humanizados e organizados de forma
equânime, viabilizando a atenção integral ao usuário do Sistema Único de Saúde.
AS REFERÊNCIAS HOSPITALARES PACTUADAS EM NÍVEL MUNICIPAL
As grades de referência e contra-referência pactuadas em nível locorregional com as Unidades de
Atenção Básica/Saúde da Família, como também com os hospitais de retaguarda.
~ 63 ~
Obs.: No município “todas” as transferências para os hospitais de referência provenientes das UBS/UBSF,
UPAs, Resgate do Corpo de Bombeiros, PM, Concessionárias de Rodovia são regulados pela Central de
Regulação Médica do SAMU
Prestadores de média e alta complexidade para regulação das urgências e emergências:
- Hospital de Base
- Santa Casa de Misericórdia
- Hospital IELAR
CENTRAL DE REMOÇÃO - CNES: 6941613
Atendimentos
- Transporte Sanitário
Recursos:
- 18 veículos
- Média de Produção Mensal: 3.489 atendimentos
UNIDADES DE PRONTO ATENDIMENTO
UPA CENTRAL - CNES: 2096854
Atendimentos
- Serviço de acolhimento com classificação de risco
- Urgência e Emergência 24 horas
- Urgência Psiquiátrico (regulação local e regional – 102 municipios)
Outros serviços prestados
- Coleta de DNA quando solicitado pelo Instituto Médico Legal (IML)
- Fornecimento de declaração de óbito para outras unidades de saúde
- Notificação de acidentes de trabalho
- Referência em atendimento anti-rábico humano (local e regional)
- Referência para acidentes de trabalho com exposição a material biológico para profissionais de saúde
(Atendimento após às 16 horas, sábados, domingos e feriados 24 horas)
- Unidade Sentinela Influenza Sazonal (coleta de amostras respiratórias)
- Sala de Imunização/soro anti-rábico
- Coleta de hemograma e urina
- Realização de Raio X
- Eletrocardiograma
- Leitos 31
- Média de Consultas Mensal: 11.029 atendimentos
~ 64 ~
RELAÇÃO DE BAIRROS POR ÁREA DE ABRANGÊNCIA
UPA CENTRAL
CENTRAL:
BAIRRO CENTRO/JARDIM DOS SEIXAS/JARDIM EUROPA/JARDIM SÃO VICENTE/VILA AURORA/VILA
BANCÁRIA/VILA BOM JESUS/VILA DIAS/VILA FIOREZE/VILA IMPERIAL/VILA MACENO/VILA NOSSA SENHORA
DE FÁTIMA/VILA REDENTORA/VILA SANTA CRUZ/VILA SANTO ANTONIO.
PARQUE INDUSTRIAL:
BAIRRO SANTOS DUMONT /BOA VISTA /JARDIM ALTO RIO PRETO /JARDIM ALVORADA /JARDIM CANAÃ
/JARDIM CONGONHAS /JARDIM HERCULANO /JARDIM MARIA CÂNDIDA /JARDIM NOVO AEROPORTO/
JARDIM ROSEANA /PARQUE INDUSTRIAL /VILA AEROPORTO /VILA BOA ESPERANÇA /VILA CAPITÃO LUIZ
PINTO MORAIS /VILA CÓRDULA /VILA CURTI /VILA DIVA /VILA ESPLANADA /VILA FALAVINA /VILA ITÁLIA
/VILA MARIA /VILA MOREIRA /VILA NOSSA SENHORA APARECIDA /VILA NOSSA SENHORA DA PAZ /VILA
TONELLO /VILA ZILDA.
VILA ELVIRA:
BAIRRO ROSEIRAL /JARDIM ANALICE /JARDIM DOS GOMES /JARDIM ESTRELA /JARDIM SORAIA /JARDIM
VITÓRIA RÉGIA /JARDIM ZAIRA /PARQUE CELESTE /PARQUE RESIDENCIAL COMENDADOR MANÇOUR DAUD
/VILA CRISTINA /VILA DINIZ /VILA DÓRIA /VILA ELVIRA /VILA ERCÍLIA /VILA HIPÓDROMO /VILA SANTA
TEREZA /VILA SÃO JUDAS TADEU.
ESTORIL (C.S.E.):
BAIRRO BOM JARDIM /BAIRRO HIGIENÓPOLIS /BAIRRO NOSSO SENHOR DO BONFIM /CHÁCARA MUNICIPAL
/JARDIM BOSQUE DA SAÚDE /JARDIM BRASILUSA /JARDIM DO CENTRO /JARDIM DO NORTE /JARDIM DO
SUL /JARDIM NOVO MUNDO /JARDIM OURO VERDE /JARDIM PANORAMA /JARDIM REDENTOR /JARDIM
SANTA CATARINA /JARDIM SANTA LUZIA /JARDIM SANTA MARIA /JARDIM URANO /JARDIM WALKÍRIA
/NOVA REDENTORA /PARQUE ESTORIL /PARQUE QUINTA DAS PAINEIRAS /PARQUE RESIDENCIAL CIDADE
NOVA /VILA SANTA CÂNDIDA /VILA SÃO JOAQUIM /VILA SÃO JOSÉ /VILA SÃO MANOEL /VILA SÃO PEDRO
/VILA SINIBALDI.
~ 65 ~
UPA JAGUARÉ – CNES 6270131
Atendimentos
- Serviço de acolhimento com classificação de risco
- Urgência e Emergência 24 horas
Outros serviços prestados
- Coleta de hemograma e urina
- Realização de Raio X
- Eletrocardiograma
- Emergência odontológica
- Leitos: 30
- Média de Consultas Mensal: 7.333 atendimentos
RELAÇÃO DE BAIRROS POR ÁREA DE ABRANGÊNCIA
UPA JAGUARÉ - Porte II
ANCHIETA:
JARDIM CONCEIÇÃO /JARDIM ROSELY /JARDIM SANTA ROSA I /JARDIM SONIA /JARDIM SUZANA /PARQUE
RESIDENCIAL JOAQUIM NABUCO /VILA ANCHIETA /VILA ANGÉLICA /VILA GASBARRO /VILA IPIRANGA /VILA
LISBOA /VILA MOSSORÓ /VILA NOSSA SENHORA DO CARMO /VILA NOVAES /VILA PROGRESSO /VILA SANTA
IZABEL.
JAGUARÉ:
BOSQUE DA FELICIDADE /ESTÂNCIA SÃO JOÃO /JARDIM CASTELINHO /JARDIM DO LAGO /JARDIM FLOR DO
BAIRRO /JARDIM GIULIANI /JARDIM JOÃO PAULO II /JARDIM NAZARETH /JARDIM SANTA ROSA II /JARDIM
SEYON /JARDIM URUPÊS /PARQUE DAS FLORES I /PARQUE DAS FLORES II /PARQUE JAGUARÉ /PARQUE
RESIDIDENCIAL JARDIM DO BOSQUE /RESIDENCIAL GARCIA II /VILA CLEMENTINA /VILA ELMAZ.
RIO PRETO I:
CONJUNTO HABITACIONAL SÃO JOSÉ DO RIO PRETO I /ESTÂNCIA CAVALARI /ESTÂNCIA SANTA CLARA
/JARDIM FELICIDADE /RESIDENCIAL SANTA ANA.
SÃO DEOCLECIANO:
CONJUNTO HABITACIONAL SÃO DEOCLECIANO /ESTÂNCIA RECANTO DOS EDUARDOS /JARDIM ANICE
/JARDIM JANDIRA /JARDIM YOLANDA /PARQUE SÃO MIGUEL /RES. MARAMBAIA /SANTA FILOMENA.
TALHADO:
CHÁCARA REC. NOSSA SENHORA DO LÍBANO /CHÁCARA REC. TERRAS DE SÃO JOSÉ /CHÁCARA RECREIO
PARQUE DO SABIÁ /DISTRITO TALHADOS.
JARDIM AMERICANO:
JARDIM ALTO ALEGRE /JARDIM AMÉRICA /JARDIM AMERICANO /JARDIM BELA VISTA /JARDIM BORDON
/JARDIM FUSCALDO /JARDIM MUNICIPAL /JARDIM PAULISTA /JARDIM PRIMAVERA /JARDIM SÃO PAULO
/JARDIM VIEIRA /PARQUE RESIDENCIAL DAMHA /RESIDENCIAL JARDINS /VILA GOYOS /VILA IDEAL /VILA
MILITAR.
~ 66 ~
RENASCER (USF):CONDOMÍNIO GUILHERME PADILHA /DUAS VENDAS /JARDIM HELENA /JARDIM MARAJÓ
/JARDIM SIMÕES /MINI DISTRITO INDUSTRIAL CENTENÁRIO DA EMANCIPAÇÃO /PARQUE JURITI /RENASCE
UPA SANTO ANTONIO – CNES 6270107
Atendimentos
- Serviço de Acolhimento com classificação de risco
- Urgência e Emergência 24 horas
Outros serviços prestados
- Coleta de hemograma e urina
- Eletrocardiograma
- Leitos: 06
- Média de Consultas Mensal: 9.407 atendimentos
RELAÇÃO DE BAIRROS POR ÁREA DE ABRANGÊNCIA
UPA REGIÃOSANTO ANTONIO
SANTO ANTÔNIO:
ESTÂNCIA SÃO PEDRO /JARDIM ANTUNES /JARDIM ARROYO /JARDIM JÉSSICA /JARDIM MANOEL DEL ARCO
/ /JARDIM NUNES /JARDIM PLANALTO /JARDIM SANTO ANTONIO /JARDIM ZÉ MENINO /RESIDENCIAL
CAETANO.
MARIA LÚCIA:
JARDIM MARIA LÚCIA
PARQUE DA CIDADANIA:
PARQUE CIDADANIA / RESIDENCIAL NOVA ESPERANÇA
UPA NORTE – CNES 6270093
Atendimentos
- Serviço de acolhimento com classificação de risco
- Urgência e Emergência 24 horas
Outros serviços prestados
- Coleta de hemograma e urina
- Realização de Raio X
- Eletrocardiograma
- Emergência Odontológica
- Leitos: 30
- Média de Consultas Mensal: 13.559 atendimentos
RELAÇÃO DE BAIRROS POR ÁREA DE ABRANGÊNCIA
UPA REGIÃO NORTE - Porte III
~ 67 ~
ELDORADO:
CONJUNTO HABITACIONAL COSTA DO SOL /ELDORADO /JARDIM LOS ANGELES /JARDIM SANTA BÁRBARA
/PARQUE RESIDENCIAL JOÃO DA SILVA /VILA NOSSA SENHORA DA PENHA /VILA ROMANA /VILA UNIÃO.
GONZAGA DE CAMPOS :
CHÁCARA MARIA VETORAZZO /CLUBE DE MORADIA JARDIM DO CEDRO /DISTRITO INDUSTRIAL /JARDIM
GONZAGA DE CAMPOS /VILA SÃO JOSÉ OPERÁRIO.
SOLO SAGRADO:
CONDOMÍNIO ESTÂNCIA FLORESTA PARK /CONDOMÍNIO TODOS OS SANTOS /ESTÂNCIA ALVORADA
/ESTÂNCIA BELA VISTA /JARDIM DAS OLIVEIRAS /RESIDENCIAL DAS LARANJEIRAS /SOLO SAGRADO /SOLO
SAGRADO I
VETORAZZO:
CONJUNTO HABITACIONAL JARDIM BELO HORIZONTE CECAP /JARDIM ALICE /JARDIM ANIELLI /JARDIM
ANTONIETA /JARDIM GISETE /JARDIM HENRIQUETA /JARDIM RESIDENCIAL ATLÂNTICA /JARDIM
RESIDENCIAL ETEMP /JARDIM VETORASSO /NATO VETORAZZO /PARQUE DAS AROEIRAS /PARQUE DO SOL
/PARQUE RESIDENCIAL LAURIANO TEBAR /PARQUE RESIDENCIAL MACEDO TELLES II /RESIDENCIAL ANNA
ANGÉLICA
GABRIELA:
RESIDENCIAL GABRIELLA /RESIDENCIAL MACEDO TELES I/ RESIDENCIAL MONTE VERDE /VILA BORGHESE
/VILA SÃO JORGE
VILA MAYOR:
ESTÂNCIA SANTA INÊS /JARDIM BRAGA /JARDIM IELAR /JARDIM ITAPEMA /JARDIM ITAPEMA II /JARDIM
MUGNAINI /JARDIM PARAÍSO /JARDIM RESIDENCIAL VALE DO SOL /PARQUE RESIDENCIAL DOM LAFAYETE
LIBÂNIO /RESIDENCIAL ALTO DAS ANDORINHAS /RESIDENCIAL ANA CÉLIA /RESIDENCIAL ANA CÉLIA II /VILA
MAYOR.
UPA VILA TONINHO - Cadastro CNES: 6270123
Atendimentos
- Serviço de acolhimento com classificação de risco
- Urgência e Emergência 24 horas
Outros serviços prestados
- Coleta de hemograma e urina
- Eletrocardiograma
- Leitos: 07
- Média de Consultas Mensal: 4.874
RELAÇÃO DE BAIRROS POR ÁREA DE ABRANGÊNCIA
UPA VILA TONINHO
VILA TONINHO:
BREJO ALEGRE/ PARQUE INDUSTRIAL CAMPO VERDE /PARQUE RESIDIDENCIAL ROMANO CALIL
/RESIDENCIAL CIDADE JARDIM /VILA TONINHO.
~ 68 ~
ENG. SCHIMIDT:
CENTRO DE SCHIMIDT /ESTÂNCIA MANACÁS /ESTÂNCIA SANTA CATARINA /LOTEAMENTO ÉDEN LESTE
/LOTEAMENTO JARDIM VENEZA /JARDIM SCHIMIDT /LOTEAMENTO PAZZOTTI /LOTEAMENTO SÃO
FRANCISCO /ESTÂNCIA SÃO JOÃO GRANDIZOLI /CÓRREGO DA MATA /FAZENDA DA MATA /CÓRREGO DA
LAGOA
SÃO FRANCISCO:
BAIRRO MATINHA /BAIRRO SÃO FRANCISCO /BAIRRO UNIVERSITÁRIO /CONDOMÍNIO BOURGAINVILLE
/CONDOMÍNIO DÉBORA CRISTINA /CONDOMÍNIO HORIZONTAL VILLAGE LA MONTAGNE /CONDOMÍNIO
POUSADA DOS PÁSSAROS /CONDOMÍNIO RECANTO REAL /DIST. IND. ULISSES DA SILVEIRA GUIMARÃES
/JARDIM ACLIMAÇÃO /JARDIM MARACANÃ /JARDIM MICHEL JACOB /JARDIM MORUMBI /JARDIM MOYSÉS
MIGUEL HADDAD /JARDIM PINHEIROS /JARDIM RESIDENCIAL ALBA /JARDIM RESIDENCIAL FRANCISCO
FERNANDES /JARDIM RESIDENCIAL TANGARÁ /JARDIM TARRAF I /JARDIM TARRAF II /JARDIM VIENA
/JARDIM VIVENDAS /PARQUE DOS PÁSSAROS /VILLAGE SANTA HELENA.
CAIC: CONJUNTO HABITACIONAL CAIC /CONJUNTO HABITACIONAL CRISTO REI /JARDIM SÃO MARCOS
/JOCKEY CLUBE /MINI DISTRITO INDUSTRIAL TANCREDO NEVES
CIDADE JARDIM:
RESIDENCIAL CIDADE JARDIM,/AUFERVILLE
~ 69 ~
DEVISA - DEPARTAMENTO DE VIGILÂNCIA EM SAÚDE
Objetivo:
–
Observação e análise permanente da situação de saúde da população;
–
Conjunto de ações destinadas a controlar determinantes, riscos e danos à saúde de populações que
vivem em determinados territórios;
–
Garantir a integralidade da atenção, o que inclui tanto a abordagem individual como coletiva dos
problemas de saúde;
Onde devem ser desenvolvidas as ações da vigilância em saúde?
–
A vigilância em saúde deve estar cotidianamente inserida em todos os níveis de atenção da saúde.
A partir de saberes e práticas da epidemiologia, da análise de situação de saúde e dos
determinantes e condicionantes sociais da saúde, as equipes de saúde da atenção primária podem
programar e planejar ações, de maneira a organizar os serviços, aumentando o acesso da
população a diferentes atividades e ações de saúde.
A VIGILÂNCIA EM SAÚDE E O PLANEJAMENTO
–
A análise da situação de saúde permite a identificação, descrição, priorização e explicação dos
problemas de saúde da população;
Informação em Saúde
–
O dado é o componente básico do processo de produção de informação;
–
A informação é o produto obtido a partir de determinada combinação e interpretação de dados;
–
Informação é o dado útil – produto da análise dos dados obtidos, registrados, classificados,
organizados, relacionados dentro de um contexto.
–
É um importante recurso para subsidiar o processo de tomada de decisão, de planejamento, de
execução e de avaliação das ações desencadeadas;
–
O conhecimento é construído a partir da acumulação de informações, consolidando-se através de
permanente atualização, confrontando antigas e novas informações, adquiridas a todo o momento;
~ 70 ~
VIGILÂNCIA AMBIENTAL:
Objetivo:
–
A Vigilância Ambiental em Saúde é um conjunto de ações que proporcionam o conhecimento e a
detecção de qualquer mudança nos fatores determinantes e condicionantes do meio ambiente e
que interferem na saúde humana, com a finalidade de identificar as medidas de prevenção e
controle dos fatores de riscos ambientais, relacionados às doenças ou outros agravos à saúde.
GERÊNCIA DE VIGILÂNCIA SANITÁRIA:
AÇÕES ESTRATÉGICAS PARA CONTROLAR O RISCO SANITARIO
–
Inspecionar e Cadastrar no SIVISA Estabelecimentos de Interesse à Saúde;
–
Capacitação de profissionais da VISA-M, profissionais de saúde e ACS;
–
Aprimorar Roteiros de Inspeções;
–
Divulgar os resultados das Inspeções realizadas (SIVISA; SISÁGUA; PRO-ÁGUA; VIGISOLO; SIAGRI;
Diário Oficial; Relatórios);
–
Colheita de Amostras para Análise Fiscal e Programa de Alimentos, Água, Medicamentos e Água de
Hemodiálise;
–
Análise e Avaliação de Projetos Físico-Funcionais;
–
Realizar atividades de educação e comunicação, para a população e setor regulado;
–
Participação dos técnicos em Comissões;
INSPEÇÃO SANITÁRIA
~ 71 ~
CEREST - Centro de Referência Saúde do Trabalhador
–
Objetivo:
–
Oferece atendimento especializado em saúde do trabalhador, orientações previdenciárias, presta
assistência aos trabalhadores acometidos por doenças e/ou agravos relacionados ao trabalho,
investiga condições do ambiente de trabalho das empresas/indústrias e realiza orientação sobre
proteção, prevenção e promoção da saúde do trabalhador;
~ 72 ~

Documentos relacionados