PIB-A/0098/2010 - DAP

Сomentários

Transcrição

PIB-A/0098/2010 - DAP
XX Congresso de Iniciação Científica do Amazonas
PIB-A/0098/2010
Caracterização microscópica de embriões de matrinxã Brycon amazonicus (Teleostei; Characidae) de idade
conhecida em diferentes fases de desenvolvimento
Orientador
Maria Inês Braga de Oliveira (Ciências Morfológica)
Bolsista
Francisnei Jefferson Telles da Silva (UFAM)
Este trabalho teve como objetivo caracterizar microscopicamente embriões de Brycon amazonicus em diferentes
estágios de desenvolvimento e em microscopia eletrônica. Uma limitação importante para o sucesso da espécie na
piscicultura é justamente o fato de não se conhecer os estágios iniciais do desenvolvimento, fato que dificulta identificar
o exato momento da introdução da alimentação exógena, o que varia entre espécies dependendo de fatores como o
tamanho do saco vitelino e tempo de absorção (BLAXTER, 1969; WOYNAROVICH e HORVÁTH, 1983;
BONISLAWSKA et al., 2000; GISBERT et al., 2000) do vitelo. O material foi obtido de desova induzida de reprodutores,
realizado no Centro de Treinamento e Tecnologia e produção em Aqüicultura (CTTPA), localizado na vila de Balbina,
município de Presidente Figueiredo. As amostras foram fixadas em formalina 4% tamponadas com carbonato de cálcio
1%. As amostras foram processadas no Laboratório de Histologia da Universidade Federal do Amazonas
(Departamento de Morfologia/ICB). O material foi processado e as laminas foram montadas. Nas primeiras 5 horas foi
observado o zigoto sofrendo clivagem, transformando-se em blástula. O pólo animal foi diferenciado do pólo vegetal.
Nas 5 horas restantes observou-se a gastrulação e a liberação da larva. Surgiram os somitos, o saco vitelínico foi sendo
consumido, a notocorda desenvolvendo-se, a formação da vesícula óptica e boca.
Palavras-chave
embriões; matrinxã; microscopia de luz
Colaboradores
Marle Angelica Villacorta Correa;

Documentos relacionados