programa - passeio anual do sinapsa 2016

Сomentários

Transcrição

programa - passeio anual do sinapsa 2016
1º Dia - 03 Junho’16 (Sex.):
PORTO / Frankfurt / Zagreb / ZADAR (285 Km)
3º Dia – 05 Junho’16 (Dom.):
DUBROVNIK / BUDVA (93Km)
de Montenegro. Paragem para visita ao Museu Rei
Comparência no aeroporto Francisco Sá Carneiro 120
minutos antes da partida. Assistência por um
representante Tryvel que ajudará nas formalidades de
check-in. Embarque em voo Lufthansa com destino a
Zagreb, via Frankfurt. À chegada, assistência nas
formalidades de desembarque seguida de visita
panorâmica de Zagreb antes do início da viagem até Zadar.
À chegada, instalação no Hotel Kolovare (4*) ou similar.
Jantar e alojamento.
Pequeno almoço no Hotel, seguido de visita da cidade de
Nicholas I, sua antiga residência e almoço em restaurante
Dubrovnik com visita ao Mosteiro Franciscano que tem a
local. Após o almoço, continuação da viagem até Mostar.
mais antiga farmácia da Europa, e a Catedral com o seu
Instalação no City Hotel (4*) ou similar. Jantar e
famoso Tesouro. Finda a visita, viagem com destino a
alojamento..
Budva, principal destino de veraneio da costa montene-
5º Dia – 7 Junho’16 (Ter.):
MOSTAR / SARAJEVO (129 km)
Com uma localização privilegiada na costa do mar
Adriático, a cidade de Zadar tem as praias que muitos
consideram as mais belas do país. As principais atracções
de Zadar estão concentradas no pequeno centro histórico,
localizado numa península que faz parte da área
metropolitana.
Em Zadar assiste-se a um dos pores do sol mais bonitos de
toda a Europa, como o legendário director Alfred Hitchcock
afirmou quando passou pela cidade. Nesse momento, tudo
o que se pode ouvir é o barulho das ondas e o som tocado
pelos “Orgão do Mar”, um instrumento activado pelo
movimento das ondas.
2º Dia – 04 Junho’16 (Sáb.):
ZADAR / DUBROVNIK (340 Km)
Após o pequeno almoço no Hotel, saída para visita
panorâmica de Zadar antes de iniciar a viagem com destino
a Dubrovnik com paragem para almoço em restaurante
local.
À chegada à “Pérola do Adriático”, subida no teleférico
construído em 1969 para os locais desfrutarem de uma
magnifica vista sobre a cidade. No entanto com o
desenrolar da guerra de 1991, as telecabines originais
foram destruídas, não obstante o facto de terem sido
usadas para transportar para o topo da montanha e para
a sua segurança, cerca de 2,5 milhões de pessoas.
Após uma breve introdução da cidade e região que a
rodeia, descida de novo no teleférico. Instalação no Hotel
Grand Park (4*) ou similar. Jantar e alojamento.
grina com o seu centro histórico amuralhado com um
charme capaz de rivalizar com Dubrovnik, embora numa
escala menor. Almoço em restaurante local. Em Budva
tudo é visualmente harmonioso mas de dimensões
reduzidas. Estreitas vielas desembocam em praças
graciosas de onde partem novas ruelas, alguns becos, um
labirinto assimétrico que se enche de gente à luz de um dia
de Verão. Fora das muralhas, na Riviera de Budva, há praias
de água tépida e areia grossa capazes de agradar a
qualquer um. Instalação no Hotel Bracera (4*) ou similar.
Jantar e alojamento..
Continuação da viagem até Cetinje, antiga capital do Reino
Após o pequeno almoço, visita da encantadora Mostar,
cidade fundada pelos turcos no séc. XV, ponto de encontro
das culturas ocidental e oriental com especial enfâse para o
seu centro histórico, classificado como Património Mundial
da Unesco em 1995 no qual se destaca a sua ponte velha
sobre o rio Nerevta que une duas torres medievais. Finda a
visita, prosseguimento da viagem com destino a Sarajevo,
a capital da Bósnia Herzegovina. Almoço em restaurante
local. Usualmente é indicado o ano de 1461 como sendo o
da fundação da cidade de Sarajevo. Em 1878, Sarajevo foi
ocupada pelo Império Austro-Húngaro, que permitiu à
4º Dia – 6 Junho’16 (Seg.):
BUDVA / KOTOR (23 Km) / CETINJE (54 Km) / MOSTAR
cidade atingir os padrões dos tempos da era industrial. A
(193 Km)
28 de Junho de 1914, o herdeiro do Império Austro-
Após o pequeno almoço, prosseguimento da viagem
cruzando a fronteira da República de Montenegro com
destino a Kotor, na baía de Cátaro. Reza a história que,
durante a Idade Média, Kotor, porto natural na costa
montenegrina do Adriático, foi um importante centro
artístico e comercial da região. A UNESCO classificou esta
cidade como Património da Humanidade, atribuindo-lhe
reconhecimento histórico e cultural. O interior da pequena
cidade está pejado de monumentos importantes e, de
entre todos, é a Catedral de St. Tryphon que mais se
destaca. Há as ruelas, os cafés, a beleza das edificações de
Húngaro Francisco Ferdinando e a sua mulher foram
assassinados em Sarajevo, acontecimento que serviu de
pretexto para o começo das hostilidades na Primeira
Guerra Mundial. A 6 de Abril de 1992 a cidade foi cercada
pelos sérvios bósnios. A guerrilha durou até 1995,
causando grande destruição na cidade. A reconstrução
começou logo que cessaram as hostilidades e, por volta do
ano de 2003, a maior parte da cidade já tinha sido
reconstruída, havendo, no entanto, ainda algumas ruínas
no centro da cidade.
Visita ao centro histórico restaurado com a sua Praça,
pedra que envolve o visitante, e há a assustadoramente
Basílica, Catedral, Igreja Ortodoxa, a Sinagoga e o Túnel da
longa escadaria, encosta acima, muralha acima.
Esperança, construído como ponto de passagem seguro e
por onde passaram soldados, mantimentos básicos, armas
Catedral Ortodoxa de S. Nicolau, a primeira escola
e combustível. Instalação no Hotel Sarajevo (4*) ou similar.
secundária datada de 1790. Visita a umas caves de vinhos e
Jantar e alojamento no Hotel.
degustação do famoso vinho preto Bermet, o vinho favorito
6º Dia – 08 Junho’16 (Qua.):
SARAJEVO / BANJA LUKA (185 Km)
Após o pequeno almoço, partida com destino a Banja
Luka, a capital administrativa e segunda maior cidade da
Bósnia Herzegovina. A ocupação austro-húngara trouxe a
ocidentalização a Banja Luka, caminhos de ferro, escolas e
das cortes medievais europeias. Finda a visita, prossechegada, instalação no Hotel 88 Rooms (4*) ou similar.
Jantar e alojamento.
8º Dia – 10 Junho’16 (Sex.):
BELGRADO
Pequeno almoço no Hotel. Em hora a determinar
sendo desenvolvidas, levando a que a cidade se
localmente, saída para visita de dia inteiro a Belgrado com
modernizasse, tornando-se a capital da Vrbas Banovina. À
paragem para almoço em restaurante local. Belgrado, a
chegada, almoço em restaurante local. De tarde, visita
capital da Sérvia e maior cidade banhada pelo Danúbio,
panorâmica de Banja Luka com especial enfâse para a
reconstruída mais de 40 vezes, é impressionante. Transpira
Fortaleza construída pelos romanos que, em tempos,
novidade, mudança e personalidade, e surpreende até
albergou uma cidade inteira em miniatura, para a
mesmo os mais viajados. Alguns costumam dizer que se
Mesquita Ferhart Pasha, a Praça Krajina e a Igreja
existe Berlim na parte ocidental, há Belgrado no leste da
Ortodoxa. Instalação no Bosna Hotel (4*) ou similar. Jantar
Europa. Nas suas ruas há novas ideias, arte não exposta em
e alojamento.
museus, galerias, restaurantes, bares à beira-rio e uma vida
Após o pequeno almoço, saída com destino a Novi Sad,
situada sobre o Danúbio. Visita da cidade e os seus
principais monumentos tais como a Sinagoga neogótica, a
fortaleza austríaca de Petrovaradin do séc. XVIII, onde se
encontram muitos estúdios de arte e que é conhecida
como a “Gibraltar do Danúbio” devido à sua posição
SÉRVIA
local, visita ao centro histórico, nomeadamente o parque e
Fortaleza de Kalemegdan com a estátua ’’O Vencedor de
Belgrado’’, jovem soldado portador de uma mensagem de
paz; a praça da República com as belas fachadas do Teatro e
Museu Nacional, as praças Central e Terazije e finalmente
visita de Sveti Sava, o maior templo Ortodoxo do mundo,
IA
BÓSN
que pode acolher até 12.000 fiéis. Regresso ao Hotel ao
final da tarde para jantar e alojamento
montanha de Fruska Gora. Almoço em restaurante local.
Continuação para Sremski Karlovci, uma das mais
Em hora a determinar localmente, transfer privativo para o
pitorescas cidades nas margens do Danúbio, conhecida
aeroporto. Assistência nas formalidades de embarque e
por ter sido sede da Igreja Ortodoxa Sérvia durante a
saída em voo Lufthansa com destino ao Porto, via Frankfurt.
FIM DA VIAGEM
monarquia da Casa Real de Habsburgo. Destaque para a
EGRO
MONTEN
noturna pulsante e efervescente. Acompanhados por guia
9º Dia – 11 Junho’16 (Sáb.):
BELGRADO / Frankfurt / PORTO
estratégica. Daqui tem-se uma panorâmica da cidade e da
BÓSNIA | SÉRVIA
guimento da viagem até à capital da Sérvia, Belgrado. À
fábricas e novas infra-estruturas apareceram e foram
7º Dia – 9 Junho’16 (Qui.):
BANJA LUKA / NOVI SAD (317 Km) / Sremski Karlovci (15
Km) / BELGRADO (78 Km)
CROÁCIA | MONTENEGRO
CROÁCIA

Documentos relacionados

Dubrovnik com Albania, Macedonia e Serbia

Dubrovnik com Albania, Macedonia e Serbia maravilhosa Bahía do Kotor, até chegar em velha cidade do Kotor. Visita da preçiosa cidade amuralhada, com guia local. Depois a visita continuamos pra Budva, o destinho mais turistico do país. Visi...

Leia mais