SOCIEDADE 2 e 3 - Região de Águeda e

Сomentários

Transcrição

SOCIEDADE 2 e 3 - Região de Águeda e
SEMANÁRIO
ANO XIII - N.º 672
07 SETEMBRO | 2011
TAXA PAGA
CONTRATO A15407
0,60€ (IVA incluído)
www.regiaodeagueda.com
ão
Festa do Leit
Festa do Leitão
puxa dos galões
GASTRONOMIA 5
e6
Casos de violência doméstica
e abuso sexual aumentaram
na CPCJ de Águeda
Ter a sua TERRA no coração...
SOCIEDADE 4
Pode uma criança
transformar-se
em ‘monstro’?
SOCIEDADE 2
... é aceder ao
Criança atropelada
em Travassô
sem perigo de vida
FREGUESIAS 20
Vestidos de noiva
desfilam na Borralha
FREGUESIAS
e3
19
Recreio de
Região de Águeda
Águeda,
e-paper
Mourisquense
e Macinhatense
A edição impressa
iniciam
já está disponível
na internet
I distrital
no domingo
FUTEBOL
27
SAIBA AS VANTAGENS
NA PÁGINA 9
Bandas de
Fermentelos juntas em
Abragão (Penafiel)
FREGUESIAS 13
COM O APOIO DO
REGIÃO DE ÁGUEDA
Despiste em estrada de
Sernada reforça pedidos
de mais segurança
MACINHATA DO VOUGA 19
A LOJA DO
MÓVEL
LIQUIDAÇÃO TOTAL
Escolas de Águeda
recebem alunos
até 15 de Setembro
EDUCAÇÃO 6
Ver página 37
MÓVEIS E SOFÁS
e7
Ver pág. 14
Apartado 6 - Mourisca do Vouga
3754-907 TROFA AGD
Telef/Fax: 234 644 621
02
abertura
07 setembro 2011
Delinquência pode ser prevenida cada vez mais cedo. Sinais podem ser detectados antes dos dois anos.
Saiba quais são os factores associados e de risco para que uma criança se possa tornar um adolescente ou adulto
criminoso. Papel da família é fundamental para controlar “instinto humano” e estimular comportamentos socialmente aceites
A criminologista Josefina Castro deu lição
em Águeda a professores, educadores e
assistentes sociais
Como é que uma criança pode
transformar-se num “monstro”?
Motivos familiares – separação dos pais, mães com
menos de 20 anos, baixo nível de educação dos pais,
abuso e negligência e reduzido envolvimento afectivo entre pais e crianças, ambientes de alcoolémia
e uso de drogas -, práticas educativas desajustadas
como punição desmedida e disciplina inconsequente,
meio familiar já de si agressivo e contextos de vida
pouco estimulantes são ”factores de risco” capazes
de transformar uma criança num cidadão com comportamentos agressivos e criminosos.
Estudos científicos efectuados recentemente indicam que as manifestações agressivas revelam-se
cada vez mais cedo nas crianças e que é importante
controlar e prevenir mesmo antes da idade escolar.
Como consequências, as crianças e jovens nessas
condições poderão revelar mais problemas na escola
– absentismo, abandono e insucesso escolar -, comportamentos anti-sociais e delinquentes, rejeição por
parte de colegas e professores, sintomas depressivos
e vitimização.
PREVENIR TRÊS TIPOS DE AGRESSÃO
“Violência da criança, que realidade?” foi o tema da
comunicação que a criminologista Josefina Castro,
professora da Escola de Criminologia da Faculdade
de Direito da Universidade do Porto, proferiu no
auditório da ESTGA – Escola Superior de Tecnologia e Gestão de Águeda – no âmbito do seminário
promovido pela Comissão de Protecção de Crianças
e Jovens (CPCJ) do concelho de Águeda.
Com base em dados de estudos desenvolvidos
recentemente, a especialista falou do “comportamento anti-social e mesmo delinquente de algumas
crianças” e da “evidência científica das vantagens da
prevenção”. Que passa pela acção das famílias e das
comunidades educativas mas também pelo acompanhamento das situações de risco.
ELECTRICAUTO
De Adalberto Alves, Unip, lda
(Electricidade
e Manutenção Auto)
COM DIAGNÓSTICO MULTIMARCA
Sensores de Estacionamento
Sistemas GPS
 Alarmes
 Ar Condicionado



Reparações Electricas e Mecânica Geral
 Revisão ao seu Automóvel
(Óleo e Filtros,
de
Travões,
amento
Carreg
do
Amortecedores
diciona
e Correias
Ar Con preço!
de Distribuição)
Óptimo
TEL/Fax: 234 646 988 – Tlm. 933 205 021
[email protected]
Rua do Cabo, 225 CRASTOVÃES
3750-775 Trofa AGD
abertura
7 setembro 2011
03
COMPETÊNCIAS
DA CRIANÇA
A família é fundamental
Nos factores de risco enumerados por Josefina Castro (ver abertura do texto principal), sublinha-se
a importância da criança desenvolver competências sociais e
cognitivas num ambiente familiar
saudável.
“Um meio familiar disfuncional é
susceptível de reforçar o recurso à
agressão e deixa à criança modelos
comportamentais anti-sociais”,
referiu a criminologista. Ainda no
domínio da família, há “processos
maturacionais” importantes para
“o nível neuro-psicológico” como a
nutrição. “Às vezes esquecemo-nos
das necessidades mais básicas”,
comentou a especialista.
Josefina Castro rejeitou o que chamou de “banalização social do termo violência” e dos “termos
guarda-chuva” mais utilizados no dia-a-dia, pela
imprensa e pelos cidadãos. Referiu também que
“relativamente a países próximos” os índices de
“comportamentos delinquentes” em Portugal é “inferior”, para indicar três tipos de “comportamento
agressivo” das crianças: física, verbal e indirecta.
Neste caso, “comportamentos que visam a rejeição
ou a exclusão de alguém, vividos especialmente
na infância e na adolescência, e cada vez mais
refinados, ao contrário da agressão física, cada vez
mais controlada”.
PRIMEIROS INDÍCIOS
ANTES DOS DOIS ANOS
A mentira, pequenos furtos, desobediência e
outros comportamentos indesejados manifestam-se pela criança mais cedo do que se supõe.
Podem evoluir “mais tarde” para o consumo de
drogas e álcool e para a criminalidade.
“A ideia de que o comportamento agressivo
é maior a partir do início da adolescência é
errada”, afirmou a criminologista, que aludiu
aos “instintos humanos” para sublinhar que
“não é preciso ter modelos” para que a criança
desenvolva comportamentos agressivos desde
muito cedo. “O primeiro é o de defesa, reagindo
agressivamente quando somos provocados ou
quando queremos impor”.
Josefina Castro defendeu que os primeiros
sinais manifestam-se antes dos dois anos e
“mesmo antes dos dois meses de idade há quem
manifeste, por exemplo quando uma criança é
mais crispada”. Porém, nessa altura, “não tem
coordenação motora para realizar actos; progressivamente, o desenvolvimento da coordenação
motora permite o aumento das formas de manifestação de agressividade”. Para a especialista,
“aumenta de frequência e intensidade entre os
12 meses e os 2 e 3 anos de idade; quando entra
na escola, é suporto a criança já ter um comportamento agressivo e já aprendeu a recorrer a
práticas socialmente menos ajustadas”.
PRÉ-ESCOLAR É FUNDAMENTAL
Para a criminologista, “a idade pré-escolar
é fundamental para controlar” manifestações
de agressividade da criança, sublinhando os
factores que contribuem para evitar aqueles
comportamentos: controlo de emoções fortes (“desenvolvimento do córtex frontal”),
desenvolvimento da linguagem, brincar às
lutas de forma vigiada (“desenvolvimento do
auto-controlo”) e desenvolvimento das competências sociais (“reciprocidade, partilha,
cooperação, empatia…”).
Josefina Castro sublinhou a importância do
desenvolvimento da linguagem para prevenir
comportamentos agressivos e desviantes. “As
crianças com capacidade de linguagem têm
mais capacidade de comunicar, de entenderem
os outros e de serem entendidas”, referiu.
Segundo a especialista, após a idade pré-escolar “apenas 5 a 10% continuam a exibir
comportamentos agressivos frequentes e apenas
3 a 5% mantêm níveis elevados de frequência”.
Estes dados serviram para reforçar a ideia de
que a idade pré-escolar é fundamental para
controlar e prevenir, obrigando a acção vigilante
e educativa, em simultâneo, por parte dos pais
e dos educadores.
“Só um grupo muito pequeno tem elevada
probabilidade de persistir durante a adolescência”, evoluindo para a criminalidade, reforçou
a criminologista. A.S.
APOIOS
Programas de prevenção
O QUE FAZEM?
O papel da escola
“Dar o que o meio não pode dar” é a razão de ser de muitas instituições. Daí a CPCJ
de Águeda ter proporcionado esta comunicação a educadores e a técnicos de acção
social na abertura de um novo ano escolar. Existem “programas de prevenção”, alguns
dos quais explicados pela criminologista Josefina Castro em Águeda.
Os programas podem ser centrados unicamente na família, na família e escola, ou
só na escola. E podem mesmo iniciar-se quando as mães vivem o período pré-natal,
vigiando “a saúde da mãe, reduzindo problemas com o parto, e educando a mãe”.
Prevenir a negligência e o abuso, promover a estimulação adequada e apoiar na resolução de problemas de família são objectivos dos programas.
A escola deve favorecer o desenvolvimento cognitivo e
social das crianças, referiu a especialista em Águeda, para
quem, na relação família-escola, deve-se “favorecer as competências parentais para preparar a criança para uma melhor
integração na escolaridade regular”. O acompanhamento
dos trabalhos de casa por parte dos pais é uma actividade
importante na relação com a criança.
O enriquecimento cognitivo nas crianças devem iniciar-se
na idade pré-escolar.
O GÉNERO
Ser masculino
ou feminino
Além dos “factores individuais”
como o “temperamento próprio da
criança” e dos factores de origem
familiar já descritos, há um outro
factor associado à agressividade
da criança que tem a ver com o
género.
“Há mais agressividade física no
género masculino e decorre uma
investigação biológica para saber o
que o distingue”, referiu Josefina
Castro, para logo acrescentar: “As
raparigas só batem os rapazes na
agressão indirecta”.
PAIS, COMO AGIR?
Regras para educar
Os pais transmitirem regras aos
filhos é condição fundamental
para agir, evitando um espiral
de comportamentos que, tantas vezes, acabam por fugir ao
controlo à medida que a criança
cresce. “As crianças devem saber
que os seus comportamentos têm
consequências”, advertiu Josefina
Castro.
Os pais devem ainda “saber proporcionar à criança a aquisição de
competências linguísticas desenvolvidas, experiências diversificadas e
ter lutas controladas”.
João M. Lourenço
Chefe de Serviço
UROLOGIA / ANDROLOGIA
CLÍNICA UROLÓGICA DE AVEIRO
ANDROLOGIA
- Biopsias Prostáticas e Renais
- Endoscopia Urinária
- Ecotomografia Urológica
- Estudos Urodinâmicos
- Sexologia e Infertilidade Masculina
Consultas às Terças-feiras de tarde
e aos Sábados de manhã
Medicline: 234 622 269
Stª Eulália: 234 621 480
Marcações de consultas a partir das 10h para: Telef.: 234 422 223 . Telem.: 917 242 560 - Av. Dr. Lourenço Peixinho, nº162, 1ºG - 3800-161 Aveiro
04
águeda e região
7 setembro 2011
210 casos em apenas
oito meses na CPCJ de Águeda
Durante todo o ano de 2010 registaram-se
apenas mais cinco casos que este ano
no período compreendido entre Janeiro e Agosto
José Marques Vidal apresentou dois casos de violência doméstica que se passaram no concelho, um
deles relatado pelo RA
Responsáveis antecipam aumento
dos problemas sociais devido à crise
Tempos difíceis terão repercussões na vida familiar e levarão a um aumento
da violência doméstica, alertaram responsáveis no seminário da Comissão
de Protecção de Crianças e Jovens de Águeda (CPCJ)
A Comissão de Protecção de
Crianças e Jovens de Águeda (CPCJ)
organizou, na sexta-feira, dia 2 de
Setembro, um seminário subordinado ao tema “Violência da Criança:
que realidade?”, que teve lugar no
auditório da Escola Superior de
Tecnologia e Gestão de Águeda
(ESTGA), e que contou com a
participação de Armando Leandro,
presidente da Comissão Nacional
de Protecção das Crianças e Jovens
em Risco.
A sessão de abertura contou ainda com a presença de Gil Nadais,
presidente da Câmara Municipal
de Águeda, Marlene Gaio, em
representação da Assembleia Municipal de Águeda, Gonçalo Paiva
Dias, director da ESTGA e José
Marques Vidal, presidente da CPCJ
de Águeda.
210 PROCESSOS
EM OITO MESES
Na oportunidade, os intervenientes felicitaram a CPCJ pela iniciativa e Gil Nadais deixou ainda
um alerta: “os tempos não vão ser
fáceis e isso vai ter consequências
na vida familiar”. Alerta esse que
foi repetido por José Marques Vidal que destacou ainda o aumento
do número de processos na CPCJ,
210 em oito meses, quando em
todo o ano de 2010 foram 215. O
responsável referiu-se ainda ao
O que é a CPCJA?
A CPCJA é uma instituição oficial, não judiciária, com
autonomia funcional que tem como finalidade promover
os direitos da criança e do jovem, prevenir ou pôr termo
a situações que possam afectar a sua segurança, saúde, formação, educação ou desenvolvimento integral.
Rege-se pela Lei de Protecção de Crianças e Jovens em
Perigo (CPCJP) n.º 147/99 de 1 de Setembro e pelas
normas legais em vigor.
Quando é que a CPCJA intervém?
A CPCJA intervém sempre que os pais, o representante legal ou quem tenha a guarda de facto da criança
ou jovem ponham em perigo a sua segurança, saúde, formação, educação ou desenvolvimento, ou o
perigo resulte de acção ou omissão de terceiros ou da
criança/jovem. A intervenção da Comissão depende
do consentimento expresso dos pais, do representante
legal ou da pessoa que tenha a guarda de facto da
criança ou jovem. A intervenção depende ainda da
número elevado de ocorrências de
violência doméstica e de abuso sexual, em relação ao ano transacto.
A grande mensagem deixada
por Armando Leandro foi que “a
prevenção primária é fundamental
para diminuir situações de risco” e
que “a escola é fundamental para a
prevenção e detecção de situações
de risco”. No mesmo sentido foi a
intervenção de Noémia Bandeira, da
equipa técnica de apoio à CNPCJR,
oradora convidada, que defendeu
que “só diminuímos situações de
perigo se trabalharmos mais na dimensão da prevenção”.
Segundo a organização, o seminário contou com a presença de cerca
de 170 participantes.
Em 31 de Agosto deste ano, a CPCJ já tinha em mãos 210 casos,
o que deixa adivinhar um aumento em relação ao ano passado,
já que no ano passado, ao longo de todo o ano, registaram-se um
total de 215 casos.
Segundo dados avançados por José Marques Vidal, presidente
da CPCJ de Águeda este ano, de Janeiro até 31 de Agosto, foram
abertos 97 processos, 15 foram reabertos e 98 transitaram do
ano passado.
Já no que diz respeito ao tipo de problemáticas, este ano, aparece
a negligência no topo com 42 casos, seguindo-se os maus tratos
/ violência doméstica com 40, registando-se ainda 13 casos de
abuso sexual.
Em 2010, e ainda no que se refere às problemáticas, também a
negligência lidera com 83 casos, seguindo-se os comportamentos
desviantes com 58
Os números de 2011
97 processos abertos
15 processos reabertos
98 processos transitados
do ano anterior
210 total de processos
Problemáticas
40 casos de maus tratos/
violência doméstica
13 casos de abuso Sexual
42 caso de negligência
5 casos problemas de saúde
4 casos procedimentos de
urgência
6 casos arquivamento
liminar
2 casos absentismo escolar/
abandono
Medidas aplicadas
48 apoio junto dos pais
9 apoio Junto de outro
familiar
7 acolhimento em instituição
59 arquivados
não oposição da criança/jovem com idade igual ou
superior a 12 anos.
Quem está abrangido pela CPCJA?
Estão abrangidas todas as crianças ou jovens do concelho
de Águeda com menos de 18 anos, ou pessoa com menos de 21 anos que solicite a continuação da intervenção
iniciada antes de atingir os 18 anos.
Quando é que uma criança ou jovem está
em situação de perigo?
Considera-se que uma criança ou jovem se encontra numa
situação de perigo quando está abandonada ou vive
entregue a si própria; sofre de maus-tratos físicos ou
psíquicos ou seja vítima de abusos sexuais; não recebe
os cuidados ou a afeição adequados à sua idade e situação pessoal; é obrigada ao exercício de actividades ou
trabalhos excessivos ou inadequados à sua idade, dignidade e situação pessoal ou prejudicial à sua formação
e desenvolvimento; está sujeita, de forma directa ou in-
4 remetidos a outras CPCJ
14 remetidos a tribunal
30 em análise
Os números de 2010
7 processos abandono
15 processos abandono
escolar
4 processos abuso Sexual
3 processos exercício abusivo de autoridade
58 processos exposição
modelos/comportamentos
desviantes
4 processos ingestão de
bebidas alcoólicas
16 processos maus tratos
físicos
17 processos maus tratos
psicológicos/abuso emocional
82 processos negligência
5 processos prática de facto
como crime
2 processos problemas de
saúde
1 processos prostituição
infantil
218 processos total
directa, a comportamentos que afectem a sua segurança
ou o seu equilíbrio emocional; assume comportamentos
ou se entregue a actividades ou consumos que afectem
gravemente a sua saúde, segurança, formação, educação ou desenvolvimento sem que os pais, representante
legal ou quem tenha a guarda de facto se lhes oponham
de modo adequado a remover essa situação.
Quem pode colaborar com a CPCJA?
Qualquer pessoa que tenha conhecimento de que uma
criança ou jovem está em situação de perigo ou risco
(abandonada, entregue a si própria, sofre de maus tratos
físicos ou psíquicos, seja vítima de abusos sexuais, …)
pode contactar a CPCJA.
Como contactar com a CPCJA?
Na rua da Misericórdia, n.º 189, em Águeda, ou pelos números 234 180112 (telefone) e 234 611298 (fax). Pode
ainda utilizar o e-mail [email protected] A comissão
funciona das 9h às 12h e das 14h às 18h.
águeda e região
07 setembro 2011
05
JOSÉ CASTILHO, presidente da ACOAG, e a FESTA DO LEITÃO 2011
“Sem o apoio do município o prejuízo é inevitável”
“A Festa do Leitão à
Bairrada é de longe o
maior e mais prestigiado
evento do concelho
e estamos confiantes
de que a partir do
próximo ano voltará
a ser considerado
e respeitado
como tal”.
José Castilho,
presidente
da direcção
da ACOAG –
Associação Comercial
de Águeda – não
esconde que a edição
2011, que começa esta
quarta-feira, terá sido a
mais problemática Festa
do Leitão da história do
certame. “É impossível
dar boas condições
aos nossos visitantes e
expositores sem o apoio
da Câmara Municipal
de Águeda”. De quarta
a domingo, o Largo 1º
de Maio volta a acolher
um evento que foi criado
para unir
P> Quais são as expectativas da organização para
esta edição da Festa do
Leitão, pelos vistos a mais
difícil de todas?
R> As expectativas são
boas a todos os níveis. Desde a
boa receptividade das pessoas
ao nosso cartaz de espectáculos, ao desafio que representa
para nós a realização da mostra de artesanato e gastronomia no exterior, devido às
obras no GICA, e que pode
ser uma forma de testarmos
novos conceitos para o evento.
Apesar do momento difícil
que todos estamos a passar, a
organização da Festa do Lei-
tão tem elevadas expectativas
para esta que é já a 18ª edição.
P> O certame, neste ano de todas
as dificuldades, paga-se a
si próprio?
R> É óbvio que não se
paga a si próprio. É impossível dar boas condições aos nossos visitantes
e expositores sem o apoio
da Câmara Municipal de
Águeda. Temos muita gente
a ajudar-nos mas sem o empenhamento do município
o prejuízo é inevitável. A
Festa do Leitão à Bairrada
é de longe o maior e mais
prestigiado evento do concelho e estamos confiantes
de que a partir do próximo
ano voltará a ser considerado e respeitado como tal.
CARTAZ DE RELEVO
P> O cartaz de espectáculos continua a garantir
qualidade e a atrair público, para além de Tony
Carreira e Deolinda?
R> Temos um excelente
cartaz este ano. Deolinda
darão o “pontapé de saída”, venceram um Globo
de Ouro, na categoria de
melhor grupo, e presentear-nos-ão com óptima música
portuguesa. Os Dr1ve, que
actuarão na 5ª feira, são
também uma óptima banda
de estilo pop/rock, sendo
que nesse dia haverá também uma exposição tunning
a cargo da Aveiro Elite
Club, para os amantes
dos automóveis
modificados.
Na 6ª feira
todos recordaremos a
lenda Bob
M a r l e y,
ao som
da banda
de tributo
“Quem é o
Bob?”. Para
fechar a noite em beleza,
entrará em cena o
conceituado e multi-premiado DJ Pete Tha
Zouk. No Sábado, além
da actuação do conceituado artista Tony Carreira,
Águeda será presenteada
com o melhor espectáculo
piromusical alguma vez
visto em todo o concelho.
No Domingo, haverá uma
exposição de automóveis
Mini (a cargo da MINInos),
haverá concertos das bandas de garagem Clip Chic
e Stress da Cerca e a noite
será marcada pela actuação
da banda Sede Bandida, que
assegurará a animação e o
último espectáculo musical
da Festa do Leitão.
PARCERIA PARA TER
TONY CARREIRA É
CONTRA-SENSO?
P> A vinda de Tony
Carreira, mercê de uma
parceria com uma grande superfície, não é um
contra-senso quando a
ACOAG e o comércio
tradicional criticam a
proliferação destas grandes unidades?
R> Se não fosse esta parceria, não poderíamos trazer
este conceituadíssimo artista à Festa do Leitão. O
comércio tradicional atravessa, de facto, momentos
muito difíceis; no entanto,
não nos podemos esquecer
que um dos principais objectivos da Festa do Leitão
é, além da promoção do
Leitão á Bairrada, a promoção do tecido económico,
atraindo visitantes ao nosso
concelho, promovendo o
que cá há de melhor. É uma
boa oportunidade das pessoas conhecerem o nosso
concelho, de comprarem em
Águeda. Esta era, portanto,
uma oportunidade que não
poderia ser desperdiçada
e será uma das formas de
aproveitar o investimento
para promover o comércio
tradicional e de todos os
expositores presentes no
certame.
NOTÁVEIS
CONDIÇÕES,
SELO DE QUALIDADE
P> Que condições obriga a ACOAG para que a
qualidade do serviço e, em
especial, do leitão, seja uma
garantia de qualidade para
o visitante?
R> Garantimos a qualidade do leitão, prato gastronómico de excelência da nossa
região, através dos nossos
assadores, reconhecidos pela
qualidade e excelência que
colocam na confecção do
leitão, através de inspecções
de higiene e segurança sanitárias, efectuadas entes do
evento iniciar.
Além disso, os restaurantes
são obrigados a ter máquina
de lavar loiça. Não descuramos também a questão da
segurança, pelo que serão
disponibilizados extintores
a cada restaurante. Orgulhamo-nos de realizar um evento com notáveis condições
para os nossos visitantes.
06
águeda e região
07 setembro 2011
Festa do Leitão na SIC
“Querida Júlia” promove gastronomia de
Águeda e da região. Sábado, a SIC promove nova novela no recinto da festa
A Festa do Leitão vai ser promovida no programa Querida
Júlia, na SIC, esta quinta-feira, dia 8 de Setembro. Dois
membros participantes da 18ª edição da Festa do Leitão à
Bairrada vão estar presentes, um dos quais José Carlos da
“Casa dos Leitões de Águeda”.
Para além da confecção do leitão e respectivo molho de
tempero, e da divulgação do espumante oficial da festa (das
Caves Primavera), durante o programa serão demonstrados
diversos doces característicos da região, fornecidos pela
Casa Braz, nomeadamente os Pastéis de Águeda, Fusis
e Sequilhos. Serão também apresentadas as novidades
gastronómicas de 2011, confeccionadas pelo Restaurante
Sabores, de Águeda: lancheiras de leitão, torta de mirtilo,
gelado de mirtilo e gelado de ovos moles.
Sábado, dia 10 de Setembro, uma equipa da SIC desloca-se à Festa do Leitão para promover a nova novela, “Rosa
Fogo”, através da distribuição de folhetos e dança de tango.
Uma equipa de reportagem da RTP deverá igualmente
realizar um directo do recinto. A organização aguardava a
confirmação de uma reportagem por parte da TVI.
Secretário de Estado da Economia
inaugura Festa do Leitão
Está confirmada a presença do secretário de Estado da
Economia, Almeida Henriques, na inauguração de Festa
do Leitão, esta quarta-feira, às 19 horas, na Câmara de
Águeda. A cerimónia será, como habitualmente, seguida
de uma visita ao recinto da feira, no Largo 1. de Maio,
por onde “desfilarão” certamente muitos outros políticos,
como já é normal acontecer ao longo do evento.
PROGRAMA FESTA DO LEITÃO
ASSADO À BAIRRADA 2011
07 a 11 de Setembro de 2011
07.SET.2011 (4ª FEIRA):
19h00 – Cerimónia de Abertura, no Salão Nobre da Câmara
Municipal de Águeda
22h30 – Concerto de Deolinda – Zona de Bares e After-hours
08.SET.2011 (5ª FEIRA):
Exposição Tunning promovida pela Aveiro Elite Club
22h30 – Concerto de Dr1ve – Zona de Bares e After-hours
09.SET.2011 (6ª FEIRA):
22h30 – Concerto de Quem é o Bob?
00h30 – DJ Pete Tha Zouk – Zona de Bares e After-hours
10.SET.2011 (SÁBADO):
22h30 – Concerto de Tony Carreira – Zona de Bares e
After-hours
00h00 - Espectáculo Piromusical
11.SET.2011 (DOMINGO):
Exposição de Minis, promovida pelo Clube MINInos
Concerto de Bandas de Garagem: Clip Chic e Stress da Cerca
21h00 – Concerto de Sede Bandida
VOLVO S40 1.6
Viatura Particular, um só dono, estado impecável.
Só 3.750€ (negociável).
AirBags frontais, Direcção Assistida, Fecho Centralizado
c/ Comando, Jantes Liga Leve, Pintura Metalizada Preta,
Rádio c/ Cx 6 CDs, ABS, Ar Condicionado,
Vidros Eléctricos e com apenas 172.000kms.
M. Abrantes Costa - Águeda -Telem 919542189
Ano lectivo em Águeda com o
novos cursos e novos project
O ano lectivo em Águeda, à semelhança do que acontece a nível nacional, tem início entre os dias 8
Esta semana o RA fala com os responsáveis dos
agrupamentos e escolas para saber as novidades
que marcam o arranque de mais um ano lectivo no
concelho.
O IDL continua a sua aposta na oferta de actividades extra-curriculares; a Marques Castilho arranca
com novos cursos profissionais, em áreas que são
novidade na oferta educativa a nível do concelho:
restauração, desporto e marketing; na Adolfo Portela o quadro docente já está totalmente preenchido e
a escola vai arrancar com dois novos cursos profissionais; em Fermentelos já está montado o estaleiro
INSTITUTO DUARTE DE LEMOS
Recepção aos alunos
na quinta-feira
O ano lectivo no Instituto Duarte de Lemos terá início no
dia 8 de Setembro para o 5º ano e no dia 9 de Setembro para
os 6º, 7º, 8º e 9º anos. A recepção aos alunos terá lugar no dia
8 de Setembro, às 10h, apenas para o quinto ano. No dia 9 de
Setembro as aulas decorrerão normalmente para todos os alunos.
O IDL será frequentado este próximo ano lectivo por 580
alunos e contará com 46 professores ao seu serviço.
O IDL continuará a proporcionar uma vasta oferta de actividades extra-curriculares, quer ao nível do desporto escolar,
quer de enriquecimento cultural e cívico.
Funcionarão os seguintes clubes: Clube de Jornalismo,
Clube da Terra, Clube das Energias Alternativas, Núcleo da
Protecção Civil, Clube Filmes, Livros & Companhia, Ares
d’ Ensaio (Teatro, Dança e Música), Oficinas de Escrita e
Leitura. E no que toca ao desporto escolar, haverá as seguintes
ofertas: vela, canoagem, andebol, basquetebol, badminton,
ténis de mesa e xadrez.
cio, não terá impacto a nível de aprendizagem e segurança”,
sublinhou Regina Rabaça, comentando o impacto das obras
no funcionamento do agrupamento.
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS
DE FERMENTELOS
AGRUPAMENTO DE ESCOLAS
DE AGUADA DE CIMA
Avançam as obras do novo
pólo educativo
Obras de requalificação
na escola sede
No Agrupamento de Escolas de Fermentelos as actividades
lectivas têm início no dia 15 para todos os ciclos e escolas
do agrupamento.
Segundo Regina Rabaça, directora do agrupamento, é
intenção “dar continuidade neste ano lectivo aos cursos e
actividades que temos vindo a desenvolver, apostando em
manter o sucesso alcançado nos exames nacionais e na
avaliação externa”.
No que diz respeito a obras, o estaleiro já foi instalado para
avançarem as obras do novo pólo educativo, prevendo-se
que o ensino pré-escolar e o primeiro ciclo no ano lectivo de
2012/2013 já iniciarão as suas actividades lectivas no novo
edifício. “É uma área independente, da parte de trás do edifí-
No Agrupamento de Escolas de Aguada de Cima a
recepção para os alunos do 5º ano e ensino pré-escolar
está marcada para o dia 14 de Setembro, iniciando-se as
actividades lectivas para todos os ciclos no dia 15. O ano
lectivo 2011/2012 ficará marcado pelo avanço das obras
de construção do pólo educativo de Barrô e pelas obras
de requalificação na escola sede (EB 2,3), previstas para
meados do ano, que incluem a substituição da cobertura
de placas de fibrocimento, correcção do sistema eléctrico,
esgotos, alguns pisos, construção de um novo bloco que
terá uma dupla funcionalidade, funcionando como salas
de aula e reuniões para grandes grupos. Na zona central
haverá coberturas para protecção da chuva e criação de
CAVALHEIRO
Sério, culto e romântico procura Senhora
dos 30 aos 40 anos na zona de Águeda/Albergaria
para Amizade ou compromisso sério.
Se aprecia uma boa conversa e uma boa amizade,
ligue 934 048 875
ADMITE-SE
APRENDIZ DE ELECTRICISTA
OU ELECTRICISTA
com conhecimentos de Mecatrónica
ENTRADA EMEDIATA
CONTACTOS: 234648345 / 9185971957
águeda e região
bras,
os
e 15 de Setembro
para avançarem as obras do pólo educativo; a escola
sede do agrupamento de escolas de Aguada de Cima,
vai ser alvo de obras de requalificação, previstas
para meados do ano; na EB Fernando Caldeira está
prevista a conclusão, até ao início das aulas, da 2.ª
fase das obras
07 setembro 2011
cepção aos alunos dos 1.º e 5.º anos de escolaridade, assim como
aos alunos da educação pré-escolar e, da parte da tarde, iniciarão
os restantes anos de escolaridade. A programação definitiva
destas actividades será afixada nos diferentes estabelecimentos
de ensino. O agrupamento mantém em funcionamento todas
as escolas do ano anterior, com um total de 1452 alunos,
distribuídos da seguinte forma:
Pré-escolar - 179 alunos
1.º CEB - 785 alunos
2.º CEB - 380 alunos
3.º CEB - 108 alunos
No que diz respeito a obras, refira-se que o pólo da EB da
Borralha está na fase inicial; no pólo da EB de Recardães
as obras de ampliação estão concluídas, tendo sido construída mais uma sala de aula e remodelação de um espaço já
existente, que irá albergar o refeitório e a biblioteca escolar.
Na EB Fernando Caldeira está prevista a conclusão, até ao
início das aulas, da 2.ª fase desta obra, que irá incluir o refeitório,
biblioteca escolar, anfiteatro e toda a parte administrativa, ficando a faltar o edifício destinado ao funcionamento do 1.º CEB.
O pessoal docente necessário está colocado, faltando colmatar a situação pontual das ausências por motivo de doença.
Escola Secundária
Adolfo Portela
Quadro docente
preenchido e novos
cursos de formação
uma passagem para o pavilhão da LAAC. Ao nível da formação, será criado um novo curso de educação e formação
de serralharia mecânica.
No que concerne ao número de alunos o agrupamento
regista uma ligeira diminuição.
Agrupamento
de Escolas de Águeda
2.ª fase das obras
na Fernando Caldeira
concluídas antes
do início lectivo
As actividades iniciam-se no dia 15 de Setembro para todos
os alunos do agrupamento. Da parte da manhã, efectuar-se a re-
As actividades lectivas dos cursos profissionais e dos cursos
de educação e formação na Escola Adolfo Portela iniciar-se-ão a 12 de Setembro, às 8h30. As actividades lectivas das
restantes turmas (ensino regular) têm o seu arranque agendado
para 15 de Setembro à mesma hora.
No dia 14 de Setembro, às 10 horas, haverá a recepção
dos alunos do 10º ano, excepto os dos cursos profissionais.
Este primeiro encontro reunirá apenas o director de turma
e os alunos. Como novidade, este ano, o director da escola
reunirá conjuntamente com os encarregados de educação e
respectivos alunos que irão frequentar os 7º e 10º anos. No
caso do 7º ano, as reuniões terão lugar a 13 e 14 de Setembro,
às 18 horas. Quanto ao 10º ano, decorrerão a partir do dia 19
deste mês, de acordo com o calendário afixado na escola e
disponível em www.esap.edu.pt. A Adolfo Portela inicia as
actividades sem qualquer professor por colocar.
Henrique Coelho, director da escola, referiu ao nosso jornal
que “o quadro docente já está totalmente preenchido, estando
assim reunidas as condições para o início de mais um ano lectivo”. Quanto a outras novidades na Adolfo Portela, destacou a
abertura do novo curso profissional de técnico auxiliar de saúde e
do CEF tipo 3 de instalação e operação de sistemas informáticos.
Projecto nacional “Turma Mais”
No que não há novidade, neste ano lectivo, é na continuação da aposta no projecto Turma Mais, projecto que visa
a promoção das aprendizagens dos alunos do 3º ciclo e a sua
melhor preparação para o ingresso no ensino secundário.
Satisfeito com os resultados alcançados e com o facto de a
escola ter já visto o seu trabalho reconhecido a nível nacional
em diversos momentos, o director mostrou-se entusiasmado
com o seu alargamento a um maior número de turmas.
07
Escola Secundária
Marques de Castilho
Restauração, desporto
e marketing são as novas
apostas da formação
As aulas na Escola Secundária Marques de Castilho iniciam
no dia 14 de Setembro para todos os anos de escolaridade e
modalidades de ensino, às 8h30, com a recepção dos alunos
pelos directores de turma, seguida de uma sessão para alunos
recém chegados à escola sobre o plano de emergência e do
arranque efectivo das actividades lectivas.
No presente ano lectivo, ano em que se regista um ligeiro acréscimo do número de alunos, sobretudo no 10º
ano, o plano anual de actividades da escola dará particular
atenção às questões da educação para cidadania, da disciplina e da segurança. “Trata-se de áreas particularmente
importantes na formação integral do individuo, com influência directa na melhoria dos resultados escolares e do
clima de escola”, sublinha Francisco Vitorino, responsável
da Marques Castilho.
Em termos de novidades, de referir que se aguarda o arranque das obras do campo de jogos coberto, equipamento que se
encontra em falta na conclusão do projecto de requalificação
da escola; destaque ainda para o arranque de três novos cursos
profissionais, em áreas que são novidade na oferta educativa a
nível do concelho: restauração, desporto e marketing.
O arranque do ano lectivo na Marques Castilho coincidirá
com a realização das obras em frente da escola, no Largo Dr.
António Breda, mas Francisco Vitorino acredita que apesar de
“causar sempre algum constrangimento”, “existe disponibilidade
da Câmara Municipal em dialogar com a escola no sentido de
minimizar os efeitos dessa situação”. “É minha convicção que
conseguiremos contornar as situações, de modo a reduzir o impacto sobre a entrada principal da escola”, refere o responsável.
Agrupamento
de Valongo do Vouga
Agrupamento aposta na
continuidade do projecto TEIP
As actividades escolares terão início em todo o agrupamento no dia 14 de Setembro, com a recepção dos alunos de
todos os anos de escolaridade. Na escola EB 2,3 de Valongo
do Vouga, a recepção dos alunos será feita de acordo com o
seguinte calendário: 9h30 - recepção dos alunos dos 6º, 7º , 8º
anos e a turma CEF; 14h30 - recepção dos alunos do 5º e 9º anos.
No dia 15 de Setembro, todos os alunos cumprem o seu
horário lectivo.
No próximo ano lectivo dar-se-á continuidade ao curso de
educação e formação “electromecânico de equipamentos industriais”; serão desenvolvidas actividades no âmbito do projecto
TEIP (Território Educativo de Intervenção Prioritária) e projectos
de clubes com actividades educativas diversificadas.
As obras no pólo educativo de Macinhata do Vouga são,
no momento, as únicas a registar.
08
publicidade
07 setembro 2011
“Regresse às aulas
connosco”
BTT
Alta e média g
ama
Carbono e Alum
ínio
CORRIDA
Carbono e Alum
ínio
ESTRADA
Eléctricas ou n
ão
CRIANÇAS
Todas as idade
s
EXPOSIÇÃO
E V E N DA
N A FA B R I C A
Orbita – Bicicletas
Portuguesas, L.da
Rua da Fonte Nova Nº 616
Povoa da Carvalha
3750 – 720 Recardaes (Águeda)
Telef.: 234.602022
Fax.: 234.622004
e-mail: [email protected]
Ter a sua TERRA no coração...
... é aceder ao
Região de Águeda e-paper
vantagens do RA-digital
 Acesso cómodo ao
seu Jornal, a qualquer ho
ra do
dia e em qualquer parte do
Mundo, antes mesmo
de chegar às bancas;
 Facilidade de leitur
a, com opção de ampliar
cada
pormenor de qualquer um
a das páginas;
 Possibilidade de gu
ardar o jornal no seu co
mputador, por inteiro ou apen
as páginas específicas;
 Facilidade
em encontrar as notícia
s da sua terra
através do poderoso sis
tema de pesquisas por
palavras-chave;
 Possibilidade de im
primir o jornal, por inteir
o ou
apenas páginas específica
s;
 Assinatura
dades
mais acessível, com divers
as modali-
A edição impressa
já está disponível n
a internet
CONSULTE A EDIÇÃO EXPERIMENTAL EM WWW.REGIAODEAGUEDA.COM
Rua dos Colégios, n.º 71 - 3770-221 Oliveira do Bairro
www.medicertima.pt - email: [email protected]
TEL. - 234 745 081 - TELEM. 937 716 776
FAX - 234 745 082
“LIC AMI 7476”
MORADIA T4 BORRALHA
Área cob.
165m2,descob.249m2, 2
lareira, 2 salas, 2 WC´S, 2
terraços e garagem fechada.
Preço: 59.000,00 €
Refª: 169/11
De 2.ª a 6.ª das 9h00 às 19h30
Sábado das 9h30 às 13h00
TERRENO - RECARDÃES
Bem localizado, 2 frentes (16m
e 40m) e com 1.200,00m2.
Ideal para a moradia dos
sonhos…
Preço: 47.500,00 €
Refª: 70/07
T3 - OIÃ
Novo, c/ 130m2, roupeiros,
suite, lareira c/ recup. Calor,
varandas. Arrumos e garagem
fechada.
Preço: 87.500,00 €
Refª: 235/08
MORADIA - T3+1 OIÃ
P.H., área cob. 320m2,
descob. 1000m2, isolada,
suite, cozinha copa,…
Preço: 95.000,00 €
Refª: 784/10
T2 – ASSEQUINS
Usado. C/ 105m2. Excelente
negócio…
Só: 42.000,00 €
Refª: 785/09
MORADIA T2+2
OIÃ
Excelente estado de
conservação, nova rebaixa
de preço. Sala comum, suite,
escritório, jardim… Excelente
negócio, não perca!
Só: 89.000,00 €
Refª: 796/11
T1 – ÁGUEDA
C/ 60m2. Sala comum, cozinha
c/ móveis, 2 roupeiros…
Só: 45.000,00 €
Refª: 422/11
Rua António Ribeiro de Matos Bicha Moura | A.P. 480 | 3754-909 ÁGUEDA
tel. +351 234 601 199 | +351 234 623 429 | fax +351 234 602 821
[email protected]coal.pt|www.talcoal.pt
MORADIA T3+1 - AG. CIMA
Como nova, 2 suites, fogão de
sala, cozinha equipada...
Preço: 125.000,00€
Refª: 229/11
Foto: 11%20016
MORADIA T3 AG.
BAIXO
Boas áreas, 3 roupeiros, 3
wc’s, laraeira c/ recup. calor,
lavandaria, aquecimento
central, aspiração central,
garagem….
Preço: 150.000,00 €
Refª: 171/11
T2 – ÁGUEDA
C/ 100m2. Sala comum c/ lareira,
cozinha c/ móveis, varanda…
Preço: 56.000,00 €
Refª: 375/11
T2 – FERMENTELOS
Boas áreas… Excelente
negócio… Venha visitar…
Preço: 55.000,00 €
Refª: 696/11
T2
AGUADA DE CIMA
C/ 120m2. Sala comum c/
lareira, cozinha equipada,
despensa, lavandaria, garagem
dupla…
Preço: 67.500,00 €
Refª: 321/10
10
águeda e região
07 setembro 2011
Trabalhadores da Eurogrés no Centro de Emprego
Detidos por furto
de alumínio em Águeda
Núcleo Humanitário ajuda
Património dos Pobres
A GNR de Águeda deteve três homens, na tarde
sábado (dia 3), por furto de alumínio.
Os indivíduos, com idades compreendidas entre os 25 e os 39 anos, foram surpreendidos, pela
patrulha da GNR, no interior de um parque de
viaturas apreendidas, a furtar peças em alumínio
de um veículo motorizado.
O Núcleo Humanitário de Águeda – Estados Unidos da
América ofereceu um cheque de dois mil dólares ao Património
dos Pobres da Paróquia de Águeda para ajuda à construção e
conservação de casas de acolhimentos para famílias carenciadas.
Eu Steel na Festa do Leitão angaria
donativos para a CERCIAG
A Eu Steel vai estar na Festa do Leitão a
desenvolver um conjunto de actividades, como
salto invertido, escalada radical, demonstrações
radicais, insufláveis para crianças, slide para
crianças, aulas de cardio-fitness “espaço Saúde” e rastreio de hipertensão arterial e diabetes.
Os donativos angariados revertem a favor da
CERCIAG.
Casa do Povo de Águeda
retomou actividades
Meia centena de trabalhadores da Eurogrés, uma empresa de Grés
de Oronhe, concentrou-se às portas do Centro de Emprego na manhã
desta terça-feira, devido ao encerramento da unidade fabril.
Segundo os trabalhadores, a empresa tinha encomendas e exportava a maioria da produção, porém já estaria em falta para com os
trabalhadores, que se depararam com a unidade encerrada, devido a
situação de insolvência.
Estabelecimentos da baixa com horário alargado
A Casa do Povo de Águeda retomou as suas actividades
no início deste mês de Setembro. Assim, a escola de música funciona aos sábados, das 9 às 12 horas e das 14 às 19
horas; a ginástica decorre às segundas e quintas-feiras das
19 às 20 horas; em relação à pesca desportiva está prevista
a participação em diversos concursos e o karate funciona
às quartas e sextas-feiras das 19 e às 20 horas. As inscrições
para admissão de novos praticantes podem ser feitas na sede da
Casa do Povo, em Assequins, através dos seguintes contactos
234 607 184, 915 408 161, 967 127 890, ou por e-mail [email protected]
Implantologia
Prótese dentária
 Prótese removível hipoalérgicas
 Ortodontia
 Odontopediatria
 Cirurgia oral
 Cheque Dentista, grávidas e bebés
Aproveitando a afluência de visitantes à Festa do Leitão, a Câmara Municipal de Águeda promove, no âmbito do projecto “Águeda, Comércio
ConVida”, a dinamização do comércio, em particular das ruas pedonais
da baixa da cidade (Ruas Vasco da Gama, Luís de Camões, e José Maria
Veloso) com animação e alargamento do horário dos estabelecimentos.
Desta forma, a Câmara Municipal possibilita a todo o comércio tradicional o alargamento do horário de funcionamento dos estabelecimentos
comerciais na baixa da cidade de Águeda na 6.ª feira (9 de Setembro) e
Sábado (10 de Setembro) até às 22 horas e no Domingo (11 de Setembro)
durante o período da tarde. Durante a Festa do Leitão, a autarquia irá
também promover animação com pintura de montras e a dinamização
da feira de artesanato durante o horário do comércio.


BORRALHA - CASAIS - REDOLHO
COM AMPLO PARQUE DE ESTACIONAMENTO
Atendimento Personalizado e Diferenciado
Farmácias Portuguesas
Acordos: EDP, DentalClinic New Generaction e outros.
DR. FÉLIX ALMEIDA ( Estomatologista)
DR. FRED LAMAS PINHEIRO ( Médico Dentista docente na
Faculdade de medicina dentária da UP)
Telefone: 234623541 E-mail: [email protected]
Localização: Perto da GNR/Adolfo Portela , atrás do BPI
 Receitas Médicas
 Medicamentos
 Medição da Pressão Arterial, Peso
 Medição gratuita de glicemia
 Produtos de Saúde
 Material Ortopédico
 Manipulados
 Dermocosmética
 Veterinaria
Direcção Técnica e Propriedade
Dr.ª Teresa Castanhola
Rua Dr. J. Carvalho e Silva, 45AB - 3750-859 Borralha – Águeda
Telf.: 234 724 255 Fax: 234 724 256
[email protected]
GPS: long. 8.44278 W lat. 40.56100N
963926260
922233328
opinião
07 setembro 2011
Os artigos de opinião publicados são da inteira
responsabilidade dos seus autores
Tiques de riquismo com a pobreza
em pano de fundo
A gente pobre sempre sonhou e trabalhou para um dia poder viver melhor.
E fazia o possível para isso. Aprendia-se na família a poupar, a não estragar,
a não exigir aquilo que não se podia
ter, a não fingir de rico quando não se
era nem sequer remediado. Nos meios
rurais, em que todas as pessoas têm
nome e rosto, só raramente se passava
fome, porque se partilhavam coisas
da horta e não deixavam os pedintes
irem embora só com a consolação das
palavras. No tempo de racionamento,
como foi o da guerra, as coisas lá se
foram arranjando com sacrifícios,
mas sem deixarem grandes mazelas.
Podia dizer-se, na verdade, que o comum das gentes aprendia a viver com
muito e com pouco, na abundância e
na privação.
Os tempos foram mudando a vida e
as pessoas começaram a aprender na
nova escola que ensina a comprar
sem dinheiro. A dependência de um
ordenado certo tornara-se moeda
corrente; a procura de um trabalho
no Estado era garantia de segurança
para o futuro; a emigração para fora
do país, que emigrar cá dentro dava
vistas curtas, mas lá fora abria horizontes, dava para ter automóvel e
fazer casa nova na terra. Chegou-se,
então, a um tempo de melhor nível de
vida, por vezes vida sem grande nível
e com mais aparências que realidade.
De repente, tudo começou a mudar.
Muitos encargos, rendimentos incertos. Poupanças, bem como de hábitos
de moderação, não faziam parte da
história pessoal e familiar. Irrompeu
a calamidade do desemprego que
atinge todo o país, pobreza e mesmo vida remediada viraram fome, a
carência do essencial deixou de ser
simples palavra para se tornar realidade dolorosa. Muita gente, porém,
ou não acordou ou finge que nada
mudou. Quem, cá dentro ou vindo
de fora, observar o que por aí se vê,
não deixa de pensar, que, mesmo em
plena crise, parecemos um país de
gente rica, onde até muita gente nova,
que ainda não ganhou nada, dá nota
pública de opulência. Automóveis
sem conta, telemóveis dos mais caros
e sofisticados, roupa de marca, ida ao
futebol ao estrangeiro, como se fosse
à cidade ali do lado, muitos, ainda que
minoria, a programar férias e lua-de-mel em países exóticos…
Toda a gente se queixa, mas a razão
não é sempre a mesma para todos. E o
desemprego aumenta cada dia, o trabalho precário mantém-se, o recibo verde
continua a fazer história, a fila dos que
cada dia procuram o Banco Alimentar
e batem à porta das instituições de
solidariedade social cresce, a ponto
de já não se conseguir responder às
necessidades mais prementes.
É verdade que muitas pessoas continuam solidárias ou porque passaram
por experiências idênticas ou porque
ainda não se lhes entorpeceu o coração.
Um tempo diferente e de crise social
grave, como o que aí temos para durar,
torna urgentes atitudes diferentes das
que têm sido comuns entre nós. Mudar
de atitude no uso do que se tem, na decisão de produzir mais, quando é caso,
de poupar e partilhar, com sensibilidade para com quem não tem, tornou-se
uma responsabilidade diária e comum
para os cidadãos, os governantes, os
empresários, as instituições que nos
servem, a sociedade em geral.
Neste contexto, os tiques de riquismo são ofensivos, as cedências ao
supérfluo são provocadoras e escandalosas. Todos são chamados, à medida
de cada um, a entrar no processo da
recuperação necessária e urgente do
país. Não é trabalho apenas dos governantes. Pouco ou nada se conseguirá se
cada um não se impuser a si próprio,
atitudes de austeridade e gestos de
partilha e a quem governa decisões certas e exemplo convincente. Urge que
todos digamos, de modo consequente,
que somos pessoas responsáveis e solidárias, irmãos e cidadãos com iguais
direitos e deveres.
Nesta crise, como sabemos, há gente
especialmente atingida: os desempregados, já mais de 600 mil e muitos deles à beira do desespero; os imigrantes
estrangeiros mais pobres, sobretudo os
africanos, muitos deles explorados por
empregadores desonestos; as famílias
com problemas multiplicados e sem
meios para os resolver; os que viram
reduzidas as suas pensões de reforma,
os abonos de família e outros apoios
sociais, agora sem dinheiro para os medicamentos e outras urgências graves;
os mais pobres, idosos ou crianças, não
amados na casa de família ou acolhidos
em instituições que nunca dão tudo;
os filhos de famílias desestruturadas,
carentes permanentes de atenção e
de carinho e, muitas vezes, também
de pão… Todos estes e tantos outros,
são mão estendida ao coração de cada
um de nós.
Depois da experiência de um certo
bem-estar, ainda que relativo para
alguns, vemo-nos, de um momento
para o outro, instáveis como o vento. A
maioria das pessoas não foi preparada
para viver as crises e, muito menos,
para agir nelas com coragem e esperança. Há que começar esta aprendizagem
na escola da família, na escola dos
livros e cadernos, na escola alargada
da sociedade. Nesta última, por certo
a menos controlável, nos seus diversos
níveis de acção, da comunicação social
ao ambiente circundante, da publicidade ao respeito devido aos mais frágeis.
Não se pode iludir ninguém. A hora é
de verdade.
Perante diferenças inqualificáveis,
injustiças inexplicáveis, compadrios
vergonhosos, desprezo pelos mais
carenciados e excluídos, ou uma
acção positiva comum, operativa e
rápida, que pode ir até à denúncia, ou
o desânimo e a inércia dos já vencidos, ou a agressividade perigosa dos
desesperados… Em tempo de desafio
só tem sentido a honestidade, a união
e a responsabilidade colectiva.
11
blogues de águeda
As férias e as contradições…
Contradição do descanso: após onze meses de trabalho ansiamos
pelo descanso das férias, mas quando elas surgem não é repouso que
usufruímos. Ocupamos o tempo a cuidar da casa, dos outros ou de
assuntos pessoais e, no final das férias, apercebemo-nos que estamos
mais cansados do que quando as começámos.
António
Marcelino
Bispo Emérito de Aveiro
“
Quem, cá dentro ou vindo de
fora, observar
o que por aí se
vê, não deixa
de pensar, que,
mesmo em plena crise, parecemos um país
de gente rica,
onde até muita
gente nova, que
ainda não ganhou nada, dá
nota pública de
opulência
Contradição da poupança: durante o tempo ocupado com trabalho
vamos reunindo mensalmente algumas economias que usamos nos
custos de umas merecidas férias. Quando chega a altura todo aquele
dinheiro é gasto bem ou mal, de forma proveitosa ou não. No essencial, trabalhamos a esmagadora maioria do nosso tempo de vida para
depois o gastarmos num curto espaço de tempo.
Contradição do prazer: poucos podem afirmar que o trabalho lhes
proporciona prazer. A maioria tem que o efectuar pelo dinheiro e de
uma forma mecânica onde o prazer está praticamente ausente. Durante
as férias não, tudo é feito com o máximo gozo. Será? Quantos destinam
esse período para fazer obras em casa, cuidar dos jardins ou das hortas,
arrumar arrecadações ou garagens? E aqueles que durante as ditas
férias trabalham por necessidade? Nestes casos, onde está o prazer?
Contradição da felicidade: o trabalho dá felicidade, mas poucos
são aqueles que o podem confirmar. É, mais fácil para nós, entender
que essa alegria está relacionada com o dinheiro ganho do que com
a alegria resultante daquilo que fazem. Mas, todos admitimos que
somos mais felizes em férias. Então, por coerência, devemos aceitar
que passamos quase toda a nossa vida infelizes para podermos usufruir
de relativa felicidade em férias.
Contradição do imprevisto: regra geral, as pessoas não apreciam
imprevistos, nem no trabalho nem nas férias. Estes alteram as rotinas,
criam dificuldades e retardam a execução das tarefas. O pior de tudo é
ter as férias planeadas há muito tempo, perfeitamente definidas e, por
um qualquer imprevisto, não se vão poder gozar. A morte de um familiar, um acidente, uma avaria em casa ou no automóvel, por exemplo.
Contradição do tempo: muitos meses de trabalho e um mês de
justas férias. Acertar períodos de descanso entre duas pessoas nem
sempre é fácil. Quantas vezes marido e mulher não as tiram ao mesmo
tempo pelas mais variadas razões? Nos casos de impossibilidade de
gozo delas por inteiro, a sua repartição pode criar sérias dificuldades
de coordenação e sobreposição com as dos amigos, dos parentes, dos
companheiros ou dos filhos. A tarefa de fruir de férias sozinho não
implica inconvenientes. Mas quantos são os que o podem fazer?
Contradição do clima: a estação de ócio encontra-se centrada
nos meses de Julho e Agosto, mas preferencialmente neste último. O
clima, por acção do próprio homem, está em constante mudança e as
estações do ano algo alteradas. Imagine-se trabalhar durante todo ano
e nas férias o clima pregar-nos “partidas”. O Sol que devia brilhar,
esconde-se atrás das nuvens. As temperaturas máximas estão baixas
e as mínimas gélidas. E os dias de férias chuvosos?
Na realidade há demasiadas contradições nas nossas férias, mas
ainda não percebi por que razão sinto que quando as minhas acabam
já estou a pensar nas próximas.
http://bocarrotas.blogspot.com
C
F.
LE
0
tod onsu
TE 9 41 eda
da os lta
10 Águ
s 1 os s
232 em 42
0h dia
2
m
às s
AsTRóLOGO
VIDENTE
CURANDEIRO
bé 698
m
22h
Ta 234
NINGUÉM SABE TUDO SÓ DEUS
BAMBA
Mas cada um com o seu trabalho e dom
Consulta de búzios
Trata e ajuda a resolver qualquer problema
com sucesso onde os outros falham.
Quinta do Grilo, Lote L
2º Drt – 3500-602 VISEU
939 415 630
918 015 479
12
freguesias
07 setembro 2011
Fermentelos
Marcial navegou em mar de flores,
por terras de Campo Maior
Cerca de quatro horas após a partida, estacionaram nas
imediações da piscina municipal os autocarros e viaturas
particulares que transportaram a Marcial e cerca de uma centena
de acompanhantes até Campo Maior, às ‘festas do povo’ de
2011. A essa hora, no final da manhã, o tempo aberto e o calor
chegaram a tomar conta de tudo e de todos, pondo fim a dois
dias de forte intempérie; porém, foi sol de pouca dura, e durante
a tarde, a chuva continuou a fazer estragos, admiravelmente
reparados à custa do esforço e empenhamento dos moradores
na substituição de infindáveis cordões de flores, numa amálgama
de papel, arame e alicates, manejados por mãos hábeis de rostos
escorrendo suor e aos quais a adversidade não consegue apagar
a felicidade, uma lição de trabalho e humildade, exemplo vivo de
coragem e persistência de quem, entre as brumas da emoção,
persiste em manter em pé uma das mais bonitas manifestações
tradicionais portuguesas
A primeira impressão não enganou: a receber a Rambóia, uma
vila inteira vestida de flores de
papel formando arcos, mais de uma
centena de ruas com verdadeiros
tectos artificiais, cada uma com o
seu padrão de decoração, cores e
formas variando segundo a inspiração dos respectivos moradores, um
deslumbramento de cor e engenho
que em cada festa atrai gentes de
todo o país e do estrangeiro e que
neste ano, apesar do desfavor das
condições climatéricas, a organização estimou em cerca de seiscentos
mil visitantes durante os primeiros
8 dias em que decorreram as festas.
Para quem está presente nestas
festas pela primeira vez, não é fácil
descrever o que a vista alcança, apesar da evidente dimensão do esforço,
da enormidade de dedicação e da
candura do entusiasmo, que envolve
o resultado final de meses e meses
de trabalho e de luta sem limites, que
têm nas flores a simbologia de um
povo cuja elegância e sensibilidade
poeticamente representa com tulipas,
a felicidade, a alegria e o orgulho com
girassóis, a lealdade e sinceridade, a
modéstia e a simplicidade com violetas, a paixão com rosas, a indiferença
e o capricho com hortênsias, a ternura
com glicínias ou lilases, o amor eterno com amores-perfeitos, o perfume
com jasmins, a extravagância e a
fertilidade com papoilas e a liberdade
com cravos.
TRADIÇÃO SECULAR,
MANIFESTAÇÃO
DE IDENTIDADE
As ‘festas do povo’, dedicadas
ao patrono São João Baptista, são
uma tradição secular do povo de
Campo Maior, uma verdadeira
manifestação da sua identidade
através da decoração das ruas da
vila, sobretudo no centro histórico,
com milhares de flores de papel
feitas pelos moradores de cada
uma das ruas, que durante semanas
a fio vivem a azáfama da organização e preparação dos trabalhos:
um evento único, cuja associação
organizadora pretende candidatar
a Património da Humanidade
pela UNESCO - Organização das
Nações Unidas para a Educação,
Ciência e Cultura.
Após o almoço, uma gentileza do
Comendador Rui Nabeiro para com
os directores, maestro e executantes
da Marcial, e depois de ter saboreado uma apetitosa alhada de cação,
o jovem trompetista satisfez a sua
curiosidade sobre os usos e tradições da festa, entabulando conversa
com um residente que descansava
à sombra de uma imponente arcada
de flores de papel que cobria por
completo o pátio de entrada da sua
residência:
- Isto é muito papel!!!
- Este ano devem ter chegado às
23 toneladas! Já para não falar das
grandes quantidades de madeira
e esferovite que também foram
utilizadas.
- Mas isto é tudo colado! observou o músico.
- Nada menos de 3000 frascos de
cola, meu caro amigo.
- E arame?
- Muito perto de 3 toneladas!
- Que maravilha! exclamou a saxofonista que entretanto se juntou.
E quantos dias demoram a colocar
isto no sítio?
Elemento das Marcial e cerca de uma centena de acompanhantes foram até Campo Maior, às “festas
do povo”
- Como no negócio, a alma destas festas também está no segredo.
Isto é executado tudo em segredo,
mesmo para amigos e familiares. E
o trabalho final só é dado a conhecer
na noite da enramação… é tudo
colocado à vista apenas durante a
noite que antecede o início da festa.
- O quê? Tudo isto é posto numa
noite? atirou o clarinetista acabado
de chegar ao grupo e que nem sequer sabia do que se falava.
- É verdade, menino… confirmou
o idoso, com voz meiga e paciente. A vila transforma-se durante
uma noite. Na noite da enramação
ninguém dorme para que, com a
madrugada, nasça também o maior
jardim de flores de papel do mundo,
concluiu.
ADMIRAR TERRA
DE SENTIMENTOS
Nesta altura já muitos outros
músicos se haviam juntado aos
colegas, ouvindo todos o experiente
popular a falar das horas sem conta,
subtraídas a merecido e justo descanso e de dedicada união e aplicação de cerca de 8000 voluntários,
que ajudam a preparar a maravilho-
sa e inesquecível surpresa final, que
é o admirável e fascinante jardim
florido, onde brotam milhares e
milhares de flores de cores garridas,
preparadas com amor e carinho
pelos moradores de cada rua, que
dia após dia guardam ciosamente
e em sepulcral e solidário segredo
dos moradores das outras ruas, a
decoração dos seus sítios que, como
por encanto, despontam em todas
as ruas da vila quando surgem os
primeiros raios de sol de um amanhecer, perante os olhos incrédulos
de quem visita Campo Maior por
altura das ‘festas do povo’.
Durante a tarde, para além de
deambular pela centena de túneis
multicores, à comitiva fermentelense foi também possível apreciar
a vivacidade do comércio local,
descobrir a devoção a Santa Ana,
na Igreja da Misericórdia, admirar
a fachada e o interior revestidos
a mármore da Igreja de São João
Baptista, visitar a Casa do Assento, onde funciona o mercado, passear dentro da cerca muralhada,
ver as vistas do castelo, espreitar
o pitoresco casario dos quartéis
e descobrir, escondida na Igreja
Matriz, a pequena Capela dos
Ossos construída em memória (e
com ossadas) das cerca de 800
pessoas que morreram em 1732,
quando um raio atingiu um paiol
de pólvora, provocando uma
explosão que arruinou a torre de
menagem e as casas de mais de
dois terços da população.
Muito para além da original beleza de Campo Maior, a específica
beleza de sentimentos dos próprios
campomaiorenses, que levam a festa até ao interior das suas próprias
casas, mantendo as portas sempre
abertas a quem passa e disponibilizando, a quem procura momentos
de repouso nos bancos do passeio,
copos de água fresca tirados dos
típicos cântaros alentejanos, sem
esquecer as exuberantes mas graciosas flores que mãos femininas
simpaticamente colocam nas lapela
dos forasteiros, simbolizando a
afectividade, a consideração, e a
manifestação de pura amizade que
dedicam a quem os visita, momentos que são de pura partilha e afecto
e que assim criam uma empatia que
há-de perdurar nos tempos.
(continua na próxima edição)
JOR GE MENDONÇA
freguesias
07 setembro 2011
13
Fermentelos
Músicos e acompanhantes das bandas Velha e Nova confraternizaram em Penafiel
Banda Nova em Ponte de Lima
Banda Nova e Banda Velha
juntas em Abragão
Abragão, uma vila do concelho de
Penafiel, foi palco para uma jornada
de música filarmónica entremeada
por momentos de são convívio e
confraternização entre dirigentes,
maestros, músicos e acompanhantes
das bandas Nova e Velha
Manhã, tarde e noite foram ocasiões para
as duas bandas apresentarem uma vasta gama
de interpretações, desde as mais tradicionais
(incluindo marchas, rapsódias e transcrições
de orquestra), até obras contemporâneas,
que mereceu o apreço, o reconhecimento e
o aplauso do exigente e conhecedor público
presente, cuja fé e arreigada devoção religiosa deixou bem patente aquando da sua
participação na imponente e verdadeiramente
majestosa procissão realizada no final da
tarde em honra de Nossa Senhora da Saúde,
a padroeira local a fazer lembrar Fermentelos: estão pois de parabéns, a Banda Nova e
a Banda Velha.
Mas se a festa que correu bem, muito bem
mesmo a ambas as bandas, já para os da
Marcial a chegada a casa trouxe amargos
de boca, não terminando da melhor maneira
graças à desconsideração de quem, ultimaParóquia organiza feira/festa - Está em
marcha mais uma feira/festa da paróquia
de Fermentelos prevista para os dias 17
e 18 deste mês de Setembro no Largo do
Arraial. Nos próximos dias, irá ter lugar
o habitual peditório de rua para recolher
o que cada um quiser dar. Estão todos
convidados, pois a participação de todos
os fermentelenses é necessária e importante para o sucesso desta iniciativa. Os
amigos de terras vizinhas serão também
bem-vindos. Os fundos que se conseguirem angariar serão certamente importantes, mas muito mais importante será o
convívio e a presença de todos, palavras
do Padre Costa Leite.
SUSANA DIAS
Depois da actuação em Penafiel, a Banda Nova vai até Ponte de Lma
mente resolveu regressar a métodos antigos e
absolutamente condenáveis de vandalização
de viaturas que, deixadas de madrugada nas
imediações da sede social da instituição,
são encontradas, novamente de madrugada,
com pneus esvaziados e pinturas riscadas,
impondo aos seus proprietários incómodos
evitáveis e despesas acrescidas.
CARROS VANDALIZADOS
PELA TERCEIRA VEZ
Na verdade, de forma estranha e perfeitamente abjecta, nesta época filarmónica já
por três vezes directores, músicos e acompanhantes foram vítimas de quem, denegrindo
e envergonhando a imagem das gentes de
Fermentelos, conhecidas pela sua capacidade
mobilizadora para as várias causas de cidadania e áreas de intervenção, não se revêem
em atitudes irreflectidas de quem descarrega
a vileza da sua formação no património
de mulheres e homens que, em autêntico
sacerdócio, dão corpo ao associativismo à
custa de muita tenacidade e coragem, nada
conseguindo contra a cobardia, contra a irresponsabilidade e contra o crime praticado de
forma anónima e gratuita a coberto da noite.
JORGE MENDONÇA
Marcha da Alegria organizou convívio - A Marcha da Alegria organizou,
no passado dia 4 de Setembro, mais um
convívio no qual juntou componentes
e amigos, no parque ‘Carlos Bigodes’.
Depois do jantar todos os presentes
foram brindados com a animação de dois
tocadores de concertina vindos de Salreu
e da Murtosa. Alguns dos músicos que
fazem parte da marcha continuaram a festa
para os presentes poderem dar o sempre
apetecível pé de dança. A ‘Marcha da
Alegria’ irá ainda participar na Feira/Festa
da Paróquia, assim como a outra marcha
de Fermentelos, a ‘Marcha da Pateira’,
actuando ambas no dia 17 de Setembro.
S.D.
O Verão da Banda Nova de Fermentelos
tem sido preenchido. Desde o mês de Junho
que o Norte tem sido muitas vezes visitado
pelos músicos, sócios e demais simpatizantes
desta banda.
Desde Penafiel, Viana do Castelo, Santo
Tirso, Vila do Conde, Amares, Gondomar até
Barcelos. As visitas continuam ao longo do
mês de Setembro, para depois a Banda Nova
ter algum período de tempo mais calmo que
permitirá aos músicos e maestro descansarem
um pouco.
No passado Domingo, dia 4 de Setembro,
estiveram em concerto em Abragão (Penafiel), onde esteve também a Banda Marcial
de Fermentelos.
Fermentelos ficou praticamente deserto,
tantos foram os fermentelenses que se
deslocaram ao Norte para ouvirem as suas
bandas.
No próximo Sábado, dia 10 de Setembro,
estarão em Feiras Novas (Ponte de Lima).
SUSANA DIAS
Idosos da Associação Fermentelense
reviveram tradições
Idosos da Associação Fermentelense de Assistência
(AFA) tiveram a oportunidade de reviver tradições
antigas, no passado dia 30
de Agosto.
Foi com grande agrado
que se deslocaram ao terreno
de uma das colaboradoras
da instituição que o disponibilizou, para que todos
pudessem escalpelar o milho,
Aniversário - Rodrigo Miguel, filho
de Óscar Miguel
Pereira dos Reis e
de Tânia Raquel
Nogueira Santos,
residentes em
Cavadas de Cima
(Macinhata do
Vouga), completou, no dia 24 de
Agosto, cinco
anos de idade,
já recheados de
muita música e
dança no Grupo
Folclórico e Etno-
tal como faziam nos seus
tempos de mocidade.
As lides agrícolas, principalmente pelo seu cariz
cultural e tradicional, que
remonta há longos anos,
constituem para os idosos as
recordações mais vivas das
suas memórias. O campo foi,
para a sua maioria, fonte de
trabalho e rendimento, sendo
este um dos motivos que os
mantém tão ligados a esse
ambiente.
No sentido de satisfazer
as expectativas dos idosos,
que demonstram valorizar o
trabalho no campo e a produção que dele advém, foi
criada a “Horta do Idoso” na
AFA. A primeira plantação
foi de alfaces, que não tarda
estarão crescidas e prontas a
consumir.
gráfico de Macinhata
do Vouga (infantil) que
o vê crescer dia-a-dia.
Não fosse o Rodrigo
neto de um ex-músico
da Banda Nova de Fermentelos e tetraneto de
um dos ex-maestros da
Tuna de Óis da Ribeira,
demonstrando naturalmente apetência para
a música. Que continuemos a ver crescer
este menino que tantas
alegrias vai dando a
quem mais dele gosta.
S.D.
14
freguesias
07 setembro 2011
Paradela
Espinhel
Arco-Íris celebra 12.º aniversário ARCEL organiza concurso fotográfico
O Centro Social Arco-Íris definiu já a data e o programa
comemorativo do seu 12º aniversário, o qual decorrerá num
momento em que a instituição se apresta para abrir portas.
Assim, as comemorações arrancam no dia 25 de Setembro,
pelas 9h15, com a realização de uma caminhada que partirá das
novas instalações da instituição. Depois, no dia 1 de Outubro,
pelas 18h15, realiza-se a habitual romagem ao cemitério de Paradela, a fim de recordar os associados e dirigentes já falecidos,
seguindo-se depois, pelas 19h15, a eucaristia na Igreja de S.
Pedro, em Paradela. A finalizar as comemorações, a instituição
promove um almoço de angariação de fundos, no dia 2 de Outubro, com início pelas 12h30, junto ao novo edifício do Centro
Social Arco-Íris. A direcção da instituição apela à participação
de todos os amigos e associados do Centro Social Arco-Íris, os
quais poderão inscrever-se para o almoço comemorativo do 12º
aniversário através do e-mail [email protected] ou dos telemóveis 966
072 356 (Manuel Ferreira), 965 446 267 (João Coelho) ou 933
190 987 (António Marques).
OBRAS A BOM RITMO
A obra social do Centro Social Arco-Íris prossegue em bom
ritmo, tendo sido já iniciados os trabalhos relativos à colocação
do equipamento móvel nas novas instalações. Tratou-se de um
procedimento iniciado em Maio de 2011 e que somente foi
finalizado no passado mês de Agosto, com a adjudicação do
fornecimento do material às empresas vencedoras. Entretanto,
pese embora os trabalhos de fornecimento do material terem sido
já iniciados, somente na próxima sexta-feira, dia 9 de Setembro,
é que irão ser formalizados os contratos com as empresas em
causa, numa cerimónia que tem lugar nas novas instalações
da instituição, com início pelas 19 horas, e que contará com a
presença de todos os elementos que compõem os órgãos sociais
da instituição.. JOÃO COELHO
ALBERGARIA-A-VELHA
A LOJA
DO MÓVEL
LIQUIDAÇÃO
TOTAL
ÚLTIMOS DIAS
Móveis e sofás
Grande quantidade de mobiliário contemporâneo, de óptima
fabricação, em mobilias completas, Salas, Quartos, Estantes
TV, Biblioteca e Escritório, bons
Armários e Estantes Lacadas a
alto brilho, Bares e Móveis soltos,
Sofás em pele e tecido.
APROVEITE JÁ
A ARCEL (Associação Recreativa
e Cultural de Espinhel) iniciou esta
semana o concurso fotográfico “Vida
na Pateira”, que decorrerá durante este
mês de Setembro e culminará com os
premiados a verem as suas fotografias
impressas na nova edição de pacotes de
açúcar que a associação espinhelense
lançará em Novembro, por ocasião de
mais uma edição do encontro de coleccionadores.
Este concurso terá a novidade de
se realizar exclusivamente online nos
portais da ARCEL. Segundo Ana Rita
Reis, “o concurso fotográfico “Vida
na Pateira” tem como objectivo dar a
conhecer a Pateira de Espinhel, imortalizando a sua beleza através da película
fotográfica e captando-a em toda a sua
essência, através das categorias fauna,
flora, paisagem e retrato. Pretende-se
ainda incentivar o coleccionismo, nomeadamente o de pacotes de açúcar, que
muitos frutos têm dado no que diz respeito à divulgação da nossa associação”.
Os interessados em participar podem
Aguada de Baixo
Consultas diárias na extensão de saúde
Desde segunda-feira, que passou a haver
consultas todos os dias na extensão de saúde
de Aguada de Baixo, após a interrupção para
férias.
Entretanto, na passada quinta-feira, dia 1 de
Setembro, foi assinalada a passagem do posto
de Correios para a administração da Junta de
Freguesia, funcionando os serviços diariamente, no mesmo horário, das 9 às 12 e das 14 às 18.
Também na Junta de Freguesia, após o habitual
período de férias, os serviços retomam a normalidade, regressando também o atendimento às
pessoas por parte dos membros do executivo, às
terças e quintas das 18h30 às 20h30.
Em termos de obras, continuam os trabalhos
de requalificação na travessa da Borralha, que
a Junta de Freguesia espera que fiquem concluídos dentro de duas semanas. A obra está a ser
feita ao abrigo de um protocolo com a Câmara
Municipal.
A Junta de Aguada de Baixo assinalou a passagem dos Correios
para a autarquia
Barrô
Castanheira do Vouga
Acampamento para pais
dos escuteiros e dirigentes
Os escuteiros de Barrô promovem, nos dias 9, 10 e 11 de
Setembro o ACAMPAIS 2011, actividade dirigida aos pais,
amigos e dirigentes do Agrupamento de Escuteiros de Barrô.
Este ano, participam neste evento escutista, cerca de meia
centena de elementos. Entretanto, Barrô será palco, no dia 16
de Setembro, do II desfile de marchas populares organizado
pelo C.C.B., no Largo Dr. Breda, a partir das 21 horas.
ARAMAGUE
Fáb. de Artigos de Arame, SA
ADMITE
MÍNIMO: 12º ano
(Preferencialmente com Curso Superior)
VISITE-NOS
CONHECIMENTOS: Preferencial Inglês e Francês
Estrada Nacional nº1 – Km 249.4
Lugar da Feira-Nova, Lote 7
Tel:234 525 797
- ALBERGARIA-A-VELHA
Ginástica de manutenção
no pavilhão
A Junta de Freguesia de Castanheira do Vouga, em parceria
com a Associação Humanitária Castanheirense, vai promover, como no ano anterior, aulas de ginástica de manutenção.
Estas têm início dia 13 de Setembro, às 18h45, no pavilhão
multiusos – Igreja, em Castanheira do Vouga, com a professora Vanessa Costa.
Esta é uma actividade com exercícios localizados diversificados que visam a manutenção das capacidades da pessoa,
sendo estes de baixo impacto a nível ósseo.
As aulas vão decorrer todas as 3ª e 5ª feiras das 18h45 às
19h45. É uma actividade destinada a todos os jovens e adultos
que se queiram sentir saudáveis.
As inscrições podem ser realizadas na sede da Junta de Freguesia de Castanheira do Vouga ou na Associação Humanitária Castanheirense. Para informações contactar 917233835.
Vendedor/Delegado Comercial
HORÁRIO: Segunda a Sábado
das 10h às 13h e das 15h às 20h
Domingos das 15h às 20h
obter o regulamento completo do concurso ou requerer mais informações em
www.arcel.org ou pelo e_mail concursofotografi[email protected]
Entretanto, a associação prossegue
as suas actividades regulares ainda este
mês mantendo abertas inscrições para as
suas diversas secções: grupo de teatro,
ginástica, grupo coral jovem e escola
de música (piano, guitarra, bateria,
violino e órgão). As inscrições podem
ser formalizadas na sede da associação
ou através do telemóvel 918874907.
Enviar Curriculum Vitae para:
[email protected]
E
P
-S
A
S
I
C
RE
IRsA
E
H
N
I
COZ de Petisco
sa
a
para cAalbergaria-a-Velh
Contacto:
919 660 630
freguesias
VISITE-NOS
na
FESTA DO LEITÃO
Águeda
Mágico retoma iniciativas
para angariação de fundos
ao jantar
ao jantar
Zona Industrial de Barrô | 3750-353 Barrô.Águeda
Telef: 234 698 098 | Fax: 234 698 099
www.brandaoepereira.eu
[email protected]
jornal
HÁ
MAIS DE
40 ANOS
AO LADO DOS SEGURADOS
R UA J OSÉ M ARIA V ELOSO , 2 – 3750-156 Á GUEDA – A PART . 32 – 3754-909 Á GUEDA
T ELFS .234 622 705/234 623 498 – F AX 234 622 703 – GERAL @ LOUREIRO . COM . PT
Depois de um interregno para férias, serão reatados, no próximo domingo, dia 11, os almoços
mensais que o Mágico realiza com o objectivo de
angariar fundos para a construção do seu centro
social, que se encontra em fase de acabamentos.
A anteceder este almoço, será realizado o
primeiro passeio pedestre, organizado pela
instituição, com início pelas 9 horas, junto da
antiga escola primária, podendo as inscrições
serem efectuadas no local ou através dos seguintes contactos: e-mail [email protected];
934264218 (José Maria), 916258887 (Helena).
Segundo um elemento da direcção, o percurso
é bastante acessível, mesmo para aqueles que não
estão habituados a caminhar alguns quilómetros
por dia. Os participantes terão direito a almoço
e a alguns brindes.
HENRIQUE FERREIRA
Direcção Técnica:
Dra Maria Inês Palma de Almeida
2.º Ani
versári
o
SETEMBRO TRAZ NOVIDADES…..com 30%DESCONTO
INSCREVE-TE
Rua Joaquim Valente Almeida, BI. B. Fr. A, R/ch
(ao lado da GNR)
3750-154 Águeda - Tel: 234 742 632Fax: 234 738 164
www.farmacianovaagueda.com
email: [email protected]
Investir no presente é
preparar o futuro!
Centro Comercial Nova Ipanema (junto à EDP)
[email protected]
919565514 :: 910250868 :: 912367447
Venha ainda descobrir a qualidade de todos os nossos serviços: Depilação com
Cera, Fotodepilação, Cavitação, Radiofrequência, Endermologia, Depilação com
linha, Manicure, Pedicure, Tratamentos de Corpo e Rosto….. e as vantagens do
CARTÃO CLIENTE
Entre num mundo de sensações e experimente o nosso circuito mensal
por apenas 35€/mês!!!
Rua Cabedo e Lencastre nº43, EN 1
(frente à Robbialac)
3750-177 Águeda
Telefone: 234 10 66 99
Telemóvel: 93 40 55 672
18
freguesias
07 setembro 2011
Valongo do Vouga
Passeios dos idosos à praia
acabou com sardinhada
Como tem vindo a ser hábito, a Junta de
Freguesia de Valongo do Vouga promoveu durante o mês de Agosto a ida à praia dos idosos
da freguesia. A iniciativa conta sempre como
uma boa adesão e é a oportunidade para que
os idosos possam desfrutar de um passeio e
tirar proveito dos benefícios da praia. Este ano
a “tradicional” sardinhada e convívio no final
do passeio foi realizada na quinta do Cândido,
por trás do largo de S. Miguel, na Aguieira.
De acordo com o presidente da Junta de
Freguesia, Carlos Alberto Pereira, aproveitou-se o espaço, juntaram-se mais idosos da
Fundação Nossa Senhora da Conceição e foi
servido um caldo verde e o convívio”. “Até
teve músicos de Macinhata, foi uma iniciativa muito agradável”, segundo a opinião do
autarca.
FILIPE VIDAL
Já é tradição acabar os passeios com
uma sardinhada
Festa na Aguieira
No próximo fim de semana decorrerão os
festejos em honra de S. Miguel na Aguieira.
Na sexta-feira, dia 9, há música ambiente
durante o dia e, às 22 horas, actua o grupo
musical “TZ music”. No sábado, dia 10, há
música ambiente durante o dia e arruada com
um grupo de animação a partir das 9 horas, às
22 horas, actua o grupo musical “Roconorte”. No Domingo, dia 11, às 9 horas, actua a
nova tuna Valonguense às 16:00 missa em
honra de S. Miguel, seguida de procissão, às
18h30, actua o rancho folclórico infantil da
Casa do Povo de Valongo do Vouga, às 22
horas, actua o grupo musical “ HI-FI “. Na
segunda-feira, dia 12, há música ambiente
durante o dia a cargo da aparelhagem de Abel
Marques e, às 22 horas, actua o grupo musical
“Republika”. F.V.
na F Visiteesta nos
do L
eitã
o
Lat 40º 34’ 34.90ºN
Long 8º 24’48.29º0
Zona Industrial Assequins
Rua do Regote - Águeda
Tel. 234 622 434
Fax. 234 603 094
www.turisagueda.pt
[email protected]
Almoços de segunda-feira a sexta-feira, sábado e domingo para a
realização de eventos ou serviços de refeição previamente por marcação
freguesias
07 setembro 2011
Borralha
Ois da Ribeira
Junta avança
com construção
de balneários da Pateira
Vestidos
de noiva
desfilaram no
Largo da Feira
O Largo da Feira foi palco, no
domingo, para um desfile de
vestidos de noiva, integrado no
programa dos 25 anos da criação
da Freguesia da Borralha e que,
segundo os organizadores, contou
com cerca de três dezenas de
pessoas na assistência
A anteceder o desfile, uma coreografia
dos jovens Daniela Miranda, Carolina
Gomes e Rodrigo Coelho, foi tema de
abertura com uma dança de Jazz “ Only I
Have Eyes for You “ e um Samba “ Hip
Hip Chin Chin “por Daniela e Rodrigo, e
a dança do ventre “ Ice Queen “ levada a
cabo por Daniela e Carolina.
Fora 15 os casais que desfilaram
na presença do júri, composto pela
vereadora Elsa Corga, Carlos Costa
e Ângelo Gomes Ladeira, presidente
do conselho central das Conferências
Vicentinas do Distrito de Aveiro.
Os pares que participaram foram
19
Quinze casais participaram no desfile
Diana Almeida/Ricardo Mesquita;
Ema Guilhermina/Mateus Coelho;
Ana Vidal/Tiago Pitau; Daniela
Mendes/Celso Freitas; Odete Costa/
Cristovão; Cristiana Oliveira/Bruno
Oliveira; Vanessa Martins/Guilherme
Coelho; Mafalda Tabuada/Carlos Costa; Joana Coelho/João Paulo; Carolina
Gomes/João Almeida; Paula Santos/
Diogo Castilho; Margarida Santos/
Ricardo Malta; Daniela Miranda/
José Pedrosa; Liliana Barbosa/Jorge
Barbosa e Vera Lúcia/Sérgio Flor.
As noivas foram arranjadas pelo
Cabeleireiro Lurdes Miranda e pronto
a vestir Titóoo Fashion.
As donas dos vestidos estiveram
presentes no momento da apresentação colectiva.
Enquanto o júri decidia, um bolo
de noiva foi servido por Odete Costa e pelo presidente da Junta Jorge
Mendes, que agradeceu a todas as
pessoas que estiveram presentes, aos
participantes, às empresas da região
e Câmara Municipal de Águeda, que
contribuíram para as realização das
comemorações dos 25 anos da criação
da Freguesia da Borralha. A Junta de
Freguesia ofereceu lembranças, um
prato pintado à mão alusivo aos 25
anos da criação da freguesia da Borralha, a todos os participantes.
O 1º prémio foi para Joana Coelho, o 2º
Daniela Miranda e o 3º Mafalda Tabuada.
Os prémios foram oferecidos por
Pizzeria Suprema, Campey Bar e
Titóoo Fashion.
A apresentação esteve a cargo de
Sandra Sá e Carlos Soares.
Um snack bar improvisado no local
serviu para angariar receitas que iriam
reverter a favor das Conferências
Vicentinas.
Macinhata do Vouga
Despiste reforça
necessidade de rails
A condutora despistou-se poucos minutos após ter saído de casa
Fátima Mendes, de Sernada do Vouga,
despistou-se na manhã de quinta-feira, dia
1, por volta das 9h, poucos minutos depois
de sair de casa, na estrada que liga o lugar a
Albergaria-a-Velha. Fátima Mendes seguia
com a sua filha, no sentido de Albergaria,
quando ocorreu o despiste, tendo o automóvel caído na ribança, do lado oposto em que
seguia, embatendo em diversos arbustos e
num eucalipto.
Apesar de ter sido uma grande “queda”,
os passageiros apresentavam apenas feri-
mentos ligeiros, tendo sido levados para o
hospital, como medida de precaução.
Cerca de duas horas depois do acidente,
o carro foi finalmente retirado com a ajuda
de veículos de “pronto-socorro”.
Este acidente vem, uma vez mais, reforçar o pedido de muitos utilizadores da
via, bem como do lugar, que solicitam
há bastante tempo a colocação de rail’s
naquela estrada, nomeadamente na zona
das ribanças.
FILIPE CORREIA
CUIDA-SE DE IDOSOS
24 horas por dia
Ambiente familiar
Telef. 231 503 881
Anadia
Clube Macinhatense O Clube Macinhatense irá levar a efeito
mais uma prova de
“rallypaper”, no dia
16 de Outubro. As
inscrições podem ser
feitas junto de qualquer membro da direcção. À semelhança
das edições anteriores, os prémios prometem ser bastantes
atractivos, pelo que
a direcção do Clube
Macinhatense espera
a inscrição de muitas
equipas. Entretanto, o
clube está a organizar
um passeio a Santiago de Compostela,
Espanha, no próximo
dia 24 de Setembro,
estando já completos
dois autocarros. F.C.
A Junta de Freguesia de Ois da Ribeira prepara-se para
avançar com as obras de construção dos balneários na Pateira, aguardando apenas, segundo Fernando Pires, presidente
da Junta de Freguesia, que o técnico da Câmara Municipal
regresse de férias e “venha marcar a obra para se avançar com
os alicerces”.
As fundações estão feitas e o autarca não vê a hora da Pateira
poder oferecer balneários condignos “aos milhares de pessoas
que procuram a Pateira, sobretudo no Verão”. É que as únicas
instalações sanitárias existentes localizam-se no hangar e não
têm condições.
“Sentimos vergonha quando temos que indicar os balneários
do hangar às pessoas”, referiu Fernando Pires.
“Vamos gastar os poucos tostões que temos na obra, quando
acabar o dinheiro paramos”, acrescentou o autarca, lembrando
ainda que a Pateira é procurada por muitas pessoas durante todo
o ano que se deslocam para fazer os percursos pedestres existentes e não encontram ali condições por falta de balneários.
Cicloturismo
A Junta de Freguesia de Ois da Ribeira vai promover o
seu habitual passeio de cicloturismo no domingo, dia 11
de Setembro. A concentração terá lugar na Pateira, junto ao
hangar, às 8h30. O itinerário inclui passagem por Ois da Ribeira, Cabanões, Casal de Álvaro, Oronhe, Casainho, Paredes,
Águeda, Sardão, Souto do Rio, onde irá ser oferecido um
pequeno lanche aos participantes. O regresso será feito pelo
Sardão, Recardães, Crasto, Espinhel e Ois da Ribeira, onde
será servido almoço.
Festa em honra
de Santo Adrião
O Mártir Santo Adrião, padroeiro da paróquia de Óis da
Ribeira, irá ser lembrado a 8 de Setembro, com celebração da
eucaristia, às 20 horas, na Igreja matriz.
Até ao dia 11 de Setembro, a imagem do padroeiro irá estar
em destaque ao lado do ambão - onde se proclama a palavra
de Deus.
Lurdes Cadinha na televisão
A ribeirense Lurdes Cadinha esteve, em directo, na TVI, na
sexta-feira, dia 2 de Setembro, no programa “ A Tarde é sua”,
apresentado por Fátima Lopes. O convite surgiu na sequência
do trabalho pastoral que Lurdes Cadinha vem desenvolvendo
na paróquia de Óis da Ribeira em destaque no programa que
teve como tema “A Igreja é a minha Segunda Casa”.
Na 3ª feira anterior, uma equipa de reportagem da
TVI deslocou-se a Óis da Ribeira para recolher algumas
imagens.
CARLA TAVARES
C. PATRÍCIA MONTEIRO
ADVOGADAS
Carla Tavares - Tel.: 914 512 632
[email protected]
C. Patrícia Monteiro - Tel.: 914 715 461
[email protected]
Rua Capitão Sousa Pizarro, n.º 25, 1.º andar, Sala F
Telefone/fax 234 382 057 - 3810-076 Aveiro
MARIA
HELENA
NUNES
ADVOGADA
Praça do Município n.º 71 - Águeda
Telf./Fax: 234 624 876
20
freguesias
07 setembro 2011
Segadães
Travassô
Arranjo
urbanístico
junto à igreja
em fase final
Neste momento, estão a decorrer duas obras importantes na
freguesia de Segadães. A construção de um muro em pedra na
margem do rio junto ao parque
da Insua e o arranjo urbanístico
da zona envolvente à igreja e ao
cemitério, cujos trabalhos estão,
segundo o presidente da Junta
de Freguesia, Manuel Duarte,
na fase final. Trata-se de uma
obra realizada pela Câmara
Municipal, no valor que ronda
os 100 mil euros.
Por causa desta obra, ainda
de acordo com Manuel Duarte,
a Junta está a equacionar levar
a cabo uma intervenção mais
profunda no cemitério.
“A obra está a ficar muito bonita, por isso estamos a pensar
deixar para trás a construção de
passeios e virarmo-nos para o
cemitério”, disse o autarca.
A construção do muro na
margem do rio junto ao parque
da Insua está a ser feita pela
ARH do Centro, no âmbito do
Projecto de Valorização e Regularização Fluvial das Bacias
Hidrográficas nos Rios Vouga,
Mondego e Lis financiado pelo
Programa Operacional Regional
do Centro.
A intervenção tem em vista
a conservação e reabilitação
da bacia hidrográfica do Vouga, mais concretamente no rio
Vouga, no rio Caima e rio Antuã.
Esta acção compreende intervenções diferenciadas, nomeadamente a requalificação
de duas comportas de maré em
Angeja (Rio Vouga); protecção
em enrocamento de pedra numa
extensão de 70m em Segadães
– Parque de Merendas (Rio
Vouga); recarga, reparação de
rombos e regularizações marginais numa extensão aproximada de 100m em Valmaior (rio
Caima); limpeza, desmatação,
poda e desbaste e desobstrução pontual numa extensão
de 5000m em Estarreja (Rio
Antuã). Adicionalmente serão
também executados trabalhos
de limpeza, desmatação, poda
e desbaste nos três primeiros
locais anteriormente referidos,
numa escala que permita a integração da própria intervenção.
A empreitada, cujo contrato de
adjudicação foi assinado no
passado dia 30 de Junho, está
orçada em 135.480,63 euros
(acrescido de IVA) e tem o prazo
de execução de 90 dias.
A criança de 5 anos, depois de assistida no hospital, regressou a casa, apresentando apenas ligeiras escoriações
Criança atropelada na EN 230
Uma criança foi atropelada quando atravessou a estrada junto à casa
da avó para a de uma tia mesmo em
frente. O acidente aconteceu na passada quarta-feira, dia 31 de Agosto.
Um automóvel que seguia no
sentido Aveiro/Águeda não conseguiu evitar a colisão e, segundo
o seu condutor, “a minha sorte foi
ter estado parado uns metros antes
e ir muito devagar, mas se ela me
caía na frente não sei o que seria”
sublinhando, ”eu não tive culpa”...!
A pequena Cármen foi transportada para o Hospital de Aveiro pelo
INEM que prontamente acorreu
ao local do acidente e, depois de
vários exames e de ter ficado em
observações, regressou a casa sem
qualquer fractura e apenas com
ligeiras escoriações. Na altura do
acidente foram tomadas todas as
precauções pois revelava estar em
grande “estado de choque”.
Foi um pequeno descuido da
criança que, apesar dos seus 5 anos,
é muito cuidadosa, pois a sua casa é
mesmo à beira da estrada Águeda/
Aveiro e no início da recta, num
local que merece cautela, uma vez
logo a seguir há uma curva bem
acentuada e sem visibilidade.
A travessia da criança foi fora da
passadeira que existe a uns escassos
metros antes do sítio onde foi colhida pelo automóvel, mas a GNR
tomou conta da ocorrência.
A pequena Cármen no dia seguinte regressou a casa e esperamos
que tudo não tenha passado de um
“grande susto” para ela e para a
família no seio da qual desejamos
que recupere rapidamente.
HELENA NOGUEIRA
Festa de São Caetano
em Almear
No próximo domingo, dia 11, vai ser
festejado o padroeiro do lugar de Almear,
São Caetano de Tiènne na sua pequena
igreja. Esta festa consta apenas de celebração da eucaristia pelas 11h15 que
congrega habitualmente os seus habitantes
e muitas pessoas da paróquia de Travassô
e alguns penitentes.
Fica o convite aos cristãos em geral para
que, podendo, se unam em Assembleia
Domingo para venerar um Santo, que
desde 2009 tem um igreja completamente
renovada no seu interior que se transformou num espaço muito mais digno até
pelo completo restauro de toda a talha
do altar do século XVII depois folheado
a ouro de lei e que é sem dúvida a “obra-prima” de Almear.
Por isso nunca é demais apelar à generosidade dos paroquianos pela obra
dispendiosa que foi e que enriqueceu sem
dúvidas o património paroquial.
Baptismo - A assembleia cristã de Travassô ficou mais
enriquecida no Domingo, dia 4, com o baptismo da
pequena Bernarda Paulos Morais Maia, filha de Rosário Andrea Simões Paulos e de João Paulo Marques
Morais ambos de Travassô. O acto litúrgico foi apadrinhado por Sónia Paulos e Rui Abrantes. Esta festa em
comunidade foi motivo para que a família se reunisse
para conviver “à mesa”. Os nossos parabéns.
Novo assalto
nas bombas da Cepsa
O posto de abastecimento de combustível da Cepsa de Travassô voltou
a ser assaltado na semana passada.
Este foi o segundo assalto no espaço
de três meses.
Tudo aconteceu por volta das 21h40, os
ladrões esperaram que a funcionária ficasse sozinha para a atacarem, apontando-lhe
uma arma de fogo, fugindo depois com a
caixa registadora onde estariam guardados cerca de 30 euros, numa viatura de
cor escura.
Bastaram 20 segundos para que os
assaltantes consumassem o assalto. Os
ladrões actuaram com a cara tapada por
um lenço e óculos escuros.
Coral em convívio no parque da senhora do amparo - Decorreu no Domingo, 4 de Setembro, o já habitual
convívio anual do coral que anima as eucaristias na paróquia
de Travassô. O Parque de Nossa Senhora do Amparo em
Travassô de Baixo foi o local escolhido para o repasto, que
contou ainda com a presença do padre Júlio Grangeia.
freguesias
07 setembro 2011
21
Belazaima do Chão
Serranos afirmaram cultura popular na Madeira com grandes audiências
Os Serranos fizeram seis espectáculos e uma acção de rua na abertura da semana do vinho da Madeira
Depois de seis espectáculos e uma acção de rua na abertura
da Semana do Vinho da Madeira, a comitiva da Associação
Etnográfica Os Serranos regressou às colinas e às serranias
do Caramulo. Para além da satisfação do dever, trazem o
enriquecimento cultural e social de cada um dos 35 elementos
participantes e a afirmação da cultura popular de Belazaima
do Chão e de Águeda perante grandes audiências e longe
da sua origem
A meio da semana já estavam
cumpridas quatro das apresentações
(Ponta do Sol, Santa Maria Maior
-Funchal, S. Vicente e no grande
auditório do Funchal). Mas pode-se
dizer que aqueciam as vozes, humedeciam as palhetas das gaitas e distendiam os músculos para as duas
grandes exibições finais, no palco
do auditório do Jardim Municipal,
no encerramento da VIII Semana
do Folclore Europeu e em Estreito
da Câmara de Lobos, na abertura da
Festa do Vinho da Madeira.
AGUEDENSES
NA PLATEIA
No jardim municipal Os Serranos
receberam motivações adicionais
dos aguedenses que ali foram
aparecendo e se apresentaram para
o apoio. Por outro lado, muito do
público era repetente em relação
à primeira apresentação dois dias
à Direcção Regional de Turismo e a
sua directora aplaudiu, iniciando aí
a abertura oficial do evento.
DESPEDIDA COM VINHO
DA MADEIRA
antes, naquele local, admirando
a forma ousada de representar
ofolclore pela associação aguedense, tornando distinta de todos os
demais. Nunca tinha acontecido:
o Paticate foi acompanhado por
palmas ritmadas, desde o início ao
final. Foi muito sentido, profundo
e também diferente.
Neste dia, 31 de Agosto, na abertura da Semana do Vinho da Madeira, coube a Os Serranos realizar
um pequeno apontamento de rua,
entre as barraquinhas da exposição
e o lagar de vinho construído ao
vivo na grande avenida funchalense, que também recebe o desfile
da festa da flor, do Carnaval e de
todos os grandes eventos públicos
madeirenses. Ouviram-se vibrar
as gaitas de foles para o valseado
do ti Jaquim Tramouco, vindo dos
lados de Falgoselhe e soaram palmas e vozes para o fado mandado,
aprendido em Daires. Foi em frente
A comitiva aguedense teve ainda
participação na cerimónia de homenagem a quatro mulheres madeirenses que se distinguiram na pesquisa
e na fundação de grupos de folclore,
há cerca de 30 anos, tal como aconteceu com os grupos da Ponta do Sol
e de Calendário. Foi no belíssimo
salão nobre da Câmara Municipal
do Funchal, onde também se procedeu à troca de lembranças entre os
grupos participantes e à entrega dos
símbolos destes eventos pelos seus
organizadores.
Quando chegou a sexta-feira,
a Festa do Vinho estava no auge
e, numa das regiões de grande
produção – Estreito da Câmara de
Lobos, a multidão concentrava-se
aos milhares, embora a largueza
do espaço não fosse farta. Ao longo
da avenida distribuíam-se dezenas
de tasquinhas típicas madeirenses, com pão do caco, espetadas,
bolinhos de mel, vinho das lavras
anteriores, poncha e a exclusiva
coral. Ao fundo o palco, onde Os
Serranos se despediram de oito dias
ilhéus, verdadeiramente intensos,
entregando-se para o mais conse-
guido dos espectáculos apresentados. Colectiva e individualmente,
fizeram-se apreciar e arrancar
elogios rasgados dos responsáveis
da organização, dos anfitriões do
Grupo de Folclore da Boa Nova e
do director do jornal Folclore que
estava a fazer a cobertura jornalística destes eventos. Todo o coração e
talento serranos na despedida.
PROGRAMA
TURÍSTICO E SOCIAL
Para além da participação nestes
espectáculos, os 35 elementos de Os
Serranos tiveram oportunidade de
conhecer com razoável profundidade
a ilha da Madeira e, alguns, também
a de Porto Santo. A organização proporcionou algumas visitas turísticas
a locais como Porto Moniz (onde
as piscinas naturais acolheram Os
Serranos durante algumas horas), S.
Vicente, Santana, Faial, ilustrando
a costa norte. Mas também a locais
míticos do Funchal, tal como o Jardim Botânico, o Monte e o frenético
bairro tradicional.
Por outro lado, a própria direcção de Os Serranos complementou
estas visitas com um programa
próprio, rentabilizando os dias de
disponibilidade. Assim, a comitiva
serrana também esteve no cabo
Girão, Pico dos Barcelos, Eira do
Serrado, Curral das Freiras, ponta
TRESPASSA-SE
LOJA DO DESPORTO
150m2 + Armazém + Escritório + WC
Bom Investimento para jovens empreendedores
BEM SITUADA
NA BAIXA DE ÁGUEDA
do Gurajau, Machico, Pico do
Areeiro e Camacha. Pelo meio,
ainda sobrou tempo para iniciativas pessoais e familiares de idas à
praia, passeios de barco no alto mar,
aventuras no aqua-parque, corridas
de karting, etc.
Numa das noites, após o espectáculo oficial do programa, a noite
funchalense ainda foi acrescida
com uma festa de aniversário de
casamento de um casal madeirense, amigo de alguns elementos
serranos, prolongando-se para os
mais resistentes, que chegaram ao
alojamento muito perto do toque
de alvorada.
ESTADIA EM CASA
DE COMANDANTE QUE
VIVEU EM TRAVASSÔ
A comitiva serrana esteve instalada na Casa dos Sargentos do
Regimento de Guarnição nº 3, cujo
comandante viveu em Travassô
e estudou na Escola Marques de
Castilho, procurando saber notícias
da terra e de muitos dos seus antigos colegas. As refeições foram,
em regra, servidas no quartel dos
Bombeiros Municipais do Funchal
e, em todos estes locais, ficaram
boas recordações e lembranças
aguedenses pelo bom acolhimento
e trato. Todos ficaram fãs de todos.
MANUEL FARIAS
ALUGO
TRAVASSÔ
TIPO T2 C/ QUINTAL E ÁRVORES DE FRUTO
PÁTIO FECHADO INDIVÍDUAL
MORADIA
NOVA
Renda Mensal:
MORADIA
R/ CHÃO
300€/mês
TIPO T2 “USADA”
160€/mês
O Próprio: 918 623 653
Bem Equipada * Boa Clientela
Boas relações comerciais c/ Fornecedores
Marcas de Topo – Taças – Trofeus – Medalhas
MOTIVO: REFORMA DOS PROPRIETÁRIOS
Preço a combinar à vista
Situação regularizada
Contacto Telm.: 917248305
Avaliação de Bens Gerais – Insere Prédios Rústicos e Urbanos
Análise de Valor Compatível Único p/ Negócio, Partilhas e +...
Serviço Independente – Custo de Percentagem Decrescente

JOSÉ PEREIRA (CARREIRA)
“Perito Avaliador Oficial”
Redonda– 3750-830 Valongo do Vouga– Tel. 234 571 216– Tlm. 963 251 852
Disponível para os Concelhos: Águeda e limítrofes.
22
freguesias
07 setembro 2011
Talhadas
Aguada de Cima
Festa em honra
de Santa Maria
Os festejos em honra de Santa Maria decorrem no próximo domingo. A eucaristia será
celebrada pelo padre Nestor e terá acompanhamento nos cânticos e procissão pela Banda
de Música de Paço de Vilharigues. Vouzela.
Durante a tarde actuará a Banda Elipse.
Esta festa, segundo os mais antigos, seria a
última do ano, realizando-se no segundo Domingo de Setembro, desde que não coincida
com a festa da Senhora Dolorosa, em Ribeiradio. Religioso só mesmo a Missa, porque o
resto do dia é de lazer. O seu local de culto é
uma ermida com centenas de anos, no alto da
serra, onde é venerada Santa Maria, rodeada
de vegetação natural. Local aprazível e calmo
com alcance visual de uma paisagem encantadora desde a Serra da Boa Viagem (Figueira
do Foz) até à Barrinha de Esmoriz. Cumpridas
as obrigações religiosas, segue-se a centenária
tradição das famílias levarem as refeições para
ali saborearem o seu tradicional prato, que é a
vitela assada e outras iguarias, motivo que os
prende até ao anoitecer. São centenas de amigos
a comer o que levam, porque não há restaurante.
Simplesmente o botequim explorado pela mordomia, vende bebidas e nada mais.
ANTÓNIO AFONSO
Clube Recreativo
e Cultural
não participa
na época desportiva
A direcção do Clube Recreativo e Cultural de Talhadas (CRCT) informou todos os
sócios do clube e a população em geral que
suspendeu a sua participação desportiva na
época de 2011/2012, no sentido de concentrar
todos os esforços na conclusão da sua sede.
No entanto, espera que na próxima época
possa voltar a participar. Para colmatar esta
paragem, a direcção está receptiva a receber
propostas de novas actividades por parte
dos sócios, soluções que serão discutidas na
próxima assembleia geral. A.A.
Câmara promove
passeio para séniores
A Câmara Municipal de Sever do Vouga, em
colaboração com as Juntas de freguesia, promovem um passeio, no dia 16 de Setembro, para os
severenses que tenham idade igual ou superior
a 60 anos. Cada pessoa terá que depender de
15 euros para a refeição, um almoço servido na
Quinta do Cruzeiro, em Vila Praia de Âncora
(Caminha). Visitarão ainda a Basílica de Santa
Luzia, onde será celebrada uma missa para os
participantes do convívio.
As inscrições são feitas nas Juntas de Freguesia até sexta-feira, dia 9. A.A.
Os promotores da candidatura do Leitão da Bairrada na acção realizada no Fórum Aveiro
Leitão da Bairrada
nas 7 Maravilhas da Gastronomia
A Confraria das Almas Santas da Areosa
e do Leitão continua a sua acção de promoção da candidatura do leitão da Bairrada ao
concurso das 7 Maravilhas da Gastronomia
Nacional.
Para levar o conhecido prato bairradino
ao topo da gastronomia nacional, a confraria aguadense tem envidado todos os seus
esforços na divulgação dos contactos e
endereços pelos quais se pode votar neste
concurso nacional, quer ao nível mais local,
quer a nível regional, para o que desenvolveu no último fim-de-semana várias acções
de divulgação nos centros comerciais Fórum Coimbra e Aveiro.
A confraria de Aguada de Cima e os restantes promotores da candidatura do leitão
da Bairrada ofereceram a todos os visitantes
destes centros comerciais várias centenas
de sandes de leitão da Bairrada e um flute
de espumante da região para acompanhar
a sua votação neste prato.
“A campanha não podia ter tido melhor
aceitação” segundo comentário dos próprios promotores que, durante apenas duas
tardes, conseguiram reunir nesta candidatura várias centenas de votos de apoio para
que o leitão da Bairrada vença aos pratos de
carne seus concorrentes: as Tripas à Moda
do Porto, e a Chanfana.
As votações terminam no dia de hoje (7
de Setembro) às 23:59h, pelo que está ainda a tempo de eleger o Leitão da Bairrada
como uma das 7 Maravilhas da Gastrono-
Ginástica de manutenção
na escola EB1
No dia 12 de Setembro, às 18h30, iniciam-se aulas de
ginástica de manutenção na EB1 de Aguada de Cima
com a professora Vanessa Costa. Esta é uma actividade
com exercícios localizados diversificados que visam
a manutenção das capacidades da pessoa, sendo estes
de baixo impacto a nível ósseo.
As aulas vão decorrer todas as 2ª e 4ª feiras,
das 18h30 às 19h30. É uma actividade destinada
a todos os jovens e adultos que se queiram sentir
saudáveis. Para informações de inscrição contacte
917233835.
mia Nacional, votando pela internet em
www.7maravilhas.sapo.pt, por telefone
para o 760 302 714, por SMS enviando o
código 714 (como texto da mensagem) para
o número 68933, e por facebook em www.
facebook.com/7MGastronomia.
No próximo sábado, pelas 21 horas, poderá
assistir na RTP1, RTP HD, RTP África e RTP
Internacional à declaração oficial dos 7 pratos
escolhidos por todos os Portugueses para
representar as 7 melhores iguarias nacionais,
num evento a realizar-se em Santarém e que
conta com a actuação de vários artistas musicais conhecidos. Esperemos pela vitória deste
nosso prato da Bairrada.
JOAQUIM MIGUEL ALMEIDA
Festa de São Roque – No passado fim-de-semana celebrou-se, no lugar
do Outeiro, a festa em honra de São Roque, Santo padroeiro desta
localidade. Foi mais uma ocasião para reunir os populares em torno da
preparação destas festividades e para celebrar a tradicional eucaristia
e procissão solene a que se seguiu a habitual animação musical pela
noite dentro. J.M.A.
Passeio a Monção - A ACREF – Associação Cultural e Recreativa
da Forcada, vai organizar no próximo domingo um passeio cultural
a Monção. O percurso pela região de Viana do Castelo compreende
a visita à Casa do Curro, ao Museu Etnográfico Vale dos Longos e à
Casa do Linho. As inscrições são limitadas e podem ser feitas na sede
da associação, no lugar da Forcada. J.M.A.
Colheita de Sangue - Realiza-se, no próximo dia 14, quarta-feira, uma
colheita de sangue a ter lugar no edifício sede da Junta de Freguesia da
Aguada de Cima. Aproveite a oportunidade para ajudar esta causa. J.M.A.
Préstimo
Trofa
Concentração de motas
e motoretas antigas no Casal
Buraco em rua na Mourisca
ameaça pessoas e viaturas
A ACREAC - Associação Cultural e Recreativa de Eventos dos Amigos
do Casal vai realizar a primeira concentração de motas e motoretas antigas
no dia 24 de Setembro. A concentração e exposição estão marcadas para as
9 horas, no Largo do Souto, no Casal, seguindo-se o passeio às 10 horas,
estando prevista meia hora depois (10h30) uma paragem. O almoço está
marcado para as 13 horas e o encerramento e entrega de prémios para as 17
horas, com a entrega das taças “Mota mais antiga” e “Amigos do Casal”.
As inscrições podem ser feitas até às 13 horas do dia 23 de Setembro
através do número 910374690 ou do e-mail [email protected], indicando nome e contacto do participante, marca e data de registo do veículo.
Sérgio Paulo da Silva Jorge,
morador na Rua do Passadouro, na
Mourisca do Vouga, queixa-se que
há um buraco na sua rua aberto há
mais de quatro semanas, que coloca
em risco pessoas e viaturas.
“Depois de efectuado um primeiro contacto com o senhor presidente
da Junta no dia 3 de Setembro, o
senhor Carlos Silva informou-me
de que a Junta da Trofa nada tem
a ver com este problema, responsabilizando as águas da Região de
Aveiro, que andaram nesta rua a
fazer a ligação do saneamento”,
refere o morador, mostrando-se
“indignado” com a situação.
“Visto que esta mesma empresa
não se esquece de nos enviar as
facturas mensalmente, penso que
O buraco existe há pelo menos quatro semanas
também deveria ter o bom senso de
vir arranjar aquilo que estragou”,
conclui Sérgio Silva Jorge.
C. A. E. A
Centro de Apoio Escolar de Águeda
REGRESSO ÀS AULAS
 Estudo Acompanhado – 1º ao 9º ano
 Apoio na Aprendizagem da Escrita e da Leitura – 1º ao 4º ano
 Apoio Pedagógico Individualizado – Português & Matemática
 Explicações – (Individual)
DIFÍCIL NÃO É ESTUDAR... É SABER POR ONDE COMEÇAR
INSCRIÇÕES ABERTAS para o ANO LECTIVO 2011/2012
Centro Comercial Diana Loja 2. 15
Contactos: 964 694 225 / 919 860 799
24
desporto
07 setembro 2011
futebol distrital
Fermentelos venceu
torneio Rui Carvalho
Equipa da casa superou Mourisquense
no desempate por grandes penalidades.
Beira Vouga foi terceiro e Bustos
o quarto classificado
O Fermentelos venceu mais uma edição do
torneio Rui Carvalho ao bater o Mourisquense na final, através da marcação de grandes
penalidades (0-0 no tempo regulamentar).
No dia anterior, superara o Bustos por 1-0.
O Mourisquense, depois de ter batido o
Beira Vouga por 3-0, não conseguiu superiorizar-se à formação da casa na final, num
jogo onde o equilíbrio foi a nota dominante.
As duas equipas finalistas proporcionaram
algumas jogadas de bom recorte técnica e o
nulo final aceita-se, tendo o Fermentelos sido
mais forte nos penaltis.
No desempate por grandes penalidades
(3-2 para o Fermentelos), marcaram: Rafael,
André Couto e Tavares (Fermentelos), Paulo
Monteiro e Stephane (Mourisquense).
FERMENTELOS
No sábado, diante do Bustos, o Fermentelos alinhou com: Nuno, Paquete, Gonçalo,
37
ado
part
A
ha
a
ga
ruzin Voug
da C ngo do do Vou
a
t
Quin Valo Valongo 700
0
5
4 63 09
4-90
375 Tel: 23 630 7 fael.pt
4
3
ora
2
Fax: [email protected] el.pt
e
a corafa
oraf
mac www.ma
O Fermentelos ganhou o torneio Rui Carvalho, que anualmente organiza no seu campo
Cedric, Fonseca, Teixeira, Borras, Mendonça, Helton, André António e João Oliveira.
Jogaram ainda: Tavares, Zé Eduardo, Mico,
Mário, Pimentel, Diogo Rilhas e André
Couto. Treinador: Mico. Marcador: André
António.
Na final, o Fermentelos apresentou: Nuno;
Paquete, Zé Eduardo, Gonçalo, Fonseca,
Mico, Rafael, Diogo Rilhas, Pimentel, André
António e Mendonça. Jogaram ainda: Helton,
João Oliveira, Tavares, Mário, André Couto
e David. Treinador: Mico.
MOURISQUENSE
Frente ao Beira Vouga, o Mourisquense
marcou os três golos por João Ricardo, Tojó
e Mocho, tendo alinhado: David; Ventura,
Sérgio, Leandro, Noronha, Paulo Monteiro,
Brunito, João Ricardo, Hugo, Martins e
Tojó. Jogaram ainda: Jason, Nando, Miguel,
Xano, Mocho, Tica e Serginho. Treinador:
Carmindo Dias.
Na final com o Fermentelos, o Mourisquense apresentou: Jason; Xano, Miguel, Sérgio,
Ventura, Paulo, Brunito, Mocho, Martins,
João Ricardo e Tojó Jogaram ainda: David,
Nando, Leandro, Hugo, Stéphane, Tiago e
Tica.
BEIRA VOUGA
No primeiro jogo, com o Mourisquense,
o Beira Vouga alinhou: Diogo; Gonçalo, Praga, Beto, Dani, Calisto, Ricardo,
Capela, Simões, Boia e Fredy. Jogaram
ainda: Bruno, Hugo, Roque, Pedro Nuno,
Mateus, João Abreu e Guedes. Treinador:
Hernâni Paz.
No jogo de domingo, com o Bustos, o
Beira Vouga venceu por 1-0, ficando no
terceiro lugar. Mateus foi o autor do golo.
Alinharam: Guedes; Beto, Praga, Roque,
Hugo, Telmo, Pedro Nuno, Fredy, Capela,
Simões e Fonseca. Jogaram ainda: Diogo,
Calisto, Ricardo, Boia, Bruno, Mateus
e João.
BUSTOS
Diante do Fermentelos, o Bustos alinhou
com: Ivan; Roque, Guedes, Paulo Pereira,
Luis, Murta, Sandro, Paulito, Rudi, Luis
Alves e Helder. Jogaram ainda: André, Zé
Magalhães, Jorge Miguel, Helder II, Lola,
Eskini e Leo. Treinador: Nuno Ferreira e
Nelson Neves.
Com o Beira Vouga, alinharam: Paulo;
Roger, Paulo Pereira, Guedes, Helder, Murta, Sandro, Paulito, Lola, Luis Alves e Luis.
Jogaram ainda: André, Eskini, Leo, Rudi,
Vítor e Zé.
LUIS DIAS
Comércio de Materiais de Construção, lda
Vai construir?
A Macorafael ajuda-o a decidir!
Mudanças com Elevador Exterior
 Serviço Expresso
Serviço Diário Águeda – Porto e Porto – Águeda
 Transportes Nacionais e Internacionais
 Transportes de Carga Geral


VISITE-NOS
Com um espaço remodelado!
Travessa Vale do Grou – Aguada de Cima
Tel.: 234 621 713 / 234 601 853 – Fax.: 234 624 150
Tlm: 919 843 713 - E-mail: [email protected]
* Junto à sede da Lanidor

CÉLIA BRITES
TELEM.: 915 545 200
TELEF.: 234 604 696
Um Centro Automóvel para Si
pneus novos
pneus semi novos
Oficina Auto
LEVAMOS A SUA VIATURA À INSPECÇÃO
Rua Nascente Poente, N.º 705 - Zona Industrial Barrô - 3750-353 Barrô, Águeda - email: [email protected]
NA APRESENTAÇÃO DESTE DESTACÁVEL, OFERTA DE “CHECK UP” AOS PNEUS DA SUA VIATURA
ALBERTO
& PIRES, LDA.
Comércio e Reparação de Veículos
Automóveis, Peças e Acessórios
Negócios
de ocasião
Rua dos Pousos - 3750-755 Travassô - Águeda
Telf. 234 629 534 - Tlms. 966 473 999 / 963 087 813
desporto
futebol feminino
Águeda acolhe
apuramento
MASSAGENS TERAPEUTICAS
Relaxamento
Anti-celulite – Adelgaçante
Gordura Localizada
Tratamentos Anti-rugas
Mesoterapia
Águeda vence LAAC e Famalicão
para o europeu
Aguedenses não sofreram golos
nos dois últimos jogos de preparação.
Ex-júnior Fábio Castanheira assinou
Águeda, Mealhada, Oliveira do
Bairro e Anadia acolhem, entre os
dias 17 e 22 de Setembro
próximo, o primeiro torneio de apuramento para o
Campeonato da Europa da
categoria de sub-19 , com
Portugal, República da Irlanda, Hungria e Israel. Eis
o calendário de jogos:
O Recreio de Águeda goleou (5-0) a LAAC, em Aguada
de Cima, e venceu (2-0) o Famalicão, no jogo de apresentação de sábado passado. Lexe, Ruben, Valter, Iafai e Fábio
marcaram no primeiro jogo, enquanto Fábio (30m) e Valter
(85m) assinaram os golos com o Famalicão.
Em Aguada de Cima, Fernando Pereira utilizou os seguintes jogadores: Noronha; Miguel, Dinis, Rhony e Carlos
Simões; Ribeiro, Iafai e Roberto; Valter, Camaco e Diogo.
Jogaram ainda: Campos, Figo, Conceição, Luis, Nuno, Rodrigo, Daniel Martins, Rita, Fábio, Ruben, Lexe e Guerra.
Em casa com o Famalicão alinharam: Campos; Miguel,
Dinis, Rhony e Carlos Simões; Roberto, Camaco e Iafai;
Ruben, Rodrigo e Fábio. Os restantes atletas do plantel
foram utilizados, salvo Conceição e Dani, os quais têm
estado condicionados.
O ex-júnior Fábio Castanheira assinou e vai integrar a
equipa sénior. Já quanto a Guerra e Figo, a intenção do clube
é arranjar colocação ficando os mesmos ligados ao mesmo.
COMÉRCIO E REPARAÇÕES DE VEÍCULOS AUTOMÓVEIS LIGEIROS E PESADOS
MECÂNICA | ELECTRICIDADE | AR CONDICIONADO
DIAGNÓSTICO CAR SERVICE | ASSISTÊNCIA TÉCNICA
Rua da Portela N.º 18 – Carvalhosa – 3750-818 VALONGO DO VOUGA
Telemóvel 916 248 478 - Telef. 234 098 128 – [email protected] – GPS: N 40,61989º – W 8,45566º
17 de Setembro (Sábado) - 16h:
Hungria – Israel, em Oliveira do
Bairro; 18h: República da Irlanda
– Portugal, na Mealhada
19 de Setembro (2.ª-feira) - 16h:
Israel – República da Irlanda, no
Luso; 18h: Hungria – Portugal, na
Mealhada.
22 de Setembro (5.ª-feira) - 18h:
Portugal – Israel, em Águeda; 18h:
República da Irlanda – Hungria,
em Anadia
Horário:
Segunda a Sexta – feira:
10:30 – 12:30 e 15:00 – 20:00
Sábados:
10:30 – 12:30 e 14:00 – 17:00
Atendimento por marcação
Olmar.pai.pt
Apartado 21 – Vale do Grou
3750 – 064 AGUADA DE CIMA
GPS: 40º 31’ 33.75’’N 8º 26’
40.95’’O
E-mail: [email protected]
962 498 157
Telefone: 234 669 605
URGÊNCIAS: 913 676 881
TRANSMISSÃO DE IMÓVEIS  HIPOTECAS  SOCIEDADES
RECONHECIMENTO DE ASSINATURAS  HERANÇAS
AUTENTICAÇÃO DE DOCUMENTOS  REGISTO AUTOMÓVEL
Telemóvel: 939 322 077
26
desporto
07 setembro 2011
futebol distrital
Oiã e Fermentelos organizam torneios
Oiã com plantel renovado
Com o adiamento da taça distrital e da 1ª jornada da II divisão,
as equipas agendam novos compromissos
Equipa, treinada por José Carlos Tentativa,
regressa à II divisão distrital
O Oiã vai organizar um torneio triangular
no próximo domingo, dia 11 de Setembro,
com as equipas do Fermentelos, Calvão
e Oiã. Os jogos começam às 15 horas e
sucedem-se de hora em hora. Calvão e
Fermentelos são os primeiros a jogar,
seguindo-se o Oiã – Calvão e o Fermentelos – Oiã.
No fim-de-semana seguinte, 17 e 18 de
Despromovida à II divisão distrital, o Oiã
apresenta-se renovado para a nova época.
José Carlos Tentativa, que treinou o Valonguense nas duas últimas épocas, tem à sua
disposição os seguintes jogadores:
Guarda-redes – Tozé (ex-Fermentelos) e
João (ex-Nariz).
Defesas – Simão (ex-Oliveirinha), Mota
(ex-Oliveirinha), Lamas (ex-Oliveirinha),
Lau (ex-Pessegueirense), João Filipe
(ex-BARC), Hugo e João Carvalho (ex-
Setembro, o torneio Ulisses Brigeiro – Vila de
Fermentelos pretende homenagear o antigo
atleta fermentelense, subitamente falecido
há alguns anos. Participam no quadrangular,
além do Fermentelos, as equipas do Oiã,
Carregosa e Paredes do Bairro.
Os jogos no sábado, dia 17, são os seguintes: Oiã – Carregosa (15h30) e Fermentelos
– Paredes do Bairro (17h30).
-Pessegueirense).
Médios – Albino (ex-Oliveirinha), Tiago
Carvalho (ex-júnior do Oliveira do Bairro),
Madeil (ex-Fermentelos), Ivan, Edgar (ex-Requeixo), Dani (ex-BARC), Bimbarra e
Mário Vieira.
Avançado – Farinheiro (ex-Fermentelos),
Roi e Pingo.
José Carlos Tentativa tem Armando
Oliveira como treinador-adjunto. Joaquim
Almeida é o massagista.
Macinhatense ganha
antes do campeonato
Triunfos em Valongo do Vouga (1-0) e Vila Nova de Monsarros (3-1)
nos dois últimos jogos de preparação para a I distrital
O Macinhatense venceu o Valonguense
(1-0), no campo deste, com golo do defesa
central Hugo Bastos, e o Monsarros (3-1), na
apresentação desta equipa da II distrital aos
seus sócios, com golos de Zezito, Alemão
e Marcelo.
Contra o Valonguense, a equipa de Paulo
Silva alinhou com Paulo Ricardo; Hugo,
Hugo Bastos, Luizandro e Carlos; Fia e
Arie; Nico, Rocha, Makelele e Adilson (ex-
ELECTRICIDADE / ELECTRÓNICA
Ar Condicionado (Climatização)
Alinhamento de Faróis
Sistema de Som (Auto-Rádios)
Alarmes Auto
Kit´s Mãos Livres
Injecção
Sistema de Segurança ABS, ESP, ASR
MECÂNICA
Revisões Gerais
Mudanças de Óleo e Filtros
Escapes / Catalisadores
-Gafanha d’Aquém). Jogaram ainda: Flávio,
Zezito, Alves, Cerqueira, Flecha, Alemão,
Daniel e Marcelo.
Em Vila Nova de Monsarros, o Macinhatense alinhou com: Flávio; Zezito, Hugo
Bastos, Luizandro e Cerqueira; Arie, Galhano (ex-Águas Boas) e Marcelo; Flecha,
Daniel e Alemão. Jogaram ainda: Paulo
Ricardo, Hugo Bastos, Carlos, Nico, Rocha,
Adilson e Silvano.
Experinédita Unipessoal, Lda
Serviço de Electricidade Automóvel
e Electrónica(com AutoDiagnóstico)
SERVIÇOS ADICIONAIS
Diagnóstico de todas as Marcas
Carregamento de AC de Ligeiros
Pré-Inspecção
(Testes de Travões e Suspensão /
Amortecedores)
Teste de Baterias
Contractos de Manutenção e Preços Reduzidos
Telefone: 234 648 345 - Telemóvel: 939 220 202
e-mail: [email protected] - E.N. 1 – Barrosinhas
Mourisca do Vouga - 3750-772 Trofa – Águeda
Peixaria Regalado
Peixe fresco
do mar
Aberto à hora do almoço
Legumes
frescos diários
Praceta das Chãs, 37 - 3750 Águeda
Telef: 234 108 854
desporto
07 setembro 2011
27
A JOR
futebol distrital
I divisão distrital
Treinadores não querem ‘falsas partidas’
no início do campeonato
(próxim NADA
o dom
ingo)
Paivens
e - Ga
fanha
Mealha
da - C
ucujãe
Estarre
s
ja - U.
Lamas
Louros
a - Ág
uas Bo
P. Bran
as
dão Canedo
Milheir
oense
- São
Roque
Fiães Águeda
Mouris
quense
Macinh
- Rio M
atense
eão
- Carre
gosens
e
Fernando Pereira (Águeda), Carmindo Dias (Mourisquense) e Paulo Silva (Macinhatense)
revelam-se satisfeitos com a pré-época e estão optimistas na abordagem de um campeonato difícil
Optimismo, pelo menos no
discurso oficial, é o que revelam
os treinadores das três equipas
do município de Águeda antes do
arranque do campeonato distrital
da I divisão. Consideram positivo
o período que agora termina,
antecipam uma prova mais difícil
que a da época anterior e prometem equipas competitivas.
O Águeda não assume a candidatura à subida mas uma equipa
capaz de andar lá por cima; o
Mourisquense quer um lugar
entre os seis primeiros; e o Macinhatense lutar dignamente pela
permanência no escalão.
A época 2011/2012, pelo leque
de clubes participantes nesta I
divisão, reforça a tendência das
temporadas mais recentes: ape-
sar da subida de Sanjoanense e
Valecambrense, reúne cada vez
mais equipas que ainda há pouco
se adivinhava quase impossível
descerem de determinado patamar competitivo nacional. Sinal
dos tempos…
Este ano, juntando-se a clubes
que não conseguem voltar à III
nacional (Águeda, Estarreja,
Milheiroense, Gafanha, União
de Lamas, Paços de Brandão…),
figuram ainda os vizinhos Lourosa e Fiães. Tudo gente grande…
AS QUESTÕES
1  Que avaliação faz
do período preparatório?
2  Quais são os objectivos
e as perspectivas da sua equipa para a prova?
3  A sua equipa está mais
forte ou mais fraca que a da
última época?
FERNANDO PEREIRA
treinador do Recreio de Águeda
CARMINDO DIAS
treinador do Mourisquense
“A equipa deste ano é diferente;
o campeonato será mais forte!”
“Temos mais alternativas
e soluções”
1 Foi positivo. Os jogadores têm um conhecimento mais
profundo em relação ao clube e às ideias que queremos
para a equipa.
2 Os objectivos são termos uma equipa humilde, que
dignifique ao máximo o clube, mas também uma equipa
competitiva, capaz de lutar todos os jogos pelos três pontos. As perspectivas são boas. Trabalhamos muito para ter
sucesso, é preciso estar nos limites das nossas capacidades!
Só com esse espírito poderemos ter sucesso.
3 Não gostava de ir por aí… A equipa deste ano é diferente,
claro que é. A anterior já vinha de trás, com princípios de jogo
bem definidos e conhecimento entre todos. Esta equipa vai ser
aguerrida, competitiva e a praticar bom futebol.
4 O campeonato será mais forte em todos os aspectos,
até na qualidade de jogo. O Fiães está forte e aposta na
subida; mas também há vários candidatos com orçamentos
altos: Estarreja, União de Lamas, Milheiroense e Lourosa.
Mas, estou contente com o que tenho!
5 O Fiães é forte, tem um treinador que conhece bem o
distrital. O campo é difícil, a equipa pratica bom futebol. Vi
o seu último jogo e teremos de apelar aos nossos valores,
discutindo os três pontos.
4

1 Positivo. Fizemos um bom trabalho e vários jogos,
durante os quais a equipa demonstrou estar a evoluir.
Os primeiros jogos foram com equipas mais acessíveis,
depois dois com escalões superiores e agora o torneio e
a evolução tem sido jogo a jogo.
2 O objectivo é ficar entre os seis primeiros. As perspectivas são boas, com este plantel reforçado e garantias
dadas na pré-época. Temos mais alternativas e soluções.
3 Estamos mais fortes porque temos mais soluções
em todos os sectores.
4 Atribuo favoritismo ao Lourosa, ao Estarreja que
está reforçado, ao Águeda que é sempre o Águeda e
ao Fiães. São os principais candidatos. Pelo nome das
equipas, este campeonato será mais forte, mas isso às
vezes pode não dizer nada. As equipas do norte são
muito complicadas.
5 Não conheço o Rio Meão mas sei que manteve
a equipa da época passada. Se subiu tem de certeza
uma boa equipa. As equipas do norte são muito aguerridas e determinadas. É preciso ter cuidado pois na 1ª
jornada há sempre surpresas. Temos de estar muito
bem preparados.
Que campeonato espera
encontrar?
5  O que espera
do primeiro jogo?
PAULO SILVA
treinador do Macinhatense
“Queremos a melhor
classificação possível”
1 Apesar de se ter começado a treinar mais tarde,
devido à falta de alguns atletas em férias merecidas, acabou por ser um período positivo. Apesar das dificuldades
que encontrámos. Os treinadores e a AFA deviam falar
sobre a necessidade de se começar a época mais tarde.
2 Apesar do campeonato ter um grau de dificuldade
elevado, vamos entrar nele com os pés bem assentes no
chão para discutir jogo a jogo. Queremos alcançar a
melhor classificação possível, é esse o novo objectivo.
3 Perdemos dois bons jogadores – o Laçal e o
Veiga – da equipa que não perdeu na época passada.
Porém, os jogadores que entraram, recrutados dentro
das possibilidades do clube, deixam o plantel ao nível
dessa época histórica.
4 Não conheço a maior parte dos adversários mas
olhando aos nomes vai ser extremamente difícil. Será
uma prova recheada de bons valores e de boas equipas.
Favoritos? Lourosa, Estarreja, Gafanha, Fiães e Águeda.
5 Não conheço o Carregosense mas julgo que vai
ser um adversário muito difícil. Ficou nos primeiros
lugares na última época. Respeitamos ao máximo o
adversário mas vamos entrar com a intenção de dar o
melhor para ganhar.
28
desporto
07 setembro 2011
FUTEBOL DISTRITAL
Oiã e Alba B finalistas no torneio do Oiã
O Oiã venceu o quadrangular que organizou no passado fim-de-semana, vencendo o Alba B no desempate por grandes penalidades (4-3,
1-1 no tempo regulamentar). O Alba B foi 2º, os juniores do Oliveira do
Bairro foram 3º e o Troviscalense 4º. Na final, as equipas alinharam: OIÃ
– Tozé; João Filipe, Mota, Lamas, Lau, Bicho, Edgar, Ivan, Madeil, Albino
e Roi. Jogaram ainda: João (gr), Simão, Bimbarra, Dani, Tiago Carvalho,
Hugo, Pingo e Farinheiro. Treinador: José Carlos Tentativa. Marcador:
Lamas. ALBA B - Kaya (Tiago); Domingues, Tinga, Puyol (Rafa), Calix
(Paulo), André (André Avelino), Santos (Simão), Gero, Galhano (Alex),
J.Pereira (Nunes) e Nuno. Treinador: Hugo Oliveira. Marcador: Nunes.
FUTEBOL JOVEM
Bairrada Cup em Oiã
para iniciados
FUTEBOL FEMININO
Clube Albergaria perde
com o campeão nacional
O Oiã vai organizar no sábado, dia 10, um quadrangular para iniciados, denominado Bairrada
Cup. A primeira edição tem como participantes,
além do Oiã, Recreio de Águeda, Mealhada e
LAAC. O calendário de jogos é o seguinte: Oiã
– LAAC e Mealhada - Águeda (ambos às 10h),
apuramento do 3º e 4º lugar (15h) e final (16h30).
O almoço será oferecido pela organização.
O Clube de Albergaria perdeu (0-2), em casa, no domingo, com o 1º de Dezembro, para a 1ª jornada do campeonato nacional de futebol feminino. No próximo sábado,
dia 10, defronta o Leixões, em Matosinhos, pelas 20 horas.
Na última época, o futebol feminino do Clube de
Albergaria conquistou o quinto lugar no campeonato
nacional, foi campeão distrital sub-18 e venceu também a
taça distrital.
futebol distrital
futebol jovem
Valonguense ganhou
torneio em Águas Boas
Mourisquense, LAAC
e Fermentelos na II
divisão de juniores
Vitória com o Bom Sucesso e empate
com equipa local no dia seguinte à derrota
na apresentação com o Esperança de Coimbra
O Valonguense venceu o torneio
triangular do Águas Boas, no domingo, depois de superar (2-0) o
Bom Sucesso e de empatar (2-2)
com o Águas Boas, que domingo
se estreia em Lourosa na I distrital.
O Águas Boas, ao empatar o outro
jogo com o Bom Sucesso (1-1)
classificou-se na segunda posição.
Diante do Bom Sucesso, o Valonguense alinhou com Ferreira;
Barriga, João, Ricardo e Dani;
Kimi, Carvalho e Fábio; Tché,
Marques e Mambi. Jogaram ainda: Branco, Marco, Bruno e Zamorano. Marcadores: Marques e
Herlander.
Com o Águas Boas, o treinador
Paulo Rui fez alinhar: Flávio; Ruben, João, Jorge e Popas; Nakata,
Nuno Octávio e Herlander; Tché,
Zamorano e Rato. Jogaram ainda:
Carvalho, Fábio, Branco, Marco,
Bruno e Mambi. Marcadores: Zamorano e Rato.
Entretanto, os ainda juniores Jorginho e Bruno, este guarda-redes,
passam a integrar o plantel sénior
do Valonguense, já que o clube não
se inscreveu para o campeonato do
escalão.
Derrota na apresentação – O
Esperança de Coimbra foi o
desmancha-prazeres na apresentação do Valonguense, no
sábado, ao vencer no Bastos
Xavier por 3-1. O resultado mentiroso foi possível
pelas muitas oportunidades
de golo desperdiçadas pelos
‘canarinhos’ e pelos erros
defensivos aproveitados pelos
visitantes, que foram eficazes.
Zamorano marcou o golo do
Valonguense, que alinhou:
Flávio; Barriga, João, Ricardo
e Dani; Nakata, Nuno Octávio
e Herlander; Tché, Marques
e Zamorano. Jogaram ainda:
Ferreira e Bruno (gr), Ruben,
Jorge, Popas, Kimi, Fábio Pereira, Carvalhjo, Mambi, Rato,
Branco e Marco.
1ª
Mourisquense (na série C) e LAAC e Fermentelos (na série D) são os três clubes do concelho de Águeda participantes no campeonato
distrital da II divisão, com início marcado para
dia 17 de Setembro. Macinhatense e Valonguense não participam.
A prova, nesta primeira fase, é dividida em
quatro séries de oito equipas, sendo que o
Mourisquense estreia-se em Soutelo e a LAAC
recebe o Fermentelos na jornada de abertura.
Os jogos disputam-se às 17 horas até 25
de Setembro, inclusive, e às 15h30 de 26 de
Setembro a 26 de Março.
3ª
LAAC à procura de rotinas de jogo
Derrota com o Águeda
e vitória com os juniores do Anadia
A LAAC continua a sua preparação para a nova época, tendo feito
dois jogos em Aguada de Cima.
Perdeu com o Águeda (0-5) e venceu (4-2) os juniores do Anadia.
Com o Recreio de Águeda
alinharam: David (gr); Pedro;
L. Carlos; Cerca; Pedro; Bruce;
Daniel; Duarte; João Ferreira;
Canas e Rui. Jogaram ainda:
Axas; Ricardo; Bruno; J. Ribeiro;
Fábio Fernandes; Pinho; J. Paulo
e Reboxo.
No sábado, contra os juniores do
Anadia, alinharam de início: Axas;
Ricardo; L. Carlos; Diogo; Pedro;
Pinho; Duarte; Daniel; Cerca ; Ca-
nas e Tiago. Jogaram ainda: Russo;
David; J.Ribeiro; Fábio Fernandes;
Bruce; Rui e Ricardo Daniel.
“A reter destes jogos a falta de
rotina entre sectores, pois em duas
semanas de trabalho o objectivo
foi consolidar e melhorar aspectos
físicos ficando para segundo plano
a organização da equipa e rotinas
de jogo”, referiu o treinador Vítor
Rita, numa breve avaliação do
desempenho da sua equipa.
Para esta semana estão agendados mais dois jogos em Aguada de
Cima: dia 8 contra Troviscalense
(19h30) e no sábado às 17h contra
o Famalicão.
Macinhatense, Mourisquense e Valonguense
na série E e Fermentelos e LAAC na série F
são os cinco clubes do concelho de Águeda que
participam no campeonato distrital de juvenis
da II divisão, que tem início previsto para 18 de
Setembro.
A prova está dividida em seis séries nesta
primeira fase, sendo que na série E o Macinhatense estreia-se em casa com o Eixense,
enquanto o Mourisquense vai a Cacia jogar com
o Estrela Azul e o Valonguense joga em Bom
Sucesso. Na série F, o Fermentelos estreia-se
em casa com o Águas Boas, enquanto a LAAC
joga em Requeixo.
Os jogos de juvenis da Associação de Futebol
de Aveiro disputam-se às 9 horas, salvo alterações com acordo entre clubes ou excepções
de calendário, como Mourisquense (10h30)
e Valonguense (10h) quando jogam em casa.
SÉRIE E
jornada
8ª
1ª
jornada
jornada
4ª
9ª
2ª
10ª
jornada
jornada
3ª
jornada
11ª
4ª
1ª
12ª
5ª
13ª
6ª
14ª
7ª
jornada
12ª
jornada
13ª
jornada
14ª
SÉRIE D
SÉRIE F
jornada
8ª
1ª
jornada
9ª
jornada
10ª
jornada
11ª
jornada
12ª
jornada
13ª
2ª
jornada
14ª
8ª
jornada
9ª
Pampilhosa – Fermentelos
LAAC – Vista Alegre
Águas Boas – Bustos
Ribeira Azenha – Requeixo
3ª
jornada
10ª
Bustos – Pampilhosa
Fermentelos – Vista Alegre
Requeixo – Águas Boas
LAAC – Ribeira Azenha
4ª
jornada
11ª
Pampilhosa – Requeixo
Vista Alegre – Bustos
Fermentelos – LAAC
Águas Boas – Ribeira Azenha
5ª
jornada
12ª
Ribeira Azenha – Pampilhosa
Requeixo – Vista Alegre
Bustos – Fermentelos
LAAC – Águas Boas
6ª
Bustos – Fermentelos
Pampilhosa – Vista Alegre
LAAC – Mealhada
Oliveira do Bairro B – Águas Boas
Águas Boas – Bustos
Fermentelos – Pampilhosa
Vista Alegre – LAAC
Mealhada – Oliveira do Bairro B
jornada
Vista Alegre – Pampilhosa
Fermentelos – Águas Boas
Bustos – Ribeira Azenha
Requeixo – LAAC
Vista Alegre – Bustos
Mealhada – Pampilhosa
Oliveira do Bairro B – LAAC
Águas Boas – Fermentelos
7ª
11ª
Taboeira B – Mourisquense
Valonguense – Estrela Azul
Eixense – Bom Sucesso
Beira Mar B – Macinhatense
Bustos – Mealhada
Pampilhosa – Oliveira do Bairro B
LAAC – Águas Boas
Fermentelos – Vista Alegre
6ª
jornada
Mourisquense – Gafanha
Murtoense – Severense
Rocas Vouga – Bom Sucesso
Soutelo – Loureiro
Oliveira do Bairro B – Bustos
LAAC – Pampilhosa
Mealhada – Fermentelos
Águas Boas – Vista Alegre
5ª
10ª
Mourisquense – Valonguense
Estrela Azul – Eixense
Bom Sucesso – Beira Mar B
Macinhatense – Taboeira B
Bustos – LAAC
Águas Boas – Pampilhosa
Fermentelos – Oliveira do Bairro B
Vista Alegre – Mealhada
4ª
jornada
Eixense – Mourisquense
Beira Mar B – Estrela Azul
Macinhatense – Bom Sucesso
Taboeira B – Valonguense
Pampilhosa – Bustos
LAAC – Fermentelos
Oliveira do Bairro B – Vista Alegre
Mealhada – Águas Boas
3ª
9ª
Mourisquense – Beira Mar B
Estrela Azul – Macinhatense
Bom Sucesso – Taboeira B
Valonguense – Eixense
Gafanha – Murtoense
Severense – Rocas Vouga
Bom Sucesso – Soutelo
Loureiro – Mourisquense
jornada
jornada
Macinhatense – Mourisquense
Bom Sucesso – Estrela Azul
Beira Mar B – Valonguense
Taboeira B – Eixense
Rocas Vouga – Gafanha
Soutelo – Severense
Loureiro – Bom Sucesso
Mourisquense – Murtoense
6ª
8ª
Mourisquense – Bom Sucesso
Taboeira B – Estrela Azul
Valonguense – Macinhatense
Eixense – Beira Mar B
Gafanha – Soutelo
Severense – Loureiro
Bom Sucesso – Mourisquense
Murtoense – Rocas Vouga
5ª
jornada
Estrela Azul – Mourisquense
Bom Sucesso – Valonguense
Macinhatense – Eixense
Beira Mar B – Taboeira B
Loureiro – Gafanha
Bom Sucesso – Severense
Soutelo – Murtoense
Mourisquense – Rocas Vouga
2ª
Este é o único escalão
que mantém as mesmas
equipas da época anterior
SÉRIE C
Gafanha – Bom Sucesso
Mourisquense – Severense
Murtoense – Loureiro
Rocas Vouga – Soutelo
7ª
Cinco clubes
do concelho na II
divisão de juvenis
JUVENIS
II DIVISÃO DISTRITAL
Severense – Gafanha
Bom Sucesso – Murtoense
Loureiro – Rocas Vouga
Soutelo – Mourisquense
2ª
Menos duas equipas do concelho
com ausência de Macinhatense e
Valonguense
JUNIORES
II DIVISÃO DISTRITAL
jornada
13ª
Pampilhosa – Águas Boas
Vista Alegre – Ribeira Azenha
Fermentelos – Requeixo
Bustos – LAAC
7ª
jornada
14ª
LAAC – Pampilhosa
Águas Boas – Vista Alegre
Ribeira Azenha – Fermentelos
Requeixo – Bustos
desporto
07 setembro 2011
BTT
Tânia Neves venceu maratona do Dão
Tânia Neves (Órbita/Dietsport/Abus) venceu a
quarta edição da maratona de BTT do Dão, realizada em Nelas, percorrendo os 70 quilómetros com
o tempo de 4h06m. “Um percurso duro mas com
trilhos fantásticos”, resumiu a atleta de Aguada de
Cima
Para a semana, Tânia Neves estará em Meda a fim
Tânia Neves
de participar no campeonato nacional XCM. “Agradeço a Órbita, DietSport, NextGeneretion, Travocar, Fullwear, Racing Cycle Prototype por todo
o apoio que me têm dado”, referiu a atleta.
Fermentelos também participa
na II divisão de iniciados
tendo feito parte do sorteio, beneficiou da desistência do CRAC para
integrar a série G.
A prova está dividida em sete
séries, seis delas de oito equipas e
uma de sete. Na série E, Mourisquense e Valonguense estreiam-se
em casa diante de Alba e Azurva.
Na série F, o Águeda desloca-se a
Vagos e a LAAC joga em Águas
Boas.
Os jogos principiam às 11 horas de
domingo, salvo algumas excepções
de calendário, como Mourisquense
(10h30) e Valonguense (10h) quando
jogam em casa.
1ª
SÉRIE F
jornada
8º
1ª
Mourisquense – Alba
Eixense – Oliveirinha
Valonguense – Azurva
Gafanha B – Estrela Azul
2ª
jornada
9º
2ª
Alba – Eixense
Estrela Azul – Mourisquense
Oliveirinha – Valonguense
Azurva – Gafanha B
3ª
jornada
jornada
10º
3ª
jornada
11º
4ª
jornada
12º
5ª
13º
jornada
14º
Estrela Azul – Alba
Oliveirinha – Mourisquense
Azurva – Eixense
Gafanha B – Valonguense
jornada
9ª
jornada
2ª
jornada
jornada
6ª
jornada
10ª
jornada
8ª
jornada
9ª
3ª
jornada
10ª
Fermentelos – Pampilhosa
Calvão – Anadia
Bustos – Ribeira Azenha
11ª
12ª
13ª
Águeda – Oiã
Vaguense – Calvão
Barroca – Águas Boas
Vista Alegre – LAAC
7ª
jornada
Pampilhosa – Calvão
Ribeira Azenha – Fermentelos
Mealhada – Bustos
4ª
jornada
11ª
Pampilhosa – Bustos
Anadia – Fermentelos
Ribeira Azenha – Mealhada
5ª
Calvão – Águeda
Águas Boas – Vaguense
Vista Alegre – Barroca
LAAC – Oiã
Alba – Oliveirinha
Mourisquense – Azurva
Eixense – Gafanha B
Valonguense – Estrela Azul
7ª
1ª
Anadia – Pampilhosa
Calvão – Ribeira Azenha
Fermentelos – Mealhada
Águeda – Águas Boas
Vaguense – Vista Alegre
Barroca – LAAC
Oiã – Calvão
Azurva – Alba
Gafanha B – Mourisquense
Valonguense – Eixense
Estrela Azul – Oliveirinha
6ª
8ª
Vista Alegre – Águeda
Barroca – Vaguense
Águas Boas – Oiã
LAAC – Calvão
Alba – Gafanha B
Mourisquense – Valonguense
Eixense – Estrela Azul
Oliveirinha – Azurva
5ª
jornada
Águeda – Barroca
LAAC – Vaguense
Oiã – Vista Alegre
Calvão – Águas Boas
Valonguense – Alba
Eixense – Mourisquense
Gafanha B – Oliveirinha
Estrela Azul – Azurva
4ª
SÉRIE G
Vaguense – Águeda
Barroca – Oiã
Vista Alegre – Calvão
Águas Boas – LAAC
jornada
12ª
Mealhada – Pampilhosa
Bustos – Anadia
Fermentelos – Calvão
6ª
jornada
13ª
Pampilhosa – Ribeira Azenha
Anadia – Mealhada
Calvão – Bustos
14ª
LAAC – Águeda
Oiã – Vaguense
Calvão – Barroca
Águas Boas – Vista Alegre
7ª
jornada
Bruno Almeida, António Pinho, Bruno Costa
e Paulo Pinto (Galitos Ciclismo 1904 / Slowdown) ocuparam os quatro primeiros lugares da
maratona de 60Km da 3ª Maratona do FC Bonsucesso. António Salgueiredo (11º), Vasco Sousa
Bruno Almeida
(21º), Luís Pinho (23º), Paulo Ramirez (43º), José
Vieira (45º), Francisco Silva (56º) e Paulo Seabra (80º) completaram a equipa. Lia Seabra
venceu em femininos.
Formação aguedense vai no quinto triunfo consecutivo
no torneio Carlos Baptista. LAAC em 2º e Oliveira do Bairro em 3º
INICIADOS – II DIVISÃO DISTRITAL
época 2011/2012
SÉRIE E
BTT
Bruno Almeida vence
maratona do Bom Sucesso
Juniores do Águeda vencem torneio em Paradela
Águeda, LAAC, Mourisquense e Valonguense
já estavam inscritos à data do sorteio.
Macinhatense não participa
Mourisquense e Valonguense
(na série E), Recreio de Águeda e
LAAC (na série F) e Fermentelos
(série G) são os cinco clubes do concelho participantes no campeonato
distrital da II divisão em iniciados, o
único escalão que não tem qualquer
representante na I distrital devido à
despromoção da formação da sede
do concelho.
Há, portanto, menos uma equipa
este ano face à temporada passada,
com a não inscrição do Macinhatense. Quanto ao Fermentelos, por acção
dos pais dos jogadores, entretanto
reunidos, o clube foi inscrito e, não
29
14ª
Ribeira Azenha – Anadia
Mealhada – Calvão
Bustos – Fermentelos
O Recreio de Águeda venceu
no sábado o torneio Carlos Baptista, em juniores, disputado esta
época em formato triangular, evidenciando bom futebol, com boa
organização defensiva e ofensiva,
mostrando que a máquina já está
bem afinada para o início do campeonato distrital que se avizinha.
LAAC e Oliveira do Bairro
(esta equipa composta por uma
mescla de atletas das categorias
juniores e juvenis) iniciaram o
torneio com a vitória dos aguadenses por 1-0. O golo foi apontado na primeira parte.
No jogo seguinte, o Recreio
venceu a LAAC por2-0, com golos de Dani e Gonçalo. Precisando
apenas do empate no último jogo,
o Águeda entrou expectante mas
dois erros defensivo contrários
permitiram golos a Vítor e Alex.
Pedro fechou a contagem (3-0)
frente ao Oliveira do Bairro.
A taça disciplina foi atribuída
à LAAC e o prémio de melhor
jogador, numa eleição dos treinadores das equipas participantes,
foi atribuído ao atleta Dani, do
RD Águeda.
EQUIPAS
Recreio de Águeda
LAAC
LAAC (1) - Farias, Bruno
Silva, Rafael, Ricardo, Bruno,
Sardinha, Bastos, Bruno Marques, João Pedro, Teixeira, Márcio, Pintas, Miguel Ângelo, Zé
Nuno, Ricardo, Fábio, Calais,
Joni e Rafael.
Oliveira do Bairro (0) - Gonçalo, João Pedro, Fredy, João Paulo, André Domingues, T. Moniz,
Leo, Leandro, Armando, Bruno,
Hugo Santos, Diogo Filipe, Ruben Cunha e Nicolas.
LAAC (0) - Farias, Bruno Silva,
Rafael, Ricardo, Bruno, Sardinha,
Bastos, Bruno Marques, João Pedro, Teixeira, Márcio, Pintas, M.
Ângelo, Zé Nuno, Ricardo, Fábio,
Calais, Joni e Rafael.
RD Águeda (2) - Júnior,
Diogo, João, Gonçalo Rei, Luís
Oliveira, Dani, Tito, Vitor, Hélder, Paladino, Nicolay, Gonçalo.
Oliveira do Bairro
RD Águeda (3) - Jonathan, Coelho, Luís Oliveira,
Gonçalo Rei, Afonso, Dani,
Alex, Daniel Martins, Pedro
Almeida, Gonçalo, Léo, Vitor
e Nicolay.
Oliveira do Bairro (0) - Gonçalo, Cláudio Caminho, Mica, Ruben Cunha, Emanuel, Fábio Martins, Carvalho, Levezinho, Dylan,
Miguel, Edgar, Hugo Santos, João
Paulo, Tiago Moniz e Bruno.
30
desporto
07setembro 2011
GINÁSTICA
Treinadores de vinte países reuniram em Sangalhos
KARATÉ
GICA inicia actividade
TÉNIS DE MESA
GICA recomeça esta quinta-feira
Uma formação de nível 2 da Federação Internacional de Ginástica,
com a orientação de especialistas mundiais que vieram do Canadá,
Inglaterra, Hungria e Japão, e participantes oriundos de Portugal,
Áustria, Brasil, Egipto e Sri Lanka, decorreu no Centro de Alto Rendimento – Velódromo Nacional, em Sangalhos, de 28 de Agosto a 4 de
Setembro.
O canadiano Keith Russel, presidente do comité científico da FIG e
autor de vários livros de ginástica publicados no Canadá e em Portugal, foi o coordenador da formação.
O Ginásio Clube de Águeda (GICA) reinicia a actividade do
karaté na próxima terça-feira, dia 13, com sessões de treino às
terças e quintas-feiras. No seguinte horário: das 19 às 20 horas
para cintos branco a verde; das 20 às 21 horas para cintos azul
a preto. O monitor é o 1º Dan Fernando Figueiredo.
Às sextas-feiras realizam-se treinos das 19 às 21 horas
apenas para cintos de azul a preto. O GICA funciona provisoriamente na Rua Luís de Camões, no prédio da antiga Pensão
Santos, devido às obras no seu pavilhão.
Instalado provisoriamente no edifício
da antiga Pensão Santos, na Rua Luis de
Camões, devido às obras no seu pavilhão,
o GICA reinicia esta quinta-feira, dia 8
de Setembro, a sua actividade no ténis de
mesa.
Os treinos realizam-se às terças, quintas e
sextas-feiras, das 18 às 20 horas, tendo como
monitores Hélder Rocha e Bruno Reis.
futsal
duatlo
Equipas de regresso
Barrô, ARCA e Travassô, na nova época reunidas no campeonato
distrital da I divisão, regressam aos trabalhos. Também as equipas
jovens estão de regresso à actividade, preparando-se para os respectivos campeonatos distritais.
Por enquanto, o principal destaque é uma saída: a do treinador
Jorge Marques do Travassô. Depois de subir a equipa à I distrital
acabou por não assumir a formação neste regresso ao escalão máximo, contra todas as previsões.
BARRÔ
Com treinos às terças, quintas
e sábados, o Barrô iniciou dia 1
a preparação para a nova época a
nível sénior. A equipa parte para
a I distrital “com objectivos bem
traçados, ou seja fazer o melhor
possível, lutando sempre para melhorar a época anterior”, segundo
o presidente Vítor Silva.
Continuando a ser orientado
por Max, o plantel tem Bruno Rocha (ex-Esgueira) como adjunto,
enquanto o fisioterapeuta Óscar
Caldeira se mantém. O plantel está
quase formado, tendo por base a
maioria dos atletas da época anterior, acrescida dos juniores que
subiram ao primeiro escalão (Luis
Santos, João Campos e Leonardo)
que poderão fazer parte do grupo,
e ainda de dois a três possíveis
reforços. Renovações: Henrique e
Diogo II (gr); Pedro Beirão, Hugo ,
Diogo Santos, Jony, Daniel, Fonseca, Carlos Cruz, Cristiano, Simão
e Américo. Luis Paulo (ex-ARCA)
é o único reforço confirmado.
Em juniores, iniciados e benjamins, o Barrô iniciou treinos de
captação. A primeira equipa admite
também atletas com idade de juvenil, treinando às terças e quintas
(19h). Os iniciados treinam às
quartas e sextas (19h30) e os benjamins às quartas e sextas (18h).
O Barrô vai continuar a preparar
os escalões mais jovens que não
irão ainda competir oficialmente,
os petizes e os traquinas, nascidos
em 2005 e 2006 e em 2003 e 2004.
Os treinos iniciam-se esta quinta-feira, dia 8, às 18 horas. O horário
futuro será a combinar com os pais.
ARCA
A equipa sénior da ARCA regressou ao trabalho esta segunda-feira, pelas 20h. O início estava
previsto para dia 1 mas porque
alguns atletas se encontravam de
férias a data de começo passou
para dia 5.
A equipa de juniores da ARCA
foi assim a primeira a iniciar os
trabalhos, liderada pelo Miguel
Matos desde o dia 1 de Setembro.
O treinador Tozé marcou o início
dos treinos da equipa de infantis
para 7 de Setembro (esta quarta-feira), às 18h30.
A ARCA mantém a sua equipa
de juniores femininos, que inicia
a participação no campeonato
distrital no dia 7 de Janeiro do
próximo ano. Os treinos começam
esta semana.
TRAVASSÔ
Jorge Marques já não é o treinador do Travassô para a nova época.
Em virtude de “divergências que
não foram sanadas com a direcção”
do clube, “ambas as partes chegaram à conclusão que não havia
condições para continuar pelo que
neste momento o clube está sem
treinador”. A novidade, fornecida
pelo clube, sublinha que “para a
história fica o título de campeão
distrital da II Divisão que este
treinador ajudou a conquistar para
o Travassô, depois de cinco anos
a tentar”.
Provisoriamente “e até ser encontrada uma nova solução” a
orientação dos treinos ficará a
cargo do capitão Paulo Pires. Os
treinos iniciaram-se no dia 1, ainda
com muitas ausências e algumas
indefinições relativamente ao
plantel.
Entretanto, a equipa de infantis
vai participar no 2º Torneio Nacional de Futsal Jovem de Vale de
Cambra. Ficou inserido no grupo
B juntamente com o ACR Vale
Cambra, CRECOR e Lordelo. Joga
dia 10 pelas 18h45 com a primeira
equipa. O 2º jogo é domingo pelas
17h30 frente ao CRECOR e o 3º no
dia 13 pelas 19h frente ao Lordelo.
Todos os jogos serão no Pavilhão
Municipal. A final do torneio está
marcada para o dia 18 pelas 14h.
Augusto Neto (SlowDown)
venceu em Recardães
Atletismo e BTT no domingo de manhã reuniu mais
de uma centena de atletas federados e não federados
Realizou-se no passado domingo
o I duatlo de BTT de Recardães,
prova inserida no programa de
promoção da Federação de Triatlo
de Portugal, que contou com a participação de 120 atletas federados
e não federados. Foi uma excelente
mostra da modalidade, no dizer dos
responsáveis federativos e uma boa
organização do DAR.
A prova foi disputada em sistema
de sprint, com 4.000 metros de atletismo, 19.000 de BTT e mais 2.000
de atletismo.
No inicio da prova, como se
esperava no sector masculino, os
atletas do Galitos, da SlowDown
e do DAR, procuraram desde logo
ganhar tempo sobre os restantes
opositores, pois sabiam que uma vez
entrados nos trilhos do BTT tirariam
vantagem em estarem na cabeça
do pelotão, dada as características
técnicas do circuito da bicicleta.
Na primeira transmissão o atleta
do C.A. de Ovar, Hélder Pires, entrou isolado, seguido de atleta do
Galitos Tiago Teixeira, ao passo que
Augusto Neto da SlowDown entrava na oitava posição. No segmento
de ciclismo foi havendo alteração de
posições e desde logo se percebeu
que o atleta de Ovar não era especialista no BTT, acabando por cair
para 26º da geral e deixado a disputa
dos primeiros lugar para os atletas
do Galitos e da SlowDown, já que
Augusto Neto como se esperava
fez um segmento de BTT limpo
conseguindo vantagem suficiente
para gerir no último segmento de
atletismo, onde sabia que tinha desvantagem para os atletas do Galitos,
acabando por vencer a prova com
uma vantagem de 42 segundos.
No sector feminino, onde a participação foi muito reduzida, a atleta
do Fundão Ana Filipa Santos, aqui
a participar como individual e cujo
“palmarés” a nível nacional a dava
como vencedora. Porém, a internacional Solange Jesus (individual
mas a representar o Sporting no
atletismo) lhe tenha dado alguma
réplica, acabando a cerca de 4
minutos.
Augusto Neto em primeiro lugar no pódio
Pódio feminino
Colectivamente não houve grandes surpresas, vencendo naturalmente o Galitos, muito por “mérito”
da SlowDown cujo terceiro homem
acabou em 83º. Seguiu-se o DAR e
em 3º do Passal Team.
VENCEDORES
Os vencedores foram os seguintes:
João Oliveira (Galitos) em cadetes
com 1h35m19; Márcio Cruz (Individual) em juniores com 1h54m54; Leonel Fernandes (Individual) em sub23
com 1h20m37; Augusto Neto (SlowDown) em seniores com 1h16m23;
João Martins em veteranos I com
1h26m30; Mário Fernandes (DAR)
em veteranos II com 1h36m10; Albano João (COC) em veteranos III
com 1h34m48; Manuel Lino Costa
(Individual) em veteranos IV com
1h27m04; Vasco Micaelo (DAR) em
veteranos V com 1h44m01
Na prova de seniores, após Augusto Neto, os cinco primeiros
foram: 2º Tiago Teixeira –Galitos1h;17:06; 3º Ricardo Gomes –SlowDonw- 1h:20:54; 4º Luís Santos
– Galitos- 1h:21:26; 5º Jorge Bola
–Individual- 1h:23:03.
Nas senhoras, o pódio ficou assim
ordenado: 1º Ana Filipe Santos –Individual- 1h:42:36; 2ª Solange Jesus
–Individual- 1h:46:58; 3ª Sandra
Oliveira – Paradela- 2h:08:15.
desporto
07 setembro 2011
MOTOCROSS
André Martins foi 3º
classificado em Valpaços
ténis
Graziela Abrantes vence torneio
do Lions da Mealhada
Torneio rendeu
mil euros para a
reconstrução de casas
O I Open de Ténis Lions
Clube de Mealhada, realizado
no sábado e no domingo, “rendeu” cerca de mil euros para
o projecto de reconstrução de
casas “Famílias com Aliceres”.
Do ponto de vista desportivo, a
aguedense Graziela Abrantes foi
a vencedora feminina.
Segundo fonte da organização, inscreveram-se no evento
75 participantes, oriundos da
Mealhada, Águeda, Coimbra,
Figueira da Foz e Leiria, entre
outras localidades. O evento,
que marcou o arranque do ano
lionístico do clube mealhadense,
decorreu durante dois dias, nos
campos de ténis do parque da
cidade e nos campos junto às
piscinas, na Mealhada, e ainda
nos campos de ténis do Luso.
A prova reuniu reconhecidos
jogadores da modalidade da
região e contou com várias
categorias, tendo sido ganho,
na categoria de homens por
Tiago Aguiar, da Mealhada, que
disputou a final com Gonçalo
Vieira; na categoria das mulheres ganhou Graziela Abrantes,
do Clube Ténis de Águeda, que
disputou a final com Fátima
Ramos.
Graziela Abrantes entre João Madeira e Gonçalo Breda
Marques, organizador do torneio e presidente do Lions da
Mealhada, respectivamente
Na categoria “nunca peguei
numa raquete - senhoras”,
sagrou-se vencedora Rosário
Mendes, do Lions Clube de
Mealhada, que disputou a final com Raquel Ramos. Jorge
Lima, que disputou a final
com Paulo Ferraz, venceu
na categoria “nunca peguei
André Martins, piloto iniciado de Mourisca
do Vouga, classificou-se em terceiro lugar nas
duas mangas da penúltima corrida do campeonato nacional de motocross, que decorreu
em Valpaços no domingo. O piloto, recentemente internacional, foi terceiro na geral.
“Consegui ir ao pódio e gostava de agradecer aos meus pais, à CrossPro, à MotoExtreme, à Carprado e à Fumados Douro”, referiu
André Martins, satisfeito com a sua prestação
nesta prova.
numa raquete – homens”.
Sofia Santana foi a vencedora
da categoria de infantis até aos
10 anos, seguindo-se Filipa Paredes em 2º lugar, João Gil em
3º, Pedro Portugal em 4º, Inês
Lima em 5º, Pedro Lima em
6º, Manuel Pedro em 7º e Inês
Gomes em 8º.
AUTOVOUGA, Lda
OFICINA DE
AUTOMÓVEIS CHAPARIA
E PINTURA
Rua do Barril - Edif. Zuzu. loja R - 3750-782 Trofa - Águeda
234 644 018 - 966 155 948
31
Telef.: 234 571 712 Telem.: 962 752 783 - Rua 1º de Maio 3750 Macinhata do Vouga - Águeda
Aberto aos Domingos
desporto
07 setembro 2011
automobilismo
Jovem valonguense ganhou prémio
António Pedro Tondela fez rampa do Caramulo num Nascar
Ricardo Megre repetiu vitória de 2010
na Rampa do Caramulo, durante o Motorfestival
Ricardo Megre vence Rampa do Caramulo
Piloto repete a vitória alcançada no ano passado
e melhora recorde da pista
Ricardo Megre alcançou
no fim-de-semana mais uma
importante e categórica vitória no Super Seven by
Kia 2011, ao triunfar nesta
competição inserida no extenso programa da Rampa
do Caramulo e do Caramulo
Motorfestival.
O piloto conseguiu ainda
melhorar em quase um se-
gundo o record da Rampa do
Caramulo, no que se refere
aos Catherham, ao registar a
marca de 1m32,657s.
“Optei por utilizar nesta
prova o meu carro mais
antigo, que me dava mais
garantias de poder lutar pela
vitória. Consegui fazer duas
boas subidas mas houve
uma terceira que não me
correu nada bem. Com um
carro igual, ter conseguido
retirar quase um segundo
ao tempo do ano passado
deixa-me particularmente
satisfeito”, salientou no
final da corrida Ricardo
Megre, que se mostrou muito agradado com a moldura
humana apresentada por
este evento.
canoagem
Águeda recebe final nacional
dos torneios abertos
É a terceira vez consecutiva que o Rio Águeda recebe
canoístas de todo o país que dão as “primeiras pagaiadas”
Nos próximos dias 10 e
11 de Setembro (sábado e
domingo) decorrerá no Rio
Águeda a “final nacional
torneios abertos – 1ªs pagaiadas”, prova federativa organizada pelo GICA e apoiada
pela Câmara Municipal.
Esta prova é o culminar
das classificativas das fases
zonais destinadas aos atletas
que este ano iniciaram a
canoagem, e que englobará
mais de três centenas de
jovens em representação de
todos os clubes do Continente e ilhas.
Pelo terceiro ano consecutivo, esta prova realiza-se
no Rio Águeda, tendo como
objectivo “dar uma nova
dinâmica à canoagem, aproveitando agora o contínuo
espelho de água” na cidade.
PROGRAMA
No sábado, dia 10, o programa é o seguinte:
9h – Prova de Slalom
14h30 – Circuito 2000
mts em K1 e C1 femininos e
masculinos nos escalões de
menores, iniciados, infantis
e cadetes.
No domingo, o programa
está assim definido:
10h – Circuito 2000 mts
em K2, K4 femininos e masculinos nos escalões de menores, iniciados, infantis e
cadetes; circuito 2000 mts
em C2 e C4 masculinos
nos escalões de infantis e
Ccdetes.
“Andar no Nascar é uma experiência única”, confessou António Pedro Tondela ao
RA, após ter feito a rampa do Caramulo no
passado domingo ao lado do piloto. O jovem
valonguense, estudante na Escola Secundária
Marques de Castilho, ganhou um prémio que
lhe permitiu realizar esta experiência durante
o Caramulo Motorfestival.
“Apesar de inicialmente ser um carro para
andar em ovais, esta transformação para circuitos e rampas permite curvar no limite e atingir
velocidades razoáveis nas pequenas rectas que
a Rampa do Caramulo tem”, referiu António
Pedro Tondela, para quem “aquela sensação no
arranque é única… sentimos mesmo o poder
dos 680 cavalos do Chevy Monte Carlo!”.
António Pedro Tondela dentro
da viatura do Nascar
33
34
07 setembro 2011
NOTÁRIA
HELENA PAULA LOPES
FERREIRA
JUSTIFICAÇÃO
Notária, Helena Paula Lopes
Ferreira, com Cartório na Rua
dos Bombeiros Voluntário,
número 74, em Águeda.
CERTIFICO, narrativamente para efeitos de publicação que, neste Cartório, de
folhas 72 a folhas 73, do Livro
88-A, se encontra exarada uma
escritura de justificação, com
data de 31 de Agosto de 2011,
na qual ANTÓNIO JOSÉ DE
ALMEIDA e mulher MARIA
FILOMENA DA CONCEIÇÃO
ALVES, casados sob o regime
da comunhão de adquiridos,
naturais da freguesia de Belazaima do Chão, concelho de
Águeda, onde residem, na Rua
da Igreja, número 191, justificaram, por não possuírem titulo,
por o terem adquirido há mais de
vinte anos, por compra verbal
a Alfredo Ferreira Antunes
e mulher Maria Natália dos
Santos Antunes a aquisição por
usucapião, de um prédio rústico,
sito em Bacelo, na freguesia de
Belazaima do Chão, concelho de
Águeda, composto de terreno de
cultura e pastagem, com a área
de quatrocentos e vinte metros
quadrados, a confrontar do
norte com Júlio César Duarte
de Almeida, do sul com Américo
Marques Pereira, do nascente
com António José de Almeida
e do poente com António Rodrigues e outro, inscrito na
matriz predial rústica em nome
de Alfredo Ferreira Antunes,
sob o artigo 1650, omisso na
Conservatória do Registo Predial de Águeda.
Está conforme o original.
Cartório Notarial em Águeda, em 31 de Agosto de 2011.
A Notária,
(Assinatura Ilegível)
Helena Paula Lopes Ferreira
Jornal Região de Águeda,
N.º 672, 07-09-2011
01672
Associação de Surdos de Águeda
promovem cursos de língua gestual
A Associação Cultural dos Surdos de Águeda volta a promover cursos de Língua Gestual
Portuguesa. Depois de um interregno, devido à
dificuldade em encontrar um formador credenciado, vão iniciar-se, já no mês de Setembro,
alguns cursos.
Os cursos vão decorrer no 1º piso do mercado
municipal de Águeda, em horário pós laboral,
das 19h às 21h, todas as segundas, terças, quintas
e sextas-feiras, na sede da associação.
Podem inscrever-se pessoas de todas as idades.
As inscrições devem ser feitas de preferência
para o e-mail: [email protected],
indicando o nome e o curso pretendido e um
contacto para receber informações. O preço de
cada curso é de 35 euros para os sócios da ACSA
ou de uma IPSS associada da UCIPSSAGUEDA
com quotas em dia e os outros inscritos pagarão
40 euros.
O curso A vai decorrer às segundas e quintas-feiras e inicia a 22 de Setembro, às 19h. O Curso
B vai decorrer às terças e sextas-feiras e inicia a
23 de Setembro, às 19h.
Poderá ainda haver um curso C que decorrerá
aos sábados, das 9h às 13h, se houver interessados.
Alteração nos projectos das escolas
Foi aprovado, na última reunião de executivo
municipal, o despacho do presidente da Câmara,
datado de 26 de Agosto, que aprovou a prorrogação do prazo de entrega das propostas por 60
dias para as obras de requalificação da EB 2,3 de
Fermentelos.
Na última reunião de câmara foi igualmente
aprovado o auto de revisão de preços provisória no
valor de 6125,61 euros + IVA referente à empreitada de requalificação da EB 1, 2, 3 Fernando Caldeira, a qual foi adjudicada à empresa Hibitâmega.
O executivo aprovou ainda o auto de revisão de
preços provisória no valor de 538,33 + IVA referente à empreitada de construção do centro educativo de Macinhata do Vouga, a qual foi adjudicada à
empresa Sociedade de Construções Guimar.
Foi ainda aprovada a proposta para celebração de
contrato de prestação de consultoria técnica para
alteração do projecto eléctrico do centro escolar da
Borralha, por um preço base de 4 700 euros.
Formação para motoristas e técnicos
oficiais de contas na AEA
A Associação Empresarial de Águeda (AEA),
com a colaboração da ANTRAM – Associação
Nacional de Transportadores Públicos Rodoviários de Mercadorias (Região Centro), vai realizar
um curso de formação contínua para motoristas, com a duração de 35 horas, que decorrerá
nos dias 23, 24 e 30 de Setembro e no dia 7 de
Outubro.
No âmbito da inscrição da AEA junto da
Ordem dos Técnicos Oficiais de Contas, a associação viu serem aprovadas acções de formação
profissional equiparada pela OTOC a realizar no
corrente ano: Património e Mais e Menos-Valias
e Novos Regimes de Normalização Contabilística – Microentidades e ESNL.
Além dos técnicos oficiais de contas, esta
formação pode ser frequentada por outros profissionais interessados, sendo apenas atribuídos
créditos aos TOC´s.
NECROLOGIA
AGRADECIMENTO
António Gomes Cruzeiro de Almeida Santos
(82 Anos)
Oís da Ribeira - Águeda
Irmã Maria Estrela Cruzeiro de Almeida, sobrinhas e demais familiares, profundamente
sensibilizados pelas manifestações de pesar, carinho e amizade, recebidas por ocasião do doloroso
transe que os enlutou, vêm por este meio agradecer a todas as pessoas amigas, que connosco
estiveram presentes nas cerimónias fúnebres do nosso ente querido no passado dia 5/9/2011, ou
por outro meio deram o seu conforto.
Agradecemos ainda à mesa administrativa da Santa Casa da Misericórdia de Águeda e a todos
os colaboradores que prestam serviço nesta instituição, que com sensibilidade e dedicação tudo
fizeram para lhe minimizar o sofrimento e prolongar a vida com o máximo de qualidade possível.
Será celebrada Missa do 7º dia na Igreja Matriz de Óis da Ribeira, Quinta-feira, dia 8 de
Setembro pelas 20H 00m. Desde já agradecem a todos quantos se dignarem a assistir.
A FAMILIA RECONHECIDA.
CASTILHO FUNERÁRIA, LDA - Borralha - Águeda - Telef.: 234 621 122 - Telem.: 919 357 486 - facebook.com/funerariacastilho - Internet: www.castilhofuneraria.pt - E-mail: [email protected] - N1672
AGRADECIMENTO
Antero Pereira Lima
(80 Anos)
Jafafe de Cima – Macinhata do Vouga
Sua Esposa Laurinda da Silva Costa, filhos, genros, netos, bisnetos
e restante família, profundamente
sensibilizados pelas manifestações de
pesar, carinho e amizade recebidas
por ocasião do doloroso transe que os
enlutou, vêm por este meio agradecer a
todas as pessoas amigas que se dignaram participar nas cerimónias fúnebres
deste seu ente querido no passado dia
04/09/2011, ou que por qualquer outra
forma lhes manifestaram o seu pesar.
LUBÍLIA GOMES
MARTINS
(84 anos)
Póvoa de São
Domingos
Aguada de Cima
Funeral
em 31-08-2011
ANTÓNIO ABRANTES Agência Funerária, Lda
Telef. 234 666 198 – 234 622 915 - Telemóvel 917 545 284
Vale Grande - Águeda
Travassô
Funeral
em 01-09-2011
AGÊNCIA FUNERÁRIA PATEIRA, LDA
de Fernando Pires
Telef.: 234 629157 - Telem.: 968078405
Óis da Ribeira - Águeda
ETELVINA
MARTINS
(94 anos)
Boialvo
Avelãs de Cima
Funeral
em 02-09-2011
A família reconhecida.
A FUNERÁRIA DE MACINHATA, LDA. Telf: 234 623 333 – 234 644 905 Telem: 917 522 785 – 917 559 049
3750 -593 MACINHATA DO VOUGA - N2672
DORBALINDA
DE JESUS
COELHO
(77 anos)
ANTÓNIO ABRANTES Agência Funerária, Lda
Telef. 234 666 198 – 234 622 915 - Telemóvel 917 545 284
Vale Grande - Águeda
Rua Fernando Caldeira
Escadas do Adro n.º 7
1º - 3750 Águeda
Telefone 234612040
Fax 234612049
em tempo
07 setembro 2011
d’Formação com novas propostas
para crianças e adultos
Inscrições abertas durante o mês
de Setembro
Após fazer vingar o seu novo modelo de formação, a d’Orfeu lança a oferta formativa para
2011/2012, englobando quatro áreas: música,
teatro, cultura e técnica. Dirigidos a todas as
idades, os cursos para o trimestre de Outubro
a Dezembro têm inscrições abertas até 30 de
Setembro. Em Outubro, a EMtrad’ - que reúne
a oferta musical da d’Formação -, retoma as
aulas semanais de concertina, rabeca, violino
e guitarra, ao mesmo tempo que contempla
novos instrumentos, como pandeireta galega
e canto tradicional, e revitaliza o cavaquinho
e a gaita-de-foles.
Para além das aulas individuais, aposta
igualmente nas aulas de conjunto do mesmo
instrumento - modalidade de ‘naipe’ -, funcionando os respectivos cursos com base num
número mínimo de inscritos, de nível similar.
Paralelamente, o coro infantil EMtrad’ e a orquestra de percussão continuam a desenvolver
o seu trabalho junto dos mais novos.
CURSO DE TEATRO
PARA ADULTOS
Além da música, regressa o curso de teatro
para adultos, que terá como objectivo final a
construção de um espectáculo e sua apresentação pública, recorrendo às diversas técnicas
teatrais e a um trabalho de incidência física e
vocal. Ganha agora espaço também o curso
de teatro para crianças, com regularidade
semanal, destinado a todos os pequenos que
desejam ser grandes actores.
Novidade na d’Formação será o curso
de história das artes & artes plásticas para
adultos, em que se desenvolverão exercícios,
conceitos e técnicas para compreender os
principais movimentos artísticos.
E porque para criar é necessário dominar a
técnica, a oferta formativa volta a contemplar
o curso de som, abordagem teórico-prática
sobre a produção técnica e registo de um
espectáculo, e o curso de iluminação, que
aborda as várias etapas a ter em consideração
na iluminação de cena de um espectáculo.
As inscrições decorrem até ao dia 30 de
Setembro. Para além do horário habitual de
atendimento geral na d’Orfeu, haverá períodos especiais de esclarecimento nos seguintes
horários: quinta 23 Setembro (12h-14h e
17h-19h) e sexta 24 Setembro (12h-14h e
17h-19h).
Final miss e mister
Bairrada em Aveiro
O concurso será apresentado,
pelo segundo ano consecutivo,
por José Castelo Branco
SlowDown
promoveu passeio
Foi com mais de uma centena de participantes que
no passado dia 3 de Setembro decorreu mais um evento
SlowDown. Partiram da SlowDown de Águeda, percorrendo os fantásticos trilhos da Pateira até à SlowDown
de Aveiro. Depois de uma breve pausa para refrescar,
seguiram viagem até à Praia da Barra, pelos trilhos
da Ria de Aveiro. Na praia da Barra, os participantes
desfrutaram de uma fantástica noite de Verão, onde não
faltou a boa disposição de todos aqueles que partilham
a paixão da bicicleta. Não faltaram as novidades de
bicicletas da marca TREK 2012.
A final do concurso miss e mister
Bairrada realiza-se no sábado, dia 10
de Setembro, no Centro de Congressos de Aveiro. Cerca de 80 candidatos
provenientes dos concursos concelhios de Águeda, Anadia, Aveiro,
Cantanhede, Coimbra, Mealhada,
Oliveira do Bairro e Vagos,vão disputar o título principal.
A noite será animada com as actuações
de Iuryuri (Hip Hop Dance), Anuska
Doll Dance, Sugar Kiss (Burlesco),
Musical “80`s are back” e Tiago Ribeiro
(a voz do Portugal tem Talento – SIC).
O início está marcado para as 21h30
e os ingressos estarão disponíveis no
Centro de Congressos, durante todo o
dia do evento.
O público está convidado a votar nos
candidatos a miss e mister Público.
Para isso terá de consultar a página
www.missbairrada.com. Os vencedores serão divulgados durante a grande
final a 10 de Setembro.
Espumante
das Caves
São João
distinguido
com ouro
O Espumante Quinta do
Poço do Lobo Arinto & Chardonnay 2006, das Caves São
João, foi distinguido com
a medalha de ouro no concurso de Vinhos Cidade de
Coimbra.
“O prémio agora atribuído
a este produto de excelência,
considerado pelos enófilos
mais exigentes como um dos
melhores espumantes portugueses da actualidade, vem
premiar o enorme rigor e esforço que esta tradicional casa
da Bairrada vem efectuando
para recolocar os seus produtos entre os mais reputados e
apreciados, o que a avaliar pelo
abundante número de distinções, vem sendo reconhecido”,
salienta fonte da empresa.
Cicloturismo em Águeda
As inscrições são gratuitas e obrigatórias, devendo ser feitas
até sexta-feira, dia 9 de Setembro
No próximo domingo, dia 11 de Setembro, vai realizar-se um cicloturismo,
no âmbito do Programa de Desporto e
Bem – Estar de Águeda, dinamizado pela
Santa Casa da Misericórdia de Águeda,
na sequência do Programa “Parcerias
para a Regeneração Urbana”, promovido
pela Câmara Municipal de Águeda e Co
Financiado pelo QREN, através do Programa Mais Centro e da União Europeia,
pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento
Regional.
A pedalada tem inicio às 10h, no Largo 1.º
de Maio, e é destinada a toda a comunidade
aguedense.
No início da actividade será atribuído
a cada participante um número, que será
sujeito ao sorteio de uma bicicleta, no fim
da pedalada.
Folha de inscrição disponível em www.scm
agueda.pt e formalizando a sua inscrição em:
Margens – FATR, lda | Zona Industrial Norte,
Ap. 3046 | 3750-901 Águeda |
Telefone 234 648 571 | Fax 234 648 572 |
E-mail – [email protected]
35
“Somos um
complemento
do sistema
de ensino”
Rabiscos mantém-se em actividade contínua desde 2004 em
Águeda, apostando “em métodos diferenciados de ensino,
consoante as dificuldades de
cada aluno”
No início de mais um ano lectivo, a
Rabiscos mantém a oferta pedagógica
com que tem funcionado e reforça-a
todos os anos com novas apostas em função das necessidades de aprendizagem
sentidas pelos alunos. O RA escutou os
seus responsáveis.
P> O que é o Rabiscos?
R> Um centro de estudos em actividade contínua desde Setembro de 2004,
que aposta em métodos diferenciados
de ensino, consoante as dificuldades de
cada aluno.
P> Quais são as valências deste
centro?
R> O Rabiscos apoia alunos de todos
os níveis de ensino, com a ajuda de professores especializados nas diferentes
áreas disciplinares. Conta, ainda, com
a colaboração de uma psicóloga para
avaliações psicológicas e orientação
escolar e profissional e, como novidade
para este ano, com uma terapeuta de fala.
P> Como resumem a vosso método
de trabalho?
R> Não somos uma escola paralela,
mas sim um complemento do sistema
de ensino que dá resposta a todos os
que querem ultrapassar difi culdades
ou chegar mais longe, num ambiente
onde se podem sentir em casa e com
o apoio que necessitam em cada momento. Todos os profissionais que colaboram com este centro se preocupam
em adaptar estratégias para melhor
responder às necessidades dos alunos.
P> Quais as necessidades sentidas
nos últimos anos?
R> O centro tem vindo a acompanhar
prioritariamente os alunos do segundo
e terceiro ciclos, ensino secundário e
ensino superior, contudo, no último ano
apostou também no apoio ao primeiro
ciclo.
P> Qual a mensagem que gostavam
de deixar aos alunos e aos pais para
este ano lectivo?
R> A preparação do ano tem de ser
feita antecipadamente pelos pais, juntamente com os seus educandos, para
a definição de objectivos e diagnóstico
de dificuldades. Face a esta análise, a
melhor estratégia é optar por um apoio
contínuo, desde o momento em que o
aluno se apercebe que não está a conseguir alcançar as metas a que se propôs.
economia das famílias
O dinheiro é de quem o poupa…
Poupar. Esta palavra esteve enraizada durante décadas na
mentalidade dos portugueses. Os mais velhos lembrar-se-ão,
por certo, de muitos ditados associados a esta preocupação:
“guarda o que não presta e terás o que precisas”, “o dinheiro
não é de quem o ganha, é de quem o poupa”, só para citar
alguns. O que se passou então para que o endividamento
das famílias seja hoje uma preocupação generalizada? Uma
grande mudança no comportamento dos portugueses.
Com a adesão à Zona euro a aproximação ao padrão de vida
da média da União Europeia foi uma realidade. Os portugue-
ses despertaram para hábitos
de consumo que foram potenciados pela queda das taxas de
juro e por uma concorrência
José Manuel Dias
bancária muito agressiva.
Economista e Consultor
Num enquadramento
Financeiro
de baixo nível de desemprego, com níveis
de confiança elevados, as famílias anteciparam um
aumento do respectivo rendimento e endividaram-se
para a compra de habitação.
As consequências estão à vista: a taxa de poupança
das famílias baixou drasticamente ao longo das duas
últimas décadas. Nos meados dos anos 90 a taxa de
poupança nacional ultrapassava 20% do Produto
Interno Bruto. Agora, situa-se em valores próximos
dos 8%.
Em resultado da queda da poupança a economia
deixou de ter uma das suas fontes de financiamento e
o crédito concedido pelos Bancos começou a suportar-se, em grande parte, em financiamento obtido junto
de instituições de crédito estrangeiras.
As famílias endividaram-se para comprar habitação
– somos o segundo país da União Europeia com maior
percentagem de pessoas com casa própria – mas,
também, para o consumo. Ora, a subida das taxas de
juro, ditadas parte pelo aumento da Euribor, parte
pela subida dos spreads, está a penalizar ainda mais
o orçamento das famílias que vão ver reduzido nos
próximos meses o respectivo rendimento disponível.
Nestas circunstâncias é de prever que as dificuldades
financeiras se acentuem se não se reverterem alguns
dos (maus) hábitos adquiridos no passado recente:
comprar sem critérios, por impulso, sem ter em contas
as necessidades objectivas. Mudar comportamentos
é urgente e necessário. Temos que inventariar todos
os gastos, registar todas as despesas, ajuizar se são
mesmos imprescindíveis. Tomamos dois cafés?
Cortamos num. Usamos o automóvel na deslocação
para o trabalho? Optamos pelo transporte público.
Adquirimos vestuário no início da estação? Compramos nos saldos. As sugestões podem multiplicar-se.
Competirá a cada um fazer uma avaliação e decidir
onde vai começar a poupar.
Este é o primeiro caminho para incrementar a poupança. Alguns dirão que é pouco mas uma maratona
começa por uma primeira passada.
Saber o que se gasta. Saber onde se vai cortar. Anotar todas as despesas. Poupar. Custe o que custar. Não
só por nós e pelos nossos, mas, também, por Portugal.
José Manuel Dias
Economista e Consultor Financeiro
Jmdias.consultorfi[email protected]
Fonte: Banco de Portugal
em tempo
07 setembro 2011
Coro da Cruz Vermelha comemora cinco anos
Concerto comemorativo realiza-se a 1 de Outubro na sede
da instituição aguedense
Fio dentário
Luís M.
O coro da CVP de Águeda em Loriga
Nova. O convite foi endereçado pelo
Cónego Armando Duarte e pelo amigo
Aníbal Sousa, pessoas que têm um carinho especial pelo coro da CVP.
ENCONTRO DE COROS
DA BAIRRADA
No dia 4 de Junho, realizou-se o XVI
Encontro de Coros da Bairrada, cuja
organização coube este ano à Delegação
de Águeda da CVP. O concerto teve lugar
no Cine-Teatro S. Pedro, e marcaram
presença nove coros bairradinos: Coro da
Cruz Vermelha de Águeda, Orfeão do Pa-
raíso Social de Aguada de Baixo, Orfeão
de Barrô, Orfeão da Associação Cultural
de Recardães, Orfeão Sol do Troviscal,
Orfeão de Bustos, Coral Caetanense
(Cantanhede), Grupo Coral de Oiã e o
Grupo Coral Espranjar de Fermentelos
(organizador da próxima edição de 2012).
Para fechar este ciclo de concertos
antes do período de férias, o coro da
CVP teve ainda a oportunidade de se
deslocar no dia 12 de Junho à vila de
Loriga (Serra da Estrela), terral natal do
maestro adjunto António Brito. O convite
foi endereçado pela Comissão de Festas
em Honra de Santo António 2011.
Câmara de Albergaria apresenta
plano de promoção da acessibilidade
Marco António Costa, secretário de Estado da Solidariedade e Segurança Social, vai marcar
presença na apresentação pública do Plano Sectorial de Promoção da Acessibilidade – Desporto
A cerimónia está marcada para esta
quinta-feira, dia 8 de Setembro, pelas
18 horas, no salão nobre dos Paços do
Município de Albergaria-a-Velha.
“O plano tem como objectivo construir
um território para todos e dar continuidade ao programa “Portugal mais Acessível” lançado pelo Governo Português,
em Lisboa, no dia 8 de Outubro de 2008”,
refere fonte municipal.
O Plano Sectorial de Promoção da Acessibilidade “é um plano estratégico que,
saúde oral
“Sei que os
médicos dentistas
são defensores da
utilização do fio dentário contudo sempre
que o uso as minhas
gengivas sangram
e é desconfortável.
É normal que isto
aconteça? Deverei
trocar de marca de
fio?”
O Coro da Delegação de Águeda da
Cruz Vermelha Portuguesa, comemorará
no próximo dia 1 de Outubro (sábado),
o seu 5.º Aniversário, realizando um
concerto na sede da instituição, pelas
21h30. Será partilhado com o Coral de
S. Pedro de Aradas (Aveiro) e o Grupo
de Cavaquinhos da Associação Cultural
de Mujães (Viana do Castelo).
Esta data tem um duplo significado,
pois para além de se tratar do Dia Mundial da Música, foi precisamente nesse
dia que o Coro há 5 anos se apresentou
ao público de Águeda, apadrinhado pelo
coro da sede nacional da CVP.
Já este ano, o coro da CVP/Águeda
deslocou-se a Penacova, no dia 30 de
Abril, para participar no encontro de
coros comemorativo do aniversário do
Coral Divo Canto. Para além dos dois
coros, marcou também presença o coro
misto da Lousã.
No dia 29 de Maio, deslocou-se uma
vez mais a Lisboa, à Basílica dos Mártires, em pleno Chiado, para participar
no Festival Mariano, juntamente com o
Grupo Coral Sol Nascente e Coro Audite
tendo por objectivo a melhoria da acessibilidade no município, desenvolve acções
de sensibilização, formação e participação,
envolvendo populações, associações e entidades locais de modo a inserir dinâmicas
municipais capazes de manter este desígnio
cívico de município inclusivo na agenda
de trabalho de toda a comunidade”. Este
programa, de natureza multidisciplinar,
aborda a temática do desporto estudando
a rede de espaço público, equipamentos
desportivos, dos transportes, do design,
AGNELO MARQUES DA SILVA
PSIQUIATRA
DOENÇAS NERVOSAS
CONSULTAS POR MARCAÇÃO, TODOS OS DIAS:
CONSULTÓRIO EM ÁGUEDA
RUA CELESTINO NETO, 17-1º M (FRENTE À CASA LINO COELHO)
TELEF.: 234 604 941 TLM.: 968 058 905
da comunicação e da infoacessibilidade
através do desenvolvimento de estudos especializados em matéria de acessibilidade,
de forma a criar um Plano Estratégico de
prioridades de intervenção.
Através de estudos serão detectados
os problemas existentes e apresentadas
as soluções e acções apropriadas para
dotar a cidade de condições próprias do
acesso universal. Apresentar-se-ão, também, soluções orçamentais e modelos de
execução das acções.
DOENÇAS OLHOS
Miguel Lourenço
MÉDICO OFTALMOLOGISTA
PELOS HOSPITAIS UNIVERSIDADE COIMBRA
CLÍNICA DE OIÃ - TELEF.: 234 721 140 E 234 729 450
Rua Fernando Caldeira
Escadas do Adro n.º 7
1º - 3750 Águeda
Telefone 234612040
Fax 234612049
LENTES CONTACTO, LASER e CIRURGIA
CONSULTÓRIO: PRAÇA DO MUNICÍPIO, 31 / FRACÇÃO M
MARCAÇÕES: 234 751 022 / 966 122 560
37
Joana
Gomes
médica dentista
O sangramento das gengivas é, normalmente,
indicativo da presença de uma determinada patologia oral. Gengivas sãs, por norma, não sangram. A
utilização do fio dentário é imprescindível para uma
correcta higiene oral, pois é o utensílio que melhor
permite a correcta limpeza entre os dentes prevenindo, assim, o desenvolvimento de cáries devido à
frequente retenção de alimentos nestas regiões.
O facto de sangrar sempre que usa o fio dentário
poderá ser sinal que a gengiva está inflamada devido
à presença de tártaro, constituído por bactérias e
restos de alimentos. Também a má utilização do fio
dentário poderá magoar a gengiva e levar ao sangramento da mesma, pelo que o conhecimento da técnica
para o seu uso é fundamental. Esta passa por cortar,
aproximadamente, 40cm de fio dentário e enrolar a
quase totalidade do fio no dedo médio de uma mão e
uma pequena porção no dedo médio da outra mão. À
medida que se vai usando o fio, enrola-se num dedo e
desenrola-se no outro. A introdução do fio no espaço
entre os dentes não deve ser forçada nem de uma vez
só, devendo-se efectuar movimentos horizontais de
deslizamento para cima e para baixo.
Convém ter atenção que se num determinado espaço inter-dentário sempre que usa o fio dentário este
se desfia, poderá significar presença de alguma cárie
ou restauração danificada, devendo alertar o médico
dentista.
Relativamente às marcas e aos tipos de fios dentários existentes no mercado, o importante será escolher
um com o qual se sinta confortável, que passe com
suavidade entre os dentes sem desfiar e com resistência ao rompimento.
Numa próxima consulta que tenha com o seu médico dentista, não perca a oportunidade de questionar
sobre o correcto uso do fio dentário.
Envie os seus comentários, dúvidas ou sugestões
de temas que gostaria de ver abordados nesta secção
para: [email protected]
38
em tempo
07 setembro 2011
Quinta-feira, 08
Propriedade de
Região de Águeda, Editora SA
Editor Região de Águeda Editora, SA
Sede: Rua Fernando Caldeira
Escadas do Adro, nº 7 – 1º - 3750 Águeda
ASSINATURA nacional: 19,00 euros
Europa: 35,00 euros
resto do mundo: 45,00 euros
CONSELHO
DE ADMINISTRAÇÃO
Presidente: Augusto de Almeida
Gonçalves (26,66% do Capital Social)
Administradores: Rui de Almeida Bastos e Elser Oliveira
ASSEMBLEIA GERAL
Presidente: D. Maria
Luísa Grácio Bexiga Nunes
Roque (16,67% do Capital Social)
Vogais: Hernâni da Silva Alves
(13,33% do Capital Social) e Aurelino Almeida Oliveira
CONSELHO FISCAL
Presidente: Carlos Augusto Correia
Gonçalves Vogal: Jorge Miranda
da Conceição Vogal ROC: Santos
Carvalho, Silva Costa & Associados,
SROC número setenta e um, representada por António Augusto dos
Santos Carvalho Vogal suplente:
Arlindo Pinto Ferreira Vogal
suplente ROC: Armando Luís
Vieira de Magalhães, ROC número
seiscentos e setenta e seis
DIRECÇÃO
Director: Rui de Almeida
Bastos Director-adjunto:
Augusto Semedo (Carteira
Profissional n.º 2666)
REDACÇÃO
Redactores: Isabel Gomes
Moreira (Carteira Profissional
n.º 4787)
COLABORADORES
Correspondentes: António
Vinhas e José M. Alho
(Albergaria-a-Velha), Ricardo
Amaral e Joaquim Miguel Almeida (Aguada de Cima), Manuel
Silvério e Henrique Ferreira
(Águeda), Ivo Domingues (Belazaima do Chão), Paula Antunes
(Castanheira do Vouga), José
Américo, Manuel Ferreira e João
Coelho (Espinhel), Ângelo Nolasco (Fermentelos), Filipe Correia
(Macinhata do Vouga), Carla
Tavares (Ois da Ribeira), Nuno
Rebelo (Préstimo), António Afonso (Talhadas), Helena Nogueira
(Travassô), Alexandra Castro
(Trofa), Filipe Vidal (Valongo
do Vouga)
SERVIÇOS ADMINISTRATIVOS
Saudade Fernandes,
Fátima Estimado e Susana Guedes
PAGINAÇÃO: António Cândido,
Manuel Umbelino e Vítor Teixeira
CONTACTOS
Telefone 234612040
Fax 234612049
Correio electrónico
[email protected]
[email protected]
[email protected]
PROPRIEDADE
Região de Águeda, Editora S.A.,
matriculada na Conservatória
Comercial de Águeda com o nº 2 303,
de 8 de Outubro de 1998.
Capital social – 75.000 Euros
Contribuinte nº 504241508
Depósito legal n.º 159532/00
Registo no ICS n.º 122332
Tiragem desta edição: 14.500
Sede, Redacção e Administração:
Rua Fernando Caldeira - Escadas
do Adro, nº 7 – 1º - 3750 Águeda
IMPRESSÃO: GRÁFICA NAVEPRINTER, SA
MAIA
Telef.: 229 441 492
ANO XIII  I SÉRIE  Nº 672
1645-1708
Sábado, 10
Sexta-feira, 09
Domingo, 11
Euromilhões
12 - 26 - 37 - 38 - 44 4
MÁX: 26º - MIN: 16 º
MÁX: 30º - MIN: 17º
MÁX: 28º - MIN: 16º
MÁX: 27º - MIN: 15º
INFORMAÇÃO: INSTITUTO DE METEOROLOGIA, IP PORTUGAL
w
w
w
.
r
e
g
i
a
o
d
e
a
g
u
e
d
a
.
c
o
m
assinatura anual - 19 euros (nacional) . 35 euros (europa). 45 euros (resto do mundo)
[email protected] | [email protected] | [email protected]
AGENDA
Realizam-se no próximo sábado, dia 10 de Setembro, as inscrições e renovações para o ano escutista
2011/2012 no Agrupamento 141 de Santa Eulália de
Águeda. Para o efeito, estará uma equipa de dirigentes
disponível no Cartório Paroquial (Edifício da Junta de
Freguesia) entre as 9h e as 13h.
Está já agendado o arranque da catequese paroquial para
o próximo ano bem como as reuniões obrigatórias para
os pais, que reunirão pais, filhos, catequistas e animadores.
Assim, para o primeiro ano a reunião está marcada para o
dia 27 de Setembro, às 21h30; para o segundo ano realiza-se no dia 28 de Setembro, às 21h30; a reunião do terceiro
ano está marcada para 12 de Outubro, às 18 horas, para o
quarto ano no dia 14 de Outubro, às 18 horas; para os 5º e
6º anos decorre a 10 de Outubro, às 18 horas; do sétimo ao
nono ano a reunião está marcada para 15 de Outubro, às
9h30 e do 10º ao 12º tem lugar a 15 de Outubro, às 10h30.
Todos os encontros se realizam no CEFAS.
Apresentação de programa
da acessibilidade em Albergaria
Vai ser apresentado publicamente na quinta-feira, dia
8 de Setembro, o programa sectorial de promoção da
acessibilidade de Albergaria-a-Velha, no salão nobre dos
paços do município, a partir das 18 horas. Na oportunidade, serão dadas a conhecer as principais linhas
orientadoras deste programa.
Corrida de rolamentos na Branca
O Clube Desportivo da Branca promove, no dia 18
de Setembro, a partir das 14 horas, uma prova de corridas de rolamentos. Com início na Espinheira, o percurso irá levar os condutores até à Avenida Nova. Na meta
haverá animação e a entrega de troféus.
A AlbergAR-TE promove o encontro cultural de
artistas / artesãos – fazedores de arte “Dos modos
nascem coisas”, no dia 23 de Setembro, a partir das 18
No âmbito de uma parceria entre a Câmara Municipal, a Orquestra Filarmonia das Beiras e o Conservatório de Música da Jobra, dois finalistas do curso profissional de instrumentista de sopro e percussão – Tércio
Silva (flauta) e Ricardo Pinho (clarinete) – vão tocar em
concerto alusivo ao dia mundial da música, no dia 24 de
Setembro (sábado), a partir das 21h30. O Clube de Albergaria e a Câmara Municipal de Albergaria promovem
a primeira caminhada realizada no recém-requalificado
percurso do caminho de Santiago, no dia 25 de Setembro (domingo). A concentração tem lugar junto à sede
do clube, às 9 horas. Partindo de Serém, os participantes
vão percorrer 10 km da rota sinalizada, sendo o destino
o Monte da Senhora do Socorro, onde será organizado
um momento de convívio. As inscrições são limitadas e
decorrem até ao dia 21 de Setembro.
Fashion Weekend em Aveiro
O Museu de Santa Joana em Aveiro acolhe, durantes
os dias 16 e 17 de Setembro (Sexta e Sábado), a primeira Fashion Weekend Portuguesa (Fim-de-semana da
moda), durante a qual serão apresentadas as colecções
Inverno 2011 de criadores nacionais e internacionais,
com a participação de manequins da Best Models, Central Models e Glam.
Feira das Velharias
na Praça do Município em Águeda
No próximo domingo, dia 11 de Setembro, decorre
na Praça do Município, em Águeda, a Feira das Velharias, durante todo o dia. Os visitantes vão também
poder apreciar uma mostra de artesanato e a animação
da Associação Sol Nascente, com o grupo Sol&Bombos
e Dança e ginástica artística.
sudoku
MÉDIO
Colocar os
números
de 1 a 9,
sendo a
soma dos
números
dentro do
picotado
igual ao
número
que se
encontra
na parte
superior
esquerda
do mesmo.
16 - 19 - 20 - 22 - 31 + 6
(Sorteio de sábado)
Joker
2.536.849
Harry Potter e os
Talismãs da Morte
– Parte 2 (3D)
Concerto com a Orquestra
Filarmonia das Beiras
Arranque da catequese em Águeda
Encontro cultural de artistas em Albergaria
Totoloto
cinema
horas, na Quinta do Jogo, em Albergaria-a-Velha. Ao
longo do fim de semana, vai haver diversas oficinas
(tecelagem, fiação, feltro, pintura em seda, patchwork,
porcelana, desenho, máscaras e percussões), exposição
de artes e artesanato contemporâneo, tertúlias, música e
um mercadinho de artes.
Inscrições nos escuteiros
7
(Sorteio de sexta-feira)
DIFÍCIL
REALIZAÇÃO: David Yates
INTÉRPRETES:
Alanickman,Bonnie
Wright,Daniel Radcliffe,Emma
Thompson,Emma
Watson,Gary Oldman,Helena
Bonham Carter,Jason
Isaacs,Maggie Smith,Michael
Gambon,Michelle Fairley,Ralph
Fiennes,Rupert Grint,Tom
Felton
GÉNERO: 3D, Ação/Aventura
Duração: 2h10m
A derradeira batalha entre
o Bem e o Mal está prestes
a começar. Os riscos nunca
estiveram tão altos e nenhum
sítio é seguro o suficiente.
Harry Potter e Lord Voldemort
ultimam os pormenores do seu
derradeiro confronto que vai
envolver centenas de feiticeiros e que acarretará inúmeras
baixas e vários sacrifícios.
CINE S. PEDRO
Dias: 09 e 10 (21h45)
SOLUÇÕES DO SUDOKU
MÉDIO
DIFÍCIL
Adquira até 24 semanas
de férias num prazo máximo
de 20 anos em mais
de 6500 hóteis no mundo
apenas por 7990.00€
ou 60 mensalidades
173.00€ mensais e
ganhe uma viagem
para 2 pessoas
(avião + hotel) ao Brasil

Documentos relacionados