Contemplação

Сomentários

Transcrição

Contemplação
Especial
Contemplação
EDIÇÃO N˚ 2 - 2014
1
A contemplação é um estado meditativo onde corpo e mente se encontram no ato de observação da natureza, da beleza de uma paisagem, da harmoniosa combinação de cores e formas que uma obra
de arte traz. Ligada ao belo, ao sublime e muitas vezes também à espiritualidade, a contemplação eleva o estado de espírito nos guiando
a um outro estado – mais sereno e calmo, diferente daquele em que
costumamos estar nas nossas conturbadas vidas contemporâneas. A
natureza é fonte inesgotável de beleza, e a beleza pressupõe e mantém a mente em serena contemplação.
Na edição n˚ 2 da revista Photoarts escolhemos trazer para você uma
seleção de fotografias contemplativas, imagens onde os artistas conseguiram capturar em uma única cena aquela sensação de encantamento
ao nos depararmos com uma bela paisagem. Nos propomos a oferecer
um momento de respiro, de tranquilidade e de paz através das belíssimas imagens que você pode encontrar no nosso catálogo.
“A arte é a contemplação; é o prazer do espírito que penetra a
natureza e descobre que a natureza também tem alma.”
- Auguste Rodin
No final da revista também apresentamos novos fotógrafos que entraram para nossa equipe.
Descubra!
WEERAPONG CHAIPUCK
O primeiro fotógrafo que selecionamos para fazer parte desta
edição só poderia ser o tailandês Weerapong Chaipuck, que entrou para nossa galeria em setembro de 2013. Weerapong foi
sucesso absoluto entre o público que passou pela nossa primeira
exposição no Shopping Market Place durante o final de 2013 e
começo de 2014.
Residente em Bangkok, Tailândia, Weerapong já experimentou
vários momentos inesquecíveis durante suas viagens. Conheceu
todo tipo de pessoa em cada país que visitou, principalmente
as de bom coração. E essa conexão com os povoados, aldeias e
seus moradores é muito bem retratada em suas lindas fotografias, não só em suas paisagens de tirar o fôlego, mas também as
que registram o dia-a-dia das famílias.
IMAGERY II: VICISSITUDES OF LIFE - disponível em 40x55, 60x80, 90x122
BROMO BEFORE SUNRISE - disponível nos tamanhos 30x42, 40x56 e 60x85 cm
A obra Imagery II Vicissitude of Life foi tirada na região do Vulcão
Gunung Merapi, em português, Montanha de Fogo, na Ilha de
Java na Indonésia. Se você visitar na hora certa, poderá ver um
nevoeiro circundante e outros vulcões adicionais à vista. Este é
um exemplo para se perceber o estilo e tratamento que Weerapong gosta de dar às suas fotografias: sua edição final dá um
certo surrealismo à suas imagens, mas na verdade o artista usa
apenas um filtro ND e um tratamento de cores para dar esta misteriosa sensação.
Realizamos uma curta entrevista com o artista que fala um pouco
da sua opinião sobre o tema “contemplação” e como este dialoga com sua produção.
Photoarts: Como você vê a questão da contemplação nas suas
imagens?
Weerapong: Eu não sei, eu apenas acabo expressando isso. Mas
penso que não devo induzir a leitura de minha obra, são os espectadores que a interpretam. Mas de fato penso que a natureza
por si só é um estado de contemplação e meditação, eu ape-
4
5
ZOLTAN BEKEFY
nas expresso isso no meu trabalho, mas cada um interpreta as
minhas fotografias livremente.
De que forma as paisagens por onde passa te inspiram?
Pelo simples e incrível poder ilimitado da mãe natureza.
Suas fotografias retratam muito um estilo de vida ligado a
tradição oriental. Existe uma vontade de preservar essas
tradições por meio de suas imagens?
Exatamente! Eu gostaria de compartilhar com o mundo como
a vida das culturas tradicionais são belas e sinto que através da
fotografia posso fazê-lo. Assim ajudo a preservar e a valorizar
todas as culturas orientais e culturais ímpares deste mundo.
THE LAST FISHERMAN - disponívem em 30x40, 40x50, 60x80 e 90x110
LOFOTEN ISLANDS - acabamento em metacrilato :
Z
30x30 - R$180,00
40x40 - R$320,00
60x60 - R$720,00
oltan Bekefy é um dos mais recentes artistas da Photoarts Gallery. Encontramos suas obras nessas incansáveis procuras por tesouros da fotografia contemporânea. Zoltan nasceu na Eslováquia e atualmente vive na
Irlanda. Tornou-se fotógrafo digital há cerca de dez anos, desde
2005, o que acabou não sendo apenas uma profissão, mas um
momento decisivo em sua perspectiva pessoal. Desde então ele
vem vigorosamente investigando as diversas faces da natureza,
em qualquer lugar, na tentativa de assegurar momentos especiais na imagem, congelando o que ele vê no status atemporal
da arte. Ele concentra a maior parte de seu talento criativo em
paisagens e fotografias de arte, com imagens impressionantes
da natureza. Seu objetivo é se tornar apto a passar através da fotografia a beleza da natureza que nos rodeia, e valorizá-la através
de suas imagens.
6
7
MAURICIO NAHAS
Bekefy tira fotos de paisagem e natureza porque em suas palavras, ele achou ser “mais compelido, misterioso e esmagador do
que qualquer expressão facial. Um de meus modelos preferidos
é o oceano. Eu aproveito a solidão quando estou fotografando
o litoral. Eu me sinto profundamente concentrado, mas ao mesmo tempo profundamente relaxado.“
Bekefy é confessadamente um viajante viciado, o que complementa sua paixão pela fotografia. Quando não está na estrada,
ele brinca muito na cozinha como um chef. Seu outro interesse é
por gastronomia e música. “Eu sou um fotografo de paisagem,
um fanático viajante e o tipo de pessoa que se define como
uma “garrafa meio cheia”.
SEM TÍTULO I - no acabamento em metacrilato:
IRLANDSCAPES III e CLIFFS OF MOHER
acabamento em metacrilato:
30x30 - R$180,00
40x40 - R$320,00
60x60 - R$720,00
30x45 - R$270,00
40x60 - R$480,00
60x90 - R$1080,00
M
aurício Nahas, trabalhou como fotógrafo no Estúdio da
Editora Abril em 1985 e em 1995 abriu seu próprio estúdio. Trabalha para as mais importantes agências de
publicidade do país. Ganhou 2 leões de prata e 1 leão de bronze
em Cannes. Ficou em 2˚ lugar no prêmio Conrado Wessel de
Fotografia no ano de 2002 e em 1˚ Lugar no ano de 2006. Sua
primeira exposição foi em 2005 “Era uma vez em Havanna”, em
2007 “Cosmos – Três olhares sobre a Rússia” e em 2011 ”China”
encerrando a Trilogia Vermelha. Todas deram origem a livros.
Essa sua paisagem chama a atenção dos olhos, pela surrealidade e sutilidade do conjunto de elementos da imagem, revelando-se comtemplativa.
8
9
HANSON MAO
MARCELO SACCO
E
ntre fotógrafos novos e antigos aqui vai a continuação da
seleção de paisagens contemplativas - e até reflexivas.
Marcelo Sacco é brasileiro e tem produzido nos últimos
quatro anos imagens que registram suas viagens, às vezes a trabalho, às vezes não. Seu olho atento sempre se interessa por dois
principais e contraditórios temas: a aglomeração das cidades, seu
caos e sua poética visual arquitetônica, e Os sertões, no seu verdadeiro sentido de ausência da presença humana, independente
dos fatores geográficos. O desenho das paisagens sem, ou quase
sem, interferência do fazer humano. Por um tema ou pelo outro,
as imagens são sempre um exercício em separar e filtrar aqueles
elementos gráficos que mais nos impactam, e organizá-los visualmente para tentar transmitir para outras pessoas o que de fato
nos encanta. “Manter o encantamento por pisar neste planeta,
acredito ser essa a busca da fotografia” diz o artista.
TEMPESTADE NO SALAR - disponível em 30x45, 40x60, 60x90 e 90x135cm
TWO ISLETS
acabamento em metacrilato:
30x45 - R$270,00
40x60 - R$480,00
60x90 - R$1080,00
A
ssim como as imagens de Weerapong, Hanson Mao
(Mao Yuan-Ting) consegue traduzir um pouco de sua
cultura nas suas fotografias. O artista nasceu em 1980 na
Ilha de Taiwan, na China, e viveu cercado pela natureza exuberante do local durante toda a sua infância. Mao se formou em Artes da Comunicação e graças ao enorme crescimento da fotografia digital e sua paixão por viagens, seu hobby se tornou grande
parte de sua vida. Para ele, fotografar não é apenas algo que faz
o tempo todo, mas também a maneira de definir o seu mundo
ideal. Muitas de suas fotografias foram tiradas na própria Ilha de
Taiwan, onde ele capta cenas espetaculares e encantadoras.
“Two Islets” foi tirada em 2009 num lugar bastante popular na
parte norte da costa de Taiwan. As duas ilhotas Candlestick costumavam ser parte de Jinshan Cabe mas foram separadas devido
aos movimentos de placas tectônicas, transformando-se em um
arco de pedra isolado da ilha. Mais tarde, o topo do arco caiu
dando a atual forma de dois pilares verticais ao conjunto, inicialmente chamado de “Marido e Mulher Rocks” pela população
local. Mais tarde, por causa de sua semelhança com a forma de
castiçais, eles foram renomeados de “Ilhotas Gêmeas Candlestick” a forma geográfica mais famosa de Jinshan.
10
11
ALE RODRIGUES
ADRIANO GAMBARINI
PIER TAITIANO - disponível em 30x45, 40x60 e 60x90cm
PAISAGEM SEM TÍTULO - disponível em 30x45, 40x60, 60x90 cm
A
imagem “Paisagem Sem Título” de Adriano Gambarini é
um belo exemplo de imagem contemplativa. Sua composição e seus suaves tons de cinzas, brancos e cremes
fazem com que o olhar descanse e pouse no único elemento de
cores mais vivas da imagem, uma pequena moita rodeada por
água, uma paisagem que traz a sensação de paz, tranquilidade e
serenidade. Adriano viveu a infância na estrada com a família, seu
primeiro acampamento foi com apenas 1 ano de idade. Começou
a se interessar por fotografia durante essas viagens, registrando
os lugares por meio de fotos e de um diário de bordo.
Graduado em Geologia, a fotografia o acompanhava durante
trabalhos de campo, e acabou se apaixonando por cavernas, essas que foram responsáveis por seus estudos sobre a luz e sombra. No início não havia a pretensão de se tornar um fotógrafo
profissional, mas quando se deu conta já tinha mais de dez anos
de experiência na área. Participou de sete grandes projetos de
livros, foi editor fotográfico de guias de turismo e atualmente é
fotógrafo da National Geographic Brasil.
12
A
inda que nem todas as suas obras tragam o standard
contemplativo, o novo fotógrafo da Photoarts Gallery,
Ale Rodrigues tem belíssimas imagens da natureza, principalmente ligadas ao surf e praias. Nascido em São Paulo em
1978, descobriu sua paixão por fotografia aos 26 anos iniciando a carreira com filme em uma câmera Yashica, um presente
de seu pai. Seu estilo “em busca da profundidade” levou-o a
especializar-se em paisagens naturais, céus, paisagens de cidade, natureza, surf, ondas e fotografia submersa. Sua arte
transparece o desejo de
mostrar o quanto a natureza é importante para
as pessoas. Em seu tempo livre seu hobby é surfar
com pranchinha e Alaia.
ONDA DE SALTBURN
acabamento em metacrilato:
30x45 - R$270,00
40x60 - R$480,00
60x90 - R$1080,00
13
VITALI KURETS
V
iajando para uma outra esfera da fotografia, convidamos
você a conhecer um pouco do trabalho do fotógrafo Vitali
Kurets, também novato em nossa equipe. Diferentemente
de muitos fotógrafos que buscam na natureza a essência de sua
arte, o que o inspira e move é o contato com as pessoas. Suas
fotografias são em grande parte retratos, porém um pouco incomuns. O contemplativo em sua obra é o olhar de suas modelos.
O artista, nascido na cidade de Minsk, na Bielorússia, é conhecido por revelar através de suas imagens um universo de conto de
fadas e de fantasia. Suas fotografias retratam pessoas nos mais
diversos contextos, atribuindo-lhes alguns papéis e personagens
e suas obras acabam contando uma história, quase como cenas
de um filme. Além de seu atento olhar e criatividade para criar
situações que despertem um interesse estético, seu cuidado no
tratamento de cada foto é essencial para criar este universo.
CRUZ III
acabamento em
metacrilato:
30x45 - R$270,00
40x60 - R$480,00
60x90 - R$1080,00
RETRATO I
acabamento em
metacrilato:
30x30 - R$180,00
40x40 - R$320,00
60x60 - R$720,00
CRUZ III
acabamento em
metacrilato:
30x45 - R$270,00
40x60 - R$480,00
60x90 - R$1080,00
14
15
TONI FRISSEL
FASHION MODEL
UNDERWATER
acabamento em
metacrilato:
30x25 - R$150,00
40x33 - R$264,00
60x50 - R$600,00
A
ntoinette Frissel
Bacon foi uma
fotógrafa americana conhecida principalmente pelo seu trabalho
de moda e por seus registros da Segunda Guerra Mundial. Nascida em 1907 em Albuquerque, Novo México, Toni Frissel iniciou sua carreira como fotógrafa de moda para a revista Vogue em 1931 e ganhou notoriedade
por seus ousados editoriais de moda. Seus ensaios, até mesmo
os de vestidos de festa, foram respeitados devido às suas configurações ao ar livre, enfatizando o papel da mulher ativa na
sociedade.
Estas duas fotografias foram tiradas num tanque de golfinho no
parque Weeki Wachee em Marineland na Flórida, para um ensaio
da revista Harper’s Bazaar de dezembro de 1947. Em ambas as
imagens, a fotógrafa soube passar a sensação de leveza e feminilidade sem desvalorizar as peças escolhidas para o editorial de
moda.
16
WEEKI WACHEE SPRING - disponível em 30x30, 40x40, 60x60 cm
17
LUCAS ZIMMERMANN
O
mais novo artista da Photoarts também é o mais novo
de idade e experiência, mas não é o que Lucas demonstra em sua série “Traffic Lights”. Nascido em 1992 em
Karlsruhe na Alemanha, o jovem fotógrafo começou a clicar com
16 anos de idade sob a influência de sua namorada da época.
Logo após terminar o ginásio, Lucas teve a oportunidade de viajar os EUA de ponta a ponta com o seu pai, onde se dedicou a fotografar todos os momentos da viagem. Ao retornar à Alemanha,
conseguiu um importante estágio de 6 meses na China, lugar
que lhe foi muito inspirador. Atualmente Lucas vive em Weimar
onde grande parte de suas fotografias são tiradas, em parceria
com sua namorada Maria Le Quang, que formam o coletivo Luma
Criações Visuais. Autoditada, ele garante não trabalhar com conceitos ou ter um projeto de fotografia antes de fato encontrar seu
objeto de estudo.
Em “Traffic Lights” Lucas se dedicou durante horas para conseguir captar o melhor momento e os diferentes jogos de luzes de
um semáforo em Weimer. Em um estado contemplativo, o jovem
fotógrafo teve que pensar em todas as variáveis para que este
resultado final fosse possível: a passagem de carros, a névoa e a
velocidade de abertura, cálculo extremamente importante para
que a definição destes fachos de luz ficassem bastante definidos.
TRAFFIC LIGHTS PANORÂMICA - disponível em 30x90 e 40x115
Main office: Rua Monet, 731 - Granja Viana
www.photoarts.com.br
11 4612 6019
@photoartsgallery
18
/photoartsbrasil
[email protected]
20