Filme de Arquivo – vídeo e internet

Сomentários

Transcrição

Filme de Arquivo – vídeo e internet
Artes Visuais | Cultura Digital | Internet
FILME DE ARQUIVO – VÍDEO E INTERNET
Orientação : Denise Agassi
Curso teórico e prático sobre audiovisual criado a partir de arquivos pessoais e
online. Procedimentos relacionados a apropriação e articulação de informações
estabelecendo um processo de criação com fotografias, vídeo, texto e áudios
que foram depositadas nos bancos de dados online e são reorganizados por
meio de palavras-chaves (tags), gerando um audiovisual online, em tempo real.
Os trabalhos são realizados através da Plataforma Net Arte criada pela artista
Denise Agassi, em 2013. Disponível em http://plataforma.midiamagia.net/
Filme de arquivo realizado na Plataforma Net Arte
OBJETIVO
O objetivo é introduzir os participantes à uma reflexão sobre as estruturas e
fluxos que compõem as redes de comunicação e os bancos de dados online a
partir das formas de indexação atuais, com a perspectiva de dar sentido as
imagens que circulam no mundo marcado pelo excesso de informações.
- apresentar a produção audiovisual no contexto histórico e contemporâneo,
nacional e internacional;
- analisar questões relacionadas a ato da colecionar, organizar, categorizar,
contextualizar e preservar o conhecimento do mundo;
- abordar diversas técnicas de edição utilizadas no cinema, na vídeoarte e na net
arte, apresentando as características e particularidades de cada linguagem;
- evidenciar processos de co-criação e circulação das informações na rede,
relacionando com a segunda geração da web e da net arte.
- proporcionar um espaço de troca e reflexão sobre procedimentos relacionados
a criação audiovisual partir de arquivos analógicos e digitais, online e offline;
- perceber a multiplicidade de pontos de vistas, qualidades de imagens,
procedimentos técnicos e outras questões que possibilitam um aprendizado
através da resignificação dos fragmentos de dados.
JUSTIFICATIVA
O fato de retomar as imagens dos arquivos online e dotá-las de significação
contribui para identificarmos condições potencias das imagens que não eram
visíveis no contexto da captação. O historiador francês G.Didi-Huberman defini
“imagem-arquivo” como uma imagem indecifrável e sem sentido enquanto não
for trabalhada na montagem, antes de ser colocadas em relação com outros
elementos – outras imagens e temporalidades, outros textos e depoimentos.
Este procedimento é semelhante à colagem e os chamados filmes de bancos de
dados que remota aos anos 20, com Dziga Vertov, e desde então, vem se
renovando constantemente, através dos bancos de dados da internet e das
possibilidades de interação com as sequencias de audiovisuais.
No contexto da net arte, a articulação dos bancos de dados se estruturam a partir
de algorítimos baseados em palavras-chave e outros parâmetros de
programação pré-estabelecidos pelo artista. Como é o caso do Web
paisagem0 (2002), de Giselle Beiguelman, Marcus Bastos e Rafael Marchetti.
Esta obra possibilita a produção de visões do Nordeste brasileiro a partir da
mixagem de áudio, imagens e textos de seu banco de dados. As edições podem
ser feitas online e posteriormente são enviadas por e-mail e acrescentadas ao
banco, num processo de criação coletiva de imagens multimídia sobre a região –
tratada não como identidade geográfica, mas como princípio de uma cultura de
reciclagem”.
METODOLOGIA
Oficina teórica e prática tendo como recursos didáticos a apresentação de sites
interativos, vídeos e publicações a partir e fontes bibliográficas relevantes. O
conteúdo abordado é enviado para o aluno por email e/ou distribuído via
pendrive durante as aulas (PDF com os links e referências bibliográficas do
curso). Orientação durante a criação artística na Plataforma Net Arte
http://plataforma.midiamagia.net/, tanto no que se refere ao uso da ferramenta,
quanto às questões conceituais do trabalho. Apresentação das net arte entre os
participantes e discussão sobre as forma de compartilhamento e apresentações
em exposições de arte. Criação de post no blog www.midiamagia.net/blog com
os trabalhos realizados durante a oficina.
CONTEÚDO PROGRAMÁTICO
Aula 1 - Cinema e vídeoarte. Aula teórica. Referências artísticas. Dziga Vertov,
Jonas Mehas, Orson Welles. Godard. Eder Santos, Lucas Bambozzi.
Aula 2 – Estética dos bancos de dados. Referências artísticas: Christian Marclay,
Natalie Bookchin, Marcelo Masagão, Marcelo Pedroso.
Aula 3 – Net arte. Bancos de dados online e plataformas da web 2.0. Teórica e
prática: fotografia, vídeo, áudio e texto. Referências artísticas: Olia Lialina, Vuk
Cosik, Lucas Bambozzi, Denise Agassi, entre outros. Apresentação da
Plataforma Net Arte. Definição do tema e orientação do trabalho prático.
Aula 4 - Aula prática – Desenvolvimento e apresentação do trabalho realizado na
Plataforma Net Arte.
PÚBLICO-ALVO
Estudantes, professores, artistas e programadores. A partir de 16 anos.
CARGA HORÁRIA
4 aulas / 3 horas, total 12 horas.
EQUIPAMENTOS NECESSÁRIOS
Computador, projetor, caixas de som e internet.
CONTATO
[email protected]
Denise Agassi | São Paulo. Artista visual e pesquisadora. Mestre pela FASM e
bacharel FAAP. Em sua pesquisa artística, manipula arquivos online explorando
formas de representação coletiva e investigando processos de construção de
memória a partir das relações em rede. Participa de exposições, grupos de
pesquisa e residências artísticas nacionais e internacionais. Entre os principais
prêmios e exposições estão: Exposição Multitude, no Sesc Pompeia; Proac Artes
Visuais; Prêmio Mídias Locativas no Festival Vivo Arte.mov; Residência Can
Xalant, (Espanha); Programa de Residência Artística do MIS; Galeria Expandida,
na Luciana Brito Galeria; Centro Cultural São Paulo, etc. midiamagia.net

Documentos relacionados

Portfolio 2009-2014 De(nise) AGÀSSI

Portfolio 2009-2014 De(nise) AGÀSSI endereço: Rua Álvaro de Abreu, 176 bl3 apto 22, São Paulo-SP, 02039-000 telefone comercial: (11) 2387 1025 / Celular: (11) 992 77 0010

Leia mais

portfolio port-eng denise agassi 2015-2009

portfolio port-eng denise agassi 2015-2009 image distribution exploring forms of collective representation, files and memories from the network relations. My artistic processes are related to appropriation and recontextualization images sha...

Leia mais