NEWSLETTER N.º 15 Janeiro-Fevereiro

Сomentários

Transcrição

NEWSLETTER N.º 15 Janeiro-Fevereiro
NEWSLETTER N.º 15 Janeiro-Fevereiro-Março 2016
Ecovisão em São Tomé e Príncipe
No âmbito do projeto “Bioenergia em São Tomé e Príncipe: Aproveitamento Energético de Biogás”, a Ecovisão promoveu a ação de formação “Tecnologias de Digestão
Anaeróbia”.
Esta ação teve por objetivo dotar os técnicos dos setores de ambiente, resíduos e energia de São Tomé dos conhecimentos teóricos do processo de digestão anaeróbia bem
como, das ferramentas necessárias ao acompanhamento da construção e instalação de digestores anaeróbios que terá início no corrente mês no âmbito do projeto em
curso. A formação teve lugar no Centro Cultural Português de São Tomé entre os dias 8 a 12 de Fevereiro e contou com a presença de 30 formandos.
Nos meses de Fevereiro e Março foram igualmente lançadas as primeiras pedras em cada uma das comunidades alvo do projeto: Mendes da Silva (24 Fevereiro), Novo
Destino (8 Março) e Santa Jenny (18 março). Estas cerimónias contaram com a presença do representante do Ministro das Infraestruturas, Recursos Naturais e Ambiente,
Loy Hengue, do representante da Direção Geral do Ambiente, Arlindo Carvalho, dos representantes da Embaixada de Portugal em São Tomé e Príncipe, Catarina Machado e
António Machado, da representante da Ecovisão, Débora Carneiro, dos respetivos Presidentes das Câmaras Distritais de Mé-Zochi e Lembá e ainda com a presença da
população local.
Para a Direção Geral do Ambiente, o projeto inovador, vai ter impacto importante na proteção do ambiente e na melhoria das condições de vida da população de Santa
Jenny «Vai ajudar a proteger o nosso parque natural e a biodiversidade em Santa Jenny. Vamos instalar esta unidade a vamos contra com a colaboração de toda a
comunidade. Vai melhorar a vida da comunidade», sublinhou Arlindo Carvalho, Diretor Geral do Ambiente.
Após o lançamento das primeiras pedras foi iniciado, com o apoio das comunidades onde o projeto se desenvolve, o trabalho para construção e instalação dos cinco
digestores anaeróbios prevendo-se que este esteja concluído até ao final do mês de Abril.
O projeto Bio&Energy, orçado em cerca de 700 mil euros, visa a aplicação do processo de digestão anaeróbia ao tratamento dos resíduos orgânicos produzidos pelos
agregados familiares com vista ao aproveitamento em pequenos fogões adaptados, do biogás produzido. Em curso desde Dezembro de 2014, é financiado pelo Fundo
Português do Carbono contando com o apoio e acompanhamento técnico da execução do Camões – Instituto da Cooperação e da Língua, I.P. e da Agência Portuguesa de
Ambiente (www.bioandenergy.com).
Ecovisão em Angola – Estudos Ambientais
No sector dos Estudos Ambientais, a Ecovisão Angola iniciou o desenvolvimento para o cliente LSU, Limpeza e Saneamento Urbano, Lda., no decorrer do mês de Fevereiro,
um conjunto de Auditorias Ambientais para várias empresas do Grupo, nomeadamente, Jembas, Frial – Frio Industrial Angolano, Lda, Metalúrgica de Viana e Sangemetal.
Os projetos já se encontram em elaboração, perfazendo um total de 6 Auditorias, com o objetivo de obtenção de Licença Ambiental e localizam-se na zona Industrial de
Viana (LSU, Frial, MV, JembasII), Luanda (Jembas I) e Soyo (Sangemetal). Este trabalho é fruto do reconhecimento da Ecovisão Angola, por parte do Ministério do Ambiente,
que por esse motivo sugeriu os nossos trabalhos ao Cliente em causa.
Ecovisão - Laboratório de Ruído Ambiental
Em Janeiro foram adjudicados à Ecovisão dois novos trabalhos associados à Fábrica da Papeleira Portuguesa, em S. Paio de Oleiros.
Foi assim desenvolvido um estudo de caracterização de ruído da instalação, compreendendo medições de ruído ambiental, realizadas pelo laboratório acreditado da Ecovisão,
e um estudo de modelação acústica da operação, com vista a estimar o ruído particular da instalação existente.
A Ecovisão participou ainda no Estudo de Impacte Ambiental do projeto de otimização da instalação, com o desenvolvimento dos descritores de Ecologia e Ruído Ambiental.
Estes trabalhos consolidam a experiência da empresa no setor do papel e cartão, tratando-se já do sexto projeto, em Portugal, em que participa em Estudos de Impacte
Ambiental para a construção ou ampliação de unidades industriais deste setor.
Ecovisão em Cabo Verde
Foi aprovado em Conselho de Ministros do executivo de Cabo Verde, no dia 2 de Março, sem qualquer restrição, o Plano Estratégico
Nacional de Prevenção e Gestão de Resíduos (PENGeR) do país, o qual foi posteriormente alvo de publicação através do Decreto-Lei n.º
32/2016.
Este documento, elaborado no âmbito do projeto “Roadmap dos Resíduos em Cabo Verde”, cuja entidade executante é o consórcio
Ecovisão/AdPI/TESE, liderado pela Ecovisão, encontra-se em execução desde Dezembro 2014, ao abrigo do programa FastStart e suportado
pelo Fundo Português de Carbono, com coordenação da Agência Portuguesa de Ambiente e do Camões – Instituto de Cooperação e da
Língua.
Este documento define a estratégia nacional de Cabo Verde para o setor dos resíduos no horizonte 2015 a 2030, suportando-se num
extenso trabalho de caracterização, também realizado pelo consórcio no âmbito deste projeto. O mesmo define um alargado programa de
atuação, revisão e monitorização, que visa a estruturação e operacionalização da gestão dos resíduos no país.
PORTUGAL
ANGOLA
MOÇAMBIQUE
Estrada do Seminário, 4
Alfragide 2610 - 171 AMADORA
Tel: +351 214 759 042
Fax: +351 218 597 543
[email protected]
www.ecovisao.pt
R. dos Ministros, Bairro do Kapango
Cidade Alta – Huambo ANGOLA
Tel/Fax: +244 241 223 273
Telm: +244 926231400
[email protected]
Avenida Kenneth Kaunda, nº 833
Bairro Sommershield
Maputo - MOÇAMBIQUE
Tel: +258 843 098 109
Tel: +258 214 839 39/40
[email protected]
Rua Monte dos Burgos,
470/492, 1.º Andar
4250 - 311 PORTO
Tel: +351 220 433 300
Fax: +351 220 433 348
Rua Garcia Neto, nº 67
Bairro de São Paulo – Luanda ANGOLA
Tel: +244 222432003
Telm: +244 222431873
[email protected]
Laboratório de Controlo da Qualidade
da Água e Segurança Alimentar
Estrada de Catete Km 20,
Viana - Angola
CABO VERDE
Edifício Elevo,
Rua Bilocas R/C, Palmarejo Grande
C.P. 859 Cidade da Praia, Cabo Verde
Tel: +238 261 11 73
Fax: +238 261 11 22
[email protected]
Ao abrigo do Decreto-Lei n.o 7/2004, de 7 de Janeiro, de regulação do tratamento automatizado de dados de carácter pessoal, o utilizador poderá cancelar os mesmos.
“O e-mail não poderá ser considerado SPAM quando incluir uma forma do recetor ser removido da lista”.
Se não desejar continuar a receber esta newsletter, responda ao presente e-mail, colocando no assunto “Remover”