Comité Olímpico Português - Fórum Olímpico de Portugal

Сomentários

Transcrição

Comité Olímpico Português - Fórum Olímpico de Portugal
Academia Olímpica de Portugal
XIX Sessão Anual - Almeirim
A Origem do Comité Olímpico de
Portugal
3 de Abril de 2006
Prof. João Marreiros
4 de Junho de 1992
Assembleia Plenária Extraordinária
São aprovados os novos Estatutos do C.O.P.
É alterado o nome
Comité Olímpico Português
Comité Olímpico de Portugal
CRIAÇÃO DO COMITÉ OLÍMPICO
PORTUGUÊS
26 de Outubro de 1909 ?
ou
30 de Abril de 1912 ?
http:www.comiteolimpicoportugal.pt/
Embora o Comité Olímpico Internacional tivesse um
seu representante para Portugal desde 1906 (Dr.
António de Lancastre), só a partir de 1909 se
constituiu o I Comité Olímpico Português.
Nasceu da Sociedade Promotora de Educação
Física Nacional e teve como Presidente o Dr.
Mauperrin Santos, anterior Presidente daquela
Sociedade.
http:www.comiteolimpicoportugal.pt/
O objectivo da constituição do I Comité Olímpico
Português foi o empenho da participação do nosso
País nos Jogos da V Olimpíada em Estocolmo, em
1912.
Com efeito, assim aconteceu e Portugal esteve
representado.
1912 – Jogos Olímpicos de Estocolmo
(Suécia)
Armando Cortesão (400 e 800 m)
Atletismo António Stromp (100 e 200 m)
Francisco Lázaro (Maratona)
(f. 15 de Julho de 1912)
Luta
Joaquim Vital (Meios médios)
Greco- António Pereira (Levíssimos)
Romana
Fernando Correia (Espada)
Esgrima
(Foi Chefe da Delegação)
De 5 de Maio a
22 de Julho de
1912
(Abertura oficial
em 6 de Julho)
Revista nº 185 “O Tiro Civil – 1 de Maio de 1900
Jogos Olímpicos de 1900 - Paris
(16 de Maio a 18 de Outubro)
(Dr. Orlando Azinhais)
C.I.O.
14 de Maio a 28 de Outubro
20 de Maio a 28 de Outubro
Revista nº 194 “O Tiro Civil - 15 de Setembro de 1900
Concurso Internacional de Espada
(14 de Maio a 1 de Junho 1900)
Inscritos:
Prof. António Pinto Martins (nº 81)
Amador Sebastião Herédia (nº 139)
“(…) Pena foi que tanto um como o outro ali não
comparecessem. (…)”
“Portanto nunca digam que os portugueses só
se inscreveram para os Jogos Olímpicos em
1912, como consta oficialmente e muita gente
nos induziu a todos em erro.”
(Dr. Orlando Azinhais)
2 de Dezembro de 1979  Sr. Fernando Machado
solicita ao C.I.O. informação sobra a criação do
Comité Olímpico Português
12 de Dezembro de 1979  C.I.O. informa que o
C.O.P. foi fundado em 26 de Outubro de 1909
(Ofício nº 7528)
Membros do Comité Internacional Olímpico
para Portugal
1906 - 1912
Dr. António de Lancastre
1912 - 1940
Conde de Penha Garcia
1946 - 1956
Dr. José Pontes
Dr. António de Lancastre
D. Carlos tornou-se atirador de prestígio
internacional. Em 1906, deslocou-se a Rambouillet
para disputar um conceituado Torneio de Tiro e foi
abordado por Pierre de Coubertin que lamentou o
facto de uma das mais antigas casas reais
europeias não ter sequer um representante no CIO.
O Rei prometeu resolver a questão e sem demoras
indicou D. António de Lencastre, médico da Real
Câmara.
http:www.comiteolimpicoportugal.pt/
1909-1912
Dr. Jaime Mauperrin Santos
1913-1918
COP não activo
1919-1923
Comdte. António Prestes Salgueiro
Presidentes do Comité Olímpico Português
(1977)
1909-1912
Dr. Jaime Mauperrin Santos
1912-1919
Comdte. Prestes Salgueiro
1920-1957
Dr. José Pontes
Diário do Govêrno
19 de Agosto de 1919
II Série – Número 192
MINISTÉRIO DA INSTRUÇÃO PÚBLICA
Decreto nomeando os cidadãos que hão-de
constituir o Comité Olímpico Português, cujos fins
e meios de acção serão fixados em proposta de lei
oportunamente apresentada ao Parlamento
Sob proposta do Ministério da Instrução Pública,
nomear os seguintes cidadãos para constituírem
gratuitamente o Comité Olímpico Português,
cujos fins e meios de acção serão fixados em
proposta de lei que oportunamente será
apresentada ao Parlamento
(p. 3068)
António Prestes Salgueiro
Francisco Duarte Júnior
Plácido Duro
Eliseu de Carvalho
Manuel Queiroz
César de Melo
Francisco José Nobre Guedes
Júlio Oliveira
António da Silva Martins
-----------------------------------------------------------------------------------------
Inspecção Geral de Sanidade Escolar
(Diário do Govêrno, de 19 de Agosto de 1919, II Série, número 192)
Livro
Portugal e o Olimpismo Moderno
Comité Internacional Olímpico
Comité Olímpico Português
e os
Jogos Olímpicos Modernos
Edição do Comité Olímpico Português
1942
Em 26 de Outubro de 1909 constituiu-se a
Sociedade Promotora de Educação Física
Nacional, que teve larga influência no
desenvolvimento da Educação Física
no país até ao ano de 1913.
Organizou com regularidade jogos de preparação
olímpica. (p.131)
Os primeiros Jogos Portugueses de Preparação
Olímpica (ao tempo impropriamente chamados Jogos
Olímpicos Nacionais) foram realizados de 25 de Maio a
29 de Julho de 1910
Em véspera da realização dos Jogos Olímpicos
Nacionais, sai o nº 1 da publicação periódica
semanal “OS SPORTS ILUSTRADOS” (11 de Junho
de 1910)
O Conde de Penha Garcia, Presidente da S.P.E.F.N.
“ousou” lançar os J.O. Nacionais que marcaram o
começo da história do Atletismo Português
Os segundos Jogos de Preparação efectivaram-se
em Maio e Junho de 1911
Os terceiros Jogos de Preparação, realizaram-se em
1912. Tiveram um sucesso financeiro que permitiu
subsidiar a equipa portuguesa que pela primeira
vez concorria aos Jogos Olímpicos (Estocolmo)
Admissão no C.I.O. dos C.N.O.
1894
1895
1896
1900
1905
1906
1907
1908
1909
1910
1911
1912
França, Grécia (2)
Austrália; E.U.A.; Hungria (5)
Chile (6)
(13 CNO)
Noruega (7)
(21 CNO)
Dinamarca; Grã-Bretanha (9)
Bélgica (10)
Canadá (11)
Luxemburgo (12)
(22 CNO)
PORTUGAL (13º)
República Árabe do Egipto (14)
Turquia; Nova Zelândia (16)
Áustria;Japão;Holanda;Suíça (20)(28 CNO)
Primeiros 16 anos com Jogos Olímpicos
1896 Atenas (Grécia)
1900 Paris (França)
1904 S. Luís (E.U.A.)
1908 Londres (Inglaterra)
1912 Estocolmo (Suécia)
1916 Berlim (Alemanha)  I Grande Guerra
Os Sports Illustrado de 4 de Maio de 1912
Na primeira página tem o seguinte título:
Constituiu-se o Comité Olímpico Nacional
Director e Proprietário
José Pontes
Nas linhas seguintes informava que a 30 de Abril,
no Centro Nacional de Esgrima, tinha sido
fundado o C.O.P. e eleitos os seus corpos
gerentes presididos pelo Dr. Mauperrin Santos
1º Comité Olympico Portuguez
(Os Sports Ilustrados 4 de Maio de 1912)
Presidente de Honra
- Conde de Penha Garcia
Presidente
- dr. Mauperrin Santos
Vice-presidentes
Seretário geral
Secretários
- dr. António de Lancastre
- Charles Bleck
- Manuel Egreja
- dr. José Pontes
- Annibal Pinheiro
- Armando Machado
- Duarte Rodrigues
1º Comité Olympico Portuguez
(Continuação)
Membros
- Alvaro Lacerda
- dr. Antonio Osorio
- Daniel Queiroz dos Santos
- Fernando Correia
- Guilherme Pinto Basto
- D. José Manuel da Cunha Menezes
- Pedro del Negro
- dr. Pinto de Miranda
- dr. Sá e Oliveira
Criação de Federações
4 de Dezembro de 1899
3 de Junho de 1914
14 de Março de 1914
24 de Fevereiro de 1916
Ciclismo
Boxe
Futebol
Tiro
(…) Temos esgrimistas, lutadores,
pedestrianistas, nadadores, atiradores e
cavaleiros (…)
(Os Sports Ilustrados de 20 de Abril de 1912)
Principais Clubes
30 / Abril / 1856
Associação Naval de Lisboa
18 / Março / 1875
Ginásio Clube Português
4 / Novembro / 1876
Clube Fluvial Portuense
2 / Maio / 1880
Ateneu Comercial de Lisboa
24 / Junho / 1893
Ginásio Clube Figueirense
8 / Dezembro / 1902 Clube Internacional de Futebol
28 / Fevereiro / 1904
Sport Lisboa e Benfica (*)
8 / Maio / 1906
Sporting Clube de Portugal
2 / Agosto / 1906
Futebol Clube do Porto
(*) - 13 de Setembro de 1908  Sport Lisboa + Grupo
Sport de Benfica
Sequeira Andrade
Diário de Notícias
14 de Julho de 1984 “Descrição dos factos que
rodearam a morte de
Francisco Lázaro”
Revista Atletismo
Agosto de 2003
“O Olimpismo português
sem… tesouros
escondidos”
Revista Atletismo
Maio de 2004
“1912 – A Fundação do
C.O.P.”
Até 1984  Aceitou-se passivamente que a
fundação do COP remontava a 26 / Outubro / 1909.
Embora indocumentalmente, “oficializou-se” essa
data, que em verdade respeitará à fundação da
Sociedade Promotora da Educação Física Nacional.
Aceitou-se essa data, face à inexistência de um
único papel de identidade nos arquivos do COP.
Acima de tudo aceitou-se essa data porque ninguém
se dera ao trabalho de averiguar os factos,
vasculhando pacientemente os jornais do tempo.
(Sequeira Andrade)
Orlando Azinhais
1990 III Sessão Anual da Academia Olímpica
Portuguesa
“História do Movimento Olímpico em
Portugal e do Comité Olímpico
Português”
1992 V Sessão Anual da Academia Olímpica
Portuguesa
“Portugal e os Jogos Olímpicos”
“O nosso Comité Olympico, de recente constituição,
contra o que seria de esperar, encontrou fartas
difficuldades a vencer para levar a cabo a sua
espinhosa e algo ingrata missão que a assembleia
magna de clubs lhe confiou.”
Tiro e Sport de 31 de Julho de 1912 (pp. 3-5)
Johanés Dalbanne, redactor de L’Educacion
Physique, de Paris, indicava que a melhor forma
de trabalho para receber o pedido dos atletas
portugueses para os Jogos de Stockolmo (1912),
seria a de organizar o Comité Olympico
Portuguez e este se encarregar da selecção da
equipe concorrente aos Jogos da 5ª Olympiada.
Tiro e Sport de 31 de Julho de 1912 (pp. 3-5)
Dalbanne dizia que o maior o mais intelligente
apostolo da educação physica, o barão de
Coubertin, presidente do Comité Olympico
Internacional, mostrava especial interesse em
vêr Portugal na lista de nações concorrentes
aos Jogos Olympicos e acrescentava que o
Comité Olympico Portuguez podia formar-se
d’aquelles que á causa do sport dedicavam o
seu mais intelligente esforço.
Tiro e Sport de 31 de Julho de 1912 (pp. 3-5)
Os srs. Manuel Egreja e José Pontes pensaram
entregar á Liga Sportiva de Trabalhos Athleticos
a incumbencia de organizar o Comité. Melhor
avisados, porém, e tendo fallado com o sr. dr.
Mauperrin Santos, presidente da prestimosa
Sociedade Promotora de Educação Physica,
concordaram em que o Comité devia ser eleito
em assembléa de clubs e jornalistas sportivos

Aproveitando-se para esse facto as reuniões
conjunctas de delegados de clubs, jornalistas e
directores da Sociedade Promotora, que teem
organisado e promovido os Jogos Olympicos
Nacionaes. Assim nomeado, o Comité obtinha
mais força. Vinha de eleição. Assim se fez.
E foram bem annunciadas as reuniões para a
eleição. Procedeu-se até com as maximas
cautelas.

N’uma d’essas reuniões conjunctas, e, como
dissémos, especialmente convocada, fallou-se
do assumpto; na reunião seguinte nomeou-se
uma commissão para indicar nomes á
assembléa; na terceira reunião é que foram
votados os nomes que formam o actual Comité,
e, diga-se de passagem, que a votação foi feita
por unanimidade e por acclamação, nome a
nome citado.

No final, ao lêr-se a lista em conjunto, os
delegados dos clubes, directores da Sociedade e
jornalistas tributaram uma ovação aos
escolhidos para o Comité. Iam trabalhar
alheados da política interna do sport, tornando
conhecidos os nossos athletas além fronteiras.
O Comité iniciou os seus trabalhos
immediatamente, participando ao Comité
Internacional, ao Comité Sueco e ao barão Pierre

de Coubertin a sua constituição, indicando-lhes
que ia começar a sua propaganda, tratando da
selecção dos athletas que nos deviam
representar em Stockolmo.
Dr. Orlando Azinhais mostrou na V Sessão
Anual (Lamego) um Relatório da Sociedade
Promotora de Educação Física Nacional,
onde mencionava que a constituição do COP
foi em 1912 e que a fundação da SPEFN é de
8 de Julho de 1909 e não 26 de Outubro de
1909.
Esta data é a da eleição da primeira Direcção
legal da Sociedade.
Carlos Cardoso
1996
Livro (Edição dos CTT)
“Os Jogos Olímpicos”
Jornal A Bola
13 de Junho de 2003
“Portugal
desconhecido no
Museu Olímpico”
Revista Atletismo
Setembro / Outubro 2003 “Para uma história do
Olimpismo com menos
erros”
O facto de o Dr. Mauperrin Santos ter sido escolhido
para presidente do COP e acumular o cargo com o
de presidente da Sociedade Promotora de
Educação Física levou a que, durante décadas, e na
ausência de documentação, fosse considerada
como data da fundação do COP a da fundação
daquela Sociedade, ou seja, 26 de Outubro de 1909.
Recentemente, perante os factos acima descritos, o
COP passou a considerar a data da sua fundação a
30 de Abril de 1912.
Membros do Comité
Internacional
Olímpico para
Portugal
1906
1912
1912
1940
1946
1956
Duque António de
Lencastre
Conde de Penha
Garcia
Dr. José Pontes
Presidentes do
Comité Olímpico
Português
1909
1912
1912
1919
1920
1957
Dr. Jaime Mauperrin
dos Santos
Comdte Prestes
Salgueiro
Dr. José Pontes
António Simões
3 de
Julho
de 1994
Jornal A Bola
“A Bola apresenta as provas do dia
da verdadeira fundação – COP
festeja aniversário em data errada”
João Marreiros
1988
1992
Livro, Jogos Olímpicos e
Olimpismo
Livro, Jogos Olímpicos e
Olimpismo
17 de Maio de 1996 Jornal Cidade de Tomar
“Comité Olímpico Português
/ Comité Olímpico de
Portugal”
Novembro de 2003 Revista Atletismo
“Qual a verdadeira data da
fundação do Comité
Olímpico Português?”
(…) Podemos até chegar à conclusão que naquele
tempo, primeiro o País de nome Portugal,
inscreveu-se (?) a 26 de Outubro de 1909, tendo
essa ideia surgido da primeira Direcção, eleita em
Assembleia Geral, da Sociedade Promotora de
Educação Física Nacional.
Só depois em 30 de Abril de 1912 foi constituído o
Comité Olímpico Português, tendo então nascido
(?) da Sociedade Promotora de Educação Física
Nacional. (…)
Victor Luís Eleutério
(Diário de Notícias de 31 de Dezembro de 2000)
No dia 30 de Abril de 1912 foi criado o Comité
Olímpico Português. A seu cargo ficava a pesada
responsabilidade de escolher os atletas que seriam
enviados à Suécia.
Monge da Silva
Janeiro de 2005 Livro “A Educação Physica no
Lyceu de Camões de 1913 a
1920”
“A Educação Physica no Lyceu de Camões de
1913 a 1920”
(David Monge da Silva)
Acta nº 5
O Reitor comunicou que o Lyceu foi convidado a
tomar parte num concurso de sports athleticos
promovido e organizado pelo Comité Olímpico
Portuguez
“A Educação Physica no Lyceu de Camões de
1913 a 1920”
(David Monge da Silva)
O C.O.P. foi criado em 30 de Abril de 1912 numa
reunião realizada no Centro Nacional de Esgrima e não
em 1909 como ainda é defendido oficialmente. O seu
primeiro Presidente foi o Dr. Jayme Mauperrin Santos,
Director da Escola Académica e da Sociedade
Promotora de Educação Física Nacional. Em 1919 era
dirigido pelo Comandante António Prestes Salgueiro.
A Sociedade Promotora da Educação Física
Nacional em 22 de Janeiro de 1914 tinha a sua
sede provisória na Av. da Liberdade, Nº 77 – 1º
em Lisboa.
Era Vice-Presidente o Dr. Jaime Adolfo
Mauperrin Santos. Foi homenageado no dia 29
de Janeiro de 1914 às 21 horas, na Sociedade de
Geografia.
Comité Olímpico Português (80 anos)
Mudança de nome por unanimidade na
Assembleia Plenária Extraordinária do C.O.P.
em 4 de Junho de 1992
Comité Olímpico de Portugal (14 anos)
1942- Livro COP
Olimpo Junho de 1994
Olimpo Junho 1993
Aprovado na Assembleia Plenária do
C.O.P. em 9 de Março de 2000.
Apresentado na RTP em 13 de Abril
de 2000, pelo Presidente do C.O.P.
Olimpo Março de 2001
Tiro e Sport de 31 de Julho de 1912 (pp. 3-5)
Começa desta forma:
“O nosso Comité Olympico, de recente constituição,
contra o que seria de esperar, encontrou fartas
difficuldades a vencer para levar a cabo a sua
espinhosa e algo ingrata missão que a assembleia
magna de clubs lhe confiou.”
Prefácio da 2ª edição do livro “Jogos
Olímpicos e Olimpismo” (1992)
(...) Está ainda por escrever a história do
Olimpismo em Portugal (…)
(…) O Prof. João Marreiros, interessado,
estudioso e grande entusiasta da causa
olímpica, nunca regateando a sua prestimosa
colaboração em todas as iniciativas para as
quais seja solicitado, bem merece apoio e
incentivo (…)
Comdt Vicente Moura - Presidente do COP
(Agosto de 1991)
1º Presidente do COP
Dr. Jaime Mauperrin Santos
(Posse em 10 de Maio de 1912)
Eleição da 1ª
Direcção
legal da
SPEFN
8 de Julho
1909
Fundação da
SPEFN
26 de Outubro
de 1909 ?
Em 1900 já houve
2 inscritos no
Torneio
Internacional de
Espada (Paris) e
não só em 1912
Jogos
Portugueses
de
Preparação
Olímpica
1910; 1911;
1912; 1913
1905 - Surge a EDF
1920 - 1º Programa EDF
30 de Abril
de 1912
É com base nos documentos que
verdadeiramente se faz história.
Sentimos que é necessário melhorar as
investigações já realizadas no contexto
documental.
O que fizemos foi somente a divulgação da
realidade factual a nível histórico.
Os presentes são convidados a
apresentar elementos susceptíveis de
colocar em causa estas investigações
Sentimos que
é necessário
melhorar as
investigações
26 de Outubro
de 1909 ?
O que fizemos foi
somente a
divulgação da
realidade factual
a nível histórico
Monarquia ?
Com base
nos
documentos
que fazem
história
Republicano?
30 de Abril
de 1912
26 de Outubro
OU
30 de Abril
de 1912 ?
de 1909 ?
UMA PROPOSTA
DE
INVESTIGAÇÃO
PARA OS NOVOS
MEMBROS DA
A.O.P.
BIBLIOGRAFIA
ANDRADE,
Sequeira
(2003);
O
Olimpismo
Português sem… tesouros escondidos,
Revista Atletismo, Agosto 2003.
ANDRADE, Sequeira (2004); 1012 – A Fundação do
C.O.P., Revista Atletismo, Maio 2004.
AZINHAIS, Orlando (1990); História do Movimento
Olímpico em Portugal e do Comité Olímpico
Português, Revista da III Sessão Anual da
Academia Olímpica Portuguesa.
AZINHAIS, Orlando (1992); Portugal e os Jogos
Olímpicos, Revista da V Sessão Anual da
Academia Olímpica Portuguesa.
CARDOSO, Carlos (2003); Portugal desconhecido no
Museu Olímpico, Jornal A Bola, 13 de Junho.
CARDOSO, Carlos (2003); Para uma história do
Olimpismo com menos erros, Revista Atletismo,
Setembro/Outubro de 2003.
MARREIROS, João (1988); Jogos
Olimpismo, 1ª Edição do Autor.
Olímpicos
e
MARREIROS, João (1992); Jogos
Olimpismo, 2ª Edição do Autor.
Olímpicos
e
MARREIROS, João (1996); Comité Olímpico
Português – Comité Olímpico de Portugal,
Jornal Cidade de Tomar, 17 de Maio.
MARREIROS, João (1996); Qual a verdadeira data da
fundação do Comité Olímpico Português?
Revista Atletismo, Novembro 2003.
SILVA, Monge (2004); A Educação Physica no Liceu
de Camões de 1913 a 1920, Escola Secundária
de Camões, Lisboa.
Muito Obrigado
[email protected]

Documentos relacionados

Historial COA

Historial COA Moscovo-1980 Jogos da XXIIª Olimpíada 19 Julho a 3 Agosto 1980

Leia mais