Marina Fonseca - Colégio Jean Piaget

Сomentários

Transcrição

Marina Fonseca - Colégio Jean Piaget
Marina Zanin E. Fonseca
Cara eu do futuro,
Pensei várias vezes em como poderia começar essa carta, pois é um tanto
estranho ter de se dirigir à minha própria pessoa em um texto, e pior, um texto que só
será lido daqui a 31 anos. Sei que até 2046 o mundo já terá mudado muito, espero que
para melhor.
Começarei falando sobre expectativas, pois quando o assunto é futuro todos têm
grandes sonhos e esperanças relacionados ao mesmo e, assim como muitos, também
tenho meus pensamentos futuristas para daqui a alguns anos. Não aquele futuro
surrealista com carros voadores e um robô a cada esquina, mas sim um lugar onde a paz
mundial prevalecerá, a sustentabilidade está dentro de cada casa, a economia mundial
será estável e bem distribuída e com tamanha tecnologia que beneficie não apenas
pessoas com boas condições financeiras mas sim uma sociedade inteira. Tenho
consciência de que infelizmente é pouco provável que tudo isso se torne realidade até
2046.
Para você (eu) que está lendo isso agora deve ser um tanto estranho, você pode
estar rindo de si própria pensando como era tola quando jovem ou pode estar
concordando com várias das afirmações feitas anteriormente.
Eu sou muito positiva em relação à vida, apesar de às vezes ter de enxergar o
lado mais realista da situação, por exemplo, o planeta nunca mais vai alcançar a paz
mundial completamente, pois a humanidade não é perfeita, todos têm seus problemas e
cada um pensa de um jeito. Apesar de desejar muito que isso vire realidade, acredito
que não será possível uma paz total, penso que poderemos chegar perto disso e que
necessitamos desses tipos de dificuldades para evoluir.
Em relação à sustentabilidade, acho que será possível sim que haja uma
conscientização mundial, porque com o tempo problemas ambientais surgirão ou virão
com mais intensidade, abatendo a população de tal forma que fará com que repensem
seus atos duas vezes antes de realizá-los.
Já a economia e a desigualdade social são outros dois fatores que acredito que,
assim como a paz mundial, não serão alcançados totalmente. Penso que sempre haverá
um ranking mundial da economia e, com isso, continuará existindo desigualdade social,
até porque, se a renda fosse a mesma para todos, viveríamos em um mundo socialista.
Para terminar, gostaria de te avisar, eu, mesmo que aí o mundo não esteja como
o esperado e que se as coisas parecem só estar piorando, NÃO DESISTA, sempre
haverá uma esperança.
Com carinho, de você mesma.