Release - Banda Valentine

Сomentários

Transcrição

Release - Banda Valentine
Release
Neila Abrahão (guitarra e backing vocals), Mariana Fiorelli (baixo), Drika
Pivati (bateria) e Mariana Moga (vocal) - mulheres que, de sexo frágil,
só na delicada estampa de cada uma. A VALENTINE é uma banda de
rock and roll cuja fonte vem dos célebres nomes do estilo.
Mas isso serve apenas como aperitivo. Nem só das referências se
alimenta o som das meninas. Elas têm o 6º sentido alinhado ao bom
senso e à criatividade. O que significa isso? Simples, o primeiro disco de
inéditas chegou!Intitulado "Tudo Vai Mudar" traz amostras do
competente entrosamento e da técnica de cada uma delas.
Fundada em 2.007 pela guitarrista Neila Abrahão,além do CD, lançou o
primeiro videoclipe de seu álbum de estreia, 'Tudo Vai Mudar' (2010). A
música escolhida pela banda foi justamente a que batiza o trabalho.
O clip retrata a mensagem de que podemos mudar coisas em nossas
vidas e no nosso planeta, se acreditarmos".O clipe se encontra
disponibilizado além do You Tube,onde tiveram mais de mil acessos em
15 dias,e também na MTV.
Neila Abrahão é segura, tem feeling e sola com muita propriedade e
sem afobação. Afinal, convenhamos, nada mais chato que guitarrista
querer mostrar a todo custo que consegue sincronizar seus dedos nas
cordas com extrema velocidade. Isso não expressa nenhum sentimento
no que se faz. Mas Neila tem garra e alma quando toca. É uma fiel
representante da delicadeza, da beleza na música. E faz isso porque tem
o suporte ideal. Mariana Fiorelli reveste um som aveludado, pesado e
certeiro de seu baixo, Drika com sua pegada arrastada na bateria, mas
sem Mariana Moga o som não faria sentido! Esta é a VALENTINE.
A VALENTINE tem de onde tirar muita experiência. Já rodou por boa
parte do circuito da noite paulistana, em pontos importantes, como O
Garimpo (na gravação do programa Kiss Club, da rádio Kiss FM). Além
da capital, as meninas estiveram em cidades do interior (São José dos
Campos, Mogi das Cruzes, Campinas, São Roque, grande ABC) e litoral
(Santos, São Vicente e Guarujá). Some a isso, diversos eventos ,como a
corrida do Centro Histórico da Corpore.
O rock and roll pode parecer um tanto machista, deselegante por causa
disso, mas a VALENTINE está aqui para mostrar um outro ângulo. Uma
faceta que sempre esteve presente na história do estilo, mas que
acabou abafada pelo clichê do machismo. Bobagem! Do que seria o rock
e seus derivados sem Janis Joplin, Doro Pesch, Joan Jett, as tantas
bandas da atualidade cujos holofotes estão em suas belas vocalistas?
Seria chato! Portanto, meus caros, ter uma banda totalmente feminina,
brasileira e competente como a VALENTINE nos dá motivos de sobra
para esticar o sorriso de orelha a orelha. É ou não é?
Contatos:
Neila Abrahão
95434-0085(Tim)
www.bandavalentine.com