ANGOLA: MAKSEN, UNITEL E MOVICEL DEBATEM FUTURO DAS

Сomentários

Transcrição

ANGOLA: MAKSEN, UNITEL E MOVICEL DEBATEM FUTURO DAS
ANGOLA: MAKSEN, UNITEL E MOVICEL DEBATEM FUTURO DAS
TELECOMUNICAÇÕES
Iniciou-se ontem em Luanda a conferência Globalcom Angola 2011. A
Maksen junta os operadores de telecomunicações móveis Unitel e Movicel
em sessão de discussão sobre o futuro do sector. Redes de Nova Geração e
necessidades dos utilizadores são os principais temas em análise.
Luanda, 18 de Maio de 2011 – A Maksen, consultora multinacional, vai mediar hoje a
sessão “Serviços de Nova Geração: a convergência como uma fonte adicional de
captação de receitas”, inserida na conferência Globalcom Angola 2011, que se inicia
hoje em Luanda. As potencialidades dos Serviços de Nova Geração para o utilizador
e a sua aplicação no contexto do mercado angolano em acelerado crescimento são
os temas centrais em debate.
António Veríssimo, Maksen Angola Country Partner, modera a sessão que conta
com a participação de José Henriques, Director de Marketing da Unitel e Nilson
Pascoal, Director Comercial da Movicel, as operadoras móveis em actividade no
mercado angolano.
Para António Veríssimo “a Maksen associa-se a este evento trazendo para a mesa a
discussão de um tema que vai definir o futuro do sector das Telecomunicações em
Angola. Os Serviços de Nova Geração são um elemento central que vai ditar a
evolução desta área de negócio e é marcante termos os dois operadores móveis a
actuar no país, Unitel e Movicel, a discutir as implicações e possibilidades que estas
redes irão introduzir no mercado ao nível dos serviços. A Maksen trabalha já há
vários anos com o mercado angolano, motivo pelo qual reconhecemos que este é
um tema em destaque para o sector e sociedade em geral, e que traz consigo
importantes desafios e oportunidades para as empresas e seus clientes. Por este
motivo, não nos alheamos deste debate, e contribuímos com a nossa experiência e
know-how, aplicados a diversos mercados, com vista a procurar possíveis soluções
e ideias inovadoras a este respeito.”
Com uma penetração junto da população angolana de 44%, cerca de 8 milhões de
subscritores, estima-se que o número de assinantes das redes móveis em Angola
chegue aos 15 milhões de utilizadores em 2014, ritmo de crescimento que ajuda a
explicar o relevo associado a este sector para o mercado deste país africano.
Esta sessão encontra-se inserida na Globalcom Angola 2011, encontro anual para o
sector das Telecomunicações, que tem lugar entre 16 e 18 de Maio, em Luanda. A
segunda edição deste congresso junta operadores fixos e móveis e partners
tecnológicos no sentido de discutir os grandes temas de um mercado em
transformação. Este é, também, o segundo ano consecutivo em que a Maksen se
encontra ligada a este evento.
Sobre a Maksen:
A Maksen foi criada em 2003 com o objectivo de prestar serviços de consultoria
estratégica e de negócio, de sistemas de informação e engenharia de redes,
apostando nos mais elevados níveis de rigor, profissionalismo, inovação e
qualidade. Com uma crescente presença internacional, desenvolve hoje projectos
nos diversos continentes do globo, centrando a sua actividade na prestação de
serviços de consultoria através de três divisões distintas e complementares:
Consulting; Engineering & Networks; IT Management & Outsourcing.
Informações adicionais em http://www.maksen.com/

Documentos relacionados

Os números da rede móvel foram alterados

Os números da rede móvel foram alterados marcar “091” ou “092”, respectivamente. O acesso da rede fixa às redes móveis obriga a procedimento idêntico. Ou seja, actualmente, o acesso aos serviços móveis é feito utilizando o seguinte formato:

Leia mais