Correio do Papagaio

Сomentários

Transcrição

Correio do Papagaio
Circulação Semanal
Diretor Presidente: Márcio Muniz Fernandes
ANO XXIII - Nº 906 - R$ 2,00
opinião
Lucro social
em tempos de
crise
Mauricio Melo de Meneses
A Essência de
Cada Um
Gilclér Regina
página 2
regionais
Arantina recebe
Prêmio Mineiro
de Direitos
Humanos
página 4
Conheça as dez
menores cidades
para se viver no
Sul de Minas
página 4
1º Mutirão
Regional de
Combate ao
Aedes Aegypti,
em Dom Viçoso
página 5
Juiz da comarca
de São Lourenço
expede portaria
para o Carnaval
página 8
[email protected]
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
Telefax: 35 3332-1008
Carnaval de Caxambu é cancelado
por decisão da Justiça
Procuradoria Municipal já realizou pedido de suspensão de liminar em
Belo Horizonte e aguarda a resposta do Desembargador
Foto: Prefeitura Municipal de Caxambu
A Justiça decidiu no
dia 29 de janeiro o cancelamento do Carnaval
de Caxambu, após inquérito civil instaurado
pelo Ministério Público.
A Procuradoria Municipal entrou, na terçafeira, 2, com pedido para
suspender a liminar que
proíbe a realização do
Carnaval. Resposta deverá sair entre os dias 4
e 5 de fevereiro.
De qualquer forma, a
população e a iniciativa
privada de Caxambu
pretendem celebrar as
festividades carnavalescas. Bares, blocos
de rua e muita animação estão garantidas na
cidade.
Entenda o caso e as
razões da decisão do
juiz da comarca, no caderno de Caxambu.
página 4
Carnaval recebe todo o ano milhares de turistas para celebrar o Carnaval - Foto meramente ilustrativa de Carnaval de anos anteriores em Caxambu
Artesãos de rua de São Lourenço
unem-se para contestar Lei que
consideram preconceituosa
Prefeito Municipal recebeu os profissionais em
reunião para debater a questão
Lei que delimita o espaço
de trabalho dos artesãos ‘hippies’ foi contestada pelos profissionais que receberam em
mãos o decreto pela fiscal,
impedindo-os de trabalhar.
Para os artesãos de rua, o
decreto é discriminatório uma
vez que consideram o termo
‘hippie’ perjorativo.
Em reunião, prefeito municipal de São Lourenço,
José Neto, esclareceu aos
profissionais que o objetivo
do decreto não era esse.
Artistas e poder público
dialogaram buscando bom
senso e resoluções.
Conheça mais detalhes da
polémica e um pouco mais
sobre a cultura de rua no caderno de São Lourenço.
página 8
Encontro de
Violeiros, em
Dom Viçoso
O Encontro de Violeiros de
Dom Viçoso foi realizado com
muito sucesso nos dias 22, 23 e
24 de janeiro, na praça Augusto
Alckmin, com entrada franca.
O evento contou com a
presença de diversos violeiros
de toda a região, que fizeram
belíssimas apresentações.
Detalhes da reportagem
e fotos no caderno de Dom
Viçoso.
página 5
Opinião
Pág 2 :: Correio do Papagaio
A nova Barbie
e a questão de
representatividade
Por Rafaella Iwakura *
28 de janeiro de 2016 foi
um dia para entrar na história.
Neste dia, e depois de 56
anos, a Mattel anunciou que
a sua icônica boneca Barbie
terá mudanças significativas.
Agora, a boneca apresentará
4 tipos de corpo, 6 tons de
pele e diferentes tipos de
cabelos e olhos.
Um novo momento na
história da empresa está
sendo impulsionado, onde as
meninas estão encorajadas
a se sentirem parte de uma
real beleza e de um padrão
estético sem padrões. As
respostas dos consumidores
na página oficial da Barbie no
Facebook não poderiam ser
mais positivas:
“Agora sim terei vontade
de comprar uma Barbie para a
minha irmã mais nova. Amei a
iniciativa! Para os que gostam
dos modelos ‘antigos’, não
precisam se preocupar. Elas
não fugirão do mercado. Só
temos mais opções e cada um
escolhe a que quer”
“Obrigada por ouvir os
consumidores! Obrigada por
ajudar a ensinar as meninas
e meninos que, desde cedo,
temos diferenças que nos fazem ser únicos e lindos. Todo
o amor pra essa campanha!
#atéqueemfim!”
Com isso, a Mattel melhora sua relação com o
consumidor e mostra algo
às empresas de brinquedos
e produtos para crianças:
não se pode ignorar o novo
contexto social em que vivemos. Discussões sobre
representatividade, gênero e
feminismo não podem (e nem
devem) ser ignoradas.
O consumidor quer ser
ouvido, e agora, não no próximo século. Quer se sentir
representado nos produtos
e consumir dentro de uma
lógica menos sexista. A conectividade traz um mundo
sem fronteiras, com mais informação. A informação gera
autonomia e permite que o
poder de escolha esteja potencializado ao infinito.
Inúmeras são as demonstrações da força e do
poder de escolha dos consumidores. É o caso do menino
Matias, que teve sua foto ao
lado de um boneco de Star
Wars viralizada simplesmente porque falou “Eu gosto
dele porque é preto igual
a mim”. Sincero e direto. E
as redes sociais abraçaram
Matias, com milhares de likes
que mostraram que o menino
não está sozinho.
Sábias as empresas que
escutam seus consumidores.
Quando vejo uma campanha
ruim, que não se comunica
positivamente com o cliente,
ser “detonada” na internet,
fico pensando que quem a
idealizou certamente está
alienado a todas as questões
que levantei nesse texto. Mas
como pode? Em que mundo
está vivendo? Será que ignora propositalmente todos
os sinais?
Tento entender o porquê
da demora das empresas em
mudar o rumo das comunicações, das interações e das
ações com o consumidor.
Espero que compreendam
esse novo momento e estejam preparadas para ele.
Que estejam abertas para a
mudança e que se deixem
conduzir sabendo mais ouvir
do que falar, porque o consumidor não está pra brincadeira não. Representatividade
importa sim!
*Rafaella Iwakura é mãe,
jornalista e editora do projeto Eduque Com Carinho.
Aproveite a crise
para se reinventar
Por Eduardo
Shinyashiki*
Em tempos difíceis na
economia, inovação é a palavra fundamental para o fortalecimento das organizações.
Mesmo para aquelas que já
são vencedoras, é preciso inovar para manter a sua relevância e liderança no mercado.
Muitas das nossas competências de liderança são
mostradas em momentos de
adversidades. Nesse sentido,
lembrei-me dos All Blacks,
seleção de rúgbi da Nova
Zelândia, que é um mítico
time esportivo cujos valores
são humildade, excelência e
respeito. Mesmo quem não
acompanha o universo esportivo, provavelmente já ouviu
falar da surpreendente dança
“haka”, ritmo que os jogadores
adotaram como um ritual a ser
realizado sempre nas partidas
internacionais. Mas você deve
estar se perguntando o que
os All Blacks têm a ver com o
assunto, não é mesmo? Você
já vai entender.
Até 2004, a famosa equipe de rúgbi tinha 75% de vitórias nos jogos disputados - um
resultado antes nunca alcançado por qualquer equipe, de
qualquer esporte. No mesmo
ano, o time teve uma intensa
crise que diminuiu os seus
resultados, mas o despertou
para se reinventar, mantendo
os valores base e expandindo
novos princípios. A coragem
para inovar resultou em um
novo recorde de partidas ganhas: 86% de vitórias.
Mesmo sendo um time
excelente, os All Backs não
foram imunes à crise. Por
isso, tiveram humildade para
se recriar e discutir, para fazer
diferente e rever estratégias.
Eles utilizaram elementos
preciosos para lidar com a
adversidade, nos deixando
grandes lições que podem
ser aplicadas na vida pessoal
e profissional. Veja:
Momentos de crise são
feitos para avaliar o caminho já percorrido e buscar
novas formas de fazer a
sua empresa e você mesmo
crescer. Se hoje “crise” não
é uma palavra agradável e
representa dificuldade, o que
a sua etimologia sabiamente
nos ensina é que a crise é
um momento de escolha e
decisão. A palavra vem do
grego krisis (escolha) e krino
(distinguir).
Com todos unidos em
prol de um objetivo comum,
a vitória virá e não será apenas uma pessoa que será
a estrela, mas sim o grupo
inteiro. Ter objetivos bem
definidos e claros para toda
equipe, faz cada membro da
equipe entender o seu papel
e importância para a conquista dos resultados.
Ter calma mesmo nas
situações de estresse e pressão é essencial para a resolução de um conflito. Uma
das maiores qualidades dos
All Blacks é manter a calma,
clareza e eficiência, mesmo
sob pressão. A atitude mental, mesmo nos jogos mais
difíceis, é seguir um método
e focar nas estratégias.
Outra característica magnífica da equipe é a capacidade de lidar com as emoções,
sem deixar-se dominar por
elas, mas sim enfrentando as
dificuldades e pressões internas e procurando soluções.
Não é possível sobreviver
sem inovação. Precisamos
entender que ela não é uma
opção, mas sim uma necessidade. É a chave não só
para o sucesso, mas para a
sobrevivência e continuidade
das organizações. Em meio à
crise devemos inovar mais,
pensar em novas alternativas, métodos e produtos.
Não existem dúvidas de
que esses são tempos de
desafios, porém, refletindo
sobre os principais conceitos
vencedores dos All Blacks,
vemos que podemos enfiar
a cabeça no buraco como
um avestruz ou assumir o
comprometimento para encontrar soluções inovadoras,
visualizar um novo horizonte,
ter um alto desempenho nas
diversas áreas da vida e nos
tornar ainda melhores.
É possível fazer da crise
uma grande oportunidade
para ter as melhores ideias
e fazer as melhores escolhas
da nossa vida.
*Eduardo Shinyashiki é
palestrante, consultor organizacional, especialista
em desenvolvimento das
Competências de Liderança e Preparação de
Equipes
Lucro social em tempos de crise
Por Mauricio Melo
de Meneses*
O capitalismo tem sido
o sistema mais eficaz na
promoção de oportunidades
e garantia de um padrão
digno de sobrevivência para
grandes contingentes populacionais. O fracasso do
modelo soviético e a conversão do regime chinês ao
que poderíamos chamar, por
mais estranho que pareça, de
livre mercado controlado pelo
Estado, evidenciam a clarividência de Adam Smith, ao escrever A Riqueza das Nações,
em 1776, quanto à vocação
indomável do ser humano
ao liberalismo, à competição
pelo capital e à produção pela
iniciativa privada.
Foi assim que o capitalismo chegou ao Século 21 como
o regime econômico eleito
pela humanidade, depois da
revolução industrial, duas
guerras mundiais na disputa
exatamente pela riqueza das
nações, ascensão e queda do
marxismo-leninismo e do maoísmo e do desenvolvimento
das potências do Ocidente e
do Japão. No entanto, como
toda criação humana, o sistema tem imperfeições. As duas
mais graves são as seguintes:
sua incapacidade, na maioria
dos países, de eliminar a
Tiragem Semanal
5.000 a 10.000
Impressão: Sempre Editora
fins lucrativos é relevante
para se evitarem retrocessos
em conquistas sociais que
demandaram anos para se
consolidar. Nesse sentido,
mais um exemplo vem da
educação, muito afetada pelo
pacote fiscal da União, que
retirou cerca de 10 bilhões
de reais do setor. Para não
prejudicar os alunos afetados
pelo corte de 70% nas verbas do FIES- Financiamento
Estudantil, a Universidade
Presbiteriana Mackenzie criou
linha própria de crédito, negociando condições favoráveis
de juros e resgate com os
bancos. A instituição mantém,
ainda, quatro mil bolsistas diretos, que não dependem da
intermediação do ProUni e utilização de dinheiro público.
Devido à relevância da
missão que desempenham,
as organizações sem fins
lucrativos precisam ter gestão eficiente, garantindo sua
saúde financeira e perenidade. Com isso, podem investir,
ampliar e aperfeiçoar de
modo contínuo os serviços
prestados. Quando agem
desse modo, há lucro sim,
mas para a sociedade.
*Mauricio Melo de Meneses,
engenheiro, é presidente
do Instituto Presbiteriano
Mackenzie (IPM).
“Aos olhos do ser humano comum, uma pedra é apenas uma
pedra e nada mais. Porém, para um escultor, ela pode ser várias
coisas”. Gilclér Regina
Por Gilclér Regina*
O escultor usa as mãos e
algumas ferramentas, desbasta
a pedra e a transforma num anjo
por exemplo ou uma águia.
Quando as pessoas perguntam impressionadas como
fez aquelas esculturas usando
apenas uma pedra ele devolve
com simplicidade: “Eu não fiz
o anjo tampouco a águia pois
eles já estavam ali o tempo
todo. O meu trabalho foi apenas
retirar os excessos, o que não
fazia parte nem do anjo nem
da águia”.
Qual a diferença entre o
fracasso e o sucesso na vida das
pessoas? Não há truque nem
varinha de condão ou mesmo
poção mágica... Apenas é preciso retirar os excessos.
O que existe é trabalho,
forma de pensar e agir, planejar
com a adoção de estratégias.
Não há crise que resista ao
trabalho.
Para refletir: Retire de sua
vida o que não é a sua essência e você nunca precisará
recuperá-la, ela já está lá.
Pense nisso, um forte abraço e esteja com Deus!
*Gilclér Regina – Palestrante com experiência em
vendas, varejo, atacado,
liderança e motivação. Escritor com 10 livros editados. Muitos eventos de
CDLs e ACEs em todo país.
Mais de três milhões de
livros vendidos. Sua palestra mostra que pessoas
estão vencendo nas piores
cidades e fracassando nas
melhores cidades.
6 dicas para driblar a inflação
no dia a dia
Depois da assustadora inflação de 10,67% em 2015 – maior
percentual desde 2012 – é preciso cortar gastos para não correr
o risco de ficar no vermelho, precisar recorrer a créditoou acabar
no endividamento em 2016.
De acordo com um estudo do
Instituto Data Popular, 91% dos
brasileiros reduziram o consumo
em 2015 e culpam, além da inflação, o aumento do desemprego,
também em consequência da
crise econômica. Para 55% dos
entrevistados, esta é a pior crise
que o país já vivenciou.
Mas será tão simples assim
cortar gastos? É preciso lembrar
que, além de manter o controle
financeiro em dia, será necessária uma mudança de hábitos de
consumo, principalmente com
os gastos no dia a dia.
Sabendo diferenciar o que
é extremamente necessário
dos supérfluos e, principalmente, reaproveitando para não
desperdiçar, é possível driblar o
fantasma da inflação. “Este é um
momento para sermos criativas”,
ressalta Carolina Herszenhut,
empreendedora especialista em
economia criativa.
De acordo com o economista especialista em gestão financeira e professor da IBE-FGV,
Cleber Zanetti, não é preciso
colocar o lazer na lista de supérfluos e passar o ano sem se
divertir para economizar. “Você
trabalha justamente para ter
conforto e se divertir, não é preciso abrir mão completamente de
tudo isso. Só é preciso encontrar
opções mais baratas e fugir dos
exageros”, explica.
Com estas e outras dicas
dos especialistas, montamos
um guia com soluções práticas
para tentar evitar os impactos
da inflação nos seus gastos
domésticos.
1. Faça compras compartilhadas
Segundo Zanetti, uma solução para famílias é fazer as compras do mês em supermercados
que vendem por atacado. Pode
ser em parceria com a vizinha,
com seus irmãos… O importante
é que ter outro grupo familiar
para compartilhar os produtos
e, é claro, a conta.
“Não chegou a ponto de
comprar para fazer estoque,
talvez somente de produtos de
limpeza ou que tem, em geral,
um prazo de validade maior”,
O Jornal Correio do Papagaio é uma publicação de:
Jornalista
Júlio Simões - MTb 13.144/58/77
miséria; e sua suscetibilidade
às crises econômicas, como
as de 1929 e 2008, de caráter global, e a que estamos
enfrentando agora no Brasil.
Constata-se, ainda, que os
períodos de adversidade e
recessão agravam a pobreza
e o contingente de excluídos,
efeitos colaterais perversos
da escalada do desemprego. Fator que tem contribuído para atenuar esses dois
problemas do capitalismo e
propiciado oportunidades de
ascensão socioeconômica a
numerosas pessoas e famílias ao longo da história é o
trabalho de instituições sem
fins lucrativos. Sua atuação é
importante nos momentos de
prosperidade e decisiva em
tempos de recessão.
Isso é bastante perceptível se observarmos um exemplo concreto da educação
no Brasil: segundo o Fórum
Nacional das Instituições
Filantrópicas (FONIF), estas
são responsáveis por 1,13 milhão de alunos matriculados
no Ensino Superior, representando 16,1% de todos os
universitários do País. Nesse
segmento, elas investem um
bilhão de reais por ano e geram 122 mil empregos.
No contexto da grave
crise econômica brasileira, o
papel das organizações sem
A Essência de Cada Um
JCP Edições de Jornais e Eventos Ltda - CNPJ 11.458.016/0001-69 - São Lourenço-MG
R. Dr. Olavo Gomes Pinto, 61/207- Centro - São Lourenço-MG - Cep 37470-000
Diretor-Presidente
Márcio Muniz Fernandes
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
Redação
Deborah Penna
Claudiane Landim
Gislene Vilela
Diagramação
Vanilson Tomé
Deborah Penna
explica o economista. “O foco
écompartilhar os gastos com o
supermercado”.
Para Carolina, este pode
ser um exercício para começar
a pensar de forma mais colaborativa e econômica no dia a dia.
“Acho importante pensar como
podemos ajudar uns aos outros,
seja com compras conjuntas
em atacados de alimentos, seja
com caronas para economia de
combustível. Pensar de que maneira podemos obter produtos e
serviços através de trocas”, diz.
2. Ou compre aos poucos
Para quem não vê as compras de atacado como uma solução prática, o jeito é aproveitar ao
máximo as promoções no supermercado. Para isso, é importante
organizar sua agenda para mais
dias de compras. “Claro que isso
requer tempo para ir ao mercado
muitas vezes ao mês. Mas é possível economizar muito indo em
diferentes locais e aproveitando
os dias da semana. Sabemos,
por exemplo, que bebidas e carnes sempre aumentam nos fins
de semana”, diz Carolina.
Para Zanetti, as feiras semanais e hortifrútis continuam
sendo opção mesmo em tempos de inflação. “Em média,
os preços costumam ser mais
acessíveis que no supermercado”, explica.
3. Reaproveite ao máximo na
cozinha
Segundo Carolina, uma
forma de reduzir os gastos
com a lista de supermercado
é repensar seu cardápio diário.
“Pensar ou criar novas receitas,
principalmente aquelas que
podem ser feitas com alimentos
mais baratos. Acima de tudo,
não desperdiçar, pois a carne
que sobrou hoje sempre pode
compor uma nova a receita
amanhã”, aconselha.
4. Diminua o uso do carro
A utilização do carro pode
ser mais prática e até mais independente para você, mas se
os gastos com a manutenção e
a gasolina (que tendem a subir
junto com a inflação) têm atrapalhado suas finanças, hora de
repensar até mesmo seus meios
de transporte.
Coloque seus gastos na
ponta do lápis e compare com os
gastos com transporte público.
Se a segunda opção compensar
mais, hora de deixar o carro na
garagem nos dias de semana. “E
para aqueles que têm disposição
e vivem em cidades com ciclovias, acho que deveriam aderir
ao uso da bicicleta. Pois além
de ser um transporte gratuito,
a pessoa economiza com o dinheiro da academia“, aconselha
Carolina.
5. Use a tecnologia para se
comunicar em família
Para Zanetti, precisando ou
não driblar a inflação, substituir
o telefone fixo pelo móvel acaba
sendo mais econômico no dia a
dia. “Para quem não tem escritório ou necessidade de ter um
fixo, investir em um bom celular
para comunicação diária acaba
sendo mais econômico”, explica
o especialista.
Com um smartphone, fica
mais fácil utilizar aplicativos que
facilitam a comunicação com a
família e de forma gratuita. “O
Whatsapp já proporciona isso e
agora a empresa anunciou que
não vai mais cobrar adesão”,
informa Zanetti.
Ele recomenda ainda que
cada membro da família tenha
uma linha com contas separadas, seja para pós ou prépagas. Desconfie dos planos
de compartilhamento em família
que as operadoras oferecem,
principalmente como opção
mais econômica em tempos de
inflação.
“Esta questão deve ser
analisada, mas, a princípio,
o plano individual é mais em
conta do que o plano coletivo,
embora as operadoras digam
o contrário. Além disso, com os
gastos da família reunidos em
uma só fatura, é mais fácil de
acontecer cobrança indevida e
mais difícil de detecta-la para
pedir correção”, alerta.
6. Não abra mão do lazer
“Mesmo com as crises, os
shoppings nunca estiveram de
fato vazios. As famílias estão
passeando, mas isso não quer
dizer que estejam gastando”,
observa Zanetti.
Para ele, outros roteiros
podem ser mais econômicos
que as vitrines dos shoppings.
“Visita a algum parque na cidade, exposições de arte, roteiros
de verão para crianças, muitas
dessas atividades são mais
baratas ou até gratuitas e mais
divertidas”, argumenta.
Circulação Semanal em 33 cidades do Sul de Minas
Aiuruoca, Alagoa, Andrelândia, Arantina, Baependi, Bocaina de Minas, Bom Jardim de Minas, Campanha, Carmo de Minas, Carvalhos,
Caxambu, Conceição do Rio Verde, Cristina, Cruzília, Dom Viçoso,
Itamonte, Itanhandu, Jesuânia, Liberdade, Lambari, Minduri, Olímpo Noronha, Passa Quatro, Passa Vinte, Pouso Alto, Santa Rita de
Jacutinga, São Lourenço, São Sebastião do Rio Verde, São Vicente
de Minas, Seritinga, Serranos, Soledade de Minas e Virgínia.
......................................................................
O Jornal Correio do Papagaio é filiado ao SINDIJORI - Sindicato dos
Antes tarde do que nunca!
Luiz de Oliveira, um velho amigo que há mais de
quinze anos passou a residir
à cidade de Valença – RJ, e
que nossos contatos vinham
baseados via internet, também é merecedor de citação
em nossas crônicas quando
aqui em São Lourenço veio
pela primeira vez, depois de
inúmeros convites resolveu
“sair da toca” aceitando meu
oferecimento, levado que foi
após os remeter um DVD do
Trem das Águas referente
à sua viagem inaugural em
2000 e fotos inerentes as
Marias Fumaça; 332, 327,
que ao assisti-lo e curtir as
fotos, segundo confessou,
despertou a curiosidade e a
vontade em conhecer ao vivo
o que só conhecia por TV, nos
jornais, sem que houvesse
algum interesse até mesmo
em viajar. Entretanto, no ano
de 2007, fui surpreendido com
sua presença.
Atendendo no seu desejo,
à manhã seguinte lá estávamos nós à estação férrea.
Após estacionar o carro, Luiz
visivelmente emocionado,
expressando pelo semblante
notória admiração, estático a
olhar o conjunto arquitetônico
bem preservado emoldurado
pela antiga e cuidada praça a
retroagir no tempo por trazer
lembranças de uma época
em que as ferrovias foram os
esteios fundamentais ao desenvolvimento às cidades, a
proporcionar aos interioranos
a dignidade e o respeito, virouse a mim e proferiu: - Amigo
José, nunca imaginei que
diante do que vejo, pudesse
ser tomado por tanta emoção
e fascínio. Galgando os degraus da escada de acesso
ao “hall” de entrada do prédio,
maravilhado a olhar a tudo,
atingimos a plataforma, onde
os vagões ali posicionados
eram submetidos à limpeza
e higienização. Caminhando
a olhar às minúcias expostas, descemos aos trilhos e
fomos em direção do galpão
em que duas locomotivas
(Maria-Fumaça) passavam
pela rotineira manutenção.
Luiz ao se deparar com as
belas relíquias, de olhar fixo
às máquinas, com rápidas
passadas a fazê-lo tropeçar
pelo pedregal e dormentes,
chega-se a elas e como uma
criança ao ter seu presente,
não medindo consequências
a tocá-la e acariciá-la, teve
suas mãos untadas do óleo
que a envolve a deixá-la luzente. Subiu então os degraus
no acesso a cabine e da janela
me passou a câmera para
que registrasse o momento.
Assim deu-se, acreditem o
seu 1° encontro real com uma
Maria-Fumaça no alto dos
seus 63 anos.
Na tarde de sábado, finalmente a viagem, com Luiz a
assustar-se com a presença
de centenas de pessoas à plataforma a dirigirem-se aos seus
vagões e poltronas, enquanto
junto a locomotiva fumegante
a expelir os vapores, pessoas
se aglomeravam a retratá-la
em vários ângulos pelo espocar de câmeras sob “flash” os
melhores momentos.
Acessando nosso vagão a sentarmos, Luiz como
passageiro, literalmente de
primeira viagem, aturdido
no alarido total desenvolvido
pelos irrequietos viajantes na
euforia do passeio, quando se
surpreende ao ouvir o sino da
estação e a sequência ruidosa
de apitos da Maria-Fumaça.
Já de volta a São Lourenço,
ao deixarmos o trem a caminhar pela plataforma em meio
à massa alegre de turistas a
extravasar eufórica por aquele
momento, talvez incrédulo
pelo que vivia, Luiz vira-se
a mim e fala: - Que prazer e
emoção você me proporciona!
Por que não estive aqui antes? Muito obrigado e se Deus
quiser, logo estarei aqui a viajar nessa Maria-Fumaça!
Antes de retornar a sua
Valença, ainda desfrutou do
passeio em Passa Quatro
– MG, pelo Trem da Serra.
Após aquela memorável visita, Luiz de Oliveira passou
com frequência vir a São
Lourenço, a ponto de alugar
um apartamento onde divide,
atualmente, seus momentos
prazerosos com viagens a
bordo do Trem das Águas,
a dizer que seria para compensar o tempo perdido e o
desperdício pelo desinteresse
que possuía por nunca ter
visto tal transporte a vapor
nos seus 50 anos vivido no
Rio de Janeiro.
Hoje, dividindo sua vida
entre as duas cidades vêm
aproveitando; como costuma
dizer, seus momentos de “terceira idade” a desfrutar do que
a vida o reservou.
Cantor Luciano
Zacarias Pagnanelli e Luciano
O cantor Luciano, da dupla Zezé di Camargo e Luciano, está em férias com a
esposa Flávia e sua filha na
Flórida. E quem disse que ele
passou despercebido?
O colunista comprovou
a simplicidade do sertanejo,
que foi reconhecido em um
dos maiores shoppings de
Orlando, o Flórida Mall, criando alvoroço entre os fãs nos
corredores.
O Flórida Mall foi inaugurado em 1986 e está
localizado no cruzamento
da Orange Blossom Trail
com Sand Lake Road, a
minutos do Aeroporto Internacional de Orlando e do
Walt Disney World Resort,
possui mais de 265 lojas e
diversas opções de restaurantes e lanchonetes. Por
ano, mais de 20 milhões de
visitantes passam por lá.
Andrea Ferreira Pagnanelli, Elleonora e Luciano
Proprietários de Jornais, Revistas e Similares do Estado de Minas
Gerais, à ABRAJORI - Associação Brasileira dos Jornais do Interior
e à FEBRAJOR - Federação Brasileira de Jornais.
.......................................................
É expressamente proibida a reprodução integral ou parcial de quaisquer textos aqui publicados sem prévia autorização do Jornal Correio do Papagaio,
........................................................
A Diretoria não se responsabiliza por conceitos, opiniões e pela
coerência das matérias assinadas, que ficam então sob inteira responsabilidade de seus autores.
Telefax: (35) 3332-1008 | E-mail: [email protected] | Portal: www.correiodopapagaio.com.br
Gerais
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
Setur lista cinco destinos para
quem quer uma folia diferente
no Carnaval
Turistas que desejam fugir das tradicionais festas têm outras opções de viagens
pelo Estado; roteiros incluem muitas cachoeiras e trilhas ecológicas
Neste Carnaval, os
destinos mais comuns em
Minas Gerais - como Ouro
Preto, Mariana e recentemente Belo Horizonte
-, já são conhecidos por
foliões de todo o país. Porém, muitos turistas querem
aproveitar o feriadão para
conhecer lugares diferentes e fugir das tradicionais
festas. Para quem busca
novidades neste Carnaval,
a Secretaria de Estado
de Turismo (Setur) lista
cinco destinos inusitados
e com paisagens de tirar
o fôlego:
No município de Tombos, na Zona da Mata, tem
início o roteiro Caminho da
Luz. O passeio começa na
base da Cachoeira que dá
nome à cidade e é a quinta
maior em volume d’água
no Brasil. Durante todo o
percurso do Caminho da
Luz, fragmentos de mica e
cristais emergem do solo,
que adquire um brilho especial. O passeio termina no
Pico da Bandeira, o terceiro
maior do Brasil e o primeiro
mais alto acessível. São
195 quilômetros percorridos
pelas montanhas de Minas,
passando por fazendas
centenárias, matas, cachoeiras, santuários e antigas
estações ferroviárias.
Ainda na Zona da Mata,
Foto: Roberto Scoralich
Pico da Bandeira, o terceiro maior do Brasil
e escorregadores naturais.
outra opção de viagem é
Mesmo em feriados e datas
para a Serra do Brigadeiro,
mais festivas, é possível
em Fervedouro. É possível
encontrar lugares incríveis
fazer rapel no Poço das
ainda não descobertos por
Bromélias, que é indicado
muitos.
para os iniciantes, e também na Pedra Tartaruga.
Aconchego e clima
Agências de turismo no
caseiro
local oferecem o serviço de
O vilarejo de Capivari,
guias e equipamentos para
entre as cidades do Serro e
os passeios. Além disso,
Diamantina, no Alto Jequitidurante as trilhas, é possínhonha, oferece uma opção
vel conferir uma paisagem
aconchegante para o turista
de águas cristalinas e belas
que procura uma viagem
cachoeiras.
diferente: o clima bucólico
Para os apreciadores
é realçado por suas únicas
das imponentes e belas
duas ruas, cercadas por caquedas d’aguas do Estado,
sas rústicas e tendo como
o município de Carrancas,
fundo o Pico do Itambé.
no Sul de Minas Gerais,
Em junho de 2011, o
é uma boa pedida para o
Ministério do Turismo idenCarnaval. São dezenas de
tificou o turismo de Capivari
atrações naturais, entre
como uma iniciativa naciocachoeiras, poços, grutas
nal de Turismo de Base
Comunitária, e pioneira em
Minas Gerais. O Vilarejo
tem cachoeiras e trilhas, e
as famílias abrem as portas de suas casas para os
visitantes, aumentando sua
renda e proporcionando
a quem chega uma oportunidade de vivenciar os
costumes locais.
Montanhas de Minas
Os turistas mais animados podem aproveitar o
feriadão de Carnaval para
fazer a Travessia da Serra
Fina, em São Lourenço, no
Sul de Minas. São necessários quatro dias para completar o percurso – são 33
km de montanha, com um
sobe e desce intenso.
A trilha é considerada
severa: existem poucos
pontos de água (é fundamental levar uma boa
quantidade de água), são
muitas horas de caminhada por dia em trechos de
desníveis e, por isso, o
turista precisa ter alto nível
de resistência e esforço
físico. O roteiro não é recomendado para iniciantes.
Também vale lembrar que
o frio pode ser bem intenso, principalmente nos
cumes à noite.
Fonte: Agência Minas
Iepha-MG lança campanha de preservação
do patrimônio cultural durante o Carnaval
Instituto divulga orientações para os agentes públicos municipais e reforça a
conscientização dos foliões
O Carnaval está chegando e, em Minas Gerais,
a festividade acontece em
ruas, avenidas, praças e
espaços localizados em
núcleos históricos ou em
suas áreas de entorno,
onde existem bens culturais
protegidos.
Com o objetivo de conscientizar foliões, o Instituto
Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico de Minas
Gerais (Iepha-MG)promove
uma campanha sobre a
importância de se preservar
os bens culturais do estado
durante o Carnaval e divulga orientações para que
os foliões se divirtam com
segurança sem colocar o
patrimônio cultural mineiro
em risco.
Confira algumas das
frases que fazem parte da
campanha educativa:
Bandeira branca,
amor!
Neste Carnaval não se
esqueça de proteger nossos bens culturais.
Mamãe, eu quero!
Aproveitar o Carnaval,
mas sem deixar de proteger
o patrimônio cultural.
Ei, você aí!
Não deixe de preservar
os bens culturais de sua cidade durante o Carnaval.
Não se esqueça de
mim...
Neste Carnaval lembrese sempre da importância
de nosso patrimônio cul-
tural.
O Instituto divulga também orientações para os
agentes públicos municipais, responsáveis pela
preservação e segurança
do patrimônio cultural:
•A instalação de barracas, palcos, arquibancadas,
caixas de som, telões e
equipamentos em geral
deve guardar distância dos
bens culturais e da rede
elétrica;
•Os banheiros públicos
devem ser instalados em locais adequados e afastados
das fachadas dos imóveis e
monumentos culturais;
•As prefeituras devem
orientar os trajetos de trios
elétricos e carros alegóricos
para que não provoquem
danos ao patrimônio;
•As prefeituras devem
realizar campanhas educativas para a preservação do
patrimônio cultural.
Em Minas Gerais, a riqueza arquitetônica e cultural encontrada nas praças,
nas igrejas e nos casarões
seculares atrai pessoas de
todas as regiões, fazendo
do Carnaval mineiro um dos
mais tradicionais do Brasil.
Compartilhe a campanha em nossas redes sociais: www.facebook.com/
iephamg e www.facebook.
com/circuitoliberdade.
Fonte: Agência Minas
Secretaria de Fazenda divulga Relatório
Fiscal de 2015
A Secretaria de Estado
de Fazenda de Minas Gerais (SEF/MG) divulgou na
quinta-feira (28/1) o Relatório
de Gestão Fiscal do terceiro
quadrimestre de 2015, que
representa as principais informações fiscais da administração estadual no ano. O documento confirma o cenário de
dificuldades financeiras do
Estado, fechando o exercício
com déficit de R$ 8,9 bilhões
- as receitas somaram R$
76,15 bilhões e as despesas,
R$ 85,12 bilhões.
Apesar disso, o governo mineiro cumpriu o investimento orçamentário
legal em saúde, que atingiu
12,3% (R$ 4,8 bilhões) e
em educação, que foi de
25,33% (R$ 9,9 bilhões).
O secretário de Fazenda, José Afonso Bicalho,
ressaltou que, no caso da
educação, foi a primeira vez
em cinco anos que o Estado
cumpriu o limite sem precisar incluir os gastos com
inativos, o que é um avanço
importante para a melhoria
de qualidade do setor.
Receitas
José Afonso Bicalho ressaltou que em 2015, diante
do contexto de economia
desaquecida e alta da inflação, além da valorização do
dólar, a receita total de Minas Gerais cresceu apenas
3,8% em relação a 2014,
quando a arrecadação foi
de R$ 73,34 bilhões. A Lei
Orçamentária Anual (LOA)
de 2015 previa uma receita
total de R$ 81,4 bilhões.
O comportamento tímido da receita foi muito
influenciado pela queda de
0,9% da principal fonte de
arrecadação do Estado, o
Imposto sobre Circulação
de Mercadorias e Serviços
(ICMS), que em 2015 contribuiu com R$ 37,15 bilhões
para os cofres estaduais - em
2014, foram R$ 37,5 bilhões.
A LOA de 2015 previa R$
40,5 bilhões de ICMS.
Enquanto as receitas diminuíram, as despesas totais aumentaram em 12,7%,
na comparação com 2014.
“Os principais fatores que
influenciaram o aumento
foram a folha de pagamento
dos servidores, que cresceu 18,8% em função de
reajustes concedidos em
2014 e que refletiram em
2015, e o crescimento da
dívida atrelada ao câmbio,
que sofreu com a valorização do dólar”, afirmou. A
dívida do Estado indexada
ao câmbio subiu de R$ 15
bilhões em 2014 para R$
22,9 bilhões, em 2015, uma
variação de 44%.
Essas e outras vagas
você encontra em nosso
site e nas redes sociais.
www.sulminasempregos.com.br
Sul Minas Empregos
@SMEmpregos
Classificados Regionais
para você comprar, vender ou trocar
TRINCA FERRO
VEÍCULOS
Bom Jardim de Minas
(32) 3292-1026
- Palio Weekend 98
completo GNV R$
10.000,00.
- Celta 2010 flex VHCE
R$ 17.000,00.
- Bora 2006 completo + couro + GNV R$
21.000,00.
- Gol 2001 - 1000 16V R$
10.000,00.
- Strada Trek 2005 flex
R$ 15.000,00.
- Uno 99 R$ 8.000,00.
- Topic 96 Diesel R$
6.000,00.
- Toyota 69 diesel R$
10.000,00.
- Caminhao D60 - 79 R$
15.000,00.
- F350 motor 608 74- 4M
R$ 14.000,00.
- XRE 300 flex 2011 R$
9.500,00.
- Fan 125 2008 R$
4.000,00.
- Twister 250 2003 R$
4.500,00 inteira.
- NX 200 - 99 R$
3.000,00.
- Preço exclusivamente
promocional á Vista.
Dividimos com 50% de
entrada.
- Compra, Troca, Vende
e Financia.
- Temos loteamentos,
casas, terrenos e sitios
para vender.
CLÁUDIO MOTOS
CAXAMBU
(35) 3341-2652 / 8844-
8411 / 9983-5557
- XRE 300 2011 VINHO
- BROS ES 2014 ZERO KM
VERMELHA
- BROS ESD 2014 BRANCA
- BROS ES 2013 VERMELHA
- BROS ESD 2013 VERDE
- BROS ESD 2008 AMARELA
- FAZER 250 2014 BRANCA
- CB 300 2013 PRETA
- CB 300 2012 AZUL
- CB 300 2011 VERMELHA
- CBR 250 2012 AZUL
- XTZ E 2013 PRETA
- BIZ 125 ES 2009 VINHO
- CG 150 FAN ESDI 2015
VERMELHA
- CG 150 FAN ESI 2013
VERMELHA
- CG 150 FAN ESI 2011
VINHO
- CG 125 FAN KS 2014
ZERO KM PRETA
- CG 125 FAN ES 2012
ROXA
- CG 150 TITAN ESD 2008
AZUL (2)
- CG 150 TITAN ESD 2007
PRATA
- CG 150 TITAN ES 2008
PRETA
- CBX 250 TWISTER 2008
PRETA
- SHINERAY 50CC (PRETA, BRANCA, VERMELHA)
ZERO KM
Outros
Vende-se Auto Escola em
São Vicente de Minas, em
pleno funcionamento to-
talmente licenciada e
equipada com 3 computadoes, equipamento
biométrico, sala de aula,
recpção, Moto Pista,
garagem para carros e
motos, 3 carros e 2 motos. Preço a combinar.
Tratar com Cládio pelos
telefones: 35-3332-1377
e 99845-0937.
Passa Ponto Comercial em funcionamento
no centro de Caxambu.
Ótima Oportunidade de
negócio. Tratar pelo telefone: 35-98878-5453
Horário Comercial
Ve n d o 2 0 m s , Te l a
para lote: Preço Barato, Bem forte. Tratar:
35-3331-1567 Celular:
35-99158-5777
Vende-se Motocicleta
Honda Titan 150 cc,
semi nova, partida elétrica, com 34.000 km.
Valor: R$ 5.100,00.
Tratar pelo telefone: 35-98896-0005
Oferecimento de emprego. Diretor Geral de Auto
Escola, oferece para trabalhar na região. JOAO
FABIO OAB 63.534-B
FONE 35-91846749.
Vende-se duas portas de
correr, 4 folhas, em pvc/
vidro, de 3m de comprimento por 2,1m de altura (claris/tigre) – Salete/
Tadeu (35)3325-2712
Correios abre inscrições para
Concurso Internacional de
Redação de Cartas
Estão abertas as inscrições para o 45° Concurso
Internacional de Redação
de Cartas, realizado no
Brasil pelos Correios. O
concurso é promovido em
todo o mundo, pela União
Postal Universal (UPU) —
entidade que congrega os
operadores postais de 191
países — com o objetivo de
melhorar a alfabetização
através da arte epistolar e
incentivar crianças e adolescentes a expressarem a
criatividade e aprimorarem
seus conhecimentos linguísticos.
O tema para este ano é
“Escreva uma carta a si próprio aos 45 anos”. Poderão
participar estudantes de até
15 anos de idade da rede
pública e privada de ensino.
As inscrições vão até o dia
17 de março.
As redações devem ser
redigidas de próprio punho,
com caneta esferográfica
preta ou azul e escritas em
língua portuguesa, contendo no máximo 900 palavras em formato de carta.
Para participar, o estudante
deverá passar por uma
seleção em sua escola, na
qual será escolhida a carta
que irá representá-la. Cada
escola pode inscrever no
máximo duas redações.
Serão realizadas duas
fases: estadual e nacional.
Na estadual, o autor da
melhor redação ganhará R$
1.000. Já na fase nacional,
o vencedor ganhará R$
5.000 e um troféu, e sua
redação representará o
Brasil na etapa internacional, a ser realizada pela
União Postal Universal. As
escolas também recebem
prêmios: R$ 2.000 na fase
estadual e R$ 10.000 na
nacional.
Em 2015, o concurso
teve a participação de
cerca de 3.700 estudantes
de 2.131 escolas públicas
e particulares de todo o
Brasil. Leonardo Silva
Brito, de Rondônia, foi o
vencedor nacional e ficou
com a medalha de bronze
na fase internacional do
concurso, em que o Brasil
é o 2° melhor país em
número de vitórias, com
três medalhas de ouro,
atrás apenas da China,
com cinco.
O regulamento completo
do concurso está disponível
no site dos Correios, no link:
http://www.correios.com.
br/sobre-correios/sustentabilidade/vertente-social/
concurso-internacionalde-redacao-de-cartas.
Itajubá
Pouso Alegre
Juiz de Fora
Fonte: Assessoria de
Comunicação Diretoria Regional de
Minas Gerais
Esforço
Depósitos judiciais
Em 2015, o Estado contabilizou como receita cerca
de R$ 5 bilhões em recursos dos depósitos judiciais.
Esses recursos, conforme
frisou José Afonso Bicalho,
foram fundamentais para
amenizar a situação do governo mineiro, contribuindo
para manter a relação Dívida
Consolidada Líquida (DCL)
x Receita Corrente Líquida
(RCL) em 198%, abaixo do
limite legal de 200%.
Os recursos dos depósitos judiciais também
contribuíram para que o
Estado voltasse a ficar
abaixo do limite máximo
das despesas com pessoal
do Executivo, previsto na
Lei de Responsabilidade
Fiscal, que é de 49% da
receita corrente líquida. No
fechamento do exercício
2015, esse índice ficou em
47,91%.
O uso dos depósitos
judiciais foi autorizado pela
Lei Estadual 21.720/2015
e pela Lei Complementar
151/2015. Os recursos foram empregados no custeio de previdência e no
pagamento de dívida com
a União e precatórios, aliviando o caixa do Estado
para outras despesas e
investimentos.
Correio do Papagaio :: Pág 3
A expectativa do secretário de Fazenda é de
que em 2017 a situação
fiscal do Estado chegue
ao equilíbrio, deixando de
apresentar déficit. Para
isso, ele destacou que o
governo já vem adotando
medidas como não contratação de crédito, redução
de despesas e enxugamento da máquina pública, que
resultaram, em 2015, em
economia de aproximadamente R$ 600 milhões.
“Estamos fazendo também um esforço muito grande para recuperar receita.
Aumentamos a tributação
de alguns setores que entendíamos ser possível,
conseguimos negociar para
receber quase R$ 2 bilhões
em dívida ativa, por meio
do Programa Regularize, e
implementamos uma forte
fiscalização para conter a
sonegação”, destacou.
O Relatório de Gestão
Fiscal 2015 completo, com
detalhamento das informações contábeis, patrimoniais
e gastos financeiros do Governo de Minas, será publicado na edição desta sexta-feira
(29/1) do Diário Oficial do
Estado e será disponibilizado
também no site da Secretaria
de Estado de Fazenda.
São Lourenço
Cozinheira
Camareira de Hotel
Secretária
Analista de Suporte
Porteiro
Monitor Educador
Assistente
Nutricionista
Motorista D
Analista de RH
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
Correio do Papagaio :: Pág 4
Regionais
Carnaval de Caxambu é cancelado
por decisão da Justiça
Procuradoria Municipal já realizou pedido de suspensão de liminar em Belo Horizonte e aguarda
a resposta do Desembargador
A Justiça decidiu no dia 29
de janeiro o cancelamento do
Carnaval de Caxambu, após
inquérito civil instaurado pelo
Ministério Público.
O juiz da comarca, Dr. Raphael Ferreira Moreira, deferiu
uma liminar que determina
que o município de Caxambu
se abstenha de promover
qualquer gasto público com a
festa de Carnaval – estimada
em aproximadamente R$ 240
mil -, sob pena de multa diária
de R$ 20 mil.
A Procuradoria Municipal
entrou, na terça-feira, 2, com
agravo de instrumento pedindo a suspensão da liminar, em
segunda instância, no Tribunal
de Justiça de Minas Gerais,
em Belo Horizonte. Segundo procurador municipal, a
resposta do Desembargador
deverá sair entre quinta (4)
ou sexta-feira (5), quando se
saberá se o Carnaval poderá
ser ou não realizado.
De qualquer forma, a população e a iniciativa privada de
Caxambu pretendem celebrar
as festividades carnavalescas.
Bares, blocos de rua e muita
animação estão garantidas na
cidade. “Estamos promovendo o Circuito Independente
de Blocos de Carnaval, que
compreende três blocos de
rua e um baile de fantasia”,
relata Marcos Loesch, diretor
da Strondo Produções. Segun-
Foto: Ilustrativa
do ele, os blocos de rua são
abertos para a participação
de todos e outras entidades
também estão se organizando para celebrar a festa mais
tradicional do Brasil.
Entenda o caso
O Ministério Público propôs
uma ação civil pública para
que a prefeitura de Caxambu
não gaste dinheiro público
na realização do Carnaval. A
justificativa é que o município
vem enfrentando severa crise
financeira e não cumprindo
com suas diversas obrigações.
Apontando como evidências o
atraso no pagamento da gratificação natalina de 2015 dos
servidores municipais, ausência de repasse da contribuição
patronal e aporte financeiro ao
Instituto de Previdência Municipal de Caxambu (IPMCA),
falta de pagamento a diversos
fornecedores e prestadores de
serviço, dentre outros. A dívida
pública totaliza-se em quase
R$ 2 milhões.
A Prefeitura Municipal divulgou nota oficial expondo a
indignação do prefeito Ojandir
Ubirajara Belini com relação à
decisão judicial. “A exemplo da
crise no Brasil ser mais política
do que financeira, Caxambu
não foge à regra, se enquadra e sofre as consequências
idênticas a do nosso país”, diz
prefeito em nota.
Segundo o prefeito, o 13º
relativo ao ano de 2015 foi parcelado em duas vezes, sendo
que a primeira será quitada no
dia 4 de fevereiro, de acordo
com a data do repasse do
FPM, e, a segunda parcela,
para 13 de abril de 2016. “Com
relação aos fornecedores, os
Arantina recebe Prêmio Mineiro
de Direitos Humanos
A Secretaria de Direitos Humanos premiou 33 municípios
que tiveram índice zero de homicídios nos últimos dez anos,
no dia 10 de dezembro, mesmo
dia em que se comemora o
aniversário da Declaração Universal dos Direitos Humanos.
A solenidade foi realizada na
Assembleia Legislativa de Minas e, além de conferir o devido
reconhecimento e destaque às
pessoas físicas e jurídicas que
contribuem para o avanço dos
índices de Direitos Humanos no
Estado, torna visíveis as práticas
exitosas nesse segmento. A
condecoração busca incentivar
ainda a produção e o fomento de
ações que privilegiem a temática
de direitos humanos.
No início do mês, o secretário
de Estado de Direitos Humanos,
Participação Social e Cidadania,
Nilmário Miranda visitou o município de Arantina para entregar
a premiação – acervo de livros,
para que os municípios modernizem ou comecem a montar
uma biblioteca pública. Cada
município contemplado receberá, inicialmente, exemplares de
livros de diversos gêneros da
Secretaria de Estado de Cultura,
Edições Câmara e da Fundação
Perseu Abramo.
Ao longo de 2016, novas
parcerias serão concretizadas
para garantir a permanente modernização dos acervos literários
das bibliotecas dos referidos
municípios. Além da entrega do
prêmio, Nilmário quer conhecer
de perto as ações que vêm sendo adotadas para a manutenção
do índice zero de homicídios.
A premiação é uma iniciativa da Secretaria de Estado de
Direitos Humanos, Participação
Social e Cidadania (Sedpac) e
conta com o apoio da Associação
Mineira de Municípios (AMM).
Criado no ano passado, o
Prêmio Mineiro de Direitos Hu-
Foto: Marcelo Sant’Anna/Imprensa MG
Seritinga tem 1.860 habitantes
tamanho e nas características
dos moradores, que vivem de
forma simples e mais natural,
distante de grandes centros e a
rotina agitada, como o trânsito,
Secretário Nilmário Miranda discursa durante evento de premiação
manos da Sedpac foi uma das
formas de valorizar os segmentos que se destacaram nas práticas de promoção, proteção e
defesa dos direitos humanos no
Estado. “Minas pode e deve dar
o exemplo do desarmamento, do
combate à violência e da promoção do diálogo em detrimento do
discurso do ódio. A cultura de paz
e do respeito deve ser compromisso acima de qualquer divisão
política, ideológica ou religiosa”,
enfatiza Nilmário Miranda.
a correria do trabalho, além de
tanta tecnologia, como algo a
ser apreciado e uma maneira
de sair da rotina estressante
dos grandes centros.
Senador José Bento, Consolação, Seritinga, Serranos,
Passa-Vinte, São Sebastião
do Rio Verde, Fama, Wenceslau Braz, Olímpio Noronha e
Alagoa não estão em posição
de destaque no Índice Firjan
de Desenvolvimento Municipal
(IFDM) da edição de 2014. Das
dez menores cidades do Sul
de Minas, a melhor colocada
é São Sebastião do Rio Verde,
que aparece em 85ª lugar no
estado, com nota de 0,7593, e
747ª lugar no Brasil. A média
dos índice dos municípios é de
0,6501. Quatro dos dez municípios têm índice menor que a
média, sendo que Serranos tem
a menor nota: 0,5670 (veja mais
no ranking).
Por Petterson Rodrigues,
do Sulminas146
Operação Carnaval 2016
No período de 05 a 10 de fevereiro de 2016 a 17ª Companhia
PM Independente de Meio Ambiente e Trânsito desencadeará
a “Operação Carnaval 2016”. Tal
operação acontece em decorrência de haver no período festivo
um aumento significativo da circulação de veículos em rodovias
e de pessoas em áreas destinadas ao turismo ecológico.
Objetivando aumentar a segurança dos usuários das vias
e da comunidade, a Polícia
Militar Rodoviária intensificará
o policiamento em toda a malha
viária da Unidade, executando
ações e operações nas rodovias
estaduais e federais delegadas.
Os deslocamentos aos locais de
folia concorrem para o aumento
do número de casos de transporte clandestino de passageiros,
veículos irregulares ou sem condições de circulação, do número
de condutores embriagados,
inabilitados, de veículos furtados
em rota de fuga, além do aumen-
de fiscalizar o Executivo e,
por isso, questionamos como
estava a saúde financeira do
município”, declarou o presidente. O Executivo informou
da dificuldade financeira que
o município enfrentava.
Devido ao elevado montante da dívida pública total,
de aproximadamente R$ 2
milhões, a Câmara Municipal
sentiu-se na obrigação de
comunicar à Promotoria a
situação. “Isso aconteceu no
final do ano de 2015 e não
poderíamos ser omissos em
relação a esta questão”, conclui Fábio Curi.
O Sindicato Único dos
Trabalhadores em Educação
(Sind-UTE/MG) declarou na
terça-feira, 2, em nota oficial, que fez uma representação no Ministério Público
apontando o não pagamento
do 13º salário de todos os
servidores municipais, uma
vez que, enquanto entidade
sindical, é seu dever zelar
pelos direitos dos trabalhadores em educação do ensino
público. “Em nenhum momento citamos a realização
do Carnaval, apenas o questionamento do pagamento
do 13º salário”, esclarece ao
jornal Correio do Papagaio,
Cássio Diniz, coordenador
geral do Sind-UTE subsede
Caxambu e diretor estadual
do Sind-UTE/MG.
Cemig reforça dicas
com a rede elétrica
durante o Carnaval
Foto: Ilustrativa
Conheça as dez menores cidades para
se viver no Sul de Minas
O estado de Minas Gerais
tem 852 municípios e dezenas
de cidades (são 60) têm menos
de três mil habitantes. No Sul de
Minas, 14 estão nesta situação
e são as menores cidades para
se viver na região, segundo
dados do IBGE de 2014.
A menor cidade do estado,
em população, é Serra da Saudade, com 822 habitantes. Já
no Sul de Minas, a menor cidade é Senador José Bento, que
tem 1.769 moradores, seguida
de Consolação, com 1.801, e
Seritinga, que tem 1.860 habitantes. Depois, a menores
cidades já têm mais de 2.000
moradores (veja relação completa no ranking e um resumo
das dez cidades abaixo.).
Estes municípios, cada vez
mais, atraem turistas, que
veem na particularidade do
débitos que temos com alguns
fornecedores, também são
consequências do rebaixamento do repasse do FPM,
todavia, contando com o aquecimento de entradas do IPVA e
IPTU/2016, já estão todos no
planejamento para pagamento
nos próximos meses”, explica
ainda a nota. Sobre a questão
do repasse da contribuição
patronal o prefeito esclarece
que em momento de ‘arrocho
financeiro’, priorizou-se os
pagamentos mais urgentes,
como salários, convênios com
entidades sociais e repasses
para a saúde.
A nota oficial divulgada no
site da Prefeitura Municipal
é extensa e rebate ponto por
ponto as alegações do Ministério Público.
Ainda, segundo a nota, o
prefeito declara que as denúncias contra a realização do
Carnaval foram apresentadas
ao Ministério Público pela
Câmara Municipal de Caxambu, pelo Sindicato Único dos
Trabalhadores em Educação
(Sind-UTE/MG) e por alguns
cidadãos.
O presidente da Câmara
Municipal de Caxambu, Fábio
Curi, declarou ao jornal Correio do Papagaio que a Casa
não tem nenhuma relação
com a ação civil pública que
levou à suspensão do Carnaval. “A Câmara tem a função
to do número de acidentes nas
rodovias, envolvendo veículos,
pessoas e animais.
Devido ao aumento da prática do turismo ecológico, a
Polícia Militar de Meio Ambiente
intensificará o policiamento ambiental visando à preservação
e defesa do meio ambiente e
a execução das atribuições de
Polícia ostensiva de prevenção
criminal da flora, fauna e dos
mananciais de água, que constituem o patrimônio ambiental do
Sul de Minas.
A 17ª Cia PM Ind MAT trabalhará para prevenir acidentes e
reprimir os crimes de trânsito e
crimes contra o meio ambiente,
propiciando segurança e conforto a todos que optarem por
passar o feriado no extremo sul
de Minas.
Fonte: Assessoria de
Comunicação
Organizacional da 17ª Cia
PM Ind MAT
O Carnaval começa no
dia 6 de fevereiro. Para evitar
acidentes com a rede elétrica
nesse período, a Companhia
Energética de Minas Gerais
– Cemig reforça os cuidados
que a população deve tomar
durante as festas.
Serpentinas e confetes
contém comumente metal
em sua composição e podem
causar curto-circuito, quando
em contato com a rede elétrica. Quando arremessados,
antes de se dispersarem, eles
estão concentrados, e podem
causar danos nas redes de alta
tensão e provocar acidentes.
Por precaução, as pessoas não
devem atirar nenhum objeto em
direção à rede elétrica, nem
mesmo os sprays de espuma.
Ao encontrar um fio caído
ao solo, as pessoas não devem
se aproximar, pois ele pode estar energizado”. Nesse caso, a
Cemig orienta que a população
ligue imediatamente para o
Fale com a Cemig, no telefone
116, e aguarde a chegada dos
técnicos da empresa.
Além do Fale com a Cemig, a
população também pode acionar
o Corpo de Bombeiros ou a Polícia Militar: o telefone dos Bombeiros é 193 e o da PM é 190.
Confira outras dicas de
segurança:
Trios elétricos e carros alegóricos
• Não trafegar sob a rede
elétrica se a altura desses
veículos for igual ou maior que
a dos fios elétricos, pois além
do risco de choque elétrico, há
o risco de colisão com os fios
e consequente derrubada dos
postes, fios e equipamentos
da rede elétrica, que podem
cair sobre o próprio veículo ou
sobre os foliões.
• Observar a existência da
rede elétrica e tomar cuidado
para não tocá-la.
• Considerar a altura do
veículo e das pessoas sobre
ele em relação à fiação da rede
elétrica e demais obstáculos.
Palanques para apresentação de shows
• A montagem e a desmontagem devem considerar a
existência das redes elétricas
aéreas e, em caso de escavação, subterrâneas.
• A fixação das coberturas
deve ser bem feita para evitar o
desprendimento e possível projeção contra a rede elétrica.
Aparelhos de som, refrigeração e churrasqueiras
elétricas
• Não ligar aparelhos elétricos próximo a duchas ou
piscinas.
• Evitar improvisos (gambiarras), pois eles aumentam o
risco de acidentes com a rede
elétrica.
Colisão de veículos com
postes da Cemig (abalroamento)
• Não sair do veículo. A pessoa poderá tomar um choque
se houver algum cabo partido
em contato com o veículo. Se
precisar sair do veículo em
função de um incêndio, abrir a
porta e pular com os pés juntos,
o mais longe possível, sem
tocar na lataria do carro.
• Não tentar socorrer as
vítimas se houver fio partido.
Nesse caso, acionar imediatamente a Cemig e o Corpo de
Bombeiros.
Fonte: CEMIG
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
Correio do Papagaio :: Pág 5
Dom Viçoso
Encontro de Violeiros promove muita
música e animação
O Encontro de Violeiros foi
realizado nos dias 22, 23 e 24
de janeiro, na praça Augusto
Alckmin, com entrada franca.
O evento contou com a
presença de diversos violeiros
de toda a região, que fizeram
belíssimas apresentações
durante a noite de sextafeira, 22.
No sábado, 23, apresentação de zumba do professor
Joel Matos, seguida do show
da dupla Tiago Ribeiro & Cristiano, fizeram a animação dos
presentes.
No último dia do encontro,
24, teve apresentação de Leandro Dutra.
O Encontro dos Violeiros,
realizado pela VipTurismo,
proporcionou três dias de
cultura e música para todos
os gostos e públicos e contou
com o apoio da Rádio Comunitária Colinas – 97,3.
A venda dos tira-gostos
ficou a cargo da APAE de
Dom Viçoso, com um belo
atendimento e deliciosos petiscos e ainda a presença de
Waguinho, da Rádio Comunitária Colinas, ao lado de Leandro Dutra
Francisco e Bonifácio com Prefeito Donizetti
vários barraqueiros de São
Lourenço.
Dona Zezé, mãe do prefeito municipal Donizetti,
foi homenageada durante o
evento, recebendo o troféu
de participação do Encontro
de Violeiros.
Crianças se divertiram no cinema 6D
Muita dança e diversão durante o Encontro de Violeiros
Thiago Ribeiro e Cristiano
Prefeito Donizetti ao lado de sua mãe, dona Zezé
Forró rolou solto e divertiu quem gosta deste estilo musical
1º Mutirão Regional de Combate ao
Aedes Aegypti
Durante o mês de janeiro
foi realizado o 1º Mutirão Regional de Combate à Dengue,
de 25 a 29 de janeiro.
Nesse período foram realizadas visitas do agente da
Dengue e equipe do PSF em
todos os domicílios do centro
da cidade e zona rural. O
objetivo foi de fazer a prevenção, através de orientações,
conscientizando e distribuindo
panfletos, cartazes e faixas.
Foram visitados o centro
da cidade, no primeiro dia
da campanha, 25, o bairro
Bocaina, no dia seguinte, o
bairro Viçoso, dia 27 e no dia
28 os bairros Serrinha e Ponte
de Pedra. No último dia, 29, o
centro recebeu nova visita.
O Brasil está em luta contra
a dengue. O Governo Federal
definiu ações para eliminação
de focos do mosquito em ór-
gãos públicos e criou o Comitê
de Articulação e Monitoramento das ações de mobilização
para enfrentamento ao Aedes
aegypti
Entre as providências, especificadas em decreto, estão
a realização de campanhas
educativas, vistoria e retirada
de criadouros do mosquito,
além da limpeza das áreas
internas e externas e o entorno
das instalações públicas.
“O trabalho contra Aedes
aegypti, o mosquito transmissor da dengue e da Zika,
tem que ser permanente e
ininterrupta. Só assim, com
uma ação continuada, vamos
conseguir eliminar os focos do
mosquito e impedir a transmissão de doenças, protegendo
nossas crianças”, destacou
o ministro da Saúde, Marcelo
Castro.
Campanha educativa foi um dos pontos abordado pelo mutirão
Os Barraqueiros (APAE) nota 10
Público se divertiu muito durante o evento
Carnaval Antecipado
da Apae
Evento realizado no Clube Recreativo e Cultural Ivo de Lima foi
um sucesso
Solidariedade com as
famílias de Cristina
A Luta é de Todos - Campanha de conscientização contra a Dengue
Foram recolhidos alimentos, roupas e produtos de
limpeza que serão enviados
às famílias do município de
Cristina, que foram afetadas
pela enchente.
A coleta das doações foi
Agentes da Dengue e equipe do PSF
Doação de roupas, mantimentos e material de limpeza
um sucesso e a entrega deverá ser realizada dia 4 de
fevereiro.
“O que eu faço, é uma gota
no meio de um oceano. Mas
sem ela, o oceano será menor”
- Madre Teresa de Calcutá
A c e s s e w w w. c o r r e i o d o p a p a g a i o . c o m . b r / d o m v i c o s o
Atos/Gerais
Pág 6 :: Correio do Papagaio
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
Prefeitura Municipal de Arantina
FUGA POR ATACADO
ICMS prejudica setor que gera 15 mil empregos diretos em Minas
FOTO: DIVULGAÇÃO
A GUERRA fiscal entre
os Estados tem provocado
‘fogo amigo’ do Governo
com empresas que geram
milhares de empregos e recursos em próprio seu território. A nova vítima é o setor
atacadista, que emprega
15 mil pessoas de maneira
direta em Minas Gerais.
A PARTIR de janeiro,
com a revogação do regime
especial tributário, atacadistas precisam recolher
imposto quando os produtos
forem adquiridos e entrarem
em Minas Gerais, algo não
só mais oneroso, mas também que atrasa no envio
DENTE
O TJMG estipulou em R$
10 mil por danos morais
e R$ 5 mil por danos
estéticos indenização a
paciente que perdeu dente ao não ser atendida
para conclusão de procedimento por débitos em
consultório de BH.
CADELA
Veterinário de Pouso Alegre, no Sul de Minas, terá
que pagar R$ 8 mil por
danos morais à dona de
uma cadela, que não foi
permitida de ver o corpo
do animal - que morreu
após procedimento cirúrgico -, descartado em um
aterro sanitário.
DISTRITO
O novo Distrito Industrial de Itabira, na região
Central do Estado, será
instalado em terreno de
300 mil hectares doado
pela Vale. O segmento
das empresas que devem
se instalar no local vai
do químico ao de pedras
ornamentais.
APLICATIVO
A plataforma AgriSupport,
do Centro Nacional de
Monitoriamento e Alertas
das mercadorias.
ENQUANTO PEQUENAS empresas já admitem
não sobreviver a esse novo
cenário da burocracia brasileira, as grandes ensaiam
fuga para Estados com
melhores condições.
de Desastres, com apoio da
Emater-MG, promete não
só orientar o pequeno produtor, mas também prevê o
intercâmbio de informações
científicas e de produção.
ência para Campinas.
R$ 480 MILHÕES
Esse é o valor do investimento previsto da concessionária Nascentes das
Gerais para 2016-2017 na
MG-050, a primeira Parceira Pública Privada (PPP)
do Brasil. Apesar do aporte, apenas 19 quilômetros
serão duplicados neste
período.
PASSAREDO
A aérea de Ribeirão Preto
promete ganhar campo em
Minas Gerais - onde teve
média de 68% de ocupação
no ano passado - com o fim
da operação da GOL de
Uberlândia para Goiânia.
De BH são dois destinos:
Ribeirão e Porto Seguro.
VARGINHA
A partir de março, a Azul
retoma a operação na ‘capital do Sul de Minas’. Serão
três voos semanais para
Confins, na Grande Belo
Horizonte. Varginha ficou
fora da rota aérea desde
março de 2014, com frequ-
LOCALIZA
A marca mineira de aluguel de carros é a 25ª
mais valiosa do Brasil, de
acordo com a consultoria
Interbrand. Com lucro
de R$ 300 milhões no
ano passado - período
que abriu 17 unidades -,
aparece no levantamento avaliada em R$ 350
milhões.
ABRIL
Este é o período que deve
ser colhido o café em
Minas, beneficiada com
a chuva e aumento da
temperatura, que ajuda
na formação dos grãos.
Segundo o IBGE, a alta
na safra mineira será de
21,4%: 26,8 milhões de
sacas.
NUCLEAR
Técnicos já vistoriaram
Minas Gerais e apontaram trecho ideal entre
Pirapora e São Romão,
no Norte do Estado, às
margens do rio São Francisco, para implantação
de de duas usinas nucleares até 2030 - outras
duas seriam implantadas
no Brasil.
Prefeitura Municipal de
Carvalhos
EXTRATO DE CONTRATO DE LICITAÇÃO
PROCESSO DE LICITAÇÃO DE Nº 39/2015
MODALIDADE PREGÃO PRESENCIAL DE Nº 26/2015
OBJETO: LOCAÇÃO DE VEÍCULOS PARA O TRANSPORTE ESCOLAR DE ALUNOS DA REDE
MUNICIPAL DE ENSINO FUNDAMENTAL.
DATA: 01 de fevereiro de 2016
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA:
339036-02.03.01-12.361.005.2.0028 – DES. DO TRANSPORTE ESCOLAR
339039-02.03.01-12.361.005.2.0028 – DES. DO TRANSPORTE ESCOLAR
CONTRATADO: ANDERSON PEREIRA MOREIRA
VALOR: R$ 36.500,00 (trinta e seis mil e quinhentos reais)
CONTRATADO: MIGUEL ANGELO SOUSA DO AMARAL
VALOR: R$ 37.000,00 (trinta e sete mil reais),
CONTRATADO: DAGMAR ISARIAS
VALOR: R$ 32.500,00 (trinta e dois mil e quinhentos reais)
EXTRATO DA ATA DE REGISTRO DE PREÇOS
PROCESSO DE LICITAÇÃO DE Nº 01/2016
PREGÃO PRESENCIAL PARA REGISTRO DE PREÇOS DE Nº 01/2016
OBJETO: AQUISIÇÃO DE COMBUSTÍVEIS E DERIVADOS, DESTINADOS A MANUTENÇÃO
DOS VEÍCULOS DA FROTA MUNICIPAL
DATA: 03 de FEVEREIRO de 2016
PRAZO: 03/02/2016 A 31/12/2016
DOTAÇÃO ORÇAMENTÁRIA: .
020100-0412200220006-339030 – DES. ATIVID. GABINETE PREFEITO
020301-1212200220024-339030 – MANUT. SECRETARIA EDUCAÇÃO
020301-1236100520026-339030 – DES. ENSINO FUNDAMENTAL
020301-1236100520028-339030 – DES. TRANSPORTE ESCOLAR
020302-2369501420043-339030 – APOIO DUVULGAÇÃO TURISMO
020503-1751200620057-339030 – DES. LIMPEZA PÚBLICA
020602-1030100420058-339030 – DES. DAS AÇÕES DA ATENÇÃO BÁSICA
020602-1030100420059-339030 – DES. PROGRAMA SAÚDE FAMÍLIA
020700-0824300320067-339030 – APOIO CONSELHO TUTELAR
021000-2678201520083-339030 – DES. INFRA ESTRUTURA TRANSPORTE
020900-2060601320080-339030 – ASSIST. AO PRODUTOR RURAL
020100-0412200220010-339030 – CONV. POLÍCIA MILITAR
020100-0412200220089-339030 – CONVÊNIO POLÍCIA CIVIL
020400-1545100920050-339030 – DES. VIAS, PRAÇAS JARDINS
CONTRATADO: AUTO POSTO SERITINGA LTDA.
ÍtemQuant
Unid
Produto
Espec
1
180.000
LITROS
GASOLINA
COMUM
2
60.000
LITROS
ALCOOL
3
240.000
LITROS
DIESEL
COMUM FILTRADO
VALOR TOTAL ESTIMADO R$ 1.589.400,00
Valor Unit
R$ 3,90
R$ 2,79
R$ 3,00
CONTRATADO: CENTRO AUTOMOTIVO CENTRO OESTE LTDA.
ÍtemQuant
Unid
Produto
Espec
Valor Unit
4
250
BALDE ÓLEO TRANS FREIO ÚMIDO EM. C/ 20L
R$ 169,30
7
250
LITROS
ÓLEO HIDRAULICO
EM. C/ 1000ML R$ 10,00
8
500
LITROS
ÓLEO LUBR.15W40(M DIESEL) EM. C/ 1000ML R$ 8,30
VALOR TOTAL ESTIMADO
R$ 48.975,00
Valor total
R$ 702.000,00
R$ 167.400,00
R$ 720.000,00
Valor total
R$ 42.325,00
R$ 2.500,00
R$ 4.150,00
CONTRATADO: FERNANDES E FERNANDES LUBRIFICANTES LTDA.
ÍtemQuant
Unid
Produto
Espec
5
400
BALDE ÓLEO LUBRIFICANTE 90 EM.C/ 20L
9
700
LITROS ÓLEO LUB.15W40 SEMI SINT (M GAS/ALCOOL)EM. C/ 1000ML
12 260
BALDE GRAXA PARA ROLAMENTOEM.C/20KG
13 180
LITROS
ÓLEO 2T 8017H 1:50EM. C/ 500ML
VALOR TOTAL ESTIMADO
R$ 134.107,00
CONTRATADO: CANEDO DISTRIBUIDORA DE LUBRIFICANTES LTDA.
ÍtemQuant
Unid
Produto
Espec
6
400
BALDE ÓLEO LUBRIFICANTE 68
EM. C/ 20L
10 480
LITROS
ÓLEO DE FREIO (FLUIDO) EM. C/ 500ML
11 40
BALDE GRAXA PARA CHASSIS
EM. C/ 20KG
VALOR TOTAL ESTIMADO
R$ 60.527,20
Valor Unit
R$ 130,00 R$
6,89 R$ 130,50 Valor Unit
R$ 168,40
R$ 11,10
R$ 222,75
R$ 5,90
Valor total
R$ 67.360,00
R$ 7.770,00
R$ 57.915,00
R$ 1.062,00
Valor total
R$ 52.000,00
R$
3.307,20
R$
5.220,00
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO
Nº 012/2016 – PREGÃO PRESENCIAL Nº. 003/2016. A
Prefeitura Municipal de ARANTINA/MG torna público que receberá os envelopes contendo
documentos e propostas, na
modalidade PREGÃO PRESENCIAL n.003/2016, até as
14h, do dia 23/02/2016, o tipo
menor preço para a aquisição
de gás, pelo sistema registro
de preços, conforme especificações e quantitativos no
Anexo I do presente Edital.
As informações sobre o edital
estão à disposição dos interessados com a CPL, na Rua Juca
Pereira, 31, Centro - Arantina/
MG– em horário comercial ou
pelo telefone (32)3296-1039.
A licitação será regida pela
Lei Federal 8.666/93 e suas
alterações posteriores, Lei
10.520/2002, bem como por
leis específicas relacionadas
ao objeto desta licitação e demais condições fixadas neste
edital. ARANTINA, 02 de fevereiro de 2016. Sueli Souza
Landim – Pregoeira.
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO Nº014/2016 – PREGÃO
PRESENCIAL Nº. 004/2016 A
Prefeitura Municipal de ARANTINA/MG torna público que receberá os envelopes contendo
documentos e propostas, na
modalidade PREGÃO PRE-
SENCIAL n.004/2016, até as
10h, do dia 23/02/2016, o tipo
menor preço para a contratação de empresa para realização da Festa da Cavalgada
2016 de Arantina, conforme
especificações e quantitativos
no Anexo I do presente Edital.
As informações sobre o edital
estão à disposição dos interessados com a CPL, na Rua Juca
Pereira, 31, Centro - Arantina/
MG– em horário comercial ou
pelo telefone (32)3296-1215
A licitação será regida pela
Lei Federal 8.666/93 e suas
alterações posteriores, Lei
10.520/2002, bem como por
leis específicas relacionadas
ao objeto desta licitação e demais condições fixadas neste
edital. ARANTINA, 02 de fevereiro de 2016. Sueli Souza
Landim - Presidente da CPL.
AVISO DE LICITAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO Nº015/2016 – PREGÃO
PRESENCIAL Nº. 005/2016 A
Prefeitura Municipal de ARANTINA/MG torna público que receberá os envelopes contendo
documentos e propostas, na
modalidade PREGÃO PRESENCIAL n.005/2016, até as
13h, do dia 25/02/2016, o tipo
menor preço para a AQUISIÇÃO DE MATERIAL DE
LIMPEZA, COZINHA E DESCARTÁVEIS, PELO SISTEMA
DE REGISTRO DE PREÇOS,
conforme especificações e
quantitativos no Anexo I do presente Edital. As informações
sobre o edital estão à disposição dos interessados com
a CPL, na Rua Juca Pereira,
31, Centro - Arantina/MG– em
horário comercial ou pelo telefone (32)3296-1215 A licitação
será regida pela Lei Federal
8.666/93 e suas alterações
posteriores, Lei 10.520/2002,
bem como por leis específicas
relacionadas ao objeto desta
licitação e demais condições fixadas neste edital. ARANTINA,
04 de fevereiro de 2016. Sueli
Souza Landim - Presidente
da CPL.
AVISO DE LICITAÇÃO
Licitação n° 16/2016 - Modalidade de Pregão Presencial
n° 006/2016. O Município de
ARANTINA, na forma da lei,
faz saber a todos quantos o
presente edital virem, ou dele
conhecimento tiverem, que
a partir das 09h do dia 25 de
fevereiro de 2016, na Prefeitura
Municipal na sala da comissão
de licitação, localizada na Rua
Juca Pereira, n° 31, bairro Centro, município de ARANTINA,
será realizada licitação, tipo
menor preço por LOTE, para a
contratação de seguro para a
frota de veículos da Prefeitura
Municipal de Arantina, com cobertura contra danos materiais
resultantes de sinistros de roubo ou furto, colisão, incêndio,
danos causados pela natureza,
e assistência 24 horas, conforme especificações constantes
do Anexo II deste Edital que
se encontra a disposição de
todos os interessados no setor
de licitação da Prefeitura Municipal, onde poderão obtê-lo.
Para conhecimento de todos os
interessados, expediu-se o presente que será afixado no lugar
de costume, publicando-se na
forma da lei. ARANTINA, 04 de
fevereiro de 2016. Sueli Souza
Landim – Pregoeira.
CONCURSO PÚBLICO
MUNICIPAL
RETIFICAÇÃO N° 1 DO
EDITAL Nº 001/2016
A Prefeitura Municipal de
Arantina torna público a Retificação N° 1 do Edital Nº
001/2016, de 25/01/2016, publicado no “Minas Gerais” do
dia 28/01/2016, conforme a
seguir: Ficam alterados os
itens 3.6.1.1., 3.6.1.5, 5.1.,
5.13., e 8.1..
Onde se Lê: www.framinas.
org., LEIA-SE: www.fadecit.
org. No item 1.13.1.
Onde se lê R$950, LEIA-SE:
R$950,00. Permanecem inalterados os demais itens e condições estabelecidos no Edital
001/2016, de 28 de janeiro de
2016. Arantina, 03/02/2016 –
Francisco Carlos Ferreira Alves
– Prefeito Municipal – Hélia
Lúcia Mesquita – Presidente
da Comissão – Portaria Nº
027/2015.
Prefeitura Municipal de Dom Viçoso
EXTRATOS
PRIMEIRA APOSTILA AO CONTRATO Nº 036/2013
O Prefeito Municipal de dom
Viçoso, no uso de suas atribuições
legais e com base no § 8º do art.
65 da Lei n º 8666/93 registra a
apostila ao Contrato nº 36/2013,
precedido do processo licitatório nº
036/2013 – Pregão Presencial nº
010/2013, firmado com a empresa
EVALDO CARVALHO - MEI, CNPJ
n° 14.361.791/0001-90, prorrogado
mediante Terceiro Termo Aditivo, o
reajuste contratual no patamar de
10,5443 %, com base no índice
IGPM, nos termos do contrato,
passando a vigorar com o valor
mensal de R$1.459,18 (Hum mil,
quatrocentos e cinqüenta e nove
reais e dezoito centavos).
Dom Viçoso, 14 de Janeiro de
2016.
José Donizetti de Souza
Prefeito Municipal de Dom Viçoso
PRIMEIRA APOSTILA AO CONTRATO Nº 007/2015
O Prefeito Municipal de dom
Viçoso, no uso de suas atribuições
legais e com base no § 8º do art. 65
da Lei n º 8666/93 registra a apostila
ao Contrato nº 007/2015, precedido
do processo licitatório nº 009/2015
– Dispensa nº 007/2015, firmado
com Terezinha de Jesus dos Reis,
CPF n° 035.160.368-93, prorrogado
mediante Primeiro Termo Aditivo,
o reajuste contratual no patamar
de 11,2762 %, com base no índice
INPC, nos termos do contrato, passando a vigorar com o valor mensal
de R$1.669,14 (Hum mil, seiscentos
e sessenta e nove reais e quatorze
centavos ).
Dom Viçoso, 15 de Janeiro de
2016.
José Donizetti de Souza
Prefeito Municipal de Dom Viçoso
PRIMEIRO TERMO ADITIVO ATA
DE REGISTRO DE PREÇOS Nº
001/2016.
OBJETO: Alteração de preços de
medicamentos para que mantenha
o equilíbrio econômico-financeiro
devido a majoração da alíquota de
ICMS sobre medicamentos e materiais hospitalares. Os medicamentos
são: Clomipramina 25mg, com o valor unitário de R$0,75 – Indapamida
SR 1,5mg, cx c/30cp, com o valor
unitário de R$4,29 e Indapamida
SR 2,5mg, cx c/30cp, com o valor
unitário de R$12,87.
CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Dom Viçoso, MG.
CONTRATADA: Biohosp Produtos Hospitalres Ltda, CNPJ
18.269.125/0001-87
DATA: 01 / 02 /2016.
PRIMEIRO TERMO ADITIVO ATA
DE REGISTRO DE PREÇOS Nº
039/2015.
OBJETO: Alteração de preços
de pneus e acessórios para que
mantenha o equilíbrio econômicofinanceiro devido a alta do dólar e
impostos. Os produtos com alteração são:
Item
Produto Quant.
P. Unit.
Total
Marca
6
Câmara de Ar p/ Pneu
14.00-24 6
171,60
1.029,60 Jabuti-TR220A
11
Câmara de Ar p/ Pneu
18.4-34
4
293,80
1.175,20 Jabuti-TR218A
21
Câm. Ar p/ Pneu 275/80
R 22,5 Lameiro
8
93,60
748,80
JabutiTR78A
22
Câm. de Ar p/ Pneu
275/80 R 22,5 Liso
4
93,60
374,40
JabutiTR78A
37
Pneu 18.4-34
2
2.795,00 5.590,00
JR King Stone-R1
39
Pneu 185 /R14C
16
332,80
5.324,80
Chengshan-CSC01
40
Pneu 195/55 R15
12
308,10
3.697,20
Goodride-SP06
44
Pneu 215/75 R 17,5
Liso
24
717,60
17.222,40 Goodride-CR960A
50
Pneu 9.00 - 20 Liso
18
955,50
17.199,00
Goodride-CR942
51
Pneu 9.00 R 20 Lameiro
24
955,50
22.932,00 Goodride-CL946
54
Protetor – Aro 16
30
20,15
604,50
Jabuti
55
Protetor – Aro 20
30
26,00
780,00
Jabuti
56
Protetor – Aro 24
60
65,00
3.900,00
Jabuti
CONTRATANTE: Prefeitura Municipal de Dom Viçoso, MG.
CONTRATADA: JB Comércio de
Peças para Veículos EIRLI EPP,
CNPJ 20.831.339/0001-47
DATA: 01 / 02 /2016.
EXTRATOS
TERMO DE ADJUDICAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO Nº
006 / 2016.
MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 001 / 2016.
O Pregoeiro Municipal, Francisco
Rosinei Pinto, referente ao Processo
de Licitação de n° 006/2016- Modalidade Pregão Presencial n°
001/2016, ADJUDICA seu objeto
para as para as seguintes empresas
vencedoras e respectivas linhas:
Roadstour Fretamento e Turismo
Ltda, CNPJ nº 06.137.414/0001-43
Linha Descrição Capacidade
do Veículo Unid. Quant
P. Unit.
Total
3
Bairro Bocaina e Calixto
Mínimo 40 passageiros KM 11.000
3,76 41.360,00
4
Faculade e Curso profissionalizante em Slço Mínimo 40
passageiros KM 30.000
3,76 112.800,00
5
Ônibus para Transporte Eventuais
Mínimo 40
passageiros KM 6.000
3,75 22.500,00
6
Substituição de Ônibus
Mínimo 40 passageiros KM 3.000
3,75 11.250,00
TOTAL GERAL
187.910,00
C. H. R. Turismo Ltda, CNPJ nº
02.775.169/0001-49
Linha Descrição Capacidade
do Veículo Unid. Quant
P. Unit.
Total
2
Van para transportes
Eventuais Mínimo 15 passageiros KM 8.000
2,60 20.800,00
8
Bairro Mato Dentro Mínimo 9 passageiros KM 13.000
4,35 56.550,00
TOTAL GERAL
77.350,00
Jose Marcelo Costa Guerra –
MEI, CNPJ nº 19.466.839/0001-18
Linha Descrição Capacidade
do Veículo Unid. Quant
P. Unit.
Total
1
Joazal / Nana / Bocaina
Mínimo 15 passageiros KM 18.250
3,05
55.662,50
Edna Maria Campos MoreiraMEI, CNPJ nº 19.564.516/0001-97
Linha Descrição Capacidade
do Veículo Unid. Quant
P. Unit.
Total
7
Bairro Aterrado / Conquista
Mínimo 9 passageiros KM 22.500
2,85 64.125,00
Antônio José Pereira de Carvalho- MEI, CNPJ nº 14.916.178/000191
Linha Descrição Capacidade
do Veículo Unid. Quant
P. Unit.
Total
9
Bairro Pinhal / Fazenda
Rodeio
Mínimo 9 passageiros KM 18.750
2,98 55.875,00
O valor total estimado é de
R$440.922,50 ( quatrocentos e
quarenta mil, novecentos e vinte e
dois reais e cinqüenta centavos ).
Dom Viçoso, 28 de Janeiro de
2016.
FRANCISCO ROSINEI PINTO
Pregoeiro
TERMO DE HOMOLOGAÇÃO
PROCESSO LICITATÓRIO Nº
006 / 2016.
MODALIDADE: PREGÃO PRESENCIAL Nº 001 / 2016.
Acatando inteiramente o resultado apresentado pelo Pregoeiro da
Prefeitura Municipal de Dom Viçoso,
MG, quanto ao Processo de Licitação de nº 006/2016, modalidade
Pregão Presencial nº 001/2016 de
07 de janeiro de 2016, HOMOLOGO
a decisão do Pregoeiro.
Dom Viçoso, 28 de Janeiro de
2016.
JOSÉ DONIZETTI DE SOUZA
Prefeito Municipal
EXTRATO DE CONTRATO
Unidade Administrativa
Serviço de Educação, Esportes,
Fundo Municipal de Assistência
Social
Contrato nº
010/2016
Data de Assinatura 01/02/2016
Vigência0 1 / 0 2 / 2 0 1 6
A
31/12/2016
Processo de Licitação nº
006/2016
Modalidade e nº
Pregão Presencial 001/2016
Fundamento Legal L
e
i
10.520/02 e 8.666/93
Objeto Contratação de Serviços
de Transporte Escolar e Transportes
Eventuais para os demais Setores
da Administração.
Contratada
Roadstour
Fretamento e Turismo Ltda.
CNPJ 06.137.414/0001-43
Valor Estimado
R$187.910,00 ( cento e oitenta e
sete mil, novecentos e dez reais ).
Unidade Administrativa
Serviço de Educação, Esportes,
Fundo Municipal de Assistência
Social
Contrato nº
011/2016
Data de Assinatura 01/02/2016
Vigência0 1 / 0 2 / 2 0 1 6
A
31/12/2016
Processo de Licitação nº
006/2016
Modalidade e nº
Pregão Presencial 001/2016
Fundamento Legal L
e
i
10.520/02 e 8.666/93
Objeto Contratação de Serviços
de Transporte Escolar e Transportes
Eventuais para os demais Setores
da Administração.
Contratada
C. H. R.
Turismo Ltda.
CNPJ 02.775.169/0001-49
Valor Estimado
R
$
77.350,00 ( setenta e sete mil,
trezentos e cinqüenta reais ).
Unidade Administrativa
Serviço de Educação
Contrato nº
012/2016
Data de Assinatura 01/02/2016
Vigência0 1 / 0 2 / 2 0 1 6
A
31/12/2016
Processo de Licitação nº
006/2016
Modalidade e nº
Pregão Presencial 001/2016
Fundamento Legal L
e
i
10.520/02 e 8.666/93
Objeto Contratação de Serviços
de Transporte Escolar.
Contratada
Jose Marcelo Costa Guerra – MEI.
CNPJ 19.466.839/0001-48
Valor Estimado
R
$
55.662,50 (cinqüenta e cinco mil,
seiscentos e sessenta e dois reais
e cinqüenta centavos).
Unidade Administrativa
Serviço de Educação
Contrato nº
013/2016
Data de Assinatura 01/02/2016
Vigência0 1 / 0 2 / 2 0 1 6
A
31/12/2016
Processo de Licitação nº
006/2016
Modalidade e nº
Pregão Presencial 001/2016
Fundamento Legal L
e
i
10.520/02 e 8.666/93
Objeto Contratação de Serviços
de Transporte Escolar.
Contratada
Edna Maria
Campos Moreira – MEI.
CNPJ 19.564.516/0001-97
Valor Estimado
R
$
64.125,00 ( sessenta e quatro mil,
cento e vinte e cinco reais).
Unidade Administrativa
Serviço de Educação
Contrato nº
014/2016
Data de Assinatura 01/02/2016
Vigência0 1 / 0 2 / 2 0 1 6
A
31/12/2016
Processo de Licitação nº
006/2016
Modalidade e nº
Pregão Presencial 001/2016
Fundamento Legal L
e
i
10.520/02 e 8.666/93
Objeto Contratação de Serviços
de Transporte Escolar.
Contratada
Antônio
José Pereira de Carvalho – MEI.
CNPJ 14.916.178/0001-91
Valor EstimadoR$ 55.875,00 (
cinqüenta e cinco mil, oitocentos e
setenta e cinco reais ).
TERMO DE HOMOLOGAÇÃO
PROCESSO DE LICITAÇÃO DE
Nº 035/2015
MODALIDADE CONCORRÊNCIA PÚBLICA Nº 001/2015.
Acatando inteiramente o parecer
da Comissão de Licitação da Prefeitura Municipal de Dom Viçoso,
Estado de Minas Gerais, quanto
ao Processo de Licitação de nº
035/2015 – Modalidade Concorrência Pública 001/2015 de 25 de
agosto de 2015, HOMOLOGO a
decisão de seus Membros.
Dom Viçoso, 02 de Fevereiro
de 2016.
JOSÉ DONIZETTI DE SOUZA
Prefeito Municipal
TERMO DE ADJUDICAÇÃO
OBJETO: delegação através de
Contrato de Adesão e Outorga de
Permissão para a execução do Serviço Público de Transporte Individual
de Passageiros por Táxi.
O Prefeito Municipal de Dom Viçoso, Estado de Minas Gerais, com
base na decisão da Comissão Permanente de Licitação - CPL, referente ao Processo de Licitação de n°
035/2015- Modalidade Concorrência
Pública n° 001/2015, ADJUDICA seu
objeto aos licitantes abaixo:
POSIÇÃO
L I C I TA N TES CLASSIFICADOSPONTOS
1º - JOSE APARECIDO GAIOZO
CAMPOS - 58
2º - ELIZABETE ROSA FERREIRA - 56
3º - CELIO HENRIQUE MARQUES PEREIRA - 56
4º - HUGO LEONARDO ROSA
PEREIRA - 56
5º - LUIZ ANTONIO DE OLIVEIRA - 54
6º - CARLOS ROBERTO PEREIRA DIAS - 54
7º - MÁRIO CEZAR ROSA - 53
8º - GABRIEL DE SOUZA PINTO - 52
9º - ALBA REGINA DE OLIVEIRA
ROSA - 44
10º - JOSE ROBERTO MOREIRA - 27
JOAQUIM ANTONIO DA SILVA –
DIREITO ADQUIRIDO – CF 1988
Dom Viçoso, 02 de Fevereiro
de 2016.
JOSÉ DONIZETTI DE SOUZA
Prefeito Municipal
EDITAL CONTRIBUIÇÃO SINDICAL RURAL
PESSOA FÍSICA EXERCÍCIO DE 2016
A Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil – CNA, em conjunto com as Federações Estaduais de Agricultura e os Sindicatos Rurais e/ou de Produtores Rurais com base no Decreto-lei nº 1.166, de 15 de abril de 1971, que dispõe sobre a arrecadação
da Contribuição Sindical Rural - CSR, em atendimento ao princípio da publicidade e ao espírito do que contém o art. 605 da CLT,
vêm NOTIFICAR e CONVOCAR os produtores rurais, pessoas físicas, que possuem imóvel rural, com ou sem empregados e/
ou empreendem, a qualquer título, atividade econômica rural, enquadrados como “Empresários” ou “Empregadores Rurais”, nos
termos do artigo 1º, inciso II, alíneas “a”, “b” e “c” do citado Decreto-lei, para realizarem o pagamento das Guias de Recolhimento
da Contribuição Sindical Rural, referente ao exercício de 2016, devida por força do Decreto-lei 1.166/71 e dos artigos 578 e seguintes da CLT. O recolhimento da CSR deverá ocorrer, impreterivelmente, até o dia 22 de maio de 2016, em qualquer estabelecimento integrante do sistema nacional de compensação bancária. A falta do recolhimento da Contribuição Sindical Rural – CSR,
até a data do vencimento (22 de maio de 2016), constituirá o produtor rural em mora e o sujeitará ao pagamento de juros, multa
e atualização monetária previstos no artigo 600 da CLT. As guias foram emitidas com base nas informações prestadas pelos contribuintes nas Declarações do Imposto sobre a Propriedade Territorial Rural – ITR, repassadas à CNA pela Secretaria da Receita
Federal do Brasil – SRFB, remetidas, por via postal, para os endereços indicados nas respectivas Declarações, com amparo no
que estabelece o artigo 17 da Lei nº 9.393, de 19 de dezembro de 1.996, e o 7º Termo Aditivo do Convênio celebrado entre a CNA
e a SRFB. Em caso de perda, de extravio ou de não recebimento da Guia de Recolhimento pela via postal, o contribuinte deverá
solicitar a emissão da 2ª via, diretamente, à Federação da Agricultura do Estado onde tem domicílio, até 5 (cinco) dias úteis antes
da data do vencimento, podendo optar, ainda, pela sua retirada, diretamente, pela internet, no site da CNA: www.canaldoprodutor.
com.br. Eventual impugnação administrativa contra o lançamento e cobrança da Contribuição Sindical Rural – CSR deverá ser
encaminhada, por escrito, no prazo de 30 (trinta) dias, contado do recebimento da guia, para a sede da CNA, situada no SGAN
Quadra 601, Módulo K, Edifício CNA, Brasília - Distrito Federal, CEP: 70.830-021 ou da Federação da Agricultura do seu Estado,
podendo ainda, ser enviada via internet no site da CNA: [email protected] O sistema sindical rural é composto pela Confederação
da Agricultura e Pecuária do Brasil–CNA, pelas Federações Estaduais de Agricultura e/ou Pecuária e pelos Sindicatos Rurais e/
ou de Produtores Rurais.
Brasília, 4 de Fevereiro de 2016.
João Martins da Silva Júnior - Presidente da Confederação
Passatempo
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
Horóscopo
Áries
(21/03 a 20/04)
A semana é de
Lua Minguante, propícia a
resolver pendências
e fazer reflexões sobre as suas atitudes
emocionais e também
sobre as situações
profissionais.
Touro
(21/04 a 20/05)
A semana é
importante para
você estar mais
consciente de seus ideais, valores e verdades
internas. É um momento muito importante
para situações ligadas
a viagens, espiritualidade e estudos.
Gêmeos
(21/05 a 20/06)
A fase lunar
Minguante,
que ocorre
esta semana, é importante para resolver
pendências financeiras
e emocionais, geminiano. É um momento
em que você está mais
em contato com seus
sentimentos.
Câncer
(21/06 a 21/07)
Esta é uma
semana decisiva para os
relacionamentos e
parcerias, cancerianos. Muita conscientização e transformação
nas relações.
Leão
(22/07 a 22/08)
Nesta semana,
temos a Lua
Minguante,
que indica a necessidade de observar as
suas atitudes e de se
aprimorar. Resolução
de pendências ligadas às emoções, trabalho e saúde.
Ria você também
Briga de vizinha
O garoto apanhou da
vizinha, e a mãe furiosa
foi tomar satisfação:
Por que a senhora bateu no meu filho? Ele
foi mal-educado, e me
chamou de gorda. E a
senhora acha que vai
emagrecer batendo
nele?
Dois canibais almoçando: - Não agüento
mais minha sogra! Então, come só a batatinha!
Bebado confuso
Ao sair do boteco,
todo embriagado, consegue chegar em casa
com muito custo. Abre
a porta e vai correndo para o banheiro.
Assustado, corre para
o quarto e acorda a
mulher: - Ô muié....
Essa casa tá mal assombrada! Eu abri a
porta do banheiro e a
luz acendeu sozinha.
Depois, fechei a porta e
a luz apagou sozinha....
A mulher, pu*a da vida,
grita: - canalha!!! Você
mijou na geladeira de
novo!!!!
Advogado sincero
Um homem entra num
escritório de advocacia
Aperitivo de
queijo
Tempo:
30 min
Rendimento:
8 porções
Dificuldade:
Fácil
Libra
(23/09 a 22/10)
A Lua Minguante desta semana ocorrerá no
setor financeiro, indicando um período de
resolução de pendências materiais e também emocionais.
Ingredientes
-12 xícaras (chá) de
queijo parmesão ralado
-2 xícaras (chá) de farinha de trigo
-6 colheres (sopa) de
óleo de milho
-1 colher (café) de sal
-1/2 colher (café) de
Sagitário
(22/11 a 21/12)
A semana de
Lua Minguante indica que
está havendo
uma limpeza em situações emocionais aos
sagitarianos.
Capricórnio
(22/12 a 20/01)
A semana é
interessante
para resolver
pendências e
para observar as consequências de suas
atitudes ao longo das
últimas semanas.
Aquário
(21/01 a 19/02)
Esta semana é
de Lua Minguante, o que
caracteriza resolução de pendências emocionais e profissionais. Um momento mais introspectivo aos aquarianos.
Peixes
(20/02 a 20/03)
Momento importante para
o desenvolvimento da espiritualidade dos
piscianos e também
para a ampliação de
conhecimentos.
Professora
desempregada
A mulher desempregada estava consultando os classificados
e decide ligar para um
anúncio de faxineira.
No final da conversa, a
senhora que a atendeu
lhe pergunta: - E quanto a senhora espera
ganhar por dia? - Ah,
por menos de sessenta
Reais por dia eu nem
saio de casa! - a mulher
responde, categórica. Mas isso é um absurdo!
Eu sou professora e
não ganho tudo isso!
- E por que a senhora
acha que eu parei de
dar aula?
Esposa preocupada
O casal se despede
no aeroporto: - Sempre
fico preocupada com as
suas viagens de negócios, querido! - comenta
a esposa. - Bobagem,
meu bem! Estarei de
volta mais cedo do que
você pensa! - É jus-
Cozinhe você também
Virgem
(23/08 a 22/09)
A Lua Minguante desta semana propicia a
resolução de pendências, com atitude mais
desprendida e desapegada aos virginianos.
Escorpião
(23/10 a 21/11)
Nesta semana
teremos a Lua
Minguante que
ocorre em seu signo,
escorpiano, caracterizando um período de
finais e de eliminação
de velhas situações.
Toque você também
e pergunta sobre os
honorários para consultoria. - Cinqüenta
dólares por três perguntas - responde o advogado. - Mas não é um
pouco caro? - pergunta
o homem. - Realmente
é - responde o advogado. Qual é sua segunda
pergunta?
Almoço Canibal
tamente isso que me
preocupa!
Filha do papai
Durante o jantar, a
patricinha anuncia para
toda a família: - Mamãe... papai... estou
grávida! - Como?! pergunta o pai, embasbacado. - Estou
grávida! - E quem é o
pai? - pergunta a mãe,
atônita. - Eu sei lá! Vocês nunca me deixaram
namorar firme!
Loira no Psiquiatra
Caiu do Cavalo
Uma senhora já de
idade bastante avançada chega na farmácia e
pergunta:
- Tem remédio para
mal de Alzheimer?
O farmacêutico responde:
- Tem sim.
E ela pergunta:
- Tem o quê?
Um homem cai do
cavalo e se machuca
bastante. Colocaram
o coitado em uma
maca e o levaram ao
hospital. O médico
que o atendeu era
muito gentil e perguntou-lhe:
- Foi a primeira vez
que o senhor andou a
cavalo?
- Não, doutor, foi a
última!
Preço dos Vasos
Marido aliviado
O sujeito pergunta na
loja de jardinagem:
- Moça, quanto custam esses vasos?
E ela responde:
- O bom custa R$
10,00 e o ruim R$
1000,00.
- Nossa, mas por que
o ruim é mais caro?
- É porque vaso ruim
não quebra!
Um homem chega
correndo em casa e diz
à mulher:
Pode fazer as malas.
Ganhei na loteria!
A mulher pergunta:
Eu preciso pegar
roupa de inverno ou de
verão?
Ele responde:
Pegue todas. Você
vai embora!
Velhinha na
Farmácia
Sudoku
pimenta-do-reino
-1 xícara (chá) de água
fria
-1 gema
-1 colher (sopa) de leite
Modo de preparo
Em uma tigela, misture o
queijo, a farinha, o óleo,
o sal e a pimenta. Adicione a água aos poucos,
mexendo sempre, até
formar uma massa suave. Usando um rolo de
macarrão, abra a massa,
corte em tiras e torça
cada uma delas. Em uma
tigela, bata a gema e o
leite. Coloque as tiras
torcidas em uma assadeira, passe a mistura
de gema com um pincel
culinário e leve ao forno
médio, preaquecido, por
20 minutos ou até dourar
levemente. Sirva quente
ou frio.
Instruções: O objetivo do
Sudoku é preencher os quadrados
vazios com números entre 1 e 9 de
acordo com as seguintes regras:
Cada número deve aparecer somente uma vez em cada linha.
Cada número deve aparecer somente uma vez em cada coluna.
Cada número deve aparecer somente uma vez em cada quadrante.
Carnaval
Horizontais: 1-Próprio ao povo. 6-Medida
de Comprimento. 7-Equipagem, Fardeta.
10-O Eu em italiano.
11-Preposição simples
(gram). 12-Indicativo
de número absoluto.
15-O fim em Inglês.
16-Angra, recôncavo.
Verticais: 1-Produto interno Bruto. 2-Tipo
musical do Brasil (plural). 3-Berme. 4-Rótulo, letreiro. 5-Antiga
nau de combate. 8-Ar
em francês. 9-Ave pernalta Brasileira. 12-O
mesmo que oval. 13Nome próprio feminino. 14-O clarão da lua.
Tirinhas
Telegrama - Zeca Baleiro
Uma loira foi fazer
uma consulta ao psiquiatra porque se sentia mal. Chegando lá o
psiquiatra pergunta:
- Você costuma ouvir vozes sem saber
quem está falando ou
de onde vem?
- Sim.
- Quando?
- Quando atendo o
telefone!
Cruzadinhas
Respostas da Edição Anterior (906):
Hor: ACOAR,
ATOL, RESTAURADA, TOSSIR, ROR,
AVE, ACA, RI, UM,
Correio do Papagaio :: Pág 7
RA, OLA, MAD, SAL,
ADO, DESDOBRA,
COMA, RASA. Ver:
ARARAMAS, CE, OSTRA, ATO, RÁS, ARI,
TARAR, OD, LACE-
RADO, US, OCULADO, VIRADAS, ALÉM,
MARA, AS, BR.
Cantinho da Coquetel
Pág 8 :: Correio do Papagaio
Edição semanal de quinta-feira, 04 de fevereiro de 2016
São Lourenço
Artesãos de rua unem-se para contestar
Lei que consideram preconceituosa
Prefeito Municipal recebeu os profissionais em reunião para debater a questão
O Decreto de Lei nº
5.814, publicado no dia 27
de janeiro, delimita local
para atuação de artesãos
‘hippies’. No final de semana, período em que os
artesãos de rua trabalham,
geralmente no Calçadão,
a fiscal da prefeitura foi de
encontro a eles com o decreto na mão, notificandoos que não poderiam trabalhar ali. A questão gerou
controvérsia pelo termo
escolhido para identificalos: “hippies”.
“Consideramos o
decreto discriminatório,
exatamente pela escolha desta nominação.
A nossa cultura é uma
cultura de rua. Os hippies viveram na década
de 60, 70, numa cultura
norte-americana. Estamos trabalhando. Somos
artesãos”, explica Mateus
Victor, artesão e professor
de Língua Portuguesa.
Em reunião com os
profissionais na última segunda-feira, dia 1º, o prefeito municipal, José Neto,
declarou que o objetivo do
decreto não era esse, mas
sim a regulamentação do
espaço de trabalho dos
‘artesãos hippies’. Ainda
sublinhou que questionou
o termo “hippies” junto ao
jurídico, mas foi-lhe garantido que este não é discriminatório e por isso não irá
revogar o decreto.
“Ainda assim, o trabalho deve ser regulamentado e o objetivo do
decreto é essencialmente o cadastramento das
pessoas que exercem
esta atividade e a sua
localização”, declarou o
prefeito em reunião.
“A questão é: o que
define um hippie?”, questiona Daniela Sylvestre,
advogada que acompa-
nhou o grupo durante a
reunião. “Hoje em dia, o
termo é usado de forma
pejorativa para classificar
um determinado grupo de
pessoas. E, infelizmente,
conduz ao preconceito
social, onde as pessoas
estão sendo julgadas por
suas roupas, aparência e
estilo de vida”, sublinha
a advogada. “O decreto
foi entregue em mãos
a cada um deles, que o
fiscal considerou ser ‘hippie’. Mas de onde vem
essa consideração? Eles
são artesãos, profissão
regulamentada pela Lei
13.180”, continua.
Segundo a advogada,
no artigo 5º da Constituição Federal, é assegurada a livre expressão da
atividade intelectual, artística, científica e de comunicação, independente
de censura ou licença.
A reunião trouxe um
debate saudável entre
artistas e o poder público. No final, o Prefeito
Municipal autorizou o
trabalho dos artesãos
de rua durante 20 dias,
a contar a partir do dia
1º de fevereiro, uma vez
que eles não se enquadram na categorização
do Decreto. Após esse
prazo, os artistas deverão fazer requerimentos
individuais, expor a sua
atividade e, desta forma,
regulamentar o seu trabalho e localização.
“Estamos nos mobilizando para apresentar
um projeto ao Prefeito”, conta Anna Terra,
artesã e produtora cultural. “Queremos que
se cumpra a promessa
onde o prefeito assume
o compromisso de abrir
as portas da cidade para
a Arte. Baseado nisto, ire-
mos reivindicar espaços
de atuação onde a arte
popular possa ser expressada e valorizada como
cultura local”, conta.
Artesões de rua:
identidade e
expressão cultural
Mariana Gomes Westephalen é artesã há mais
de 15 anos. Tem três filhas
e produz peças como
bolsas e cartucheiras de
couro, colares com pedra, macramê, brincos e
pulseiras. A matéria prima
é natural e produz tudo
manualmente, com dedicação e carinho por cada
uma das peças. A artesã
mora em São Lourenço
há 5 anos e trabalha na
rua. Com o seu trabalho,
sustenta a sua família e
depende dele para sobreviver. “Eu amo muito
o que eu faço e não me
vejo fazendo outra coisa”,
garante a artesã.
Jorge Floresz é um
viajante. É artesão de rua,
nascido na Colômbia,
mas está ‘na estrada’ há
13 anos. Seu artesanato
apresenta peças elaboradas feitas de arame e
macramê. Para ele a arte
de rua é a manifestação
da cultura e, acima de
tudo, um estilo de vida.
Anna Terra é mãe,
produtora cultural e artesã. Cria e confecciona
artesanatos variados e
trabalha ativamente na
cidade para a promoção
da cultura, da arte e do
coletivo. “A arte é o meu
oxigênio e sem ela eu
não vivo”, afirma Anna.
“Quando produzo não sou
um produto do meio, mas
sim um meio de produção,
onde a alma dialoga com
o coração”, conclui.
Artistas produzem manualmente peças de arte, com
materias naturais e muita originalidade
Prefeito Municipal recebeu os artesãos de rua em reunião
Outro artista local é
Julio César Arantes, conhecido como Julião. Ele
é sãolourenciano, tem
três filhos e realiza trabalhos manuais feitos de
cobre. Expõe no Calçadão
há mais de 10 anos e
nunca teve problemas,
alimentando-se da arte e
sobrevivendo dela.
Estes são alguns
exemplos de artesãos
que vivem ou passam por
São Lourenço contribuindo para a diversidade artística e cultural. Com sua
arte eles produzem bens,
que vão além do conceito
comercial de produto,
pois há um resgate de
técnicas ancestrais e de
expressão cultural.
“As atividades artísticas feitas pelos artesãos de rua dão origem
a bens, materiais e imateriais, portadores de
referência à identidade e
à memória dos diferentes
grupos que formaram
e ainda formam a sociedade brasileira, tais
como povos indígenas,
portugueses e africanos, além dos diversos
imigrantes dos países
mais variados, que vêm
somando à nossa diversidade cultural, artística
e criativa desde 1500.
Essas atividades são,
portanto, parte do patrimônio cultural brasileiro
e devem ser promovidas
e protegidas pelo Poder
Público, com a colaboração da comunidade,
conforme o artigo 216, 1º
da Magna Carta”, relata
Alan Longhi, em seu estudo (TCC, intitulado de
‘Direito e arte: a marginalização do artesão de rua
no Brasil’, na USP).
Breve contextualização
A arte de rua não possui uma origem definida,
porém desde a Grécia
antiga manifestações de
arte na rua são promovidas como forma de propagação da cultura. Na
Grécia pré-socrática, por
exemplo, era costume
cantores percorrerem o
Movimentos da Igreja Católica
promovem eventos durante o Carnaval
EJC realizou o ‘Grito de Carnaval’ e a RCC promoverá o Rebanhão
No último sábado,
dia 31 de janeiro, o Movimento Encontro de Jovens com Cristo (EJC)
realizou o ‘Grito de Carnaval’, no Salão Dom
Diamantino, na Igreja
Matriz, das 19:30h às
20:30h.
“Uma forma de se
divertir como jovem, não
deixando de seguir os
princípios de Deus”, sublinha Samuel, um dos
participantes do evento.
Segundo os organizadores, o objetivo do evento é mostrar aos jovens
que é possível divertir-se
no carnaval sem o uso de
drogas e bebidas alcoólicas, vivendo a verdadeira
alegria que vem de Deus.
Na oportunidade, convidaram os jovens a fazer
parte do movimento participando do encontro que
será realizado nos dias 8,
9 e 10 de abril.
Foto: EJC
Grito de Carnaval promoveu um evento animado
para os jovens
“Eu pulei, dancei,
cantei, gritei, lanchei,
ajudei e aproveitei muito,
e o melhor, sem precisar
beber ou usar drogas,
isso mostra que é possível ser jovem e ser santo,
eu amo muito tudo isso”,
relata a jovem Maria Eduarda Bastos.
No clima de Carna-
val, o movimento da Renovação Carismática Católica (RCC) irá realizar o
XVI Rebanhão, no Salão
Dom Diamantino, de 6 a
9 de fevereiro, a partir
das 19:30h. Uma programação bem diversificada
está sendo preparada:
Missas, Shows, Pregações, Louvor e muita
alegria. O Rebanhinho
acontece nos mesmos
dias, das 15h às 17h.
O nome Rebanhão
foi uma inspiração que
significa um grande rebanho e é um encontro
que apresenta uma nova
proposta para os quatro
dias de Carnaval. Na
Bíblia Deus compara os
homens a ovelhas e Ele
próprio se nomeia o Bom
Pastor que conduz essas
ovelhas.
Nesta reunião de
muitos filhos de Deus, os
organizadores convidam
todos para participarem
dessa alegria e ainda
deixarem ser cuidados
pelo Bom Pastor.
Tarde de voluntariado na Fazenda Sharp
ONG Arara irá realizar uma tarde de atividades ecológicas voltadas para todos os públicos
Dia 13 de fevereiro,
sábado, a partir das
13h, a ONG Arara estará promovendo uma
tarde de atividades na
Fazenda Sharp.
S e r ã o rea liza dos
plantio de mudas nativas, distribuição de
sementes, coleta de
lixo, brincadeiras e palestras. Para os visitantes, ainda haverá
distribuição gratuita de
pipoca.
Além disso IBAMA,
ICMBIO e Agência Nacional das Águas, já
enviaram materiais que
serão distribuídos, entre
eles cartilhas, flyers e
publicações.
“O evento é aberto a
toda população e nosso
objetivo é promover um
mutirão de alegria no
local e juntos retirarmos
lixo de lá de dentro.
Promovermos a união
de pessoas e principalmente o espírito coletivo
em prol do Meio Ambiente”, explica Robert
de Oliveira, presidente
da ONG.
O evento será realizado na Fazenda Sharp,
localizada na praça
José Pereira Garcia,
no bairro São Lourenço
Velho, e se estende até
às 17h.
“Convidamos todos
que desejam ser voluntários e contribuir.
Aos pais que desejam
proporcionar ao filho
a sensação de plantar uma árvore, é uma
ótima oportunidade”,
conclui Robert.
Mais informações:
(035) 988593567 ou
[email protected]
Fotos: ONG Arara
Mudas nativas a serem plantadas
país, cantando um repertório de lendas e tradições
populares e na Idade Média era costume a declamação em ruas, praças,
festas e palácios, de obras
literárias, elaboradas em
versos e poemas.
Ao longo dos anos, a
arte de rua foi se adaptando à realidade social de
cada local. Atualmente, as
diferentes formas de expressão de rua estão espalhadas por todo o mundo,
através de apresentações
de teatro, circo e artesanato, entre muitas outras.
No Brasil, o artesanato de rua é uma
realidade em muitas cidades. São artistas que
transformam a matéria
prima em peças de arte,
geralmente exclusivas,
que são vendidas por
quem as produz.
“O artesão de rua no
Brasil não se trata de um
simples vendedor ambulante, nem apenas de um
morador de rua, nem exclusivamente de um artesão, nem completamente
Mariana, ao lado de uma das suas três filhas,
sobrevive com o seu artesanato
Artesões buscam despertar a arte e a beleza nas ruas
de um viajante. Toda a
rede de singularidades e
sentidos que envolvem o
artesão de rua, refletida
em seus saberes, ideias
e práticas, atesta que se
trata de um protagonista
de uma expressão cul-
tural complexa”, explica
Alan Longhi.
A arte de rua, em todas
as suas formas, contribui
para a difusão da cultura e
da multiplicidade cultural,
valorizando a expressão
individual e coletiva.
Mudanças de trânsito
durante o carnaval
A Gerência de Trânsito e Transporte Público
comunica as mudanças
no trânsito durante o
carnaval.
Na sexta-feira (5),
abertura com o Bloco
do Pijama:
- A partir das 17h será
proibido estacionar, dos
dois lados, para a passagem dos foliões, na rua
Dr. Olavo Gomes Pinto,
entre a av. Comendador
Costa e a D. Pedro II;
na av. D. Pedro II, entre
a rua Dr. Olavo Gomes
Pinto e a av. Dr. Getúlio
Vargas; na av. Dr. Getúlio
Vargas, entre a av. D.
Pedro II e a Comendador
Costa; na av. Comendador Costa, entre a av. Dr.
Getúlio Vargas e a rua Dr.
Olavo Gomes Pinto.
- A partir das 22h,
interdição total do trânsito
na rua Professor Henrique
José de Souza (acesso à
Ilha Antônio Dutra).
- A partir de 23h30min,
interdição geral do trânsi-
to no trajeto a ser percorrido pelos foliões.
De sábado (6) a terça-feira (9), será proibido
estacionar, do lado direito
da av. D. Pedro II, das 17h
às 21h, de seu início até a
av. Dr. Getúlio Vargas, para
a passagem dos blocos.
Nesse mesmo trecho, o trânsito sofrerá
interdições temporárias,
por quarteirão, durante a
passagem dos foliões.
Prefeitura Municipal
Juiz expede portaria para o
Carnaval
Foto: Divulgação
Com o intuito de
proteger a criança e os
adolescentes, o Juiz de
Direito da Vara Criminal e da Infância e da
Juventude da Comarca
de São Lourenço emitiu
portaria que disciplina o
ingresso, a permanência e a participação de
crianças e adolescentes
nos bailes e brincadeiras
carnavalescas, blocos e
escolas de samba.
Os adolescentes
maiores de 16 anos e
menores de 18 anos,
desde que devidamente
documentados e autorizados pelos pais ou
responsáveis, independentemente de estarem
na companhia de qualquer deles, poderão
participar do Carnaval,
em qualquer período.
Já os adolescentes
maiores de 12 anos e
menores de 16 poderão
apenas participar das
festividades se estiverem na companhia dos
pais ou responsáveis,
ou de terceiro especialmente nomeado pelos
genitores, todos devidamente documentados.
Os menores de 12
anos poderão participar
do Carnaval no período
diurno, devidamente
acompanhados, uma
vez que precisam de
maior atenção e cuidados especiais.
A portaria expedida
pelo juiz ainda ressalta
a questão da proibição
da venda ou fornecimento ainda que gratuitamente de bebidas
alcoólicas a crianças ou
adolescentes.
Os organizadores
dos eventos carnavalescos, públicos ou privados serão os responsáveis pelo controle e
fiscalização relativo à
entrada, permanência,
participação e conduta
das crianças e adolescentes nos recintos
festivos.
Estar atento e cuidar
dos jovens nesta época
de festa, que movimenta
milhares de pessoas na
cidade, são de extrema
importância e responsabilidade de toda a
sociedade.
A c e s s e w w w. c o r r e i o d o p a p a g a i o . c o m . b r / s a o l o u r e n c o