Revisão das Redes Geodésicas da Madeira e dos Açores

Сomentários

Transcrição

Revisão das Redes Geodésicas da Madeira e dos Açores
Assembleia Luso-Espanhola
de Geodesia e Geofísica
Tomar - Fevereiro 2008
Instituto Geográfico Português
Revisã
Revisão das Redes Geodé
Geodésicas da Madeira e dos Aç
Açores
Ana Medeiro, Manuela Vasconcelos, Carla Martins e Helena Kol
Instituto Geográfico Português, Rua Artilharia Um, 107, 1099-052 Lisboa
[email protected], [email protected], [email protected], [email protected]
RESUMO
As observações da Rede Geodésica da Ilha de Porto Santo e do Grupo Ocidental dos Açores, realizadas em Outubro de 2004 e Julho de 2005, respectivamente,
permitiram concluir a revisão das redes dos Arquipélagos da Madeira e dos Açores. A revisão destas redes teve por base campanhas de observação GPS (Global
Positioning System), realizadas nas várias ilhas, em diferentes períodos. Para além das técnicas de observação espacial, foram também utilizadas técnicas clássicas,
nomeadamente observações de direcção azimutal e de distância zenital. A ligação das redes geodésicas ao sistema ITRF93 (International Terrestrial Reference Frame
1993) foi efectuada com base na solução da campanha internacional TANGO (Trans-Atlantic Network for Geodynamics and Oceanography) 1994.
Este trabalho tem como finalidade dar a conhecer os procedimentos utilizados na revisão da Rede Geodésica destes dois arquipélagos, desde a recuperação física dos
marcos e processamento das observações, até ao ajustamento e cálculo das coordenadas, referidas ao sistema ITRF93 e aos vários data locais utilizados nas diferentes
ilhas.
Determinação de Coordenadas
Processamento dos vectores GPS:
• Software utilizado: GPSurvey
• Utilizaram-se efemérides de precisão
Ajustamento das redes:
• Software utilizado: Geolab
• Nível de confiança de 95%
• Constrangidas à solução da campanha
TANGO 1994
Sistemas de Referência
Recuperação dos Marcos
Para a recuperação dos vértices geodésicos das várias ilhas foi necessário
estabelecer parcerias com outras entidades. Foi o caso da Direcção Regional de
Geografia e Cadastro (DRGC), da Região Autónoma da Madeira e da Divisão de
Topografia, Desenho e Cartografia (DTDC), da Secretaria Regional da Habitação e
Equipamento (SRHE), nos Açores.
Campanhas de Observação
Planeamento das observações de campo:
• Máxima cobertura de todas as ilhas
• Selecção dos VG a utilizar nas ligações entre ilhas
Equipamentos de observação utilizados:
• Receptores GPS de dupla frequência
• Teodolitos T3000
Ilha
Data Observações
Nº VG
Madeira
1994-1995
40
Porto santo
Out. 2004
26
São Miguel
Abr. 1994 e Ago.1995
79
Santa Maria
Jul. 1997
32
Faial
Ago. 1997
64
Pico
Jul. e Ago. 1995
72
São Jorge
Set. 1997
77
Rede GPS da Ilha das Flores
• ITRF93 (IERS Terrestrial Reference Frame 1993)
• Datum Local
Ilhas
Datum Local
Projecção
Cartográfica
Madeira e Porto Santo
Base SE (Porto Santo)
UTM Fuso 28
Açores – Grupo Oriental
São Braz (São Miguel)
UTM Fuso 26
Açores – Grupo Central
Base SW (Graciosa)
UTM Fuso 26
Açores – Grupo Ocidental
Observatório (Flores)
UTM Fuso 25
Altimetria - Observação de Distâncias Zenitais
Para a determinação das altitudes ortométricas
utilizaram-se as observações de distância
zenital. Efectuaram-se os ajustamentos dos
desníveis fixando as altitudes ortométricas dos
vértices do respectivo datum vertical.
Metodologia utilizada (observações GPS):
Terceira
Set. 1996
60
• Modo de posicionamento: estático
Graciosa
Jul. 1997
26
• Número mínimo de satélites: 4
Flores
Jul. 2005
33
• Intervalo de recolha de dados: 15”
Corvo
Jul. 2005
6
• Máscara de observação: 10°
• Duração de cada sessão : 1h30m, na maior parte das ilhas (nas ligações entre ilhas
o tempo de observação foi superior)
• Número de vértices observados em cada sessão: em geral 5, tendo cada sessão
pelo menos um vértice comum
Ilha de Porto Santo
Porto Santo
ARQUIPÉLAGO DA
MADEIRA
Triângulos das Distâncias Zenitais
Recíprocas e Simultâneas
“Modelo de Geóide” resultante
das diferenças entre as altitudes
elipsoidais e ortométricas
Madeira
Ligação Madeira – Porto Santo
Precisão das Coordenadas
Ilha
ARQUIPÉLAGO DOS
AÇORES
Madeira
Porto Santo
São Miguel
Santa Maria
Faial
Pico
São Jorge
Terceira
Graciosa
Flores
Corvo
Desvio Padrão (ITRF93)
Latitude Longitude Altitude
0,011 m
0,012 m
0,018 m
0,015 m
0,015 m
0,015 m
0,006 m
0,006 m
0,006 m
0,011 m
0,006 m
0,013 m
0,006 m
0,005 m
0,011 m
0,027 m
0,027 m
0,027 m
0,015 m
0,014 m
0,031 m
0,006 m
0,004 m
0,014 m
0,006 m
0,006 m
0,008 m
0,022 m
0,022 m
0,023 m
0,020 m
0,020 m
0,020 m
Desvio Padrão (Datum Local)
Latitude Longitude Altitude
0,010 m
0,010 m
0,016 m
0,025 m
0,025 m
0,038 m
0,028 m
0,027 m
0,059 m
0,011 m
0,005 m
0,013 m
0,007 m
0,006 m
0,014 m
0,035 m
0,038 m
0,065 m
0,018 m
0,018 m
0,039 m
0,007 m
0,006 m
0,018 m
0,005 m
0,005 m
0,007 m
0,008 m
0,008 m
0,008 m
0,039 m
0,039 m
0,039 m
Valores máximos do desvio padrão das coordenadas ajustadas