4 e 5 de Janeiro de 2014 € 225,00

Сomentários

Transcrição

4 e 5 de Janeiro de 2014 € 225,00
4 Janeiro – sábado
LEÇA DA PALMEIRA: OSCARTUR – 07h45, PORTO, Boavista; café Convívio – 08h00 em direcção a Lisboa.
Almoço. ”LISBOA DEBAIXO DE TERRA”: RESERVATÓRIO DA PATRIARCAL (visita guiada) – localizado sob
o jardim do Príncipe Real, o Reservatório da Patriarcal data de meados do séc. XIX, sendo então o principal
reservatório da rede de distribuição de água da zona baixa lisboeta. A cisterna, importante obra com capacidade
para 880m3 de água tem uma forma octogonal e, era abastecida primeiramente, pelas águas do Aqueduto,
através da galeria do Loreto e depois por águas do rio Alviela por intermédio do reservatório da Verónica.
MUSEU DO ORIENTE: A exposição permanente do Museu do Oriente conta com duas grandes colecções:
uma, alusiva à presença portuguesa na Ásia, e a Colecção Kwok On com testemunhos etnográficos de toda a
Ásia. A primeira integra várias peças de excepcional valor, com destaque para diversos biombos chineses e
japoneses dos séculos XVII e XVIII, várias peças de arte namban de grande raridade e uma colecção de peças de
porcelana brasonada da Companhia das Índias. O segundo grande acervo Colecção Kwok On (doação do Musée
Kwok On de Paris) é constituído por mais de treze mil testemunhos das artes performativas de toda a Ásia.
Jantar, alojamento e peq-almoço no Lisboa Almada Hotel ou similar.
Sábado às 21h30 no MEO ARENA – PAVILHÃO ATLÂNTICO LISBOA
CIRQUE LE SOLEIL – DRALION. Uma fusão entre a tradição chinesa das artes acrobáticas, com mais de 3000
anos de história, com a abordagem multidisciplinar do Cirque du Soleil, Dralion vai buscar a inspiração à filosofia
oriental e a sua demanda incessante pela harmonia entre os humanos e a natureza.
O nome do espectáculo deriva das suas duas criaturas emblemáticas: o Dragão, que simboliza o Oriente, e o
Leão, que simboliza o Ocidente. Em Dralion, os 4 elementos que governam a ordem natural das coisas
assumem uma forma humana e cada elemento é representado por uma cor: o ar é azul; a água é verde; o
fogo é vermelho; a terra é ocre. No mundo de Dralion as culturas misturam-se, o Homem e a natureza são um
só e o equilíbrio é alcançado.
5 Janeiro – domingo
De FERRY-BOAT no Tejo (das mais belas vistas de Lisboa).
Visita guiada ao Museu Nacional de Arte Antiga: as 10 OBRAS de referência do MNAA. São elas: Painéis
de São Vicente; Tentações de Santo Antão; São Jerónimo; Fonte Bicéfala; São Leonardo; Cruz
Processional ou de D. Sancho I; Custódia de Belém; Centro de Mesa; Biombos de Namban e Saleiro do
Benim. E ainda a exposição temporária de GOYA.
O valor simbólico, a qualidade plástica, a perícia técnica, a excelência material ou as origens diversas
convertem estas obras em referências do Museu Nacional de Arte Antiga. Incluindo as artes plásticas
e as artes decorativas, as 10 obras de referência do MNAA proporcionam ao visitante mais apressado
um conhecimento basilar do museu.
Após almoço tempo livre: do Chiado à Baixa Pombalina. Regresso ao Porto e a Leça da Palmeira. Chegada pelas 19,30h.
INCLUINDO: Circuito de autopullman-luxo. Alojamento no Lisboa Almada Hotel 4* ou similar. PENSÃO
COMPLETA. Bilhete BALCÃO 1 (€ 57,00) para o DRALION. Guia acompanhante.
EXCLUINDO: Bebidas, outros museus e extras de carácter particular. Sup. quarto IND. EUR = 25,00
4 e 5 de Janeiro de 2014
€ 225,00