Autor e ilustrador: LEO LIONNI

Сomentários

Transcrição

Autor e ilustrador: LEO LIONNI
KALANDRAKA
KALANDRAKA EDITORA
EDITORA
Autor e ilustrador: LEO LIONNI
Tradução: MARIANA WALLENSTEIN e ISABELLE BURATTI
Encadernado em cartão. 22x30 cm.
40 páginas. Ilustrações a cores.
Livros para Sonhar. ISBN 978-972-8781-59-0
Preço: 15 €
NADADORZINHO
Algures, num cantinho no mar, vivia um cardume
de peixinhos. Todos eram vermelhos, excepto um
deles, que era tão preto, como a casca de um
mexilhão. Nadava mais depressa do que os seus
irmãos e irmãs e o seu nome era Nadadorzinho.
A história de Nadadorzinho, como todos os livros de Leo Lionni,
convida a pensar e a aprender valiosas lições de vida. O valor da
diferença e o respeito que se deve a quem -por cultura ou aspecto
físico -não partilha das características comuns, reflecte-se nas
primeiras páginas deste clássico da literatura infantil de todos os
tempos.
A superação dos próprios medos, a força de vontade para desfrutar daquilo que nos rodeia, apesar das
adversidades que se nos apresentam, e a solidariedade com os nossos semelhantes também são tratados neste
relato de grande qualidade estética, de frases curtas, cheias de figuras retóricas subtis e sugestivas. E, como
emblema da obra no seu conjunto, uma mensagem para os leitores: a união faz a força.
É também de destacar a original proposta estética de Leo Lionni neste livro, datado de 1963, que, como todos
os livros deste autor, conserva toda a sua frescura. Com uma técnica semelhante à das “manchas de cor”,
recria um universo marinho dotado de movimento e riqueza cromática.
LEO LIONNI (Amesterdão, Holanda, 1910-Toscânia, Italia,1999)
LEO LIONNI cresceu num ambiente artístico -a sua mãe tinha sido cantora de ópera e o seu tio Piet foi um
grande aficionado da pintura e do coleccionismo- e desde muito jovem soube que esse seria o seu destino. No
entanto, a sua formação não foi artística, mas doutorou-se em Economia.
O seu primeiro livro para crianças não surgiria até muitos anos
depois, quase por casualidade. Durante uma viagem de comboio,
ocorreu-lhe a ideia de entreter os seus netos criando um conto a
partir de uns simples pedaços de papel de seda. Assim surgiu
“Pequeño Azul y Pequeño Amarillo”. Foi o primeiro de uma longa
lista -mais de 40- de obras aclamadas em todo o mundo pela crítica
especializada, como “Frederick”. Ambos os títulos foram editados por
KALANDRAKA.
Pelos seus méritos em âmbitos como a escultura, o desenho, a
pintura e a ilustração, recebeu em 1984 a Medalha de Ouro do
Instituto Americano de Artes Gráficas.
Em 1931 instalou-se em Milão e entrou em contacto com o desenho
gráfico. Quando se mudou para a América, em 1939, trabalhou
numa agência de publicidade de Filadélfia como director artístico e,
posteriormente, para a Corporação Olivetti e a revista Fortune.
Paralelamente, crescia a sua reputação como artista e os seus
quadros exibiam-se nas melhores galerias, de Nova Iorque ao Japão.
Como ele mesmo disse: "Dalgum modo, nalgum lugar, a arte
expressa sempre os sentimentos da infância".
■ Temática: a diferença, a força da união,
superação da dor e os medos
■ Idade recomendada: a partir dos 5
anos
■ Aspectos a salientar: clássico da
literatura infantil de todos os tempos,
ilustrado com uma original técnica estética;
KALANDRAKA editou, do mesmo autor:
“Frederico” e “Pequeno Azul e Pequeno
Amarelo”.
[email protected] | www.kalandraka.pt

Documentos relacionados

do mundo - Kalandraka

do mundo - Kalandraka LEO LIONNI (Amesterdão, Holanda, 1910 - Toscânia, Itália, 1999) LEO LIONNI cresceu num ambiente artístico – a sua mãe tinha sido cantora de ópera e o seu tio Piet um grande aficionado de pintura e ...

Leia mais

Texto e ilustraes: ANTHONY BROWNE

Texto e ilustraes: ANTHONY BROWNE Art e especializou-se em design gráfico. O seu afã perfeccionista pela representação da figura humana advém da influência que lhe causou um dos seus primeiros trabalhos, como desenhista de temas mé...

Leia mais

folleto LEO LIONNI:MaquetaciÛn 1

folleto LEO LIONNI:MaquetaciÛn 1 os Estados Unidos, iniciando aí a sua carreira em publicidade. Desenvolveu-a como Director de Arte de diversas publicações periódicas, entre elas a prestigiada revista Fortune; no período em que le...

Leia mais

frederico - Kalandraka

frederico - Kalandraka o “Pequeno Azul e Pequeno Amarelo”. Foi a primeira de uma longa lista de obras – mais de 40 – aclamadas por todo o mundo. Pelos seus méritos como escultor, designer, pintor e ilustrador, recebeu a ...

Leia mais

a casinha de chocolate

a casinha de chocolate amigos”, que também foran adaptados pela KALANDRAKA. Fazem parte da tradição oral alemã, de que foram distintos impulsionadores e estudiosos.

Leia mais

os três bandidos

os três bandidos KALANDRAKA EDITORA

Leia mais

a lagartinha muito comilona

a lagartinha muito comilona A edição em 2007 desta obra em português representou um marco no panorama editorial do nosso país, uma vez que levou até aos mais novos um dos clássicos contemporâneos da literatura infantil, com o...

Leia mais