perdigão sa

Сomentários

Transcrição

perdigão sa
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
O REGISTRO NA CVM NÃO IMPLICA QUALQUER APRECIAÇÃO SOBRE A COMPANHIA , SENDO OS SEUS
ADMINISTRADORES RESPONSÁVEIS PELA VERACIDADE DAS INFORMAÇÕES PRESTADAS.
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
016292
PERDIGÃO S.A.
01838723000127
4 - DENOMINAÇÃO COMERCIAL
PERDIGÃO
5 - DENOMINAÇÃO SOCIAL ANTERIOR
PERDIGÃO HOLDING S.A.
6 - NIRE
35300149947
7 - SITE
www.perdigao.com.br/ri
01.02 - SEDE
1 - ENDEREÇO COMPLETO
2 - BAIRRO OU DISTRITO
Av. Escola Politécnica, 760
Jaguaré
3 - CEP
4 - MUNICÍPIO
05350-901
São Paulo
5 - UF
SP
6 - DDD
7 - TELEFONE
8 - TELEFONE
9 - TELEFONE
5511
3718-5465
3718-5306
3718-5301
11 - DDD
12 - FAX
13 - FAX
14 - FAX
5511
3718-5297
3714-4436
10 - TELEX
-
15 - E-MAIL
[email protected]
01.03 - DEPARTAMENTO DE ACIONISTAS
ATENDIMENTO NA EMPRESA
1 - NOME
Tatiana Cardoso Anicet
2 - CARGO
Relações com Investidores
3 - ENDEREÇO COMPLETO
4 - BAIRRO OU DISTRITO
Av. Escola Politécnica, 760
Jaguaré
5 - CEP
6 - MUNICÍPIO
05350-901
SÃO PAULO
7 - UF
SP
9 - TELEFONE
10 - TELEFONE
5511
3718-5301
3718-5306
13 - DDD
14 - FAX
15 - FAX
16 - FAX
5511
3718-5297
-
-
8 - DDD
11 - TELEFONE
12 - TELEX
-
17 - E-MAIL
[email protected]
AGENTE EMISSOR / INSTITUIÇÃO FINANCEIRA DEPOSITÁRIA
18 - NOME
BANCO ITAÚ S.A.
19 - CONTATO
SUPERINTENDÊNCIA ATENDIMENTO UNIFICADO
20 - ENDEREÇO COMPLETO
21 - BAIRRO OU DISTRITO
AV. ENGENHEIRO ARMANDO DE ARRUDA PEREIRA, 707 - 9º ANDAR
JABAQUARA
22 - CEP
23 - MUNICÍPIO
04344-902
SÃO PAULO
25 - DDD
26 - TELEFONE
5511
5029-1908
30 - DDD
31 - FAX
5511
5029-1917
24 - UF
SP
27 - TELEFONE
32 - FAX
-
28 - TELEFONE
29 - TELEX
33 - FAX
-
34 - E-MAIL
[email protected]
21/12/2005 09:46:37
Pág:
1
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
OUTROS LOCAIS DE ATENDIMENTO A ACIONISTAS
35 - ITEM 36 - MUNICÍPIO
37- UF
38 - DDD
39 - TELEFONE
01
SÃO PAULO
SP
5511
5029-1919
40 - TELEFONE
-
02
RIO DE JANEIRO
RJ
5521
2508-8086
-
03
PORTO ALEGRE
RS
5551
3210-9150
-
04
BRASÍLIA
DF
5561
316-4850
-
01.04 - DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES (Endereço para Correspondência com a Companhia)
1 - NOME
Wang Wei Chang
2 - ENDEREÇO COMPLETO
3 - BAIRRO OU DISTRITO
Av. Escola Politécnica, 760
Jaguaré
4 - CEP
5 - MUNICÍPIO
05350-901
São Paulo
7 - DDD
6 - UF
SP
8 - TELEFONE
9 - TELEFONE
10 - TELEFONE
5511
3718-5465
3718-5306
3718-5301
12 - DDD
13 - FAX
14 - FAX
15 - FAX
5511
3714-5297
3714-4436
11 - TELEX
-
16 - E-MAIL
[email protected]
17 - DIRETOR BRASILEIRO
18 - CPF
SIM
534.698.608-15
18 - PASSAPORTE
01.05 - REFERÊNCIA / AUDITOR
1 - DATA DE INÍCIO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL
2 - DATA DE TÉRMINO DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL
01/01/2004
31/12/2004
3 - DATA DE INÍCIO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO
4 - DATA DE TÉRMINO DO EXERCÍCIO SOCIAL EM CURSO
01/01/2005
31/12/2005
5 - NOME/RAZÃO SOCIAL DO AUDITOR
6 - CÓDIGO CVM
Ernst & Young Auditores Independentes S/S.
00471-5
7 - NOME DO RESPONSÁVEL TÉCNICO
8 - CPF DO RESP. TÉCNICO
Luiz Carlos Passeti
001.625.898-32
01.06 - CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA
1 - BOLSA DE VALORES ONDE POSSUI REGISTRO
BVBAAL
BVMESB
BVPR
BVES
BVPP
BVRG
BVRJ
BVST
X BOVESPA
2 - MERCADO DE NEGOCIAÇÃO
Bolsa
3 - TIPO DE SITUAÇÃO
Operacional
4 - CÓDIGO DE ATIVIDADE
122 - Alimentos
5 - ATIVIDADE PRINCIPAL
Holding - Alimentos
21/12/2005 09:46:42
Pág:
2
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
01.07 - CONTROLE ACIONÁRIO / VALORES MOBILIÁRIOS
1 - NATUREZA DO CONTROLE ACIONÁRIO
Nacional Holding
2 - VALORES MOBILIÁRIOS EMITIDOS PELA CIA.
X Ações
Certificado de Recebíveis Imobiliários (CRI)
Debêntures Conversíveis em Ações
Notas Promissórias (NP)
Ações Resgatáveis
BDR
Partes Beneficiárias
Outros
Debêntures Simples
DESCRIÇÃO
Bônus de Subscrição
Certificado de Investimento Coletivo (CIC)
01.08 - PUBLICAÇÕES DE DOCUMENTOS
1 - AVISO AOS ACIONISTAS SOBRE DISPONIBILIDADE DAS DFs.
2 - ATA DA AGO QUE APROVOU AS DFs.
25/05/2005
3 - CONVOCAÇÃO DA AGO PARA APROVAÇÃO DAS DFs.
4 - PUBLICAÇÃO DAS DEMONSTRAÇÕES FINANCEIRAS
13/04/2005
22/02/2005
01.09 - JORNAIS ONDE A CIA. DIVULGA INFORMAÇÕES
1 - ITEM
2 - TÍTULO DO JORNAL
3 - UF
01
JORNAL VALOR ECONÔMICO
SP
02
DIÁRIO OFICIAL DO ESTADO DE SP
SP
01.10 - DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES
1 - DATA
2 - ASSINATURA
16/12/2005
21/12/2005 09:47:06
Pág:
3
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
02.01.01 - COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DIRETORIA
1 - ITEM 2 - NOME DO ADMINISTRADOR
3 - CPF
4 - DATA
DA ELEIÇÃO
5 - PRAZO DO MANDATO 6 - CÓDIGO TIPO DO 7 - ELEITO P/
ADMINISTRADOR * CONTROLADOR
8 - CARGO
/FUNÇÃO
7 - FUNÇÃO
01
EGGON JOÃO DA SILVA
009.955.179-91
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
NÃO
20
Presidente do Conselho de Administração
02
FRANCISCO FERREIRA ALEXANDRE
301.479.484-87
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
21
Vice Presidente Cons. de Administração
03
WILSON CARLOS DUARTE DELFINO
414.597.098-53
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
22
Conselho de Administração (Efetivo)
04
JAIME HUGO PATALANO
011.141.237-49
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
22
Conselho de Administração (Efetivo)
05
MARCOS ANTONIO CARVALHO GOMES
406.623.817-34
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
22
Conselho de Administração (Efetivo)
06
CLÁUDIO SALGUEIRO GARCIA MUNHOZ
214.268.131-04
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
22
Conselho de Administração (Efetivo)
07
LUIZ CARLOS FERNANDES AFONSO
035.541.738-35
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
22
Conselho de Administração (Efetivo)
08
ALIDOR LUEDERS
114.466.179-04
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
NÃO
23
Conselho de Administração (Suplente)
09
MAURILIO ROSSI
660.351.207-68
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
23
Conselho de Administração (Suplente)
10
LEVY PINTO DE CASTRO
040.540.167-15
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
23
Conselho de Administração (Suplente)
11
KLÍTIA VASLESKA BICALHO DE SÁ
986.583.017-53
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
23
Conselho de Administração (Suplente)
12
FRANCISCO FRANÇUY VENÂNCIO BRAGA
449.123.747-68
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
23
Conselho de Administração (Suplente)
13
CARLOS ALBERTO CARDOSO MOREIRA
039.464.818-84
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
23
Conselho de Administração (Suplente)
14
IVAN MENDES DO CARMO
279.786.131-00
29/04/2005
A.G.O. 2007
2
SIM
23
Conselho de Administração (Suplente)
15
NILDEMAR SECCHES
589.461.528-34
20/05/2005
MAIO 2007
1
19
Diretor Presidente
16
WANG WEI CHANG
534.698.608-15
20/05/2005
MAIO 2007
1
19
Dir. Vice-Pres. Finan/Adm/Rel. c/ Invest
17
PAULO ERNANI DE OLIVEIRA
132.104.160-87
20/05/2005
MAIO 2007
1
19
Diretor Vice-Presidente de Operações
18
NELSON VAS HACKLAUER
522.156.958-20
20/05/2005
MAIO 2007
1
19
Diretor de Desenvolvimento de Negócios
19
WLADEMIR PARAVISI
387.161.009-72
20/05/2005
MAIO 2007
1
19
Diretor de Suprimentos e Logistica
20
ANTONIO ZAMBELLI
897.037.408-63
20/05/2005
MAIO 2007
1
19
Diretor de Marketing
21
LUIZ ADALBERTO STABILE BENICIO
448.732.129-87
20/05/2005
MAIO 2007
1
19
Diretor de Tecnologia
* CÓDIGO:
1 - PERTENCE APENAS À DIRETORIA;
2 - PERTENCE APENAS AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO;
3 - PERTENCE À DIRETORIA E AO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO.
21/12/2005 09:47:13
Pág:
4
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
02.01.02 - COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO FISCAL
1 - CONSELHO FISCAL INSTALADO
2 - PERMANENTE
SIM
SIM
3 - ITEM 4 - NOME DO CONSELHEIRO
5 - CPF
6 - DATA
DA ELEIÇÃO
7 - PRAZO DO MANDATO 8 - CARGO
/FUNÇÃO
9 - FUNÇÃO
01
LUCIANO CARVALHO VENTURA
018.153.854-72
29/04/2005
AGO 2006
44
C.F.(EFETIVO)ELEITO P/PREFERENCIALISTAS
02
GERD EDGAR BAUMER
005.721.609-68
29/04/2005
AGO 2006
45
C.F.(EFETIVO)ELEITO P/MINOR.ORDINARISTAS
03
ATÍLIO GUASPARI
610.204.868-72
29/04/2005
AGO 2006
43
C.F.(EFETIVO)ELEITO P/CONTROLADOR
04
VANDERLEI MARTINS
720.647.738-00
29/04/2005
AGO 2006
43
C.F.(EFETIVO)ELEITO P/CONTROLADOR
05
ALMIR DE SOUZA CARVALHO
022.398.687-91
29/04/2005
AGO 2006
43
C.F.(EFETIVO)ELEITO P/CONTROLADOR
06
CLAUDIO VILAR FURTADO
090.109.807-82
29/04/2005
AGO 2006
47
C.F.(SUPLENT)ELEITO P/PREFERENCIALISTAS
07
DIMAS TARCISIO VANIN
290.799.009-82
29/04/2005
AGO 2006
48
C.F.(SUPLENT)ELEITO P/MINOR.ORDINARISTAS
08
LUÍS JUSTINIANO DE ARANTES FERNANDES
086.127.918-20
29/04/2005
AGO 2006
46
C.F.(SUPLENT)ELEITO P/CONTROLADOR
09
MAURICIO DA ROCHA WANDERLEY
001.911.777-92
29/04/2005
AGO 2006
46
C.F.(SUPLENT)ELEITO P/CONTROLADOR
10
ANTONIO CARLOS SOARES
153.896.187-34
19/04/2005
AGO 2006
46
C.F.(SUPLENT)ELEITO P/CONTROLADOR
21/12/2005 09:47:37
Pág:
5
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
02.02 - EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO
(ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR
EGGON JOÃO DA SILVA – Presidente do Conselho de Administração. Fundador e ex-presidente
do Conselho de Administração da Weg S.A., fabricante de motores elétricos. Foi diretor-presidente
da Perdigão de 1993 a 1995. É presidente do Conselho de Administração da Oxford, e membro
dos Conselhos de Administração da Tigre Participações S.A. e Tigre Tubos e Conexões S.A. e da
Marisol S.A. Ind. Vestuário. Data de Nascimento: 17/10/29.
FRANCISCO FERREIRA ALEXANDRE – Vice-presidente do Conselho de Administração.
Engenheiro e bancário, representa a Caixa de Previdência dos Funcionários do Banco do Brasil –
Previ, da qual é Diretor de Administração. Data de Nascimento: 29/10/62.
WILSON CARLOS DUARTE DELFINO – Conselheiro. Engenheiro, é representante da Fundação
Telebrás de Seguridade Social – Sistel, da qual é presidente. Data de Nascimento: 30/05/46.
JAIME HUGO PATALANO – Conselheiro. Economista, representa a Fundação de Assistência e
Previdência Social do BNDES – FAPES, da qual é presidente do Conselho Curador. Data de
Nascimento: 30/01/41.
MARCOS ANTONIO CARVALHO GOMES – Conselheiro. Representante da Fundação Real
Grandeza, da qual é presidente. Formado em Ciências Contábeis, trabalhou na área de informática
desde 1977. Data de Nascimento: 07/01/57.
CLÁUDIO SALGUEIRO GARCIA MUNHOZ – Conselheiro. Economista, representa a Fundação
Telebrás de Seguridade Social (Sistel), da qual é Superintendente de Planos Assistenciais e
Diretor de Seguridade Interino. Data de Nascimento: 04/12/58.
LUÍZ CARLOS FERNANDES AFONSO – Conselheiro. Economista, é mestre em Economia e
representa a Fundação Petrobrás de Seguridade Social – Petros. Foi secretário de Finanças dos
municípios de São Paulo, Campinas e Santo André. Data de Nascimento: 15/04/61.
LUCIANO CARVALHO VENTURA – Membro do Conselho Fiscal. Economista, representa os
acionistas preferencialistas. É membro do Conselho Fiscal da Iochpe-Maxion e Bardella e membro
do Conselho de Administração do Grupo Tavares de Melo, Gtmprevi Sociedade Previdenciária,
Agrofertil (Grupo Fertibrás), Y. Takaoka e da Telecomunicações de São Paulo S.A. (Grupo
Telefônica). Data de Nascimento: 01/03/47.
GERD EDGAR BAUMER – Membro do Conselho Fiscal. Representante dos acionistas
minoritários. Administrador de Empresas é também vice-presidente do Conselho de Administração
da Weg S.A. Data de Nascimento: 05/10/34.
ATÍLIO GUASPARI – Membro do Conselho Fiscal. Engenheiro, foi Diretor Financeiro da
Associação dos Funcionários do BNDES – AFBNDE, do Rio de Janeiro. Data de Nascimento:
20/10/46.
VANDERLEI MARTINS – Membro do Conselho Fiscal. É formado em Ciências Contábeis e
Ciências Econômicas. Atualmente, presta assessoria a diversas empresas. Data de Nascimento:
30/01/54.
ALMIR DE SOUZA CARVALHO – Membro do Conselho Fiscal. Membro do Conselho de
Curadores da Valia e suplente do Conselho Fiscal da Companhia Vale do Rio Doce. É formado em
21/12/2005 09:47:43
Pág:
6
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
02.02 - EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO
(ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E DIRETOR
Ciências Contábeis. Foi professor da Universidade Federal do Rio de Janeiro e diretor Financeiro e
diretor superintendente da Valia. Data de Nascimento: 08/12/36.
NILDEMAR SECCHES – Diretor-Presidente. É presidente do Conselho de Administração da Weg
S.A. e membro do Conselho de Administração das empresas Ultrapar Participações S.A. e IochpeMaxion. Foi diretor do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico - BNDES, Diretor Geral
Corporativo do Grupo Iochpe-Maxion e presidente da Associação Brasileira dos Exportadores de
Frango - ABEF. Engenheiro mecânico, com pós-graduação em Finanças e Curso de Doutorado em
Economia. Data de Nascimento: 24/11/48.
WANG WEI CHANG - Diretor vice-presidente de Finanças, Administração e Relações com
Investidores. É membro do Conselho Diretor e diretor da Abrasca, além de compor o Colégio de
Diretores Vogais do IBEF-SP. Foi diretor de Controladoria do Banco Chase Manhattan N.A., no
Brasil; diretor Financeiro do Chase Manhattan S.A. Bank N.A., em Santiago, Chile; e vicepresidente do Citibank N.A. no Brasil e em Hong Kong. Engenheiro, com mestrado em engenharia
industrial. Data de Nascimento: 16/01/47.
PAULO ERNANI DE OLIVEIRA –- Diretor vice-presidente de Operações. Foi diretor de
Suprimentos da Perdigão e conselheiro fiscal da Associação Catarinense de Avicultura – Acav.
Trabalha nas Empresas Perdigão desde 1989. Formado em Engenharia Agronômica. Data de
Nascimento: 01/08/49.
NELSON VAS HACKLAUER – Diretor de Desenvolvimento de Negócios. Na Perdigão, atuou
como diretor de Finanças e Relações com o Mercado, diretor Financeiro e Administrativo e Diretor
Comercial. Graduado em Administração de Empresas. Data de Nascimento: 27/06/51.
WLADEMIR PARAVISI – Diretor de Supply Chain. Iniciou suas atividades na Perdigão em 1978.
Foi diretor Adjunto da Perdigão. Formado em Contabilidade, possui MBA em Administração –
Agribusiness e MBA Empresarial. Data de Nascimento: 06/02/60.
ANTONIO ZAMBELLI – Diretor de Marketing. Foi diretor Comercial da Visagis S.A., empresa
italiana de produtos alimentícios e trabalhou na Swift Armour S.A. Formado em Ciências Químicas,
com especialização em Marketing e Comunicação, Marketing avançado e MBA Empresarial. Data
de Nascimento: 21/04/54.
LUIZ ADALBERTO STABILE BENICIO - Diretor de Tecnologia. Trabalha nas Empresas Perdigão
desde 1986. É formado em Zootecnia, com mestrado e doutorado em Zootecnia pela Universidade
Federal de Viçosa e possui MBA em Administração. Data de Nascimento: 15/07/62.
21/12/2005 09:47:43
Pág:
7
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
03.01 - EVENTOS RELATIVOS À DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL
1 - EVENTO BASE
2 - DATA DO EVENTO 3 - PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS 4 - INVESTIDORES INSTITUCIONAIS 5 - ACORDO DE ACIONISTAS 6 - AÇÕES PREFER. COM DIREITO A VOTO
29/04/2005
AGO/E
11.627
473
SIM
NÃO
7 - AÇÕES PREFERENCIAIS COM DIREITO A VOTO
8 - DATA DO ÚLTIMO ACORDO DE ACIONISTAS
25/10/1994
AÇÕES EM CIRCULAÇÃO NO MERCADO
ORDINÁRIAS
PREFERENCIAIS
9 - QUANTIDADE (Unidade)
10 - Percentual
3.137.400
11 - QUANTIDADE (Unidade)
20,28
TOTAL
12 - Percentual
19.378.347
13 - QUANTIDADE (Unidade)
66,41
14 - Percentual
22.515.747
50,42
03.02 - POSIÇÃO ACIONÁRIA DOS ACIONISTAS COM MAIS DE 5% DE AÇÕES COM DIREITO A VOTO
1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL
6 - AÇÕES ORDINÁRIAS
(Unidades)
01
7-%
6.837.743 15,31
3.212.161 11,01
134.689
0,46
2.901.603
6,50
651.361
2,23
2.692.345
6,03
1.566.862 10,13
21/12/2005 09:47:46
1.768.172
6,06
3.335.034
7,47
BRASILEIRA
NÃO
RJ
SIM
BRASILEIRA
DF
SIM
BRASILEIRA
SIM
80.709.215-0001/15
RJ
SIM
SIM
00.397.695-0002/78
WEG S.A.
BRASILEIRA
SIM
00.493.916-0001/20
5 - UF
14 - CONTROLADOR
SIM
34.053.942-0001/50
5.467.722 12,25
FUND ASSIST PREV SOCIAL DO BNDES
2.040.984 13,19
05
3.972.428 13,61
4 - NACIONALIDADE
12 - COMP.CAP.SOC. 13 - PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS
33.754.482-0001/24
FUND TELEBRÁS DE SEG SOCIAL - SISTEL
2.766.914 17,88
04
11 - ¨%
FUND PETROBRÁS DE SEG SOCIAL - PETROS
2.255.561 14,58
03
10 - TOTAL DE AÇÕES
(Unidades)
PREVI-CAIXA DE PREV FUN DO BCO DO BRASIL
2.865.315 18,52
02
3 - CPF/CNPJ
8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - %
(Unidades)
RJ
SIM
BRASILEIRA
SC
NÃO
Pág:
8
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
03.01 - EVENTOS RELATIVOS À DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL
1 - EVENTO BASE
2 - DATA DO EVENTO 3 - PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS 4 - INVESTIDORES INSTITUCIONAIS 5 - ACORDO DE ACIONISTAS 6 - AÇÕES PREFER. COM DIREITO A VOTO
29/04/2005
AGO/E
11.627
473
SIM
NÃO
7 - AÇÕES PREFERENCIAIS COM DIREITO A VOTO
8 - DATA DO ÚLTIMO ACORDO DE ACIONISTAS
25/10/1994
AÇÕES EM CIRCULAÇÃO NO MERCADO
ORDINÁRIAS
PREFERENCIAIS
9 - QUANTIDADE (Unidade)
10 - Percentual
3.137.400
11 - QUANTIDADE (Unidade)
20,28
TOTAL
12 - Percentual
19.378.347
13 - QUANTIDADE (Unidade)
66,41
14 - Percentual
22.515.747
50,42
03.02 - POSIÇÃO ACIONÁRIA DOS ACIONISTAS COM MAIS DE 5% DE AÇÕES COM DIREITO A VOTO
1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL
6 - AÇÕES ORDINÁRIAS
(Unidades)
06
7-%
3 - CPF/CNPJ
8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - %
(Unidades)
0,00
1.579.469
3,54
1.544.786
5,29
1.848.395
4,14
7,47
0
0,00
1.156.411
2,59
3,33
151.060
0,52
665.865
1,49
135.595
0,46
143.495
0,32
BRASILEIRA
BRASILEIRA
SIM
RJ
SIM
BRASILEIRA
NÃO
34.054.320-0001/46
RJ
SIM
SIM
51.990.695-0001/37
5 - UF
14 - CONTROLADOR
SIM
42.271.429-0001/63
PREVI - BANERJ
514.805
97
0
BRADESCO VIDA E PREVIDÊNCIA S.A.
1.156.411
09
1,96
4 - NACIONALIDADE
12 - COMP.CAP.SOC. 13 - PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS
34.269.803-0001/68
VALIA - FUND VALE DO RIO DOCE
303.609
08
11 - ¨%
REAL GRANDEZA FUND DE PREVIDÊNCIA
1.579.469 10,21
07
10 - TOTAL DE AÇÕES
(Unidades)
SP
NÃO
BRASILEIRA
RJ
SIM
AÇÕES EM TESOURARIA
7.900
21/12/2005 09:47:46
0,05
Pág:
9
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
03.01 - EVENTOS RELATIVOS À DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL
1 - EVENTO BASE
2 - DATA DO EVENTO 3 - PESSOAS FÍSICAS E JURÍDICAS 4 - INVESTIDORES INSTITUCIONAIS 5 - ACORDO DE ACIONISTAS 6 - AÇÕES PREFER. COM DIREITO A VOTO
29/04/2005
AGO/E
11.627
473
SIM
NÃO
7 - AÇÕES PREFERENCIAIS COM DIREITO A VOTO
8 - DATA DO ÚLTIMO ACORDO DE ACIONISTAS
25/10/1994
AÇÕES EM CIRCULAÇÃO NO MERCADO
ORDINÁRIAS
PREFERENCIAIS
9 - QUANTIDADE (Unidade)
10 - Percentual
3.137.400
TOTAL
11 - QUANTIDADE (Unidade)
20,28
12 - Percentual
19.378.347
13 - QUANTIDADE (Unidade)
66,41
14 - Percentual
22.515.747
50,42
03.02 - POSIÇÃO ACIONÁRIA DOS ACIONISTAS COM MAIS DE 5% DE AÇÕES COM DIREITO A VOTO
1 - ITEM 2 - NOME/RAZÃO SOCIAL
6 - AÇÕES ORDINÁRIAS
(Unidades)
98
3 - CPF/CNPJ
8 - AÇÕES PREFERENCIAIS 9 - %
(Unidades)
10 - TOTAL DE AÇÕES
(Unidades)
11 - ¨%
12 - COMP.CAP.SOC. 13 - PART. NO ACORDO DE ACIONISTAS
4 - NACIONALIDADE
5 - UF
14 - CONTROLADOR
OUTROS
414.127
99
7-%
2,68
17.610.175 60,36
18.024.302 40,36
15.471.957 100,00
29.180.427 100,00
44.652.384 100,00
TOTAL
21/12/2005 09:47:46
Pág:
10
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
04.01 - COMPOSIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL
1 - Data da Última Alteração:
2- ITEM 3 - ESPÉCIE DAS AÇÕES
29/04/2005
4 - NOMINATIVA
OU ESCRITURAL
5 - VALOR NOMINAL
(Reais)
6 - QTD. DE AÇÕES
7 - SUBSCRITO
(Unidades)
8 - INTEGRALIZADO
(Reais Mil)
(Reais Mil)
01
ORDINÁRIAS
ESCRITURAL
15.471.957
277.198
277.198
02
PREFERENCIAIS
ESCRITURAL
29.180.427
522.802
522.802
03
PREFERENCIAIS CLASSE A
0
0
0
04
PREFERENCIAIS CLASSE B
0
0
0
05
PREFERENCIAIS CLASSE C
0
0
0
06
PREFERENCIAIS CLASSE D
0
0
0
07
PREFERENCIAIS CLASSE E
0
0
0
08
PREFERENCIAIS CLASSE F
0
0
0
09
PREFERENCIAIS CLASSE G
0
0
0
10
PREFERENCIAIS CLASSE H
0
0
0
11
PREFER. OUTRAS CLASSES
0
0
0
99
TOTAIS
44.652.384
800.000
800.000
21/12/2005 09:47:57
Pág:
11
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
04.02 - CAPITAL SOCIAL SUBSCRITO E ALTERAÇÕES NOS TRÊS ÚLTIMOS ANOS
1- ITEM 2 - DATA DA
ALTERAÇÃO
3 - VALOR DO CAPITAL SOCIAL
(Reais Mil)
5 - ORIGEM DA ALTERAÇÃO
(Reais Mil)
01
27/06/1997
415.433
02
20/06/2000
415.433
03
23/04/2002
490.000
04
29/04/2005
800.000
21/12/2005 09:48:30
4 - VALOR DA ALTERAÇÃO
7 - QUANTIDADE DE AÇÕES EMITIDAS
8 - PREÇO DA AÇÃO NA
EMISSÃO
(Reais)
(Unidades)
415.424 Incorporação de Empresas
223.251.081
0,0000000000
0
0,0000000000
74.567 Incorporação de Reservas
0
0,0000000000
310.000 Incorporação de Reservas
0
0,0000000000
0 Grupamento de Ações - 5.000/1
Pág:
12
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
04.04 - CAPITAL SOCIAL AUTORIZADO
1 - QUANTIDADE
2 - VALOR
(Unidades)
60.000.000
3 - DATA DA AUTORIZAÇÃO
(Reais Mil)
0
20/06/2000
04.05 - COMPOSIÇÃO DO CAPITAL AUTORIZADO
1- ITEM 2 - ESPÉCIE
3 - CLASSE
4 - QUANTIDADE DE AÇÕES
AUTORIZADAS À EMISSÃO
(Unidades)
01
ORDINÁRIAS
20.040.000
02
PREFERENCIAIS
39.960.000
21/12/2005 09:48:34
Pág:
13
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
05.01 - AÇÕES EM TESOURARIA
1 - ITEM 2 - ESPÉCIE DAS AÇÕES
3 - CLASSE 4 - REUNIÃO 5 - PRAZO PARA AQUISIÇÃO
6 - QUANTIDADE A SER
ADQUIRIDA
(Unidades)
7 - MONTANTE A SER
DESEMBOLSADO
(Reais Mil)
8 - QUANTIDADE JÁ
ADQUIRIDA
(Unidades)
9 - MONTANTE JÁ
DESEMBOLSADO
(Reais Mil)
01
ORDINÁRIAS
24/02/1999 3 meses
7.900
0
7.900
38
02
PREFERENCIAIS
24/02/1999 3 meses
135.595
0
135.595
779
21/12/2005 09:48:41
Pág:
14
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
06.01 - PROVENTOS DISTRIBUÍDOS NOS TRÊS ÚLTIMOS ANOS
1 - ITEM 2 - PROVENTO
3 - APROVAÇÃO DA
DISTRIBUIÇÃO
EVENTO
4 - DATA DA
APROVAÇÃO
DISTRIBUIÇÃO
5 - TÉRMINO DO 6 - LUCRO OU PREJUÍZO 7 - VALOR DO
LÍQUIDO NO PERÍODO
PROVENTO POR AÇÃO
EXERCÍCIO
SOCIAL
(Reais Mil)
8 - ESPÉCIE
DAS AÇÕES
9 - CLASSE 10 - MONTANTE DO
DAS AÇÕES PROVENTO
(Reais Mil)
11 - DATA DE
INÍCIO DE
PAGAMENTO
01
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
06/12/2000
31/12/2000
45.389
0,2280400000
02
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
06/12/2000
31/12/2000
45.389
0,2280400000 PREFERENCIAL
10.150 28/02/2001
03
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
08/06/2001
30/06/2001
53.114
0,3033100000
13.500 31/08/2001
04
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
08/06/2001
30/06/2001
53.114
0,3033100000 PREFERENCIAL
13.500 31/08/2001
05
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
03/09/2001
31/12/2001
168.247
0,2961200000
13.180 28/02/2002
06
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
03/09/2001
31/12/2001
168.247
0,2961200000 PREFERENCIAL
13.180 28/02/2002
07
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
05/12/2001
31/12/2001
168.247
0,4790050000
21.320 28/02/2002
08
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
05/12/2001
31/12/2001
168.247
0,4790050000 PREFERENCIAL
09
DIVIDENDO
RCA
08/02/2002
31/12/2001
168.247
0,0555830000
10
DIVIDENDO
RCA
08/02/2002
31/12/2001
168.247
0,0555830000 PREFERENCIAL
2.474 28/02/2002
11
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
22/03/2002
30/06/2002
8.232
0,1213200000
5.400 30/08/2002
12
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
22/03/2002
30/06/2002
8.232
0,1213200000 PREFERENCIAL
13
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
15/12/2003
31/12/2003
123.547
0,8088300000
14
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
15/12/2003
31/12/2003
123.547
0,8088300000 PREFERENCIAL
36.000 27/02/2004
15
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
18/06/2004
31/12/2004
295.619
1,1233700000
50.000 31/08/2004
16
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
18/06/2004
31/12/2004
295.619
1,1233700000 PREFERENCIAL
50.000 31/08/2004
17
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
17/12/2004
31/12/2004
295.619
0,5842653100
26.005 28/02/2005
18
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
17/12/2004
31/12/2004
295.619
0,5842653100 PREFERENCIAL
26.005 28/02/2005
19
DIVIDENDO
RCA
10/02/2005
31/12/2004
295.619
0,2849005600
12.681 28/02/2005
20
DIVIDENDO
RCA
10/02/2005
31/12/2004
295.619
0,2849005600 PREFERENCIAL
12.681 28/02/2005
21
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
20/06/2005
30/06/2005
155.322
1,0447351400
46.500 31/08/2005
22
JUROS SOBRE O CAPITAL PRÓPRIO
RCA
20/06/2005
30/06/2005
155.322
1,0447351400 PREFERENCIAL
21/12/2005 09:49:11
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
ORDINÁRIA
10.150 28/02/2001
21.320 28/02/2002
2.474 28/02/2002
5.400 30/08/2002
36.000 27/02/2004
46.500 31/08/2005
Pág:
15
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
06.03 - DISPOSIÇÕES ESTATUTÁRIAS DO CAPITAL SOCIAL
1 - ITEM 2 - ESPÉCIE DA AÇÃO
3 - CLASSE 4 - % DO CAPITAL 5 - CONVERSÍVEL 6 - CONVERTE EM 7 - DIREITO A
VOTO
DA AÇÃO
SOCIAL
10 - PRÊMIO 11 - TIPO DE DIVIDENDO 12 - % DIVIDENDO
01
ORDINÁRIA
NÃO
02
MÍNIMO
PREFERENCIAL
NÃO
MÍNIMO
13 - R$/AÇÃO
14 - CUMULATIVO
15 - PRIORITÁRIO
34,65 NÃO
25,00
25,00
NÃO
ON
0,00000 SIM
9 - PRIORIDADE
NO REEMBOLSO
DE CAPITAL
17 - OBSERVAÇÃO
16 - CALCULADO SOBRE
PLENO
0,00000 NÃO
65,35 SIM
8 - TAG ALONG %
80,00 NÃO
LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO
NÃO
SIM
80,00 SIM
LUCRO LÍQUIDO AJUSTADO
06.04 - MODIFICAÇÃO ESTATUTÁRIA
1 - DATA DA ÚLTIMA MODIFICAÇÃO DO ESTATUTO
29/04/2005
21/12/2005 09:49:18
2 - DIVIDENDO OBRIGATÓRIO (% DO LUCRO)
25,00
Pág:
16
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Divulgação Externa
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
07.01 - REMUNERAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DOS ADMINISTRADORES NO LUCRO
1 - PARTICIPAÇÃO DOS ADMINISTRADORES
NO LUCRO
2 - VALOR DA REMUNERAÇÃO GLOBAL DOS
(Reais Mil)
ADMINISTRADORES
SIM
3 - PERIODICIDADE
160
MENSAL
07.02 - PARTICIPAÇÕES E CONTRIBUIÇÕES NOS TRÊS ÚLTIMOS ANOS
1 - DATA FINAL DO ÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL:
31/12/2004
2 - DATA FINAL DO PENÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL:
31/12/2003
3 - DATA FINAL DO ANTEPENÚLTIMO EXERCÍCIO SOCIAL:
31/12/2002
4- ITEM 5 - DESCRIÇÃO DAS PARTICIPAÇÕES E CONTRIBUIÇÕES
01
PARTICIPAÇÕES-DEBENTURISTAS
02
PARTICIPAÇÕES-EMPREGADOS
03
PARTICIPAÇÕES-ADMINISTRADORES
04
05
6 - VALOR DO ÚLTIMO
7 - VALOR DO PENÚL-
8 - VALOR DO ANTEPE-
EXERCÍCIO
(Reais Mil)
TIMO EXERCÍCIO
(Reais Mil)
NÚLTIMO EXERCÍCIO
(Reais Mil)
0
0
0
19.060
7.504
693
6.422
1.930
0
PARTIC.-PARTES BENEFICIÁRIAS
0
0
0
CONTRIBUIÇÕES FDO. ASSISTÊNCIA
0
0
0
06
CONTRIBUIÇÕES FDO. PREVIDÊNCIA
0
0
0
07
OUTRAS CONTRIBUIÇÕES
0
0
0
08
LUCRO LÍQUIDO NO EXERCÍCIO
295.619
123.547
8.232
09
PREJUÍZO LÍQUIDO NO EXERCÍCIO
0
0
0
21/12/2005 09:49:49
Pág:
17
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
07.03 - PARTICIPAÇÕES EM SOCIEDADES CONTROLADAS E/OU COLIGADAS
1- ITEM 2 - RAZÃO SOCIAL DA CONTROLADA/COLIGADA
3 - CNPJ
4 - CLASSIFICAÇÃO
5 - % PARTICIPAÇÃO 6 - % PATRIMÔNIO
NO CAPITAL DA
LÍQUIDO DA
INVESTIDA
INVESTIDORA
86.547.619/0001-36
FECHADA CONTROLADA
100,00
99,99
FECHADA CONTROLADA
100,00
0,01
7 - TIPO DE EMPRESA
01
PERDIGÃO AGROINDUSTRIAL S.A.
EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS
02
PERDIGÃO EXPORT LTD
. . /
-
EMPRESA COMERCIAL, INDUSTRIAL E OUTRAS
21/12/2005 09:49:56
Pág:
18
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.01 - BREVE HISTÓRICO DA EMPRESA
A Perdigão S.A. Comércio e Indústria foi fundada pelas Famílias Ponzoni e Brandalise inicialmente
uma sociedade por quotas de responsabilidade limitada sob a denominação de “Ponzoni, Brandalise
e Cia.”, tendo por objetivo a exploração do comércio em geral.
Transformou sua forma jurídica para sociedade anônima em 23/11/45, alterando sua denominação
social para “Ponzoni, Brandalise S.A. Com. e Ind.”. Em 26/04/58 alterou novamente a denominação
social para a atual “Perdigão S.A. Comércio e Indústria”.
Com a expansão verificada em seus negócios, a partir de 1940, a Empresa passou a desenvolver os
ramos industrial, agropecuário e serviços. Em 01/07/83 em cumprimento ao plano de reestruturação
jurídica e organizacional, a empresa alugou as suas controladas, todas as unidades industriais e
comerciais, passando a partir de então a operar como uma empresa Holding, transferindo
posteriormente essas unidades as suas controladas.
Cumprindo plano de capitalização, no que concerne as desmobilizações, a Empresa, em 13/02/86,
alienou a totalidade da participação acionária que detinha na controlada “Perdigão Couros S.A.”.
Em 23/09/94, conforme Fato Relevante divulgado na imprensa ocorreu a alienação do controle
acionário da Sociedade para um grupo de investidores, que representou 80,68% do capital votante,
65,54% do capital não votante e 70,66% do capital total.
Em 29/09/95 a Perdigão S.A. Comércio e Indústria incorporou as ações pertencentes aos acionistas
minoritários da Perdigão Agroindustrial S.A. e Perdigão Alimentos S.A., transformando-se estas em
subsidiárias integrais da Holding passando a Perdigão S.A. Comércio e Indústria a ser a única
Companhia Aberta das Empresas Perdigão, com ações negociadas em Bolsa de Valores.
Em 27/06/97 foram incorporadas as ações pertencentes aos acionistas da Perdigão S.A. Comércio e
Indústria na Perdigão S.A., que passou a ser a empresa “holding”, na proporção de uma ação para
cada ação possuída, da mesma espécie.
A Perdigão S.A. Comércio e Indústria, incorporou, na mesma data, a Perdigão Agroindustrial S.A. e
a Perdigão Avícola Rio Claro Ltda., alterando sua denominação social para Perdigão Agroindustrial
S.A., sendo essa a atual empresa operacional.
Em 20/10/2000 a empresa passou a ter suas ações negociadas na Bolsa de Valores de New York –
NYSE, através do programa ADR Nível II.
Em 20/06/2001 a empresa obteve o Nível 1 de Governança Corporativa da Bovespa.
Em 17/12/2002 foi aprovado o direito das ações preferenciais de serem incluídas na oferta pública
de alienação de controle, de modo a lhes assegurar o preço mínimo de 80% (oitenta por cento) do
valor pago por ação com direito a voto integrante do bloco de controle.
21/12/2005 09:50:01
Pág:
19
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.02 - CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
O ano de 2004 foi marcado por fatos e comemorações importantes. Coincidindo com a celebração
de seus 70 anos e de 10 anos de profissionalização da gestão e de controle acionário compartilhado,
a Perdigão apresentou uma das melhores taxas de crescimento registradas em sua história. Além
disso, anunciou novos investimentos, incluindo a construção de uma unidade industrial em
Mineiros-GO, direcionada para a produção de perus e chesters®, permitindo a continuidade do
crescimento sustentado que norteou a Companhia nesta última década.
O desempenho do ano foi especialmente beneficiado pelo aumento de 15% nos volumes vendidos,
principalmente para o mercado externo, que obteve um crescimento de 24%, impulsionado pela
demanda no mercado internacional pelos produtos de carnes brasileiros, o que permitiu alavancar
ainda mais nossa presença internacional. No mercado interno, o foco foi priorizar a rentabilidade,
com melhoria de mix e controle de preços e custos.
Encerramos 2004 com resultados recordes. Nossa estimativa para 2005 é de um aumento de 9% nos
volumes de refrigerados nos mercados doméstico e internacional, esperando menor pressão dos
custos de grãos em função da redução dos preços internacionais e da estimativa de safra.
(As variações comentadas neste relatório são comparações do ano de 2004 com o ano de 2003 e do 4º Trimestre de
2004 com o 4º trimestre de 2003.)
DESTAQUES OPERACIONAIS E FINANCEIROS – 2004
¾
¾
¾
¾
¾
¾
¾
¾
¾
Receita bruta de R$ 5,6 bilhões, 27,4% superior;
Crescimento de 14,9% no volume de vendas de refrigerados;
Receitas 12,1% superiores no mercado interno, com volumes de refrigerados 6,2% maiores;
As exportações cresceram 48,4% e representaram 55,8% da receita líquida da Companhia,
atingindo volumes de refrigerados 23,8% superiores;
Os produtos de maior valor agregado cresceram 14,2% em receitas e 8,8% em volumes;
O lucro bruto atingiu R$ 1,4 bilhão, 32,1% superior, devido ao desempenho de vendas, com
margem bruta de 27,7%;
O EBITDA obteve crescimento de 54,9%, totalizando R$ 593,8 milhões, em função da
performance operacional de receitas e gerenciamento de custos e despesas, refletindo em uma
margem EBITDA de 12,2%;
O lucro líquido foi de R$ 295,6 milhões, 139,3% maior, com 6,1% de margem líquida;
A média de volume financeiro das ações negociadas no ano totalizou US$ 2,0 milhões ao dia,
obtendo uma das melhores rentabilidades.
DESEMPENHO SETORIAL
O Brasil exportou 2,4 milhões de toneladas de carnes de aves em 2004, 26% acima de 2003,
assumindo a liderança das exportações mundiais, seguido dos Estados Unidos e Europa. As
21/12/2005 09:50:06
Pág:
20
Excluído:
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.02 - CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
exportações de carne suína também surpreenderam positivamente, com volume próximo a 500 mil
toneladas.
Segundo informações do USDA, a expectativa é de que a produção brasileira de aves cresça mais de
6% em 2005 e que as exportações avancem mais 10%. Para suínos, a estimativa é de um
crescimento de 2% na produção e exportação.
As principais matérias-primas, milho e soja, que pressionaram os custos em 2004, deverão sofrer
uma redução devido à queda dos preços internacionais, relacionada à supersafra americana e à boa
expectativa para a safra brasileira. Em contrapartida, é possível ocorrer um aumento no preço do
suíno vivo, já que os níveis de produção podem ficar pouco abaixo da demanda.
INVESTIMENTOS E PROJETOS
Os investimentos totalizaram R$ 110,5 milhões, 59% superiores ao ano anterior, englobando a
ampliação da capacidade da unidade de Rio Verde; o aumento do abate de perus em Carambeí-PR;
as novas linhas de produção; incluindo cortes especiais para o mercado externo, e os projetos
logísticos e de adequação de infra-estrutura. No último trimestre, o dispêndio em CAPEX totalizou
R$ 50,9 milhões, 215,5% superiores. Em função da boa geração de caixa, a Empresa antecipou
investimentos como no Projeto de Mineiros, já com a aquisição de uma área destinada para o
reflorestamento e para a integração terceirizada; bem como nos Centros de Distribuição de VideiraSC e Marau-RS, onde também está sendo realizada a ampliação de produção da capacidade de
incubatórios.
Em 19.08.04 foi anunciada a construção de uma nova unidade industrial, em Mineiros-GO, que será
focada no abate e processamento de aves (peru e chester®), projetando investimentos fixos de R$
165 milhões, entre 2005 e 2007 e capital de giro de R$ 75 milhões. A capacidade planejada de
processamento é de 81 mil toneladas/ano em dezembro de 2008.
Encontram-se em ritmo acelerado as implementações de todos os projetos delineados para assegurar
o crescimento sustentado, redução de custos e despesas, bem como o retorno dos investimentos.
Entre eles estão os projetos: MVP – Mais Valor Perdigão; Desenvolvimento Tecnológico dos
Processos Industriais; ATP – Atendimento Total Perdigão, CSP – Centro de Serviços
Compartilhados e o de Gestão Financeira.
A Empresa estima um investimento em torno de R$ 150 milhões para 2005, que serão direcionados
para a continuidade da ampliação da unidade de Rio Verde-GO; início da construção de MineirosGO; além de projetos de logística, infra-estrutura e ampliação e otimização de linhas de produção, a
serem realizados em unidades de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná.
21/12/2005 09:50:06
Pág:
21
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.02 - CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
DESEMPENHO OPERACIONAL
Produção
A produção de frigorificados de carnes registrou 1,1 milhão de toneladas, um aumento de 12,8% em
relação ao do ano anterior, amparada pelo aquecimento de vendas do mercado externo, acumulando
no quarto trimestre um crescimento de 12,6% para os frigorificados. Os outros produtos
processados cresceram 20,1% no ano e 28,3% no trimestre.
Produção
Abate de aves (milhões de cab.)
Abate de suínos (mil cab.)
Frigorificados de aves (mil ton.)
Frigorificados de suínos/bovinos (mil ton.)
Total Frigorificados (mil ton.)
Outros produtos processados (mil ton.)
Rações e concentrados (mil ton.)
Pintos de 1 dia (milhões de unid.)
Esmagamento de soja (mil ton.)
Óleo degomado (mil ton.)
Óleo refinado (mil ton.)
4º Trim. 04
123,7
807,8
171,7
123,0
294,7
5,3
738,6
130,5
128,7
23,0
14,5
4º Trim. 03
119,6
686,3
154,2
107,5
261,8
4,1
702,6
119,7
136,9
24,2
16,8
Var. %
3,4
17,7
11,3
14,4
12,6
28,3
5,1
9,0
(6,0)
(5,0)
(13,4)
2004
487,1
3.180,1
654,3
461,4
1.115,7
19,8
2.908,0
511,1
554,3
99,1
65,8
2003
445,0
2.750,2
581,0
408,0
989,0
16,5
2.751,7
462,5
520,4
93,9
66,3
Var. %
9,5
15,6
12,6
13,1
12,8
20,1
5,7
10,5
6,5
5,5
(0,8)
Mercado Interno
O posicionamento adotado para o mercado interno foi de melhoria de portfólio dos produtos,
controles de preços e custos, priorizando melhor rentabilidade, e aperfeiçoamento dos canais de
distribuição, com ênfase no mercado institucional e de varejo.
Desta forma, as vendas domésticas contabilizaram R$ 2,8 bilhões, 12,1% de crescimento. Os
produtos refrigerados atingiram 532,2 mil toneladas, 6,2% superior, ficando em linha com as
estimativas da Companhia para esse mercado. No quarto trimestre, as vendas brutas cresceram
12,1%, com volumes de refrigerados 5,8% maiores que no ano anterior.
Os produtos elaborados/processados cresceram 7,6% em volumes e 14% em receitas no ano e 5,8%
e 15,1%, respectivamente, no trimestre. Os lançamentos do ano contribuíram para a obtenção desse
desempenho. Entre os principais destaques, citamos: novos sabores de tortas, pizzas, folhadinhos,
pastéis de forno, embutidos – lingüiças e peito de peru defumado, além do Chicken Pop Corn e do
Franget’s.
21/12/2005 09:50:06
Pág:
22
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.02 - CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
Mercado Interno
In-Natura
Aves
Suínos/bovinos
Elaborados/Processados (carnes)
Outros Processados
Total de Refrigerados
Produtos de Soja
Outros
Total
Total Elaborados/Processados
Toneladas (mil)
4º Trim. 04 4º Trim. 03 Var. %
11,7
11,0
6,3
9,2
8,1
13,9
2,5
2,9
(14,7)
135,4
128,5
5,4
5,8
5,0
15,9
152,9
144,6
5,8
33,2
39,2
(15,2)
186,2
183,8
1,3
141,3
133,6
5,8
In-Natura
Aves
Suínos/bovinos
Elaborados/Processados (carnes)
Outros Processados
Total de Refrigerados
Produtos de Soja
Outros
Total
Total Elaborados/Processados
2004
46,2
34,5
11,6
463,4
22,7
532,2
146,6
678,9
486,1
2003
49,4
36,7
12,6
431,7
20,3
501,3
145,2
646,5
452,0
Vendas (R$ milhões)
4º Trim. 04 4º Trim. 03 Var. %
48,0
41,1
17,0
38,4
32,1
19,8
9,6
9,0
7,0
681,1
594,4
14,6
45,2
36,7
23,1
774,3
672,2
15,2
47,6
59,6
(20,2)
34,1
31,7
7,6
855,9
763,5
12,1
726,3
631,1
15,1
Var. %
(6,5)
(5,9)
(8,2)
7,3
12,0
6,2
1,0
5,0
7,6
2004
180,7
135,3
45,4
2.127,9
171,7
2.480,2
235,0
124,8
2.840,1
2.299,6
2003
172,9
134,6
38,3
1.870,4
146,4
2.189,7
216,6
126,8
2.533,1
2.016,8
Var. %
4,5
0,5
18,3
13,8
17,3
13,3
8,5
(1,6)
12,1
14,0
Os preços médios do ano foram 7,5% superiores, e 10,1% no último trimestre, beneficiados pelo
preço médio obtido no suíno in-natura, em função da oferta ajustada dessa proteína, e pelo
incremento de produtos de maior valor agregado. O custo médio cresceu 0,6% no ano e 7,3% no
trimestre.
Com o objetivo de aprimorar ainda mais a marca, a Perdigão veiculou campanhas de marketing em
comemoração aos 70 anos, além de outras específicas para festas tradicionais e de valorização de
linhas de seus produtos. O mercado institucional passou a representar 8,6%, devido à boa estratégia
traçada pela área de food service.
CANAIS DE DISTRIBUIÇÃO – Em volumes
2003
2004
Atacadista
10,1%
Atacadista
10,5%
Institucional
8,1%
Institucional
8,6%
Varejo
19,5%
21/12/2005 09:50:06
Auto-Serviço
61,4%
Varejo
18,6%
Auto-Serviço
63,2%
Pág:
23
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.02 - CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
O gráfico a seguir demonstra a participação de mercado da Companhia. O crescimento de 0,6
pontos percentuais no market share de industrializados de carnes permitiu obter a liderança desse
segmento. Em congelados de carnes houve uma manutenção e em pratos prontos – massas
representou um ganho de 3,6 pontos percentuais, com pizzas congeladas atingindo 2,1 pontos
percentuais.
Market Share (%)
38,4
37,9
31,9
32,3
34,8
34,2
30,3
25,5
34,2
31,2
31,0
33,4
24,4
24,6
23,4
24,8
31,1
21,7
16,4
22,8
15,8
16,4
18,4
19,3
28,5
24,1
30,6
24,7
41,2
34,4
33,2
25,7
14,9
15,1
10,1
10,3
8,8
0,0
1994
1995
1996
Industrializados de Carnes
1997
1998
0,0
1999
Congelados de Carnes
2000
2001
2002
Pratos Prontos - Massas
2003
2004
Ultimo
Bim./04
Pizzas Congeladas
Fonte: AC Nielsen
A Empresa projeta um crescimento dos volumes de refrigerados de 9% em 2005, considerando a
retomada do crescimento do mercado interno.
Mercado Externo
Em função da boa estratégia adotada e da competência da Companhia em atender os seus clientes
externos e comercializar seus produtos em mais de cem países, as exportações tiveram uma
excelente performance, beneficiadas também pelo impulso de demanda alcançado pelos produtos de
carnes brasileiros no mercado internacional, com melhoria de preços e volumes, devido à epidemia
de influenza aviária que atingiu grandes regiões produtoras no mundo.
O faturamento no mercado externo acumulou R$ 2,7 bilhões, com aumento de 48,4% no ano e
representando 55,8% da receita líquida. Os volumes de refrigerados cresceram 23,8%,
demonstrando um excelente desempenho, que ultrapassou as projeções da Companhia. No último
trimestre, as exportações foram de R$ 721,2 milhões, aumentando 45,7%, representando 52,8% da
receita líquida, e com volumes de produtos refrigerados comercializados 31,6% superiores.
21/12/2005 09:50:06
Pág:
24
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.02 - CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
Mercado Externo
In-Natura
Aves
Suínos
Elaborados/Processados (carnes)
Total de Refrigerados
Total
Total Elaborados/Processados
In-Natura
Aves
Suínos
Elaborados/Processados (carnes)
Total de Refrigerados
Total
Total Elaborados/Processados
Toneladas (mil)
4º Trim. 04 4º Trim. 03 Var. %
141,4
114,8
23,2
117,0
98,5
18,8
24,4
16,3
49,6
25,6
12,2
110,7
167,2
127,0
31,6
167,3
127,2
31,6
25,8
12,2
111,2
2004
532,6
441,2
91,4
76,0
609,1
609,5
76,4
Var. %
2003
426,8
24,8
362,4
21,7
64,4
41,9
64,9
17,1
491,8
23,8
493,0
23,6
65,0
17,6
Vendas (R$ milhões)
4º Trim. 04 4º Trim. 03 Var. %
565,0
402,2
40,5
429,1
332,6
29,0
135,9
69,6
95,4
153,5
92,3
66,3
719,5
494,7
45,4
721,2
494,9
45,7
154,5
92,6
66,9
2004
2.180,1
1.723,3
456,8
540,3
2.723,5
2.727,2
543,4
2003
1.363,3
1.122,1
241,2
471,5
1.835,6
1.837,9
472,3
Var. %
59,9
53,6
89,4
14,6
48,4
48,4
15,1
Os produtos de maior valor agregado cresceram 17,6% em volumes e 15,1% em receitas no ano, e,
respectivamente, 111,2% e 66,9% no trimestre, e foram direcionados para Europa, parte do
Extremo Oriente, Oriente Médio, Eurásia e Américas. Em receitas o crescimento foi menor, devido
ao mercado europeu encontrar-se super-ofertado de produtos cozidos originados da Tailândia e da
inclusão de mais produtos industrializados, com menor preço unitário, nesse mix de vendas.
Os principais mercados tiveram os seguintes comportamentos no ano: Europa – crescimento de
26,4% em receitas e 6,8% em volumes, embora tenha sido registrada retração de demanda nesse
mercado; Extremo Oriente - 76,7% de acréscimo em receitas e 23,6% em volumes. O principal
mercado desse continente foi o Japão, que elevou suas compras em 149%, particularmente no
primeiro semestre, quando os preços médios estavam favorecidos pelo impacto da Influenza aviária;
Oriente Médio – 32,8% superior e 39,8%, em receitas e volumes respectivamente. Os demais
mercados, como Eurásia e África, cresceram 73,8% e 99,9%, em receitas, mesmo com as barreiras
e cotas impostas pela Rússia.
Os produtos derivados de suínos continuaram demonstrando expressivos crescimentos direcionados
para Eurásia, Hong Kong e Cingapura. As vendas desses produtos aumentaram 42% em volumes e
89,4% em receitas, no ano e 49,6% em volumes e 95,4% em receitas no trimestre.
21/12/2005 09:50:06
Pág:
25
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.02 - CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
Exportações por Região
2004
Eurásia
16,9%
Outros
Países
5,2%
Europa
31,3%
Oriente
Médio
18,8%
Extremo
Oriente
27,8%
2003
Eurásia
14,5%
Europa
36,8%
Outros
Países
4,2%
Oriente
Médio
21,2%
Extremo
Oriente
23,3%
% receita líquida
A Influenza aviária continua atingindo a Ásia, dificultando o retorno desses produtores ao mercado
exportador de carne in-natura. Entretanto, conforme já mencionamos, os preços sofreram uma
queda no segundo semestre, comparados ao primeiro, devido a uma retração do consumo,
especialmente na Europa. Além disso, a valorização média do real em relação ao dólar, de 4,7% no
ano e de 6,5% ocorrida no último trimestre, em relação ao terceiro, resultou em uma redução das
receitas de exportações em reais.
No ano, os preços médios subiram cerca de 20,8%, impulsionados pelos aumentos registrados no
primeiro semestre. Os custos médios ficaram 13,2% maiores. Já os preços médios em dólares foram
25% superiores. No quarto trimestre, comparado com o quarto trimestre do ano anterior, os preços
médios tiveram um incremento de 11,7% contra um custo médio de 16,8% maior, descompasso
esse provocado particularmente pela apreciação cambial, que causa reflexo direto nas receitas de
exportações sem a contra-partida, no mesmo período de tempo, nos custos de produção devido ao
ciclo produtivo. Outro fator que também contribuiu para a pressão de margens foi o aumento do
suíno vivo em função da oferta ajustada dessa matéria-prima.
A Empresa estima que o crescimento das exportações possa atingir 9% nos volumes de produtos
refrigerados em 2005, considerando que o cenário externo não sofra mudanças.
21/12/2005 09:50:06
Pág:
26
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
09.03 - PERÍODOS DE SAZONALIDADE NOS NEGÓCIOS
MATÉRIAS PRIMAS
AVES/SUÍNOS
Não apresentam sazonalidade.
SOJA
Apresenta sazonalidade, contudo procura-se manter estoques próprios reguladores através de
fornecedores tradicionais. A escassez da oferta de grãos reflete-se entre setembro e fevereiro de
cada ano.
MILHO
A sazonalidade do milho é similar a da soja. O seu período de colheita, que se estende de março a
setembro (incluindo a safrinha), caracteriza-se pelo bom volume de oferta. De outubro a fevereiro, a
disponibilidade do grão reduz-se, configurando o período de entre-safra.
21/12/2005 09:50:44
Pág:
27
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
10.01 - PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS
1- ITEM 2 - PRINCIPAIS PRODUTOS E/OU SERVIÇOS
3 - % RECEITA LÍQUIDA
01
PROCESSADOS SUÍNOS/BOVINOS - MI
02
CORTES SUÍNOS - MI
0,70
03
CORTES SUÍNOS - ME
9,60
04
ELABORADOS/PROCESSADOS AVES - MI
8,60
05
CORTES AVES - MI
2,10
06
INTEIROS AVES - MI
07
ELABORADOS/PROCESSADOS AVES - ME
10,80
08
CORTES AVES - ME
24,50
09
INTEIROS AVES - ME
10,70
10
SOJA/OUTROS
6,20
11
OUTROS PROCESSADOS (próprios + terceiros)
2,60
21/12/2005 09:50:50
24,00
0,20
Pág:
28
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
10.02 - MATÉRIAS PRIMAS E FORNECEDORES
1- ITEM 2 - MATÉRIA PRIMA
7 - NOME DO FORNECEDOR
01
03
04
05
06
07
08
09
21/12/2005 09:51:12
SIM
0
SIM
SIM
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
2,96
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
2,06
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,94
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,93
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. AGROP. SUDOESTE LTDA.
SIM
3,14
NÃO
MILHO E SOJA
CARGILL AGRICOLA S.A.
0
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. REG AGROPEC DE CAMPOS NOVOS
SIM
3,31
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. AGR. PROD. INTEG. DO PARANÁ LTDA
SIM
12,53
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. AGROPECUÁRIA BATAVO LTDA
0
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
IMCOPA IMP. E EXP. INDUSTRIA DE ÓLEOS
9 - % DE FORNECIMENTO
SOBRE O TOTAL DAS
COMPRAS DA CIA.
NÃO
MILHO E SOJA
I. REIDI & CIA LTDA
6 - DISPONÍVEL
MERCADO
EXTERNO
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
BUNGE ALIMENTOS S.A.
5 - DISPONÍVEL
MERCADO
LOCAL
8 - TIPO DE FORNECEDOR
MILHO E SOJA
COAMO AGROINDUSTRIAL COOPERATIVA
02
3 - IMPORTAÇÃO 4 - VALOR DA
IMPORTAÇÃO
(Reais Mil)
1,90
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,89
Pág:
29
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
10.02 - MATÉRIAS PRIMAS E FORNECEDORES
1- ITEM 2 - MATÉRIA PRIMA
7 - NOME DO FORNECEDOR
10
12
13
14
15
16
17
18
21/12/2005 09:51:12
SIM
0
SIM
SIM
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,25
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,25
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,20
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,16
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. TRIT. DE GETÚLIO VARGAS LTDA.
SIM
1,35
NÃO
MILHO E SOJA
C. VALE COOP. AGROINDUSTRIAL
0
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. AGROPEC. CASTROLANDA
SIM
1,42
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. CAFEIC. AGROPEC. DE MARINGÁ LTDA.
SIM
1,88
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. AGRIC. MISTA MARAUENSE LTDA.
0
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. TRIT. MISTA ALTO JACUI LTDA.
9 - % DE FORNECIMENTO
SOBRE O TOTAL DAS
COMPRAS DA CIA.
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. TRIT. SARANDI LTDA.
6 - DISPONÍVEL
MERCADO
EXTERNO
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COM. E IND. BRASILEIRAS COINBRA
5 - DISPONÍVEL
MERCADO
LOCAL
8 - TIPO DE FORNECEDOR
MILHO E SOJA
ADM. DO BRASIL LTDA.
11
3 - IMPORTAÇÃO 4 - VALOR DA
IMPORTAÇÃO
(Reais Mil)
1,11
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
1,04
Pág:
30
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
10.02 - MATÉRIAS PRIMAS E FORNECEDORES
1- ITEM 2 - MATÉRIA PRIMA
7 - NOME DO FORNECEDOR
19
21
22
23
24
25
26
27
21/12/2005 09:51:12
SIM
0
SIM
SIM
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
0,50
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
0,49
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
0,49
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
0,47
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. CAFEICULTORES AGROPECUARISTAS
SIM
0,52
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. AG MISTA DE PONTA GROSSA LTDA.
0
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. AGROP. CAMPONOVENSE LTDA.
SIM
0,69
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. AG MISTA VALE DO PIQUIRI LTDA.
SIM
0,72
NÃO
MILHO E SOJA
SEARA IND. E COM. PRODUTOS AGROPEC.
0
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
CAPAL COOP. AGROINDUSTRIAL
9 - % DE FORNECIMENTO
SOBRE O TOTAL DAS
COMPRAS DA CIA.
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. TRIT. TAPERENSE LTDA.
6 - DISPONÍVEL
MERCADO
EXTERNO
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. MISTA PROD. RUR. SUDOESTE GOIANO
5 - DISPONÍVEL
MERCADO
LOCAL
8 - TIPO DE FORNECEDOR
MILHO E SOJA
COOP. AGROP. CAPANEMA LTDA.
20
3 - IMPORTAÇÃO 4 - VALOR DA
IMPORTAÇÃO
(Reais Mil)
0,47
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
0,45
Pág:
31
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
10.02 - MATÉRIAS PRIMAS E FORNECEDORES
1- ITEM 2 - MATÉRIA PRIMA
7 - NOME DO FORNECEDOR
28
30
31
32
21/12/2005 09:51:12
SIM
SIM
0,45
NÃO
0
SIM
SIM
0,45
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
0,43
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
OUTROS
OUTROS
0
NÃO LIGADO
MILHO E SOJA
COOP. REGIONAL ALFA
9 - % DE FORNECIMENTO
SOBRE O TOTAL DAS
COMPRAS DA CIA.
NÃO
MILHO E SOJA
COOP. AGROINDUSTRIAL LAR
6 - DISPONÍVEL
MERCADO
EXTERNO
NÃO LIGADO
MILHO/SOJA
COOP. AGROIN. NOVA PRODUTIVA
5 - DISPONÍVEL
MERCADO
LOCAL
8 - TIPO DE FORNECEDOR
MILHO E SOJA
COOP. TRITICOLA ERECHIM LTDA.
29
3 - IMPORTAÇÃO 4 - VALOR DA
IMPORTAÇÃO
(Reais Mil)
0,41
NÃO
0
SIM
SIM
NÃO LIGADO
50,14
Pág:
32
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
10.03 - CLIENTES PRINCIPAIS POR PRODUTOS E/OU SERVIÇOS
1- ITEM 2- ITEM 3 - NOME DO PRODUTO/ NOME DO CLIENTE
4 - % DE PARTICIPAÇÃO DO CLIENTE NA RECEITA LÍQUIDA
AVES, SUÍNOS, INDUSTRIALIZADOS E CONGELADOS DE CARNES - MI
000
000
001
CIA BRASILEIRA DE DISTRIBUIÇÃO
0,00
000
002
CARREFOUR COM. IND. LTDA.
0,00
000
003
MAKRO ATACADISTA S.A.
0,00
000
004
WAL MART DO BRASIL LTDA.
0,00
000
005
SONAE DISTRIBUIÇÃO BRASIL S/A.
0,00
000
006
CASAS GUANABARA COMESTÍVEIS LTDA.
0,00
000
007
ATACADÃO S.A. DISTRIBUIDOR - COM. E IND.
0,00
000
008
SUPERMERCADOS MUNDIAL LTDA.
0,00
000
009
A ANGELONI E CIA LTDA.
0,00
000
010
ASSAI COML. IMP. LTDA.
0,00
000
011
PREZUNIC COMERCIAL LTDA.
0,00
000
012
CIA ZAFFARI COM. E IND.
0,00
000
013
INTERCONTINENTAL COM. DE ALIMENTOS LTDA.
0,00
000
014
FRIGODÁRIO COM. FRIG. LTDA.
0,00
000
015
CONDOR SUPER CENTER LTDA.
0,00
000
016
G BARBOSA COMERCIAL LTDA.
0,00
000
017
NORTON R CLARO SAINT GOBAIN UN
0,00
000
018
BOM DIA COMERCIO IMP. E EXP.
0,00
000
019
IRMÃOS MUFFATO & CIA LTDA.
0,00
000
020
IRMÃOS BRETAS, FILHOS & CIA. LTDA.
0,00
100
AVES, SUÍNOS, ELABORADOS E PROCESSADOS - ME
100
101
ABDULLAH ALI ALMUNAJEM SONS CO.
0,00
100
102
JAPAN FOOD CORPORATION
0,00
100
103
SAMIOH FOODS CO., LTD.
0,00
100
104
WILLIAM FOOD COMPANY LIMITED
0,00
100
105
AL SHAHINI COLD STORE
0,00
21/12/2005 09:51:16
Pág:
33
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
11.01 - PROCESSO DE PRODUÇÃO
SETOR DE AVES
Processo produtivo neste setor obedece o seguinte fluxograma básico:
Os pintos de 1 dia, produzidos em incubatórios da própria empresa, são alojados em aviários
contratados de produtores (parceiros em sistemas de integração). Esses produtores integrados
recebem da empresa todos os insumos necessários à criação de lotes de aves, desde rações,
medicamentos e assistência técnica, bem como transporte. Estando os lotes prontos para abate, o
que ocorre em média aos 40 dias de idade, as aves são apanhadas e conduzidas até o frigorífico em
sistema de transporte especializado para esse fim.
As aves aptas para abate são recebidas na plataforma do abatedouro frigorífico onde são conduzidas
ao sistema de abate que consiste em: pendura, atordoamento, sangria, escaldagem, depenagem,
remoção das vísceras, inspeção pelos fiscais do Ministério da Agricultura, resfriamento das carcaças
e embalagem de miúdos.
Após resfriamento, as carcaças passam por um processo de classificação e são destinadas para
embalagem como carcaças inteiras, para processo de cortes ou industrialização.
Aquelas aves destinadas para embalagem como frangos inteiros são classificadas por faixa de peso,
rotuladas conforme destino, congeladas e disponibilizadas para embarque.
As carcaças destinadas a cortes passam por processo de separação anatômica das partes e desossa
destas partes que são classificadas por peso e embaladas conforme destino sendo após congeladas e
disponibilizadas para embarque.
Além disso, a empresa processa os produtos industrializados de carnes – embutidos e os produtos
congelados de carnes (empanados, recheados, pratos-prontos).
SETOR SUÍNOS
Neste segmento, os animais são recebidos em local apropriado na indústria onde passam por
pesagem e tatuagem para identificação do produtor, permanecendo alojados em pocilgas
apropriadas por um período de no máximo 9 horas recebendo dieta hídrica. Após esse período os
animais são conduzidos ao sistema de abate onde é obedecido o seguinte fluxograma:
atordoamento, sangria, escaldagem, evisceração e inspeção pelo Ministério da Agricultura. Após o
processo de abate as carcaças devidamente limpas e aptas a industrialização são resfriadas até que
estejam aptas para espostejamento. Na fase seguinte, ou seja, no espostejamento, as carcaças
passam por um processo de cortes e separação das diversas partes que serão utilizadas como
matéria-prima ou produto final, sendo destinadas respectivamente ao setor de industrialização como
matéria-prima ou ao setor de embalagem onde serão embalados para comercialização “in-natura”.
As matérias-primas (carnes) destinadas a industrialização são classificadas de acordo com a sua
adequada utilização posterior.
No processo de industrialização as carnes previamente classificadas passam por processo de
moagem, condimentação, embutimento, cozimento e/ou defumação, embalagem e disponibilizadas
para embarque.
Para cada um dos tipos de matérias-primas existem rigorosos critérios técnicos que devem ser
seguidos a fim de assegurar as especificações técnicas de cada produto final.
21/12/2005 09:51:20
Pág:
34
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
11.01 - PROCESSO DE PRODUÇÃO
SETOR RAÇÕES
Para se produzir ração balanceada é necessário a mistura, em quantidades pré-determinadas, de
macro-elementos, micro-elementos, vitaminas e minerais. Os micro-elementos são constituídos por:
calcário, farinha de ostras, fosfato e outros. Os macro-elementos constituem-se por milho
previamente tratado e moído, farelo de soja moído, farelo de trigo e farinha de origem animal. Essas
matérias-primas são analisadas a fim de garantir sua máxima qualidade para que as diversas
formulações de que fazem parte, em função dos animais criados de diferentes idades e necessidades,
possam assegurar a melhor performance e resultado final de carcaça.
IDADE MÉDIA DOS EQUIPAMENTOS, TECNOLOGIA, SEGUROS E RISCOS:
Pelas suas características, os equipamentos necessitam de manutenção preventiva ininterrupta.
Esse processo, através da substituição de peças e equipamentos e de reformas contínuas, faz com
que a vida útil do complexo, que envolve o processo industrial do abate de aves e suínos seja
prolongado.
A depreciação é feita dentro da orientação legal, contudo como o processo de renovação é contínuo,
difícil será precisar um percentual já depreciado.
Todo o parque industrial e estoques estão segurados.
A tecnologia utilizada é nacional e importada, já amplamente definida.
As atividades, salvo algum sinistro de grandes proporções não sofrem riscos de paralisação. Por
outro lado, existe na empresa um esquema rígido de prevenção de sinistros.
Para a manutenção preventiva são utilizados os domingos, feriados e intervalos entre turnos.
A empresa possui programa de investimentos em equipamentos de avançada tecnologia que
permitem obter ganhos de produtividade e aumento de produção.
CAPACIDADE DE PRODUÇÃO
1994
Abate de Aves (mil cab./semana)
Abate de Suínos (mil cab/semana)
Frigorificados Aves (mil ton/ano)
Frigorificados Suínos/bovinos (mil ton/ano)
Total Frigorificados (mil ton/ano)
Outros Processados (mil ton/ano)
Total de Refrigerados (mil ton/ano)
2.715
22
162
159
321
-
2004
9.550
68
650
465
1.115
20
1.135
Var. %
2004/94
251,7
209,1
301,2
192,5
247,4
2005*
10.050
70
730
510
1.240
23
1.263
Var. %
2005/04
5,2
3,0
12,3
9,7
11,2
15,0
11,3
* Capacidade estimada no final do ano
21/12/2005 09:51:20
Pág:
35
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
11.02 - PROCESSO DE COMERCIALIZAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, MERCADOS E EXPORTAÇÃO
COMERCIALIZAÇÃO
Suas controladas, comercializam seus produtos no mercado interno, aos 83.500 clientes nacionais,
através de 16 centros de distribuição próprios e 13 distribuidores terceirizados e no mercado externo
por meio de vendas diretas e através de agentes distribuidores, aos 744 clientes internacionais em
mais de 100 países.
DISTRIBUIÇÃO
MERCADO INTERNO
. Auto Serviço
. Varejo
. Institucional
. Atacado
% Receita
61,4%
19,5%
8,6%
10,5%
MERCADO EXTERNO
. Europa
. Extremo Oriente
. Oriente Médio
. Eurásia
. Outros
% Receita
31%
28%
19%
17%
5%
MERCADO INTERNO
% Volume
MERCADO EXTERNO
% Volume
. São Paulo - SP
. Rio de Janeiro - RJ
. Curitiba - PR
. Salvador - BA
. Baurú - SP
. Recife - PE
. Brasília – DF
. Belo Horizonte - MG
. Porto Alegre - RS
. Campinas - SP
. Fortaleza – CE
. Santos - SP
. Outros
16,4
15,4
10,0
7,2
7,1
6,5
6,4
5,6
4,8
4,7
3,2
2,9
9,8
MERCADOS
. Arábia Saudita
. Rússia
. Japão
. Hong Kong
. Alemanha
. Inglaterra
. Cingapura
. Holanda
. Kuwait
. Espanha
. Outros
18,6
14,8
13,6
8,2
4,7
4,6
3,1
1,9
1,6
1,2
27,7
EXPORTAÇÕES
ANO
2002
2003
2004
21/12/2005 09:51:30
EXPORTAÇÕES
(R$ mil)
1.205.948
1.837.865
2.727.234
PART. S/ REC. LÍQUIDA
41,3%
48,0%
55,8%
Pág:
36
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
11.03 - POSICIONAMENTO NO PROCESSO COMPETITIVO
A Empresa ocupa a primeira posição em Industrializados de Carnes e a segunda nos seguintes
segmentos em que atua:
. Abate de Aves
. Abate de Suínos
. Exportação de Aves
. Congelados de Carnes
. Pratos Prontos Congelados - Massas
“Market Share” de Industrializados de Carnes – 2004
. Perdigão
. Sadia
. Aurora
. Seara
. Outras
24,7%
24,4%
8,2%
4,4%
38,3%
Fonte: AC Nielsen
“Market Share” de Congelados de Carnes - 2004
. Sadia
. Perdigão
. Seara
. Da Granja
. Outras
37,1%
34,2%
6,0%
5,2%
17,5%
Fonte: AC Nielsen
“Market Share” de Pratos Prontos Congelados – Massas - 2004
. Sadia
. Perdigão
. Outras
52,9%
38,4%
8,7%
Fonte: AC Nielsen
“Market Share” de Pizzas - 2004
. Sadia
. Perdigão
. Outras
34,1%
30,6%
35,3%
Fonte: AC Nielsen
21/12/2005 09:51:35
Pág:
37
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
12.01 - PRINCIPAIS PATENTES, MARCAS COMERCIAIS E FRANQUIAS
MARCA
PROCESSO
STATUS
BORELLA
PERDIGÃO
CONFIANÇA
BORELLA
SULINA
SULINA
SULINA
PIGANIL
PERDIGÃO
PERDIGÃO
NABRASA
CATARINA
IDEAL
SAVEL
PERDISA
SULINA
BAMBOA
BAMBOA
MATITA
BOLOGNA
PERDIGÃO ESCOLHA
SAUDÁVEL
PERDIGÃO
PERDIGÃO
BOLOGNA
PERDIGÃO OURO
TASKILAS
CHESTER
PERDIGÃO
PERDIGÃO
LOMBETE
UNEF
PEITUDO
PERDIGÃO
CHESTER GEORGIA
GOLDEN CHESTER
PIRULICHA
CHESTER
BORELLA
BORELLA
BORELLA
SALSICHOLITO
SALSICHOLÉ
PIRULICHA
TASKILAS
PRESUNTEKO
TV LANCHE
TAKE HOME
21/12/2005 09:51:37
DATA VALIDADE
002067099
002446405
002494876
002676419
003468879
006240542
006240550
006240569
006366171
006517684
006621724
006621732
006674917
006975909
007003005
007075723
007109628
007115407
0319990
0479710
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
30/07/2007
31/12/2008
18/03/2010
31/07/2012
06/03/2007
25/02/2006
25/02/2006
25/02/2006
25/06/2006
25/02/2007
10/11/2007
10/11/2007
10/05/2008
25/08/2009
10/10/2009
10/03/2010
25/04/2010
25/04/2010
14/08/2010
15/12/2011
200014170
740133241
740140280
740500392
800192265
800223314
800223322
800249992
810534983
810630508
810684268
810936313
810966727
811284018
811284034
811546454
811582949
811601633
811601641
811617254
811730301
811730352
811749550
811759261
811880753
811880761
811880788
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
REGISTRO
25/09/2011
19/01/2012
04/01/2013
15/12/2011
21/12/2012
21/12/2012
21/12/2012
21/12/2012
18/03/2006
19/07/2013
25/10/2013
14/02/2014
07/03/2014
12/03/2005
05/03/2005
28/01/2006
13/08/2005
01/03/2010
01/03/2010
17/09/2005
04/02/2006
04/02/2006
08/07/2006
11/03/2006
25/03/2006
25/03/2006
31/10/2009
Pág:
38
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
12.01 - PRINCIPAIS PATENTES, MARCAS COMERCIAIS E FRANQUIAS
DUNDUCK
811880796
REGISTRO
WINDSURF
811904792
REGISTRO
BOUCLÊ
811904806
REGISTRO
CROSS
811904814
REGISTRO
BANG-BANG
811904857
REGISTRO
POLPETTONE
812036204
REGISTRO
BORELLA
812472381
REGISTRO
ROCK DOG
812641027
REGISTRO
X DOG
812663985
REGISTRO
PERDIGÃO
812774922
REGISTRO
CHESTER CHEETAH
812979478
REGISTRO
CHESTER CHEETAH
812979486
REGISTRO
SUN PERDIGÃO
813530938
REGISTRO
SUN PERDIGÃO
813637716
REGISTRO
GRANDOG
813848334
REGISTRO
DOG’UP
813848342
REGISTRO
BIG DOG
813863171
REGISTRO
CONFIANÇA
813914493
REGISTRO
ALABAMA
814003796
REGISTRO
MARYLAND
814003800
REGISTRO
TENNESSEE
814003818
REGISTRO
LIGHT & ELEGANT
814003834
REGISTRO
MADISON
814003931
REGISTRO
KANSAS
814003958
REGISTRO
MATITA
814363474
REGISTRO
MATITA
814363482
REGISTRO
MATITA
814363512
REGISTRO
MATITA
814363555
REGISTRO
FARM HAM SMOKED
814433405
REGISTRO
NASHVILLE SMOKED
814433413
REGISTRO
BEL AMI
814502083
REGISTRO
BEL AMI
814502091
REGISTRO
BEL AMI
814502113
REGISTRO
PORK PLUS
814543103
REGISTRO
PIG PLUS
814543154
REGISTRO
CHICKEN PLUS
814543170
REGISTRO
CHESTERBURGUER
814572499
REGISTRO
SALSICHESTER
814578942
REGISTRO
SERAFINA
814589588
REGISTRO
SOYACOLAT
814692869
REGISTRO
SOYAFLAN
814692877
REGISTRO
TICKET MEAT
814216618
REGISTRO
SALAMENINGUE
814821626
REGISTRO
PIZZY
814974856
REGISTRO
PIZZY
814974864
REGISTRO
PIZZY
814974872
REGISTRO
PIZZY
814974880
REGISTRO
PIZZY
814974910
REGISTRO
PIZZY
814974929
REGISTRO
PIZZY
814974937
REGISTRO
21/12/2005 09:51:37
25/03/2006
26/08/2006
26/08/2006
26/08/2006
26/08/2006
02/12/2006
06/08/2012
19/04/2008
21/06/2014
24/01/2009
12/06/2010
11/09/2010
10/04/2010
02/05/2009
25/07/2009
26/01/2013
20/11/2010
05/09/2009
29/08/2009
29/08/2009
29/08/2009
21/10/2007
06/06/2009
29/08/2009
14/08/2010
14/08/2010
14/08/2010
14/08/2010
12/06/2010
12/06/2010
04/09/2010
04/09/2010
04/09/2010
28/08/2010
04/09/2010
04/09/2010
07/08/2010
20/11/2010
11/09/2010
04/12/2010
04/12/2010
23/07/2011
26/11/2011
03/09/2011
03/09/2011
03/09/2011
03/09/2011
03/09/2011
03/09/2011
03/09/2011
Pág:
39
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
12.01 - PRINCIPAIS PATENTES, MARCAS COMERCIAIS E FRANQUIAS
PIZZY
814974945
REGISTRO
BUMBA MEU BOI
815002661
REGISTRO
CHUKAR
815002670
REGISTRO
DIETCOZ
815002688
REGISTRO
MEISTER
815002696
REGISTRO
NOEGGS
815002734
REGISTRO
NATUNAISE
815002742
REGISTRO
EGLESS
815002777
REGISTRO
NATUREZE
815009909
REGISTRO
TOQUE DE SABOR
815082029
REGISTRO
SELF SERVICE
815090633
REGISTRO
LA CARTE
815090641
REGISTRO
HOME
815090650
REGISTRO
TOQUE DE SABOR
815090668
REGISTRO
SUPREME DE FRANGO
815090676
REGISTRO
CHESTER HOUSE
815105118
REGISTRO
JAMON JABUGO
815118732
REGISTRO
FLEURY-MICHON
815191022
REGISTRO
COQUETEL
815211279
REGISTRO
PERDRIX GRISE
815216602
REGISTRO
PERDRIX ROUGE
815216610
REGISTRO
PERDREAU GRIS
815216629
REGISTRO
PERDREAU ROUGE
815216637
REGISTRO
MATITA
815306440
REGISTRO
MATITA
815306504
REGISTRO
PIZZY
815306520
REGISTRO
CERVANTES
815316208
REGISTRO
DOG WURST
815369204
REGISTRO
AVIS RARA
815388934
REGISTRO
CAT-VIAR
815642571
REGISTRO
POPERTTONE
815661746
REGISTRO
MINICHICKEN
815724756
REGISTRO
PERDIGÃO
815903367
REGISTRO
PERDIGÃO CHESTER
815903375
REGISTRO
CHICKENBURGER
816231362
REGISTRO
SPECIALBURGER
816231370
REGISTRO
DOUBLEBURGER
816232326
REGISTRO
CONFIANÇA
816234620
REGISTRO
CHESTER HOUSE
816422796
REGISTRO
LIGHT DOG
816484619
REGISTRO
XDOG
816511195
REGISTRO
SPLENDIDO
816519064
REGISTRO
SPLENDIDO
816519072
REGISTRO
SPLENDIDO
816519080
REGISTRO
SPLENDIDO
816519102
REGISTRO
SPLENDIDO
816519110
REGISTRO
BEL AMI
816588139
REGISTRO
BEL AMI
816588155
REGISTRO
GOLDEN DINNER
816763461
REGISTRO
BESTER
816862311
REGISTRO
21/12/2005 09:51:37
03/09/2011
26/11/2011
26/11/2011
26/11/2011
23/11/2009
26/11/2011
26/11/2011
26/11/2011
05/08/2007
28/11/2005
03/03/2012
03/03/2012
18/05/2013
16/06/2002
03/03/2002
01/12/2002
10/03/2012
10/03/2012
24/03/2012
24/03/2012
24/03/2012
24/03/2012
24/03/2012
10/03/2012
05/05/2012
05/05/2012
23/06/2002
16/06/2012
14/04/2012
25/08/2012
01/09/2012
09/02/2013
10/11/2012
10/11/2012
18/05/2013
18/05/2013
18/05/2013
19/10/2013
17/08/2013
30/11/2013
21/06/2014
12/04/2014
19/10/2013
19/10/2013
19/10/2013
19/10/2013
09/11/2013
13/10/2013
15/03/2014
02/08/2004
Pág:
40
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
12.01 - PRINCIPAIS PATENTES, MARCAS COMERCIAIS E FRANQUIAS
APPLE TOAST
816977186
REGISTRO
HEALTHY CHOICE
817027629
REGISTRO
HEALTHY CHOICE
817027637
REGISTRO
HEALTHY CHOICE
817027645
REGISTRO
HEALTHY CHOICE
817027700
REGISTRO
SULINA
817078207
REGISTRO
PATITAS
822312824
PEDIDO
OCKTOBERCHESTER
817482350
REGISTRO
TORTELETA
817527257
REGISTRO
TORTELETA
817527265
REGISTRO
CHEESKER
817644520
REGISTRO
QUANDO É PERDIGÃO
NINGUÉM FALA NÃO
817742611
REGISTRO
EMPANADOS SUPER
PRÁTICOS PERDIGÃO
817814604
REGISTRO
CHESTER FRIED
817929525
REGISTRO
CHESTER FRIED
817929533
REGISTRO
CHESTER FRIED
817934715
REGISTRO
HOT DOG PERDIGÃO
818168897
REGISTRO
STILTS
818177365
REGISTRO
HANS
818188014
REGISTRO
PRESUNTO COZIDO
PERDIGÃO SUPREME
818475579
REGISTRO
PERDIGÃO MORTADELLE
818497335
REGISTRO
GOLDEN FRY
818566965
REGISTRO
GOLDEN FRY
818566973
REGISTRO
LIGHT DOG PERDIGÃO
818692308
REGISTRO
AMERICAN 1 HOT DOG
818692316
REGISTRO
FRANGO EXPRESSO
PERDIGÃO
818869631
REGISTRO
PERDIGÃO
818876573
REGISTRO
SUPREME
819030414
REGISTRO
SUPREME
819030422
REGISTRO
CERVELAT
819032670
REGISTRO
PERDIGÃO ESCOLHA
SAUDÁVEL
819183776
REGISTRO
BIG CHICKEN PERDIGÃO
819192392
REGISTRO
PERDIGÃO
819192406
REGISTRO
PERDIGÃO SUPER PRÁTICOS 819192414
REGISTRO
RECHEADOS SUPER PRÁTICOS
BRÓCOLIS PERDIGÃO
819192422
REGISTRO
PERDIGÃO SUPER PRÁTICOS 819192457
REGISTRO
BOLOGNELLA
819263133
REGISTRO
ALL GRATIN
819619752
REGISTRO
BOLONITA
819725293
REGISTRO
CONFIANÇA CARD D’AVO
819779423
REGISTRO
CONFIANÇA D’AVO
819779431
REGISTRO
TOQUE DE FRESCOR
820374520
REGISTRO
ALABAMA GRILL
820419087
REGISTRO
LANCHESTER
820510416
REGISTRO
21/12/2005 09:51:37
23/08/2004
21/06/2004
21/06/2004
24/01/2005
21/06/2004
28/11/2005
06/06/2000
28/11/2005
16/01/2006
16/01/2006
16/01/2006
30/04/2006
16/07/2006
26/01/2009
01/09/2008
11/08/2008
18/03/2007
25/02/2007
04/08/2008
05/05/2008
05/05/2008
27/01/2008
27/01/2008
05/05/2008
26/05/2008
13/03/2011
23/06/2008
24/10/2010
24/10/2010
15/09/2008
25/09/2011
15/12/2008
15/12/2008
15/12/2008
15/12/2008
15/12/2008
14/12/2009
07/12/2009
10/08/2009
27/07/2009
27/07/2009
13/03/2011
24/10/2020
31/10/2010
Pág:
41
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
12.01 - PRINCIPAIS PATENTES, MARCAS COMERCIAIS E FRANQUIAS
STICKS DE FRANGO
PERDIGÃO
820970948
REGISTRO
STICKS DE QUEIJO PERDIGÃO 820970964
REGISTRO
CHESTER
800223322
REGISTRO
CHESTER
811582876
REGISTRO
CHESTER
811582949
REGISTRO
CHESTER HOUSE
815105118
REGISTRO
CHESTERBURGUER
814572499
REGISTRO
CHESTERKIBE
815010117
REGISTRO
PERDIGÃO CHESTER
815903375
REGISTRO
PERDIGÃO ESCOLHA
SAUDÁVEL
200014170
REGISTRO
PERDIGÃO ESCOLHA
SAUDÁVEL
819183776
REGISTRO
FOLHADOS LINHA SUPER
PRÁTICOS PERDIGÃO
821359339
REGISTRO
GRATINADOS LINHA SUPER
PRÁTICOS PERDIGÃO
821359320
REGISTRO
TOQUE NATURAL
821359304
REGISTRO
PERDIX (CHINA)
3022020
REGISTRO
FAZENDA (ARMÊNIA)
20020160
REGISTRO
FRESKI (FRANÇA)
023180399
REGISTRO
PERDIX (IRÃ)
100903
REGISTRO
BORELLA (JORDÂNIA)
62507
REGISTRO
CHESTER (KUWAIT)
33381
REGISTRO
PERDIX (MACAU)
N9307
REGISTRO
PERDIGÃO (OMÃ)
5688
REGISTRO
PERDIX (PARAGUAI)
249305
REGISTRO
FRESKI (CINGAPURA)
T00/17400C
REGISTRO
TWIN BIRDS (CINGAPURA)
T00/17401A
REGISTRO
POLLOLINDO (URUGUAI)
318722
REGISTRO
PERDIGÃO (URUGUAI)
343215
REGISTRO
SALSICHESTER
814578942
REGISTRO
ALLY (CHILE)
660.690
REGISTRO
FRESKI (URUGUAI)
327390
REGISTRO
TWIN BIRDS (REINO UNIDO) 2247458
REGISTRO
TWIN BIRDS (URUGUAI)
327391
REGISTRO
TWIN BIRDS (JAPÃO)
4496772
REGISTRO
TWIN BIRDS (CHILE)
660.683
REGISTRO
TWIN BIRDS (REINO UNIDO) 2247457
REGISTRO
TWIN BIRDS (ARGENTINA)
1871815
REGISTRO
TWIN BIRDS (URUGUAI)
327389
REGISTRO
TWIN BIRDS (JAPÃO)
4496773
REGISTRO
TWIN BIRDS (CHILE)
660.682
REGISTRO
CHESTER (ARÁBIA SAUDITA) 244/46
REGISTRO
PERDIGÃO (ARÁBIA SAUDITA)240/41
REGISTRO
SAMARA (ARÁBIA SAUDITA) 314/59
REGISTRO
UNEF (ARÁBIA SAUDITA)
113/36
REGISTRO
PERDIGÃO (ARGENTINA)
1.657.787
REGISTRO
PERDIGÃO (BENELUX)
371566
REGISTRO
21/12/2005 09:51:37
04/12/2011
04/12/2011
13/08/2005
22/01/2011
13/08/2005
01/12/2012
07/08/2010
19/05/2012
10/11/2012
25/09/2011
25/09/2011
25/03/2013
25/03/2013
25/03/2013
06/01/2013
20/02/2012
20/08/2012
20/08/2012
29/04/2011
26/07/2007
11/06/2009
03/07/2011
02/09/2012
04/10/2010
04/10/2010
27/09/2012
10/09/2012
20/11/2010
31/07/2011
03/05/2011
04/10/2010
03/05/2011
03/08/2011
21/07/2011
04/10/2010
20/05/2012
03/05/2011
03/08/2011
31/07/2011
01/12/2010
28/04/2010
01/10/2012
08/03/2012
05/02/2008
19/11/2010
Pág:
42
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
12.01 - PRINCIPAIS PATENTES, MARCAS COMERCIAIS E FRANQUIAS
PERDIGÃO (BOLÍVIA)
43650-A
REGISTRO
PERDIGÃO (EGITO)
79331
REGISTRO
FIG (PERDIZES) (ESPANHA) 964.789
REGISTRO
PERDIGÃO S/A COMÉRCIO
E INDÚSTRIA (ESPANHA)
1.057.598
REGISTRO
UNEF (IRÃ)
71374
REGISTRO
PERDIGÃO (IRAQUE)
32108
REGISTRO
PERDIGÃO (JAPÃO)
2543898
REGISTRO
PERDIGÃO (LÍBANO)
68276
REGISTRO
UNEF (LÍBANO)
73.974
REGISTRO
PERDIGÃO (PORTUGAL)
210.437
REGISTRO
PERDIGÃO CHESTER
(PORTUGAL)
260010
REGISTRO
BORELLA (EMIRADOS ARÁBES
UNIDOS)
19206
REGISTRO
PERDIGÃO (EMIRADOS
ÁRABES UNIDOS)
19203
REGISTRO
UNEF (EMIRADOS ÁRABES
UNIDOS)
19207
REGISTRO
BORELLA (CHINA)
1333941
REGISTRO
PERDIGÃO (CHINA)
1333860
REGISTRO
SULINA (CINGAPURA)
T97/11522H
REGISTRO
PERDIGÃO (GRÉCIA)
136954
REGISTRO
PERDIGÃO (HONG KONG)
1880/87
REGISTRO
PERDIGÃO (HONG KONG)
0427/85
REGISTRO
PERDIGÃO (IEMEN)
8628
REGISTRO
PERDIGÃO (MACAU)
N/003730
REGISTRO
BORELLA (REINO UNIDO)
2173368
REGISTRO
PERDIGÃO (REINO UNIDO)
2173369
REGISTRO
PERDIGÃO (REPÚBLICA
TCHECA)
220.355
REGISTRO
PERDIGÃO (RÚSSIA)
180023
REGISTRO
CHESTER (ALEMANHA)
2.031.373
REGISTRO
PERDIGÃO (ALEMANHA)
1.033.790
REGISTRO
BORELLA (ARÁBIA SAUDITA) 571/38
REGISTRO
PERDIGÃO (CANADÁ)
308.127
REGISTRO
PERDIGÃO (CHILE)
380.783
REGISTRO
UNEF (CINGAPURA)
5296/84
REGISTRO
PERDIGÃO (DINAMARCA)
3723/81
REGISTRO
PERDIGÃO (FRANÇA)
013100548
REGISTRO
PERDIGÃO (FRANÇA)
1.638.200
REGISTRO
BORELLA (IRÃ)
95822
REGISTRO
PERDIGÃO (KUWAIT)
22847
REGISTRO
UNEF (KUWAIT)
13285
REGISTRO
PERDIGÃO (LITUÂNIA)
37737
REGISTRO
PERDIGÃO (PARAGUAI)
150646
REGISTRO
POLLOLINDO (PARAGUAI)
234464
REGISTRO
PERDIGÃO (SUÉCIA)
176.751
REGISTRO
21/12/2005 09:51:37
26/03/2012
07/03/2011
05/03/2012
05/10/2004
08/06/2013
18/09/2006
30/06/2013
13/02/2011
19/02/2013
19/07/2008
20/06/2009
09/07/2006
04/12/2005
09/07/2006
13/11/2009
13/11/2009
19/09/2007
19/05/2008
15/06/2005
15/06/2005
15/01/2007
16/07/2005
29/07/2008
29/07/2008
25/05/2008
21/05/2008
25/01/2011
28/01/2011
25/08/2008
08/11/2015
05/09/2011
11/10/2011
27/11/2011
16/06/2011
11/01/2011
25/07/2011
12/08/2011
18/04/2012
21/05/2008
04/09/2011
26/04/2011
22/05/2011
Pág:
43
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
01
FRIGORIFICO AVES/SUÍNOS
VIDEIRA
02
SC
29,200
25,500
29
SC
42,700
11,400
24
SC
30,600
8,000
29
SC
629,200
25,800
19
RS
186,000
16,000
29
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
SIM
NÃO
RUA SAUL BRANDALISE, 118
SIM
SIM
NÃO
RUA ERNESTO HACHAMANN, 585
SIM
SIM
NÃO
EST. CAPINZAL/ CAMPOS NOVOS, KM 6
FRIGORIFICO DE SUINOS
MARAU
SIM
AV. PRES. CASTELO BRANCO, 141
FRIGORIFICO DE AVES
CAPINZAL
06
24
FRIGORIFICO INDUSTRIALIZAÇÃO
CAPINZAL
05
65,800
FRIGORIFICO DE INDUSTRIALIZAÇÃO
SALTO VELOSO
04
222,400
FRIGORIFICO DE SUINOS
HERVAL D'OESTE
03
RUA 15 DE NOVEMBRO, S/N
SC
SIM
SIM
NÃO
AV PRES. VARGAS, 1040
SIM
SIM
NÃO
Pág:
44
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
07
FRIGORIFICO DE AVES
MARAU
08
RS
372,600
25,400
29
RS
11,600
2,400
8
SC
529,800
8,600
24
SC
121,000
3,900
19
SP
37,820
5,700
2
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
SIM
NÃO
AV. GETÚLIO VARGAS, 5.705
SIM
NÃO
NÃO
RODOVIA BR 116, KM 255
SIM
SIM
NÃO
LINHA APARECIDA
FILIAL DE VENDA
CAMPINAS
SIM
AV. ARTHUR OSCAR, 1706
GRANJA DE AVES APARECIDA
VIDEIRA
12
19
INDUSTRIALIZAÇÃO
LAGES
11
15,900
FILIAL DE VENDA
PORTO ALEGRE
10
97,800
FRIGORIFICO AVES/ SUINOS
SERAFINA CORREA
09
RODOVIA RS-324, KM 76
RS
SIM
SIM
NÃO
NÃO
NÃO
VARIOS
SIM
Pág:
45
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
13
GRANJA DE AVES RIO DAS PEDRAS
VIDEIRA
14
SC
1.810,000
38,000
24
SC
1.634,400
41,700
21
SC
4.530,200
28,800
19
SC
880,500
3,000
17
SC
274,600
1,700
20
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
NÃO
NÃO
ROD. FRAIBURGO/ MONTE CARLO, KM 10
SIM
SIM
NÃO
VILA PASSO DA FELICIDADE
SIM
SIM
NÃO
ROD. FRAIBURGO/ MONTE CARLO, KM 15
GRANJA DE SUINOS SÃO ROQUE
VIDEIRA
SIM
ESTR. MUNICIPAL SANTA GEMA
GRANJA DE AVES MONTE CARLO
MONTE CARLO
18
21
GRANJA AVES IRAKITAN
TANGARÁ
17
72,300
GRANJA DE AVES LIBERATA
FRAIBURGO
16
2.880,700
GRANJA DE AVES SANTA GEMA
VIDEIRA
15
ESTR. MUNICIPAL R. DAS PEDRAS
SC
SIM
NÃO
NÃO
VILA SÃO ROQUE, S/N
SIM
NÃO
NÃO
Pág:
46
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
19
SILO E COMPRAS DE GRÃOS
CAMPO ERE
20
SC
496,900
23,400
19
SC
537,800
29,000
21
SC
1.549,900
71,900
19
SC
386,000
14,300
21
4.670,000
27,000
3
21/12/2005 09:51:39
NÃO
NÃO
SIM
NÃO
NÃO
ESTR. MUNICIPAL , KM 19
SIM
NÃO
NÃO
ESTR. CAPINZAL/PIRATUBA, KM 7
SIM
NÃO
NÃO
ESTR. CAPINZAL/PIRATUBA, S/N
GRANJA E INCUBATÓRIO ARAUCÁRIA
CARAMBEÍ
SIM
ESTR. LUZERNA, KM 15
GRANJA DE AVES PRATA
CAPINZAL
24
11
GRANJA DE AVES/SUINOS (AUREA)
CAPINZAL
23
3,700
GRANJA DE AVES ALTO ALEGRE
CAPINZAL
22
34,400
GRANJA AVES/ SUINOS HERVAL
HERVAL D'OESTE
21
RODOVIA SC 473, KM 10
SC
PR
SIM
NÃO
NÃO
ESTRADA TRONCO SÃO JOÃO, S/N, KM10
SIM
NÃO
NÃO
Pág:
47
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
25
FRIGORÍFICO CARAMBEÍ
CARAMBEÍ
26
SP
1.059,800
10,438
5
RS
894,200
28,600
16
RS
1.892,800
33,500
22
GO
5.000,000
92,900
5
RS
774,500
24,900
16
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
SIM
NÃO
LINHA SÃO PEDRO
SIM
NÃO
NÃO
ROD. RS 324, Km. 83,3
SIM
SIM
NÃO
ROD. BR 060, KM 436
GRANJA DE AVES CARRERO
SERAFINA CORREA
SIM
ROD. SP 225, Km 115
GRANJA SÃO TOMAZ
RIO VERDE
30
3
GRANJA DE AVES BORELLA
MARAU
29
34,500
GRANJA DE AVES GAURAMA
GAURAMA
28
59,400
GRANJA DE AVÓS RIO CLARO
RIO CLARO
27
AV. DOS PIONEIROS, 2510
PR
SIM
NÃO
NÃO
LINHA GAL. NETO, S/N
SIM
NÃO
NÃO
Pág:
48
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
26/06/1991
25/06/2041
14 - OBSERVAÇÃO
31
FRIGORÍFICO DE AVES E SUÍNOS
RIO VERDE
32
PR
374,600
8,500
3
PR
5.715,000
13,953
3
MG
1.645,800
14,400
14
RS
987,500
40,500
9
GO
17.704,703
74,400
4
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
NÃO
NÃO
ESTRADA CARAMBEÍ - TIBAGI, S/N KM 30
SIM
NÃO
NÃO
ROD. MG-449, KM 7,88
SIM
NÃO
SIM
LINHA GRANDE
GRANJA RIO VERDE II
RIO VERDE
SIM
LOCALIDADE DE RESSACA, S/N
GRANJA DE AVES STO. A. DA PALMA
STO. A. DA PALMA
36
4
GRANJA DE AVES ACEBURGO
ACEBURGO
35
154,200
GRANJA DE PERÚ SANTO ANDRÉ
CARAMBEÍ
34
2.000,000
GRANJA DO PIRAÍ DO SUL
PIRAÍ DO SUL
33
ROD. BR 060, KM 394
GO
SIM
NÃO
NÃO
ROD. BR 0601 KM 397
SIM
SIM
NÃO
Pág:
49
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
37
GRANJA/INCUBATORIO - CHESTER
CAPINZAL
38
SC
23,500
4,600
24
SC
326,800
2,300
24
SP
33,500
1,400
21
RS
124,600
8,800
19
SC
802,500
0,000
19
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
SIM
NÃO
ESTR. CAPINZAL/SETE, S/N
SIM
SIM
NÃO
AVENIDA 3, S/N
SIM
SIM
NÃO
ROD. RS-324, KM 81,7
REFLORESTAMENTO SAVOIA
CAPINZAL
SIM
ROD. SC-453, KM 50
INCUBATÓRIO MARAU
MARAU
42
9
INCUBATÓRIO
RIO CLARO
41
8,900
INCUBATÓRIO CAPINZAL
CAPINZAL
40
788,900
INCUBATÓRIO R. DAS PEDRAS
VIDEIRA
39
ESTR. MUNICIPAL DUAS PONTES, s/n
SC
SIM
NÃO
NÃO
LINHA SAVOIA
NÃO
NÃO
NÃO
Pág:
50
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
43
REFLORESTAMENTO SALTO DO LEÃO
CAMPOS NOVOS
44
SC
2.609,300
0,000
19
SC
5.943,000
0,300
19
SC
13.705,400
0,800
19
SC
669,900
0,100
24
RS
800,400
0,000
19
21/12/2005 09:51:39
NÃO
NÃO
NÃO
SIM
NÃO
ESTR. R. ANTAS/ P. LISA KM 14
NÃO
SIM
NÃO
ESTR. CAÇADOR/P. UNIÃO, KM 22
NÃO
SIM
NÃO
ROD. M. CARLO/FRAIBURGO, KM 15
REFLORESTAMENTO LARANJEIRAS
MARAU
NÃO
ROD. MUNICIPAL FRAIBURGO - FAZ. MORAES
REFLORESTAMENTO MONTE CARLO
MONTE CARLO
48
19
REFLORESTAMENTO CALMON
MATOS COSTA
47
0,700
REFLORESTAMENTO BAIA II
RIO DAS ANTAS
46
5.292,600
REFLORESTAMENTO BAIA I
FRAIBURGO
45
EST. HERVAL VELHO/SALTO DO LEÃO, KM 10
SC
NÃO
NÃO
NÃO
ESTR. MARAU/CAMPO DO MEIO, KM 16
NÃO
NÃO
NÃO
Pág:
51
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
49
REFLORESTMANETO SÃO J. RIZZI
MARAU
50
SC
6.720,000
0,500
19
RS
605,000
0,270
19
SC
1.762,200
0,000
19
SC
37,800
6,300
21
RS
36,850
3,800
19
21/12/2005 09:51:39
NÃO
NÃO
NÃO
SIM
NÃO
LINHA MOREIRA CEZAR
NÃO
NÃO
NÃO
VILA PASSO DA FELICIDADE
NÃO
SIM
NÃO
RUA VENCESLAU BRAS, 2545
COMPRA DE GRÃOS
GAURAMA
NÃO
ROD. MACIEIRA,477
FÁBRICA DE RAÇÕES
CATANDUVAS
54
19
REFLORESTAMENTO P. FELICIDADE
VIDEIRA
53
0,000
REFLORESTAMENTO SEC
SERAFINA CORREA
52
1.088,200
REFLORESTAMENO TAQUARA VERDE
MACIEIRA
51
SÃO JOSÉ DOS RIZZI
RS
SIM
NÃO
NÃO
ROD. RS-331 KM 15
SIM
SIM
NÃO
Pág:
52
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
55
GRANJA CALIFÓRNIA
BROTAS
56
PR
22,500
2,600
17
RS
109,000
4,000
17
SC
18,000
4,000
17
PR
12,200
2,900
19
PR
188,800
2,800
21
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
SIM
NÃO
ROD. RS-324, KM 81,7
SIM
NÃO
NÃO
RUA FREDERICO UNSTANDT, 221
SIM
NÃO
NÃO
ROD. BR-158, KM 338
SILO E COMPRA DE GRÃOS
PATO BRANCO
SIM
ROD. PR-180, KM 02
SILO E COMPRA DE GRÃOS
PATO BRANCO
60
21
SILO E COMPRA DE GRÃOS
XANXERE
59
15,400
SILO DEPÓSITO DE CEREAIS
MARAU
58
2.905,100
FÁBRICA DE RAÇÕES
FRANCISCO BELTRÃO
57
ROD. SP-225, KM 115
SP
SIM
SIM
NÃO
ROD. PR-469, KM 5
SIM
SIM
NÃO
Pág:
53
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
61
SILO E COMPRA DE GRÃOS
TAIO
62
RS
15,000
1,800
6
RS
30,000
0,500
13
DF
6,000
2,900
21
PR
6,900
3,600
21
ES
22,200
4,600
15
21/12/2005 09:51:39
NÃO
NÃO
SIM
SIM
NÃO
NICOLAU VERGUEIRO, KM 2
SIM
NÃO
NÃO
ASA NORTE QUADRA 04, 565
SIM
NÃO
NÃO
AV. VENCESLAU BRAZ, 255
FILIAL DE VENDA
VITÓRIA
SIM
ROD. RS 129, KM 14
FILIAL DE VENDA
CURITIBA
66
15
FILIAL DE VENDA
BRASÍLIA
65
0,800
COMPRA DE CEREAIS
MARAU
64
28,000
SILO E COMPRA DE GRÃOS
SERAFINA CORRÊA
63
ROD. SC-422, KM 2,5
SC
SIM
SIM
NÃO
ROD. BR-101, KM 265
SIM
NÃO
NÃO
Pág:
54
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
67
FILIAL DE VENDA
RIO DE JANEIRO
68
PR
48,000
1,221
3
SC
112,900
4,500
24
MG
11,600
2,200
9
SP
21,400
12,814
15
RS
90,500
3,800
6
21/12/2005 09:51:39
NÃO
NÃO
SIM
NÃO
NÃO
ESTR. GER. FORQUILHAS, 4138
SIM
NÃO
NÃO
RUA 2, Nº 500
SIM
SIM
NÃO
AV. ESCOLA POLITÉCNICA, 760
FÁBRICA DE RAÇÕES
MARAU
SIM
ESTRADA CARAMBEÍ - CATANDUVAS, S/N, KM 4
ADMINISTRAÇÃO
SÃO PAULO
72
23
FILIAL DE VENDAS
CONTAGEM
71
5,500
FILIAL DE VENDAS
SÃO JOSÉ
70
18,500
INCUBATÓRIO DE PERUS CATANDUVA
CARAMBEÍ
69
AV. ACRISIO MOTA, 350
RJ
SIM
NÃO
NÃO
AV. JÚLIO BORELLA, 2236
SIM
SIM
NÃO
Pág:
55
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
73
ADMINISTRAÇÃO
MARAU
74
SC
2,000
5,100
29
RS
1,300
1,060
24
SC
9.309,200
83,400
8
SC
111,100
36,900
24
RS
74,600
17,000
24
21/12/2005 09:51:39
NÃO
NÃO
SIM
NÃO
NÃO
RUA OTÁVIO ROCHA, 859
SIM
NÃO
NÃO
ESTR, MUNICIPAL CATANDUVAS/P. LISA, KM 4
SIM
SIM
NÃO
ROD. SC-453, KM 50
EXTRAÇÃO DE ÓLEO
MARAU
SIM
RUA SAUL BRANDALISE, 39
EXTRAÇÃO DE ÓLEO
VIDEIRA
78
17
REFLORESTAMENTO E GRANJA CISP
CATANDUVAS
77
1,500
ADMINISTRAÇÃO
SERAFINA CORREA
76
2,500
ADMINISTRAÇÃO
VIDEIRA
75
RUA DUQUE DE CAXIAS, 3
RS
SIM
SIM
NÃO
AV. JULIO BORELLA, 2236
SIM
SIM
NÃO
Pág:
56
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
79
SILO DEPOSITO DE CEREAIS
VIDEIRA
80
PR
24,800
1,600
19
SP
14,533
3,445
6
BA
25,900
3,429
6
CE
13,770
1,710
6
PR
10,000
5,200
21
21/12/2005 09:51:39
SIM
NÃO
SIM
SIM
NÃO
AV. NOSSA SENHORA DE FÁTIMA, 1262
SIM
NÃO
NÃO
BR 324, KM 7,5
SIM
SIM
NÃO
NÃO
NÃO
BR 116, KM 4
COMPRA DE CEREAIS
MEDIANEIRA
SIM
RUA DISTRITO FEDERAL, 3535
FILIAL DE VENDA
FORTALEZA
84
21
FILIAL DE VENDA
SALVADOR
83
2,100
FILIAL DE VENDA
CUBATÃO
82
17,700
COMPRA DE CEREAIS
GUARAPUAVA
81
AVENIDA B, S/N
SC
SIM
RUA SANTA CATARINA, 2925
SIM
NÃO
NÃO
Pág:
57
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
13.01 - PROPRIEDADES RELEVANTES
1- ITEM 2 - TIPO DE PROPRIEDADE
4 - MUNICÍPIO
3 - ENDEREÇO
5 - UF
6 - ÁREA TOTAL
7 - ÁREA CONSTRUÍDA
8 - IDADE
(MIL M²)
(MIL M²)
(ANOS)
9 - SEGURO 10 - HIPOTECA 11 - ALUGADA DE TERCEIROS
12 - DATA DO CONTRATO
13 - TÉRMINO LOCAÇÃO
14 - OBSERVAÇÃO
85
FRIGORÍFICO DE INDUSTRIALIZADOS
MARAU
86
ROD. RS 324, KM 76,2
RS
19,200
11,400
6
SC
1.444,282
19,418
0
OUTROS
DIVERSOS
21/12/2005 09:51:39
SIM
SIM
NÃO
NÃO
NÃO
VARIOS
NÃO
Pág:
58
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.01 - PROJEÇÕES EMPRESARIAIS E/OU DE RESULTADOS
Com relação às Projeções realizadas pela Companhia referente ao ano de 2004, informamos a
seguir o desempenho:
Estimado
Realizado
. Investimentos
R$ 90 milhões
R$ 110 milhões
. Faturamento Bruto
R$ 5,5 bilhões
R$ 5,6 bilhões
. Exportações
R$ 2,7 bilhões
R$ 2,7 bilhões
. Crescimento de:
Vendas de Refrigerados (volumes)
Exportações (volumes)
Mercado Interno
10%
18% - 20%
5% - 6%
14,9%
23,8%
6,2%
Devido a excelente performance gerada no ano de 2004, foi possível ultrapassar as estimativas
previstas para 2004.
A Empresa antecipou R$ 20 milhões de investimentos previstos para o ano passado, que suportaram
a compra da área em Mineiros(GO) e a estruturação dos Centros Distribuição de Videira-SC e
Marau-RS, incluindo também a ampliação da capacidade de incubatórios.
A Companhia traçou suas metas para 2005 considerando:
A Empresa espera um crescimento acima de 10%, para 2005, nos volumes de refrigerados
comercializados. A boa performance das vendas poderá minimizar o impacto da apreciação
cambial, em torno de 18% no período, nas receitas de exportação. O faturamento da empresa deverá
chegar a R$ 5,9 bilhões.
O desempenho no mercado externo, que deve registrar aumento em torno de 14% em volumes e
deverá responder por 55% da receita líquida da companhia no exercício, deve-se ao processo de
internacionalização, em implementação há mais de três anos. Esse programa vem possibilitando,
entre outras ações, a constante otimização dos canais de vendas em mercados tradicionais,
agregação de valor no mix comercializado e o avanço em novos mercados.
No mercado interno, o aumento de volumes previsto para 8% é resultado de investimentos na
diversificação do mix, que possibilitaram um incremento nos produtos de maior valor agregado, e
da ampliação e melhoria da rede de distribuição. No último trimestre, a melhoria da renda e o
aumento da massa salarial proporcionaram crescimento do consumo de alguns itens de alimentação.
Os investimentos da Perdigão durante o ano deverão chegar a R$ 290 milhões, valor 93% superior
ao estabelecido inicialmente. Nesse período, a empresa começou a construção de um novo
complexo agroindustrial, fez aquisições, firmou parcerias, entrou em novos mercados, investiu em
logística e na ampliação de unidades. A Companhia gerou 4,2 mil vagas, encerrando mais uma vez
o ano como uma das maiores empregadoras do país, com 35,5 mil funcionários.
21/12/2005 09:52:34
Pág:
59
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.01 - PROJEÇÕES EMPRESARIAIS E/OU DE RESULTADOS
As projeções para 2006 contemplam:
A previsão de investimentos para 2006 é de R$ 440 milhões, o que representa um crescimento de
50% em relação a 2005. Os recursos serão direcionados principalmente às obras do novo complexo
agroindustrial de Mineiros (GO), obras de ampliação das unidades de Rio Verde (GO) e Nova
Mutum (MT), aumento de capacidade de abate e de processamento, além de produtividade, em
diversas unidades, o que deverá gerar três mil postos de trabalho, voltados à produção nas unidades
do Centro-Oeste e ao reforço nas equipes de vendas e de logística.
As projeções para o próximo exercício indicam crescimento de volumes em torno de 15% no
mercado externo. No mercado interno, incluindo os novos segmentos, os volumes deverão aumentar
em torno de 10%, mantendo-se a tendência de melhoria de renda caso se sustente o arrefecimento
do consumo de bens duráveis, que foi bastante intenso no ano de 2005.
Para 2006, o cenário do mercado de grãos deverá continuar favorável, em função de dois anos de
colheitas recordes nos Estados Unidos.
Os objetivos fixados no médio prazo prevêem:
-
-
Crescimento sustentado no segmento de carnes;
Concentração em produtos alimentícios de alto valor agregado;
Implementação dos Projetos delineados dos Processos de Internacionalização, Mais Valor
Perdigão, Otimização dos Processos Industriais e Administrativos, Desenvolvimento
Tecnológico dos processos industriais, Gestão Financeira, ATP- Atendimento Total Perdigão e
Centro de Serviços Compartilhados (CSP).
Atingir novos mercados e segmentos;
Agregar permanentemente valor para os investidores;
Continuar sendo Modelo de Governança Corporativa e Responsabilidade Social.
21/12/2005 09:52:34
Pág:
60
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.02 - INFORMAÇÕES RECOMENDÁVEIS, MAS NÃO OBRIGATÓRIAS
Em março de 2001 foi adquirida a participação dos 49% restantes do capital do Frigorífico Batávia
S.A., devendo o pagamento de R$ 23,8 milhões, ocorrer em duas etapas: abril e outubro de 2001.
Após esta aquisição, o Frigorífico Batávia S.A. foi incorporado à Perdigão Agroindustrial S.A. Esta
unidade teve ampliada sua capacidade de abate de perus e foi instalada uma nova e moderna câmara
de estocagem.
Em 25.04.01 foi estabelecida uma associação com a Sadia S.A. para a ampliação dos mercados de
ambas Companhias nas áreas avícola, suinícola e de alimentos em geral nos mercados da Federação
da Rússia, Letônia, Lituânia, Estônia, Bielo-Rússia, Ucrânia, Geórgia, Azerbaijão, Turquimenistão,
Uzbequistão, Quirsguistão, Tajiquistão, Kazaquistão, Moldávia, Afeganistão, África do Sul, Egito,
Angola e demais países do continente africano, Cuba, República Dominicana, Irã, Jordânia e Iraque,
buscando sinergia operacional.
Não houve mudanças significativas no percentual de ações possuídas por qualquer acionista
majoritário durante os três anos passados. Entretanto, a Telos – Fundação Telebrás de Seguridade
Social vendeu sua participação total de 0,82% das ações que faziam parte do acordo de acionistas à
FAPES-BNDES e o restante da sua posição acionária foi vendido no mercado acionário, totalizando
a alienação de 1,51% do capital total da Companhia.
21/12/2005 09:52:37
Pág:
61
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
RELEASE DE 13.12.2005 – PERDIGÃO ACELERA RITMO DE CRESCIMENTO EM 2005
Empresa gera mais de quatro mil postos de trabalho durante o ano
Pelo 11o ano consecutivo, a Perdigão deverá encerrar 2005 com crescimento acima de 10% em
volumes comercializados. A boa performance das vendas poderá minimizar o impacto da
apreciação cambial, em torno de 18% no período, nas receitas de exportação. O faturamento da
empresa deverá chegar a R$ 5,9 bilhões.
O desempenho no mercado externo, que deve registrar aumento em torno de 14% em volumes e
deverá responder por 55% da receita líquida da companhia no exercício, deve-se ao processo de
internacionalização, em implementação há mais de três anos. Esse programa vem possibilitando,
entre outras ações, a constante otimização dos canais de vendas em mercados tradicionais,
agregação de valor no mix comercializado e o avanço em novos mercados. “O ano é considerado
um dos mais importantes para a consolidação da Perdigão como empresa transnacional”, avalia o
presidente Nildemar Secches.
No mercado interno, o aumento de volumes previsto para 8% é resultado de investimentos na
diversificação do mix, que possibilitaram um incremento nos produtos de maior valor agregado, e
da ampliação e melhoria da rede de distribuição. No último trimestre, a melhoria da renda e o
aumento da massa salarial proporcionaram crescimento do consumo de alguns itens de alimentação.
Em 2005, comparativamente a 2004, houve queda nos custos dos principais insumos, sobretudo da
soja cujos preços internacionais voltaram a patamares históricos.
Os investimentos da Perdigão durante o ano deverão chegar a R$ 290 milhões, valor 93% superior
ao estabelecido inicialmente. Nesse período, a empresa começou a construção de um novo
complexo agroindustrial, fez aquisições, firmou parcerias, entrou em novos mercados, investiu em
logística e na ampliação de unidades. (veja texto anexo) A companhia gerou 4,2 mil vagas,
encerrando mais uma vez o ano como uma das maiores empregadoras do país, com 35,5 mil
funcionários.
EXPECTATIVAS
A previsão de investimentos para 2006 é de R$ 440 milhões, o que representa um crescimento de
50% em relação a 2005. Os recursos serão direcionados principalmente às obras do novo complexo
agroindustrial de Mineiros (GO), obras de ampliação das unidades de Rio Verde (GO) e Nova
Mutum (MT), aumento de capacidade de abate e de processamento, além de produtividade, em
diversas unidades, o que deverá gerar três mil postos de trabalho, voltados à produção nas unidades
do Centro-Oeste e ao reforço nas equipes de vendas e de logística.
Segundo Nildemar Secches, as projeções para o próximo exercício indicam crescimento de volumes
em torno de 15% no mercado externo. No mercado interno, incluindo os novos segmentos, os
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
volumes deverão aumentar em torno de 10%, mantendo-se a tendência de melhoria de renda caso se
sustente o arrefecimento do consumo de bens duráveis, que foi bastante intenso no ano de 2005.
O orçamento da companhia para 2006 foi traçado sobre um quadro econômico prevendo que o
crescimento do PIB será de 3,5% e a inflação anual ficará em torno de 4,5%. O dólar, segundo as
estimativas, deverá chegar ao final do ano cotado a R$ 2,40.
Para 2006, o cenário do mercado de grãos deverá continuar favorável, em função de dois anos de
colheitas recordes nos Estados Unidos.
RELEASE DE 13.12.2005 – PERDIGÃO AVANÇA EM NOVAS FRONTEIRAS E AMPLIA
MERCADOS
Capacidade de produção cresce com parcerias e aquisições
Expansão e diversificação marcaram 2005 para a Perdigão. A empresa investiu mais de R$ 70
milhões em aquisições durante o ano. Na região Centro-Oeste, a companhia avançou com a compra
do Abatedouro Mary Loize, no Mato Grosso, atraída pela grande disponibilidade de grãos e a
oportunidade de oferecer ao mercado produtos mais competitivos.
Ainda no Centro-Oeste, foram adquiridos recentemente o Incubatório Paraíso e uma granja de
matrizes, ambos no município de Jataí (GO). A empresa também assumiu os contratos com 71
produtores integrados instalados na região. Essa aquisição foi estratégica para a companhia, que terá
a possibilidade de garantir maior controle sanitário dos plantéis, uniformizando os procedimentos
nas plantas do Sudoeste goiano, em função da proximidade com Rio Verde e Mineiros.
Em Brasília, a Perdigão iniciou a operação de uma unidade destinada exclusivamente à fabricação
de produtos cozidos à base de carne de frango, peru e bovino para exportação. Para tanto, locou
instalações de uma fábrica que estava desativada, contratou funcionários e já está exportando para a
União Européia. A planta tem capacidade de produção de 400 toneladas mês.
PARCERIAS
A Perdigão firmou diversas parcerias em 2005 para atuar em novos mercados e reforçar sua
capacidade de produção. Para entrar no segmento de bovinos, movida pela sinergia logística e a
demanda de clientes internacionais, a empresa assinou contrato de prestação de serviços industriais
com a Arantes Alimentos, da Cachoeira Alta (GO), pelo qual o frigorífico se responsabiliza pelo
abate, desossa, embalagem e pelo armazenamento do produto para a Perdigão.
A atuação neste segmento tem foco voltado principalmente para o mercado externo. A empresa
mantém uma estrutura própria para a compra de animais vivos e equipes encarregadas do controle
de qualidade. Já a partir do próximo ano, deverão ser produzidas 60 mil toneladas de produtos
bovinos, que trarão acréscimo à receita da companhia de R$ 270 milhões.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxiii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Por intermédio de outra parceria, feita com a Coamo Agroindustrial Cooperativa, de Campo
Mourão (PR), a Perdigão lançou no mercado duas marcas de margarina: Turma da Mônica,
destinada especialmente ao público infantil, e Borella, uma versão tradicional do produto. A
Coamo, que atua no segmento de margarinas desde 2000 e dispõe de alta tecnologia, industrializa o
produto com as marcas da empresa.
A Gale Agroindustrial S.A., de Jataí (GO), está abatendo e industrializando aves para a Perdigão,
conforme contrato de prestação de serviços assinado recentemente. A Gale abate hoje 70 mil
aves/dia e, a partir da parceria, o abatedouro deverá ampliar este abate para 90 mil aves/dia a curto
prazo. Na fase inicial, a fábrica de ração da Galé, continuará fornecendo o produto para integrados
ao projeto, que administram 138 aviários.
MINEIROS
A largada para a implantação novo complexo de Mineiros foi dada logo no início do ano. As obras
prosseguem em ritmo acelerado e a unidade terá capacidade para processar, em 2008, 81 mil
toneladas de carne, devendo gerar cerca de dois mil novos postos de trabalho. A planta será
destinada ao abate de frango, peru e chester®.
Os investimentos totaisestão estimados em R$ 510 milhões — R$ 240 milhões da Perdigão, com
apoio do BNDES, e R$ 270 milhões por parte dos produtores integrados para a construção de 190
módulos de produção. O complexo ocupará uma área de 135 hectares, sendo que as instalações
terão 60 mil m2. A unidade deverá atingir plena capacidade em 2008, devendo iniciar as operações
no final de 2006.
OUTROS INVESTIMENTOS
O projeto de ampliação da unidade de Nova Mutum, que hoje abate cerca de 70 mil aves/dia, já foi
iniciado pela empresa e será desenvolvido em duas fases. Na primeira, que deverá estar concluída
em 2006, o objetivo será atingir a capacidade instalada de abate, que é de 120 mil aves/dia, e
ampliá-la a curto prazo para 140 mil aves/dia. Para tanto, o sistema de integração comportará 250
novos aviários. O número de funcionários, que atualmente é de 450, deverá chegar a 900 e os
empregos indiretos a 2.700. Os investimentos previstos são de R$ 77 milhões, sendo R$ 15 milhões
da empresa e R$ 62 milhões de produtores integrados.
Em Jataí (GO), as aquisições feitas pela Perdigão somam aproximadamente R$ 30 milhões e
fazem parte de um programa de investimentos da empresa e de seus parceiros que totalizará R$ 400
milhões até 2012. Desses recursos, R$ 210 milhões deverão ser direcionados ao desenvolvimento
de novos parceiros integrados, de forma que possam sustentar o aumento de capacidade de abates
para 280 mil aves/dia a médio prazo.
O restante dos recursos será aplicado em novos projetos que a Perdigão vai desenvolver no
município, como a construção de outro incubatório, de uma fábrica de ração, outra granja de
matrizes e um novo abatedouro. Esse complexo vai gerar 1500 empregos diretos quando estiver
concluído.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxiv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
O maior complexo agroindustrial da América Latina, operado pela Perdigão em Rio Verde (GO),
também está passando por duplicação. Nas obras de expansão da capacidade de produção de planta,
que começaram este ano, estão sendo investidos R$ 500 milhões.
Com os novos aportes da empresa e seus parceiros, a capacidade de abates de frangos crescerá 35%
e de suínos será duplicada. O número de produtores integrados vai passar de 250 para 400 até
meados de 2006 e a unidade deverá contratar mais 1700 funcionários.
LOGÍSTICA
A construção de um Centro de Distribuição (CD) de última geração em Marau (RS), onde a
empresa investiu R$ 14 milhões, imprimiu um novo ritmo no atendimento ao mercado gaúcho e
reforçou o abastecimento de outros 16 CDs do Brasil. O mega centro tem área construída de 4.100
m2 e capacidade para 3.500 toneladas de produtos.
O CD de Videira (SC) também ganhou um novo status em 2005. Com investimentos de R$ 8
milhões, o centro teve sua capacidade mais do que duplicada e passou a concentrar todo o
atendimento de Santa Catarina. Como o CD de Marau, o CD de Videira foi adaptado ao sistema
multifilial, operando de acordo com as necessidades dos clientes e não restrito a uma área
geográfica. Dessa forma, podem oferecer melhores soluções para o sistema logístico da Perdigão,
com mais eficiência e menores custos.
GESTÃO
Um marco da empresa em 2005 foi a inauguração do Centro de Serviços Perdigão (CSP),
concentrando em Itajaí (SC) as áreas corporativas de Finanças, Controladoria, Relações Humanas,
Tecnologia de Informação, Suprimentos e Apoio a Vendas. O CSP representou uma significativa
evolução na gestão da Perdigão, resultando em maior produtividade, racionalização de operações,
agilidade no processamento, economia de escala e redução de custos operacionais.
Na área de gestão, o ATP — Atendimento Total Perdigão foi um avanço da companhia para
alcançar a excelência em serviços aos clientes desde o pedido até a entrega. Durante o ano, a
empresa registrou evolução em todos os indicadores relacionados à rapidez no recebimento dos
pedidos, à entrega no prazo e volume negociados, e ao giro de estoque. O projeto mobiliza e integra
esforços de diversas áreas (produção, comercial, marketing, tecnologia da informação e logística,
entre outras) com foco na satisfação dos clientes.
RESPONSABILIDADE SOCIAL
Como já é tradição, a Perdigão pautou seu crescimento durante o ano com base na sustentabilidade,
quer na transparência de gestão quer na política de responsabilidade social, avançando nas práticas
de Governança Corporativa e nos projetos de respeito ao meio ambiente e desenvolvimento social,
como o projeto de geração de créditos de carbono e a conclusão do licenciamento ambiental para
seus integrados de Santa Catarina.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
O reconhecimento público dessa atuação também tornou 2005 um ano especial para a Perdigão. A
empresa é a única do setor de Carnes e Derivados a integrar a Carteira do Índice de Sustentabilidade
Empresarial (ISE), lançada no início deste mês pela Bovespa. O ISE objetiva refletir o retorno de
uma carteira composta por ações de empresas com reconhecido comprometimento com a
responsabilidade social e sustentabilidade empresarial.
E, pela quarta vez, a companhia está entre as dez empresas modelo em responsabilidade social na
edição 2005 do Guia de Boa Cidadania Corporativa, por sua atuação desenvolvida por meio de um
conjunto de programas sociais implementados nas regiões onde funcionam suas unidades.
RELEASE DE 01.12.2005 – PERDIGÃO INTEGRA CARTEIRA DO ÍNDICE DE
SUSTENTABILIDADE EMPRESARIAL DA BOVESPA
Iniciativa pioneira estimula a responsabilidade ética das corporações
A Perdigão é a única empresa do setor de Carnes e Derivados a integrar a Carteira do Índice de
Sustentabilidade Empresarial (ISE), lançada hoje (01/12) pela Bovespa. A carteira inclui outras 27
empresas de vários setores da economia.
O ISE, iniciativa pioneira na América Latina, tem por objetivo refletir o retorno de uma carteira
composta por ações de empresas com reconhecido comprometimento com a responsabilidade social
e sustentabilidade empresarial, e também atuar como promotor das boas práticas no meio
empresarial brasileiro.
Para avaliar a performance das empresas elegíveis ao ISE — que atendem a padrões mínimos de
liquidez — foi contratado o Centro de Estudos de Sustentabilidade da Fundação Getúlio Vargas. O
CES-FGV desenvolveu um questionário para aferir o desempenho das companhias, partindo do
conceito do triple bottom line (TBL), que envolve a avaliação de elementos ambientais, sociais e
econômico-financeiros de forma integrada. A esses princípios foram acrescidos mais dois grupos de
indicadores: critérios gerais e de natureza do produto, e critérios de governança corporativa.
RELEASE DE 01.12.2005 – PERDIGÃO AMPLIA OPERAÇÕES EM GOIÁS COM
AQUISIÇÕES EM JATAÍ
Negócio envolve acordo de prestação de serviços com a Gale Agroindustrial para abate de aves e
fornecimento de ração
A Perdigão assinou hoje (01/12), em Jataí (GO), contrato para a aquisição de parte dos ativos do
grupo empresarial Victor Priori. A empresa vai incorporar o Incubatório Paraíso Ltda. e a granja de
matrizes, ambos localizados no município, além de assumir os contratos com 71 produtores
integrados estabelecidos na região. Ao mesmo tempo, foi firmado acordo de prestação de serviços
com a Gale Agroindustrial S.A., que fará o abate e a industrialização de aves para a Perdigão.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxvi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
A Gale abate hoje 70 mil aves/dia e, a partir da parceria com a Perdigão, o abatedouro deverá
ampliar este abate para 90 mil aves/dia a curto prazo. O acordo terá duração de até dois anos e a
Perdigão tem opção para a compra do abatedouro. Neste período, a Perdigão vai definir e priorizar
outros investimentos que serão feitos em Jataí, visando a expansão da capacidade de produção de
aves e a sustentabilidade do projeto. Na fase inicial, a fábrica de ração da Gale, também instalada no
município, continuará fornecendo o produto para os integrados ao projeto, que administram 138
aviários. A Perdigão supervisionará a qualidade das operações para garantir a manutenção dos
padrões de produção adotados pela companhia.
Vários fatores levaram a Perdigão a investir em Jataí. Um deles é a sinergia logística em função da
proximidade com sua maior unidade, instalada em Rio Verde, cujo Centro de Distribuição será
utilizado para consolidar as cargas para exportação fornecidas pela Gale. A possibilidade de garantir
o controle sanitário dos plantéis no Sudoeste goiano é outro ponto importante, uma vez que serão
estendidos a Jataí os padrões de sanidade adotados pela empresa em Rio Verde e que vão ser
repetidos em Mineiros, onde ficará o novo complexo da companhia. Além disso, foram
considerados a disponibilidade de grãos na região e o grande interesse de proprietários rurais da
área em se integrarem ao sistema de produção da empresa.
PROGRAMA DE INVESTIMENTOS
As aquisições feitas agora pela Perdigão somam aproximadamente R$ 30 milhões e fazem parte de
um programa de investimentos da empresa e de seus parceiros previsto para Jataí, que totalizará R$
400 milhões até 2012, segundo protocolos de intenções assinados com o Governo do Estado e a
Prefeitura Municipal. Desses recursos, R$ 210 milhões deverão ser direcionados ao
desenvolvimento de novos parceiros integrados, de forma que possam sustentar o aumento de
capacidade de abates para 280 mil aves/dia a médio prazo.
O restante dos recursos será aplicado em novos projetos que a Perdigão vai desenvolver no
município, como a construção de outro incubatório, de uma fábrica de ração, outra granja de
matrizes e um novo abatedouro. Esse complexo vai gerar 1500 empregos diretos quando estiver
concluído.
O projeto da Perdigão tem apoio do Governo do Estado e, de acordo com os protocolos assinados
com a empresa, a prefeitura de Jataí disponibilizará áreas para a viabilizar a implantação dos novos
projetos, inclusive para programa habitacional e construção da Sociedade Esportiva e Recreativa
Perdigão — SERP.
Com a chegada a Jataí, a Perdigão amplia sua presença em Goiás. A empresa já opera o maior
complexo agroindustrial da América Latina em Rio Verde e está construindo um novo parque
industrial em Mineiros. Além disso, mantém contrato de prestação de serviços industriais com a
Arantes Alimentos Ltda., localizada em Cachoeira Alta, que produz cortes de bovinos com as
marcas Perdix e Nabrasa, para a Perdigão, destinados aos mercados interno e externo.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxvii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
RELEASE DE 22.09.2005 – COMUNICADO AO MERCADO
Comunicamos aos nossos acionistas e ao mercado que a PERDIGÃO começou a atuar no mercado
de bovinos com foco voltado principalmente para a exportação, tendo assinado contrato de
prestação de serviços industriais com a empresa Arantes Alimentos Ltda. e, já no próximo ano,
deverá gerar produção de aproximadamente 60 mil toneladas de produtos bovinos. Esses volumes
deverão incrementar o faturamento total da Perdigão em cerca de R$ 270 milhões.
A Perdigão exportará basicamente cortes com a marca Perdix. No Brasil, a empresa vai
comercializar cortes nobres para churrasco com as marcas Perdigão e Nabrasa. A unidade da
empresa Arantes, que fornecerá os produtos bovinos localiza-se em Cachoeira Alta – Goiás e está
habilitada para exportar para União Européia, Hong Kong, países árabes, africanos, da Europa
Oriental e da América do Sul e encontrava-se desativada há apenas 4 meses, voltando já em outubro
a abater cerca de 750 cabeças/dia para a Perdigão.
Além disso, a Perdigão começa a atuar no segmento de margarinas, com o lançamento de duas
marcas e sabores diferenciados. A Perdigão está lançando a primeira marca nacional de margarina
com a Turma da Mônica, especialmente direcionada ao publico infantil, e outra versão do produto
tradicional com a marca Borella. Para a fabricação dos produtos a Perdigão firmou parceria com a
Coamo Agroindustrial Cooperativa de Campo Mourão – PR.
Maiores informações constam do release divulgado nesta data e disponível no site:
www.perdigao.com.br/ri ou com Edina Biava / Gabriela Las Casas, Relações com Investidores, f.
11 3718.5301 / 3718.5791
São Paulo, 22 de Setembro de 2005.
Wang Wei Chang
Diretor Vice-Presidente de Finanças,
Administração e Relações com Investidores.
RELEASE DE 22.09.2005 – PERDIGÃO COMEÇA A ATUAR NO SEGMENTO DE
MARGARINAS
Empresa lança produtos com duas marcas e sabores diferenciados
Com o lançamento da primeira marca nacional de margarina destinada especialmente ao público
infantil, a Turma da Mônica, a Perdigão ingressa no segmento de margarinas. A empresa lança ao
mesmo tempo uma versão tradicional do produto com a marca Borella. As duas novas margarinas
chegam ao mercado em novembro e trazem sabores diferenciados de acordo com expectativa dos
consumidores.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxviii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Para a fabricação do produto, a Perdigão firmou parceria com a Coamo Agroindustrial Cooperativa,
de Campo Mourão (PR), que industrializa vários produtos, entre os quais óleo de soja, e já é
tradicional fornecedora de grãos da companhia. A Coamo, criada em 1970, atua desde 2000 no
segmento de margarinas e dispõe de alta tecnologia.
De acordo com estimativas de entidades representativas do setor de alimentos, a margarina é o
produto campeão nas refeições matinais e lanches, com presença em 98% dos lares brasileiros. O
mercado, que atinge por ano 440 mil toneladas e movimenta em média R$ 2 bilhões, apresenta
crescimento anual entre 2% e 5%.
Pesquisas realizadas pela Perdigão nas regiões Sul, Sudeste e Nordeste do país revelaram grande
receptividade do consumidor pelo lançamento de margarinas com marcas tradicionais da empresa,
que já tem forte presença nas mesas de café da manhã e lanches com seus patês e frios. Além disso,
foi detectado grande interesse de clientes em geral e médios varejistas em particular por novas
opções de fornecedores de margarinas. A sinergia do segmento com a cadeia de frios, canais de
vendas e de distribuição da companhia facilita o desempenho da Perdigão em mais essa operação.
OS PRODUTOS
Sabor acentuado de leite, enriquecida com as vitaminas A, D e E e menos adição de sal são as
principais características da nova margarina Turma da Mônica, desenvolvida para agradar o paladar
dos pequenos consumidores. Este é o primeiro produto do gênero criado especialmente para o
público infantil e, por isso, é mais leve.
Para atender o desejo da maioria das mães ouvidas durante a pesquisa, que esperavam por um tipo
de margarina mais adequado ao gosto de seus filhos, a Perdigão lança o novo produto aproveitando
sua experiência com a linha Turma da Mônica, que foi pioneira, está no mercado há mais de 15
anos e é líder no segmento infantil de industrializados de carne.
As embalagens da nova margarina Turma da Mônica, de 250 gramas e 500 gramas, também trazem
diferenciais, como a tampa transparente e um selo que lacra o pote, mas não tem qualquer contato
com o produto. Este lacre é mais uma garantia de não violação da embalagem e manutenção da
qualidade do produto. O design colorido e atraente, ilustrado com a Mônica, Cebolinha e outros
personagens de Maurício de Sousa, acompanha a proposta das embalagens dos demais produtos da
linha.
A margarina Borella com sal, que a Perdigão lança para o consumidor de todas as idades, também
oferece uma característica especial: reproduz praticamente o sabor da manteiga. A tônica dos
depoimentos coletados entre os consumidores foi a busca por uma margarina que tivesse um gosto
mais próximo possível da manteiga. E foi exatamente esta expectativa que a empresa procurou
atender. O produto será apresentado em práticas e modernas embalagens de 250 gramas e 500
gramas, com lacre inviolável.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxix
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
RELEASE DE 22.09.2005 – PERDIGÃO ENTRA NO MERCADO DE BOVINOS
Sinergia logística garante competitividade da empresa no segmento, que terá como foco principal o
mercado externo
A Perdigão começa a atuar no mercado de bovinos com foco voltado principalmente para a
exportação. Para tanto, assinou contrato de prestação de serviços industriais com a empresa Arantes
Alimentos Ltda. e, já no próximo ano, deverá gerar produção de aproximadamente 60 mil toneladas
de produtos bovinos, cujo principal destino será o mercado externo. Esses volumes deverão
incrementar o faturamento total da Perdigão em cerca de R$ 270 milhões de reais.
A entrada da Perdigão no segmento justifica-se por seu expressivo potencial: o Brasil é o maior
exportador mundial de carne bovina, tem o maior rebanho bovino do mundo e é o segundo maior
produtor mundial de bovinos. Soma-se a esse fator, a sinergia do negócio com estrutura logística da
empresa na operação de outras proteínas animais.
A expertise alcançada pela Perdigão em sua trajetória na distribuição e comercialização de carnes
de aves e suínos, além de produtos frigorificados, a credencia a competir em mais este mercado,
otimizando os canais já consolidados especialmente no mercado internacional. No primeiro
semestre de 2005, a companhia exportou para cerca de 750 clientes, em mais de 100 países, 337,2
mil toneladas de produtos.
Para acelerar o início de sua atuação no segmento, a empresa buscou um modelo de negócio que
agiliza o atendimento da demanda por carne bovina de seus atuais clientes, motivada pela qualidade
dos produtos oferecidos e por sua eficiente logística. A fórmula permite também que a companhia
aproveite o momento favorável do mercado para desencadear suas atividades na área de bovinos.
A Arantes Alimentos Ltda. opera três frigoríficos de bovinos — Guararapes (SP), Pontes e Lacerda
(MT) e Cachoeira Alta (GO). Segundo o contrato assinado, a empresa prestará serviços industriais à
Perdigão por meio da unidade de Cachoeira Alta, em função da proximidade com o parque
industrial de Rio Verde e por ser uma região com grande oferta de animais.
RETOMADA DA PRODUÇÃO
A unidade de Cachoeira Alta, construída há cerca de dez anos, é dotada de instalações
tecnologicamente avançadas e está habilitada para exportar para União Européia, Hong Kong,
países árabes, africanos, da Europa Oriental e da América do Sul. A unidade está desativada há
apenas quatro meses e já em outubro voltará a abater cerca de 750 cabeças/dia para a Perdigão, o
que representa aproximadamente 90% de sua capacidade. A Arantes poderá fabricar ainda produtos
com marca própria ou para terceiros.
A Perdigão exportará basicamente cortes com a marca Perdix. No Brasil, a empresa vai
comercializar cortes nobres para churrasco com as marcas Perdigão e Nabrasa. Por outro lado, a
Perdigão poderá recorrer à produção de dianteiros de outras unidades da Arantes para suprir suas
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxx
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
necessidades na elaboração de produtos à base de carne bovina já existentes em seu mix — como
hambúrgueres, almôndegas, quibes etc.
Pelo contrato de prestação de serviços industriais firmado, a Arantes se responsabilizará pelo abate,
desossa, embalagem e armazenamento da carne. A Perdigão terá uma estrutura própria para a
compra de animais vivos e equipes de controle de qualidade da produção da Arantes, de acordo com
seus padrões e normas técnicas.
A Perdigão utilizará sua estrutura de vendas no mercado internacional, já implementada em todos os
continentes, para comercializar o produto. No mercado interno, contará com a força de sua marca e
sua estrutura de vendas, que cobre mais de 90% do território nacional.
Com a retomada das operações da unidade da Arantes Alimentos Ltda. em Cachoeira Alta serão
reativadas 850 vagas de trabalho. Terão preferência os antigos funcionários da unidade que ainda
não conseguiram uma nova colocação, por se tratar de mão-de-obra treinada para a atividade. A
reabertura do frigorífico reaquecerá o movimento econômico de Cachoeira Alta, que sofreu forte
impacto quando a unidade deixou de funcionar.
RELEASE DE 05.09.2005 – PERDIGÃO MOSTRA PORQUE SUA MARCA É SINONIMO
DE EFICIÊNCIA E INOVAÇÃO
Empresa reforça vínculo com a ABRAS, apresentando os avanços no atendimento aos clientes e
seus novos produtos
A Perdigão chega à 39a ABRAS com um diferencial: o atendimento. Nos últimos meses, a empresa
avançou em todos os parâmetros que atendem as necessidades específicas e medem a satisfação dos
clientes. Esta foi a resposta do mercado ao ATP — Atendimento Total Perdigão, o mais ousado
projeto já desenvolvido pela companhia para garantir a excelência em serviços desde o pedido até a
entrega.
Por ser o maior evento brasileiro do setor supermercadista, a ABRAS é uma excelente ocasião para
empresa estreitar o relacionamento com os parceiros e trocar informações sobre expectativas de
mercado. Também é o cenário ideal para a apresentação de novos produtos, que refletem a
capacidade de inovação constante da companhia, em sintonia com as demandas e tendências
nacionais e internacionais. Para esta 39a edição, a Perdigão traz muitos lançamentos. A grande
novidade é a Linha de Lanches Rápidos, que responde a uma crescente demanda de mercado em
função do ritmo de vida cada vez mais acelerado do consumidor.
Lançamentos sob a marca Perdigão:
• Rock Dog -enroladinho de salsicha;
• Panino Pizza -massa de pizza com recheio de presunto, queijo, tomate e orégano;
• Hot Wings -coxinha de asa de frango temperada, cozida e congelada;
• Donutz -pedaços de frango temperados e empanados em forma de anéis;
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
•
•
•
•
•
•
Steak de Frango sabor Calabresa;
Strogonoff de soja;
Lasanha de Presunto e Queijo ao sugo;
Pizza meia frango com catupiry meia mussarela;
Chester desossado;
Peito de peru defumado.
Lançamentos sob a marca Batavo:
• Lingüiça fina;
• Pizza baiana - mussarela, calabresa moída, cebola e pimenta.
RELEASE DE 05.09.2005 – PROJETO DE EXCELÊNCIA EM ATENDIMENTO
ESTREITA PARCERIA COM CLIENTES
O ATP integra esforços de diversas áreas da empresa para
garantir prazos, volumes e qualidade
A Perdigão já colhe resultados de uma das iniciativas mais ambiciosas implementadas pela empresa
para alcançar a excelência no atendimento ao cliente, o Projeto ATP — Atendimento Total
Perdigão. A eficiência da iniciativa pode ser medida pela evolução registrada, nos últimos meses,
em todos os indicadores relacionados à rapidez no recebimento dos pedidos, à entrega no prazo e
volume negociados e ao giro de estoque.
É o caso do OTIF (sigla de On time in full), por exemplo, que a Perdigão aumentou em seis pontos
percentuais entre janeiro e julho. O OTIF é um dos mais importantes parâmetros para avaliar a
qualidade do atendimento prestado por uma empresa e mostra o percentual de produtos entregues
no prazo e na quantidade combinados.
Mas, sem dúvida, o maior ganho proporcionado pelo ATP foi o estreitamento da parceria da
empresa com os clientes. O projeto mobiliza e integra esforços de diversas áreas (produção,
comercial, marketing, tecnologia da informação e logística, entre outras), com o suporte da Axia
Consulting e foco na satisfação dos clientes.
Com base no modelo conhecido como supply chain management, o ATP foi desenvolvido para dar
suporte ao acelerado ritmo de expansão da Perdigão, que registra crescimento médio anual de 15%
em volumes, desde 1995. “Investir na melhoria de todos os serviços, desde o pedido até a entrega,
para atender as necessidades específicas de cada cliente foi uma decisão estratégica da companhia
para continuar crescendo e, hoje, esta é a nossa realidade”, afirma o diretor de suprimento e
logística, Wlademir Paravisi.
NOVA LÓGICA
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Para a implantação do Projeto ATP tornou-se necessário rever, alinhar e integrar as ações de toda a
empresa, estabelecendo nova lógica de trabalho. No início deste ano, o projeto avançou com a
construção de um novo desenho organizacional, agregando duas novas áreas: Gestão de Demanda e
Gestão de Pedidos.
A área de Gestão de Demanda tem sob sua responsabilidade o levantamento de informações para
montar os cenários que irão definir os volumes de venda. O desafio é estimar com antecedência de
três
meses o comportamento de cada linha de produtos, montando projeções que passarão a
orientar a atuação de todas as áreas, começando pela produção. As tendências são traduzidas em
previsões que determinam o planejamento integrado de toda a cadeia — da fábrica à gôndola.
Já a área de Gestão de Pedidos é responsável por oferecer ao cliente o melhor nível de serviços,
controlando desde a entrada da ordem de venda até a notificação de entrega dos produtos, tanto do
mercado interno quanto externo.
Entre os processos implantados pela nova área estão a análise e correção das inconsistências de
pedidos, por meio de uma avançada tecnologia que integra ferramentas como EDI (Electronic Data
Interchange), para transferência eletrônica de dados, e palm tops. A próxima etapa, em fase de
conclusão, incluirá a instalação de um sistema que vai permitir aos clientes do mercado externo
monitorar pela Internet o andamento dos pedidos, utilizando senha de acesso.
A área de logística é outro importante suporte ao ATP e tem por desafio distribuir, mensalmente,
cerca de 50 mil toneladas de produtos entre os mais de 70 mil clientes em todo o território nacional,
realizando mais de duas mil viagens por dia e, aproximadamente, 240 mil entregas por mês. A
agilidade na operação é fundamental à Perdigão para garantir a velocidade das entregas e a
integração de processos, promovida pelo ATP. Assim que o pedido é recebido, o produto é
localizado e tem sua distribuição planejada. Com isso, o prazo para atender grandes redes, por
exemplo, é inferior a 72 horas.
OUTROS INDICADORES
Os ganhos trazidos pelo ATP ao atendimento que a Perdigão oferece aos clientes são confirmados
por outros importantes sinalizadores. Entre eles está o lead time, que mede o tempo decorrido entre
o recebimento do pedido e a entrega do produto. Desde o início de 2005, o lead time da empresa
caiu, em média, 14%.
No mesmo período, o giro de estoque apontou evolução significativa: aumento de 16% em relação a
2004. O giro de estoque alto demonstra que os produtos ficam menos tempo parados nas fábricas e
nos centros de distribuição e, conseqüentemente, chegam mais frescos ao consumidor.
O ATP integra ações da empresa de ponta a ponta e o sucesso de seus resultados vem do
comprometimento de todas as áreas. “Afinada com a nova filosofia de trabalho e utilizando as
ferramentas disponibilizadas pelo projeto, a equipe de vendas está totalmente voltada para garantir a
satisfação dos clientes e também do consumidor”, afirma o diretor nacional de vendas, Luiz Carlos
Campagnola.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxiii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
RELEASE DE 23.08.2005 – PERDIGÃO INAUGURA CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO DE
ÚLTIMA GERAÇÃO EM MARAU (RS)
O novo CD oferece melhores soluções para o sistema logístico, com mais eficiência e menores
custos
A Perdigão inaugurou em 22/08/2005, em Marau (RS), um mega Centro de Logística e Distribuição
(CD) que, além de atender o mercado gaúcho, vai reforçar o abastecimento dos outros 16 CDs do
Brasil.
O CD, implantado no próprio parque industrial da Perdigão em Marau, tem 4.100 m2 de área
construída e capacidade para movimentar cerca de 14 mil toneladas de produtos por mês. A
empresa investiu R$ 14 milhões na construção do centro, que segue o modelo de multifilial, isto é,
opera de acordo com as necessidades do cliente e não restrito a uma área geográfica. Dessa forma,
pode oferecer as melhores soluções para o sistema logístico da companhia, com mais eficiência e
menores custos. O centro é operado por 75 funcionários.
Dotado dos mais avançados recursos tecnológicos, o CD de Marau conta com estrutura moderna —
power rack — que permite economizar espaço. Este centro foi projetado para armazenar produtos
congelados e resfriados, num único corredor, com colunas deslizantes e acesso às prateleiras feito
por comando eletrônico. O gerenciamento de estoque é controlado por um moderno sistema
integrado, a partir de informações online.
Para garantir a qualidade dos produtos, encurtando o tempo de entrega para 3.500 clientes da
Grande Porto Alegre, o novo CD utiliza o sistema cross docking. A carga sai de Marau em carretas
e segue para Canoas, de onde é transferida para caminhões menores e despachada para os clientes.
Entre o pedido pelo cliente e a entrega, as operações são realizadas em no máximo 24 horas. O
ponto de cross docking em Canoas funciona no mesmo espaço do antigo CD da companhia, que foi
desativado. A distribuição é realizada por frota dedicada, composta por 40 caminhões e 50 carretas
de contêineres para carga e descarga, que prestam serviço exclusivo à Perdigão.
RELEASE DE 15.08.2005 – PERDIGÃO OPERA UNIDADE DE EXPORTAÇÃO NO
MATO GROSSO
Empresa otimiza planta de Nova Mutum e ratifica expansão do parque agroindustrial
A Perdigão inaugurou hoje (15/8) uma série de melhorias implementadas na unidade de Nova
Mutum (MT) e anunciou que a planta já está habilitada para exportação. A cerimônia contou com a
presença do governador do Mato Grosso, Blairo Maggi, do prefeito de Nova Mutum, Adriano
Pivetta, do presidente da empresa, Nildemar Secches, e produtores rurais, que vão participar do
sistema de integração da companhia.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxiv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Na ocasião, foram assinados protocolos de intenções entre o Governo do Estado, a Prefeitura de
Nova Mutum e a empresa, marcando o início efetivo das operações da Perdigão Mato Grosso. Os
documentos prevêem investimentos na ampliação da planta, execução de obras de infra-estrutura,
concessão de benefícios e incentivos fiscais.
No projeto de ampliação do parque agroindustrial de Nova Mutum, já iniciado pela empresa, serão
investidos cerca de R$ 100 milhões nos próximos quatro anos. No mesmo período, produtores
integrados deverão aplicar outros R$ 117 milhões para aumentar a produção agropecuária na região,
visando atender as novas demandas da companhia.
MELHORIAS
A Perdigão adquiriu o Abatedouro Mary Loize — hoje Perdigão Mato Grosso — no final de junho.
A operação envolveu investimentos da ordem de R$ 40 milhões. A primeira providência da
empresa foi regularizar os pagamentos de fornecedores e produtores integrados, e normalizar o
fluxo de alojamento de animais, que não estava funcionando com regularidade. Os 450 funcionários
da unidade foram mantidos.
Durante o mês de julho, a empresa otimizou a fábrica, modernizando suas instalações e dotando-a
de novos equipamentos, necessários para aperfeiçoar a tecnologia em processos de abate e
processamento de carnes. Com os serviços de melhoria na linha de abates e câmaras frigoríficas foi
possível aumentar a capacidade de estocagem. Entre as obras realizadas, destacam-se a criação de
ante-câmaras, climatização de sala de cortes, revisão e adequação no sistema de tratamento de
efluentes, o que possibilitou a regularização da unidade junto aos órgãos ambientais e ao Ministério
Público. A planta avançou em todos os níveis de qualidade e produtividade. Na primeira etapa de
melhorias, foram gastos cerca de R$ 3 milhões.
Por outro lado, com base em protocolo de intenções assinado no final de junho, a Prefeitura de
Nova Mutum realizou obras de asfaltamento do pátio interno da unidade. O acesso da BR-163 ao
parque agroindustrial, que corresponde a um trecho de aproximadamente 600 metros, também foi
asfaltado pela Prefeitura, por meio de convênio firmado com o Governo do Estado.
Ainda durante o mês de julho, a unidade recebeu a visita de missão russa e de inspetores
muçulmanos da produção Halal, item obrigatório para exportação de carnes para o Oriente Médio.
Agora, a planta já está habilitada a comercializar seus produtos na Rússia e em países da África e
América Latina, além do Oriente Médio. Com isso, a Perdigão reforça sua capacidade para atender
a crescente demanda de frango no mercado externo.
PROTOCOLOS
De acordo com o protocolo assinado hoje entre o Governo do Mato Grosso e a Perdigão, o Estado
se propõe a conceder incentivos fiscais, nos termos da política industrial estadual vigente, para que
a empresa viabilize seu projeto de ampliação e investimentos.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Outro documento de ratificação do protocolo de intenções, assinado entre a Prefeitura de Nova
Mutum e a Perdigão, prevê a doação à empresa, pela administração municipal, de 500 hectares para
a ampliação de granjas matrizes e reflorestamento, em cumprimento à legislação ambiental.
Também está previsto o repasse de 200 lotes urbanos, com infra-estrutura urbanizada e aprovada,
para construção de casas destinadas a funcionários da unidade e para implantação da Sociedade
Esportiva e Recreativa Perdigão (SERP). A concessão desses benefícios visam atrair mão-de-obra
qualificada para a região, que não dispõe de pessoal capacitado em quantidade suficiente para
atender as necessidades do empreendimento.
A contrapartida da Perdigão, prevista nos protocolos, serão os investimentos no município. Além
disso, a empresa vai apoiar programas de pesquisa e desenvolvimento tecnológicos de entidades
universitárias públicas e privadas, bem como o desenvolvimento social e cultural de Nova Mutum.
EXPANSÃO
O projeto de ampliação da Perdigão Mato Grosso, que hoje abate cerca de 60 mil aves/dia, já foi
iniciado pela empresa e será desenvolvido em duas fases. Na primeira, o objetivo será atingir a
capacidade instalada de abate, que é de 120 mil aves/dia, e ampliá-la a curto prazo para 140 mil
aves/dia. Para tanto, o sistema de integração comportará 250 novos aviários.
Nesta etapa, que deverá estar concluída no final de 2006, o número de funcionários, que atualmente
é de 450, deverá chegar a 900 e os empregos indiretos a 2.700. Os investimentos previstos são de
R$ 77 milhões, sendo R$ 15 milhões da empresa (entre investimentos fixos e capital de giro) e R$
62 milhões de produtores integrados, sendo R$ 40 milhões em frango de corte e R$ 22 milhões na
produção de ovos.
Na segunda fase do projeto de ampliação, a ser implantada até o início de 2009, a capacidade de
abate atingirá 280 mil aves/dia e deverão ser integrados outros 380 produtores. Está prevista a
criação de 400 novos postos de trabalho, enquanto os empregos indiretos poderão alcançar a faixa
de 3.900.
Os investimentos previstos para esta segunda etapa são de R$ 140 milhões, sendo R$ 85 milhões
da empresa e R$ 55 milhões por parte dos produtores integrados.
Para o financiamento dos produtores rurais que vão investir na expansão do plantel de aves da
região, a Perdigão e o ABN Amro Real SA firmaram parceria que vai disponibilizar recursos do
BNDES — via Prodeagro e Finame —, além de linhas de crédito rural.
RELEASE DE 13.07.2005 – PERDIGÃO VENDE ATIVOS DE FÁBRICA DE ÓLEOS E
LICENCIA MARCAS PARA BUNGE
O objetivo da empresa é ajustar o foco de seus negócios na produção de alimentos
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxvi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
A Perdigão firmou ontem (12/07) um acordo de operação comercial com a Bunge Alimentos
estruturado em três contratos. O primeiro refere-se à venda de ativos da unidade de esmagamento de
soja e refino de óleo instalada em Marau, Rio Grande do Sul, e conhecida como Perdigão Óleos,
com capacidade de processar mil toneladas de soja/dia. Com essa transação, a Perdigão objetiva
focar seu “core business”, que é a produção de alimentos. A Bunge é uma das maiores
processadoras mundiais do mercado de grãos.
Durante os próximos 90 dias, a unidade continuará operando no refino e envase de óleos das marcas
Perdigão e Borella. Após esse período, a fábrica será desativada e os 68 funcionários direcionados
para outras áreas da Perdigão. O imóvel continuará sendo de propriedade da Perdigão, que estudará
uma nova destinação para o mesmo. Os silos para armazenagem de 40 mil toneladas de grãos
continuarão sendo operados pela empresa.
O segundo contrato prevê o licenciamento das marcas de óleo Perdigão e Borella para uso da
Bunge, por período de sete anos. A Perdigão decidiu licenciar as marcas porque a fabricação de
óleos não é o foco de seu negócio. Dessa forma, transferiu a atividade para a Bunge.
O terceiro contrato estabelece que, como conseqüência do fim das operações de esmagamento em
Marau pela Perdigão, a Bunge se comprometerá a fornecer, também por sete anos, farelo de soja
para as fábricas de ração animal da Perdigão em Catanduvas (SC), Marau e Gaurama (RS).
RELEASE DE 20.06.2005 – AVISO AOS ACIONISTAS
PERDIGÃO S.A.
CNPJ-MF 01.838.723/0001-27
Companhia Aberta
AVISO AOS ACIONISTAS
A reunião do Conselho de Administração, realizada em 20/06/05, aprovou a remuneração aos
acionistas, a ser paga a partir do dia 31/08/2005, no valor de R$ 1,04473514 por ação, sob a forma
de juros de capital. As ações negociadas até 30/06/2005 terão direito integral ao referido crédito.
1. INSTRUÇÕES QUANTO AO CRÉDITO
1.1. Para os acionistas que se encontram custodiados no Banco Itaú S.A. o crédito será efetuado em
31/08/2005, diretamente em conta corrente para seus correntistas, e através de DOCs/TEDs para
os correntistas dos demais bancos.
1.2. A empresa colocará à disposição na mesma data as importâncias relativas aos acionistas
custodiados nas Bolsas de Valores, que se encarregarão de repassá-las às corretoras depositantes
para que estas efetuem os créditos aos acionistas titulares.
A comprovação de imunidade, da isenção e da dispensa de retenção, para fins de não retenção de
imposto de renda na fonte, deverá ser feita conforme o caso, mediante apresentação até o dia
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxvii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
30/06/05, da documentação comprobatória (cópias autenticadas) dessa condição. No caso de
acionistas amparados por medida de decisão judicial, específica para pagamentos de juros sobre
capital próprio, deverão apresentar certidão judicial atualizada, acompanhada de declaração firmada
por procurador, conforme modelo disponível nas agências especializadas em valores mobiliários do
Banco Itaú S.A.
1.4. Endereço para maiores esclarecimentos ou envio de documentos:
Gerência de Relações com Investidores
Av. Escola Politécnica, 760 - 2º andar - 05350-901 - São Paulo - SP
Telefones: (0xx11) 3718 5301/5306/5465 - Fax: 3718 5297
E-mail: [email protected]
RELEASE DE 20.06.2005 – FATO RELEVANTE
PERDIGÃO S.A.
CNPJ nº 01.838.723/0001-27
Companhia Aberta
FATO RELEVANTE
Comunicamos aos nossos acionistas e ao mercado que nossa controlada PERDIGÃO
AGROINDUSTRIAL S.A. firmou nesta data um acordo para aquisição de quotas representando
100% do capital das sociedades MARY LOISE INDÚSTRIA DE ALIMENTOS LTDA. E MARY
LOISE INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE RAÇÕES LTDA., ambas com sede na cidade de Nova
Mutum, Estado do Mato Grosso, com objeto de abate de frangos.
O valor do investimento envolvido nesta operação deverá ser de aproximadamente R$ 40 milhões.
Atualmente são abatidos 60 mil frangos/dia, na unidade, que dispõe de capacidade para o abate de
120 mil frangos/dia. Além disso, possui: incubatório, fábrica de rações, granja de matrizes,
armazém de grãos e desativadora de soja.
Tal aquisição beneficiará o atendimento à crescente demanda em relação à exportação de frangos, e
será submetida às aprovações das autoridades competentes, bem como informado ao mercado.
RELEASE DE 12.05.2005 – BOM DESEMPENHO OPERACIONAL REDUZ IMPACTO DO
CÂMBIO NO RESULTADO DA PERDIGÃO
Empresa aumenta investimentos para ampliar capacidade de produção e melhorar logística
A Perdigão fechou o primeiro trimestre de 2005 com uma receita líquida de R$ 1,2 bilhão,
resultado 10,9% superior ao obtido em igual período do ano anterior, registrando um crescimento de
vendas tanto em volumes como em receitas nos mercados interno e externo.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxviii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Com uma gestão eficaz no controle de custos, redução de despesas, melhoria da produtividade e
melhor performance das vendas foi possível atingir um EBITDA de 12,2% da receita líquida, valor
equivalente a R$ 147,3 milhões. A empresa repetiu assim o excelente desempenho operacional
registrado na média dos quatro trimestres de 2004.
Entretanto, a baixa cotação do dólar, reduziu em 10,6% o lucro líquido da companhia em relação ao
mesmo período do ano passado, uma vez que 54,7% da receita líquida obtida foi proveniente de
exportações.
“O câmbio não vai inibir nosso projeto de internacionalização, tão pouco, frear nossa agressividade
comercial. Estamos buscando aumentar preços em todos os mercados com relativo sucesso”,
destaca o vice-presidente da empresa Wang Wei Chang.
As vendas no mercado externo cresceram 15% em volumes e 13,4% em receitas, percentuais
significativos considerando que no primeiro trimestre de 2004 a demanda de carnes no mercado
internacional estava bastante aquecida, em função de problemas sanitários que atingiram grandes
regiões produtivas do mercado.
Ainda com uma lenta recuperação de demanda devido a menor renda disponível do consumidor
brasileiro, o mercado interno cresceu em percentuais menores, 5% em volumes e 9% em receitas.
O lucro bruto foi de R$ 329,2 milhões e, mesmo com um pequeno crescimento no resultado
operacional que atingiu R$ 122 milhões, o lucro líquido ficou em R$ 71,8 milhões ante R$ 80,3
milhões no primeiro trimestre de 2004.
Os investimentos chegaram a R$ 58,9 milhões, montante 326,8% maior que o aplicado no mesmo
trimestre de 2004 e representando 39,3% dos investimentos previstos para este ano. Os recursos
foram direcionados para melhorias e novos projetos, incluindo aumento da capacidade produtiva e
os centros de distribuição de Videira (SC) e Marau (RS).
O novo complexo agroindustrial de Mineiros (GO) entrará na fase de terraplanagem e início das
obras, depois de ter cumprido todas as exigências ambientais. A Perdigão arrendou as instalações
da Prontodelis, em Brasília, e deve iniciar no segundo semestre a fabricação de produtos cozidos à
base de frango, peru e bovino para exportação, possibilitando o incremento, já a partir daquele mês,
das vendas de produtos com maior valor agregado para os segmentos de food service e varejo no
mercado europeu.
DESTAQUES DO TRIMESTRE
R$ milhões
1 trimestre 2005
1o trimestre 2004
1.371,6
1.234,2
713,3
653,9
658,3
580,3
o
Receita Bruta
Mercado Interno
Exportações
21/12/2005 09:52:42
% Variação
11,1
9,1
13,4
Pág:
lxxix
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Receita Líquida
Lucro Bruto
EBIT
Resultado Líquido
EBITDA
Investimentos
1.203,5
329,2
122,0
71,8
147,3
58,9
1.085,4
305,9
121,4
80,3
146,3
13,8
10,9
7,6
0,5
(10,6)
0,7
326,8
MERCADO EXTERNO
As receitas com exportações atingiram R$ 658,3 milhões contra os R$ 580,3 milhões registrados no
ano passado. Esse desempenho poderia ter sido melhor não fosse a apreciação cambial média.
Os produtos elaborados/processados cresceram 21,9% em receitas e 61,6% em volumes. Os
produtos de maior valor agregado já representam 20% do faturamento no mercado externo e as
expectativas da Perdigão são de que esse segmento continue a crescer com melhoria de preços.
O destaque do trimestre ficou por conta do aumento das vendas e da melhoria de preços dos
produtos de carne suína in natura para a Eurásia, Hong Kong e Cingapura. Na Eurásia, as receitas
com aves e suínos aumentaram 80,7% e os volumes 42,2%. Nos outros mercados, destaca-se os
Emirados Árabes Unidos, que elevaram suas compras em 123%. Na África, as receitas subiram
44,7%, com volumes 36% superiores. Europa e Extremo Oriente apresentaram uma elevação de
receitas de 4,8% e 4,6%, respectivamente.
Os preços médios FOB ficaram 9,6% maiores em dólares no trimestre e 1,8% menores em reais.
Esse descompasso ocorreu em função da apreciação cambial de 10% do real em relação ao dólar
médio verificada no período em comparação com o primeiro trimestre de 2004.
MERCADO INTERNO
A receita no mercado interno passou de R$ 653,9 milhões para R$ 713,3 milhões e os volumes
saíram de 126 mil toneladas para 132,2 mil toneladas. Em função do baixo poder de compra da
população, os produtos elaborados processados registraram aumento de apenas 4,7% nos volumes e
13% em receita.
Nos três primeiros meses do ano, a empresa identificou oportunidades para ampliar e aprimorar seu
mix e o da marca Batavo, fazendo lançamentos diferenciados.
A participação da Perdigão no mercado de industrializados de carne no último bimestre atingiu
26,1%, segundo dados Nielsen. No segmento de congelados, o market share ficou em 34,5%,
enquanto em pratos prontos a participação atingiu 36,8% e de pizzas congeladas 30,4%.
GOVERNANÇA CORPORATIVA
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxx
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
A Perdigão, avançando nas práticas de boa Governança Corporativa, aprovou as alterações
estatutárias necessárias à implementação do Comitê de Auditoria, em conformidade com as
exigências da Lei Sarbanes-Oxley, durante Assembléia Geral Ordinária e Extraordinária no final de
abril. O Conselho Fiscal teve suas atribuições estendidas para atender aos preceitos do Comitê de
Auditoria.
RELEASE DE 28.03.2005 –
EXPORTAÇÃO EM BRASÍLIA
PERDIGÃO
VAI
FABRICAR
PRODUTOS
PARA
Com a operação da nova unidade, empresa incrementa seu processo de internacionalização
A Perdigão vai operar, em Brasília, uma unidade destinada exclusivamente à fabricação de
produtos cozidos à base de carne de frango, peru e bovino para exportação. Para tanto, a empresa
acaba de fechar contrato de locação das instalações da Prontodelis Industrial e Comercial de
Alimentos, que implantou seu parque industrial na cidade-satélite de Santa Maria, no DF, há cerca
de dez anos, utilizando tecnologia européia, e o desativou recentemente.
A Perdigão utilizará naquela unidade tecnologia de ponta para cozimento de carnes até então não
empregada em indústrias brasileiras. O sous-vide garante a preservação de todos os nutrientes da
matéria-prima no processo de cozimento, proporcionando produtos com sabor muito mais natural.
A matéria-prima para o processamento virá de outras unidades da Perdigão e de terceiros, no caso
de bovinos, todos habilitados de acordo com as normas técnicas estabelecidas pela União Européia.
A linha incrementará as vendas de produtos para os segmentos de food service e varejo no mercado
europeu.
A unidade tem capacidade de produção de 400 toneladas/mês. O início da produção em escala está
previsto para maio e os testes devem começar em abril. Numa primeira fase, a unidade vai gerar 100
postos de trabalho. A mão-de-obra será contratada na própria região e os novos funcionários
receberão treinamento.
RELEASE DE 21.02.2005 – LUCRO DA PERDIGÃO É RECORDE NA HISTÓRIA DA
EMPRESA COM CRESCIMENTO DE 139,3%
Ações da companhia alcançam valorização de 132% no ano
A Perdigão encerrou 2004 com um lucro líquido recorde em sua história: R$ 295,6 milhões. O
resultado equivale a crescimento de 139,3% em relação ao exercício de 2003 e deve-se
principalmente ao excelente desempenho das exportações. O faturamento bruto da empresa somou
R$ 5,6 bilhões, 27,4% superior ao ano anterior. A receita líquida foi 27,7% superior e atingiu R$
4,9 bilhões.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxxi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
No ano passado, as vendas da empresa no mercado externo cresceram 48,4%, totalizando R$ 2,7
bilhões. Os volumes foram 23,8% superiores frente a 2003, ultrapassando as expectativas da
companhia.
Os outros fatores que influenciaram o desempenho histórico da empresa foram a melhoria do mix
de produtos e de preços e a manutenção de custos no mercado interno. As receitas neste mercado
chegaram a R$ 2,8 bilhões, 12% de crescimento em comparação a 2003. Em volumes, as vendas de
produtos atingiram 532,2 mil toneladas, superando em 6,2% o ano anterior.
O EBITDA gerado no período foi 54,9% superior ao exercício anterior e atingiu R$ 593,8 milhões
com margem de 12,2%. O lucro bruto subiu 32%, totalizando R$ 1,4 bilhão, enquanto o lucro
operacional antes das despesas financeiras somou R$ 498,3 milhões, aumento de 73,4%.
“Neste período, a companhia apresentou uma das taxas mais expressivas de crescimento de sua
trajetória”, diz o vice-presidente financeiro da Perdigão, Wang Wei Chang. “E nossos planos são no
sentido de dar continuidade ao crescimento sustentado que norteou a empresa nesta última década,
incluindo a construção de uma nova unidade industrial. O excelente resultado de 2004 coroa as
comemorações dos 70 anos de atividades da empresa e os dez anos da profissionalização de sua
gestão”, celebra Chang.
Segundo o executivo, em função da boa estratégia adotada e da competência da companhia em
atender seus clientes externos e comercializar seus produtos em mais de 100 países, as exportações
tiveram uma excelente performance, apesar da valorização média de 4,7% do real frente ao dólar no
ano. As vendas externas foram beneficiadas também pelo impulso de demanda alcançado pelos
produtos brasileiros de carne no mercado internacional.
A Perdigão investiu no ano passado 59% a mais do que em 2003, num total de R$ 110,5 milhões.
Os recursos foram direcionados à ampliação da capacidade da unidade de Rio Verde (GO), aumento
da produção em diversas linhas, projetos logísticos e adequação de infra-estrutura. Em função da
boa geração de caixa, a companhia antecipou investimento para a execução de diversos projetos
como a nova fábrica de Mineiros (GO), centros de distribuição de Videira (SC) e Marau (RS).
No mercado acionário, a empresa também fechou o ano com ótimos resultados, superando os
índices das bolsas brasileira e de Nova York. A média de volume financeiro do ano ficou em US$ 2
milhões/dia, possibilitando a entrada das ações preferenciais no IbrX50 da Bovespa, que contempla
os papéis mais líquidos da bolsa. As ações da companhia alcançaram valorização de 132% no ano.
DESTAQUES
Lucro líquido
Lucro bruto
EBITDA
Receita líquida
Receita bruta
21/12/2005 09:52:42
(R$ milhões)
2004
295,6
1.350,9
593,8
4.883,3
5.567,3
2003
123,5
1.022,9
383,3
3.825,2
4.371,0
% Variação
139,3
32,1
54,9
27,7
27,4
Pág:
lxxxii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Mercado interno
Exportações
Lucro p/ação
consolidado (R$)
2.840,1
2.727,2
6,62
2.533,1
1.837,9
2,77
12,1
48,4
139,3
MERCADO EXTERNO
Em 2004, as vendas de produtos de maior valor agregado cresceram 17,6% em volumes e 15% em
receitas, sendo direcionadas para a Europa, parte do Extremo Oriente, Oriente Médio e Eurásia.
O crescimento dos principais mercados em receitas durante o ano que passou foi o seguinte: Europa
- 26,4%; Extremo Oriente – 76,7%; Oriente Médio – 32,8%. Os demais mercados como Eurásia e
África cresceram 73,8% e 99,9%, respectivamente, mesmo com as barreiras e cotas impostas pela
Rússia.
Os derivados de suínos continuaram a demonstrar expressivos crescimentos direcionados para
Eurásia, Hong Kong e Cingapura. As vendas desses produtos aumentaram 42% em volumes e
89,4% em receitas no exercício de 2004.
Os preços médios aumentaram cerca de 20,8% no ano. No segundo semestre, houve um
descompasso entre preço médio e custo médio, o que resultou em pressão das margens, em função
da queda de preços principalmente no mercado japonês e da apreciação do real frente ao dólar. Os
preços médios em dólares ficaram 25% superiores.
MERCADO INTERNO
No mercado interno, o posicionamento da Perdigão foi o de melhorar o portfólio de produtos e
preços e manter custos, priorizando a rentabilidade e o aperfeiçoamento dos canais de distribuição,
com ênfase no mercado institucional e de varejo.
Os preços médios do ano foram 7,5% superiores, beneficiados pelo incremento de preço da carne
suína e pelos produtos de maior valor agregado. O custo médio cresceu 0,6%.
Os produtos elaborados/processados cresceram 7,6% em volumes e 14% em receitas, atingindo R$
2,3 bilhões. Os lançamentos realizados no período contribuíram para este desempenho, destacandose o Chicken Pop Corn, novos sabores de pizzas, folhadinhos, pastéis de forno e embutidos, como
lingüiças e peito de peru defumado.
Durante o ano de 2004, a Perdigão assumiu a liderança no mercado de industrializados de carne,
alcançando 24,7%. O market share em congelados de carne manteve-se em 34,2%, enquanto a
participação do segmento pratos prontos/massas representou um ganho de 3,6 pontos percentuais,
com 38,4% e as pizzas prontas conquistaram market share de 30,6%.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxxiii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
BALANÇO SOCIAL
No ano passado, a companhia gerou 3455 novas oportunidades de empregos, encerrando o exercício
com 31.406 funcionários, número que representa crescimento de 12,4% em relação ao exercício
anterior.
Os benefícios e programas sociais totalizaram R$ 70,9 milhões, 24,7% superior ao ano anterior. Os
investimentos ambientais somaram R$ 6,9 milhões, crescimento de 69,8%.
A Perdigão foi considerada uma das dez empresas modelo em responsabilidade social na edição
2004 do Guia de Boa Cidadania Corporativa da Revista Exame, por sua atuação social que
contempla programas de educação, saúde, inclusão social para dependentes químicos e portadores
de deficiências, de preservação ambiental, de interiorização da cultura e da melhoria de infraestrutura social nas regiões onde atua. Além disso, o incentivo ao voluntariado entre os funcionários
é uma prática da companhia.
Para 2005, a companhia projeta um crescimento de 9% nos volumes de vendas, considerando as
tendências dos mercados interno e externo. Neste exercício, a empresa estima um investimento em
torno de R$ 150 milhões, que serão direcionados para a continuidade do projeto de ampliação da
unidade de Rio Verde; início da construção do complexo de Mineiros, além de projetos de logística,
infra-estrutura e otimização das linhas de produção, a serem desenvolvidos em unidades de Santa
Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná.
RELEASE DE 21.02.2005 – PERDIGÃO IMPLANTA CENTRO DE SERVIÇOS EM ITAJAÍ
Com a nova estrutura, empresa agiliza operações e aumenta ganhos de competitividade
A Perdigão vai ampliar sua presença em Santa Catarina com a instalação do Centro de Serviços
Perdigão (CSP) na cidade de Itajaí. O novo centro é um importante instrumento de modernização de
gestão, que permitirá à empresa racionalizar processos e diminuir custos, levando à velocidade das
operações e a ganhos de competitividade. Os investimentos para a implantação do CSP estão
estimados em R$ 20 milhões.
O projeto desenvolve-se em conjunto com a IBM, consultoria com larga experiência em
implementação de Centros de Serviços Compartilhados, e a previsão é que comece a funcionar em
abril. O CSP concentrará atividades das áreas de Finanças, Controladoria, Relações Humanas,
Tecnologia da Informação, Apoio a Vendas e Suprimentos até então pulverizadas entre diversas
unidades. Serão gerados cerca de 150 novos postos de trabalho na região, além da realocação de
funcionários da empresa de outras localidades.
Esta nova estrutura não implicará redução do nível de atividades produtiva e industrial em
nenhuma das regiões onde a companhia está presente. Pelo contrário, a Perdigão vai dar
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxxiv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
continuidade ao plano de otimização de todas as suas fábricas. O movimento econômico dos
municípios também não será alterado.
Itajaí foi escolhida para sediar o CSP porque foi a cidade que apresentou melhor relação custobenefício entre as diversas analisadas. Um dos fatores favoráveis é a localização estratégica,
inserida numa das mais importantes macrorregiões econômicas de Santa Catarina. Destaca-se
também o setor educacional, que proporciona maior oferta de profissionais qualificados.
A Perdigão atua na cidade há muito tempo, tendo realizado no Porto de Itajaí, em 1975, o
embarque pioneiro de frangos do Brasil para a Arábia Saudita. Também já funciona na cidade uma
estrutura, com 156 funcionários, voltada à exportação e às atividades de logística. Do porto de
Itajaí, são despachadas mais de 80% das exportações da companhia.
Para implantar o CSP, a Perdigão fez uma parceria com um investidor imobiliário local que, após
construir, está locando para a empresa um prédio de características modernas e funcionais para
atender as necessidades do centro, instalado na Rua Jorge Tzachel, 475, no Bairro Fazenda.
RELEASE DE 14.12.2004 - AVANÇOS NA INTERNACIONALIZAÇÃO DA EMPRESA
CONSOLIDAM EXCELENTE DESEMPENHO DAS EXPORTAÇÕES
Pelo segundo ano consecutivo, a Perdigão vai gerar cerca de quatro mil novos postos de trabalho
A estratégia internacional adotada pela Perdigão, aliada à posição que o Brasil vem consolidando
como produtor e exportador mundial de carnes, possibilitou à empresa expressivos crescimentos no
mercado externo no decorrer de 2004. Com a conquista de novos mercados — principalmente na
Eurásia e África — a companhia já soma mais de 100 países onde atende centenas de clientes.
Essa conquista deve-se em parte à intensificação das operações dos escritórios da Perdigão em
Dubai, Inglaterra e Holanda, somada à abertura do escritório de Cingapura e ao trabalho
diferenciado desenvolvido a partir deste ano no mercado japonês, que contribuirão para elevar a
receita das vendas externas em aproximadamente 50% em 2004 em relação ao exercício anterior.
As exportações deverão ultrapassar a casa de R$ 2,7 bilhões, representando 56% do faturamento
líquido da companhia.
Ainda na área de logística, a companhia fortaleceu sua base operacional na cidade portuária de Itajaí
(SC), de onde são embarcadas mais de 80% de suas exportações. Ali, uma equipe de profissionais
atua no sentido de garantir agilidade, diminuir custos e dar maior segurança às informações. Todos
esses esforços redundaram em maior competitividade e alavancaram a presença internacional da
empresa.
O processo de internacionalização da Perdigão foi impulsionado também com a consolidação da
marca Perdix nos mercados europeu e do Oriente Médio, além da criação da marca Fazenda na
Rússia, para a comercialização no varejo de uma linha completa de alimentos prontos. Hoje esses
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxxv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
produtos são distribuídos em mais de 200 pontos-de-venda em Moscou e em outros 50 em São
Petersburgo. A meta é continuar crescendo neste segmento de mercado.
Em 2005, a empresa pretende ampliar suas operações de venda no exterior com a conquista de
novos parceiros comerciais. A Coréia do Sul, a Malásia e a China são mercados promissores para a
importação de carne de aves e as negociações com esses países já se encontram avançadas.
Para atingir a excelência de serviços no atendimento a clientes internacionais e nacionais, a
Perdigão deu a largada, em 2004, para a implantação do Projeto ATP – Atendimento Total
Perdigão. Com o ATP será possível identificar melhor as demandas e expectativas de cada cliente e
reagir rapidamente diante de suas necessidades. Mas os ganhos que o sistema trará vão além, pois
propiciará a redução do prazo de entrega e a diminuição dos volumes dos estoques dos clientes, o
que facilitará a gestão de produtos com prazo de validade, proporcionando economia de custos.
EXPECTATIVAS
Pelo segundo ano consecutivo, a Perdigão irá gerar cerca de quatro mil novos postos de trabalho. A
empresa encerra 2004, como uma das maiores empregadoras do país, com um total aproximado de
31.800 funcionários.
Neste ano, a companhia comemorou seus 70 anos de atividades intensificando o programa de
investimentos destinado a projetos de logística, infra-estrutura e otimização das linhas de produção
em diversas unidades industriais. A empresa também anunciou a construção de um novo complexo
agroindustrial em Goiás, na cidade de Mineiros, direcionado para a produção de perus e chester®, e
que deverá iniciar suas operações no segundo semestre de 2006. O projeto exigirá investimentos de
R$ 510 milhões provenientes de aportes da empresa e de seus parceiros integrados.
O ano que termina marcou ainda os 10 anos de profissionalização da gestão da companhia, desde
que um pool de fundos de pensão assumiu seu controle acionário, possibilitando um
reposicionamento estratégico e abrindo um ciclo de crescimento contínuo, cuja média anual é
superior a 13%.
A Perdigão deverá faturar cerca de R$ 5,5 bilhões em 2004, valor 26% superior ao registrado em
2003, em função do aumento do volume das exportações, ganhos de preços no mercado
internacional e a recuperação do mercado interno, registrada no segundo semestre.
As estimativas da empresa apontam para um crescimento das receitas no mercado interno de
aproximadamente 13% em 2005, influenciado pelo crescimento do nível de emprego e aumento da
massa salarial dos trabalhadores. O presidente, Nildemar Secches considera razoável este percentual
de crescimento: “Não está havendo uma explosão de consumo, mas estes dois fatores acabam
favorecendo as vendas de alimentos”.
Para o próximo ano, mantida a retomada do crescimento do mercado interno e a manutenção do
cenário externo, a empresa espera um crescimento de 9% nos volumes a serem comercializados nos
dois mercados. Na formulação do cenário que norteou a elaboração do seu orçamento, a companhia
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxxvi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
baseou-se numa previsão de 3% do PIB, índice de inflação anual de cerca de 6% (IPCA), discreta
tendência de alta do dólar e queda gradual da taxa de juros.
A Perdigão espera menor pressão dos custos de grãos em 2005, devido à redução nos preços
internacionais de milho e soja provocada pela estimativa de supersafra nos Estados Unidos. Em
contrapartida, há expectativa de ligeiro aumento no preço do suíno, uma vez que os níveis de
produção poderão ficar pouco abaixo aos da demanda.
Os investimentos da companhia deverão saltar dos R$ 90 milhões aplicados em 2004 para perto de
R$ 150 milhões no próximo ano. A Perdigão, que acaba de inaugurar um Centro de Distribuição em
Curitiba, destinará parte desses recursos para a construção de outro megaCD dentro do parque
industrial da unidade de aves em Marau (RS) e a conclusão da ampliação do CD de Videira (SC),
que duplicará sua capacidade. Os demais recursos serão alocados em aumento da capacidade
produtiva e no início da implantação do Projeto Araguaia em Mineiros.
A par de projetos de melhorias e produtividade, a companhia também está investindo na instalação
de um Centro de Serviços Compartilhados (CSP) em Itajaí (SC). O CSP vai concentrar algumas
atividades administrativas das áreas de Relações Humanas, Controladoria, Finanças e Apoio a
Vendas, além de incorporar parte das áreas de Suprimentos e Tecnologia de Informação,
contribuindo para a racionalização de procedimentos e de custos.
DESTAQUE
Em novembro, a Perdigão foi incluída na prévia IBRX-50 da Bovespa, como uma das 50 ações
mais líquidas naquele pregão. Em 2004, as ações da Perdigão acumulam uma rentabilidade de
112% no pregão Bovespa e de 118% no ano na bolsa americana.
RELEASE DE 12.11.2004 - EXPORTAÇÕES CONTINUAM A IMPULSIONAR
DESEMPENHO DA PERDIGÃO
Lucro acumulado no ano cresce 310%
As exportações da Perdigão, no acumulado de 2004, apresentam crescimento de 49,4% em receitas,
totalizando R$ 2,006 bilhões. Esse valor representa cerca de 57% da receita líquida da empresa,
que somou R$ 3,5 bilhões, o que significa um aumento de 28,6% em relação ao exercício anterior.
O desempenho das vendas externas contribuiu para que o lucro líquido acumulado pela companhia
atingisse R$ 211,3 milhões no período de janeiro a setembro, equivalendo a um incremento de
310,6% em comparação ao ano anterior.
No terceiro trimestre, os volumes exportados aumentaram 14,8% e as receitas 31%, ante o mesmo
período do ano passado. O crescimento abaixo do verificado no trimestre anterior decorreu do
enfraquecimento da demanda em alguns mercados, de aumentos de custos de insumos importantes e
da valorização do real em relação ao dólar registrada no período, que provocaram um descompasso
entre preço e custo médio, comprometendo as margens operacionais.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxxvii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
O aumento de quase 15% no volume exportado no terceiro trimestre e a excelente performance
obtida no primeiro semestre projetam o fechamento do ano de 2004 com um crescimento em torno
de 20% nos volumes de carnes exportadas, informa o vice-presidente financeiro da empresa, Wang
Wei Chang.
No mercado interno, os produtos elaborados/processados cresceram 5% em volumes e 11,6% em
receitas entre julho e setembro. No trimestre, o faturamento neste mercado alcançou R$ 677,2
milhões, valor 12% superior se comparado ao apresentado no terceiro trimestre do ano passado.
“Para o quarto trimestre, esperamos um aumento das vendas internas em torno de 5%, em função
das comemorações do Natal e do Ano Novo, quando cresce a demanda por aves especiais e
produtos da linha Boas Festas”, estima Chang. No acumulado, as vendas internas somaram R$ 2
bilhões, com 12,1% de crescimento.
A elevação de custo das principais matérias-primas (carnes industriais) e da mão-de-obra, ocorridas
no trimestre, resultaram na elevação dos custos das vendas em 23%, impactando a geração de caixa
medida pelo EBITDA, que se situou em R$ 113,6 milhões, resultado 4,2% inferior ao mesmo
período do exercício anterior. No acumulado do ano, o EBITDA soma R$ 438,6 milhões, 107%
superior ao do mesmo período do ano anterior.
O lucro bruto no trimestre cresceu 12%, chegando a R$ 310,9 milhões, com margem bruta de
25,6%. Já o lucro líquido foi de R$ 40,3 milhões, 5,4 % superior ao registrado no exercício anterior,
com margem de 3,3% contra 3,8%.
Os investimentos realizados entre julho e setembro totalizaram R$ 26,4 milhões, o que representa
crescimento de 36% em relação ao terceiro trimestre do ano passado. Os recursos foram aplicados
na ampliação da capacidade da unidade de Rio Verde (GO), aumento de abates de perus em
Carambeí (PR), novas linhas de produção, incluindo cortes especiais para o mercado externo, e
adequação de infra-estrutura. No ano, os investimentos chegam a R$ 59,6 milhões, 11,8%
superiores, ou 66,2% do montante aprovado para 2004 em investimentos fixos.
Em agosto, a Perdigão anunciou a construção de uma nova unidade industrial em Mineiros, Goiás,
que será focada no abate e processamento de aves (peru e chester®), projetando investimentos fixos
de R$ 165 milhões entre 2005 e 2007. A capacidade planejada de processamento é de 81 mil
toneladas/ano em dezembro de 2008.
DESTAQUES DO TRIMESTRE
o
Receita Bruta
Mercado Interno
Exportações
Receita Líquida
21/12/2005 09:52:42
3 Trimestre/04
1.378,3
677,2
701,2
1.212,3
R$ milhões
3 Trimestre/03
% Variação
1.138,8
21
604,1
12,1
534,7
31,1
1.010,2
20
o
Pág:
lxxxviii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Lucro Bruto
EBIT
Resultado Líquido
EBITDA
310,9
87,8
40,3
113,6
277,6
94,6
38,2
118,6
12
(7,2)
5,4
(4,2)
MERCADO EXTERNO
No terceiro trimestre, o comportamento nos principais mercados apresentou variações em receitas,
se comparado ao mesmo trimestre no ano anterior. O Oriente Médio registrou um decréscimo de
6,3%, já que os preços sofreram redução em função dos estoques feitos no segundo trimestre e da
queda de consumo provocada pelo verão. No Extremo Oriente houve crescimento de 28,9%, apesar
da queda de volumes e do preço médio em relação ao segundo trimestre. Na Europa, registrou-se
aumento de 21,5%, mesmo com a queda dos preços de produtos processados.
Os produtos derivados de suínos, direcionados para Eurásia, Hong Kong e Cingapura, continuaram
demonstrando expressivos crescimentos. No trimestre, as vendas aumentaram 40,8% em volumes e
93,4% em receitas e, no acumulado, respectivamente 39,3% e 87%.
A influenza aviária continua a atingir a Ásia, dificultando o retorno de seus produtores ao mercado
exportador. Entretanto, confirmaram-se as previsões de queda de preços no terceiro trimestre devido
à demanda estabilizada e à substituição de carne de aves por outras proteínas nos principais países
importadores. Além disso, a valorização de 3,9% do real em relação ao dólar ocorrida no período
em relação ao segundo trimestre, reduziu as receitas de exportações em reais.
Os preços médios subiram cerca de 15% em comparação ao mesmo trimestre de 2003,
demonstrando queda de 7,6% em relação ao segundo trimestre. O custo médio ficou 24,5% superior
ao terceiro trimestre do ano passado. Na média acumulada do ano, os preços ficaram 24,3%
superiores com custos 12% maiores.
MERCADO INTERNO
O aumento das vendas internas de elaborados/processados no acumulado do ano foi de 8,3% em
volumes e 13% em receitas. O crescimento registrado nos produtos de maior valor agregado,
também verificado no terceiro trimestre, deve-se à melhoria do mix, colocada como prioridade pela
Perdigão neste mercado. No entanto, em função do comprometimento da renda disponível da
população, a demanda interna continua voltada para produtos de menor preço.
Os preços médios do trimestre foram 7,4% superiores, beneficiados pelo preço médio obtido no
suíno in natura e pelo incremento de produtos de maior valor agregado. O custo médio cresceu
2,7% no trimestre e ficou 1,9% inferior no acumulado do ano.
A participação da empresa no mercado de pratos prontos apresentou um crescimento de 1,8 ponto
percentual no bimestre de agosto/setembro em relação ao mesmo bimestre do ano anterior,
chegando a 39,6%, de acordo com dados do Instituto Nielsen. O market share no segmento de
21/12/2005 09:52:42
Pág:
lxxxix
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
congelados de carne chegou a 33,9% e no industrializados de carne, a 25%, nos bimestres
agosto/setembro e julho/agosto respectivamente.
MERCADO ACIONÁRIO
No mercado de capitais, a performance obtida pela Perdigão foi acima dos índices Bovespa e do
Dow Jones. No trimestre, as ações tiveram uma valorização de 52,3% e os ADRs de 65,1%. Os
volumes de ações negociados no trimestre cresceram 12,9% e dos ADRs, 206,8%. A média do
volume financeiro ficou em US$ 1,6 milhão/dia.
RELEASE DE 12.11.2004 – PERDIGÃO PREVÊ AUMENTO DAS VENDAS DE
PRODUTOS NATALINOS
A Perdigão estima que as vendas de Chester no varejo deverão ficar 6% acima das registradas no
ano passado. O produto tem sua qualidade aprimorada ano a ano, o que resulta em carne cada vez
mais suculenta, macia e saborosa. O consumidor deverá encontrar o produto a partir de R$ 6,60 o
quilo no ponto-de-venda, dependendo das condições de negociação nas compras de cada varejista.
O valor está cerca de 10% acima do preço praticado no ano passado, em razão da elevação de uma
série de custos que incidem na produção e comercialização da ave.
Com investimento total de R$ 3 milhões em marketing e uma intensa campanha publicitária que
marca a chegada da ave marca Chester nos supermercados por ocasião das festas – período que
concentra 90% de seu volume de vendas –, a empresa dá início às ações promocionais para reforçar
a presença de seus produtos de final de ano. O tema da campanha da ave este ano é “Chester
Perdigão: o segredo para uma ceia inesquecível”. A ação alinha-se ao tema central da campanha
Segredos da marca Perdigão, que teve início em ano passado.
Além do investimento em mídia, o trabalho incluirá forte atuação em médias e grandes lojas, com
cerca de 1.300 promotoras realizando abordagens nos pontos-de-vendas. Uma das peças-chave será
um receituário, no formato de coração, com seis opções para servir o prato preferido pelos
brasileiros para comemorar os grandes momentos. O site oficial — www.chester.com.br — traz
dicas de preparo e receitas inéditas.
LINHAS BOAS FESTAS
O mix de final de ano da Perdigão traz ainda a Linha Boas Festas, que inclui os Perus Congelados
marcas Perdigão e Batavo, produtos indispensáveis nas comemorações festivas. A previsão é que
esses itens tenham seus preços reajustados em cerca de 15% em relação ao ano passado.
O aumento se deve à alta demanda da exportação de carne suína, especialmente para a Rússia, e à
elevação dos custos dos diversos insumos – tanto para o peru quanto para o suíno. A produção de
derivados de suínos neste ano deverá ficar pouco acima do comercializado em 2003.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xc
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
A Linha Boas Festas, uma das mais tradicionais da Perdigão, deverá comercializar cerca de duas
mil toneladas dos produtos Tender Desossado, o “bolinha”, nas versões de 1 quilo e 3 quilos;
Tender Chester (1 quilo); Pernil Temperado Desossado (3,5 quilos) e Lombo Temperado (1,5
quilo). A linha amplia sua família e traz este ano duas novidades ao consumidor: Picanha Suína
Batavo, um corte especial do pernil, congelado e temperado, apresentado em peças entre 900
gramas e 1 kg; e o Peito de Peru Congelado Batavo, corte nobre da ave, já vem temperado e é
apresentado em peças de 2,5 kg, ideal para as famílias menores.
As vendas do Peru Congelado Perdigão e do Peru Batavo também deverão apresentar crescimento
este ano, e para isso a empresa investiu na ampliação e modernização de suas linhas de produção na
unidade de Carambeí (PR). Os produtos têm entre 3 e 6 quilos, já vêm pronto para assar e são de
fácil preparo, bastando apenas o toque pessoal da dona-de-casa. Um termômetro indica quando a
ave está pronta e pode ser retirada do forno. Os produtos possuem também um sistema chamado
“Handi Clamp”, estrutura feita de material não-tóxico e resistente a altas temperaturas, que mantém
as pernas da ave juntas durante o cozimento, facilitando a preparação e contribuindo para que o
prato fique mais bonito e atraente.
No total, a Perdigão deverá comercializar cerca de seis milhões de unidade de aves (entre Chester®
e peru), preservando assim a liderança na venda de aves especiais no final do ano.
OPERAÇÃO FIM DE ANO
Uma operação especial está montada para atender o crescimento nas vendas e garantir o
abastecimento da ave Chester®, da Linha Boas Festas, do Peru Congelado Perdigão e do Peru
Batavo em todas as partes do país no período das festas de final de ano. Além da inauguração do
novo Centro de Distribuição (CD) de Curitiba e da ampliação do CD de Videira (SC), os cross
docking – pontos de transferência da carga das carretas para veículo menores – passaram de 12 para
22. Com isso, a freqüência de atendimento vai ser aumentada, serão pelo menos duas visitas
semanais a cada cliente. A frota usada na distribuição utilizará mais 220 caminhões, de todos os
tamanhos, além dos 600 usados normalmente. Nos CDs, o quadro de pessoal terá um acréscimo de
20%.
RELEASE DE 08.11.2004 – PERDIGÃO INAUGURA CENTRO DE DISTRIBUIÇÃO EM
CURITIBA
Novo CD foi construído por um pool de investidores e começa a funcionar com toda operação de
logística terceirizada
A Perdigão inaugura nesta segunda-feira (8/11), o Centro de Distribuição de Curitiba, que será um
dos maiores e mais modernos da empresa. O CD é resultado de um novo modelo de parceria, em
que a construção das instalações e a logística são terceirizadas, a partir de condições e
especificações estabelecidas pela Perdigão. O principal benefício deste modelo é que a empresa
evita a alocação de recursos para edificações e equipamentos, direcionando seus investimentos para
o foco do negócio, como o aumento de produção e desenvolvimento de novos produtos.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xci
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
O novo CD foi construído pela CRM Logística, um pool de investidores paranaenses, e exigiu
investimentos de R$ 12,5 milhões. A empresa contratada para operar o novo centro é a Fribalog,
sediada no Paraná, que de imediato coloca em funcionamento o primeiro módulo com cinco mil
posições/paletes e capacidade para movimentar 10 mil toneladas/mês de produtos refrigerados e
congelados. Com a utilização de recursos tecnológicos de ponta, será possível reduzir
significativamente o tempo de carga, descarga, separação de pedidos e entrega.
O centro vai consolidar as operações de outros dois CDs da empresa que funcionam no Paraná —
um em Curitiba, que trabalha só com produtos Perdigão, e outro em São José dos Pinhais, que é
voltado para a linha Batavo. A partir de agora, a empresa ganha mais sinergia e agiliza ainda mais o
atendimento a cerca de dez mil clientes do Estado, informa o diretor de Suprimento e Logística,
Wlademir Paravisi. O novo CD terá frota de 70 veículos que, entre carga e descarga, realizará 30
mil entregas por mês.
De acordo com Paravisi, o CD de Curitiba vai operar também interligado com os mega CDs de
Videira (SC), Marau (RS) e Rio Verde (GO). Eventualmente, será utilizado para armazenar
produtos sazonais, de forma a agilizar o abastecimento dos pontos-de-venda em épocas especiais.
Com área construída de seis mil metros quadrados e estacionamento para mais de 100 veículos
(entre carretas e caminhões), o centro ocupa um terreno de 50 mil metros quadrados,
estrategicamente localizado próximo aos portos de Paranaguá e Antonina. O CD fica a cinco
quilômetros do anel viário (contorno Leste), que facilita o acesso a todos os municípios e bairros da
região metropolitana de Curitiba. Por meio do anel viário, é possível acessar as BRs 116, 376 e 277.
TECNOLOGIA DE PONTA
O novo Centro de Distribuição da Perdigão vai gerar 120 empregos diretos e 400 indiretos. Além
do primeiro módulo, que acaba de entrar em atividade, o projeto prevê a médio prazo a construção
de mais dois, que aumentarão a capacidade de movimentação mensal de 10 mil toneladas para 30
mil toneladas.
Construído rigorosamente de acordo com as normas ambientais, o CD conta com os mais avançados
equipamentos e sistemas de controle para gerenciamento de estoque e garantia de rastreabilidade. O
pé direito, de oito metros, permite armazenar maior volume e facilita o manejo. A antecâmara, que
ocupa 1300 metros quadrados de área construída, possui 10 docas para recepção e expedição
providas de rampas niveladoras móveis, que se ajustam à altura dos caminhões e carretas.
O centro utiliza tecnologia de última geração, como os sistemas de refrigeração plug in, que garante
eficiência e dispensa o uso da sala de máquinas, e o drive in dinâmico, que além de agilizar e
facilitar a movimentação, otimiza a ocupação volumétrica das câmaras. Com a implementação do
conceito FIFO (First In, First Out), a primeira mercadoria a entrar é a primeira ao sair, eliminando
o desperdício em função da validade do produto. O CD conta ainda com uma balança rodoviária,
interligada aos sistemas de controle da unidade.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xcii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
PERDIGÃO NO PARANÁ
O Complexo Agroindustrial da Perdigão em Carambeí produziu de janeiro a setembro deste ano
96,2 mil toneladas de alimentos, volume 22% superior ao registrado no mesmo período do ano
anterior. Desse total, foram exportados cerca de 70% — ou perto de 69,5 mil toneladas, o que
equivale a 14,6% das vendas externas totais da empresa em volumes, com destaque para frangos e
perus. Os principais compradores são os países da Europa, Oriente Médio, Extremo Oriente e
Eurásia.
No Paraná, a Perdigão tem hoje 3.455 funcionários e conta com 922 produtores integrados,
proporcionando quase 10 mil empregos indiretos. Nos primeiros nove meses de 2004, a empresa
abateu no Estado 49,4 milhões de cabeças de aves (entre frango e peru) e 209 mil cabeças de suínos.
A Perdigão chegou ao Paraná para atuar industrialmente em 2000, quando adquiriu 51% do capital
da divisão de produtos cárneos da Batávia. Um ano mais tarde, comprou os restantes 49% e
incorporou a empresa, preservando a marca Batavo. Desde a aquisição até hoje, a companhia
investiu mais de R$ 43 milhões no complexo de Carambeí (sem contar o valor da compra). A soma
foi aplicada no aumento da capacidade de produção e ampliação do parque agropecuário.
No período, foram criadas cerca de 1.700 novas vagas de trabalho. Com a marca Batavo, foram
lançados mais de 30 itens no mercado de congelados, entre hambúrgueres, steaks, empanados, pão
de queijo, aperitivos e vegetais. No total, a marca oferece hoje um mix de mais de 100 produtos ao
consumidor.
Para atender a demanda total da companhia, a Perdigão compra anualmente de produtores do
Paraná cerca de 640 mil toneladas de milho e perto de 123 mil toneladas de soja, que são utilizadas
na fabricação de ração para alimentação de seus plantéis de aves e suínos. Para tanto, a empresa
montou, em pontos estratégicos do Estado, filiais de compras de grãos que administram toda a
movimentação desses insumos.
Por meio da unidade de Carambeí, a Perdigão desenvolve e apóia vários programas sociais e de
preservação ao meio ambiente. Entre eles, destaca-se o Projeto Cidadão do Futuro, cujo objetivo é
criar o hábito de leitura entre estudantes, a partir da distribuição gratuita de edições de jornais a
alunos de quartas e sextas séries de várias escolas locais.
A mais recente iniciativa da empresa é o programa Pingo d´Água que, em parceria com o Consórcio
do Rio Tibagi (Copati) e apoio da Prefeitura Municipal, desenvolve um trabalho de conscientização
ambiental junto a todos os alunos da quarta série do ensino fundamental das escolas municipais de
Carambeí. O programa oferece todo o material de apoio e treinamento aos professores.
RELEASE DE 23.08.2004 - PERDIGÃO APLICA R$ 33 MILHÕES EM INFRAESTRUTURA E LOGÍSTICA EM SANTA CATARINA
Estado continua sendo a principal base produtiva da empresa
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xciii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
A Perdigão vai investir R$ 33 milhões em Santa Catarina nos próximos meses. Os recursos serão
aplicados em logística e infra-estrutura para agilizar ainda mais o processo de distribuição de
alimentos e ampliar linhas de produção em diversas unidades industriais, informou hoje (23/08) o
presidente da Perdigão, Nildemar Secches, ao governador Luiz Henrique da Silveira.
Em 70 anos de atuação no Estado, a empresa tornou-se a maior empregadora de Santa Catarina,
com mais de 12,3 mil funcionários, e montou o maior parque industrial da região. Hoje conta
também com mais de três mil produtores integrados e 283 transportadores.
As unidades catarinenses da companhia faturaram no ano passado mais de R$ 2,36 bilhões, 54% do
faturamento total da empresa. No mesmo período, o abate de aves superou a casa de 230 milhões e
o de suínos chegou 1,3 milhão de cabeças.
Entre as unidades de Videira, Salto Veloso, Herval D’Oeste, Capinzal e Lages, foram produzidas,
em 2003, 536.806 mil toneladas de alimentos entre aves e suínos. Deste total, mais de 50% foram
exportados para o Oriente Médio, Extremo Oriente, Europa, Eurásia, entre outros. No primeiro
semestre deste ano, o faturamento com as exportações da empresa a partir de Santa Catarina foi
superior a R$ 626 milhões, representando um crescimento de 53% em relação a igual período de
2003.
INVESTIMENTOS
O complexo agroindustrial de Videira receberá investimentos da ordem de R$ 10 milhões para
aumentar sua capacidade de produção, o que permitirá ampliar em 30% a fabricação de salsicha e
em 40% a de mortadela, além de duplicar a capacidade da linha de patês.
Outra obra programada para Videira é a ampliação do Centro de Armazenagem e Distribuição
(CD), em que serão aplicados R$ 8 milhões para elevar a atual capacidade de 1.500 para 3.400
toneladas. O projeto deverá estar pronto até o final do ano e o CD passará a concentrar todo o
atendimento do Estado. Atualmente, a Perdigão opera também com uma filial em Florianópolis,
cujas operações serão transferidas para Videira.
Quando as obras estiverem concluídas, o CD de Videira atenderá todos os distribuidores do Estado,
clientes de vendas diretas, além de abastecer outros CDs da empresa, uma vez que vai concentrar
grande parte da produção das unidades de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e Paraná. Com o
modelo de CDs construídos junto a unidades industriais e interligados a elas, é possível eliminar
etapas da cadeia logística trazendo maiores ganhos no atendimento ao mercado interno e agilidade
nas exportações.
Ao mesmo tempo, na unidade industrial de Capinzal serão investidos R$ 5 milhões,
destinados à melhoria de infra-estrutura de sua fábrica. A capacidade de produção de cortes
especiais, produtos de maior valor agregado, está sendo ampliada, gerando imediatamente 150
empregos diretos. Já na unidade de Herval D´Oeste, a empresa vai investir para aumentar em 10% a
produção de lingüiças curadas.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xciv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
CENTRO DE SERVIÇOS
Itajaí está se transformando em uma nova base da Perdigão no Estado. É do porto localizado
naquele município que são despachadas cerca de 80% das exportações da empresa para mais de 40
países. No ano passado, foi criada uma estrutura na cidade para garantir agilidade, diminuir custos e
dar maior segurança às informações. Para lá, foram transferidos 80 funcionários dos departamentos
de documentação e logística.
Agora, a Perdigão vai investir R$ 10 milhões para a instalação de um Centro de Serviços
Compartilhados (CSP), que vai concentrar algumas atividades administrativas das áreas de Relações
Humanas, Controladoria, Finanças e Apoio a Vendas. Atualmente, estes serviços estão pulverizados
entre os setores corporativos de Videira e São Paulo, e as cinco diretorias regionais nos Estados de
Santa Catarina, Rio Grande do Sul, Paraná e Goiás. Parte das áreas de Suprimentos e Tecnologia da
Informação também serão incorporadas ao CSP, mas não deixarão de existir em suas atuais
estruturas.
O centro é uma das ferramentas de gestão mais modernas e permitirá à empresa ganhos de
competitividade e velocidade nas operações.
RELEASE DE 19.08.2004 – FATO RELEVANTE
PERDIGÃO S.A.
CNPJ nº 01.838.723/0001-27
Companhia Aberta
FATO RELEVANTE
Em cumprimento ao disposto na Instrução CVM 358, de 03 de janeiro de 2002, e de acordo com
sua política de divulgação de informações a Perdigão comunica que assinou o protocolo de
intenções com o governo de Goiás e a prefeitura de Mineiros para a implantação de um complexo
agroindustrial de abate e processamento de aves (peru e chester®) no Município de Mineiros-GO.
A nova unidade visa atender a necessidade de aumento de produção, considerando as boas
perspectivas do mercado internacional e o reaquecimento do mercado interno, não implicando em
desativação de unidades em operação atualmente.
Principais dados do projeto:
• Investimentos – R$ 240 milhões
. Fixos - R$ 165 milhões, entre 2005 – 2007;
. Capital de Giro – R$ 75 milhões.
• Os produtores Integrados deverão investir R$ 270 milhões para a construção de 200 módulos
de produção;
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xcv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
• Plena Capacidade – 2008
. 140 mil aves/dia (peru/chester®);
. Processamento – 81 mil toneladas/ano;
•
Faturamento Adicional – R$ 550 milhões, quando da maturação do projeto;
•
Geração de Empregos: 2.000 diretos e 6.000 indiretos;
Para obter maiores informações e a íntegra do comunicado, favor acessar www.perdigão.com.br/ri.
RELEASE DE 19.08.2004 - NOVO COMPLEXO AGROINDUSTRIAL DA PERDIGÃO
Empresa assina protocolo de intenções com o governo de Goiás e a Prefeitura de Mineiros
A Perdigão assina hoje, 19 de agosto, protocolo de intenções com o governo de Goiás e a prefeitura
do município Mineiros para a implantação de um complexo agroindustrial destinado ao abate e
processamento de peru e chester®. A unidade será composta de dois abatedouros, um incubatório,
uma fábrica de ração e um Centro de Distribuição (CD). O início das operações do complexo está
previsto para o segundo semestre de 2006, devendo atingir sua plena capacidade no segundo
semestre de 2008.
Os investimentos da Perdigão para implementação do projeto estão estimados inicialmente em R$
240 milhões, entre investimento fixo e capital de giro. A obra será parcialmente financiada com
recursos do Programa de Crédito Especial para Investimentos do Governo de Goiás. Já os
produtores integrados vão investir R$ 270 milhões na construção de 200 módulos de produção.
Eles contarão com recursos do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), através do Banco do
Brasil. Todos os integrados deverão ter certificação ambiental para implantação e operação das
unidades agropecuárias, antes de começar as obras e o alojamento de animais.
A prefeitura de Mineiros disponibilizará terreno para implantação da indústria e está criando todos
os instrumentos necessários para viabilizar seu funcionamento. Para atender as necessidades do
novo complexo, a Perdigão desenvolverá parceria para a construção de uma unidade esmagadora de
soja.
A cerimônia de assinatura do protocolo acontecerá no Palácio Pedro Ludovico, com a presença do
governador Marconi Perillo, da prefeita Laci Machado de Rezende e do presidente da Perdigão,
Nildemar Secches. Segundo o executivo, com a construção da unidade de Mineiros a empresa quer
aumentar sua capacidade de produção, considerando as boas perspectivas do mercado internacional
e o incontestável reaquecimento do mercado interno. Portanto, o novo projeto não implica em
desativação de unidades em operação atualmente.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xcvi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
“O complexo de Carambeí (PR), que continuará produzindo peru, receberá novos investimentos no
decorrer deste ano para aperfeiçoamento de suas linhas de produção. E a unidade de Capinzal (SC)
se especializará cada vez mais na fabricação de produtos de maior valor agregado à base de carnes
de aves, que serão destinados principalmente ao mercado externo”, adianta Secches.
LOCALIZAÇÃO PRIVILEGIADA
Vários fatores levaram a empresa a escolher o município de Mineiros para implantar sua nova
unidade. Entre eles destacam-se a disponibilidade de grãos e de mão-de-obra, clima altamente
favorável e segurança sanitária.
Mineiros localiza-se no sudoeste do Estado, a 430 quilômetros de Goiânia e ocupa 8.896
quilômetros quadrados. Sua população é de cerca de 45 mil habitantes. A renda média local é de R$
810,25. O município é servido por duas rodovias federais e duas estaduais. O complexo será
construído no distrito industrial em uma área de 100 hectares, às margens da rodovia GO 359, que
liga Mineiros ao Parque Nacional das Emas.
MAIS EMPREGOS NO CENTRO-OESTE
A Perdigão, que já é a maior empregadora da região Centro-Oeste, vai gerar mais cerca de dois mil
empregos diretos e seis mil indiretos. A nova unidade terá capacidade de processamento de 81 mil
toneladas/ano, o que projeta acréscimo de faturamento para a empresa da ordem de R$ 550 milhões.
Deverá consumir 210 mil toneladas/ano de milho e 120 mil toneladas/ano de farelo de soja, dando
melhor destinação aos grãos produzidos localmente e que são a principal base econômica do
município.
A Perdigão vai reflorestar cerca de três mil hectares para utilizar como fonte de energia e todo
projeto está sendo desenvolvido de acordo com os mais modernos critérios de gestão ambiental.
De acordo com o protocolo, a Prefeitura de Mineiros se responsabilizará pela manutenção das
estradas vicinais que darão acesso aos módulos de produção. Por outro lado, a empresa está
analisando projetos para reforçar a estrutura social do município, a exemplo do que ocorreu em Rio
Verde.
Para o treinamento de mão-de-obra e o desenvolvimento de gestores dos novos módulos de
produção, a Perdigão disponibilizará agentes multiplicadores e contará com suporte da granjaescola de Rio Verde, que oferece cursos de qualificação. Já está definida também a construção de
200 casas em Mineiros, dentro do Programa Habitacional (Prohab), de forma que o mercado
imobiliário local não seja pressionado diante da perspectiva de aumento da migração atraída por
novas oportunidades de trabalho. Para possibilitar lazer aos funcionários, a empresa implantará a
Sociedade Esportiva e Recreativa Perdigão (SERP). Tanto os terrenos das moradias quanto a área
para implantação da SERP serão cedidos pela prefeitura de Mineiros.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xcvii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
RELEASE DE 17.08.04 - PERDIGÃO VAI INVESTIR R$ 31 MILHÕES NO RIO GRANDE
DO SUL
Investimentos vão proporcionar aumento de produção
A Perdigão investirá cerca de R$ 14 milhões na construção de um Centro de Distribuição (CD),
dentro do parque industrial da unidade de aves de Marau. Trata-se de uma obra estratégica, que
permitirá centralizar toda a operação de distribuição do Rio Grande do Sul em um único CD, e dará
suporte às demandas de outros Estados. O novo CD vai consolidar cargas com produtos produzidos
nas unidades de Marau e Serafina Corrêa, preparar conteineres para exportação e possibilitar que
sejam feitas reservas para vendas diretas.
Hoje, a região é atendida por um CD em Canoas, por alguns armazéns terceirizados, e também por
meio de atendimento direto da fábrica, além de ponto de cross docking (a mercadoria é transferida
de grandes veículos para caminhões menores, de forma que as entregas sejam agilizadas). Com o
novo CD de Marau, a empresa desativará o centro de Canoas e ampliará os pontos de cross docking.
O centro será dotado dos mais avançados recursos tecnológicos, reduzindo significativamente o
tempo de carga, descarga, separação dos pedidos e entrega. Entre estes sistemas destacam-se o
driven in dinâmico, pushing back e porta-paletes, que facilitam e dão mais segurança ao manejo de
cargas.
BUSCA POR GANHO DE ESCALA
Outra novidade em Marau é que, a partir de novembro, a Perdigão vai concentrar sua produção de
salames, copas e presunto cru (tipo italiano) naquele complexo agroindustrial. Dois fatores
determinantes para esta decisão foram: a localização da unidade — próxima à área de geração de
matérias-primas — e a disponibilidade de mão-de-obra especializada. Além disso, o Estado tem
importância estratégica para a empresa.
O objetivo da concentração da produção de curados é especializar a unidade industrial de Marau na
fabricação desses itens e obter ganhos de escala. Para tanto, a empresa deu início à ampliação de sua
unidade de suínos, com a construção de uma área de 3.300 m2, onde serão investidos perto de R$ 3
milhões em equipamentos e edificações.
O complexo de Marau/suínos já conta com toda a estrutura de calor, frio, geração de energia,
tratamento de água e efluentes, capaz de atender a demanda atual e receber a ampliação, sem
necessidade de novos investimentos nessa área, o que torna viável, em termos financeiros, a decisão
da Perdigão.
Com a nova estrutura, será possível aumentar a atual produção anual de salames, copas e presunto
cru em 1.700 toneladas. Num primeiro momento, serão gerados 50 novos postos de trabalho.
Outro investimento representativo que a Empresa vai fazer na região é a construção de um novo
incubatório em Marau, com capacidade de 1 milhão de ovos/semana. Com isso, será possível
21/12/2005 09:52:42
Pág:
xcviii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
desativar um dos atuais incubatórios – construído há 23 anos – que produz apenas 600 mil
ovos/semana. Serão R$ 6,6 milhões de investimentos, gerando alguns novos empregos.
A Perdigão está investindo, ainda, mais R$ 7,6 milhões nas diversas unidades que mantém no
Estado, no aprimoramento e consolidação de sua gestão ambiental e principalmente em projetos de
melhorias e produtividade que refletirão no aumento de produção nas linhas de mortadelas e
salsichas.
RELEASE 05.08.04 - LUCRO DA PERDIGÃO CRESCE 354% NO SEGUNDO
TRIMESTRE
O resultado histórico foi alcançado graças às exportações, que representaram 59,4% da receita
líquida da empresa
A Perdigão fechou o segundo trimestre de 2004 com lucro líquido de R$ 90,7 milhões, o que
equivale a um aumento de 354% em relação ao mesmo período do exercício anterior. Este é o
melhor resultado trimestral da história da companhia. Foi impulsionado principalmente pelas
exportações, que cresceram 69,4% entre abril e junho deste ano em relação ao segundo trimestre de
2003. Segundo o vice-presidente financeiro, Wang Wei Chang, as vendas externas representaram
59,4% da receita líquida, que chegou a R$ 1,2 bilhão no trimestre. O executivo atribui o
crescimento das exportações ao projeto de internacionalização da Perdigão e aos problemas
sanitários que atingiram regiões produtoras, contribuindo para consolidar o Brasil como produtor e
exportador de carne de frango. "A empresa tem fortalecido sua presença no mercado internacional
com o estabelecimento de bases em diversos países e aprimorando o portfólio de produtos, além de
conquistar novos mercados e clientes", detalha ele No trimestre, o EBITDA atingiu R$ 178,7
milhões, crescimento de 211,8% em relação à igual período de 2003, graças à excelente
performance das vendas e da redução de custos e despesas. "A margem de 14,6% foi a segunda
maior já alcançada em um segundo trimestre desde 1995", informa Chang.
A Perdigão vendeu no mercado externo 149,4 mil toneladas de alimentos entre abril e junho, que
representaram um crescimento de 19,9% em volumes em comparação ao segundo trimestre do ano
passado. No mercado interno, os volumes de refrigerados somaram 123,8 mil toneladas, um
aumento de 12,2%.
DESTAQUES DO TRIMESTRE
R$ milhões
Receita Bruta
Mercado Interno
Exportações
Receita Líquida
Lucro Bruto
EBIT
Resultado Líquido
21/12/2005 09:52:42
2o Trimestre/04
1.377,6
653,0
724,5
1.219,7
354,9
153,5
90,7
2o Trimestre/03
994,1
566,3
427,8
875,1
212,0
33,5
20,0
% Variação
38,6
15,3
69,4
39,4
67,4
358,8
354,2
Pág:
xcix
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
EBITDA
178,7
57,3
211,8
SEMESTRE RECORDE
O resultado líquido do semestre também foi recorde e alcançou R$ 171 milhões, valor 1.189%
superior aos seis meses iniciais do ano passado. A receita líquida no período chegou a R$ 2,3
bilhões, 33,6% acima do apurado no primeiro semestre do ano passado. As exportações
representaram 56,5% da receita líquida. Em volumes, as vendas externas cresceram 24,7%.
No acumulado do ano, o EBITDA cresceu 250% em relação aos primeiros seis meses de 2003,
atingindo R$ 325 milhões.
Chang reafirma as expectativas de crescimento em torno de 15% dos volumes de carnes destinados
às vendas externas para o ano. "Entretanto, volumes e preços poderão sofrer acomodação no
segundo semestre, em função da demanda estabilizada", antecipa o executivo. Quanto ao mercado
interno, a empresa espera uma retomada da economia brasileira, que deverá ter sustentação com a
geração de empregos e a melhoria de renda, favorecendo o consumo de alimentos.
DESTAQUES DO SEMESTRE
R$ milhões
Receita Bruta
Mercado Interno
Exportações
Receita Líquida
Lucro Bruto
EBIT
Resultado Líquido
EBITDA
Acumulado/04
2.611,8
1.306,9
1.304,9
2.305,1
660,8
274,9
171,1
325,0
Acumulado/03
1.973,8
1.165,5
808,3
1.725,0
399,7
46,0
13,3
92,8
% Variação
32,3
12,1
61,4
33,6
65,3
497,8
1.188,7
250,3
MERCADO EXTERNO
Em termos de faturamento, os destaques foram os mercados do Extremo Oriente (140%), Oriente
Médio (75%), África (36%), Europa (11%) e também a Eurásia.
No primeiro semestre, impulsionadas também pelo excelente desempenho do primeiro trimestre, as
exportações cresceram 61,4% em receita e 24,6% em volumes de carnes.
Os preços médios subiram cerca de 42% tanto em dólares quanto em reais no trimestre,
beneficiados pela demanda por produtos de carnes brasileiras. No semestre, os preços médios foram
superiores 39% em dólares e 30,1% em reais. Os custos médios ficaram 8,7% maiores no trimestre
e 5,3% no semestre.
MERCADO INTERNO
No segundo trimestre do ano, o volume de carnes cresceu 11,8% no mercado interno, enquanto os
produtos elaborados/processados apresentaram uma elevação de 13,6%. Os outros produtos
21/12/2005 09:52:42
Pág:
c
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
processados, incluindo massas e pizzas entre outros, cresceram 21,4% em volumes e 22,2% em
receita. O crescimento de vendas dos produtos de maior valor agregado deve-se especialmente à
comercialização de itens específicos para este período do ano, de temperaturas mais baixas e que
elevam o consumo de produtos mais quentes.
No semestre, o mercado interno somou R$ 1,3 bilhão de faturamento, valor 12% superior aos seis
primeiros meses de 2003. O crescimento foi proporcionado pelo aumento de 10% no volume de
vendas de produtos elaborados/processados de carnes e pela melhoria do preço médio em relação ao
período anterior. Para assegurar a rentabilidade nesse mercado, a Perdigão implementou ações
específicas nas grandes capitais, que permitiram a introdução de produtos com maior valor
agregado e o incremento de vendas ao mercado institucional e ao varejo.
INVESTIMENTOS
O investimento da empresa no acumulado do ano chega a R$ 33,2 milhões, o que representa 36,9%
do montante aprovado. Esses recursos foram aplicados em ampliação de linha de produção e novos
projetos que permitirão o crescimento da capacidade planejada da companhia na ordem de 10%
para o segmento de carnes.
A área de Planejamento Estratégico da empresa desenvolve atualmente análises de viabilidade do
crescimento da produção seja por meio do aumento da capacidade das atuais fábricas ou até da
implantação de uma nova unidade industrial, visando atender o incremento das exportações e o
reaquecimento do mercado interno. Nos últimos 10 anos, a companhia tem apresentado um
crescimento anual de 13,5% no volume de vendas de carne, atendendo a estratégia de
sustentabilidade dos negócios da empresa, definida por sua administração.
BALANÇO SOCIAL
No primeiro semestre deste ano, a Perdigão gerou 1,7 mil novas oportunidades de emprego,
totalizando 29.667 funcionários até o final de junho. Os novos contratados foram alocados às
unidades industriais, visando a ampliação das linhas de produtos internacionais e o suporte de
atividades do Complexo Agropecuário de Rio Verde (GO).
Em 2004, foram investidos R$ 33,5 milhões em benefícios e programas sociais. Este valor é 30,5%
superior em comparação ao aplicado nesta área nos primeiros seis meses do ano passado. Os
investimentos ambientais no semestre chegaram a R$ 3,6 milhões, o que equivale a uma elevação
de 77,8% em relação ao mesmo período de 2003.
RELEASE DE 12.05.04 - IMPULSIONADA PELAS EXPORTAÇÕES, PERDIGÃO
FECHA
TRIMESTRE
COM
RESULTADOS
RECORDES
A melhoria do mix comercializado no mercado interno e o rigoroso controle de
custos e despesas também contribuíram para o excelente desempenho da empresa.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
ci
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
A Perdigão fechou o primeiro trimestre de 2004 com lucro líquido de R$ 80,3 milhões, gerando
EBITDA de R$ 146,3 milhões. As exportações cresceram 52,5% em receitas, enquanto a receita
líquida apresentou alta de 27,7%, superando a casa de R$ 1 bilhão. Em volumes, as vendas de
carnes aumentaram em 16,2% e de produtos de maior valor agregado, em 7,2% ante ao mesmo
período de 2003.
O excelente desempenho do trimestre pode ser atribuído a vários fatores, segundo o vice-presidente
financeiro da empresa, Wang Wei Chang. Um deles foi o impulso da demanda no mercado
internacional devido a problemas sanitários, que atingiu grandes regiões produtoras do mundo. Em
conseqüência, houve uma alavancagem de preços e volumes. As vendas externas representaram
53,5% da receita líquida da companhia e os volumes de carnes exportados foram 30,4% superiores
aos registrados no primeiro trimestre do ano passado.
O crescimento das vendas de produtos de maior valor agregado incrementou as receitas da empresa
em 15,3%, sendo outro fator destacado por Chang. Ao mesmo tempo, a decisão da companhia em
manter a estratégia de priorizar no mercado interno uma melhor rentabilidade de seu mix de
produtos, através do controle de preços e custos, também contribuiu positivamente para o resultado
do balanço. O faturamento neste mercado foi 9% superior ao mesmo trimestre do exercício anterior.
No primeiro trimestre deste ano, a Perdigão alcançou um lucro bruto de R$ 305,9 milhões, 63%
superior ao apurado em igual período do ano passado. O EBITDA obteve aumento de 312,3%,
impulsionado pela margem bruta e pela redução de 3,6 pontos percentuais nas despesas
operacionais.
O resultado operacional cresceu 869% no período e alcançou R$ 121,4 milhões, graças ao
crescimento das receitas e dos volumes comercializados, melhoria de mix e redução de custos de
algumas matérias-primas e de despesas comerciais. O endividamento contábil líquido consolidado
totalizou R$ 561,8 milhões em março, valor 42,8 % menor ao registrado em março do ano passado.
Nos três primeiros meses deste ano, foram investidos R$ 13,8 milhões, valor 9% inferior ao
aplicado no mesmo período do ano passado, uma vez que os projetos da empresa já estão ajustados
às necessidades atuais.
DESTAQUES
(R$ milhões)
1º TRIMESTRE 04
1º TRIMESTRE 03
% Variação
Receita Bruta
1.234,2
979,7
26,0
Mercado Interno
653,9
599,2
9,1
Exportações
Receita líquida
Lucro Bruto
EBIT
Resultado Líquido
EBITDA
21/12/2005 09:52:42
580,3
380,6
52,5
1.085,4
305,9
121,4
80,3
146,3
849,9
187,7
12,5
(6,7)
35,5
27,7
63,0
868,9
1.297,9
312,3
Pág:
cii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
MERCADO EXTERNO
A Perdigão exportou nos primeiros três meses do ano 135,9 mil toneladas de carnes, alta de 30,4%
em relação a igual período de 2003. As vendas externas representaram 53,5% da receita líquida da
companhia. A empresa tem fortalecido sua presença no mercado internacional com o
estabelecimento de bases em vários países e o aprimoramento do portfólio de produtos, além de
conquistar novos mercados e clientes.
No primeiro trimestre deste ano, entretanto, as exportações foram particularmente beneficiadas pela
influenza aviária — a gripe do frango, já que os países importadores baniram de forma total ou
parcial os produtos oriundos de regiões atingidas pela doença. Desta forma, o frango brasileiro
ganhou maior destaque, o que impulsionou volumes de vendas e preços, especialmente para o
mercado japonês.
No período, as melhores performances ficaram com o Extremo Oriente, que apresentou crescimento
de 142% em receitas e 72% em volumes, e o Oriente Médio, onde as vendas aumentaram 59% em
receitas e 71% em volumes. Na Europa, o faturamento cresceu 29% e os volumes foram 18%
superiores, embora os países europeus não tenham determinado o banimento de produtos
processados na Tailândia.
A Eurásia demonstrou quedas em receitas (4,7%) e em volumes (37%), devido à limitação das cotas
fixadas pelas autoridades russas. Em outros mercados, o destaque fica com os países africanos, que
aumentam gradativamente a demanda pelos produtos brasileiros.
MERCADO INTERNO
O mercado interno somou R$ 653,9 milhões de faturamento entre os meses de janeiro a março,
valor 9% superior ao verificado no primeiro trimestre do ano anterior. O resultado foi beneficiado
pelo volume de vendas de produtos elaborados/processados de carnes e pela melhoria do preço
médio ante ao período anterior.
A empresa também continuou na busca de rentabilidade por meio do incremento de vendas ao
mercado institucional e ao varejo. Em comparação ao mesmo período do ano anterior, os preços no
trimestre foram 9,9% superiores, em função de melhorias no mix e do repasse parcial do aumento
dos custos verificado nos últimos doze meses do ano. A participação da Perdigão no mercado de
industrializados de carne no bimestre janeiro/fevereiro de 2004 atingiu 24,5%, segundo dados
Nielsen. O market share no segmento de congelados, no bimestre fevereiro/março, chegou a 34,7%.
MERCADO ACIONÁRIO
No mercado de capitais, a performance obtida pela Perdigão foi acima dos índices Bovespa, de
Governança Corporativa e Dow Jones, que se mantiveram estáveis no primeiro trimestre, em
relação ao fechamento de 31 de dezembro de 2003. As ações da companhia apresentaram um
crescimento de 24,3%, em comparação a dezembro, e de 187%, em confronto a 31 de março de
2003. O volume de ações negociado no trimestre foi 180% superior ao mesmo período do ano
21/12/2005 09:52:42
Pág:
ciii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
anterior.
Os ADRs também registraram significativo desempenho, crescendo 22,5% sobre 31 de dezembro
do ano passado, e de 243%, quando comparados ao primeiro trimestre de 2003. O volume
negociado foi 271% superior.
BALANÇO SOCIAL
No final de março, a empresa tinha 28.962 funcionários, número que equivale a um crescimento de
15% em relação a 2003. No primeiro trimestre deste ano, foram gerados mil novos postos. As
contratações aconteceram para atender ao aumento de demanda no mercado externo e às operações
do Complexo Agroindustrial de Rio Verde (GO).
Nos primeiros três meses deste ano, já foram investidos R$ 16,2 milhões em benefícios e programas
sociais, quantia esta que supera em 29,6% os investimentos feitos no primeiro trimestre de 2003. Os
investimentos ambientais cresceram 48,9%, chegando a R$ 1,7 milhão.
RELEASE DE 05.05.04 – PERDIGÃO É A MAIOR EMPREGADORA DO CENTRO
OESTE
A Perdigão, uma das maiores empregadoras do país com 28,9 mil funcionários, é também a
empresa que mais emprega no Centro-Oeste. No Complexo Agroindustrial de Rio Verde (GO)
trabalham hoje 5 mil pessoas, número que já superou em 43% as estimativas iniciais da companhia.
Até o momento, a planta gerou 14 mil empregos indiretos.
A unidade começa agora uma nova etapa de expansão. Com apoio do Programa Crédito Especial
para Investimento do Governo de Goiás, a empresa vai investir R$ 80 milhões, entre 2004 e 2006,
visando aumentar a capacidade de abate de aves e de suínos e a produção de processados. Para o
mesmo período, estão previstos investimentos de mais R$ 60 milhões em agropecuária por parte
dos produtores integrados. Com isso, a companhia deverá gerar mais 700 novos empregos diretos e
cerca de dois mil indiretos.
O complexo gera produção anual de 250 mil toneladas de produtos, que abastecem várias regiões
brasileiras e são embarcados para cerca de 20 países. A chegada da Perdigão a Rio Verde mudou o
destino da região e possibilitou a formação do melhor modelo de agricluster nacional. O projeto
atraiu para a cidade uma cadeia de produtores integrados, além de dezenas de indústrias que atuam
em segmentos complementares às atividades da empresa.
No maior parque agroindustrial da América Latina a Perdigão – com apoio financeiro do BNDES,
do Banco do Brasil, incentivos do Programa Fomentar, do governo do Estado de Goiás –, já
investiu R$ 412 milhões, enquanto os produtores rurais e os transportadores integrados, com
suporte do Fundo Constitucional do Centro-Oeste (FCO), já aplicaram mais de R$ 200 milhões em
infra-estrutura agropecuária e de transportes. A previsão de faturamento é calculada em torno de R$
1 bilhão anual e deve gerar cerca de R$ 150 milhões/ano de impostos entre estaduais e federais. A
21/12/2005 09:52:42
Pág:
civ
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
planta estende-se por 2 milhões de m2, sendo que 1,672 milhão de m2 são ocupados por 247
produtores integrados.
Funcionam no complexo dois frigoríficos, fábrica de rações, incubatório, uma unidade para
industrialização de alimentos, uma unidade de massas e um importante centro de distribuição. O
projeto industrial, elaborado pela empresa alemã Falkenstein-Archittekten + Ingenieure, foi
estruturado a partir da mais avançada tecnologia. As obras começaram em 97 e a planta começou a
funcionar a plena carga em 2003.
CAPACITAÇÃO E BENEFÍCIOS
A capacitação profissional tem sido uma das maiores preocupações da empresa, que
desencadeou na região uma nova cultura de trabalho por meio de cursos e treinamentos
desenvolvidos internamente ou em parceria com instituições educacionais. Atualmente, o índice de
produtividade local é igual ou superior ao da região Sul do Brasil.
A primeira medida adotada pela Perdigão para capacitar sua mão-de-obra foi a formação de
agentes multiplicadores. Funcionários recrutados na região foram treinados em unidades industriais
do Sul para conhecer a função na prática. Da primeira fase do projeto à sua implantação, foram
investidos R$1,5 milhão em 487 mil horas de treinamento.
Neste mês de maio, entra em funcionamento a granja-escola que vai oferecer cursos de
qualificação para funcionários e integrados, além de profissionais da comunidade, alunos da
universidade local e do colégio agrícola de Rio Verde. O projeto, idealizado pela Perdigão, foi
desenvolvido em parceria com a Fundação de Ensino Superior de Rio Verde e com apoio da Finep
– Financiadora de Estudos e Projetos do Ministério de Ciência e Tecnologia.
Por meio do Programa Habitacional Perdigão (PROHAB), a companhia já investiu R$ 5,2
milhões, beneficiando 174 famílias de funcionários na região. A empresa também construiu a
Sociedade Esportiva e Recreativa (SERP), área de lazer e esportes com mais de 100 m2, para
promover a integração dos funcionários.
PROJETOS SOCIAIS E MEIO AMBIENTE
Ao se instalar em Rio Verde, a empresa detectou uma grande carência na infra-estrutura
social. A parceria com o BNDES possibilitou a implantação de amplo programa social, que se
desdobra em várias frentes. Uma das etapas é o Atende, conjunto de nove postos de saúde
integrados a postos de segurança, instalados em pontos estratégicos da cidade. Diariamente, são
realizados cerca de 900 atendimentos médicos e odontológicos, e os índices de criminalidade
sofreram redução. A Perdigão também construiu o Posto Avançado do Corpo de Bombeiros e doou
viatura de resgate.
Entre as principais iniciativas voltadas à preservação do Meio Ambiente, estão uma estação
de tratamento de efluentes e o plantio de 3,7 milhões de plantas de eucalipto, numa área total de
1.804 hectares. Outra medida incentivada pela companhia foi o aproveitamento de resíduos sólidos
21/12/2005 09:52:42
Pág:
cv
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
para fertilização e recuperação de solos agrícolas. Com adoção de moderna tecnologia, os dejetos
não entram em contato com o lençol freático. O material resultante do processo possibilita ao
produtos substituir adubo químico por adubo orgânico.
RELEASE DE 02.04.04 - PERDIGÃO INVESTE R$ 170 MILHÕES EM EXPANSÃO DO
COMPLEXO AGROINDUSTRIAL DE RIO VERDE
Objetivo é aumentar capacidade de abate de aves e suínos e ampliar as linhas de produção
A Perdigão dá início este mês à expansão do Complexo Agropecuário de Rio Verde (GO) com o
objetivo de aumentar a capacidade de abate de aves e suínos e a produção de produtos processados.
O investimento previsto para a implementação do projeto é de R$ 170 milhões, incluindo capital de
giro, de 2004 a 2006. Com isso, a empresa deverá gerar 700 novos empregos diretos e cerca de dois
mil indiretos.
O anúncio foi feito esta semana pelo presidente da Perdigão, Nildemar Secches, durante visita ao
governador de Goiás, Marconi Perillo. Segundo Secches, até o mês de dezembro o abate de aves
passará de 280 mil cabeças/dia para 330 mil, enquanto os suínos sairão de 3500 cabeças/dia para 4
mil. Nesta fase, a expansão do sistema de integração agropecuária será proporcional ao crescimento
dos abates – 18% em aves e 15% em suínos.
O presidente destacou que o impacto do projeto de expansão na área de industrializados será
gradual. Para etapas posteriores, estão programadas a ampliação e a instalação de novas linhas de
produção envolvendo lingüiças, salsichas, presuntos e empanados.
O Complexo Agropecuário da Perdigão em Rio Verde, o maior do gênero na América Latina,
emprega hoje cerca de 5 mil funcionários e gera uma produção anual de 250 mil toneladas de
produtos. Com apoio financeiro do BNDES e do Banco do Brasil, a empresa já investiu R$ 412
milhões na unidade, cuja previsão de faturamento é calculada em torno de R$ 1 bilhão anual.
Posição acionária da Perdigão S.A. em 29.04.05
Acionistas
Controladores
Administradores:
Conselho Administ. (*)
Diretoria
Conselho Fiscal
Ações em Tesouraria
Outros Acionistas
21/12/2005 09:52:42
Ações
Ordinárias
%
Ações
Preferenciais
%
12.326.657
79,67
9.666.485
33,13
21.993.142
49,25
1.568.431
7.900
1.568.969
10,14
0,05
10,14
1.825.312
2
12
135.595
17.553.021
6,26
0,46
60,15
3.393.743
2
12
143.495
19.121.990
7,60
0,32
42,83
Total
Pág:
%
cvi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
15.471.957 100,00
Ações em circulação
no mercado
3.137.400
20,28
29.180.427 100,00
44.652.384
100,00
19.378.347
22.515.747
50,42
66,41
(*) Incluindo a Weg S.A. e a Eggon João da Silva Administradora Ltda.
Posição acionária da Perdigão S.A. em 06.04.04
Acionistas
Controladores
Administradores:
Conselho Administ. (*)
Diretoria
Conselho Fiscal
Ações em Tesouraria
Outros Acionistas
Ações
Ordinárias
Ações
% Preferenciais
Total
%
12.326.661
79,67
9.695.085
33,23
22.021.746
49,32
1.568.431
7.900
1.568.965
10,14
0,05
10,14
1.807.312
2
12
135.595
17.542.421
6,19
0,46
60,12
3.375.743
2
12
143.495
19.111.386
7,56
0,32
42,80
29.180.427 100,00
44.652.384
100,00
19.349.747
22.487.143
50,36
15.471.957 100,00
Ações em circulação
no mercado
%
3.137.396
20,28
66,31
(*) Incluindo a Weg S.A. e a Eggon João da Silva Administradora Ltda.
A posição acionária dos acionistas controladores que fazem parte do acordo de
acionistas e/ou detentores de mais de 5% do capital votante em 29.04.05, é como segue:
Ações
Ordinárias
PREVI – Caixa Prev. Func. Bco Brasil
Fund. Telebrás Seg. Social – SISTEL
PETROS – Fund. Petrobrás Seg. Soc.
21/12/2005 09:52:42
2.865.315
2.766.914
2.255.561
Ações
% Preferenciais
18,52
17,88
14,58
%
3.972.428
134.689
3.212.161
Pág:
13,62
0,46
11,01
cvii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
FAPES (Fund. Assist. Prev. Soc.)-BNDES
Weg S.A. (*)
Real Grandeza Fundação de A.P.A.S.
Bradesco Vida e Previdência S.A. (*)
VALIA – Fund. Vale do Rio Doce
Previ – Banerj
Outros
2.040.984
1.566.862
1.579.469
1.156.411
303.609
514.805
13,19
10,13
10,21
7,47
1,96
3,33
651.361
1.768.172
1.544.786
151.060
2,23
6,06
5,29
0,52
15.049.930
422.027
97,27
2,73
11.434.657
17.745.770
39,19
60,81
15.471.957
100,00
29.180.427
100,00
(*) Acionistas que não fazem parte do acordo.
Participação dos detentores de mais de 5% das ações até o nível de pessoa física:
Weg S.A. (mil ações)
Weg Participações e Serviços S.A. (a)
Outros
Ações
Ordinárias
%
Ações
Preferenciais
%
279.215
8.785
96,95
3,05
31.791
298.164
9,63
90,37
288.000
100,00
329.955 100,00
Weg Participações e Serviços S.A. (a) (mil ações)
Tânia Marisa da Silva
Décio da Silva
Solange da Silva Janssen
Katia da Silva Bartsch
Marcia da Silva Petry
Miriam Voigt Schwartz
Valsi Voigt
Cladis Voigt Trejes
Diether Werninghaus
Martin Werninghaus
Heide Behnke
21/12/2005 09:52:42
Ações
Ordinárias
6.107
6.107
6.107
6.107
6.107
10.177
10.177
10.177
7.684
7.684
7.684
%
6,58
6,58
6,58
6,58
6,58
10,96
10,96
10,96
8,28
8,28
8,28
Ações
Preferenciais
%
-
Pág:
cviii
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
Outros
8.728
9,38
-
-
92.846
100,00
-
-
Bradesco Vida e Previdência S.A.
Bradesco Seguros S.A. (b)
Ações
Ordinárias
145.773
%
100,00
145.773
100,00
Ações
Ordinárias
%
625.330
3.541
99,44
0,56
-
-
628.871
100,00
-
-
Ações
Preferenciais
-
%
-
-
-
Bradesco Seguros S.A. (b)
Banco Bradesco S.A. (c)
Outros
Ações
Preferenciais
%
Banco Bradesco S.A. (c)
Cidade de Deus Cia Comercial de
Participações (d)
Fundação Bradesco
Banco Bilbao Vizcaya Argentaria S.A.*
Banco Espírito Santo S.A.
Outros
21/12/2005 09:52:42
Ações
Ordinárias
118.517.427
33.981.581
12.366.285
16.377.413
65.900.480
%
Ações
Preferenciais
%
47,96
13,75
5,00
6,63
26,66
529.371
11.076.169
12.248.536
278.321
220.657.542
0,22
4,53
5,00
0,11
90,14
Pág:
cix
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
247.143.186
100,00
244.789.939
100,00
Ações
Preferenciais
%
*Situado no exterior
Cidade de Deus Cia Comercial de Participações (d)
Nova Cidade de Deus
Participações S.A. (e)
Fundação Bradesco
Lia Maria Aguiar
Lina Maria Aguiar
Outros
Ações
Ordinárias
%
2.333.056.605
1.724.997.712
417.744.408
442.193.236
332.631.968
44,43
32,85
7,96
8,42
6,34
-
-
5.250.623.929
100,00
-
-
Nova Cidade de Deus Participações S.A. (e)
Fundação Bradesco
Elo Participações S.A. (f)
Caixa Beneficente dos Funcionários do
Bradesco
Ações
Ordinárias
%
Ações
Preferenciais
%
91.340.406
105.932.096
46,30
53,70
209.037.114
-
98,35
-
3.511.005
1,65
-
-
197.272.502
100,00
212.548.119
100,00
Ações
Ordinárias
%
Ações
Preferenciais
%
6.769.981
113.556.200
5,62
94,38
63.696.077
100,00
Elo Participações S.A. (f)
Lázaro de Mello Brandão
Outros
21/12/2005 09:52:42
Pág:
cx
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.03 - OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
120.326.181
100,00
63.696.077
100,00
Posição acionária dos acionistas controladores, administradores e membros do
conselho fiscal em 29.04.05.
a) Controladores
b) Administradores e Conselho Fiscal (*)
Ações
Ordinárias
%
Ações
Preferenciais
%
12.326.661
1.568.431
79,67
10,14
9.666.485
1.825.326
33,13
6,26
Ações
Ordinárias
%
Ações
Preferenciais
%
162
0,00
39.140
0,13
1.568.269
-
10,14
-
1.786.172
2
12
6,12
0,00
0,00
b.1) Administradores e Conselho Fiscal
Conselheiros de Administração –
Participação direta
Conselheiros de Administração –
Participação indireta (*)
Diretores
Conselho Fiscal
(*) Participações indiretas de administradores através das Empresas Weg S.A. e Eggon João da
Silva Administradora Ltda. –10,14% das ações ordinárias e 6,12% das ações preferenciais.
Ações em circulação
Em 29.04.05, havia em circulação 22.515.747 ações, 50,42% do total das ações emitidas, sendo
3.137.400 ordinárias e 19.378.347 preferenciais, representando 20,28% e 66,41% respectivamente.
As declarações contidas neste relatório relativas à perspectiva dos negócios da Empresa, às projeções e
resultado e ao potencial de crescimento da Empresa constituem-se em meras previsões e foram baseadas nas
expectativas da administração em relação ao futuro da Empresa. Estas expectativas são altamente
dependentes de mudanças no mercado, do desempenho econômico geral do país e do setor e dos mercados
internacionais, estando sujeitas a mudanças.
21/12/2005 09:52:42
Pág:
cxi
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.05 - PROJETOS DE INVESTIMENTO
1- COMPLEXO AGROINDUSTRIAL EM MINEIROS-GO
Investimentos – R$ 240 milhões
. Fixos - R$ 165 milhões, entre 2005 – 2007;
. Capital de Giro – R$ 75 milhões.
Plena Capacidade – 2008
. 140 mil aves/dia (peru/Chester®);
. Processamento – 81 mil toneladas/ano;
Faturamento Adicional – R$ 550 milhões, quando da maturação do projeto;
Geração de Empregos: 2.000 diretos e 6.000 indiretos;
2- AMPLIAÇAO DO COMPLEXO DE RIO VERDE-GO E OUTROS PROJETOS
A Empresa anunciou em 02.04.2004 uma expansão do Complexo Agroindustrial de Rio
Verde-GO, no valor estimado de R$ 170 milhões, a serem realizados entre 2004 e 2006.
Este montante inclui investimentos da empresa em ativos fixos e capital de giro, além dos
investimentos dos integrados.
Com esta ampliação, o abate de aves, na unidade, passará de 280 mil cabeças/dia para 330
mil cabeças/dia e o de suínos 3.500 cabeças/dia para 4.000 cabeças/dia.
Além disso, a Empresa anunciou outros investimentos que visam a otimização de linhas de
produção, projetos de logística e a instalação de um centro de serviços compartilhados em
Itajaí-SC. (Ver Releases: item 14.03).
Recursos: A Empresa apresentou ao BNDES os projetos de ampliação de capacidade e do
novo Complexo Agroindustrial de Mineiros-GO para a obtenção de financiamento, que
deverá aprovar em torno de 60% das necessidades. O restante dos recursos será de geração
própria.
3- AQUISIÇÃO MARY LOIZE
Visando o atendimento à crescente demanda em relação à exportação de frangos, a
Companhia firmou acordo em 20.06.05 para aquisição de quotas representando 100% do
capital das sociedades MARY LOIZE INDÚSTRIA DE ALIMENTOS LTDA. E MARY
LOIZE INDÚSTRIA E COMÉRCIO DE RAÇÕES LTDA., ambas com sede na cidade de
Nova Mutum, Estado do Mato Grosso, com objeto de abate de frangos. O valor da
aquisição, incluindo o aporte de capital necessário, deverá ser de aproximadamente R$ 40
milhões. Atualmente são abatidos 60 mil frangos/dia, na unidade que dispõem de
capacidade para o abate diário de 120 mil frangos. Além disso, possui: incubatório, fábrica
de rações, granja de matrizes e desativadora de soja.
21/12/2005 09:52:47
Pág:
112
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.05 - PROJETOS DE INVESTIMENTO
4- NOVO SEGMENTO – CARNES BOVINAS
•
•
•
Entrada no mercado de carnes bovinas com foco voltado principalmente para a
exportação;
Terceirização dos serviços industriais com a empresa Arantes Alimentos Ltda.,
através da planta localizada em Cachoeira Alta – GO;
Produção e faturamento previsto para 2006 – 60 mil toneladas totais de produtos de
bovinos e incremento de faturamento em cerca de R$ 270 milhões.
5- AMPLIAÇÃO DAS OPERAÇÕES EM GOIÁS COM AQUISIÇÕES EM JATAÍ
Negócio envolve acordo de prestação de serviços com a Gale Agroindustrial para abate de
aves e fornecimento de ração
A Perdigão assinou hoje (01/12), em Jataí (GO), contrato para a aquisição de parte dos
ativos do grupo empresarial Victor Priori. A empresa vai incorporar o Incubatório Paraíso
Ltda. e a granja de matrizes, ambos localizados no município, além de assumir os contratos
com 71 produtores integrados estabelecidos na região. Ao mesmo tempo, foi firmado
acordo de prestação de serviços com a Gale Agroindustrial S.A., que fará o abate e a
industrialização de aves para a Perdigão.
A Gale abate hoje 70 mil aves/dia e, a partir da parceria com a Perdigão, o abatedouro
deverá ampliar este abate para 90 mil aves/dia a curto prazo. O acordo terá duração de até
dois anos e a Perdigão tem opção para a compra do abatedouro. Neste período, a Perdigão
vai definir e priorizar outros investimentos que serão feitos em Jataí, visando a expansão da
capacidade de produção de aves e a sustentabilidade do projeto. Na fase inicial, a fábrica de
ração da Gale, também instalada no município, continuará fornecendo o produto para os
integrados ao projeto, que administram 138 aviários. A Perdigão supervisionará a qualidade
das operações para garantir a manutenção dos padrões de produção adotados pela
companhia.
Vários fatores levaram a Perdigão a investir em Jataí. Um deles é a sinergia logística em
função da proximidade com sua maior unidade, instalada em Rio Verde, cujo Centro de
Distribuição será utilizado para consolidar as cargas para exportação fornecidas pela Gale.
A possibilidade de garantir o controle sanitário dos plantéis no Sudoeste goiano é outro
ponto importante, uma vez que serão estendidos a Jataí os padrões de sanidade adotados
pela empresa em Rio Verde e que vão ser repetidos em Mineiros, onde ficará o novo
complexo da companhia. Além disso, foram considerados a disponibilidade de grãos na
região e o grande interesse de proprietários rurais da área em se integrarem ao sistema de
produção da empresa.
21/12/2005 09:52:47
Pág:
113
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.05 - PROJETOS DE INVESTIMENTO
PROGRAMA DE INVESTIMENTOS
As aquisições feitas agora pela Perdigão somam aproximadamente R$ 30 milhões e fazem
parte de um programa de investimentos da empresa e de seus parceiros previsto para Jataí,
que totalizará R$ 400 milhões até 2012, segundo protocolos de intenções assinados com o
Governo do Estado e a Prefeitura Municipal. Desses recursos, R$ 210 milhões deverão ser
direcionados ao desenvolvimento de novos parceiros integrados, de forma que possam
sustentar o aumento de capacidade de abates para 280 mil aves/dia a médio prazo.
O restante dos recursos será aplicado em novos projetos que a Perdigão vai desenvolver no
município, como a construção de outro incubatório, de uma fábrica de ração, outra granja
de matrizes e um novo abatedouro. Esse complexo vai gerar 1500 empregos diretos quando
estiver concluído.
O projeto da Perdigão tem apoio do Governo do Estado e, de acordo com os protocolos
assinados com a empresa, a prefeitura de Jataí disponibilizará áreas para a viabilizar a
implantação dos novos projetos, inclusive para programa habitacional e construção da
Sociedade Esportiva e Recreativa Perdigão — SERP.
Com a chegada a Jataí, a Perdigão amplia sua presença em Goiás. A empresa já opera o
maior complexo agroindustrial da América Latina em Rio Verde e está construindo um
novo parque industrial em Mineiros. Além disso, mantém contrato de prestação de serviços
industriais com a Arantes Alimentos Ltda., localizada em Cachoeira Alta, que produz
cortes de bovinos com as marcas Perdix e Nabrasa, para a Perdigão, destinados aos
mercados interno e externo.
6- INVESTIMENTOS (R$ milhões)
Proj. Otimização
Novos Projetos
Compl. Agroind.
Frig. Batávia
Projeto Araguaia
Aquisição Mary Loize
TOTAL
1995 1996 1997 1998 1999 2000 2001 2002 2003 2004 2005* TOTAL
55
124
58
35
272
18
59
60
33 61
75
66
98
210
680
5
39
130 154
42
26
3
12
411
29 28
57
40
40
40
40
55
124
81
133
190
216 131
101
69
110
290
1.500
*Estimado
21/12/2005 09:52:47
Pág:
114
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
14.05 - PROJETOS DE INVESTIMENTO
7- CAPACIDADES
1994
Abate de Aves (mil cab./semana)
Abate de Suínos (mil cab/semana)
Frigorificados Aves (mil ton/ano)
Frigorificados Suínos/bovinos (mil ton/ano)
Total Frigorificados (mil ton/ano)
Outros Processados (mil ton/ano)
Total de Refrigerados (mil ton/ano)
2.715
22
162
159
321
-
2004
9.550
68
650
465
1.115
20
1.135
Var. %
2004/94
251,7
209,1
301,2
192,5
247,4
2005*
10.050
70
730
510
1.240
23
1.263
Var. %
2005/04
5,2
3,0
12,3
9,7
11,2
15,0
11,3
* Capacidade estimada no final do ano
21/12/2005 09:52:47
Pág:
115
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
15.01 - PROBLEMAS AMBIENTAIS
As ações da Perdigão no campo da preservação ambiental só crescem. Além de tomar cuidados
ambientais exigidos pela sua atividade industrial, a Perdigão participa de iniciativas de conservação
de áreas naturais e mantém um sistema de aproveitamento de resíduos compartilhado com seus
produtores. Já chega a 1,4 milhão de metros cúbicos de dejetos líquidos de suínos e a 95 mil
toneladas de dejetos de frango o total que é transformado em fertilizantes orgânicos. Esta
quantidade seria suficiente para adubar, anualmente, 60 mil hectares ou 10% da área agrícola da
região de Rio Verde (GO). Entre as principais ações podemos destacar:
•
•
•
•
•
•
•
•
Manutenção do programa de pesquisa em convênio com a Faculdade do Ensino
Superior de Rio Verde e a Embrapa Milho e Sorgo, monitorando as conseqüências da
aplicação dos resíduos para o meio ambiente;
Integração nos Comitês de Bacias Hidrográficas e organizações não-governamentais
que promovem ações na área ambiental;
Manutenção de projetos para a pesquisa de solução para problemas detectados em áreas
verdes com universidades e instituições;
Investimentos em projetos de educação ambiental para crianças e adolescentes em
municípios catarinenses e no litoral de São Paulo;
Realização de atividades nas dependências da Empresa para divulgar informações
importantes sobre o meio ambiente, incluindo apresentações musicais, danças, peças
teatrais, exposições de painéis, maquetes, exibições de filmes, dinâmica de grupo sobre
economia da água, separação do lixo e divulgação da utilização do lixo orgânico para
produção de húmus. Os funcionários também receberam mudas de árvores. Durante os
dois eventos, realizados em maio e junho, foram organizadas caminhadas ecológicas
para alunos de escolas públicas e funcionários, que puderam conhecer os sistemas de
tratamento de efluentes da unidade de Serafina Corrêa (RS);
Manutenção da Reserva Florestal Vida Verde pela Perdigão e pela Prefeitura Municipal
de Marau (RS) desde 1999. Esta mesma parceria mantém um programa de visitação à
trilha ecológica que existe dentro da reserva. O passeio é destinado a crianças da
comunidade escolar, que realizam apresentações teatrais alusivas ao tema meio
ambiente e atravessam a trilha ecológica. A visitação é encerrada com um lanche doado
pela Empresa. Em média, freqüentam a reserva ecológica 600 crianças por ano;
Ampliação do projeto da Perdigão na unidade de Rio Verde, em Goiás, que já utiliza
madeira plantada em florestas próprias da Empresa para geração do vapor utilizado no
aquecimento de máquinas e equipamentos. Atualmente, 99,5% do vapor e 100% da
secagem de grãos nas unidades industriais da Perdigão provêm dessa fonte de energia.
Atendendo à legislação ambiental, a Perdigão não usa madeira proveniente de florestas
naturais;
Apoio ao Programa Pingo d'Água, criado pelo consórcio do Rio Tibagi e da Prefeitura
de Carambei, no Paraná. O objetivo é sensibilizar alunos da quarta série do ensino
fundamental da rede municipal para a importância da preservação da água e dos rios. A
Perdigão patrocinou a produção do material – cartilha do aluno, caderneta (para
anotações de trabalhos de campo) e manual do professor - enquanto o Consórcio se
responsabilizou pelo conteúdo do programa e pela capacitação dos professores.
21/12/2005 09:52:52
Pág:
116
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
15.01 - PROBLEMAS AMBIENTAIS
Semanalmente é abordado um tema, como limpeza das margens dos rios, poluição das
águas e plantio de árvores. O objetivo é estender a idéia a outras escolas da região.
SGI
A unidade de Marau (RS) foi a primeira planta industrial brasileira do setor de carnes a adotar o
Sistema de Gestão Integrado (SGI), uma ferramenta de gestão que busca a excelência em qualidade,
meio ambiente, saúde e segurança no trabalho. Sua implementação resultou na obtenção de
certificação nessas três frentes (ISO 9001, ISO 14001 e OHSAS 18001, respectivamente). As
unidades de Salto Veloso (SC) e Capinzal (SC) possuem a certificação ISO 9001 e as unidades de
Capinzal (SC) e Marau (RS) possuem a certificação EFSIS.
21/12/2005 09:52:52
Pág:
117
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
16.01 - AÇÕES JUDICIAIS COM VALOR SUPERIOR A 5% DO PATRIMÔNIO LÍQUIDO OU DO LUCRO LÍQUIDO
1- ITEM 2 - DESCRIÇÃO
3 - % PATRIMÔNIO
4 - % LUCRO
LÍQUIDO
LÍQUIDO
5 - PROVISÃO
6 - VALOR
(Reais Mil)
01
TRABALHISTA
16,22
53,25
SIM
157.430
02
FISCAL/TRIBUTÁRIA
28,86
94,70
SIM
279.964
03
OUTRAS
12,43
40,80
SIM
120.623
21/12/2005 09:52:54
Pág:
118
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
17.01 - OPERAÇÕES COM EMPRESAS RELACIONADAS
A Controladora mantém com suas controladas os seguintes relacionamentos:
. Concede fianças e avais quando da contratação de financiamentos, com cobrança de até 1,00%
sobre o valor da garantia.
. Eventualmente concede empréstimos nas condições de mercado e da legislação vigente.
. Entre as Controladas são realizadas operações mercantis nas condições de mercado.
21/12/2005 09:53:36
Pág:
119
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
17.01 - OPERAÇÕES COM EMPRESAS RELACIONADAS
21/12/2005 09:53:36
Pág:
120
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
PERDIGÃO S.A.
CNPJ/MF Nº 01.838.723/0001-27
COMPANHIA ABERTA
ESTATUTO SOCIAL
I - DENOMINAÇÃO, SEDE, PRAZO E OBJETO SOCIAL
ARTIGO 1º. - A PERDIGÃO S.A. é uma Companhia constituída por instrumento arquivado na JUCESP
sob n.º 35300149947, em 14.05.97, a qual se rege por este Estatuto e disposições legais aplicáveis.
ARTIGO 2º - A Companhia, cujo prazo de duração é indeterminado, tem sede e foro jurídico na Cidade e
Comarca de São Paulo, Estado de São Paulo, na Av. Escola Politécnica, n.º 760 - 2º andar, Bairro Jaguaré,
podendo estabelecer filiais, agências, escritórios e outras dependências em qualquer ponto do território
nacional ou do exterior.
ARTIGO 3º. - Constituem o objeto social principal da Companhia o exercício das seguintes atividades, em
território nacional ou no exterior:
A industrialização, comercialização e exploração de alimentos em geral, principalmente os derivados de
proteína animal e produtos alimentícios que utilizem a cadeia de frio como suporte e distribuição;
2) A industrialização e comercialização de rações e nutrimentos para animais;
3) A prestação de serviços de alimentação em geral;
4) A industrialização, refinação e comercialização de óleos vegetais;
5) A exploração, conservação, armazenamento, ensilagem e comercialização de grãos, seus derivados e
subprodutos;
6) As atividades de reflorestamento, extração, industrialização e comercialização de madeiras;
7) A comercialização no varejo e no atacado de bens de consumo e de produção, inclusive a
comercialização de equipamentos e veículos para o desenvolvimento de sua atividade logística;
8) A exportação e a importação de bens de produção e de consumo; e
9) A participação em outras sociedades, objetivando a mais ampla consecução dos fins sociais; e
10) A participação em projetos necessários a operação dos negócios da Companhia.
1)
Parágrafo Único: A Companhia poderá ainda exercer, por si ou mediante a contratação de terceiros,
atividades de suporte às atividades-fins listadas no artigo 3o acima, tais como:
a)
b)
c)
d)
e)
f)
g)
h)
i)
Atividades auxiliares de apoio administrativo, técnico ou operacional voltadas à criação de condições
para o melhor exercício de suas atividades principais;
Transporte de cargas em geral;
Serviços de armazenagem e estocagem de produtos e demais serviços a estes correlatos;
Atividades de promoção e reposição de seus produtos no varejo e em pontos de exposição e venda ao
consumidor final;
Serviços de recebimento e alocação de matéria-prima a ser utilizada na produção;
Serviços de reparação, manutenção e conservação de máquinas e veículos;
A promoção de atividades, programas, assistência técnica e fomento que objetivem o
desenvolvimento agropecuário nacional;
A industrialização, exploração e comercialização de embalagens de qualquer natureza;
A exploração e criação de animais em geral;
21/12/2005 09:53:39
Pág:
121
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
j) Pesquisa e desenvolvimento de técnicas de produção e de melhoramento das matrizes genéticas da
empresa.
II - CAPITAL SOCIAL
ARTIGO 4º - O Capital Social é de R$800.000.000,00 (oitocentos milhões de reais), dividido em 44.652.384
(quarenta e quatro milhões, seiscentos e cinqüenta e dois mil, trezentos e oitenta e quatro) ações, sendo
15.471.957 (quinze milhões, quatrocentos e setenta e um mil e novecentos e cinqüenta e sete) ações ordinárias
e 29.180.427 (vinte e nove milhões, cento e oitenta mil, quatrocentos e vinte e sete) ações preferenciais, todas
escriturais e sem valor nominal. A Companhia está autorizada a aumentar o capital social, mediante
deliberação do Conselho de Administração, independentemente de reforma estatutária, até o limite de
60.000.000 (sessenta milhões) de ações, sendo 20.040.000 (vinte milhões e quarenta mil) ações ordinárias e
39.960.000 (trinta e nove milhões, novecentas e sessenta mil) ações preferenciais. Salvo deliberações em
contrário do Conselho de Administração, os acionistas não terão direito de preferência, em qualquer emissão
de ações, debêntures conversíveis em ações e bônus de subscrição, cuja colocação seja feita mediante venda
em bolsa de valores, subscrição pública ou permuta por ações em oferta pública de aquisição de controle,
conforme disposto em Lei.
Parágrafo 1º. - As ações são indivisíveis e cada ação ordinária dá direito a um voto nas deliberações das
Assembléias Gerais.
Parágrafo 2º. - Caberá ao Conselho de Administração autorizar a manutenção das ações ordinárias e/ou
preferenciais em conta de depósito na Instituição Financeira que designar.
Parágrafo 3º. - A Companhia poderá cobrar dos acionistas o custo dos serviços de transferência da
propriedade das ações, desdobramentos e agrupamentos de ações.
Parágrafo 4º. - Por proposta do Conselho de Administração, a Assembléia Geral pode autorizar a Companhia
a emitir e oferecer à subscrição outras classes de ações, além das já existentes, ou o aumento de classes
existentes sem guardar proporção com as demais, estabelecendo-se as condições para sua colocação e as
vantagens que a elas forem atribuídas.
Parágrafo 5º. - Por proposta do Conselho de Administração acompanhada do respectivo plano a Assembléia
Geral poderá autorizar a Companhia, dentro do limite de capital autorizado, a outorgar a opção de compra de
ações a seus administradores ou empregados, ou a pessoas naturais que prestem serviços à Companhia ou à
Sociedade sob seu controle.
Parágrafo 6º. - Não há qualquer restrição estatutária que possa dificultar ou impedir a livre negociação das
ações da Companhia.
ARTIGO 5º. - Às ações preferenciais são assegurados todos os direitos que a lei confere às ações ordinárias,
exceto o direito a voto.
Parágrafo 1º - As preferências consistem em: a) inclusão na oferta pública de alienação de controle, de modo
a lhes assegurar o preço mínimo de 80% (oitenta por cento) do valor pago por ação com direito a voto
integrante do bloco de controle, nos termos do artigo 254-A, da Lei 6.404/76; b) prioridade no recebimento de
um dividendo fixo cumulativo equivalente a R$ 0,001 (hum milésimo de real) para cada lote de 1.000 (hum
mil) ações, participando de lucros distribuídos em igualdade de condições com as ordinárias, depois de a estas
assegurado dividendo igual ao mínimo; c) reembolso do capital no caso de liquidação da Companhia, de
acordo com o que for deliberado pela Assembléia Geral.
21/12/2005 09:53:39
Pág:
122
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
Parágrafo 2º - Às ações preferenciais, com prioridade na distribuição de dividendo fixo cumulativo, na forma
do disposto no parágrafo antecendente, é assegurado o direito de recebê-lo, no exercício em que o lucro for
insuficiente, à conta das reservas de capital de que trata o § 1º do Art. 182, da Lei 6.404/76.
Parágrafo 3º - A Companhia poderá por determinação da Assembléia Geral, em virtude de proposta do
Conselho de Administração, emitir em qualquer época novas ações do tipo resgatáveis, observadas condições
de mercado para fixação do valor de resgate e época de vencimento.
Parágrafo 4º - A Companhia mediante a realização de uma Assembléia Geral poderá aprovar a conversão
parcial de ações preferenciais em ordinárias, à opção do acionista, respeitadas as condições estabelecidas na
referida Assembléia.
ARTIGO 6º - Por deliberação da Assembléia Geral, em virtude de proposta do Conselho de Administração, o
capital social da Companhia pode ser aumentado mediante a capitalização de lucros ou reservas, sendo
facultativa a emissão de novas ações correspondentes ao aumento, entre seus acionistas, na proporção do
número de ações que possuam.
Parágrafo 1º. - As ações preferenciais participarão em igualdade de condições com as ações ordinárias dos
aumentos de capital referidos no "caput" deste artigo.
Parágrafo 2º. - Pode a Companhia, da mesma forma, elevar o capital social mediante subscrição pública ou
particular, sendo permitido que o aumento seja feito parcial ou totalmente, com ações preferenciais ou
preferenciais resgatáveis, desde que não ultrapasse o limite máximo de dois terços (2/3) do capital social.
Parágrafo 3º. - A mora do acionista na integralização de seu capital importará na cobrança de juros de 1%
(um por cento) ao mês, multa de 10% (dez por cento) sobre o valor da prestação, sem prejuízo das demais
sanções legais.
III - ASSEMBLÉIA GERAL
ARTIGO 7º. - A Assembléia Geral, convocada e instalada na forma da lei, e deste estatuto, reunir-se-á
ordinariamente dentro dos quatro primeiros meses após o término do exercício social e, extraordinariamente,
sempre que interesses e assuntos sociais exigirem deliberação dos acionistas.
Parágrafo 1º. - Os trabalhos de Assembléia Geral serão dirigidos pelo Presidente do Conselho de
Administração, ou, na sua ausência, pelo Vice-Presidente, e secretariados por um secretário por ele designado.
Nos casos de ausência ou impedimento temporário do Presidente ou do Vice-Presidente do Conselho de
Administração, a Assembléia Geral será presidida pelos seus respectivos suplentes ou, na ausência ou
impedimento dos mesmos, por Conselheiro especialmente indicado pelo Presidente do Conselho de
Administração.
Parágrafo 2º. – A Assembléia Geral terá a competência definida em lei e suas deliberações, salvo as
exceções previstas em lei, serão tomadas por maioria absoluta de votos presentes, não se computando os votos
em branco, mediante processo a ser adotado pelos componentes da mesa.
Parágrafo 3º. - Nos últimos sete dias que antecederem cada Assembléia Geral, os serviços de transferência
de ações, poderão ser suspensos.
21/12/2005 09:53:39
Pág:
123
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
Parágrafo 4º. - A primeira convocação da Assembléia Geral deverá ser feita com 15 dias de antecedência, no
mínimo;
IV - ADMINISTRAÇÃO
ARTIGO 8º. - A Administração da Companhia compete ao Conselho de Administração e à Diretoria
Executiva, com as respectivas atribuições conferidas por lei e por este Estatuto.
Parágrafo 1º. - Os administradores da Companhia são dispensados de prestar caução para garantia de suas
gestões.
Parágrafo 2º. - É expressamente vedado e será nulo de pleno direito o ato praticado por qualquer
administrador, procurador ou funcionário da Companhia, que a envolva em obrigações relativas a negócios e
operações estranhas ao objeto social, sem prejuízo da responsabilidade civil ou criminal, se for o caso, a que
estará sujeito o infrator deste dispositivo.
Parágrafo 3o.- Os membros do Conselho de Administração não poderão acumular cargo de Diretor da
Companhia ou em sociedades controladas da Companhia.
Parágrafo 4o. – Os administradores da Companhia serão investidos em seus cargos mediante a assinatura do
termo de posse nos livros próprios.
Parágrafo 5o. – O prazo de gestão dos administradores da companhia se estenderá até a investidura dos
respectivos sucessores.
ARTIGO 9º. - A Assembléia Geral fixará anualmente o montante global da remuneração mensal dos
administradores da Companhia, inclusive benefícios de qualquer natureza e verbas de representação, tendo em
conta suas responsabilidades, o tempo dedicado as suas funções, sua competência e reputação profissional e o
valor dos seus serviços no mercado, cabendo ao Conselho de Administração, em reunião de seus membros,
estabelecer os critérios para o rateio da remuneração de cada Conselheiro e de cada Diretor.
V - CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO
ARTIGO 10 - O Conselho de Administração é composto por 7 (sete) membros efetivos e igual número de
suplentes, obrigatoriamente acionistas da Companhia, eleitos pela Assembléia Geral para um período de
gestão de dois anos, sendo permitida a reeleição.
Parágrafo 1º. - Quando de sua eleição, a Assembléia indicará dentre os membros do Conselho de
Administração, um Presidente e um Vice-Presidente, devendo este substituir ao primeiro em suas ausências
ou impedimentos, bem como no caso de vacância.
Parágrafo 2º. - O Conselho de Administração reunir-se-á ordinariamente, e por convocação do seu
Presidente, pelo menos uma vez por mês e, extraordinariamente, sempre que necessário, lavrando-se atas
dessas reuniões em livro próprio.
Parágrafo 3º. - As reuniões do Conselho de Administração serão convocadas ordinariamente por seu
Presidente, apenas sendo instaladas com a presença de no mínimo 2/3 de seus membros.
21/12/2005 09:53:39
Pág:
124
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
Parágrafo 4º. - Com exceção das matérias indicadas no artigo 12 deste Estatuto, as deliberações do Conselho
de Administração serão tomadas por maioria de votos dos presentes, cabendo a seu Presidente o voto de
qualidade nos casos de empate, sem prejuízo do voto singular.
Parágrafo 5º. - Ocorrendo vacância no Conselho de Administração, dos cargos de efetivo e de seu suplente,
os membros remanescentes indicarão um substituto que exercerá o cargo até a próxima Assembléia Geral,
ocasião em que esta elegerá um novo Conselheiro para completar o mandato. No caso de vagas concomitantes
superiores a um terço (1/3) de seus membros será convocada a Assembléia Geral, dentro de trinta dias desse
evento, para a eleição e posse dos substitutos, cujo mandato coincidirá com o dos demais Conselheiros.
ARTIGO 11 - Compete ao Conselho de Administração:
1)
2)
3)
4)
5)
6)
7)
8)
9)
10)
11)
12)
13)
14)
15)
16)
17)
Fixar a orientação geral dos negócios da Companhia;
Eleger e destituir os diretores da Companhia e fixar-lhes as atribuições e remuneração, observado o
disposto neste estatuto;
Acompanhar o cumprimento das atribuições do Comitê de Auditoria, nos termos da legislação vigente,
aprovar seu Regulamento e avaliar os Relatórios emitidos por este Comitê.
Fiscalizar a gestão dos diretores, examinar a qualquer tempo os livros e papéis da Companhia, solicitar
informações sobre contratos celebrados ou em vias de celebração e quaisquer outros atos;
Convocar a Assembléia Geral quando julgar conveniente e nos casos previstos em lei;
Manifestar-se sobre o relatório da Administração e as contas da Diretoria Executiva;
Distribuir entre os membros do Conselho de Administração e da Diretoria Executiva a remuneração
global anual fixada pela Assembléia Geral e fixar os critérios para participação nos lucros dos
administradores, observando o disposto neste estatuto;
Autorizar a Diretoria Executiva a prestar fianças e avais a sociedades controladas e coligadas e
eventualmente a terceiros, quando envolverem assuntos relativos às atividades operacionais da
Companhia;
Autorizar a Diretoria Executiva a colocar produtos e bens móveis e imóveis da Companhia à disposição
das empresas controladas e coligadas para que estas as ofereçam em garantia às Instituições Financeiras
quando da contratação de financiamentos;
Manifestar-se sobre a instalação ou supressão de dependências da Companhia, em qualquer ponto do
território nacional ou do exterior;
Escolher e destituir os Auditores Independentes indicados pelo Comitê de Auditoria;
Propor à assembléia a emissão de novas ações acima do limite do capital autorizado;
Deliberar sobre a aquisição de ações de emissão da Companhia para cancelamento ou manutenção em
tesouraria e, neste último caso deliberar sobre a eventual alienação;
Deliberar sobre a emissão de notas promissórias (commercial paper) e outros títulos de crédito
assemelhados;
Deliberar sobre a emissão de ações, dentro do limite do capital autorizado, fixando a quantidade, espécie
e classe das ações, as condições de integralização e os respectivos preços de subscrição e ágio, bem
como se será concedido o direito de preferência aos acionistas;
Deliberar sobre o levantamento de balanços semestrais ou intermediários, bem como declarar dividendos
semestrais ou intermediários à conta de lucros apurados nesses balanços, ou à Conta de Lucros
Acumulados ou de Reserva de Lucros existentes no último balanço anual ou semestral, na forma prevista
em lei e/ou a distribuição de juros de capital, conforme Lei 9.249/95;
Aprovar e definir, previamente, os atos a serem praticados pela Diretoria Executiva da Companhia
enquanto acionista e/ou sócia de outras sociedades, indicando, inclusive, o teor do voto a ser proferido
pela Companhia, nas assembléias e/ou reuniões de sócios daquelas sociedades de que ela participe,
exceto quando se tratar de assuntos operacionais e não financeiros;
21/12/2005 09:53:39
Pág:
125
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
18) Apresentar proposta para aprovação em Assembléia de outorga de opção de compra de ações a seus
administradores ou empregados, ou a pessoas naturais que prestem serviços à Companhia ou à
Sociedade sob seu controle, dentro do limite do capital autorizado;
19) Autorizar alterações na negociabilidade e emissão de American Depositary Receipts – ADRs;
20) O Conselho de Administração, para seu assessoramento, poderá constituir comitês técnicos ou
consultivos, de caráter não deliberativo, para realizar tarefas específicas ou para atividades genéricas de
interesse da Companhia. Os Comitês poderão atuar, entre outras, nas seguintes áreas: (i) estratégica e
financeira, (ii) governança e ética, (iii) remuneração de administradores e desenvolvimento executivo e
(iv) auditoria.
ARTIGO 12 - A aprovação das seguintes matérias dependerá do voto favorável de 2/3 (dois terços) dos
membros do Conselho de Administração:
1)
2)
3)
4)
5)
6)
7)
8)
9)
10)
11)
12)
propostas de alterações do estatuto social, que digam respeito à duração da sociedade, objeto social,
aumentos ou reduções de capital, exceto quando decorrentes de capitalização de reserva de correção da
expressão monetária do capital social, emissão de títulos mobiliários e/ou valores mobiliários, exclusão
do direito de preferência na subscrição de ações e demais títulos e/ou valores mobiliários, dividendos,
juros de capital, poderes e atribuições da Assembléia Geral, estrutura e atribuições do Conselho de
Administração e da Diretoria, e respectivos quorum de deliberações;
proposta de cisão, fusão, incorporação em que a Companhia seja parte ou da própria Companhia, bem
como sua transformação ou qualquer outra forma de reestruturação societária;
manifestação sobre liquidação, dissolução, nomeação de liquidantes, falência ou atos voluntários de
recuperação judicial ou extrajudicial da Companhia e reorganizações financeiras a ela relacionadas;
propostas de criação, aquisição, cessão, transferência, alienação e/ou oneração, a qualquer título ou
forma, de: a) participações acionárias e/ou quaisquer valores mobiliários em quaisquer sociedades; b)
imóveis de valor de mercado acima de 0,002% do patrimônio líquido da companhia; e c) bens do ativo
permanente que representem, isolada ou conjuntamente, valor equivalente a 2,5% (dois e meio por cento)
ou mais do patrimônio líquido da Companhia;
estabelecer limites por valor, prazo ou tipo de operação, para a contratação de empréstimos,
financiamentos ou prestação de garantias, reais ou pessoais;
aprovação da realização de despesas e operações de financiamento relativas às atividades de soja, milho
e demais insumos não expressamente previstas no orçamento geral, e de operações de "hedging" de
qualquer natureza, que envolvam ou não mercados futuros e de opções;
concessão e/ou prestação de garantias, de empréstimos, de financiamentos a quaisquer controladas e/ou
coligadas da companhia e/ou de seus funcionários que ultrapassem os limites impostos no item 4;
realização de operações e negócios de qualquer natureza com acionistas, seus controladores, controladas
e coligadas, os administradores, funcionários e parentes de quaisquer destes, que ultrapassem os limites
impostos no item 4;
aprovação dos orçamentos anuais e plurianuais gerais integrados (orçamentos das operações, orçamentos
de investimentos, e os orçamentos de fluxo de caixa) da sociedade e de suas controladas e coligadas,
fixação da política de investimento e da estratégia empresarial. O orçamento anual geral integrado deverá
sempre ser aprovado até o último dia do ano anterior ao ano civil a que se refere e deverá cobrir os doze
meses do exercício seguinte. A qualquer momento durante o ano civil, orçamento da companhia deverá
cobrir um período mínimo de 6 (seis) meses. A execução e realização do orçamento aprovado será
revista mensalmente nas reuniões ordinárias do Conselho de Administração;
eleição da Diretoria Executiva, indicando o Diretor Presidente e seu eventual substituto, em caso de
impedimento ou ausência;
emissão, recompra, amortização e/ou resgate de ações, debêntures, conversíveis ou não, partes
beneficiárias, bônus de subscrição e quaisquer outros títulos e/ou valores mobiliários;
estabelecimento da política de pagamento de dividendos;
21/12/2005 09:53:39
Pág:
126
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
13) aprovação da cessão, transferência e/ou aquisição de quaisquer direitos referentes a marcas, patentes,
processos de produção e de tecnologia.
VI - DIRETORIA EXECUTIVA
ARTIGO 13 - A Diretoria Executiva será composta por até 08 (oito) Diretores, eleitos por um período de 2
(dois) anos, permitida a recondução, sendo 1 (um) Diretor Presidente, e os demais Diretores com designação e
funções a serem propostas ao Conselho de Administração pelo Diretor Presidente, nos termos do Artigo 14
abaixo, todos profissionais que atendam aos parâmetros relacionados no Artigo 16 abaixo.
ARTIGO 14 - Individualmente compete aos Diretores:
1) Ao Diretor Presidente:
a)
convocar e presidir as reuniões da Diretoria Executiva;
b)
representar a Diretoria Executiva, nas reuniões do Conselho de Administração e no Comitê
de Auditoria;
c)
submeter à deliberação do Conselho de Administração as propostas da Diretoria Executiva
relativas ao plano de investimentos, estrutura orgânica, qualificação de cargos e funções, implantação e
reformas do Regimento Interno, e demais regulamentos e normas gerais de operação da Companhia e de
suas controladas e coligadas;
d)
supervisionar e orientar a condução dos negócios sociais e as atividades dos demais
Diretores;
e)
apresentar ao Conselho de Administração, as demonstrações financeiras, os orçamentos de
operações e de investimentos, o planejamento financeiro e o fluxo de caixa;
f)
propor ao Conselho de Administração cargos de Diretores, com ou sem designação especial,
e os respectivos titulares para o desempenho de funções específicas que julgar necessárias.
2)
a)
b)
Aos demais Diretores, cuja designação será dada pelo Conselho de Administração por sugestão do
Diretor Presidente:
orientar, coordenar e supervisionar as atividades específicas sob sua responsabilidade;
executar encargos específicos que lhes forem atribuídos por deliberação do Diretor
Presidente.
ARTIGO 15 - Na definição de funções e atribuições de Diretores, o Diretor Presidente deverá ter em conta
que a área financeira e de controle deve concentrar as seguintes atividades:
a) elaborar, juntamente com os demais diretores e sob a coordenação do Diretor Presidente, os orçamentos a
serem submetidos à aprovação do Conselho de Administração e responder pelo absoluto controle da
execução desses orçamentos principalmente no que se refere ao controle do fluxo de caixa;
b) orientar a execução da política econômico-financeira, supervisionando as atividades econômicofinanceiras, segundo as determinações do Conselho de Administração; organizar e coordenar o sistema de
informações necessário à sua atuação bem como supervisionar todas as atividades de controladoria; definir
a política de relações com o mercado acionário.
ARTIGO 16 - A nomeação da Diretoria Executiva será efetuada pelo Conselho de Administração dentre os
candidatos pré-selecionados pelo Diretor Presidente. Para tanto, o Diretor Presidente enviará ao Conselho de
Administração uma cópia do "curriculum vitae" do candidato indicado, juntamente com os termos de sua
contratação e todas as demais informações necessárias à comprovação de qualificação estabelecida no Artigo
17 abaixo.
21/12/2005 09:53:39
Pág:
127
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
ARTIGO 17 - A Diretoria Executiva será exclusivamente integrada por profissionais, que tenham
comprovada formação teórica, adquirida em cursos ou no exercício de atividades compatíveis com as funções
para as quais estejam sendo cogitados.
ARTIGO 18 - A Diretoria Executiva, dentro dos limites fixados por Lei e por este estatuto, fica investida de
poderes gerais de gestão, que possibilitem a prática de todos os atos necessários ao regular funcionamento da
Companhia, com vistas à consecução de seus objetivos sociais.
Parágrafo 1º. - A representação ativa e passiva da Companhia, em juízo ou fora dele, bem como, a prática de
todos os atos jurídicos competirá a 2 (dois) membros da Diretoria Executiva, em conjunto, com exceção de
atos de aquisição, cessão, transferência, alienação e/ou oneração, a qualquer título ou forma, de
a) participações acionárias e/ou quaisquer valores mobiliários em quaisquer sociedades;
b) imóveis de qualquer valor e bens do ativo permanente, quando então a competência será exclusivamente
do Diretor-Presidente, ou do seu substituto em conjunto com outro membro da Diretoria.
Parágrafo 2º. - Poderá a Diretoria Executiva, através de dois de seus membros e mediante instrumentos
competentes, constituir mandatários com poderes específicos para agirem em nome da Companhia, com
vigência até 31 de dezembro de cada ano, ressalvados os mandatos judiciais quanto ao prazo, respeitadas as
limitações e restrições mencionadas no parágrafo 1º supra e as estabelecidas pelo Conselho de Administração.
ARTIGO 19 - A Diretoria Executiva fará reuniões sempre que necessário, lavrando-se atas dessas reuniões
em livro próprio.
Parágrafo 1º. - As deliberações da Diretoria Executiva serão tomadas por maioria de votos, cabendo ao
Diretor Presidente, ou ao seu substituto, o voto de qualidade, sem prejuízo de seu voto singular.
Parágrafo 2º. - O "quorum" mínimo de presença para validade das deliberações da Diretoria Executiva é de
2/3 (dois terços) de seus membros, sempre com a presença do Diretor Presidente ou de seu substituto.
Parágrafo 3º. - Nas ausências ou impedimentos temporários, os Diretores substituir-se-ão entre si, por
indicação do Diretor Presidente. Ocorrendo vacância, o Conselho de Administração designará dentro de 30
(trinta) dias, quem deva preencher a vaga, cujo mandato terá termo coincidente com o dos demais Diretores.
VII - CONSELHO FISCAL / COMITÊ DE AUDITORIA
ARTIGO 20 - A Companhia terá um Conselho Fiscal permanente, composto por no mínimo três e no
máximo cinco membros e igual número de suplentes com as atribuições, competência e remuneração
previstos em lei.
Parágrafo Único – O Conselho Fiscal reunir-se-á ordinariamente a cada mês e, extraordinariamente, sempre
que necessário, lavrando-se atas dessas reuniões em livro próprio.
ARTIGO 21 – O Conselho Fiscal exercerá, além das atividades previstas na legislação brasileira, as funções
de Comitê de Auditoria.
ARTIGO 22 – Para o pleno exercício das funções no Comitê de Auditoria deverão ser observadas os
requisitos previstos nas legislações aplicáveis, o disposto neste Estatuto e no Regulamento do Conselho Fiscal
e Comitê de Auditoria.
21/12/2005 09:53:39
Pág:
128
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
Parágrafo 1o - Pelo menos um dos membros do Conselho Fiscal deverá ter comprovados conhecimentos nas
áreas de contabilidade, de auditoria e financeira que o caracterize como um especialista financeiro para os fins
do Comitê de Auditoria.
Parágrafo 2o – Serão aplicáveis aos seus membros as mesmas obrigações e vedações impostas pela lei e por
este Estatuto aos administradores da Companhia.
Parágrafo 3o – Os membros que estiverem em pleno exercício das funções do Comitê de Auditoria não
poderão participar em mais de 3 (três) Comitês de Auditoria ou Conselhos Fiscais.
ARTIGO 23 – As atividades do Comitê de Auditoria serão regidas pelas legislações vigentes e aplicáveis,
por este Estatuto e por um Regulamento do Conselho Fiscal e Comitê de Auditoria, aprovado pelo Conselho
de Administração da Companhia, o qual estabelecerá as competências, funcionamento e demais assuntos
sobre o Comitê.
VIII - EXERCÍCIO SOCIAL E RESULTADOS
ARTIGO 24 - O exercício social coincide com o ano civil e a seu término a Companhia levantará um balanço
geral de suas atividades para apurar o resultado do período, e elaborará as demonstrações financeiras
correspondentes para fins de publicação e apreciação pela Assembléia Geral.
ARTIGO 25 - Do resultado de cada exercício social será deduzido antes de qualquer participação, os
eventuais prejuízos acumulados e a provisão para o Imposto de Renda.
Parágrafo Único - Após procedidas as deduções referidas neste artigo, a Assembléia Geral poderá atribuir
aos administradores e funcionários uma participação de até 10% (dez por cento) sobre os lucros
remanescentes, respeitadas as limitações legais.
ARTIGO 26 - O lucro líquido do exercício terá sucessivamente a seguinte destinação:
1)
2)
3)
4)
5% (cinco por cento) para constituição de Reserva Legal até que atinja a 20% (vinte por cento) do
Capital Social;
25% (vinte e cinco por cento) como dividendo mínimo obrigatório, ajustado de acordo com o Artigo 202
da Lei 6.404/76, a ser atribuído a todas as ações da companhia, de qualquer espécie ou classe;
20%(vinte por cento) para constituição de reservas para aumento de capital, até atingir o limite de 20%
(vinte por cento) do Capital Social;
O saldo remanescente terá a seguinte destinação:
a) Para constituição da reserva para expansão até que atinja a 80% (oitenta por cento) do capital social,
objetivando minimizar a eventual redução do capital de giro próprio; ou
b) A Assembléia Geral resolverá sobre o destino do saldo, o qual, por proposta legal da administração,
poderá ser total ou parcialmente atribuído como:
b.1) dividendo suplementar aos acionistas;
b.2) saldo que se transfere para o exercício seguinte, como lucros acumulados, quando
devidamente justificado pelos administradores para financiar plano de investimento
previsto em orçamento de capital.
ARTIGO 27 - Salvo as deliberações em contrário da Assembléia Geral, o pagamento dos dividendos, e/ou
juros de capital e a distribuição de ações provenientes de aumento de capital serão efetivadas no prazo de 60
(sessenta) dias da data da respectiva deliberação.
21/12/2005 09:53:39
Pág:
129
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
18.01 - ESTATUTO SOCIAL
Parágrafo Único - Por deliberação do Conselho de Administração, nos termos do Artigo 12 acima, pode a
Companhia levantar balanços semestrais e intermediários, bem como declarar dividendos à conta de lucros
apurados nesses balanços ou de lucros acumulados na forma prevista em lei, e/ou juros de capital conforme a
Lei 9.249/95.
IX - DISPOSIÇÕES GERAIS
ARTIGO 28 - Nos casos de dissidência serão observadas as normas dispostas em lei, e em Acordo de
Acionistas arquivado na sede da Companhia, nos termos do artigo 118 da Lei n.º 6.404/76.
ARTIGO 29 - A Companhia observará os acordos de acionistas arquivados na sede social, sendo
expressamente vedado aos integrantes da mesa diretora dos trabalhos assembleares acatar declaração de voto
de qualquer acionista, signatário de acordo de acionistas devidamente arquivado na sede social, que for
proferida em desacordo com o que tiver sido ajustado no referido acordo, sendo também expressamente
vedado à companhia aceitar e proceder à transferência de ações e/ou à oneração e/ou à cessão de direito de
preferência à substituição de ações e/ou de outros valores mobiliários que não respeitar aquilo que estiver
previsto e regulado em acordo de acionistas.
São Paulo-SP, abril de 2005.
21/12/2005 09:53:39
Pág:
130
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
20.00 - INFORMAÇÕES SOBRE GOVERNANÇA CORPORATIVA
Governança Corporativa
Dentre as práticas de boa Governança Corporativa a Perdigão aderiu ao Nível I de Governança
Corporativa da Bovespa em 26/06/2001 e está listada na NYSE – ADR Nível II desde 20/10/2000.
Desde a profissionalização de sua gestão administrativa, em 1994, a Perdigão sempre buscou adotar
as melhores práticas de governança corporativa. Seu controle acionário é compartilhado por sete
fundos de pensão, que atuam com base em um acordo de acionistas. Para garantir maior
transparência e segurança na divulgação de informações, conta com um Código de Ética e uma
Política de Negociação de Valores Mobiliários e Divulgação de Atos e Fatos Relevantes. Além
disso, os resultados de suas subsidiárias integrais são consolidados na Perdigão S.A. e auditados por
uma mesma auditoria (Ernst & Young Auditores Independentes S.S.), que também acompanha as
contas da Companhia.
Tag Along
Acionistas majoritários e minoritários recebem tratamento igualitário, com Tag Along de 80%
também para as ações preferenciais em caso de alienação do controle.
Controle Acionário Compartilhado
Representado por sete fundos de pensão que fazem parte do acordo de acionistas.
Conselho de Administração
É formado por sete membros e sete suplentes, todos independentes, eleitos para um mandato de dois
anos. O presidente do Conselho é representante de um acionista minoritário. As reuniões são
mensais. Os fundos controladores indicam profissionais de mercado para ocupar as vagas que lhe
são cabíveis.
Conselho Fiscal
Permanente – Com atribuições de Comitê de Auditoria. Composto por 3 representados dos
acionistas controladores, um dos minoritários e um dos preferencialistas. Promove reuniões mensais
e, sempre que necessário, delibera conjuntamente com o Conselho de Administração.
Diretoria Executiva
Formada por um diretor-presidente, dois vice-presidentes, e quatro diretores, todos profissionais do
mercado, é responsável pela gestão dos negócios da Companhia, a partir das orientações do
Conselho de Administração.
Sarbanes-Oxley
De acordo com a política de boa governança corporativa, a Empresa instituiu o Comitê de
Divulgação, modernizou e aperfeiçou o Código de Ética e promoveu a Certificação de documentos.
Em AGO/E realizada em 29.04.05 foram aprovadas as alterações estatutárias necessárias e a
implementação do Comitê de Auditoria, em conformidade com as exigências da Lei SarbanesOxley;
Direitos dos Acionistas
Acionistas majoritários e minoritários recebem tratamento igualitário, com tag along para as ações
preferenciais, com direito a serem incluídas em oferta pública de alienação de controle, com a
21/12/2005 09:53:47
Pág:
131
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
20.00 - INFORMAÇÕES SOBRE GOVERNANÇA CORPORATIVA
garantia de preço mínimo equivalente a 80% do valor pago por ação. As assembléias de acionistas
contam com a presença média de 90% dos representantes do capital votante e de 70% do capital
total.
Relações com Investidores
A Perdigão mantém um atendimento personalizado aos investidores e analistas, fornecendo
informações transparentes, seguras, abrangentes e uniformes. Além do site de RI
(www.perdigao.com.br/ri), onde as informações são constantemente atualizadas, mantém outros
importantes canais de comunicação com o mercado. São realizadas reuniões Apimec/Abamec,
conference calls trimestrais, roadshows nacionais e internacionais, reuniões one-on-one e reuniões
com instituições financeiras para atender à demanda de investidores, além de visitas aos centros de
distribuição e à lojinha Perdigão.
Códigos de Conduta
A empresa dispõe de uma Política de Negociação de Valores Mobiliários e divulgação de atos e
Fatos Relevantes e do Código de Ética cujas diretrizes são amplamente divulgadas. O Código de
Ética e a Política de Divulgação de Informações e Negociação de Ações estão disponíveis no site:
www.perdigao.com.br/ri.
21/12/2005 09:53:47
Pág:
132
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
IAN - Informações Anuais
Data-Base - 31/12/2004
Reapresentação Espontânea
01629-2 PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
20.01 - DESCRIÇÃO DAS INFORMAÇÕES ALTERADAS
14.01 – PROJEÇÕES EMPRESARIAIS E/OU RESULTADOS
Alterada perspectiva de crescimento de volumes, volume financeiro de investimentos e projeções
para o ano de 2006.
14.03 – OUTRAS INFORMAÇÕES
ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
CONSIDERADAS
IMPORTANTES
PARA
Inserido release de 15/08/2005, 23/08/2005, 05/09/2005, 22/09/2005, 01/12/2005 e 13/12/2005.
14.05 – PROJETOS DE INVESTIMENTOS
Inserido texto sobre os novos investimentos anunciados conforme releases supra.
21/12/2005 09:54:03
Pág:
133
O
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
ÍNDICE
GRUPO QUADRO
DESCRIÇÃO
PÁGINA
01
01
IDENTIFICAÇÃO
1
01
02
SEDE
1
01
03
DEPARTAMENTO DE ACIONISTAS
1
01
04
DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES (Endereço para Correspondência com a Companhia)
2
01
05
REFERÊNCIA / AUDITOR
2
01
06
CARACTERÍSTICAS DA EMPRESA
2
01
07
CONTROLE ACIONÁRIO / VALORES MOBILIÁRIOS
3
01
08
PUBLICAÇÕES DE DOCUMENTOS
3
01
09
JORNAIS ONDE A CIA DIVULGA INFORMAÇÕES
3
01
10
DIRETOR DE RELAÇÕES COM INVESTIDORES
3
02.01
01
COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO DE ADMINISTRAÇÃO E DIRETORIA
4
02.01
02
COMPOSIÇÃO ATUAL DO CONSELHO FISCAL
5
02
02
EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL E FORMAÇÃO ACADÊMICA DE CADA CONSELHEIRO (ADMINISTRAÇÃO E FISCAL) E 6
DIRETOR
03
01
EVENTOS RELATIVOS A DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL
03
02
POSIÇÃO ACIONÁRIA DOS ACIONISTAS COM MAIS DE 5% DE AÇÕES COM DIREITO A VOTO
03
03
DISTRIBUIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL DOS CONTROLADORES ATÉ O NÍVEL DE PESSOA FÍSICA
11
04
01
COMPOSIÇÃO DO CAPITAL SOCIAL
11
04
02
CAPITAL SOCIAL SUBSCRITO E ALTERAÇÕES NOS TRÊS ÚLTIMOS ANOS
12
04
04
CAPITAL SOCIAL AUTORIZADO
13
04
05
COMPOSIÇÃO DO CAPITAL ACIONÁRIO AUTORIZADO
13
05
01
AÇÕES EM TESOURARIA
14
06
01
PROVENTOS DISTRIBUÍDOS NOS 3 ÚLTIMOS ANOS
15
06
03
DISPOSIÇÕES ESTATUTÁRIAS DO CAPITAL SOCIAL
16
06
04
MODIFICAÇÃO ESTATUTÁRIA
16
07
01
REMUNERAÇÃO E PARTICIPAÇÃO DOS ADMINISTRADORES NO LUCRO
17
07
02
PARTICIPAÇÕES E CONTRIBUIÇÕES NOS TRÊS ÚLTIMOS ANOS
17
07
03
PARTICIPAÇÃO EM SOCIEDADES CONTROLADAS E/OU COLIGADAS
18
09
01
BREVE HISTÓRICO DA EMPRESA
19
09
02
CARACTERÍSTICA DO SETOR DE ATUAÇÃO
20
09
03
PERÍODOS DE SAZONALIDADE NOS NEGÓCIOS
27
10
01
PRODUTOS E SERVIÇOS OFERECIDOS
28
10
02
MATÉRIAS PRIMAS E FORNECEDORES
29
10
03
CLIENTES PRINCIPAIS POR PRODUTOS E/OU SERVIÇOS
33
11
01
PROCESSO DE PRODUÇÃO
34
11
02
PROCESSO DE COMERCIALIZAÇÃO, DISTRIBUIÇÃO, MERCADOS E EXPORTAÇÃO
36
11
03
POSICIONAMENTO NO PROCESSO COMPETITIVO
37
12
01
PRINCIPAIS PATENTES, MARCAS COMERCIAIS E FRANQUIAS
38
13
01
PROPRIEDADES
44
14
01
PROJEÇÕES EMPRESARIAIS E/OU DE RESULTADOS
59
14
02
INFORMAÇÕES RECOMENDÁVEIS, MAS NÃO OBRIGATÓRIAS
61
14
03
OUTRAS INFORMAÇÕES CONSIDERADAS IMPORTANTES PARA MELHOR ENTENDIMENTO DA COMPANHIA
62
21/12/2005 09:54:06
8
8
Pág:
134
SERVIÇO PÚBLICO FEDERAL
Divulgação Externa
CVM - COMISSÃO DE VALORES MOBILIÁRIOS
Data-Base - 31/12/2004
IAN - INFORMAÇÕES ANUAIS
Reapresentação Espontânea
01.01 - IDENTIFICAÇÃO
1 - CÓDIGO CVM
2 - DENOMINAÇÃO SOCIAL
3 - CNPJ
01629-2
PERDIGÃO S.A.
01.838.723/0001-27
ÍNDICE
GRUPO QUADRO
DESCRIÇÃO
PÁGINA
14
05
PROJETOS DE INVESTIMENTO
112
15
01
PROBLEMAS AMBIENTAIS
116
16
01
AÇÕES JUDICIAIS
118
17
01
OPERAÇÕES COM EMPRESAS RELACIONADAS
119
18
01
ESTATUTO SOCIAL
121
PERDIGÃO AGROINDUSTRIAL S.A.
PERDIGÃO EXPORT LTD
20
00
INFORMAÇÕES SOBRE GOVERNANÇA CORPORATIVA
131
20
01
DESCRIÇÃO DAS INFORMAÇÕES ALTERADAS
133
21/12/2005 09:54:06
Pág:
135

Documentos relacionados