51 - Gazeta do Vale

Сomentários

Transcrição

51 - Gazeta do Vale
Vale do Sapucaí. 3 de julho de 2009. Edição 51. Ano 1. Edição concluída às 20h19 do dia 2. Distribuição gratuita
[doença] Três pessoas foram infectadas em Extrema. Há casos suspeitos em SRS e Alfenas
Sul de Minas registra
casos de gripe suína
A chegada da gripe
suína ao Sul de Minas foi
confirmada no final da semana passada. Exames realizados pela Fundação
Oswaldo Cruz (Fiocruz),
do Rio de Janeiro, indicaram que três habitantes de
Extrema contraíram o vírus
da doença. Os infectados
Pouso Alegre terá
Centro de Eventos
8
pertencem à mesma família.
Três casos suspeitos em
Cambuí e um em Santa Rita
foram descartados. Há mais
um santa-ritense com sin-
tomas da nova gripe. Um
habitante de Alfenas está
isolado e aguarda o resultado da análise da Fiocruz.
O médico epidemio-
Matadouro fechado
revolta açougueiros
10
logista Marcos Mesquita
Filho, doutor em saúde
pública, observa que a doença perde força ao se disseminar. Mesquita co-
menta que a gripe suína
vem respondendo
bem a medicamentos anti4
virais de rotina.
Festa da Fogueira leva
5
5mil a Cachoeira
Dirigentes da Acipa lançam pedra fundamental
Carne vendida em Paraisópolis é abatida em Poço Fundo
Mesmo com a chuva, fogueira de Cachoeira foi acesa
Opinião
2
Editorial
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Primeira volta
C
riar um jornal não se
resume em abrir
uma empresa, equipar uma redação e contratar
funcionários. É uma aventura destinada a seres destemidos. Os riscos dessa empreitada são sempre grandes. E
não basta ter coragem para
vencer as adversidades.
Quem se lança no mercado
editorial necessita de boas
doses de idealismo e paciência. Idealismo para não
perder de vista a linha editorial, os preceitos éticos e
o bom senso. Paciência para
não esmorecer no primeiro
tropeço, nem no segundo,
nem no décimo.
Quem lê um exemplar não
calcula o esforço que antecedeu sua impressão. Jornal
não é feito apenas de papel,
tintas e palavras. Há outros
ingredientes, como criatividade, cautela e trabalho, muito
trabalho. Teimosia também é
essencial. É necessário ser
teimoso para voltar a um gabinete após vários chás de
cadeira; para insistir até que
um ‘não’ se converta em ‘sim’;
para resistir às pressões políticas e econômicas e permanecer independente.
A luta pela informação de
qualidade consome inúmeras
horas, incomoda interesses
poderosos, gera incompreensões e rende cabelos brancos.
Jamais se agradará a todos,
mas sempre se buscará servir
a todos. Erros são inevitáveis,
afinal jornalistas são humanos,
e não semideuses. A imperfeição do profissional de imprensa só é reduzida quando
o leitor acompanha, reflete,
corrige, critica e sugere.
Quando um periódico
completa seu primeiro aniversário, é praxe avaliar os
primeiros passos e empreender ajustes para seguir no
rumo traçado pelos fundadores. A Gazeta do Vale passa por esse momento. Na
edição número zero, que circulou em 4 de julho do ano
passado, o editorialista lembrou que essa data marca o
aniversário da independência
dos Estados Unidos. Desde
então, a Gazeta vem demonstrando, com isenção,
que o ‘Independence Day’
não foi mera coincidência.
Sempre isenta, mas nunca
acrítica, a Gazeta segue correndo atrás das notícias de
um mundo que não para de
girar. A vida do jornal, até
agora, equivale a uma volta
da Terra em torno do Sol.
Que a Gazeta presencie incontáveis voltas em torno do
Sol e das dificuldades.
Láercio
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Vô Zé, mãe Joana
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
Humberto Tavares
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
Um ano depois de seu surgimento no Sul de Minas, o Jornal Gazeta do Vale sopra velinha e me encho de orgulho de
dizer que fiz parte do projeto
deste importante meio de comunicação da região. Não poderia me ausentar neste momento de festa e trazer uma
palavra do meu coração para
o coração de nossos leitores,
e os amigos farão a correlação do texto no final.
Ao participar neste domingo do culto da Igreja Presbiteriana em Cambuí, a qual sou
membro, ouvi uma palavra de
nosso pastor, Johnny Clayton,
baseada no livro de Romanos,
no capítulo 8, onde Paulo ao
escrever aos irmãos em Roma,
exorta sobre o amor demonstrado na cruz por Jesus, e que
se Deus demonstrou tremendo amor cedendo seu próprio
filho para que este morresse
por nossos pecados, quem
poderia então nos afastar do
amor de Deus e das coisas
boas que Ele quer nos dar, das
coisas boas que Ele quer fazer
nas nossas vidas. O pastor Johnny com muita propriedade
e baseado nas palavras do
Apóstolo Paulo dissertou sobre as 5 perguntas que Paulo
nos faz neste trecho das escrituras sagradas.
Paulo levanta 5 questões
que são elas: Se Deus é por nós
quem será contra nós? Se Deus
Se Deus é por nós,
quem será contra nós?
não poupou seu próprio filho
não nos dará Ele todas as coisas? Quem intentará acusação
contra os escolhidos por Deus?
Quem condenará os escolhidos
por Deus? E quem nos separará do amor de Cristo?
Para ilustrar bem que a
natureza humana é simplista
e pode ceder ao menor obstáculo, Paulo enumera algumas das razões que poderiam hipoteticamente nos levar a estar separados de
Cristo e do amor de Deus: a
tribulação (os problemas, as
dificuldades), a angústia
(tristeza, decepção), a perseguição, a fome, a nudez,
o perigo, ou mesmo a espada. Paulo aborda de maneira incisiva a prova de amor
máxima e incomparável que
Deus realizou enviando Jesus Cristo, seu único filho,
para que vivesse entre nós,
passasse pelas mesmas dificuldades que qualquer ser
humano passaria: fome,
sede, dor, tristeza, alegria...,
e após tudo isso morresse
por nós. E esse mesmo Jesus viveu de maneira imaculada, e foi condenado por
aqueles que o odiaram, ou
não o entendiam, para que
morresse naquela cruz. E a
pergunta imediata é: algo
afastou Jesus do amor de
Deus a ponto de ser sacrificado na cruz? Não, Jesus
morreu daquela maneira
não porque homens quiseram, não porque Judas o
traiu, não porque os Judeus
não aceitavam a sua vinda
humilde, mas Jesus morreu
porque Deus permitiu através do ato de amor mais
magnífico já ocorrido.
E na conclusão de seu
sermão, ele encerrou dizendo que nada poderia
nos afastar do amor de
Cristo e da presença do
nosso Deus. Mas perdoeme o pastor e outros cristãos de longa data, mas
para este humilde autor
existe sim algo, ou melhor,
alguém que pode nos afastar e separar do amor de
Cristo: nós mesmos.
Quando nos esquecemos
da importância de Deus nas
nossas vidas e nos afastamos
de suas bênçãos. Quando
substituímos Deus pelo futebol, pelo estudo, pelos amigos, pela família ou até mesmo pela carreira. Concordo
com Paulo que nenhuma di-
ficuldade vai me afastar do
amor do Pai, afinal de contas porque Ele nos amou somos mais que vencedores em
todas as coisas, mas muitas
vezes não são as dificuldades que nos afastam, e sim
as facilidades, os sucessos, as
boas coisas. Temos tudo,
uma boa saúde, uma família,
um teto, alimento na mesa,
emprego e bom salário, amigos, e esquecemos que tudo
isso vem do Pai eterno.
Eu agradeço a Deus por
ter feito parte da história do
Jornal Gazeta, por um ano de
vida deste meio e pelo espaço que este me abriu para falar de muitos temas e assuntos com os leitores, mas principalmente pela oportunidade
que tive de escrever sobre
Deus e o quanto Ele é importante na minha vida e o quanto isso pode acontecer na sua
vida também. Parabéns aos
profissionais que hoje são responsáveis pelo ‘Gazeta’. Que
Deus abençoe muito a vida de
cada um, e de nossos leitores
também. A gente se fala...
Humberto Tavares Ferrer de
Oliveira é graduado em Pedagogia pela Universidade
do Vale do Sapucaí (Univás),
em Pouso Alegre, e pós-graduado em Psicopedagogia
Institucional pela Faculdade
de
Administração
e
Informática (FAI)
Luís César Fonseca
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456
Caros leitores do jornal
Gazeta do Vale: peço licença nesta edição tão especial onde completamos
um ano de existência, para
falar de um tema que foi
pauta durante toda semana
e teve seu cume alcançado
na noite de quarta-feira, 1
de julho de 2009. Para
mim, especialmente, é complicado lidar com esse assunto, visto que tenho que
fazer um exercício muito
forte de imparcialidade,
mesmo sabendo que isso é
algo impossível, ao se tratar do que irei escrever.
Há um ano, quando sentávamos para elaborar o
projeto deste jornal, sentíamos a necessidade da criação de um veículo onde
pudesse informar com imparcialidade, competência
e qualidade os fatos que a
região produz. Começamos
devagar, somente em Santa Rita do Sapucaí, Cachoeira de Minas e Conceição
dos Ouros. Mas, com o
tempo, fomos mais longe e
chegamos a toda essa
gama de cidades que hoje
o semanário atinge.
Carta
Das cinzas à luz
E esta edição, que completa o primeiro ano, representa o esforço de cada um
dos colaboradores que passaram pela redação, seja direta ou indiretamente, e que
confiaram no trabalho,
crescimento e afirmação
que hoje se tem. Parabéns
a todos que fizeram e que
fazem a história do jornal
Gazeta do Vale.
Mas não é somente sobre isso que iria escrever.
É sobre algo que emociona
sempre (tá certo que somente 11% da população
brasileira se emociona, mas
é muito forte!). A noite de
quarta-feira ficará para a
história do futebol brasileiro, como o dia da redenção, do definitivo renascimento do Sport Club Corinthians Paulista.
Não posso me furtar em
escrever sobre isso, como
bom corintiano que sou, até
porque, o que vivi ontem, é
digno de relato. A conquista da Copa do Brasil, a terceira do clube, e a vaga ga-
rantida à Taça Libertadores
da América em 2010, ano
do centenário, mexeu com
as emoções e levou milhões
de torcedores às lágrimas.
Esperávamos por isso.
Nem mesmo a conquista invicta do Campeonato
Paulista mexeu tanto com
a torcida como essa Copa
do Brasil. Batemos (sim, na
terceira pessoa, pois a torcida joga junto com o time)
na trave em 2008, ao perder para o Sport, em Recife. Agora, contra tudo e
contra todos, conquistamos o tão sonhado caneco
e o objetivo final. O time
demonstrou durante todo o
campeonato estar mais
maduro, centrado e querendo alcançar o objetivo,
que era por o time na Libertadores. Conseguiram!
Depois de um 2008
amargando uma segunda divisão, onde fomos do Oiapoque ao Chuí jogando em
campos ruins, esburacados
e mal iluminados, onde ninguém acreditava que pode-
ríamos chegar onde chegamos, conseguimos! Este título marca, definitivamente,
o retorno do Corinthians à
elite do futebol nacional. O
coro de “o coringão voltou”, ecoou mais uma vez
nos estádios, ruas e avenidas. Até mesmo em Cambuí, onde a massa se reuniu
para ver a partida e, depois,
comemorar.
Ao final, quis o destino
que tudo se firmasse no estado onde tudo começou:
foi em 2 de dezembro de
2007, no Rio Grande do
Sul, em Porto Alegre, só que
no estádio Olímpico, do
Grêmio, onde caímos. Foi
em 1 de julho de 2009, no
mesmo estado, na mesma
cidade, só que em outro
estádio, o Beira-Rio, onde
o grito ecoado pela torcida
se fez verdade: “o coringão
voltou, o coringão voltou”.
Ou se formos poetizar esse
grito: das cinzas à luz.
Luís César da Fonseca é jornalista diplomado e assessor
de Comunicação e Marketing da Faculdade de Extrema (Faex)
do Leitor
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
Expediente
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Gazeta do Vale Editora Ltda
(CNPJ 09.561.233/0001-38)
Este espaço pode ser seu!
Redação: rua Sancho Vilela, 95, Ozório Machado, Santa Rita do Sapucaí/MG
CEP 37540-000 - Telefone: (35) 3471-1459
Sucursal: rua Governador Valadares, 303, 2o andar, Centro, Cambuí/MG
CEP 37600-000 - Telefone: (35) 8815-1458
E-mail: [email protected]
Site: www.jornalgazetadovale.com.br
Diretora comercial: Mariângela Teles Marques
Diretor financeiro: Gerson Benedito de Oliveira
Editor: Jonas Costa
Repórteres: Jonas Costa, Cíntia Ferreira, Rafael Almeida e Filipe Souza Machado
Diagramadores: Jonas Costa e Cíntia Ferreira
Publicitário: Clauber Magalhães
Periodicidade: semanal
Tiragem: 6.000 exemplares
Impressão: Fato Jornal
Circula em Pouso Alegre, Santa Rita do Sapucaí, Cachoeira de Minas,
Conceição dos Ouros, Paraisópolis, Consolação, Cambuí, Córrego do Bom Jesus,
Senador Amaral, Bom Repouso e Estiva
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Envie sugestões e críticas à Gazeta do Vale.
Sua opinião é muito importante.
[email protected]
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
Política
[águas] Documento deve ser elaborado antes da construção de barragens contra enchentes
33
Santa-ritenses discutem plano
para a Bacia do Sapucaí
R
epresentantes da
Prefeitura e da sociedade civil de
Santa Rita do Sapucaí iniciaram no dia 23 de junho a
discussão do Plano Diretor
de Recursos Hídricos da
Bacia do Rio Sapucaí. Cerca de 20 pessoas participaram de uma oficina de trabalho no Centro Vocacional
Tecnológico (CVT) da cidade. Compareceram ao evento três funcionários da empresa Vida Meio Ambiente,
contratada pela Companhia
de Saneamento de Minas
Gerais (Copasa) para elaborar o plano.
O documento foi solicitado por ambientalistas ao governo de Minas Gerais, que
pretende construir barragens
para contenção de enchentes
na bacia do Sapucaí. A elaboração do plano inclui um
diagnóstico da situação atual da bacia e a aprovação de
ações a serem desenvolvidas
nos próximos 10 anos. O estudo oferecerá subsídios ao
governo estadual para a tomada de decisões sobre o
projeto de barramento.
O biólogo Giancarlo Mendes de Carli, diretor de Meio
Ambiente de Santa Rita, explica que a finalidade da primeira oficina foi reunir informações relacionadas à bacia
nos aspectos ambiental e socioeconômico. “Esse estudo
é importante para que entendamos quais são os principais
usos [da água do Sapucaí] que
ocorrem hoje, qual é a qualidade da água da bacia, quais
áreas de conservação devem
ser preservadas, além dos
principais impactos que ocorrem”, detalha o biólogo.
O desmatamento foi um
dos dados negativos apontados pelos participantes da
oficina. Segundo os santa-ritenses, a destruição atinge
nascentes, matas ciliares,
matas de topo e áreas de
descarga de aquífero. Também foram mencionadas as
seguintes ocorrências prejudiciais: lançamento de esgoto in natura no rio, efluentes
industriais, uso de agrotóxi-
CÍNTIA FERREIRA
Jonas Costa
[email protected]
Estudo sobre o rio inclui aspectos ambientais e socieconômicos da região
cos e fertilizantes, loteamentos em áreas inundáveis e
deposição de lixo e entulho
em locais inadequados.
Entre os pontos positivos
estão o Plano Diretor Participativo e o Plano de Ges-
tão Integrada dos Resíduos
Sólidos Urbanos, criados nos
últimos anos. Foram citadas,
ainda, a expansão da rede de
captação de esgoto da cidade, a proteção da reserva
biológica municipal e a distri-
buição gratuita de mudas de
árvores nativas pela Prefeitura. Outros aspectos positivos enumerados na oficina
são os sistemas de monitoramento e alerta de enchentes na região.
Os participantes listaram
propostas para a Bacia Hidrográfica do Sapucaí. Uma
das ideias é a criação de unidade de conservação na Serra da Mantiqueira. Aterros
sanitários consorciados e
subcomitês de microbacias
também foram defendidos.
Houve a reivindicação do
pagamento de royalties aos
municípios da região por empresas que produzem energia elétrica (Furnas e Cemig).
Além disso, os santa-ritenses pediram incentivos fiscais para o reflorestamento
e a ampliação de programas
estaduais de preservação
ambiental.
A primeira fase da elaboração do plano será encerrada com um encontro em
Itajubá, cuja data ainda não
foi definida. Devem participar das atividades representantes dos 39 municípios da
Bacia do Sapucaí, entre os
quais Pouso Alegre, Santa
Rita, Cambuí, Paraisópolis,
Cachoeira de Minas, Conceição dos Ouros e Córrego
do Bom Jesus.
Metalúrgicos iniciam
Dalmo disputa vaga
campanha salarial dia 15 deixada por Simão Pedro
JONAS COSTA/ARQUIVO GAZETA
GUILHERME BERGAMINI/ALMG
Jonas Costa
[email protected]
O Sindicato dos Trabalhadores Metalúrgicos de Santa
Rita do Sapucaí, Conceição
dos Ouros e Cachoeira de
Minas (Sindmetsrs) iniciará a
campanha salarial de 2009 no
dia 15 de julho. Esta foi a data
escolhida para a realização da
assembleia geral da categoria,
que terá chamadas às 9h, 15h
e 18h na sede da entidade, no
centro de Santa Rita. No encontro, os operários definirão
o percentual de reajuste salarial a ser defendido pelo sindicato nas negociações com
o empresariado.
A assembleia geral aprovará cláusulas sociais e econômicas da convenção de
trabalho e dos acordos coletivos. A pauta de reivindicações inclui a ampliação de
direitos trabalhistas previstos
na legislação federal e o aumento dos valores de benefícios (auxílio-maternidade e
horas extras, por exemplo).
A presidente do Sindmetsrs, Maria Rosângela Lopes, considera prioritário um
reajuste salarial que assegure ganho real aos metalúrgi-
Rosângela Lopes defende reajuste com ganho real
cos. Para tanto, o aumento
deve superar a inflação acumulada dos últimos 12 meses, tendo como parâmetro
o Índice Nacional de Preços
ao Consumidor (INPC).
Rosângela diz que os setores de eletrônica e autopeças não poderão usar a crise
econômica global como argumento para propor um reajuste baixo. Ela lembra que o
Vale da Eletrônica mostrouse imune à crise em reportagens de TV e que a indústria
de automóveis foi beneficia-
da pela redução do Imposto
sobre Produtos Industrializados (IPI). “Esta é a bandeira: com crise ou sem crise, o
Brasil tem que andar e a dignidade do trabalhador deve
ser respeitada”, pontifica a
dirigente sindical.
As negociações com a
classe patronal ocorrerão de
15 de julho a 30 de setembro. Caso a proposta do
empresariado não seja aceita pela categoria, Rosângela
Lopes não descarta a possibilidade de greve.
Deputado tucano enfrenta três concorrentes
Jonas Costa
[email protected]
O deputado estadual Dalmo Ribeiro Silva (PSDB) é um
dos quatro postulantes à cadeira de conselheiro do Tri-
bunal de Contas do Estado
(TCE) deixada pelo pousoalegrense Simão Pedro Toledo, falecido em maio. O tucano de Ouro Fino concorre
com dois colegas, Sebastião
Helvécio (PDT) e Irani Barbosa (PSDB), e com um servidor de carreira da Assembleia Legislativa, Alexandre
Bossi Queiroz. A indicação
será feita pelos deputados
estaduais, em votação secreta ainda sem data definida.
Para entrar na disputa,
cada candidato teve de recolher assinaturas de pelo
menos 20% dos 77 parlamentares mineiros. Os aspirantes a conselheiro foram
sabatinados por uma comissão especial da Assembleia
na terça-feira, 30. A comissão considerou que os quatro estão aptos a ocupar a
vaga no Tribunal de Contas.
O cargo de conselheiro
é vitalício e proporcionará
um salário de R$ 22,1 mil
ao escolhido. O TCE auxilia o Poder Legislativo a
analisar as prestações de
contas do governo estadual
e das prefeituras.
Dalmo Ribeiro é advogado, tem 60 e cumpre o terceiro mandato na Assembleia. O deputado já foi presidente das comissões de
Constituição e Justiça e de
Ética e Decoro Parlamentar.
Saúde
4
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
[região] Em Extrema, três pessoas da mesma família foram infectadas pela nova doença
Exames confirmam primeiros casos
de gripe suína no Sul de Minas
FOLHA DE S.PAULO
Jonas Costa
[email protected]
s primeiros casos de
gripe suína no Sul de
Minas foram confirmados no final da semana passada. Três pessoas de Extrema, que pertencem à mesma
família, foram infectadas: um
homem de 34 anos, sua esposa, de 32, e a filha do casal, que
tem 12 anos. Os extremenses
identificaram os sintomas da
doença dias após visitarem um
primo de Taubaté que havia
viajado à Argentina.
A família foi isolada e
monitorada pela Secretaria
de Saúde de Extrema até 26
de junho. A escola em que a
adolescente estuda suspendeu as aulas por 10 dias.
Quatro pessoas que tiveram
contato com os infectados
estão recebendo visitas médicas em casa. Uma delas trabalha no Hospital e Maternidade São Lucas, onde cerca
de 60 profissionais passaram
a usar máscaras cirúrgicas.
Santa Rita do Sapucaí registrou dois casos suspeitos
até o momento. O primeiro foi
descartado após exame feito
pela Fundação Oswaldo Cruz
(Fiocruz), do Rio de Janeiro.
O laudo sobre o segundo caso
O
deve ser divulgado até a próxima segunda-feira, 6, conforme informação da Assessoria
de Imprensa da Prefeitura.
Em Cambuí, três pessoas apresentaram sintomas
da nova gripe, mas exames
da Fiocruz eliminaram as
suspeições. Um morador de
Varginha e outro de Itajubá foram internados com os
sintomas da doença, mas
ambos os casos foram descartados. Um habitante de
Alfenas está em observação e aguarda o resultado
da análise.
As prefeituras de Santa
Rita e Cambuí dizem ter orientado seus profissionais de
saúde a fim de facilitar a
identificação de possíveis
contaminações. Três enfermeiras cambuienses foram
treinadas para colher secreções das vias aéreas – material analisado pela Fiocruz. Já
em Santa Rita, a coleta tem
sido feita por servidores da
Gerência Regional de Saúde
(GRS) de Pouso Alegre.
A secretária de Saúde santa-ritense, Tetzi Oliveira
Brandão, diz que o Município
vem executando todas as providências necessárias, mas
considera impossível impedir
Doação de órgãos é
discutida em coletiva
BLOG EFEITO SOCIAL
Clodoaldo, Renata e Fabrício foram entrevistados
Rafael Almeida
[email protected]
Acadêmicos do curso de
Jornalismo da Universidade do
Vale do Sapucaí (Univás) realizaram uma entrevista coletiva sobre transplante de órgãos
no dia 22 de junho, em Pouso
Alegre. A coletiva teve dois
participantes na mesa, que falaram sobre as suas experiências e dificuldades. Um médico cardiologista que coordena transplantes explicou a parte técnica do tema discutido.
A entrevista começou às
20h30 no salão de eventos do
campus Fátima. Cada aluno
fez três perguntas direcionadas ao convidado ou abertamente para que qualquer entrevistado respondesse.
Clodoaldo Antônio da
Costa, um dos entrevistados,
recebeu o rim de sua mãe, e
diz que passou por uma série
de análises antes de realizar o
transplante. Mesmo depois de
transplantado, o cuidado e a
preocupação com a saúde
continuam. O entrevistado explicou que, para evitar rejeição,
é necessário tomar uma medicação imunossupressora por
toda a vida. É ela que ajuda a
‘confundir’ o sistema imunológico para que este não rejeite
o órgão transplantado.
Apesar de ter que tomar
remédios, Clodoaldo se diz
feliz e busca contribuir com a
vida dos cidadãos de Córrego
do Bom Jesus e de cidades vizinhas. Além de tocar baixo
em uma banda, é coordenador
de uma associação de sua cidade, participa de campanhas
de doação de órgãos e trabalha em um telecentro de Senador Amaral.
Outra pessoa que luta pela
vida e ajuda outros indivíduos a
ter esperanças é Renata Couto.
Ela possui uma doença chamada Linfoma de Hodgkin, um tipo
de câncer que se forma no sistema linfático. Renata conta que
tem passado por vários tipos de
tratamento – quimioterapia, radioterapia, cirurgias e um transplante em que ela foi sua própria doadora. Ela atravessa esse
período delicado sem deixar de
cuidar de seus três filhos. Renata ainda participa de eventos e
entidades que incentivam a doação de órgãos.
O médico cardiologista Fabrício dos Anjos explicou o processo de doação e disse como
são realizados os transplantes
de alguns órgãos vitais, como
o coração. Segundo o médico,
o que mais inibe uma família a
doar os órgãos do parente falecido é a falta de informação ou o constrangimento do
corpo médico em falar.
Os estudantes de Jornalismo
encerraram a coletiva às 22h
agradecendo a disponibilidade
dos entrevistados e dos demais
presentes que contribuíram com
perguntas sobre o assunto.
Novo tipo de gripe surgiu no México e já contaminou quase 80 mil pessoas em 120 países
a chegada da doença à cidade. “Estamos tomando todas
as medidas que podemos,
mas é inevitável que a gripe
chegue a Santa Rita. Estamos
muito expostos porque nossa
população é muito móvel.
Sempre há viagens [de santaritenses] ao exterior para negócios”, argumenta Tetzi.
O médico epidemiologista Marcos Mesquita Filho,
doutor em saúde pública,
observa que a gripe suína
perde sua força ao se difundir. Segundo Mesquita, a população cria resistência à doença, assim como o vírus resiste ao tratamento por meio
de mutações. “A nova gripe
foi muito forte no México. No
Brasil, houve uma morte, mas
a maioria dos casos é muito
branda”, compara o médico.
Mesquita comenta que a
gripe suína responde bem à
medicação anti-viral de rotina. Ele acredita que o estoque de medicamentos do governo federal seja suficiente
para a demanda do país. Embora otimista, o médico alerta que as carências sociais do
Brasil ampliam os riscos de
contaminação. “A pobreza, a
grande exclusão social e a dificuldade de acesso aos serviços de saúde são fatores que
facilitam a transmissão de
qualquer doença infecciosa”.
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
Cotidiano
35
[tradição] Com 32 anos, Festa da Fogueira já é tradição em Cachoeira de Minas
Festa da Fogueira atraiu 5 mil
pessoas apesar da chuva
FOTOS: DIVULGAÇÃO
Bonecos de Brasópolis animaram a população
Cíntia Ferreira
[email protected]
tradicional Festa
da Fogueira de
São Pedro do
município de Cachoeira de
Minas aconteceu no último
final de semana. Mesmo
com a chuva e a dificuldade para acender a fogueira, aproximadamente cinco mil pessoas participaram das festividades. A
A
fogueira foi acesa à 0h do
dia 27 de junho. Estiveram
presentes pessoas de Mogi
Mirim, Mogi Guaçu, Campinas, Vale do Paraíba,
São Paulo, além do público da região, como Santa
Rita do Sapucaí, Conceição dos Ouros, Paraisópolis e outros. A festa é organizada pela Prefeitura,
Câmara Municipal e o Conselho Fiscal e Consultivo
4a Junicam é adiada
em Cambuí
Cíntia Ferreira
[email protected]
A 4ª Festa Junina de
Cambuí (Junicam) aconteceria no último final de semana, 27 e 28 de junho.
Devido à chuva, o evento
precisou ser adiado para a
próxima sexta, 3, e sábado, 4. Durante as noites de
festa, a Associação de Pais
e Amigos dos Excepcionais
(Apae) do município irá comercializar alimentos. O
evento está sendo organizado pela Prefeitura Municipal de Cambuí através da
Secretaria de Governo,
Departamento de Cultura,
Secretaria de Desenvolvimento Economico e Social
(Sedes), Departamento de
Turismo e Secretaria de
Educação.
Na sexta-feira, 3, acontecerá uma quadrilha e uma
apresentação dos alunos da
Apae. Logo após, haverá
show com a dupla John e
Marcelo Henrique. No sábado, 4, a festa terá início
com a quadrilha da escola
do bairro Rio do Peixe. Em
seguida, irá se apresentar a
Escola Estadual João Lopes. Haverá também uma
apresentação com os bonecos gigantes de Brasópolis
e o Dançando na Praça com
Darli e Marcelo. A programação acontecerá no largo
do Mercado Municipal de
Cambuí.
Fez parte da Junicam
também o Desfile da Rainha
dos Cavaleiros e o Desfile
de Cavaleiros, que aconteceram no último dia 21.
Fogueira faz parte da tradição da cidade há 32 anos
da Festa da Fogueira de
São Pedro.
Na sexta-feira, 26, às
20h, também como parte
da programação da festa,
aconteceram várias apresentações de quadrilhas.
Na mesma noite, foram distribuídos à população diversos alimentos como
broa, pipoca e quentão. Às
22h, aconteceu um show
com a dupla Dibiase e Ga-
briel, com o apoio da Estância Chão Selvagem.
Mais de mil pessoas prestigiaram a programação
deste dia.
A Oficina Pedagógica
dos Bonecos de Brasópolis aconteceu no sábado, às
14h, na praça da Bandeira.
Às 19h, aconteceu a missa em homenagem a São
Pedro. A procissão que
aconteceria após a missa
Escola Capitão fará
Festa Julina
Cíntia Ferreira
[email protected]
A Escola Municipal Capitão Manoel Machado
Homem irá promover no
dia 11 de julho, a partir das
16h30, a habitual Festa Julina. As atrações, que são
as danças típicas, serão
realizadas pelos próprios
alunos da escola. O objetivo do evento é propiciar
a interação dos pais com
os filhos na escola. As crianças de todas as séries,
desde a educação infantil,
participam do acontecimento. A festa será aberta para o público.
A Festa Julina da Escola Capitão existe há mais
de 20 anos. Além das danças típicas, também haverá
venda de salgados, pesca-
rias e outras atrações. Todo
o dinheiro arrecadado será
voltado para a Associação
de Pais e Mestres da instituição de ensino. O dinheiro será utilizado em casos
como a compra de uniformes para alunos carentes e
brindes para alunos e professores.
De acordo com a diretora da escola, Silvia de
Cássia Oliveira, a participação dos pais e das crianças é excelente. Todos
colaboram levando prendas e os alunos esperam a
festa desde o começo das
aulas. “É uma tarde destinada para resgatar o momento do pai com o filho;
do pai vir e valorizar o
trabalho do filho”, ressalta Silvia.
Motocross fez parte da programação da festa
teve que ser cancelada
por causa da chuva. Para
que a fogueira fosse acesa, o locutor Colorado narrou cada minuto do evento. Segundo Expedito de
Oliveira, secretário de Turismo, Cultura, Esporte e
Lazer, mesmo com as dificuldades para acender a
fogueira, o locutor tirou
muitos aplausos do público presente. Expedido
contou ainda que em 32
anos de festa nunca havia
chovido.
O motocross aconteceu
no domingo às 9h com o
treinamento dos participantes. Às 12h, foi dada a largada e participaram 40 motoqueiros da região. Os que
se destacaram foram: Jose
(Machado), Agnaldo (Santa
Rita do Sapucaí), Gil (Itajubá) e Vermelho (Itajubá).
Estudantes são
assaltados em SRS
Cíntia Ferreira
[email protected]
Três estudantes de Santa
Rita do Sapucaí foram vítimas de um assalto na última
terça-feira, 30, por volta das
12h. A Polícia Militar foi acionada logo após os bandidos
terem deixado a residência
das vítimas. Um dos estudantes contou para o policial
que, ao atender o portão de
sua casa, dois homens armados anunciaram o assalto.
Os dois bandidos entraram na residência com a vítima e renderam os três estudantes que se encontravam no local. Segundo uma
das vítimas, os assaltantes
chegaram a ameaçá-las de
morte, além de agredirem
um dos estudantes com uma
pancada na cabeça.
Os assaltantes furtaram
diversos objetos das vítimas,
sendo R$ 265 em dinheiro,
vídeo-games, mochila, tênis,
computador, celular, entre
outros. A faca que foi utilizada no roubo foi deixada na
residência, sendo levada outra faca no lugar.
Diante das informações
coletadas, a PM saiu em busca dos infratores e conseguiu localizá-los. Um na avenida Frederico de Paula Cunha e o outro em sua casa,
juntamente com os objetos
roubados. Um dos bandidos
tem 16 anos e o outro, 18.
Na residência de um dos ladrões também foram encontrados e apreendidos um
papelote de crack e fumo,
uma arma de fogo e um
home-theater.
Sete quilos de queijo são confiscados em Cambuí
Rafael Almeida
[email protected]
A Vigilância Sanitária de
Cambuí apreendeu, em junho, 7
kg de queijo mussarela ‘nozinho’
em um supermercado da cidade. O estabelecimento já havia
sido notificado um mês antes da
nova vistoria, quando a Vigilância recolheu outros produtos irregulares do mesmo segmento.
O queijo embargado era original do município de Córrego do
Bom Jesus.
Qualquer produto agrícola
deve ter o rótulo de autorização do Instituto Mineiro de
Agropecuária (IMA) para ser
comercializado fora do município em que foi fabricado.
Quando esse produto é feito
e vendido na mesma cidade,
o selo torna-se dispensável.
Porém, é obrigação da Vigilância Sanitária local examinar se estão regularizados e
aptos a entrar no mercado.
Artigos produzidos na zona
rural, como queijos, leites, mel e
doces caseiros, nem sempre
possuem regularização, principalmente os que são fabricados
por pequenos produtores e em
quantidade reduzida. Muitos
não sabem da importância da
inspeção dessas especiarias nem
os danos que eles podem causar à saúde do consumidor.
Segundo o biólogo Renato
Aguiar, coordenador da Vigilância Sanitária e Epidemiológica de Cambuí, está em andamento na Câmara Municipal a
proposta de criação do Serviço
de Inspeção Municipal (SIM),
que será responsável pelo cadastramento de pessoas e estabelecimentos que trabalham
com alimentos agropecuários.
Renato considera importante esse tipo de coordenação na cidade para haver mais
organização nessa área. “Hoje
não temos condições de vigiar todos os comércios e ven-
dedores da cidade. Trabalhamos com outros tipos de vigilância que também são importantes para a saúde da população”, ressalta Renato.
O estabelecimento que colocar à venda qualquer produto agropecuário irregular pode
ser notificado e multado pela
Vigilância Sanitária, além de ter
os alimentos confiscados.
Educação
6
Sul de Minas participa de
mais um EPTV na Escola
REPRODUÇÃO
Alunos das cidades da região visitarão a emissora a partir de agosto
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
Cronograma de visitas
Agosto
27 – Córrego do Bom Jesus
28 – Senador Amaral, Cachoeira de Minas
e Estiva
Cíntia Ferreira
[email protected]
O
projeto EPTV na
Escola, em sua edição 2009, traz o
tema ‘A TV que eu vejo é a
TV que eu quero?’ Alunos do
último ano de ensino fundamental das escolas da rede
municipal, estadual, particular, do SESI e supletivo irão
participar escrevendo suas
redações. Dez jovens de
cada cidade serão escolhidos. A proposta do tema é
instigar os adolescentes à reflexão crítica diante da televisão. Um cronograma de
visitas por cidade já foi estabelecido.
Setembro
03 – Conceição dos Ouros
04 – Santa Rita do Sapucaí
21 – Consolação, Pouso Alegre e Bom Repouso
22 – Cambuí
Os 10 estudantes classificados de cada cidade ganham um dia de passeio em
Varginha, uma visita à
EPTV e a uma sessão no cinema. No final, serão escolhidos os 10 melhores trabalhos da região e seus autores ganharão prêmios.
A Secretaria de Educação de cada município é responsável pela coordenação
das redações nas escolas,
pela seleção dos 10 melhores trabalhos da cidade e
pela entrega dos trabalhos
classificados.
A entrega das redações
poderá ser feita direto na
portaria da EPTV ou pelo
correio no endereço: rua Professora Helena Reis, 81,
Centro, Varginha/MG, CEP
37.006-030, aos cuidados
de Fernanda Moreira. Os
prêmios para os 10 finalistas
do projeto são: do primeiro
ao décimo colocado, um
aparelho de TV; para os professores orientadores, uma
assinatura da revista Terra da
Gente e um kit com especiais produzidos pela EPTV; e
para a escola do primeiro
colocado, um aparelho de
DVD. No ano passado, o
primeiro lugar ficou com o
correguense André Oliveira
Lopes, e o nono com a cambuiense Flávia Érica da Silva.
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
Talento do Inatel é campeão
em ultramaratona
O atleta e funcionário do Inatel, Robson Dimas Vigilato, de 28
anos, ganhou destaque
no último final de semana. O jovem foi campeão do 2º Revezamento Adventure Ultramaratona, na categoria individual.
A competição, realizada em Pouso Alegre,
contou com 65 km de
percurso. Vigilato completou a prova em
5h36min, superando a
marca da primeira edição do evento que foi de
6h03min.
“Essa foi a primeira
vez que corri uma ultramaratona. Diferente
das meias maratonas,
que têm me média 21
km, essa prova exigiu
muito mais resistência”, garante.
Segundo ele, o percurso foi ainda mais
desgastante devido às
fortes chuvas que caíram
no sábado. “A chuva fez
surgir muitas áreas com
barro e isso fez com que
tivéssemos um trabalho
redobrado. Outra questão foi que eu corri sem
carro de apoio. Dessa
forma, toda a água e alimentação que consumi,
durante a prova, estavam na mochila que levava comigo, o que representava um peso a
mais”, enfatiza Vigilato.
O atleta, que contou
com o apoio e patrocínio
do Inatel, diz estar con-
fiante ao seu futuro esportivo. “Agradeço imensamente ao Inatel pelo apoio
nessa minha primeira ultramaratona. Pretendo me
dedicar ainda mais e,
por consequência, trazer melhores resultados
para o Instituto e para a
nossa cidade”, conclui.
Campanha do Agasalho da FAI
arrecada quase uma tonelada
A 4ª edição da Campanha do Agasalho da
FAI 2009 obteve mais
uma vez um resultado
que superou as arrecadações obtidas dos
anos anteriores. Com a
prorrogação das doações feitas durante o
mês de Junho, o número total de doações superou a meta inicial de
800kg, atingindo 980 Kg
de roupas, quase uma
tonelada.
Dez entidades carentes da cidade foram
beneficiadas, entre escolas, grupos e associações, sendo:
Associação do Câncer “Movimento para a
vida”;
Associação dos Vicentinos;
Centro
Espírita
“Amor e Caridade”;
Conselho Tutelar;
Clube de Mães;
Lar Espírita Mãos de
Amor ( LEMA);
Projeto Papa Léguas
da Associação de Moradores da Nova Cidade;
Escola Municipal
Francisco Falcão no
Bairro Balaio;
Escola Municipal
Rodolfina Zordan da
Cruz da Caveira;
Escola Municipal
Mariquinha Capistrano
no Bairro Vintém.
Os donativos vieram
dos alunos dos cursos
de Administração, Sis-
temas de Informação e
Pedagogia, como também
de professores e funcionários, além de algumas
doações independentes
feitas por pessoas da comunidade que se propuseram em contribuir com
a campanha. A intenção de
todos foi de agasalhar o
próximo, ajudando e
aquecendo a vida daqueles que mais precisam.
A entrega das doações
para as entidades aconteceu entre os dias 25, 26, 27
e 28 de Junho, com a participação dos ex-alunos e
ex-diretores do DA FAI, Estevão Faria e Alan Silva
que, junto aos demais convidados, acompanharam o
diretor da FAI Aldo Ambrósio Morelli e o professor
José Cláudio Pereira na
entrega dos agasalhos.
Representantes das
entidades beneficiadas
ficaram agradecidos e surpresos com a quantidade
de agasalhos recebidos
por meio da campanha e
poderão ajudar muitas famílias no município.
Como é o caso do Clube de Mães, onde a voluntária Ana Estela Vieira diz
que essa ajuda foi útil,
pois os moradores do bairro são muito carentes.
“Algumas das roupas recebidas da campanha já foram destinadas para pessoas que estão passando
por dificuldades, vocês da
FAI fizeram um trabalho
maravilhoso”.
Além do incentivo e
participação dos alunos,
houve também uma pre-
miação interna na instituição entre as turmas
que tiveram as maiores
médias das doações totalizadas. As três primeiras colocadas foram: em 3° lugar o primeiro período noturno
de Pedagogia, 2° lugar
o primeiro período
diurno de Pedagogia e
no 1° lugar, o quarto
ano diurno de Sistemas
de Informação. Os alunos sorteados das salas
vencedoras de arrecadações na Campanha
do Agasalho foram contemplados com pendrives, MP4s, MP3s e
algumas horas em atividades complementares para o currículo acadêmico.
Agradecendo o envolvimento e participação de todos, Aldo diz
que tem confiança e
acredita na formação
integral dos alunos da
FAI que, onde quer que
estejam, farão toda a
diferença, um motivo
de orgulho para a instituição. “O surpreendente é presenciar
como esta juventude
responde bem e são
comprometidos,
pois basta incentivar e
o resultado está apresentado. A escola tem
o dever de transformar
o jovem em um SER melhor, e temos certeza
de estarmos no caminho certo”, finaliza.
Carla Silva
ASCOM FAI
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
Cotidiano
7
[estrago] Perda alcançou 90% nas lavouras do bairro Fazenda Velha
Chuva de granizo destrói
plantações de morango em Estiva
ACERVO PARTICULAR
Rafael Almeida
[email protected]
U
ma chuva de granizo destruiu 90%
das lavouras de
morango do bairro rural Fazenda Velha, em Estiva, no
último sábado, 19. A perda
estimada foi de 12 toneladas da fruta. Os produtores tiveram prejuízo também com a danificação de
equipamentos de irrigação e
lonas que protegem os morangos. Cada pedra de gelo
teria de 0,60 cm a 1 cm,
equivalente ao tamanho físico de uma ervilha.
O bairro Fazenda Velha
abriga mais de 70 produtores que dependem diretamente da colheita do morango. Muitos deles contraíram
empréstimos para aumentar
a produção, cuja média é de
700 caixas por semana.
Benedito Sebastião Faria
foi um dos agricultores que
tiveram perda total de sua
lavoura. Ele conta que a chuva de granizo cobriu o chão
das ruas e que muitos agricultores estão desesperados
com o déficit. “Para recuperar tudo novamente, teremos
que trabalhar em dobro. Os
produtores não sabem nem
o que fazer”, ressalta Benedito. A auxiliar administrativa Débora Aparecida Moreira, da Emater, afirma que
a produção do município
deve se estabilizar em aproximadamente 20 dias.
A maioria dos produtores do bairro é beneficiada
pelo Programa Nacional de
Fortalecimento da Agricultura Familiar (Pronaf). Muitos deles se encaixam no grupo ‘D’ do projeto, que viabiliza um crédito de custeio
com valor de até R$ 5 mil a
cada safra. Com a perda, os
trabalhadores que possuem
esse seguro terão de procurar uma agência bancária
para informarem-se sobre o
reembolso.
A maioria da renda da
população de Estiva provém da comercialização do
morango. Com a queda da
temperatura, geadas e chuvas de granizo são mais
frequentes, e isso impede o
crescimento do fruto. No
início de junho, os produtores de Consolação também
perderam uma grande leva
de morango devido a uma
geada e ao frio.
Pedras de gelo danificaram canos e lonas de proteção
AGRADECIMENTOS
O JORNAL GAZETADO DO VALE
AGRADECE A TODOS QUE, DE
UMA FORMA OU OUTRA, COLABORARAM NESTE NOSSO
PRIMEIRO ANIVERSÁRIO PARA
A SUSTENTAÇÃO DESTE PROJETO QUE LEVA INFORMAÇÕES À
NOSSA COMUNIDADE:
HUMBERTO TAVARES
LUIS CÉSAR FONSECA
CINTIA FERREIRA
JONAS COSTA
CLAUBER MAGALHÃES
PAULO OLIVEIRA
RAFAEL ALMEIDA
HELOISA CELLET
ASTROGILDO JÚNIOR
LUIZ DE PAULA
JOÃO (CAXAMBU)
DANTE REIS
ELIAS ROSA
PAULO SEGAL
SILVIA RAFAEL
MILA OLIVEIRA
ANDRÉIA ARRUDA
DR.CHRISTIAN CAPATO
DR.LEANDRO OLIVEIRA
REV. LUIZ HENRIQUE
BENEDITO BATISTA DE SOUZA
LENA
JULIANO XAVIER
ITALO DE SOUZA
PADRE JAIME FERNANDES
FILIPE SOUZA MACHADO
ANDRESSA LUZ
PEDRO HENRIQUE MARTINS
IARA SIQUEIRA
PRESIDENTE DA ASSEMBLÉIA
LEGISLATIVA, DEPUTADO ESTADUAL ALBERTO PINTO COELHO
SECRETÁRIO DE ESTADO DE
GOVERNO, DANILO DE CASTRO
DEPUTADO FEDERAL RODRIGO
DE CASTRO
DEPUTADO ESTADUAL TIAGO
ULISSES
DEPUTADO FEDERAL ODAIR
CUNHA
SOS RESIDÊNCIA
DROGARIA SANTA RITA
ESCRITÓRIO DRA.JEANNE MARCELLI BOIRON
SUPERMERCADO ALVORADA
CABELEIREIRO MARCUS AFLISIO
AUTO PEÇAS DJ
POUSÓTICA
ABDALA CONTABILIDADE
IMOBILIÁRIA ORIENTE
SABONETES ARTESANAIS FLOR
DA PELE
ACEVALE
IMPACT BRASIL COMUNICAÇÃO VISUAL
MARY PRESENTES E BIJOUTERIAS
DROGA LUNA
SKEMA INFORMÁTICA
SERRALHERIA SANTA RITA
REDE UTI INTERNET PROVIDER
UAIVIDEO.COM.BR
CASA & CONSRUÇÃO BRAIZINHO
FARMA DIAS
CARITAS MATERIAIS ELÉTRICOS
SINDICATO DOS TRABALHADORES NAS INDUSTRIAS METALÚGICAS, MECÂNICAS DE MATERIAL ELÉTRICO DE SANTA RITA
DO SAPUCAÍ-MG
VIP VIDEO LOCADORA
PADARIA PADUAN II
ACADEMIA GISELE
FÓRMULA FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO
MARQUES & PERROTTA NEGÓ-
CIOS IMOBILIÁRIOS
DEPÓSITO DE ÁGUA E GÁS DO
CLÁUDIO
DIDI SILK-SCREEN
SINDVEL
TOQUE ESPECIAL PRESENTES E
MENSAGENS
F & F DECORAÇÕES E EVENTOS
PROFESSOR JOÃO PAULO
PIZZARIA ITALIANA
CRISTAL PERFUMARIA E COSMÉTICOS
PEDRÃO IMÓVEIS
DRA. SORAYA SALOMÃO
HELININHA AZEVEDO
COMERCIAL CAIADO
GAIVOTA RESTAURANTE SELF-SERVICE & COMIDA CASEIRA
FANTASY CAMBUI
WORLD COM INFORMÁTICA
PAULO HENRIQUE LOPEZ
ESCOLA DE IDIOMAS WIZARD
UNIDADE SANTA RITA DO SAPUCAI
PADARIA & CASA DE CARNES BORSATO
AILTON ISABELA VEÍCULOS
ZÉ DA BANCA
LIDER IMÓVEIS
CANAÃ LOCAÇÃO DE EQUIPAMENTOS PARA CONSTRUÇÃO CIVIL
BETO DA CASA DO BETO
ANDRÉ OLIVEIRA
ROSA VIVA
MILLENIUM VIDEO
PORÃO MODAS
BAR DO BOLÃO
FARMA SALLES
CLICK FOTOCOLOR
VITRINE MODAS
ELIAS SANTOS
BENEDITO ANTONIO GUIMENTI
JOSÉ CÉZAR DO NASCIMENTO
CARVALHO
CIRCUITO TURISTICO SERRAS
VERDES DO SUL DE MINAS
MÁRIO BRANDÃO
MOTOCAR
EVIDÊNCIA BOUTIQUE ENXOVAIS
AGROMINAS
SANTA RITA COUNTRY CLUBE
ESCOLA DE IDIOMAS ADVANCE
UNIDADE SANTA RITA DO SAPUCAÍ
CARLOS ROBERTO GUIMARÃES
DRA. JAMILE SANTIAGO SOARES
DIGITAL CELULAR E INFORMÁTICA
INFO OFFICE COMPUTADORES
BLESS COSMÉTICOS
DRA. PATRICIA REZENDE
CONSTRUSAT PISOS E REVESTIMENTOS
LAFAIETE AUTO SOM
TAYLOR FRANQUEIRA
ROBERTO SÉRGIO
IVAN –PTC
ZENAIDE DO POSTO DE SAÚDE
ALOHA ELETRO ELETRÔNICOS
ZÉ DITO COELHO
VAGNER GAMARRA
ANTÔNIO MONSERRAT
MARIA DE CÁSSIA RIBEIRO
PROFESSOR MAGNO
SACC – SOCIEDADE DE ASSISTÊNCIA À CRINÇA CARENTE
AUTO CENTER SANTA RITA PNEUS
RECREATIVA
MODA PRAIA
CLIMATEMPO
IOLANDA ENFERMEIRA
FUNERÁRIA FERRACIOLLI
GIGA LANCHES
OMEGA ADVOGADOS E ASSOCIADOS
JOSÉ MÁRCIO
SAMIA
RELICÁRIO ANTIQUIDADES
DISTRIBUIDORA OLIVEIRA
PAULINHO DA CIRVALE
DR. DAVID KALLAS
MIGUEL CAPUTO
FAI- FACULDADE DE ADMINISTRAÇÃO E INFORMÁTICA
ETE- ESCOLA TÉCNICA DE ELETRÔNICA
INATEL- INSITUTO NACIONAL DE
TELECOMUNICAÇÕES
PESQUEIRO TÔ A TOA
HUDSON DOS REIS CARVALHO
PINTO
DOMÁSIO ROQUE FONSECA
SEBASTIÃO CALUDIO DA SILVEIRA
WAL DO MERCADO
MS SERRALHERIA
JOÃO BATISTA REZENDE
FUCINHOS & RABINHOS
MORAES & NEVES ADVOCACIA
CARLINHOS DA TELECAM
EDVALDO BUENO
LUIZA LÔRA
VEREADOR GERALDO
DIEGO MOTOBOY
KVA ENERGIA SOB CONTROLE
FELIPE NEVES
COMPELS SISTEMA CONTÁBIL
LTDA
EMBRAFER USINAGEM
GENNO ALARMES
LIDER PORTEIROS ELETRÔNICOS
MCM
TJM ESTAMPARIA DE METAIS
ENTERPLAK PRODUTOS ELETRÔNICOS LTDA
GIGA STAMP – NIB TEC INOVAÇÕES
PETECOM ELETRÔNICA E TELECOMUNICAÇÕES
PLÁSTICOS SANTA RITA
LC ELETRÔNICA
ELETROTESTE
SUPERMERCADO DO VALE
FACIAL PROTEÇÃO E SEGURANÇA
DO TRABALHO LTDA
WB
PRODMEC
LOTÉRICA NOVA SORTE
INDUSUL INDUSTRIA DE TRANSFORMADORES LTDA
JFL ALARMES
CITROX
RELÓGIOS BELLS
FLV LOCADORA
ISF TRANSPORTE E TURISMO
LTDA
MODA ETIQUETA
BETH LONGUINHO
CENTRO DE FORMAÇÃO DE CONDUTORES RODEL
MOTO SHOW
JUCILAB LABORATÓRIO DE ANÁLISES CLINICAS
CS OFICINA DE RADIADORES
MICROLINS UNIDADE DE SANTA
RITA DO SAPUCAÍ
PURA ÁSIA
MULTY SERV A SOLUÇÃO COMPLETA PARA SUA EMPRESA
CASA NOVA(ANTIGO SUJISMUNDO)
SULMINASCAR.COM.BR
O CASARÃO RESTAURANTE E
CHURRASCARIA
RR CALÇADOS
RR SPORT CENTER
ÓTICA REAL
MATTOS CALÇADOS
RISCO RABISCO
MARANA MODA FEMININA
DE FRANCO IMÓVEIS
MINAS BRASIL LOJA SANTA RITA
DO SAPUCAÍ
RÁDIO VIVA FM 98,9
COMPANHIA DO CARPO/ COLISEU
MP TURISMO
DR. CARLOS ALBERTO F. MIRANDA
O BOTICÁRIO LOJA DE SANTA RITA
DO SAPUCAÍ
SUPERMERCADO MARISTELA
DROGARIA SÃO PEDRO
ACADEMIA LIFE
AUTO POSTO ZEZÃO
TRAILER SANTA RITA (ZÉ DANIEL &
ROSELI)
CAFÉ REAL
BAR DO MALA
IDEAL MATERIAIS PARA CONSTRUÇÃO
CASA DO BETO II
LOJA SPORT & CIA.
SUPERMERCADO AVENIDA SANTA
RITA DO SAPUCAÍ
BAR DO BÁ
CONTABILIDADE CARLOS ANTONIO DE MAGALHÃES
GUINHO’S LANCHES
KAÍQUE RAPHAEL DE FARIA SILVA
AÇOUGUE SÃO JORGE
CAROLINE BIJOUTERIAS
SARTASA
POSTO BRUSAMOLIN
CASA MIRANDA ELETRÔNICOS
SINDICATO DOS PRODUTORES
RURAIS DE SANTA RITA DO SAPUCAÍ
IES- INOVAÇÃO EDUCACIONAL
SANTARRITENSE
LA FORNALHA PIZZARIA E RESTAURANTE
LETICIA MOREIRA MONTEIRO
MURILO BADARÓ
CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO
DRA. FLÁVIA LION ADAMI
CONSULTÓRIO ODONTOLÓGICO
DR. THIAGO FAGUNDES DUTRA
CIRUGIÃO DENTISTA DR. SÉRGIO
GONÇALVES
REVISTA EM_FOQUE
ASSOCIAÇÃO NOVO ESTILO DE
VIDA “VIVER FELIZ”
AUTO VALE PNEUS E SERVIÇOS
BLOCO RIDE PALHAÇO
FABIÓTICA
KUMON UNIDADE DE CAMBUÍ
RE PRINT CARTUCHOS & IMPRESSORAS
TELECAM TÉCNICA EM TELEFONIA
E SEGURANÇA
PIZZARIA CAMBUI
RESTAURANTE DO PEPÊ
ÓPTICA PARIS
CLICK FOTOCOLOR DIGITAL
BOUTIQUE BOLSAS A LOJA DO ARI
PARAÍSO DAS NOIVAS
FAGÚ MODAS
MICROSTAR INFORMÁTICA E CELULARES
GRUPO TOVAZZI
BLOCO DO URSO
D.A INATEL
JOÃO COELHO – JC LAVAGEM AUTOMOTIVA
BEUTY LIFE COSMÉTICOS
MANÚ MAGAZINE ELETROELETRÔNICOS E PRESENTES EM GERAL
VIDRAÇARIA SÃO BENEDITO DE
CAMBUÍ
SPÁZIO DECORAÇÕES
SUL VALE DISTRIBUIDORA DE BEBIDAS DESTILADAS
YAJE ELETRO- INFORMÁTICA
PIZZARIA HANY’S
PRIMUS LAVANDERIA
CALHAS LAGATA
PARAÍSO DAS ÁGUAS
DISK FESTAS EM CAMBUI
CHAVEIRO LUCIANO
CABELEIREIROS ROBERTO & RENATO
AGV ALARMES MONITORAMENTO 24 HORAS
MARCELO GUIMENTI –MANUENÇÃO EM COMPUTADORES/NOTEBOOKS E REDES
AUTO ELÉTRICO KENZI
IMOBILIÁRIA WAGUINHO
CASA REALEZA
MARINELA LINGERIE
CASA SELMA
JOALHERIA CAMARO
SKINA MODAS
KI BARATO
LOCADORA DE VEICULOS CASH
RENT A CAR
CASA JULIANA
ARAÚJO ELETROELETRÔNICOS
SICOOB CREDIVASS AGÊNCIA DE
SANTA RITA DO SAPUCAÍ
ANIBAL TURISMO
MRS CELULARES E ACESSÓRIOS
PRIMEIRO ENCANTO ESPECIALIZADA EM DECORAÇÃO DE
QUARTO INFANTIL
DISK LANCHES UELINTON & LUCIANA
CHURRASQUINHO DIVINU’S
RECANTO DO VALE SS DISTRIBUIDORA ATACADO E VAREJO
GUADALAJARA CLUBE DE CAMPO
DE CAMBUI
CHOCOLATE CASEIRO CLÉLINHA
CLINICA VETERINÁRIA ESTAÇÃO
ANIMAL – Dr. TADEU .TAVOLIERI
NOVAUTO VEÍCULOS
ANTONIO FRANCISCO CANDIDO
ED PRINT DO BRASIL – DISK RECARGA
BRASIL ESCOLA DE INFORMÁTICA
-CURSO BÁSICO E AVANÇADO
FOR TEENS INFORMÁTICA
TAPEÇARIA SÃO JOSÉ
VITAL MÓVEIS (MÓVEIS PARA ESCRITÓRIOS)
GOIANINHO’S MATERIAL PARA
CONSTRUÇÃO
DIGITAL SOLUÇOES EM TECNOLOGIAS
FESTA DE SANTA RITA 2009
SUPERMERCADO BRAIZINHO
CAFÉ COM COCA BOUTIQUE
CASA LOTÉRICA CENTRO DA SORTE DE CAMBUI
AABB SANTA RITA DO SAPUCAÍ
CELLVALE AGENTE AUTORIZADO
CLARO
IGUI PISCINAS POUSO ALEGRE
SO ASSENTOS DISTRIBUIDORA
DOS PRODUTOS RHODES
SUPERMERCADO ELIARA
BANCO DO BRASIL AGÊNCIA DE
SANTA RITA DO SAPUCAÍ
MINAS BRASIL MÓVEIS
CAIXA ECONOMICA FEDERAL
AGÊNCIA DE CAMBUI
UNIBANCO AGÊNCIA DE CAMBUI
S & L SEGURANÇA E CONFORTO
RESIDENCIAL
DRA. ANA PAULA DE ALMEIDA
BORSATO
LABORTÓRIO DRA. MERI KALLÁS
VALEMEC ELETROMECÂNICA
MICROPIC INTERNET À RÁDIO E
FIBRA ÓTICA
MÁRCIO JOALHEIRO
CASA DAS TINTAS DE POUSO ALEGRE
BY MOTOS – REVENDEDORA
HONDA PARA POUSO ALEGRE E
REGIÃO
ROSE VELAS
PANIFICADORA SÃO JOÃO DE CA-
CHOEIRA DE MINAS
PHARMA CENTRO DE CONCEIÇÃO DOS OUROS
BABY MODAS INFANTIL DE CONCEIÇÃO DOS OUROS
MARRECUSTUR
CEDRO LABORATÓRIO
AUTO CENTER SANTA RITA
PNEUS
VIA BRASIL VEICULOS
DR. MARCELO MENI GONÇALVES
MATOGROSSO MATERIAIS DE
CONSTRUÇÃO
DROGARIA FREI GALVÃO DE
CAMBUI
INFOCAM INFORMÁTICA CAMBUÍ LTDA
PERFUMARIA . COM
FLORICULTURA MENINA FLOR
G.A. PEREIRA AGROPECUÁRIA
BOOK COMUNICAÇÃO VISUAL
PANIFICADORA SANTA EDWIRGES I DE ESTIVA
GRUPO CELINHO – CENTRO AUTOMOTIVO E AUTO PEÇAS
CRO – CORPUS RADIOLOGIA
ODONTOLÓGICA
LANCHONETE DO VALE
CELULAR CENTER DE POUSO
ALEGRE
MAGLIONI CASA & CONSTRUÇÃO
CLINAR
PREFEITURA MUNICIPAL DE
SANTA RITA DO SAPUCAÍ
PREFEITURA MUNICIPAL DE
POUSO ALEGRE
PREFEITURA MUNICIPAL DE CACHOEIRA DE MINAS
PREFEITURA MUNICIPAL DE
CONCEIÇÃO DOS OUROS
PREFEITURA MUNICIPAL DE
CONSOLAÇÃO
PREFEITURA MUNICIPAL DE ESTIVA
PREFEITURA MUNICIPAL DE
CÓRREGO DO BOM JESUS
PREFEITURA MUNICIPAL DE SENADOR AMARAL
PREFEITURA MUNICIPAL DE
BOM REPOUSO
PREFEITURA MUNICIPAL DE
CAMBUI
CAMARA MUNICIPAL DE SANTA
RITA DO SAPUCAÍ
CAMARA MUNICIPAL DE POUSO ALEGRE
CAMARA MUNICIPAL DE CACHOEIRA DE MINAS
CAMARA MUNICIPAL DE CONCEIÇÃO DOS OUROS
CAMARA MUNICIPAL DE CONSOLAÇÃO
CAMARA MUNICIPAL DE ESTIVA
CAMARA MUNICIPAL DE CÓRREGO DO BOM JESUS
CAMARA MUNICIPAL DE SENADOR AMARAL
CAMARA MUNICIPAL DE BOM
REPOUSO
CAMARA MUNICIPAL DE CAMBUI
POLICIA MILITAR DE MINAS GERAIS
SE POR ESQUECIMENTO, FALHAMOS AO NÃO LEMBRARMOS DE VOCÊ OU SUA EMPRESA, NOS DESCULPAMOS ANTECIPADAMENTE, MAIS CONSIDERE-SE CUMPRIMENTADO PELO
JORNAL GAZETA DO VALE.
GERSON OLIVEIRA E MARIÂNGELA TELES – DIRETORES DO
JORNAL GAZETA DO VALE
Cotidiano
8
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
[turismo] Obra possibilitará a realização de eventos de grande potencial turístico em PA
Acipa lança pedra fundamental
do Centro de Eventos
ASCOM ACIPA
Da redação
[email protected]
A
Associação do
Comércio e Indústria de Pouso
Alegre (Acipa) lançou na
última terça-feira, 30, a
pedra fundamental no terreno em que será construído seu Centro de Eventos
e Convenções. A solenidade foi prestigiada por autoridades pouso-alegrenses
e diretores da entidade de
classe. A benção do local
coube ao monsenhor José
Dimas de Lima.
A cerimônia marcou o
início das obras do prédio.
No local, foram depositadas duas ‘cápsulas do tempo’ contendo dois jornais
do dia, moeda, cédula de
dinheiro, cópia do projeto
assinada pelas pessoas presentes na solenidade, além
de revistas da Acipa, um
exemplar da revista Federaminas e cópias dos discursos feitos por Agnaldo
Perugini, prefeito municipal; Paulo Henrique Pereira Alves, presidente da
Câmara Municipal; e Luiz
Henrique Mendes, presidente da Acipa na gestão
2007/2009.
O Centro de Eventos e
Convenções é um anseio
antigo da população de
Pouso Alegre. Em março
do ano passado, a Prefeitura Municipal doou à Acipa um terreno com área de
41,2 mil m², localizado às
margens da BR 459. O projeto prevê uma área construída de 7,4 mil m², além
de estacionamento para
mil veículos e restaurante.
Com a construção do
novo espaço, a Acipa
pretende estimular atividades turísticas, reuniões
de negócios, workshops,
feiras industriais, comerciais e de agronegócios. A
construção do Centro de
Convenções facilitará a
realização de grandes
eventos.
Monsenhor José Dimas de Lima abençoa o terreno em que será construído o Centro de Convenções de Pouso Alegre
GERSON OLIVEIRA
PM forma turma
do Proerd para pais
em Santa Rita
ARQUIVO PM
Luiz Henrique Mendes deposita documentos em uma das ‘cápsulas do tempo’
GERSON OLIVEIRA
Sargento Ribeiro, pais e mães de estudantes
Cíntia Ferreira
[email protected]
Prefeito Agnaldo Perugini (e) discursa durante a solenidade
Proerd conclui aulas em Córrego
RAFAEL ALMEIDA
Rafael Almeida
[email protected]
Os alunos do quinto ano
do ensino fundamental da
Escola Municipal Monsenhor
Afonso Ligório Rosa, de Córrego do Bom Jesus, formaram-se pelo Programa Educacional de Resistência às
Drogas e à Violência (Proerd)
no dia 25 de junho.
A função do Proerd é dar
instruções para as crianças
de como ficar longe das drogas e informações sobre seus
malefícios à saúde. O programa foi implantado no município em 2004 e desde então faz parte da educação
das crianças.
A formatura começou às
10h30 e reuniu 61 alunos. Os
estudantes foram divididos
em dois grupos, cada qual liderado por uma professora
– Eliana Finamor e Gisele Silva. Dois instrutores foram
designados para ensinar as
crianças, de forma lúdica,
como viver bem distante do
caminho das drogas.
Os soldados Vieira e Júnior foram os responsáveis
pela concretização do programa. As aulas tiveram duração de 50 minutos e aconteceram duas vezes por se-
A 114ª Companhia da
Polícia Militar realizou uma
formatura no dia 26 de junho para 15 pais que participaram do curso ‘Proerd
para Pais’ em Santa Rita do
Sapucaí. O curso foi promovido pelo instrutor Sargento Ribeiro nas escolas municipais Doutor José Ribeiro de Carvalho e Coronel
Joaquim Inácio.
As aulas aconteceram nos
meses de abril e maio de
2009, sendo uma aula por
semana. Durante as palestras, houve discussão sobre
drogas lícitas e ilícitas. Tam-
bém foi abordada a maneira
como os pais devem agir para
proteger os filhos das drogas
e livrá-los das pressões, além
de abordar a importância da
supervisão da família e outros
meios necessários para a
educação dos filhos.
Durante a cerimônia de
formatura, os formandos,
acompanhados de seus familiares, assistiram a uma
palestra com o tema “A importância da família”, ministrada pelo professor Carlos
Wagner. No final, todos
participaram de um coquetel oferecido pelas escolas
que sediaram as aulas do
‘Proerd para Pais’.
Cachoeira realiza
ProAlfa em escolas
municipais
Cíntia Ferreira
[email protected]
Autoridades correguenses prestigiam formatura de alunos da quinta série
mana. O programa foi dividido em 10 módulos.
Em quatro meses de aulas, os jovens levaram consigo o lema ‘A droga não tem
nenhum poder sobre você, a
não ser que você deixe’. Os
alunos fizeram homenagens
aos policias e cantaram o hino
do Proerd junto com a banda da Polícia Militar.
Compareceram ao evento a presidente do Conselho
Tutelar, Tatiana Nunes, a
coordenadora administrati-
va da escola, Vanilda Fonseca, a promotora de Cambuí, Vera Cordeiro, a secretária municipal de Educação,
Maria Aparecida de Oliveira, sargento Jarbas e o prefeito da cidade, José Rodrigues da Silva.
A promotora falou sobre
o momento parabenizando os
alunos e orou junto a eles
pedindo proteção e agradecendo a Deus.
Segundo a secretária Maria Aparecida, o Proerd é uma
ferramenta fundamental para
desenvolver os conhecimentos das crianças. Ela acredita que os alunos do quinto
ano estão na melhor idade
para conhecer os problemas
que as drogas causam à vida.
No final da festa, foram
escolhidas duas redações
que tratam do aprendizado
e repudiam as drogas. Os
professores que ministraram o curso foram homenageados e presenteados pelos formandos.
A Prefeitura Municipal
de Cachoeira de Minas aplicou na última quarta-feira,
1, em 212 alunos da rede
municipal de ensino, o Programa de Avaliação da Alfabetização (ProAlfa), um
exame realizado pelo Governo de Minas, através da
Secretaria de Estado de
Educação (SEE). Todos os
alunos que estão cursando o
terceiro ano do ensino fundamental (nove anos) das
escolas estaduais e municipais de Minas Gerais devem
participar da avaliação.
Minas Gerais é o único
estado do Brasil que faz
avaliação na fase de alfabetização. O ProAlfa verifica
os níveis de alfabetização
alcançados pelos alunos e
indica meios para a correção dos problemas identificados, além de possibilitar
o delineamento de políticas
voltadas à melhoria da qualidade do trabalho com alfabetização, leitura e escrita. As crianças matriculadas no segundo e quarto
ano do ensino fundamental
também serão avaliadas
por amostragem. As provas
serão aplicadas no horário
das aulas.
As escolas municipais de
Cachoeira de Minas que
participaram da avaliação
são: Escola Municipal Anardina Francisca da Costa,
Escola Municipal Antônio
Domingues Pereira, Escola
Municipal Capitão Manoel
Machado Homem e Escola
Municipal de Ensino Fundamental de 1ª a 4ª Série.
Cotidiano
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
9
[prestígio] Dom Airton José dos Santos representou a CNBB em viagem ao Vaticano
Papa Bento XVI recebe bispo
natural de Bom Repouso
BLOG SUZANO CHÁCARA
Jonas Costa
[email protected]
papa Bento XVI recebeu um religioso
sul-mineiro na Basílica de São Pedro em 24 de junho. Natural de Bom Repouso, dom Airton José dos Santos é o bispo diocesano de
Mogi das Cruzes. De acordo
com o jornal mogiano ‘O Diário’, o encontro durou poucos
minutos, mas foi suficiente
para que o bom-repousense
trocasse algumas palavras com
o líder da Igreja Católica.
Dom Airton viajou a Roma
para representar a Conferência
Nacional dos Bispos do Brasil
(CNBB) na preparação de uma
visita que os comandantes das
dioceses paulistas farão ao Vaticano até o fim deste ano. O
religioso é secretário da Regional Sul I da CNBB, que congrega as dioceses do estado de
São Paulo.
O bispo de Mogi foi a
Roma acompanhado do vicepresidente da CNBB e bispo
de Lorena, dom Benedito Beni
O
dos Santos. O padre José Luís
Zayas, de Suzano, relata que
o encontro não foi agendado
e aconteceu durante a ‘audiência geral da quarta-feira’,
rito semanal realizado na praça de São Pedro. Zayas divulgou uma foto do momento em seu blog (http://
suzanochacara.blogspot.com).
Dom Airton e seu colega de
Lorena organizam a visita ‘ad
limina’ dos bispos paulistas à capital do mundo católico. Esse
tipo de visita é uma obrigação
imposta aos bispos diocesanos
pelo Código de Direito Canônico. O documento estabelece
que os líderes de dioceses devem ir ao Vaticano a cada cinco anos para visitar os túmulos
dos apóstolos Pedro e Paulo.
A reportagem procurou
dom Airton por telefone na última quarta-feira, 1, mas recebeu a informação de que o
bispo estava em “reunião com
o clero”. Indicado para comentar o encontro com o papa, o
vigário geral João Motta também não foi localizado.
Cambuí tem novo
veículo escolar
O bom-repousense dom Airton Santos, bispo de Mogi das Cruzes, encontrou-se com o papa na praça de São Pedro
Esporte de Ouros é
destaque na região
DIVULGAÇÃO
REPRODUÇÃO
Micro-ônibus será utilizado no transporte de estudantes
Rafael Almeida
[email protected]
A Prefeitura Municipal
de Cambuí adquiriu um micro-ônibus escolar 0 km com
recursos provenientes do
Fundo Nacional do Desenvolvimento da Educação
(FNDE). O veículo foi obtido por meio de uma emenda parlamentar do deputado federal Odair Cunha
(PT). O Volare VL8 tem 31
lugares, sendo um deles especial para crianças portadoras de deficiência física.
Segundo Maria Izabel
Bueno Lambert, secretária
de Educação do município,
o novo meio de transporte
irá auxiliar os alunos da zona
rural, mas o itinerário do ônibus ainda não foi decidido.
O valor do veículo é de R$
137,15 mil. O automóvel está
em fase de organização de
documentos como emplacamento, seguro e regularização
dos registros. O micro-ônibus
começará a fazer parte da
frota escolar após o término
das férias, em 3 de agosto.
Ouros é campeã da Taça EPTV de 2008
Cíntia Ferreira
[email protected]
O município de Conceição
dos Ouros tem se destacado
nos últimos anos pelo seu desempenho nos campeonatos
esportivos da região. O time
de futsal da cidade é o atual
bicampeão da 19ª Taça EPTV
de Futsal 2008. A cidade também se acentuou no Torneio
Internacional Open la Matanza na Argentina e a equipe
de taekwondo é a vice-campeã mineira.
Há 13 anos, o Departamento de Esportes de Ouros
também vem desenvolvendo
um trabalho com crianças de
seis a 17 anos. A Escolinha de
Futebol Garotos de Ouro é uma
instituição municipal e tem
como coordenador o treinador
Jéferson de Castro Rosa. A Escolinha atualmente conta com
256 atletas cadastrados e
realiza um trabalho importante
no desenvolvimento físico, téc-
nico e psicológico dos atletas.
O município irá participar
novamente da Taça EPTV de
Futsal, que terá inicio neste
sábado, 4, no Ginásio Poliesportivo Rosão em Pouso Alegre. Os jogos começarão no
dia 9 de julho e a final será
em 5 de setembro. Segundo o
treinador Jéferson, o esporte
ourense tem se destacado entre as cidades do Sul de Minas Gerais. “A permanência
de alguns atletas campeões
em 2008 e a chegada de outros atletas de renome internacional faz de Conceição
dos Ouros uma das favoritas
ao título e à conquista do tricampeonato”, afirma.
Cotidiano
10
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
[prejuízo] Açougues têm gasto maior desde que o abate passou a ser feito em Poço Fundo
Fechamento do Matadouro de
Paraisópolis desagrada açougueiros
FILIPE SOUZA MACHADO
Filipe Souza Machado
[email protected]
O
fechamento do Matadouro Municipal
de Paraisópolis desagradou aos açougueiros da
cidade. Desde o dia 12 de
maio deste ano, animais
como bovinos e suínos são
abatidos a cerca de 120 quilômetros do município, em
Poço Fundo. O encerramento das atividades de abate
em Paraisópolis aconteceu
devido a uma notificação do
Ministério Público à Prefeitura Municipal.
No dia 13 de março, a
promotora de Justiça, Rogéria Cristina Leme, encaminhou
um termo de ajustamento de
conduta (TAC) ao prefeito
Sérgio Bizarria. No documento consta que o Matadouro
Municipal realizava atividades que poluíam o meio ambiente, pois todos os detritos do abate dos animais
eram lançados à natureza,
sem qualquer tipo de tratamento. Outro problema encontrado foi que o abatedouro funcionava sem licença
ambiental.
Assim, os trabalhos no
local deveriam ser encerrados
no dia 31 de março. Caso as
atividades continuassem, a
Prefeitura pagaria multa de
R$ 1 mil ao dia. Os açougueiros da cidade, então, re-
alizaram uma reunião junto à
promotora de Justiça e pediram um adiamento do prazo
de fechamento. Após a conversa, o Ministério Público
concedeu mais 42 dias para
que a prefeitura solucionasse todas as irregularidades.
Caso os problemas não fossem resolvidos, o matadouro seria fechado imediatamente, o que aconteceu no
dia 12 de maio.
Maurício Lopes Soares é
açougueiro há 15 anos e diz
que seria importante a volta
do abate dos animais em Paraisópolis. Ele estima que,
desde que os animais começaram a serem abatidos em
Poço Fundo, teve um aumento nas despesas de
aproximadamente R$ 1 mil.
Maurício afirma que não só
a sua classe, mas os consumidores, vendedores e compradores de carne são prejudicados com o fechamento do matadouro. “O aumento do preço da carne é
repassado aos consumidores”, diz o açougueiro.
A cada semana, aproximadamente 60 animais vão para
o abate em Poço Fundo. O
comerciante Jordane Cabral
Oliveira realiza o transporte
do gado. Ele afirma que o fechamento do matadouro de
Paraisópolis é prejudicial, pois
há chances dos animais se
O encerramento das atividades de abate em Paraisópolis ocorreu após uma notificação do Ministério Público
machucarem na viagem e, assim, a carne pode ser danificada. Jordane lembra que o
custo com o transporte dos
animais é muito grande, devido aos documentos necessários para o deslocamento até
Poço Fundo. “Aumentou o
custo da carne, da matança,
temos dificuldade de estoque,
temos burocracia para levar
o gado para o abate”, revela
o comerciante.
O prefeito de Paraisópolis, Sérgio Bizarria, relata que
encontrou o Matadouro
Municipal em condições muito precárias no início de seu
mandato. O prefeito diz ainda que a reforma do matadouro ou a construção de
outro abatedouro depende
de uma liberação ambiental
que pode demorar até um
ano para ser expedida. A
partir daí, o município pode
executar o projeto de insta-
lação de outro matadouro,
que pode demorar mais um
ano. Sérgio afirma que já deu
entrada para conseguir a liberação, mas que existe
muita burocracia. “Nós estamos esperando a liberação
ambiental que pode demorar um ano”, explica Sérgio.
Estivenses recolhem
Senador Amaral teve
2 mil kg de embalagens campanha de saúde bucal
DIVULGAÇÃO
DIVULGAÇÃO
Crianças receberam orientações sobre o modo correto de escovar dentes
Rafael Almeida
[email protected]
Coleta de recipientes de agrotóxicos foi organizada por Emater e AME
Rafael Almeida
[email protected]
A Associação dos Morangueiros de Estiva (AME), juntamente com a Emater, realiza o recolhimento de embalagens de agrotóxicos e defensivos das propriedades rurais
da cidade. A coleta começou
em março e alcançou a marca
de 5 mil recipientes.
O objetivo da iniciativa é
informar os produtores rurais
do risco de contaminação do
meio ambiente com embalagens vazias de agrotóxicos,
sendo necessária levá-las
para local próprio. Além de
preservar o meio ambiente,
a ação evita uma cadeia de
contaminação com resíduos
de defensivos nas embalagens vazias.
Membros da associação
se reuniram para divulgar o
início das atividades e elaboraram um roteiro, determinando em que dia e horário
os recolhedores iriam passar
pelos bairros. Os moradores
também fizeram a sua parte
e entregaram os recipientes
com consciência ambiental.
O saldo da coleta foi de
aproximadamente 2,5 toneladas, sendo 1 tonelada de
embalagens de vidro (em
desuso há mais de 15 anos)
e 1,5 toneladas de embalagens plásticas e de outros
materiais que demoram a se
decompor.
A Secretaria Municipal
de Saúde de Senador Amaral promoveu, de 22 a 26
de junho, a 7ª Campanha de
Saúde Bucal nas escolas municipais e estaduais. O objetivo da ação é conscientizar as crianças sobre a necessidade de cuidar dos
dentes e mostrar os benefícios que a boa higiene bucal pode trazer.
Dentistas, técnicos em
higiene bucal e a equipe do
Programa Saúde da Família
(PSF) visitaram as escolas
e apresentaram vídeos edu-
cativos que explicam a utilização do fio dental e como
fazer uma escovação corretamente. Após a parte teórica, os estudantes escovaram os dentes e receberam a aplicação de flúor
(substância que ajuda a prevenir cáries). As crianças
receberam um kit de higiene, com escova e creme
dental.
A Campanha de Saúde
Bucal foi implantada pela
atual administração municipal e acontece a cada seis
meses. A equipe de saúde
bucal conta com três cirurgiões-dentistas e três auxili-
ares de consultório odontológico (ACDs). Durante a
realização do projeto, dentistas e ACDs avaliam as
condições em que se encontram os dentes das crianças
e, quando necessário, fazem
o encaminhamento para o
consultório odontológico.
Conforme levantamento
da Secretaria de Saúde, houve uma grande diminuição
no índice de cáries nas crianças de 5 a 14 anos. Os
dentistas afirmam que as
campanhas realizadas já
apresentam bons resultados
em relação à educação das
crianças.
Curso ajuda produtores a aplicar agrotóxicos
Rafael Almeida
[email protected]
A pedido de trabalhadores rurais, a Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) realizaram um curso gratuito em
Estiva. As aulas aconteceram de 17 a 19 de junho,
abordando aplicação de
defensivos e manuseio de
equipamentos agrotóxicos.
O curso foi ministrado pelo
instrutor Flávio Augusto, do
Senar, no Clube Literário e
Recreativo da cidade e no
Sítio Santos, no Bairro da
Lagoa.
Flávio tratou de temas
como a necessidade e o uso
correto dos equipamentos
de proteção individual e o
funcionamento dos equipamentos de pulverização
manual, tratorizada e motorizada. Falou também da
importância da manutenção
constante desses equipamentos.
Nove produtores rurais
participaram do curso. O
grupo teve aulas práticas
para aprender a manusear,
limpar, montar e desmontar
os equipamentos de aplicação de defensivo e aplicar
esse produto de forma correta e segura. Os alunos receberam instruções de
como vestir os equipamentos de proteção individual
para que o veneno não entre em contato com a pele
do aplicador, o que pode
causar danos à saúde.
A procura do curso de
aplicação de agrotóxico foi
devido à falta de instrução
dos trabalhadores do campo. Muitos deles não possuem técnica nem conhecimento ao começar o processo de plantio do morango e outros alimentos que
não são comuns em seus locais de origem.
A auxiliar administrativa
da Emater de Estiva, Débo-
ra Aparecida Moreira, diz
que os cursos preparatórios são eficientes e essenciais para a aprendizagem dos
trabalhadores rurais. Segundo dados da Emater, o instrutor do curso elogiou a atitude dos produtores falando sobre a preocupação
deles com o meio ambiente
e em relação à segurança no
trabalho no campo.
Variedades
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
Gazetinha
311
Especial de Aniversário
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
12345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567
Colorir
Colorir
SUDOKU
Vale
A palavra sudoku significa ‘número sozinho’ em japonês, o que mostra concisamente o objetivo do jogo. O
sudoku existe desde a década de 70, mas começou a ganhar popularidade no final de
2004 quando passou a ser
publicado diariamente na sessão de puzzles do jornal The
Times. Entre abril e maio de
2005, o puzzle começou a ganhar um espaço na publicação
de outros jornais britânicos e,
poucos meses depois, ganhou
popularidade mundial.
Classificados
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
1234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678
Vendo uma casa em
Pouso Alegre, no bairro Santa Lúcia, Centro, rua Dr.
Lino Amaral 95. Ótima localização. Casa com 2 qtos,
cozinha, quintal e com 1
barracão. Tratar com Paulo: (35) 3471-0100
Alugam-se salas comerciais no 2 o piso de um
edifício de Santa Rita do
Sapucaí, com banheiros e
armários embutidos. Tratar pelos telefones (35)
3471-2305 e 8819-2086
Vendo um scanner de
mesa semi-novo marca
Genius. Tratar: 84050844.
Vendo um chapéu Prada, novo, na caixa, tamanho 52. Preto. Tratar:
8405-0844
Solução:
Vende-se monitor de 17
polegadas e tela plana. Telefone: (35) 8867-2227
Anuncie na Gazeta do Vale e
apareça TODA semana!
(35) 3471-1459
Horóscopo
da semana - www.joaobidu.com.br
123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678901212345678901234567890123456789012123456789012345678901234567890121234567890123456789012345678
Deve encarar as mudanças com
mais otimismo, principalmente as
que se referem ao trabalho. Poderá ter sorte em concurso. Boa
fase para investir na paixão.
Você sentirá necessidade de avaliar o que é realmente importante. Boa fase para iniciar um romance. Se você já namora, controle o ciúme.
Fase ideal para desenrolar questões familiares. Suas expectativas
podem estar muito altas, seja do
ponto de vista profissional ou afetivo, por isso, tenha cautela.
Cuidado com extravagâncias. O
setor profissional está bem-amparado. Uma novidade promete
deixar você bastante surpreso(a)
no campo afetivo.
Evite fazer promessas que não possa cumprir. Negócios que não domina devem ser evitados. Bom período para prestar concurso. Evite
fazer comentários sobre a sua vida.
O desejo de cortar alguns vínculos
de dependência será a grande tônica
desta fase, mas isso pode gerar
conflitos em família. No amor, curta
a intimidade com seu par.
Dê mais de si e não espere muito
de ninguém. Vênus traz ótimas
condições de ganhar dinheiro e
investir em suas idéias. Fase de
renovação na paixão.
O período requer cautela com negócios de risco. É hora de somar
forças com as pessoas que têm os
mesmo objetivos seus. Tempo bom
para revelar seus sentimentos.
Cuidado com discussão. Estará
muito sensível a críticas. Trabalhar
em equipe será sua melhor opção.
Vênus promete realçar seu charme. Você vai arrasar!
Agarre as oportunidades de viajar,
quebrar a rotina e ampliar a sua
visão de mundo. Os cursos podem
enriquecer o seu currículo. Na paixão, aguarde boas novas.
Negócios e amizade não se misturam. Tenha cautela com perdas,
seja pelo excesso de otimismo ou
confiança. Você estará pronto(a)
para assumir compromisso.
Vencendo as dificuldades é que
você poderá conhecer seu próprio
valor. Use a diplomacia para conseguir o que quer. A felicidade estará presente no romance.
Cultura
12
Gazeta do Vale >> 3 de julho de 2009
[beleza] Ginásio ‘Alcidão’ se transformou em um orquidário no último final de semana
Exposição de orquídeas atraiu
pessoas de toda a região
JONAS COSTA
Cíntia Ferreira
[email protected]
U
ma exposição de
orquídeas aconteceu em Santa
Rita do Sapucaí no último
final de semana. O evento
ocorreu no Ginásio Poliesportivo Municipal Dr. José
Alcides Rennó Mendes (Alcidão) e contou com a visita de mais de mil pessoas. A exposição foi das 9h
às 18h de sábado, 27, e
domingo, 28. É a primeira
vez que uma mostra de orquídeas é realizada no município. O objetivo foi divulgar a diversidade existente da planta.
O evento foi promovido
pelo proprietário do Orquidário Lumani de Varginha,
Luis Carlos Silva Félix. Além
dos santa-ritenses, visitaram
o ginásio no final de semana
pessoas de São Lourenço,
Caxambu, Pouso Alegre,
Cachoeira de Minas, Paraisópolis, Conceição dos Ouros, Itajubá, Varginha e Alfenas. A professora Maria
Aparecida de Faria visitou o
local e afirmou que foi à exposição por curiosidade.
Para ela, observar a planta
“faz bem para o espírito, faz
bem aos olhos e é uma coisa
bela da natureza”.
No domingo, 28, às 14h,
Segundo Luis Carlos, a exposição foi muito válida e bem visitada pela população de Santa Rita e região
aconteceu uma palestra ministrada por Luis Carlos sobre cultivo de orquídeas, a qual reuniu
cerca de 30 pessoas. Além da
palestra, as flores também foram vendidas à população. A
dona-de-casa Maria Beatriz
Capistrano compareceu à exposição e comentou que precisa das flores para viver. “Eu
preciso da flor pela beleza dela.
Eu admiro muito todos os tipos de flores. Onde fala que
tem, eu vou”, declara.
O evento contou com o
apoio da Prefeitura Municipal
de Santa Rita do Sapucaí, da
Associação Comercial e Empresarial do Vale da Eletrônica
(Acevale) e do Orquidário Lumani de Varginha. A próxima
exposição está prevista para os
dias 10, 11 e 12 de julho no
Sindicato Rural de Alfenas.
Segundo Luis Carlos, em
Santa Rita do Sapucaí está
sendo criada uma associação
de orquidófilos, cujo respon-
sável é Benedito Eduardo Ribeiro Adami. No momento,
estão sendo coletados os nomes dos interessados em participar. Os orquidófilos de
Cachoeira de Minas farão
parte da associação.
Começam as inscrições para o Festival de Pratos Típicos
ARQUIVO EMATER
Cíntia Ferreira
[email protected]
As inscrições para o 7º Festival de Pratos Típicos Mandioca e Polvilho de Conceição
dos Ouros já estão disponíveis
na Empresa de Assistência Técnica e Extensão Rural (Emater)
do município. O evento acontecerá em 5 de agosto no Centro Educacional Christovam
Chiaradia. Todas as pessoas
que tiverem interesse em parti-
cipar podem se inscrever.
São mais de 200 receitas divulgadas por ano. Os prêmios
são diversos utensílios domésticos. Os pratos são escolhidos
pela criatividade e são divididos
em quatro categorias: bebida,
panificação, salgados e doces.
Além dos prêmios para os melhores pratos, durante o festival
são sorteados vários brindes à
população presente.
Diversas cidades vizinhas
participam do evento todos os
anos. Entre elas estão Cachoeira de Minas, Santa Rita do
Sapucaí, Piranguinho e Paraisópolis. Segundo Jerônimo José de
Carvalho, engenheiro agrônomo da Emater de Conceição
dos Ouros, este festival acontece por causa de um dos programas de estruturação da
Emater, o ‘Minas sem Fome’.
Dentro deste programa, foram
oferecidos cursos de processa-
mento de alimentos pela extensionista de bem-estar social da
Emater Aline Oliveira Guidis.
Quem se interessar em participar deve procurar a Emater
de Conceição dos Ouros, levar
a receita de mandioca ou de
polvilho e o Cadastro de Pessoas Físicas (CPF) para se cadastrar. As inscrições podem ser
feitas até o dia 30. Para mais
informações, o telefone da Emater de Ouros é (35) 3653-1211.
O bolo de fécula trufado foi o vencedor do festival de 2008

Documentos relacionados

58 - Gazeta do Vale

58 - Gazeta do Vale CEP 37540-000 - Telefone: (35) 3471-1459 Sucursal: rua Padre Caramuru, 102, Centro, Cambuí/MG, CEP 37600-000 Telefone: (35) 3431-3047 E-mail: [email protected] Site: www.jornalgazet...

Leia mais

94 - Gazeta do Vale

94 - Gazeta do Vale Gazeta do Vale Editora Ltda (CNPJ 09.561.233/0001-38) Redação: rua Sancho Vilela, 95, Ozório Machado, Santa Rita do Sapucaí/MG CEP 37540-000 (Caixa Postal - 71) - Telefone: (35) 3471-1459 / 3471-02...

Leia mais

18 - Gazeta do Vale

18 - Gazeta do Vale Expediente Gazeta do Vale Editora Ltda CNPJ 09.561.233/0001-38 R. Sancho Viela, 95 - Ozório Machado Santa Rita do Sapucaí/MG - 37540-000 Fone: (35) 3471-1459 e-mail: [email protected]

Leia mais