Não te esqueças europa e ue

Сomentários

Transcrição

Não te esqueças europa e ue
FICHA DE APOIO AO ESTUDO – GEOGRAFIA
NÃO TE ESQUEÇAS…
CARACTERIZAÇÃO FÍSICA E POLÍTICA DO CONTINENTE EUROPEU
A Europa localiza-se no Hemisfério Norte e tem uma latitude compreendida entre os 35º
Norte e os 72º Norte e uma longitude que vai dos 22º Oeste a 60º Oeste.
 LIMITES FÍSICOS DA EUROPA
- Norte: Oceano Glacial Árctico
- Oeste: Oceano Atlântico
- Sul: Mar Mediterrâneo/ Mar Negro
- Este: Montes Urais/ Mar Cáspio
PONTOS EXTREMOS DA EUROPA
- Ponto Norte: Cabo do Norte ( Noruega)
- Ponto Oeste: Cabo da Roca ( Portugal)
- Ponto Sul: Ilha de Creta (Grécia)
- Ponto Este: Montes Urais (Rússia)
Consolida Conhecimentos:
Para conseguires localizar com
rigor os limites físicos, os pontos
extremos da Europa, e os países
constituintes dos quatro espaços
geográficos do continente europeu
consulta o teu manual – Geo 1, na
página 45, o Geo Atlas, na página
29 e 45 e na tua Ficha de Trabalho
nº 8.
ESPAÇOS GEOGRÁFICOS DA EUROPA
De acordo com a sua localização, os países europeus inserem-se num dos principais
espaços geográficos da Europa:
Europa
do
Norte
–
Noruega,
Suécia,
Finlândia, Dinamarca e Islândia;
Europa Ocidental – Reino Unido, Irlanda,
França, Bélgica, Holanda, Suiça, Áustria e
Alemanha;
Europa do Sul ou Mediterrânea: Portugal,
Espanha, Itália, Eslovénia, Croácia, BósniaHerzegovina, Sérvia e Montenegro, Albânia,
Macedónia, Bulgária, Grécia e Turquia;
Europa de Leste ou Oriental: Polónia,
República
Checa,
Eslováquia,
Hungria,
Roménia, Moldávia, Ucrânia, Bielorrússia,
Lituânia,
Letónia,
Estónia
e
Rússia ;
1
ANO LECTIVO 2010-2011
MICROESTADOS (estados de pequena dimensão)
- Andorra
- Mónaco
- Vaticano
- São Marino
- Liechtenstein
- Malta
UNIÃO EUROPEIA
Após a II Guerra Mundial (1939-45) foi necessário reconstruir cidades bombardeadas,
recuperar fábricas, reorganizar a actividade comercial e garantir a paz na Europa, enquanto os EUA
e a União Soviética (actual Rússia) se transformavam em duas grandes potências mundiais. Por isso
alguns políticos entenderam que a união dos países europeus seria o único meio de promover o
desenvolvimento económico e de superar as dificuldades existentes.
Na sequência desta ideia, em 1957 seis países decidiram juntar-se e formar a Comunidade
Económica Europeia (CEE) e contava apenas com seis países: Bélgica, Luxemburgo, França,
Itália e Alemanha. Posteriormente aderiram a esta comunidade:
- em 1973, o Reino Unido, a Irlanda, e a Dinamarca;
- em 1981, a Grécia;
- em 1986, Portugal e Espanha;
- em 1995, a Aústria, a Suécia e a Finlândia;
- em 2004, a Eslováquia, a Eslovénia, a Estónia, a Letónia, a Lituânia, a Polónia, a República
Checa, o Chipre, Malta e a Hungria;
- em 2007, a Roménia e a Bulgária
ALGUNS TRATADOS EUROPEUS
TRATADO DE ROMA – 1957 – fundação da CEE
TRATADO DE MAASTRICHT – 1992 – a CEE passa a designar-se UE
TRATADO DE AMESTERDÃO – 1997
TRATADO DE NICE - 2000
OBJECTIVOS DA UNIÃO EUROPEIA:
Os objectivos que estiveram na origem da actual União Europeia, eram sobretudo de ordem
económica, mas foram-se progressivamente estendendo a outros domínios, nomeadamente a
aspectos de ordem social e política.
Livre circulação:
2
ANO LECTIVO 2010-2011
- de pessoas (qualquer pessoa pode trabalhar e residir nos países que fazem
parte da UE);
- de mercadorias ( livre circulação de produtos entre os vários países);
- de serviços (qualquer cidadão, como médico, advogado ou qualquer
empresa pode exercer a sua actividade em qualquer país da União Europeia);
- de capitais (qualquer cidadão pode investir o seu dinheiro no país que
quiser);
Desenvolvimento Regional, através de Políticas Comuns direccionadas para a
educação, o ambiente, a industria, o comércio, o emprego, a agricultura e a pesca dos
vários países da União europeia.
Alguns exemplos de Políticas Comuns:
- PAC (Política Agrícola Comum), destina-se à agricultura;
- PESC (Política Externa de Segurança Comum), destina-se a promover a
segurança de todos os cidadãos;
- Política Comum de Pescas, destina-se a desenvolver o sector das pescas.
Cooperação:
- Científica
- Tecnológica
Estes objectivos traduzem-se em aspectos práticos, como por exemplo:
- Se quiseres viajar dentro da União Europeia, não precisas de apresentar passaporte;
- Um português que resida, por exemplo, em França, tem direito ao voto e, pode também ser eleito
para os órgãos do poder local;
- Muitas obras construídas em Portugal têm sido financiadas, em parte, por fundos comunitários;
- Se viajares para outro país da União Europeia que já tenha adoptado o euro não precisas de trocar
o dinheiro, nem de te habituares a outra moeda;
INSTITUIÇÕES EUROPEIAS
Para gerir e organizar a União Europeia, estabelecer as leis e regulamentos pelos quais os
países da UE se devem reger, são fundamentais as INSTITUIÇÕES EUROPEIAS:
COMISSÃO EUROPEIA
CONSELHO EUROPEU
TRIBUNAL DE JUSTIÇA
TRIBUNAL DE CONTAS
PARLAMENTO EUROPEU
3
ANO LECTIVO 2010-2011