Os Sete Mensageiros

Сomentários

Transcrição

Os Sete Mensageiros
Os Sete Mensageiros
by Dino Buzzati
Dezanove contos perturbadores dominados pelo obscuro e pelo inesperado, havendo mesmo alguns de evidente
horror e sobrenatural. No entanto, o que mais sobressai de todos eles são os profundos conflitos íntimos das
personagens, que fazendo contraponto com a natureza fantástica das histórias, põe em realce a sua profunda
humanidade, a permanente luta ente o bem e o mal e a busca de um sentido para as suas vidas.
Alguns dos contos não tem um final concreto, o autor deixa assim ao cuidado de cada leitor a possibilidade de
imaginar o melhor desenlace mediante a perceção e sensibilidade de cada um.
Começo a levar este senhor muito a sério, o que me levou a alguma pesquisa. A Cavalo de Ferro resolveu o
problema aos fãs do autor e apresenta-nos esta cronologia que é uma viagem pela vida e obra de Dino Buzzati.
http://www.cavalodeferro.com/upload/P...
|Il giorno in cui sono andato via di casa, mia madre mi ha regalato questo libro, che fu di mio nonno. Ne vado
orgogliosissimo. E' una prima edizione, dicembre 1942, in perfetto stato di conservazione.
Aprirlo è leggere un Buzzati che... ancora nessuno conosce.|19 contos excelentes. Paisagens quase sempre
desérticas e a morte sempre presente como a "grande passagem". Pode parecer um pouco mórbido, mas não o
é.|Marcaram-me fundamentalmente 2 contos - "Os Sete mensageiros" e "Sete Andares" - brutais! Arrepiante.|Me
encanta Buzzati. disfruté "El desierto de los tártaros", y me ha encantado este libro de cuentos cortos, surrealistas
todos, con moraleja los más. Destacaría el primero de los relatos, y que da nombre al libro, el de "las siete
plantas", que me recordó mucho a la residencia de los camilos en Tres Cantos, Miedo en la scala, que en este caso
me acercaba a mi amigo Inaaacio, el ascensor, y los bultos en el jardín. No olvidaré el de la gota, o la canción de
guerra.
En definitiva, libro muy recomendable, de los de volver as releer con el tiempo
En definitiva, libro muy recomendable, de los de volver as releer con el tiempo