de Cheiro

Сomentários

Transcrição

de Cheiro
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
ASSOCIAÇÃO DO PESSOAL DA CAIXA ECONÔMICA FEDERAL DO PARÁ
junho/julho de 2010 - BELÉM-PARÁ - Nº 8
Entrevista
Pés no
chão
O Novo modelo de
gestão do Caixaparah
conta com a experiência
e o profissionalismo
Página
de Luiz Alberto
Pinto.
8
Jogos da FENAE
PARÁ
forte no Ceará
De 14 a 21 de agosto,
os funcionários da Caixa
participam dos Jogos
nacionais. Dois mil atletas de todo o Página
5
país estarão em Fortaleza-CE.
Banho
de Cheiro
A tradição do melhor
São João da cidade foi
mais uma vez vivida no
Caixaparah.
O Banho de Cheiro teve
atrações e divertimentos
para toda a
Página
família.
6
Dia dos Namorados
Uma Noite
com Elvis
Uma programação dedicada
aos associados e convidados
foi realizada no dia 12 de junho,
para festejar o Dia dos
Namorados. Elvis Presley
Página
Cover foi a grande
atração.
5
Realizada pelo segundo ano, a prova organizada pelo
Caixaparah festejou os 39 anos da FENAE e serviu de
incentivo para novos atletas.
Página
Os melhores classificados receberam medalhas e
premiação em dinheiro.
4
ENFOQUE - Conheça João Carlos Amaral, gerente financeiro do clube. (pag. 3)
Página 3
2
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
BELÉM - PARÁ
junho/julho de 2010
Mensagemdopresidente
Isan Guimarães
Um semestre com a cara do Caixaparah
ara terminar o primeiro
P
semestre com chave de ouro, tivemos no
Caixaparah uma série de
eventos que contaram
com a participação expressiva dos associados.
O Dia dos Namorados comemorado com uma bela
programação romântica e
dançante. As emoções da
Copa do Mundo na África,
vividas pela nossa torcida organizada
presente nos espaços do clube para
assistir aos jogos da Seleção Brasileira
foram bons exemplos, sem esquecer
da quadra junina novamente marcada
pelo sucesso do tradicional e sempre
concorrido “Banho de Cheiro”, programação que reúne ritmos, brincadeiras
e iguarias da época, numa grande festança com direito a banho aromático e
muitas atrações artísticas juninas.
Ao longo do mês de julho, temporada de veraneio no Estado, quando
muitos belenenses aproveitam o reces-
so escolar dos filhos e se
deslocam para os balneários, o Caixaparah funcionou
normalmente nos finais de
semana, como opção para
quem permaneceu em Belém. Essa proposta de atender ao associado com uma
gama de serviços em área
de piscina, parque aquático,
prática de esporte e, ainda, e
no setor de bar e restaurante é
concretizada desde que assumimos a APCEF/PA, porque consideramos essencial
a um clube que esteja presente em cada
período da vida de seus associados.
Mas, se em julho o Caixa esteve à
disposição dos associados, para esse
segundo semestre estamos trabalhando
para levar a efeito serviços e programações voltadas para o bem estar daqueles
que frequentam o clube. Estaremos com
os campeonatos de futebol a todo vapor,
ou seja, aqueles que gostam da prática
desse esporte poderão atuar em equipes
de faixas etárias diferenciadas. Além do
futebol, vamos manter e incentivar outras
modalidades como vôlei, tênis e jogos
de tabuleiro, por exemplo, intercalados, é claro, com
outras programações festivas
Diretoria Executiva da APCEF/PA:
Presidente
Isan Guimarães
Vice-Presidente
Nonato Rodrigues
Vice-Diretorias
Jurídica
Leonardo Linhares
Relações Públicas & Marketing
Paula Fortinho
Josiane Araujo
Relações Trabalhistas & Síndicais
José Maria Dinelli
Vice-diretora Sociocultural
Lucia Helena de Almeida
Esportes
Mauro Soares
Edilson Andrade
Diretor Administrativo
Marcos Cleison Reis
Secretário Geral
Reginaldo Quaresma
Diretora de Sede
Ana Alice Silva
Interior
Edilson Oliveira
Patrimônio
Raimundo Maia
Meio Ambiente
Leandro Rêgo
Responsabilidade Social
Ademir Machado
Ouvidoria
Helena Imbiriba
Feliz Idade
Maricila Brito
Infância
Gisele Silva
ao longo dos últimos seis meses do ano.
Uma delegação da APCEF/PA participa
em agosto dos 9º Jogos Nacionais da
FENAE, em Fortaleza (CE), uma das
mais importantes competições do esporte amador no País, e a principal entre
os funcionários da Caixa Econômica Federal.
O nosso planejamento e o cronograma de ações administrativas para
esse segundo semestre também é
prioridade. Vamos implementar a atualização dos sistemas e processos já
implantados, incluindo a revisão e atualização do cadastro de associados e
dependentes. Outra ação será a revitalização do lago da sede, com apoio da
FENAE, e também pretendemos atuar
na reestruturação do Bar Central.
Como podemos vislumbrar, ao
longo desse semestre os associados
vão poder frequentar a sede do Caixaparah, com mais tranquilidade e a certeza de mais opções de lazer e serviços. Vamos continuar com projetos voltados para que os associados e seus
dependentes desfrutem ainda mais do
clube.No mesmo pique e com a mesma qualidade de atendimento verificados antes e durante as férias de julho,
ou seja, o Caixa continuará a ser uma
alternativa de lazer e congraçamento
para seus associados frequentadores,
o nosso maior patrimônio.
Sede
Leandro Rêgo
Secretaria
Frank Williams Ferreira
Administrativa
Marcelo Matos
Assessoria Administrativa Financeira
Luiz Alberto Pinto
Coordenação:
Zê Efe Comunicação & Markerting
l
Edição: Gandur Z. Filho - Reg. Prof. DRT-PA 695
l
Textos: Eduardo Rocha - Reg. Prof. DRT-PA 755 e
l
Projeto/Diagramação: Afonso Arakém - DRT-PA 1546
l
Fotos: Alex Helser e Ribamar Sousa
Endereço Principal: Rodovia BR 316 KM 03 Alameda Caixaparah, s/nº - Coqueiro - Cep: 67020-030 - Ananindeua / Pará.
Endereço alternativo: Estrada da Providencia, s/nº em frente a WE 06 Cidade Nova I - Coqueiro - CEP: 67140-440 - Ananindeua/Pará.
Fones: Call Center: (91) 3234-1970 / 3212-6526 - Eventos: (91) 3223-5023 / 8293-8350
Site: www.apcefpa.org.br - E-mail: [email protected] - Impressão: Cartopack - Tiragem: 3.000 exemplares
3
junho/julho de 2010
Festival em
setembro
ara quem gosta de música, seja
ouvindo, seja tocando ou canP
tando, em setembro, será realizado
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
o Festival de Música da APCEF/PA .
As inscrições poderão ser feitas no período de 1o a
10 de setembro. Como informa a comissão organizadora do festival, no dia 22 haverá o sorteio e a divulgação da ordem de apresentação dos inscritos que
no dia 24, participarão da eliminatória. A grande final
acontecerá no dia 25 de setembro, com a cerimônia
de encerramento e premiação. O primeiro colocado
receberá R$ 400,00 e um troféu, e representará a
APCEF/PA no 10º Festival de Música da FENAE, em
Goiânia, no mes de dezembro. O segundo colocado
receberá R$ 200,00, e o terceiro, R$ 100,00. O melhor
intérprete será premiado com R$ 300,00, e os oito finalistas receberão medalhas de participação.
O Festival serve para promover, por meio da
música, a integração dos empregados da Caixa
Econômica Federal, funcionando como estímulo
para o surgimento de novos talentos entre funcionários e ex-funcionários da Caixa. A programação será
realizada na sede do Caixaparah. Podem inscreverse, empregados da Caixa Econômica Federal, entre
ativos, aposentados e pensionistas, que comprovem
a condição de sócios da APCEF/PA na data da inscrição. As inscrições serão gratuitas, e poderão ser feitas
na sede da entidade, na Estrada da Providência S/N,
em frente à WE 6 - Cidade Nova I, bairro do Coqueiro, Ananindeua/PA, CEP: 67140-440. O interessados
deverão preencher formulário de inscrição, enviar letra
e título da música impressa em papel ofício, enviar/
postar a música gravada em CD, MD, ou se preferir,
nos formatos mpeg ou mp3 , da forma como será
executada. Deverá, também, encaminhar partitura
melódica, harmônica, dos arranjos, ou outras instruções que julgar necessárias.
A música inscrita deverá ser de autoria do
participante, inédita (não pode ter sido publicada
em qualquer veículo de comunicação ou em outros concursos); ser original (não pode ser plágio ou
adaptação de músicas já existentes); conter um título e estar escrita na língua portuguesa; em caso de
parcerias, todos os autores deverão ser funcionários da ativa ou aposentados da Caixa e sócios da
APCEF/PA. A confirmação das inscrições será feita
no site www.apcefpa.org.br e cada participante poderá inscrever apenas uma música. Um júri técnico
fará a seleção das composições, observando os
quesitos música, letra, inovação e criatividade do
tema e, ainda interpretação.
Da eliminatória do dia 24 de setembro, participam todas as músicas inscritas, e, para a finalíssima
do dia 25 serão classificadas oito composições, de
onde serão escolhidas as três vencedoras e a melhor interpretação. Todos os candidatos inscritos no
Festival de Música da APCEF/PA 2010 receberão
certificado de participação.
Enfoque
BELÉM - PARÁ
João Carlos dos Santos Amaral,
gerente financeiro
Gerência financeira exige compromisso
Encaro o
meu trabalho
com muita
responsabilidade
priorizando
os interesses
e direitos do
associado
esponsabilidade. Essa é a palavra
R
que norteia as ações do funcionário João Carlos dos Santos Amaral,
41, como gerente administrativo da
APCEF/PA há um ano e sete meses.
Tudo porque esse paraense casado
e pai de um adolescente de 15 anos
não abre mão da qualidade em seus
serviços para atender os demais
setores administrativos do clube e,
principalmente, os associados do
Caixaparah. João Amaral atua no
clube há 21 anos, e se orgulha do
bom relacionamento que mantém
com os dirigentes da APCEF/PA e
associados em geral.
Na gerência Financeira, João
Amaral atua no controle do fluxo de
documentos relacionados à programação financeira do clube. É um trabalho contínuo e que muitas vezes
não aparece para quem frequenta
as dependências do Caixaparah,
mas que faz toda a diferença nesse
processo de administração. Entretanto, nada que a experiência de anos
à frente dessa tarefa não faça com
que João tire de letra uma série de
compromissos estratégicos para o
funcionamento do conjunto de setores na sede.
RETORNO
“Eu encaro o meu trabalho nessa gerência com muita responsabilidade, porque, entre outros aspectos,
o sócio do clube dá sua contribuição
mensal e quer ter um retorno satisfa-
João Carlos, 21 anos no clube.
tório, e é para que isso aconteça que
a gente trabalha aqui”, observa. O
dia-a-dia de trabalho de João Amaral é de muita rotatividade de controle, para realização das tarefas na
gerência Financeira. Ele convive com
profissionalismo com os colegas de
trabalho e outors profissionais do
clube, como convém a um gestor
moderno que prioriza a gestão com
delegação de funções e dinamismo
dos processos para atingir os objetivos planejados.
Para cumprir uma rotina de atividades, João desfruta, em particular,
de um canal direto de comunição
com os dirigentes da APCEF/PA. Sobre mudanças empreendidas pela
atual diretoria da APCEF/PA, João
Amaral declara: “Em pouco tempo,
a diretoria tem mostrado que é possível o Caixaparah chegar a nível bem
mais alto do que já chegamos, em
particular no que se refere a questões
trabalhistas”. João ressalta a iniciativa
do consultor Luiz Pinto em disseminar entre os funcionários métodos de
controle, para dinamizar a administração do clube.
4
BELÉM - PARÁ
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
junho/julho de 2010
Com largada na Alameda Caixaparah e chegada na sede do clube, a ll Milha teve boa participação e a vibração dos atletas
Adenilson e Laurinda vencem a Milha
Realizada com sucesso
pelo segundo ano, a
prova comemorou os
39 anos da FENAE e
serviu para incentivar
novos atletas.
denilson Oliveira e Laurinda Dias FerreiA
ra foram os vencedores da 2ª Milha do
Caixaparah, disputada na manhã do dia 12
de junho, na alameda Caixaparah e sede
desse clube social, em Ananindeua, como
parte das comemorações dos 39 anos da
Federação Nacional das Associações do
Pessoal da Caixa Econômica Federal (FENAE). A competição contou com arbitragem da Federação Paraense de Atletismo
(FPAt) e uma estrutura logística envolvendo
atendimento médico e sinalização da Milha, entre outras ações, além de um café da
manhã ofertado aos participantes pela diretoria da Associação do Pessoal da Caixa
Econômica Federal do Pará (APCEF/PA) no
restaurante do clube.
Na classificação geral masculino, Adenilson Oliveira foi o primeiro colocado, com
o tempo de 5:01:59, seguido de Luís Carlos
Araújo, com 5:09:87, e Raimundo Nonato
Santos, com 5:19:73. Laurinda Dias Ferreira
foi a primeira colocada no geral feminino,
com o tempo de 6:18:32, à frente de Dionísia Pires Pinho, com 6:56:87, e Ione Cristina,
com 6:58:87. Os três primeiros colocados,
masculino e feminino, na classificação geral, receberam respectivamente cheques de
R$ 300,00, R$ 150,00 e R$ 50,00.
Na categoria dos associados do Caixaparah, os três primeiros a cruzar a linha
de chegada foram Carlos dos Santos, Márcio Antônio Gama e Rosilvado Souza, e as
Participantes da Milha confraternizaram depois da prova
Atletas atendidos antes da largada
Laurinda e Ione Cristina,
destaques no feminino
Participantes com a diretoria
Atletas festejaram o sucesso
da Milha
primeiras colocadas nesse mesmo grupo
foram Kátia Cristina Silva, Gláucia Cristina Cabral e Carolina Andrade. Entre os funcionários
da APCEF/PA: Adenilson Oliveira, Luís Carlos
Araújo e Raimundo Nonato Santos, e, no fe-
Adenilson, Luís Carlos
e Nonato, funcionários
vencedores com o presidente
minino, Dionísia Pires Pinho. Os convidados
com melhor desempenho foram Diego José
Guimarães, Nilo Miranda Abdon e Alexandre
Rabelo, e, no feminino, Laurinda Dias Ferreira,
Ione Cristina Silva e Elza Joseli Miranda.
5
junho/julho de 2010
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
BELÉM - PARÁ
APCEF/PA forte e confiante na competição nacional
oventa e três atletas vão representar a
N
APCEF/PA nos 9º Jogos da FENAE, a
serem disputados de 14 a 21 de agosto, em
Fortaleza (CE). Esse conjunto de atletas vai
dispor de uma comissão técnica de oito pessoas e mais 15 acompanhantes, e encarar
uma sequência de competições envolvendo
modalidades diferentes. Estão programadas
25 modalidades, das quais a APCEF/PA somente não vai disputar o futsal feminino.
A abertura da programação dos Jogos
está marcada para as 19 horas do dia 14,
no Clube Náutico Atlético Cearense, com a
presença da diretoria da FENAE e das delegações de APCEFs de todo o País. Em uma
semana, a programação vai reunir cerca de
duas mil pessoas, como proposta da FENAE
de congregar os associados efetivos das suas
entidades filiadas, propiciando confraternização e integração entre os economiários de diferentes gerações e diversas regiões do país.
Ao longo dos meses de junho e julho,
os atletas paraenses intensificaram os treinamentos preparando-se para a sequência
de competições na capital cearense. Os
treinos ocorreram em diversos locais, mas,
sobretudo, na sede do Caixaparah e na se-
O vôlei feminino e o futsal masculino treinaram duro para a jornada de Fortaleza
de do Sindicato dos Bancários. Os atletas da
APCEF/PA irão representar as unidades da
Caixa Econômica Federal em Belém e localidades do interior. Os Jogos serão realizados
na sede social da APCEF/CE, às margens da
histórica Lagoa Messejana, no Clube Náutico
Cearense, na Unifor e em quadras de areia
montadas na praia, e se constituem no maior
evento esportivo dos funcionários da Caixa.
As 25 modalidades envolvem esportes individuais de duplas e coletivos, dos quais dois
estreantes: o futsal feminino e o futebol soçaite master masculino.
Pelo regulamento, será conferido troféu
de posse definitiva para a APCEF campeã
geral, e outro para a Associação que se sa-
grar a campeã por modalidades coletivas.
Serão premiados com medalhas os atletas
classificados em primeiro, segundo e terceiro lugares por modalidade. Informações
sobre o regulamento dos Jogos Nacionais
da FENAE podem ser conferidas no hotsite
www.fenae.org.br/jogosfenae2010.
Os Jogos da FENAE começaram em
1987, em Belo Horizonte/MG). As demais
edições ocorreram em Natal/RN (1989),
Vitória/ES (1991), Curitiba/PR (1994), Salvador/BA (1998), Belo Horizonte/MG (2004),
Blumenau/SC (2006) e Brasília/DF (2008).
A cidade de Fortaleza (2010) foi escolhida
pelo Conselho Deliberativo Nacional (CDN)
para sede da 9ª edição do evento.
Namorados em noite especial
ma programação dedicada
U
aos associados e convidados foi realizada no dia 12 de
junho, para festejar o Dia dos Namorados. Essa data, tão significativa para quem não abre
mão de viver intensamente o
relacionamento com a pessoa
escolhida, foi comemorada no
sábado em que se realizava
a 2ª Milha do Caixaparah e a
Caminhada dos Namorados, logo pela manhã. Na ocasião,
associados, funcionários e
convidados da APCEF/PA
também desfrutaram de café
da manhã, servido no Complexo
de Eventos, em que o presidente Isan Guimarães atuou como anfitrião e atleta na programação esportiva.
O evento realizado a
noite, reuniu casais que
desfrutaram da pista de dança e do romântico
ambiente cuidadosamente preparado pela diretoria Sóciocultural. O clima foi de confraternização, com direito a declarações de amor e troca
de beijos, com muita gente aproveitando para
se divertir com as atrações musicais da noite.
Entre estas, a Banda Maniva da Silva, com um
leque de ritmos para não deixar ninguém parado, e, ainda, a exibição de Elvis Presley Cover
e Banda, relembrando grandes momentos do
imortal Rei do Rock.
Como não é mistério para ninguém, o paraense gosta demais das canções dos anos
50 e 60, auge da carreira de Elvis Presley e da
Jovem Guarda, movimento cultural influenciado
por esse cantor e outros artistas da época. Essa
predileção pelo rock in roll e baladas românticas
foi confirmada, então, pelos associados e familiares na noite de 12 de junho. Alguns superaram
a timidez e aproveitaram a pista de dança.
Namorados se divertiram com atrações em
noite de confraternização e muito love
Elvis Presley Cover, relembrando os bons
tempos do rock in roll
6
BELÉM - PARÁ
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
junho/julho de 2010
“Banho de cheiro” o melhor São João da cidade
Uma tradição de
muitas décadas
manteve o status e a
concorrência da mais
esperada festa da
quadra junina
A Quadrilha na roda...e a garotada no Quebra-pote, atrações da festa
omo não poderia ser diferente, a quadra
C
junina em Belém foi das mais animadas,
até porque, além dos folguedos da época,
o paraense teve como atração a mais nas
festanças as emoções da Copa do Mundo
2010, disputada na África do Sul. O Caixaparah não ficou de fora dessa agitação, e,
mantendo uma tradição de décadas, no dia
27 promoveu aquela que é uma das mais
esperadas festas da quadra, o aclamado
“Banho de Cheiro”.
Com uma decoração com tudo o que
se tem direito numa festa junina, como bandeirinhas, balões e fogueiras ornamentais,
camisas, calças, saias, vestidos e acessórios com retalhos e o aroma das ervas amazônidas, o “Banho de Cheiro” proporcionou
oito horas de pura diversão e congraçamento aos associados, familiares e não
sócios do clube. A criançada não perdeu
Antes do banho, balanço no salão
a chance de brincar muito com estalinhos
e outros fogos de artifício, muito usados na
quadra junina, e também de dançar ao som
de músicas de quadrilha roceira.
Papais e mamães e casais em geral
mostraram que, assim como no Nordeste,
o pessoal do Norte do Brasil domina bem
o forró, o xaxado, o baião e os ritmos regio-
nais, como o carimbó, siriá, boi-bumbá,
brega e marabaixo. A animação dos participantes do “Banho de Cheiro” foi garantido
pelas atrações musicais no clube: a cantora
Kennya, a Rainha do Forró, o Trio Juazeiro
do Norte, Os Cabeçudos, a humorista Felizmunda, o palhaço Tio Sasá, quadrilhas
roceiras, brincadeiras como pau de sebo,
quebra-pote e pescaria.
Mas, a grande atração do dia foi mesmo
o tradicional “Banho de Cheiro”. Para quem
ainda não sabe, nesse “Banho”, os participantes da festa são brindados com litros de ervas
aromática, como o patchuli, dando um tom
regional em quem não abre mão das atrações da quadra junina. Este ano, os barris do
“Banho de Cheiro” foram abertos às 14h30,
após a queima de fogos, e a novidade foi o
brinde (garrafinha com o banho) dado aos
participantes na saída do clube.
Banda e som nordestino; Cabeçudos de São Caetano de Odivelas e Kennya, a Rainha do Forró, agitaram o São João do Caixa.
7
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
Fotos Alex Helser
junho/julho de 2010
O Dia dos Namorados, a Copa
do Mundo e o Banho de Cheiro
no tradicional São João do
Caixaparah, foram os eventos
de destaque antes das férias de
julho. Nas imagens, veja quem
aconteceu no clube.
BELÉM - PARÁ
8
BELÉM - PARÁ
Associação do Pessoal da Caixa Econômica do Pará
junho/julho de 2010
Gestão
Um novo perfil administrativo na APCEF/PA
O modelo de gestão
implantado pela
diretoria conta com
o profissionalismo
e a experiência de
Luiz Alberto Pinto,
um dos responsáveis
pelo planejamento
das ações que estão
revitalizando o clube.
ara que o Caixaparah ganhasse um noP
vo perfil administrativo e financeiro em
um ano e sete meses de gestão da atual
diretoria da APCEF/PA, foi fundamental a
contribuição dada por Luiz Alberto Teixeira
Pinto, Botafoguense dos bons, carinhosamente chamado pelos amigos de “Baratinha” desde os tempos de estudante no
Colégio Nazaré. Essa constatação tem
sido aferida pelos próprios dirigentes da
Associação, em particular o presidente Isan
Guimarães, de vez que tem sido Luiz Alberto
Pinto quem está à frente do planejamento de
ações e investimentos do clube, a partir dos
princípios de equilíbrio financeiro, priorização
das ações e racionalização dos gastos.
Luiz Alberto Pinto foi contratado pela
APCEF/PA para repaginar o Caixaparah, pela sua experiência trabalhando em empresas
públicas e privadas e pela confiança depositada nele pelo presidente da Associação,
que o conhece há dez anos. Contador por
formação, com especialização em Logística e
Auditoria, Luiz Alberto contabiliza, entre outras
funções que exerceu, o
fato de ter sido diretor do
Clube do Remo e da
Assembléia Paraense,
ter sido auditor externo
de diversos projetos
com apoio financeiro da
Superintendência para
o Desenvolvimento da
Amazônia (Sudam), ter
atuado em empresas
privadas no Estado do
Pará e em outros centros do Brasil, além de
25 anos como contador
da Telepará. Esse leque
de estabelecimentos em que atuou possibilita a Luiz Alberto dinamizar as particularidades
e potencial de cada empresa, por exemplo,
para descobrir e encaminhar soluções a
desafios encontrados. Tem sido o caso e os
resultados no Caixaparah.
REESTRUTURAÇÃO
“Nesse período de trabalho no Caixaparah, nós encontramos os controles administrativos, financeiros, legais e tributários
até inexistentes, mas, agora, já implantados,
em operação e atualizados, sendo que,
para tanto, dispensamos grande parte dos
trabalhos para corrigir alguns problemas re-
lacionados ao passado. Foi providenciada,
por exemplo, a regularização funcional de
todos os empregados, assegurando seus
direitos trabalhistas, inclusive plano de saúde e odontológico e seguro de vida extensivo a Família”, afirma. No saneamento das
finanças, a Diretoria decidiu colocar o Caixaparah numa situação de vanguarda, onde aqueles que se apresentassem como
credores do clube se habilitassem, então,
com documentos hábeis e legais perante a
administração. Outra medida importante foi
a organização das origens e aplicação dos
recursos financeiros através da elaboração
de um fluxo de caixa, justo e adequado à
realidade conhecida do Clube.
“Elencamos e priorizamos as necessidades reais do Clube, como a recuperação de todo o sistema elétrico, sistema
e meios de comunicação, o paisagismo,
a revitalização das dependências sociais,
áreas de lazer, bares,
restaurantes, segurança, inclusive com
portaria informatizada
e um novo sistema de
identificação dos freqüentadores do Clube, fizemos respeitar
o Estatuto em todos os
sentidos”, observa.
Luiz Alber to
salienta que a racionalização de gastos
pôde ser sentida com
o fechamento da sala
no prédio-sede do Sindicato dos Bancários, no centro de Belém,
a qual foi substituída por um sistema de call
center na sede Campestre, dinamizando o
atendimento aos Associados, Fornecedores
e demais interessados. “Implantamos rigoroso sistema financeiro, com demosntrativos diários das receitas e despesas, todas
operadas somente através da rede bancária,
eliminando, assim, a circulação de dinheiro
em espécie”. Foi adotado um sistema de
compras planejadas, organizadas e fiscalizadas, sistema esse casado com cadastro de
fornecedores de materiais e serviços, dinamizando o abastecimento de itens no clube.
“Nesse período
de trabalho, nós
encontramos controles
administrativos,
financeiros, legais
e tributários até
inexistentes...”.
Pinto: prioridade para o que é necessário.