relató rio de fisca lizaçã o rf/co fa/004/2015

Сomentários

Transcrição

relató rio de fisca lizaçã o rf/co fa/004/2015
RF/COFA/004/2015
RELATÓRIO DE FISCALIZAÇÃO
ADASA
AGÊNCIA REGULADORA DE ÁGUAS, ENERGIA E
SANEAMENTO BÁSICO DO DISTRITO FEDERAL
Assunto: Fiscalização do Sistema de Abastecimento de Água
Sobradinho/Planaltina
Superintendência de Abastecimento de Água e Esgoto – SAE
Brasília – DF
2015
SISGED 6634/2015
ÍNDICE
1. IDENTIFICAÇÃO DA ADASA ....................................................................................................... 4
2. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR DE SERVIÇOS ........................................................................ 4
3. CARACTERÍSTICAS DA FISCALIZAÇÃO ........................................................................................ 4
4. OBJETIVO ................................................................................................................................... 4
5. METODOLOGIA.......................................................................................................................... 5
5.1. Áreas e Segmentos Fiscalizados ............................................................................................. 5
6. CRONOGRAMA DE TRABALHO .................................................................................................. 6
7. DESCRIÇÃO DO SISTEMA SOBRADINHO/PLANALTINA .............................................................. 7
7.1. Unidades Operacionais ...................................................................................................... 7
8. DESCRIÇÃO DOS FATOS LEVANTADOS ...................................................................................... 9
8.1. Área Fiscalizada: Técnica-Operacional ............................................................................... 9
8.1.1. Captações Superficiais:............................................................................................... 9
8.1.2. Elevatórias: ............................................................................................................... 15
8.1.3. Unidades de Tratamento: ........................................................................................ 19
8.1.4. Reservatórios: ........................................................................................................... 26
8. CONSTATAÇÕES, NÃO CONFORMIDADES E DETERMINAÇÕES ............................................... 26
9. RECOMENDAÇÕES ................................................................................................................... 28
10. EQUIPE TÉCNICA .................................................................................................................... 28
2
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
GLOSSÁRIO
EAB – Elevatória de Água Bruta
EAT – Elevatória de Água Tratada
EBO – Elevatória Booster
EPO – Elevatória de Poço Profundo
ERE – Elevatória de Reservatório Elevado
ETA – Estação de Tratamento de Água
CAP – Captação
RAP. – Reservatório Apoiado
REL – Reservatório Elevado
UCP – Unidade de Cloração de Poços
UTS – Unidade de Tratamento Simplificado
3
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
1. IDENTIFICAÇÃO DA ADASA
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja
– Ala Norte – CEP: 70631-900 – Brasília-DF.
Telefone: (61) 3961-4900
2. IDENTIFICAÇÃO DO PRESTADOR DE SERVIÇOS
CAESB – Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal
Endereço: Centro de Gestão de Águas Emendadas – Av. Sibipiruna – Lotes 13/21 – Águas Claras
– CEP: 71928-720 – Brasília-DF.
3. CARACTERÍSTICAS DA FISCALIZAÇÃO
Tipo
Unidade Fiscalizada(s)
Localidade(s)
Escopo
Comunicado à Companhia.
Data da Inspeção de campo.
Legislação
Fiscalização Direta
Unidades de tratamento, Elevatórias e Reservatórios
Região de Sobradinho e Planaltina
Sistema de Abastecimento de Água Sobradinho/Planaltina– Técnico
Operacional
Ofício nº 51/2015-SAE/ADASA, de 14 de abril de 2015 (Sisged nº
2619/2015)
08, 10, 13, 15, 17, 20 e 22 de julho de 2015.
Lei Federal nº 11.445/2007
Portaria 518/2004 do Ministério da Saúde
Lei Distrital 4.285/2008
Resolução ADASA nº 188/2006
4. OBJETIVO
Este relatório detalha a ação de fiscalização direta realizada pela ADASA, de acordo com a
localidade e escopo selecionados, em cumprimento aos termos estabelecidos no Contrato de
Concessão nº 001/2006 ADASA/CAESB, Lei Federal nº 11.445, de 5 de janeiro de 2007 e Lei
Distrital Nº 4.285/2008.
4
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
O objetivo desta ação de fiscalização é realizar um diagnóstico das condições técnicas e
operacionais do sistema fiscalizado e determinar o seu grau de conformidade com os requisitos
de qualidade que o serviço deve oferecer, em concordância com as legislações pertinentes.
5. METODOLOGIA
A metodologia para desenvolvimento da ação de fiscalização compreendeu os procedimentos
de vistoria técnica, levantamento em campo, análise e avaliação documental e obtenção de
informações e dados gerais do sistema.
No dia 06/07/2015, na sede da Caesb, foi realizada reunião com os responsáveis diretos pelas
unidades a serem vistoriadas, na qual foi apresentada a equipe de fiscalização da SAE, o
cronograma de trabalho, oportunidade em que os dados solicitados à CAESB foram entregues.
A vistoria foi acompanhada sempre por algum supervisor ou operador da área que se
encarregou de explicar a operação e a função de cada unidade operacional e/ou equipamento.
5.1. Áreas e Segmentos Fiscalizados
A seguir, estão apresentadas as áreas fiscalizadas, constando todos os itens e segmentos, os
quais orientaram os trabalhos de vistoria.
Área Fiscalizada
Item Fiscalizado
Segmento Fiscalizado
Técnica-Operacional
 Captações
 Elevatórias
 Unidades de Tratamento
 Reservatórios
Operação e manutenção;
Operação e manutenção;
Segurança, operação e manutenção;
Segurança e manutenção
5
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
6. CRONOGRAMA DE TRABALHO
Semana 1
Período
Manhã
(08:30 –
12:00)
Tarde
(13:30 –
17:00)
4ª Feira
08/07/2015
 ETA Pipiripau
 RAP.BRT.001




 Captações

Pipiripau/Fumal/Brejinho 
 EAB

Pipiripau/Fumal/Brejinho 

Equipe
Responsável
Semana 2
Período
Manhã
(08:30 –
12:00)
Tarde
(13:30 –
17:00)
Igor/Daniel








Equipe
Responsável
Semana 3
Período
Manhã
(08:30 –
12:00)
Equipe
Responsável
2ª Feira
13/07/2015
ETA Planaltina
RAP.PLT.001
Captações
Corguinho/Mestre
D’Armas
EAB
Corguinho/Mestre
D’Armas
EAT Mestre D’Armas
RAP Mestre D’Armas
UCP.CAR.001
UTS.CAR.002
Rossana/Daniel
4ª Feira
15/07/2015
 ETA Contagem
 RAP.SB1.006
 Captações
Paranoazinho/Contagem




Rossana/Daniel





2ª Feira
20/07/2015
UCP.CBN.001
UCP.CBV.001
UCP.CQL.001
UCP.EGV.001
UCP.EGV.002
Rossana/Daniel
6ª Feira
10/07/2015
ETA Vale do Amanhecer
RAP.VAM.001
Captação Córrego 15
EAB Córrego 15
UTS.ARP.001
UTS.ARP.002
UCP.ARP.001
UCP.ARP.002
UCP.CVS.001
UTS.BSV.001
UTS.CGS.001
UCP.MNB.001
RAP.TAQ.001
Rossana/Daniel





6ª Feira
17/07/2015






UTS.MCH.001
UTS.SB1.001
UCP.SB2.001
UCP.SB2.002
UCP.SB2.003
UCP.SB2.005





RAP.SB1.001
RAP.SB1.002
RAP.SB1.003
RAP.SB1.004
RAP.SB1.005
Rossana/Daniel
4ª Feira
22/07/2015
UCP.NCL.003
UCP.PCN.001
RAP.PCN.001
UCP.SAZ.001
UCP.VVR.001
Rossana/Daniel
6
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
7. DESCRIÇÃO DO SISTEMA SOBRADINHO/PLANALTINA
7.1. Unidades Operacionais
O sistema de esgotamento sanitário da Bacia do Rio São Bartolomeu é composto pelas seguintes
unidades operacionais:
Captações Superficiais:
Identificação
Volume Captado
(m3/mês)
(l/s)
117.380,9
44,7
191.032,2
72,7
84.333,7
32,1
281.136,6
107,0
305.342,0
116,2
465.712,3
177,2
86.405,0
32,9
*
*
Tipo de captação
Brejinho / CAP.BRJ.001
Contagem 1 / CAP.CNT.001
Córrego Quinze / CAP.CQZ.001
Corguinho / CAP.CRG.001
Fumal / CAP.FUM.001
Pipiripau / CAP.PIP.001
Paranoazinho / CAP.PRZ.001
Mestre D'Armas (Operação Sazonal)
Barragem de nível
Barragem de nível
Barragem de nível
Barragem de nível
Barragem de nível
Barragem de nível
Barragem de nível
Barragem de nível
*A captação Mestre D’Armas não está em operação.
Estações Elevatórias:
Identificação
Nº de
Bombas
Planaltina/EAB.BRJ.001
Planaltina/EAB.CQZ.001
Planaltina/EAB.CRG.001
Planaltina/EAB.FUM.001
Planaltina/EAB.PIP.001
Mestre D’Armas/EAB.MDA.001*
Mestre D’Armas/EAT.MDA.001
3
3
2
4
2
2
3
Vazão
Máx. da
EAT (l/s)
106,5
49,9
135,0
170,0
400,0
160,0
AMT
(mca)
65,0
55,0
151,0
110,5
114,0
168.0
Produção - Volume
Bombeado
(m³/mês)
(l/s)
117.380,9
44,5
84.333,7
32,0
167.480,6
63,6
305.342,0
115,9
465.712,3
176,7
137.953
52,35
*A elevatória Mestre D’Armas não está em operação.
Unidades de Tratamento:
Identificação
Pipiripau / ETA.PIP.001
Planaltina / ETA.PLT.001
Contagem / ETA.SB1.002
Vale do Amanhecer/ETA.VAM.001
Arapoanga / UCP.ARP.001
Arapoanga / UCP.ARP.002
Alto da Bela Vista / UCP.CBV.001
Queima Lençol / UCP.CQL.001
Tipo de Tratamento
Convencional dupla filtração
Convencional
Convencional
Convencional
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Volume Tratado
(m³/mês)
(l/s)
888.109,2
337,9
117.402,2
44,7
268.493,0
101,4
82.892,3
31,5
16.544,1
6,3
18.587,3
7,1
3.614,9
1,4
8.536,0
1,1
7
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Vale do Sol / UCP.CVS.001
Engenho Velho / UCP.EGV.001
Engenho Velho / UCP.EGV.002
Morada dos Nobres/UCP.MNB.001
Nova Colina / UCP.NCL.003
Polo de Cinema / UCP.PCN.001
Polo de Cinema / UCP.SAZ.001
Sobradinho II / UCP.SB2.001
Sobradinho II / UCP.SB2.002
Sobradinho II / UCP.SB2.003
Sobradinho II / UCP.SB2.005
Villa Verde / UCP.VVR.001
Arapoanga / UTS.ARP.001
Arapoanga / UTS.ARP.002
Basevi / UTS.BSV.001
Arrozal / UTS.CAR.002
Grande Colorado / UTS.GCS.001
Minichácaras / UTS.MCH.001
Sobradinho II / UTS.SB1.001
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Cloração
Simplificado
Simplificado
Simplificado
Simplificado
Simplificado
Simplificado
Simplificado
13.191,3
6.061,2
4.597,3
6.550,5
3.816,7
99.689,1
20.745,0
6.995,2
10.583,1
7.762,6
2.241,8
5.528,3
5.674,5
14.015,2
11.392,4
11.250,1
9.514,9
42.130,0
301.121,0
5,0
2,3
1,7
2,5
1,4
37,8
7,9
2,7
4,0
2,9
0,9
2,1
2,2
5,3
4,3
4,3
3,6
16
114,3
Reservatórios:
Código
Nome
Volume Reservação (m³)
RAP.BRT.001
Reservatório Apoiado Buritis 01
14500
RAP.MDA.001
Reservatório Apoiado Mestre D'Armas 01
1200
RAP.PCN.001
Reservatório Apoiado Pólo de Cinema 01
700
RAP.PLT.001
Reservatório Apoiado Planaltina 01
1050
RAP.SB1.001
Reservatório Apoiado Sobradinho 01
1500
RAP.SB1.002
Reservatório Apoiado Sobradinho 02
2000
RAP.SB1.003
Reservatório Apoiado Sobradinho 03
1500
RAP.SB1.004
Reservatório Apoiado Sobradinho 04
500
RAP.SB1.005
Reservatório Apoiado Sobradinho 05
5000
RAP.SB1.006
Reservatório Apoiado Sobradinho I 6
2000
RAP.TAQ.001
Reservatório Apoiado Taquari 01
3000
RAP.VAM.001
Reservatório Apoiado Vale do Amanhecer 01
1200
8
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
8. DESCRIÇÃO DOS FATOS LEVANTADOS
São listados os fatos apurados durante a inspeção em campo no Sistema de Abastecimento de
Água Sobradinho/Planaltina, como também, os fatos apurados em função das informações
solicitadas e/ou coletadas junta à CAESB.
8.1. Área Fiscalizada: Técnica-Operacional
8.1.1. Captações Superficiais:
Segmento: Operação e Manutenção
Captação Pipiripau (CAP.PIP.001), Captação Fumal (CAP.FUM.001) e Captação
Brejinho (CAP.BRJ.001)
As captações possuem outorga pela Adasa e se encontram em boas condições de
operação e manutenção, são sinalizadas e não apresentam sinais de erosão ou de
desmatamento, merecendo menção apenas um leve assoreamento nas captações
Pipiripau e Brejinho.
Outorgas:
o Pipiripau: Vazão outorgada em razão da disponibilidade atual em L/s, onde Q:
Vazão em L/s, T: Tempo de captação em h/dia e P: Dias por mês - RESOLUÇÃO
Nº 09, DE 23 DE NOVEMBRO DE 2012.
Bacia Hidrográfica
Rio São Bartolomeu
JAN FEV
MAR
Q 400 400
400
T
24
24
24
P 31
28
31
o
UH
ABR
400
24
30
103
MAI
400
24
31
JUN
400
24
30
Coordenada dos pontos de
Vazão máxima
captação
(L/s)
8.267.254 N e 221.450 E
400
JUL
AGO
SET
OUT
NOV
DEZ
400
400
380
380
400
400
24
24
24
24
24
24
31
31
30
31
30
31
Fumal: Vazão outorgada em razão da disponibilidade atual em L/s, onde Q:
Vazão em L/s, T: Tempo de captação em h/dia e P: Dias por mês - RESOLUÇÃO
Nº 09, DE 12 DE JANEIRO DE 2009.
Coordenadas do ponto de
Vazão máxima
captação
(l/s)
São Bartolomeu
Alto São Bartolomeu
UTM 8.270.835 N / 214.081 E
300
JAN
FEV
MAR ABR
MAI
JUN
JUL
AGO
SET
OUT
NOV*
DEZ
Q 300
284
269
260
245
237
228
224
208
203 221 203 242
T
20
20
20
20
20
20
20
20
20
20
20
20
P
31
28
31
30
31
30
31
31
30
31
30
31
Bacia Hidrográfica
Sub-bacia
* A vazão outorgada para o mês de novembro está vinculada ao início do período chuvoso que
se iniciado em outubro, a vazão será de 221 l/s e caso não ocorra será de 203 l/s.
9
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
o
Brejinho: Vazão outorgada em razão da disponibilidade atual em L/s, onde Q:
Vazão em L/s, T: Tempo de captação em h/dia e P: Dias por mês - RESOLUÇÃO
Nº 06, DE 12 DE JANEIRO DE 2009.
Coordenadas do ponto de
captação
São Bartolomeu
Alto São Bartolomeu
UTM 8.274.504 N / 215.744 E
JAN
FEV
MAR ABR
MAI
JUN
JUL
AGO
SET
OUT
Q 100
100
111
100
84
84
74
74
68
67
T 20
20
20
20
20
20
20
20
20
20
P 31
28
31
30
31
30
31
31
30
31
Bacia Hidrográfica
Sub-bacia
Vazão máxima
(l/s)
100
NOV*
DEZ
68 67
83
20
20
30
31
* A vazão outorgada para o mês de novembro está vinculada ao início do período chuvoso que
se iniciado em outubro, a vazão será de 68 l/s e caso não ocorra será de 67 l/s.
Foto 1 – Sinalização Captação Pipiripau
Foto 2 – Vista do Ribeirão Pipiripau.
Foto 3 – Sinalização Captação Fumal
Foto 4 – Tomada d’água captação Fumal
10
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 5 – Sinalização Captação Brejinho
Foto 6 – Tomada d’água captação Brejinho
Captação Córrego Quinze (CAP.CQZ.001):
A captação possui outorga pela Adasa e se encontram em boas condições de operação
e manutenção, é sinalizada e embora não apresente sinais de erosão ou de
desmatamento, há uma plantação muito próxima à captação e é possível notar a
existência de assoreamento no córrego (Foto 8).
Outorga:
Vazão outorgada pela ADASA em razão da disponibilidade atual em L/s, onde Q: Vazão
em L/s, T: Tempo de captação em h/dia e P: Dias por mês - RESOLUÇÃO Nº 13, DE 18 DE
JULHO DE 2013.
Bacia Hidrográfica
São Bartolomeu
JAN FEV MAR
Q 60
60
60
T 24
24
24
P 31
28
31
Unidade Hidrográfica – UH
ABR
60
24
30
137
MAI
60
24
31
Foto 7– Plantação vizinha à barragem
JUN
60
24
30
Coordenada do
Ponto de Captação
8.263.849 N e 217.172 E
JUL
AGO
SET
60
60
60
24
24
24
31
31
30
Vazão Máxima (L/s)
OUT
60
24
31
60
NOV
60
24
30
DEZ
60
24
31
Foto 8 – Assoreamento na Cap. Córrego 15
11
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Captação Corguinho (CAP.CRG.001) e Captação Mestre D’Armas (CAP.MDA.001)
A captação Corguinho possui outorga pela Adasa, se encontra em boas condições, não
apresenta sinais de erosão, assoreamento, desmatamento ou indícios de eutrofização é
sinalizada e visualmente o manancial não apresenta fontes de poluição. (Fotos 9 e 10)
A captação Mestre D’Armas se encontrava fora de operação e somente é acionada nos
casos em que a Captação Corguinho não supre a demanda em determinadas épocas, em
especial, nos períodos de maior estiagem.
A área da Captação Mestre D’Armas não é cercada ou sinalizada, há indícios de que a
área é frequentada, pois há sinais visuais de poluição como sacos, plásticos, papéis,
dentre outros. (Foto 11). O acesso à tomada d´água apresentava sinais de oxidação.
(Foto 12)
No momento da nossa chegada havia pessoas no acesso ao local da Captação, que se
evadiram do local ao notarem nossa aproximação deixando alguns equipamentos para
trás. (Foto 13 e 14)
Outorgas:
o
Captação Corguinho: Vazão outorgada pela ADASA em razão da disponibilidade
atual em L/s, onde Q: Vazão em L/s, T: Tempo de captação em h/dia e P: Dias
por mês - RESOLUÇÃO Nº 01, DE 12 DE JANEIRO DE 2009.
Bacia Hidrográfica
Sub-bacia
São Bartolomeu
Q
T
P
JAN
103
20
31
FEV
118
20
28
MAR
127
20
31
Alto São
Bartolomeu
ABR
MAI
117
104
20
20
30
31
Coordenadas do ponto de
captação
Vazão máxima (l/s)
8.270.823 N / 206.847 E
127
JUN
88
20
30
JUL
76
20
31
AGO
66
20
31
SET
59
20
30
OUT
55
20
31
NOV*
65 5 5
20
30
DEZ
86
20
31
* A vazão outorgada para o mês de novembro está vinculada ao início do período chuvoso que
se iniciado em outubro, a vazão será de 65 l/s e caso não ocorra será de 55 l/s.
o
Captação Mestre D’Armas:
Vazão outorgada pelo extinto DNAEE (Departamento Nacional de Águas e Energia
Elétrica): Portaria DNAEE 243, de 26 de maio de 1997.
Vazão outorgada: 0,080 m³/s =80 L/s
12
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 9 – Barragem de nível Cap. Corguinho
Foto 10 – Tomada d´água Cap. Corguinho
Foto 11 – Restos de lixo deixados pelos Foto 12 – Acesso à Tomada d´água com sinais de
frequentadores do local, como sacos, papéis, oxidação, na Captação Mestre D’Armas.
plásticos na Captação Mestre D’Armas.
Foto 13 – Acesso ao local da Captação.
Foto 14 – Detalhe dos equipamentos deixados
pelo pessoal que estava no local.
13
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Captação Contagem (CAP.CNT.001) e Captação Paranoazinho (CAP.PRZ.001)
A Captação Contagem se encontra em boas condições de operação e manutenção, é
sinalizada e não apresenta sinais de erosão ou de desmatamento (Foto 15 e 16).
A Captação Paranoazinho se encontra em boas condições de operação e manutenção,
é sinalizada e não apresenta sinais de erosão ou de desmatamento. (Foto 17 e 18)
Outorgas:
o
Captação Contagem:
Vazão outorgada pela ADASA em razão da disponibilidade atual em L/s, onde Q: Vazão
em L/s, T: Tempo de captação em h/dia e P: Dias por mês - RESOLUÇÃO/ADASA Nº 04,
DE 12 DE JANEIRO DE 2009:
Bacia Hidrográfica
Sub-bacia
Maranhão
Q
T
P
JAN
67
20
31
FEV
66
20
28
MAR
69
20
31
Ribeirão da
Contagem
ABR
MAI
67
44
20
20
30
31
JUN
37
20
30
Coordenadas do ponto de
captação
Vazão máxima
(l/s)
UTM 8.267.631 N / 191.120 E
69
JUL
32
20
31
AGO
27
20
31
SET
27
20
30
OUT
27
20
31
NOV
32 27
20
30
DEZ
41
20
31
o Captação Paranoazinho:
Vazão outorgada pelo extinto DNAEE (Departamento Nacional de Águas e Energia
Elétrica): Portaria DNAEE 573 de 15 de dezembro de 1995.
Vazão outorgada: 0,068 m³/s =68 L/s
Foto 15 –Cap. Contagem.
Foto 16 – Tomada d’água Cap. Contagem
14
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 17 – Vista da Cap. Paranoazinho
Foto 18 – Tomada d’água Cap. Contagem
8.1.2. Elevatórias:
Segmento: Operação e Manutenção
EAB.PIP.001, EAB.FUM.001 e EAB.BRJ.001
As elevatórias EAB.PIP.001, EAB.FUM.001 possuem sistema de automação, ocorrendo
o controle remotamente pelo CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema
Produtor de Água. (Fotos 19 e 20)
A EAB.BRJ.001 é parcialmente automatizada, o controle é realizado remotamente pelo
CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água, porém o
acionamento e desligamento das bombas são realizados no local.
As elevatórias possuem bom acesso aos equipamentos inclusive para retirada e
instalação de bombas, têm motor reserva, válvula de retenção e/ou dispositivo de
proteção antigolpe. No momento da fiscalização um dos motores da EAB.FUM.001
estava em manutenção o que não compromete o funcionamento pois a elevatória
possui motor reserva.
A EAB.BRJ.001 foi encontrada vandalizada e havia vazamento próximo ao rotor de uma
das bombas. (Fotos 21 a 24)
15
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 19 – Motores da EAB Pipiripau
Foto 20 – Motores da EAB Fumal
Foto 21 – EAB Brejinho vandalizada
Foto 22 – EAB Brejinho vandalizada
Foto 23 – Motores EAB Brejinho
Foto 24 – Detalhe do vazamento próximo ao
rotor de uma das bombas.
16
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
EAB.CQZ.001
A EAB.CQZ.001 possui sistema de automação, ocorrendo o controle remotamente pelo
CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água,
Possui bom acesso aos equipamentos inclusive para retirada e instalação de bombas,
têm motor reserva, válvula de retenção e/ou dispositivo de proteção antigolpe. (Fotos
25 e 26)
Foto 25 – Vista da entrada da EAB.CQZ.001
Foto 26 – Motores da EAB.CQZ.001
EAB.CRG.001
A EAB.CRG.001 possui sistema de automação, ocorrendo o controle remotamente pelo
CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água. (Foto 27)
Possui bom acesso aos equipamentos inclusive para retirada e instalação de bombas,
têm motor reserva, válvula de retenção e/ou dispositivo de proteção antigolpe.
Os dois motores da EAB.CRG.001 vão ser trocados, os motores novos já estavam no local
para a troca. (Foto 28)
Foto 27 – Vista da EAB.CRG.001
Foto 28 – Motores atuais e os novos a serem
instalados na EAB.CRG.001
17
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
EAB.MDA.001
A EAB.MDA.001 possui sistema de automação, ocorrendo o controle remotamente pelo
CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água. (Foto 29)
Possui bom acesso aos equipamentos inclusive para retirada e instalação de bombas,
têm motor reserva, válvula de retenção e/ou dispositivo de proteção antigolpe.
Há um motor extra no local, não instalado. (Foto 30)
Já houve ocorrência de inundação no local porém sem atingir os motores que ficam
elevados.
Foto 29 – Vista da EAB.MDA.001
Foto 30 – Motores da EAB.MDA.001
EAT.MDA.001
A EAT.MDA.001 possui sistema de automação, ocorrendo o controle remotamente pelo
CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água.
Possui bom acesso aos equipamentos inclusive para retirada e instalação de bombas,
têm motor reserva, chaminé de equilíbrio e tanque hidropneumático para proteção
antigolpe (Foto 31).
Um dos motores da EAT.MDA.001 estava fora para manutenção (Foto 32), sem prejuízo
para a operação uma vez que a elevatória trabalha com um motor e os outros dois
permanecem como reservas.
18
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 31 – Vista geral da EAT.MDA.001
Foto 32 – Vista dos motores da EAT.MDA.001
8.1.3. Unidades de Tratamento:
Segmento: Segurança, operação e manutenção
Unidades de Cloração de Poço (UCP)
As UCPs são unidades de tratamento simplificado, nessas unidades ocorre a desinfecção
da água pela adição de cloro.
Unidades de Tratamento Simplificado (UTS)
As UTSs são unidades de tratamento simplificado nas quais além da desinfecção da água
pela adição de cloro ainda há a adição de flúor.
UCPs e UTSs
No geral as UCPs e UTSs visitadas estavam cercadas, sinalizadas e em boas condições de
conservação e manutenção. A única encontrada com estrutura destoante das demais foi
a UCP.SAZ.001.
Os Reservatórios Elevados (REL) que ficam juntos à UCPs e UTSs são limpos de 6 em 6
meses e quase todos apresentaram boas condições de conservação.
As análises físico-químicas nas UCPs e UTSs são realizadas todos os dias, em geral no
laboratório da ETA Pipiripau e em alguns casos no laboratório da UTS Minichácaras.
As análises bacteriológicas nas UCPs e UTSs são realizadas de segunda a sexta no
laboratório da ETA Pipiripau.
19
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Nessas unidades foi constatado:









Na UCP.ARP.001 existem 3 reservatórios em funcionamento, REL.ARP.006, REL.ARP.008
e REL.ARP.010, desses, o REL ARP.006 apresenta sinais de oxidação (Foto 33).
Na UCP.CVS.001 há indícios de vazamento em uma das válvulas (Foto 34).
Na UTS.CAR.002 existem 2 reservatórios, REL.CAR.002 e REL.CAR.004, desses, o
REL.CAR.002 apresenta sinais de oxidação (Foto 35).
Na UCP.CGS.001 uma das válvulas apresenta oxidação (Foto 36).
A UTS.MCH.001 tem um laboratório que faz análises físico-quÍmicas de algumas UCPs e
UTSs da região. Há ainda no local uma Elevatória Booster (EBO.MCH.001) que leva água
do REL.MCH.001 para a Vila Rabelo. Havia vazamento em uma das válvulas (Foto 37).
Verificou-se no local um motor novo que substituirá o atual motor da EBO.MCH.001
(Foto 38)
A EPO.SB2.006 que abastece a UCP.SB2.001 estava parada para manutenção desde abril
(Foto 39).
A entrada da UCP.CBV.001 estava bloqueada pelo comércio vizinho, os técnicos da
CAESB que acompanharam a visita informaram que já haviam conversado com a
Administração responsável pela área sobre o tema e estavam aguardando uma posição
da Administração (Fotos 40 e 41).
O REL.EGV.001 que fica junto à UCP.EGV.001 apresenta sinais de oxidação na escada
que leva ao topo do reservatório (Foto 42).
A UCP.SAZ.001 possui uma estrutura precária (sem pintura, mal sinalizada, quadro de
comando exposto) não garante fácil acesso a equipamentos em caso de manutenção do
poço tubular. (Foto 43 e 44).
Foto 33 – REL.ARP.006 com sinais de oxidação.
Foto 34 – Indícios de vazamento na UCP.CVS.001
20
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 35 – Sinais de oxidação no REL.CAR.002
Foto 36 – Oxidação em válvula na UCP.CGS.001
Foto 37 – Vazamento UTS.MCH.001
Foto 38 – EBO.MCH.001 e o novo motor a ser
instalado
Foto 39 – Relatório do livro de ocorrências da Foto 40 – Entrada da UCB.CBV.001 bloqueada
UCP.SB2.001 informando a entrada da pelo comércio.
EPO.SB2.001 em manutenção.
21
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 41 – Entrada da UCB.CBV.001 bloqueada
pelo comércio.
Foto 42 – Escada do REL.EGV.001 com sinais de
oxidação.
Foto 43 – Entrada da UCP.SAZ.001
Foto 44 – UCP.SAZ.001 e EPO.SAZ.001
Estações de Tratamento de Água – ETAs
ETA Pipiripau
A ETA está sinalizada, com placa indicativa de que a área pertence à concessionária,
possui acesso em boas condições, se encontra devidamente cercada e em geral está em
boas condições de limpeza e conservação.
Possui sistema de automação, o que significa que além do centro de controle existente
dentro da ETA, o qual controla todas as etapas, esta também é controlada remotamente
pelo CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água que fica na
sede da Concessionária, em Águas Claras.
Há reaproveitamento da água de lavagem dos filtros.
22
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Embora a ETA no geral estivesse em bom estado de conservação, foram encontrados
alguns pontos que chamaram atenção:




Indícios de vazamento em um dos filtros ascendentes (Foto 45)
Acúmulo de água, provavelmente proveniente de vazamento na área onde
ficam os motores do sistema de reaproveitamento da água de lavagem dos
filtros (Foto 46)
Acumulo de água em uma caixa de concreto na saída da câmara de contato
(Foto 47).
Laje de cobertura da câmara de contato com vegetação crescendo entre as
frestas do concreto e sinais de oxidação nas tubulações de ventilação,
evidenciando uma possível falta de manutenção no local (Foto 48).
Foto 45 – Indícios de vazamento em um dos
filtros da ETA Pipiripau.
Foto 46 – Acúmulo de água na casa de máquinas.
Foto 47 – Acúmulo de água em caixa de Foto 48 – Teto da câmara de contato com sinais
concreto.
de falta de manutenção.
23
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
ETA Vale do Amanhecer
A ETA está sinalizada, com placa indicativa de que a área pertence à concessionária,
possui acesso em boas condições, se encontra devidamente cercada, com cerca elétrica
inclusive, e está em boas condições de limpeza e conservação. (Foto 49)
A ETA está em processo de automação e no futuro poderá ser controlada remotamente
pelo CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água que fica na
sede da Concessionária, em Águas Claras.
A água de lavagem dos filtros não é reaproveitada e atualmente é descartada na rede
de drenagem de águas pluviais da Novacap.
Embora em boas condições, os decantadores apresentavam alguns sinais de oxidação
(Foto 50).
Foto 49 – Vista geral da ETA Vale do Amanhecer. Foto 50 – Sinais de oxidação nos decantadores.
ETA Planaltina
A ETA está sinalizada, com placa indicativa de que a área pertence à concessionária,
possui acesso em boas condições, se encontra devidamente cercada, com cerca elétrica
inclusive, e está em boas condições de limpeza e conservação.
A ETA está em processo de automação e no futuro poderá ser controlada remotamente
pelo CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de Água que fica na
sede da Concessionária, em Águas Claras.
A água de lavagem dos filtros não é reaproveitada e o descarte ocorre por infiltração no
solo.
Os exaustores da área onde ficam os tanques de cloro gasoso estavam fora de operação
(Foto 51).
24
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Havia galões empilhados em área externa sem qualquer tipo de cobertura ou proteção
(Foto 52).
Foto 51 – Um dos exaustores fora de operação.
Foto 52 – Galões armazenados em área externa.
ETA Contagem
A ETA está sinalizada, com placa indicativa de que a área pertence à concessionária,
possui acesso em boas condições, se encontra devidamente cercada e está em boas
condições de limpeza e conservação.
A ETA possui sistema de automação, o que significa que além do centro de controle
existente dentro da ETA, o qual controla todas as etapas, esta também é controlada
remotamente pelo CECOP – Centro de Controle Operacional do Sistema Produtor de
Água que fica na sede da Concessionária, em Águas Claras.
Embora apresentasse boas condições de conservação, a ETA estava fora de operação,
segundo o operador, desde o dia 29 de junho desse ano, para manutenção em um
equipamento de um dos filtros (Fotos 53 e 54). De forma que a água captada estava
passando somente prelo tratamento simplificado de adição de cloro e flúor.
Segundo o operador responsável, esse procedimento não comprometeria a qualidade
da água tratada, uma vez que a turbidez encontrada na água bruta é muito baixa e
permitiria esse tipo de tratamento simplificado.
Há sistema de reaproveitamento da água de lavagem dos filtros que nunca entrou em
operação, atualmente a água de lavagem dos filtros é infiltrada no solo.
25
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Foto 53 – Atuador de válvula de um dos filtros Foto 54 – Um dos filtros fora de operação.
em manutenção.
8.1.4. Reservatórios:
Os demais reservatórios vistoriados apresentaram boas condições de conservação, sem
sinal de rachaduras ou vazamentos, cobertura adequada, tubulação de ventilação,
extravasor, medidor de nível e guarda corpos na laje da cobertura quando necessário.
Todos possuíam sistema de automação, estavam cercados e sinalizados.
8. CONSTATAÇÕES, NÃO CONFORMIDADES E DETERMINAÇÕES
C1 – Assoreamento, nas captações:



Pipiripau
Brejinho
Córrego Quinze
C2 – Falta de proteção do manancial:
 Captação Mestre D’Armas
C3 – Vazamentos:




EAB Brejinho – Foto 23
UCP.CVS.001 – Foto 34
UTS.MCH.001 – Foto 37
ETA Pipiripau
o Nos filtros – Foto 45
o Na casa de máquinas – Foto 46
o Caixa de concreto – Foto 47
26
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
C4 – Sinais de oxidação:







CAP.MDA.001 – Foto 12
REL.ARP.006 – Foto 33
REL.CAR.002 – Foto 35
UCP.CGS.001 – Foto 36
REL.EGV.001 – Foto 42
ETA Pipiripau
o Tubulação de ventilação da laje de cobertura da câmara de contato – Foto 48
ETA Vale do Amanhecer
o Decantadores – Foto 50
C5 – Equipamentos fora de operação



ETA Planaltina
o Exaustores da sala que armazena os tanques de cloro gasoso.
ETA Contagem
o ETA estava fora de operação para a manutenção de um dos equipamentos.
EPO.SB2.006
o Estava fora de operação para manutenção desde abril.
Não Conformidade
NC1 – Conforme previsto no §1º, art. 9º da Resolução Adasa nº 14/2011, que estabelece as
condições da prestação e utilização dos serviços públicos de abastecimento de água e de
esgotamento sanitário no Distrito Federal.
Art. 9º. O prestador de serviços é responsável pela operação e manutenção adequada das
unidades integrantes dos sistemas públicos de abastecimento de água e de esgotamento
sanitário, devendo mantê-las em bom estado de limpeza, conservação, organização e
segurança.
§ 1º Para assegurar manutenção adequada, o prestador de serviços deverá adotar as
providências necessárias, de modo a garantir condições satisfatórias de higiene, minimizar a
deterioração das instalações e demais estruturas, evitar possíveis contaminações ao meio
ambiente e minimizar as perdas de água.
Determinação
D1 – A CAESB deve providenciar os reparos e/ou substituições necessárias para a adequação dos
itens apontados nas constatações.
Prazos para atendimento das C1, C2, C4 e C5: 90 dias
27
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.
SISGED 6634/2015
Prazos para atendimento da C3: 30 dias
9. RECOMENDAÇÕES
R1 – Durante as fiscalizações pode-se notar que a população muitas vezes quer fazer uso
recreativo de alguns mananciais. Nesse sentido, a CAESB deve procurar reforçar a proteção de
seus mananciais e demais unidades. Ressaltando que é importante a manutenção da integridade
de todas as unidades do sistema de abastecimento de água, para que não ocorram interrupções
ou contaminações da água distribuída à população.
R2 – As ETAs Vale do Amanhecer e Planaltina não fazem reaproveitamento da água de lavagem
dos filtros, a ETA Contagem, embora tenha sido construída com um sistema de
reaproveitamento da água de lavagem dos filtros, este nunca funcionou. Hoje o stress hídrico é
uma realidade, e qualquer diminuição na perda de água é importante para a manutenção da
continuidade do abastecimento de água. Sendo assim, recomenda-se que a CAESB procure fazer
o reaproveitamento da água de lavagem dos filtros de todas suas ETAs, caso contrário, seja
providenciada a outorga para o devido lançamento.
R3 – Recomenda-se que a estrutura da UCP.SAZ.001 seja melhorada para haja facilidade de
acesso em caso de manutenção, bem como seja providenciada proteção do quadro de comando.
R4 – A Caesb procure manter livre o acesso às suas unidades operacionais, em especial à
UCP.CBV.001 que estava bloqueada pelo comércio vizinho.
10. EQUIPE TÉCNICA
Igor Medeiros da Silva
Coordenador de Fiscalização
Rossana Santos de Castro
Reguladora de Serviços Públicos
Daniel de Lucena Matos
Regulador de Serviços Públicos
Brasília, DF, 18 de agosto de 2015
28
ADASA: Agência Reguladora de Águas, Energia e Saneamento Básico do Distrito Federal.
Endereço: Setor Ferroviário – Parque Ferroviário de Brasília – Estação Rodoferroviária, Sobreloja – Ala Norte – CEP: 70631-900 –
Brasília-DF.