Literatura Infantil (Biblioteca Central)

Сomentários

Transcrição

Literatura Infantil (Biblioteca Central)
Literatura Infantil (Biblioteca Central)
As 14 pérolas da sabedoria de judaica
Illan Brenman
Brinque Book
A antiga cultura indiana é considerada o berço de muitas religiões,
filosofias e, principalmente, narrativas sábias. Neste livro, o autor
procura aproximar os leitores desta cultura, que busca expressar a
essência humana, em 14 contos. Sumário - O bobo da corte; A vaca
do rabino; O sábio chelm; A hereditariedade; A transgressão; A lição
do imperador; O monstro de tanger; O campo de batalha; Por que
vaca não voa?; Quem inventou as parábolas?; Uma história zen
judaica; O sonho e a realidade; Cavalo ou rabino?; Moisés não
morreu.
O acendedor de sonhos
Dorotheé Piatek
Companhia das Letrinhas
Num tempo em que a noite tinha se tornado eterna, em que não
existiam nem plantas, nem mesmo água, um acendedor de sonhos
trabalhava sem parar, tentando trazer um pouco de luz à Terra. Um
dia, ele recebe um pedido especial - ajudar uma criança a regar uma
flor feita de sol. Juntos em busca da água, os dois vão aprender que
a Terra é um bem que precisa ser preservado.
O abraço da meia-noite
Maria da Glória Cardia de Castro
Cortez
Este conto de fadas traz uma história de amor entre um girassol de
pétalas douradas e uma Rosa de pétalas vermelhas brilhantes,
soberanos de um reino muito distante. Embora apaixonado pela esposa,
o rei fica fascinado pelo presente dado por uma outra Rosa, dissimulada
e invejosa, no dia do aniversário da rainha.
Amarílis
Eva Furnari
Moderna
Luisa e o irmão Tiago inventaram um jogo com uma regra simples abriam um livro ao acaso, se caísse numa página com texto, ela o lia
para ele, se fosse imagem, ela teria que descrevê-la e explicá-la apenas
com palavras. Por muitos anos eles se divertiram e se emocionaram
com esse jogo. Foi assim que Luisa começou a inventar histórias e foi
assim que iluminou o mundo de Tiago.
Uma aventura no quintal
Luiz Eduardo Ricon e Maya Reyes-Ricon
Moderna
Azur & Asmar
Edições SM
Michel Ocelot
Roteiro de Luiz Eduardo Ricon e Maya Reyes-Ricon, baseado em texto
de Samuel Murgel Branco. As histórias em quadrinhos, como forma
diferenciada de literatura, são, hoje em dia, um dos recursos de maior
importância entre os meios de comunicação. Esta versão quadrinizada
mostra ao leitor que um quintal, o canteiro de um jardim ou uma
praça podem esconder um mundo inesperado, habitado por uma
infinidade de plantas, animais e outros seres vivos. Temas como
biodiversidade, cadeia alimentar, hábitat, reprodução e equilíbrio são
apresentados de forma agradável. É um convite para que a criança
veja a natureza com olhos curiosos, observando o mundo que a cerca,
e passe a entender a necessidade de se proteger o ambiente do qual
também faz parte.
Sucesso no cinema, este livro conta a história de Azur e Asmar.
Ambos crescem como irmãos, mas são separados repentinamente.
Azur decide viajar além- mar para conquistar seu amor. Porém, ao
chegar,
é
rechaçado
por
ser
estrangeiro.
Reencontra Asmar, agora um cavaleiro importante, mas ele recusa
sua amizade. Mesmo inimigos, os dois partem juntos
numa viagem cheia de obstáculos e dificuldades. E, mesmo
separados, Azur e Asmar descobrirão o valor e a importância da
verdadeira amizade, livre das amarras do preconceito.
O barbeiro de Sevilha
Ruth Rocha
Salamandra
É na cidade de Sevilha, na Espanha, onde o barbeiro Fígaro, em busca
de uma generosa gorjeta, apronta as mais divertidas confusões para
tentar unir o amor do conde Almaviva ao coração da donzela Rosina.
Cade meu avô?
Lidia Izecson de Carvalho
Biruta
'Cadê meu avô?' traz uma história que fala da morte, da perda do avô
querido. A autora trata do tema com muita sensibilidade, sem apelar
para explicações que mistificam a realidade. Renato vive um momento
difícil em sua vida - a perda do avô muito querido que lhe contava
lindas 'histórias da boca'. Não sabe onde está o avô e vai pedir a ajuda
do Papai Noel para encontrá-lo. A perda de uma pessoa querida é
sempre uma experiência traumática na vida de todos. É comum que se
fale da morte para as crianças usando explicações que as deixam
confusas. A autora, Lídia Izeckson de Carvalho, trata do tema com
muita sensibilidade, sem apelar para explicações que mistificam a
realidade.
Caderno de viagens da Pilar
Flávia Lins e Silva
Zahar
O canguru emprestado
Mirna Pinsky
IBEP
A obra traz os relatos de Pilar, uma garota que adora viajar e escrever
em seu caderno os seus roteiros de viagem. Entre muitas viagens, ela
conta sobra sua passagem pelo Egito, pela Grécia, Bahia e Amazonas.
A menina Márcia está numa biblioteca e, ao ver em um livro a
imagem de um canguru, tem uma ideia incrível. Com a ajuda de seus
amigos, faz de tudo para conseguir trazer um canguru emprestado
de um zoológico lá da Austrália. É o começo de uma série de
confusões intermináveis e muito engraçadas.
Carmen
Ruth Rocha
Salamandra
Da ópera composta pelo francês Georges Bizet, baseada na obra de
Prosper Mériméé e com libreto de Henri Meilhac e Ludovic Halévy, o
drama aborda as aventuras românticas de soldados, toureiros e
mulheres apaixonadas. A história tem como cenário a cidade espanhola,
Sevilha, onde a cigana Carmen utiliza de seus talentos como dançarina
para seduzir e enfeitiçar vários homens, entre eles, o soldado Don José.
Castelo Rá-Tim-Bum – O livro
Cao Hamburguer
Companhia das Letrinhas
Depois da premiada série da TV Cultura e da coleção de livros, esta é
a adaptação do roteiro do filme, trazendo uma aventura inédita de
Nino, o jovem bruxo de trezentos anos, e de sua exótica família.
Ilustrada com fotos e croquis dos cenários das filmagens, esta
adaptação do roteiro de Cão Hamburger é dividida em 22 capítuloscenas.
Causos de Pedro Malasartes
Júlio Emílio Braz
Cortez
Como um rio
Silmara Rascalha Casadei
Cortez
Este livro reúne cinco histórias de Pedro Malasartes, contadas pela
escrita cheia de artimanhas de Júlio Emílio Braz. Pedro Malasartes é
sinônimo de garoto (ou seria um adulto?) arteiro e ao mesmo tempo
ingênuo. Um personagem considerado tradicional dos contos
populares.
Pode um menino nascido no sertão do Seridó, no Rio Grande do
Norte, com mais nove irmãos, que nunca teve um brinquedo
comprado em loja, só brincava com sabugo de milho e ossinhos,
tornar-se um editor de livro no Brasil? Descubra com Zézim, o
menino Cortez, como a leitura o levou a um mar de livros.
A criança mais velha do mundo
Marcelo Romagnoli
Panda Book
O dia em que o mar desapareceu
José Fanha
Leya
O tempo é um elemento relativo. Coisas legais passam rápido demais
e as chatas demoram a acabar. De forma poética e delicada, Marcelo
Romagnoli narra em A criança mais vela do mundo a história de uma
garota e o dia de seu aniversário quando ela. Vê tudo acontece
novamente em sua vida. Por mais que isso se repita nada é igual. Mas
como chegaria a essas conclusões.
Tudo no mar andava azul, mas deixou de ser assim quando chegaram
os pássaros bisnaus. E mais uma vez o que se notou foi o
comportamento daquela família; sujeira, algazarra, desrespeito...
Então o mar desapareceu. E eis que surge, depois de algum tempo, a
nuvem Miraldina, a mãe daquele mar, que não tardou a derramar
gotas e mais gotas de água naquela imensidão, que aos poucos ia
retomando suas feições. E com isso todos os seres que ali habitavam
também retornaram, o mar reviveu sua beleza e a vida voltou ao seu
curso corriqueiro.
A escada transparente
César Obeid
Editora do Brasil
Escrita secreta
Heloisa Prieto
Escrita Fina
A vó Ninha se foi. As irmãs Sofia e Filó, como o resto da família, estão
muito tristes e se perguntam como as coisas serão dali em diante e o
que fazer para lidar com uma saudade tão grande. Ao mesmo tempo,
procuram uma forma de confortar o vô Quinho, que há dias não sai
do quarto. É nesse contexto que Sofia e Filó falam sobre a escada
transparente, que nem sempre é vista por todos e leva pessoas
queridas a um lugar onde tudo fica bem.
'Escrita Secreta' empreende um elogio a toda escritura que habita a
penumbra das gavetas, o interior dos cadernos esquecidos, o improviso
dos post-its. Em outras palavras, reúne flagrantes de pequenas
epifanias - aquelas que cabem no cotidiano de quem registra, com
textos ou imagens, as narrativas da vida. Por isso, em 'Escrita Secreta'
as palavras de Heloisa Prieto vêm acompanhadas pelas fotografias de
Priscila Nemeth e Anne Bergamin Checoli, artistas que capturam
imagens de extremo poder poético, cenas que remetem à intimidade e
ao susto da delicadeza compartilhada.
Esperança aprende a voar
Orit Raz
Leya
Estas histórias não deveriam ser verdadeiras
Gang Gyeongsu
Melhoramentos
Orit Raz conta de uma maneira bastante sensível a história de Esperança,
uma flor dente-de-leão, que sonhava em poder voar como pássaros e
borboletas pelos mais belos lugares.
Em Estas Histórias Não Deveriam Ser Verdadeiras, o escritor e
ilustrador coreano Gang Gyeongsu nos apresenta crianças, ao redor do
mundo, que sofrem com a pobreza, o trabalho infantil, as guerras, o
abandono e as doenças. É como se cada um desses pequenos nos
olhasse nos olhos e, em poucas palavras, nos contasse como é a
realidade de sua vida… que, para a maioria de nós, parece mentira. Ao
mesmo tempo, a dor vem acompanhada da esperança de que tudo
isso possa mudar.
Eu me pergunto...
Jostein Gaarder
Companhia das Letrinhas
Feminina de menina, masculino de menino
Márcia Leite
Leya
Enquanto caminha para longe de casa, um garoto pensa e repensa - 'de
onde vem o mundo?', 'será que tudo surgiu do nada?'. A cada nova
paisagem que conhece, relembra histórias de seu passado e descobre
novas questões - 'os fantasmas existem?', 'o que tenho mais medo de
perder?'. Cheio de indagações mas sem nenhuma resposta, ele anda sem
rumo - e se aproxima cada vez mais de seu próprio entendimento do
mundo. Um livro escrito pelo autor de 'O mundo de Sofia', para todos
aqueles que algum dia chegaram a se perguntar sobre a vida e as questões
filosóficas que ela suscita.
A guerra dos sexos é um tema recorrente nas artes de modo geral e
na literatura já rendeu histórias inesquecíveis. Márcia Leite, com
sensibilidade e senso de observação arguto, fez um pequeno tratado
sobre as milenares diferenças entre os sexos de um jeito divertido e
muito contemporâneo. Nas páginas desse livro estão retratadas as
falas e pensamentos dos meninos e meninas desse século XXI com
muito humor e veracidade. Ao lerem esse texto, com certeza
meninos e meninas encontrarão excelentes motivos para
experimentarem olhar para essas diferenças, que são culturais, de
um jeito mais tolerante e prazeroso, tornando essa convivência
necessária um delicioso exercício de novos olhares para o mundo em
que vivem.
Fio de lua & Raio de sol
Roseana Murray
IBEP
Fio de lua & Raio de sol revela a beleza inexplicável que podem ter a luz
da lua ou um raio de sol nas janelas das casas, no fundo do mar ou
mesmo
no
casco
lento
de
um
solitário
jabuti
O livro nos embarca num raio de sol e num fio de lua e nos leva
delicadamente à poesia.
A flauta mágica
Ruth Rocha
Moderna
A tentativa da conquista pela igualdade, justiça e pela felicidade é
representada por personagens fantásticos, como a Rainha da Noite,
Sarastro e Papagueno, que tentam se libertar da subordinação e do
pensamento medieval, no século XVIII.
Formigossauros
Joaquin Londáiz
Biruta
Frankenstein e outros morto-vivos
Vários autores
Panda Books
Era uma noite tranquila, como tantas outras. Até que, de repente, um clarão
iluminou o céu e um meteorito caiu bem perto de onde um circo estava
instalado. Pode acreditar! Desde então, alguma coisa mudou nos animais do
picadeiro. Ninguém sabe como, mas aquele meteoro fez com que os animais
ganhassem superpoderes. Porém, a radiação não afetou somente os animais
do circo. Da cratera gigante criada pelo impacto, começaram a sair centenas de
formigas. Mas não eram formigas comuns, eram Formigossauros!
Um dos grandes mistérios da humanidade é se há vida após a morte.
Se sim, como ela acontece? Cada religião tenta explicar à sua
maneira, mas será que uma alma pode voltar a conviver conosco na
Terra? Em Frankenstein e outros mortos-vivos, Ivan Jaf, Manuel Filho,
Rosana Rios e Shirley Souza mostram histórias assustadoras sobre
seres que retornam à vida.
Guia dos curiosinhos – Folclore
Marcelo Duarte
Panda Books
O guarani
Ruth Rocha
Salamandra
O saci tem a perna esquerda ou direita? Como nasce uma lenda urbana? Há
alguma referência de folclore em 'Harry Potter' ou 'O Senhor dos Anéis'? Você
sabia que as bruxas foram perseguidas pela Inquisição? Como surgiu a
expressão 'Bu!'? Jéssica e Antônio entraram - sem serem convidados - na
Convenção Anual do Folclore da AAA (Associação dos Amigos das
Assombrações) para conhecerem as principais figuras do folclore brasileiro e
mundial, causando uma grande confusão.
Baseada no clássico de José de Alencar, esta ópera conta os dramas e
as aventuras do índio Peri e da jovem Ceci nos primeiros anos de
colonização do Brasil, que se torna ainda mais emocionante com a
consagrada música de Carlos Gomes.
Histórias e lendas do Brasil – Norte
DCL
Este livro é um mergulho na Amazônia com nove lendas da Região Norte do
Brasil. Ilustradas, as histórias retratam a fauna e a flora, os rios, os igarapés
e os mitos da maior floresta do Planeta.
Jamaica Brasileira
Edgard Honorato de Souza Silva
IBEP
Neste livro, Edgard nos conta como seria essa ilha que imaginou. Com uma
história envolvente, ele nos faz refletir sobre as relações étnico-raciais no
Brasil. O texto é enriquecido por pinturas do artista plástico Elvis da
Silva, produzidas com o objetivo de valorizar a diversidade étnica que
caracteriza o povo brasileiro. A narrativa de Edgard e as obras de arte de
Elvis formam dois livros em um só, compondo uma abordagem sensível
sobre a questão do preconceito racial, e nos leva a uma reflexão mais
profunda sobre o tema.
O homem que punha palavras nos pássaros
Julian Borra
Biruta
As palavras apareçam, no céu, voando? Como será que conseguem se
reunir e escrever mensagens? Luís olha pro céu e se espanta. Lá estão as
palavras, voando embaralhadas. Ele decide descobrir o mistério, enfrentar
o oceano numa jangada, as montanhas, um polvo enfezado e o próprio
Rei do Mar. E chega lá - descobre quem faz as palavras voarem e a frase
decolar.
João e o pé de feijão / Jack and the beanstalk
Telma Guimarães
Editora do Brasil
João sai para vender uma vaca e volta com três feijões mágicos. A
mãe briga com o menino e atira as sementes pela janela… Mal sabiam
eles que por causa disso nasceria ali um enorme pé de feijão, que
conduziria João à casa de um gigante muito rico, malvado e
devorador de meninos curiosos. Como termina essa grande aventura?
Divirta-se com o reconto dessa emocionante história!
João e Maria / Hansel and Gretel
Telma Guimarães
Editora do Brasil
Os irmãos João e Maria são abandonados pelo pai e pela madrasta em
uma floresta cheia de perigos – entre eles uma linda e convidativa casa,
coberta de gostosuras, que é, na verdade, a armadilha de uma horrível
bruxa que adora devorar crianças. Como esses dois pequenos heróis
irão sobreviver à fome da bruxa? Divirta-se com o reconto deste que é
um dos maiores clássicos da literatura.
Uma jornada pelo espaço
Girassol
Nino, Lia e Léo precisam de você! Resolva os enigmas, encontre os códigos
secretos, atravesse labirintos, reconstrua figuras, encontre absurdos e faça
surgir objetos misteriosos... Tudo isso com ajuda da lupa mágica que
acompanha os livros! É diversão garantida!
O ladrão de dragões
M. P. Robertson
Biruta
Lili, a bruxa – Na terra dos dinossauros
Knister
WMF Martins Fontes
Se um dragão estiver em perigo, existe uma pessoa que poderá ajudálo. Jorge, é claro. Quando um feiticeiro gelado planeja roubar todos os
ovos de dragão da terra do Nem Cá Nem lá, Jorge sabe que precisa
impedir esse plano perverso. Mas só falta um ovo para o feiticeiro
dominar os dragões. Será que Jorge conseguirá salvá-lo a tempo ou o
feiticeiro manterá os ovos em suas garras geladas?
Uma das bruxarias que Lili mais adora é a da volta no tempo. E, neste livro,
ela volta ao tempo dos dinossauros. Como sempre, o Leo, irmão mais novo
da Lili, grudou nela e acabou indo junto nessa viagem proibida. Lili e Leo
vivem aventuras divertidas e agitadas.
O livro de ciências mais explosivo do Universo
Claire Watts
Companhia das Letrinhas
O livro dos monstros!
Fran Parnell
Companhia das Letrinhas
Por que não conseguimos ouvir sons no espaço? Em quanto as partes
um átomo pode ser dividido? De que é feito o buraco negro?
Prepare-se para uma espetacular investigação das ciências que
estudam como você, o mundo e o universo foram criados e
funcionam. Passeie pela tabela periódica e conheça os elementos
químicos; descubra as diferenças entre ácidos e bases; assista ao vivo
e em cores às mudanças de estado da matéria.
Da efervescente e barulhenta química à fenomenal força da física, há
muito a descobrir.
Um abominável homem das neves, um monstro aquático faminto,
uma mulher-monstro, são algumas das terríveis criaturas com que os
personagens das histórias deste livro se deparam. Eles vão descobrir
que, apesar de serem cheios de truques, alguns desses monstros só
precisam ser compreendidos. Como o terrível Chinu, que acaba sendo
conquistado pelo afeto daqueles que queria assustar. Composto de
seis histórias provenientes de vários lugares - América do Norte,
Austrália, Nepal, África do Sul, Taiti e Itália -, este livro pode auxiliar
as crianças a lidar com o medo de monstros para, desta forma,
superá-lo.
Madame Pamplemousse e suas incríveis comidinhas
Rupert Kingfisher
WMF Martins Fontes
A mãe de ouro e outros contos do folclore brasileiro
Walcyr Carrasco
Moderna
Madeleine foi obrigada a trabalhar no abominável O Guincho do
Porco, restaurante de seu tio. Por sorte, entre as ruelas de Paris
ela descobre a loja da Madame Pamplemousse, um local
minúsculo, decadente, discreto e meio escuro, onde se vendem as
iguarias mais raras do mundo. Madame Pamplemousse, seu gato
Camembert e Madeleine criam verdadeiras magias culinárias, em
torno das quais se desenvolve este conto.
Os contos populares brasileiros são conjuntos de imagens reinventadas a
partir de matrizes universais e recontadas por gente como Walcyr Carrasco,
que narra quem nasceu e se criou no húmus da nossa terra. Conversar com
esses contos é uma experiência particular de pertencimento que nos faz
recordar quem somos e quem podemos ser além da banalidade imposta
pela globalização, no rumo de nossa integridade humana que se manifesta
brasileira. Fazem parte deste volume contos como O bicho manjaléu, A mãed'água e O Saci.
A melhor motorista do mundo
António Mota
Leya
A menina dos livros
G. Aguiar
Roda & Cia
Regras e noção de segurança no trânsito, Relações familiares, Respeito aos
idosos
Era uma vez uma menina leitora que também adorava escrever. Ela
vivia para lá e para cá com os braços cheios de livros. Lia e contava
histórias sobre a terra, poesias sobre o ar, contos sobre o fogo e
lendas sobre o mar. Esse livro conta a história dessa garotinha e o que
poderá ter acontecido com ela.
Meus contos de fadas preferidos
Tony Ross
Martins Fontes
Minhas estórias do jardim da infância
Tony Ross
Martins Fontes
Esta charmosa obra é composta de sete contos de fadas bastante
fáceis de ler; A Bela e a Fera, Dons de Fada, O Príncipe Jacinto e a
Doce Princesinha, Rumpelstiltskin, Doce Mingau, O Duende Travesso
e Os Músicos de Bremen. Meus contos de fadas preferidos é um dos
livros da coleção de Tony Ross para crianças e um complemento
perfeito para Minhas estórias do jardim de infância, publicado pela
Martins Fontes - selo Martins.
Esta compilação das mais famosas estórias infantis contém todos os
clássicos eternizados pelo tempo; Os Três Bodes Bravos, O Nabo Gigante,
A Galinha Apressadinha, O Homem Biscoito de Gengibre, Os Três
Porquinhos, Chapeuzinho Vermelho, Cachinhos Dourados e os Três Ursos
e João e o Pé de Feijão. Ilustrado com o estilo exclusivo e bem-humorado
de Tony Ross, Minhas estórias do jardim de infância é perfeito para ser
lido em voz alta e compartilhado até mesmo com as crianças mais novas.
Minhocas comem amendoins
Élisa Géhin
Zahar
No país das bexigas
César Obeid
Moderna
Antigamente, as minhocas só comiam amendoins, os pássaros comiam as
minhocas que comiam amendoins e os gatos comiam os pássaros que
comiam as minhocas que comiam amendoins. Assim era até que um belo dia
este equilíbrio foi rompido por uma minhoca que, muito brava, comeu um
gato. A partir de então nada funcionava mais! O equilíbrio foi rompido e a
anarquia instaurada!
Maria, que morria de medo de bexigas, não poderia faltar na festa de
aniversário da sua melhor amiga. E foi nesse clima festivo e tão
animado que a menina enfrentou o seu medo mais profundo ao visitar
o País das Bexigas. Conheça também esse lugar suave nas letras e
cores deste livro.
Passarim de Barros
Marília Pirillo
Leya
Marília Pirillo faz uma bela poesia em homenagem a Manoel de
Barros para contar um pouco sobre a história, especialmente sobre
a infância, desse extraordinário poeta da língua portuguesa.
Os perguntadores da garrafa
Flávia Reis
Moderna
Este não é um livro de perguntinhas. É um livro de perguntonas que nos
impulsionam a voar para um céu de curiosidades diante do mundo.
História incomum, aventura e muitos porquês. Inicia-se com uma
mensagem na garrafa jogada ao mar. A narrativa literária, instigante,
permite que o leitor transite com naturalidade pelos portais do tempo,
onde passado, presente e futuro se entrecruzam com personagens
fantásticos, pensadores gregos, fabulosos mitos e tecnologias. A
curiosidade transformará quem ler Os perguntadores da garrafa,
principalmente se tiver a mente livre sobre a natureza das coisas, como é
próprio das crianças, dos adolescentes e até mesmo dos adultos abertos
ao pensar e ao saber.
O planeta Berra
Edgard Romanelli
Moderna
Pomar de palavras
Alcides Buss
Cuca Fresca
Lu é um menino curioso, disposto a conhecer a política do mundo. Lê
jornais e só se depara com guerras e misérias. Faz um contato pelo
computador com um extraterrestre, Pru, que lhe narra, numa linguagem
muito semelhante ao português, problemas bem parecidos em seu
planeta, Berra. Lu é desacreditado pelos adultos, mas tem uma amiga,
Marina, que acredita nele e resolve ajudá-lo. Pru também apresenta, via
computador, sua amiga Barina. As duplas bolam um plano - o planeta
Berra, na figura das crianças ets, ameaça o planeta Terra, evitando um
ataque somente se armas atômicas forem destruídas e houver maior
solidariedade entre os povos. O final é otimista, com uma mudança geral
de comportamento.
Este livro de poemas apresenta às crianças o pomar da língua, para que
nele colham livremente frutos poéticos. Eis a proposta do professor e
poeta Alcides Buss.
Por quê?
Lila Prap
Biruta
A princesa Gigica Canjica no mundo perdido dos livros
Igor Collaro
Giostrinho
Por que o leão tem juba? Por que as hienas riem? A partir de
perguntas sobre animais surgem respostas absurdas e divertidas,
mas para cada pergunta há também uma resposta correta. Com
este livro o professor pode trabalhar tanto a leitura, quanto
ciências e artes; tanto o lúdico quanto o científico.
O autor pretende apresentar na obra a importância do livro e da leitura
na vida da criança. Trata-se de um material que tem por objetivo
ampliar o olhar do educador e dos pais na relação livro-criança; livrovida; livro-crescimento pessoal e trazer às crianças a história de uma
maneira lúdica e bem humorada.
Pronto para o socorro
Fátima Mesquita
Panda Books
Quem sou eu? Adivinhas sobre aves
Luiz Caldeira Brant
Biruta
Na infância, não há nada mais legal do que brincar. Pular corda, correr,
andar de skate, jogar bola e mais um monte de coisas que preenchem o dia
a dia de uma criança. Mas alguns acidentes podem acontecer. Pequeno ou
grande, o nosso corpo sempre reage naturalmente ao perceber que
corremos perigo e tenta conter os problemas mais graves, como infecções,
que os machucados poderiam provocar no nosso corpo. Um corte, um
ralado na pele, uma queimadura de Sol, um pequeno sangramento, uma
picada de inseto, um osso quebrado. Filha de médico, Fátima Mesquita,
explica de forma bem-humorada o que acontece com o corpo quando
sofremos algum desses acidentes e dá dicas preciosas de como podemos
preveni-lo ou como ajudar o nosso corpo a combatê-lo. O livro ainda conta
com uma entrevista exclusiva com o sr. Cocô Fedidin, em que ele faz
grandes revelações sobre sua importância para a medicina e para o corpo
humano.
Todos adoram adivinhas porque elas são muito divertidas. Além
disso, vencer os desafios é muito bom. Mas no livro 'Quem sou eu?
- Adivinhas sobre aves' as adivinhas têm mais uma qualidade - é
possível aprender com elas. Neste livro, os pássaros brincam de
adivinhas, e você vai aprender sobre eles.
Quem sou eu? Adivinhas sobre plantas
Luiz Caldeira Brant
Biruta
Saudade – Um conto para sete dias
Claudio Hochman
Companhia das Letrinhas
Através de adivinhas sobre plantas, o livro pretende apresentar informações
sobre diversas espécies, tais como o nome da planta carnívora, qual a planta
usada na hora do banho e de onde vem o chocolate.
Algumas palavras são difíceis de definir - principalmente aquelas que são
fáceis de sentir. Como explicar, por exemplo, a saudade, palavra que nem
mesmo existe em muitas línguas. É o que vai tentar fazer o Rei desta
história, o mais sábio que já habitou a Terra.
Se o Brasil fosse uma aldeia
Fernando Nuno
Melhoramentos
A separação
Pascale Francotte
Comboio de corda
Imagine se o Brasil fosse uma pequena aldeia e que, em vez de sermos
mais de 190 milhões, fôssemos apenas 100 pessoas. Quantos desses 100
moradores da aldeia Brasil seriam crianças e quantos adultos? Seria uma
forma de entender melhor o grande conglomerado de pessoas no Brasil. O
livro faz esse paralelo para conhecermos melhor os fatos reais de nosso
país.
A separação dos pais é contada do ponto de vista do filho
pequeno. Ele descreve o desenrolar dos fatos através das
sensações que nele suscita a situação. As tensões, os silêncios, a
falta de comunicação entre o casal geram na criança
insegurança, medo, culpa. Aos poucos, a ruptura ganha
contornos claros e um novo cenário se constrói, aliviando o
clima para todos.
Será que bicho tem nome?
Vivina de Assis Viana
Leya
Teimosinha
Fabrício Carpinejar
Melhoramentos
Vivina de Assis Viana oferece aos seus leitores mais uma história em que
conta as belezas da vida rural por meio de um olhar urbano Com
sensibilidade e poesia ela questiona o sentido dos nomes, que está
diretamente ligado à construção da identidade das pessoas – e porque
não? – dos bichos também O texto favorece a investigação a respeito dos
nomes e a descoberta dos possíveis critérios que norteiam suas escolhas.
Em primeira pessoa, a personagem Lucila conta por que o aniversário é o dia
mais triste da vida dela. Um relato poético e envolvente, com ilustrações
lúdicas e inusitadas, que revela, página a página, emoções escondidas por
trás de decorações de festa.
Viagem à montanha azul
Roniwalter Jatobá
Lazuli
A vingança de Ishtar
Ludmila Zeman
Projeto
Viagem à montanha azul é, além de uma história cheia de aventuras,
uma oportunidade para que os jovens leitores conheçam um fantástico
mundo onde convivem o sonho e a realidade, onde bichos e homens
coabitam em profundo respeito, e onde a integridade dos seres
humanos e da natureza permanece como regra essencial.
Gilgamesh foi um rei que viveu e reinou em Uruk, na Mesopotâmia, por
volta do terceiro milênio antes de Cristo. Na lenda, Gilgamesh é metade
homem e metade deus. A história, escrita em tábuas, contém os valores
humanos que os povos do mundo inteiro perseguem - amor, compaixão,
perdão, coragem, amizade, lealdade e paz.
A volta ao mundo em 80 bichos
José Santos
Lazuli
Vulgar, o viking, e os saqueadores de bolinhos de pedra
Odin Barba-Ruiva
Escarlate
Cada leitura é uma viagem para um lugar diferente, e cada lugar do
mundo tem bicho de tudo que é jeito. Este livro é um convite para
que o leitor embarque nessa viagem de aventura e poesia,
aprendendo sobre bichos e lugares que farão a imaginação rodar o
planeta.
Vulgar ama a ideia de ser um viking - as invasões, as pilhagens, as barbas...
Porém, a vida na vila de Lorota é tão chata, só há tricô e tédio. Determinado a
resgatar o verdadeiro espírito viking, ele arma com seus amigos um plano
ambicioso para saquear a padaria. Mas para chegar lá, eles precisam
atravessar a lagoa.
Yaguarãboia
Yaguarê Yamã
Leya
Ozias Glória de Oliveira Yaguarê Yamã é escritor, Ilustrador e geógrafo
formado pela Universidade de Santo Amaro – UNISA-SP Nasceu no Amazonas
e morou por muitos anos em São Paulo, onde lecionou em escolas publicas e
palestrou sobre temática indígena e ambiental Atua como líder indígena do
povo Maraguá, motivo pelo qual regressou ao Amazonas em 2004, com o
intuito de lutar pelos direitos de seu povo e pela demarcação de sua terras
no rio Abacaxis Desde 2011 mora na cidade de Parintins, no Amazonas, onde
leciona para o ensino médio em escola pública É casado com a também
escritora Lia Minapoty Como ilustrador, ilustrou seus próprios livros e de
autores consagrados como Daniel Munduruku Vários de seus livros foram
selecionados pelo PNBE, além de receber prêmios como o internacional The
White Ravens (seleção da Biblioteca de Berlim/ Alemanha) com o livro
Sehaypóri, o livro sagrado do povo Sateré-Mawé (editora Peiropolis) livro
que também representou o Brasil na seleção da Biblioteca de Bolonha – Itália