III Jornadas do Quaternário. Evolução Paleoambiental e

Сomentários

Transcrição

III Jornadas do Quaternário. Evolução Paleoambiental e
III Jornadas do Quaternário. Evolução Paleoambiental e Povoamento no Quaternário do Ocidente Peninsular Data: 7 e 8 de Maio de 2010
Local: Anfiteatro da Escola de Ciências da Universidade do Minho, Campus de Gualtar, Braga
inscrições: Rafaela Sousa" <[email protected], através de ficha em anexo
Dia 7 9h30 – Abertura
Sessão de Povoamento, Cronologia e Dinâmica Sedimentar (Moderadora: Assunção Araújo – a confirmar)
10h‐11h ‐ Upwelling, efeito de reservatório, radiocarbono ‐ inferências paleoclimáticas
António Manuel Monge Soares (Instituto Tecnológico Nacional)
11h‐11h30 ‐ O processo de Neolitização no Norte de Portugal
Sérgio Monteiro‐Rodrigues 11h 30 ‐12h ‐ A evolução da linha de costa no Entre Douro e Vouga, no 1º milénio a. C., a partir da arqueologia
Gabriel Pereira
12h‐12h30 –(título a confirmar)
Laura Soares
12h30‐13h‐ Debate Sessão de Povoamento e Arqueozoologia (Moderador: Sérgio Rodrigues)
15h30‐16h30 ‐ Faunas arqueológicas en el Noroeste de la Península Ibérica
Carlos Fernández Rodrigues (Universidade de Léon)
16h30‐17h‐ Peixes do Quaternário de Portugal
Sónia Gabriel 17h‐17h30 ‐ Problemática do enchimento dos Fossos 3 e 4 (Sector I) dos Perdigões (Reguengos de Monsaraz) com base na análise estratigráfica dos restos faunísticos
Cláudia Costa 17h30‐18h ‐ O sítio da Idade do Bronze das Areias Altas, Porto: identificação de novos contextos arqueológicos e a problemática da sua interpretação
Sara Luz 18h‐18h30 ‐ Análises químicas de conteúdos orgânicos de recipientes cerâmicos da Idade do Bronze do Norte de Portugal
Luís Gonçalves, Ana M. S. Bettencourt e M. Isabel Caetano Alves 18h30 ‐ 19h ‐Debate
Dia 8
Sessão de Povoamento e Arqueobotânica (Moderadora: Ana M. S. Bettencourt)
10h‐11h ‐ Paisagens humanizadas da fachada ocidental da Península Ibérica: o olhar da arqueobotânica
Isabel Figueiral (Universidade de Montpellier)
11h‐11h30‐ Análisis antracológico de estructuras de combustión neolíticas en el Noroeste Peninsular
Paloma Uzquiano e Maria Martín Seijo 11h30‐12h‐ Terra, sementes e metal. Consideracións da agricultura na Idade do Ferro na actual Galicia
André Teira Brión 12h‐12h30 ‐ Agricultura e armazenagem de cereais em Monte Mozinho: uma abordagem interdisciplinar
João Pedro Tereso, Teresa Pires de Carvalho, Rubim Almeida da Silva e Pablo Ramil Rego
12h30‐13h ‐ Prácticas agrícolas y gestión del combustible en el monte gallego entre los siglos VII y XVII. El caso de A Mourela (As Pontes, A Coruña).
Maria Martín Seijo, Ferrán Antolín, Natalia Alonso, Ramón Fábregas Valcarce e A. Bonilla 13h‐13h30 ‐Debate
Sessão de Povoamento e Ambiente (Moderadora: Maria Isabel Caetano Alves)
15h30‐16h30‐ Cambio climático, biodiversidade e explotación humana dos recursos naturais no Noroeste Ibérico durante os últimos 100.000 anos
Pablo Ramil Rego (Universidade Santiago Compostela) 16h30‐17h ‐ Os últimos caçadores‐recolectores da Serra da Cabreira (NW de Portugal). O Abrigo 1 de Vale de Cerdeira (Vieira do Minho)
José Meireles
17h‐17h30 ‐ A Mamoa 1 de Madorras (Sabrosa, Vila Real): perfil polínico e datações de Carbono 14
José Antonio López Sáez, Domingos Jesus Cruz e António Alberto Huet Bacelar Gonçalves
17h30‐18h ‐ Dados palinológicos para o estudo do litoral Norte durante o Sub‐boreal: o sítio arqueológico do Corgo, Azurara, Vila do Conde Helena Ribeiro, Hugo Aluai Sampaio, Maria Isabel Caetano Alves, Ana M. S. Bettencourt e Ilda Noronha 18h‐18h30 – FMI 5000: um projecto sobre mudanças ambientais holocénicas Ana Ramos Pereira
19h ‐19h30‐ Debate