Cap5-Lista-6 - Lab. Química Analítica UFSC

Сomentários

Transcrição

Cap5-Lista-6 - Lab. Química Analítica UFSC
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
DISCIPLINA: Química Analítica – QMC5325
Semestre: 2013.1
PROFESSORA: Alessandra Smaniotto
Cap. 5 – Lista de Exercício: Análise Gravimétrica
1) Um fertilizante químico denominado 8-8-8 normalmente contém 8% de nitrogênio total, 8%
de P2O5 e 8% de K2O. Calcule a % de P e K no fertilizante.
(R: 3,5% de P; 6,6% de K)
2) Calcule a massa de CaCO3 produzida a partir do aquecimento de 400 mg de CaC2O4.H2O à
600oC. Reação de calcinação: CaC2O4.H2O(s) → CaCO3(s) +CO2(g) + H2O(l)
(R: 274 mg)
3) Uma amostra de 15,443 g algicida comercial contendo um composto organocobre foi tratado
com ácido nítrico concentrado e evaporado até a secura. Após a dissolução do resíduo, o
cobre foi precipitado com a oxima α-benzoína, Cu(C14H12NO2), pesando 0,6314 g. Calcule a
porcentagem de cobre no algicida.
(R: 0,89%)
4) Calcule a porcentagem de ferro em cada uma das seguintes substâncias: (a) FeO; (b)
FeSO4; (c) Fe3O4.
(R: 77,73%; 36,77% e 72,34%)
5) 0,800 g de um mineral fosfatado são dissolvidos com um ácido e o fósforo é precipitado na
forma de MgNH4PO4 e calcinado a Mg2P2O7, pesando 0,2550 g. Calcule a porcentagem de
P2O5 na amostra. Reação: 2 MgNH4PO4(s) → Mg2P2O7(s) + 2NH3(g) + H2O(l)
(R: 20,33%)
6) Uma amostra de 0,7500 g contendo alumínio foi precipitada como 8-quinolinato de
alumínio, Al(C9H6ON)3, após a secagem o precipitado pesou 0,0304 g. Calcule a % de Al2O3 na
amostra.
(R: 0,45%)
7) Um comprimido antiácido pesando 3,084 g foi dissolvido e diluído num balão volumétrico de
100 mL. Uma alíquota de 25,00 mL foi tratada com hidroxiquinoleína para precipitar o
magnésio como Mg(C9H6ON)2, sendo que, após filtração e secagem, este precipitado pesou
1,7748 g. Calcule a % de Mg no antiácido.
(R: 17,91% de Mg)
8) O cálcio numa amostra de calcário pesando 607,4 mg foi precipitado como oxalato e
calcinado a 600oC para carbonato, pesando 246,7 mg. Calcule: a) a % de cálcio na amostra; b)
a massa (mg) de CaO, para a calcinação do precipitado a 1000oC.
(R: 16,26%; 138,2mg)
9) Calcule a massa de cloreto de prata que pode ser obtida a partir de 1,025 g de BaCl2.2H2O.
Reação: 2AgNO3(aq) + BaCl2.2H2O(aq) ↔ 2AgCl(s) + Ba(NO3)2(aq) + 2H2O(l)
(R:1,203 g)
10) Uma amostra de carvão pesando 1,000 g perdeu 3,98% de massa quando seca até massa
constante. A amostra seca após calcinação, forneceu 10,4% de cinzas. Calcule a % de cinzas
na amostra úmida.
(R: 9,99%)
11) Uma alíquota de 50,0 mL de uma solução contendo 0,200 g de BaCl2.2H2O é misturada
com 50,0 mL de uma solução contendo 0,300 g de NaIO3. Assuma que a solubilidade do
Ba(IO3)2 em água é desprezível e calcule: (a) a massa de precipitado de Ba(IO3)2 formado; (b)
a massa do composto que não reagiu e que permanece em solução. Reação:
BaCl2.2H2O(aq) + 2NaIO3(aq) ↔ Ba(IO3)2(s) + 2NaCl(aq) + 2H2O(l)
(R: 0,370 g; 0,015 g)