Cap5-Lista-6 - Lab. Química Analítica UFSC

Сomentários

Transcrição

Cap5-Lista-6 - Lab. Química Analítica UFSC
UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA
DEPARTAMENTO DE QUÍMICA
DISCIPLINA: Química Analítica – QMC5325
Semestre: 2013.1
PROFESSORA: Alessandra Smaniotto
Cap. 5 – Lista de Exercício: Análise Gravimétrica
1) Um fertilizante químico denominado 8-8-8 normalmente contém 8% de nitrogênio total, 8%
de P2O5 e 8% de K2O. Calcule a % de P e K no fertilizante.
(R: 3,5% de P; 6,6% de K)
2) Calcule a massa de CaCO3 produzida a partir do aquecimento de 400 mg de CaC2O4.H2O à
600oC. Reação de calcinação: CaC2O4.H2O(s) → CaCO3(s) +CO2(g) + H2O(l)
(R: 274 mg)
3) Uma amostra de 15,443 g algicida comercial contendo um composto organocobre foi tratado
com ácido nítrico concentrado e evaporado até a secura. Após a dissolução do resíduo, o
cobre foi precipitado com a oxima α-benzoína, Cu(C14H12NO2), pesando 0,6314 g. Calcule a
porcentagem de cobre no algicida.
(R: 0,89%)
4) Calcule a porcentagem de ferro em cada uma das seguintes substâncias: (a) FeO; (b)
FeSO4; (c) Fe3O4.
(R: 77,73%; 36,77% e 72,34%)
5) 0,800 g de um mineral fosfatado são dissolvidos com um ácido e o fósforo é precipitado na
forma de MgNH4PO4 e calcinado a Mg2P2O7, pesando 0,2550 g. Calcule a porcentagem de
P2O5 na amostra. Reação: 2 MgNH4PO4(s) → Mg2P2O7(s) + 2NH3(g) + H2O(l)
(R: 20,33%)
6) Uma amostra de 0,7500 g contendo alumínio foi precipitada como 8-quinolinato de
alumínio, Al(C9H6ON)3, após a secagem o precipitado pesou 0,0304 g. Calcule a % de Al2O3 na
amostra.
(R: 0,45%)
7) Um comprimido antiácido pesando 3,084 g foi dissolvido e diluído num balão volumétrico de
100 mL. Uma alíquota de 25,00 mL foi tratada com hidroxiquinoleína para precipitar o
magnésio como Mg(C9H6ON)2, sendo que, após filtração e secagem, este precipitado pesou
1,7748 g. Calcule a % de Mg no antiácido.
(R: 17,91% de Mg)
8) O cálcio numa amostra de calcário pesando 607,4 mg foi precipitado como oxalato e
calcinado a 600oC para carbonato, pesando 246,7 mg. Calcule: a) a % de cálcio na amostra; b)
a massa (mg) de CaO, para a calcinação do precipitado a 1000oC.
(R: 16,26%; 138,2mg)
9) Calcule a massa de cloreto de prata que pode ser obtida a partir de 1,025 g de BaCl2.2H2O.
Reação: 2AgNO3(aq) + BaCl2.2H2O(aq) ↔ 2AgCl(s) + Ba(NO3)2(aq) + 2H2O(l)
(R:1,203 g)
10) Uma amostra de carvão pesando 1,000 g perdeu 3,98% de massa quando seca até massa
constante. A amostra seca após calcinação, forneceu 10,4% de cinzas. Calcule a % de cinzas
na amostra úmida.
(R: 9,99%)
11) Uma alíquota de 50,0 mL de uma solução contendo 0,200 g de BaCl2.2H2O é misturada
com 50,0 mL de uma solução contendo 0,300 g de NaIO3. Assuma que a solubilidade do
Ba(IO3)2 em água é desprezível e calcule: (a) a massa de precipitado de Ba(IO3)2 formado; (b)
a massa do composto que não reagiu e que permanece em solução. Reação:
BaCl2.2H2O(aq) + 2NaIO3(aq) ↔ Ba(IO3)2(s) + 2NaCl(aq) + 2H2O(l)
(R: 0,370 g; 0,015 g)

Documentos relacionados

QUÍMICA ANALÍTICA – PROF. Wendell Coltro – Semestre 01/2012

QUÍMICA ANALÍTICA – PROF. Wendell Coltro – Semestre 01/2012 16. Encontre o número de mols das espécies indicadas em: (a) 4,96 g de B2O3. (b) 333 mg de Na2B4O7.10H2O (c) 8,75 g de Mn3O4. (d) 850 mg de MgNH4PO4. 17. Encontre o número de milimols do soluto em:...

Leia mais

Equilíbrio Homogêneo e Heterogêneo e Determinação da

Equilíbrio Homogêneo e Heterogêneo e Determinação da equilíbrio homogêneo e heterogêneo. Acompanhe! Equilíbrio homogêneo e heterogêneo O equilíbrio químico, onde todas as substâncias que fazem parte de um sistema são de mesma fase ou estado físico, é...

Leia mais

VULCANISMO Erupção vulcânica → liberação de calor interno do

VULCANISMO Erupção vulcânica → liberação de calor interno do Lavas basálticas → mais comum, cor preta e temperaturas de erupção entre 1000 e 1200oC → grandes derrames (planalto do Deccan e Bacia do Paraná Lavas riolíticas e andesitas → composição diferenciad...

Leia mais

Chapter 3-6

Chapter 3-6 Empirical formula wt = P2O3 = 62 g +48 g = 110 g 220 g/110 g = 2 The molecular formula is P4O6 b.) 43.6 g P

Leia mais

Cap 10e11-lista - Lab. Química Analítica UFSC

Cap 10e11-lista - Lab. Química Analítica UFSC 04) 1,2520g de uma amostra de minério contendo CaO e outras substâncias inertes é dissolvida liberando íon cálcio, que é precipitado com o oxalato de amônio, na forma de oxalato de cálcio (CaC2O4) ...

Leia mais

Cap-1-lista - Lab. Química Analítica UFSC

Cap-1-lista - Lab. Química Analítica UFSC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DISCIPLINA: Química Analítica – QMC5325 PROFESSORA: Alessandra Smaniotto SEMESTRE: 2013.1 CAPÍTULO 1 – 1ª LISTA DE EXERCÍCIO Revisão d...

Leia mais

Cap-1-lista - Lab. Química Analítica UFSC

Cap-1-lista - Lab. Química Analítica UFSC UNIVERSIDADE FEDERAL DE SANTA CATARINA DEPARTAMENTO DE QUÍMICA DISCIPLINA: Química Analítica – QMC5325 PROFESSORA: Alessandra Smaniotto Semestre: 2013.1 CAP 1 – 2ª LISTA DE EXERCÍCIO Revisão de cál...

Leia mais

Metabolismo de Ácidos Graxos - HealthMetrix – Análises Metabólicas

Metabolismo de Ácidos Graxos - HealthMetrix – Análises Metabólicas Constipação Síndrome de Korsakoff Encefalopatia de Wernicke’s Beriberi Beriberi infantil Baixa atividade da Trancetolase eritrocitária

Leia mais

Reagente de Cálcio Dimension

Reagente de Cálcio Dimension sem precipitação protéica. Este método incorpora o emprego de 8-quinolinol para reduzir interferências de magnésio e glicina como tampão para controle do pH. PRINCÍPIO DE PROCEDIMENTO - O cálcio re...

Leia mais